Page 1

Simone Elkeles – Leaving Paradise

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

Grupo Shadows Secrets

1


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

CRÉDITOS: TRADUÇÃO: Mari'R Nayanne Cielo

REVISÃO: Anarchia

REVISÃO FINAL: Bo Lost Girl

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

2


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Leaving Paradise Simone Elkeles

Sinopse:

CALEB: Estou feliz de voltar para casa depois de um ano de estar trancado em um centro correcional por causa de um acidente dirigindo bêbado. Mas se eu estou tão feliz por isso, porque estou me sentindo tão ansioso? Enfrentar meus pais vai ser difícil. Eu também tenho que começar meu último ano do colégio e enfrentar o pessoal da escola e os amigos que me abandonaram depois que fui preso. A pior parte é que Maggie Armstrong é minha vizinha do lado. Quem é Maggie Armstrong? Oh, ela é a garota por quem fui para a cadeia por aleijar. Lembro-me do meu erro a cada dia da minha vida por causa dela. A vida não é justa. MAGGIE: Eu não posso acreditar que Caleb Becker esta sendo liberado mais cedo. Eu planejei ir para a Espanha para meu último semestre do último ano da secundária para poder evitar dar de cara com ele. Mas meus planos estão arruinados porque Caleb será liberado mais cedo da prisão juvenil. Isto totalmente me chateia já que minha vida virou de cabeça para baixo por causa do acidente, e que Caleb volte será como pular diretamente de volta aonde ele me deixou. A vida não é justa e eu odeio Caleb com toda minha alma. Mas como eu posso ficar longe do meu inimigo quando ele está em todo lugar que eu vou? Lembro-me o quanto cada dia da minha vida mudou por causa dele. A vida não é justa.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

3


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Um Caleb Eu estive esperando um ano por este momento. Não é todo dia que você tem a chance de sair da cadeia. Claro, no jogo de Monopoly você só tem que rolar o dado três vezes e esperar por um duplo, ou pagar a multa e ser livre. Mas não há jogos aqui no Departamento Correcional, complexo de menores Illinois; ou o DOC como nós os presos o chamamos. Oh, não é tão duro como parece. Toda divisão de menores do sexo masculino é difícil, mas não é como a DOC para adultos. Você poderia se perguntar por que eu fui preso no ano passado. Eu fui condenado por atropelar uma menina com o meu carro enquanto dirigia embriagado. Foi a batida e a fuga 1 do acidente, também, o que na verdade fez que o juiz no meu caso ficasse realmente puto. Ele me cravou três meses a mais por isso. "Está pronto, Caleb?" Jerry, o guarda da cela, pergunta. "Sim, senhor". Eu estive esperando trezentos e dez dias para isso. Inferno, sim, eu estou pronto. Respiro fundo e sigo Jerry para a sala onde o comitê de revisão fará minha avaliação. Eu fui preparado por outros caras do meu bloco de celas. Sente-se reto, olhe cheio de remorso, seja educado, e todas essas coisas. Mas, para dizer a verdade, quanto se pode confiar em caras que não saíram por si mesmos? Enquanto Jerry abre a porta para a sala de avaliação, meus músculos começam a tremer e eu estou ficando todo suado sob meu macacão emitido-pelo-estado, meias emitidas-peloestado, e sim, até minha cueca emitida-pelo-estado. Talvez eu não esteja tão preparado para isso depois de tudo. "Por favor sente-se, Caleb," ordena uma mulher usando óculos e um olhar severo no rosto. Eu juro que a cena é saída de um filme ruim. Sete pessoas sentadas atrás de mesas de 1,82

1

Hit-and-run: seria algo como bater-e-correr, que é quando ocorre fuga depois de bater /atropelar alguém.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

4


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

de comprimento em frente de uma cadeira de metal solitário. Eu sento no frio e duro metal. "Como você sabe, estamos aqui para avaliar a sua capacidade de sair daqui e começar sua vida como um cidadão livre". "Sim, senhora", eu digo. "Estou pronto para sair." Um cara grande, que eu posso dizer que vai jogar de "tira mau", coloca as mãos para cima. "Opa, devagar. Temos algumas perguntas a fazer antes de tomarmos nossa decisão." Oh, cara "Desculpe". Grandalhão checa meu arquivo, virando página após página. "Fale-me sobre a noite do acidente." A noite em minha vida que eu quero apagar da história. Tomando uma respiração profunda, eu digo: "Eu estava bebendo em uma festa. Dirigi para casa, mas perdi o controle do carro. Quando eu percebi que atingi alguém, eu me apavorei e dirigi de volta para a festa." "Você conhecia a garota que você acertou?" As memórias me assaltam. "Sim, senhor. Maggie Armstrong... minha vizinha." Eu não adiciono que ela era a melhor amiga da minha irmã gêmea. "E você não saiu do carro para ver se sua vizinha estava ferida?" Eu me mecho na minha cadeira. "Eu acho que eu não estava pensando direito." "Você acha?" outro membro do comitê pergunta. "Se eu pudesse voltar no tempo, eu juro que faria. Eu mudaria tudo." Eles me questionam por outra meia hora e eu jorro respostas. Porque eu estava bebendo embora fosse menor de idade, por que entrei em um carro bêbado, porque eu deixei a cena do acidente. Eu não sei se eu estou dizendo a coisa errada ou a coisa certa, que me coloca em vantagem. Eu estou apenas sendo eu mesmo... Caleb Becker, dezessete-anos-de-idade. Se eles acreditam em mim, eu tenho uma chance de ser solto mais cedo. Se não... Bem, eu vou estar comendo esta porcaria de comida por mais seis meses e continuarei dormindo com condenados. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

5


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Grandalhão olha bem para mim. "Como sabemos que você não estará em outra bebedeira?" Eu sento-me com as costas retas na cadeira e dirijo minha atenção a cada um dos membros do comitê. "Sem ofensa, mas nunca mais quero voltar aqui novamente. Cometi um enorme erro, que me assombra dia e noite desde que estou aqui. Só... deixe-me ir para casa". Pela primeira vez na minha vida, me sinto tentado a rastejar. Em vez disso, me recosto e espero por outra pergunta. "Caleb, por favor, espere lá fora, enquanto tomamos nossa decisão", a mulher de óculos diz. E isso é tudo. Apenas isso. Eu espero no corredor. Normalmente não sou um cara que quebra sob pressão, e o último ano na prisão, definitivamente, me deu um pedaço invisível de uma armadura que coloco ao meu redor. Mas esperar por um grupo de estranhos para decidir o seu destino é extremamente tenso. Eu seco as gotas de suor da minha testa. "Não se preocupe", diz Jerry o guarda. "Se você não os convenceu, você pode ter outra chance em poucos meses." "Excelente," eu murmuro de volta, nem um pouco consolador. Jerry ri, as algemas de prata brilhante que penduram em seu cinturão ressoam com cada movimento. O cara gosta muito de seu trabalho. Esperamos uma meia hora por alguém que saia da sala e me dê um sinal do que vem. Liberdade ou mais tempo de cadeia? Eu estou cansado de ser trancado em minha cela durante a noite. Eu estou cansado de dormir em beliche com molas empurrando as minhas costas. E eu estou cansado de ser vigiado as vinte e quatro horas ao dia por guardas, pessoal, câmeras e outros detentos. A senhora dos óculos abre a porta. "Caleb, estamos prontos para você." Ela não está sorrindo. Isso é um mau sinal? Estou me preparando para más notícias. Eu me Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

6


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

levanto e Jerry dá um tapinha nas minhas costas. Um tapinha de pena? Será que ele sabe alguma coisa que eu não? O suspense está me enlouquecendo. Eu sento novamente na cadeira de metal. Todos os olhos estão em mim. Grandalhão cruza as mãos sobre a mesa e diz: "Nós todos concordamos que suas ações no ano passado concernente ao acidente foram condenáveis." Eu sei disso. Eu realmente sei disso. "Mas acreditamos que foi um incidente isolado que nunca será repetido. Você demonstrou qualidades de liderança positiva com outros detentos e trabalhou duro em suas ocupações aqui. O comitê de revisão decidiu liberá-lo e que tenha que concluir sua sentença com cento e cinqüenta horas de serviço comunitário." Isso significa o que acho que significa? "Liberado? Quando posso sair daqui?" Eu pergunto ao Grandalhão. "Você se reunira com seu treinador de transição amanhã de manhã. Ele vai organizar suas tarefas de serviço comunitário e o relatório de seu progresso para nós". Outro membro do comitê aponta um dedo manicurado para mim. "Se você estragar tudo, o seu conselheiro de transição pode apresentar uma petição ao juiz para trazê-lo de volta aqui para cumprir o resto de sua sentença. Compreendeu?" "Sim, senhor". "Nós não damos descanso aos reincidentes. Vá para casa, seja um cidadão modelo, termine seus requerimentos de serviço comunitário, e tenha uma boa e limpa vida". Eu entendi. "Eu farei", eu digo. Quando eu volto para minha cela, o único ali é o novo garoto. Ele tem doze anos e ainda chora o tempo todo. Talvez ele deveria ter pensado duas vezes antes de ter enterrado a faca nas costas da menina que se recusou a ir ao baile da escola com ele. "Você nunca vai parar de chorar?" Pergunto ao menino. Ele tem o rosto em seu travesseiro; Eu não acho que ele me ouve. Mas então ouço um abafado: "Odeio este lugar. Eu quero ir para casa."

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

7


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu mudo minhas botas de trabalho porque tenho o prazer de ter que limpar os contenedores de lixo hoje. "Sim, eu também", eu digo. ‚Mas você est{ preso aqui, então pare de choramingar e receba o programa‛. O garoto se senta, funga, e limpa o nariz com as costas da mão. "Há quanto tempo você está aqui?" "Quase um ano". Isso leva o menino a mergulhar de novo em seu travesseiro para mais lamento. "Eu não quero estar preso durante um ano", ele chora. Julio, outro companheiro de cela, entra na sala. "Sério, Caleb, se esse garoto não calar a boca, eu vou matar ele. Eu não dormi durante três noites por causa desse bebê chorão". Os lamentos param, mas então as fungações começam. O que são, na verdade pior do que os lamentos. "Julio, dê ao garoto um tempo", eu digo. "Você é muito mole, Caleb. Tem que endurecer estes garotos." "Assim eles podem ser como você? Sem ofensa, cara, mas você dá medo a um serial killer," eu digo. Uma olhada em Julio e você sabe que ele é um cara durão. Tatuagens por todo o pescoço, costas e braços. Cabeça raspada. Quando minha mãe vem para as visitas, ela age como se suas tatuagens fossem contagiosas. "Então?" Julio diz. "Eles vão te deixar sair daqui?" Sento-me na minha cama. "Sim. Amanhã". "Sortudo filho da puta. Você vai voltar para essa pequena cidade com um nome engraçado? Como é que se chama mesmo?" "Paradise". "Então, eu vou estar preso aqui sozinho com o bebê chorão enquanto você está em Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

8


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Paradise? Que ironia". Ele dá ao menino um longo olhar. Se eu não conhecesse Julio melhor, eu ficaria com medo também. Isso endurece o menino de novo. Julio ri e então diz: "Bem, eu vou te dar o número do meu primo Rio, em Chicago. Se você precisar sair disparado de Paradise, Rio vai te dar uma mão". "Obrigado, cara," eu digo. Julio balança a cabeça para o garoto chorando, diz: "Mais tarde, amigo" e deixa a cela aberta. Eu toco o menino em seu ombro. Ele empurra longe, com medo. "Eu não vou te machucar", digo a ele. Ele se vira para mim. "Isso é o que todos dizem. Ouvi sobre o que acontece nas prisões." Ele empurra seu traseiro para a parede. "Não tenha ilusões, garoto. Você não é meu tipo. Gosto de garotas." "E o cara com as tatuagens?" Eu luto com a vontade de rir. "Ele é hétero, também. Cara, você está em um centro juvenil." "Ele disse que vai me matar." "Ele diz isso porque gosta de você", eu garanto a ele. Julio tem um senso de humor doentio. "Agora, saia da cama, pare de chorar, e vá para o grupo." Grupo é a terapia de grupo. Onde todos os detentos se reúnem para discutir a merda pessoal sobre suas vidas. Amanhã estarei saindo deste inferno de lugar. Não mais grupo. Não mais companheiros de cela. Não mais comida de merda. Não mais contentores que limpar. Amanhã estou indo para casa.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

9


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Dois Maggie Eu acho que os fisioterapeutas gostam de seu trabalho um pouco demais. Quero dizer, por que eles sempre parecem tão felizes e sorridentes enquanto fazem você suar e estremecer de dor? Com certeza, Robert, meu fisioterapeuta, está esperando por mim com um grande sorriso de dentes brancos, na sala de espera da área ambulatorial do hospital. "Oi, Maggie. Está pronta para trabalhar essas pernas? Não realmente. "Eu acho que sim‛, eu digo, olhando para o chão. Eu sei que o trabalho de Robert é tentar me fazer andar melhor. Mas não serve de nada me ajudar a andar normal porque minha perna está toda bagunçada por dentro. A última cirurgia que tinha que arrumar a fratura do platô tibial durou mais de sete horas. Meu cirurgião ortopédico brinca comigo e a chama de perna biônica. Tudo o que sei é que tenho mais pregos e plástico dentro de mim do que a média de uma caixa de ferramentas. Quando eu for para a Espanha no próximo semestre os policiais2 do aeroporto vão ter um dia divertido comigo. Eles provavelmente me pedirão para subir dentro da máquina de raio-x para se certificarem de que eu não estou escondendo uma arma dentro do meu joelho. Robert me escolta até a sala de fisioterapia. Eu tenho que vir aqui duas vezes por semana. Duas vezes por semana durante quase um ano e ainda as pessoas me olham fixamente quando eu caminho. "Maggie, deite e coloque seu pé sobre meu ombro", Robert instrui, começando com os negócios-de-costume. Suspirando, me deito sobre a esteira e coloco meu pé no ombro de Robert. Ele agarra meu

2

Screeners: Pessoa responsável na fiscalização dos objetos pela máquina de raio-x.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

10


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

pé no lugar e se inclina para frente. "Coloque pressão sobre ela". Depois do acidente, tudo o que posso fazer é um pequeno empurrão de bebê. "Vamos, Maggie. Você pode fazer melhor que isso. Eu mal senti." Eu coloco meu antebraço sobre meus olhos. "Isso nunca vai ficar melhor que isto." "Claro que vai. Olha, você nunca acreditou que seria capaz de andar outra vez e aqui está você". Eu coloco mais pressão no meu pé. "É isso ai garota. Agora classifique seu nível de dor de um a dez, sendo dez excruciante". "Oito". "Um oito?" Inclusive poderia ser um nove. "Se você trabalhar duro agora, a recompensa se mostrará mais adiante", diz ele. Eu não respondo, mas mantenho a crescente pressão sobre meu pé. Ele se reclina e abaixa o meu pé. Ufa, isso é tudo. "Ótimo. Agora, mantenha suas pernas retas e alterne flexionando-as uma de cada vez." Eu começo com minha perna direita. O acidente não a danificou muito e as cicatrizes curaram. Na maior parte. Mas quando tenho que dobrar minha perna esquerda, sinto como se um peso estivesse ligado a ela. Eu a dobro uma polegada por vez. Só de levantar a minha perna me faz suar como uma corredora de longa distância. A palavra patética praticamente resume bem minha de dezessete-anos-de-idade. "Um pouco mais", diz Robert, enquanto estou a ponto de baixá-la. "Qual é o seu nível de dor de um a dez?" Antes que eu possa responder um nove, seu celular toca. E toca. E toca. "Você não vai Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

11


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

atender?" Eu pergunto. "Não enquanto tenho uma paciente. Mantenha as pernas dobradas, Maggie." "Talvez seja importante", eu digo com voz esperançosa. "Se for, eles vão deixar uma mensagem. Dr. Gerrard me disse que você vai nos deixar em janeiro", diz ele enquanto eu alterno minhas pernas. "Yep", digo entre dentes cerrados. "Eu consegui uma bolsa para ir à Espanha por um semestre. Tive que pedir uma prorrogação devido à infecção." Robert assobia apreciativamente. "Espanha, huh? Você é uma moça sortuda." Sortuda? Eu não sou sortuda. Pessoas de sorte não são atingidas por carros e têm que ir a uma fisioterapia dolorosa. Pessoas de sorte não têm pais divorciados e um pai que elas vêem uma vez por ano. Pessoas de sorte têm amigos. Agora que penso sobre isso, eu sou provavelmente a pessoa mais azarada do universo inteiro. Eu suporto a tortura em minha perna por outros vinte minutos. Estou tão pronta para sair, mas eu sei que isso não é tudo. A última coisa que Robert faz na fisioterapia é uma massagem nos músculos da minha perna. Eu tiro minha calça e me sento na mesa de metal em meus shorts. "E a vermelhidão desapareceu?‛, Robert pergunta enquanto esfrega o medicamento em creme sobre minha perna com as mãos enluvadas. "Eu não sei‛, digo. "Eu não gosto de olh{-la." Na realidade, eu olharia em qualquer lugar exceto minha cicatrizada perna esquerda. É feia, como se uma criança de dois anos de idade tivesse desenhado linhas vermelhas com um giz de cera subindo e descendo por minha panturrilha e coxa. Mas as marcas não são de um giz de cera. São de várias cirurgias depois de que Caleb Becker me atropelou enquanto dirigia bêbado. Eu tento esquecer Caleb, mas não posso. Ele está embutido no meu cérebro como um câncer. Meus pesadelos do acidente haviam parado, entretanto, graças à Deus. Eles duraram por cerca de seis meses. Eu odeio Caleb. Odeio o que ele me fez e estou contente de que ele esteja longe. Eu tento não pensar sobre onde ele tem estado. Se penso sobre isso é mais difícil, provavelmente me sentirei culpada. Então, eu não penso sobre isso e caminho com Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

12


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

dificuldade por minha vida ignorando as partes que me puxam para baixo até que não serei capaz de me levantar. Enquanto Robert estudiosamente massageia os músculos da minha perna, eu me encolho. "Não deve doer quando eu faço isto", diz ele. "Não dói". É apenas... Eu não gosto que as pessoas toquem minhas cicatrizes. Eu nem sequer agüento tocá-las. Robert examina minha perna. "A vermelhidão profunda vai desaparecer eventualmente. Dê-lhe mais alguns meses." Robert finalmente anuncia que terminou. Enquanto eu coloco minhas calças de treino novamente, ele escreve algo no meu arquivo. Sua caneta se move mais rápido do que eu posso falar. "O que está escrevendo?" Pergunto com cautela. "Apenas avaliando o seu progresso. Estou solicitando ao Dr. Gerrard vir de visita durante sua terapia na próxima semana." Não entre em pânico, Maggie, eu digo a mim mesma. "Por quê?" "Eu gostaria de mudar o seu programa." "Eu não gosto como soa isso". Robert dá um tapinha nas minhas costas. "Não se preocupe, Maggie. Precisamos apenas contar com um plano de fisioterapia para que você possa fazer na Espanha sem mim." Fisioterapia na Espanha? Não é exatamente o que me imaginei fazendo no exterior. Eu não digo isto para Robert. Em vez disso, eu dou a ele um sorriso fraco. Depois da minha consulta, eu vou para a Lanchonete Tia Mae, onde mamãe trabalha. Eu sei que não é glamuroso, mas ela teve que conseguir um trabalho quando meu pai se foi há dois anos. Seu chefe, o Sr. Reynolds, é bastante agradável e lhe deu muito tempo livre quando eu estava no hospital. Nós não somos ricos, mas temos um teto sobre nossas cabeças e a comida da Tia Mae em nossos estômagos.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

13


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Sento-me em uma mesa e minha mãe vai à cozinha preparar o jantar para mim. Eu estou a ponto de ler um livro, quando olho para cima e vejo Danielle, Brianne, e minha prima Sabrina entrar no restaurante. Deus, elas parecem tão... Perfeitas. Eu costumava ser amiga de Danielle e Brianne. Leah Becker e eu costumávamos passar o tempo todo com elas. As quatro estávamos na equipe de tênis da escola e éramos inseparáveis desde nossa primeira aula de tênis no Centro Comunitário de Paradise quando tínhamos nove anos. Sabrina era a estranha, a não-atleta. Eu lembro-me de mamãe me fazendo perguntar a Sabrina se queria nos acompanhar com minhas amigas quando nós saíamos. O acidente virou Paradise de cabeça para baixo. Quando Caleb me atropelou, ele não só destruiu a minha perna, ele também destruiu a minha amizade com sua irmã gêmea, Leah, e a amizade da minha mãe com a Sra. Becker. Ali agora há uma barreira invisível entre a nossa casa e a casa dos Becker onde uma vez houve a política de portas abertas. No começo eu não tinha tempo para Leah; no hospital o meu telefone tocava constantemente. Minha mãe se manteve ocupada respondendo chamadas e me instigando a cortar minhas pequenas conversas para que eu pudesse me concentrar em me curar. Mas enquanto os meses passavam, as chamadas diminuíam, então finalmente pararam completamente. Todo mundo seguiu com sua vida, enquanto eu me recuperava em casa. Sabrina costumava vir e me dar atualizações sobre as fofocas da escola. Agora, minha prima é amiga íntima de Brianne e Danielle, o que é totalmente estranho porque antes do acidente elas não lhe davam nem as horas do dia. Eu nunca perguntei a Sabrina sobre Leah... E Sabrina nunca oferece qualquer informação. O irmão de Leah foi para a prisão por minha causa. Eu tinha certeza que ela me odiava por isso. Nós literalmente passamos de ser melhores amigas a estranhas da noite pro dia. Cada vez que penso em voltar para a escola na segunda-feira, meu estômago começa a se contorcer. Eu estive tendo educação em casa por tutores públicos designados pelo distrito escolar em quase meu terceiro ano inteiro devido à infecção na perna depois da minha primeira cirurgia. Agora sou estudante do último ano. Eu não sei o que será pior; sair de casa ou ir à escola e enfrentar todos os alunos de lá. E se eu encontrar Leah? O que devo dizer? Minha prima e minhas velhas amigas estão de pé no posto da hostess, esperando para ser assentadas. Okay, então é em horas como estas que eu gostaria que mamãe não trabalhasse como garçonete. Sabendo que ela usa um uniforme rosa de poliéster com bottons que se

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

14


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

podem ler PERGUNTE-ME SOBRE MEU DOUBLE DECKERS3 geralmente não me incomoda. Mas isso, e ainda por cima ter de servir minhas antigas amigas, me faz querer esconder debaixo da mesa. Mamãe sai da cozinha de volta com o meu jantar. Eu observo em agonia enquanto ela localiza Danielle, Brianne e Sabrina. Seus olhos se iluminam. "Olá, meninas!" Ela acena para mim para chamar minha atenção. "Olha Maggie, são suas amigas e sua prima!" Brianne e as outras dão a minha mãe sorrisos falsos. Mamãe está alheia a isso. Eu dou um pequeno aceno e olho para baixo a uma minúscula mancha no canto da mesa, esperando que minha mãe entenda o recado. "Por que não se sentam com Maggie? Ela está sozinha", eu ouço minha mãe dizer. Por que ela apenas não diz a elas que eu sou uma perdedora agora, também? Talvez eu deva ter um grande "L" para "loser4" em um botton e prendê-lo na frente da minha camiseta. As meninas, incluindo minha prima, apenas se olham umas as outras e dão de ombros. "Certo". Por que fingir serem minhas amigas e ser todas falsas? Não vale a pena. "Oi", eu digo quando mamãe as leva à minha mesa e coloca o meu jantar favorito na minha frente: um french dip 5, sopa de ervilhas, acompanhado de batatas fritas com molho. "Senhora Armstrong, o que são seus double deckers?" Brianne pergunta. O resto das meninas sorri dissimuladamente enquanto eu afundo na minha cadeira. Mamãe não hesita e vai diretamente para sua lengalenga.

Double Deckers é um termo usado para se referir a aqueles ônibus de dois andares, também é usado para se referir a pontes, estradas, que possuem dois níveis. Mas também pode se referir a outras coisas como por exemplo, nesse caso, um tipo de sanduíche duplo. 4 Loser significa perdedor. 5 French Dip é um sanduíche francês quente, com fatias finas de rosbife, ou às vezes outras carnes, dentro de uma baguete. É servido geralmente com suco, isto é, com suco de carne do processo de cozimento. O caldo de carne é às vezes substituído 3

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

15


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Nós temos uma nova seleção de sanduíches duplos com camadas de peru e bacon com alface, tomate, maionese e nosso molho especial. Temos também a nova carne assada e sanduíche de queijo duplo. Todos vêm com duas camadas de pão." Danielle parece doente. "Minhas artérias se obstruem só ouvindo sobre todo esse colesterol". "Esqueça o colesterol", diz Sabrina. "Duas camadas de pão? Carboidratos". Desde quando minha prima se tornou uma interessada em carboidratos? Eu olho para o meu prato. Carboidratos e mais carboidratos, colesterol e mais colesterol. "Eu vou querer uma Coca Diet e uma salada, Sra. Armstrong", Brianne diz. "Eu também", diz Sabrina. "E eu," Danielle replica. "Temos Thousand island, blue cheese, ranch, low-fat Italian6..." "Thousand island para mim", diz Sabrina. "À parte." Danielle enruga suas enceradas sobrancelhas, refletindo sobre isso. "Acho que pedirei o low-fat Italian. No lado." Brianne inclina a cabeça para o lado e diz: "Sem molho." Sem molho? O que aconteceu com se empanturrar com fritas e pizza? Eu só estive fora um ano e estou totalmente perdida. Mamãe sai para entregar os pedidos, e eu fico com minha prima come-salada, minhas examigas... E meu French dip, sopa de ervilhas, fritas e molho. Eu estava realmente com fome antes, mas agora eu não posso comer.

6

Thousand Island é um molho pra salada, geralmente feito de maionese, ketchup, molho tabasco etc. Blue Cheese é também um molho pra salada, geralmente feito de maionese, nata, queijo azul, leite, vinagre, cebola em pó, mostarda seca e alho em pó. Ranch, também um molho para salada, feito de manteiga ou creme de leite, maionese, cebola verde picada, alho em pó, e outros temperos misturados pra salada. Low-Fat Italian... adivinhem? ãnhãn também é um molho pra salada, geralmente feito com suco de maçã, vinagre, suco de limão, manjericão, tomilho, alecrim, cebola em pó, colorau etc. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

16


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Brianne meche de um lado ao outro em sua bolsa e tira um pequeno espelho. "Me de o espelho quando terminar", diz Sabrina. Quando minha prima tem o espelho, ela tenta verificar a parte de trás de sua cabeça. O qual ela realmente não pode fazer com um espelho, mas eu não vou dividir essa notícia com ela. "O que você está fazendo, Sabrina?" Danielle pergunta. "Eu acho que preciso cortar meu cabelo antes de amanhã." Danielle ri. "Meninas, deixem de enlouquecer. É uma festa, não um baile presidencial." "Que festa?" pergunto, então quero morrer por perguntar. Obviamente, eu não estava convidada. Eu não quero ir de qualquer maneira. Mas agora parece como se eu quisesse ir. As meninas olham umas as outras. Elas não querem me falar sobre a festa. Ugh, porque eu perguntei mesmo? "A festa-de-volta-às-aulas", diz Danielle, finalmente. "Na casa de Brian Newcomb‛. Inevitavelmente, mamãe vem com suas Cocas Diet e um pedaço de torta extragrande para mim, nesse exato momento. "Oh, uma festa! Quando? Maggie ADORARIA ir à festa, não adoraria meu bem?" Em vez de responder, eu mordo um pedaço grande do French dip. Ela me economiza de ter que responder, mas agora me sinto como se fosse engasgar com o pedaço gigantesco de carne em minha boca. Brianne parece como se fosse vomitar só de me olhar. "Uh, você pode vir, se quiser, Maggie", diz minha prima. Era definitivamente um convite por piedade, mas qualquer garçonete da Tia Mae iria perceber isso. Eu não vou a essa festa. Eu só não sei como dizer a mamãe e deixar de fora minhas ex-amigas do enredo ao mesmo tempo. Eu levo o meu tempo mastigando. Antes do acidente, eu estava no segundo ano da equipe principal de tênis. Mas agora Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

17


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

como estudante do último ano, eu nem sequer faria parte da equipe de calouros. Não que eu queira, porque então eu teria que usar aquelas saias curtas de tênis. Eu nunca vestirei uma saia de tênis novamente, porque eu nunca mostrarei a qualquer um minha feia cicatriz na perna. Além disso, você não pode jogar tênis quando você nem sequer consegue caminhar em linha reta. Enquanto eu engulo o último pedaço de carne, eu percebo que todos estão esperando por uma resposta. Hmm... O olhar esperançoso no rosto da minha mãe me faz perceber que ela sente pena de mim. Como se eu me importasse que eu já não tenha amizade com alguma delas. Mamãe se preocupa. Ela tem que lidar com o pagamento de metade das despesas médicas que o seguro não cobre. Meus pais são divorciados e eu odeio sentir que estou contribuindo para seu stress. Culpa, como um grande pedaço de carne assada, instala-se em meu imenso e cheio estômago de French dip. Eu quero estremecer quando eu me ouço dizer: "Claro, parece divertido." Mamãe deixa escapar o fôlego enquanto as meninas sugam o delas. "Você pode pegá-la?" Mamãe pergunta a minha prima. "Claro, tia Linda", diz Sabrina. Sério, eu me sinto como uma criança tendo minha mamãezinha marcando um encontro para eu brincar. Especialmente quando eu ouço minha mãe perguntar: "Que horas?" "Eu acho que em torno das oito." "Deeemais!" Mamãe diz como aquele tigre do comercial de cereais. Como é que eu vou sair dessa sem minha mãe descobrir? Não há nenhuma maneira de eu estar indo a uma festa e ter pessoas encarando embasbacadas para mim. Já é ruim o suficiente eu ter que lidar com o ridículo na escola na segunda-feira.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

18


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Depois que mamãe traz as saladas delas e nos deixa sozinhas por dois minutos, Brianne reluz um sorriso malicioso para mim. "Você já sabe das grandes novidades?" Novidade? Hum, eu não tenho estado exatamente no circuito de fofocas ultimamente. "Que o Sr. Meyer usa uma peruca?" Escutei isso sobre nosso diretor da escola há um tempo atrás. Brianne ri. "Não, isso é totalmente notícia velha. Estou falando de Caleb Becker ser liberado amanhã." O quê? Danielle mergulha seu garfo em seu molho e perfura um pedaço de alface. "A Sra. Becker ligou para minha mãe hoje e lhe disse. Liberdade antecipada. Eu me pergunto se eles vão deixá-lo voltar para escola". Liberdade antecipada? Ele supostamente deveria estar afastado por pelo menos mais seis meses. Eu tinha o plano perfeito - partir para a Espanha, antes que ele voltasse. Uma profunda, aguda dor em meu peito me golpeia quando eu tomo fôlego, e os meus dedos estão tremendo. Estou tendo um míni-ataque de pânico, mas tentando não deixar todo mundo saber. "Maggie, você está bem?" Sabrina pergunta enquanto eu empurro a torta para longe de mim. Não. Eu definitivamente não estou bem.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

19


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Três Caleb Como se ter meu pai olhando fixamente para mim durante o caminho inteiro de St. Charles para Paradise não fosse tortura suficiente, minha mãe estava retorcendo suas mãos juntas desde que eu fui absolvido pelo DOC esta tarde. Nem sequer acho que ela tenha olhando em minha direção uma vez. Que diabos eu deveria dizer? Não fique nervosa, Ma. Sim, tenho certeza de que isso sairá bem. Seu filho é um criminoso condenado. Eu só queria que ela parasse de me lembrar constantemente disso. Okay, isso vai levar algum tempo. Ela nunca se destacou por ser a mãe coruja comigo, para começar. Quando passamos pela Avenida Masey, o parque Paradise esta em frente a nós. Eu consegui nocautear meus dois dentes da frente no playground do parque Paradise quando tinha cinco, e tive minha primeira briga de socos na quadra de basquete ali quando eu tinha nove. Aqueles eram os bons velhos tempos. Eu não posso acreditar que estou com dezessete e pensando sobre aqueles velhos tempos. Uma quadra mais adiante chegamos a familiar casa de dois andares de tijolos com quatro colunas brancas ladeando a porta da frente. Saio do carro e tomo uma respiração profunda. Estou em casa. "Bom..." Papai diz quando ele abre a porta. "Bem-vindo à Paradise". Aceno com a cabeça ao invés de rir da muito comum saudação aos visitantes na cidade. Observo o hall. A decoração não mudou durante o último ano. Posso ver no mesmo instante. Estranhamente, não se parece com um lar. Cheira familiar, entretanto. Como sabor de maçã. Eu não cheirei esse doce aroma Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

20


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

penetrante no que parece uma eternidade. "Eu, uh, estarei no meu quarto", eu digo a eles, apesar de eu dizer como se estivesse pedindo permissão. Por quê? Não tenho idéia. Ele costumava ser meu quarto, ele ainda é o meu quarto. Então por que estou agindo como se este lugar fosse apenas um pit stop? Subo a escada familiar, mas este sentimento de claustrofobia me vence e eu começo a suar. Atrevo-me a subir mais a escada e examinar o corredor. Meus olhos se detêm sobre algo negro apoiado no marco da porta do quarto da minha irmã. Espera. Essa visão negra é minha irmã gêmea Leah. Não é apenas uma silhueta da minha irmã. É ela em carne e osso. E ela não está usando nada além de preto. Cabelos pretos, maquiagem preta. Merda, ela inclusive tem as unhas pintadas de preto. Gótica até a medula. Um arrepio corre pela minha espinha. É duro acreditar que esta é a minha irmã. Ela parece um cadáver. Antes de eu deixar sair outro fôlego, Leah se joga em meus braços. Então grandes ruídos de soluços saem de sua boca e nariz, lembrando-me do meu companheiro de cela. Mesmo quando o Juiz Farkus me olhou com desgosto e me disse que eu ia ficar preso por quase um ano por minha grave negligência e a estupidez de dirigir bêbado, eu não deixei sair nenhum pio. Cara, quando eles me fizeram tirar a roupa e fizeram uma busca completa em minha cavidade, me senti humilhado além da compreensão. E quando Dino Alvarez, membro de uma gangue do lado sul de Chicago, veio até mim na hora do exercício e me encurralou em meu segundo dia no DOC eu quase caguei nas calças. Mas eu nunca, em todo esse tempo, chorei. Acaricio a cabeça da minha irmã, sem saber mais o que fazer. Eu quase não tive qualquer contato físico durante o ano passado, e eu o ansiei quando sentei em minha cela por cerca de trezentos dias e noites. Mas agora, quando eu estou recebendo alguns de minha própria irmã, parece como se as paredes estivessem se fechando sobre mim. "Eu preciso me deitar um pouco", digo, então gentilmente a afasto. O que eu realmente preciso é de um fôlego da minha velha/nova barreira da minha família em minha vida. Enquanto caminho para meu quarto, o escuro piso de madeira range sob meus pés, o som reverbera em meus ouvidos.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

21


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

É o quarto de um menino, penso comigo mesmo. Os troféus esportivos e meu sabre de luz 7 do Anakin Skywalker de Star Wars ainda estão em minha prateleira onde deixei, e uma insígnia da Paradise High School está pregada acima da minha cama. Inferno, inclusive a foto de Kendra em seu uniforme de torcida está pregada em minha cabeceira como se ainda fossemos um casal. Cortei todos os laços com ela quando fui detido. Kendra é uma garota acostumada a ser mimada pelos pais e estaria enojada pelas pessoas com que convivi durante o ano passado. Eu podia até imaginar ela esnobando a namorada de Dino Alvarez durante as horas semanais de visita. A última coisa que eu precisava no DOC era outro detendo chutando meu traseiro porque tenho uma namorada que veste roupas de grife e carrega uma bolsa de duzentos dólares. O dia de visita para mim consistia em mamãe retorcendo suas mãos nervosamente e olhando para mim como se eu fosse algum outro garoto, e papai divagando sobre o clima e nada em especial apenas para preencher o silêncio. Caminhando para o meu closet, toco todas as roupas novas que mamãe deve ter comprado para mim. O que ela estava pensando? Minhas camisetas e suéteres se foram. Em seu lugar estão estúpidas camisas xadrez de abotoar penduradas como soldados. Nas prateleiras, todas dobradas como em uma loja Gap, estão diferentes tons de calça com pregas. Eu pego um par e as coloco na minha frente. Elas são muito pequenas. Quando devo dar a notícia a ela que eu não sou o garoto magricela que vivia aqui? Eu trabalhei todos os dias durante o ano passado para voar fora ninho e me defender de caras como Alvarez. Os músculos não só pesam mais, eles mudam a estrutura inteira de seu corpo. Sentado em minha mesa, procuro a janela e vislumbro a casa dos Armstrongs. Minha janela fica de frente ao quarto de Maggie. Maggie Armstrong. A garota pelo que fui condenado por aleijar. Okay, sei que é injusto. Mas é difícil não querer culpá-la. Se não fosse por ela eu não teria estado preso. Eu pensei em Maggie e nos acontecimentos que levaram ao acidente mais vezes durante o ano passado do que quero admitir.

7

Pra quem não tá ligado no universo Star Wars, sabre de luz é isso aqui: http://www.permutalivre.com.br/img_produto/grande/img152696n.jpg

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

22


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Caleb, você está aí?" Papai pergunta, então bate. Eu tenho que amar quando as pessoas batem. Eu não escutei uma batida durante um ano. Abro a porta e faço um gesto para que entre. Meu pai entra e eu fecho a porta atrás dele. Ele ainda tem a cabeça cheia de cabelos escuros e um bigode ajeitado. Ele está bem como um pai, mas é um covarde total quando está perto da minha mãe. "Sua mãe convidou a algumas de suas amigas para depois do jantar." Ele hesita e então acrescenta: "Para hm, uma festa de boas vindas ao lar". Um nó na parte de trás do meu pescoço começa a se formar. Eu esfrego. Uma festa de boas vindas para um cara que acaba de sair do xadrez? Inacreditável. "Cancele", digo. As veias em seu pescoço tencionam e começam a tomar um tom estranho de roxo. "Escuta, é o que sua mãe quer. Ela passou por muita coisa este ano com você na cadeia. Só... faça o que ela quer e dê um show para suas amigas. Vai ser mais fácil para todos se você seguir o jogo. " "Um show?" "Sim, fixe um sorriso em seu rosto e satisfaça as mulheres de seu clube social. Faço isso o tempo todo", diz ele, em seguida, deixa o quarto tão rápido como entrou. Leva um segundo para registrar o que ele acabou de dizer. Sorriso? Show? Sinto como se eu tivesse sido transportado para algum filme de Hollywood. Mas isso não é um filme, é minha vida. Tomando o sabre de luz na minha mão, eu o acendo. O som do laser enche o quarto quando ondulo o sabre como um grande guerreiro Jedi. Deus, como acostumava a gastar horas imaginando duelos demoníacos com esta coisa quando era criança. Agora consegui um novo demônio para combater. Um que eu não posso fazer desaparecer com uma ondulação de um brinquedo.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

23


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quatro Maggie "Maggie, olha o que eu comprei pra você", Minha mãe de pé na porta do meu quarto ao anoitecer, segurando um par de calças de veludo rosa e uma jaqueta. "A vendedora disse que todos os adolescentes estão vestindo isto. Elas são muito, muito modernas". "Ninguém mais diz moderno". "Maneiro8*?" Eu pego as roupas. É um conjunto Juicy Couture, totalmente macio e nada como minhas roupas Wal-Mart. "Mamãe, isto deve ter custado uns cem dólares. É muito maneiro, mas não podemos nos permitir isso". "Não se preocupe com o dinheiro", ela diz, agitando minha preocupação para longe. "Faço algumas horas extras durante o jantar e tenho um pequeno extra este mês. Além disso, a escola começa na Segunda e eu quero que você tenha algo moderno, maneiro, o que seja. Experimente". Mamãe faz uma dançinha animada enquanto espera. Eu queria que ela saísse para o trabalho, assim eu poderia ligar para Sabrina e dizer que não iria à festa. "Mãe, é sete e meia. Você não acha que o Sr. Reynolds vai ficar bravo se você chegar meia hora atrasada?" Ela sorri, sua emoção não diminuiu. "Querida, eu estou esperando que Sabrina venha buscá-la". Meu estômago se afunda até meus joelhos. "Por quê?" "Porque me deixaria tão feliz finalmente ver você sair e se divertir". Sinto a pressão reunindo-se e entrando em meus pulmões. Eu me coloco no traje de veludo, e assim que mamãe me vê, fica radiante. "Oh, querida, 8

Cool

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

24


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

você está deslumbrante. O rosa fica tão bem com sua tez oliva". Tenho que admitir, a roupa é deslumbrante. Mas eu não sou. Embora as calças escondam minhas cicatrizes horríveis, nenhuma quantidade de dinheiro pode fazer que um conjunto esconda a estranha inclinação no meu andar. Depois que mamãe me olha, escovo meu grosso, aborrecido cabelo castanho escuro e ela me empresta maquiagem para usar. Encontro-me em pé na porta, esperando por Sabrina. "Agora, se você tiver qualquer problema, anotei alguns números de emergência para você", ela me dá seu celular e um pedaço de papel. "O primeiro é o número da lanchonete, o segundo é o da tia Pam, o terceiro é a linha de emergência do Dr. Gerard, e o quarto é o 911". Imagens da Espanha correm pela minha mente. Ela me trata como se minha cabeça estivesse tão arruinada como meu joelho. "Qual é, mãe, 911? Isso foi metido na minha cabeça desde a pré-escola". "As pessoas esquecem os números o tempo todo quando estão sob stress, Maggie". Abro minha bolsa Wal-Mart e empurro o papel dentro. "Eu vou ficar bem", garanto a ela, embora eu mesma não esteja tão segura. "Eu sei. Só quero que você esteja feliz. E a salvo. Mas se sua perna doer ou você quiser voltar pra casa mais cedo, deixarei meu trabalho e irei por você". Subitamente isso me atinge. O motivo dela está me dando o tipo de atenção que daria a um bebê recém nascido. "Você sabe que Caleb voltou hoje, não sabe?" Seu olhar de cervo-na-frente-do-faróis não passou despercebido. "Alguém pode ter mencionado na lanchonete ontem". Eu gemo e lamento, "Mããããããe!" "Meu bem, não pense nisso. Basta olhar para o outro lado e fingir que os Becker não existem". Eu acho que agora não seria o melhor momento para falar sobre o muito que sinto falta da minha ex melhor amiga que também acontece de ser "um daqueles Becker". Um carro Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

25


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

buzina lá fora. É Sabrina. "Vai", diz mamãe. "E ligue quando chegar lá, então vou saber que você está segura, mesmo se você achar que estou sendo superprotetora ou antiquada9*" Ando para fora da porta, tentando contar os dias em minha cabeça até que eu vá à Espanha. Acho que são uns cento e dezoito dias, obviamente não cedo o suficiente. Quando chego ao acento da frente do carro da minha prima, ela diz, "Roupa legal". Sabrina sabe o suficiente de nosso esforço financeiro e minhas roupas são uma despesa extravagante que não podemos nos permitir. Dois anos atrás meu pai saiu à uma viagem de negócios para o Texas. Era suposto ser por quatro semanas, ele estava tentando convencer um grupo de investidores a mover suas instalações de fabricação de chips digitais para Paradise. Eles rejeitaram a proposta, mas ofereceram a ele um trabalho viajando ao redor do país como seu consultor. Em dois anos meu pai havia estado de volta a Paradise apenas três vezes. Uma vez para perguntar a mamãe sobre o divórcio, outra para anunciar que iria se casar de novo, e a última vez foi depois do acidente. Ele veio por uma semana, então se foi. Ele diz que está feliz, que ele quer que eu vá visitar sua nova casa, mas ele nunca faz qualquer compromisso ou estabelece uma data. Inclusive eu nem estive em seu segundo casamento. "Obrigada". Eu corro meus dedos sobre a suavidade das calças mais uma vez. E essa é nossa conversa inteira até que Sabrina estaciona na rua e nós caminhamos para a casa de Brian Newcomb. "O que há de errado?", pergunta Sabrina. ‚Você est{ mancando pior do que o habitual. Pensei que sua perna estava melhor‛. "Estava...está". Mas um espasmo ergueu sua cabeça feia hoje. Ouço rock a todo volume fora das janelas da casa de Brian e respiro fundo. Ali estarão dançando. Dançar envolve movimento e ter contato com outras pessoas. E seu eu cair? Pior, e se não posso me levantar e as pessoas começam a rir? Na frente da casa, estou pronta pra sair correndo de volta pra minha casa e me esconder 9

Uncool.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

26


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

em meu quarto até que vá a Espanha. Mas Sabrina ansiosamente abre a porta antes que eu possa me retirar. Enquanto entramos no hall, sou hipersensível e consciente de todos os olhos focados em mim. Um calafrio corre por minha espinha. Poderia ser que eu tenha uma espinha do tamanho de um abacate crescendo no meu nariz? É meu coxear tão ruim? Ou é pela fofoca que eles anseiam? De qualquer maneira, não gosto da atenção. Eu faria qualquer coisa pra ficar perdida em um segundo plano para sempre. "Hey, pessoal, esta é Maggie Armstrong de volta dos mortos!", grita um cara do time de futebol. "Escutei que Caleb Becker está de volta, também", um cara chamado Ty diz. "Foi o que eu ouvi", digo suavemente não sentindo toda a suavidade. Eu não posso me esconder. Será que eles sabem que quero isso? "Não é nada de mais‛. Estou surpresa de ser capaz de colocar as palavras para fora; minha garganta está ameaçando fechar-se. "Mas ele quase matou você", alguém mais diz. Nem sei quem disse isso; a multidão se tornou um grande borrão. Nem sequer acho que possa respirar fundo agora, se quisesse. "Foi há um ano. Já passou", engulo. Ser corajosa não é tão fácil quanto parece. Especialmente quando seu coração está correndo mais rápido que o ritmo da música, que agora passou para segundo plano. Música sortuda. "Como pode ser? Você não esteve em uma cadeira de rodas, por tipo, quatro meses?" Cento e vinte e três dias para sermos exatos, mas quem está contando? "Por ai". "Gente, dê espaço pra ela respirar", eu me viro para a voz. É Kendra. A antiga namorada de Caleb. Nós costumávamos estar nos mesmo círculos, mas nunca fomos próximas. Ela me lembra uma falsa, boneca de plástico. Para minha surpresa ela agarra meu braço e me puxa para fora no pátio traseiro. Com meu coxear é difícil me manter ao passo dela sem tropeçar com meu próprio pé, mas ela parece não notar. Ou se preocupar. "Você o viu?", pergunta em um sussurro. Por um segundo estou confusa. Kendra é popular, alguém quem ninguém pode ignorar. Mas não estou realmente aqui, estou? Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

27


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Claro, meu corpo está. Mas minha serenidade está de volta em casa, em meu quarto onde posso me esconder do passado e lembranças do acidente. Kendra me sacode, e eu estou de volta à festa. "Você viu ele?", pergunta. Pela forma em que me olha, se pensaria que seus olhos eram dardos. "Quem?" Ela está irritada, seu cabelo loiro encaracolado salta com cada movimento de sua cabeça, enfatizando seu humor como pontos de exclamações. "Caleb" "Não". "Mas ele vive bem do seu lado", ela diz quase desesperadamente, seus dardos estreitandose contra minhas pequenas fendas. "E?", Okay, então eu particularmente nunca me relacionei bem com Kendra; Ela sabe disso, eu sei. Não muitos outros sabem; nós tínhamos sido muito boas fingindo que estávamos na mesma página. Isto parecia um impasse, ela me desafia por informação que quer e acha que eu tenho. Mas eu não tenho, assim nem sequer tenho a satisfação de guardar informação dela. Brian espreita a cabeça pela porta de tela. "Kendra, o que está fazendo aqui? Venha e me salve de ter que participar do jogo da garrafa10‛. Kendra olha de mim para Brian, então se volta. "Estou indo", diz, balançando o cabelo mais uma vez com um movimento de sua cabeça, antes de entrar na casa. Deixando-me sozinha. Fora. Estou bem com a solidão. Estou acostumada a estar só. Estar só é confortável para mim, é tranqüilo e não exige estar feliz ou satisfeita ou... nenhuma pergunta. Tento não pensar no que era quando não estava só, quando eu era parte integral do cenário social. Quando Kendra e eu éramos inimigas ou amigas, mas estávamos com as mesmas pessoas. E inclusive se não estávamos em igualdade social, então no final estávamos no mesmo 10

Spin-the-bottle, é um jogo conhecido como verdade ou consequência ou verdade e desafio.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

28


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

campo de jogo social. Os encontros não haviam sido o mesmo sem mim. Agora não é o mesmo comigo. Sento-me em uma espreguiçadeira à beira da piscina. Uns poucos minutos depois, a festa se multiplica e as pessoas começam a se congregar e dançar no pátio. Eu ainda estou sozinha, mas dentro da multidão. Brianne está pendurada em Drew Wentworth, o quarterback da equipe de Paradise High. Suas mãos estão sobre ela enquanto dançam juntos uma musica lenta vinda a todo volume da janela do segundo andar. Danielle e Sabrina estão amontoadas em um canto, fofocando e rindo. Depois de um tempo alguns caras as puxam para o pátio e começam a dançar com elas. A cena me faz lembrar de todos aqueles reality shows de adolescente da Califórnia. Estou completamente fora de lugar vestindo um conjunto rosa de Juicy Couture. Abro minha bolsa, olho os números de emergência que mamãe me deu só para me certificar de que ainda estão lá, então fecho minha bolsa de novo. Certamente, se converter em um pária quando antes era popular, não é considerada uma emergência, certo? Kendra e Brian começam a montar seu próprio espetáculo publico de dança sobre o trampolim depois de mudarem para trajes de banho. Todos se reúnem ao redor, cantando para o casal pular. Kendra adora atenção, ela está acostumada com isso. Sua família tem sido proprietária da maior parcela de terra em Paradise nos últimos duzentos anos. Seu pai tem sido prefeito nos últimos dez anos, e seu avô era o prefeito antes. Algumas garotas nasceram para ter tudo. Logo um grupo de estudantes sêniors saíram da casa vestindo trajes de banho. Danielle se aproxima de mim. "Trouxe um traje? Sabrina e eu vamos nos trocar no quarto de Brian". Se eu saísse vestindo um maiô mostrando todas minhas cicatrizes, provavelmente esvaziaria o lugar. "Meu médico diz que não posso nadar ainda", minto. "Oh, sinto muito. Não sabia". "Sem problema", digo pegando o celular. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

29


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Enquanto Danielle e Sabrina sobem as escadas, manco até a porta e marco o número do trabalho de mamãe. "Lanchonete Tia Mae. Posso ajudar?" "Hey, mãe, sou eu". "Você está bem?", pergunta. "Estou bem. Me divertindo muito", digo enquanto coxeio longe da casa de Brian e começo a descer a rua. Eu não sei onde estou indo. A algum lugar privado...silencioso...onde eu não tenha que pensar sobre o que estou sentindo. Um lugar onde possa fechar meus olhos e me concentrar no meu futuro. Um futuro sem Paradise. Eu posso imaginar o sorriso no rosto da minha mãe quando ela diz, "Olha... e você estava preocupada de que não se encaixaria. Não se sente boba agora?" "Absolutamente". A verdade? Sinto-me absolutamente boba por ter que mentir pra minha mãe.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

30


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Cinco Caleb Eu estou mantendo um sorriso permanente em meu rosto durante a festa de boas vindas que minha mãe fez para mim, assim como meu pai ordenou. Era um sorriso falso, mas os amigos da minha mãe parecem estar acreditando nele. Eu acho. Minha mãe esteve o tempo todo no meu pé, rindo e me abraçando em público enquanto eu fingia ser o filho mudado. Eu me perguntei por quanto tempo eu conseguiria manter essa farsa. Esqueça-se de mim, quanto tempo ela conseguiria? Meu pai nem mesmo parecia notar a mudança de personalidade dela. Por que as aparências importam tanto para os meus pais? ‚Caleb se tornou religioso enquanto ele esteve fora‛, minha mãe disse | Senhora Gutterman enquanto segurava meu cotovelo e me obrigava a encarar a esposa do reverendo. ‚Não é, Caleb?‛ ela disse. ‚Eu rezei todos os dias‛, eu disse sem perder o ritmo, e sabendo que não era apenas a Senhora Gutterman que estava ouvindo. A verdade? Eu rezei por todos os dias que sobrevivi ao reformatório, por voltar a Paradise e por poder consertar as coisas. A declaração de minha mãe que eu me tornei religioso é falsa, porque nós nunca conversamos sobre o que eu fiz enquanto estava na prisão. Ela nunca perguntou e eu nunca contei. Além disso, ela não queria saber a verdade. Se fingir curasse esta família, então tudo bem para mim. Eu achava que isso era besteira, mas tudo bem para mim. Mrs. Gutterman foi levada as pressas por outra pessoa, deixando-me junto com minha mãe. Ela chegou mais perto de mim. ‚Abotoe essa camisa um pouco mais‛, ela sussurrou. Eu olhei para minha camisa. Eu tinha apenas dois botões desabotoados. Eu não estava disposto a discutir com minha mãe hoje. Não valia a pena. Tem tantas coisas que eu precisava consertar, brigar por um maldito botão seria risível. Enquanto eu estava abotoando minha camisa, eu olhei para a Garota Gótica apoiada na parede da casa. Eu peguei um copo de root beer11 e caminhei até minha irmã. Eu tentei manter o sorriso o máximo que pude, mas meu rosto está começando a doer pelo esforço.

