Issuu on Google+


O Clube › jun/jul 2013 ›

3


ÍNDICE

voz da diretoria

PERFIL __ __ __ __ __

06

30 ANOS DE HISTÓRIA _

08

ESP ORTE _ __ __ __ __

26

LAZER _

__ __ __ __ __

28

_ __

30 32

> ANTONIO RUSSO

> > > > >

CLUBE: MUITO ALÉM DO SOCIAL LEMBRANÇAS DE UMA COLÔNIA DE FÉRIAS 30 ANOS DE ESPORTE MAIS DO QUE UMA DIRETORIA UM TIME DE PRIMEIRA

> BOSCH BRILHA NOS JOGOS DO SESI > UMA AVENTURA RADICAL

CLUBE DA CRIANÇA SAÚDE _

__ __ __ __ __

> COMO FUNCIONA NOSSA MEMÓRIA?

__ __

33

__ __ __ __

38

DIVERSIDADES __

> ESTAMOS EM MANUTENÇÃO AGENDA __

REVISTA

Revista O Clube Bosch - 52ª edição, ano 10, DEZ/JAN 2013 Uma publicação bimestral da AFRB - Associação dos Funcionários da Robert BOSCH. PUBLICIDADE Departamento Comercial: Rosi Santos e Cássia Padovan 3093 6939 › comercial@revistaoclube.com.br FALE CONOSCO › falecom@revistaoclube.com.br EDITORIAL Supervisão: Cleverson Rocha - Jornalista Responsável: Fabíola Menegusso Direção Criativa: Luogo Design - Projeto Gráfico: Luciano Augusto Dallago Diretor de Webdesign: Gilson Lima - Fotografias: Equipe O Clube BOSCH IMPRESSÃO E ACABAMENTO A Revista O Clube foi impressa na Ingra, Indústria Gráfica Av. Cel Cezar Torres, 479 - 83601-310 - Campo Largo -PR Tiragem: 5.000 exemplares DISTRIBUIÇÃO Distribuição: Entregue em mãos aos funcionários na sede da Robert Bosch. GESTÃO DO PROJETO: LUOGO DESIGN | contato@luogo.com.br Rua Ricardo Negrão Filho, 442, 1º andar, Portão, Curitiba. 41 3229 2921

4

› O Clube › dez/jan 2013

Joelcio Benvenutti

N

osso ano foi muito especial. Além de completarmos 30 anos, tivemos mudanças significativas na nossa estrutura física e muitos eventos esportivos e sociais de excelente qualidade. Para as crianças, as 45ª e 46ª edições da Colônia de Férias foram um sucesso. Ver os pequenos se divertirem por uma semana inteira e ainda, poderem almoçar um dia na fábrica com os pais foi muito gratificante. Além disso, nossa Festa Julina, as Degustações de Vinho, Cursos de Culinária, Jantares Dançantes e passeios para o Beto Carrero e Cascanéia, tiveram uma participação calorosa. Mas nós não queremos parar por aí. Nossa agenda de 2014 está recheada de novidades! Aproveito a oportunidade também para convidar os colaboradores a fazerem parte das nossas equipes esportivas. Os treinos começam no início de 2014 e com certeza você vai querer fazer parte deste time e nos ajudar a colocá-lo novamente no lugar onde merece: no topo do pódio em várias modalidades! Neste ano, nossos associados também puderam perceber as melhorias na estrutura física da AFRB. No início do ano entregamos dois espaços importantes. Nosso parquinho teve a areia substituída por um piso playfloor e a antiga quadra de areia foi substituída pela de futebol sintético. Em outubro, as cercas no entorno

do Clube começaram a ser trocadas, ganhamos um novo portão e novas catracas, o piso das quadras de tênis está sendo substituído e o ginásio também teve o piso completamente lixado, envernizado e agora ganha uma nova pintura. Mas, as melhorias não param por aí. Como vocês já perceberam, estamos passando por uma série de obras de manutenção que vão deixar a nossa estrutura, que já tem 30 anos, mais segura e moderna. Nos próximos meses, nossos associados terão que se adaptar com o fechamento temporário de alguns espaços. Peço a compreensão e colaboração de todos, pois, em breve, verão que valeu a pena! Mesmo com as dificuldades de 2013 conseguimos vivenciar a nossa Missão, que é a de “oferecer um ambiente de integração e lazer, desenvolver atividades esportivas e sociais, orientadas pelos valores Bosch”. Gostaria de agradecer a diretoria da nossa Associação e a da Bosch, que vem trabalhando em conjunto para construir um Clube cada vez melhor. Quero aproveitar também para desejar um ótimo Natal e Ano Novo para todos, que essa época de esperança e amor se estenda pelo ano inteiro!

Um forte abraço! Presidente da AFRB


O Clube › jun/jul 2013 ›

5


perfil

Antonio Russo

O

perfil desta edição da revista é mais do que especial. Para fechar as comemorações dos 30 anos do Clube, não poderíamos deixar de fora uma figura cativante, que literalmente ajudou a construir este lugar. Estamos falando do sócio-aposentado Antonio Russo, colaborador da Bosch por 50 anos e presidente da AFRB por 10 anos. Mesmo aposentado desde agosto de 2011, Russo frequenta o Clube assiduamente. “Pelo menos uma vez na semana dou um jeito de ir na Associação. Tem duas atividades que eu participo mais, a sauna e a equipe de atletismo. Tenho bons amigos. Toda a quarta e sexta batemos um papo. Gosto também de treinar na pista do Clube, ela é muito boa. E é claro que não posso deixa de fora os churrascos da nossa equipe de atletismo”. Antonio Russo confessa que muitos momentos ao longo desses 30 anos de Clube foram especiais, mas um deles não sai da sua memória e ele se lembra com carinho: “Não esqueço da nossa Festa “Julina”, em 1998. Isso porque, normalmente no mês de junho, no Brasil, acontecem as típicas festas juninas, em homenagem a Santo Antonio, São João e São Pedro. Mas, justo nesse ano choveu muito nesse mês. Ficamos tristes porque tivemos que adiar a nossa festa duas vezes. Só conseguimos realizá-la em julho, daí em diante, todas as festas passaram a ser julinas”. Para a surpresa de todos, mesmo com o atraso, o evento foi um sucesso e teve a participação de aproximadamente oito mil pessoas, entre elas, duas mil crianças. “Nossa festa começou às 9h e terminou às 21h. O mais importante foi o trabalho em equipe. Não tivemos nenhum incidente e todos saíram muito felizes”, comenta.

6

› O Clube › dez/jan 2013

O CLUBE OFERECE ATIVIDADES VARIADAS DE ESPORTE, CULTURA E LAZER. ACREDITO QUE ELE TEM UM PAPEL MUITO SIGNIFICATIVO NA FORMAÇÃO DE VERDADEIRO CIDADÃOS"

Para o sócio aposentado, a AFRB é um elo de ligação entre colaboradores, familiares, empresa e comunidade e ele explica o motivo: “O Clube oferece atividades variadas de esporte, cultura e lazer. Acredito que ele tem um papel muito significativo na formação de verdadeiro cidadãos. Nosso fundador dizia que era muito importante nos preocupar e cuidar das pessoas e é isso que o Clube faz”. O ex-presidente da AFRB também comenta da felicidade em poder ter acompanhado o nascimento da Associação e a sua evolução até hoje. “Tive a sorte e a oportunidade de ver este local crescer e evoluir. Como presidente, sempre tive o apoio de muitas pessoas. Posso dizer que aprendi muito. Aprendi principalmente a lidar com pessoas e as suas divergências culturais e sociais e trago todos esses ensinamento comigo até hoje”. E para finalizar, uma pergunta que a maioria já imagina a resposta, mas ninguém, além do sócio-aposentado, sabe o verdadeiro significado. Quando perguntado sobre o que o Clube significa na sua vida, Russo é categórico: “O Clube faz parte da minha vida”.


