Page 1

Informativo da Paróquia

AGOSTO 2009 - ANO 2 - Nº19

www.igrejasantaluzia.com.br

"Me sinto bem sendo pai. Hoje meus filhos estão casados, sinto que cumpri meu dever". João Mesnerovicz Sobrinho

Pai, olhe tuas mãos, Elas são importantes na construção de teus filhos; Que elas saibam ser firmes no orientar, Serenas no amparar; Que elas não fujam ao dever de punir, E não se aviltem por agredir...

"Ser pai é ser amigo, ser compreensivo, é amar sem condições".

Tuas mãos, pai, Devem ser o exemplo do teu trabalho E que não se abram apenas materialmente, Que isso é um modo de fechar a consciência, Mas que, ao abri-las estejas abrindo muito mais O teu coração e a tua compreensão...

Luiz Antonio de Fraga

"É uma graça de Deus você gerar filhos e educá-lo para o bem da humanidade".

Teus olhos, pai, que responsabilidade eles têm, Que eles vejam as qualidades de teus filhos, Por pequenas que sejam, para que as faças crescer, Mas que não deixem de ver os defeitos e as falhas, Porque pode ser teu o dever de corrigi-las... Não te consideres, pai, sem defeitos, Mas que isso não te desobrigues Da perfeição de ensinares o que sabes certo, Ainda que tu mesmo tenha dificuldade em segui-lo, Mais importante do que conseguí-lo, Sem dúvida será lutar por ele.

"Alegria de ser pai é o simples fato de estar com o filho, brincar com ele, estar presente. A maior dificuldade é ensinar os caminhos de Deus". Alécio de Oliveira

"Ser pai é participar da vida dos filhos, educar, ensinar, ajudar a distinguir o certo do errado. Acompanhar a vida deles".

Pai, o que se quer de ti, É que pai sejas, No conceber por amor, No receber por amor, No renunciar por amor, No amor total dos filhos que, sem teu amor, perderão o significado da própria vida.

Mario Barabacha

"Ser pai é algo que não tem explicação. Tivemos uma vida difícil, os filhos foram surgindo e nós lutando para dar muito amor e educação. Mesmo agora depois de crescidos a gente não os perde de vista".

Pai, estás presente no sangue, Na herança biológica, Na cor, no nome, na língua, Tudo isso, porém, desaparecerá Senão te fizeres presente no coração. (Autor desconhecido)

Sebastião Braz de Oliveira

Alceu Lourenço de Lima "Ser pai é mostrar aos filhos que toda liberdade requer uma responsabilidade" Celino Alevino Santos

"Ser pai é ser exemplo para o seu filho. Não é só depositar as nossas expectativas, mas ampará-lo nas expectativas dele". Heverton Julino Canova

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES PAROQUIAL - JULHO 2009 DATA 01 02 02 06 a 08 08 09 09/15 15 15

EVENTO CPP Encontro de Jovens Reejaf Caminhada Diocesana da Juventude Tríduo do Padroeiro Missa Padroeiro e Abertura da Semana da Família Festa do Padroeiro Semana da Família Encontro de Novos Catequistas Reunião Consolação e Esperança

LOCAL São José Santa Luzia Santa Luzia São Domingos São Domingos Senhor Bom Jesus Comunidades a definir São José

HORARIO 14h30 16h 7h 19h30 19h30 10h 19h30 a definir 15h

16 16 19 22 22 22 23 30 30 30

Formação Paroquial de Ministros Dízimo Encontro Vocacional Pais e Jovens Reunião do Clero Sul e Secretárias Formação para missionários Escola de Formação Catequética (Eucaristia) Encontrão Jovens Escola de Formação Catequética Concentração Diocesana de Catequistas Missões Curso de Noivo

Santa Luzia Santa Luzia Araquari Santa Luzia Santa Luzia São Domingos N. Sra Aparecida Jaraguá do Sul Senhor Bom Jesus Santa Luzia

