Page 43

o vous é utilizado como marca de polidez, sobretudo para com estranhos, ao passo que tu fica com a função de registrar as marcas de familiaridade e intimidade, ou seja, é utilizado com parentes e amigos. Em vista disso, como é impossível ser amigo de todo mundo, pode-se dizer que o diálogo de base, em francês, dá-se com Je versus Vous: – Vous êtes médecin, Monsieur Dupont? – Non, je suis thérapeute. Em português, tal diálogo seria mais ou menos o seguinte (note como encontramos soluções diferentes para a prática da polidez): – O senhor é médico, senhor Dupont1? – Não, eu sou terapeuta. No trabalho, por exemplo, caso você conheça o primeiro nome da pessoa, mas não a conheça intimamente, também se usa o vous: Paul, vous êtes en retard aujourd´hui. (Paul, o senhor está atrasado hoje.) Para finalizar, vejamos alguns diálogos com o tu: Tu es là, papa? (Você está aí, papai?) Marie, tu es mon amie. (Marie, você é minha amiga.)

Le verbe être et l´espace O verbo être é essencial para a indicação de espaço e localização: Je suis à São Paulo. (Eu estou em São Paulo.) 1 Por motivos óbvios, não traduzi literalmente o vous; o vós é muito artificial no diálogo em português. Na frase em questão, dupliquei o uso da palavra senhor, para transmitir a noção de respeito.

Coleção Aprenda Idiomas sem Complicação: Francês |

43

Profile for Gislan Rocha

215305517 colecao aprenda idiomas sem complicacao frances  

215305517 colecao aprenda idiomas sem complicacao frances  

Advertisement