Issuu on Google+


10 boas razões para estudar na FLUP Cursos de 1.º ciclo (Licenciaturas) inovadores e adaptados aos interesses e exigências dos alunos vocacionados para as áreas das ciências sociais, da filosofia e das línguas e literaturas. Cursos de 2.º e 3.º ciclos (Mestrados e Doutoramentos) nas áreas das ciências sociais, da filosofia e das línguas e literaturas, com condições de excelência. Professores altamente qualificados. Sólida preparação para o ingresso no mundo do trabalho. Taxa de sucesso elevada. Instalações, equipamentos e recursos informáticos de vanguarda. Inúmeros protocolos Erasmus e facilidades no acesso ao estudo e estágios no estrangeiro. Cursos de formação contínua e cursos livres adaptados às necessidades dos alunos e às solicitações do mercado de trabalho, que poderão funcionar como complemento curricular. Localização no Pólo 3 da U.P. - área de grande dinamismo económico e cultural da cidade do Porto. Vida académica com grandes tradições, rica e diversificada.


1.º CICLO 2014/2015

Serviço de Gestão Académica | Faculdade de Letras da Universidade do Porto | Via Panorâmica S/N | 4150-564 Porto | www.letras.up.pt | E-mail: sga@letras.up.pt | Tel.: +351 226 077 100 | Fax: +351 226 091 610


Arqueologia Ciência da Informação Ciências da Comunicação: Jornalismo, Assessoria, Multimédia Ciências da Linguagem Estudos Portugueses e Lusófonos Filosofia Geografia História História da Arte Línguas Aplicadas Línguas e Relações Internacionais Línguas, Literaturas e Culturas Sociologia


ARQUEOLOGIA 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Pré-Requisitos | Capacidade de Visão - Grupo D Provas de Ingresso | Geografia ou História Principais Áreas de Estudo | Arqueologia, História, Geografia O curso tem como objetivo formar Arqueólogos, com sólida formação teórica e prática, e com aptidões profissionais que lhes permitam desempenhar várias tarefas na área de Arqueologia e do Património Cultural, nomeadamente nas vertentes da pesquisa e investigação científica, da gestão e da salvaguarda. Saídas Profissionais Organismos Centrais do Estado, Organismos Autárquicos (Gabinetes de Arqueologia, GAT, GTL, Divisões de Património, etc.), Museus (nacionais, municipais ou outros), Coleções de Organismos públicos ou privados, Gabinetes de Arquitetura, Gabinetes de Gestão Patrimonial, Empresas de Arqueologia, outras Empresas ligadas ao Património ou como Profissionais Liberais. Investigação.

Departamento de Ciências e Técnicas do Património


CIÊNCIA DA

INFORMAÇÃO 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Provas de Ingresso | Matemática Aplicada às Ciências Sociais

ou

Português

Principais Áreas de Estudo | Ciência da Informação, Ciências da Computação, Ciências Sociais

Objetivos do Curso Garantir uma formação adequada à nova realidade da Sociedade da Informação em que os profissionais dos arquivos e das bibliotecas, os administradores de dados e sistemas de informação e, em geral, os gestores de informação nas organizações desenvolvem a sua atividade. Adquirir a capacidade para usar e aplicar técnicas, normas e outros instrumentos inerentes à aquisição, organização, representação, recuperação, preservação, acesso e uso da informação. Utilizar e manejar adequadamente as tecnologias como meio indissociável dos processos de produção, tratamento e difusão da informação. Compreender e aplicar técnicas de avaliação de fontes e recursos de informação. Compreender a aplicar técnicas de gestão de sistemas e serviços de informação.

Saídas Profissionais Administrador de dados. Analista de informação. Arquivista. Auditor de informação. Bibliotecário. Cientista da informação. Consultor em informação. Documentalista. Gestor de informação ou gestor de conteúdos, nomeadamente na Internet. Gestor de recursos de informação. Gestor de sistemas de informação em organismos públicos ou privados.

