Page 1

Neemias recebeu uma missão do Senhor: restaurar os muros de Jerusalém. Aquilo representava muito para ele. Ao ver o lugar em que cresceu totalmente destruído com as portas queimadas Neemias foi movido pelo Espírito do Senhor a restaurar aquela situação. O sonho de Neemias era ver os muros e as portas restauradas. Poucas pessoas o ajudaram neste objetivo e é aí que vem a primeira lição: 1ª Lição: Nem todo mundo vai investir a mesma força e a mesma garra que você investe.

Na verdade, aparecerão pessoas que acharão o seu sonho legal; algumas vão até dar uma força. Mas não espere dedicação máxima de ninguém além da sua mesmo, porque o sonho é seu. Se a maioria das pessoas não tem disposição de buscar pelos próprios sonhos você acha que buscarão pelos seus? Quando Neemias viu aquela destruição viu que era difícil a missão, mas Deus estava com ele: “Então lhes respondi, e disse: O Deus dos céus é o que nos fará prosperar: e nós, seus servos, nos levantaremos e edificaremos; mas vós não tendes parte, nem justiça, nem memória em Jerusalém” (Neemias 2:20). Depois que começaram a construção pessoas invejosas (Sambalate e Tobias) se levantaram e começaram a falar mal daquele projeto, chegaram a dizer: “Ainda que edifiquem, contudo, vindo uma raposa, derrubará facilmente o seu muro de pedra” (Neemias 4:3). Mas os edificadores de Neemias não davam ouvidos. Continuaram a trabalhar firme de modo que Sambalate e Tobias reuniram muitas pessoas contra aquele projeto, e é aí que vem a segunda lição: 2ª Lição: Há pessoas que além de não concordarem farão de tudo para conseguir te paralisar.

“E ligaram-se entre si todos, para virem guerrear contra Jerusalém, e para os desviarem do seu intento” (Neemias 4:8). Quando não são pessoas são situações que querem tirar o seu foco. A pessoa está na semana do batismo, aí vem alguém e fala coisas no ouvido da pessoa e ela desiste. A pessoa estava fazendo um curso na faculdade e vem alguém falar mal do mercado de trabalho naquela área e a pessoa tranca a matrícula. A pessoa estava feliz em algum projeto e vem alguém com palavras para desmotivar, etc. Não aceite palavras negativas, palavras de morte! Há pessoas que só sabem abrir a boca para murmurar, reclamar e te desmotivar. Enquanto você usar seu ouvido como campo para estas sementes você só vai colher derrota. Neemias estava tão ocupado com o seu projeto, que quando alguém chamava ele pra tomar seu tempo ou jogar conversa fora ele respondia: “E enviei-lhes mensageiros a dizer: Faço uma grande obra, de modo que não poderei descer; por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse, e fosse ter convosco”? (Neemias 6:3). E aí que vem a terceira lição:


3ª Lição: Sua audição é um campo fértil, cuidado com o que você deixa plantar nela.

O que você anda ouvindo? Faça um filtro. Observe: De cada dez pessoas que você ouve quantas falam palavras que motivam? Quantas reclamam? Acredite se quiser, mas já foi comprovado que o que você ouve é absorvido pelo cérebro e uma informação é enviada para o corpo. Ou seja, se o cérebro informa reclamação para o corpo, você desanima, se o cérebro informa motivação, seu corpo responde com disposição. Por isso que a Palavra do Senhor motiva mais do que tudo porque ela não passa informações somente para o cérebro, mas vai até a divisão da alma. Onde estiver algo negativo será expulso pela Palavra do Senhor. Não desista dos seus sonhos! Lute, pague o preço! Deus é contigo. Pr. Paz e Vida – Venda Nova - MG

Leandro

Santos

A volta de Jesus se dará em duas fases: Primeiramente em oculto para o mundo, quando somente os salvos serão arrebatados do planeta. E, depois, de modo visível para a toda a Humanidade, quando os arrebatados voltarão com Ele e “todo olho O verá” (Mt 24:30). Isto será dará no final da semana de anos de Daniel, abreviada “por causa dos escolhidos” (Mt 24:22), prestes a serem aniquilados pelos inimigos. Jesus colocará fim à Grande Tribulação, com a derrota do Anticristo, da Besta e do Falso Profeta, e inaugurará o Seu Governo Milenar (Ap 20:2), quando a Terra gozará de verdadeira paz, saúde, prosperidade, segurança e fartura. Portanto, o acontecimento que dará início a tudo isso é o Arrebatamento dos salvos. Jesus profetizou que, a respeito disso, “daquele Dia e Hora ninguém sabe” (Mateus 24:36). Ninguém! Mas, desde que Jesus disse isso, não faltaram profetas, homens e mulheres, que garantiram: “eu sei o dia e a hora”. Um deles foi: JOSEPH SMITH JR – Fundador da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, conhecida também como a Igreja Mórmon. Joseph Smith é considerado até hoje por seus seguidores como um profeta e revelador. Conseguiu adeptos afirmando que o próprio Deus e Jesus Cristo lhe apareceram num bosque perto da sua casa, na zona rural. Mais tarde, reformulou a visão, dizendo que não foi Jesus, mas um anjo chamado Morôni, que o levou a um monte, onde lhe mostrou placas de ouro, com uma estranha escrita, que ele traduziu e deu origem ao Livro de Mórmon. Este livro tem, na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, o status de escritura sagrada. Joseph Smith Jr previu em seus escritos várias datas para a volta de Jesus.