11

Bebida gaseificada doce que não alcoólica.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

31


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

‚Aqui‛, eu disse, passando o copo para ela, ‚seu favorito‛. Ela sacudiu seu cabelo super preto. ‚Não é mais‛. Então agora eu estou parado aqui com a bebida que ninguém quer em minha mão. Eu dei um gole. Argh. ‚Tem gosto de alcaçuz. Eu não sei por que um dia essa coisa foi sua bebida favorita‛. ‚Agora eu bebo {gua. Simples e velha {gua‛. Isso, vindo da garota que costumava batizar sua limonada com root beer* e se recusava a comer frango sem cobri-lo com sua própria invenção de molho de churrasco, ketchup, mostarda e queijo parmesão. Água simples não combinava com Leah, queira minha irmãzinha admitir ou não. Eu fiquei parado ao lado dela e observei o cenário. Paradise não era uma cidade grande, mas a palavra ‚festa‛ chama pessoas aos montes. ‚Quase uma multidão aqui essa noite‛. ‚Sim. Mamãe chamou todos eles‛, ela disse. ‚Papai não tentou detê-la?‛. Leah encolheu os ombros, depois disse, ‚Por que ele tentaria? No fim ela faria tudo do jeito dela do mesmo jeito‛. Alguns minutos passaram antes que eu ouvisse a voz de Leah de novo. ‚Eles te fizeram cortar o cabelo assim?‛ Eu passei a mão no corte espetado feito | maquina. ‚Não‛. ‚Faz você parecer sério‛. Eu deveria dizer a ela o que o seu cabelo preto tingido parece? Eu pensei nisso rapidamente, mas percebi que sua escuridão vai além do seu cabelo. Abordar o assunto numa festa não seria a melhor alternativa. Leah mexeu os pés. ‚Brian est{ dando uma festa em sua casa essa noite‛. ‚Duas festas em Paradise numa noite? Cara, as coisas com certeza mudaram‛. ‚Mais do que você imagina, Caleb. Você vai aparecer na festa do Brian?‛ ‚De jeito nenhum‛. J{ era um saco eu ter que ser olhado de forma rude por um bando de Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

32


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

adultos. ‚Por quê? Você vai?‛ Leah levantou sua sobrancelha e olhou diretamente para mim. Entendi. Ela também não vai. ‚Você provavelmente deveria ficar de olho na mamãe‛, Leah disse, mordendo uma de suas unhas pintadas de preto. ‚Por quê?‛ ‚Porque ela acabou de pegar o microfone‛. Bem nessa hora, um zumbido alto veio da varanda, depois a voz de nossa mãe berrando pelo jardim. ‚Obrigada a todos por vir‛, ela anunciou com um talento que deixaria a rainha da Inglaterra orgulhosa. ‚E por receberem meu filho Caleb de braços abertos‛. Braços abertos? Minha própria mãe não colocará as mãos em mim exceto se for numa reunião pública. Eu não aguento outra palavra. Mais do que eu temo esse encontro que está por vir com meu psicoterapeuta de transição, eu temo levantar e falar naquele microfone. Porque o que eu estou morrendo de vontade de dizer não será falso ou fajuto. Saí pelo portão lateral. Enquanto eu me dirigia ao parque de Paradise, eu tirei a camisa de geniozinho da minha calça bem apertada e desabotoei cada botão até que toda a camisa estava aberta. Essa era a primeira vez que eu sentia um pouco de liberdade desde que eu voltara para casa. Eu posso ir a qualquer lugar que eu queira e desabotoar minha camisa o quanto eu quiser. Não tem ninguém me observando ou olhando para mim ou falando comigo. Como eu desejo poder voltar o último ano e começar tudo de novo. A vida não te permite fazer isso. Você não pode apagar o passado, mas eu vou tentar e fazer as outras pessoas esquecerem. Cheguei ao parque e olhei para o velho e conhecido carvalho que eu subia quando era criança. Drew e eu uma vez disputamos quem conseguiria subir mais alto. Eu venci, antes do galho onde eu estava quebrar e eu cair no chão. Eu fiquei com um gesso no meu braço por seis semanas depois daquela queda, mas eu não liguei. Eu tinha vencido.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

33


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Olhei para cima, tentando localizar o galho quebrado. Ainda está aqui esse indício daquele dia há tanto tempo? Ou a árvore passara por estações suficientes para apagar o passado? Um suspiro me pegou de surpresa quando eu circulava a árvore. Exatamente à minha frente, sentada encostada no tronco do velho carvalho, estava Maggie Armstrong.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

34


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Seis Maggie Eu notei movimentos ao meu lado e percebi que eu não estava sozinha. Eu levantei minha cabeça. Havia um garoto em pé na minha frente, um que eu reconhecia de meus pesadelos. Ele não era uma ficção da minha imaginação, também. Era realmente ele Caleb Becker em carne e osso, olhando para cima como se estivesse procurando algo importante. Um grande suspiro escapou da minha boca. Ele me ouviu e rapidamente focou em mim. Ele não se mexeu, nem mesmo quando seus gélidos olhos azuis se conectaram aos meus. Ele cresceu no último ano. Ele agiu duramente naquele tempo, mas agora Caleb tinha uma aparência ameaçadora. Seu cabelo estava cortado bem curto, sua camisa estava desabotoada, mostrando seu peito musculoso. Aquilo, combinado com a calça apertada que ele estava usando, representava perigo. Eu não posso respirar. Estou paralisada. Com raiva. Com ansiedade. Com medo. Nós estamos num impasse, nenhum de nós falando. Apenas nos olhando. Eu nem mesmo acredito que possa piscar. Eu estou congelada no tempo. Eu estive cara a cara com ele várias vezes, mas agora tudo mudou. Ele nem mesmo parece ele, exceto pelo seu nariz em pé e sua postura confiante que fora, e eu suponho que sempre vá ser, Caleb Becker. ‚Isso é embaraçoso‛, ele disse, quebrando o longo silêncio. Sua voz mais profunda e mais sombria do que eu lembrava. Não é apenas vê-lo fora da janela do meu quarto. Nós estamos sozinhos. E está escuro. E isso é, oh, tão diferente. Precisando voltar à segurança do meu quarto, eu tentei ficar de pé. Precisava voltar para a segurança do meu quarto, tento ficar de pé. Uma dor quente, parecida com dor de tiro Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

35


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

percorreu o lado da minha perna e eu estremeci. Eu observei chocada e com horror enquanto ele deu um passo à frente e segurou meu cotovelo. Oh. Meu. Deus. Eu automaticamente tirei meu braço de seu controle. Memórias de ser enfiada numa cama de hospital incapaz de me mexer vieram à minha mente enquanto eu me endireitava. ‚Não me toque‛, eu disse. Ele levantou as mãos como se eu tivesse dito ‚Mãos para cima‛. ‚Você não precisa ter medo de mim, Maggie‛. ‚Sim< sim eu preciso‛, eu disse em p}nico. Eu o ouvi suspirar, depois ele deu um passo para trás. Mas ele não foi embora, ele apenas me olhou de forma estranha. ‚Nós éramos amigos‛. ‚Isso foi a muito tempo atr{s‛, eu disse. ‚Antes de você me atingir‛. ‚Isso foi um acidente. E eu paguei meu débito com a sociedade por isso‛. Foi um momento totalmente surreal, e um que eu não queria que durasse mais do que devia durar. Enquanto meu estômago se contorcia de nervosa, eu disse, ‚Você pode ter pago seu débito com a sociedade, mas e seu débito comigo?‛ Depois que as palavras deixaram meus lábios, eu não pude acreditar que eu as disse. Eu virei e manquei de volta para casa sem olhar para trás. Eu não parei até abrir a porta principal da minha casa. Quando eu cheguei ao meu quarto, eu sentei dentro do meu armário e fechei a porta como eu costumava fazer quando eu queria bloquear as brigas dos meus pais. Tudo o que eu tinha que fazer era fechar meus olhos e colocar minhas mãos sobre minhas orelhas< e cantarolar. Eu fechei meus olhos. A imagem de Caleb, em pé em frente a mim com aqueles intensos olhos azuis, está marcada em meu cérebro. Embora ele não esteja mais perto, eu ainda posso ouvir sua voz sombria. A noite do acidente, a dor que eu sofri, minha vida inteira mudando, tudo isso voltando correndo para me assombrar. Eu comecei a cantarolar. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

36


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Sete Caleb Estou sendo testado. Prisão. Mamãe. Leah. Papai. E agora Maggie. Quando sai daquela ridícula festa de mamãe, a última coisa que precisava era estar cara a cara com Maggie. Ela me olhou como se a houvesse atropelado novamente, sem me dar nem meia oportunidade. Só falei com ela porque...porque talvez eu queria demonstrar que não sou o monstro malvado que ela obviamente acha que sou. Ainda estou de pé no parque como um idiota. O vento faz com que as folhas das árvores sussurrem como se estivessem conversando entre si. Levanto a vista para o velho carvalho. Em poucos meses as folhas sussurrantes vão cair e morrer, só para serem substituídas por novas folhas e novas conversas. Neste momento sinto-me como uma folha velha. Eu fui embora, e no fundo uma parte de mim morreu. Eu jurei a mim mesmo que voltaria a Paradise e conseguiria minha vida de volta, minha velha vida, onde tudo era fácil. Eu me apóio no carvalho, seu tronco tão grosso que nem sequer uma escavadeira poderia destruí-lo. Se eu pudesse ser como uma árvore em lugar de uma folha insignificante. Gostaria de falar com minha mãe, com Maggie, com Leah... E ser forte suficiente para convencê-las a pararem de agir como se o acidente tivesse mudado tudo. Foi um acidente, pelo amor de Deus. O garoto que está na cadeia porque esfaqueou uma menina... aquilo não foi um acidente. Julio por traficar drogas por dinheiro... Tampouco foi um acidente. Não estou dizendo que dirigir alcoolizado não é um crime, porque é. E quando me declararam culpado pelos delitos, eu estava pronto para enfrentar qualquer punição que o juiz ordenasse, sem arrependimentos. Fui acusado pelo crime, paguei pelo que fiz. Acabou. Há só um probleminha técnico: Maggie Armstrong não quer me perdoar. Ela disse que eu não paguei minha dívida com ela. Terá algum fim para este castigo imposto sobre mim? Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

37


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Não irei deixar que Maggie, ou minha família, me façam sentir fora de foco. Se ficar preso no DOC não me oprimiu, as pessoas em Paradise não podem. Minha irmã vai ter que contar porque acha que ser uma fodida esquisita é melhor do que voltar para o modo como as coisas era antes eu me fosse. E minha mãe, de algum jeito, vai ter que vir pra realidade e deixar de atuar como se estivesse em um filme. Meu pai... Meu pai vai ter que tratar de crescer e agir com mais maturidade. E Maggie... Maggie vai ter que se dar conta de que o acidente foi só isso... Um acidente. Não importa o que aconteça, não vou sair de Paradise. Ela pode muito bem ir se acostumando comigo. Será melhor que todos eles se acostumem comigo.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

38


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Oito Maggie "Como foi a festa?", mamãe pergunta enquanto passa em seu uniforme do trabalho na manhã seguinte. "Ótima". "Sua perna está bem?" "Está", nem sequer pensei em minha perna esta manhã, é a menor das minhas preocupações. Estou obcecada com a Espanha. Ontem à noite, ver Caleb reforçou minha determinação em deixar esta cidade. "Não recebemos nenhuma pacote do programa de intercâmbio12 ainda?", o site disse que o pacote chegaria à uma semana. Mamãe continua passando. "Não vi. Espero que inclua informações sobre a acessibilidade para cadeira de rodas. Se a perna começa a dar problemas, você ter{ que ter um‛. "Mãe, por favor. Nós sempre temos que discutir os ‚se’s‛'? Vou até a geladeira andando o mais reta possível. "Não machuca se certificar, Maggie. Não vou estar lá para te pressionar ou ajudar uma vez que esteja ali". "Vou ficar bem, mamãe. Pare de se preocupar". É triste. Um minuto mamãe me empurra pra sair e fazer coisas com meus amigos como antes. Na respiração seguinte está sendo super protetora, e muito asfixiante. Ela se contradiz o tempo todo. Acho que é porque está tentando agir como um pai responsável e uma mãe protetora de uma vez. Ela está confundindo o processo. Está me confundindo também. Ela coloca o ferro para baixo e me da um grande abraço. "Eu quero que você vá para a Espanha. Você tem esperado durante tanto tempo. Mas também preciso saber que você No original é: International Student Exchange Program, que seria: Programa Internacional de Intercâmbio de Estudantes. 12

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

39


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

estar{ bem. É só porque eu te amo tanto, você sabe disso.‛ "Eu sei‛, digo. Eu não quero acrescentar que, seu amor, a forma como ela abraça, pode sufocar uma pessoa até a morte.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

40


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Nove Caleb Eu estou no porão jogando bilhar sozinho enquanto meu técnico de transição está conversando com meus pais lá em cima na sala de estar. Se a situação não fosse tão invasiva, eu acharia hilária. Meu técnico de transição é Damon Manning, um cara que foi do reformatório assim como eu. Ele fora designado para me vigiar e supervisionar meu serviço comunitário. Sorte minha. Eu tenho um funcionário em liberdade condicional com um título decorativo. É tudo bobagem, mas o relatório de Damon irá diretamente ao juiz nomeado para o meu caso e para o comitê de revisão, então eu tenho que ser legal. Não seria fácil. Eu tenho estado tenso desde que voltei para casa. Eu encontrei Damon um pouco antes de deixar o DOC. O cara é um negão que não leva desaforo de qualquer pessoa. Meu pai enfiou a cabeça no porão quando eu acidentalmente arruinei a bola oito. ‚Caleb‛, ele chamou. ‚Sr. Manning est{ pronto para você‛. Eu entrei na sala de estar e observei minha mãe. ‚Você quer alguma coisa?‛ ela perguntou nervosamente para Damon. Ela não estava acostumada a receber um negro alto e ex-prisioneiro em sua casa, mas ela ainda estava bancando a anfitriã perfeita. ‚Não, obrigada. Eu só vou ter uma pequena conversa com seu filho e vou embora‛. Eu me sentei em uma das cadeiras com almofada de seda, mas Damon ficou de pé imediatamente. ‚Vamos dar uma volta‛, Damon disse. Isso não foi uma sugestão. Eu encolhi os ombros. ‚Claro. Como quiser‛. Damon agarrou-se a uma pasta de manilha enquanto nós descíamos a Avenida Masey em direção ao parque e acabamos sentando num banco de piquenique. ‚Como est{ indo?‛ Damon perguntou. O cara abriu sua pasta e estalou sua caneta. Click. Click. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

41


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

‚Bem‛, eu menti. ‚Seja mais específico‛. Damon fez um som como uma ordem. Tudo o que o cara dizia soava como uma ordem. Isso me dava nos nervos. ‚Sobre o quê?‛ Click. Click. ‚Conte-me sobre sua família. Parece que você tem uma vida muito boa em casa‛. ‚Parece‛ sendo a palavra atuante. ‚Ouça, minha mãe é um robô, meu pai é um maricão, e minha irmã é uma merda de um zumbi. Eu diria que isso resume tudo‛. Eu observei Damon fechar sua pasta e olhar diretamente para mim. ‚Ninguém disse que seria f{cil‛. ‚Sim, mas ninguém disse que seria tão foda, também‛. ‚Xingar em todas as frases que saem da sua boca te faz sentir um homem?‛ ‚Para, cara‛. ‚É meu trabalho ficar no seu pé, Caleb. Mas eu não posso te ajudar se você não dividir comigo‛. Eu olhei para o céu e sacudi a cabeça. ‚Eu não preciso da sua ajuda. Meus pais e irmã< eles precisam mais de ajuda do que eu. Por que você não os trata como cobaias?‛ ‚Você esteve fora por quase um ano. Dê um desconto para eles. Você age como se eles devessem te pedir desculpa ao invés do contrário. O que eles fizeram de errado, hein? Talvez você devesse se culpar de vez em quando, Caleb. A experiência deve servir para te alertar‛. ‚A verdade seria para abrir os olhos‛, eu respondi. Click. Click. ‚O quê?‛ Eu sacudi a cabeça. ‚Nada. Apenas esqueça‛. Damon abriu sua pasta de novo. Aquela pasta provavelmente dizia a Damon tudo sobre minha vida antes, durante e depois da minha prisão. Eu gostaria de saber se a vez que eu Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

42


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

urinei na casa de Joe Sanders estava ali. Ou a vez que eu espanquei um cara da escola Fremont por gozar da minha irmã pelo permanente feito errado. Eu costumava ser visto como um rebelde legal. Agora eu sou um presidiário. Não legal. Ele me passou algumas folhas de papel. ‚Você vive numa cidade pequena, Caleb. Sem muitas opções de serviço comunitário, mas em seu questionário você disse que tinha experiência em construção e pequenas reformas de casa‛. ‚Eu trabalhei com construção durante os verões para o meu tio‛, eu disse a ele. ‚Ok, então. Você ser{ requisitado para registrar-se na loja de hardware ‚The trusty Nail‛ na segunda depois da escola às três e quarenta e cinco. Não se atrase. Eles lhe designarão um local de trabalho e deixarão todos os materiais de estoque necessários. Quando você terminar o trabalho, pegue uma folha de conclusão assinada. F{cil?‛ Claro. ‚Eu só tenho mais algumas perguntas. Depois você não ter{ que ver mais minha careca feia por uma semana‛. Quando Damon olhou para mime ele perguntou, ‚Algum contato físico?‛ ‚Como sexo?‛ Damon encolheu os ombros. ‚Não sei, você me diz. Sua velha namorada estava te esperando nos degraus da escada da frente quando você chegou em casa ontem?‛ A vontade de rir ficou presa em minha garganta. ‚Dificilmente. Minha irmã me abraçou, meu pai apertou minha mão, e eu recebi alguns tapinhas nas costas dos amigos casuais da minha mãe na noite passada‛. ‚Você iniciou isso?‛ ‚Não. Você est{ me tirando do sério, cara‛. ‚Caleb, alguns garotos tem problemas de afinidade quando eles chegam em casa. Eles levam bastante tempo para entender que tipo de contato físico é apropriado e o que –‛ ‚Eu toquei uma garota‛, eu disse, interrompendo. Click. ‚Conte-me sobre isso‛. Eu pensei na noite passada, quando Maggie tentou se levantar. A dor violenta que ela Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

43


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

sentiu enfatizada por seus dentes cerrados, punhos bem fechados e sobrancelhas enrugadas. Desde que eu cheguei em casa, Maggie fora a única pessoa que eu realmente cheguei a tocar. Não tinha sido bom. ‚Uma garota precisava de ajuda para se levantar, então eu tentei firm{-la. Fim da história‛. Bem, mais ou menos. ‚Ela te agradeceu?‛ Eu hesitei, depois peguei uma pedra e joguei-a no campo de beisebol do outro lado do parque. ‚Ela tirou seu braço do meu controle. Não era isso que você queria ouvir?‛ ‚Se for a verdade‛. Eu virei e olhei para ele. Ele sabe que eu não estou brincando com ele. ‚Talvez você tenha sido muito {spero‛. ‚Eu não fui muito {spero‛, eu disse duramente. ‚Quem era ela?‛ Eu ergui a mão e massageei a cãibra persistente na minha nuca. Se eu não responder, Damon provavelmente voltará amanhã e todos os dias até que eu conte. Qual é o problema, de qualquer forma? Eu olhei para o velho carvalho, meio esperando localizar Maggie sentada lá, sua expressão cautelosa e revoltada. Eu olhei para o Damon que ainda estava esperando por uma resposta. Depois finalmente disse; ‚Eu toquei a garota que eu fui para a cadeia por mutilar‛. Click.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

44


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Dez Maggie ‚Você est{ bem?‛ perguntou Sabrina. Eu estou sentada no chão na frente do meu armário na escola, tentando entender quais livros eu preciso trazer comigo para o primeiro período. É sempre difícil de se acostumar aos primeiros dias de escola depois das férias de verão. Eu tive férias o ano inteiro. Eu olhei para ela e disse, ‚Sim, exceto por temer a aula de trigonometria da Sra. Glassman‛. ‚Então você não est{ com medo?‛ "Embora eu tenha ouvido que ela seja assustadora, mas eu posso –‛ ‚Eu não estou falando da Glassman, Maggie. Estou falando de Caleb estar na escola hoje. Dã!‛ Eu deixei o livro que eu estava segurando cair. ‚O quê?‛ ‚Ele est{ no escritório do Meyer‛. Espere. Um. Minuto. ‚Eu ouvi que ele não voltaria para a escola‛. Mamãe me disse essa manhã; ela ouvira no jantar. ‚Você obviamente ouviu errado, porque Danielle o viu‛. Eu olhei para o corredor. ‚Eu pensei que você tivesse dito que vê-lo não era problema‛. Um< Brianne desceu o corredor correndo, vindo na minha direção. ‚Você ouviu?‛ disse ela quando recuperou sua respiração. ‚Ela ouviu‛, disse Sabrina, com a mão nos quadris. ‚Mas ela disse que não tem problema. A garota tem sérios problemas de negação‛. Esquecendo do meu armário, eu empurrei o monte de livros para dentro. Eu ainda estou sentada no chão de azulejo, mas não confiava em mim mesma para levantar sem fazer uma grande cena. Para piorar, agora Danielle está andando no corredor com cinco pessoas a rodeando. Ela Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

45


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

estava bastante envolvida na conversa, provavelmente relatando a história do ano. E esse é apenas o primeiro dia de escola. Muito ruim que eu não peguei os pacotes para a Espanha no correio ainda. Eu preciso de algo positivo para focar hoje. Porque ver Caleb – de novo – é um problema. O maior de todos. E eu não posso fazer nada além de sentar aqui e bancar a garota não afetada por isso. A afetada não atua muito bem bancando a não afetada. Pelo menos quando sou eu. ‚Aqui est{ ela!‛ A excitação de Danielle fez todo mundo se aglomerar a minha volta. Eu desejei poder estalar meus dedos e fazer todos eles desaparecerem. Ou me fazer desaparecer. Eu gostava mais quando eu era invisível. ‚Então, qual é a fofoca?" perguntou Sabrina para Danielle. ‚Bem<‛ Disse Danielle, parando de propósito para ter certeza que todos estavam prestando atenção. ‚Minha mãe est{ na diretoria e eu ouvi por acaso que eles fizeram um acordo com Caleb. Ele tem que fazer as provas finais do junior 13 em todas as matérias e depois ele poderá passar para o sênior oficialmente. Se ele falhar, ele perder{ o ano‛. ‚Ele é um atleta de luta livre estúpido‛, Brynn Healey concordou. ‚Ele nunca vai passar‛. Ele não é um estúpido; eu sei que ele é mais esperto do que as pessoas acham. Quando nós estávamos no ensino fundamental, Caleb ganhou uma medalha por tirar a maior nota do semestre na sexta série. Ele ficou orgulhoso; você deveria ter visto o enorme sorriso em seu rosto enquanto eles entregavam a medalha para ele. Caleb foi zoado por seus amigos por orgulhosamente expor em sua prateleira de troféus esportivos. Eles começaram a chamá-lo de nomes e acusá-lo de ter um caso secreto com nossa professora de inglês de 300 quilos, Ms. Bolinsky. Depois disso, Leah me disse que ele deu sua medalha para ela. As notas de Caleb caíram e ele nunca mais ganhou outra medalha. O alívio em seu rosto cada vez que eles presenteavam outra pessoa com isso era óbvio. Bem, óbvio para mim. O sinal tocou e, por sorte, a multidão começou a se dispersar. Eu apenas rezei para que Caleb me ignorasse se algum dia nós ficássemos cara a cara de novo.

Nos EUA, o ensino médio (high school) é dividido em dois períodos, junior high school (os dois primeiros anos) e sênior high school (os quatro anos subsequentes) 13

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

46


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu agarrei meu armário para me firmar e ficar de pé. Fechando a porta, eu me dirigi a minha primeira aula. Estou atrasada, mas garanto que a desculpa de estar mancando funcionará. Eu vi Leah saindo do banheiro. Minha velha melhor amiga caminhou na minha direção, sem prestar atenção porque ela esta olhando para baixo. Se as coisas fossem diferentes, eu perguntaria a ela por que ela só usa roupas pretas. Se as coisas fossem diferentes, eu perguntaria a ela como ela se sentia por ter seu irmão de volta. Quando ela finalmente olhou para cima e percebeu que eu estava em seu caminho, ela virou a cara e saiu apressada.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

47


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Onze Caleb O diretor da escola está de pé ao lado da minha mesa. A mesa foi colocada no escritório do cara para que eu pudesse ter meus temíveis exames. Eu nunca devia ter voltado para a escola. Eu tinha ido às aulas no DOC; era parte do programa interno juvenil. Os testes não eram o problema, tampouco. É a maneira que Meyer está me olhando, como se ele nunca houvesse visto um ex-detento antes. A atenção desnecessária está me deixando louco. Concentro-me no segundo exame final colocado na minha frente esta manhã. Não é como se eu estivesse à altura dos testes até agora, mas tampouco fui reprovado. "Terminou?", perguntou Meyer. Faltava mais uma pergunta de álgebra, mas com o cara parado em cima de mim é quase impossível de se concentrar. Não querendo foder com isso, estou fazendo o melhor que posso para responder a pergunta corretamente. Eu levo cinco minutos a mais do que deveria, mas finalmente estou pronto para o próximo exame. "Vá almoçar, Becker", ordena Meyer depois de recolher o teste. Almoço? Na cafeteria com a metade do corpo estudantil? De jeito nenhum, cara. "Não estou com fome". "Você tem que comer. Alimentar esse seu cérebro". O que ele quis dizer com isso? Deixa de ser paranóico, digo a mim mesmo. Esse é um dos efeitos colaterais de ter estado preso. Você sempre analisa as palavras e expressões das pessoas como se eles estivessem jogando com você. Uma piada sobre o ex-detento, ha, ha. Eu fico de pé. Além da porta principal há cerca de quatrocentos estudantes à espera de ter um vislumbre do cara que foi para a cadeia. Eu esfrego o nó que reapareceu na parte de Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

48


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

trás do meu pescoço. "V{ em frente", estimula Meyer. ‚Você tem mais três exames, portanto mova os pés. Esteja de volta em vinte e cinco minutos". Eu coloco minha palma suada na maçaneta da porta, a giro, e respirei fundo. Fora no corredor, não perco tempo e me dirijo ao refeitório. Uma vez lá dentro, ignoro todos os olhares. Café. Preciso de um café preto forte. Isso vai aliviar meus nervos e me vai me manter acordado o resto da tarde. Escaneando o local, lembro-me que não há café disponível para os alunos. Aposto que eles têm um bule de café na sala de professores, entretanto. Será que eles notariam se eu roubasse um copo? Ou eles chamariam a policia e afirmariam que sou um ladrão, além dos outros rótulos já tatuados nas minhas costas. Eu localizo minha irmã sentada sozinha. Ela costumava se sentar com Maggie e suas outras amigas, rindo e flertando com meus amigos. Isso era o tenso de ter um gêmeo do sexo oposto. Era ruim o suficiente quando minha irmã tinha paixonites por meus amigos e nos incomodavam quando eles passavam um tempo na minha casa. Ela dava uma retocada na maquiagem e agia toda risonha e paqueradora... Eu ainda tremo quando penso nisso. O pior foi quando me dei conta de que a maré havia mudado e que meus amigos, na verdade, queriam se meter nas calças da minha irmã. Isso mudou para um jogo completamente diferente. Passei muito tempo no verão passado ameaçando cortar as bolas dos meus próprios amigos. Sempre me assegurei de que minha irmã estava protegida, sua reputação assim como seu status social. Um ano havia passado. Cara, como as coisas haviam mudado. Ninguém nem sequer olha na direção da Leah agora. "Hey, mana", eu digo, ocupando o banco da cafeteria em frente ao dela. Leah enrola seu spaghetti ao redor de seu garfo, o almoço quente especial do dia. "Ouvi falar das provas", ela disse. Eu solto uma risada, curta e cínica. "Meu cérebro já está frito e eu ainda tenho mais três Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

49


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

dias para continuar". "Você acha que passou?" Dei de ombros. "Não sei". "O rumor diz que Morehouse fez exames de estudos sociais que possivelmente não poderia passar". Eu já tinha pago minha dívida com a sociedade? "Sério?" "Sim. Caleb, e se você reprovar?‛ Eu não quero pensar nisso, então ignoro a pergunta dela. Quando eu olho para a entrada da cafeteria, Kendra está caminhando para dentro. Ela é minha ex, ou só tiramos uma licença de ausência do outro? A resposta está em sua reação para mim. Ela não me viu ainda. Bom. Não estou pronto para falar com ela na frente de toda maldita escola. "Tenho que ir". Eu disparo pela porta lateral da cafeteria, aquela que dá para o pequeno ginásio. Cara, Kendra parecia sexy. Seu cabelo está cortado diferente do que me lembrava, sua camiseta um pouco mais apertada. Como ela vai reagir quando me ver? Será que vai se jogar em meus braços ou vai dar uma de fria? Eu sinto falta dela. Olho para os tapetes de luta livre 14 empilhados na esquina do ginásio. Kendra costumava me animar durante os combates. Lembro do último torneio de luta livre na qual competi. Pulei dois tipos de pesos para lutar com o grandalhão. Estávamos em um empate de 1-1 antes de que eu fizesse meu movimento. Suas pernas eram tão densas como uma píton, No original é wrestling, que é o estilo estadunidense de luta livre. Aqui eu optei por usar o ‘Luta Livre’ porque é o termo utilizado no Brasil para o wrestling, e porque ambos significam a mesma coisa. 14

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

50


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

mas eu era mais rápido. Nunca vou esquecer seu nome... Vic Medonia. Eu não estava intimidado, embora eu provavelmente deveria ter estado. Vic foi o campeão estadual do ano passado. Mas eu ganhei o combate. O cara tinha duas palavras que me dizer logo depois do combate. Mais tarde. Fui preso uma semana depois. "Você está de volta", o treinador Wenner está parado na porta do ginásio, me olhando. Eu enfio as mãos nos bolsos do meu jeans. "Isso é o que me disseram". "Vai lutar pra mim nesta temporada?" "Não". "Minha equipe com certeza poderia usar um bom 1.65." "Sou 1.80 agora". O treinador assobia em admiração. "Tem certeza? Você parece mais enxuto do que me lembrava" "Tenho trabalhado muito. É massa muscular". "Não me provoque assim, Becker". Eu dou risada. "Virei para alguns combates. Para assistir". O treinador Wenner dá uma palmada nos tapetes de luta. "Veremos. Talvez quando a temporada começar você não será capaz de resistir." Verifico meu relógio. É melhor eu voltar e terminar meus exames. "Tenho que voltar pro escritório de Meyer". "Se você mudar de opinião sobre se unir a equipe, sabe onde me encontrar". "Ok", digo, e então caminho pelo corredor. De volta ao escritório, Meyer deixa cair o próximo teste na minha frente.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

51


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Maldição. Esqueci de comer. Agora as palavras na página estão borradas, o nó na parte de trás do meu pescoço está palpitando, e Meyer esta me olhando de sua mesa. O cara fica lá, as sobrancelhas levantadas como pequenos acentos Franceses sobre seus olhos. "Algo errado?" Balanço a cabeça. "Não, senhor". "Então mãos à obra". Fácil pra ele dizer. Não tem que fazer um exame de estudos sociais na qual o presidente dos Estados Unidos não teria uma chance no inferno de ser aprovado. Eu deveria repetir de propósito; isso mostraria pra eles. Então, eu posso ignorar meu ultimo ano do ensino médio. De jeito nenhum minha mãe vai me deixar ser um estudante do terceiro ano de novo. Ou será que ela vai? Eu encho de respostas até que meu lápis se desgasta e meu traseiro fica dormente por me sentar na dura cadeira de metal. Há uma chance de cinqüenta por cento de que eu tenha passado no estúpido teste de Morehouse. Só há duas coisas destas a mais que fazer antes de que eu possa ir pelo dia de hoje. Duas horas depois, eu respondo a pergunta final do ultimo teste. Quase sorrio. Quase. Meu cérebro está muito cansado para usar qualquer músculo facial. Então, assim que Meyer me dispensa, eu praticamente corro pra fora de seu escritório. Eu tinha que pegar um ônibus até a loja de ferragens. O ônibus número 204 de Hampton pararia a um quarteirão de distância da escola, as três e vinte e nove. Meu relógio diz que são três e vinte e sete. Isto me dá dois minutos para correr para o ônibus. Estou pronto para alcançar a coisa o mais rápido possível, porque se não faço, Damon saberá que eu estava atrasado. Assim que vejo o ônibus, Brian Newcomb para na minha frente, sustentando sua mão em meu peito e detendo-me.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

52


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Caleb, amigo, tenho te procurado por toda parte". Brian e eu tínhamos sido melhores amigos desde o jardim de infância. Não tínhamos nos falado por quase um ano. Eu disse a ele que não me visitasse na prisão, então não sei se ainda somos amigos. Mas agora não é momento de descobrir. O serviço comunitário é uma porcaria, mas tenho que fazer. Minha liberdade depende dele. "E ai, o que manda, Brian?", digo rapidamente, logo olho atrás dele enquanto o ônibus se afastada do ponto. Merda. "Já sabe. Nada...e tudo. E você o que tem de novo?" "Ah, já sabe. Me acostumando a viver sem barras no meu quarto". Houve uma daqueles pausas muito longas, onde Brian parecia como se não soubesse o que responder, antes de finalmente dizer: "Isso foi uma piada, certo? "Certo", na verdade, não é. Brian riu, mas havia algo a mais atrás disso. Nervosismo? Que razão ele tinha para estar nervoso? O cara me conhecia melhor que minha própria mãe. Estreitei os olhos para meu amigo que havia sido meu confidente desde o jardim de infância. "Estamos bem?", perguntei. Ele teve uma leve, quase imperceptível vacilação. Mas eu vi, e mais importante, senti. "Yeah, estamos bem", Brian disse. O ônibus vira a esquina. "Tenho que ir". "Precisa de uma carona? Meu pai comprou um Yukon novo e me deu", Brian diz, tilintando as chaves do carro na frente do meu rosto. Neste momento, eu me conformaria com um velho e enferrujado junker. Eu murmuro um: "Não, obrigado", porque na prisão aprendi a não criar expectativas ou confiar nos outros.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

53


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Escuta, me desculpe por nunca ter escrito pra você. Havia umas coisas loucas acontecendo e você me disse para não visitar..." "Não se preocupe. Acabou, cara." Brian balançou em seus pés. "Eu ainda gostaria de falar sobre isso". "Eu disse que acabou. Realmente tenho que ir", disse, em seguida, começo a caminhar para The Trusty Nail. A última coisa de que preciso é do meu melhor amigo agindo mais estranho que minha mãe. Já tenho suficiente com que lidar neste momento, como a forma em que Damon vai cuspir fogo quando souber que cheguei tarde ao meu primeiro dia de serviço comunitário.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

54


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Doze Maggie Hoje eu peguei emprestado um livro Frommer’s15 sobre a Espanha na biblioteca. Procurando na caixa de correio depois da escola, eu faço uma pequena oração, esperando que o pacote de informações tenha chegado. Há uma carta do programa, e não um pacote. Eu rasgo o envelope para abri-lo, conseguindo um papel talhado enquanto deslizo meu dedo entre as pregas. Não me importa isso. Este é meu passe de saída, a minha chance de conseguir ficar longe de Caleb e Paradise. Tempo para esquecer o acidente e conseguir um espírito de independência e anonimidade. Eu desdobro a carta rapidamente, como se fosse o Bilhete Dourado de Willy Wonka e a Fantástica Fábrica de Chocolate. Eu tenho um enorme sorriso em meu rosto enquanto leio a carta. Para: Srta. Margaret Armstrong De: Programa Internacional de Intercambio Estudantil (IES16*) Estimada Srta. Armstrong: Chegou ao conhecimento de nosso comitê do IES que a bolsa de estudos para a qual você originalmente requereu, foi uma bolsa esportiva. Desde que seus arquivos indicam que você não foi selecionada na escola para a equipe de atletismo durante os doze últimos meses, lamento informar que sua bolsa foi revogada. Estamos sob os parâmetros legais de distribuir as bolsas esportivas exclusivamente aos atletas atuais na escola. No entanto, você ainda esta convidada a participar do programa do IES, desde que você providencie seu próprio transporte, e pague o custo da mensalidade, na qual inclui desconto de alojamento e alimentação no campus da Universidade de Barcelona. O custo da matricula durante um semestre de ensino no programa do IES é de $4, 625.

15 16

Frommer’s é um guia de viagens. International Exchange Student

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

55


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Por favor, efetue o pagamento no dia 15 de dezembro no escritório do IES a fim de reservar seu lugar no programa. Se você tiver alguma duvida, por favor, não duvide em entrar em contato comigo Atenciosamente, Helena Corteza, Presidente do Programa Internacional de Intercambio Estudantil. Universidade de Barcelona, Espanha. Quando meu cérebro finalmente compreende as palavras bolsa revogada, meu sorriso desaparece imediatamente. "Não posso ir", sussurro. Mamãe tinha que trabalhar horas extras só para me dar um conjunto Juicy Couture que custava uns cem dólares. Não tinha nenhum jeito de que pudéssemos arcar com mais de quatro mil dólares. Eu fecho bem os olhos. Isto não esta acontecendo. Não agora. Minhas mãos começam a tremer de novo. Eu sinto os tremores quando cubro os olhos com as palmas das minhas mãos. Quando mamãe chega do trabalho à noite, eu estendo a carta para ela. "Tudo bem, não entre em pânico", diz depois de lê-la. "Deve ter algum jeito em que podemos resolver isto". "Mãe, é inútil se você ver. Não temos essa quantidade de dinheiro". "Meu chefe poderia me deixar trabalhar mais horas extras. Vejamos...", Ela pega um pedaço de papel e começa a rabiscar números de forma descendente. "Mãe, esquece". "Espera. Sessenta horas mínimas por semana, vezes setenta... e se trabalho no dia de Ação de Graças e acrescentarmos meu bônus de Natal..." "Mãe!". Ela para de escrever e me olha fixamente. "O quê?" "Pare de escrever, pare de procurar dinheiro onde... já chega". Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

56


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu estou deprimida o suficiente assim sem vê-la tentar se matar pra me fazer feliz. Eu descobrirei como lidar com isso. Porque é meu problema, não dela. O telefone toca. É o Sr. Reynolds que diz a mamãe que ela esqueceu seu contracheque no trabalho. Agora ela tem que voltar e recolhe-lo. "Vem comigo, Maggie". "Não quero". "Oh, vamos. Eu vi Irina assando algumas tortas novas esta tarde. Uma torta sempre levanta o ânimo". Irina é uma das cozinheiras da lanchonete. Ela gosta de me fazer provar suas novas criações de torta antes de oferecê-las no cardápio. As tortas de Irina é uma das razões pelas que eu aumentei de peso este último ano. E quando mencionam uma torta, sempre cedo. Se tem algo que precise para levantar meu animo é isto. "O lugar esta lotado hoje a noite", diz Mamãe ao Sr. Reynolds quando ele lhe entrega os contracheques esquecidos. O Sr. Reynolds, geralmente tão tranqüilo e no controle, hoje parece aterrorizado. "É a liga de boliche dos homens‛, explica. "Eles vieram e Yolanda foi para casa doente h{ dez minutos‛. Há cerca de trinta homens famintos que devoram tudo o que se coloque nas mesas, e eu só vejo Tony, um novo garçom, mais cansado que o Sr. Reynolds. Mamãe dá um golpezinho no ombro de seu chefe e diz. "Se precisar de ajuda, tenho certeza que Maggie não se importara de esperar se eu ficar um pouco". O Sr. Reynolds sorri. "Sério? Isso seria ótimo". "Sem problema". "Você é a melhor, Linda. Te devo uma". Mamãe revira os olhos alegremente enquanto se dirige para trás do balcão para colocar um avental em torno da cintura. "Você me deve mais de uma, Lou, mas podemos discutir isto depois". "Você que manda", ele diz, em seguida, corre para cumprimentar os novos clientes que Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

57


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

acabam de passar pela porta. Mamãe corre em direção a um grupo para ajudar Tony a pegar os pedidos enquanto eu vou atrás dela com uma jarra, enchendo os copos com água. Depois que sirvo a água, mamãe me diz para me sentar em uma cabine. Pego o livro Frommer’s na Espanha da minha bolsa e fico olhando-o pensativamente. Se só fossemos tão ricos como os pais de Kendra, eu poderia ir à Espanha. Inclusive, se fossemos tão ricos como Caleb e os pais de Leah, com certeza poderíamos arcar com os custos sem pensar duas vezes. Seu pai é um cirurgião dentista e ele tem só, tipo, todos os residentes do sudoeste de Illinois como paciente. É em momentos como estes que eu desejaria que mamãe e papai nunca houvessem se divorciado. Eu posso fazer de conta que esqueço todas aquelas brigas, gritos, e a raiva que espreitava cada esquina da casa. Mamãe disse que eles haviam ficado distantes quando ele viajava a trabalho e ela ficava em casa. Quando ele vinha para casa aos fins de semana, queria relaxar enquanto mamãe queria sair. Finalmente papai deixou de vir para casa aos fins de semana. E mamãe deixou de se importar se ele vinha ou não. Não tenho certeza onde Judy (sua nova esposa) entra na equação do divórcio. Sinto falta do meu pai, mas ele nunca pede para que eu vá ao Texas visitá-lo. Não quero perguntar a ele porque não me convida, porque para ser completamente honesta, não quero ouvir que ele não me quer, como uma parte de sua nova vida. Enquanto espero mamãe, Irina sai da cozinha. "Moggie, Moggie!", diz ela com entusiasmo em seu forte sotaque Russo. "Tenho uma nova torta pra você". "É com cenouras?", pergunto preocupada. A última vez que Irina fez uma torta de cenoura, usando uma receita familiar sua, bastante velha, aliás, havia pedaços pequenos e grossos de cenouras no meio. Fico feliz em dizer que não acabou no menu. "Sem cenoura. Prometo. É uma torta branca com pedaços de chocolate, migalhas de biscoitos, e caramelo. Soa delicioso, não?" Meu estomago grunhe, ansioso por uma torrente de açúcar. "Traga. Preciso de algo para me animar", digo. "Há um problema com minha viajem para Espanha". Irina solta um pequeno grito. "Oy, o que aconteceu?" E eu só dou de ombros. "É uma longa história".