14h 14h 14h 18h 19h30 8h 8h 8 às 18h


2

Informativo da Paróquia Santa Luzia • AGOSTO 2009

EDITORIAL Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Nesta edição, o Informativo da Paróquia Santa Luzia traz como matéria de capa uma homenagem aos pais. Padre Inácio nos fala sobre vocação. A pastoral do Dizimo reforça a importância de nossa generosidade no momento de ofertarmos o dizimo. Juliano comenta sobre a importância do músico começar a evangelizar a partir de sua família. Em agosto acontece a Semana da Família, a comunidade São Domingos celebra a festa do padroeiro. Jovens do Crisma participaram do REJAAF. Comunidade São Pedro celebra a primeira festa do padroeiro. Grupos Bíblicos de Reflexão se fortalecem através de formação, confraternização e visita a asilo. Prestamos uma homenagem especial aos catequistas e ao padre por seu dia. Outras noticias de nossas comunidades também se fazem presentes. O informativo está cheio de coisas boas! Fiquem com Deus.

Coluna do Dízimo Dizimo, marca da generosidade Trabalho nas Pastorais, nos ministérios, nos grupos bíblicos, etc, devo ser Dizimista? Sim! Não há sentido em falar da Palavra e não vivê-la, não testemunhá-la. As lideranças da comunidade devem ser os primeiros e melhores dizimistas. Ser dizimista é o preceito número um de toda pessoa de fé. O trabalho pastoral não dispensa ninguém de ser dizimista. Jesus era Deus, também ofereceu o dizimo. (Mt. 17,26) O Dízimo é também expressão da Generosidade? Sim! Deus é generoso. A natureza é generosa. Há pessoas generosas. A generosidade é uma das marcas de Deus que desafia o homem, convidando-o a fazer a experiência da generosidade (Prov. 11,25 e 22,9). O que dificulta a generosidade, é sem dúvida, o egoísmo. A generosidade se traduz pela partilha, partilha de nossa vida, para fazermos o bem. Veja: Salmo 116,7 – Prov. 22,9-1, Tm 6,18. "Felizes os generosos, porque alcançarão a generosidade de Deus". Quando o Dízimo perde o valor diante de Deus? Quando é oferecido como uma obrigação, com tristeza, com mesquinhez, quando não é real, quando é comercial, interesseiro, ou quando através do Dizimo faço negócio com Deus. É injusto quando posso oferecer 100 ou mais reais por mês e ofereço apenas 5 ou 10 reais. Um forte abraço! Juarez Pedro Borba, Coord. Paroquial Pastoral Dízimo

VOCAÇÃO PADRE INÁCIO - PÁROCO

Quando falamos em vocação nos vem à mente alguém que é chamado para ser padre, religioso (a) ou ainda diácono. Na verdade todos têm uma vocação, um chamado e diante deste chamado, é convidado a dar uma resposta. A iniciativa do chamado sempre é de Deus. Ele desde sempre nos desejou, nos chamou, nos formou a sua imagem e semelhança (Gn 1,26) para trilhássemos os seus caminhos e seguíssemos os seus preceitos. Ao longo da história Deus tem chamados os homens e as mulheres de diferentes formas de serviço a Ele e ao seu povo. Vocação vem da palavra latina "vocare", que significa chamar. O primeiro chamado é a vida, a essa vocação todos sao chamados a viver uma vida em plenitude, (Jo 10,10). Depois temos as vocações específicas como os bispos, padres e diáconos. Estes sao os ordenados, ou seja recebem o sacramento da Ordem, se consagram a serviço dos irmãos (as). Eles devem viver uma vida segundo o coração de Jesus, devem ser servidores. O ministério sacerdotal, ou ministério ordenado vem da palavra latina "ministerium" que significa serviço. Assim todo ministro ordenado na Igreja, é antes de tudo um servidor de Jesus Cristo, da Comunidade e das coisas divinas. Assim o bispo deve o catequista por excelência, deve incentivar o amor a Palavra de Deus, deve ser o homem da Palavra e sinal de comunhão eclesial. Os padres ou presbíteros sao os auxiliares imediatos do bispo, são chamados a exercer o seu ministério por meio da pregação da Palavra e dos Sacramentos, convidando os fiéis ao amor a Deus e a sua Palavra, são colaboradores da ordem episcopal. Depois temos os diáconos que sao constituídos servidores da palavra, da Liturgia, e da Caridade. Deve exercer o seu minis-