Estas foram as primeiras, sempre substituídas por novas, à medida que falhava: - 3 de novembro de 1831 - 23 de abril de 1834 e - 3 de abril de 1836. Como nenhuma destas datas se cumpriu, Joseph Smith Jr escreveu no seu diário particular, no dia 06/04/1843: “Em nome do Senhor Deus seja escrito: o Filho do Homem não virá dos céus, até que eu tenha 85 anos, daqui a 40 anos, em 1890.”. Como você já deve ter notado, Jesus não voltou em 1890 e Joseph Smith Jr também não viveu até os 85 anos, porque ele morreu num tiroteio com a polícia em 1844, aos 38 anos de idade. O próprio Deus nos ensinou que “Quando um profeta falar em nome do SENHOR, e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou o tal profeta; não tenhas temor dele”. (Deuteronômio 18:12). No versículo 20, Deus diz: “Porém o profeta que presumir soberbamente de falar alguma palavra em meu nome, que Eu não lhe tenho mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, o tal profeta morrerá”. Joseph Smith Jr falou coisas em nome do Senhor, que o Senhor nunca o mandou falar – a prova é a falha das previsões –, e também falou em nome de outros deuses, o tal Morôni, que ele mesmo inventou, e foi por isso que ele morreu tão precocemente. Jesus disse que, nos últimos dias, surgiriam “muitos falsos profetas que enganariam a muitos.” (Mt 24:24). Joseph Smith Jr enganou e, mesmo depois de morto, continua enganando a muitos, já que milhões de pessoas no mundo todo, ainda hoje, o seguem cegamente. Será que os membros que seguem a igreja mórmon com toda sinceridade sabem disso que você está lendo aqui? Caso você tenha algum parente ou amigo que acredite em Joseph Smith Jr, e o considere como profeta e revelador, faça cópias desta página e ofereça-lhe com amor, porque “O SENHOR abre os olhos aos cegos; o SENHOR levanta os abatidos; o SENHOR ama os justos”. (Sl 146:8) Quando o cego Bartimeu foi informado de que Jesus, o nazareno, passava, começou a clamar: Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim. (Mc 10:47). Com este clamor, Bartimeu provou que era cego apenas fisicamente, mas não espiritualmente. Caso ele fosse cego espiritualmente, teria clamado do jeito que lhe contaram: Jesus, “nazareno”, tem compaixão de mim. Mas ele clamou não pelo Jesus dos religiosos, mas pelo Jesus Rei eterno, verdadeiro, o próprio El Shadday (Ap 1:7-8). O resultado foi a sua cura. Eu sei que é inevitável que as profecias de Jesus se cumpram. Mas quem sabe se, através do seu esforço em espalhar este artigo, inclusive por e-mail, a gente não consiga salvar alguns? JUANRIBE PAGLIARIN*


Advogado, publicitário, teólogo, fundador e presidente da Comunidade Cristã Paz e Vida e do Ministério Pregadores do Telhado.