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

58


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Vou trazer agora mesmo, tá?", diz Irina antes de desaparecer na cozinha. Ela regressa uns minutos depois com um enorme pedaço de torta. E posso dizer antes de prová-la que esta vai ser um ‘best-seller’ de sobremesa na Lanchonete Tia Mae na próxima semana. Antes de eu dar a primeira mordida, digo: "Você é a melhor, Irina", e cravo meu garfo na umidade branca, salpicada de bolacha com caramelo, e pedacinhos de chocolate. Ela sempre espera do meu lado até eu engolir a primeira mordida e dê a ela minha analise. "É incrível," digo a ela, saboreando a umidade da parte cremosa e a suave trituração dos pedacinhos de chocolate misturados com o mais apetitoso caramelo e a textura dos biscoitos esfarelados. "Uma das melhores". Irina se retira rapidamente e regressa a cozinha com um fluir saltitante "Vejo que Irina já te encontrou", diz mamãe enquanto segura uma bandeja cheia de Double-deckers. "Quando você terminar o bolo, já terei terminado aqui e então podemos ir pra casa". Eu vejo como minha mãe coloca os pratos habilmente na frente dos jogadores com fome. Quando dou minha segunda garfada, outro cliente entra no restaurante. É uma senhora velha com o cabelo grisalho, calça branca, e um casaco azul-turquesa. O Sr. Reynolds a cumprimenta com um beijo na bochecha. "Mamãe, porque não me disse que ia vir aqui?" perguntou à senhora. "Espera, onde está Gladys?" "Eu despedi ontem", diz a senhora. " Era uma dor no você-sabe-o-quê. Além disso, não preciso de uma ajudante. Eu cheguei até aqui sem uma, não é?" Sr. Reynolds parecia preocupado. "Mãe, porque você não pode se dar bem com alguém que eu contrate para te ajudar? Juro que você só as demite para me irritar". A velha senhora ergue-se em linha reta com o queixo erguido como uma criança de três anos de idade. "Não preciso de nenhuma ajuda". "Você tem uma doença cardíaca", diz o Sr. Reynolds. Ela acena com uma mão no ar, dispensando sua preocupação. "Quem disse?" "Seu doutor". "E o que os médicos sabem, afinal? Eles chamam praticar medicina, porque isso é tudo que Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

59


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

fazem na vida. Praticar. Se você me visitasse de vez em quando, saberia que estou bem." "Eu te visitei sábado", ele diz mal humorado, e então diz: "Está com fome?" "O que tem de comida especial esta semana?" "Irina vai preparar o que você quiser mamãe, Diga-me". Ela estreita seus olhos em direção dele. "Milho e um bife grande e suculento". O Sr. Reynolds balança a cabeça e ri. "Mãe, você tem diverticulose e uma doença cardíaca. Tente novamente". "Você não é divertido, Lou". "E você é um barril de risadas. Só sente-se em uma mesa. Espera...siga-me para que conheça a filha de Linda. Você nunca se encontrou com ela antes." Eu me concentro na torta, tentando não dar por fato que eu estivesse espionando sua conversa. "Maggie, esta é minha mãe", anuncia o Sr. Reynolds. "Mãe, esta é a filha de Linda, Margaret. Mas todos a chamamos de Maggie". Sorrio e lhe ofereço minha mão. "Prazer em conhecê-la, Senhora Reynolds. Você é parenta da Tia Mae?" A velha senhora toma minha mão e a aperta "Querida, Mae era o nome do primeiro cachorro do meu filho". Não pode ser! A primeira coisa que faço é olhar o Sr. Reynolds para saber se é verdade. Ele esta sorrindo timidamente. "É verdade", sussurra ele. "Mas, Shh, é um segredo. Se a cidade descobre que nomeei meu restaurante com o nome de um cachorro, este lugar será abandonado dentro de uma semana". Duvido muito que isso aconteça. Tia Mae fica lotado quase todas as noites. Alem do mais, não há outro restaurante num raio de dez quilômetros. "Eu não sabia que Linda tinha uma filha. Quantos anos você tem, Margaret?", ela Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

60


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

pergunta, ignorando o fato de que seu filho lhe disse que todos me chamam de Maggie. "Dezessete". "Ela acaba de começar seu ultimo ano no ensino médio, mãe", diz o Sr. Reynolds em voz alta, como se sua mãe fosse surda. "E vai ir à Espanha em janeiro pela escola. Porque não se senta com ela enquanto te conta tudo sobre isso. Eu irei lá atrás e farei com que Irina prepare alguma coisa pra você comer". "Diga a ela que não prepare nada que seja saudável demais", ordena a Sra. Reynolds antes de se sentar no banco em frente ao meu. Ela olha meu prato e diz, "Lou, diga a Irina que corte uma fatia generosa dessa torta, também". Não acho que o Sr. Reynolds estivesse escutando-a proferir seu ultimo pedido, ou talvez ele só queira deixá-la pensar que não estava escutando. A mulher anciã coloca a bolsa ao seu lado no compartimento, então me olha. Ela não sorri, nem franze as sobrancelhas. Simplesmente inclina sua cabeça, como se estivesse tentando deduzir o que está dentro dos meus pensamentos. "Por que você quer deixar Paradise tão urgentemente?", pergunta ela, realmente quase como se pudesse ler minha mente. "Não é isso", digo, esperando que ela deixasse por isso mesmo. Mas ela faz um barulho tsking com a língua. "Se você não quer falar disso, é só dizer. Não precisa ficar cheia de rodeios". Eu havia estado ocupada tirando o esmalte das unhas dos meus dedos, mas parei e olhei a Sra. Reynolds. "Não quero falar sobre isso." A senhora de idade se limita a bater suas palmas juntas. "Bom. Se não quer falar sobre isso, não falaremos sobre isso". A única coisa entre mim e esta mulher é a torta que eu tenho e ela quer. E um silêncio constrangedor. Não é que eu esteja tentando ser rude, só que não quero por em palavras como minha vida se converteu em uma decepção atrás da outra. É como se a miséria me seguisse e eu estivesse amaldiçoada. Se só soubesse como quebrar essa maldição... "Tenho certeza que você tem suas razões para não querer falar sobre isso. Não posso imaginar quais são essas razões, mas provavelmente você se sinta melhor ficando em silêncio e meditando no assunto em vez de falar com alguém que não tem nada melhor que fazer do que ouvir‛. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

61


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu empurro outro pedaço de torta na boca e me concentro no saleiro no final da mesa. "Você quer o sal?" pergunta a Sra. Reynolds, sabendo muito bem que não tenho sal em mente. "Eles revogaram minha bolsa", eu deixo escapar, então olho a velha senhora sentada à minha frente. Ela não tem um olhar de piedade no rosto como eu esperava. Parece um pouco... bem, irritada. "Bom, porque iriam fazer uma coisa dessas?" Eu levo um tempo para mastigar e engolir, então a olho. A Sra. Reynolds tem suas pequenas mãos enlaçadas em cima da mesa e esta concentrada olhando-me, esperando minha resposta. "Eu me candidatei a uma bolsa atlética, mas já não estou na equipe, então fui revogada. Poderia ir, mas teria que pagar mensalidade, e não podemos pagar". Ela assente com a cabeça, solta um longo suspiro, e então se inclina de novo para trás na cabine e diz, "Já vejo. Bem, querida talvez um dia sua sorte vá mudar". Sim, claro. Tudo o que preciso é um pouco de pó mágico e uma fada madrinha. E não é como se eu estivesse prendendo minha respiração esperando por uma dessas coisas.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

62


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Treze Caleb ‚Caleb, eu espero que você tenha passado nas provas‛, minha mãe gritou da cozinha. Eu estava lavando as minhas mãos pela Terceira vez essa noite. Eu estava com tinta nos meus cotovelos, graças ao meu serviço comunitário. O velho casal do asilo me deu o emprego de pintor para eu pintar sua cozinha com um rosa brilhante para combinar com as rosas de mentira de sua mesa da cozinha. ‚Eu dei o meu m{ximo‛, eu disse. ‚Vamos esperar que o seu melhor seja suficiente‛. Eu sequei as mãos na toalha, me perguntando quando ela vai parar de me tratar como um estranho. Um dia eu vou passar por essa bolha que ela construiu ao seu redor. Um dia em breve. O telefone tocou. Minha mãe atendeu, depois passou para mim. ‚É para você. É o Damon‛. Eu peguei o fone. ‚Ei‛. ‚O gerente do The Trusty Nail disse que você chegou atrasado‛. Oh, merda. ‚Eu tive que ir depois da escola, porque –‛ ‚Eu j{ ouvi isso tudo, poupe saliva‛, ele gritou, me cortando. ‚Toler}ncia zero. Você assina o ponto do serviço comunit{rio na hora. Ponto. Entendeu?‛ Entendi. ‚Isso vai para a sua ficha, Caleb. Eu posso peticionar a um juiz para que ele te mande de volta para o DOC. Continue cometendo esses erros e eu farei isso<‛ Ele ainda está balbuciando, mas eu já estou de saco cheio para ouvir. ‚< Eu te disse para ser um cidadão modelo e para chegar no hor{rio no trabalho. Você me decepcionou. Não deixe isso acontecer de novo‛. ‚Não foi minha culpa‛, eu argumentei. ‚Se eu ganhasse dez centavos por cada vez que eu ouvi essas palavras, eu estaria Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

63


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

milion{rio‛. Sargentão. ‚Entendi, Damon. Alto e claro‛. ‚Bom. Checarei isso com você amanhã‛, ele disse, depois desligou. Quando eu desliguei o telefone, eu percebi que minha mãe estava ouvindo a minha parte da conversa. Ela estava olhando para mim, mas havia um vazio em seus olhos – como se ela não estivesse completamente ali. ‚Est{ tudo bem?‛ ‚Sim‛, eu disse. Excelente. ‚Bom‛. Ela pegou sua bolsa no sof{. ‚Vou ao supermercado. Eu vou fazer meu Espaguete Espetacular para o festival de outono no s{bado | noite‛. Minha mãe sempre é voluntária para essas besteiras. Ela adora a atenção, eu acho. Seu Espaguete Espetacular ganha o prêmio de melhor receita do Ajudante das Mulheres todo ano. Ela até tem os prêmios organizadamente empilhados sobre uma cobertura na sala de estar. Mamãe saiu pela porta com sua rajada de caos. ‚Ela é louca, você sabe‛, Leah disse | porta da cozinha. Hoje minha irmã está usando jeans preto com correntes penduradas. Uma ponta da corrente está presa a uma das pernas da calça e a outra ponta está presa a outra perna. Como ela consegue caminhar assim? Eu observei minha mãe sair da garagem enquanto eu olhava pela janela da sala. ‚Fale-me sobre isso‛. ‚Você acha que as coisas vão voltar ao normal algum dia?‛ Leah perguntou com a voz cheia de esperança. ‚É melhor que sim‛. Eu vou passar meus dias tentando, começando agora mesmo com a minha irmã. Ela estava para voltar à cozinha, quando eu disse de repente, ‚Você j{ falou com, você sabe, a Maggie?‛ Ela congelou, depois sacudiu a cabeça devagar. ‚Nem uma vez desde o acidente?‛ Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

64


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Ela sacudiu a cabeça de novo. ‚Eu não quero falar sobre isso Caleb. Por favor, não me faça falar sobre isso. Não agora‛. ‚Quando, então?‛ Ela não respondeu. ‚Um dia nós vamos discutir pode evitar essa conversa para sempre‛. Eu coloquei meu casaco, basquete que estava na garagem, e sai. Eu evitei até olhar para a quando eu fui para o parque na direção oposta. Eu preciso fazer aliviar o estresse.

isso, Leah. Você não peguei uma bola de casa dos Armstrong algumas cestas para

Minha irmã estressada é a que precisa de terapia de grupo. Eu é que estava preso e os que ficaram em casa estão todos loucos. Oh, a ironia cômica. No dia seguinte eu estava sentado no escritório do diretor. Meus pais vieram comigo para ouvir se eu passei ou não nas provas. Deus, isso é um saco. Meyer abriu uma pasta e olhou para ela. Pastas são um saco também. Principalmente aquelas que tem algo a ver comigo. O advogado de defesa designado para o meu caso depois do acidente tinha uma pasta resumindo o acidente, a prisão e a história da minha vida. O diretor do DOC tem uma pasta muito parecida. É como se eu não fosse mais um garoto. Fui reduzido a palavras escritas sobre mim. Até Damon tinha uma maldita pasta. Eu poderia contar a eles muito mais histórias do que qualquer pasta contaria. ‚Apesar de Caleb ter ido bem em quase todas as provas‛, Meyer dirigiu sua atenção ao meu pai, ‚ele não passou no requisito de estudos sociais‛. Senhor, não há nenhuma surpresa considerando o que Leah disse. O sorriso de minha mãe perdeu seu brilho por um Segundo. ‚Tenho certeza que h{ um erro‛. Eu olhei para o meu pai. Ele olhou para mim antes de dizer, ‚Caleb frequentava o programa acadêmico no, uh, Departamento de Correção‛. Meyer levantou a mão. ‚Pode ser Dr. Becker. Mas ele não passou em estudos sociais ou juntou créditos suficientes para ser senior‛. Eu vou dizer o que eu quis dizer o tempo todo, e que se dane as consequências. ‚Eu posso abandonar a escola‛.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

65


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Mamãe fechou a cara. ‚Caleb, não‛. É, uma reação verdadeira em público! As sobrancelhas do meu pai enrugaram. ‚Filho, você não vai abandonar a escola. Eu tenho certeza que o Sr. Meyer pode resolver isso. Certo?‛ O cara respirou fundo e pegou outra pasta, o que seriamente me fez querer rir. Ele analisou o conteúdo enquanto todos nós esper{vamos em silêncio. ‚Bem, eu posso coloc{lo numa turma de estudos sociais do junior mas mantê-lo no sênior em todas as outras matérias‛. ‚Oh, que idéia maravilhosa‛, minha mãe disse. Meu pai concordou com a cabeça. ‚Ele ter{ que fazer curso de verão e se formar mais tarde. Não é o ideal mas –‛ ‚T{ ótimo, não é, Caleb?‛ Oh, cara. Curso de verão? Por que ao invés disso não cravam um bamboo embaixo das minhas unhas? ‚Como quiser, Pai‛. Eu olhei pela janela para os carros que passavam na escola e os pássaros que voavam para quem sabe onde. ‚Caleb, por que você não pega um quadro de hor{rios com a minha secret{ria‛, o diretor disse, depois verificou seu relógio. ‚Se você correr você pode pegar a última metade do terceiro tempo‛. Meus pais ficaram calados enquanto nós saíamos do escritório de Meyer. A secret{ria me estendeu um pedaço de papel. ‚Aqui est{ o seu quadro de hor{rios‛. Eu fui para a aula de inglês do sênior. Só mesmo o velho Meyer para me fazer entrar bem no meio da aula. Eu tremi enquanto abria a porta. Eu posso até ouvir uma voz de apresentador na minha cabeça. Sim, senhoras e senhores, a atração principal< diretamente da cadeia juvenil e... Caleb Becker! Eu senti sessenta olhos sobre mim, queimando em meu crânio enquanto eu andava até o professor, Mr. Edelsen. ‚Posso ajud{-lo?‛ Perguntou ele. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

66


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

‚Eu sou dessa turma‛. Silêncio. Olhos. Músculos tensos. ‚Bem, sente-se então‛. Eu caminhei para o fundo da sala e me sentei próximo ao Drew Rudolph. Nós costum{vamos sair juntos. Você sabe< antes. Depois da aula eu almocei. Eu comprei uma maça e uma coca cola com o dinheiro que meus pais me deram essa manhã. Enquanto eu andava pelo refeitório, eu mantive a cabeça erguida. Deixe-os falar sobre o ex-prisioneiro o tanto que eles quiserem. Encarar esses meninos não é nada comparado aos caras do DOC. Quando eu virei o corredor, eu topei com a Kendra. É a primeira vez que nós estivemos tão próximos desde a minha prisão. ‚Oi, Caleb‛, ela disse com um tom de provocação em sua voz. ‛Drew me disse que viu você na aula de inglês‛. Eu afirmei com a cabeça. ‚Lembra quando nós tínhamos aulas de inglês juntos?‛ Cara, eu lembro. Nós costumávamos pedir para ir ao banheiro ao mesmo tempo e nos encontr{vamos em algum corredor deserto para nos acariciarmos e nos beijar. ‚Eu me lembro‛. Ela sorriu para mim com seus dentes brilhantes e seus lábios grossos fatais. Eu poderia ter beijado aqueles lábios para sempre. Eu ainda posso. ‚Bem, eu acho que eu te vejo depois‛, ela disse. ‚Depois‛, eu disse, observando o balance de sua bunda enquanto ela ia embora. Depois da escola, no serviço comunitário, eu consertei a cerca de uma velhinha e a instalação elétrica dela. Antes eu iria para casa e acharia pelo menos dez mensagens de Kendra, me implorando Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

67


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

para ligar para ela. Mas dessa vez eu cheguei em casa e a secretária eletrônica tinha apenas uma mensagem... do Damon. Eu liguei de volta. Nossa conversa foi assim. ‚Caleb?‛ ‚Sim?‛ ‚Bom trabalho hoje. Chegou na hora e tudo mais‛. ‚Obrigado‛. ‚Continue assim. Eu ligo de novo em dois dias‛. U-hu! Ele vai me deixar em paz por imensos dois dias. Meu pai vai trabalhar até tarde essa noite então somos só eu, minha mãe e Leah. Leah está revirando a comida em seu prato, sem comer de verdade. Mamãe está muito ocupada tagarelando com suas amigas no telefone. Eu não acho nem que ela percebeu que Leah e eu estamos sentados na mesa com ela. Eu fico grato quando todos em minha casa estão dormindo. É a única hora que se parece com os velhos tempos. À noite eu estou deitado em minha cama, olhando o relógio como se eu tivesse fazendo isso pelas últimas duas horas. Três da manhã. Eu não consigo dormir. Pensamentos demais percorrendo minha cabeça inútil. Talvez eu precise de um colchão excessivamente usado e desconfortável como eu tinha no DOC para que eu possa ter uma noite inteira de sono. Tirando os cobertores, eu fiquei de pé e caminhei pelo meu quarto. A foto de Kendra em minha cabeceira está me olhando de volta, em seu sorriso uma promessa secreta entre nós dois. Eu peguei o telefone sem fio da sala de estar e o levei para o meu quarto. Eu disquei o número de Kendra, sua linha privada que apenas toca em seu quarto, mas eu desliguei antes que ele tocasse. E se ela estivesse namorando com alguém e não quisesse falar comigo? Eu realmente não quero correr atrás dela se ela estiver se encontrando com outro cara. Eu olhei pela janela, avaliando quanto tempo ainda demoraria até que o sol nascesse. No Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

68


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

DOC, sempre tinha caras que não conseguiam dormir. Você podia vê-los sentados em sua beliche, ou ouvi-los virando na cama. Os caras novos e os meninos mais jovens eram os que mais sofriam. Eles choravam em silêncio, sendo a única indicação de que estavam chorando uma fungada casual ou ombros caídos e tremendo. Apesar de alguns deles terem apenas doze ou treze anos, eles tentavam agir como homens. Mas eles eram, no fim, apenas meninos. Eu percebi uma luz acesa no quarto de Maggie, o brilho contornando as cortinas que cobriam sua janela. Eu tinha aula de informática com ela, mas normalmente sentava no fundo da sala enquanto ela sentava na frente. Eu mantive minha cabeça baixa porque os outros alunos estavam analisando cada movimento meu. Quando o sinal tocou, Maggie foi a primeira a sair< algumas vezes eu acho que ela saiu antes que o sinal tocasse. Ser{ que ela acha que é a única afetada pelo acidente?

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

69


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quatorze Maggie Eu não consegui dormir depois dos meus pesadelos e tive que ligar a luz para ficar acordada. Pelo menos dessa vez eu não acordei minha mãe gritando. Esse pesadelo foi diferente. Kendra Greene dirigia o carro, não Caleb. Em todos os meus outros pesadelos, era Caleb que estava no volante do carro que me atingiu. Eu acho que foi porque eu vi Kendra conversando com Caleb na cafeteria ontem. Ele não me viu porque eu sentei perto da porta para que eu pudesse ir embora assim que eu acabasse de comer. A cafeteria é um lugar estranho. Os populares podem ser encontrados lá agora mesmo. Eles falam alto e riem muito. As pessoas normais sentam-se com suas próprias turmas, totalmente separados das mesas de almoço dos populares. Eu costumava ser popular. A maioria dos atletas em Paraíso são populares. Mas agora eu sou uma solitária que nem se mistura com os normais, nem mesmo com os piores. Solitários sentam-se sozinhos, espalhados pelo refeitório. Eles comem sozinhos, depois saem ligeiro. Eu nunca soube para onde os solitários iam, eles apenas desapareciam durante a hora de almoço. Mas agora que eu sou uma solitária eu conheço o lugar secreto. A biblioteca da escola. Esse é o lugar misterioso que você pode ir para não ser visto. Caleb não tinha medo de atenção. Ele caminhou pela cafeteria ontem, sua cabeça erguida como se ele mesmo fosse o Sr. Meyer. Depois ele foi direto até Kendra Greene e disse algo que a fez sorrir. Eu juro que todos estavam calados no refeitório, observando a reunião deles. Será que ele sabe que Brian e Kendra são um casal? Pelo jeito que Caleb olhou para a bunda dela quando ela saiu me fez pensar que ele não está consciente do que acontecera desde que ele foi para a prisão. Algumas coisas não tinham mudado. Eu afastei minhas cortinas e olhei para a janela de Caleb. Já passam das três da manhã. Ele provavelmente estaria dormindo como um bebê sem nenhuma preocupação nesse mundo. Mas ele não está. A luz de seu quarto está acesa e eu vejo sua silhueta andando pelo Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

70


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

quarto. Eu deixei a Cortina cair cobrindo a janela, apaguei a luz e corri de volta para a cama. Eu não posso adquirir velhos hábitos, não agora depois de tudo o que aconteceu. A verdade é que eu tenho uma queda por Caleb desde a primeira série. Ele costumava zoar a mim e a Leah enquanto nós brincávamos de Barbie e nos fantasiávamos. Mas quando nós precisávamos de um menino para fazer um papel em um de nossos shows, nós sempre podíamos coagi-lo a fazer o papel. E se nós fazíamos um show de balé, nós sempre podíamos contar com ele para ser um dos espectadores enquanto nós fazíamos jeté e plié com nossos corações em frente à ele. Mas eu fiquei completamente apaixonada por Caleb Becker na sexta série, quando ele levou a culpa por eu ter quebrado uma estatua de coruja de cerâmica de sua mãe que fora dada a sua tataravó por algum ex-presidente dos EUA. Leah estava no andar de cima se aprontando e eu estava esperando por ela na sala de estar. Nós íamos jogar tênis no parque. Caleb me surpreendeu descendo correndo as escadas com uma sabre deluz do Star Wars em sua mão, agitando-a no ar. Eu ri e levantei minha raquete como se fosse uma arma, desafiando-o. Ele veio até mim com o sabre, e eu balancei minha raquete para me proteger do seu ataque. Eu esperava bater em seu sabre, não na coruja de cerâmica na credenza 17 de sua mãe. A mãe dele ouvira o barulho e veio correndo. Caleb disse que era culpa dele, que ele estava brincando com o sabre. Ele nunca disse que quem quebrou a estátua fui eu; ele nunca nem mesmo disse que eu fui cúmplice. Eu estava muito assustada na hora para falar a verdade, mesmo quando eu soube que ele ficou de castigo por um mês inteiro. Sem nem mesmo perceber, ele virou meu herói. Depois disso, eu costumava observar através da minha janela quando ele jogava bola com seus amigos ou quando ele tinha reuniões de escoteiro em seu jardim. Quando estávamos na sétima série ele começou a cortar a grama enquanto ouvia música. Eu mal podia me concentrar no meu trabalho de casa enquanto o observava ziguezaguear na grama para trás e para frente com o cortador, seus músculos saltando pela sua camisa enquanto ele juntava as aparas da grama e jogava-as dentro de aços de lixo. Algumas vezes ele me pegava olhando para ele e acenava. Algumas vezes eu hesitantemente acenava de volta, mas depois eu fechava minhas cortinas e as mantinham 17

Móvel de escritório com o topo liso e longo e, geralmente, com gavetas de arquivo

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

71


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

fechadas por uma semana para que ele nunca soubesse como eu me sentia sobre ele. Outras vezes eu fingia não vê-lo, apesar de supor que ele sabia que eu estava espiando. Caleb nunca admitiu que ele gostasse de mim, mas do que como amiga. Por mim estava tudo bem. Eu apenas mantinha as esperanças de que um dia ele me veria como uma menina e não como a melhor amiga irritante de sua irmã gêmea. Ele teve algumas namoradas, mas nunca foi sério. Até Kendra. Eles começaram a namorar no começo de nosso ano de calouros. Kendra ia para a casa dele todos os dias depois da escola; eles eram inseparáveis desde o início. Toda vez que eu olhava da minha janela e os localizava eles estavam se abraçando de forma íntima, meu coração esperançoso despedaçava-se pouco a pouco. Foi na mesma época que meu pai saiu de casa. Aqui estava eu, desesperadamente esperando que meu pai e Caleb me amassem como eu os amava. O que eu podia fazer para que as pessoas que eu amava me amassem também? A única coisa na qual eu era boa era no tênis. Então eu treinei e joguei e desafiei a mim mesma todos os dias durante o verão entre o nosso ano de calouros e o segundo ano. Obviamente, quando Caleb visse que eu era a única garota do segundo ano no time da universidade, ele me notaria. E eu mandei para o meu pai artigos do jornal local sobre o meu sucesso, nunca esquecendo de acrescentar a previsão do técnico de tênis de que eu iria ao campeonato estadual de Illinois em outubro. Meu pai não me viu jogar naquela temporada. Também foi naquela temporada que Caleb perdeu sua virgindade com Kendra. Uma vez, só uma vez, eu os vi transando sob um cobertor no jardim. Eu nunca disse a ninguém, apesar de que eu podia jurar que Caleb olhou para a minha janela e sabia que eu estava observando. Ele nunca me disse nada sobre isso. E eu nunca disse à Leah. Ela teria ficado enojada de qualquer forma. Na verdade, depois disso eu me senti tão envergonhada que eu parei de vigiar Caleb. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

72


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu continuei repassando a noite do acidente na minha cabeça. A conversa que eu tive com Caleb antes do acidente e as histórias que eu ouvi sobre depois do acidente. Ele obviamente estava bêbado; o policial que o prendeu fez um teste alcoólico nele imediatamente depois que ele admitiu ter me atingido com seu carro. Mas ele estava tão bêbado que não sabia o que estava fazendo? Por mais que ele tenha odiado o que eu disse a ele naquela noite, era verdade. Sua namorada o estava traindo. ‚Você est{ mentindo‛, ele disse naquela noite. Eu estava determinada a não deixá-lo escapar de mim antes que eu contasse. ‚Não estou, Caleb. Eu juro que eu a vi com outro cara‛. Eu não acrescentei que o outro cara era o seu melhor amigo. Ele segurou meus ombros tão forte que eu tremi. Caleb nunca encostou a mão em mim antes. Seu toque áspero fez com que as lágrimas escorressem no meu rosto. ‚Eu amo você‛, eu disse a ele. ‚Eu sempre amei você‛. Eu deixei meu medo da verdade e meu amor por Caleb vir | tona naquela noite. ‚Abra seus olhos, Caleb. Kendra est{ te fazendo de idiota‛. Ele tirou as mãos de mim como se eu estivesse pegando fogo e ele estivesse se queimando. Depois ele disse algo que eu nunca vou esquecer. ‚Você não entendeu, não é Maggie? Eu e você nunca vamos ficar juntos. Agora pare de espalhar mentiras sobre minha namorada antes que você se machuque‛. Aquele aviso ecoou em minha mente daquele dia em diante. A minha parte lógica sabe que foi um acidente. Claro que ele não quis perder o controle do carro. Mas nas partes escondidas da minha mente existe essa pequena dúvida persistente que surgia de vez em quando. Eu finalmente peguei no sono, mas não foi um repouso tranquilo porque meus sonhos estavam assustados pelo fato de que eu não seria capaz de escapar de Paradise e ir a algum lugar muito longe – onde o passado não me alcançasse. No dia seguinte depois da escola eu saltei do ônibus e vim para casa para ouvir na secretária eletrônica uma mensagem da Sra. Reynolds – a idosa que eu encontrei ontem. Ela deixou seu número e me disse para retornar a ligação assim que eu chegasse em casa. Quando eu retornei, ela disse que ela queria me entrevistar para um trabalho de meio Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

73


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

período< como sua acompanhante. ‚Tem certeza?‛ Perguntei. ‚Eu posso fazer um acordo com você para que você possa ir para a Espanha‛, ela disse, me tentando totalmente. ‚Você pode vir | minha casa em Hampton para que possamos conversar?‛ Eu entrei num ônibus para Hampton o mais rápido que as minhas pernas mancas puderam me carregar. Não fica longe, apenas quinze minutes de ônibus de Paradise. O tempo todo eu pensei no acordo que a Sr. Reynolds queria me oferecer. O que uma acompanhante faz? Joga damas e ouve suas conversas sobre os velhos tempos? Não podia ser tão difícil. Eu posso fazer isso, mesmo com uma perna ruim. Visões minhas fazendo sanduíches e limonada para a velha senhora enquanto nos sentamos e conversamos flutuavam em minha cabeça. Leah e eu costumávamos conversar – por horas no fim sobre qualquer coisa. Eu sei que conversar com uma idosa não seria o mesmo que conversar com uma antiga melhor amiga, mas eu acho que poderia ser legal. Eu toquei a campainha da casa da Sra. Reynolds e ela me cumprimentou com um sorriso. ‚Entre, Margaret‛. Eu sentei primeiro em seu caro sofá creme, tentando passar uma boa impressão. Maggie, esqueça o passado e foque no futuro, eu disse a mim mesma. Sra. Reynolds tinha olhos verdes brilhantes e alertas que desafiavam sua idade avançada e uma atitude que competia com a das líderes de torcida. ‚Você se importa de trabalhar para uma velha ranzinza como eu, Margaret, se no fim você pudesse fazer aquela viagem para a Espanha?‛ ‚Além de precisar de dinheiro para estudar no exterior no próximo semestre‛, disse eu, com minhas mãos no colo e tentando não ficar inquieta, ‚Eu acredito que uma pessoa pode aprender muito das pessoas com experiência de vida‛. Ser{ que eu ouvi a Sra. Reynolds bufar? ‚Você não quer dizer ‘de pessoas velhas’?‛ ela replicou. Eu mordi a parte de dentro da boca. ‚Urn, o que eu quis dizer foi, um...‛ ‚Aprenda isso com alguém que tem experiência de vida. Não fique dando voltas, é apenas perda de tempo. Você sabe cozinhar?‛ Macarrão e queijo contam como cozinhar? ‚Sim‛. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

74


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

‚Joga cartas?‛ ‚Sim‛. ‚Você fala bastante?‛ Sua pergunta me fez baixar a guarda. ‚Desculpe?‛ ‚Você sabe, você fala só para ouvir sua voz ou você fica quieta até ter algo interessante para dizer?‛ ‚A última‛, respondi. ‚Bom. Eu não gosto de conversa sem sentido‛. ‚Eu também não‛. Era muito para não ficar dando voltas. ‚Eu vou esperar você aqui de três e meia até as sete nos dias de semana e algumas horas nos fins de semana. Eu posso te dar uma hora de intervalo para que você possa fazer seu trabalho de casa‛. ‚Isso significa que eu estou empregada?‛ Perguntei. ‚Parece que sim. Eu vou te dar mil e quinhentos dólares por mês, o suficiente para pagar aquelas aulas que você precisa. Você pode começar na segunda depois da escola‛. Uau. Muito mais do que eu receberia se trabalhasse em qualquer outro lugar. ‚É muito‛, eu admiti. ‚Você provavelmente poderia conseguir alguém pagando muito menos‛. ‚Provavelmente. Mas você quer ir para a Espanha, não quer?‛ ‚Claro, mas<‛ ‚Sem mas. Mas pode ser qualificado como conversa sem sentido‛. Eu quis beijar e abraçar a mulher e agradecê-la centenas de vezes. Mas eu não acho que ela seja do tipo que gosta de ser beijada e abraçada. E se eu agradecê-la centenas de vezes, eu acho que ela teria um aneurisma pela quantidade de conversas sem sentido. Sra. Reynolds ficou de pé, usando sua bengala para se firmar. O que me lembrou de acrescentar, ‚Eu sou manca‛. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

75


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Ao invés de me perguntar a respeito, a mulher apenas disse, ‚Eu também. E a maioria dos meus amigos também. Pelo menos os que não estão mortos. Contanto que você não reclame disso, eu não vou reclamar‛. E esse, acredite, foi o fim da minha entrevista.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

76


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quinze Caleb "Caleb, o senhor vem com a gente", grita Brian desde o meio da cafeteria. Eu tinha planejado pegar um sanduíche e me sentar junto com minha irmã. Hoje ela esta usando um batom preto azeviche que combina com seu jeans preto e desbotado. Mamãe nem sequer vacilou quando Leah desceu as escadas, esta manhã. Eu estremeci com a visão. Quem inventou aquela coisa negra de lábios tem sérios problemas. Estou de pé ao seu lado, contemplando o que fazer. Ela não levanta a vista da leitura de um livro e diz: "Vai sentar-se com Brian. Não me importo". "Leah, venha comigo". Ela olha para cima, com batom preto e tudo. "Pareço como se eu quisesse me sentar com eles?" Então é isso, não posso suportar mais. Eu apoio minhas mãos na mesa da cafeteria e digo: "Você pode querer me assustar com toda essa merda preta. Mas eu não estou engolindo esta. Agora, porque você não limpa essa porcaria dos seus lábios e corta com esse ato de morte já? Isto esta acabando com meus nervos". Em vez de estar agradecida por eu estar sendo brutalmente honesto, ela abruptamente pega seus livros e sai correndo da cafeteria. Que diabos eu devo fazer agora? Brian ainda está acenando, mas eu hesito. Não é que eu não queira sentar com meus velhos amigos; é só que não tenho vontade de ser bombardeado com perguntas sobre a prisão. Porque esses caras não durariam um dia no DOC e provavelmente pensariam que estou mentindo se eu dissesse a eles o que realmente acontece ali. Não pense nem por um minuto que alguém esta imune a ser condenado. Cara, há tantos garotos de todas as raças e religiões diferentes, e cores e tamanhos. Judeus e cristãos, mulçumanos e católicos. Garotos ricos que pensaram que estava por cima da lei e garotos Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

77


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

pobres que não conheceram nada melhor. É um jogo totalmente diferente quando você está do lado de dentro, com uma hierarquia tácita e regras não ditas. Algumas coisas que você pode descobrir imediatamente e algumas coisas que têm que aprender da maneira dura. Acidentes acontecem no DOC, e alguns deles são intencionais. As gangues são violentas, mesmo na prisão juvenil. Quando há uma briga entre dois rivais, é melhor você estar fora do inferno do caminho. Warden Miller tem essa coisa de cumprimentar um novo recluso em seu primeiro dia no DOC. Ele acha que facilita a mente do garoto novo conhecendo suas expectativas, mas tudo que faz é assustá-lo malditamente. A menos, claro, que sejam repetentes. Miller é um desses primeiros nomes em um monte de repetentes. Eles ganham uma versão muito diferente do discurso de boas vindas. Seu primeiro discurso começa com algo como isso: 'Meu nome é Scott Miller. Bem-vindo à minha casa. Você se levantara as cinco e quarenta e cinco, todas as manhãs e ira para o chuveiro. Você terá cinco minutos, não mais, para se lavar. Terá três refeições por dia18 e assistirá às aulas durante oito horas. Nós nos daremos bem, contando que respeite as regras da minha casa, Se não fizer... bem, então, você e eu teremos um problema. Pergunte a qualquer pessoa por aí, e te dirão que você não vai querer ter um problema comigo. Meus problemas te darão 23 horas diretas de cela. Alguma pergunta?' Warden Miller não explica a falta de papel higiênico nas celas; que é uma daquelas coisas que você tem que descobrir da maneira dura. É quando você esta sentado no vaso e precisa se limpar. O botão de chamada para pedir emprestado um rolo está do outro lado da cela, em nenhum lado perto de onde você está sentado. Eu vou para Brian e os caras, disposto a distrai-los da idéia de falar sobre a prisão. "O que ta pegando, caras? Onde estão as garotas?", Pergunto. Drew está sentando à minha frente e revira os olhos. "Praticando para as provas de animadoras. Não me leve a mal, eu adoro quando as garotas saltam pra cima e pra baixo para mim. Eu só não sei como tudo isso pode ser tão difícil, que elas precisem praticar

Aqui ele usa o termo ‘three squares a day’ , que é um termo que se originou da Marinha Real Brit}nica. Marinheiros que comem suas Três refeições ao dia fora em praças de alimentação. Assim, três praças por dia. 18

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

78


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

durante três semanas consecutivas. "Brianne e Danielle vão ser animadoras em vez de tenistas?", Pergunto. Brianne e Danielle eram dedicadas fanáticas do tênis. "É por causa de Sabrina", diz Tristan." Ela não tem coordenação motora suficiente para ser uma jogadora de tênis, então convenceu Brianne e Danielle a tentar para Pantherettes". Talvez eu estive fora muito tempo. Ou talvez eu não ouvi corretamente. "O que é Pantherette?" "Caleb, você tem que se por em dia, cara", Brian está tentando controlar sua diversão enquanto diz, "Pantherettes são as animadoras da equipe de luta livre. Saca só... Paradise Panthers19... Pantherettes". Huh? "Animadoras de luta livre?" Drew assente. "Pantherettes, cara. Eu amo tê-las. Muitas escolas têm animadoras de luta livre, então no ano passado, nós conseguimos também".

"Faz luta livre esse ano, Becker?", interrompe Tristan. "Pode ser o último ano do Wenner como treinador. Ele tem um filho previsto para o verão, e acho que quer manter seus sábados livres para ficar em casa com o moleque". "Não posso", digo. "Tenho que trabalhar depois da escola". Intencionalmente deixo de lado a parte em que o trabalho é na verdade de serviços à comunidade e se eu o abandono, talvez tenha que voltar à prisão. Brian come um pedaço de sanduíche e diz com a boca cheia, "Precisamos de você, ou vamos nos dar mal como no ano passado". Tristan e Drew assentem, concordando com Brian. Nada como pressão de grupo para se render. "Okay, escutem", digo. "Se há uma partida que eu possa fazer, competirei". Brian estende uma mão para eu bater na dele.

19

Panteras

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

79


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"É disso que to falando". Eu bato minha mão na dele. "Você é realmente patético se acha que eu sozinho possa fazer a diferença". Drew nega com sua cabeça de cabelos cacheados. "Você acabou com Vic Medonia, Caleb. O cara é enorme e uma lenda. Lembra quando você chutou o traseiro dele, conseguindo os cinco pontos de throw-down dez segundos antes de que acabasse o round final? "Drew, por favor", diz Tristan. "Não desrespeite o CB aqui. Faltavam quatro minutos quando ele fez o throw-down". "Não importa, Tristan", diz Drew. "Eu esqueci que você sabe tudo". Tristan cruza os braços na frente do seu peito. "Malditamente correto". Eu tomo uma mordida do meu sanduíche enquanto Tristan e Drew estão quase na garganta um do outro. É como nos velhos tempos, exceto que Kendra não está aqui... e minha irmã se recusa a se unir a terra dos vivos. Antes que o pensamento saia da minha cabeça, as meninas, menos minha irmã, entram na cafeteria com ar orgulhoso. Sabrina, Danielle e Brianne chegam primeiro, seguidas de Kendra e sua melhor amiga Hannah. "Como foram as práticas?", Tristan pergunta à Brianne. Brianne estende a mão e toca seu ombro. "É tão doce que você se importe", diz ela. Drew tosse. "Porque não fazem uma animação para a gente?" "Aqui mesmo, na cafeteria?" "Por que não?" Kendra pisca secretamente para mim, e então diz, "Certo, vamos fazer, garotas". Kendra fica na frente enquanto Brianne, Sabrina, Danielle e Hannah a imitam atrás dela. Kendra levanta as mãos como se estivesse prestes a bater palmas e diz:

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

80


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Prontas?" As outras garotas respondem. ‚O-kay", então todas começam a bater palmas, pulando e cantando: Takedown, tilt 'em, Or go for the pin! Stay off the bottom, And get that win! You gotta ride 'em, roll 'em, get that pin'. Come on Panthers, leeeeettt's win! As garotas terminam sua excessivamente energética animação com uma combinação de salto-chute. Drew fica de pé e aplaude. "Isso foi in-crí-vel! Podem fazer essa parte final de novo, quando pulam pra cima e pra baixo e falam sobre montar20" "Cala a boca, Drew", diz Kendra. Ele levanta as mãos e dá de ombros, ‚O quê? Estava admirando sua forma de animar." "Por favor", diz Danielle enquanto senta-se ao lado de Brian e dá a Drew um olhar enojado. "Você estava admirando algo, certo. Nossos peitos". "Isso também", Drew admite. "Sou um cara adolescente com hormônios em fúria, o que você esperava? Aposto que Caleb os admirava também, porque ele não viu nenhum em quase um ano. Não é, CB?" Eu deveria ter sabido que era só uma questão de tempo antes que meu tempo na prisão fosse jogado na minha cara. Maravilha, agora todos estão me olhando, esperando escutar a resposta do ex-presidiário. Incluindo Kendra. Eu me levanto e caminho para fora da cafeteria. Não quero lidar com essa merda agora.

Esse ‘montar’ ele t{ se referindo ao trecho da música ‘You gotta ride ‘em, roll ‘em, get that pin’. Ride significa montar, cavalgar, passear, andar de...etc 20

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

81


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Eu só estava brincando, Caleb. Volta aqui!", grita Drew. Toda semana no DOC, nós tínhamos aulas de controle de raiva. Eles enfatizavam em evitar confrontação, nos ensinando a liberar a raiva de outras maneiras não-violentas. Já que golpear Drew na boca é correr direto pra merda e não é uma opção, vou para a sala de exercícios da escola. Caminho até o saco de pancadas e golpeio até deixar uma marca permanente na lateral. Nem sequer me importa que meus nós dos dedos estejam sangrando. "Caleb, vá com calma com essa coisa". O treinador Wenner, está de pé perto dos pesos com um copo de café na mão. Esta usando uma camisa de golfe com uma Panther Wrestling21 bordada na frente. Eu paro de socar o saco e enfio as mãos nos bolsos para esconder o sangramento nas juntas. "Eles me disseram que este é seu último ano como treinador". "Sim. Estarei dando aulas especiais de condução, assim como as aulas de ginástica que vem no próximo outono". Balança a cabeça com incredulidade. "Aulas de condução?", o cara vive e respira luta livre. "Minha mulher não quer que eu esteja longe os fins de semana depois que o bebê nascer. Acima de tudo, você tem que fazer o que é melhor para sua família. Certo?" "Acho que sim". Wenner toma um gole da bebida e se apóia contra a parede. "Você sabe, o que aconteceu ano passado me chocou como o inferno. Teria apostado meu braço direito que um garoto como você não iria deixar o local de um acidente". "Sorte sua que você não fez essa aposta", eu oponho. "Uh-huh", diz Wenner, em seguida acrescenta, "Vá até uma enfermeira e consiga um curativo nessas articulações‛, e casualmente caminha pra fora da sala. 21

Seria uma Pantera Lutando. Wrestling=luta livre

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

82


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Dezesseis Maggie Levou uma semana para Caleb se deslizar de volta à sua vida sem nenhum problema. Eu saí da cafeteria esta tarde, quando as garotas populares faziam uma animação na frente dele. Eu poderia ter jurado que ele pensava que aquela animação era só pra ele. Como se isso não fosse suficiente, ouvi Tristan Norris dizer em Ciências da Terra que Caleb está prestes a entrar na luta livre este ano. Já não basta perder Leah como amiga e todo mundo achar que eu sou uma aberração ambulante, eu não tenho nenhuma esperança de me juntar à equipe de tênis ou praticar algum esporte nunca mais. Estou castigando a mim mesma por me comparar a Caleb enquanto pego o ônibus à Hampton para ir ao meu primeiro dia de trabalho para a Senhora Reynolds. Eu só queria que fosse fácil para mim... ou menos fácil para ele. Percebo que estou amargurada, mas não posso evitar. Eu já passei por tanta dor e agonia no ano passado, e voltar para a escola só tem enfatizado o tipo de pária que me tornei. Chego à casa da Senhora Reynolds e toco a campainha. Ela não responde. Continuo tocando, esperando que nada de ruim tenha acontecido com ela. Que sorte a minha, ela decidiu me demitir antes mesmo de eu ter começado o trabalho. Colocando minha mochila no chão, eu vou para a parte de trás da casa. A Sra. Reynolds está sentada no balanço da varanda. Sua cabeça está caída de lado, mas seu peito está subindo e descendo a cada respiração. Ok, a mulher está dormindo. Ufa. Balançando em sua mão um copo de limonada. Este trabalho vai ser mamão com açúcar22. Sinto-me envergonhada por aceitar tanto dinheiro da Senhora Reynolds para não fazer nada.

Aqui a expressão utilizada é ‘Peace of Cake’ literalmente seria ‘Pedaço de Bolo’, que quer dizer muito f{cil. Mas resolvi colocar uma expressão que mais se aproxime do que a gente fala por aqui. 22

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

83


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu me aproximo do balanço nas pontas dos pés. Tenho que pegar o copo da mão da Sra. Reynolds antes que derrame tudo ou, pior ainda, o aperto de sua mão se afrouxe e o copo caia e quebre. Lentamente, silenciosamente, estendo a mão e deslizo o copo de sua mão. "O que você acha que está fazendo? A voz da velha senhora me assusta e me faz pular para trás. A senhora Reynolds tem um olho aberto como aquele cara do filme de monstros nos desenhos animados. "Eu, uh, pensei que você estava tirando um cochilo". "Eu pareço como se estivesse dormindo?" "Nesse momento não." Senhora Reynolds senta-se em linha reta, os cabelos grisalhos perfeitamente penteados em cima de sua cabeça. "Chega de conversa fiada. Temos muito trabalho a fazer hoje". "Você quer que eu volte a encher seu copo de limonada? Faça um lanche?‛ Afofe seus travesseiros? "Não. Esta vendo aqueles sacos ali?", A Sra. Reynolds diz, seu dedo torto apontando para o lado do quintal. Cerca de dez grandes sacos de papel estão alinhados no gramado. Todos estão etiquetados com nomes estranhos: Turbilhão de Abricó, Chromacolor, Chamariz, Deriva, Amarelo Trumpet, Gotas de Limão, Nuvem Rosada. "Para que servem?" "Vamos plantá-las. São narcisos23. Bem, não parecem exatamente narcisos. São apenas bulbos24. Plantar? Espreito dentro do saco marcado como 'Deriva'. Deve ter mais de trinta bulbos Os narcisos formam um grupo muito grande de belas espécies bulbosas que produzem flores de inúmeros formatos e combinações de cores 24 Bulbo é a "batata" que dá debaixo do solo da planta, nesse caso dos narcisos 23

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

84


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

dentro. Eu manco até o saco ao lado, 'Gotas de limão', e há mais neste do que no primeiro. "Não faça essa cara assustada, Margaret", diz a Sra. Reynolds. "Não combina com você". Pego alguns bulbos do saco seguinte, o marcado como 'Audubon’. Atr{s de mim, a senhora Reynolds diz: "Nem se dê ao trabalho de recolhê-los imediatamente. Você precisa de um primeiro plano‛. "Plano?" "Mas é claro. Alguma vez já plantou antes?" "Apenas algumas ervas na pré-escola. Mas isso foi com uma pequena máquina de plantar que nós levamos para casa para o Dia das Mães". "Nada de bulbos?" Balanço a cabeça. A Sra. Reynolds parece preocupada. "Deixe-me lhe dizer algo sobre os narcisos, Margaret. Eles são perfumados, bonitos e resistentes". Eu escaneio os oito sacos alinhados. "Esses são todos narcisos?" "Oh, sim. Mas cada um tem seu próprio cheiro e personalidade. Wow. Eu não sei muito sobre flores em geral e muito menos dos detalhes de cada uma. Minhas favoritas eram os dentes-de-leão, porque, quando éramos pequenas, Leah e eu íamos procurar e arrancar todos os dentes-de-leão dos gramados dos nossos vizinhos, cantando ‘Mama had a baby and her head popped off’’25, e movíamos a parte superior das flores fora dos caules quando chegávamos à palavra saiu. Embora, tecnicamente, os dentes-de-leão não sejam flores. São ervas daninhas. "Você vai precisar de uma pá, para começar", minha patroa diz, interrompendo meu devaneio. "Acho que há uma na garagem". Coloco os bulbos de volta em seus respectivos sacos, e então sigo para a garagem individual no fundo do quintal.

25

Música do grupo de Hip hop ‘Atmosphere’

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

85


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

É uma grande estrutura de dois andares. Pintado de amarelo, apesar das rachaduras e descamação de anos de negligência, indica que este havia sido um lugar de orgulho. Há escadas do lado, que levam ao segundo andar. Sujas, janelas empoeiradas traçam o espaço em cima. É algum tipo de escritório? Um aposento privado? A porta da garagem esta fechada, então tenho que levantá-la usando minha própria força, o que não é fácil. Com um rangido alto de protesto, a porta finalmente se ergue para revelar um Cadillac preto, estacionado dentro. O lugar é escuro e cheio de teias de aranha. O que significa que o lugar esta cheio de aranhas. Não sou aficionada a nenhuma. Maggie, você pode fazer isto. Quando me aventuro mais na escuridão, meus olhos fazem uma spider-exploração. Minha mãe costumava brincar comigo que eu tinha visão periférica, especialmente projetada para detectar criaturas de oito patas. Uma pá pendura na parede, não muito longe da entrada. Bom. Eu lentamente movo-me para frente algumas polegadas, conseguindo agarrar o cabo. Uma vez que eu o tenho, solto a respiração que nem sequer sabia que estava segurando. Eu me apresso para fora da garagem e voltar para a senhora Reynolds, certa que no mínimo algumas poucas teias de aranha conseguiram se grudar em mim. "Consegui", digo, segurando a pá como um valioso troféu. A mulher não parece impressionada. "Primeiramente teremos que preparar o solo". Vou até os canteiros vazios de flores e começo a cutucar com a pá a terra para afrouxá-la. Faço isso por alguns minutos. Não é tão ruim. A senhora Reynolds se esgueira atrás de mim. "Espere". Eu me viro. A mulher está segurando um longo manto, rosa e verde com flores estampadas. "O que é isso?", pergunto. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

86


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Minha muumuu26. Coloque. Vai manter sua roupa limpa." "Senhora Reynolds, não posso usar isso". "Por que não?" A senhora Reynolds agarra o muumuu, um vestido de casa grande e feio. Sou meio que consciente de que deve ter estado sem usar muito tempo. Provavelmente minha grande tia Enriqueta a teria tido em seu guarda-roupa. "É só que... é só que não é do meu tamanho", digo sem convicção. "Não seja boba, todo mundo cabe nos muumuus. É tamanho único. Vista". Relutantemente, pego o muumuu e deslizo o material sobre minha cabeça. O vestido está pendurado em mim como se fosse uma barraca. A senhora Reynolds dá uns passos para trás e avalia. "Perfeita". Sorrio fracamente para ela. "Okay, vamos trabalhar". Nos quarenta minutos seguintes, a senhora Reynolds me orienta de quão grande deve ser escavado os buracos, como medir o solo extra necessário no fundo dos buracos para criar uma almofada para os bulbos, e a melhor maneira de plantar bulbos - não em fileiras, mas sim com espaço de cinco centímetros de distancia. Agora, estou suando, e temo que a senhora Reynolds esteja apenas começando. Mas vou fazer o que for preciso para manter este emprego. Se ele significa criar almofadas para seus preciosos bulbos nas próximas semanas até que o clima mais frio recaia sobre nós, então ótimo. Eu posso lidar com qualquer coisa, se o resultado final é ganhar o dinheiro para ir embora. Sentando para trás, limpo a sujeira do rosto com a manga do muumuu. "O que é aquilo ali?", pergunto, apontando para uma pilha de madeira serrada.