Departamento de Jornalismo e Ciências da Comunicação


CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO:

JORNALISMO, ASSESSORIA, MULTIMÉDIA 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Pré-Requisito | Capacidade visual e motora - Grupo F Provas de Ingresso | Português Principais Áreas de Estudo | Jornalismo, Assessoria, Multimédia Objetivos do Curso Aplicação dos conhecimentos adquiridos de teoria da comunicação. Uso de técnicas que conduzem à seleção e à análise de audiências, à seleção da mensagem, à estruturação e ao design de conteúdos, à escrita em multimédia, visando um determinado impacto junto do público alvo e atendendo às caraterísticas e constrangimentos quer do meio quer da própria mensagem. Formação teórica e prática que lhe proporcione um conhecimento adequado das regras do exercício da profissão e dos princípios que a regem, estando à altura de os aplicar, atualizar e renovar.

Saídas Profissionais Jornalismo (escrito, radiofónico, televisivo e on-line) e Comunicação. Assessoria da Comunicação (relações públicas, assessoria de imprensa e de imagem, comunicação empresarial). Comunicação Multimédia (conceção e produção de conteúdos multimédia).

Departamento de Jornalismo e Ciências da Comunicação


CIÊNCIAS DA LINGUAGEM 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Provas de Ingresso | Português Principais Áreas de Estudo | Linguística, Português Língua Não Materna Objetivos do Curso Estudar as propriedades das gramáticas das línguas naturais, as formas de aquisição de língua materna e de línguas não maternas, o modo de processamento da linguagem oral e escrita, a análise de perturbações de desenvolvimento linguístico, a variação linguística no tempo, no espaço e na sociedade, a análise de texto e de discurso.

Saídas Profissionais Consultoria Linguística; Editoração e Edição de Textos. Linguística Computacional; Lexicografia e Terminologia. Produção de conteúdos e de materiais de ensino na área do Português como língua não materna. (Os estudantes que pretendam seguir a via de ensino em Português língua materna e Português língua não materna terão, como no caso de outras licenciaturas, de se inscrever num dos mestrados de ensino existentes na FLUP.) Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos


ESTUDOS

PORTUGUESES

E LUSÓFONOS 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Provas de Ingresso | Português Principais Áreas de Estudo | Literatura (Portuguesa, Brasileira e Africana); Cultura (Portuguesa, Brasileira e Africana); Linguística Portuguesa; Línguas Clássicas

Objetivos do Curso Adquirir formação aprofundada na área do conhecimento e capacidade de utilização da língua materna, através da aquisição dos instrumentos teóricos e operativos do seu funcionamento estrutural e também do estudo das suas mais conseguidas realizações na literatura e na cultura.

Saídas Profissionais Acesso a tarefas profissionais qualificadas: revisão de textos; assessoria de comunicação e publicidade; desempenho de funções relacionadas com a presença da cultura e da língua portuguesas em consulados e embaixadas, quer dos vários países lusófonos, quer de outros países que se situem nas rotas da presença de Portugal no mundo. Atividade Editorial. Dinamização Cultural.

Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos


FILOSOFIA 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Provas de Ingresso | Geografia ou História ou Português Principais Áreas de Estudo | Filosofia Objetivos do Curso O objetivo dos estudos de 1.º Ciclo é uma iniciação aos domínios centrais da Filosofia, tais como a metafísica, a epistemologia, a lógica, a ética, a filosofia política e a estética (domínios nos quais são analisadas questões gerais acerca da natureza da realidade, do conhecimento, da linguagem, da ação e da arte), alargando-se ainda a ramos mais específicos tais como a fenomenologia, a filosofia das ciências, a filosofia da religião, a bioética, a filosofia da mente, a filosofia da educação. A formação oferecida nos referidos domínios tem um enfoque duplo na história da filosofia e no pensamento contemporâneo.

