Page 1

Escola Básica Integrada Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva Ano XIV - N.º 52 - Julho de 2011

Jornal Patrocinado pela Fundação Jack Petchey Pág.3

Pág.12

Pág.20

Bailado do Talude

Educação Especial

A BE deu prémios :)

Pág.28 Área de Projecto do 5.º A

Pág.56

Pág.58 Mercado de Almocreves

Segurança nas praias

Pág.60 Desporto - BTT

Pág.64 Pratica o teu espanhol


Amigos Leitores Espero que estejam preparados para mais um mergulho nas minhas páginas recheadas de informação e recordações agradáveis, sim porque eu sou um jornal “para mais tarde recordar”, estarei sempre online para matarem saudades :) ; ) Nesta edição contamos com vários álbuns fotográficos que são sempre do agrado de todos (pois permitem as tais recordações) e me deixam muito ilustrado, coisa que eu adoro!! :)) Não percam nenhum dos artigos pois todos eles encerram em si ideias e descobertas a fazer. Resta-me desejar a todos umas óptimas férias com muitas leituras e imaginação!! Boas Leituras! O Notícias da Malta

O Bailado do Talude …..…………………....….

pág. 3

Os nossos textos .....………………….…………………..

pág. 5

Visitas de Estudo ……………………………………….

pág. 7

Educação Especial ……...…………………………...

pág. 12

Notícias da BE ……………………………………………...

pág. 20

Dia das Línguas …………………………………………..

pág. 27

Área de Projecto 5.º A …………………………….

pág. 28

Área de Projecto 5.º B …………………………….

pág. 43

Trabalhos de Pesquisa 5.º B e C ……….

pág. 44

Estudo Estatístico 6.º D …………………………...

pág. 50

EVT Técnicas de Dobragem e Recorte pág. 53 Bolingue 8.ºB ………………………………………………..

pág. 54

Segurança - Praias …….……...……………………….

pág. 56

Mercado de Almocreves ……………………….

pág.58

Desporto - BTT …………………………………………….

pág. 60

Pratica o teu espanhol …………………………….

pág. 64

A Matemática é Divertida ………………….

pág. 67

Nomeações Jack Petchey …………………...

pág. 69

Culinária - Receitas fresquinhas …..

pág. 70

Divulgação ……………………………………………….

pág. 71

Consultem o nosso blog

http://notciasdamalta.blogspot.com/

Envia os teus trabalhos para :

Equipa do Jornal Escolar

malta.noticias@gmail.com

Coordenadora: Prof.ª Virgínia Fernandes Colaboradores: Professores e Alunos do 1.º, 2.º e 3.º ciclos do Agrupamento Apoio Técnico: Professor Ricardo Massano

Julho de 2011

2


O Bailado do Talude

Este espectáculo, que teve lugar no final do segundo período no Centro Comunitário de Vale Silves, foi desenvolvido no âmbito do PREAA (Programa Regional de Educação Ambiental pela Arte) que é um Programa da Direcção Regional de Educação do Algarve. Este Programa promove uma abordagem pedagógica, criativa, inovadora e dinâmica nas nossas escolas. À semelhança do que aconteceu o ano passado, as actividades basearam-se num dos contos do livro: “Contos do Mago” de Helena Tapadinhas, desta vez o escolhido foi “O Bailado do Talude”. Os alunos do 6.º ano iniciaram os seus trabalhos com uma pesquisa de informação sobre as personagens do Conto: Trilobites e Medusas. A Magia invadiu a criatividade dos alunos para a criação de Power Points originais. Aqui ficam alguns dos desenhos realizados pelos alunos das várias personagens do Conto.

Informações e imagens retiradas do Blog do PREAA publicadas pelas professoras Sónia Fernandes e Annette Cebola, dinamizadoras deste projecto. Visitem o blog em http:// projectopreaa.blogspot.com/ e descubram muito mais sobre o projecto.

Julho de 2011

3


O Bailado do Talude Algumas fotos deste evento

Podem ver todas as fotos no site da Escola na secção Fotografias - Galeria Bailado do Talude e na secção TV Escola Online podem ver o vídeo O Bailado do Talude

Julho de 2011

4


Os nossos textos Poema à mãe Tu és muito minha amiga, Gosto muito de estar contigo, Vou dar-te muitos miminhos. Mãe, gosto muito de ti, Tu és muito simpática. Eu gosto muito de brincar contigo, Tu és muito fofinha e bonita, Tu és muito querida, adoro-te. Texto colectivo realizado pela turma F, 2º Ano de Benfarras

Quis sair à noitinha, Mas fiquei a pensar... Será que devo ir, Ou será que devo ficar? Pensei muito E cheguei a uma conclusão, Vou ficar em casa A brincar com o meu cão! Foi assim que a minha mãe chegou, Mandou-me logo para o colchão. Eu não tinha sono, Fiquei a ver televisão. Sabrina Forte, 5.º C

Julho de 2011

5


Os nossos textos Abecedário Divertido A é de Ana, que escorregou na banana. B é de Bernardo que viu um leopardo. C é de Cristiana, que levou com a cana. D é de Daniel, que gosta da Raquel. E é de Ema, que fez um poema. F é de Francisco, que lançou o disco. G é de Gabriela, que tem uma cadela. H é de Helena, que encontrou uma pena. I é de Inês, que namora com o chinês. J é de João, que tem um cão. L é de Leonel, que estragou o papel. M é de Manuel, que se atirou à Raquel. N é de Nuno, que lutou com o Bruno. O é de Olga, que está de folga. P é de Paula, que comprou uma jaula. Q é de Quim, que não gosta de mim. R é de Rita, que ficou presa na sanita. S é de Sérgio que andou no colégio. T é de Tomás, que gosta de ananás. U é de Urbano, que não gosta do seu mano. V é de Vasco, que caiu no penhasco. X é de Xavier, que arranjou uma mulher. Z é de Zélia, que deu um pontapé na Amélia. Miguel Rilhó e Tomás Encarnação, 5.º C

Julho de 2011

6


Visitas de Estudo

No dia 26 de Maio, a turma F, a turma H e o Jardim de Infância de Benfarras juntaram-se para ir assistir à peça de teatro «O patinho feio» que decorreu no Cineteatro Louletano. O teatro foi o máximo, os adereços eram muito simples e as roupas também eram o máximo. No final, tirámos fotografias com os actores e adorámos. O senhor Hans, o senhor Tric e a senhora Trac eram os actores desta peça de teatro. O senhor Hans é que contava a história: Era uma vez um ovo que ainda não tinha eclodido. Um dia, o ovo eclodiu e a mãe pata disse: - Que feio que tu és! O patinho feio respondeu: - Mãe, porque é que tu me estás a chamar feio? - Olha para ti, patinho feio. – Respondeu a mãe. - Assim acho que tenho de me ir embora para longe daqui, para ninguém gozar comigo. Mas afinal, o patinho feio era um cisne. Texto colectivo elaborado pela turma F

Julho de 2011

7


Visitas de Estudo

A turma F, juntamente com as outras turmas do 1.º Ciclo da Escola de Benfarras, efectuou uma visita de estudo, ao Parque da Mina, ( Caldas de Monchique ) no dia 8 de Abril. Para além do contacto com o espaço circundante, em que os alunos observaram a antiga mina existente neste local, puderam ainda contactar com os vários animais existentes no parque, bem como observar a flora local. À tarde, as crianças visitaram a casa senhorial existente no parque. A visita foi do agrado geral das crianças e adultos e decorreu muito bem. turma F -2º ano de Benfarras

Julho de 2011

8


Visitas de Estudo

Julho de 2011

9


Visitas de Estudo

Julho de 2011

10


Visitas de Estudo

Todos os anos, durante o Verão, as matas e florestas portuguesas, são devastadas por muitos incêndios que põem em risco a vida animal e vegetal. É dever de todos os cidadãos proteger as florestas e as matas dos incêndios. Aqui ficam algumas sugestões. Os incêndios devemos afastar, para a floresta conservar.

Para nas florestas poderes passear, não as deves incendiar.

Todos temos o dever, de as florestas proteger.

Se num bom planeta queres viver, acaba com os incêndios para ele não morrer.

Os incêndios temos de evitar, para a floresta salvar.

Incêndios não, não deitem lixo para o chão.

Os incêndios deves evitar, para o planeta não se queimar.