tério em comunhão com o bispo e os presbíteros, ou padres. Os ministros ordenados recebem de Deus a missão de continuar a fazer aquilo que Jesus fez enquanto esteve em nosso meio. Outros sao chamados a constituírem famílias e recebem o Sacramento do matrimonio, onde por amor e no amor geram novas vidas. É no seio da família que elas devem colocar em prática aquilo que propõe a Palavra de Deus. Elas tem a missão de educar, amar seus filhos para uma vida cristã autentica. É um caminho de santificação a dois, que exige fidelidade e sinceridade. Devem construir suas casas sobre a rocha que Jesus Cristo. Vocação a vida Consagrada, essas pessoas procuram responde-la, seguindo o exemplo de Jesus de Nazaré, que viveu pobre, casto e obediente ao Pai. São diversas as vocações a vida consagrada, cada um ao seu carisma procuram "dar testemunho da absoluta primazia de Deus e de seu Reino" (DAp, nº 219). Podemos destacar ainda a vocação aos ministérios e serviços na sociedade e na comunidade. Quem são eles? Todos os cristãos leigos, os batizados porém não ordenados ou consagrados e pelo batismo exercem as funções de sacerdote, profeta e rei. Eles realizam segundo a sua condição, a missão de todo povo cristão na Igreja e no mundo (DAp 209). Seu "modus operandi" é o testemunho, ele sao chamados a ser sal da terra e luz do mundo em todos os lugares. O Documento de Aparecida fala dos novos "Areópagos" (DAp 491). Sao homens e mulheres da Igreja no coração do mundo; mulheres e homens do mundo no coração da Igreja (cf. DPb 786). Somos chamados portanto a fazer a nossa parte, pois Deus faz a sua e muito bem.

O Músico e a Família JULIANO JOAQUIM, MÚSICO • julianojoaquim@gmail.com

Todo musico tem uma missão "Evangelizar através da música" Por onde deve começar? Essa pergunta é feita quando o músico começa uma caminhada e deseja ardentemente saborear esse querer. Um dia Jesus disse: "Pai, dos que me deste não perdi nenhum". (Jo 18,9). Há nessa citação uma certa prestação de contas que Jesus faz ao Pai. Muitas vezes nos preocupamos com a vida dos irmãos, das pessoas mais distantes da igreja e isso é muito importante, porém, o que fazemos para levar a música à palavra de Deus aos mais próximos de nós, a nossa família. Imaginamos Deus nos perguntando: Quantos você evangelizou? Será que posso dizer a Deus: "Não perdi nenhum dos que me confiaste". Imediatamente cheguei a uma conclusão: NÃO, não posso pronunciar tal frase, e nem se quer ser digno da misericórdia de Deus se na minha família, nos meus parentes, naqueles que Deus me confiou não forem evangelizados. Então decidi: tentarei viver esse versículo que tantas vezes me passou despercebido. De que adianta ajudar a salvar o resto do mundo se eu perder justamente aqueles que Deus me confiou, a minha família.. O Papa João Paulo II enumerou três importantes missões:

Primeira: marido e mulher; Segunda: pais e filhos; Terceira: O mundo lá fora. Com a primeira e a segunda missão completadas, nascerão os frutos e estes explodirão sobre a terceira e serão testemunho de vida. A graça alcançada dentro de casa se torna alimento para a missão fora de casa. Fica aqui um questionamento pra todos nós: Aqueles que Deus nos confiou, nossa família, nossos parentes, todos já estão salvos? Se você disser "não adianta, já tentei de tudo. É a separação dos meus pais. São os meus irmãos que não conversam há mais de anos. Estou desencorajado". Eu te direi o mesmo que Jesus disse a Pedro quando ele chegava da pescaria com as redes vazias e a vergonha de ter fracassado: "Jogue as redes novamente", mas desta vez, com Jesus a bordo. Se você já foi fundo, vá mais fundo ainda. Onde termina o alcance da sua visão, começa a de Deus. Ele vê e quer dar a solução para o seu problema. Que Jesus nos dê a graça de poder proclamar: "Pai, não perdi nenhum dos que me confiaste". Louvado seja nosso senhor Jesus Cristo!

