Page 99

CAPÍTULO 12

Uma dura voz seguida da sacudida do grosso colchão despertou Isabel do profundo sonho. Estavam sob ataque? Saiu das peles quentes pronta para sacudir Rohan e despertar. Mas a voz e o movimento do grande leito provinham do intranqüilo cavalheiro. Sacudia-se em sonhos, com os punhos apertados aos flancos, o corpo tenso como se alguma força maior lhe segurasse. O suor lhe cobria a testa no frio ar do quarto. Tirou-lhe todas as peles do corpo e jazia nu e exposto sobre o colchão. Duras palavras em um idioma que não entendia saíam dele. As veias do pescoço realçavam enquanto fazia uma careta de dor. —Verei-lhe no inferno, Tariq! —gritou, depois elevou os braços sobre o rosto como se protegesse de algum mal. Isabel pressionou uma mão calmante sobre o ombro de Rohan. —Rohan. —disse em voz baixa. Afastou a mão como se fosse fogo. Os olhos, agora abertos, olhavam-na grosseiramente. — Rohan, não é mais que um pesadelo noturno o que vos afeta. —lhe tranqüilizou. Agarrou-a pelos ombros. —A’isha? O peito da Isabel se apertou. —Nay, Rohan, sou eu, Isabel. Os olhos perderam parte da selvageria. Relaxou as mãos e a soltou, depois se recostou sobre as peles. Fechou os olhos, e quando os abriu de novo, a fúria se foi. Isabel deslizou da cama e jogou mais lenha sobre o escasso fogo, continuando, serviu um gole de vinho de uma jarra sobre a mesa. Moveu-se em torno da cama ao lado de Rohan e o entregou a ele. Ele o devolveu. Os olhos a examinaram. —Fiz-lhe mal? Negou com a cabeça. —Nay. Mas despertei com seus gritos e sacudidas. —As batalhas lutadas há muito tempo permanecem em minha cabeça. Isabel voltou para seu lugar na cama e se deslizou entre os lençóis e as peles. —Eles visitam com freqüência? Rohan se recostou sobre o travesseiro e fechou os olhos. —Graças a Deus, não.

Profile for Giselle Troitskyevna

O legado da espada de sangue 01 - o senhor da rendição - Karin tabke  

O legado da espada de sangue 01 - o senhor da rendição - Karin tabke  

Advertisement