Para a floresta não arder, tens de a proteger.

Se os incêndios queres evitar, nas matas não deves fumar.

Para a floresta ajudar, tens de a limpar.

Se um incêndio avistar, o 112 devo ligar!

Trabalho realizado pela turma H da EB1/JI de Benfarras

Julho de 2011

11


Educação Especial

Como uma imagem vale mais que mil palavras, aqui ficam dois álbuns fotográficos reveladores de alguns dos trabalhos desenvolvidos na área da Educação Especial com alunos do nosso agrupamento.

Julho de 2011

12


Educação Especial

Julho de 2011

13


Educação Especial

Julho de 2011

14


Educação Especial

Julho de 2011

15


Educação Especial

Julho de 2011

16


Educação Especial

Julho de 2011

17


Educação Especial

Julho de 2011

18


Fotos cedidas pelo professor Rui Silva

Educação Especial

Julho de 2011

19


Notícias da BE http://beboliqueime.blogspot.com/

A BE e o Departamento de Línguas promoveu no passado dia 28 de Abril um Concurso de Leitura Oral Expressiva em Língua Portuguesa, Inglesa, Francesa, Espanhola e em Português Língua Não Materna. A adesão dos alunos foi enorme. A nossa BE esteve com a sua lotação mais do que esgotada. Alguns dos professores presentes também deram um arzinho da sua graça como leitores, o que a todos divertiu, especialmente os alunos por verem os papéis invertidos. Parabéns aos vencedores e um grande bem haja para todos os colaboradores e organizadores desta actividade.

Alunos vencedores: Português Isa Sequeira - 5.º D Magda Grave - 6.º C Catarina Gonçalves - 8.º A Ana Pereira e Catarina Mendes - 9.º B Inglês Jenny Teysch - 5.º D Índia Gouveia - 6.º C Beatriz Brito - 7.ºB Iúri Barragão - 8.ºC Soraia Custódio - 9.ºB Francês João Inácio - 7.ºB Ana Vieira - 8.C Cátia Cartaxo - 9.ºB Espanhol Márcia Guerreiro - 7.ºA Catarina Silva - 8.ºA PLNM Bogdan Matias - 2.º Ciclo Ina Teysch – 3.º Ciclo

Julho de 2011

20


Notícias da BE

O Escritor José Viale Moutinho visitou a nossa BE, no passado dia 11 de Maio, tendo divertido os presentes com a sua escrita, a sua capacidade de comunicação e o seu enorme sentido de humor. Os docentes e alunos do 1.º Ciclo da EBI de Boliqueime também o receberam com muito carinho e de forma muito participativa. Expostos na BE estavam muitos trabalhos elaborados pelos alunos do 3.º e 4.º ano, no âmbito da exploração do Conto "Moço de Cego" e da obra "Versos Para Rir" deste autor. Foi uma tarde, sem dúvida, bem divertida e interactiva na BE! O nosso muito obrigado ao Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares de Loulé (SABE) da Biblioteca Municipal de Loulé por, conjuntamente connosco, ter viabilizado esta tão simpática e bem disposta actividade, em prol da promoção da leitura e da escrita. Vamos, decerto, no futuro continuar a adquirir e a explorar muitos mais livros deste Escritor.

No dia 30 de Maio de 2011 foi inaugurada a 2.ª Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas de Boliqueime, a qual foi financiada pela Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e pela Câmara Municipal de Loulé. A sua instalação esteve a cargo do Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares (SABE), da Biblioteca Municipal de Loulé. Este evento contou com a presença de convidados especiais, entre eles, a Dra. Teresa Calçada, Coordenadora do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares. Foi uma alegria para todos, especialmente, para os alunos da EB1/JI de Vale Judeu que há tanto ansiavam por ter a sua Biblioteca Escolar.

Julho de 2011

21


Notícias da BE

Os alunos do 9.º ano depois de terem trabalhado a obra de Luís Vaz de Camões, os Lusíadas, prepararam uma dramatização para apresentar aos alunos do 3º e 4º ano do 1º ciclo de Boliqueime alguns dos Cantos mais conhecidos desta obra. Esta actividade inseriu-se também no âmbito da comemoração do 10 de Junho, Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesas.

Os alunos de Português Língua Não Materna (PLNM) do Agrupamento de Escolas de Boliqueime criaram a História "As Aventuras de Ahlam", no âmbito do Projeto da BE, "Da História à Multiculturalidade...", o qual tem estado a decorrer ao longo deste ano letivo, numa articulação com a Professora Patrícia Nogueira e os alunos de PLNM pertencentes às diferentes escolas do Agrupamento de Escolas de Boliqueime.

Julho de 2011

22


Notícias da BE

Vencedores do Concurso Já temos os nomes das nossas Super, Mega Cientistas que ganharam o concurso: Ciência na BE - Inspector Porquê CSI. Foram as seguintes alunas: 1.º Ciclo Ana Patrícia Carlos do 4.º ano, Turma E 2.º Ciclo Beatriz Marques do 6.º C 3.º Ciclo Marta Pereira do 9.º A

Muitos Parabéns!... Aos alunos que ganharam e a todos aqueles que ao longo do ano lectivo participaram e ainda ao professor António Xavier por ter dinamizado, de forma tão empenhada, esta actividade da BE.

Julho de 2011

23


Notícias da BE

A BE lançou no início do 2.º Período a actividade "Queres ser Monitor da BE?, junto dos alunos da EBI de Boliqueime, tomando em consideração, entre outros aspectos, a comemoração do Ano Internacional do Voluntariado. Quis a BE, com esta iniciativa, chamar a atenção da Comunidade Educativa para a importância e necessidade de podermos dar, de forma voluntária, algum do nosso tempo livre, aos outros, seja para ajudar, seja para aprender e tanto na escola, como na família, nas instituições, na sociedade em geral. Foram muitos os alunos dos diferentes ciclos que se inscreveram mas nem todos se mostraram, efectivamente, dedicados e responsáveis para com a sua, nossa, BE. Por isso, resolvemos premiar aqueles que se destacaram pela sua enorme dedicação, eficiência, capacidade de iniciativa e sentido de responsabilidade. Foram eles os NOSSOS QUERIDOS MONITORES DA BE: Ricardo Reis, Beatriz Marques, Inês Rego e Magda Grade, todos eles alunos do 2.º ciclo desta escola.

Um grande Bem Haja e um grande Agradecimento para todos eles, por parte, especialmente, da Professora Bibliotecária Ana Maria Palma e das Assistentes Operacionais Dália Rosa e Nazaré Anselmo.

Julho de 2011

24


Notícias da BE

1.º Ciclo Angélica Batista do 3.º C - 13 livros 2.º Ciclo Maria Inês Pereira do 6.º C - 49 livros 3.º Ciclo Catarina da Silva do 8.º A - 35 livros

6.º A - 293 Livros 5.º C - 244 Livros 6.º C - 220 Livros 5.º B - 220 Livros 6.º B - 210 Livros

Estágio de EFA em Animação Sociocultural Os Estagiários, Floripes Formozinho, Márcio Veiga e Ana Bela Rodrigues, do curso EFA em Animação Sociocultural, cuja entidade formadora é a FormAjuda e a entidade promotora as Cáritas Dicesanas do Algarve, desenvolveram um conjunto de actividades nas nossas escolas. Foi, sem dúvida, um prazer recebê-los no nosso Agrupamento e muito particularmente, na nossa Biblioteca Escolar. Terminado o seu estágio, fica aqui expresso um grande Bem Haja para eles e o desejo de Muitas Felicidades, tanto em termos Pessoais, como Profissionais.

Julho de 2011

25


Notícias da BE

O dia 27 de Junho foi o dia escolhido para o encerramento das actividades lectivas na BE, tendo o mesmo contado, mais uma vez, com a vinda das crianças, educadoras, educador e auxiliares de acção educativa dos quatro jardins de infância do Agrupamento de Escolas de Boliqueime. Seguidamente, depois de um alegre convívio de apresentação, dado que os grupos costumam vir, ao longo do ano lectivo, cada um por si, foi apresentada a divertida dramatização da História " O lápis e os seus amiguinhos", a qual contou com a especial participação dos Estagiários Floripes Formozinho, Márcio Veiga e Ana Bela Rodrigues.

