Page 26

ficou entre as dez mais importantes do país em relação ao volume de negócios, sendo a única feira de gado leiteiro. O volume negociado em 2009 foi de R$11.363.190,00 contra os R$ 9,17 milhões de 2008. Para 2010, a expectativa é de boas médias por cabeça nos leilões, seguindo a tendência dos últimos anos. Nas pistas, os animais Girolando têm sido presença de peso. Eles participaram de julgamento em exposições regionais e nacionais de Norte a Sul do Brasil, com recorde de participação em muitas delas, como MEGALEITE, Feileite e Fenagro. Até mesmo no Sul do país, onde a pecuária leiteira é mais focada em taurinos, houve julgamento de Girolando em 2009. Foi o que ocorreu durante a Agroleite, no Paraná, que pela primeira vez sediou uma exposição ranqueada. Ao longo do ano passado, a associação homologou mais de 50 feiras. Para 2010, a expectativa é ampliar esse número. Duas mostras que passam a fazer parte do calendário são a Emapa (Avaré–SP) e ExpoMonteiro (Monteiro Lobato–SP). A estreia na Emapa, ocorrida nos dias 11 e 12 de março, foi com cerca de 120 animais em pista, julgados por Euclides Prata dos Santos Neto. Outra mostra que neste ano já teve a participação do Girolando foi a 68ª Exposição Agropecuária de Sergipe, realizada de 28 de fevereiro a 7 de março. Para março ainda estavam programadas a EXPOGRANDE (Campo Grande –MS), de 18 a 28 de março, e a Exposição Agropecuária e Industrial de Passos (MG), de 24 a 27 de março. Para dar sustentação a todo esse crescimento da raça, a entidade está investindo na melhoria dos serviços prestados aos criadores. “A Girolando está completando 21 anos em 2010 com muitos projetos em prol do crescimento da raça. Vamos continuar investindo na melhoria e modernização dos serviços prestados, no treinamento da equipe técnica e demais colaboradores da entidade, em melhoramento genético, Teste de Progênie e na construção do Centro de Capacitação Girolando”, diz o presidente da Associação, José Donato Dias Filho. Responsável por 80% do leite produzido no Brasil, a raça tem atraído novos criadores, seja no Brasil ou no exterior. O número de novos associados da Girolando em 2009 foi de 396, contra 358 em 2008. São produtores interessados em promover o melhoramento genético de seus rebanhos. É o caso de Alexandre Honorato, da cidade mineira de Araxá. Vencedor do concurso estadual de qualidade do queijo, promovido pela Emater–MG e pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) durante a feira Femig 2009, ele afirma

26 24 A 26 terÿÿa-feira, 9 de marÿÿo de 2010 15:47:10

“A Girolando está completando 21 anos em 2010 com muitos projetos em prol do crescimento da raça. Vamos continuar investindo na melhoria e modernização dos serviços prestados, no treinamento da equipe técnica e demais colaboradores da entidade, em melhoramento genético, Teste de Progênie e na construção do Centro de Capacitação Girolando” que o êxito na competição é fruto do investimento em genética. “Utilizo no rebanho somente touros que aumentam a quantidade de sólidos, gordura e proteína no leite, pois isso é essencial para fabricação de um bom queijo. Também tenho o cuidado de só utilizar fêmeas que são filhas de touros provados pelo Teste de Progênie da Girolando”, conta Honorato. Outro cuidado tomado pelo criador é uma criteriosa análise morfológica para selecionar fêmeas de melhor úbere, casco e aprumos. Como muitos fatores podem influenciar na queda de produção das vacas, ele não descuida da parte sanitária e nutricional do rebanho. A alimentação dos animais é bem balanceada, à base de braquiária e ração, dentro de um sistema de semiconfinamento. Todos esses cuidados têm garantindo um leite de qualidade, permitindo ao proprietário da fazenda Só Nata agregar valor à sua produção de queijo. “Hoje o consumidor é mais exigente e paga mais por um produto de qualidade comprovada. Com os investimentos em genética, nutrição animal e sanidade, consegui agregar valor ao queijo que fabrico e não sou mais afetado pelas oscilações no preço do leite, já que toda minha produção vai para fabricação do queijo minas artesanal”, diz Honorato. O queijo fabricado na fazenda tem a certificação do IMA.

100

95

75

Criador Alexandre Honorato recebe prêmio das mãos do presidente da ASBRAER, José Silva.

25

5

0

O Girolando 71 - Jan/Fev 2010  

A Revista do Girolando

O Girolando 71 - Jan/Fev 2010  

A Revista do Girolando