Saídas Profissionais A capacidade de análise de conceitos e métodos de pensamento é a marca caraterística de uma educação em Filosofia e constitui uma perícia transferível que se revela particularmente útil numa grande variedade de ocupações profissionais. O Licenciado em Filosofia está habilitado a exercer profissionalmente funções tais como: docência; investigação científica, fundamental e aplicada; atividade editorial e no campo das artes; atividade política e diplomática; comunicação social; dinamização cultural, etc.

Departamento de Filosofia


GEOGRAFIA 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Provas de Ingresso | Geografia ou Biologia e Geologia ou Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Principais Áreas de Estudo | Geografia Física; Recursos Naturais; Ambiente; Território; Ordenamento; Geografia Humana; Tecnologias da Informação; Cartografia

Objetivos do Curso O Curso de Geografia pretende formar geógrafos com um perfil adequado ao estado atual do conhecimento em torno dos conceitos transversais de ambiente, recursos naturais, território, ordenamento e sociedade. Situada nas áreas de confluência entre as Ciências da Terra e do Ambiente e as Ciências Sociais, a licenciatura confere uma sólida formação de base, dotando os graduados de conhecimentos sobre: ambiente e mudanças globais; clima, geomorfologia e riscos naturais; questões sociais e económicas; planeamento, ordenamento e desenvolvimento; sistemas de informação geográfica. O curso tem uma forte componente prática, utilizando como instrumentos base de trabalho as tecnologias de informação e a cartografia. O 1.º Ciclo de Licenciatura em Geografia, no «espírito» de Bolonha, permite prosseguir estudos de 2.º ciclo (Mestrado) e 3.º Ciclo (Doutoramento), preferencialmente na área disciplinar da Geografia ou em domínios científicos afins.

Saídas Profissionais O Licenciado em Geografia está habilitado a exercer profissionalmente funções nas seguintes áreas de atividade: Planeamento, Ordenamento e Gestão do Território; Cartografia e Sistemas de Informação Geográfica; Turismo; Investigação em Geografia Física e Geografia Humana. Na atualidade, as principais áreas profissionais de ação ou de intervenção onde é possível encontrar Licenciados em Geografia são o ensino (básico, secundário e superior) e o ordenamento do território, no âmbito do planeamento sectorial (ambiental, de riscos naturais, do turismo, do comércio ou dos transportes) ou planeamento integrado (PROT’s, PDM’s, PU’s), seja na administração pública local – Câmaras Municipais – ou na administração pública central, seja em empresas privadas.

Departamento de Geografia


HISTÓRIA 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Provas de Ingresso | Economia ou História ou Português Principais Áreas de Estudo | História Geral, História de Portugal, Teoria da História

Objetivos do Curso Capacidade de compreender a forma como as pessoas existiam, interagiam e pensavam nos diferentes contextos históricos (esta forma de compreensão deve esclarecer a influência que o passado exerce no presente). Capacidade de interpretar e usar de uma forma crítica textos e outras fontes de informação. Capacidade de apreciar a complexidade e diversidade de situações, acontecimentos e mentalidades do passado. Capacidade de conhecer os problemas inerentes ao registo histórico em si mesmo (sensibilidade para as limitações das informações subsistentes, do saber produzido e dos perigos das explicações simplistas). Acesso a outros ciclos de estudo: acesso a segundos ciclos / mestrados de investigação e ensino em várias áreas da História ou das Ciências Sociais / Humanas.

Saídas Profissionais Fazer investigação científica. Trabalhar na área do turismo. Dinamizar e gerir programas culturais. Trabalhar na área das relações públicas. Trabalhar na área da comunicação social. Exercer atividade editorial. Exercer atividade de consultadoria. Produzir conteúdos. Trabalhar em Câmaras e Fundações. Trabalhar em Arquivos e Bibliotecas. Trabalhar em Museus. Trabalhar em gabinetes de estudo.

Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais


HISTÓRIA DA ARTE 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Pré-Requisito | Capacidade de Visão - Grupo D Provas de Ingresso | História ou Português ou História da Cultura e Artes Principais Áreas de Estudo | Arquitetura, Património, Artes Decorativas, Artes Plásticas

Objetivos do Curso O curso (LHA) visa formar para a empregabilidade, além de garantir uma base sólida que permite especializar estudos nos ciclos seguintes. Procura-se assegurar que os licenciados fiquem preparados para, individualmente ou em equipa, analisar, classificar, inventariar, contextualizar, monografar e projetar a valorização social dos objetos e conjuntos artísticos e patrimoniais; bem como para intervir, a nível teórico ou aplicado, na dinâmica de mediação de diversas disciplinas artísticas contemporâneas.

Saídas Profissionais O detentor da LHA da FLUP é um profissional do setor da Arte e do Património habilitado para exercer, em gabinetes, museus, galerias, centros culturais, fundações, institutos, empresas e outras entidades, públicas ou privadas, funções de: investigador; autor (conteúdos originais ou de divulgação em variados suportes); consultor; programador (práticas artísticas atuais e produção do seu material crítico e formativo); coordenador (estudos de desenvolvimento potenciando espólios artísticos e bens patrimoniais imóveis); e formador (cursos, conferências e outras atividades educativas).

Departamento de Ciências e Técnicas do Património


LÍNGUAS

APLICADAS 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Provas de Ingresso | uma de Alemão, Espanhol, Francês, Inglês ou Português

Principais Áreas de Estudo | Tradução, Línguas e Relações Empresariais Objetivos do Curso Desenvolver a competência linguístico-comunicativa tanto na língua materna, como nas línguas estrangeiras. Adquirir e aplicar conhecimentos e competências essenciais para o exercício profissional da Tradução e de áreas afins. Adquirir e operacionalizar conceitos indispensáveis para a compreensão de fenómenos linguísticos e culturais. Perspetivar e analisar transnacional e interdisciplinarmente fenómenos culturais.

Saídas Profissionais Profissões nas áreas de: Tradução, Gestão, Serviços, Relações Públicas e Indústrias Culturais.

Departamento de Estudos Anglo-Americanos Departamento de Estudos Germanísticos Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos


LÍNGUAS

E RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Provas de Ingresso | uma de Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Português ou Literatura Portuguesa

Principais Áreas de Estudo | Línguas, Relações Internacionais, Sociologia, História, Direito, Economia

Objetivos do Curso Conhecer os conceitos, as teorias, as estruturas, os métodos e a natureza das relações internacionais nos seus contextos histórico-políticos e socioeconómicos. Adquirir e/ou aprofundar conhecimentos e competências em duas línguas estrangeiras.

Saídas Profissionais Profissões que exijam um bom conhecimento da área das Relações Internacionais, nomeadamente em instituições europeias, embaixadas e consulados, empresas com relações internacionais e órgãos de comunicação social. Esta formação poderá viabilizar o futuro acesso à carreira diplomática e à carreira de investigação na área.

Departamento de Estudos Anglo-Americanos Departamento de Estudos Germanísticos Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos


LÍNGUAS,

LITERATURAS E CULTURAS 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Provas de Ingresso | uma de Alemão, Espanhol, Francês, Inglês ou Português Principais Áreas de Estudo | Línguas (Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Latim e Grego). Literatura (Africana de expressão portuguesa ou francesa, Alemã, Brasileira, Espanhola, Francesa, Inglesa, Norte-Americana, Grega, Latina e Portuguesa). Cultura (Africana de expressão portuguesa ou francesa, Alemã, Brasileira, Espanhola, Francesa, Inglesa, Norte-Americana, Grega, Romana e Portuguesa). Linguística (Alemã, Espanhola, Francesa, Inglesa e Portuguesa).