O Clube › dez/jan 2013 ›

7

OOClube Clube› ›out/nov jun/jul 2013 2013 ››

7


AFRB - 30 ANOS

30 ANOS DE NO DIA 23 DE OUTUBRO DE 1983, OS COLABORADORES GANHARAM UM ESPAÇO QUE, AO LONGO DOS ANOS, SE TORNOU REFERÊNCIA EM ESPORTE E LAZER. MAS, SÃO POUCAS AS PESSOAS QUE PUDERAM ACOMPANHAR TODO ESSE PROCESSO. VOCÊ CONFERIU A ENTREVISTA DE ALGUMAS DELAS NO DECORRER DESSE ANO E AINDA VAI PODER CONFERIR MUITAS HISTÓRIAS NESTA EDIÇÃO.

FUNDAÇÃO

Situado em uma área de aproximadamente 200 mil metros quadrados, o Clube existia muito antes da sua sede. Em 1979, em um campo de terra próximo ao restaurante da Bosch, começaram as primeiras atividades da AFRB. O sócioaposentado e uma das pessoas que ajudou na construção da sede, Antonio Russo, conta que os vestiários eram containers improvisados, que ficavam em um barranco próximo ao campo de terra. “Na época nós

1979 COMEÇAM AS ATIVIDADES DO CLUBE, AINDA DE FORMA IMPROVISADA, COM UM CAMPO DE TERRA AO LADO DO REFEITÓRIO DA BOSCH E CONTAINERS COMO VESTIÁRIOS.

8

› O Clube › dez/jan 2013

1981 É REALIZADA A PRIMEIRA REUNIÃO DA DIRETORIA E DEFINIDO A PARTICIPAÇÃO NO CAMPEONATO DE FUTEBOL DO SESI E O PRIMEIRO ESTATUTO DA AFRB.

NO DIA 9 DE FEVEREIRO DE 1981 ACONTECEU A PRIMEIRA REUNIÃO DA DIRETORIA DO CLUBE. VÁRIOS TEMAS FORAM COLOCADOS EM PAUTA, PELO ENTÃO PRESIDENTE RUI AMARO"

escolhemos esses containers por um catálogo. Eles pareciam muito bons, mas, quando chegaram, vimos que não eram lá aquelas coisas. Mesmo assim eles quebraram o galho por alguns anos”, relembra. No dia 9 de fevereiro de 1981 aconteceu a primeira reunião da diretoria do Clube. Vários temas foram colocados em pauta, pelo então presidente Rui Amaro. O primeiro foi a participação da AFRB no 33º Campeonato de Futebol de Campo do Sesi. Na mesma data foi aprovado e instituído o primeiro Estatuto da AFRB. Ele orienta as ações do Clube até hoje. E foi também a partir deste dia que a ideia de uma sede própria e organizada começou a sair do papel. Muitas reuniões e trabalho pela frente e então, em 23 de outubro de 1983, aconteceu a inauguração.

1983 CONSTRUÇÃO E INAUGURAÇÃO DA SEDE NO DIA 23 DE OUTUBRO.

1995 CONSTRUÇÃO DO GINÁSIO POLIESPORTIVO.

1998 EQUIPE DE FUTEBOL CONQUISTA O TÍTULO NO MUNDIAL DOS TRABALHADORES, REALIZADO NO MÉXICO.


HISTÓRIA! Em 1986 surgiu a necessidade de alguém para administrar todo este patrimônio e profissionalizar o setor esportivo e social do Clube. O primeiro coordenador geral da AFRB foi Aguinaldo Lapa. Ele já trazia uma experiência de 10 anos na Bosch Campinas e foi convidado pela diretoria para assumir a função. Foi também neste ano que começaram a ser realizados os grandes eventos sociais do Clube, como o Baile do Vinho, Baile do Chopp e o Concurso da Rainha da Primavera. Aliás, o objetivo principal do “seu Lapa” era criar um espaço de atividades para toda a família. Objetivo este que está presente na Missão e Visão do Clube até hoje. Em 1988, mais um grande passo foi dado na administração do Clube. Foram contratados os estagiários de Educação Física, para auxiliarem no programa de ginástica laboral e nos eventos esportivos e sociais que cresciam muito rápido. Hoje, o Clube conta com uma equipe de oito colaboradores, seis estagiários e mais de 15 prestadores de serviço. Tudo isso para fazer um local cada vez melhor, para você e toda a sua família!

2000 CONSTRUÇÃO DA PISTA DE CORRIDA.

2002 MELHORIAS, AMPLIAÇÕES E REFORMAS EM VÁRIAS ÁREAS, INAUGURAÇÃO DA QUADRA DE TÊNIS E DA SALA DE MUSCULAÇÃO.

2003 CONSTRUÇÃO DO NOVO PARQUINHO, DA QUADRA DE FUTEBOL DE AREIA E DE GRAMA SINTÉTICA.

2011 REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO SALÃO SOCIAL.

2013 TROCA DO PISO DO PARQUINHO E CONSTRUÇÃO DA 2A QUADRA DE FUTEBOL SINTÉTICO.

OOClube Clube››dez/jan jun/jul 2013 ›

9


AFRB - 30 ANOS

CLUBE: MUITO ALÉM DO SOCIAL Já vimos que em 1986 começaram os grandes bailes e festas no Clube. Mas, antes de ser um espaço apenas para eventos sociais, o Clube é destinado para a integração de famílias, para fazer amigos. Esse fato nos acompanha desde a inauguração, até hoje. Um exemplo disso é o sócio-aposentado Jair Moya. Ele esteve presente na inauguração da AFRB e hoje, faz do Clube sua segunda casa. “Lembro que quando o Clube foi inaugurado, meu filho Elton era recém-nascido, por isso, minha esposa não pode comparecer na festa. Mas, depois disso, trouxemos ele e meus outros dois filhos em todas as festas. Agora, trago a minha neta. É um ciclo que se repete, mas, é muito bom acompanhar toda essa evolução tanto do Clube, quanto da minha e de muitas outras famílias”. Hoje, Moya faz parte da equipe de atletismo do Clube, frequenta a sauna e a academia. “Eu e minha esposa estamos aqui praticamente todos os dias. Gostamos muito do Clube”, comenta.

O colaborador da TEF21, Lausdinei Prestes também acompanhou a história do Clube de perto. Há 26 anos na Bosch, desde que ele entrou na empresa passou a frequentar a Associação. “Durante todo esse tempo minhas melhores lembranças são de quando eu treinava no time de vôlei. Também sempre acompanhei de perto todos os eventos da AFRB. Era muito legal participar do Baile da Primavera. As

1998 1986 1979 JAIR MOYA, O PRIMEIRO DA ESQUERDA PARA DIREITA, EM 1979, NO CAMPO DE FUTEBOL IMPROVISADO AO LADO DO REFEITÓRIO DA BOSCH.

10

› O Clube › dez/jan 2013

ELIANE E ELTON, FILHOS DE JAIR MOYA, NA FESTA DE NATAL DO CLUBE, EM 1986.

RECORDE DE PÚBLICO NA FESTA JULINA


meninas se preparavam muito para desfilar. Posso dizer com toda a certeza de que as festas, os bailes e os jantares foram e ainda são momentos de integração entre colegas de trabalho e famílias”, diz. Mas, é impossível esquecer também dos grandes eventos. Em 1998, o Clube chegou a receber mais de 8 mil pessoas na Festa Julina. Antonio Russo, o presidente da AFRB na época, lembra como era organizar eventos para tanta gente. “Sempre nos preocupamos muito com a segurança e o conforto dos associados. Mesmo com um público tão grande, nós podíamos ver que as famílias saíam extremamente felizes”, conta.

2013 2013 2002

LAUSDINEI COMENTA OS MELHORES MOMENTOS QUE ELE PASSOU NA AFRB.

HOJE, JAIR RELEMBRA AS HISTÓRIAS DOS 30 ANOS DO CLUBE.

BAILE DA PRIMAVERA: ASSOCIADAS DESFILAVAM SUA BELEZA.

Hoje, mesmo com a diferença no número de colaboradores, os eventos do Clube são um sucesso e colecionam números impressionantes. Em 2013 a AFRB realizou, a Festa Julina, o Carnaval infantil, o evento de reinauguração do parquinho e grama sintética, o almoço de Dia das Mães, três jantares dançantes, quatro cursos de culinária, seis degustações de vinho, duas colônias de férias, um passeio para Foz do Iguaçu, um passeio para o Beto Carrero e um passeio para o Parque Aquático Cascanéia. No total, mais de seis mil pessoas estiveram em todos estes eventos. E eles não param por aí: em 2014 tem muito mais!