Dia do Catequista Catequista não é apenas uma pessoa, que com giz e caderno evangeliza, mas que em sua vida cristã faz a experiência da pessoa de Cristo através da leitura orante da Bíblia, se alimenta da Eucaristia e procura comunicar e partilhar esta experiência de fé e amor que ela mesma faz. Sendo assim, a missão e vocação de catequista é por certo uma das mais importan-

tes para o futuro de Igreja; dela depende se nosso povo vai continuar vivendo na ignorância, ou se pelo contrário, vamos realizar em comunidade o projeto de Jesus Cristo, construindo seu reino baseado na partilha, na solidariedade, no perdão e no amor. Um catequista bem preparado será certamente o alicerce de uma nova sociedade, uma nova Igreja, baseada

na vivência da fraternidade solidária. O Catequista bem formado prepara agentes de catequese responsáveis e conscientes, dizimistas que sabem partilhar de verdade, prepara ministros leigos e até consagrados, cristãos do jeito que Jesus sonhou. Parabéns por seu dia. Alsimar de Brito, Pastoral da Comunicação


Informativo da Paróquia Santa Luzia • AGOSTO 2009

Comunidades comemoram seus padroeiros São Domingos de Gusmão (Rua Rodrigo Luiz Gonçalves, loteamento São Domingos)

Programação da festa do padroeiro: Dia 06: Missa às 19h30 após, haverá venda de sopa e refrigerante; Dia 07: Missa às 19h30 após, haverá venda de pasteis e refrigerante; Dia 08: Missa festiva às 19h30. * Comemoração do padroeiro São Domingos de Gusmão e aniversário de dez anos de fundação da comunidade. * Abertura da Semana da Família. Após, haverá um completo serviço de bar e cozinha, sorteios de prêmios, brincadeiras infantis, música entre outras atrações.

3

Jovens do Crisma participam de retiro Nos dias 24,25 e 26 de julho foi realizado o 2º REJAAF (Retiro de Jovens Amigos no Amor Fraterno). O encontra se destinou aos crismando. O retiro teve inicio às 18h do dia 24 e término com a missa no dia 26 às 19h na igreja Santa Luzia. Participaram 80 jovens de toda a Paróquia e mais um grupo de apoio de 140 pessoas

que cuidaram de toda a estrutura do retiro. O objetivo deste encontro é levar os jovens a se conhecerem, a valorizar a família, Deus, Jesus Cristo e seus ensinamentos. Na missa de encerramento houve testemunhos de jovens sobre o efeito deste retiro em suas vidas. Jovens que sem

nenhuma vergonha pediram perdão a seus pais e declararam seu amor por eles. Padre Inácio B. Giacomelli falou que ainda amamos pouco "Amar é melhor que ser indiferente. Devemos valorizar a família, a casa deve ser um espaço de acolhida, de amor, de perdão, de misericórdia". Comentou o sacerdote.

Senhor Bom Jesus (Morro do Amaral) Programação da festa do padroeiro: De 01 a 08 de agosto: novena as 19h30. Dia 08: noite do pastel Dia 09: 10h Missa. Após almoço festivo. 15h Procissão com a imagem do Senhor Bom Jesus percorrendo as ruas da caomunida. Após café colonial

Traga sua família e participe! Contamos com a presença de todos.

"Este encontro foi muito importante para aprender mais sobre Deus e com este conhecimento a gente consiga ensinar algo de bom. Evangelizar outras pessoas e trazer elas para participar da comunidade".

"Este retiro foi importante para o crescimento espiritual de nossa filha. Ela participa e tem um grande conhecimento dos trabalhos da igreja e participou deste encontro porque ela gosta".

Douglas Willans Souza e Willan César Ribeiro

Cleo e Giseli – pais de Andressa Soares Machado

"Nós trabalhamos na equipe espiritual, um encontro cansativo, porém é gratificante rezar pelos jovens e no fim do retiro sentir os jovens renovados e restaurados".

"O retiro foi muito bom, uma alegria imensa. Espiritualmente me ajudou muito, serviu para meu crescimento. O que aprendi nestes dias irá me ajudar em muitas coisas daqui para frente".