Informações retiradas do Blog da BE publicadas pela Prof.ª Bibliotecária Coordenadora da BE Ana Maria Palma

Julho de 2011

26


Comemorações

No dia 9 de Maio, como forma de assinalar esta data, realizou-se na sala de professores um brunch recheado de iguarias típicas dos países cujas línguas são leccionadas na nossa Escola. A actividade foi promovida pelo Departamento de Línguas e esteve aberta ao pessoal docente e não docente, proporcionando assim, com esta surpresa gastronómica, um momento de agradável convívio.

O Notícias da Malta esteve lá e achou tudo delicioso!!!

Julho de 2011

27


Área de Projecto - 5.º A

“O Mundo Maravilhoso do Eu” foi o tema do projecto desenvolvido pelos alunos do 5.ºA, na disciplina de Área de Projecto, sob a responsabilidade dos professores Paulo Carvalheiro e Alícia Carvalheiro. O projecto consistiu num trabalho de investigação e expressão criativa, recorrendo a actividades de exploração e descoberta pessoal, no sentido de desenvolver competências pessoais e de consciencialização de si próprios. O trabalho desenvolvido promoveu a interdisciplinaridade, privilegiando diferentes áreas do conhecimento, relacionando-o com os conteúdos leccionados nas disciplinas de Ciências da Natureza, Matemática, Educação Visual e Tecnológica e Língua Portuguesa. Os alunos revelaram entusiasmo e empenho nas diferentes actividades desenvolvidas.

O Projecto do 5.ºA

Julho de 2011

28


Área de Projecto - 5.º A

1 - SE EU FOSSE UM SER VIVO SERIA? “Se eu fosse um ser vivo seria um golfinho, teria um dono que gostaria muito de mim, mas como não me poderia ter em casa, eu estaria no mar para me sentir melhor e em liberdade.” Rita Antunes “ Se eu fosse um ser vivo seria uma tartaruga. Andaria no fundo do mar a explorar os oceanos todos. Eu cuidaria bem da minha carapaça porque ela me defenderia dos ataques dos outros animais e seria a minha casa.” Bernardo Nogueira “Se eu fosse um ser vivo seria uma figueira, eu seria a árvore mais doce do mundo inteiro. Eu daria figos saborosos para os meus amigos e outras pessoas comerem. Os meus amigos seriam uma águia, uma cadela e um dinossauro rex.” Carlos Vieira

Julho de 2011

29


Área de Projecto - 5.º A “Se eu fosse um ser vivo seria uma andorinha-das-chaminés. Poderia ser livre e voaria pelo céu contente. Poderia ver paisagens bonitas, deslumbrantes e encantadoras. Iria visitar a Ásia, o Brasil, a Europa, a África, as Américas e até o norte da Austrália.” Dalila Vieira Nome vulgar: Andorinha-das-chaminés

Nome científico: Hirundo rústica

Classificação científica Reino

Animalia

Filo

Chordata

Classe

Aves

Ordem

Passeriformes

Família

Hirundinidae

Género

Hirundo

Espécie

H. rustica

Distribuição geográfica █ Reprodução ██ Invernagem ██ Residente Características: Dimensão: 14-15 cm Os adultos têm a face e a garganta castanho-vermelho limitadas ao nível do peito por uma banda negra. As partes superiores do corpo são de cor azul-metálico. As partes inferiores são brancas. A cauda apresenta pequenas manchas brancas na extremidade e penas laterais compridas. Estas durante o período nupcial são claramente mais longas no macho do que na fêmea. O bico e as patas são cinzentos. Reprodução Raramente constitui colónias. A época de cria tem início durante o mês de Março. Faz 2/3 posturas em geral de 4-5 ovos. A incubação dura 14-16 dias e é feita principalmente pela fêmea. Os ninhos têm forma de uma taça aberta e são feitos com argila e restos vegetais. São construídos contra um apoio vertical, sempre resguardados por uma cobertura. Ocorrem numa grande variedade de estruturas: pontes, edifícios, túneis, açudes, entre outros. Distribuição e Abundância É das primeiras aves migradoras estivais a chegar ao nosso país, podendo ser observada no Sul a partir de Janeiro. Apresenta uma distribuição alargada a todo o território e é provavelmente a Andorinha mais comum em Portugal.

Julho de 2011

30


Área de Projecto - 5.º A 2 - VISIONAMENTO E ANÁLISE DO FILME “A BÚSSOLA DOURADA” Sinopse: Num fantástico mundo paralelo onde as almas das pessoas se manifestam como pequenos animais, ursos falantes travam batalhas e as crianças desaparecem misteriosamente, decorre esta fantástica aventura. No centro da história está uma rapariga de 12 anos, Lyra Belacqua, uma jovem órfã, que vive numa faculdade de Oxford com o seu tio, Lord Asriel, um cientista que acredita que o conjunto de partículas elementares que configuram uma espécie de poeira mágica são a chave do cruzamento para outros mundos. No mundo em que vive todas as pessoas têm um daemon, ou seja, uma manifestação de sua própria alma em forma animal. Lyra leva uma vida tranquila até que ela e seu daemon, Pantalaimon, descobrem a existência de uma substância misteriosa chamada Pó, que provoca um estranho efeito nas crianças, o que faz com que as autoridades religiosas se convençam de que representa o mal. Lyra, que parte numa viagem para encontrar e salvar o seu melhor amigo, Roger, e termina numa extraordinária cruzada para salvar não só o seu próprio mundo, mas também o nosso... País: EUA Género: Fantástico, Aventura Duração: 99 min. Classificação: M/12 Distribuidora: ZON Lusomundo Realização: Chris Weitz Intérpretes: Nicole Kidman, Daniel Craig, Eva Green, Ian McShane Nota: A Bússola Dourada é uma adaptação do primeiro livro da trilogia His Dark Materials, escrita pelo britânico Philip Pullman e publicada entre 1995 e 2000. 3 - A CONSTRUÇÃO DO TALISMÃ INDIVIDUAL E PESSOAL COMPREENDEU VÁRIAS ETAPAS:

Meditação guiada “Encontro com o nosso animal de poder” “Fica numa posição confortável, deitado para cima ou sentado. Aos poucos relaxa e respira fundo pelo teu estômago, inspirando pelo nariz e expirando pela boca. Faz quatro respirações profundas... Imagina uma luz branca dentro de ti, uma forte energia amorosa … Imagina agora, que estás no teu quarto e que numa das paredes há uma porta mágica que se vai abrir permitindo-te o contacto com outro mundo… Abre a porta, e pelo caminho, vai até a uma floresta … observa tudo à tua volta, sente os cheiros, os sons, as cores e avança… observa quem está por ali, quais os animais que se aproximam e se comunicam contigo… Quando sentires uma ligação com um dos animais, aproxima-te e fala com ele, pergunta-lhe se ele é o teu animal de poder. Depois de travares conhecimento com o teu animal de poder, aproveitem para brincar ou fazerem o que vos apetecer… aproveitem os momentos em conjunto… o que fazem? O que dizem um ao outro? Por onde andam?.... …. É chegada a hora de regressares ao teu quarto, faz a viagem de regresso até à porta da parede do teu quarto… despede-te do teu amigo especial… quando quiseres entra e fecha a porta….agora já no teu quarto, descansa… e quando te apetecer, faz uma inspiração profunda e regressa ao aqui e agora….”

Julho de 2011

31


Área de Projecto - 5.º A Nota: No xamanismo passamos pela descoberta do animal guardião que está presente em cada um de nós. Seja chamado de animal de poder, espírito protector, aliado totem, animal guardião. É o nosso alter-ego, o nosso duplo. Os animais estão mais próximos do que nós da Fonte Divina. O animal é mítico, onírico. Quando compartilhamos a sua consciência animal, podemos transcender o tempo e o espaço, e, as leis de causa e efeito. A natureza da relação entre o homem e o animal é de origem espiritual. É o nosso instinto animal, nosso lado mais forte e menos racional. Os animais de poder são manifestações dos poderes arquetípicos ocultos, que estão por trás das transformações humanas. Torna as pessoas com um corpo vigoroso, aumenta a resistência a doenças, a acuidade mental e a auto-confiança.