O Clube › dez/jan 2013 ›

11


AFRB - 30 ANOS

LEMBRANÇAS DE UMA COLÔNIA DE FÉRIAS HÁ 23 ANOS O CLUBE FAZ A ALEGRIA DA GAROTADA. NA SUA 46ª EDIÇÃO, MAIS DE SETE MIL CRIANÇAS JÁ PASSARAM PELA COLÔNIA DE FÉRIAS. NÃO SERIA JUSTO CONTAR A HISTÓRIA DA AFRB, SEM LEMBRAR DESTE EVENTO. E POR ISSO, NÓS ENCONTRAMOS UMA EXPERT NO ASSUNTO: A COLABORADORA DA MSI23, SARA OLCHA. ELA PARTICIPOU DE TODAS AS EDIÇÕES DA COLÔNIA ENTRE 1999 E 2005 E LEMBRA COM MUITO CARINHO DESTE PERÍODO.

P

articipei da Colônia de Férias dos 5 até os 11 anos de idade. Os dias da Colônia eram os prediletos das minhas férias escolares. Uma coisa muito bacana é que desde o início do dia as atividades eram programadas, isso fazia com que nós aproveitássemos ao máximo o nosso tempo no Clube. As minhas brincadeiras preferidas eram o caça ao tesouro, guerra de bexiga com água e escorregar na lona com sabão. Na minha época, cada grupo era dividido por idade e tinha uma cor específica de camiseta. Tínhamos que acumular pontos durante as gincanas e o grupo com mais pontos era o vencedor. Lembro que em uma das edições a meta era acumular o máximo de lixo reciclável que o grupo conseguisse. Eu e meu irmão levávamos sacos gigantes, cheios de garrafas PET. Nós pedíamos para todo mundo: amigos, vizinhos, parentes. Valia tudo para acumular pontos.

12

› O Clube › dez/jan 2013

OS PROFESSORES ERAM SEMPRE MUITO CRIATIVOS. ELES INVENTAVAM MÚSICAS PARA TODOS OS MOMENTOS"

Os professores eram sempre muito criativos. Eles inventavam músicas para todos os momentos. Lembro até hoje! Uma delas era cantada na hora do almoço. Nós íamos até o restaurante cantando: “Ia ia ia viva a tia da cozinha”. Era muito divertido! Um momento marcante foi quando eu tinha 6 anos de idade. Sempre fui muito apegada com o meu irmão mais velho, que também participava das colônias. Um dia eu fugi do meu grupo, sai correndo desesperadamente pelo Clube para encontrar o meu irmão e ficar com ele no grupo mais velho. Como se não bastasse fugir uma vez, eu fugi várias, era todo mundo correndo atrás de mim e ninguém me pegava! Levei uma bronca do professor e tiveram que chamar a minha mãe para ir me buscar, porque eu era a menina que não parava de fugir. Recomendo a Colônia de Férias do Clube para todos os meus colegas, que trabalham


na Bosch e têm filhos com idade de participar. Esses dias são muito saudáveis. São momentos em que as crianças se divertem, aprendem, fazem novas amizades, praticam atividade física e aproveitam da melhor forma o tempo livre das férias. Hoje, é muito comum as crianças e adolescentes passarem o tempo livre concentrados em jogos na frente de vídeo games e computadores e a verdade é que a melhor fase da vida passa muito rápido. O Clube proporciona a oportunidade das crianças aproveitarem da melhor maneira possível as suas férias. Assim como aconteceu comigo, um dia eles vão crescer e o tempo livre vai ser aproveitado de outra forma. As prioridades são outras. O que vai ficar são as lembranças de uma infância bem vivida, cheia de diversão, de boas amizades e histórias para contar e lembrar com carinho. Meu recado para os papais e mamães Boscheanos é que incentivem os seus

HOJE, A COLABORADORA SARA OLCHA LEMBRA COM CARINHO DAS COLÔNIAS QUE PARTICIPOU

filhos a participarem das Colônias. Além de diversão garantida, eles estarão sob os cuidados de pessoas extremamente competentes e dentro de toda a segurança que o Clube oferece.

O Clube › dez/jan 2013 ›

13


AFRB - 30 ANOS

MINHA HISTÓRIA COM O CLUBE BOSCH - VANDERLEI GRECCO

PARA FECHAR AS COMEMORAÇÕES DOS 30 ANOS DO CLUBE, NÃO PODÍAMOS DEIXAR DE FORA UMA FIGURA IMPORTANTE, QUE ACOMPANHOU A CRIAÇÃO E EVOLUÇÃO DO CLUBE. O SÓCIO-APOSENTADO VANDERLEI GRECCO GUARDA MUITAS RECORDAÇÕES DE TODO ESSE PERÍODO E ELE VAI DIVIDIR COM TODOS NÓS, ALGUNS MOMENTOS MARCANTES

M

eu primeiro e único emprego foi na Bosch. Tenho orgulho por isso e fiz amigos para toda a vida nesse lugar. Em 1978, minha seção foi a primeira a vir para a fábrica na CIC. Em Campinas, as famílias todas se conheciam, porque o Clube lá já existia. Quando chegamos aqui, sentimos falta de um espaço assim. Além disso, foram contratadas também muitas pessoas de outras cidades. Na época, Curitiba não tinha tantas opções de lazer. Os familiares não estavam conseguindo se adaptar. Foi aí que surgiu a ideia de criar um Clube como o que tinha em Campinas. Com uma opção de lazer, os colaboradores teriam um local para praticar esportes e reunir as famílias. Essa foi a ideia inicial e acredito que ela continua até hoje. Com a possibilidade de ter um espaço para passar o tempo livre, os colaboradores se animaram. Antes mesmo de a sede ser inaugurada, surgiram alguns times de futebol que treinavam em um campinho improvisado, próximo ao refeitório. Os jogos aconteciam no campo da Antártica. Sempre gostei desse clima. Gostava de acompanhar as equipes. Então, depois de muito trabalho, o Clube foi inaugurado no dia 23 de outubro de 1983. Foi uma festa muito bonita. As famílias compareceram em peso! O local, que tinha apenas algumas churrasqueiras e um campo de futebol evoluiu muito rápido. No ano seguinte, em 1984, ajudei a organizar o primeiro campeonato de futebol mirim. Cada pai ficou responsável por um time e os jogos sempre aconteciam nos domingos pela manhã. Alguns anos depois, começaram os bailes. No início eles eram abertos para os colegas de outras empresas, mas, o sucesso foi tão grande que tivemos que restringir o público

14

› O Clube › dez/jan 2013

apenas para associados. O Clube funcionava realmente como uma segunda casa para os colaboradores. Nesses primeiros anos amizades para o resto da vida foram formadas. Eu mesmo tenho amigos daquela época até hoje. Mesmo morando em outra cidade, não perco a chance de vir aqui, visitar o Clube e reencontrar os amigos. Gosto bastante de acompanhar as corridas, sempre que posso, estou aqui. As mudanças na estrutura durante esses 30 anos não tem comparação, mas, para mim, o que é mais importante é a manutenção desse espírito de família e de amizades.

VANDERLEI AINDA GUARDA A CARTEIRINHA DE ASSOCIADO


1980 AMISTOSO DO TIME DA BOSCH NO CLUBE DA ANTÁRTICA.

1981 AMISTOSO DO TIME DA BOSCH NO CLUBE DA ANTÁRTICA.

1982 AMISTOSO DO TIME DA BOSCH NO CLUBE DA ANTÁRTICA.

1984 PRIMEIRO CAMPEONATO DE FUTEBOL MIRIM REALIZADO NO CLUBE.

1984

VANDERLEI GRECCO EM UM CHURRASCO REALIZADO NO CLUBE

O Clube › dez/jan 2013 ›

15

O Clube › dez/jan 2013 ›

15


AFRB - 30 ANOS

30 ANOS DE ESPORTE!

COMO MUITA GENTE JÁ SABE, ANTES MESMO DA SEDE DO CLUBE SER INAUGURADA EM 1983, ALGUNS TIMES FORMADOS POR COLABORADORES BOSCH JÁ DAVAM O AR DA GRAÇA. NOSSOS PRIMEIROS REGISTROS SÃO DE 1976. DE LÁ PARA CÁ VIERAM MUITAS CONQUISTAS ESTADUAIS, NACIONAIS E ATÉ INTERNACIONAIS. TÍTULOS COMO MUNDIAL DO TRABALHADOR, CONQUISTADO EM 1998, NO MÉXICO, FICARÃO PARA SEMPRE GUARDADOS NA MEMÓRIA.

