Page 62

tinham o olhar frio e vazio de um animal raivoso. Estremeceu-se a pesar do calor da água. Nunca consentiria em ser sua esposa. Outro calafrio a percorreu a pele. Não importa se negasse ou não. Se fosse a vontade de William, então seria entregue. Qual era a vontade de Rohan? Ela reconheceu a reclamação frente a seus homens e Henri pelo que era. O orgulho ferido de um homem. Puro e simples. Que ele ficava com algo que o nobre irmão cobiçava. Ele a veria arruinada, igualmente, não lhe cabia dúvida alguma. Bastardo! Como se atrevia a usá-la para incomodar seu inimigo? Como se atrevia a jogar com seus sentimentos? Como se atrevia a tirar dela o que não era seu para agarrá-la? Incorporou-se na banheira, não o bastante tranquila para relaxar-se. No momento em que o ar fresco tocou a pele quente, lhe endureceram os mamilos. Mas não foi pelo frio do ar. Isabel tomou um profundo fôlego e travou com os leoninos olhos do outro lado da câmara. Rohan estava apoiado contra a parede, os braços cruzados sobre o peito, um sorriso lento saindo dos lábios. —Não se detenha por mim, mocinha. Estou desfrutando da paisagem. —Olhe tudo o que desejar, normando, porque é tudo o que receberá.

Profile for Giselle Troitskyevna

O legado da espada de sangue 01 - o senhor da rendição - Karin tabke  

O legado da espada de sangue 01 - o senhor da rendição - Karin tabke  

Advertisement