Exploração gráfica do animal de poder

Julho de 2011

32


รrea de Projecto - 5.ยบ A

Julho de 2011

33


Área de Projecto - 5.º A

Exploração do Conceito de talismã A humanidade sempre teve ao seu redor um mundo de forças e energias ocultas que muitas vezes não conseguia compreender nem identificar. Assim sendo, procurou ao longo dos tempos, protecção a esses perigos ou riscos que faziam parte do seu medo pelo desconhecido, surgindo aos poucos muitos objectos, imagens e amuletos ou talismã, criando-se símbolos nas tradições de cada povo. Um talismã (do árabe Tilasm, em última análise, a partir de grego Telesma ou a partir da palavra grega "telein", que significa "para iniciar nos mistérios") é um amuleto que tem como objectivo proteger o seu portador. Diz a cultura popular que ele deve ser usado junto ao corpo, como protecção e atractivo de sorte. Um Amuleto deve ser escolhido e/ou elaborado pelo próprio, o qual deve escolher o símbolo, a figura, a forma e o material do amuleto, pois ele deve estar fortemente conectado com o seu EU interior, para atender suas expectativas e vibrar no mesmo ritmo e intensidade. Seja qual for o símbolo utilizado a finalidade é uma só: buscar ajuda divina. Os alunos construíram um talismã em madeira, no qual colaram o seu animal de poder, como figura portadora de poder e na parte de trás representaram um pentagrama.

Compreensão do conceito do Pentagrama e sua influência O pentagrama está entre os principais e mais conhecidos símbolos, pois possui diversas representações e significados, evoluindo ao longo da história. O pentagrama (do grego antigo πεντάγραμμος) é uma estrela composta por cinco rectas e que possui cinco pontas. Considerado um talismã muito eficiente. O pentagrama é conhecido também como o símbolo do infinito, já que é possível fazer outro pentagrama menor dentro do pentágono regular do pentagrama maior, e assim sucessivamente.

Julho de 2011

34


Área de Projecto - 5.º A O pentagrama é composto de um pentágono regular e cinco triângulos isósceles, tal que a razão entre o lado do triângulo e sua base (lado do pentágono) é o número de ouro. O pentagrama também foi usado como emblema da escola pitagórica. Além do seu significado primordial, dos cinco elementos, o pentagrama também representa o corpo humano (os 4 membros e a cabeça); sendo assim conhecido como "estrela do microcosmo" (pequeno universo), que simboliza o(a) mago(a) dominando o espírito sobre a matéria, inteligência sobre instintos, mente sobre o corpo. Na arte encontramos O Homem Vitoriano, de Leonardo da Vinci. As ideias de proporção e simetria aplicadas à concepção da beleza humana.

Outras representações: Alguns dizem que o pentagrama é místico porque 5 é um número místico. É um numero primo, a soma de 2 e 3, bem como de 1 e 4. Cristo tinha 5 feridas, dizem, se não contar com as infligidas pela coroa de espinhos; e distribuiu 5 cestos de pão por milhares de pessoas. Mais importante, temos 5 dedos nas mãos, 5 dedos nos pés e 5 sentidos. Os Cinco Elementos da Natureza e o Pentagrama A estrela de cinco pontas representa os quatro elementos (água, terra, fogo e ar) coordenados pelo espírito: Ponta 1 – Espírito: é a ponta superior, e representa os criadores, a Deusa e o Deus, pois eles guiam a nossa vida. O Deus e a Deusa são detentores dos 4 elementos e estes elementos são as outras 4 pontas. Ponta 2 – Terra: representa as forças telúricas e os poderes dos elementais da terra, os Gnomos. É a ponta que simboliza os mistérios, o lado invisível da vida, a força da fertilização e do crescimento. Ponta 3 – Ar: representa as forças aéreas e os poderes dos Silfos. Corresponde à inteligência, ao poder do saber, a força da comunicação e da criatividade. Ponta 4 – Fogo: representa a energia, a vontade e o poder das Salamandras. Corresponde às mudanças, às transformações. É a força da activação e da agilidade. Ponta 5 – Água: representa as forças aquáticas e os poderes das Ondinas. Está ligada às emoções, ao entardecer, ao inconsciente. As cinco fases da Vida Nascimento – O início de todas as coisas. Infância – Quando o Ser cria as suas próprias bases. Maturidade – Fase de comunhão com as outras pessoas, amizade. Velhice – Fase de reflexão, momento de maior sabedoria. Morte – Tempo terminal, para um novo início (um novo início, uma nova vida...).

Julho de 2011

35


Área de Projecto - 5.º A Os talismãs construídos pelos alunos:

4 - ELAÇÃO ENTRE OS ELEMENTOS DA NATUREZA E OS ELEMENTAIS Os Elementais Deus, por interferência amorosa de Seres de Luz que trabalham de forma a unificar os universos em nome do Amor Divino, concedeu a três Reinos, paralelamente, a oportunidade de evolução. Os três Reinos são: Elemental, Angélico e Humano.

Elementais, as forças dos planos de existência do Universo, são os dinamizadores das energias das formas na Natureza. Esses seres elementais são gerados a partir dos elementos da Natureza: terra, água, fogo, ar e éter. Os Elementais também são conhecidos como personagens fictícios, que representam seres da natureza e que são capazes de controlar os elementos e os representar. São eles: Silfos – os elementais do ar Salamandras – os elementais do fogo Ondinas – os elementais da água Gnomos – os elementais da terra

Julho de 2011

36


Área de Projecto - 5.º A ALUNOS/ ELEMENTAIS

ELEMENTAIS CRIADOS PELOS ALUNOS

TERRA Francisco Alexandra Ricardo Martins Lukas

AR Anna Carlos Rute

ÁGUA Ricardo Café Chloe Rita

FOGO Timothy Ema Eva Afonso Dalila 5 - VISIONAMENTO DE UM FILME “AS CRÓNICAS DE SPIDERWICK” (2008) Sinopse: Após a separação dos pais, dois gémeos, Jared e Simon (Freddie Highmore) e sua a irmã Mallory (Sarah Bolger) mudam-se com a mãe para uma casa em ruínas. Sem conseguir explicar os estranhos desaparecimentos e incidentes que ocorrem diariamente na casa, a família culpa Jared. Mas quando Jared, Simon e Mallory investigam o que realmente se passa, descobrem a fantástica magia de Spiderwick e das criaturas que a habitam... País: EUA Género: Fantástico, Aventura Duração: 96 min. Classificação: M/12 Distribuidora: ZON Lusomundo Realização: Mark Waters Intérpretes: Freddie Highmore, Sarah Bolger, Mary-Louise Parker, David Strathairn, Nick Nolte, Seth Rogen

Julho de 2011

37


Área de Projecto - 5.º A Cenas do filme para pintar

6 - CRIAÇÃO DE UM CONTO FANTÁSTICO O conto mais votado pelos alunos e professores da Turma: “ O Mistério do Lago” O MISTÉRIO DO LAGO Era uma vez uma sereia chamada Surya, que significa Luz do Sol, na Índia. Ela era a rainha do lago dos duendes e era diferente de todas as outras sereias. O seu corpo era uma pirâmide triangular azul celeste, que brilhava ao sol, a sua cauda acastanhada brilhava quando ela nadava, os seus braços eram enormes, bonitos e de cor verde. Certo dia aconteceu algo terrível, Surya, reparou que o lago estava a secar. Entretanto o duende Duda, assim chamado pelos amigos, (segundo os anglo-saxões, o seu nome, Eduardo, significa guardião das riquezas e indica uma pessoa talentosa e dinâmica, que se realiza em trabalhos que a estimulem a pensar, pesquisar e aprender mais) estava muito preocupado porque nunca tinha acontecido algo igual. Duda aflito comentou com a Surya: - Vou perguntar ao meu amigo Fahir, se ele viu alguma coisa. Ele andou, andou, andou, andou até que avistou o Fahir, cujo nome significa magnífico em árabe. Aproximou-se dele e muito inquietado perguntou: - Sabes quem bebeu a água do lago? - Não! Não sei. – Respondeu o Fahir, um pouco comprometido. - Então vamos falar com a Surya para ver se já soube notícias. Disse o Duda. - Vamos lá. - Respondeu o Fahir atrapalhado. Quando chegaram perto da sereia Surya perguntaram ansiosos: - Tiveste notícias, sabes de mais alguma coisa? - Não sei de nada! Respondeu a sereia com alguma tristeza. O Fahir começou a sentir-se muito incomodado, a preocupação dos seus amigos e aquela situação, que estava a ser grave para os animais e plantas do lago, estavam a deixá-lo aflito. Então, ganhou coragem e recorrendo à sua verdade interna resolveu contar aos amigos o que acontecera. - Amigos, eu preciso contar-vos uma coisa… estou muito envergonhado! Fui eu que bebi a água do lago! Eu não disse nada porque tive medo que vocês já não quisessem ser mais meus amigos.