OLÉ

... A campanha da equipe de futebol de campo da Bosch entre os anos de 1996 e 1998 foi impecável. Além do tricampeonato nos Jogos do Sesi, o time conquistou o Mundial dos Trabalhadores. Foi a primeira vez que uma equipe paranaense foi representar o Brasil no torneio. O título foi conquistado com um empate de 1 x 1 com os anfitriões mexicanos. O placar foi suficiente para garantir o primeiro lugar para a Bosch, que fez a melhor campanha na competição. Foram cinco jogos: 3 a 2 contra Porto Rico, 2 a 0 contra a Dinamarca, 5 a 1 contra a Costa Rica, nas semifinais 8 a 1 contra a Bélgica e o empate de 1 a 1 na final contra o México. Logo abaixo você confere o depoimento de alguns campeões, que conquistaram este título há 15 anos. ADÃO SANTANA – CTG21 Lembro que nesta época a Bosch respirava futebol. Tínhamos uma rivalidade saudável com as equipes das outras empresas e fomos os primeiros do Paraná a voltar com um mundial. Nosso time era realmente uma família e por isso nós éramos super entrosados. Conquistar um título como este foi inesquecível. A chegada em Curitiba também foi

16

› O Clube › dez/jan 2013


muito emocionante. Chegamos no aeroporto e tinha um carro de bombeiros esperando a gente. Fizemos uma carreata com um monte de colaboradores nos seguindo de carro. Fomos recebidos no Palácio Iguaçu pelo governador. Isso não tem como esquecer. NILSON SOUZA – FCM É difícil de acertar na receita de um time vencedor, mas acredito muito que nós conseguimos. A dedicação, o esforço, o empenho e o espírito de equipe dentro e fora de campo foram essenciais em todo esse processo. Levamos os treinos e a competição com muita seriedade, afinal, estávamos representando o Brasil. Ainda está muito vivo na minha memória a recepção que nós tivemos na casa de um dos funcionários da embaixada brasileira na Cidade do México e depois a festa na chegada aqui em Curitiba. Familiares, amigos, colegas de trabalho: todos estavam nos esperando. Não imaginávamos toda a repercussão que teve, foi fantástico! Um fato muito bacana, que gostaria de contar para exemplificar a união do nosso time foi o nosso roteiro no México. Combinamos que na nossa volta para o Brasil, passaríamos por Cancun, para visitar aquelas praias paradisíacas. Acontece que na penúltima rodada, nosso atleta Edgar fraturou a perna e teve que passar por uma cirurgia lá no México. Por isso, toda a logística do retorno dele teria que ser modificada. Foi aí que a equipe decidiu voltar toda junta, com ele para o Brasil. Para mim essa foi uma grande lição de grandeza, solidariedade e amizade. Segredos assim que fizeram a equipe de 1998 vencedora! DENILSON LIMA – FCM 12 Esta conquista ficará para sempre eternizada na minha memória. Desde a nossa preparação, o embarque a recepção no México. Além do México, passamos também pelo Panamá e pela Bolívia. Fizemos os bolivianos sambarem em pleno aeroporto. Acredito que esse conjunto de experiências positivas nos fizeram ficar cada vez mais fortes para a conquista do título.Tivemos muitos momentos marcantes, mas não esqueço do gol que levamos da Bélgica. Nós já estávamos ganhando de 6 a 0 e eles marcaram um gol e comemoraram muito. Para eles, marcar um gol contra uma seleção brasileira, representada por nós, foi marcante. A final também foi inesquecível. Nós já tínhamos sido campeões com uma rodada de antecedência por causa da excelente campanha. A equipe do México, anfitriã, precisava de uma vitória para conquistar o vice campeonato. O jogo estava empatado em 1 a 1 quando no último lance o juiz marcou um pênalti inexistente para eles. Então, nosso goleiro e capitão Nilson fez a defesa e terminamos a competição invictos! JOSÉ COSTA – CLP 33 A nossa equipe não tinha uma estrela. Todos nós corríamos um pelo outro e acredito que aí é que está o sucesso. Tive o prazer em representar a Bosch e o Brasil e ajudar essa equipe a conquistar um título tão importante. Isso com certeza ficará guardado para sempre no meu coração. Assim como o Nilson comentou, um fato muito marcante para mim foi a união do nosso time quando o nosso colega fraturou a perna e teve que passar por uma cirurgia. Decidimos não ir para Cancun e voltar para casa com ele, como uma equipe. Essa união fez a diferença!

O Clube › dez/jan 2013 ›

17


AFRB - 30 ANOS

É CESTA!

Quem também brilhou aqui e fora do país foi a equipe de basquete. O time formado por talentosos atletas também colecionou títulos e chegou no seu auge em 2005, com a conquista do 3º lugar no Mundial dos Trabalhadores, também disputado no México. Veja os relatos de alguns campeões: DEVANIR SANTOS – MSI23 Tínhamos uma excelente equipe, muito sólida e unida e por isso, chegamos até o mundial. Nós fomos a melhor seleção do sul do Brasil entre os anos de 1998 e 2009. Tínhamos sim muitos talentos individuais, mas, o espírito de equipe sempre prevaleceu e foi ele que nos orientou para estas conquistas. DIRCEU PUEHLER – INBR Sempre gostei de basquete e tive o privilégio de treinar esta equipe por muitos anos. Fomos sempre uma família, que como qualquer uma, também teve seus momentos de discussão, mas, superamos tudo isso e ganhamos muitos títulos ao longo dos últimos anos. O mundial foi apenas o resultado de um trabalho sério, 18

› O Clube › dez/jan 2013

baseado em valores como respeito, amizade, dedicação e espírito de equipe. SÉRGIO VILSEKI – MSP31 Tenho ótimas recordações dessa época. Nosso grupo era muito bom tanto na parte técnica quando na parte pessoal. Nós éramos um grupo muito unido e isso ficou bem evidente nos 11 dias em que passamos disputando o mundial na Cidade do México. Enfrentamos equipes muito fortes e que tinham o mesmo objetivo que a gente. Foi muito enriquecedor. Estávamos hospedados no mesmo hotel da equipe da Tunísia. Fiquei impressionado porque mesmo com a dificuldade de comunicação ficamos muito amigos. Outra grande recordação que eu tenho foi a recepção dos mexicanos. Nós andávamos com o uniforme do Brasil e eles nos paravam para tirar fotos e perguntarem da seleção. Foi uma conquista muito especial, impossível de esquecer.


EM SUAS MARCAS NA PISCINA

O arremesso de peso nunca foi tão bem representado. A colaboradora da HSE, Rosangela Rufino trabalha na Bosch há 14 anos e de lá para cá coleciona títulos e já disputou dezenas de competições estaduais e nacionais. Ela também esteve presente em dois Mundiais do Trabalhador, um em 2007, disputado no Brasil e outro em 2010, sediado na Estônia.

ROSANGELA RUFINO – HSE O mundial é aonde todos os atletas querem chegar. Ter representado a Bosch nesta competição e ter feito parte da delegação brasileira por duas vezes foi uma das minhas melhores experiências no esporte. No Brasil, pude interagir com pessoas de outros países e lá na Estônia conheci culturas completamente diferentes, foi muito gratificante. Fiz amigos nessas competições que tenho contato até hoje. Isso tudo vai muito além do esporte.

