Page 205

CAPÍTULO 26

Quando Manhku a conduziu por volta da colina onde ontem Rohan tinha praticado com seus homens, surpreendeu-se ao ver tantos reunidos. Cada aldeão de cada canto do Alethorpe, Dunleavy e Wilshire tinha comparecido. Inclusive viu algumas caras do Dunsworth. Esqueceu-se de Arlys. Seguia retido como refém no estábulo? Ao olhar mais de perto à multidão, o coração de Isabel se contraiu. Viu o grupo de que Enid tinha falado. A mais patética coleção de bárbaros que tinha visto nunca. Algo mais de duas vintenas deles, todos rapados, inclusive as mulheres e os meninos, mas mais notável e aterrador eram os X gravados nas frentes. Amontoavam-se como um só, os escuros e assassinos olhos travados sem vacilações em Henri e seus homens. Quando o cavalheiro do diabo os viu, deteve-se em seco. Fez-lhe gestos com as mãos a Rodger, quem caminhava junto à Isabel e Manhku. —Capturem esses camponeses! Estão sob detençao por minha ordem! —Nay! —gritou Manhku— Sir Rohan lhes deu refúgio seguro aqui. Já não são de sua propriedade. Henri jogou atrás a cabeça e riu. —Meu irmão se converteu em saxão da noite pro dia? —sorriu a Isabel— Que magia pratica com essa velha bruxa transtornada da Wilma? Isabel sorriu. —Verá dentro de pouco tempo. A cara de Henri se desencaixou ante a implicação de suas palavras, mas deu a volta e seguiu para o topo da colina, onde Rohan estava em toda sua glória, totalmente protegido na armadura, preparado para livrar-se de seu irmão de uma vez por todas. Uma vez que estiveram todos reunidos, Rohan fez contato visual brevemente com Isabel. Quando pôs a mão no peito, ela sorriu. Era tudo o que necessitava dele. Ia ser seu campeão. Soube a primeira vez que pôs os olhos nele essa fria manhã, não fazia muito tempo. Os arautos do Rodger fizeram soar os chifres, e logo a multidão congregada guardou silêncio. —Em nome do Duque William da Normandía e herdeiro ao trono inglês, pelo presente informo. Um torneio entre o Henri do Monfort... —a multidão zombou, e dezenas de mísseis em forma de frutas e verduras podres saíram do centro. Rodger levantou as mãos, chamando a ordem. A multidão se acalmou. — E Sir Rohan du Luc. A multidão rugiu de aprovação. Isabel sorriu e olhou para Rohan, cujo rosto não podia ver atrás do elmo, mas a efusão dos aldeãos chegou ao coração. A aceitação do homem que amava era mais do que tinha esperado. Uma vez acalmada a multidão, Rodger continuou. —As regras do torneio são as seguintes. Cada cavalheiro usará sua própria espada. Nenhuma outra arma será permitida. Se alguma aparecer, então tudo lhe será confiscado, e para o outro irá o prémio, que neste caso é Lady Isabel.

Profile for Giselle Troitskyevna

O legado da espada de sangue 01 - o senhor da rendição - Karin tabke  

O legado da espada de sangue 01 - o senhor da rendição - Karin tabke  

Advertisement