Julho de 2011

38


Área de Projecto - 5.º A - E porque bebeste a água toda? - Perguntou com surpresa e espanto o Duda. - Eu fui fazer uma longa corrida e como estava com muita sede, bebi toda a água do lago! Eu não pensei nas consequências dessa minha acção. - Ai,ai! Os medos a atrapalharem as nossas escolhas!... Eu também tenho medos…compreendo-te! Mas fizeste bem em enfrentares o medo, pois assim alivias a tua culpa e ajudas os seres vivos em risco. Todos juntos vamos resolver a situação. - disse Surya com um olhar meigo. - Nós somos teus amigos Fahir, e a função dos amigos é ajudarem-se uns aos outros, e assim tudo fica mais fácil e engraçado! - Exclamou o Duda. - Temos que agir depressa, os animais estão a ficar aflitos. - Disse Surya agora impaciente. - Nós somos os elementais da Natureza, temos poderes mágicos, certo? Então mãos à obra! Vamos dar as Mãos e unir a força dos quatro elementos, de acordo com o Pentagrama- disse Duda resolvendo o problema. - Calma, falta-nos o Elemental do ar, sem a força dos quatro a magia não acontece! -exclamou Surya agitada. De repente, aparece uma nuvem de fadas que pressentiram a necessidade da sua energia, e a fada Ariana apressou-se a ocupar a sua posição no círculo para que todos invocassem as energias superiores. - Surya, invoca os teus poderes superiores para colocares água no lago, pois és o Elemental da água. Eles deram as mãos para fortalecer os poderes e o lago começou a encher. Todos os seres vivos agradeceram com alegria e festejaram o retorno do seu habitat. - Obrigado. Vocês são os melhores amigos. – Respondeu o Zé com grande alívio. No final, tudo acabou bem, os amigos fizeram, então, uma festa.

FIM 7 - FILME DE ANIMAÇÃO “ O MISTÉRIO DO LAGO” NOTA: a realizar no próximo ano lectivo 2011/2012) 8 - DESENHO DE MANDALAS NO EXTERIOR COM GIZ DE COR

Julho de 2011

39


Área de Projecto - 5.º A 9 - A MAGIA DOS ELEMENTOS E A MANDALA ASTROLÓGICA Tema: “ O Mundo Maravilhoso do EU”

Todos somos cúmplices de um projecto colectivo que é o da Evolução e é através de nós que ele se torna possível.

A astrologia é um instrumento de compreensão do homem no seu tempo e espaço de vida, permitindo o auto-conhecimento. E, acima de tudo, contribui para despertares o melhor que há em ti e aprenderes a expressá-lo ao mundo. SERMOS quem nascemos para SER!

A magia dos Elementos na Mandala Astrológica A palavra "Mandala" tem origem na língua clássica da Índia, o sânscrito, que traduzido significa "círculo ou centro”. Uma mandala é muito mais do que uma forma simples. Ela representa a totalidade, e pode ser vista como um modelo para a estrutura organizacional da própria vida. O Mapa Natal ou Mandala Astrológica permite a pessoa concentrar-se na percepção de si mesma e nas suas tarefas para o crescimento. O Zodíaco simboliza a Roda da Vida. Os 12 signos representam as 12 etapas do processo evolutivo do homem. Na Astrologia, aos doze signos do Zodíaco são atribuídos os elementos Ar, Água, Terra e Fogo, as forças cósmicas que se manifestam na Natureza. Os elementos interagem para que tudo se manifeste, inclusive a própria Vida. E, porque a Astrologia é uma linguagem simbólica, seguem os:

Julho de 2011

40


Área de Projecto - 5.º A SIGNOS

AR

A Mandala Astrológica

PLANETAS

ÁGUA

TERRA

FOGO

OS SIGNOS DO ELEMENTO FOGO

12 Signos: 4 Elementos = 3 Signos de cada Elemento OS ELEMENTOS, OS SIGNOS E A SUA FUNÇÃO

Nota: Para conheceres a tua mandala astrológica, visita o site e introduz os teus dados: Data, local e hora de nascimento.

Julho de 2011

41


Área de Projecto - 5.º A Etapas para analisares a tua Mandala astrológica

1.º Observa a tua Mandala Astrológica e regista a tua primeira impressão em duas palavra: _____________________________ e ___________________________ 2.º Pinta a lápis de cor os signos de Fogo de cor vermelha de Terra de cor castanha de Ar de cor amarela de Água de cor azul 3.º Preenche a tabela: Assinala com X o elemento de cada Planeta, do Sol, Lua e Ascendente de acordo com o signo/ elemento onde se encontram no teu mapa astrológico. Nota: O Signo Ascendente é determinado pelo signo que se encontra na linha do horizonte no momento exacto do nascimento da pessoa. O signo do ascendente indica a primeira impressão que causamos e a forma como iniciamos as coisas. O mapa natal, no seu todo, vai mostrar o potencial e os desafios da pessoa.

Elementos Planetas * Sol Lua Ascendente Mercúrio * Vénus * Marte * Júpiter * Saturno * Urano * Neptuno * Plutão * Contagem

Fogo

Terra

----

----

Ar

Água

----

---

4.º Completa:

O meu Signo Solar é ___________________________ O meu signo Lunar é ___________________________ O meu Ascendente é ___________________________ O Elemento dominante no meu mapa é ____________

Professores Alícia Carvalheiro e Paulo Carvalheiro

Julho de 2011

42


Área de Projecto - 5.º B

Danças e ofertas marcam a despedida do Projecto Mãos à Obra! Na segunda-feira, 20 de Junho, a turma 5.º B da nossa escola despediu-se do Projecto Mãos à Obra com mais uma visita ao Lar da Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime. Iniciaram esta visita com a interpretação de uma música sobre as crianças, e de seguida animaram a plateia com várias danças tradicionais. Desde o malhão, à reigadinha e ao merengue os pequenos bailarinos encheram de alegria os utentes do lar.

No final, e com “cheiro” a despedida no ar, ofereceram molduras em cartão aos senhores e rosas de papel às senhoras, elaboradas pelos alunos nas aulas de Área de Projecto. Em jeito de balanço final, foi bom para todos nós partilhar e aprender com estas pessoas sábias de vida! Um gesto de solidariedade que acredito, enriqueceu o coração de cada um dos intervenientes. Estes alunos com certeza, nas suas vidas, recordarão esta iniciativa tão simples, que de tão grande se tornou tão especial…

Julho de 2011

43

A Turma 5.º B


Trabalhos de Pesquisa - 5.º B

Curiosidades Os pandas só existem na China. O panda come bambu, é a única comida que ele come. Os pandas estão em vias de extinção. Como os pandas só comem bambu e o bambu também está em vias de extinção, eles morrem porque não há alimento. Os pandas são animais mamíferos originários da Ásia. Estes animais passam a maior parte do dia a comer para armazenarem a energia necessária à sua sobrevivência. Existe mais do que uma espécie de pandas, existe o panda vermelho, o panda gigante.

Os pandas gigantes têm o pêlo preto e branco, com manchas pretas à volta dos olhos. Um panda gigante adulto pode chegar a medir 1,5 m de comprimento e a pesar cerca de 140 kg. Os pandas gigantes estão em vias de extinção e pensa-se que já só existam cerca de 600 a 1000 pandas gigantes no mundo. Quando nascem, as crias têm o pêlo todo branco e são cegas. Os bebes com um ano de idade, já pesam entre 30 e 35 kg. Os pandas gigantes vivem nas encostas das montanhas da China Ocidental e do leste do Tibete. Passam o dia a descansar, a comer e a procurar alimento. Alimentam-se principalmente de rebentos de bambu, mas também podem comer peixes ou roedores. Como os rebentos de bambu não são muito energéticos, os pandas gigantes não hibernam.