É tipo um vestido solto, sem cinto, que as mulheres do Havaí usam: http://htmlgiant.com/wpcontent/uploads/2008/10/muumuu-240x300.jpg 26

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

87


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"O gazebo27 que nunca começou". "Eu fui a um gazebo no Jardim Botânico no ano passado", digo, imaginando um grande gazebo no centro do quintal. ‚Me faz lembrar daquela cena em ‘A Noviça Rebelde’, onde o namorado de Liesl canta 'Dezesseis Quase Dezessete’ para ela. A senhora Reynolds olha com nostalgia a pilha. "Sim, bem, temo que a madeira, provavelmente vai estar desse jeito muito tempo depois que eu estiver morta e enterrada.‛ "Você totalmente deveria arranjar alguém para construí-lo", digo-lhe com entusiasmo. "Já posso imaginá-lo, com um teto pontudo e tudo". "Vamos fazer uma pausa‛, diz. "Não vamos mais falar de gazebos que nunca acontecerão". Oh, sim, eu esqueci. Nenhuma conversa fiada sem sentido com a Sra. Reynolds. Desde o acidente, tentar ficar de pé não tem sido fácil. Estar coberta com o muumuu faz com que seja muito mais difícil. Especialmente quando tenho que estender a perna na minha frente para levantar. "O que está fazendo?" "Levantando" A senhora Reynolds faz ondas com as mãos ao redor, como se seus membros pudessem falar. "Normalmente as pessoas dobram suas pernas quando faz isso". "Não posso dobrar a perna". "Quem disse?" Eu me viro e olho diretamente para Sra. Reynolds. Ela está brincando? Obviamente eu sou aleijada. Okay, não tão aleijada. Mas fui atingida por um carro. Nunca serei a mesma de novo. "Você dobra a perna quando anda. Não sei porque não dobra para ficar de pé, isso é tudo", Gazebo significa uma pequena construção, geralmente de lados abertos e com cobertura, que se ergue em jardins e praças. http://okbnetwork.com/wp-content/uploads/2009/10/unique-gazebo-inspirations-11.jpg 27

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

88


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

diz. Finalmente de pé, respiro fundo. Estou ansiosa para dizer algo, mas não posso. A senhora Reynolds é a primeira pessoa em mais de um ano que me trata como se nada estivesse de errado comigo. É refrescante e frustrante ao mesmo tempo.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

89


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Dezessete Caleb Mamãe bateu na minha porta no sábado à noite antes de sair para o festival de outono anual. ‚Tem certeza que você não quer ir Caleb? Ser{ divertido‛. Sim, claro. ‚Tenho‛. ‚Leah também vai‛. Como diabos mamãe conseguiu aquilo? Leah vive em seu quarto como um urso em hibernação perpétua. Eu acho que a vejo mais nos corredores da escola do que a vejo em casa. ‚Eu vou ficar em casa e relaxar‛, disse eu. De jeito nenhum eu vou querer ir para a feira e ser uma das atrações principais. Mamãe abriu a porta e colocou sua cabeça dentro do quarto para espiar. ‚Seu pai e eu gostaríamos que você aparecesse. O Dr. e a Sra. Tremont estarão lá. Seu pai conta com a indicação dele. Coloque uma das roupas novas que eu comprei e mostre a pessoa limpa que você é‛. Eu não acho que vou me vestir com roupas que me chocam e dar outro show de falsa ‚felicidade‛. ‚É isso que você realmente quer?‛ Ela afirmou com a cabeça. ‚Sim‛. ‚Tudo bem, eu encontrarei vocês l{ mais tarde‛, disse eu secamente. Essa besteira está rapidamente me vencendo pelo cansaço. ‚Obrigada, Caleb. Eu agradeço‛, disse ela, como se estivesse falando com um colega. Quem é essa mulher que eu costumava chamar de mãe? Eu preciso fazê-la perceber que eu sou a mesma pessoa de antes. Ela pode amar o velho Caleb Becker sem tentar criar um novo e melhorado. Depois que meus pais e Leah foram embora, eu fui até o lado de fora e fiz para mim um pouco de frango grelhado. Eu vou comer aqui com meus jeans confortáveis e rasgados e camiseta antes de me vestir como um banqueiro e ir para o espaço para feiras. Eu estava sentado na mesa do pátio quando ouvi uma voz familiar. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

90


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

‚Eu achei que fosse encontrar você aqui‛. Eu virei para a minha ex-namorada. Kendra parecia ótima, vestida com uma justa blusa rosa e uma pequena saia branca. Nenhum traço de conservadorismo em seus trajes, isso com certeza. ‚Você não vai | feira?‛ Perguntei. Ela chegou muito perto de mim e abaixou-se. ‚Eu ia, mas você não estaria l{‛, ela disse sussurrando de forma sexy. ‚Você queria que eu estivesse l{?‛ ‚Não, porque eu quero você todo para mim. Você é uma lenda em Paradise. Todo mundo est{ clamando pela visão do misterioso e perigoso Caleb Becker‛. ‚É isso que eles pensam, que eu sou perigoso?‛ ‚Eu só estou repassando o boato. Você esteve na prisão, você sabe. Eu ouvi que muitas coisas aconteceram com você enquanto você esteve l{ que te fizeram mudar‛. ‚E o que você acha?‛ Perguntei, confuso pela motivação dela em vir aqui. ‚Você acha que eu sou perigoso?‛ ‚Com certeza‛. Ela estava olhando diretamente para mim, mas eu senti como se ela estivesse pensando em outra coisa. ‚Foi como eles dizem?‛ ‚Algumas vezes‛. Ela girou suas curvas loiras em volta de seu dedo. ‚Você pensou em mim?‛ ‚Todos os dias‛, eu admiti. ‚E você?‛ Ela sorriu. ‚Eu senti sua falta. Mas eu não consegui lidar com o que aconteceu‛. "Não se preocupe, Kend. Aquela noite foi uma merda completa‛. ‚Você est{ dizendo‛. Eu olhei para o lado. Eu estava morrendo para saber a resposta para essa pergunta. ‚Você Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

91


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

se lembra do que aconteceu?‛ Ela piscou duas vezes antes de responder. ‚Não muito. Eu estava quase tão bêbada quanto você estava e corri quando os tiras chegaram. Meu pai é o prefeito, você sabe. Sua filha não poderia ser presa no meio daquela cena complicada‛. ‚Aham‛. ‚Eu não esperava que você fosse para a cadeia, Caleb. Eu só< isso me assustou‛. ‚Me assustou também. Mas agora eu estou de volta‛. ‚Com certeza você est{‛. Meu ego precisava que eu fizesse a próxima pergunta. É estranho, mas essa discussão é a forma de saber qual a nossa posição nesse relacionamento. ‚Você esteve com mais alguém?‛ ‚Ninguém que importasse‛. Que diabos isso significa? Eu não sou ciumento. Ok, eu sou. Mas ela está aqui com você agora, uma voz dentro da minha cabeça me disse. E eu senti tanto a falta dela. Muito mesmo. Eu sonhava em beijá-la novamente, esses lábios grossos nos meus, esfregando-me nela até que eu achei que eu fosse morrer de mero prazer. ‚Venha aqui‛, eu disse, movimentando minha cadeira para que ela pudesse sentar no meu colo. Minha libido entrou em ação, imediatamente pronto para isso. ‚Passou-se muito tempo, Kend, mas eu estou no jogo se você estiver‛. Ela acomodou-se em minhas cochas e envolveu seus braços em meu pescoço. Eu observei seus lábios com interesse enquanto ela sorria para mim. Lábios molhados e brilhantes do que quer que ela tenha passado antes de vir até aqui. Quem quer que tenha feito essa coisa brilhante para lábios é um gênio. Eu peguei as pontas cacheadas de seu cabelo dourado entre os meus dedos e as girei entre meu polegar e indicador. O cabelo dela estava diferente do que eu lembrava. Costumava ser mais suave. Eu sempre gostei de brincar com ele. ‚Você mudou a cor‛, eu disse.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

92


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

‚Est{ mais claro. Você gostou?‛ O que eu posso dizer, que parece mais palha do que seda? ‚Eu preciso de tempo para me acostumar‛. Eu sei que eu devia tê-la beijado agora, mas eu hesitei. Eu beijei Kendra milhares de vezes antes. Ela beija muito bem, e aqueles lábios estavam implorando para serem bagunçados. Então qual era o meu problema? Ela sentiu a ponta do meu cabelo raspado com a palma da mão. ‚Eu espero que você deixe seu cabelo crescer. Eu não posso agarrá-lo agora‛. ‚Veremos‛. ‚Tão hesitante, não é?‛. Ela riu, depois disse, ‚Eu senti a sua falta, CB‛. Se ela sentiu tanta saudade de mim, por que eu estou com esse estranho sentimento de que ela está escondendo algo? Droga, Eu tenho de parar de brincar esses jogos mentais comigo mesmo e analisar demais as coisas. Eu sei o que vai me fazer parar de pensar. Eu coloquei minha mão na nuca de Kendra e guiei sua boca em direção à minha. Quando meus lábios tocaram os dela, o cheiro de cerejas do gloss é intenso. De um jeito horrível. Meus lábios e língua deslizaram contra os dela, mas tudo o que eu podia pensar era que eu odeio cereja. Eu odeio torta de cereja, eu odeio cerejas no meu coquetel de frutas ou em cima de um sundae com calda quente. Eu até mesmo odeio coca-cola de cereja. Kendra gemeu enquanto nossas bocas ainda estavam encaixadas. Sua língua está fazendo hora extra e ela girou seu corpo para sentar-se em meu colo com uma perna de cada lado. Eu abri meus olhos enquanto nós estávamos nos beijando. Meu olhar focado no quarto de Maggie Armstrong. Agora além de ter lábios de cereja anexados aos meus, eu também esperava que Maggie Armstrong não me visse com os lábios e língua colados aos de Kendra. Nem mesmo me pergunte por que eu me importo. Eu recuei e disse, ‚Vamos entrar‛.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

93


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Kendra deslizou do meu colo, e nós demos as mãos enquanto eu levava-a para o meu quarto. Eu limpei meus lábios com as costas da mão, rezando para que o sabor de cereja desaparecesse. Kendra deitou na minha cama quando chegamos ao quarto, sem nem mesmo hesitar ou questionar por que nós estávamos indo tão rápido depois de ficarmos separados por um ano. ‚É como nos velhos tempos‛, ela disse. Exceto por, de alguma forma, eu não me sentir tão excitado ou ousado como eu costumava. Talvez fosse porque nós estamos mais velhos agora. Eu tirei minha camisa, depois deslizei na cama próximo a ela. Ela começou a beijar meu peito. ‚Jesus, Caleb. Seu peitoral t{ enorme‛. Eu passei levemente meu dedo indicador pelo seu novo e brilhante piercing do umbigo. ‚Eu acho que nós dois mudamos, hã?‛ ‚Deixe-me investigar o quanto‛. Ela desceu pelo meu corpo me beijando, passou pelo meu peito e parou na cintura do meu jeans. Quando ela começou a desabotoá-los, eu coloquei minhas mãos sobre as dela detendo-a. Ela olhou para mim, confusa. Eu não a culpo. Eu estava com a cabeça toda fodida e precisava fazer tudo mais devagar do que antes. Eu juro, um ano antes eu estaria pulando sobre ela antes mesmo que chegássemos ao quarto. ‚O que houve?‛ Ela disse. Eu sacudi a cabeça, esfreguei minha mão no meu cabelo e respirei fundo. Merda. Eu estou estragando tudo. Ela repousou a cabeça em meu ombro e colocou seu braço em volta da minha barriga. Foi muito bom e eu estou feliz que ela não me fez falar sobre isso. Talvez ela tenha entendido que eu não posso verbalizar meus pensamentos fodidos. Mas então ela começou a ficar agitada depois de alguns minutos e sentou-se. ‚Eu provavelmente devo voltar ao festival antes que meus pais descubram que eu sai‛. No fim ela não entendeu. Assim como todos os outros. Com um movimento rápido de seu cabelo sobre meus ombros, ela colocou seus sapatos novamente e ficou de pé. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

94


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu me convenci que as coisas iriam voltar ao normal logo. Eu estou de volta para casa, eu tenho minha garota de volta. Ok, eu admito que as coisas estão estranhas entre nós. Seu cabelo é falso, seus lábios tem um gosto diferente e seus beijos estão desesperado ao invés de sexy. ‚Eu vi você conversando com Samantha Hunter no corredor ontem‛, ela disse, virando e olhando para mim. Eu sentei e me encostei na minha cabeceira, ainda sem camisa. ‚Sim, ela queria saber se eu vou lutar esse ano‛. Kendra bufou irritada. ‚Você não acha ela bonitinha, acha?‛ Eu balancei os ombros. ‚Ela est{ bem, eu acho‛. ‚Porque garotas como ela são totalmente manipuladoras‛. ‚Eu não estou olhando para outras garotas, Kend, se é isso que te preocupa‛. ‚Que bom‛. Os cantos de sua boca apareceram, mas então ela mordeu seu l{bio inferior. ‚Eu estou feliz que você esteja de volta, mas<‛ ‚Mas o quê?‛ Eu perguntei. ‚Nós podemos manter isso em segredo, Caleb? As pessoas da escola estão esperando um grande show entre nós e eu não quero que isso fique estranho. Além disso, meu pai é candidato a reeleição em Novembro e ele já me perdoou por ter tido qualquer contato com você. Será melhor se ninguém souber disso por enquanto‛. Seu coment{rio não devia me surpreender, mas surpreendeu. Eu disse apenas, ‚Tudo bem‛, porque, bem, o que mais eu podia dizer? Seguindo Kendra até seu carro, eu me perguntei como nossas vidas teriam sido se eu não tivesse ficado preso. Eu não teria que manter nosso relacionamento numa droga de segredo, isso com certeza. Quando nós estávamos no jardim da frente, Kendra entrou em seu carro. Então ela abriu a boca e tirou um tubo de gloss labial. Virando o retrovisor, ela cuidadosamente passou mais gloss de cereja, essencialmente apagando nossa poderosa sessão de estragar a maquiagem. Quando seus lábios estavam com tanto gloss como quando ela chegou aqui, Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

95


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

ela foi embora. Sacudindo minha cabeça, eu entrei novamente. Eu localizei a foto de Kendra quando cheguei ao meu quarto. Retirando-a da minha cabeceira, eu olhei para ela. É difícil manter tudo da mesma forma quando as mesmas coisas parecem tão diferentes.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

96


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Dezoito Maggie Eu estou usando um longo vestido estampado que toca o chão e um suéter azul claro sobre ele. Minha mãe comprou o vestido para mim porque ela sabe como eu me sinto sobre expor qualquer parte da minha perna esquerda. Bem lá no fundo eu sabia que ela também esperava que os garotos me vissem como Maggie Armstrong e não como a garota que foi atingida por Caleb Becker. Advinhe, isso não vai acontecer. Eu não tive coragem para dizer a ela que um vestido bonito não podia apagar as cicatrizes horríveis que estavam embaixo. Nós nos dirigimos a Feira do Município de Paradise. Eles transformaram o espaço para feiras em um parque de diversões completo, com roda gigante e tiro ao alvo. O grupo Ajudante das Mulheres patrocina o festival todo ano. Normalmente a cidade inteira assiste. O pavilhão de comida está coberto por luzes cintilantes, me lembrando do natal. Mamãe colocou os brownies que ela fez na mesa de comida, depois olhou a multidão. ‚Olhe, ali est{ o Lou‛, ela disse apontando. Sentado ao lado de sua mãe, minha chefe. ‚Nós devemos ir dizer oi?‛ Eu perguntei. Mamãe deu de ombros. ‚Seria bom‛. Quando chegamos | mesa, Sr. Reynolds ficou de pé e sorriu. ‚Linda, que bom que veio. Oi, Maggie‛. ‚Oi, Sr. Reynolds. Oi, Sra. Reynolds‛. Sr. Reynolds aproximou-se e cochichou em minha orelha, ‚Nós não estamos no restaurante. Você pode me chamar de Lou‛. ‚Seria estranho‛, eu disse. Chamar o chefe de minha mãe pelo primeiro nome é tão... Eu não sei... Familiar. ‚Ok, bem, quando você não achar estranho você pode tentar‛. Mamãe sentou-se ao lado de seu chefe e eu andei em volta da mesa e sentei-me ao lado da Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

97


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Sra. Reynolds. ‚Sra. Reynolds, foi tão generoso de sua parte dar a minha filha um trabalho‛, mamãe disse. ‚Como eu te disse no telefone, eu estou grata‛. ‚Eu é que estou grata‛, Sra. Reynolds disse. ‚Nós tivemos uma semana produtiva. Não tivemos, Margaret?‛ Eu ainda tenho sujeira embaixo das minhas unhas que eu não fui capaz de limpar. ‚Sra. Reynolds é uma perita em narcisos, mãe‛. ‚Quando você voltar da Espanha eles estarão grandes e florescendo‛, Sra. Reynolds disse. Eu sorri, pensando sobre ir para a Espanha. Essa é a única coisa que me faz sorrir ultimamente. Sra. Reynolds olhou ansiosamente para a mesa do buffet. ‚Eu estou faminta‛, ela disse. ‚O que me diz de dar uma olhada na comida e vermos se h{ algo que valha a pena‛. ‚Mãe, não v{ comer demais‛, Sr. Reynolds disse sobre a música alta que a banda acabara de começar a tocar no palco improvisado em frente ao parque de diversões. Sra. Reynolds rolou seus olhos. ‚Meu filho acha que eu sou uma criança‛. ‚Mãe, você sabe que –‛ A voz {spera do Sr. Reynolds interrompeu. Sra. Reynolds silenciou seu filho com um simples olhar. Mamãe parecia um pouco nervosa e eu me senti da mesma forma. Eu não queria me envolver nisso. Está claramente fora da minha jurisdição como acompanhante. Sr. Reynolds virou-se para minha mãe. ‚Linda, o que você acha de mostrarmos aos jovens alguns movimentos antigos de dança?‛ Uau, por essa eu não esperava. Mamãe nunca dança. Ela e meu pai vinham ao festival ano após ano e eu nunca os vi sequer balançando ao som da música, quanto mais dançando. ‚Eu adoraria‛, mamãe disse. ‚Maggie, você não se importa, não é?‛ Quando eu sacudi minha cabeça, ela pegou a mão estendida do Sr. Reynolds e ele a conduziu pelo pavilhão de comida.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

98


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu estou sentada aqui com meus olhos arregalados. O que acabou de acontecer? Minha mãe aceitou dançar com o patrão dela? Isso não é ilegal? Eu posso ver a pista de dança de onde eu estou sentada. Agora mesmo, mamãe está oscilando seu corpo e se mexendo como uma adolescente. Eu examinei a feira para ver se mais alguém estava prestando atenção. Com toda a certeza, um grupo de garotos da escola estavam observando-a. Eu quis morrer. Pra começar, por que mamãe ia querer dançar? Ela estava pagando o maior mico, pulando como se ela não se importasse das pessoas estarem olhando. Já não era ruim o bastante que as pessoas ficassem me encarando? ‚Margaret, eu estou pronto para encher meu prato agora que meu filho que acha que é médico largou meu calcanhar. Você me ajuda?‛ Eu tirei meus olhos da pista de dança. ‚Ah, sim, claro‛. Sra. Reynolds se apoiou na bengala enquanto nos dirigíamos para a fila da comida. Eu segurei seu prato e fui colocando as comidas enquanto ela apontava para vários pratos. A velha senhora está totalmente alheia à cena na pista de dança. "O que é que você continua olhando?" Sra. Reynolds perguntou. "Nada". "Esse nada está recebendo muita atenção". Eu limpei a garganta e continuei andando. Mas quando eu cheguei ao famoso Espaguete Espetacular da Sra. Becker, eu congelei e me perguntei se Leah e Caleb estão aqui. "Este parece ser bom," Sra. Reynolds diz, referindo-se ao prato de espaguete. "É gostoso também", eu admiti. "Mas você pode comer isso? O Sr. Reynolds disse – ‛ ‚Margaret, eu sou uma velha senhora que gosta de sua comida. Se eu não posso comer o que eu quero, assim você pode me enterrar h{ sete palmos do chão aqui e agora.‛ "Ok", eu disse com cautela. "Se você insiste." Eu coloquei uma pequena colherada no prato da Sra. Reynolds, mas ela levantou as sobrancelhas e me encorajou a colocar outra colherada. Quando chegamos ao fim da fila do buffet, eu fiquei com medo de olhar Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

99


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

novamente para a pista de dança. É como um acidente de carro. Você sabe que o que você vai ver é ruim, mas você não pode evitar. Me perguntei se é assim que as pessoas se sentiram quando me viram deitada no chão após o acidente. Ok, então eu sou apenas como todos os outros. Eu conferi a pista de dança e, felizmente, minha mãe está longe de ser encontrada. Mas eu vi Kendra Greene. Ela está dançando lentamente com Brian Newcomb, como se ele fosse o amor de sua vida. Meu sonho é encontrar um cara que vai me amar apesar dos meus defeitos e que não se afastará de mim quando uma garota perfeita passar. Talvez um garoto como esse nem sequer exista. Estou sentada à mesa assistindo a Sra. Reynolds comer. Eu não tenho a menor idéia de como ela come tudo isso sendo uma mulher tão pequena. Ela deu uma mordida pequena no espaguete espetacular e me acenou com a cabeça. "É como uma explosão de sabor e texturas diferentes que fazem o gosto...‛ "Espetacular?‛ Eu disse. "Isso", ela concordou, e nós duas rimos. Mamãe veio andando de lado para a mesa. Aquilo foi um remelexo o que eu acabei de vê-la fazer ao sentar-se? "O que há de tão engraçado?" Mamãe perguntou. "O prato de espaguete", a Sra. Reynolds disse. "É espetacular". Agora estamos em silêncio, porque mamãe imediatamente soube que estávamos falando da especialidade ganhadora de prêmios da Sra. Becker. Sr. Reynolds estava suando e tomou um gole de água. "Há algo de errado?" Mamãe sacudiu a cabeça. O cara da banda está gritando para a multidão com mais de 21 anos para vir à pista de dança. Os pais correram para o meio da pista, prontos a mostrar os seus movimentos. Eu observei as outras crianças da minha série correndo e se divertindo. Brian e Kendra entraram na Fun House 28.

28

Brinquedo do parque de diversões http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Lost_City_-_Fun_House.jpg

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

100


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Drew Rudolph está tentando persuadir Brianne para ir na xícara. Minha prima Sabrina está sentada ao lado de sua irmã na roda-gigante. "Vá em frente", disse a Sra. Reynolds. "Junte seus amigos". "Eu não tenho amigos", eu admiti. "Eu sou o que você chama de perdedor. Ou um solitário. Faça a sua escolha". "Pshaw"29. "Hã?" "Pshaw. Besteira. Você é uma moça inteligente e bonita. Garotas como você não são perdedoras. Ou solitárias." "Eu não sou bonita, isso é certo. E eu manco." Ela me olhou de cima para baixo. "Você pode não estar muito na moda, mas tem feições bem legais quando você não está fazendo beicinho ou olhando assustada. E sobre você mancar... contanto que não a incomode, não deveria importar com que as pessoas pensam". Eu acredito que eu esteja com esse olhar assustado na minha cara agora. "E o que é essa bobagem de você não ter amigos? Todo mundo deveria ter pelo menos um amigo". Olhei em volta e localizei Leah Becker, sentada sozinha em uma das mesas. Seus pais estão em uma conversa profunda com outro casal a poucos metros de distância. Gostaria de caminhar até ela, mas ela provavelmente iria me ignorar. Sra. Reynolds colocou sua mão na minha. "Ela é uma amiga?" "Costumava ser". "Vá falar com ela." "Eu nem sequer saberia o que dizer."

Interjeição utilizada para indicar que você discorda de alguém ou algo, ou que você acha que algo não faz sentido. 29

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

101


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Sra. Reynolds soltou um suspiro frustrado. ‚Como queira, criança. Mas quando você for um pássaro velho como eu, você estará desejando que você tivesse mais amigos em sua vida. Ficar sozinho não é divertido, é?" "Não. Estar sozinho não é divertido". Olhei para minha mãe, que está agora dançando na linha. Ela não parece só. Na verdade, ela não parecia tão feliz por um longo tempo. Mamãe sorriu para Sr. Reynolds e ele sorriu de volta. Sr. Reynolds. Lou. Chefe da minha mãe. Filho da minha patroa. Bem, seja qual for o seu nome, é claro para mim que ele tem tesão pela minha mãe. Eu não sei se eu deveria estar envergonhada, irritada, ou feliz por ela.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

102


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Dezenove Caleb Minha calça está tão fodidamente apertada e esta camisa está tão engomada, que eu me sinto como um manequim. Mas estou aqui, no Festival de Outono. Uma vez que terminar de agir como o filho modelo, irei vazar daqui. Localizo meus pais no pavilhão de alimentos, conversando com outro casal. Nada mudou desde que eu voltei. Minha irmã ainda é um zumbi, mas é pior agora, porque desde que saiu correndo do refeitório na segunda-feira, ela está me ignorando. Meus pais não mencionaram o acidente desde que voltei. Tentei falar sobre isso, mas fui repreendido. Quando me aproximo dos meus pais, minha mãe sorri. "Estávamos esperando por você, Caleb". "Bem, aqui estou", digo sem entusiasmo, nem um pouco disposto a contribuir para este show. Meu pai parece cansado; há círculos sob seus olhos e ele não esta caminhando tão erguido e reto como me lembro. "Caleb, você se lembra do Dr. e a Sra. Tremont? Dr. Tremont é proprietário de uma clínica odontológica em Denton, e acaba de abrir uma em Paradise, agora que o Dr. Kryzanowich se aposentou". "Sério?" O Dr. Tremont aponta pro leste. "Ao longo da Central e das Estradas Carriagedale. Você sabe, o novo edifício ao lado dos cinemas Paradise". Balanço a cabeça. "Eu não vi ainda". "Onde você esteve se escondendo?", Dr. Tremont diz, rindo. "É o edifício com o grande dente na frente". Meu pai está ficando vermelho sob o colarinho. "Estou morrendo de fome", ele diz antes de eu dizer ao Dr. Tremont que não vi seu edifício com o grande dente, porque estive trancando na prisão no último ano. "Porque você não prova alguns dos pratos da minha Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

103


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

esposa enquanto Caleb encontra seus amigos". Mamãe faz um trabalho realmente bom dirigindo os Tremonts à mesa de buffet e longe de mim. Você acha que mamãe percebe que não era a melhor idéia tentar fingir que sou um filho perfeito? Minha irmã se junta a eles, me ignorando totalmente. O Festival de Outono está um zoológico. É difícil acreditar que Paradise é uma cidade pequena, quando há tantas pessoas ao redor. Brian e os caras estão perto de sair do estacionamento. "Wow, Caleb, quem vestiu você?", Brian diz sarcasticamente, balançando a cabeça em descrença. Faço uma careta. "Você acreditaria se eu te dissesse que foi minha mãe?" Brian assente. "Sim. Paradise não era o mesmo sem você, cara. Mas essas roupas têm que ir". Drew ri enquanto acende um cigarro. "Tem razão, Brian. Paradise não é o mesmo, Vi a Sra. Armstrong dançando com o cara da lanchonete. Eles pareciam muito juntinhos. Você acha que eles são... você sabe? Deus sabe que Maggie não vai conseguir nenhum. Essa garota precisa de um monte de cirurgias a mais antes de atrair qualquer cara. Talvez poderia conseguir um encontro pro baile de formatura através da internet". Ninguém ri, porque Drew não é engraçado. Ele tem sido um babaca desde que voltei, fazendo todo o possível para me irritar de propósito. Tristan lança uma bola de futebol no ar. "Estamos indo pro campo para jogar bola. Vamos antes que nossas mães tentem fazer a gente dançar com elas". Eu tiro a camisa ridícula enquanto jogo, mas minhas bolas estão sendo estranguladas pela calça que estou usando. Depois de quarenta e cinco minutos, voltamos. Mas quando Tristan e Brian estão à nossa frente, eu pego Drew pelos ombros e o empurro contra uma árvore. Eu o pego completamente desprevenido. Ele não tem nem idéia de que estou tentado a chutar o rabo dele. Uma coisa que aprendi no DOC com os detentos... pegue-os quando menos esperam. "Aqui está o negócio", digo em voz baixa e dura quando agarro sua camisa e a torço perto Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

104


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

de sua garganta. "Você vai parar de mencionar Maggie ou a prisão ou o acidente. Sacou? Se você quer continuar falando de mais, vai em frente, mas da próxima vez que fizer isso, você vai se encontrar com meu punho. Garanto". "Eu só estava brincando", Drew engasga, um fio tênue de histeria em sua voz. "Céus, Caleb, relaxa". Solto sua camisa, mas lhe dou um último aviso. "Até duas semanas atrás eu estava vivendo com um monte de membros de gangue. Não me diga pra relaxar". É quinta-feira à noite, cinco dias após o festival. Estou no quarto de Kendra, enquanto seus pais estão em alguma recepção. Supõe-se que nós deveríamos estudar; nós dois temos prova amanhã. Infelizmente, me dei conta faz uma meia hora, que ela não esta interessada em estudar. Kendra está se pavoneando na minha frente, desfilando diferentes roupas que comprou no shopping ontem. "Bom...", diz, exibindo um vestido de grife. "O que você acha?" "Estou ocupado lendo a Magna Carta. Não posso me dar mal nessa prova, Kend". Ela põe as mãos nos quadris e faz beicinho. "Eu juro que você presta mais atenção nas garotas na escola do que em mim". Levanto a vista do meu livro. "Tá brincando comigo?" "Não, Samantha Hunter está, tipo, cobiçando você durante a aula de ginástica, e você está caindo. E eu ouvi dizer que você e Emily Steinway estavam tendo uma conversa bastante intensa em biologia". "Eu não disse nem duas palavras a Samantha, Kend. E Emily e eu somos parceiros em bio. O que você está fazendo, me espionando? Eu ficaria feliz em dizer a todos que estamos juntos de novo. Você é a única que quer manter nosso relacionamento em um maldito segredo". Esta semana, nós nos encontramos na reserva florestal, sob as arquibancadas do ensino médio, e agora tive que entrar em sua casa pela porta de trás para que nenhum de seus Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

105


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

vizinhos me visse entrar. Estou farto de me mover furtivamente por toda parte. "Eu te disse que meu pai esta rumo à eleição em novembro, Caleb. Sua filha não pode ser vista saindo com um ex-detento". Ela diz isso com tanta facilidade. Não tem nem um pingo de desculpa ou vacilação em sua voz quando deixa sair a palavra 'ex-detento'. "Eu tenho que ir", digo, em seguida, fecho meu livro de história. Ela vem em minha direção, colocando sua mão no meu peito. "Não vá. Vou fazer valer a pena". "Do que está falando?" Ela puxa lentamente as finas alças de seu ombro, revelando a pele nua. Poucos segundos depois, ela está sem seu vestido e está parada na minha frente vestindo apenas um sutiã de renda preta e calcinha combinando. Meu olhar percorre sua cremosa pele branca. Diabos, sim, eu quero isso. Mas ela não esta agindo como uma namorada. Ela não tem que fazer um strip para me manter aqui. Ela não tem que usar seu corpo para me seduzir. É foda30. "Kendra..." Ela dá um passo para mim, colocando seu dedo sobre meus lábios para me impedir de falar. "Shh, ouço meus pais no corredor", sussurra. Merda. Realmente, há uma batida na porta de seu quarto um segundo depois. "Kendra, está em casa?", sua mãe diz do outro lado da porta.

No original: This is so fucked up, o sentido é o mesmo (sentido de desagrado, isto é uma droga, merda, etc) 30

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

106


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Uh, sim", Kendra diz em voz alta enquanto recolhe seu vestido descartado. "Caleb, entra no armário", sussurra. Isto seriamente não está acontecendo. "Eu não vou entrar no armário", digo. De jeito nenhum vou me trancar de novo, ainda que seja no armário da minha namorada em vez de uma cela. ‚Shh, eles vão te ouvir". Sua mãe bate de novo e diz: "Com quem você está falando? Kendra, abra a porta". Kendra corre para colocar seu vestido de volta. "Ninguém, mãe, só estou com o rádio ligado. Estou me vestindo. Estarei fora em um minuto, okay?" "Se apresse. O Senador Boyle percorreu todo o caminho até aqui para te conhecer", diz a mãe dela, então escuto passos se afastando da porta. "Quando você vai dizer a eles que estamos juntos?", pergunto a Kendra. "Depois da eleição?" "Podemos conversar sobre isso depois?", sussurra enquanto verifica rapidamente sua aparência no espelho. Observo enquanto ela passa enormes quantidades de gloss nos lábios. O sabor cereja flutua no ar até minhas narinas e me pergunto quanto tempo posso ficar preso neste quarto com aroma de cereja antes de desmaiar. Abro a janela. "Caleb, o que está fazendo?" Lanço meu livro de história no terreno abaixo, rezando para que ainda esteja intacto quando eu recuperá-lo. Em seguida levanto um pé sobre o parapeito. "Indo embora". "É uma casa de dois andares. Você vai se matar".

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

107


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu não vou me esconder em seu quarto como um prisioneiro. Além disso, se eu pular com força suficiente e o bastante alto, poderia ser capaz de agarrar um ramo da arvore a poucos metros da janela. Ela corre na minha direção. "Não faça isso, CB." Eu olho diretamente em seus olhos azuis. Por que não? Porque você me ama, porque você não quer que eu me machuque... porque você quer me levar ao andar de baixo e anunciar a seus pais e a seus amigos que não importa o que aconteceu no passado, estamos juntos e ninguém pode nos separar? "Vou ter problemas se eles verem você", ela anuncia. "Vejo você do outro lado", digo a Kendra antes de ficar de pé no parapeito da janela, fazendo uma rápida oração, e dando um salto.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

108


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Vinte Maggie A Sra. Reynolds está esperando por mim no balanço traseiro com o muumuu na mão quando chego a casa dela, assim como tem feito desde o meu primeiro dia no trabalho. Tentei protestar contra o ofensivo vestuário, sem sucesso. Então agora eu o coloco e pareço uma completa idiota enquanto estou trabalhando. Não é como se eu precisasse me preocupar com boa aparência, de qualquer maneira. Caleb e seus amigos disseram que a única maneira de eu conseguir um encontro para o baile era anunciando na internet. Eu os escutei falando sobre mim no Festival de Outono. Chorei naquela noite porque não posso voltar no tempo e apagar o que aconteceu. Caleb ficou lá com os garotos, como se ele não tivesse nada a ver com ter me feito desse jeito. Sua falta de reação doeu mais do que as palavras de Drew. "Hoje iremos limpar o sótão‛, anuncia a Sra. Reynolds. "Aqui, tome esta vassoura. Vou trazer a pá de lixo e o balde". "E quanto a plantar os bulbos?", pergunto. "Estou doente de ver bulbos. Podemos continuar plantando amanhã." Ela me leva até as escadas para o sótão. "Não feche a porta, ou nos trancara dentro". "Isso é perigoso", digo. E assustador, como algo saído de um filme de terror. Há um calço de porta que ela coloca no lugar antes de nós entrarmos. É um lugar pequeno, escuro e cheio de caixas e fotos e... teias de aranhas. "Sra. Reynolds?" "Sim, Margaret". "Eu tenho medo de aranhas". "Por quê?" "Porque elas têm oito pernas horripilantes, mordem, e tem fios pegajosos que sai de seus bumbuns para capturar insetos antes de chuparem seu sangue". Acho que a Sra. Reynolds vai rir de mim. Mas não faz. Em vez disso diz: "As aranhas Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

109


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

controlam a população de insetos. Eles são uma necessidade, e isso é tudo que há para elas‛. Embora isso possa ser verdade, ainda não gosto delas. Mas isso não impede a Sra. Reynolds de me levar mais longe dentro do sótão — pá de lixo, balde e tudo mais. Estou pronta para entrar em uma performance de ‘It’s a Hard Knock Life31’ — olho em volta. Este sótão é, definitivamente, assustador — grandes baús em um canto e caixas de mudança em outro. Sra. Reynolds encontra uma velha cadeira e senta-se nela. "Você pode começar tirando a poeira dos baús primeiro". Graças a Deus aqueles estão no meio do chão, intocados por teias. A velha senhora está totalmente preparada. Ela puxa uma flanela e uma lata de Endust32 fora do balde. Eu borrifo a parte superior do baú de madeira, limpando-o até que ele brilha. "Abra-o", diz a Sra. Reynolds. Eu olho para ela, insegura. Vou em frente. Desprendo a trava, levanto a tampa, e espreito dentro. A primeira coisa que vejo é um retrato emoldurado de um homem e uma mulher. "Esta é você?" "Sim, com meu falecido marido, Albert, que descanse em paz". Na fotografia, uma Sra. Reynolds muito mais jovem esta usando um vestido até os joelhos feito sob medida e luvas de cetim que vão até seus cotovelos. O Sr. Reynolds nem sequer esta olhando a câmera, está olhando a Sra. Reynolds como se fosse um diamante raro. "Você se casou jovem?" "Eu tinha vinte e ele vinte e quatro. Estávamos muito apaixonados." Referência ao musical ‘Annie’ da Broadway. O musical se desenvolve durante a Depressão americana, onde uma pequena e simpática órfã passa uma semana na casa de um multimilionário nova-iorquinho e acaba conquistando seu coração. It’s a Hard Knock life, que seria algo como ‘É Uma Vida Dura’ é uma das músicas de Annie 32 Endust é um limpador de poeira em spray. 31

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

110


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Passo a foto para ela. "Eu queria que meus pais se amassem. São divorciados." "Sim, bem, a vida continua, não?" "Sim". Mesmo após o acidente, quando eu soube que nunca poderia andar normalmente de novo, ou jogar tênis outra vez, a vida continuou rolando. Quer eu quisesse ou não. A Sra. Reynolds se inclina e estuda mais fotos. "Eu passei um pouco de tempo com sua mãe na Tia Mae", diz ela enquanto estudava a foto de um garotinho. "Ela é uma dama adorável". "Obrigada", digo, orgulhosa da minha mãe. Ela é ótima, para uma mãe. Eu só queria que meu pai achasse ela adorável o suficiente para querer ficar casado com ela. A Sra. Reynolds me estende a foto do garotinho. "Esse é meu filho". Quase dou risada da foto. Quem pensaria que este garotinho cresceria e um dia seria o chefe da minha mãe? "Ele foi casado uma vez. Ela morreu de câncer de ovário, cinco anos depois", ela suspira. "Não tiveram filhos?", pergunto. Ela balança a cabeça. "Ok, chega de vadiagem. Tenho um monte de caixas que precisam ser dispensadas. Por que nós não as empilhamos em um canto para que possam ser facilmente vistas e levadas para o lixo? Em algum lugar ao redor daqui estão caixas rotuladas como impostos", ela aponta para um dos cantos do sótão. "Acho que estão lá". Eu vou até as caixas e faço uma spider-exploração. Eek. Teias se alinham nos cantos do teto, só esperando por um inseto desprevenido voar por ali. Nem sequer vejo as aranhas. É como se elas fossem espiãs disfarçadas até suas presas lutarem, irremediavelmente presas na teia. Tremo só de pensar. Graças a Deus não sou um inseto. "Margaret?" "Sim?"

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

111


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Estou ficando mais velha a cada segundo, você sabe". Coloco minhas mãos nas mangas do muumuu e empurro as caixas para um lado com os punhos cobertos pelo muumuu. Estou tentando não pensar na minha perna e como vou manobrar ao redor das caixas com aranhas olhando para mim do teto. Fiz um caminho e segui para trás da pilha de caixas. Eu confiro um recipiente laranja de plástico feito para parecer com um cesto de piquenique. "Que tipo de caixas são? Caixas de armazenamento ou caixas de mudança?" "Não lembro, mas estou certa de que estão rotuladas". Okay. Começo a revirar ao redor das caixas, esperando encontrar a palavra ‘IMPOSTOS’ na frente. Grito quando escuto alguma coisa atrás de mim. Dando a volta, vejo que é só a Sra. Reynolds. "Oh, se acalme", ela me repreende. "Você achou alguma?" "Acho que sim", pego uma caixa marcada como ‘IMPOSTOS, 1968’. "É esta?" Ela bate palmas, como uma professora faria se um aluno tem a resposta certa. "Sim. Coloque-a na porta. Há tantas caixas para se livrar, acho que isto poderia levar alguns dias." Enquanto coloco a primeira caixa na pilha ‘se livrar’ a campainha toca. A Sra. Reynolds não ouve. "Alguém está tocando a campainha", digo. Ela franze suas sobrancelhas e inclina a cabeça para escutar. "Não ouvi, mas novamente, estes ouvidos são quase tão bons como os meus olhos. Seja boazinha e atenda, você faria isso?"

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

112


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Claro," me encaminho para descer as escadas. A campainha toca mais duas vezes antes que eu possa chegar até a porta. Eu a abro rapidamente, então tropeço para trás. Porque a última pessoa que esperava ver na minha frente é Caleb Becker. E, pela segunda vez desde que ele voltou, ele se estende para me tocar.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

113


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Vinte Um Caleb Eu juro que minhas pernas quase perderam as forças. Porque a última pessoa que eu esperava que abrisse a porta da casa da Sra. Reynolds era Maggie Armstrong com um vestido ridículo e gigantesco com flores rosa e verde. Eu tentei agarrar o braço dela quando ela perdeu o equilíbrio, mas já era tarde. Uma vez no chão, ela recusou a minha mão estendida. ‚O... O que você est{ fazendo aqui?‛ ‚O que você est{ fazendo aqui?‛ Eu perguntei. ‚Eu trabalho aqui depois da escola‛, ela disse enquanto tentava fingir que estava satisfeita em ficar deitada no chão. Eu rapidamente enfiei minha identidade do Departamento de Justiça no bolso de trás. E verifiquei novamente o endereço antes de dizer: "Estou aqui para ver a Sra. Reynolds. Esta é a casa dela, não é?". O ódio de Maggie era evidente em seu olhar. "Olha, ver você aqui é uma surpresa para mim também", eu disse. "O gerente da Nail Trusty me enviou.A casa desta senhora é o próximo local de trabalho da lista". Eu observei como Maggie se levanta. É doloroso, eu posso dizer só de ver seus dedos curvados em um punho apertado. Deus, ver sua luta está fazendo mal ao meu estômago. Porque eu indiretamente fiz isso com ela. "Sinto muito", eu disse. "Diga isso ao juiz", ela murmurou. "Eu disse", eu respondi com sinceridade. Não que isso importasse para o juiz Farkus. O cara queria me tornar um exemplo para todos os delinquentes que bebiam e em seguida iam para tr{s do volante de um carro. "O que você quer de mim, Maggie?‛ "Eu quero que você saia". "Eu não posso", eu disse a ela. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

114


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Uma velha senhora apareceu na parte de trás da casa e arrastou à porta. "Você deve ser do programa de serviço comunitário", disse ela. "Sim, senhora". Eu me apresentei a ela e entreguei minha identidade do serviço comunitário para a inspeção. É um requisito mostrá-la antes de entrar em uma casa. Sra. Reynolds olhou minha identidade, depois devolveu-a. "Bem, entre. Essa é Margaret, minha acompanhante. Margaret esse é ... como é mesmo o seu nome?" "Caleb‛. Sra. Reynolds disse a Maggie, ‚Caleb vai nos ajudar. Mostre-lhe o sótão e explique-lhe o nosso projeto enquanto eu verifico alguns biscoitos que eu estou assando no forno." Pus a minha mochila no chão depois que a Sra. Reynolds estava fora de vista. "Outra situação embaraçosa, hein?" Maggie estava tão imóvel como uma estátua. "Eu queria que você nunca tivesse voltado", ela disse baixinho, abraçando-se. Estou tentado a sair e enfrentar a ira de Damon por abandonar o serviço comunitário, mas não vou. Eu estou preso aqui com ela. "Eu não vou a lugar nenhum até eu terminar esse trabalho para a senhora." Maggie arregalou os olhos. Sua boca se abriu e fechou, mas as palavras não saíram. Ela se virou e caminhou mais para dentro da casa. Eu silenciosamente a segui até uma escada estreita, no segundo andar para o sótão. Maggie apontou para uma caixa. "Isso precisa ser jogada fora. Vou colocar as caixas lá e você pode eliminá-las." Eu acenei. Nós trabalhamos em silêncio. Maggie colocava as caixas na pilha de descarte e eu carregava-as pelas escadas para o andar de baixo. Sra. Reynolds socou as caixas em sacos de lixo enormes e depois arrastou-os para a lixeira de lixo reciclável, no final da garagem. Sra. Reynolds saiu da cozinha e me estendeu um prato de biscoitos. "Aqui, leve estes para Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

115


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

o sótão. Você e Maggie podem dividi-lo enquanto vocês trabalham." Entrei no sótão no que parecia ser a centésima vez hoje com os biscoitos na mão. Maggie jogou uma caixa em minha direção, mas eu desviei. Foi intencional, não há dúvida sobre isso. "Cuidado, não é?" Eu coloquei o prato em um baú no meio do sótão. Ela virou as costas para mim e ignorou o prato. Maggie acha que ela é a única vítima nesta confusão toda. Mas eu tenho que manter minha calma. Não importa o que aconteça, eu não posso deixá-la entrar debaixo da minha pele e deixar a verdade aparecer. "Ouça, Maggie, foi um acidente. Se eu pudesse retomar aquele dia, eu o faria. Se eu pudesse voltar no tempo, eu o faria." Ela se vira para mim agora, a cabeça inclinada para o lado. ‚Diga-me, Caleb. Porque as suas desculpas soam tão vazias para mim?" Eu levantei, sem palavras, enquanto ela pegou o prato de biscoitos e saiu do sótão. Por que isso não pode ser fácil? Eu peguei a próxima caixa e não olhei para cima até que todas as caixas estivessem na lixeira. Maggie deixou a casa da Sra. Reynolds primeiro, mas eu fiquei para trás. A velha senhora estava no quintal quando a estendi a folha de conclusão e caneta. "Obrigado por me deixar trabalhar aqui", eu disse. "Meu marido, Albert, que descanse em paz, achava importante ajudar os menos afortunados. Não me faça começar a falar do sistema de justiça juvenil ou nós vamos ficar aqui por semanas. Você fez um bom trabalho hoje." Eu lhe exibi um sorriso de agradecimento. Ela começou a assinar o formulário, mas parou. "Diz aqui que você tem experiência em construção. Você sabe... Eu posso ter outro trabalho para você. Ou seja, se você souber fazer". "Que tipo de trabalho?" "Quão bom você é com as mãos?" "Melhor do que a maioria", disse, então ri. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

116


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

A velha senhora apontou para um monte alto de madeiras empilhadas num canto do quintal. "Ok, Sr. Melhor-do-que-a-maioria. Você acha que pode construir um gazebo deste monte de madeira velha? Você sabe o que é um gazebo, não é?" Sim, eu sei o que é. Construir um gazebo vai demorar pelo menos algumas semanas, talvez até mesmo tempo suficiente para terminar o meu serviço comunitário. O que estou pensando? Eu não posso trabalhar com Maggie. De jeito nenhum. Nunca iria funcionar. Embora não seja como se eu realmente fosse trabalhar com ela. Eu vou estar eu outro trabalho, a construção do gazebo. A forma como a Sra. Reynolds está olhando para mim com toda a confiança fortalece meu ego ferido. Eu não estou pensando em Maggie. Eu não estou pensando sobre o que é certo ou errado. Eu disse rapidamente, "Eu posso fazer isso". Eu devo ser honesto com a senhora e dizer-lhe pelo que eu fui condenado. E, mais importante, quem era a pessoa que eu fui condenado por atingir. "Sra. Reynolds, eu tenho que ser honesto com você..." Quase que ao mesmo tempo, o telefone tocou. A velha senhora pegou sua bengala e correu para dentro da casa. ‚Apenas volte amanhã e terminaremos nossa conversa‛. Então agora eu corro para pegar o ônibus, porque estou atrasado. Quando eu entrei, Maggie estava sentada na frente então eu me dirigi para o fundo. A viagem de ônibus de quinze minutos pareceu uma hora. Em nossa parada, nós éramos os únicos no ônibus. Nós saltamos e eu deixei que ela fosse na frente, enquanto eu seguia atrás. Minha irmã está lá fora. A expressão em seu rosto quando ela viu a mim e a Maggie subindo a rua juntos não tem preço. ‚Você acabou de voltar para casa com a Maggie?‛ Leah perguntou, seguindo-me para dentro casa. "Nós estávamos no mesmo ônibus. Não fique toda superexcitada sobre isso." "Não fique toda superexcitada sobre o quê?" minha mãe disse, entrando na sala no meio de uma conversa sobre a qual eu não quero que ela saiba nada. ‚Não é nada‛, eu disse a mamãe, em seguida, estreitei os meus olhos para minha irmã e disse com os dentes cerrados de modo que só ela pode ouvir, "então pare de fazer uma Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

117


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

tempestade num copo d’{gua sobre isso." Leah correu até seu quarto e bateu a porta fechada. Minha mãe voltou para a cozinha, totalmente esquecida. O Beckers são a imagem de uma família perfeita. A imagem perfeita de uma família completamente fodida.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

118


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Vinte e Dois Maggie Na segunda eu me dirigi ao ônibus depois da escola. Quando eu entrei no corredor, eu vi Caleb já sentado no fundo do ônibus. Já era ruim o bastante ter trabalhado lado a lado com ele naquele pequeno sótão na semana passada. Se eu tiver que trabalhar de novo com ele eu desisto. Mas aí eu não irei para a Espanha. E se eu não for para a Espanha, eu não deixarei Paradise no próximo semestre. E se eu não deixar Paradise no próximo semestre, Caleb e seus amigos estarão rindo durante toda a festa de formatura enquanto eu fico sentada em casa e provo que eles estão certos. Talvez ele não esteja indo para a casa da Sra. Reynolds hoje e eu estou saindo por uma tangente desnecessária sem nenhuma razão. Talvez ele esteja trabalhando em outro lugar fazendo trabalhos esquisitos. Mas quando ele me seguiu até o quintal da Sra. Reynolds, meus pesadelos se realizaram. ‚Agora entrem, vocês dois. Trouxe algumas tortas‛. Sra. Reynolds entrou na casa, sem perceber que nem eu nem Caleb a seguimos. ‚Vocês demoraram muito‛, disse a Sra. Reynolds quando eu entrei na cozinha. ‚Aqui, eu cortei um pedaço de torta para vocês‛. Eu sentei à mesa da cozinha e olhei para a torta. Normalmente eu tiraria um pedaço imediatamente, mas não pude. Caleb entrou e sentou-se em frente a mim. Eu foquei minhas atenções na direção oposta, como se a pintura da fruteira na parede fosse o objeto mais interessante no qual eu já pousei os meus olhos. ‚Margaret, lembra que você me disse que eu deveria construir o gazebo?‛ ‚Sim‛, eu respondi cautelosamente. Sra. Reynolds levantou seu queixo. ‚Bem, Caleb ir{ ajudar a tornar isso uma realidade. Pode levar algumas semanas, mas –‛ Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

119


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Algumas semanas? ‚Se ele ficar, eu me demito‛, eu deixei escapar. Algumas semanas? Eu ouvi o som do garfo de Caleb encostando no prato, depois ele ficou de pé e saiu da sala irritado. Sra. Reynolds pôs as mãos no rosto e disse, ‚Margaret, que história maluca é essa sobre você desistir? Por quê?‛ ‚Eu não posso trabalhar com ele, Sra. Reynolds. Ele fez isso comigo‛, eu chorei. ‚Fez o que, menina?‛ ‚Eu fui para a prisão por atingir Maggie com meu carro enquanto eu estava bêbado‛, Caleb disse, reaparecendo na porta. Sra. Reynolds estalou a boca, depois disse, ‚Oh, oh, nós estamos em apuros, não estamos?‛ Eu olhei para a Sra. Reynolds com olhos implorantes. ‚Faça-o ir embora‛. Eu podia dizer que ela ia fazer isso, ela ia dizer para Caleb ir embora. Sra. Reynolds caminhou até Caleb e disse, ‚Você tem que entender que a minha prioridade maior é a Margaret. Eu vou ligar para o centro comunitário de idosos e fazê-los entrarem em contato com o escritório do seu serviço comunit{rio‛. ‚Por favor, Sra. Reynolds‛, Caleb disse a ela, com voz implorante. ‚Eu só quero terminar o trabalho e< ser livre de novo‛. Sra. Reynolds olhou novamente para mim, seus sábios olhos diziam-me mais do que palavras poderiam dizer. Perdoe. Eu não posso perdoar. Eu tentei. Se ele tivesse inocentemente perdido o controle do carro e me atingido, teria sido perdoável. Eu não sei o quão inocente o acidente foi. Deus, eu não posso acreditar do fundo do meu coração que ele propositalmente me atingiu com o carro. Mas muitas perguntas ainda estavam sem respostas. Perguntas que eu queria que permanecessem sem resposta. Eles disseram que ele me deixou deitada na rua como se eu fosse um animal. Aquilo era imperdoável. Eu não sei se um dia eu poderia superar.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