O Clube › dez/jan 2013 ›

Você sabia que a natação também teve seus tempos de ouro e brilhou em três mundiais consecutivos? A modalidade foi muito bem representada pela colaboradora da QMM 11, Fernanda Ferrazza. FERNANDA FERRAZZA – QMM1 Tive o privilégio de representar a Bosch e o Brasil em três mundiais: um em 2005 na Estônia, um em 2006, na Itália e outro em 2007, no Brasil. Foram experiências incríveis, que vou lembrar com muito carinho para sempre. Nessas competições, conheci pessoas de vários lugares do mundo e pude perceber que ganhar não era o único objetivo. O espírito de integração e amizade prevalecia sempre.

19


AFRB - 30 ANOS

MAIS DO QUE UMA DIRETORIA DESDE 1981, ANTES MESMO DO CLUBE TER SUA SEDE INAUGURADA, UM TIME DE COLABORADORES JÁ SE REUNIA PARA DISCUTIR ASSUNTOS RELACIONADOS À ASSOCIAÇÃO E PROMOVER PEQUENOS EVENTOS. DESDE AQUELA ÉPOCA ATÉ HOJE, É POSSÍVEL PERCEBER A IMPORTÂNCIA DESSES COLABORADORES VOLUNTÁRIOS, QUE SE REÚNEM COM UM ÚNICO OBJETIVO: DEIXAR O CLUBE CADA VEZ MELHOR! ATUALMENTE A CHAPA “A AÇÃO CONTINUA” CONTA A PARTICIPAÇÃO DE 18 DIRETORES. CADA UM DELES TEM UM PAPEL IMPORTANTE NA ORGANIZAÇÃO DA AFRB. LOGO ABAIXO VOCÊ CONFERE O DEPOIMENTO DE ALGUNS DELES.

JOELCIO BENVENUTTI – PRESIDENTE DA AFRB Frequento o Clube desde que entrei na Bosch, como estagiário em 1993 e faço parte da diretoria desde 2006. Em 2009 assumi interinamente o cargo de presidente e em 2010 fui convidado para assumir definitivamente a presidência da nossa Associação. Aceitei esse convite com grande felicidade e entusiasmo. Essa tem sido uma experiência extremamente enriquecedora profissionalmente e pessoalmente. O contato com os demais associados sempre foi inspirador. Mas, o cargo também traz muitos desafios, pois a responsabilidade é grande e nada é unanimidade. Ainda assim, me sinto à vontade para dizer que gosto muito de fazer parte de um time tão vencedor. Não posso deixar de agradecer o apoio incondicional que eu recebo de todos os membros da diretoria e do próprio Clube, que com dedicação, contribuem diretamente para o crescimento da nossa Associação. Também deixo aqui meu agradecimento à diretoria da Bosch pelo apoio em todos esses anos em que estive à frente da AFRB. Muito obrigado!

DUILO DAMASO – PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO Faço parte da diretoria do Clube desde 2009. A nossa Associação é um local muito agradável e de altíssima qualidade. Isso só amplia o meu orgulho de trabalhar na empresa. Para mim, o Clube significa um lugar onde eu posso interagir em cultura, esporte e lazer, com os meus amigos e a minha família.

ARILDO AFONSO – DIRETOR DE PATRIMÔNIO Desde 1985, quando entrei na Bosch, sempre estive presente no Clube. Já estou na minha terceira gestão na diretoria dA AFRB. Meu filho cresceu jogando no campo da AFRB e minha esposa está sempre nas aulas de ginástica. O Clube é família. É isso que nós, da diretoria, queremos transmitir para você, associado. Cuide deste espaço, afinal, ele é seu também.

20

› O Clube › dez/jan 2013

MOZARTE RECK - VICE-PRESIDENTE DA AFRB Fui diretor de esportes por vários mandatos e desde 2010 assumi o cargo de vice-presidente da Associação. O Clube significa muito para mim e para a minha família, afinal, meus filhos cresceram e aproveitaram comigo tudo o que este local oferece. Trabalho pelo Clube porque acredito na sua missão, que é de criar os ambiantes de lazer e integração para nossa família

KLEBER GONÇALVES – DIRETOR DE ESPORTES Passei a fazer parte da diretoria em 2009. No meu ponto de vista o Clube significa um espaço para você se desenvolver. Melhorar a qualidade de vida, o corpo, a mente o espírito e a integração social. Trabalhamos para isso em todos os nossos encontros. Queremos o bemestar dos nossos associados.


CLEVERSON SANTANA – MEMBRO DO CONSELHO DE SÓCIOS Entrei para a diretoria do Clube nesta última gestão, em 2010. A Associação é um espaço muito importante para mim e para a minha família. Lá, passamos momentos maravilhosos de lazer e alegria. Também tive experiências muito boas quando pude representar esse time nos Jogos do Sesi. Podem ter certeza de que nós, da diretoria, queremos melhorar cada vez mais o Clube.

GILBERTO PAIXÃO – DIRETOR SOCIAL Desde 2000 faço parte da diretoria da AFRB. O Clube tem um significado muito importante na minha vida. É lá que eu pratico atividade física e a minha família participa de atividades de lazer. Posso dizer com toda a certeza que o DNA do Clube está em toda a minha família.

ADEMIR CANEDO – MEMBRO DO CONSELHO DE SÓCIOS Estou na diretoria do Clube desde 2006. Este é um espaço muito importante para mim e para a minha família. Na AFRB podemos aproveitar momentos de lazer e descontração, cuidar da saúde e usufruir de uma ótima estrutura física. Por isso, tenho um imenso carinho pela Associação e orgulho de poder fazer parte de um time vencerdor.

MARIA CUNHA – SECRETÁRIA Estou na diretoria do Clube desde 1996. Para resumir bastante, O Clube é o lugar onde eu me divirto de várias maneiras. Lá eu faço atividade física e também tenho momentos de lazer com a minha família e os meus colegas de trabalho. Gosto muito de participar dos eventos da Associação como voluntária e convido a todos para nos ajudarem também.

NILSON SOUZA – MEMBRO DO CONSELHO DELIBERATIVO Estou na diretoria do Clube há 9 anos. Para mim, a associação é uma extensão do meu trabalho, só que lá, eu posso encontrar com os meus amigos e minha família. É um lugar agradável e seguro que oferece uma infinidade de opções de esporte e lazer. Isso, sem dúvida, dá o equilíbrio necessário para encarar com muita disposição o meu dia-a-dia.

O Clube › dez/jan 2013 ›

21


AFRB - 30 ANOS

UM TIME DE PRIMEIRA! NÃO É FÁCIL DEIXAR EM ORDEM UMA ÁREA TÃO GRANDE QUANTO A DO CLUBE. SÃO 200 MIL METROS QUADRADOS COM DIVERSAS CONSTRUÇÕES E ESTRUTURA DIFERENTES. POR ISSO, CONTAMOS COM UM TIME DE PRIMEIRA PARA ADMINISTRAR TODO ESTE ESPAÇO E OFERECER SERVIÇOS DE QUALIDADE. HOJE, A AFRB CONTA COM UMA EQUIPE DE OITO COLABORADORES, SEIS ESTAGIÁRIOS E MAIS DE 15 PRESTADORES DE SERVIÇO. CONHEÇA UM POUQUINHO DE CADA UM DELES.

CLEVERSON ROCHA – COORDENADOR GERAL Estou no Clube desde 2003. Entrei como estagiário, passei pela coordenação social e em 2009 assumi o cargo de coordenador geral. É um desafio administrar uma estrutura deste tamanho, mas, ao mesmo tempo, é gratificante ver como podemos oferecer qualidade de vida, descontração e lazer para um público tão diversificado. Nossa estrutura já tem 30 anos e precisa de manutenção. Nos próximos meses teremos muitas mudanças e surpresas para os nossos associados e eu tenho orgulho de poder fazer parte deste momento histórico.

22

› O Clube › dez/jan 2013

MARCO ANTONIO – COORDENADOR SOCIAL Não ter uma rotina específica e me relacionar com muitas pessoas são alguns dos fatores que me fazem gostar muito de trabalhar no Clube. Em um dia posso treinar uma modalidade esportiva, no outro posso acompanhar uma aula e assim conheço e tenho contato com vários associados. É muito bacana acompanhar a evolução de todos eles nos esportes.