Objetivos do Curso Desenvolver competências avançadas na utilização da língua materna e/ou de línguas estrangeiras. Adquirir e/ou aprofundar conhecimentos e competências nas diferentes áreas científicas em estudo. Promover e/ou alargar o conhecimento das culturas e literaturas que têm a sua expressão nas línguas estudadas.

Saídas Profissionais Profissões que exijam um bom domínio da língua portuguesa e de línguas estrangeiras, nomeadamente em instituições europeias, embaixadas e consulados, empresas com relações internacionais, órgãos de comunicação social, empresas de turismo, indústria editorial, recursos humanos e animação cultural.

Departamento de Estudos Anglo-Americanos Departamento de Estudos Germanísticos Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos


SOCIOLOGIA 1.º CICLO

Duração do Curso | 3 Anos Requisitos de Acesso | 12.º Ano de Escolaridade ou Equivalente Provas de Ingresso | Geografia ou História ou Português Principais Áreas de Estudo | Sociologia Objetivos do Curso Adquirir competências nos domínios estruturadores do pensamento sociológico. Obter competências metodológicas orientadas para a análise dos processos sociais. Adquirir competências de intervenção social cientificamente sustentadas. Conhecer a produção sociológica nacional e internacional. Desenvolver uma cultura de cidadania crítica e reflexiva e posturas profissionais assentes em princípios éticos. Aceder à formação pós-graduada (cursos de Especialização e de Segundo Ciclo), nomeadamente ao Mestrado em Sociologia da FLUP.

Saídas Profissionais A Sociologia analisa a estrutura e transformação dos fenómenos sociais. Serve para intervir, de forma fundamentada, sobre o social, apoiando a tomada de decisões, propondo alternativas e promovendo a cidadania em várias áreas da sociedade. Nas organizações sociais e empresariais, o/a Sociólogo/a: integra equipas de sondagens, de estudos de mercado, de publicidade e marketing; coordena e implementa estudos sobre clima social, satisfação laboral, comunicação interna; avalia políticas e projetos de intervenção social; coordena e ministra formação inicial e contínua; desenvolve processos de melhoria contínua da organização do trabalho e da qualidade de vida no trabalho; gere recursos humanos; medeia conflitos laborais, familiares e étnicos. Nas autarquias e instâncias do desenvolvimento regional e local, o/a Sociólogo/a: coordena e implementa medidas de intervenção social, urbanística, ambiental e escolar; gere e requalifica o património cultural; promove formação e animação cultural. Nas organizações públicas e privadas (universidades, escolas, centros de formação, hospitais, entre outras), o/a Sociólogo/a: concebe e implementa políticas sociais em projetos de luta contra a pobreza e exclusão social; promove estratégias de inclusão de grupos sociais desfavorecidos e de reinserção social; colabora na administração organizacional escolar, hospitalar ou de outra instituição; concebe e implementa medidas de política de saúde, de emprego, de educação e formação, de habitação, de cultura e turismo. Nos centros de investigação e desenvolvimento, o/a Sociólogo/a: analisa bibliografia e produz textos científicos; desenvolve trabalho de campo; produz, trata e analisa informação . E muitas outras atividades profissionais transversais ao domínio social.

Departamento de Sociologia


2.º CICLO 2014/2015

Serviço de Gestão Académica | Faculdade de Letras da Universidade do Porto | Via Panorâmica S/N | 4150-564 Porto | www.letras.up.pt | E-mail: sga@letras.up.pt | Tel.: +351 226 077 100 | Fax: +351 226 091 610


2.º CICLO 2014/2015 Arqueologia N.º máximo de estudantes a admitir | 20 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Teresa Soeiro

Ciência da Informação* (A funcionar administrativamente na FEUP) N.º máximo de estudantes a admitir | 30 Diretor de Curso | Prof. Doutor António Lucas Soares