Panda com

Bambu

1 ano de idade Julho de 2011

44


Trabalhos de Pesquisa - 5.º B

O panda vermelho tem mais semelhanças com um mapache. O pêlo do panda vermelho é castanho avermelhado, com riscas claras e escuras na cauda. As orelhas e o focinho são brancos. O panda vermelho é muito mais pequeno do que o panda gigante. Em média, cresce até aos 50 cm e pesa entre 3 e 5,5 kg. Por isso é que também é conhecido como panda pequeno. O panda vermelho vive na China e no Tibete, mas também pode ser encontrado na Birmânia, na Índia e no Nepal. O panda vermelho passa a maior parte do tempo nas árvores. Além do bambu, o panda vermelho alimenta-se também de bolotas e raízes.

Mapache

Panda vermelho

Panda bebé

Julho de 2011

Panda vermelho

45


Trabalhos de Pesquisa - 5.º B

Habitat

Selvas onde há bambu

Forma do corpo

Cabeça, tronco e membros

Revestimento

Pele com pêlos

Tipo de locomoção

Marcha

Adaptações do corpo ao meio

Pêlo comprido

Regime alimentar

Herbívoro

Dieta

Canas de bambu

Dimorfismo sexual

Não tem

Época de reprodução

Todo o ano

Período de gestação

entre 7 a 9 meses

Cuidados com as crias

Devido à natureza frágil e delicada dos ursinhos, a mãe-panda opta por criar um único filhote. O filhote rejeitado é abandonado à morte.

Beatriz Barreto

Julho de 2011

46


Trabalhos de Pesquisa - 5.º B

Habitat Forma do corpo Revestimento Tipo de locomoção Regime Alimentar Dieta Dimorfismo sexual Época de reprodução Período de gestação

Elefante Nas savanas de África Cabeça, tronco e membros Pele com pêlos Marcha Herbívoro Ervas, gramíneas, frutas e folhas de árvores. Não Qualquer altura do ano 22 meses Bradley Harding

Julho de 2011

47


Trabalho de Pesquisa - 5.º C

Cimo Das Montanhas

Habitat Forma Do Corpo Tipo De Locomoção Revestimento Adaptação Do Corpo Ao Meio Regime Alimentar Dieta

Alongada Voar penas Asas Carnívoro coelhos, esquilos, cobras, marmotas e outros animais

Dimorfismo Sexual Época de reprodução Período de gestação Cuidados das crias

Não Maio - Setembro 35 - 45 30 dias ou mais

 As crias que nascem primeiro são mais fortes, frequentemente matam os irmãos menores e mais fracos e os pais não interferem.  A águia é a mascote do SLB (Sport Lisboa Benfica).  Chama-se águia ao homem muito perspicaz, penetrante, que vê claro e longe; superior em inteligência.  A águia é a ave de Júpiter, nos poemas gregos e latinos. Francisco... e Tomás Encarnação

Julho de 2011

48


Trabalhos de Pesquisa - 5.º C

O ornitorrinco tem bico de pato e pêlos, nada como um peixe e ainda põe ovos, mesmo sendo mamífero. Pode parecer brincadeira mas esse animal existe. Esse animal é raro passa a maior parte do tempo dentro de água, só é encontrado na Austrália e na Nova Zelândia. O ornitorrinco macho tem espinhos com veneno nas patas traseiras. A cauda do animal é uma cauda de castor, as suas orelhas e olhos fecham para se proteger do inimigo.

O ornitorrinco põe 2 ou 3 ovos por postura. A incubação dura de 7 a 10 dias. Pode viver até 15 anos. Mariana e Hélio

Professora Ana Alexandre

Julho de 2011

49


Estudo Estatístico - 6.ºD

No âmbito da disciplina de matemática os alunos do 6.º D realizaram um inquérito a 100 alunos da escola de Boliqueime, abrangendo alunos do 1.º ao 9.ºano de escolaridade. Para a realização deste trabalho os alunos estavam organizados em 7 grupos, em que cada grupo era responsável por uma pergunta. Na aula de matemática os alunos fizeram o tratamento estatístico, organizando os dados recolhidos em tabelas e gráficos construídos numa folha de cálculo (Excel). Vejamos os resultados.

Professora Chantal Gomes

60

Qual a tua comida preferida no refeitório?

50

Nº de Alunos

40 30 20 10

Julho de 2011

50

zz a

Sa lm

Pi

Sa la ão da Ta de gli at at el um ld eS alm ão

Ar ro

Ba ta ta s

Ar ro

zd e

M ar isc o zd fri e ta Ba Pa sc ta to o ta m sf f r rit an as go co Ba m ca pe lh au ixe co Ca m rn na eà ta Po s rt u gu es Ha a m bu rg ue r La sa nh a

0


Estudo Estatístico - 6.ºD Actividades Patinagem

nº de alunos 16

BTT Xadrez Hip-hop Nenhuma

22 17 7 38

Qual o teu meio de deslocação para a escola? meio de deslocaçao para a escola

60 50 40 30 20 10 0 bicicleta

autocarro

alunos

carrinha

carro

alunos

meios de transporte pé carro carrinha bicicleta autocarro

alunos 14 20 10 4 52

Quantos irmãos tens?

Nº de alunos

0

33

1

45

2

17

4

2

5

3

50 40 nº de alunos

Nº de irmãos

30 Nº de alunos 20 10 0 0

1

2

número de irmãos

Julho de 2011

51

4

5


Estudo Estatístico - 6.ºD Quantas horas de sono tens diariamente? horas sono

Nº alunos

50

6

2

7

8

8

46

30

9

22

20

10

19

10

11

3

40 n.alunos

0 6

7

8

9

10

11

horas de sono

Qual a tua disciplina favorita?

Disciplina

Língua Portuguesa Inglês Matemática E.V.T

Alunos

Ciências Educação Musical Educação Física 0

5

10

15

20

25

Alunos

Educação Física Educação Musical

26

Ciências

15

E.V.T

14

Matemática

20

Inglês

7

Língua Portuguesa

7

30

Nº de agregado familiar:

Alunos: 2 3 4 5 6 7 8 9 11 13

Julho de 2011

52

11

6 23 40 14 12 1 1 1 1 1


EVT - Técnicas de Dobragem e Recorte As turmas B, C e D comemoraram a chegada da Primavera com a realização de um painel decorativo numa parede de um dos corredores da nossa escola. A actividade foi desenvolvida na área curricular de EVT com as professoras Maria de Jesus Pires e Filomena Pedro aplicando as técnicas de dobragem e recorte. As borboletas foram recortadas em papel de revista.

A PRIMAVERA A Primavera faz-me lembrar flores, Flores tão belas de várias cores, Cores vivas, brilhantes e alegres, Alegres como as borboletas, Borboletas que me levam a sonhar, Sonhar com a Primavera, Primavera muito serena, Serena como a melodia dos pássaros. Pássaros felizes e radiantes, Radiantes como o sol Sol tão brilhante de Primavera.

A BORBOLETA Colorida e radiante Bela e flutuante Pequena e alada Não consegue estar parada! Que linda que é A nossa borboleta Como voa divertida Por cima da violeta.

Poemas de

Julho de 2011

Lagarta, antes era Agora... é borboleta na Primavera! Um milagre aconteceu, Uma borboleta nasceu!

Anna Lakeychuk Dalila Vieira Rita Antunes 5.ºA

53


Bolingue - 8.ºB

Como ficou prometido, o Notícias da Malta traz-vos novidades sobre o Bolingue, projecto de Secção Europeia de Língua Francesa, que foi implementado na nossa Escola no ano lectivo de 2009/2010, com a estratégia pedagógica de aliar actividades lúdicas com actividades de aprendizagem formais. O trabalho foi planificado com o intuito de atender aos objectivos gerais do projecto, nomeadamente: Desenvolver práticas de relacionamento interpessoal favoráveis ao exercício da autonomia, da cidadania, do sentido de responsabilidade, cooperação e solidariedade; Proporcionar o ensino aprofundado da língua francesa; Articular de forma transversal as competências da disciplina de Francês e da DNL; Estimular o respeito pela diversidade linguística e cultural; Desenvolver as competências de compreensão e de expressão oral e escrita em língua materna e língua francesa; Utilizar as TIC. O trabalho deste ano lectivo consistiu na abordagem dos conteúdos da disciplina de Francês numa perspectiva de representação visual com o objectivo de tornar a aprendizagem da língua francesa mais efectiva e afectiva, levando os alunos a comunicarem entre si, usando para tal uma área curricular de expressão artística que lhes é atractiva. As actividades no âmbito da DNL foram realizadas em Área de Projecto: Representação das figuras masculina e feminina com vestuário e acessórios e pintura dos trabalhos; Pesquisa e recolha de informação na Internet sobre os vários grupos alimentares; Representação dos vários grupos de alimentos e pintura dos trabalhos; Pesquisa e recolha de informação na Internet sobre sobremesas e pratos típicos franceses e recolha das respectivas origens históricas; Elaboração de um trabalho de carácter pedagógico com o personagem Óscar - criação de vários elementos / partes do corpo, bem como peças de vestuário e acessórios e de ambientes exteriores (relacionados com a Natureza) em feltro – dando continuidade ao trabalho e ao personagem do ano anterior. Ao longo do ano, o trabalho realizado pela turma foi compilado numa extensa apresentação em PowerPoint que espelha o bom trabalho realizado pela turma.

