Issuu on Google+

PORTFÓLIO GIORDANA PACINI


SUMÁRIO APRESENTAÇÃO PROJETOS

[

INTENÇÃO COMPOSITIVA BAR MANGUAÇA

2010 REFÚGIO DESMATERIALIZADO

[

EDIFÍCIO MULTIFAMILIAR JB²

2012[

BIBLIOTECA MUNICIPAL

. 2011

VILA RESIDENCIAL

OUTROS DESIGN GRÁFICO DESENHOS FOTOGRAFIAS


GIORDANA PACINI 21 anos, estudante da FAU-UFRJ desde 2010. Apaixonada por arquitetura, tem interesse em diversas áreas, desde o design de móveis até as novas tecnologias de construção. Tem especial apreciação por arquitetura bioclimática e pelas teorias fenomenológica e desconstrutivista. Acredita que um bom projeto e um bom design tem poder de transformação enorme sobre a vida das pessoas. Interessa-se por arte em geral, principalmente por fotografia e arte site-specifc.

APRESENTAÇÃO


PROJETOS


+

+

CUBO

PLANO CURVO

+ TADAO ANDO

INTENÇÃO COMPOSITIVA localização: TERRENO FICTÍCIO orientador: JAMES MIAMOTO

LINHAS

+ CALATRAVA

MORPHOSIS

=


BAÍA DE GUANABARA

VILA DOS PESCADORES

‘MANGUE’

LETRAS CETEM FAU/EBA

N

BAR MANGUAÇA

localização: MANGUE - ILHA DO FUNDÃO orientador: ANA SLADE

PROTEÇÃO SOLAR

VISADA PRINCIPAL


BAR

SOCIALIZAR

VER E SER VISTO

+

+ ! +

GARAGEM

PIVOTANTES

!

MANGUAÇA

= BAR

HORIZONTAIS

PORTAS TIPO

PORTAS

POSSIBILIDADE DE AVISTAR

08

BRISES MÓVEIS

! PESSOAS E PAISAGEM

VISADAS


UM PLANO HORIZONTAL CRIA OBSTÁCULOS PARA A VISÃO. O ESCALONAMENTO POSSIBILITA MÚLTIPLAS VISADAS.

!

!?

!

TÉRREO

TERRAÇO

09


REFÚGIO

VISITANTE À UFRJ

IGREJA DO BOM JESUS DA COLUNA DORMIR

COMER

BANHAR-SE

DESMATERIALIZAÇÃO

TRABALHAR

ESTAR

PEDRAS

ÁGUA

MUDANÇA

PONTE RIO-NITERÓI

DO OLHAR

BAÍA DE GUANABARA

REFÚGIO DESMATERIALIZADO localização: ÁREA MILITAR - ILHA DO FUNDÃO orientador: ANA SLADE

N


!

! !

! !

!

VISADAS DE INTERESSE:

! IGREJA, MAR E PONTE, MATA

!

!

!

VISADAS 11


COBERTURA

TO

CO

N

E CR

O

V

IDR

IO

Z VA


IM MOV O ENT

C

AU SA

DESM ATER IALI

Z AÇÃO


ESCOLA MUNICIPAL

ÁREA MLITAR

A IS BR E TR ES RR TE

CETEM

BR A IS NH RI MA A

E

ST

E DO

O NT

SU

VE

ÁREA DE PROTEÇÃO

BAÍA DE

AMBIENTAL

GUANABARA

N VILA RESIDENCIAL

localização: MANGUE - ILHA DO FUNDÃO orientadora: ELISABETE MARTINS

MASSA ARBÓREA

ÁREA DE CONVÍVIO

RUAS

RESIDÊNCIAS

NÚCLEOS DE LAZER

VAGAS


VILA RESIDENCIAL TRADICIONAL

ESPAÇO ENTRE AS CASAS COMO ÁREA DE CONVIVÊNCIA E LAZER

RUA DE ACESSO

RUA INTERNA

RUA CASAS GEMINADAS

VILA RESIDENCIAL PROPOSTA FLUID EZ

+

+

x RIG

IDEZ

-

TO EN M NA

E ST AC

IO

ÁREA DE CONVIVÊNCIA E LAZER

TO EN M A ESTACION

ENTRADA PRINCIPAL/SOCIAL ENTRADA DE SERVIÇO

13


TIPO 1A

PROTEÇÃO SOLAR BRISES VERTICAIS

TIPO 1B - CASA TÉRREA ACESSÍVEL

TIPO 2A PROTEÇÃO SOLAR BRISES HORIZONTAIS


TIPO 2B

CADA TIPO DE CASA POSSUI UM RECUO DIFERENTE EM RELAÇÃO À FRENTE DO TERRENO, DANDO DINAMISMO ÀS FACHADAS

TIPO 3

A VARIAÇÃO DE ALTURA ENTRE AS CASAS E SUA ALTERNÂNCIA DIMINUEM AS BARREIRAS AO VENTO, PERMITINDO SUA CIRCULAÇÃO ENTRE AS CASAS