120


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Porque isso me lembrava muito o que o meu pai fez. Ele me deixou sem olhar para trás. E pior, Caleb destruiu a única chance que eu tinha de impressionar meu pai. Eu empurrei Caleb para passar e segui para o sótão, um lugar que é escuro, isolado, e privado. Eu não estou nem mesmo pensando em viúvas negras quando eu abri a porta do sótão e entrei mancando. Senhor, eu costumava cultuar o chão que Caleb pisava. Ele era alto, bonito< claramente um dos populares, enquanto meu status e o de Leah estavam no limite. Como se isso não fosse suficiente, nada nunca incomodava o cara. Talvez fosse porque caras como ele sempre conseguem o que querem, eles nunca têm que lutar por alguma coisa. Talvez, bem no fundo, eu esteja contente por ele estar passando por momentos difíceis. E bem no fundo eu sei que é egoísmo da minha parte pensar dessa forma. Eu não deveria ficar feliz pela infelicidade de alguém. Mas como diz o ditado, o sofrimento gosta de companhia. E eu me sinto infeliz, por dentro e por fora. Não é justo que a pessoa que está infeliz junto comigo seja o cara que me fez assim? Sra. Reynolds me seguiu, eu podia dizer pelo cheiro empoeirado que vinha com ela. ‚Esse é um lugar muito interessante para se esconder. Eu pensei que você tivesse medo de aranhas‛. ‚Eu tenho, mas no escuro eu não posso vê-las. Ele j{ foi?‛ Perguntei esperançosa. Ela sacudiu a cabeça. ‚Precisamos conversar‛. ‚Eu realmente preciso?‛ ‚Vamos colocar dessa forma. Você não sair{ do sótão até que me ouça‛. Derrotada, eu me sentei em um dos baús. ‚Estou ouvindo‛. ‚Ótimo‛. Ela sentou-se na cadeira, que ainda estava l{ desde o outro dia. ‚Eu tive uma irmã‛, disse ela. ‚Uma irmã chamada Lottie. Ela era mais nova que eu, mais esperta que eu, mais bonita que eu, com pernas longas e finas e cabelo preto e cheio‛. Sra. Reynolds olhou para mim e continuou. ‚Você entende, eu era a criança gorda com cabelos vermelhos brilhantes, aquela para quem você olha e tem que se controlar para não Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

121


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

horrorizar-se. Durante uma das férias de verão da faculdade, eu trouxe um garoto para a casa de praia dos meus pais. Eu tinha perdido peso, eu não estava mais na sombra da minha irmã, e eu finalmente comecei a me sentir como se eu fosse merecedora demais do que eu um dia imaginei que eu merecesse‛. Eu posso ver o retrato em minha mente. ‚Então você superou seus medos e se apaixonou?‛ ‚Eu me apaixonei, certo, enlouquecidamente. Seu nome era Fred‛. Sra. Reynolds parou, depois suspirou. ‚Ele me tratou como se eu fosse a garota mais incrível que ele j{ tinha visto. Bem, ele me tratou assim até a minha irmã chegar na casa de praia para uma visita surpresa‛. Ela olhou diretamente para mim e encolheu os ombros. ‚Eu o peguei beijando-a no cais na manhã seguinte a que ela chegou‛. ‚Oh meu Deus‛. ‚Eu a odiei, a culpei por roubar meu namorado. Então eu fiz as malas, fui embora, e nunca mais falei com nenhum dos dois novamente‛. ‚Você nunca falou com sua irmã novamente?‛ Perguntei. ‚Nunca mais?‛ ‚Eu nem mesmo estive presente no casamento deles dois anos depois‛. Fiquei boquiaberta. ‚Ela casou com Fred?‛ ‚Isso mesmo. Tiveram quatro filhos também‛. ‚Onde eles estão agora?‛ ‚Eu recebi uma ligação de um dos filhos deles dizendo que Lottie morreu alguns anos atr{s. Fred est{ numa casa de repouso com Alzheimer. Você sabe qual a pior parte?‛ Eu estava fascinada pela história. ‚O quê?‛ Sra. Reynolds ficou de pé, então deu um tapinha no meu joelho. ‚Isso, minha querida, é o que você ter{ que descobrir sozinha‛. ‚Você acha que Caleb deve ficar e construir o gazebo, não acha?‛ Perguntei quando ela começou a andar na direção da porta.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

122


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

‚Eu deixarei essa decisão para você. Ele não voltar{ para a prisão se isso não funcionar, eu nunca deixaria isso acontecer. Eu só calculo que ele seja um garoto que quer consertar seus erros, Margaret. Ele está lá embaixo esperando por sua resposta‛. Ela saiu do sótão. Eu ouvi seus sapatos ortopédicos se arrastando enquanto ela descia cada degrau. Será que eu posso ficar aqui para sempre, vivendo com as aranhas e as teias de aranha e baús antigos cheios das memórias de uma velha senhora? Eu sei a resposta, ao mesmo tempo eu fiquei de pé e desci as escadas para encarar a única pessoa que eu gostaria muito de evitar. Ele estava sentado no sofá da sala de estar, inclinado para frente com seus cotovelos apoiados nos joelhos. Quando ele me ouviu entrar na sala, ele olhou para cima. ‚Bem?‛ Eu posso dizer que ele não está feliz por eu estar no controle. Caleb costumava sempre ter as cartas e sabia quais usar para ter o que ele queria. Não dessa vez. Eu adoraria pedir para ele ir embora. Esse seria sua punição por não me amar. Mas eu sei que isso seria idiota, infantil e estúpido. Além disso, eu não amo mais o Caleb. Eu nem mesmo gosto dele. Eu estava convencida de que ele não podia mais me machucar, fisicamente ou emocionalmente. ‚Você pode ficar‛. Ele afirmou com a cabeça e começou a se levantar. ‚Espere. Eu tenho duas condições‛. Ele ergueu as sobrancelhas. ‚Um, você não fala para ninguém que estamos trabalhando juntos. Dois, você não fala comigo< Eu ignoro você e você me ignora.‛ Eu acho que ele ia argumentar porque seus lábios torceram-se e suas sobrancelhas enrugaram-se como se ele achasse que eu sou uma idiota. Mas então ele disse, ‚Ok. Negócio fechado‛, e dirigiu-se ao quintal. Eu encontrei a Sra. Reynolds na cozinha, sentada à mesa bebendo chá. ‚Eu disse a ele que ele pode ficar‛, eu a informei.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

123


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Sra. Reynolds me deu um pequeno sorriso. ‚Estou orgulhosa de você‛. Eu não estou. ‚Você ir{ superar‛, ela disse. ‚Você est{ pronta para plantar mais mudas hoje?‛ Eu tirei macacões velhos e gastos da minha mochila para que eu pudesse me poupar de ter que usar o muumuu. Caleb estava de costas para mim quando sai da casa. Bom. Eu peguei uma sacola de mudas e sentei-me lenta e cuidadosamente na grama. Com uma pequena pá na mão, eu comecei a cavar. ‚Não se esqueça, Margaret. Seis polegadas de profundidade‛, disse a Sra. Reynolds atr{s de mim, inclinando-se sobre mim para inspecionar meu trabalho. ‚Entendi, seis polegadas‛. ‚E assegure-se que você vai colocar as mudas com o lado certo para cima‛. ‚Ok‛, eu disse. ‚E espalhe-as. Não as plante com um padrão ou ficar{ engraçado‛. A velha senhora pegou uma cadeira de tecido 33 e a colocou perto de mim para que ela pudesse fiscalizar meu trabalho. ‚Por que você não o supervisiona?‛ Perguntei, apontando para onde Caleb tinha levado montes de madeira e parecia estar tentando colocá-las em ordem. ‚Ele est{ indo bem. Além disso, eu não sei nada sobre construir um gazebo‛. Eu cavei três buracos, cuidadosamente fiz pequenos travesseiros de terra para eles, então coloquei as mudas nos buracos e corri para plantar mais. Pouco tempo depois a Sra. Reynolds adormeceu na cadeira. Ela normalmente faz isso pelo menos uma vez por dia, e quando eu disse a ela que ela cochilou por uma hora, ela negou completamente. Eu estava surpresa por ela conseguir dormir com todo o barulho que Caleb estava fazendo martelando, mas, apesar de não admitir, a senhora praticamente não tinha audição.

Lawn: tecido fino e suave de algodão penteado, assemelha-se a uma Cambraia. Originário da cidade francesa de Lyon 33

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

124


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu dei uma olhada para Caleb. Ele trabalha rápido, já começando a pregar as tábuas como se ele construísse gazebos todo dia. A camisa dele estava encharcada de suor em suas axilas, peito, e costas. E ele evidentemente não se incomodava que uma das minhas condições foi que nós nos ignorássemos. Ele me ignora muito bem. Eu nem mesmo acho que ele tenha olhado uma única vez em minha direção. Mas agora ele parou de martelar, ele ainda estava de costas para mim quando ele gritou, ‚Você vai parar de ficar me olhando?‛

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

125


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Vinte e três Caleb Você me ignora, e eu vou ignorar você. Maggie, assim como cada garota X na minha vida, está tentando me controlar. Estou farto de joguinhos, estou farto de me sentir como um idiota. E acima de tudo, estou farto das pessoas me olharem fixamente porque eu fui pra cadeia. Sei que ela está me olhando, posso sentir seus olhos cravados em mim, como alfinetadas cutucando as minhas costas. Frustrado, martelo o seguinte prego no dois-por-quatro mais duramente do que normalmente faria, e acerto meu dedo indicador com o martelo. Fulmino Maggie com o olhar. A garota está sentada no chão vestida um macacão rasgado e manchado. "Eu... eu não estava olhando pra você", gagueja. "O inferno que você não estava", ladro de volta. Eu mantenho meus braços abertos. "Você quer ficar aí olhando embasbacada pro ex-detento, conseguiu. Só responda uma coisa pra mim, sim? Você gosta quando as pessoas ficam olhando você quando sai mancando por ai como se fosse cair a qualquer momento?" Maggie prende o fôlego, então cobre o nariz e boca com a mão enquanto manca para dentro da casa. Oh, merda. Meu dedo está latejando, minha cabeça está doendo, e eu insultei uma garota manca - e eu sou o responsável por incapacitá-la. Eu deveria ir pro inferno neste exato momento porque o pacto com o diabo está provavelmente assinado de qualquer maneira. A Sra. Reynolds não faz idéia do que está acontecendo, sua cabeça está descansando na cadeira e ela está roncando. Eu jogo o martelo e entro na casa para encontrar Maggie. Ouço sons de um nariz fungando provenientes da cozinha. Maggie está de pé no balcão pegando legumes da geladeira. Ela pega uma tábua de cortar e começa a cortá-los com uma faca de açougueiro enorme. "Desculpe", digo. "Eu não deveria ter dito aquilo". Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

126


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Está bem". "Obviamente não está, ou você não estaria chorando". "Não estou chorando". Inclino meu quadril contra o balcão. "Tem lágrimas correndo por seu rosto", claro como o dia, eu posso vê-las. Ela pega uma cebola e mostra para mim. "Meus olhos choram quando corto cebolas". Meus punhos se apertam, porque não posso sacudi-la e fazê-la gritar comigo. Desta vez mereço com que grite. "Diga alguma coisa". Em vez de responder, ela corta a cebola em duas. Eu imagino que ela esta fingindo que a cebola é minha cabeça... ou alguma outra parte do meu corpo. "Tudo bem, faça do seu jeito", digo, em seguida a deixo. Se ela quer viver em silêncio, é escolha dela. Aperto tanto meus dentes que doem, e o resto da tarde eu trabalho fora, no gazebo. É bom criar algo útil, algo que, finalmente, faça alguém orgulhoso de mim, para variar. Porque o resto da minha vida eu fodi totalmente. Maggie abandonou seu posto no quintal. Ela não saiu desde que fui atrás dela. As sete, informo a uma acordada Sra. Reynolds que já acabei por hoje, e me dirijo para o ponto de ônibus. Maggie não vem muito atrás. Estou parado na esquina de Jarvis e Lake Streets, com a mochila encima do ombro, quando um carro chia ao meu lado. "O que está fazendo em um bairro pobre deste lado da cidade, menino rico?"

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

127


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Oh, cara. É Vic Medonia. E alguns outros caras da equipe de luta livre de Fremont High. "Nada da sua maldita conta", digo. Vic ri, amargura pingando no som de seu cacarejo. "Seus amigos na prisão te ensinaram como ficar na esquina e se vender? Quanto você cobra por essa sua bunda usada, de qualquer maneira?" Os outros caras do carro riem, então Vic sai. Ele olha pra minha direita e diz, "Essa é sua nova namorada?" Eu me viro e vejo Maggie não muito longe, mancando em nossa direção enquanto se encaminha para a parada de ônibus. "Maggie, volta para a casa", advirto. Já vi brigas suficientes para saber que Vic está procurando uma. Com a esperança de distraí-lo, digo, "Isto é entre você eu, cara. Deixe ela fora disso". Vic ri, o som agudo fazendo minha pele arrepiar. ‚Dêem uma conferida nela, caras. Jesus, Becker, realmente está raspando o fundo do poço34? Você fica excitado quando ela anda empertigada feito uma retardada desse jeito? Eu largo a mochila e vou pra cima dele. Caímos no chão, mas um de seus amigos me agarra por trás e imobiliza minhas mãos para trás. Antes que eu possa libertar meus braços, Vic me golpeia diretamente na mandíbula e nas costelas. Antes de eu saber o que está acontecendo, Maggie está no meio da gente, balançando sua bolsa e batendo em Vic. A garota tem mais nela do que deixa transparecer. Através da comoção, me libero e empurro o imbecil que havia estado me segurando, então agarro Maggie e ajo como seu escudo antes que ela mate a si mesma. "Corre", eu ordeno enquanto enfrento um dos caras. Estou socando e segurando os colarinhos das camisas tanto como posso em uma luta de três-contra-um. As probabilidades estão contra mim então não é um espetáculo agradável. Todo o caos se congela quando ouço uma sirene, conectado a um carro de polícia com

Scraping the bottom of the barrel - Uma definição pra isso, é quando você escolhe entre os piores, entre ‘o resto’, ‘a sobra’ 34

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

128


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

luzes vermelhas e azuis intermitentes. Um oficial voa para fora do carro e nos faz ajoelhar no chão com as mãos na cabeça. "O que está acontecendo aqui, garotos?". Eu não vejo Maggie. "Nada", diz Vic. "A gente tava brincando. Certo, Becker?" Olho diretamente para Vic e digo. "Certo". "Não é o que parece", o policial estende sua mão para mim, a palma para cima. "Deixe-me ver alguma ID35." Desde que minha carteira de motorista foi revogada, só tenho minha etiqueta de identificação de serviços comunitários do DOC. Não vou retirá-lo e o ver chamando Damon. Eu estarei preso de novo antes que possa dizer: ‘hit-and-run’36. "Não tenho", digo. "O que está fazendo em Hampton?" "Visitando um amigo". O cara faz uma grande postura de policial de cinema, com as pernas afastadas e as mãos nos seus quadris posicionando logo acima do coldre da pistola. "Me deixe te dar um conselho. Nós não tratamos amavelmente os estranhos que chegam à nossa cidade e causam problemas", se vira para Vic. "Sugiro que você se encontre com seu amigo em seu território ou terei que envolver seus pais. Entendido?" Este deveria ser o momento em que eu diria ao policial a verdade: que estou em Hampton por ordem do Departamento Correcional de Menores de Illinois. Mas eu não vou. "Entendido", diz Vic. O oficial volta para seu carro patrulha e ordena a Vic e aos seus amigos que sigam adiante. ID: Identificação É algo como bater-e-correr, no primeiro capítulo tem uma nota a respeito disso, que é uma expressão pra quem bate/atropela algo/alguém e sai fora de cena, foge. 35 36

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

129


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Ele segue o carro de Vic. Eu olho até que ambos os carros estão fora de vista. Quando olho ao meu redor procurando minha mochila, rapidamente me dou conta de que não está. Provavelmente um dos amigos de Vic a roubou. Mas essa é a menor das minhas preocupações. Minha mandíbula está começando a protestar pelo soco de Vic, e levo minha mão ao rosto para sentir se está sangrando. Quando faço, Maggie se revela. Nossos olhos se prendem um ao outro. O ônibus para Paradise chega retumbando pela rua e nós dois entramos. Eu me sento em meu lugar habitual nos fundos e ela me segue, sentando-se ao meu lado. Estou surpreso até que me dou conta de que seus dedos estão tremendo. Ela está assustada. É louco e estranho depois de tudo que aconteceu, mas ela se sente segura comigo neste momento. Não me atrevo a tocá-la, porque isso significaria que isto é algo mais do que é. E sei que este... este sentimento de amizade é uma coisa passageira, temporária. O que me assusta até a fodida morte é que alguma parte do meu cérebro decidiu que este ato insignificante da Maggie sentando ao meu lado é o primeiro passo para concertar tudo o que saiu errado na minha vida. O que torna tudo mais significativo.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

130


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Vinte e quatro Maggie Eu vi Caleb hoje na escola. Os boatos estão correndo a solto sobre as contusões em seu rosto. Nenhum dos boatos são verdadeiros. Depois da escola, eu pego o ônibus para a casa da Senhora Reynolds. Caminho pelo corredor até onde Caleb está sentado. Ele não olha para cima. Eu tomo o assento ao seu lado, assim como fiz ontem. Desta vez, ele não caminha atrás de mim depois que somos deixados no ponto de ônibus perto da casa da Sra. Reynolds. Caminhamos lado a lado, como se houvesse um entendimento tácito entre os dois. Eu sou a única (além de Vic e seus amigos bandidos) que sabe como Caleb conseguiu as contusões. A briga de ontem me assustou. Caleb se meteu numa briga porque Vic me insultou? Independentemente dos motivos que foram, éramos nós contra eles. Caleb e eu estávamos no mesmo time e não tínhamos chance de ganhar. É por isso que corri para trás de uma árvore e chamei o 911 do meu celular, para protegêlo/nos proteger, porque ele nunca seria capaz de lutar contra três caras sozinho e Deus sabe que minha bolsa barata não poderia agüentar muito mais. Eu nunca tive estômago para briga, de todos os modos. A briga acabou, mas seus efeitos posteriores têm se demorado. Então, agora é outro dia na casa da Sra. Reynolds trabalhando juntos, mas não. Caleb ainda segue minhas condições: ele não fala comigo enquanto trabalha no gazebo e eu planto mais narcisos. Eu cantarolo canções enquanto trabalho. Às vezes, a Sra. Reynolds cantarola junto comigo, até que começa a entoar as canções tão alto que paro de trabalhar e pisco meus olhos para esta velha senhora que não se importa com o quê as pessoas pensem dela. É realmente espantoso. Quando a Sra. Reynolds começa a cochilar, caminho para dentro da casa e me sirvo de um copo de água. Antes de sair da cozinha, sirvo um para Caleb também. Silenciosamente, eu o deixo numa das tábuas de madeira ao lado dele. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

131


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Voltando para dentro para preparar um pequeno lanche, lembro que me esqueci de trazer o prato de biscoitos do sótão na semana passada. Subo os dois lances de escada até o sótão e recolho o prato. A porta se fecha e eu grito. Caleb está parado no sótão comigo, o copo de água em sua mão. "Oh, meu Deus!". "Eu não vou te machucar, Maggie. Só queria dizer obrigado pela água e... bem, eu sei que não é fácil trabalhar juntos, mas realmente aprecio que você não me chute pra fora". "Você não pode sair", eu digo. "Por que não?" "A porta trava automaticamente". Caleb olha o calço da porta e simplesmente o chuta para fora do caminho. "Tá brincando, né?" Balanço a cabeça lentamente. Estou tentando não entrar em pânico diante da realidade de estar presa com Caleb Becker em um sótão. Respira Maggie. Dentro. Fora. Dentro. Fora. Caleb tenta girar a maçaneta, em seguida, tenta uma ação de girar-a-maçaneta-enquantoempurra-a-porta. "Merda", ele se vira para mim. "Você e eu. Num mesmo espaço. Isto supostamente não deveria acontecer". "Eu sei", digo. "Poderíamos gritar para a Sra. Reynolds. Ela está dormindo lá fora, mas..." "Ela nunca vai nos ouvir daqui. Sua audição é marginal se você está a três metros de distância. Quando ela acordar vamos ouvir, e então gritaremos".

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

132


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Então, esta dizendo que estamos presos aqui?" Aceno de novo. "Merda". "Você já disse isso", informo. Caleb começa andar enquanto passa suas mãos por seu corte de cabelo militar37. "Sim, bem, isso é uma droga. Ser preso está começando a ser o tema da minha vida", murmura. "Quanto tempo antes que ela normalmente acorde?" Dou de ombros. "Poderia ser uma meia hora, mas às vezes dorme durante uma hora ou mais, como ontem". Respirando fundo, ele se senta no centro do chão e se apóia contra o baú da Sra. Reynolds. "É melhor você se sentar", diz. "Tenho uma espécie de medo de aranhas". "Ainda?" "Você se lembra disso sobre mim?" "Como poderia esquecer? Você e Leah costumavam me fazer de seu assassino pessoal de aranhas", diz. Eu o olho curiosamente. "Sente-se", ordena, "Estou dando a velha senhora duas horas para nos liberar e então vou jogar essa porta abaixo". Nenhum de nós diz nada por um longo tempo. O único som é nossa respiração e os misteriosos golpes e rangidos da velha casa. "Foi assustador na cadeia?", pergunto, quebrando o silêncio.

37

Buzz cut.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

133


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Algumas vezes". "Como quando? O que fizeram com você?" Viro-me e olho para ele. Sua expressão é cautelosa. "Sabe, você é a primeira que pediu detalhes". "Admito que ouvi rumores. Suspeito que a maioria deles não são verdadeiros". "O que você ouviu?" Mordo meu lábio, nervosa por ser a primeira em dizer. "Vamos ver... que você tinha um namorado na prisão... você se juntou a uma gangue... você tentou fugir e foi para a solitária... você bateu em um cara que mais tarde precisou ser hospitalizado... Eu deveria continuar?" "Acredita em alguma coisa dessas?" "Não. Por quê? Isso é verdade?" Ele inclina a cabeça para trás contra o baú e deixa escapar um longo suspiro. "Eu estive em uma briga, e fui jogado na solitária por isso", ele coloca as mãos sobre os olhos. "Estive na solitária por trinta e seis horas. Deus, de todas as pessoas, não posso acreditar que esteja falando com você sobre isto". "Te deram água e comida?" Ele ri. "Sim, você ainda recebe as refeições. Mas você está dormindo em uma chapa de cimento e um colchão com espuma de uma polegada por cima dele. Uma privada de aço inoxidável é sua única companhia". "Pelo menos você estava sozinho", digo. "Eu tive que esperar por alguém que trouxesse uma vasilha de plástico para ir ao banheiro enquanto fiquei no hospital. Então tinha que ficar ali enquanto eles me limpavam. Era tão degradante". "Os médicos dizem se alguma vez você vai caminhar sem mancar?" "Eles não sabem. Tenho que ir a fisioterapia duas vezes por semana até que eu vá para a Espanha". "Espanha?" Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

134


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu explico porque estou trabalhando na casa da Sra. Reynolds todos os dias e sobre meu sonho de deixar Paradise para que eu possa ficar longe do passado. "Eu mal podia esperar para voltar para casa", admite. "Voltar aqui significava que eu estava livre de estar preso". "Isso é porque você é Caleb Becker. As pessoas sempre vão te aceitar. A única coisa que me impedia de ser uma perdedora antes era o tênis e Leah. Agora que eu perdi tanto, não tenho nada, exceto olhares humilhantes e comentários que as pessoas fazem, mas acham que eu não escuto". Caleb fica de pé e anda pelo sótão outra vez. "Voltando aqui é uma droga. Mas, deixar Paradise seria uma forma de se esquivar". "Para mim", digo,. "Deixar Paradise significa liberdade. Eu me sinto presa apenas de viver nesta cidade onde todo mundo me lembra a perdedora que sou agora". Caleb se agacha, seu rosto diretamente na frente do meu. "Você não é uma perdedora. Diabos, Maggie, você sempre soube o que quis e correu atrás disso". Eu lhe digo a pura verdade. "Não mais. Quando você me atropelou, uma parte de mim morreu".

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

135


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Vinte e Cinco Caleb ‚Caleb, telefone!‛ Mamãe gritou da cozinha. Eu estive no meu quarto, tentando compreender esses pensamentos confusos que eu tenho tido desde terça-feira, quando Maggie e eu ficamos presos no sótão. Nós ficamos lá sentados por uns quarenta minutos. Nesse pouco tempo eu provavelmente compartilhei mais com ela do que eu já compartilhei com Kendra. Desde sempre. Eu estou num sério problema. Eu peguei o telefone sem fio e me dirigi ao meu quarto. ‚Alô?‛ ‚Oi, CB. É o Brian‛. ‚E aí?‛ ‚Hoje é domingo‛, Brian disse num tom muito bem humorado. ‚E?‛ Eu disse. ‚Qual é, cara, não me diga que você esqueceu nosso ritual. Você, eu, Drew e Tristan ..." Eu me lembro. Nós passávamos as tardes de domingo assistindo futebol – eu, Brian, Tristan e Drew. Nenhuma garota conosco era o nosso lema. ‚Eu estou indo para a casa de Tristan em dez minutos. Esteja pronto‛, disse Brian, desligando o telefone. Em resumo. Eu jurei para mim mesmo que iria dormir o dia inteiro. Mas seu eu queria voltar à rotina normal, um domingo de futebol não pode ser ignorado. Eu tomei um banho rápido – acredite em mim que eu estou acostumado com isso. E enquanto eu estou colocando uma camiseta e velhos suéteres, eu ouvi minha mãe lá embaixo bajulando Brian. Eu estou tão feliz por você ter chamado Caleb. Você é um bom amigo.Aqui estão algumas sobras da comida chinesa de ontem a noite. Eu juro que ela está como uma máquina fora de controle. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

136


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quando eu desci, Brian me disse, ‚Sua mãe é demais, CB. Veja todas essas coisas que ela embrulhou para nós‛. Eu dei uma olhada na grande bolsa de mercado. Mamãe dever ter colocado metade da comida da nossa geladeira dentro dela. Eu estava a ponto de abraçá-la, mas ela pegou um pano de prato e começou a secar a mesa da cozinha quando eu me aproximei. ‚V{‛, disse ela, ‚e divirta-se‛. Na casa do Tristan nós tivemos que esperar o jogo começar. Eram os Packers contra os Bears. Antes de eu ir preso, eu poderia dizer todas as datas de todos os jogos e todos os adversários dos Bears que disputaram esses jogos. Eu me sentei no sofá do porão e me encostei. Eu mal podia esperar para assistir ao jogo. Meus amigos não tinham idéia de como eu senti falta disso. Cara, eu nem mesmo me dei conta do quanto eu senti falta disso. Eu recuperei a Kendra, eu recuperei meus amigos. Eu tenho que esquecer da Maggie. Tenho certeza que só estou pensando tanto nela porque estamos trabalhando juntos. Eu voltei para Paradise com a missão de fazer minha vida voltar ao normal. Sentado aqui assistindo ao jogo me faz perceber que o status quo38 não estava tão ruim. Até que Tristan começou a jogar latas de Michelob39 para cada um de nós. ‚Onde você conseguiu a cerveja ?‛ perguntou Drew. ‚Do feriado de 4 de julho. Eu peguei uma caixa da festa dos meus pais e escondi. Minha mãe nem se deu conta que estava faltando‛. ‚Hora de começar, cara‛, disse Brian. ‚Joga uma dessas para c{‛. Brian e Drew pegaram as deles nesse exato momento. Eu peguei a que me jogaram. Tristan levantou sua lata. ‚Por uma nova temporada para o time dos Bears‛. ‚Por um zagueiro que possa verdadeiramente jogar a bola‛, disse Brian.

38 39

Expressão latina que designa o estado atual das coisas, seja em que momento for. Marca de cerveja.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

137


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

‚E um corredor que possa verdadeiramente correr com a bola‛, expressou Drew. Todos eles viraram para mim, esperando a minha fala idiota de futebol. Eu estou segurando a lata, a frieza na palma da minha mão mandando frio pelo meu braço. ‚E um artilheiro que possa chutar a bola‛, eu acrescentei, me perguntando se eles perceberam que eu ainda não abri a lata. Todos eles tomaram um gole comprido. Exceto eu. Eu poderia me arriscar a voltar para a cadeia quando eu entrei na briga com Vic por ele ter insultado Maggie, mas aquilo valia o risco. Eu nem mesmo tinha chegado perto de álcool desde a noite do acidente. Eu não arriscaria voltar para a cadeia por uma estúpida lata de cerveja. ‚O que vocês pensam que estão fazendo?‛ gritou da escadaria uma voz de adulto. Merda, é a mãe do Tristan. Eu tentaria esconder a cerveja, mas seria à toa. Nós tínhamos sido pegos. Ela desceu os degraus irritada e arrancou a lata de Michelob da mão de Tristan. ‚Não em minha casa, você não vai‛, disse ela, depois apontou o dedo para mim. ‚Você pode pensar que pode voltar aqui e impor seu modo de vida para todo mundo, Caleb, mas eu não vou deixar isso acontecer‛. Tristan deu um passo | frente. ‚Mãe, pare‛. ‚Não o proteja, Tristan‛. Ela olhou para a lata de cerveja na minha mão, depois sacudiu a cabeça enojada. ‚Caleb, por favor saia da minha casa‛. Eu coloquei a lata fechada na mesa. Sra Norris nem mesmo olhou para a lata. Ela estava muito ocupada olhando para mim com desprezo. ‚Fique longe do meu filho‛, ela ordenou enquanto eu saia da casa. Não havia utilidade sequer em tentar me defender. Sra. Norris já fez seu julgamento sobre mim. Veredito: Culpado. Além disso, se eu explicar a verdade ela não vai acreditar. A forma como ela me olhou diz mais que qualquer palavra conseguiria. ‚Ela acabou com nossa diversão‛, Brian disse quando nós voltamos para o carro. ‚Onde vamos assistir ao jogo agora? Provavelmente est{ no intervalo‛. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

138


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

‚Nós podemos voltar para a minha casa‛, eu ofereci. Dez minutos depois nós nos arrumamos no meu porão para assistir ao jogo. Os Bears estavam vencendo por três pontos, mas os Packers tinham a bola e era o último quarto. Eu estava completamente ligado no jogo quando Brian disse, ‚Eu preciso te contar uma coisa‛. ‚Manda‛, eu disse, pegando uma mão cheia de batatas e enfiando-as na boca. Minha atenção ainda estava no jogo, mas eu olhei de lado para o meu amigo. Brian estava inclinado para frente, com uma expressão totalmente séria no seu rosto. ‚Ela vai me matar por te contar‛. Eu olhei novamente para a TV. Os Packers erraram e a bola estava com os Bears. Isso poderia assegurar-lhes a vitória. ‚Quem?‛ disse eu, ouvindo apenas parcialmente o Brian. ‚Kendra‛. Kendra esteve recentemente em meus braços e foi uma companheira desejosa em minha cama. Não foi o encontro mais romântico; eu acho que eu esperava que fosse como nos velhos tempos. Foi tudo menos isso. ‚Você viu isso?‛ Eu perguntei ao Brian, ficando completamente irritado com o jogo dos Bears. Você não pode me culpar por ficar excitado depois de ter ficado um ano proibido de assistir jogos de futebol. Eu perdi uma temporada inteira. ‚Eles acabaram de tirar o Edmonton!‛ ‚Nós estamos juntos, CB. Eu só achei que você devia saber‛. Eu olhei confuso para ele. ‚Que diabos você est{ falando?‛ ‚Eu< e Kendra‛. Foi como se um tijolo batesse em minha cabeça com a velocidade de um raio. ‚Você e Kendra?‛ ‚Sim‛. Jesus. A palavra saiu da minha boca antes que meu cérebro pudesse compreender. ‚Quando?‛ ‚Você não quer saber‛. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

139


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Isso significa que foi antes de eu ser preso. Maggie não estava mentindo para mim na noite em que eu fiquei fora de mim com ela. Maggie me dissera a verdade enquanto Kendra olhou em meus olhos, me dizendo mentiras. Kendra é a manipuladora e eu caí nessa. Mas tudo isso faz sentido agora, porque Kendra está desesperada para manter nossa relação em segredo. Hora perfeita para foder minha cabeça mais uma vez. Brian está me observando, medindo minha reação. De maneira nenhuma eu vou dizer a ele que eu estive saindo com Kendra. Em questão de segundos, eu perdi minha louca percepção de realidade. Eu não voltara com Kendra, nem estava curtindo com meus amigos como antes. Minha vida agora não tem a menor semelhança com a de antes. Como eu pude pensar que tinha? Eu tive que perguntar. ‚Vocês são, você sabe<‛ ‚Sim‛. Fechei os olhos e me recostei nas almofadas do sofá. Uau. Minha namorada estava fodendo nós dois e eu estava distraído. Mas Maggie sabia e tentou me avisar. Como forma de agradecimento, eu a insultei e depois a noite saiu do controle, terminando com Maggie no hospital. O jogo do Bears foi esquecido, eu sacudi minha cabeça e olhei para o teto. ‚Primeiro foi só uma ficada, um erro‛, Brian continuou. ‚Nenhum dos dois queria que isso acontecesse‛. Eu queria que Brian apenas calasse a boca. Agora eu sei o que Damon quer dizer sobre levar a culpa. ‚Você provavelmente ficou muito eufórico por eu ter sido preso, você pode finalmente ter minha namorada só para você‛, disse eu. ‚Não é assim‛. Brian parou. ‚Eu a amo, Caleb. Jesus, Eu casaria com ela agora se eu pudesse‛. ‚Droga‛, eu murmurei. Eu me perguntei quem estaria l{ quando Brian voltasse do reino distante onde ele está agora e quebrasse a cara. Kendra me disse que não havia nenhum cara que importasse. Ou isso também era papo furado?

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

140


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

‚Ela me fez prometer que não te contaria sobre nós. Mas eu acho que seria legal se estivermos todos juntos nisso, você não acha? Então nós poderemos ser um casal na escola de novo, ao invés de fingir que não estamos juntos‛. Fiquei de pé, me distanciando. Esse é o meu melhor amigo desde que eu estava no jardim de infância. Eu me lembro quando Drew pegou um lápis de cor do Brian na primeira série e eu o belisquei por vingança. E quando eu tive catapora na sexta série e tive que ficar em casa por mais de uma semana, Brian secretamente veio jogar caverna do dragão comigo. E nós nunca dissemos aos pais dele, mesmo quando Brian pegou catapora duas semanas depois. Eu nunca pensei que Brian trairia nossa amizade. ‚Você é um imbecil‛, eu deixei escapar. Brian ficou de pé e pegou as chaves do carro. ‚Eu sabia que você não entenderia. Foi por isso que eu não te contei‛. ‚Cara, você est{ transando com a minha namorada pelas minhas costas. Como você achou que eu fosse reagir?‛ um calafrio percorreu minha espinha quando eu realmente traduzi a verdade em palavras. ‚Eu pensei que você ouviria. E tentaria entender sem querer arrancar minha cabeça. Isso é real, Caleb‛. Eu dei uma risada sarc{stica. ‚Eu vou te dizer o que é real. Real é que eu estive na cadeia no ano passado, com traficantes de drogas e comendo uma merda de comida que o seu cachorro nem tocaria. Real é não ser capaz de usar sua própria cueca e tomar um banho com vinte e cinco outros pintos todo dia enquanto um guarda observa. Real é a minha vizinha de porta que anda como se ela estivesse se equilibrando em pernas de pau porque sua perna está muito fodida do acidente. Brian, sua percepção de realidade está totalmente errada‛. Brian se dirigiu às escadas, com as costas eretas. Ele parou na metade da escada. ‚Quando você quiser me perdoar e seguir em frente, você sabe onde estarei‛. Minhas mãos tão fechadas que estavam ficando dormentes. Foi quando mamãe desceu as escadas. Ela sorriu amplamente e disse numa voz alegre, ‚Você se divertiu com seus amigos?‛

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

141


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Vinte e seis Maggie Eu queria que minha mãe não tivesse insistido em ir comigo à fisioterapia. "Você pode só me deixar lá", eu disse. "Basta voltar e me pegar em uma hora." Mamãe balançou a cabeça. "Dr. Gerrard quer falar com nós duas." Oh, não. "Mãe, eu estou bem. Robert espera que seus pacientes façam o impossível, isso é tudo." "Eu sei que não é fácil, Maggie", disse ela. "Não se preocupe, você não tem que fazer o que te deixa desconfortável. Basta fazer o seu melhor." Quando entramos no hospital, com certeza Robert estava esperando por nós. "Oi, Maggie, como estamos hoje?" Nós? "Bem". "Tem feito os exercícios de fortalecimento que eu te ensinei?" Uh ... "Sim. Bem, às vezes." Robert apertou a mão de minha mãe. "Prazer em vê-la novamente, Sra. Armstrong." "O prazer é meu", ela respondeu, depois sentou-se, enquanto Robert me levava aos exercícios. "Vamos começar com alongamento", diz Robert. "E aquecer esses músculos para ajudá-los a trabalhar duro. Coloque as suas pernas em V." Eu coloquei, mas minhas pernas pareciam mais em um ‚I‛ do que um "V", porque minha perna esquerda não quer aquecer agora. Não sou eu, é a perna. "É o melhor que você pode fazer?" "Eu acho que sim." Robert se ajoelhou ao meu lado e disse: "Toque o seu pé esquerdo com a mão esquerda." Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

142


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu tentei, mas eu só cheguei ao meu joelho. "Vamos, Maggie. Mais alguns centímetros." Eu alcancei mais meia polegada, o que não impressionou o meu fisioterapeuta. "Ela não consegue", minha mãe interrompeu. "Você não vê que ela está sentindo dor? "Sra. Armstrong," disse Robert. "Maggie precisa se esforçar, a fim de treinar os músculos." Mamãe estava prestes a responder quando o Dr. Gerrard entrou. "Olá senhoras. Robert." Minha mãe ficou de pé e abraçou meu cirurgião. Após o acidente, ele foi o único que sempre nos deu esperanças e tinha as mãos para reconstruir o interior da minha perna. Eu me lembro da primeira vez que eu o encontrei no hospital. Ele chegou com um casaco branco grande, um grande sorriso, e os dedos grandes que iam cortar, abrir minha perna e consertá-la. Dr. Gerrard se ajoelhou ao meu lado. "Como vai, Maggie? Correu alguma maratona ultimamente?" Eu levantei minhas sobrancelhas. "Eu estou apenas brincando", ele admite. "Péssima piada de cirurgião". "Dr. Gerrard, você precisa de piadas novas," eu murmurei. ‚Isso é o que dizem meus estagi{rios, também‛. Dr. Gerrard me colocou sentada na mesa de exame e examinou as minhas cicatrizes. "Parece bom", disse ele, depois olhou para cima. ‚Robert disse-me que est{ um pouco tímida na fisioterapia‛. Robert está lá com sua prancheta na mão, o traidor. Dei de ombros. "Eu não posso colocar muita pressão no meu pé." "Isso a machuca" Mamãe acrescentou. Meu médico deu um passo para trás e respirou fundo. "Ok, caminhe até a porta e volte para mim, Maggie". Ele me ajudou a sair da mesa enquanto eu manco até a porta. "Você pode colocar mais pressão sobre o pé esquerdo?"

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

143


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Na verdade não." "Ok, volte e sente-se". Eu manquei de volta à mesa e me sentei. Mamãe veio até mim e acariciou minhas costas. "Eu vou ser sincero com você", Dr. Gerrard disse. "Você tem que começar a se esforçar e parar de favorecer o seu lado esquerdo". "Eu estou fazendo o meu melhor", eu disse. Dr. Gerrard não me acusou de mentir, mas posso dizer que ele não estava convencido pelo jeito como ele estava franzindo os lábios. "Talvez devêssemos ir mais devagar com a fisioterapia", minha mãe disse. Dr. Gerrard suga o ar entre os dentes trincados, o assobio soou claramente como um não para a sugestão da mamãe. "Eu odiaria vê-la parar a fisioterapia". "Eu tenho uma sugestão" Robert se intrometeu "E se Maggie começasse a jogar tênis de novo?" Meu coração batendo mais rápido, as batidas dentro do meu corpo socando meu peito como uma dança indígena tribal. "Você está bem?" Mamãe perguntou. Eu não posso responder. Meu esôfago parecia estar contraído. "Eu preciso de um pouco de ar", eu disse, então sai da mesa. Robert veio até mim. "Maggie, nós estamos apenas tentando ajudá-la". "Eu sei. Mas eu não posso mais fazer isso. Eu simplesmente não posso". Eu puxei meu suéter, passei pela minha mãe mancando, e me dirigi à saída. Eu estou passando por pessoas em cadeiras de rodas, médicos e enfermeiros. Será que eles pensam que eu sou tão louca quanto eu me sinto? Quando as portas abriram eu senti o ar fresco e tentei respirar profundamente. Respirar. Inspirar. Expirar. Inspirar. Expirar. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

144


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Respirando não deveria ser algo que você faz inconscientemente? Nesse momento eu estou hiperconsciente disso. Tão consciente, na verdade, que eu acho que se eu parar de me concentrar, eu posso esquecer de respirar. Eu fechei meus olhos. Respirar. Inspirar. Expirar. Inspirar. Expirar. Eu me senti desse jeito no dia em que meu pai se foi pela última vez, quando eu percebi que poderia ser sua última visita. Eu também não fui forte. Eu piscava e as lágrimas caíam enquanto eu tentava esquecer. Porque dói muito saber que o seu amor por mim não era forte o suficiente para fazê-lo ficar. Não valia a pena me amar o suficiente. O tênis era a minha graça salvadora, mas nem mesmo isso funcionou. Eu merecia ser admirada na quadra, porque eu valia alguma coisa quando eu jogava. Eu não era só parte da equipe, eu era aquela que meus colegas de equipe queriam ser. Quanto mais os outros pais comparecessem aos jogos, melhor eu iria jogar. Era como se eu quisesse que aqueles pais se lamentassem por eu não ser sua filha. Não importa se meu pai me amava ou não, haveria outros pais que fariam qualquer coisa para que eu fosse sua filha. Ter outros pais me parabenizando valia mais para mim do que o troféu do time do colégio que eu ganhei no meu segundo ano. Eu posso não ser digna do amor do meu pai, mas eu era digna daquele troféu. Uma dor na minha perna subia pela minha coluna, um lembrete de zombaria que eu nunca vou ser campeã novamente. "Maggie?‛ Eu olhei para minha mãe, que está agora oficialmente apavorada. "Eu não posso jogar tênis", eu disse a ela. "Dr. Gerrard quer que você tente. Você vai tentar, não vai?" Mas eu não vou ser boa, e então o meu pai não vai ter nada para se orgulhar de mim. Ele nunca vai querer que eu faça parte de sua nova família. "Podemos ir para casa? Eu quero ir para casa." Mamãe suspirou. Eu odeio me sentir como se estivesse decepcionando-a. Eu sei que ela se esforça para nos apoiar emocionalmente, fisicamente e financeiramente. Ela é como a pequena líder de torcida da nossa família. Quando chegamos no carro, eu me acalmei. Eu olhei para a minha mãe, dirigindo o carro com um olhar triste no rosto. "Mãe, o que você quer da vida?" Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

145


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Ela dá uma risadinha. "Nesse momento, dinheiro." "Além do dinheiro." Ela inclinou a cabeça para o lado, pensando. Quando chegamos num sinal vermelho, ela virou-se para mim. "Eu acho que eu gostaria de um parceiro para partilhar a minha vida." "Você sente falta do papai?" "Às vezes. Eu sinto falta do companheirismo, eu sinto falta de sair como um casal. Eu nao sinto falta das brigas." O sinal ficou verde e nós aceleramos, nosso carro passando por uma mulher e um homem de mãos dadas com sua filha. "Será que ele vai querer que eu o visite?" "Um dia", ela disse, mas posso dizer que ela não tem tanta certeza. "Você quer namorar com o senhor Reynolds?" Eu perguntei. Seus olhos se arregalaram. "Por que você está me perguntando uma coisa dessas?" "Porque você estava dançando com ele no Festival de Outono. Ele não tem filhos. Eu acho que ele foi para ficar com você". Mamãe riu, esta grande risada que enche o carro, e as pessoas no carro ao lado provavelmente podiam ouvi-la também. "O restaurante da Tia Mae foi um dos patrocinadores do evento, Maggie. É por isso que Lou estava lá". "Bem", eu disse defensivamente, ‚vocês dois pareciam muito amig{veis‛. "Ele estava apenas sendo gentil". Eu balancei minha cabeça. "Eu não acho". "Hum ..." "O que significa isso?" "Nada. Apenas volte a ser criança, tá?" Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

146


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Nós ficamos em silêncio o resto do caminho. Quando entramos na casa, eu ignorei o nó que estava na minha garganta enquanto eu disse, "Só para constar... se você quiser convidar o Sr. Reynolds para jantar uma noite, eu não vou me importar", e me dirigi para o meu quarto. No meu quarto, eu quis retirar as minhas palavras. Eu só as disse porque eu sei o quão miserável mamãe tem estado ultimamente. Mas a verdade é que eu sinto falta do meu pai todos os dias, também. Mais do que tudo. E eu sei que ele tem outra mulher e outra vida. E se a mamãe e o Sr. Reynolds começarem a namorar ou, pior ainda, se casarem. Será que eles vão querer começar uma nova vida sem mim, também? Eu tranquei a minha porta e abri meu armário. No fundo, nas sombras mais escuras, estava a minha raquete. Eu sei que ela está lá apesar de estar escondida atrás das roupas. Sinto sua presença quando estou no meu quarto, algo como a criptonita para o Superman. O desespero me lava. Eu estendi a mão e peguei o cabo, o peso da raquete era estranho mas, ao mesmo tempo, familiar. "Maggie, abra a porta." Pânico. "Só um segundo." Eu atirei a raquete no armário e destranquei a porta. Mamãe está me olhando de forma estranha. Eu tirei o cabelo do meu rosto, esperando que ela não pudesse ver através de mim e perceber que eu sempre soube onde minha raquete estava perdida. "Mãe, o que foi?" "Eu estava pensando. Sobre o Lou, meu chefe. Estava falando sério quando disse que eu deveria convidá-lo para o jantar?"

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

147


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Vinte e sete Caleb Eu pedi a Brian para me encontrar no parque para um pouco de um-contra-um. Estou praticando lances livres quando ele chega em seu Yokon. "Você parece um homem de meia idade nessa coisa", digo. Ele faz uma cara como se ele se sentisse insultado. "É melhor do que o carro que você dirige". "Não dirijo nenhum". "Exatamente". Nós estamos encarando um ao outro. Digo o que precisa ser dito. "Escute, sobre você e Kendra. Que tal uma trégua?" "É justo". Eu passo a bola pra ele. Ele dribla a bola muito longe do seu corpo, então eu o empurro e agarro-a levando pra longe dele. "Basquetebol ainda não é seu jogo, não é?", digo enquanto driblo na quadra. Brian arrasta os pés para trás, seguindo cada movimento meu. Quando paro, suas mãos estão levantadas prontas para bloquear meu lance. "Me tenha em um tatame de luta livre e chutarei seu traseiro". Eu lanço. Ela rebate fora do aro e Brian consegue o rebote. Brian é um jogador ansioso. Ele corre pela quadra e lança muito rapidamente, falhando a cesta por uma milha. A bola aterrissa na grama. Eu volto a colocar a bola em jogo. "Você é um peso leve, Bri", digo. "Eu te imobilizaria em menos de dez segundos". "Então, pare de falar e comece a agir, grandão, amanhã depois da escola".

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

148


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu rodeio Brian e faço um fácil lay-up40. "Tenho que trabalhar". Ele detém a bola. "Você diz isso, mas nunca diz onde. Rumores dizem que você é homo e se encontra com seu amante depois da escola. É ele quem te deu o machucado no rosto?" Meus músculos começam a ficar tensos. "Não me venha com essa merda". Brian começa a driblar41 pela quadra, seus olhos na cesta. "Por quê? Vai me ameaçar como ameaçou Drew?" Brian joga e a bola encesta. Desta vez eu a seguro debaixo do braço, parando o jogo. "Ele estava tentando me tirar do sério e você sabe disso". Meu velho amigo cruza os braços sobre o peito. "Você mudou Caleb. Eu nem te conheço mais. E isso não tem nada a ver com Kendra". "Besteira. Eu continuo sendo a mesma pessoa". Ele ri. "Você tá na defensiva. Todo mundo sabe, exceto você. Essa é a parte assustadora". Não, a parte assustadora é que as pessoas não se dão conta do quanto eles mudaram. "Então, todo mundo é o mesmo, exceto eu?" "Não, cara. Todo mundo mudou, ninguém é o mesmo. Você é o único que não consegue aceitar. Você já não é um estudante do segundo ano, você não está mais namorando Kendra, você não é mais o garanhão da luta livre. Você é um cara durão, um taciturno expresidiário". Eu vou mostrar a ele um taciturno ex-presidiário. Driblo a bola pela quadra, e quando Brian se mete no caminho eu o empurro antes de fazer a jogada. "Falta!", grita Brian.