Valdir e Rosa Góz

Patrícia Berkembroch

SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA- 07 A 15 DE AGOSTO 2009

Família, Igreja doméstica, caminho para o discipulado Deus criou o ser humano à sua imagem e semelhança, homem e mulher ele os criou (cf. Gn 1,27), destinando-os à plena realização na comunhão de vida, de amor e de trabalho. Por essa razão, o matrimônio e a família constituem um bem para os esposos e a sociedade. O amor conjugal aberto à geração e educação dos filhos proporciona a experiência de paternidade e maternidade através das quais os pais se tornam colaboradores do Criador. "O futuro da humanidade passa pela família" (João Paulo II); A Pastoral da Família da Paróquia Santa Luzia, atendendo ao apelo da nossa Diocese, organizou em maio uma peregrinação em defesa da família à Aparecida do Norte. "Todos nós sentimos a fé do povo brasileiro, que se fez presente em grande número nesta peregrinação Nacional em Defesa da Família" comentaram Alceu e Janaina Branco, coordenadores da Pastoral Familiar da comunidade. "Quando uma família transmite a religião aos filhos, está cumprindo sua missão de Igreja doméstica". Com estas palavras, o arcebispo de Londrina e presidente da Comissão Episcopal para a

TEMAS QUE SERÃO TRABALHOS NA SEMANA DA FAMÍLIA. Tema 1 Tema 2 Tema 3 Tema 4 Tema 5 Tema 6 Tema 7 Tema 8

Família, Espaço do Encontro; Escuta, ó Família, o Senhor teu Deus; Sem o Domingo não Podemos Viver; Ser Feliz na Comunidade; Viva a alegria de ser missionário; Catequese, caminho para o discipulado; Iniciação à vida cristã; Família, lugar de segurança.

PROGRAMAÇÃO PAROQUIAL

Vida e da Família da CNBB, dom Orlando Brandes, apresenta o tema da Semana Nacional da Família: "Família, Igreja doméstica, caminho para o discipulado". "Com a Semana Nacional, a Igreja quer, uma vez mais, salientar a importância da família, que, talvez mais que outras instituições, tem sido posta em questão pelas amplas, profundas e rápidas transformações da sociedade e da

cultura", esclarece o assessor da Comissão para a Vida e Família da CNBB, padre Luiz Antônio Bento. "O contexto atual exige da nossa ação evangelizadora um profundo ardor missionário para ajudar as famílias à não perderem de vista a sua missão primordial de ser a primeira escola das virtudes sociais de que as sociedades têm necessidade", conclui o assessor.

Dia 8: Abertura paroquial com caminhada "Em defesa da Família" Saída as 17h45 da comunidade São José passando pelas comunidades com destino a comunidade São Domingos de Gusmão. Missa às 19h30. Durante toda a semana haverá missa e celebrações nas comunidades as 19h30. Dia 16: Enceramento às 16h na Catedral

Convidamos você e sua família para participarem desta semana dedicada às famílias.


4

Informativo da Paróquia Santa Luzia • AGOSTO 2009

Vocês sabem o que significa a palavra padre?

Grupos Bíblicos de Reflexão buscando integração e formação

Significa "pai", assim como o pai cuida de seus filhos o padre cuida daqueles que participam da paróquia para que cresçam como verdadeiros filhos de Deus.

No dia 04 de julho integrantes do Grupo Bíblico de Reflexão "Unidos na fé de Maria" realizaram uma festa julina. Conforme a animadora Luciani o objetivo foi de integrar as famílias. A comunidade São Miguel Arcanjo realizou no dia 19 de julho apresentações teatrais e um almoço entre os integrantes dos Grupos Bíblicos. O objetivo foi refletir sobre os Grupos Bíblicos de Reflexão e animar as pessoas que ainda não participam a participar. No mês de julho integrantes do Grupo Bíblico de Reflexão "Renascer" foram visitar o asilo. No dia 18 de julho das 14 às 17h30 houve o encontro paróquial na comunidade Nossa Senhora Aparecida para os animadores dos Grupos Bíblicos. O encontro foi conduzido pelo diácono Geraldo Rebelo que levou os animadores a refletirem sobre: • Medos, medo de animar um grupo; • Depositarmos mais a confiança em Deus; • O valor do animador na comunidade. Padre Inácio celebrou a missa encerrando o encontro e a coordenadora dos grupos bíblicos Bárbara Ponijaleski passou ao Luciano, coordenador dos grupos da comunidade Nossa Senhora Aparecida, à vela recebida no encerramento do ano Paulino. Está vela irá percorrer todos os grupos da comunidade levando a luz de Cristo através de São Paulo que animou as comunidades. Padre Inácio deu a benção e envio a cada animador presente louvando a Deus por você animador(a) que leva a palavra às famílias!