SOCIEDADE HÍPICA

LAGOA RODRIGO DE FREITAS JARDIM BOTÂNICO

HOSPITAL DA LAGOA

EDIFÍCIO MULTIFAMILIAR JB² localização: JARDIM BOTÂNICO orientador: PAULO JARDIM

N


? ÁREA LIVRE CORREDOR

X

EDIFÍCIO ISOLADO

! X

ÁREA LIVRE RESIDUAL

X

PROXIMIDADE COM

EDIFÍCIO INTEGRADO

COMÉRCIO LOCAL

À ÁREA LIVRE

ÁREA

DESLOCAMENTO:

APROXIMAÇÃO AO

COMERCIAL

EVITAR UM ‘PAREDÃO’

ALINHAMENTO: CONTINUIDADE DA RUA

ÁREA RESIDENCIAL


RELAÇÃO COM O PEDESTRE ATUAL PRÉDIO ALTOS FACHADAS QUE LIMITAM A VISÃO PERDA NA RELAÇÃO

?

?

RUA x PEDESTRE

PROPOSTA PERMEABILIDADE VISUAL PRÉDIO BAIXO: MAIOR COMPREENSÃO DA DIMENSÃO INTERATIVIDADE NA RELAÇÃO RUA x PEDESTRE

!

!

PALMEIRAS: PARALELISMO COM OS PILOTIS

APARTAMENTOS PRÉDIO SOBRE

PUC

PILOTIS

TÉRREO SUBSOLO

POSSIBILIDADE DE AVISTAR

! PESSOAS E PAISAGEM

VISADAS


CIRCULAÇÃO HORIZONTAL EXTERNA O AFASTAMENTO DA CIRCULAÇÃO DA FACHADA PERMITE A ABERTURA DE JANELAS PARA O CORREDOR, POSSIBILITANDO

APARTAMENTO

A CIRCULAÇÃO CRUZADA DE VENTO NOS APARTAMENTOS

APARTAMENTO 3 QUARTOS

2 QUARTOS

VENTO SUDESTE

SERVIÇOS.

LOJAS


VARANDAS RELEITURA DAS CASAS TRADICIONAIS DO BAIRRO, QUE POSSUEM SACADAS E

NÃO SER O QUE PARECE

VARANDAS ‘SALTANDO’ DO VOLUME

IDEIA MOTIVADA PELA OBVIEDADE DEMASIADA DOS PRÉDIOS DO ENTORNO VARANDAS QUE PARECEM EXTENSÃO DO APARTAMENTO ABERTURAS DAS VARANDAS QUE PARECEM JANELAS PILARES GIRADOS DO EIXO JANELAS LATERAIS QUE PARECEM (OU SÃO) UM PAINEL

PRÉDIO COMO UM TODO

MURO DE DIVISA QUE É UM JARDIM VERTICAL

POR FORA, NÃO É POSSÍVEL DIFERENCIAR

CAMINHOS NA ÁREA LIVRE QUE NÃO LEVAM

O LIMITE DE CADA UNIDADE DE HABITAÇÃO

A ALGUM LUGAR ESPECÍFICO

CRIANDO UMA IMAGEM UNIFORME

EIXO


PUC

PROBLEMA: EMPENA CEGA DA DIVISA SOLUÇÃO: PAINÉIS

TÉRREO

NAS FACHADAS POSTERIOR E LATERAIS FOI FEITO UM PAINEL, PARA QUE AS JANELAS DAS ÁREAS DE SERVIÇO E COZINHA DOS

NO MURO DE DIVISA DO TÉRREO E DO PUC FORAM FEITOS JARDINS VERTICAIS, QUE VARIAM O VOLUME E DIALOGAM COM A FACHADA

TÉRREO

APARTAMENTOS NÃO FICASSEM MUITO EXPOSTAS


PA RQ UE MA DU

HA

IR A

LIN

RE

DO

E ÁR A

TR

CONJUNTO DE

EM

DA HT

LIG

FÁBRICAS

E AR NA DO A

MB SA

ÔS

L ME

MADUREIRA SHOPPING

EA

M CO

CA

ÁR

N BIBLIOTECA MUNICIPAL

localização: PARQUE DE MADUREIRA - MADUREIRA orientadora: VERA TANGARI

POLUIÇÃO SONORA


ESTRUTURA PRÉ-FABRICADA

CONTAINER

FÁBRICA

ARBORIZAÇÃO

PASSADO

PRESENTE

RECICLAGEM TREM

LITERATURA DIFERENTES

INFANTIL

MÍDIAS BIBLIOTECA

SILÊNCIO ILUMINAÇÃO NATURAL

CORES VIBRANTES

ACESSIBILIDADE


UM TRAÇO REGULADOR FOI FEITO LIGANDO DIVERSOS PONTOS DO TERRENO E DAS EDIFICAÇÕES. CRIOU-SE, ASSIM, UM TRATAMENTO DA ÁREA LIVRE QUE EXPRESSA AS LINHAS DO PARQUE E DESTACA A BIBLIOTECA A IMPLANTAÇÃO FOI DECIDIDA DE RU A