Pelo que eu pesquisei: A expressão tem como significado o arremesso de basquete feito com uma das mãos de uma posição abaixo ou ao lado da cesta (normalmente de tabela). O termo provavelmente se origina do verbo to lay up que significa armazenar. 41 No original: ‘Dribbling down’, é tipo um drible com a mão, tocando a bola pra baixo. 40

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

149


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Você disse pra eu aceitar minha identidade de durão ex-presidiário. Só tô aceitando sua sugestão." Eu estendo a mão. Ele olha pra mim com desconfiança, então agarra meu pulso enquanto o levanto. Eu faço outras três cestas e recupero dois dos rebotes de Brian. "Sabe do que você precisa?", diz Brian enquanto enxuga o suor da testa. "Um novo melhor amigo?‛, sugiro. "Não. Você precisa de uma namorada. Nomeie uma garota que você acha que é quente. Só manda um nome". ‚Maggie Armstrong". "Não, sério. Me de um nome". "Eu to falando sério". "Cara, isso é doente. Você foi pra prisão por causa dela". "Estou bem ciente disso". "Tá me dizendo que você tem tesão pela Maggie Armstrong? Sua vizinha? A garota que anda estranho, porque você passou por cima da sua perna com o seu carro?" "Brian, você está começando a agir como o Drew". Brian parece confuso, como se ele estivesse tentando compreender o que eu acabo de admitir na frente dele. Então ele começa a rir. Ele não consegue parar e cai no chão em histeria, segurando seu estômago. "Isso é... hilário!", ele grita quando consegue recuperar o fôlego. "Oh meu Deus. não pode ser verdade...", diz ele, depois volta a rir histericamente de novo. Eu estou considerando seriamente chutar o traseiro dele nesse instante. Mas este não é Vic ou Drew, é Brian. Pego a bola e volto pra casa, mas não antes de dizer a Brian que ele vá para o inferno. Ninguém está em casa; tenho a casa só pra mim. Quero gritar a todo pulmão, mas quando Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

150


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

estou a ponto de fazer, a campainha toca. Brian é um idiota se for estúpido o suficiente de vir aqui rir na minha cara de novo. Talvez, no fim das contas, eu usarei sua cabeça como saco de pancada. Mas eu abro a porta e meu ex melhor amigo não está parado na minha frente. É Kendra, minha ex-namorada. Lábios brilhantes e tudo mais. "Oi", diz ela. "Oi". "Seus pais estão em casa?" "Não", ela já sabia que eles não estavam. "Posso entrar?" Eu abro mais a porta. Ela sobe a escada direto para o meu quarto. Vejo suas costas e meus olhos se enfocam em sua calcinha fio dental sobressaindo da parte superior do seu short antes de segui-la. Fechando minha porta, como sempre faço quando estamos prestes a dar uns amassos, eu me inclino contra a porta e a olho. Mas desta vez não vamos dar uns amassos. Eu sei disso. Ela não sabe, obviamente, posso dizer pela forma que esta vestida. Uma blusa ridiculamente decotada, juro que seus mamilos estão milímetros abaixo da gola de babados. E seu short revela muito mais do que jamais quero que uma namorada minha revele. Mas ela não é minha namorada, ela é de Brian. Kendra vagueia ao redor do meu quarto, tocando minha mesa, meu closet, e minhas prateleiras de livros. Quando ela pega meu sabre de luz e o acende, estou tentado a dizerlhe para não tocá-lo. "Quando você vai se livrar desses brinquedos?", pergunta, agitando-o no ar. Eu não respondo. Suspirando, ela diz, "Sei que Brian te contou sobre ele e eu. Mas eu ainda te amo, você sabe", ela encurta a distância entre nós, tão perto que posso cheirar seus lábios de cereja. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

151


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Ela os lambe e se inclina para um beijo. Eu viro meu rosto. "O quê? Um namorado não é o suficiente pra você?" "Eu quero ambos". "Acabou, Kend. Mais que acabado". "Não está e você sabe. Por que... e eu sei que isto soa egoísta, mas é verdade... eu não quero que mais ninguém tenha você". "Termina com Brian. O cara quer casar com você". Ela ri. "Meus pais pensam que ele é bom pra mim, então estou seguindo o jogo. Além disso, eu preciso de um namorado com que possa estar em público. Mas você pode ser meu namorado privado, CB". "Nunca vai acontecer". "Quer apostar?", ela recua, aponta a ponta do sabre pra mim, e empurra a ponta cega contra minha garganta. Um sorriso perverso cruza sua boca. "Você pode ser o meu pequeno segredo. Você gosta de guardar segredos não é, Caleb?" Meu pulso se acelera, e o clima no quarto muda instantaneamente. Um pensamento queima em meu cérebro... ela sabe. "O que você quer?", digo sem alterar a voz. "CB, não pareça tão triste. Eu só quero você", diz ela, em seguida baixa o sabre e vem para outro beijo. Desta vez eu não me afasto.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

152


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Vinte e oito Maggie Demorou uma semana para mamãe convidar o Sr. Reynolds para jantar. Ela me perguntou umas vinte vezes se estava tudo bem comigo. Eu não tive coragem de dizer que não. O Sr. Reynolds entra em casa vestindo um terno cinza de três peças 42 e gravata vermelha, como se fosse ao tribunal por uma infração de trânsito. Em suas mãos está uma dúzia de tulipas lilás para minha mãe e uma caixa de chocolates Frango 43 para mim. "Obrigada", digo sem jeito quando ele me dá a caixa. Devo abri-la agora, ou esperar até mais tarde... ou amanhã? "Porque não se senta e fica a vontade, Lou", mamãe diz nervosamente, suas mãos brincando com o vestido preto e sofisticado que decidiu usar. "Deseja uma bebida? Vinho... brandy... refrigerante?‛ O Sr. Reynolds sorri, um sorriso caloroso que posso dizer que é sincero. "Surpreenda-me". Mamãe ri, um riso doce, suave que não ouvia há anos. Quando mamãe está na cozinha, o Sr. Reynolds se vira para mim. "Como é voltar à escola depois de estar afastada por um ano?" Dou de ombros. "Bem, eu acho". Ele olha pela janela. Onde minha mãe está? O relógio sobre a cornija de lareira 44 está fazendo tique-taque, cada segundo um lembrete de como o tempo passa devagar. Tique-taque. Tique-taque. Tique-taque. O Sr. Reynolds esfrega as mãos. Posso dizer que está tão ansioso como eu para que minha mãe volte. Tique-taque. Tique-taque. Tique-taque.

Terno de três peças consiste em casaco, colete e calças. Frango: Marca de trufas de chocolates tradicionalmente aromatizados com hortelã. 44 http://img.alibaba.com/photo/51200187/Wooden_Fireplace_Mantel.jpg 42 43

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

153


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quero pedir licença e me esconder no meu quarto. Eu não acho que eu possa lidar com minha mãe tendo um encontro com alguém que não seja meu pai. Justo quando estou a ponto de levantar e me desculpar, ela chega com três bebidas e um grande sorriso. "Martinis para nós, Sprite para Maggie". O Sr. Reynolds toma o copo da minha mãe. Suas mãos tocam-se ligeiramente quando ela entrega a ele. Eu sei que a incentivei a convidar o Sr. Reynolds, mas ele é muito grande, muito loiro, e... e não é meu pai. Eu me levanto. Mamãe olha pra mim, sua expressão cautelosa. "Aonde vai querida?" "Para o meu quarto. Esqueci de ligar para Danielle". Mamãe tem esse olhar de cachorrinho em seu rosto; acho que ela sabe que estou mentindo. Em meu quarto abro a primeira gaveta da minha escrivaninha. Em um envelope mantenho o número de telefone do meu pai. Minhas mãos tremem enquanto disco o número dele. Toca três vezes antes de ele atender. "Jerry Armstrong aqui" "Hm... Pai?" "Maggie, é você?" "Sim." "Como está indo minha menina?" "Tudo bem". "E sua perna? Da ultima vez que conversamos você estava tendo um pouco de dificuldade". Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

154


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Está melhor, eu acho". É bom falar com meu pai. Escutar sua voz familiar dissipa a nuvem negra que sempre parece pairar sobre mim. Não quero lhe dizer a verdade sobre minha perna, porque só quero compartilhar boas notícias. Se eu for positiva, então talvez ele não vá querer esquecer que sou sua filha. "Ótimo. E a escola?" Engulo a realidade e digo tão alegremente como posso: "Perfeita. Estou ficando toda como..." minto. "Wow". Há silêncio, mas eu não quero que ele desligue. Sinto-me desesperada. Ele soa entusiasmado, mas não tenho certeza. "Como está sua mãe?", finalmente diz, quebrando o silêncio. No momento está tendo um encontro com seu chefe em nossa sala de estar. "Ela está bem". "Fico feliz em ouvir. Sinto saudades, querida". "Eu também sinto saudades. Quando posso te ver?" Não importa quantas vezes prometo a mim mesma que não vou implorar, mas falho. É como se algo dentro de mim se quebrasse quando penso que ele vai terminar a conversa. Quero gritar, Não sou boa o suficiente? Mas não faço. "Em breve, quando os negócios se estabelecerem". A nuvem negra retorna... Eu ouvi essas mesmas palavras antes. Muitas vezes. "Maggie, você pode me fazer um favor?" Estou segurando as lágrimas, quando digo: "O quê?" "Diga a sua mãe que lhe enviei um cheque semana passada. E que seu advogado pare de Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

155


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

ligar para o meu. Esta me custando uma fortuna toda vez que ele liga, uns cento e cinqüenta por hora‛. "Eu digo a ela". Alguém esta falando ao fundo e posso dizer que estou perdendo sua atenção. "Tenho que atender outra chamada, querida. Desculpe-me, é importante. Te ligarei em breve‛. "Tudo bem. Eu te amo, papai". "Eu também te amo, Mags". Click. Engulo em seco e apoio minha cabeça contra a parede. Por mais que eu diga que não a mim mesma, estou chorando. Gostaria de me jogar em minha cama e chorar no meu travesseiro, mas provavelmente minha mãe ouviria. O telefone toca, me assustando. Ainda estou segurando o fio na minha mão. Poderia ser meu pai ligando de novo tão cedo? Ele sempre diz que vai ligar, mas nunca faz. Talvez ele tenha mudado. Talvez se deu conta depois de ouvir minha voz que sente tanto minha falta que não pode mais agüentar. "Alô?" digo animadamente. Há uma hesitação na linha, em seguida, uma gravação com voz feminina diz: "Aqui é High Spring Water Company lembrando a você que há um especial em nossas garrafas d’{gua de cinco galões nos mês de outubro. Se deseja pedir...‛ Desligo o telefone no meio da gravação. Deus, eu me sinto tão sozinha. Não há ninguém na minha vida que entenda remotamente o que estou passando. Exceto uma pessoa. Meus dedos discam o número dos Becker automaticamente antes que meu cérebro possa compreender o que estou fazendo. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

156


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Alô?" É ele... Caleb. Eu nem sei o que dizer. "Maggie? Sei que é você, temos identificador de chamadas". Esqueci disso. "Oi", murmuro. "O que foi?" Lágrimas vêm aos meus olhos. "Eu só... queria falar com você". "Porque você tá chorando? Está ferida? Caiu?" Não posso falar porque não quero que ele saiba como sou fraca... o quanto preciso de sua amizade neste momento. Deus, todos esses anos pensei que iria morrer se ele não me amasse tanto quanto eu o amava. Mas agora percebo quão estúpida fui. "Se você não me responder, irei para aí, tanto faz se sua mãe esteja aí ou não", sua voz é forte e dominante, e sei que ele quer dizer isso. "Não, não venha. Você pode me encontrar no Parque Paradise em dez minutos?" "Estarei ali", promete. Uso a manga da minha blusa e limpo os olhos. "Caleb?" "Sim?" "Obrigada". Respingo água em meus olhos no banheiro, digo a mamãe que estou indo ver Danielle, e me encaminho ao parque. Caleb chega um minuto depois vestindo jeans e uma camiseta com uma camisa de abotoar simples sobre ela. Ele desacelera seu passo quando me vê e, sem uma palavra, me puxa para um abraço. Agora perco o controle, diretamente em sua camisa. Agarro-me a ele quando os soluços começam e não param. Deixo sair tudo... o encontro da minha mãe, a conversa com meu pai, minha confusão sobre tudo. Caleb não ri, não se afasta, não fala... ele só me deixa ser eu. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

157


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quando me acalmo, vou para trás e vejo a bagunça que eu fiz em sua camisa. "Deixei sua camisa toda nojenta", digo entre fungadas. "Esqueça a camisa. O que está acontecendo? Não consegui entender uma palavra do que você murmurou no meu peito". Agora estou meio rindo e meio chorando. Ele olha para minha mão. Eu também. Ele lentamente a alcança e toma meus dedos nos seus. Deus, como eu sonhei com a gente de mãos dadas todos aqueles anos atrás. Ele pega minha mão na sua e nós caminhamos juntos pela rua. Levanto os olhos para os dele. Geralmente eles são sombrios e melancólicos, mas agora vejo um calor que eu nunca tinha notado antes. Ele me leva até o velho carvalho. Nós dois nos sentamos, então ele se inclina para trás contra a árvore ao meu lado e solta minha mão. "Ok, agora fala". É fácil porque não tenho de olhar para ele, só tenho que deixar sair todas as coisas que estão acontecendo de errado na minha vida. Respiro fundo. Vou tentar dizer tudo sem ficar histérica outra vez. "Minha mãe teve um encontro, com seu chefe e filho da Sra. Reynolds. Acho que minha mãe gosta dele, mas não sei se estou pronta pra ela começar a namorar. Eu sei que é egoísta, mas meu pai praticamente me ignorou desde o divórcio. Voltou a casar, você sabe. E acho que sua esposa quer um filho, como se ele já não tivesse uma. Para completar, meu médico disse que eu deveria jogar tênis novamente, e cada vez que penso nisso minha garganta começa a se fechar e tenho que lembrar de respirar...e então eu te ligo porque você é o único com que sinto que posso falar. O que é ridículo, porque é você‛. Caleb brinca com um pedaço de grama que arrancou do chão. "Você acha que sua mãe seria feliz com esse cara, o chefe?", pergunta. Volto a pensar na forma que mamãe riu no Festival de Outono e como ela estava nervosa esta noite. "Sim, eu acho. Mas essa é a parte que me assusta. É como terminar um capítulo de sua vida e começar de novo. Uma mãe solteira, namorados... tanta coisa mudou". Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

158


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Você está enfatizando muito no que poderia ser. Faça algo para tirar da sua mente pensamentos sobre o que nunca poderia acontecer". "Como o quê?" "Pegar uma raquete". "Isso não é engraçado", digo, já ficando tensa e querendo fugir. "Não estou tentando ser engraçado, Maggie", eu o ouço suspirar, uma respiração baixa que sai lenta. "Posso ver suas cicatrizes?" Oh, meu Deus. "Não", balanço a cabeça freneticamente enquanto continuo olhando para o chão. E estou ciente que minha respiração ficou mais pesada. "Por favor, não enlouqueça‛. "Não estou". "Está. Fui pra prisão por algo que te fiz e não faço nem idéia de como parece". Viro minha cabeça e estou encarando seus olhos, mais escuros e mais intensos do que já vi. "Porque está me olhando assim?" "Você se lembra do acidente?", pergunta, totalmente focado em minha resposta. Nego com a cabeça. "Não se lembra de nada? Nossa conversa antes do acidente, eu te atropelando com o carro? Nada mesmo? "Não. É um grande vazio. Só sei o que as pessoas me disseram". Ele pisca, então olha pro outro lado. "Brigamos, você e eu". "Sobre o quê?"

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

159


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Ele dá uma risada, curta e cínica "Kendra". Estou tentando respirar de maneira uniforme para não lhe dar indício de que lembro. Cada palavra que ele cuspiu em mim quando eu disse a ele que o amava. É a única parte daquela noite que está clara como cristal para mim. O resto está preso em uma enevoada escuridão. "Não lembro", minto. "Você disse que ela estava me traindo, que a viu com outro cara, mas você não quis me dizer quem. Você tinha razão, sabe", diz. "Ela estava com Brian antes de eu ser colocado na prisão". Ele está me olhando outra vez, e desta vez não posso desviar o olhar. "Você também disse que me amava". Engulo, ainda hipnotizada por seus olhos. Aqueles olhos que nunca me deram um olhar de relance um ano atrás estão queimando nos meus. "Eu não me lembro", sussurro. "Maggie-" Ele pega minha mão na sua e coloca minha palma contra sua face áspera com um dia de barba por fazer. Ele vira a cabeça e beija a parte interna e sensível da palma da minha mão, seus olhos segurando os meus. "Eu deveria ter feito isto há um ano". Meu coração dá cambalhotas quando ele se inclina e toca seus lábios nos meus.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

160


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Vinte e nove Caleb Eu não consegui dormir na noite passada, o que não tem nada de novo porque todas as minhas noites são preenchidas com inquietação. Mas na noite passada não foram pesadelos da prisão que me mantiveram acordado, ou da noite do acidente e o que eu poderia ter feito diferente. Eu estava revivendo o que aconteceu há poucas horas. Beijar Maggie foi à coisa mais estúpida que já fiz. Mas olhar em seus olhos tristes e em seu rosto vulnerável me fez querê-la mais do que eu jamais quis algo em minha vida. Na noite passada emoções reais estavam no ar. Na noite passada honestidade estava no ar. Me senti tão cru. Enquanto estava me vestindo para a escola, pensei sobre a nossa conversa após o beijo. Ela estava nervosa, eu poderia dizer pelo tremor de seus lábios contra os meus. Ela fechou os olhos e agarrou-me quando nossos lábios se encontraram. Eu juro que nunca estive mais excitado. Quando eu me inclinei para trás, ela tinha um olhar preocupado no rosto como se eu fosse dar a ela uma nota de reprovação em suas habilidades no beijo. Eu não posso acreditar que isso aconteceu, ela disse. Eu nem sequer sei como eu respondi. Tudo que eu lembro é esse sentimento de estupidez que se derramava sobre mim, e que eu quis saber o que me fez beijar uma garota que eu deveria evitar me aproximar a todo custo. Mas estar perto dela parecia tão certo, que eu não pude resistir a ela. Nós já passamos por muitas coisas, nossas vidas estão laçadas numa teia e nós estamos presos nesta teia juntos. O mais estranho é que eu não quero sair dela. Maggie está frustrada, ela está confusa, ela está com raiva... e ela cantarola essas músicas ridículas quando ela está trabalhando na casa da Sra. Reynolds. Você acharia que eu ia enlouquecer com isso. Eu não posso evitar gostar quando ela sopra seu cabelo fora do rosto quando ela está trabalhando, ou quando ela olha de lado para a Sra. Reynolds quando ela está insistindo que Maggie está plantando seus estúpidos bulbos errados... e quando ela não está cantarolando, eu tenho que resistir à vontade de dizer-lhe para continuar. Entenda, Caleb. Depois que você a beijou ela correu para casa o mais rápido que pode. Ok, então depois que eu a beijei ela me deixou na árvore perguntando-me como fui me Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

161


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

meter nessa confusão. Tanto quanto eu quero Maggie, eu não posso tê-la. Talvez eu devesse escrever uma carta e colocá-la em seu armário, me desculpando pela noite de ontem. Eu me sentei em minha escrivaninha e puxei uma folha de papel. Maggie, Me desculpe pela noite de ontem. Caleb Eu li para mim mesmo e soou idiota. Eu amassei-o e comecei de novo. Maggie, Se eu te assustei ontem à noite, me desculpe. Foi um inofensivo beijo que não significou nada. Caleb Eu amassei-o logo que eu terminei de assinar o meu nome. Porque esse beijo realmente significava algo. Os beijos de Kendra são mais ocos para mim do que uma flauta. E, caramba, eu não estou arrependido por ter tido esse deslize e ter me aproximado de Maggie. Eu queria beijá-la e eu ainda quero beijá-la. Ok, então eu prefiro dizer para ela algo como Vamos tentar de novo, mas eu me contentaria se ela não fugisse. Tentando entender, eu vou para a escola mais cedo e tentei esquecer Maggie e a noite passada. Eu caminhei com dificuldade durante o dia, até começar a aula de informática. Maggie está sentada na frente, com os olhos fixados na tela em sua frente. Ela nem percebeu quando eu entrei. Eu esperava obter algum sinal dela de que tudo está bem entre nós, mas fiquei no zero. Ah, sim. Eu realmente consegui alguma coisa – Kendra. Ela me dera seus melhores sorrisos de sedução o dia inteiro, prometendo satisfazer todas as minhas fantasias. Mal sabe ela que minhas fantasias estão consumidas com uma garota que se recusa a olhar na minha direção. Para minha sorte eu consegui descartar Kendra e seu decote super exposto durante todo o dia. Me dirigi para o ônibus depois da escola, tentando sem muito sucesso não me surpreender se Maggie sentasse na frente, ao invés de perto de mim. Eu me atirei num banco na parte de trás e avistei sua camiseta rosa e calça jeans desbotada vindo pelo corredor. Seus longos cabelos cobriam o lado do rosto, como se estivesse protegendo-o de meu olhar. Ela passa os bancos da frente e se dirige para a parte de trás, nunca olhando para mim. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

162


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quando ela deslizou ao meu lado e o ônibus sai da escola, deixei escapar um suspiro. Estar na escola está me estressando. O olhar dos professores, o olhar das crianças... todo mundo olha para mim esses dias, exceto Maggie. Eu olho para baixo para nossos joelhos, tocando ligeiramente. Jeans contra jeans. Será que ela percebeu a transferência do calor de seu corpo ao meu? Será que ela percebe o que ela está fazendo comigo? Eu sei, eu sei, eu não sou virgem e o menor toque do joelho de uma garota está me deixando insano. Eu nem mesmo sei o que estou sentindo por Maggie, eu só sei que eu estou sentindo. É algo que eu tenho tentado evitar e negar até ontem, quando eu a segurei em meus braços, enquanto suas lágrimas se derramavam sobre minha camisa. Deus, nossos joelhos se tocando não é o suficiente. Preciso de mais. Ela está com os dedos entrelaçados no colo, como se ela não soubesse o que fazer com eles. Eu quero tocá-la, mas e se ela se afastar como antes? Eu nunca fui tão covarde com uma menina na minha vida. Eu mordi meu lábio inferior enquanto eu deslizava minha mão um milionésimo de milímetro mais perto da mão dela. Ela não pareceu amedrontada então eu pus minha mão mais perto. E mais perto. Quando as pontas dos meus dedos tocaram-lhe o pulso, ela congelou. Mas ela não puxou sua mão. Deus, a pele dela é tão suave, eu pensei enquanto meus dedos trilhavam um caminho de seu pulso para os nós dos dedos e para suas unhas feitas e macias. Eu juro que tocá-la como eu estava fazendo me deixa louco. É mais erótico, mais intenso do que qualquer outro momento com Kendra. Eu me sinto tão desajeitado e inexperiente, como um virgem de novo. Eu olhei para cima. Todo mundo estava indiferente à intensidade das emoções correndo solta na parte de trás do ônibus público. Quando eu olhei novamente para a minha mão cobrindo a dela, eu estava agradecido por ela não retomar seus sentidos e se afastar. Como se ela soubesse dos meus pensamentos, nós dois viramos nossas mãos ao mesmo tempo e agora nossas mãos estão palma com palma ... dedo com dedo. Sua mão parecia muito pequena perto da minha. Isso a fez parecer mais delicada e pequena do que eu percebi. Eu sinto uma necessidade de protegêla e ser seu herói se um dia ela precisar de um. Com uma leve mudança de minha mão, eu entrelacei meus dedos com os dela. Estou de mãos dadas. Com Maggie Armstrong. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

163


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu não vou nem pensar em quão errado isso é porque parece tão certo. Ela evitara olhar diretamente para mim, mas agora ela virou a cabeça e nossos olhos se cruzaram. Deus, como é que eu nunca havia reparado antes quão grandes seus cílios eram e como os seus olhos castanhos tem partículas de ouro que brilham quando o sol brilha sobre eles? O ônibus parou de repente e eu olhei pela janela. É o nosso ponto. Ela deve ter percebido isso, porque ela puxa a mão dela da minha e pôs-se de pé. Eu sigo atrás dela, ainda cambaleando. Nós chegamos à casa da Sra. Reynolds. Eu posso sentir o cheiro de biscoitos invadir-nos, enquanto caminhamos para dentro. "Oh, estou tão feliz que vocês estejam aqui", recitou a Sra. Reynolds. "Vamos na cozinha. Eu tenho ..." A velha senhora ergueu a cabeça para o lado, olhando para Maggie e eu em sua sala. "Está quente lá fora?" Perguntou ela. Maggie sacudiu a cabeça enquanto eu disse: "Não exatamente." "Então por que vocês dois estão tão vermelhos?" Perguntou ela, erguendo as sobrancelhas. Ah, merda. Enquanto Maggie deu de ombros e se dirigiu para a cozinha, eu informei a velha senhora: "Eu sou um homem. Eu não fico vermelho." "Aham", disse ela. Depois de comer os biscoitos, que ela insiste que são sua própria Snickerdoodle receita secreta eu me dirigi para fora. Enquanto eu estou trabalhando, eu olho secretamente para Maggie enquanto ela se ajoelha no chão e plantas os bulbos com as instruções verbais da Sra. Reynolds nunca muito longe dela. Quando a velha senhora cochilou, eu escutei Maggie cantarolando enquanto eu trabalhava no gazebo. É tranquilizante. Sua voz flutua pelo ar enquanto eu trabalho. Mas quando a cantoria parou, eu olhei em volta e Maggie não estava lá. Me dirigi à casa. Eu a vi tirando limões da geladeira. Eu a observei cortando-os e espremendo-os em uma jarra.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

164


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Você está me seguindo?" ela perguntou, mas não me olhou nos olhos. "Sim", eu disse. "Por quê?" "Honestamente?‛ Ela olhou para mim, as sobrancelhas levantadas. Dei-lhe a única resposta honesta e verdadeira que eu tenho. "Você está aonde eu desejo estar".

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

165


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Trinta Maggie "Maggie!" a voz alta da Sra. Reynolds ecoou pela casa. Caleb se afastou e me olhou desamparado. Então ele disse: "Eu acho que essa é a minha deixa para voltar ao trabalho", e saiu da cozinha. Estou aqui de pé, segurando metade de um limão em minha mão. Estou sem palavras, estou animada ... Estou destruída. Caleb quer estar onde estou. Ele não é qualquer cara. Ele é CALEB BECKER, o menino com o qual eu sonhei pelo que parecia ser a minha vida inteira. O menino que eu costumava observar da minha janela só para me ajudar a suportar a saudade até a próxima vez que eu estaria na mesma sala que ele. Este é o rapaz que me atingiu com seu carro e me deixou na rua. Mas quando eu olho em seus olhos, eu posso dizer que ele não é o mesmo Caleb Becker que eu conhecia. O Caleb antigo só se preocupava com ele mesmo. Eu nunca pensei que ele observasse ou se preocupasse com o mundo ao seu redor. Será que o meu coração começou a perdoá-lo? Eu fugi na noite passada porque o nosso beijo foi perfeito. Como eu sempre sonhei que nosso primeiro beijo seria. Com medo de que ele não quisesse jamais me beijar de novo, ou risse, ou ... que alguma coisa mudasse isso para algo menos perfeito, eu fugi. Quando o ônibus nos deixou na esquina de nossas casas, perguntei a Caleb se ele queria entrar. "Sua mãe está em casa?" ele perguntou. "Não por pelo menos mais uma hora." Ele deu de ombros e disse: "Claro." Eu o conduzi para minha casa e até o meu quarto. "Minha mãe surtaria se soubesse que você está aqui, no meu quarto ... sozinho." Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

166


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Sim, minha mãe também", disse ele. "Você quer que eu vá embora?" Eu sorri. "Não." Devemos fazer nossas próprias escolhas, não deixar que nossos pais as façam por nós. Ele estuda a decoração rosa e amarela do meu quarto, andando ao redor do perímetro. Ele pegou um par de luvas de boxe vermelhas e brancas que eu tenho penduradas em cima da minha cama. "São suas?" "Eu as ganhei quando estava no hospital", disse a ele. "Você sabe, para me lembrar de continuar lutando." Ele sorriu melancolicamente para as luvas de boxe. "Eu estou cansado de lutar. Eu estou cansado de reviver o acidente." Ele disse quase para si mesmo, como se fosse um pensamento particular que ele estava compartilhando comigo. Eu tirei as luvas de suas mãos. "Eu também". E pela primeira vez desde aquela fatídica noite, eu realmente queria dizer isso. Quando seus olhos penetraram os meus eu perguntei: "Por que você está aqui? De verdade." Ele sacudiu a cabeça. "Eu não sei." Ele passou a mão sobre a cabeça, frustrado. "E Deus, eu sei que isso é uma loucura e eu deveria ficar o mais longe de você que eu possa ficar, mas ... e esta parte está me deixando louco ... quando estou perto de você, eu finalmente posso sentir as coisas novamente. Eu fiquei acordado essa noite pensando em abraçar você, até que toda a dor e a paralisia foram embora. Como se eu precisasse de você para ser são. Eu pensei que fosse Kendra, que ela me faria esquecer. Mas é você. Isso não é foda, Maggie? Porque talvez se você me disser que é foda eu vou acreditar". "Não é loucura, não como um tiro no escuro", eu gaguejei, então fui até ele e abracei-o o mais apertado possível. Ele pôs seus braços em volta de mim e me abraçou tão apertado quanto. "Será que um dia você vai me perdoar?" perguntou ele, com a voz trêmula. Uma lágrima escorreu pelo meu rosto. Eu sinto sua umidade quente na minha pele. Eu não sei o momento exato em que aconteceu, mas algo mudou. Eu mudei. E eu acho que é porque eu finalmente me livrei do passado. Estou pronto para viver minha vida novamente. "Eu já o perdoei, Caleb." Eu disse a ele. Ficamos assim por um longo tempo. Eu não sei quanto tempo passou. Era como se eu estivesse tirando a dor dele e ele estivesse tirando a minha. Antes, eu estava confusa ... Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

167


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

como eu me sentia sobre ele, como eu me sentia sobre o acidente. Mas quando ele estava me abraçando, eu me livrava do sentimento de traição que eu guardei durante o ano passado. Quando ele se soltou, eu o ouvi fungar e o observei enxugar os olhos com as costas da mão. "Caiu algo no meu olho." "Não há problema em chorar, Caleb. Eu não vou contar a ninguém." Eu olhei para o meu armário, onde a minha raquete está escondida. "Eu choro bastante." "É? Bem, eu vou mudar isso". Ele já mudou. "Minha mãe vai chegar em casa a qualquer minuto", eu disse enquanto olhava para hipnotizantes olhos azuis. "É melhor eu ir, então." Eu afirmei com a cabeça. "Ok". Ele chegou mais perto, tão perto que eu posso sentir seu coração batendo contra o meu. Eu prendo a respiração quando ele se inclina para trás e coloca a mão na minha bochecha. Ele passou levemente o dedo em meus lábios com o polegar, traçando meu lábio superior e lábio inferior enquanto movia o polegar entre eles. "Você tem lábios suaves", disse ele. "Você já sabe que eu não sou, uh, muito experiente em beijar", eu disse timidamente, em seguida, olhei para baixo e quebrei o nosso contato. Eu não podia olhar para ele enquanto eu dizia isso. "Quer dizer, eu não sou realmente como Kendra nesse departamento. Você provavelmente está acostumado com as meninas que sabem o que estão fazendo, e eu sou nova nisso e estou muito, muito envergonhada de estar fazendo mal ou errado ou ... oh, eu estou realmente bancando a boba agora. " "Eu não ia te beijar." "Não ia?" Eu olhei para ele. Bem, é claro que ele não ia, estúpida. Por que ele ficaria comigo quando ele pode ficar com alguém que realmente sabia o que estavam fazendo, alguém que não é responsável por enviá-lo para a prisão, o meu cérebro me dizia. "Não.. A próxima vez que eu te beijar eu vou fazer sem pressa, e você disse que sua mãe vai chegar a qualquer minuto." Eu verifiquei o relógio na minha mesa de cabeceira e afirmei com a cabeça.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

168


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Ele mordeu o lábio inferior, mergulhado em pensamentos. "Não, da próxima vez que eu te beijar vai durar muito, muito tempo. E quando terminarmos você vai perceber que excitarse não tem nada a ver com experiência". Enquanto eu ainda estava impressionada, Caleb saiu de minha casa.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

169


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Trinta e Um Caleb É domingo. Domingo de futebol. Estou no Dusty’s Sports Bar & Grill com o pessoal, j{ que podemos sentar na área de refeições e assistir ao jogo das três grandes telas embutidas em todo restaurante. O lugar é decadente- até mesmo as escuras mesas e cadeiras de madeira cambaleiam por serem tão velhas. Mas suas telas de televisão são grandes e novas, os quais atraem caras das três cidades mais próximas nas tardes de domingo. Eu me pergunto o que Maggie está fazendo hoje. Ela trabalha para a Senhora Reynolds no período da manhã, mas provavelmente vai voltar para casa mais cedo. Ela está em casa agora, sentada em seu quarto? Ou está na fisioterapia? "Viu isso, Caleb?" pergunta Tristan enquanto a multidão no bar gemia. "Desculpa, cara, perdi", Estava pensando em alguém que não tenho direito de pensar. Balançando a cabeça, Tristan aponta para a tela. "Juro, Guerrera precisa de um pouco de cola nas mãos para poder manter a bola em seu domínio. É o terceiro fumble 45". "Quarto‛ corrigiu Drew. Eu não estava no jogo hoje. Pego Brian olhando para a porta e sinalizando a quem quer que acabe de entrar no restaurante. Eu me viro. É Kendra. Seguida por Hanna, Brianne, Danielle e Sabrina. Não acho que suas animações de luta livre combinem muito bem com esse lugar. Mas então, talvez sim.

Frumble no futebol americano dos Estados Unidos e do Canadá ocorre quando um jogador, que tem a posse e controle de bola a deixa cair. 45

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

170


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"O que as garotas estão fazendo aqui?" pergunta um frustrado Tristan a Brian, que obviamente as convidou. "Não podemos mudar as regras só desta vez? Kendra realmente queria vir". "Ugh, vou ficar doente" diz Drew, fingindo arcadas. "Ela tem você pelas bolas, cara. Quando você vai se dar conta?" Drew, o imbecil auto-proclamado do nosso grupo, pela primeira vez em sua vida tinha razão. Assim que estou pronto para proclamar Drew um gênio perspicaz, as garotas chegam à mesa. Kendra esta usando jeans apertado e um suéter dos Bears 46. O suéter de Brian, o mesmo que eu lembro vê-lo usando todos os domingos. Brian está olhando para sua garota troféu, e isto está me deixando doente também. Porque se era assim como eu parecia quando estava saindo com ela; todo com cara de agradecido pelo fato de que uma garota como ela me honrasse escolhendo-me com seu namorado. Alguém atire em mim agora. "Podemos nos juntar a vocês?" Kendra pergunta, mas enquanto as palavras saiam de sua boca, ela já estava puxando uma cadeira ao lado de Brian e fazia sinais às garotas para que encontrassem cadeiras, também. Sério, isso é uma enorme violação ao código 'garotas não são permitidas nas partidas de futebol de domingo'. Posso dizer que Tristan e Drew não estão felizes pela invasão das garotas. A razão pela qual a regra foi criada em primeiro lugar foi a de que todos nós estávamos de acordo que as garotas ( pelo menos as do nosso grupo, também conhecidas como aquelas que estavam sentadas em nossa mesa neste exato instante ) não estão interessadas em assistir jogo. Elas estão interessadas em quebrar nossa concentração. É como um desafio, para ver se podem nos distrair do futebol. "Hey, Caleb" diz Danielle enquanto estaciona sua cadeira ao meu lado. "E aí, o que anda fazendo?" Antes que eu possa responder, a garçonete vem até nossa mesa para servir nossa comida e perguntar às garotas o que gostariam de pedir. "Que tipo de saladas vocês têm?" pergunta Brianne. A garçonete abafa uma risada. 46

Chicago Bears é um time de futebol americano da cidade de Chicago, Illinois.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

171


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Nada de saladas. Temos hambúrgueres, sanduíches de frango, asinhas, e batatas fritas. É só escolher". Brianne está atordoada pelas opções. Posso dizer pelo jeito que olha a garçonete com horror. Este lugar é todo cerveja/álcool para as pessoas- maior de vinte e um anos. A comida ficava em segundo plano. "Eu vou querer uma Coca diet" finalmente diz. Todas as garotas pedem Coca diet. Nada mais. Tristan revira os olhos. "Espera!" diz Sabrina, chamando a garçonete de novo. "Vou querer um hambúrguer. Sem queijo, só simples". "Um hambúrguer simples, cinco Cocas diets" repete a garçonete antes de se retirar. "Eu vou querer um hambúrguer também" diz Danielle cutucando-a. "Simples, como o dela". "Dois hambúrgueres, cinco Cocas diets". Brianna levanta as sobrancelhas. Danielle dá de ombros. "O quê? Eu não almocei e estou morrendo de fome. Além disso, eu estou fora dessa coisa de sem-carboidratos, Brianne". Drew fica de pé abruptamente e coloca as mãos para cima. "Ok, se vocês garotas querem se juntar a nós tem que ser sob algumas regras. Nada de falar sobre saladas, e eu não quero nem ouvir a palavra ‘carboidratos’. Se vocês não virão aqui para falar sobre os Bears ou futebol, ou para recordar o ano de 1985, permaneçam em silêncio. E pelo amor de Deus, se vocês nem sabem de que lado torcer, não espero aplausos ou comentários, sacaram?" As sobrancelhas de Kendra estão franzidas. "O que aconteceu em 1985? Drew, lamento dizer, mas nós não tínhamos nem sequer nascido".

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

172


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Enquanto Drew batia na testa frustrado, um Brian envergonhado cobre a boca de Kendra. "Esse foi o ultimo ano em que os Bears ganharam o Super Bowl47" Brian a informa. Ele retira a mão da boca de Kendra. "Você sabe o que é Super Bowl, né?" pergunta Drew, sentando-se finalmente. "É claro que ela sabe" comenta Brian, então puxa Kendra para perto e mantém seu braço sobre seus ombros. O resto da partida se cumpriu com o silêncio das garotas e vaias e gritos do restante das pessoas no restaurante. Quando acontece de eu olhar para Kendra e Brian durante um intervalo comercial, seu olhar esta dirigido a mim enquanto ela sussurra algo no ouvido de Brian que o faz sorrir maliciosamente. Juro que também a peguei lambendo o lóbulo de sua orelha. Desgostoso, me levanto e vou ao banheiro. Depois de fazer xixi, lavo as mãos e me inclino sobre a pia enquanto checo meu reflexo no espelho. Sou um fodido desastre, incapaz de só relaxar e sair com meus amigos. Especialmente não com as meninas aqui. Especialmente não com Kendra aqui. Ela põe meus nervos no limite, lembrando-me do passado. O acidente. Maggie. A porta do banheiro masculino se abre e sem sombra de dúvida é Kendra que entra por ela. Não estou surpreso. "Seu namorado vai te seguir até aqui", digo. Ela perambula perto de mim, perto suficiente para eu sentir seu perfume forte misturado com gloss de cereja. Exagero total. "Não vai. Ele acha que você está chateado, então eu lhe disse que falaria com você. Ele confia em nós dois". "Ele é um idiota". "Ele também acha que você esta com ciúmes. Está?" "Oh, sim", digo. Ela quer escutar, então eu lhe dou o que quer. É um jogo que ela gosta de 47

É o maior evento desportivo e com a maior audiência televisiva dos Estados Unidos.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

173


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

jogar. Estou farto de jogar, mas é a única maneira de lidar com ela. "Você tem sido esquivo, CB.‛ tente ocupado. "Pensei que tínhamos um acordo". A única relação que quero é a que já tenho, com Maggie. Pode não ser publica, mas é genuína. A única coisa irritante é que eu não sei o que Kendra sabe. Toda vez que estamos juntos, ela sugere saber mais sobre o acidente do que qualquer outra pessoa. Mas e se ela não sabe, e se ela esta zombando de mim? Estávamos tão chapados naquela noite e ela é um peso leve48. Talvez minha ex tenha estado brincando comigo esse tempo todo e eu sou um otário como Brian. Não importa o quanto eu quero, não posso correr o risco de deixá-la alienada. Ela arrasta suas unhas cor vermelho-ardente pela minha camisa como uma aranha, parando quando chega ao meu ombro. Então se inclina. "Você é como uma droga, Caleb. Não consigo deixar". Ela está se revigorando com a perseguição. Não eu. O que ela gosta é que alguém pode entrar a qualquer minuto e nos pegar assim tão perto. É o fator risco que lhe dá adrenalina. "Então porque você estava sugando a orelha de outro cara?". Não sei porque perguntei. Não é que eu me importe. Coloco minha mão em sua cintura, pronto para afastá-la se ela se aproximasse. Estou cheio de ser seu peão. "Só queria conseguir uma reação de você. Funcionou. Pelas passadas duas semanas você não me dá nada, nenhuma emoção ou encorajamento. Brian acha que você esta com Maggie Armstrong. Não é ridículo?" Justo quando estava a ponto de responder, a porta se abre. Drew entra, vendo Kendra e eu, próximos, tocando um ao outro no que poderia parecer um abraço. Não é o que parece, mas dá uma impressão ruim. "Nem vou perguntar", diz Drew, em seguida se dirige aos mictórios. Antes de deslizar seu zíper para baixo, ele vira a cabeça para Kendra. "Se importaria de fazer isto em outro lugar?"

Peso leve nesse contexto é usado para indicar que por esse motivo as probabilidades dela se embebedar são maiores. 48

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

174


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Não é nada que eu não tenha visto antes", Kendra diz à Drew enquanto dá uns passos longe de mim, quebrando todo o contato. Drew solta uma breve risada. "Sim, bem, você pode ter feito a ronda com meus amigos, mas não conseguiu colocar suas mãos no meu". "Pelo que eu ouvi, uma mão seria suficiente", dispara Kendra. "Chega", digo. "Kendra, volte para Brian. Drew, vá fazer o que veio fazer". Magoada porque não a defendi, ela sai com raiva do banheiro dos homens, mas não antes de murmurar: "Babaca" para Drew em sua saída, ao qual Drew responde: "Vagabunda". Drew acaba, então enquanto lava as mãos ele diz: "Caleb, você acha que ficar com Kendra é a resposta? Ouça, deixa que Brian tenha a vadia e parta pra outra". "É um pouco mais complicado que isso". Drew estala a língua, assim como a Sra. Reynolds. "Você esta fazendo isto complicado". Então, isto me acerta. Pela segunda vez hoje, Drew está certo. Eu estou deixando Kendra me manipular em vez do contrário. Eu não preciso satisfazê-la. Posso apenas deixá-la continuar a perseguição sem dar a ela uma chance de se mover pra matar. Wow, eu tenho lidado com esta situação tudo errado, não posso acreditar que a solução seja tão simples. Eu tiro minha carteira e estendo a Drew uma nota de vinte dólares. "Aqui, paga minha conta. Tô caindo fora". "Você não tem que ir embora. Não vou dizer a Brian o que você e Kendra estavam fazendo." "Nesse momento, eu nem mesmo me importo", digo, então deixo o banheiro dos homens e me encaminho para a porta traseira.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

175


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Trinta e dois Maggie Caleb chega durante à tarde, totalmente inesperado. Abro a porta para atendê-lo e lá está ele, parado na minha frente com um olhar determinado no rosto. "Queria ver você". É toda explicação que recebo. "Sua mãe esta em casa?" "Não. Ela só saiu para o trabalho há cinco minutos". Caleb e eu somos amigos. Ok, nós somos mais que amigos. É estranho e complicado, mas é a única amizade intacta que tenho. Eu o levo para o meu quarto e o deixo esperando lá enquanto trago algumas bebidas e batatas fritas. Nós nos sentamos no chão e fazemos barulho ao comer as batatas. Falamos sobre escola e luta livre, e rimos dos tempos quando éramos crianças e estávamos na préescola e as coisas estúpidas que fazíamos. Então jogamos gin49 com as cartas que minha mãe me comprou quando estava no hospital. Ele não fala nada sobre beijos. Ele nem sequer me olha com aquele quente, necessitado olhar que eu vi antes. Ele tem algo em mente. Não sei o que é, mas está o distraindo. Depois de um tempo, ele baixa as cartaz e diz: "Eu quero te ajudar, Maggie". "Com o quê?" "Jogar tênis novamente. Sempre vejo você olhando para o closet como se tivesse um monstro ali, então eu dei uma checada enquanto você estava na cozinha. Achei sua raquete". Eu me levanto. Meu coração começa a acelerar enquanto eu manco para longe dele. "Nunca vou voltar a jogar".