Julho de 2011

54


Bolingue - 8.ºB

Projecto desenvolvido pelas professoras Sílvia Palma e Sílvia Santos

Julho de 2011

55


Segurança - Praias

10 RECOMENDAÇÕES PARA A SUA SEGURANÇA • • • • • • • • • •

Escolha praias cuja qualidade das águas esteja classificada como boa ou aceitável; Respeite as instruções dos Nadadores Salvadores; Em caso de se sentir em perigo não hesite em pedir imediatamente socorro; Mantenha-se afastado das arribas e rochas; Vigie atenta e permanentemente as suas crianças; Procure nadar acompanhado; Ao nadar não se afaste demasiado, nade paralelamente à costa; Evite a entrada brusca no mar após longa exposição ao sol; Evite as bebidas alcoólicas, beba muita água e coma apenas fruta e alimentos ligeiros; Consulte o seu médico sobre precauções a ter em caso de doença crónica, convalescença de acidente, doença recente e toma de medicamentos.

BANDEIRA AZUL É um galardão de qualidade ambiental atribuído anualmente pela Coordenação Europeia da Bandeira Azul às praias e marinas que cumprem um conjunto de critérios que permitem a sua utilização em segurança. Estes critérios incidem sobretudo a nível da: • qualidade da água; • qualidade, gestão e segurança da praia; • educação ambiental; • informação ao pública.

CÓDIGO DE SINAIS DAS BANDEIRAS

Julho de 2011

56


Segurança - Praias NUNCA DESPEJE LIXO NO MAR Os detritos provocam a morte a peixes, aves e mamíferos marinhos. A sua acumulação, para além de poluir as nossas praias, pode causar lesões aos seus utilizadores. DURAÇÃO DO LIXO NO MAR Lata de alumínio 200 anos; Garrafa de plástico 450 anos; Redes de nylon 600 anos; Madeira pintada 13 anos; Bóia de esferovite da pesca 80 anos; Garrafa de vidro tempo indeterminado; Pacote de leite 3 meses; Lixo radioactivo 250 mil anos ou mais; Fralda descartável 200 anos; Tecidos de fibras naturais 6 meses a 1 ano; Caixa de cartão 2 meses; Jornal 6 semanas. Escolha uma praia vigiada. Respeite as bandeiras de sinalização e as indicações do nadador salvador. UTILIZE A PRAIA COM CIVISMO E SEGURANÇA •

Frequente praias vigiadas e respeite as bandeiras de sinalização. • Respeite o período de digestão. • Evite a exposição ao sol entre as 11 e as 17 horas. • Use protector solar adequado ao seu tipo de pele. • Pratique desporto nos espaços apropriados e sem perturbar os outros banhistas. • Não leve animais para a praia. • Recolha o lixo que produzir e coloque-o nos recipientes próprios. • Mantenha livres os acessos às praias. Estacione apenas em locais autorizados. • Não adormeça ao sol. Movimente-se e molhe-se de vez em quando. • Proteja as dunas e a sua vegetação. Utilize unicamente os caminhos de acesso devidamente assinalados.

Mesmo que as condições do mar sejam boas, respeite sempre as regras e recomendações de segurança.

Professor Alberto Gonçalves

Julho de 2011

57


Mercado de Almocreves No dia 9 de Junho realizou-se mais um Mercado de Almocreves, desta vez, alusivo à peça de teatro “Auto da Barca do Inferno” de Gil Vicente. Este texto serviu de inspiração à decoração das bancas e ambiente do mercado. Aqui ficam algumas fotos para relembrar esse dia.

Julho de 2011

58


Mercado de Almocreves

Podem ver todas as fotos no site da Escola na secção Fotografias - Galeria Mercado de Almocreves e na secção TV Escola podem ver o vídeo TV Escola online no Mercado de Almocreves

Julho de 2011

59


Desporto - BTT

O evento decorreu na zona da Carrapateira, Aljezur, em pleno Parque Natural da Costa Vicentina. A partida para este fabuloso passeio de BTT foi da praia do Amado, com passagem obrigatória pelas falésias da costa Vicentina.

Esta zona tem paisagens de uma beleza muito especial, quase ainda em estado selvagem. Em contraste, também passámos pelas estreitas ruas da aldeia da Carrapateira, fazendo lembrar os tempos de outrora. Outra característica desta zona é que a serra chega praticamente à costa. Assim sendo, tivemos que pedalar por caminhos de xisto, uns bem rolantes, outros nem por isso, bem cheios de pedra solta e muito pó, típico desta altura do ano. Os caminhos passaram no meio de estevas, eucaliptos e pinheiros. A passagem pela aldeia da Bordeira, marcou o passeio, seja pela sua beleza típica e traços urbanísticos tradicionais desta região, bem como ponto de abastecimento de água, nas fontes ou nos cafés. E tendo em conta as temperaturas desta época a água nunca foi demais…

Julho de 2011

60


Desporto - BTT Os mais novos aventureiros realizaram uma 1.ª parte, com cerca de 10km (azul), em que as belas paisagens estiveram sempre presentes. Mas, também passaram pela Carrapateira, onde subiram ao ponto mais alto para se deslumbrarem com as vistas e a respectiva descida. O regresso à praia do Amado marcou o final do passeio de nível I. No mesmo ponto de partida, os mais “velhos” iniciaram a 2.ª parte do percurso (vermelho). Esta decorreu numa zona mais interior, num ambiente mais próximo da serra algarvia. As curtas subidas e descidas foram uma constante. Já para o final houve o privilégio de "fluir" por uma longa descida até à praia (cerca de 3km), em que uma bela vista para o Atlântico nos acompanhou até ao final. Trata-se de uma zona com características interessantes para a prática do B.T.T.. Os trilhos deste percurso são de dificuldade média. O resto da tarde foi passada na praia do Amado, entre mergulhos, raquetes, bolas e umas carreirinhas nas ondas, etc..

Julho de 2011

61


Desporto - BTT

Julho de 2011

62


Desporto - BTT

Visitem o nosso blog:

http://www.atribodasveredas.blogspot.com/

Professor Paulo Carvalheiro Julho de 2011

63


Pratica o teu Espanhol Diverte-te e aprende praticando a língua espanhola. Aqui ficam algumas actividades para treinares e enriqueceres o teu vocabulário e os teus conhecimentos. Completa el crucigrama siguiente com las profesiones.

Julho de 2011

64


Pratica o teu Espanhol

Professor JosĂŠ Xavier Julho de 2011

65


Pratica o teu Espanhol

Julho de 2011

66


A Matemática é divertida

Desafio 1 - ”O Camião”

Um camião pode carregar 50 sacos de areia ou 400 tijolos. Se foram colocados no veículo 32 sacos de areia, quantos tijolos pode ainda ele carregar?

Desafio 2 - ”Mais vale ir pelas escadas…”

O João e a Ana moram num prédio com 20 andares. Certo dia, entraram no elevador para subirem para o seu apartamento. Contudo, a viagem não foi directa pois o elevador estava meio avariado e antes de chegarem ao piso certo fizeram algumas paragens. Então o percurso dos dois irmãos foi:  Subiram do rés-do-chão até ao 8.º andar;  Desceram dois andares e depois quatro;  Subiram um andar e depois mais sete; Por fim desceram 1 e estavam no andar correcto. Qual é então o andar onde moram o João e a Ana?

Desafio 3 - ”E quando a maré subir?”