ALEX CHAVES – TÉCNICO DE ESPORTES O Clube foi meu primeiro emprego. Entrei como estagiário e há cinco anos fui efetivado. O legal de estar aqui é a oportunidade de poder trabalhar em um lugar descontraído, e com uma área verde relaxante. Organizar eventos sociais e passeios e ver a satisfação das pessoas que participaram também é muito gratificante.

SIMONE DREVECK – RESPONSÁVEL PELA ÁREA FINANCEIRA A energia do Clube é muito boa. Trabalhar em um local onde as pessoas vem praticar atividade física e de lazer é muito gostoso. Há sete anos aqui, posso dizer que somos uma família. Sempre contei com o apoio de todos nos momentos difíceis e é assim que um verdadeiro time se comporta.

JOICE ANA PRZYBYLAK – RESPONSÁVEL PELA NOSSA LOJA Trabalhar no Clube é muito gratificante para mim. Graças a esses cinco anos de casa pude realizar vários objetivos, um deles é concluir minha faculdade em 2014. Assim como o Clube me ajuda, na Nossa Loja tenho a oportunidade de ajudar as pessoas também.

NILVA LORENZI – ATENDENTE DA SECRETARIA Estou no Clube há 14 anos. Vi muitas mudanças acontecerem nesse período e isso é muito bacana. Gosto de ver o associado satisfeito e por isso procuro sempre dar o meu melhor. Posso dizer que aqui é a minha segunda casa.

VANESSA SCHEMIKO – ATENDENTE DA SECRETARIA Trabalhar na secretaria me dá a oportunidade de conhecer muitos associados. É legal ter contato com pessoas de diferentes áreas e idades. Somos privilegiados por podermos trabalhar em um ambiente descontraído e com uma área verde tão grande.

MARCOS PATRIOTA – RESPONSÁVEL PELOS SERVIÇOS GERAIS Trabalho no Clube há dois anos e sete meses. O que eu mais gosto daqui são as amizades que nós vamos formando ao longo do tempo. Me sinto em família, e é claro, que qualquer família tem seus altos e baixos, mas, todos nós somos muito companheiros e trabalhamos juntos para fazer um Clube cada vez melhor. CAROLINE RODRIGUES – ESTAGIÁRIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA O Clube significa uma parte importante na trajetória da minha profissão. Nestes quase dois anos de estágio aprendi muito aqui. Poder ajudar a organizar eventos esportivos e sociais é enriquecedor.

O Clube › dez/jan 2013 ›

23

O Clube › out/nov 2013 ›

23


AFRB - 30 ANOS

WALTER BUNKOVSKI GOULART – ESTAGIÁRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Estou no Clube há pouco mais de um ano e o que eu mais gosto é poder proporcionar as pessoas a oportunidade de praticarem um esporte e com isso, todos os benefícios que ele traz à saúde. Ajudar em eventos sociais, como por exemplo a Colônia de Férias, também é muito gratificante.

VALDEIR DE ANDRADE – ESTAGIÁRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA É muito bacana treinar pessoas de várias áreas diferentes e ver a motivação de todas elas. Passar um pouco do que eu aprendo na faculdade para eles é gratificante. Com certeza os dois lados aprendem sempre.

GUILHERME RODRIGUES – ESTAGIÁRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Fazer estágio no Clube é uma experiência incrível. Sinto que posso passar qualidade de vida para muitos associados por meio da Ginástica Laboral. O contato e o feedback dessas pessoas é muito legal.

MARCILENE MINUK – PROFESSORA DE MUSCULAÇÃO (PRESTADORA DE SERVIÇOS) Iniciei com a Academia Órion no Clube em 2003. No começo, tinha disponível apenas 50 metros quadrados, hoje essa área dobrou. Tenho o privilégio de estar em um ambiente profissional maravilhoso. Vou para o trabalho como se fosse para um lugar de lazer. É só olhar para fora da sala de musculação que vejo árvores, pássaros. É muito gostoso. Aproveito para convidar os associados a conhecerem o nosso espaço e dedicarem um tempo à atividade física. Ela é extremamente importante.

24

› O Clube › dez/jan 2013

DANIEL SOUZA – ESTAGIÁRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ter a experiência de trabalhar em um lugar como é Clube é muito bom. Aprendo novas coisas todos os dias. Poder ter contato com pessoas de várias áreas e mostrar como a atividade física é importante é muito legal também.

JOSÉ FELIPE CECCON – ESTAGIÁRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Como estagiário, a experiência de trabalhar no Clube é muito boa. Todos os dias aprendo com os profissionais qualificados daqui e também com os associados. A relação de união de todo mundo que trabalha no Clube com certeza resulta em satisfação para o associado.

FABIOLA MENEGUSSO DIAS – JORNALISTA (PRESTADORA DE SERVIÇOS) Trabalhar no Clube é um aprendizado constante. Gosto muito de ver a satisfação e curiosidade do associado para saber tudo o que acontece aqui. Informar e ao mesmo tempo entreter um público tão diversificado e em várias mídias é um desafio. Mas, é justamente isso que me move todos os dias.

SCHEILA FRITZEN – PROFESSORA DE GINÁSTICA (PRESTADORA DE SERVIÇOS) Entrei no Clube em 1999 e depois virei prestadora de serviços. No total já são 13 anos de Associação. Adoro os meus alunos e a energia positiva de todos eles. Durante este tempo fiz muitas amizades verdadeiras. Isso tudo faz o meu dia-a-dia muito prazeroso e divertido.

SOLANGE PIMPÃO – MASSAGISTA (PRESTADORA DE SERVIÇOS) Proporcionar momentos relaxantes e de beleza para as associadas é muito bacana. Ao longo de todos esses anos tive a oportunidade de conhecer muitas pessoas, que se tornaram meus amigos. Me sinto privilegiada de trabalhar em um lugar como o Clube.


O Clube › out/nov 2013 ›

25


esporte

BOSCH BRILHA NOS JOGOS DO SESI

O BOLÃO FEMININO VOLTOU COM O TROFÉU DE 3º LUGAR.

Entre os dias 15 e 17 de novembro, foi disputado em Maringá, a Fase Estadual dos Jogos do Sesi. A Bosch foi para a competição com uma delegação de 40 pessoas e encerrou os jogos com várias vitórias. O destaque foi para a dupla Romoaldo Borges e Leandro Juski, da MSP12, que foram os campeões na sinuca. Leandro conta como foi participar do evento esportivo. “O sentimento no primeiro momento era de não acreditar que fomos campeões. Enfrentamos várias duplas com nível elevadíssimo e conseguimos vencer todas. Fomos campeões invictos e voltamos para casa com a sensação de dever cumprido,

26

› O Clube › dez/jan 2013

com o sentimento de ter representado a nossa empresa da melhor maneira possível. Colocamos a Bosch em primeiro”, conta. A dupla pretende treinar cada vez mais para repetir o feito outras vezes: “Em 2014 vamos nos dedicar ainda mais e queremos voltar para casa com outro título estadual”, diz Romoaldo. Além da sinuca, o futebol sete máster ficou com o vice-campeonato e o bolão feminino com o 3º lugar. Já nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro foi a vez do atletismo fazer bonito no SulBrasileiro, disputado em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. Os colaboradores João Gaudeda e Rosângela Rufino também representaram a Bosch no torneio.


A DUPLA ROMOALDO BORGES E LEANDRO JUSKI, CAMPEÕES NA

EQUIPE DE FUTEBOL SETE MÁSTER, VICECAMPEÃ.

O Clube › dez/jan 2013 ›

27

O Clube › abr/mai 2013 ›

27


lazer

UMA AVENTURA RADICAL Saltar de paraquedas está na lista de desejos de 8 de cada 10 pessoas. O esporte, hoje muito seguro, já conquistou vários adeptos. Na Bosch, um grupo já se tornou fiel à aventura e alguns estão começando agora. Essa é o caso das colaboradoras Mayara Cavalotti, da MSI31 e Tatiane Costa, do CTG11. Tatiane foi a ganhadora da promoção do Clube com a Escola de

A COLABORADORA MAYARA, EM SEU PRIMEIRO SALTO DE PARAQUEDAS.

comenta do misto de tensão e adrenalina. “Durante a queda livre tive um turbilhão de pensamentos e emoções. Já com o paraquedas aberto, é uma sensação de leveza, tranquilidade e realização. Só posso dizer que é sensacional. Com certeza pretendo cada vez mais superar meus limites e saltar mais vezes”, diz Mayara. E aí, decidiu saltar? Então veja as próximas informações e respire fundo!