49

Gin Rummy, jogo de cartas parecido com buraco.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

176


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Ele levanta, também. "Eu não estou tentando machucar você Maggie. Estou tentando ajudar". Viro as costas para ele. "Não posso jogar". "Só tenta, Maggie. Que mal pode fazer?" "Não vou ser boa". "Quem disse que você tem que ser boa?" Ele não sabe que ser boa no tênis sempre significou mais do que ser boa no tênis. É muito mais profundo que isso. Quando eu olho para Caleb, quero fazê-lo sentir orgulho de mim. Ele esta tentando consertar qualquer que seja a dor que ele tenha me causado. Quero ajudá-lo, também. "Ok, vou tentar", digo. "Mas não espere muito". ‚Eu não vou‛. Quinze minutos depois estamos atrás de Paradise High olhando para a quadra de tênis. Ela trás de volta memórias de mim tentando provar a mim mesma. Respirando fundo, sigo Caleb para a superfície verde e dura. Quando Caleb recuperou minha raquete, eu congelei. Eu não queria nem segurá-la. Então, depois que ele buscou sua própria raquete e algumas bolas de tênis de sua garagem, ele carregou tudo sem reclamar enquanto caminhávamos para a escola. Agora ele está estendendo minha raquete para mim. Eu hesito. Pegando minha mão na sua, ele envolve meus dedos ao redor do cabo da raquete. "Estou com medo", admito. "Eu também". Levanto uma sobrancelha.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

177


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Sim", diz ele. "De que você ganhe de mim. Tenho que manter minha imagem de durão, sabe". Isso me faz rir. "Você não precisa de mim para te fazer parecer durão, Caleb". Com isso, ele pega as bolas de tênis e se dirige para o lado oposto da quadra. "Pega leve comigo", brinca. Ele bate a bola direto pra mim, fácil e lenta. Os instintos assumem e eu rebato de volta. É uma sensação boa, tenho que admitir, mas também estranha. Meu corpo se move de forma diferente agora, como se estivesse rígido e não pudesse se soltar. Minhas pernas, minha postura, ambas são desajeitadas e erradas. Não posso me equilibrar na ponta dos pés e girar quando a bola vem para mim. Eu não posso me inclinar em uma posição de prontidão, pronta para rebater a bola quando ela voar para mim. Quando Caleb bate de novo a bola para mim, eu não me mecho. Ele se detém e balança a cabeça. "Você teria conseguido essa". "Eu não queria. Podemos ir agora?" "Não. Rebata essa para mim dez vezes, então nós vamos". Ele manda a bola seguinte direto para mim. Eu a rebato facilmente. "Nove", diz ele, fazendo contagem regressiva. Três bolas mais chegam dentro do limite dos meus braços e eu as rebato delicadamente, então elas facilmente voam sobre a rede, direto para ele. Meus pés ainda não se moveram do lugar. "Seis". Mais cinco bolas cuidadosas voam sobre a rede e quicam direto na minha frente. Eu as envio voando de volta lentamente. "Mais uma Maggie. Então vamos sair daqui". Ótimo. Só mais uma para que a humilhação acabe. Ele manda uma forte e rápida sobre a rede. Ela quica a cinco metros de distância de mim. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

178


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu nem sequer tento ir por ela. Ele faz isso de novo... e de novo. Eu deixo minha raquete de lado e olho pra ele. "Está tentando me humilhar?" "Pare de agir como um bebê e vá pela bola", diz ele, balançando a cabeça. "Anda" Como ele se atreve! Desta vez, enquanto a bola é atirada por cima da rede, é minha raiva e nada mais que me comanda enquanto dou três passos e golpeio a bola de volta para Caleb com toda força reprimida e frustração dentro de mim. Ela acerta diretamente em seu braço. "Ai!". Eu não pergunto se ele esta bem, porque ele tem esse olhar arrogante em seu rosto e os cantos de sua boca estão levantados em um sinal de vitória. "Foi tão bom pra você como foi para mim?", pergunta. Eu lanço a raquete nele e caminho para fora da quadra. Não lhe darei a satisfação de saber que foi estimulante e divertido. Ele chega ao meu lado e me puxa para ele. "Vou ficar com um hematoma, sabe", diz ele. "Mas vendo você rebater aquela coisa foi quente demais". Eu olho para a marca que já está aparecendo em seu braço. "Foi?" Em um movimento rápido, ele se move para frente e me prende contra o alambrado com seu corpo. "Vou beijar você". Meu estômago dá um pequeno salto; esqueço que estou furiosa. Meus nervos assumem Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

179


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

todas as emoções. "Aqui?" "Oh, sim. Bem aqui, agora. Vai fugir desta vez?" "Acho que não, mas não tenho certeza". Ele sorri, divertido com minha resposta. Eu olho nos olhos dele que me dão um vislumbre de seu mundo particular, então molho meus lábios em antecipação. E esse é o começo de nossa maratona de beijos. Tudo o que tenho a dizer é que não me sinto inexperiente depois de uma hora de lábios e línguas, de inocentes e não-tãoinocentes carícias de ambos os lados. Eu não me sinto mais insegura sobre beijar. Passamos das quadras para o parque e voltamos ao meu quarto. Na minha cama. Caleb se inclina para trás e geme. "Temos que parar com isto ou meu corpo vai sofrer as consequências por dias". Relaxando, eu deito minha cabeça no seu peito. "Isto foi bom". "Sim, muito bom". Ele está respirando com dificuldade. Nós dois estamos. Tomo uma profunda e lenta respiração e aproveito o momento. Eu poderia ficar aqui para sempre, exatamente assim. Olhando-nos. Sentindo-me desejada. Sentindo-me protegida. Sentindo-me normal. "Eu deveria te odiar por me fazer jogar tênis". "Sim. Mas você não pode, não é? Além disso, tivemos uma sessão de amassos que você vai ficar pensando por semanas". "Você tem um problema de ego". "Só com você" ele ri, depois boceja. "Estou entediando você?" pergunto. "Que nada" diz ele, acariciando meu cabelo. "É só que... eu não durmo muito bem. E eu Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

180


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

estou tão relaxado e satisfeito que meu corpo está pronto para desligar". Eu me inclino sobre os cotovelos. "Então durma". "Aqui?" "Claro. Minha mãe não vai estar em casa até mais tarde", começo a me levantar, para lhe deixar a cama inteira para que pudesse dormir em paz. "Não me deixe", diz ele. "Deite-se perto de mim". Ele me puxa para baixo com ele. "Você é tão diferente" diz ele, quase para si mesmo. "Não diga isso", digo, olhando para outro lado. Quero manter a falsa fantasia de que sou igual às outras garotas, pelo menos por um tempinho. "Diferente de um jeito bom" suas sobrancelhas se enrugam. "Um jeito realmente bom". Então ele me puxa apertado contra ele. Estamos deitados de conchinha, juntos, como se tivéssemos saído há anos. Estamos compartilhando o mesmo travesseiro em que eu dormi desde que tinha dez anos. A última coisa que lembro antes de acordar é a respiração de Caleb, lenta e rítmica atrás de mim quando ele cai no sono. Mas agora escuto a porta abrir e estou totalmente acordada. "Caleb, acorde. Minha mãe está em casa". Ele leva um segundo para se orientar, dormimos por mais de cinco horas. "Espera aqui e não faça barulho", digo, então beijo seus lábios sonolentos. Deslizando-me debaixo do seu braço que me prende a ele, fecho a porta do meu quarto e vou ao andar de baixo. "Ei, mãe", digo, minha voz grogue pelo sono. "Não queria te acordar querida. Odeio essas noites de domingo, mas prefiro tê-las e passar as manhãs com você. Parece que passamos muito pouco tempo juntas ultimamente". Ela tira sua bolsa e começa a subir as escadas. Eu rezo para que ela não queira passar um Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

181


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

tempo no meu quarto e ter uma daquelas conversas mãe/filha. Não agora. Mas acho que se ela fizer, a verdade vira à tona. Talvez fosse uma benção disfarçada, mas prefiro não arriscar. "Está tudo bem, mamãe. Você sempre se preocupa por coisinhas pequenas". Ela não ouve o ranger da cama atrás da minha porta. Mas eu sim. Mamãe franze o cenho. "Porque esta dormindo com suas roupas?" Ops. "Eu estava no meu quarto e devo ter cochilado." "Bom, eu estou exausta, também. Volta pra cama. Tem escola de manhã. E troca de roupa". "Ok, boa noite". Eu espero que ela não perceba que estou antecipando com a respiração suspensa o momento em que ela feche a porta do quarto. Quando ela fecha a porta do seu quarto, eu me apresso de volta ao meu quarto. Caleb está sentado na minha cama, alarmado. "Sinto muito" sussurra, ainda parecendo perigoso e cool como sempre, mesmo meio adormecido. "Perdi a noção do tempo". "Eu também". Ele caminha até a janela. "Caleb, o que você tá fazendo?" sussurro. "Encontrando uma maneira de sair". Coloco minha mão em seu braço e o puxo. "Você não vai pular da minha janela. Basta esperar quinze minutos e eu vou te levar até a porta da frente. Minha mãe dorme como um morto e cai no sono muito rápido. Além disso, se formos pegos nós estamos juntos Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

182


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

nessa. Certo?" Ele demora um pouco para responder. É quase como se não acreditasse no que eu acabo de dizer. "Sim, Certo." Ele finalmente murmura.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

183


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Trinta e três Caleb Eu me encontrei com Damon esta manhã, depois de convencer os meus pais que eu fiquei na rua até tarde, porque eu estava na casa do Brian e nós perdemos a noção do tempo. Eles acreditaram. Damon veio para algum tipo de avaliação para o Estado de Illinois. Ele entrevistou a minha família, até mesmo Leah, então nós fomos para o meu quarto, enquanto ele me enchia de perguntas. Eu disse ao Damon que eu pedi a Maggie para ver a perna dela, deixando de fora a parte que nós trabalhamos juntos todos os dias úteis depois da escola, ou o fato de que ela é a única pessoa que me faz esquecer que o ano passado sequer aconteceu. Deus me livre dizer a ele que eu dormi com ela na noite passada, no sentido literal da palavra. Damon sacudiu a cabeça. "É proibido confrontar sua vítima, Caleb." "Eu não a confrontei." Damon cruzou o meu quarto e colocou a mão na cabeça, como se ele estivesse com dor de cabeça. "Você a cantou?" "Quem?" "Maggie". "Não. De jeito nenhum", eu menti. "Vocês crianças de cidade pequena são outra história. Ok, o negócio é o seguinte: fique longe dela". "Eu tenho escolha?" "Não." Damon abriu sua pasta e clicou sua caneta. "Você está quase acabando com seu serviço comunitário. Um gazebo para a Sra. Dorothy Reynolds. Vejo que você está naquele trabalho há três semanas." "Se tudo correr bem devo concluir até o final da próxima semana." Damon parece impressionado. "Bom trabalho, Caleb. Você começou endurecido, mas você é um garoto honrado. Vamos nos encontrar novamente na próxima semana e falar sobre o Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

184


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

que vai acontecer depois de sua liberação." Estou me sentindo energizado após a visita de Damon, sabendo que estou quase superando a ameaça de prisão. Eu só tenho que manter o fato de que eu estou com a Maggie em segredo. Eu bati à porta de minha irmã. Ela estava lá dentro. O quarto dela é a sua caverna. Minha irmã hiberna, com exceção da escola e das refeições. Ela não respondeu, então eu bati mais forte. "Leah, abra." "O que você quer?" ela disse através da porta. Eu suspirei. Isso é mais difícil do que eu pensava. "Apenas abra a maldita porta." Ela abriu uma fresta. Eu empurrei a porta até abri-la por completo e entrei. Está muito escuro aqui, então eu abri as cortinas. "Mantenha fechado" "Sim, bem, nós temos que conversar e eu não consigo ver nada." "Eu não quero conversar." "Muito ruim", eu disse, minhas mãos cruzadas na frente do meu peito. Leah estava segurando a maçaneta da porta, como se ela estivesse pronta para fugir. "Mamãe e papai estão em casa?" ela perguntou nervosamente. "Sairam." Ela soltou um pequeno suspiro. Eu nem sei por onde começar. Eu só sei que estou pronto para dizer isso em voz alta. Tem sido reprimido dentro de mim há mais de um ano. O demônio tem que ser solto. A vida não é encobrir a sujeira e viver em um mundo de fantasia. Eu respirei fundo e disse a minha irmã, "Você atingiu Maggie com o carro e eu levei a culpa por isso. Isso me absorveu, mas acabou. Eu não teria feito isso se eu soubesse que você ia agir como uma merda de um cadáver o resto de sua vida. "

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

185


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Seus olhos estavam arregalados, como se seu cérebro estivesse registrando a verdade pela primeira vez. "Fale, Leah," eu ordenei. "Diga alguma coisa ... qualquer coisa!" "Eu não posso lidar com isso!" ela chorou, então arremessou-se de cara em sua cama. Eu peguei uma caixa de lenços de papel de sua escrivaninha e joguei para ela. Eu a observei enquanto ela chorava histericamente. "Sinto muito, Caleb. Sinto muito mesmo", ela disse entre soluços. "Eu poderia tê-la matado, Caleb." "Mas você não fez." "Eu estava lá e observei enquanto eles algemavam você. Eu os deixei levá-lo." Eu estava tão acostumado a ser o encrenqueiro, acostumado a ser o único que fazia desordens. Leah tinha sido a gêmea certinha, eu era o rebelde. Mesmo bêbado, eu não hesitei em assumir a culpa do acidente. Leah não seria algemada, presa e condenada. Ela não aguentaria isso. Eu aguentaria. A polícia não questionou quando eu confessei ali. Merda, meus próprios pais nunca questionaram a minha culpa. E pensar, que tudo isso foi porque Leah desviou para evitar atropelar uma merda de esquilo na estrada. "Acabou". Eu lhe disse. "Não, Caleb, não acabou. Isso nunca vai acabar. Vou levar esta culpa comigo o resto da minha vida. Eu não posso nem olhar para Maggie. Merda, Caleb, eu não posso sequer olhar para você. É tão difícil para mim, você não pode imaginar o quanto‛. Ela tem razão, eu não posso. Virando-se para mim, ela suspirou assustada. "Você não vai contar para ninguém, não é? Prometa-me que nunca vai contar a ninguém."

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

186


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu olhei para a minha irmã gêmea, a menina com quem eu compartilhei o útero da minha mãe, compartilhei os aniversários, e com quem eu cresci lado a lado. Ela deveria me conhecer como eu a conheço, sentir a minha dor tanto quanto eu sinto a dela. Ela sabe que esse segredo está me despedaçando por dentro. Eu posso sentir isso tanto quanto eu sei quão torcido o seu raciocínio se tornou. Mas ela me ignora e foca apenas em si mesma. Ela realmente é, afinal, uma estranha para mim.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

187


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Trinta e Quatro Maggie Eu estou cantarolando uma música antiga que minha mãe costumava cantar para mim quando ela me colocava na cama, quando eu estava com medo do escuro e me recusava a ir dormir. A vida era menos complicada naquela época. Meu pai morava em casa e o único trabalho da mamãe era, bem, apenas ser mãe. Agora ela está trabalhando como garçonete e namorando. Ok, essa última parte é minha culpa. Não posso nem culpar a minha mãe por seu encontro essa noite. Graças a Calebe, eu finalmente estava aceitando isso. Aquela primeira noite em que ele me beijou foi mágica. Eu estava preparada para ser apenas amiga dele, guardar o nosso relacionamento platônico em meu coração, quando de repente se transformou em algo mais. Quando estou com ele eu não penso sobre eu ser manca. Tudo o que eu penso é como é bom poder conversar e compartilhar e beijá-lo. Eu estou ficando apaixonada por Caleb Becker de novo? Eu não sei. Estou tão nervosa e com medo de me machucar novamente, que estou mantendo uma parede para que meu coração fique protegido. Pouco a pouco ele está quebrando essa parede. Depois do trabalho nós descíamos do ônibus dois quarteirões antes para que pudessemos ficar mais alguns minutos juntos. Infelizmente, hoje ele teve uma reunião com algum orientador do Departamento de Correções. Ele disse que era importante, então eu espero que corra tudo bem. Eu o perdoei pelo acidente. Dois dias atrás ele tentou falar sobre esse assunto, dizendo que ele tinha algo importante para me dizer sobre isso. Eu cortei-o com um beijo e promessas de perdão. O vento está soprando e as folhas começam a cair. É o fim do verão. As árvores, a grama e as flores estão se preparando para a dormência no inverno. Quando eu plantei o último dos bulbos de narcisos para a Sra. Reynolds, eu pensei no inverno que eles terão que sobreviver antes de derreter e estar pronto para sua primeira aparição ao sol. Eu olhei para cima saindo dos sonhos sobre canções e árvores e Caleb para encontrar a Sra. Reynolds me supervisionando. Eu parei de cantarolar. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

188


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Com certeza você está bem-humorada hoje." "Eu só tenho mais cinco bulbos antes de terminar", eu disse a ela. "Isso é uma coisa boa também", disse ela, olhando para o céu que estava escurecendo. "O clima está mudando. Eu já sinto um frio de inverno no ar." "Eu também". Depois que eu terminei o último bulbo, nós nos sentamos e jantamos. "Eu gostaria de convidar você e sua mãe qualquer noite para um jantar. Mas só se estiver tudo bem para você." "Por que não estaria?" "Porque meu filho tem estado em mais encontros com a sua mãe que ele estivera nos últimos três anos. Tenho orientado-o, você sabe." "Sério?" "Lou levou-lhe chocolates da primeira vez que esteve em sua casa?" Eu afirmei com a cabeça. "Esse foi um conselho meu. Eu disse a ele para levar rosas amarelas para a sua mãe, porque elas são a melhor maneira de começar -" "Não eram rosas amarelas". Ela levantou uma sobrancelha. "Não eram?" "Não. Tulipas". "Amarelas?" "Roxas". "Hmm. E os chocolates, eram caramelos?" "Frango de hortelã. Muito saboroso." "Saboroso, hein? É muito para um conselho de mãe." Eu ri. Minha chefe balançou os braços no ar. "Já vagabundeamos demais, Margaret".

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

189


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quando estávamos colocando os pratos na pia, a Sra. Reynolds se desequilibrou e segurou a ponta do balcão para se apoiar. "Você está bem?" Eu perguntei, tirando o prato da mão dela e levando-a para o sofá. "Esses novos medicamentos estão apenas causando estragos nesses velhos ossos, só isso. Nada para se preocupar." Eu realmente me preocupei. Antes de deixar a casa dela, eu liguei para o Restaurante Tia Mae e disse ao Sr. Reynolds para ir vê-la. Fui até o ponto de ônibus depois de estar convencida de que ela está bem. Um carro cantou pneus perto de mim enquanto eu andacva. Eu o reconheci como o mesmo carro com os caras que entraram em uma briga com Caleb. "Ei, é a namorada retardada de Caleb Becker", alguém gritou pela janela. Eu mordi a parte interna do meu lábio e continuei caminhando. "Acho que ela quer você, Vic. Por que você não dá a ela bons momentos", alguém disse. Então eles todos riram. O carro está dirigindo lentamente ao meu lado. Só espero que eles não saiam do carro. Se eu parar de andar, eles vão sair? Será que vão me machucar? Um medo profundo, tão intenso que me faz tremer por dentro, me impede de parar. Eu não posso voltar para a casa da Sra. Reynolds. É muito longe e eu não posso correr mais rápido que esses caras. Há casas enfileiradas na rua. Eu poderia tentar tocar uma campainha e pedir para alguém chamar a polícia. Um plano se forma na minha cabeça. Eu me viraria e caminharia na direção oposta, a direção da qual eu vim. Mas no processo eu cai. Minhas mãos estão picadas e sinto a umidade pegajosa pingando pelo meu joelho do corte que eu acabei de adquirir na queda. "Você teve uma boa queda?" Um deles gritou pela janela. Eu me levantei e manquei mais rápido, rezando para eles não virarem o carro e seguiremme. Porque se eles fizerem isso, eu não sei o que eu vou fazer. Eu escutei o som do carro virar. Não me atrevi a olhar para trás e dar-lhes mais um motivo para vir atrás de mim. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

190


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Mas eu não consigo ouvir nada além da minha prórpia respiração ofegante causada pela raiva. Alívio me invade quando o ônibus desce a rua. Corri para o meio-fio e fiz sinal para o ônibus, depois olhei para ver se o carro ainda estava lá. "Você está bem?" o motorista perguntou. "Estou bem", eu disse, depois, corri para trás para me sentar. Nada pode me curar, nenhuma quantidade de terapia física ou cirurgias. A velha Maggie, a estrela do tênis sem um coxeio debilitante, a velha Maggie, que poderia fugir do perigo, nem sequer existe. Caleb estava do lado de fora cortando o gramado quando eu desci a rua mancando. Ele desligou o motor e correu para mim assim que ele olhou na minha direção. "O que aconteceu? Diga-me o que aconteceu." Eu tentei conter as lágrimas. "Eu estou bem." Ele olhou em volta para ter certeza que as pessoas não estavam olhando, então pegou meu rosto em suas mãos. "Você não está bem. Porra, fale comigo." Eu olho para ele em desespero. "Foi esse cara, o Vic". "Eu vou matá-lo se ele tocar em você," ele rosnou, olhando para minha calça rasgada manchada de sangue. "Ele não tocou. Ele e seus amigos apenas me assustaram, só isso." "Eu vou garantir que isso nunca mais aconteça, Maggie." Eu sorri com cordialidade para ele. "Você não vai ser sempre capaz de me proteger. O que você vai fazer quando eu estiver na Espanha, voar até lá e bater em todos os caras maus que zombarem de mim?"

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

191


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Trinta e cinco Caleb Eu disse que Vic ia pagar, mas não sabia como... legalmente. Isto é, até que ontem enquanto estava falando com os caras no almoço, eles me disseram que Vic está competindo hoje para sua escola em nosso torneio de luta livre. Sou oficialmente um lutador da Paradise Panther agora. E só tenho que vencer quatro garotos até ficar cara a cara no tatame com Medonia. Como eu suspeitava, ainda estamos na mesma faixa de peso. Acho que são os esteróides que o cara tá usando para aumentar a massa corporal. Estou no vestiário com o restante da equipe, me preparando para a partida. "Caleb, você parece que está prestes a matar alguém", Brian diz enquanto pulo corda para me aquecer. "Ele está na zona50", diz Drew. "Não é?" Eu não respondo. O treinador Wenner me pára e dá uma tapinha nas minhas costas. "Você não esteve praticando, Becker. Tem certeza que está pronto?" Coloco meu protetor de boca. "Sim, treinador". Ganho minhas duas primeiras lutas com uma imobilização no primeiro minuto. A terceira luta me leva um pouco mais. Acho que eu o imobilizei em noventa segundos. "CB está com tudo!", Tristan grita enquanto está tapando um sangramento no nariz da partida anterior. Eu me concentro enquanto eles chamam Medonia e eu para subir ao tatame. Mal posso esperar para tirar esse sorriso afetado de seu rosto. "Como está sua namorada?", pergunta ele. "Melhor que a sua em qualquer dia". 50

Refere-se à concentração intensa.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

192


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Ela é uma aleijada, Becker." "Você vai ser o aleijado depois dessa luta". O árbitro coloca as mãos entre nós. "Jogo limpo, garotos". Quando a luta começa, eu o empurro com toda a minha força até ele cair. Infelizmente, ele roda para fora do tatame e o árbitro sopra o apito. "Cuidado, Panthers. Ponto para Fremont". A próxima vez que começamos, Medonia avança baixo. Eu me movo para fora do tatame quando a partida começa e Medonia passa voando por mim. O árbitro toca o apito. Quando a luta começa de novo, ganho mais uma advertência por domínio ilegal que terminou com meu cotovelo na cara de Medonia. Mais uma advertência e vou ser desclassificado. O apito soa, e o árbitro grita, "Temos um sangramento profundo em Fremont. Dois minutos de intervalo". O treinador Wenner espreita até mim, seus olhos flamejantes. "O que você está fazendo? Minha equipe não joga sujo, Becker. Agora você quer ir lá e tentar ganhar a luta, ou eu perco essa por você. Qual vai ser?"

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

193


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Trinte e seis Maggie A Sra. Reynolds vai ser a minha morte. Ela está determinada a me colocar no volante da sua monstruosidade negra guardada na garagem. "É um clássico", diz a Sra. Reynolds, com o queixo erguido enquanto a porta da garagem se abre e revela o Cadillac. "Eu... eu realmente não estou pronta para dirigir ainda," digo, "mas você pode dirigir e eu irei no lado do passageiro". Sra. Reynolds abre a porta do passageiro e se desliza para o assento. "Querida, meus olhos mal podem ver um metro na minha frente. Vamos, agora. O tempo está passando". Ela pendura sua mão para fora da janela, as chaves balançando em seus dedos. Ela as agita, as chaves tilintam umas nas outras. Estou xingando e bufando enquanto deslizo as chaves de sua mão, esperando que ela entenda a indireta. Ela não entende. Abro a porta do lado do motorista e deslizo no banco da frente. Uau. O couro branco é suave, e o encosto do banco é tão grande quanto uma velha poltrona reclinável Lay-Z-Boy. Olho pela janela da frente. O capô é longo e tem esse símbolo brilhante da Cadillac. Viro-me para Sra. Reynolds, que tem sua pequena bolsa ordenadamente agarrada em seu colo, pronta para ir. Fazer a velha senhora orgulhosa de mim seria tão incrível. Mas... eu não estou pronta. Eu acho. "Não posso fazer isto", explico, esperando que ela entenda. Ela não quer saber de nada. Só pelo severo olhar em seu rosto, eu sei. "Margaret, coloque a chave na ignição". Eu faço. "Agora vire a chave e ligue o carro". Viro a chave. "Do que você tem medo, querida?" "Atropelar alguém. Me envolver em um acidente", engulo. "Esta parte de você tem que mudar, sabe. Ter medo de se arriscar é mais assustador do que Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

194


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

na realidade fazer as coisas que desafiam você". "Eu não dirijo desde o acidente". "É hora de fazer, então" Eu balanço a cabeça. "De a ré lentamente para não acertar a cerca", Sra. Reynolds vira para frente e coloca seu cinto de segurança. Coloco o meu também. Não tenho ideia do porque a senhora me faz fazer coisas que não quero fazer. É como se ela tivesse esse poder sobre mim. Eu respiro fundo, pressiono o pé no freio, e coloco o carro em marcha ré. Lentamente, soltando o freio, eu me viro para trás e me asseguro de que tudo esta limpo para dar a ré fora da garagem. "Cuidado com a caixa de correio", aconselha Sra. Reynolds. Estamos seguras na parte inferior da entrada da garagem e eu dou a ré para a rua. Estou tentando me convencer a não ter um ataque de pânico, mas não acho que estou sendo muito bem sucedida. Uma parte de mim esta animada por voltar a dirigir novamente e tirar esse medo da minha vida, mas a outra parte quer estacionar o carro e mancar para casa. Eu ouço a voz de Caleb dentro da minha cabeça, incitando-me a fazer. Sra. Reynolds me dá uma tapinha no joelho. "Muito bem, Margaret". Com esse voto de confiança, aciono o carro e lentamente dirijo pela rua. Meus pés não estão acostumados aos pedais e eu estou parando com tudo e acelerando muito rápido. "Desculpa", digo depois que chegamos a um sinal de pare e a Sra. Reynolds dá um tranco para frente. Ela limpa a garganta. "Sem problema. Vamos levar um pouco mais com calma no acelerador e freio, sim?" "Uh, com certeza", mas quando é minha vez de atravessar o cruzamento, tiro o pé do freio e gentilmente coloco pressão sobre o acelerador. Eu pressiono pouco porque não quero que a Sra. Reynolds dê um tranco para frente de novo. Mas agora estou fazendo pior. Ops.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

195


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Você provavelmente vai ser uma motorista melhor, mesmo com seus problemas de visão", digo séria. "Eu talvez tenha que concordar com você, querida. Na próxima vez tentaremos isso, lembre-me de tomar alguns Dramamine 51‛. Dou a ela um olhar de soslaio. "Você parece como se fosse ficar doente". "Basta olhar para estrada, não para mim", ela ordena. "Meu aspecto doente não tem nada a ver com sua forma de dirigir". Ela me direciona a um lugar chamado Monique's. Tem lindos vestidos na vitrine. No momento que chegamos lá meus nervos passou de sobremarcha a marcha lenta. Sigo a Sra. Reynolds na loja. Vestidos de todas as cores e padrões estão posicionados nas prateleiras em toda parte da loja. Sra. Reynolds corre seus dedos sobre um pequeno vestido de seda azul claro. "Você sabe como identificar material de qualidade?" Levanto minha mão e corro o pano macio por entre meus dedos. "Eu na verdade nunca prestei atenção nos tecidos". "Cada tecido tem sua própria personalidade, assim como meus narcisos. Para alguns, a suavidade e o peso importam. Para outros, é a forma como o tecido se move... e não se pode descartar as cores vibrantes". "Como você sabe tanto?" "Meu bem, quando se está tão velha como eu, sabe-se mais do que quer saber". Uma mulher que trabalha na loja vem até nós, vestindo um terninho cor de ameixa e o cabelo loiro bem penteado e enrolado nas pontas. "Posso ajudá-las senhoras?" "Estamos à procura de um vestido", diz Sra. Reynolds, em seguida aponta para mim. "Para esta jovenzinha". "Para mim?" Eu digo, seguindo logo atrás enquanto a senhora nos conduz através da loja. Sra. Reynolds para e se vira para mim. "Você precisa de algo para apimentar seu guarda51

Remédio para enjoo.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

196


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

roupa, Margaret. Tudo que você veste é sólido, e para ser completamente honesta, suas roupas são um pouco casuais e grandes demais". Olho para minhas calças de algodão preto e minha camiseta cinza. "Elas são confortáveis". "E totalmente apropriadas para ficar em casa. Mas vamos ter um jantar esta noite e quero que você se vista de acordo. Considere isso um presente de natal adiantado‛. A vendedora nos leva a uma prateleira de vestidos de festa curtos. "Estes acabaram de chegar da Europa. É uma nova combinação de seda/lavável". Sra. Reynolds desliza o vestido de seda, de cor verde-azulado entre os dedos. "Muito pesado. Ela esta acostumada com algodão, então eu gostaria de um tecido mais suave". "Eu não uso vestidos curtos", digo a elas. A moça nos leva a outro canto da loja. "Que tal uma mistura de algodão/lã?" Sra. Reynolds balança a cabeça. "Muito quente". "Raiom?" "Muito pegajoso". Eu esperava que a moça ficasse frustrada, mas ela só coloca uma mão no queixo, pensando. "Eu posso ter algo que gostem lá nos fundos. Esperem aqui". Ela vai para os fundos da loja e sai um minuto depois com um vestido amarelo pendurando no braço. Ela o estende para Sra. Reynolds, e diz: "É da Suécia. Um novo fornecedor nos enviou para avaliação". Sra. Reynolds olha o vestido, e depois esfrega a borda do tecido entre o polegar e o indicador. "Amo o tecido, mas a cor é atroz. Ela pareceria um limão azedo nisto". "Ele veio também de uma cor ameixa claro. Vou buscar". "É um belo tom", digo quando ela tira o vestido cor de ameixa. Eu o experimento no provador. Tem alças finas e um decote escavado. O meio é justo na cintura antes que ondas do material caiam e parem um pouco acima do meu tornozelo. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

197


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quando ando na frente do espelho, dificilmente pode-se notar que manco. A vendedora sorri quando desfilo para elas. "Acho que temos um vencedor aqui". A Sra. Reynolds estala a língua. "É perfeito. Vamos levá-lo". "Você tem uma avó muito generosa", a vendedora me diz. Olho a Sra. Reynolds, que esta atravessando a loja, olhando outro vestido. "Eu sei. Eu não poderia ter escolhido uma melhor". Quando volto ao provador para tirar o vestido, a Sra. Reynolds me pára. "Continue com ele, Margaret. Vamos ir jantar daqui e você não terá tempo de se trocar". "Que vestido você está provando?" "Velhinhas não precisam de vestidos novos. Agora, chega de papo furado e vamos seguir em frente". Coloco minhas mãos na cintura, vestida de cor ameixa. "Eu não vou deixar essa loja até que você também compre um vestido novo". A boca da Sra. Reynolds abre em estado de choque. "Não faça essa cara assustada, vovó", digo, copiando sua famosa frase para mim. "Não combina com você". Sua boca se fecha. Então joga a cabeça para trás e solta uma risada descarada. Meia hora depois estamos de volta no Cadillac. Posso acrescentar que a Sra. Reynolds esta usando um novo vestido de seda e raiom azul-claro, e um casaco combinando. "Quero que desconte o dinheiro do meu salário pelo vestido. Insisto.", digo. A Sra. Reynolds só sorri sem responder. "Estou falando sério, Sra. Reynolds". "Sei que está querida, e eu aprecio isso. Mas eu estou comprando com meus próprios fundos". Balanço a cabeça frustrada. "Onde agora?" Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

198


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Um percurso da torta". "Hein?" "Só dirija para a Lanchonete Tia Mae e verá". Eu manobro o carro e dirijo para a lanchonete. A Sra. Reynolds se agacha. "Vá para a parte de trás, onde está as lixeiras", sussurra. "E não deixe ninguém te ver". A mulher esta séria. Eu me deslizo mais para baixo no assento e guio o carro em direção a parte de trás da lanchonete, como se estivéssemos aqui para roubar o lugar. Eu paro perto das lixeiras. "O que estamos fazendo aqui?", eu sussurro, e então me pergunto por que estou sussurrando. Seu filho é dono do restaurante. "Mantenha o carro ligado, só saia e bata na porta traseira três vezes. Então faça uma pausa de dois segundos e, em seguida bata mais três vezes." Senhora Reynolds se afunda mais em seu assento. "Quando alguém atender, diga, A galinha vermelha voou do galinheiro". "Não entendo". "Vai entender se seguir minhas instruções. Agora vai!" Isso é hilário. Eu quase faço xixi no meu vestido enquanto me movo até a porta de trás e bato. Toc, toc, toc. Pausa. Toc, toc, toc. Juan, um dos garotos, abre a porta de um estalo. Começo a rir enquanto digo, "O pássaro vermelho voou do galinheiro". "Você não quer dizer galinha?" "Oh, sim. Desculpe, desculpe, desculpe. Eu quero dizer que A galinha vermelha voou do galinheiro". Acho que Juan está rindo quando diz, "Espere aqui", e fecha a porta. Quando a porta se abre, Irina me entrega duas caixas. "O que tem dentro?", digo. "Não me pergunte, Moggie. Uma surpresa para você e Sra. Reynolds". Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

199


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quando ela fecha a porta, levo as caixas para o carro e me deslizo no assento do motorista. "Temos a mercadoria". "Ótimo, agora dirija de volta para minha casa". Sra. Reynolds esta sorrindo enquanto dirijo até sua casa. Quando me detenho na garagem, finalmente descubro do que se trata tudo isto. O gazebo está terminado, e Caleb pendurou luzes brancas ao redor dele. Velas brancas estão iluminando por dentro, fazendo o gazebo inteiro brilhar. Caleb esta em pé ao lado dele, usando calça cáqui e uma camisa branca com gravata. Quando ele pisca para mim e mostra seu sorriso, sinto a outra peça da minha armadura caindo.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

200


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Trinta e sete Caleb Corri para o carro e abri a porta para a Sra. Reynolds. Eu estendi minha mão e a ajudei a sair do carro. "Você está quente", eu disse a ela. Ela me deu um tapinha no rosto e disse: "Se eu fosse apenas sessenta anos mais jovem, meu filho." "Você fez o que eu disse?" Eu disse perto de seu ouvido. Ela bufou. "Eu vi Margaret dizer essa frase ridícula que nós propomos". Sra. Reynolds e eu somos cúmplices num crime essa noite. O gazebo está terminado. Meu trabalho aqui está feito. Eu pedi para a velha senhora fazer Maggie dirigir em torno da cidade até seis horas. Estive planejando essa noite em minha cabeça há uma semana. Uma noite perfeita. Quando virei e avistei Maggie, estava condenado. E sem palavras. Sra. Reynolds diz: "Não fique tão assustado, Caleb. Isso não fica bem no seu rosto." Maggie caminhou até mim, o vestido mostrando as curvas que eu só recentemente sonhei que ela tivesse. "O gazebo ficou ótimo", disse ela. Eu não olhava para longe dela. Droga, eu não podia tirar meus olhos dela. Estas duas mulheres improváveis são a minha graça salvadora. Maggie corou, depois deslizou para se juntar a Sra. Reynolds no gazebo. Eu coloquei uma mesa dentro do gazebo, completa com uma refeição de três pratos, os graças à minha pensão econômica num gramado cortado e pequeno restaurante italiano. Eu coloquei um aquecedor pequeno para manter o gazebo quente, e um rádio portátil com a música tocando suavemente ao fundo. Depois de puxar a cadeira para Maggie, eu estendi minha mão para a Sra. Reynolds. "Gostaria de dançar, madame?" Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

201


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Ela riu, mas eu a peguei pela mão e puxei-a para dar uma volta e depois para meus braços. Ela gritou. "Caleb, por favor. Eu sou uma senhora de idade. Onde está a minha bengala?" "Eu pensei que velhinhas gostassem dos homens mais jovens," Eu brinquei e dancei lentamente até a música acabar. Eu a conduzi à sua cadeira e a puxei para ela sentar-se. "É melhor você tomar cuidado com ele, Margaret. Ele é perigoso." Eu recuei enquanto me curvava para me sentar. "O que há de errado?" Maggie perguntou. "Nada", eu disse depois que todos tinham sido servidos. Tomei uma colher de minestrone52 e olhei para cima. Maggie não está acreditando nisso. Nem a Sra. Reynolds. "Ok, ok. Eu competi como convidado numa luta livre hoje. Não é grande coisa." "Eu não sabia que você se juntou à equipe." "Foi apenas dessa vez. Eu acho." Sra. Reynolds terminou sua sopa e sacudiu a colher para mim. "Você pode estar com uma costela quebrada." "Tenho certeza de que está apenas machucado", disse, tentando tranquilizá-la tanto quanto eu. Antes de eu derrotar Vic no segundo round, ele me jogou no chão e ganhou cinco pontos. Eu ganhei a luta, mas o treinador ainda me deu uma bronca por jogar sujo no primeiro round. "Eu não posso esperar até os narcisos florescerem," disse Maggie, os olhos brilhando com as velas brilhando sobre eles. Minhas mãos estão úmidas de nervosismo, eu não tenho ideia do porquê. "Você vai ter que tirar uma foto para mim e enviá-la para a Espanha." Eu ainda não consigo acreditar que ela está indo embora. Exatamente quando eu me apaixonei por ela. 52

Tipo de sopa italiana

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

202


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Falando da Espanha..." Sra. Reynolds passou um envelope para ela. "Aproveite a sua viagem, mas lembre-se sempre de onde você veio." Maggie levantou um copo de água. "Quem pode esquecer Paradise?" Nós brindamos. Depois de comer, eu abri as caixas de Irina, a chef do Tia Mae. Enquanto eu colocava pedaços de tortas na frente de Maggie e Sra. Armstrong, você juraria que elas eram parentes pelas expressões exultante em seus rostos. Todos nós pegamos um garfo e comemos. "Este foi o dia mais maravilhoso da minha vida desde que Alberto morreu, que descanse em paz. Obrigado a vocês dois. Mas estes ossos cansados precisamos de um descanso." "Você está bem?" Maggie perguntou com preocupação em sua voz. Nós dois nos levantamos para ajudá-la. "Não, vocês dois sentem-se e divirtam-se. Eu só preciso descansar um pouco." Independentemente do que a velha senhora disse, Maggie ajudou-a a subir enquanto eu lavava os pratos. "Ela está bem?" Eu perguntei quando Maggie voltou. "Eu acho que sim. Ela foi ao médico ontem. Ele quer fazer alguns testes com ela, mas ela é teimosa demais para ir." Eu observei Maggie. Deus, qualquer um que esteja com ela é infectado pela sua humildade e honestidade. "Quer dançar?" "Eu não posso", diz ela. "Não com a minha perna..." Eu peguei sua mão na minha e a levei novamente para o gazebo. "Dança comigo, Maggie," Eu a encorajei enquanto eu colocava um braço em volta de suas costas e a puxei para perto. Nós balançamos com a música. Aos poucos ela relaxou nos meus braços. "Eu nunca imaginei que seria assim", disse ela no meu peito. Quando a perna dela começou a doer, eu limpei um lugar no chão e nos deitamos lado a lado.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

203


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"O que você viu na Kendra?‛, perguntou ela. Droga, eu não sei. "Ela era muito popular e bonita. Alguém que todos os caras queriam poder namorar. Ela costumava olhar para mim como se eu fosse o único cara que poderia fazê-la feliz." Ela sentou-se. "Ok, agora você soa como um idiota." Eu era um deles. Ela deitou perto de mim, meu braço como travesseiro dela. Nós assistimos as velas queimando uma a uma. Quando havia apenas uma vela, eu beijei seus lábios macios e tracei suas curvas com minhas mãos até que ela estivesse ofegante e fraca. "Deixe-me ver suas cicatrizes", eu disse quando estávamos os dois ofegando e procurando ar para respirar. Peguei a bainha de seu vestido na minha mão e deslizei lentamente o tecido para cima. Ela parou a minha mão com a sua própria e desceu novamente o tecido. "Não." "Confie em mim." "Eu ... eu não posso", ela murmurou. "Não com as minhas cicatrizes." Suas palavras me atingiram como a porta de uma cela se fechando. Porque mesmo que ela achasse que me perdoara, mesmo que ela fizesse promessas de perdão, mesmo que ela me beijasse como se eu fosse o seu herói, eu finalmente percebi que ela não consegue superar sua raiva por dentro. E nunca terá plena confiança em mim. Eu deitei de volta, totalmente frustrado, e coloquei meu braço em cima dos meus olhos. "Isso não vai funcionar, não é?" Maggie se sentou. "Estou tentando", disse ela com a voz cheia de remorso. Eu quero dizer à Maggie que eu não fui o responsável por ter ferido a perna, mas não posso. E se Leah estivesse certa? Eu não posso deixar minha irmã ir para a cadeia, se eu já paguei por seu erro. Estou condenado a viver com essa culpa para sempre. A noite do acidente, eu deveria levar Leah para casa. Mas eu estava muito bêbado e enfurecido pelas acusações de Maggie. Ficar com Kendra e certificar-me que ela não voltaria para casa com nenhum outro cara que era mais importante que qualquer outra coisa. Meu ego de merda. Eu não tinha idéia que Leah pegou minhas chaves até que ela voltou para a festa falando como uma lunática sobre um acidente. O resto, como dizem, é história. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

204


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Trinta e Oito Maggie Eu tinha tudo o que eu queria e eu estraguei tudo. Caleb me amava, tudo que eu tinha que fazer era mostrar-lhe as minhas cicatrizes para provar a ele o quanto eu confio nele e correspondo a esse amor. Mas eu não podia. Alguma coisa estava me puxando novamente para minha concha protetora. Eu disse a minha mãe que estava doente demais para ir para a escola hoje, então estou deitada na cama. O vestido que a Sra. Reynolds comprou para mim está pendurado no meu armário, um lembrete cruel da noite mais romântica da minha vida. Eu perdi Caleb tão rápido quanto o ganhei. Quando ele me levou para casa e nos despedimos, ele me deu um pequeno sorriso e disse que sempre fomos amigos, e nós continuamos amigos. Essa é a coisa mais importante. Certo? Então, por que eu estava chorando a manhã inteira? Eu liguei para a casa da Sra. Reynolds para ver como ela está depois da noite passada. Sr. Reynolds atendeu ao telefone. "Alô?" Ele disse com a voz embargada. "Oi, é a Maggie... Margaret. A Sra. Reynolds está?" Reynolds não disse nada por um longo tempo, e eu fiquei com um imenso nó na garganta. ‚Minha mãe morreu esta manhã, Maggie." "Não", eu sussurrei enquanto o meu mundo desabava sobre mim. "Não pode ser verdade. Nós estávamos juntas. Ontem à noite, ela estava dançando e rindo e -". "Ela estava agradecida por ter você na vida dela", disse ele. "Ela te amava como uma neta. Mais do que isso, ela te amava como uma amiga." "Onde ela está? Ela estava sozinha quando morreu?" Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

205


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Sr. Reynolds fungou. "Eles a levaram em uma ambulância. Ela morreu dormindo, sem dor. O coração dela estivera ruim por muitos anos, Maggie. Era só uma questão de tempo." Lágrimas rolaram no meu rosto enquanto eu me lembrava dos momentos que passamos juntas nos últimos meses. Ela me ensinou muito sobre a vida. "Os narcisos... ela nunca verá os narcisos florescerem", eu disse, sufocando as minhas emoções. "Mamãe adorava aqueles narcisos, não é?" Eu não sei mais o que dizer a ele. A Sra. Reynolds pode ter vivido muitos anos, mas ainda havia tanto que ela planejava. Fazer um jantar para mim e a minha mãe, assistir os narcisos florescendo na primavera. Comer tortas da Irina. "Eu vou sentir saudades dela." "Eu sei que você vai. Ela nunca quis um funeral. Ela disse que eles são apenas uma desculpa para as pessoas deprimidas terem conversas sem sentido." Eu sorri melancolicamente. "Isso me lembra suas palavras." Ela acabara de me acusar disso ontem, o que me lembra... "Um vestido. Ela comprou um vestido." "O azul pendurado sobre a cadeira em seu quarto?" "Sim. Se ela vai ser enterrada..." Eu nem mesmo conseguia dizer as palavras. "Vou me certificar disso. Escute, se você quiser vir e tirar algo da casa antes que nós a vendamos, você pode." "Você não pode vender a casa." Os narcisos, o gazebo... tudo com o que ela se preocupou nos últimos dois meses seriam para nada. À noite, minha mãe me levou na casa da Sra. Reynolds pela última vez. Ela segurou a minha mão enquanto Lou nos cumprimentava. "Pegue o que quiser, Maggie." Na lavanderia, limpo e dobrado, estava o muumuu. Eu o peguei e o apertei contra o meu peito. Era o jeito da Sra. Reynolds de me proteger, cobrindo a minha roupa para que eu não ficasse suja. "Eu posso ficar com isso?" Eu perguntei. Sr. Reynolds pareceu surpreso por eu querer aquilo, mas disse, "Eu estava falando sério quando eu disse qualquer coisa." Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

206


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Havia mais duas coisas que eu queria. Me dirigi à cozinha e abri os armários até eu encontrar. Minha mãe está dando de ombros para o Sr. Reynolds, que está tão confuso quanto ela. "Tem que estar por aqui em algum lugar. Aha". Eu abri uma das gavetas de cima e em um pedaço de papel de linho velho, manchado e rasgado estava a sua receita favorita do biscoito Snickerdoodle53. "Mais alguma coisa?" "Só mais uma coisa." Minha mãe e o Sr. Reynolds seguiram-me até o sótão. Eu fui até o baú e o abri. Segurando um porta-retrato, eu disse: "Esta é a última coisa." Reynolds disse, "É seu." Eu fiquei olhando para a imagem de duas pessoas loucamente apaixonadas no dia de seu casamento. Que ambos descansem em paz.

53

http://sarahmeyerwalsh.files.wordpress.com/2007/12/snickerdoodle.jpg

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

207


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Trinta e nove Caleb Maggie não estava na escola ontem, e não a vi durante toda a manhã. Hoje passei duas vezes por seu armário, mas ela tem sido tão esquiva como um fantasma. Durante o terceiro período não consigo me concentrar. Então eu pego o passe para o banheiro e me dirijo para fora da porta. Mas não vou diretamente para o banheiro. Viro a esquina e desço pelo corredor onde sei que seu armário está. Estou virando um acossador. "Procurando alguém, Caleb?" É Kendra, com seu próprio passe de saída balançando em seus dedos. "Maggie Armstrong, talvez?" "Pare de fazer joguinhos comigo, Kend". Ela abre um sorriso perverso. "Não, sério. Eu só não entendo o que você vê nela". "Nada", só digo para tirar minha ex de cima. "Não vejo nada em Maggie Armstrong. Se alguma coisa ela tem sido é uma distração porque eu não posso ter você". A merda está fluindo porque preciso proteger Maggie e Leah a qualquer custo. O som de alguém atrás de mim me faz virar. É Maggie. Ela ouviu cada palavra mentirosa que saiu da minha boca. Kendra rebola em direção a ela. "Caleb, você disse a ela a verdade sobre o acidente?" "Kendra. Não," digo em um tom de aviso. "Ou darei a Brian uma pista do que está acontecendo entre mim e você". Se Kendra tivesse garras, elas estariam fora e ela seria mortal. Maggie manca em minha direção. "O que tem acontecido entre você e Kendra, Caleb?" Kendra coloca as mãos nos quadris, pronta para a batalha começar. "Sim, Caleb. Diga a ela quantas vezes estivemos juntos desde que você voltou". Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

208


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

O que posso dizer? Quero dizer a verdade a Maggie, eu vou lhe dizer a verdade. Sobre tudo. Mas não aqui, não na frente de Kendra. Ela não tem nada a ver comigo e Maggie. "Diga alguma coisa", ordena Maggie, seus olhos estão em chamas. Quando não digo, ela me dá uma bofetada e se afasta mancando. Odeio as reuniões de motivação. Então acho insano estar preso no meio de um dia de hoje, de todos os dias. Mas aqui estou eu, no centro da multidão de atletas, enquanto as líderes de torcida animam o corpo estudantil inteiro. Como se um bando de lutadores quisessem ser ‘animados’. Mas os caras vão tomar qualquer desculpa para matar aula por uma hora. Meyer para no pódio como se fosse o presidente dos Estados Unidos em vez de ser o diretor de uma escola de uma cidadezinha. "Acalmem-se pessoal. Acalmem-se", o local ainda está barulhento, mas é o melhor que ele vai conseguir e ele sabe disso. "É o momento de celebrar aos estudantes que representam os Paradise Panthers no atletismo". A multidão começa a agitar, o piso do ginásio vibra pelo barulho. "Acalmem-se. Acalmem-se. Vamos honrar nossos atletas, esta tarde. Cada treinador vai subir para anunciar os membros de suas equipes. Vamos começar com nossa maior equipe... Futebol!" Isto leva as líderes a um frenesi, chutando e dando piruetas por todo ginásio. "Levantem a mão quando chamar seu nome", diz o treinador de futebol. "Adam Albers, Nate Atkins, Max Ballinski, Ty Edmonds..." a lista segue e segue pelo que parece uma eternidade. Estou de pé ao lado de Brian. "Mano, isso é uma tortura". "Me fale sobre isso", diz ele. Mas quando o treinador Wenner sobe ao pódio, os caras da equipe de luta livre de Paradise não estão dispostos a ficar para trás. Um rugido vai subindo atrás de mim. "Wee-ner! Wee-ner! Wee-ner!" Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

209


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Os caras estão pronunciando o nome do treinador errado de propósito. Aposto que Wenner já está planejando quantas flexões extras fará a equipe pagar durante o treinamento por isso. O resto da escola se junta a eles, assim como os professores que estão tentando colocar um fim às últimas cantorias. "Wee-ner! Wee-ner!" "Ok, ha ha, muito engraçado. Já riram, agora vamos começar", diz o treinador. "Andy Abrams, Caleb Becker, Adrián Cho, David Grant..." Embora nossa escola seja pequena, leva um bom tempo passar todos os nomes. Finalmente, depois de mais de uma hora preso nesse ginásio quente, Meyer recebe de volta o microfone e nos dispensa para nossas aulas do sexto período. Tentar sair é como uma cena de uma aglomeração geral. Todo mundo está tão agitado como eu para escapar. Mas fico preso atrás. Examino a arquibancada. Minha irmã está olhando para baixo, inconsciente de tudo, exceto as escadas. Maggie está parada com o resto da multidão empurrando para sair. Ela parece tão frágil de pé ali, como um pássaro rodeado por uma debandada de elefantes. Há alguns empurrões e encontrões. Dois alunos do terceiro ano estão brigando. E é bem onde Maggie está. "Maggie, cuidado!", grito, mas ela não pode me ouvir. Ela não percebe a comoção atrás dela, mas sou muito lento e tem muito barulho. O cara é empurrado para Maggie, que tropeça dois degraus e cai de joelhos. "Maggie!" grito, empurrando as pessoas para fora do caminho para poder chegar até ela. Finalmente a alcanço e me ajoelho ao lado dela. "Maggie, você está bem?" Ela pisca, parece que vai passar mal, e se senta. "Mag-ie, Mag-ie, Mag-ie", a multidão começa a cantar. Olho para a multidão e grito. "Calem a porra da boca!", mas ninguém está me escutando. Agarro o cotovelo de Maggie. Ela tenta se soltar, mas eu seguro firme. "Você está bem?" Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

210


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

pergunto uma vez que ela está de pé. A maioria das pessoas parou de cantar seu nome, mas alguns babacas ainda não têm nada melhor a fazer. Drew agarra meu ombro e me puxa para trás. "Caleb, porque esta ajudando ela? A vadia foi responsável por ter te colocado na cadeia". Eu fecho meu punho e dou um murro direto na cara de Drew. Ele vem para cima de mim e estamos na garganta um do outro, punhos voando, até que Wenner e outro treinador nos separam. "Onde a Maggie está?" pergunto. Wenner olha para mim como se eu estivesse desnorteado. "Na enfermaria". "Tenho que vê-la". "A única coisa que você vai ver é o gabinete do diretor, Becker. Qual é seu problema?". Sou escoltado até o escritório de Meyer. Não tenho escolha, já que Wenner esta com meus pulsos presos atrás das costas. "Espere aqui pelo Sr. Meyer", ordena o treinador. Mas assim que ele sai do escritório, eu pulo sobre a mesa da frente e abro a porta da enfermaria. As calças de Maggie estão enroladas acima dos joelhos. Meu olhar imediatamente se foca em suas cicatrizes. As linhas furiosas de onde os médicos devem tê-la costurado estão rosa e parece como se sua perna tivesse sido atacada pelas garras de um animal feroz. Por seu joelho, onde está o maior grupo de marcas, acho que tem um enxerto de pele, porque é um tom mais escuro e não combina com o resto de sua suave pele de marfim. Afastando meu olhar de sua perna, levanto o olhar para ela. "Sinto muito, Maggie", digo. Sua expressão é dura, seus olhos fechados. "Vá embora, Caleb. Ou você quer tirar uma foto pra poder mostrar a Kendra? Assim os dois teriam algo a mais para rir". Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

211


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quarenta Maggie Caleb nem mesmo sabe que a Sra. Reynolds morreu. Quando o vi no corredor esta manhã, eu estava indo lhe dizer. Mas então peguei Caleb e Kendra juntos. Antes que nosso relacionamento começasse, eu podia entender. Mas eu pensei que ele gostava de mim o suficiente para não precisar de mais alguém. Eu pensei que o que nós tivemos era real. Ugh. Não quero pensar em Kendra Greene e seu perfeito cabelo loiro e seus perfeitos e empinados seios ou o jeito perfeito que anda. Mas não posso evitar. Porque não sou perfeita. Estou sentada na sala da enfermaria para provar isso. Desde que Caleb ficou congelado ali, olhando fixamente as cicatrizes na minha perna, eu estive morrendo para sair dali. "Posso voltar para a aula agora?" A enfermeira da escola se inclina sobre minha perna com luvas de borracha, examinandoa. Ela olha para cima. "Dói?" Se refere ao meu coração? "Não. Tá tudo bem" digo a ela. "Verdade". "Há um pouco de sangue aqui. Estou preocupada que possa haver danos internos". "É só um pequeno arranhão" digo enquanto a mulher esta colocando anti-séptico em uma bola de algodão e esfregando o sangue do meu joelho. "Uma grande coisa por nada". Eu sei por que Caleb veio correndo para mim e agiu todo preocupado. É porque ele se sente culpado de que eu escutasse detalhes sobre seu relacionamento com Kendra. Drew só disse a verdade, eu fui responsável por colocá-lo na cadeia. Caleb e eu nunca deveríamos ter começado a conversar. Deveríamos ter continuado nos ignorando mutuamente na casa da Sra. Reynolds. Porque se não tivéssemos começado a nos falar, eu não estaria tão ligada a ele. Se não tivéssemos começado a falar, não teria beijado ele e desejado mais. Eu não teria deixado ele me manipular. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

212


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Enfermeira Sandusky não parece feliz quando desço da mesa de exame e cuidadosamente abaixo minha calça. Mas não vou me sentar aqui e ficar de mau humor o dia inteiro. Vou me levantar e me manter erguida - diante de Caleb, Drew, Kendra... e qualquer outro que decida ficar no meu caminho. Quando estou vestida, dou um suspiro de alivio. Minhas cicatrizes estão cobertas. Então, porque me sinto tão exposta? Porque Caleb viu as cicatrizes dos ferimentos que ele colocou no meu corpo. As cicatrizes que ficarão para sempre, que me fazem pensar nele e no acidente todos os dias da minha vida. Infelizmente, eu tenho que passar pelo escritório de Meyer no meu caminho. Caleb está sentado na frente da mesa do secretário, sua cabeça afundada nas mãos. Como se soubesse que eu o estou olhando, ele levanta a cabeça. Seus olhos me penetram como se estivem procurando calor ou conexão. Será que ele acha que eu sou uma idiota que quer ser humilhada? Afasto o olhar, espero a enfermeira me escrever um passe e deixo a sala o mais rápido possível. Como se o dia não pudesse ficar pior, Kendra e Hannah estão caminhando pelo corredor. Não me viram ainda. Eu me esgueiro no banheiro das meninas... já tive o suficiente por um dia. Eu me olho no espelho do banheiro. Olhos castanhos sem graça, cabelo que ainda não decidiu se quer ser claro ou escuro, e um nariz que é grande demais para o meu rosto. E ainda por cima de todas essas falhas, tenho uma coxeadura. Como eu poderia ter pensado que podia competir com a perfeita Kendra Greene? A porta do banheiro se abre rangendo. Escondo-me em um dos cubículos e logo escuto Kendra dizer, "Não consigo imaginar os dois se beijando. Você consegue?" "Ah, por favor, Kend, não me faça ficar com nojo. Caleb é, tipo, um cara durão de Hollywood e Maggie é, tipo, uma idiota total. Ela provavelmente beija com os lábios franzidos e as mãos dos lados". "Exatamente. Você devia ter visto ela esta manhã. Pensei que ela ia chorar no meio do corredor".