Imagina um barco à deriva no meio do mar. Observando esse mesmo barco, verificamos que a proa está a 5 metros da água. Atendendo que a maré começou a subir e que esta sobe 50 cm (meio metro) por minuto, daqui a quanto tempo o nível da água alcançará a proa do barco? Não te esqueças que a proa, quando a maré estava baixa, estava a 5 metros do nível da água...o camião pode carregar ainda 18 sacos (50-32=18) então

Professora Ana Alexandre

Julho de 2011

67


A Matemática é divertida/Passatempo Soluções dos desafios da 3.ª edição (Abril de 2011)

Desafio 1

Solução: O gafanhoto Saltitão demora 8 dias a chegar ao cimo do muro.

Desafio 2

Solução: Quem ganhou a corrida foi "Descoberta"

Desafio 3

Solução: Os números dos sapatos são: 35, 37 e 39

Desafio 4

Solução: O número é o 1975

Soluções dos desafios da 4.ª edição (Julho de 2011) Desafio 1

Solução: 1 saco de areia = 8 tijolos

Se o camião pode transportar ainda 18 sacos (50 - 32 =18) então pode carregar 18 x 8 = 144 tijolos. Desafio 2

Solução: 9.º andar

Desafio 3

Solução: Como o barco flutua, a proa, independentemente dos metros

que a maré suba, estará sempre a 5 metros de distância!!!

Descobre mais alguns provérbios que os alunos do 4.º A esconderam neste jogo de palavras. Cão (-c +gr ) a cão ( - c +gr ) meche ( me + en ) a galo (-o +inha) o papa ( pa +po ) (Ana)

_______ _ ______ ________ ___ _________ ___ __________. Que(+m) vaidosa(-dosa) a(+o) arma(-ma) perdiz(-iz+e) urso(-urs) alugar(-a) (Laura)

______ ________ __________ ______ ___________ ____ _________. Ladra (- a +ão) quem (-m) roubar (-r) ainda (-inda) ladra (- a +ão) te (+m) 10 (+0) ano (+s) desaparecer(- saparecer) perda(-a+ão). (Benedita)

_______ ________ ________ ___________ _________ _____ ______ ________ _____ ___________. oeste (- oe + fo) à cadeira ( - cad + f) este (+ perd) a feira (-f + cad). (Nicole)

___________ __ _____________ ________ ______ ______________. Em terraço( - ço) de morcegos( - mor) quem trem (- )r repolho (- rep) é levarei (- leva).(Artur)

____ _______ ___ _________ _______ _________ __________ ______ __________.

Professora Paula Maia Julho de 2011

68


Nomeações Jack Petchey

Aluna nomeada no mês de Abril de 2011

Aluna nomeada no mês de Maio de 2011

Beatriz Martins - 8.º C 14 anos de idade Por ser boa amiga, bastante educada, simpática, boa estudante e ter representado a turma na assembleia de escola com argumentos bastante viáveis. O valor do prémio vai para a compra de 3 leitores de CD, um par de colunas e de auscultadores.

Marta Pereira - 9.º A 14 anos de idade Por ter um desempenho escolar excelente e ser bastante participativa nas actividades extra-curriculares. O valor do prémio vai para a aquisição de calculadoras, compassos e um pirogravador. Prémio de Liderança 2011

Aluna nomeada no mês de Junho de 2011

Catarina Mendes - 9.º B 14 anos de idade Por ser simpática, boa amiga, ajudar os outros quando mais precisam e saber falar com as pessoas. O valor do prémio vai para a aquisição de uma máquina fotográfica digital.

Julho de 2011

69

Professor Glenn Farias Por ser um excelente profissional que motiva, apoia e incentiva os alunos nas actividades. Foi realçado o facto de este docente captar a atenção dos alunos de uma forma criativa ao elaborar actividades matemáticas bastante interessantes e variadas em prol do sucesso dos discentes.

Professora responsável Sílvia Santos


Receitas fresquinhas Semi-frio de chocolate negro

Esparguete do mar

Ingredientes Para o Semi-frio:  Bolacha Maria: 300 g  Manteiga: 100 g  Vinho do porto: 2 colheres de sopa  Creme de natas:  Folhas de gelatina: 3  Natas: 2 dl  Açúcar em pó: 1 colher de sopa  Creme de chocolate negro:  Chocolate em barra: 200 g  Açúcar: 200 g  Ovos: 6  Natas: 2 dl  Folhas de gelatina: 6  Manteiga: 50 g

Ingredientes  Esparguete: 1 kg  Camarão com e sem casca: 1 kg  Delícias do mar: 1 pacote  Coentro: 1 ramo  Azeite: 3-4 colheres de sopa  Alho: 6 dentes  Restante marisco: a gosto

Preparação Esmaga-se as bolachas, misturando-as com a manteiga já derretida e o Vinho do Porto. Esta mistura é barrada no fundo de uma forma de bolo inglês. Para se fazer o creme de natas, demolha-se as folhas de gelatina em água fria. Bate-se as natas até ficarem bem firmes, junta -se-lhes o açúcar e bate-se de novo. Derrete-se a gelatina escorrida em 2 colheres de sopa de água quente e adiciona-se às natas coando-a por um passador. Mistura-se bem e cuidadosamente, vertendo sobre a base de bolacha na forma. Alisa-se e vai ao frigorífico. Para o creme de chocolate negro, demolha-se as 6 folhas de gelatina em água fria. Derretese o chocolate com a manteiga e, enquanto ainda estiver quente, adiciona-se a gelatina escorrida e mexe-se para a diluir completamente. Bate-se o açúcar com as gemas e juntase o chocolate. Bate-se as natas até ficarem bem firmes. Bate-se as claras em castelo. Com cuidado, adiciona-se cada um destes batidos à mistura de chocolate. Verte-se o creme de chocolate sobre o creme de natas na forma, alisa-se e vai de novo ao frigorífico.

Preparação Cozer 1 kg de esparguete (consoante o número de pessoas), não deixar cozer em demasia, apenas com água e um pouco de óleo para não pegar. Numa frigideira colocar 3-4 colheres de sopa de azeite, 5-6 dentes de alho bem picadinhos e um ramo de coentros; deixar aloirar os alhos sem esturricar, juntar miolo de camarão e camarão com casca se quiser, delícias do mar a gosto, e mais tipo de marisco se pretender. Depois de deixar apurar o conteúdo na frigideira, escorrer o esparguete já cozido e misturar.

Receitas retiradas de http:// sabores.sapo.pt

Julho de 2011

70


Divulgação

A festa de encerramento do ano escolar, na Escola de Benfarras, realizou-seno dia 22 e teve o seu início às 1 8h. A festa foi organizada pela Associação de Pais e EB1/JI de Benfarras e contou com as actuações dos alunos do Jardim de Infância e turmas do 1º Ciclo, às quais se seguiram a entrega dediplomas e presentes. A turma F declamou o poema «Na minha Escola» e entoou a canção «Bikini pequenino às bolinhas amarelas». Seguiu-se o jantar fornecido pelo restaurante Museu e música ao vivo com Filipe Conde. A festa foi muito agradável e a comunidade escolar aderiu com grande entusiasmo a mais esta iniciativa. Votos de boas férias para todos. Até Setembro. A professora Isabel Pires

Férias com Livros...

Na cidade, no campo, na praia, onde quer que estejam, a Equipa da BE " Lídia Jorge" deseja a todos os Seguidores do seu Blogue e Site umas Excelentes Férias, preferencialmente, muito bem acompanhados pelos Amigos Livros. Julho de 2011

71


Divulgação A turma F, da professora Isabel Pires, da Escola de Benfarras, vem informar que a sua turma tem um blogue para divulgação dos trabalhos realizados pelas crianças. Para que possam visualizar o nosso blogue devem aceder ao site do Agrupamento de Escolas de Boliqueime e clicar no ícone Blogues. O nosso blogue intitula-se aventurasdossabichoes. Não deixem de visualizar o nosso blogue. A professora e os seus alunos agradecem e ficam ainda mais motivados.

http://aventurasdossabichoes.blogspot.com/ O Notícias da Malta visitou o blog aventuras dos sabichões e recomenda a todos que passem por lá!

Visita o blog Leituras e Aventuras em:

http://leiturasaventuras.blogspot.com/ Divulgação dos textos do concurso SOL “Quem conta um conto …” e ainda... “Leituras e Aventuras do 8.ºA” Julho de 2011

72

Notícias da Malta  

Jornal Escolar