Ciências da Comunicação N.º máximo de estudantes a admitir | 60 Diretor de Curso | Prof. Doutor Paulo Frias

Didática das Línguas Materna ou Estrangeiras e Supervisão Pedagógica em Línguas N.º máximo de estudantes a admitir | 10 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Maria de Fátima Outeirinho

Estudos Africanos N.º máximo de estudantes a admitir | 15 Diretor de Curso | Prof. Doutor José Maciel Santos

Estudos Alemães N.º máximo de estudantes a admitir | 20 Diretor de Curso | Prof. Doutor John Greenfield

Estudos Anglo-Americanos N.º máximo de estudantes a admitir | 30 Diretor de Curso | Prof. Doutor Gualter Cunha

Estudos de Teatro N.º máximo de estudantes a admitir | 15 Diretor de Curso | Prof. Doutor Gonçalo Vilas-Boas

Estudos Literários, Culturais e Interartes N.º máximo de estudantes a admitir | 35 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Zulmira Santos

Estudos Medievais N.º máximo de estudantes a admitir | 20 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Paula Pinto Costa

Filosofia N.º máximo de estudantes a admitir | 30 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Eugénia Vilela

História Contemporânea

História e Património N.º máximo de estudantes a admitir | 30 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Inês Amorim

História, Relações Internacionais e Cooperação N.º máximo de estudantes a admitir | 25 Diretor de Curso | Prof. Doutor Jorge Ribeiro

Linguística N.º máximo de estudantes a admitir | 20 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Ana Maria Brito

Museologia N.º máximo de estudantes a admitir | 30 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Paula Menino Homem

Português Língua Segunda / Língua Estrangeira N.º máximo de estudantes a admitir | 15 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Isabel Margarida Duarte

Riscos, Cidades e Ordenamento do Território N.º máximo de estudantes a admitir | 20 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Ana Monteiro

Sistemas de Informação Geográfica e Ordenamento do Território N.º máximo de estudantes a admitir | 30 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Teresa Sá Marques

Sociologia N.º máximo de estudantes a admitir | 35 Diretor de Curso | Prof. Doutor Carlos Gonçalves

Sociologia e Saúde* (A funcionar administrativamente na FMUP)

N.º máximo de estudantes a admitir | 25 Diretor de Curso | Prof. Doutor Henrique Barros

Tradução e Serviços Linguísticos N.º máximo de estudantes a admitir | 30 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Belinda Maia

Turismo N.º máximo de estudantes a admitir | 35 Diretor de Curso | Prof. Doutor Luís Martins

N.º máximo de estudantes a admitir | 20 Diretor de Curso | Prof. ª Doutora Conceição Meireles Pereira

* Informação a confirmar junto da instituição onde o curso funciona administrativamente

História da Arte Portuguesa

Critérios de Seleção: Currículo Académico | Currículo Científico | Currículo Profissional | Entrevista

N.º máximo de estudantes a admitir | 25 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Lúcia Rosas


2.º CICLO MESTRADO EM ENSINO

2014/2015

Ensino de Inglês e de Língua Estrangeira no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário N.º máximo de estudantes a admitir | 63 ECTS exigidos na área | 100 em Inglês e 60 na área da 2.ª Língua Estrangeira (dos quais 36 deverão ser de Língua) Diretor de Curso | Prof. Doutor Rogélio Ponce de León Romeo

Ensino da História e da Geografia no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário N.º máximo de estudantes a admitir | 30 ECTS exigidos na área | 120 créditos no conjunto das duas áreas disciplinares e nenhuma com menos de 50 créditos Diretor de Curso | Prof. ª Doutora Elsa Pacheco

Ensino de Português e Línguas Clássicas no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário N.º máximo de estudantes a admitir | 37 ECTS exigidos na área | 120 em Português e 40 em Línguas Clássicas Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Isabel Margarida Duarte