Ser padre é ser abençoado e verdadeiramente escolhido por Deus. Sem dúvida nenhuma, somente alguém que tem Deus ao seu lado é capaz de realizar tantos feitos como celebrar a Eucaristia, pregar o Evangelho, acolher os pecadores, orientar e acompanhar como somente um pai pode fazer. Ser padre não é uma tarefa fácil! Deixar tudo é entregar-se completamente nas mãos do Senhor. Esta vocação pede força e fé. Muita fé. A grande riqueza do padre é Jesus que ele escolheu seguir por toda a vida. O padre precisa de nós tanto quanto nós dele. Precisa do nosso apoio, colaboração e compreensão; precisa do nosso amor, da nossa amizade e de nossas orações, para que Deus lhe dê animo e coragem para seguir confiante e com alegria em sua missão. Ter um padre em nossas comunidades é uma benção de Deus e isto precisa ser celebrado com muito amor e alegria.

Parabéns padre Inácio, que Deus renove diariamente a belíssima vocação a que fora chamado e a qual dissera SIM. Deus os abençoe e o guarde.

Missas dos Grupos Bíblicos às 19h30 04 – Comunidade Nossa Senhora Aparecida 11 – Semana da Família (nas comunidades) 18 – Setor A 25 – Comunidade Senhor Bom Jesus

Carinhosamente, paróquia Santa Luzia

Comunidade São Pedro promove festa do padroeiro No dia 12 de julho a comunidade São Pedro realizou sua primeira festa do padroeiro. Devido a forte chuva do sábado o evento não pode ser realizado no galpão onde são realizadas as celebrações da comunidade. A missa e as festividades aconteceram na Sede do Clube de Campo Santana. A missa foi celebrada às 10h e padre Inácio Giacomelli enalteceu o trabalho de toda a comunidade para a realização da festa. Comen-

tou que a comunidade está se organizando como os primeiros cristãos que se uniam em grupos pequenos e aceitavam a palavra de Deus. "A força que nos leva para frente tem que vir do Espírito Santo. Quando há unidade o Senhor está presente. Toda vez que a gente diz o sim a graça de Deus acontece" disse o padre. Para Celino Avelino Santos foi uma alegria, uma felicidade ter ajudado a realizar esta festa do padroeiro.

A coordenação paroquial de catequese finalizou a formação de novos catequistas na Paróquia Santa Luzia no dia 11 de Julho. Os oito encontros aconteceram aos sábados no auditório da Paróquia Santa Luzia e contou com a participação de novos catequistas de todas as comunidades. Participe da Caminhada Vocacional. Dia 2 de agosto. Saída às 7h da Igreja Santa Luzia com destino ao Santuário Sr. Bom Jesus em Araquari. A secretaria da Comunidade Nossa Senhora Aparecida estará fechada até o dia 6 de Agosto. Motivo: férias do Secretário. Convidamos todos os missionários para uma tarde de formação. Dia: 22 de Agosto das 14às 16h30 no Centro de Pastoral Santa Luzia. Sua presença é fundamental. Você missionário é muito importante neste trabalho de missões que a paróquia está realizando.

Crismandos recebem crucifixo No dia 19 do mês de julho, 70 crismandos da comunidade Nossa Senhora Aparecida receberam o crucifixo como parte dos ritos propostos pelo RICA (Ritual da Iniciação Cristã para Adultos) que está sendo introduzido na catequese atual.

Informativo da Paróquia Santa Luzia - Publicação da Paróquia Santa Luzia. Rua Monsenhor Gercino. 6767, Paranaguamirim - Joinville - Santa Catarina. Conselho editorial: Padre Inácio Giacomelli. Colaboradores: Pastoral da comunicação. Jornalista Responsável: Ruy Ferrari (MTB 22251/SP). Projeto gráfico e diagramação: Girardi Junior Editora Ltda. Impressão: Grafinorte. Tiragem: 2.000 exemplares. As matérias assinadas são de responsabilidade dos autores

Jornal PAroquia Santa LUzia  

Jornal Informativo da Paroquia Santa Luzia, Joinville - Santa Catarina, edição agosto 2009

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you