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

213


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

As duas riem. Quero morrer. Esqueça se manter erguida, no fundo eu sou realmente uma idiota e covarde. Espreito pela abertura da porta. Hannah está passando batom, enquanto Kendra está brincando com seu cabelo longo e loiro. "Ele sempre vai amar você. Vocês dois têm um vínculo que não pode ser quebrado" diz Hannah. Kendra para de brincar com seus cabelos e inclina-se contra uma das pias. "Caleb disse a Brian que estava a fim da Maggie". "Por que Maggie? Ela não é a pessoa menos provável para fisgar ele? Ele a atropelou com seu carro, já sabe. E ela tá se aproveitando". Kendra hesita. "O quê?" Hannah pergunta. "Você checou sob os cubículos?" Opa. Sou carne morta. Equilibrar-me no assento do vaso sanitário com uma perna ruim não é uma opção. A porta de um dos cubículos range abrindo. Oh, não. Tento espreitar pela porta, mas não quero tropeçar ou fazer algum barulho que as alerte que estou espionando. "Vocês duas são tão patéticas. Deveriam ter olhado antes de começar a tagarelar sobre suas patéticas vidas". É Sabrina, minha prima. "O que você ouviu?" Kendra diz. "O que você acha? Ouvi tudo." "E você vai guardar pra si mesma, não vai Sabrina?"

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

214


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Sabrina coloca as mãos nos quadris. "Não sei. Porque você não pára de espalhar boatos sobre minha prima? Ela pode mancar, mas tem mais para se admirar do que vocês duas juntas". As outras garotas encaram Sabrina como se dela houvessem brotado asas, totalmente chocadas de que sua seguidora finalmente demonstrou que tem mente própria. "Calma lá, Sabrina. Não se esqueça que você era uma perdedora e Maggie estava em seu lugar há um ano. Só porque agora você é amiga de Brianne e Danielle não significa que de repente você seja grande coisa". Ela tem razão. Eu não era agradável com Sabrina quando eu estava por cima e ela estava se esforçando para manter amigos que não se escondessem na biblioteca durante o almoço. Acho que as palavras de Kendra vão baixar a bola de Sabrina, mas minha prima não vacila. "Kendra, eu costumava adorar o chão que você pisava porque era bonita, popular e tinha um namorado que o resto das meninas só sonhava em ter. Eu queria ser popular, ser como você. Agora só acho você patética". "É melhor tomar cuidado, Sabrina, ou você apenas pode se encontrar sendo uma perdedora de novo, tão rápido que sua cabeça dará voltas". Os olhos de Kendra estão enormes e selvagens, e eu acho que se ela tivesse superpoderes teria derretido Sabrina com esse único olhar. Mas ela não tem superpoderes. Hannah está atrás de Kendra com o polegar e o indicador em um 'L' na testa, dirigido a Sabrina. Enquanto Sabrina está dando a cara por mim e sendo ameaçada, eu estou me escondendo como uma covarde. Minhas mãos estão suando. Eu percebo que é meu próprio medo me segurando. Observo minha prima dando a cara por mim sabendo que o resultado final não vai ser bonito. Sinto o espírito da Sra. Reynolds me dando coragem. Empurro a porta do cubículo abrindo-a amplamente, o rangido alto alerta as três da minha presença. O rosto de Sabrina está tão surpreso como o de Kendra e Hannah. Kendra dá uma risada nervosa, mas se recupera rapidamente. "Este é, sei lá, o banheiro designado para perdedoras e eu nunca fui avisada?" Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

215


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Você é igualzinha sua prima" Hannah me diz. "Aquela que sempre vai seguir os passos de garotas como Kendra e eu." Eu manco para o lado da minha prima. "Hannah, você e Kendra têm tudo. E ainda assim... vocês duas são cascas vazias, nada que vale a pena no interior. Eu não as seguiria mesmo que se isso significasse a cura das minhas pernas". "Acho que o acidente danificou seu cérebro" Kendra cospe as palavras como um dragão que cospe fogo em seu inimigo. Sabrina está me olhando em estado de choque. Sei que não tenho sido forte desde o acidente. Nunca enfrento as coisas por mim mesma e me concentro em meus defeitos em vez de minhas qualidades. Passar algum tempo com uma mulher forte como a Sra. Reynolds deve ter me contagiado. E passar tempo com Caleb nos últimos meses me fez sentir atraente e bonita. Eu só... no fundo não posso acreditar que ele esteve mentindo para mim. A admiração brilhava através das profundidades de seus olhos. Os dedos dele tremiam quando traçava meus lábios ou tocava meu rosto. Um cara como Caleb, que esconde suas emoções, não poderia fingir essas reações intensas, mesmo se quisesse. Kendra balança a cabeça e zomba de mim. "Se Caleb te deu alguma atenção foi apenas porque sentia pena de você". Tenho certeza que sim... mas o que compartilhamos foi muito mais além disso. "Eu não ficaria toda me sentindo se tivesse no seu lugar", digo a Kendra. "Não combina com você". Minha prima se vira para mim. "Caleb? Não, não pode ser verdade. Pode?" Eu aceno. "O Caleb Becker? Irmão de Leah Becker? Caleb Becker?" Inclino a cabeça para o lado e aceno um pouco mais. A boca de Sabrina cai aberta e os olhos quase saem das orbitas. Como uma onda de choque, percebo que Caleb estava certo o tempo todo. Ir para Espanha Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

216


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

era só uma maneira de me esquivar, uma maneira de escapar das pessoas e uma maneira de esquecer o acidente por um tempo. Mas o acidente aconteceu. Não tem jeito de esquecer. E eu manco. Tenho que encarar o fato de que nunca mais serei a mesma de antes. Está tudo bem. Eu estou bem. Respirando fundo, me dou conta de algo... Sinto-me mais forte e mais viva do que antes do acidente. A porta do banheiro se abre. Sra. Gibbons entra. Suas sobrancelhas levantam quando testemunha nossa pequena confrontação. "Vocês não deveriam estar na aula?" Nenhuma de nós responde. Kendra está olhando para mim, Hannah fica olhando de Kendra para mim e de volta para Kendra, Sabrina ainda está com a boca aberta em choque, e eu não estou revelando nada. "Ok, então. Vamos todas fazer uma pequena viagem ao escritório do Sr. Meyer para que ele possa chegar ao fundo disto". "Por mim tudo bem" digo. "Por mim também" diz Sabrina, me apoiando. Devo uma grande desculpa a ela por ter sido tão idiota antes do acidente. Às vezes você tem que se afastar da multidão, a fim de ser uma pessoa melhor. Nem sempre é fácil, isso é verdade. Mas é certo. E, às vezes, fazer a coisa certa é muito bom. Mesmo se acabar em uma viagem ao escritório do diretor. Os olhos de Kendra ainda estão cuspindo fogo. "Tanto faz". "Sim, tanto faz" Hannah diz, fazendo uma imitação embaraçosa de sua melhor amiga. Eu quase sinto pena dela. Nós seguimos a Sra. Gibbons ao escritório. Sabrina está me olhando, de olhos arregalados. "De jeito nenhum! Caleb Becker?" ela articula silenciosamente. Não é culpa de Kendra ser linda e atraente. Nem sequer é culpa de Caleb se sentir atraído Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

217


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

por ela. Isso nem mesmo importa. O que importa é que não estou acarretando sentimentos de ódio e traição. Tem sido muito desgastante. A Sra. Reynolds tinha razão. Não odeio Kendra. Não odeio Leah. Não odeio Caleb. Estou me sentindo mais forte do que estive... bem, eu nem me lembro quando. Tudo que sei é que me sinto bem. Não, melhor que isso. Eu me sinto forte.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

218


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quarenta e um Caleb Meyer apontou para mim e espetava o dedo no ar a cada palavra que ele dizia, "Ok, Becker. No meu escritório." Eu o segui até seu escritório, depois ele fechou a porta uma vez que eu estava sentado na cadeira em frente de sua mesa. Ele está irritado. Eu posso dizer pela forma como os músculos do pescoço dele se contorcem e pelas cores do seu rosto e de sua cabeça calva que se transformaram num profundo tom de vermelho. Ele nem sequer sentou em sua cadeira. Ele se sentou na ponta de sua mesa exatamente sobre mim. Ele está tentando intimidar, me assustar para que eu seja um bom garoto. Mas ele nunca dividiu o quarto com um cara como Júlio. E se Júlio não me intimidava, Meyer não tinha a menor chance. "Por que você começou uma briga com Drew Rudolph?" Eu não podia lhe dizer a verdade. Se a coisa toda vem à tona, Leah pode ser arrastada para isso também. E Kendra. E Maggie. Leah tem agido assustadoramente. Eu não sei o que ela vai acabar dizendo. Será que ela vai deixar escapar a verdade, que foi ela quem atingiu Maggie? "Eu não sei", eu disse em voz baixa. A raiva de Meyer reduzia enquanto a frustração tomava o lugar. "O que vou fazer com você, Becker? Um pai me ligou e disse que você foi responsável por coagir um colega a consumir bebidas alcoólicas. Outra queixa foi apresentada pelo treinador de luta livre de Fremont... algo sobre você ameaçar um de seus melhores lutadores. Você está andando numa corda bamba, está no caminho certo para ser um delinquente para sempre. Você não entende que a única pessoa que o seu comportamento prejudica no fim das contas é você? A menos que você possa se explicar, eu não tenho escolha, a não ser dar-lhe uma suspensão." Suspensão? Ah, merda. Gostaria de me defender, mas não adianta. O cara não iria acreditar em mim, de qualquer maneira. Eu permaneci em silêncio. "Você não tem nada a dizer sobre essas acusações?" "Não". "Caleb, sente-se lá fora enquanto eu penso em como proceder com isso." Então agora eu estou preso a outra cadeira de metal fora do escritório Meyer. Portas Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

219


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

fechadas e cadeiras de metal são temas reincidentes em minha vida. Eu olhei para cima quando a porta do escritório da frente se abriu. Maggie entrou no escritório, há apenas poucos metros de onde estava sentado. Eu só podia olhá-la de lado, e analisei o rosto dela. Ela tem maçãs do rosto salientes e um nariz reto. Não é pequeno; tem uma pequena saliência no meio, quase como se Deus quis colocá-la ali para que seu nariz não fosse perfeito. Ela não seria Maggie sem aquela imperfeição. Ela não é bonita de rosto como Kendra, mas há algo sobre ela... essa mistura de insegurança e características reais que não se encaixa. Cada uma de suas características reflete quem ela é. Exceto suas cicatrizes. Aquelas que eu queria poder tirar com um simples toque de meus dedos e transferi-las para meu próprio corpo. Maggie está focada no balcão, lendo algo com atenção. Seu cabelo caiu como uma cortina a proteger o seu rosto de mim. Eu mal percebi que Sabrina, Kendra, e Hannah estão na sala, também. Este lugar está ficando lotado. A Sra. Gibbons, a professora de artes, bateu na porta de Meyer. Ela enfiou a cabeça dentro da sala quando ele gritou para ela entrar em seu domínio sagrado. "Nós tivemos um problema com algumas das meninas do último ano." As meninas se dirigiram para o escritório de Meyer em fila indiana. Kendra parecia desafiadora, Hannah parecia com medo, Sabrina parecia indiferente, e Maggie... ela parecia decidida a lidar com qualquer coisa que viesse até ela. As meninas saíram alguns minutos depois. Maggie não olhou para mim. Ela saiu do escritório em fila com o resto das meninas. Meyer reapareceu na porta. "Ok, Becker. É a sua vez." Eu entrei em seu escritório e fui direcionado para outra cadeira. Esta era acolchoada. Eu descansei meus cotovelos sobre os joelhos e pensei no que Meyer disse: Eu estou no caminho certo para ser um delinquente para sempre. Maggie provavelmente estava certa: se você desaparecer, então você não tem que ser sempre lembrado do passado onde quer que você vá. Eu terminei o meu serviço à comunidade, mas ainda não chegou meus papéis finais de soltura. Damon com certeza vai me matar quando descobrir que eu entrei em uma luta. Que diabo vai acontecer quando eu voltar para o DOC? Espero que mamãe e Leah não Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

220


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

ultrapassem o limite. Ouvi o som dos sapatos e olhei para cima. Minha mãe estava em pé na porta do escritório de Meyer. Seus lábios estavam apertados. Eu pude perceber que ela não estava no controle porque eu a vi balançando-se um pouco de um lado para o outro. "Ah, a senhora Becker", disse Meyer. "Obrigado por ter vindo tão depressa." Mãe balançava a cabeça e se agarrava à moldura da porta. "Então ... eu posso levá-lo para casa?" Meyer caminhou até minha mãe e pôs a mão no ombro dela para firmá-la. "O rapaz que Caleb agrediu não apresentou queixa, ainda, mas a política me força a mantê-lo fora da escola até que isso seja resolvido. Eu ligarei para você depois de eu ter consultado supervisor do distrito para informá-lo da duração da suspensão de Caleb. " Mamãe balançou a cabeça, depois focou em mim. Ela parecia cansada. As linhas profundas sob seus os olhos e nos cantos da sua boca, pareciam mais profundas do que eu jamais vi. Eu coloquei essas linhas lá. Sem querer, eu quebrei o espírito de minha mãe. No carro, eu não tinha nada a dizer. E quando lágrimas silenciosas começaram a escorrer de seus olhos cansados, tudo o que eu queria fazer era fugir. Porque eu não posso dizerlhe qualquer coisa para fazê-la se sentir melhor, eu não posso lutar contra essa bola de neve de mentira que se tornou minha vida. Sentei-me no meu quarto até que a noite caiu, quando alguém bateu na minha porta. "Caleb, abra," chamou a voz familiar de um conselheiro de transição. Ótimo, agora eu tenho que ser criticado por Damon. "Deixe-me te contar", eu disse secamente enquanto eu o deixei entrar. Se você nunca viu o rosto de um negro ficar vermelho de raiva, você nunca viu Damon Manning irritado. "Que diabos está acontecendo? Recebi um telefonema de seu diretor esta tarde me dizendo que você está suspenso por duas semanas. Você quer voltar para o DOC? "Claro. Você está com as algemas?" Eu disse, estendendo meus braços para frente. Damon ficou cara a cara comigo, bem pertinho. "Escute, criminoso, eu não tenho problema em algemar você e levar sua bunda de volta para a prisão. Mas eu não acho que você Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

221


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

percebeu que seu aniversário de dezoito anos já está chegando. E você sabe que tipo de presente de aniversário de dezoito anos você ganha do Estado de Illinois? Você é transferido para a cadeia de verdade. Isso mesmo, o lugar de adulto onde os presos governam, e não vai passar um dia sequer que você não vá ser ameaçado ou forçado a fazer coisas que você só ouviu falar. Eu não quero você lá, Caleb, porque você vai entrar como um menino sabichão confuso e sair como um bastardo endurecido. Eles vão te comer vivo lá e ninguém poderá salvar seu bunda. Você está me ouvindo? Agora me diga por que diabos você está se enfiando em brigas." Estou tão acostumado a assumir a culpa que às vezes eu esqueço de dizer a verdade. Eu olhei Damon nos olhos, não estava brincando dessa vez. "Eu estava protegendo Maggie. Drew a insultou". Damon pegou minha cadeira e sentou-se nela. Ele pôs a mão na testa e começou a esfregála, como Meyer fez esta tarde. "Caleb, o que você está fazendo? Ela é sua vítima. Você a atingiu com seu carro." "Eu não fiz isso." "O quê?" ele repreendeu. "Eu disse que não queria fazê-lo." Damon tirou a mão da testa e se inclinou para frente. "Eu não sei o que você está tentando fazer aqui, mas não é bom. Se você não pode fingir que Maggie não existe, então deixe a cidade. Ela ligou para o meu chefe esta manhã, mostrando-se preocupada com sua segurança. Ela disse que você fora sexual com ela, e agora que acabou você a assediou.‛ "O quê?" Damon olhou em meus olhos. "Maggie Armstrong disse que ela vai prestar queixa. Oh, não fique tão chocado, Caleb. O que você esperava? Quando você não segue as regras tem que pagar as consequências. É simples." Nada é tão simples assim. Eu engoli. Minha garganta está apertada. Maggie me odeia o suficiente para me mandar de volta para o DOC? "Eu preciso saber," Damon continuou. "Você teve um encontro sexual com ela?" Sentei-me na minha cama e descansei minha cabeça em minhas mãos. Jesus, isso não pode estar acontecendo. "Isso depende do que você entende por um encontro sexual." Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

222


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Não foda comigo, Becker". "Eu não fiz sexo com ela." "Você a assediou?" Eu sacudi minha cabeça. "Nós tivemos um relacionamento, um relacionamento mútuo. Não foi grande coisa. Acabou. Pronto". "Como acabou?" "Bruscamente". Damon soprou frustrado, depois pegou uma pilha de papéis de sua pasta. "Eu tenho os documentos de sua soltura assinados. Você terminou o seu serviço à comunidade." Eu fiquei olhando para os papéis como se eles tivessem asas de anjos, mas minha cabeça ainda está revirando. Eu pensei que o que Maggie e eu compartilhamos era... bem, era muito mais do que eu já tive com Kendra. Se Maggie se relacionou comigo só por vingança ... oh, droga. "Você está liberado, mas temos um problema. Você não pode voltar para a escola. Caleb?" "Sim". "O mundo não está contra você, você sabe." Eu afirmei com a cabeça. Neste momento, não posso concordar. Minha intenção era consertar tudo quando voltei para casa. Mas tudo que eu tenho feito é lutar ao invés de corrigir. Eu estou perdido aqui. Depois que Damon se foi, eu fui para a cozinha. Mamãe estava encostada na pia. Ela estava tremendo enquanto ela pegou um monte de comprimidos e as engoliu com um gole de água. "Mãe, o que você está fazendo?" "Tomando remédio para tensão e estresse." Peguei o frasco de pílulas do balcão. "Devolva-me", ela ordenou. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

223


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Olhei mais de perto o nome do remédio. Diazepam. Valium. "Há quanto tempo você toma isso?" "Devolva-me", disse ela, puxando o frasco da minha mão e segurando-o como se isso mantivesse sua sanidade. "Você pode ter uma overdose dessa merda, mãe. É perigoso." Minha mãe riu, um riso gutural tão forte que a fez tossir. "É por isso que você está evitando chegar perto de mim. Você se tornou uma viciada em remédios encubada?" Porra, por que eu não vi isso antes? "Não está mais encubado, está?" "O meu pai sabe?" "O que você acha? É a única maneira para eu manter um sorriso no meu rosto todos os dias. Ele não gosta de pensar sobre as coisas ruins. Ele é muito ocupado. Eu tenho sido um fracasso, não tenho? Uma esposa terrível, uma péssima mãe ... não é de se admirar que eu fui expulsa da Ajudante das Mulheres". "Pare de se importar com o que todos pensam!" Eu gritei. "Você está matando toda a família." "Será que você pensou sobre toda a família quando você atingiu Maggie? ela sussurrou, depois bufou de raiva. "Isto não é sobre mim, mamãe." Eu não disse a ela que isso nunca foi sobre mim. Ela sacudiu a cabeça. "Você não entendeu, Caleb, não é? Há quatro pessoas que vivem nesta casa e nós somos todos estranhos. Isso é sobre você. É sobre todos nós." Eu nem sei mais quem eu sou. Eu pensei que soubesse, mas com a traição de Maggie estou de volta onde eu comecei. Minha mãe se virou para a pia, o corpo tremendo e fundido em desespero. Quando eu caminhei até ela e coloquei meus braços em torno dela, eu quis dizer a ela que eu vou ajudá-la. Preciso de ajuda, também. Mas ela endureceu, assim que eu fiz contato. "Não me toque".

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

224


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu tirei minhas mãos dela e me afastei. Tudo ao meu redor está quebrando em milhões de pedaços. Não há nenhuma maneira que eu possa corrigi-los, não importa quanto eu tente. "Não espere," eu rangi os dentes antes de sair da cozinha e subir as escadas de dois em dois degraus. Eu bati na porta do quarto de Leah. "Abra". "O que você quer?" Leah disse através da porta. Eu golpeei mais forte. "Leah, abra essa porta ou eu vou derrubá-la." Ela abriu exatamente antes de eu quebrá-la com um chute. "O quê?" "Há quanto tempo mamãe vem abusando desses medicamentos?" Ela encolheu os ombros. "Depois que você foi condenado. Ela parou por um tempo, mas recomeçou quando você foi solto." "Como você pode ficar ai como se não fosse grande coisa?" Leah olhou para mim e colocou a cabeça de lado, a maquiagem preta em contraste com sua pele branca, fazendo-a parecer uma farsante. "Quando ela está drogada, ela não faz perguntas." Hã? Eu fiquei olhando para a minha irmã como se ela fosse um fantasma, uma concha de uma pessoa que um dia eu conheci. "Você ainda tem uma consciência?" Leah deu de ombros. Eu agarrei seus ombros e gritei: "Leah, cresça e, finalmente, assuma a responsabilidade por alguma coisa... qualquer coisa!" Lágrimas começaram a escorrer por seu rosto. Eu não deveria estar satisfeito por estar fazendo isso a minha irmã, mas eu juro que qualquer emoção dela me agrada. Eu sinto suas emoções também. Mas elas estão tão em conflito como as minhas que eu não posso estar perto dela. Agora não. Uma parte de Leah sempre fora uma parte de mim. Seu sofrimento tornou-se meu, e agora eu não quero ter nada a ver com isso. Ela estava chorando quando eu saí da casa e desci a rua. Eu andei dez casas de distância antes de eu perceber para onde estava indo: a casa da Sra. Reynolds. A senhora é a única que é dura o suficiente para ajudar. Talvez ela me deixe Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

225


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

viver com ela, naquele pequeno quarto em cima da garagem. Esperar 20 minutos um ônibus chegar e me levar a Hampton parecia uma eternidade. Quando chegou e eu olhei a casa da velha senhora, eu senti que estava em casa. Eu toquei a campainha da porta, esperando que ela ouvisse. Talvez eu instalasse uma dessas lâmpadas que se acendem cada vez que a campainha toca, portanto, se a sua audição vai realmente acabar, ela vai ter tudo pronto. Da segunda vez que eu toquei, a porta se abriu. Mas não era a Sra. Reynolds, era o cara que é dono do restaurante Tia Mae. "A Sra. Reynolds está em casa?" "Você não é Caleb Becker? "Sim, eu -". "Como você conhece a minha mãe?" ele questionou. Eu coloquei minhas mãos em meus bolsos. "Eu trabalhei para ela." Ele hesitou, confuso, então abriu sua boca. "Você construiu o gazebo? "Sim". "Enquanto Maggie Armstrong trabalhava aqui? Vocês dois, juntos?" "Com a Sra. Reynolds:" Eu lhe garanti. "Ela sabia que foi você quem atingiu a Maggie? Esquece, pelo seu olhar eu garanto que a minha mãe sabia. Provavelmente ela tentou consertar tudo, não é?" "Sim, senhor. Preciso falar com a Sra. Reynolds." Ela é a única que me resta agora. "Ela faleceu ontem de manhã." Não. Não, isso não podia acontecer. Um buraco se abriu no meu peito e se espalhou pelas minhas veias. "Você está mentindo." "Minha mãe teve um ataque cardíaco enquanto dormia. Agora eu não sei o que tem acontecido aqui, mas eu sei que a mãe de Maggie não quer você rodeando sua filha. Respeite a família e deixe-a em paz." "Sem problema. Não tem problema nenhum", eu disse. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

226


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quarenta e dois Maggie Mamãe disse-me que o Sr. Reynolds tinha uma surpresa para mim. Fui ao restaurante Tia Mae depois da escola e o Sr. Reynolds deu-me as chaves do Cadillac de sua mãe. Eu protestei, mas minha mãe me garantiu que a Sra. Reynolds iria querer que eu ficasse com ele. Então, agora mamãe está me levando para a casa da Sra. Reynolds no seu intervalo. Ela me ajudou a abrir a garagem. Eu sorri quando vi o carro, lembrando da vez que a Sra. Reynolds me ajudou a superar meu medo de dirigir. "Tem certeza que está preparada para fazer isto?" Mamãe perguntou. "Sim, eu tenho certeza. Agora volte ao trabalho. Eu vou ficar bem." "Maggie, você tem sido tão forte ultimamente, mas eu não sei se você está preparada para isso." É hora de eu lhe dizer como eu estou me sentindo. Eu tenho tentado não demonstrar isso para não machucá-la, enquanto o tempo todo eu acho que vou machucá-la mais se eu não disser nada. "Mãe, eu preciso de espaço", eu disse, então avaliei a reação dela. Ela está olhando para mim com ceticismo, mas posso dizer pelo jeito que seus lábios estão juntos e pela forma que ela está concentrada que ela está ouvindo e tentando entender. Eu respirei fundo e disse: "Eu sei que é difícil para você. Foi incrivelmente difícil para mim... mas eu estou finalmente preparada para aceitar o meu corpo e minhas limitações. Eu sou eu... o meu novo eu. Pode não ser um perfeito eu, mas eu estou bem com isso. Finalmente eu parei de tentar escapar da minha vida, você não acha?‛ Uma lágrima escorreu pelo rosto da minha mãe. Ela sorriu para mim, aquele sorriso quente que atinge seus olhos. "O acidente... ele levou uma parte de você embora." "Só porque eu permiti." Agora nós duas estamos chorando. Eu dei-lhe um longo abraço. Após alguns minutos ela entrou em seu carro e foi embora, dando-me o espaço que eu precisava. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

227


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Respirando fundo, eu examinei o quintal. E engoli em seco. O gazebo está de pé como um castelo no meio da grama, delineado pelos canteiros de flores. Os bulbos estão esperando pacientemente em hibernação até que seja hora de pôr a cabeça para fora da terra pela primeira vez e ganhar vida com bastante energia. Depois de ontem, eu me sinto como se eu tivesse florescido. Precisou de um romance e de uma velha senhora para me tirar da hibernação, mas aconteceu. Enquanto eu estava voltando para casa com cuidado, vi Caleb no parque de Paradise nas quadras de basquete. Eu paro para que ele saiba que eu não estou chateada por ele ter me traído. Eu vou superar isso. Pode demorar um pouco, mas eu vou ficar bem. Eu vou ter outros namorados e aventuras na vida, outras vezes eu vou poder me sentir confiante e despreocupada e feliz. Eu sou uma sobrevivente. Mesmo com o meu coxeio. Saindo do carro e juntando toda a minha coragem, eu caminhei até ele. Ele me viu, mas não parou de driblar a bola. "Caleb", eu chamei. "Por que você não me falou sobre a Sra. Reynolds?" "Eu não tive chance. Eu queria", eu disse, então dei um passo na direção dele. "É melhor você ficar para trás ou eu posso começar a te assediar." Ok, eu mereço isso. Eu dei um tapa nele e recusei a sua ajuda ontem. Mas isso foi antes de ajeitar tudo em minha cabeça. "Eu ouvi que você está em apuros." "Você veio aqui para esfregar isso na minha cara ou para me desafiar para um ‘um contra um’?" Disse ele. "Você sabe que eu não posso jogar." Ele me olhou de cima a baixo sugestivamente. "Oh, você joga, Maggie. Talvez não basquete, seus jogos são mais complicados do que isso." "Do que você está falando?" Ele pegou a bola de basquete e a segurou ao seu lado, então deu uma risada curta. "Eu não posso acreditar que você tem medo de mim."

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

228


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Eu avancei, aproximando-me dele e levantando meu queixo com confiança. "Eu não tenho medo de você." Ele está diante de mim com tanta confiança quanto eu estou mostrando-lhe. "Prove‛. "Como?" Ele jogou a bola para o lado da quadra e caminhou em minha direção, diminuindo a distância entre nós. "Descubra." Prendi a respiração e entrei em pânico. "Eu... eu não sei o que você quer dizer." "Eu acho que sim", disse ele, chegando tão perto que eu quase pude sentir suas emoções como se fossem as minhas. "Você quer que eu te beije?" Perguntei sem fôlego. "Você me arruinou, você sabe disso, não sabe?" Disse ele exatamente antes de eu ficar na ponta dos pés e tocar meus lábios nos dele. Ele agarrou minha cintura e me puxou para perto de forma que eu pude sentir toda a força e o comprimento do seu corpo contra o meu. Meus dedos agarraram seu bíceps, ao mesmo tempo. Eu estou perdida na proteção de seu abraço e o cheiro e o gosto que é exclusivamente de Caleb Becker. Excepcionalmente... nosso. Quando o nosso beijo se tornou mais intenso, eu senti uma mudança nele. Ele está beijando mais forte, mais completo. Zangado. Eu tropecei para trás e empurrei-o para longe de mim. "O que você está fazendo?" Ele limpou a boca com as costas da mão. "Garantindo que eu te assuste. É o que você quer, não é? Assim você pode alegar ser a vítima." Nós estamos aqui de pé olhando um para o outro. Controlador e controlado. Agressor e vítima. Menino e menina.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

229


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quarenta e três Caleb "Você não disse a ela que eu a atropelei, não é?" pergunta Leah enquanto observa Maggie fugindo do parque. Eu balanço a cabeça. "Mas você e Maggie. Eu vi como você olhou para ela e soube..." "O quê?" digo rapidamente, então olho minha irmã diretamente nos olhos. Começo a caminhar de volta para casa com minha irmã andando ao meu lado. "Se envolver com Maggie pode arruinar nossa família, Caleb". "Me deixa em paz, Leah. Tô falando sério" viro para ela. "Já tive o suficiente". Quando chego em casa meus pais estão me esperando na porta da frente. Meu pai está parado rígido, um olhar severo no rosto. Minha mãe está ao lado dele. Posso dizer que ela esta totalmente fora de si. "Onde você estava na noite passada?" ordena papai em uma voz tão dura que se poderia pensar que eu estive cometendo um assassinato. "Visitando uma velha amiga. Qual é o problema?" Minha mãe olha para meu pai. Eu abro meus braços amplamente. "O quê?" "Vi Maggie vindo da direção do parque" diz papai. "E? É um país livre, pai. As pessoas podem andar onde quiserem". Minha mãe cruza seus braços fortemente, agarrando-se em seu suéter. "Só não queremos que você se meta em problemas. As pessoas falam..." "Sobre o quê?" "Não quero discutir isso" diz mamãe, e então começa a andar tensa de volta para casa, sem dúvida, para se entorpecer de novo. "Vamos discutir isso. Aqui, agora." Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

230


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Caleb, por favor, não tão alto" Minha mãe olha nervosamente as casas dos vizinhos, certificando-se que ninguém presencie a cena que estou a prestes a fazer. Deus, eu queria que ela parasse de se preocupar com as aparências e visse que sua família esta desmoronando. "O que as pessoas estão dizendo?" "Nada, Caleb. Está tudo bem. Agora pare de tolice". Vou para o meio do jardim da frente e digo tão alto como posso, "Eles estão dizendo que eu estive procurando brigas na escola? Estão dizendo que estou assediando Maggie? Fazendo meus amigos beber álcool? Acha que isso é verdade, não é? Vamos lá, me mande a porra das fofocas!" "Agora você passou dos limites" diz papai, ficando entre nós. "Entre em casa e se acalme. Pode se desculpar com sua mãe depois do jantar". Eu arrebento, como um elástico que tivesse sido esticado até seus limites por tanto tempo que simplesmente se quebra violentamente. Beijar Maggie, a suspensão da escola, as manipulações de Kendra, a advertência da minha irmã, a incapacidade dos meus pais de enfrentar a realidade, o problema do vício da minha mãe, os boatos falsos... tudo isso esta me deixando louco. "Não penso em me mover daqui até que todas as cartas estejam sobre a mesa" digo. Olho para minha irmã. "Caleb!" Leah chora. "Por favor, pare". A postura do meu pai endurece ainda mais, seus lábios se apertam e a expressão de seus olhos é dura. "Esta é minha casa" diz ele. "E enquanto você viver aqui vai obedecer minhas regras. Agora, entre em casa, deixe sua mãe em paz... e... acalme-se!". Engulo com dificuldade. Não é fácil para mim dizer as seguintes palavras que saem da minha boca, mas não posso contê-las por mais tempo. Minha família esta acabada, todos e cada um de nós. Eles querem permanecer ignorantes, esquecer a realidade e viver no mundo que criaram. É falso, é doente... e eu não posso fazer isso. Acho que o único jeito deles se curarem é eu não estando aqui. Sou a raiz dos seus problemas. Se eu arranco a raiz, removo o problema.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

231


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Estou indo embora", digo. Meus pensamentos se voltam para Maggie, a garota que eu costumava achar que não valia a pena olhar uma segunda vez. Mas quando as coisas ficam difíceis, ela é a garota mais forte que conheço. Ela me confrontou sobre Kendra antes do acidente, ela vai para a escola mesmo quando as pessoas riem da forma que se move, e trabalhou duro para a Sra. Reynolds, a fim de conquistar seu sonho de ir para a Espanha. O acidente fez dela uma pessoa mais forte. Diabos, ela me fez uma pessoa mais forte. "Onde você pensa que vai?" demanda papai. "Lá dentro pegar minhas coisas, então vou sair daqui. Não posso viver com a vergonha e a negação que me rodeiam. E você tampouco deveria". "Isto é o que somos agora, filho. O acidente nos mudou... todos nós. Estávamos bem até que você estragou tudo". Eu balanço a cabeça. "Não quer que tudo volte a ser como antes? Eu faria qualquer coisa para fazer que esta família fosse normal novamente". "Não deveria ter pensando nisso antes de atropelar Maggie? Eu nunca pensei que diria isso ao meu próprio filho, mas você... Caleb Becker... é um bastardo egoísta". Passo ao lado dos meus pais e de Leah, indo para meu quarto. Tirando uma mochila do meu closet, coloco coisas dentro sem pensar muito. Estou pronto em cinco minutos, então olho meu quarto pela última vez. Meu sabre de luz ainda está na minha estante, esperando que eu volte. Mas eu não vou voltar. Esperançosamente, depois que eu vá embora, minha mãe não vai precisar drogar sua vida para fazê-la mais suportável e Leah poderá viver sua vida da forma que quiser com ou sem a verdade. E meu pai... bem, um dia ele terá que encarar a realidade. Quando estiver pronto. Agora, cabe a mim encontrar meu caminho e parar de tentar fazer que a vida volte ao normal. Foda-se o normal. O normal não existe. A família Becker já não existe. Agora estou por minha conta. Com um suspiro de determinação entro de novo no quarto, pego o sabre de luz, o meto na mochila, e saio. Leah esta na porta da frente, bloqueando-a. "Não vá" ela implora. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

232


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Sai do meu caminho". "Mamãe e papai precisam de você, Caleb. Eu preciso de você" Dou um risada curta. "Mamãe e papai vão ficar bem. Eles gostam de viver na negação. Quanto a você..." dou uma olhada em sua roupa preta. "Você tem que começar a superar o acidente. Encare os fatos antes que pessoas como Kendra te obriguem a fazer. Não posso te proteger mais. É hora de que você proteja a si mesma". Movo-me ao redor dela e ando para fora. Não tenho idéia para onde vou ou o que fazer, mas sinto-me livre. Jogando a mochila no ombro começo a caminhar. Quando alcanço a casa de Maggie, não a vejo, mais sei que ela esta lá dentro. Dou-lhe uma saudação de despedida e continuo caminhando. O gazebo da Sra. Reynolds é onde passo a noite, fria e solitária. Quando uma estrela cadente passa sobre mim enquanto olho para o céu, eu me pergunto se é a velha senhora me dando um sinal.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

233


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Quarenta e quatro Maggie Caleb me beijou ontem à noite na quadra de basquete. Eu retribuí o beijo. Ainda não posso acreditar que qualquer uma dessas coisas aconteceu. Pensei que estava tudo bem sem precisar muito dele. Eu deveria tê-lo apagado dos meus lábios e lavá-los com sabão antes de ter ido para cama, mas em vez disso, fico me olhando no espelho. Meus lábios ainda estão inchados, um lembrete de como os lábios de Caleb eram quentes e exigentes. Por anos imaginei como seria beijar e sentir o gosto de Caleb. Para ser honesta, queria afastá-lo, para fazer ele me querer como eu o queria, e rejeitá-lo como ele me rejeitou. Mas não consegui. Todos esses sentimentos da minha infância retornaram, desde o momento que Caleb me encorajou a descer da árvore em frente à minha casa até a vez que ele assumiu a culpa por aquela estátua quebrada. Nem sequer posso esquecer os momentos que dava tapinhas nas minhas costas enquanto eu chorava para Leah sobre o divórcio dos meus pais. Pelo último ano, o acidente determinou minha vida e me moldou no que me tornei. Eu retomei minha vida de novo. Sentada na minha cama, puxo a perna da calça. Percebo que meu coração esta batendo menos rápido enquanto checo as cicatrizes com meus olhos. Eu costumava pensar nelas como cicatrizes furiosas, mas agora não as vejo como furiosas. Elas nem mesmo são assustadoras. Traço as linhas com os dedos, e nem sequer desejo que desapareçam. Elas são uma parte de mim. Fecho meus olhos, lembrando do acidente. É tão estranho pensar sobre aquela noite sem ter emoções maciças correndo soltas nas minhas veias. Através da escuridão atrás das minhas pálpebras, a imagem de Caleb dirigindo o carro que me atinge é delineada na minha cabeça. Mas algo não parece certo. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

234


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Arrepios sobem e descem por minha espinha. Porque, quando fechei meus olhos bem apertados, a imagem do motorista se torna mais clara e a nebulosa neblina se dissipa. É Leah. Com um olhar aterrorizado e medo em seus olhos enquanto perde o controle do carro. Leah foi a que me atropelou naquela noite. Não Caleb. Porque ele... Porque eles...? A campainha toca enquanto ainda estou tentando digerir tudo isso. Meu estômago esta embrulhado. Quero vomitar. Mas não posso, porque minha mãe esta me chamando lá embaixo. Quase caio enquanto cumprimento um homem e uma mulher vestindo conjuntos combinados azul-marinho. "Maggie, somos do Departamento Correcional Juvenil de Illinois. Estamos aqui para investigar sua queixa sobre Caleb Becker". "Eu não fiz queixa alguma" digo a eles. A mulher abre sua maleta e tira uma pasta. "Temos documentado que você chamou o número 1-800 da justiça juvenil queixando-se ao operador que Caleb Becker estava te assediando". Oh meu Deus. Balanço minha cabeça e olho para minha mãe. "Não liguei. Mãe, juro que não liguei". "Tem certeza?" pergunta o homem. "Você não tem que ter medo, Maggie. Estamos aqui para assegurar que você esteja protegida". Eu me levanto. "Não tenho medo de Caleb. Somos amigos". Minha mãe diz, "Por favor, desculpem minha filha. Não sabe do que esta falando. Ela foi instruída a não ter nenhum tipo de contato com esse rapaz. Certo, Maggie?" Mordo meu lábio inferior. "Mãe..."

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

235


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

"Maggie?" Ontem à noite no parque faz sentido agora, porque ele estava me testando. Ah, como ele deve me odiar, pensando que liguei e me queixei quando nunca faria nada para machucálo. Kendra o machucaria. Não eu. "Tenho que ir vê-lo". "Maggie volte aqui!" Manco até a casa dos Becker antes que alguém possa me parar. Sra. Becker atende a porta. "Caleb está em casa?" pergunto freneticamente. "Eu realmente, realmente preciso falar com ele. Sei que você provavelmente me odeia por ser a razão pela qual ele foi pra prisão, mas acho que foi tudo um engano e-" "Caleb se foi" diz ela, totalmente sem se abalar pelas palavras saindo de sua boca. Inclusive tem um sorriso estranho no rosto. "Se foi". Neste ponto, minha mãe havia me seguido até a casa dos Becker com os investigadores a reboque. Mamãe cumprimenta a Sra. Becker estranhamente. "Penny, o que há de errado?" Assim que minha mãe diz, a Sra. Becker escorrega e cai direto nos braços da minha mãe. Após os gritos de mamãe, os dois investigadores a ajudam a carregar a Sra. Becker para dentro da casa. "Ela desmaiou" diz um deles. Enquanto eles se encarregam da Sra. Becker, dou um passo para trás. O que a Sra. Becker quis dizer quando disse que Caleb se foi? Corro para casa, pego minhas chaves e dirijo para a casa da Sra. Reynolds. Verifico a garagem, o gazebo... ele não esta aqui. O tempo todo eu culpei Caleb por me atropelar, sem questionar sua culpa. Ele se declarou culpado, mas lá no fundo detectei algo estranho nele. Pensei que era falta de remorso por ter me atropelado, quando o tempo todo foi falta de culpa. Meu coração se encolhe ainda mais com cada momento que passa, enquanto dirijo ao redor de Paradise. Estou à procura de Caleb, ou algum sinal de que ele ainda esta aqui. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

236


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Antes de me dar conta, estou no lugar onde minha vida mudou. A cena do acidente. As marcas de derrapagem do carro ainda estão no meio-fio, uma sombria lembrança daquele dia. Eu não vim aqui desde o acidente. Eu não teria tido a força de reviver tudo de perto. Saio do carro e caminho até as marcas de derrapagem desvanecendo, olhando para elas pelo que parece uma eternidade. Será que eventualmente elas desapareciam completamente, até que as únicas lembranças físicas do acidente sejam aquelas que carrego em mim? Eu sei a verdade, entretanto. Essas cicatrizes visíveis não são tão profundas como as emocionais com que Leah e Caleb têm estado lutando. Eu tenho um desejo ardente de ajudá-los, assim como Caleb me ajudou. A coisa mais importante que aprendi nos últimos meses é que os amigos são inestimáveis. Pessoas que você ama podem te tirar dos momentos mais difíceis. Eles precisam de mim assim como preciso deles. Sinto falta de Leah como minha confidente, minha melhor amiga. E o amor que tenho por Caleb é do tipo para sempre, que nunca vai desaparecer, não importa o quanto eu tente negar. "Maggie". Eu me viro. Caleb está em um Toyota preto, e um cara que não reconheço ao volante. Caleb diz ao cara para parar o carro, então ele caminha para mim. Ele parece triste, solitário e preocupado. "Como chegamos aqui?" pergunto. "Aqui é onde tudo começou". "Eu não liguei para fazer queixa de você" digo às pressas. "Veja, esses investigadores vieram a minha casa esta manhã e disseram que estavam investigando uma denúncia que eu fiz e eu insisti que nunca a fiz e então eu percebi que você deve ter pensando que eu fiz e então..." Caleb põe um dedo em meus lábios, detendo minha tagarelice. "Não importa". "Importa sim. Isso tudo não é sobre isso? Confiança e honestidade?" Preciso provar isso a ele, um sinal de que confio nele sem reservas. Eu puxo a perna Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

237


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

esquerda da calça com uma das minhas mãos, revelando todas as cicatrizes até o joelho. Suas sobrancelhas se unem em dor, como se fosse ele que as colocou na minha perna. Pego sua mão na minha e juntos traçamos as linhas inchadas com nossos dedos. "Vê, não a nada que queira esconder de você. Você sente o mesmo, Caleb? Sem segredos, sem mentiras?" Preciso que ele me diga a verdade sobre o que aconteceu naquela noite. Preciso escutar de seus próprios lábios, suas próprias palavras. Diga-me que você não me atropelou, quero dizer. Me diga a verdade. "Ei, amigo, está pronto para vamónos?" grita um rapaz do carro. "Quem é esse?" ‚Rio‛. Estou preocupada. "Quero dizer, quem é ele?" "Você não quer saber, Maggie" diz Caleb. "Escuta, tenho que ir". Olho para cima, seu rosto lindo, intenso. Ao mesmo tempo, que sei que ele nunca vai me dizer o segredo que mantém guardado dentro de si. Esse feroz espírito protetor é uma parte dele, um vinculo que não pode quebrar. "Aonde você vai? Quando vai voltar?" "Eu não vou voltar". Olhando no fundo de seus olhos sérios e tristes, sei que ele quer dizer o que esta dizendo. Meus olhos começam a se embargar e as lágrimas rolam por meu rosto. "Você não pode me deixar. Não agora" quero rogar, implorar, chorar e agarrá-lo até que mude de idéia. Quero jogar tênis com ele hoje, amanhã, e no dia seguinte. Ele gentilmente enxuga minhas lágrimas com seus dedos. "Então vem comigo". Mas o curso das coisas cruelmente mudou. Então lhe digo, "Eu percebi que você estava certo. Isto é uma forma de se esquivar. Vou ficar em Paradise, até me formar, e economizar o dinheiro que a Sra. Reynolds me deu para a faculdade". "Becker, vai vir ou não?" o rapaz do carro grita. Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

238


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Caleb acena e diz, "Sim, estou indo". Eu me inclino e toco sua testa contra a minha. "Diga-me que o que tivemos foi real" sussurro. "Por favor". Caleb toma meu rosto em suas mãos, nos colocando em nosso próprio mundo particular. "Tão real como foi. Nunca questione isso, não importa o quê. Tá legal?" "Nesse exato instante estou questionando tudo. Porque eu vim aqui?" "Porque você esta pronta para começar uma nova vida, Maggie. Você está livre do passado agora. Ele não pode te machucar. Para mim, ser livre significa deixar Paradise", inclinandose, ele me beija. Tão suave e cheio de calor e anseio e tristeza. Quero agarrá-lo e mantê-lo seguro. "Isso significa que nós dois estamos livres?" Ele balança a cabeça, incapaz de colocar em palavras. Sei que ele nunca vai escrever ou telefonar. Ele vai cortar todos os laços com sua família e esta cidadezinha que lhe causou tanto desgosto. Inclusive eu. Deus, como eu queria que Caleb nunca tivesse se confessado culpado por me atropelar. Embora se o acidente nunca houvesse acontecido, se ele nunca tivesse ido para a cadeia e fosse obrigado a prestar serviço comunitário, Caleb e eu nunca teríamos ficado juntos. Eu não mudaria isso por nada. Ele dá um passo para trás e pisca para mim. "Tchau" "Eu não vou te dizer o mesmo, você sabe" digo a ele. Ele solta uma risadinha e continua recuando. "Então me diga algo que eu possa lembrar como suas últimas palavras para mim. Diga que me ama. Diga que você vai pensar em mim todas as noites antes dormir. Diga-" "A galinha vermelha voou do galinheiro" digo.

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

239


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Ele ri. "Sempre vou lembrar-me da Senhora Reynolds, o gazebo, os narcisos, você e eu no gazebo..." Caleb pisca para mim mais uma vez e vira-se, dando-me as costas enquanto caminha para o Toyota. Eu quero gritar com ele por me deixar. Quero correr atrás dele e me esquecer de ser sensata. Vamos viver juntos nas ruas. Contanto que sejamos um time, nada poderá nos derrubar ao menos que estejamos separados. Mas ele nunca me disse que foi Leah que me atropelou. Ele é o único que, no final, não confiou em mim... ou em si mesmo. Estou chorando agora, mais do que depois do acidente. E meu coração dói, mais dor destilando dele do que senti na perna. "Caleb!" grito antes de ele deslizar no assento do passageiro e fechar a porta do carro. Eu prendo a respiração, esperando que ele volte para mim. Que ele se vire. Mas ele não faz. O carro chia ao se afastar, suas luzes vermelhas um borrão através dos meus olhos lacrimejantes. Dirijo de volta para casa e em algum momento durante o trajeto eu paro de chorar. Há uma força dentro de mim que não sabia que existia antes. É como se a Sra. Reynolds estivesse me cutucando para me manter forte. A vida é muito curta, disse uma vez. Ela estava certa. Quando chego à entrada da minha garagem e saio do carro, avisto Leah. Ela esta parada na porta da frente da casa dela, os olhos inchados. Ando até ela. "Sua mãe esta bem?" Ela dá de ombros. "Acho que sim. Sua mãe esta com ela". Bom, esse é um passo na direção certa. Já era hora de repararmos essa barreira invisível. Olho para minha velha melhor amiga. "Você o viu, não é?" ela pergunta. "Sim".

Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

240


Simone Elkeles – Leaving Paradise

Grupo Shadows Secrets

Ela cobre os olhos com o braço e começa a chorar. "Eu preciso te dizer uma coisa realmente importante. Mas não sou capaz de te olhar nos olhos enquanto faça". Pego seu braço e o abaixo. "Você não tem que me dizer agora" digo a ela. "Quando estiver pronta, podemos conversar". "Você vai me odiar, Maggie. Pelo resto de sua vida vai me odiar". "Não vou odiar você. Eu sei, Leah. Eu sei o que é" "Sabe?" ela diz, os olhos vidrados. "Sim. Mas esta tudo bem". "É?" "Vamos apenas dizer que nossa amizade significa muito mais para mim, do que guardar rancor ou viver no passado. Sabe o que sempre me ajuda a esquecer?" "O quê?" "Uma maratona de torta". Leah me dá um pequeno sorriso por trás de suas lágrimas. "Você tá brincando, né?" "Não. Vem comigo dar uma volta pela Tia Mae. Vamos pegar nossas mães... acho que precisam de um pouco de torta também".

Fim! Http://gruposhadowssecrets.blogspot.com

241

Leaving paradise 01  
Leaving paradise 01  
Advertisement