Ensino de Português no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário e de Língua Estrangeira no Ensino Básico e no Ensino Secundário N.º máximo de estudantes a admitir | 74 ECTS exigidos na área | 100 em Português e 60 na área da 2.ª Língua Estrangeira (dos quais 36 deverão ser de Língua) Diretor de Curso | Prof. Doutor Rogélio Ponce de León Romeo

Ensino da Filosofia no Ensino Secundário N.º máximo de estudantes a admitir | 15 ECTS exigidos na área | 120 em Filosofia Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Paula Cristina Pereira

Pré-Requisitos necessários para a Candidatura Licenciatura (180 ECTS); ECTS exigidos para cada formação, independentemente de terem o grau de licenciado (se não tiverem a totalidade dos ECTS exigidos, os estudantes poderão candidatar-se com 25% dos ECTS em falta); Prova de Língua Portuguesa, a realizar no dia 04 de julho de 2014 (Inscrições em www.letras.up.pt).

Critérios de Seleção Currículo Académico Currículo Científico Currículo Profissional Entrevista Prova de Língua Portuguesa


3.º CICLO 2014/2015

Serviço de Gestão Académica | Faculdade de Letras da Universidade do Porto | Via Panorâmica S/N | 4150-564 Porto | www.letras.up.pt | E-mail: sga@letras.up.pt | Tel.: +351 226 077 100 | Fax: +351 226 091 610


3.º CICLO 2014/2015 Arqueologia

História da Arte Portuguesa

N.º máximo de estudantes a admitir | 12 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Maria de Jesus Sanches

N.º máximo de estudantes a admitir | 12 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Lúcia Rosas

Ciências da Linguagem

Informação e Comunicação em Plataformas Digitais (Em parceria

N.º máximo de estudantes a admitir | 20 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Ana Maria Brito

Universidade de Aveiro)

N.º máximo de estudantes a admitir | 20 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Fernanda Ribeiro

Estudos Literários, Culturais e Interartísticos N.º máximo de estudantes a admitir | 30 Diretor de Curso | Prof. Doutor Carlos Azevedo

Filosofia N.º máximo de estudantes a admitir | 20 Diretor de Curso | Prof. Doutor José Francisco Meirinhos

Museologia N.º máximo de estudantes a admitir | 10 Diretor de Curso | Prof.ª Doutora Alice Semedo

Sociologia N.º máximo de estudantes a admitir | 20 Diretor de Curso | Prof. Doutor João Miguel Teixeira Lopes

História N.º máximo de estudantes a admitir | 20 Diretor de Curso | Prof. Doutor Luís Miguel Duarte

Critérios de Seleção Currículo Académico Currículo Científico Currículo Profissional Entrevista

com

a


CURSOS DE FORMAÇÃO - LÍNGUAS

Cursos de Línguas Alemão Árabe Búlgaro Chinês Dinamarquês Espanhol Finlandês Francês Grego Antigo Grego Moderno Hebraico Hindi Húngaro Inglês Italiano Japonês Latim Persa Polaco Romeno Russo Sueco Turco

Cursos Intensivos Línguas Alemão Chinês Espanhol Francês Inglês Italiano Latim Russo

Cursos de Português para Estrangeiros Curso Anual Curso de Verão Curso Intensivo Erasmus Intensive Language Course

Serviço de Gestão Académica, Setor de Formação | Faculdade de Letras da Universidade do Porto | Via Panorâmica S/N | 4150-564 Porto | www.letras.up.pt | E-mail: gfec@letras.up.pt | Tel.: +351 226 077 152 | Fax: +351 226 091 610


Gabinete de Eventos, Comunicação e Imagem Faculdade de Letras da Universidade do Porto Via Panorâmica, s/n 4150-564 Porto Tel.: +351 226 077 123 / 05 Fax: +351 226 077 173 E-mail: geci@letras.up.pt www.letras.up.pt


Flup 2014 book