28

› O Clube › dez/jan 2013

DURANTE A QUEDA LIVRE TIVE UM TURBILHÃO DE PENSAMENTOS E EMOÇÕES. JÁ COM O PARAQUEDAS ABERTO, É UMA SENSAÇÃO DE LEVEZA, TRANQUILIDADE E REALIZAÇÃO. SÓ POSSO DIZER QUE É SENSACIONAL"

Paraquedismo Fly Curitiba no ano passado. Para ela, a sensação se resume como “incrível”. “É uma mistura de sentimentos difícil de descrever. A vista é perfeita! Com certeza vale a pena superar o friozinho na barriga”, conta a colaboradora. A outra estreante no salto, Mayara, também


QUERO SALTAR! Para quem quer se aventurar apenas uma vez, para passar por esta experiência, o mais indicado é o salto duplo. Nele, a preparação é rápida, dura em média 15 minutos. O passageiro é conectado a um instrutor, experiente e devidamente treinado, autorizado e equipado. Durante o salto, o instrutor realiza todos os procedimentos. A única obrigação do passageiro é curtir a adrenalina do momento e a beleza da vista. O custo de um salto na Escola

de Paraquedimo Fly Curitiba varia entre R$ 370,00 e R$ 700,00, dependendo dos serviços de filmagem e foto escolhidos. Os saltos são realizados em Ponta Grossa, em um dos melhores aviões de paraquedismo do Brasil, a uma altura de 12.000 pés (3.650 metros) ou 16.000 pés (4.850 metros) e com queda livre que varia de 40 a 65 segundos. E aí, decidiu saltar? Para ter mais informações e detalhes, acesse www.flycuritiba.com.br.

O Clube › dez/jan 2013 ›

29


clube da criança

Para encerrar as comemorações dos 30 anos do Clube, vamos colorir a nossa logo?

30

› O Clube › dez/jan 2013


O Clube › jun/jul 2013 ›

31


clube da criança

COLÔNIA DE FÉRIAS EM RITMO DE COPA DO MUNDO A 47ª edição da Colônia de Férias está chegando com muitas novidades. O tema de 2014 será sobre a Copa do Mundo e as crianças poderão aprender um pouquinho sobre a história do Mundial e dos países que vão participar do torneio. Afinal, não tem como separar diversão de esporte!

INSCREVA SEU FILHO!

A 47ª edição da Colônia de Férias acontece de 27 a 31 de janeiro, das 8h às 17h. Ela inclui café da manhã, almoço e lanche. Podem participar apenas filhos de colaboradores da Bosch, que tenham idade entre 4 e 13 anos. Além de disposição, é preciso levar na bagagem: duas mudas de roupa e de calçado, material de higiene pessoal identificado com o nome da criança, carteirinha da Unimed e protetor solar.

Quando:

27 de janeiro a 31 de janeiro

Horário:

8h às 17h

Valores: 1 criança 2 crianças (irmãos) 3 crianças (irmãos) 4 crianças (irmãos)

R$ 80,00 R$ 100,00 R$ 120,00 R$ 140,00

Fique atento! As inscrições já estão abertas e vão até 19 de janeiro. Se após essa data ainda existirem vagas, a inscrição será de R$ 100,00 por criança. Mais informações pelos ramais 2958 ou 2369.

IV CONCURSO DE DESENHO DA AFRB

32

› O Clube › out/nov 2012

CONCURSO DE DESENHO NO DIA 14 DE NOVEMBRO ENCERRAMOS NOSSO CONCURSO DE DESENHO. E AÍ, ESTÁ CURIOSO PARA SABER SE VOCÊ FICOU ENTRE OS GANHADORES? NA PRÓXIMA EDIÇÃO DIVULGAREMOS QUEM GANHOU UMA BICICLETA E OS CONTEMPLADOS COM OS VALES-BRINQUEDO.


diversidades

ESTAMOS EM MANUTENÇÃO Em outubro começaram algumas obras de manutenção no Clube. O portão e a cerca já foram trocados. O ginásio teve seu piso lixado e envernizado e ainda recebe melhorias. As quadras de tênis também estão recebendo novo saibro. Além disso, os vestiários, a secretaria e as churrasqueiras também já recebem vários reparos. Por isso, alguns serviços terão funcionamento suspenso. Confira o que funcionará normalmente e o que ficará indisponível nas próximas semanas: - SAUNA: FECHADA. - VESTIÁRIOS: Fechados, com retorno previsto para janeiro de 2014. Os demais banheiros do Clube funcionam normalmente. Foram instalados dois containers para a troca de roupa, porém eles não são equipados com chuveiros ou sanitários. Por isso, por enquanto, não é possível tomar banho no Clube. - CHURRASQUEIRAS E SALÃO DE FESTAS: FECHADOS. - SECRETARIA: Foi transferida temporariamente para o Salão de Festas. Durante este período não será realizado o empréstimo de roupas, chuteiras e toalhas devido a interdição da lavanderia. Materiais esportivos, como bolas e raquetes, serão disponibilizados normalmente. - QUADRAS DE FUTEBOL SINTÉTICO, VÔLEI DE AREIA E CAMPO DE FUTEBOL: Funcionamento normal. - LANCHONETE: Funcionamento normal. - ACADEMIA DE MUSCULAÇÃO E GINÁSTICA FEMININA: Funcionamento normal. - MASSAGEM FEMININA: A sala foi transferida para o sanitário feminino, ao lado da quadra de futebol sintético.

RECESSO

O CLUBE FICARÁ FECHADO ENTRE OS DIAS 23 DE DEZEMBRO E 2 DE JANEIRO. O PERÍODO DE RECESSO SERÁ DESTINADO ÀS OBRAS DE MANUTENÇÃO EM TODA A ESTRUTURA. SAIBA COMO FICAM AS OUTRAS ATIVIDADES DA AFRB: - NOSSA LOJA: FECHADA ENTRE 16 DE DEZEMBRO E 14 DE JANEIRO. - ACADEMIA E GINÁSTICA: RECESSO DAS AULAS ENTRE 21 DE DEZEMBRO E 5 DE JANEIRO. - JUDÔ: RECESSO DAS AULAS ENTRE 23 DE DEZEMBRO E 20 DE JANEIRO. - TÊNIS: RECESSO DAS AULAS ENTRE 23 DE DEZEMBRO E 20 DE JANEIRO. MAIS INFORMAÇÕES PELO RAMAL 2958. Nossa missão é se tornar referência em clube de empresa e deixar nossos associados cada vez mais satisfeitos. O ano de 2014 com certeza trará muitas surpresas para todos. Aguardem! O Clube › dez/jan 2013 ›

33


saúde

COMO FUNCIONA NOSSA MEMÓRIA?

NESTA EDIÇÃO DA REVISTA O CLUBE, VOCÊ ESTÁ ACOMPANHANDO VÁRIAS HISTÓRIAS QUE ACONTECERAM AO LONGO DE 30 ANOS. AFINAL, COMO CONSEGUIMOS LEMBRAR DE TANTA COISA? E POR QUE ALGUNS MOMENTOS SÃO “APAGADOS” DA NOSSA CABEÇA? CONFIRA A MATÉRIA QUE NÓS PREPARAMOS PARA VOCÊ E SAIBA COMO TESTAR E ESTIMULAR A SUA MEMÓRIA.