MODO QUE HOUVESSE UMA

DE SE

VISADA MARCANTE DO PRÉDIO

IÇO RV

QUANDO SE ENTRA NO

S

PARQUE

ENTRADA SOCIAL ENTRADA DE SEERVIÇO


TREM + FÁBRICA = CONTÂINER + GALPÃO + SHEDS + TIJOLO APARENTE A MODULAÇÃO DOS CONTÂINERES GUIOU O PROJETO

O CORPO CENTRAL DA BIBLIOTECA REPRODUZ

ELES FAZEM A ESTRUTURAÇÃO DA ÁREA DE

UM GALPÃO FABRIL,COM PÉ DIREITO ALTO,

ACERTO E LEITURA E DA ÁREA DE SERVIÇOS,

SHEDS DE ILUMINAÇÃO, COBERTURA CURVA E

ESTANDO PRESENTE TAMBÉM EM MÓDULOS

ESTRUTURA METÁLICA

INDEPENDENTES DENTRO DA BIBLIOTECA

MATERIAIS O TIJOLO APARENTE, QUE TAMBÉM É AUTO-

PERIÓDICOS

ACERVO ADULTO

ACERVO INFANTIL

ÁREA TÉCNICO/ ADMINISTRATIVA ESTAR

-PORTANTE, REMETE ÀS FÁBRICAS DA REGIÃO SEGUINDO ESSA LINHA, FORAM UTILIZADO PAINÉIS DE CONCRETO APARENTE COM ESTRUTURA METÁLICA, QUE DIALOGAM COM OS CONTÂINERES PINTADOS ÁREA DE ACERVO TIJOLO APARENTE CORPO CENTRAL

CONCRETO APARENTE

CONTÂINER


ACESSO SERVIÇO

ÁREA DE 1 CONTAINER = 13,17m² ÁREA DE 2 CONSTAINERS = 27,40m²

ACESSO PÚBLICO

ORGANIZAÇÃO PAVILHONAR ÁREA PÚBLICA

SAN. FAMÍLIA 24m² SAN. MASC. 13,55m²

ÁREA PÚBLICA DO GALPÃO 378.90m²

SAN. FEM. 10,75m²

CAFÉ 13,10m²

ÁREA DE ACERVO E LEITURA ESTAR 134,25m²

ACESSO PÚBLICO

AUDITÓRIO 116,15m²

ÁREA DE SERVIÇOS E ADMINISTRAÇÃO ACERVO JUVENIL 271,00 m²

ACERVO INFANTIL 172,75 m²

SHEDS HORIZONTAIS PARA PROTEGER O ACERVO COM FACHADA OESTE, FORAM FEITOS VOLUMES QUE FUNCIONAM COMO SHEDS HORIZONTAIS, FILTRANDO A LUZ QUE ENTRA NO AMBIENTE E IMPEDINDO O OFUSCAMENTE NO INTERIOR, FUNCIONAM COMO GALPÃO ÁREA PÚBLICA

SHEDS HORIZONTAIS

ÁREAS DE ESTUDOS INDIVIDUAIS


ÁREA DE 1 CONTAINER = 13,17m² ÁREA DE 2 CONSTAINERS = 27,40m²

ÁREA DE ACERVO E LEITURA

ÁREA DE MÍDIAS 116,60m²

ÁREA DE SERVIÇOS E ADMINISTRAÇÃO PERIÓDICOS 111,75m²

ACERVO ADULTO 172,75m²

CORES POR SE TRATAR DE UMA BIBLIOTECA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL, FORAM UTILIZADAS CORES PRIMEÁRIAS NA PINTURA DOS CONTÂINERES, CONTRASTANDO COM ÁREA DE SERVIÇOS E ADMINISTRAÇÃO

A FRIEZA DOS MATERIAIS DE REVESTIMENTO


OUTROS O NASCIMENTO DE UM HERテ的 2011 Grafite


CARTAZ PARA A EXPO AI1 2012/1 - Co-criaテァテ」o de Larissa Mogilewsky

DESIGN GRテ:ICO


NARRATIVA GRテ:ICA PARA AI1 2011/2


DESENHOS


ESTUDO DE PERSPECTIVA 2011 Aquarela

ABRICÓ DE MACACO 2010 Nanquim


JANELA PARA O Cร‰U 2010 Lรกpis de Cor


RUGAS 2012 Grafite

ESTUDO DE BANCOS II 2011 Grafite e Lรกpis de Cor


RUIDOSAS RUÍNAS São Miguel das Missões, 2009

PRECIPÍCIO Chapada dos Guimarães, 2012

FOTOGRAFIAS


MENINA DOS OLHOS Cascavel, 2010

AS MENTIRAS DA ARTE

ENTRE O REAL E O ABSTRATO

Niter贸i, 2011

Curitiba, 2010


OBRIGADA!


Architecture Portfolio