Page 87

—Mas… Rohan riu e se agachou para agarrar a tocha que Warner tinha apagado. Fez um sinal ao cavalo para que se aproximasse do fogo, onde afundou a ponta negra como azeviche nele. Imediatamente, acendeu-se. Dirigiu-se a Stefan. —Vão com outra tocha, e se ponha a cavalgar. —antes de voltar-se para sair, Rohan lançou um alforje ao Warner, quem estava com o cenho franzido no centro do acampamento. —Boa noite, meu amigo. — fazendo girar o cavalo e com a tocha segura no alto, Rohan se adentrou na escuridão do bosque.

Depois de várias léguas Rohan finalmente sentiu o corpo de Isabel relaxar contra o seu. Sabia que se tratava mais do esgotamento que da comodidade. Seguia tendo o braço apertado ao redor de seu suave calor. Ele tinha se despojado do manto e o envolveu de forma segura ao redor do tremente corpo. Agora ela ardia como uma brasa contra o peito e as coxas. A virilha se contraiu, e apesar de sua própria fadiga, não queria nada mais que descer do Mordred para um lado do caminho e colocar o manto no chão para ambos. Tencionou a mandíbula ao recordar a sensação de puro júbilo quando entrou nesse acampamento para encontrá-la em pé sozinha, empapada de sangue e desafiante, junto ao fogo aceso, tal como a tinha encontrado quando penetrou através das portas de Rossmoor. Uma vez mais, seu povo a tinha abandonado, e uma vez mais, ela se manteve firme contra o esquadrão da morte mais célebre de William. Les morts não era um nome obtido por viver uma vida passiva. Depois de resgatar William de uma morte garantida quando tentava esmagar uma rebelião na Bretanha na sua volta dos duros anos na Iberia, Rohan, junto com os cavalheiros sobreviventes, recebeu a mais alta honra como guarda pessoal do próprio William. Este tinha sido muito reticente com o pesnamento de enviar Rohan e seus homens à campina inglesa depois do Senlac. O duque confiava em poucos homens para assegurar-se desta terra, avaliou o preço de manter Rohan e suas Espadas de Sangue ao alcance da mão ou as lançar extensamente para ocupar-se dos assuntos do duque. Ao final, William optou por enviar os morts como um punho para esmagar aos saxões rebeldes, até que fosse coroado. Uma vez coroado, ia convocar seus homens de confiança, e decidiria sobre o futuro da Les morts e da Inglaterra juntos. Isabel se enrolou mais contra as coxas de Rohan. A metade girada para ele, com a mão descansando muito perto do engrossamento da virilha. A pesar da dor agridoce que sua presença lhe causava, Rohan apertou o flexível corpo, mais perto do dele. Com uma mão sustentando a tocha em alto e a outra em torno de Isabel, deu ao Mordred o sinal, sabendo que a besta os levaria a casa a toda pressa. A chamada de um estábulo quente e um manjedouro cheio era a única guia que Mordred necessitava. Rohan olhou para frente a Stefan, que iluminava o caminho com a tocha. Com cada movimento das poderosas ancas do cavalo, os quadris de Rohan se mobilizavam contra as costas da donzela adormecida. Em cada movimento, lhe esticavam os músculos, e com cada movimento o desejo de saciar-se entre suas coxas se fazia mais forte. Como o ritmo era lento, Rohan não pôde manter a mão em território neutro. As pontas dos dedos se estenderam através da curva baixa do cheio peito ea Isabel. Quando ela se retorceu na cadeira, o traseiro lhe pressionou mais firmemente a florescente ereção, e ele gemeu. Moveu a mão mais acima e tomou toda a plenitude. Fechou os olhos e se imaginou pressionando o doce pico rosado com os lábios. Aye, ela tinha os seios de uma deusa. Cheios,

Profile for Giselle Troitskyevna

O legado da espada de sangue 01 - o senhor da rendição - Karin tabke  

O legado da espada de sangue 01 - o senhor da rendição - Karin tabke  

Advertisement