A

memória é uma das funções cognitivas mais complexas que a natureza produziu. O termo vem do latim e significa a faculdade de reter ou readquirir ideias, imagens e expressões adquiridas anteriormente. Para a terapeuta ocupacional Gabriela Martins Dias, a memória humana é um labirinto cheio de arquivos conectados e com inúmeras funções. “Chamamos de memória humana a capacidade mental de reter, recuperar e armazenar informações. Para mantê-la ativa é necessário treiná-la com frequência e ter qualidade de vida durante todo o processo de envelhecimento”, afirma a terapeuta. Existem diferentes categorias de memórias, entre elas: a memória ultra rápida, em que a retenção não dura mais que alguns segundos. A memória de curto prazo, dura minutos ou horas e serve para proporcionar a continuidade do nosso diaa-dia. Por último, a memória de longo prazo, que estabelece laços duradouros, que duram

34

› O Clube › dez/jan 2013

dias, semanas ou anos. Você acaba de ouvir o telefone ditado por alguém, mas, em poucos segundos não se lembra de mais nada. Segundo a terapeuta ocupacional, isso acontece porque esta memória é temporário e limitada em capacidade, é a memória de curta duração. “Para que ela se torne permanente ela requer atenção, repetições e ideias associativas”, explica Gabriela. Mas, se você se lembra subitamente daquele número de telefone que havia esquecido, neste caso, a informação foi armazenada na memória de longa duração, que é mais permanente e tem uma capacidade muito mais ampla. FAÇA O TESTE E aí, ficou curioso para saber como está a sua memória? Nós preparamos um teste simples para você medir seu grau de memorização. Leia todas as palavras do quadro durante um minuto. Depois, tente repeti-las ordenadamente em voz alta. Se você conseguir fixar de 17 a 21 palavras, sua memória está ótima. De 13 a 16 palavras, você tem uma memória afiada, acima da média. De 9 a 12 palavras, sua memória está na média, então, vale aprimorá-la. Menos de 9 palavras memorizadas, sua memória ainda não é o seu forte, mas, não desanime, ela pode ser desenvolvida e aperfeiçoada com treino, técnicas específicas e cuidados com a saúde. Livros, cursos e aulas de memorização são boas para isso.

CLUBE

30 ANOS

AFRB

CAMPO

ACADEMIA

GINÁSTICA

RESTAURANTE

CURSO

FESTA

CULINÁRIA

CONFRATERNIZAÇÃO

FAMÍLIA

SAÚDE

ESPORTE

LAZER

CULTURA

AMIGOS

BEM-ESTAR

BOSQUE

GINÁSIO

QUADRA


COMO MELHORAR A MEMÓRIA

Não foi bem no teste? Não se preocupe, existem muitos exercícios que você pode fazer para melhorar a sua memória. ESTIMULE: Utilize ao máximo a sua capacidade mental. Aprenda novas habilidades. Se você trabalha em um escritório, aprenda a dançar. Se for um dançarino, aprenda a lidar com o computador, se trabalhar com vendas, aprenda a jogar xadrez, se for um programador, aprenda a pintar. Isso tudo poderá estimular os circuitos neurais do seu cérebro a crescerem. PRESTE ATENÇÃO: Não tente guardar todos os fatos que acontecem, mas, focalize sua atenção e se concentre naquilo que você acha mais importante. Afaste outros pensamentos. FAÇA UM EXERCÍCIO: Pegue um objeto qualquer, por exemplo, uma caneta e se concentre nela. Pense sobre suas diversas características: seu material, sua função, a cor, anatomia. Não permita que nenhum outro pensamento ocupe a sua mente enquanto você estiver concentrada na caneta. RELAXE: É impossível prestar atenção se você estiver tenso ou nervoso. Caso você esteja assim, prenda a respiração por dez segundos e solte-a lentamente. ASSOCIE FATOS A IMAGENS: Essa técnica é uma forma muito eficiente para memorizar uma grande quantidade de informação. CUIDE DA ALIMENTAÇÃO: Algumas vitaminas são essenciais para o funcionamento adequado da memória, como a tiamina, o ácido fólico e a vitamina B12. Elas são encontradas em cereais, vegetais e frutas. TOME ÁGUA: A água ajuda a manter os sistemas da memória, especialmente em pessoas mais idosas. A falta de água no corpo tem um efeito direto e profundo sobre a memória. A desidratação pode levar à confusão mental e ao esquecimento. DURMA BEM: É fundamental uma boa noite de sono para o cérebro descansar. Durante o sono profundo, o cérebro se desconecta dos sentidos e processa, revisa e armazena a memória. A insônia leva a um estado de fadiga crônica e prejudica a concentração e o armazenamento de informações. TOME NOTAS: Anotar, manter o ambiente de estudo ou trabalho organizado e usar uma agenda ajudam muito nesse processo. O Clube › dez/jan 2013 ›

35

O Clube › jun/jul 2013 ›

35


clique

PARTICIPANTES DO CURSO DE CULINÁRIA SOBRE RISOTOS, REALIZADO NO DIA 30 DE OUTUBRO NOSSOS ATLETAS CORAJOSOS, QUE ENFRENTARAM OS 42 QUILÔMETROS DA MARATONA DE CURITIBA

PALESTRA REALIZADA NO CLUBE, NO DIA 17 DE OUTUBRO

A ASSOCIADA VALÉRIA CRISTINA ORLANDINI FOI A GANHADORA DA PROMOÇÃO DA NOSSA FANPAGE NO MÊS DE OUTUBRO

36

› O Clube › dez/jan 2013

TODA A EQUIPE DE SINUCA, REUNIDA NA FASE ESTADUAL DOS JOGOS DO SESI, EM MARINGÁ


O Clube › jun/jul 2013 ›

37


agenda

FIQUE DE OLHO NOS HORÁRIOS DE ESPAÇOS E ATIVIDADES DO CLUBE ATIVIDADE

SEGUNDA

BAR E RESTAURANTE SECRETARIA NOSSA LOJA

9H ÀS 17H30

TERÇA

QUARTA

QUINTA

SEXTA

SÁBADO

DOMINGO

13H30 ÀS 22H

13H30 ÀS 22H

13H30 ÀS 22H

13H30 ÀS 22H

10H ÀS 22H

10H ÀS 17H

9H ÀS 22H

9H ÀS 22H

9H ÀS 22H

9H ÀS 22H

9H ÀS 22H

9H ÀS 17H

9H ÀS 17H30

9H ÀS 17H30

9H ÀS 17H30

9H ÀS 17H30

CHURRASQUEIRAS SALÃO DE FESTAS SAUNA FEMININA SAUNA MASCULINA GINÁSTICA PILATES DE SOLO JUDÔ

19H15 E 20H15

MUSCULAÇÃO

13H30 ÀS 21H

13H30, 14H30, 15H30 E 18H

13H30, 14H30, 15H30 E 18H

17H20 19H10

17H20 19H10

17H20 19H10

7H30 ÀS 21H

7H30 ÀS 21H

19H15 E 20H15 7H30 ÀS 21H

CONDICIONAMENTO FÍSICO

10H, 15H30 E 17H30

ESCOLINHA - FUTSAL

10H ÀS 11H30 E DAS 14H ÀS 15H30

13H30 ÀS 21H

9H ÀS 13H

10H, 15H30 E 17H30 E DAS 14H ÀS 15H30

10H ÀS 11H30 E DAS 14H ÀS 15H30

E DAS 14H ÀS 15H30

ESCOLINHA – FUTEBOL CAMPO

9H ÀS 12H

AULA DE TÊNIS

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

MASSAGEM

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

HORÁRIO MARCADO

• TELEFONE SOLANGE (MASSAGEM): 9921-2470

23: PASSEIO FOZ DO IGUAÇU 27: CURSO DE CULINÁRIA 30: PASSEIO CASCANÉIA

38

› O Clube › dez/jan 2013

1º: PASSEIO CASCANÉIA


CARL O T TA CALÇADOS FEMININOS

Beleza e conforto caminham lado a lado na Carlotta Calçados.

Rua João Bettega, 1940, loja 04 - Portão Telefone: 41/ 3329-2574 De segunda a sexta das 09h às 19h e sábado das 09h às 13h. Com estacionamento próprio.

Fu têm ncio n àv ist 10% ários a o de u p de Bos ch s a e 5x m a rcela cont no té me o ca nto Ob r tão s: p arc ! C de ela m R$ fan urta í n ima 10 pa no s g Ca e no sa r Ca lo FB : Fe lçad tta mi os nin os


40

› O Clube › jun/jul 2013



Revista O Clube Bosch - Dez./Jan. - Ed. 52