Salmos 1:3 – “Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.” Quando Deus criou os céus e a Terra, antes ainda de criar o homem, já fez com que houvesse frutos, animais para o trabalho e também para o consumo, bem como as fontes naturais de águas e ainda o ouro, que para nós representa o mais precioso metal que encontramos na terra. É verdade que a platina custa mais caro que o ouro, mas não tem valor comercial, o ouro sim, tem valor comercial. E quando lemos logo no começo da história da criação, vemos Deus criando todas as árvores para o homem comer, vemos Deus criando os rios e também o ouro. Gênesis 2:8-12 – “E plantou o SENHOR Deus um jardim no Éden, do lado oriental; e pôs ali o homem que tinha formado. E o SENHOR Deus fez brotar da terra toda a árvore agradável à vista, e boa para comida; e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal. E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços. O nome do primeiro é Pisom; este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro. E o ouro dessa terra é bom; ali há o bdélio, e a pedra sardônica.” Olha só que coisa interessante, Deus criou as árvores, que são para o alimento, plantou um jardim, ou seja, um lugar separado para o homem viver bem, porque diferente do que alguns podem pensar, do lado de fora do jardim não havia as mesmas condições de vida que o homem teria ali dentro. O versículo cinco nos comprova que a terra estava em esterilidade, ou seja, ali, onde Deus colocaria o jardim do Éden ainda não havia brotado nada na terra, como lemos. v.5 “E toda a planta do campo que ainda não estava na terra, e toda a erva do campo que ainda não brotava; porque ainda o SENHOR Deus não tinha feito chover sobre a terra, e não havia homem para lavrar a terra.” Entendemos então que a terra onde Deus queria colocar o homem era uma terra sem condições. Então Deus vai criar as condições para o homem viver e viver bem, comer do melhor. Deus queria o melhor para o homem. A maior prova disso é que criou as árvores como alimento, os animais porque Deus já sabia que mais para frente era com peles de animais, com as lãs das ovelhas que nos vestiríamos e até comeríamos da carne desses animais, as águas para saciar a sede e junto do primeiro rio, cujo nome é Pisom, havia o ouro e pedras preciosas, e Deus ainda diz na palavra dEle que o ouro de Havilá é bom, Deus não diz que o ouro de Havilá ERA bom, mas diz que o ouro de Havilá é bom. Para resumir, Deus estava dando para o homem moradia, alimentação, roupas, ouro, pedras preciosas e até mesmo, por incrível que pareça, perfume, pois é, porque Bdélio que nós lemos no versículo doze se refere a uma resina, uma espécie de goma usada para se fazer perfumes devido a sua agradável fragrância. As condições para se viver no jardim eram ótimas. Vamos entender exatamente o que esse texto que lemos quer dizer. Deus disse que o rio Pisom rodeia um lugar chamado de Havilá e nesse lugar existe ouro, perfume e pedras preciosas e Deus complementa dizendo que esse ouro de Havilá é BOM. Pisom no idioma hebraico significa: poço jorrante, ou seja, um poço que jorra sempre e nunca para de jorrar, é um poço jorrante e a palavra Havilá significa também no hebraico: arenoso, ou cheio de areia ou apenas areia. Primeiro Deus é a fonte de todas as coisas. O rei Davi bem disse quando ofereceu ofertas ao Senhor para a construção do templo. I Crônicas 29:12-14 – “E riquezas e glória vêm de diante de ti, e tu dominas sobre tudo, e na tua mão há força e poder; e na tua mão está o engrandecer e o dar força a tudo. Agora, pois, ó Deus nosso, graças te damos, e louvamos o nome da tua glória. Porque quem sou eu, e quem é o meu povo, para que


pudéssemos oferecer voluntariamente coisas semelhantes? Porque tudo vem de ti, e do que é teu to damos.” Havilá, onde está o bom ouro, significa como vemos arenoso, cheio de areia ou apenas areia mesmo. Isso nos leva a pensar na principal promessa que Deus fez a Abraão, quando comparava a sua descendência com as areias da praia do mar. Genesis 22: 17-18 – “Que deveras te abençoarei, e grandissimamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus, e como a areia que está na praia do mar; e a tua descendência possuirá a porta dos seus inimigos; E em tua descendência serão benditas todas as nações da terra; porquanto obedeceste à minha voz.” Veja que a bênção é para toda a descendência de Abraão e nós somos descendentes de Abraão pela fé que nós temos no mesmo Deus. A bênção é para todas as famílias da terra, e isso também inclui a minha e a sua família! Então vemos que o rio Pisom representa o próprio Deus ao nosso redor e nós somos Havilá, a areia, a descendência de Abraão, e Deus diz que o ouro de Havilá é bom, ou seja, Deus quer que você tenha riquezas na sua mão porque aos olhos do Senhor é uma coisa boa. É bom o ouro na mão dos descendentes de Abraão. Então a vontade de Deus é que a pessoa tenha não apenas condições de viver, mas que viva bem, porque essa foi a primeira coisa que Deus fez ao homem, criou boas condições de vida. O Salmo onde começamos declara: Salmos 1:3 – “Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.” A pessoa que está junto do Senhor é como uma árvore plantada junto às águas, nunca secará, e também não deixará de dar seus frutos no seu tempo, e ainda tudo o que fizer vai prosperar. A vontade do Senhor é que você, descendente pela fé de Abraão, seja como ele foi. Afinal o ouro na mão dos grãos de areia é bom. Genesis 13:2 – “E era Abrão muito rico em gado, em prata e em ouro.” Se a vontade do Senhor é me fazer ser próspero, então porque não consigo ser? Essa e outras respostas você vai saber. Apenas pense comigo, por enquanto, será que a vontade do inimigo, de Satanás, é a mesma vontade do Senhor? Não, claro que não é. Então se a vontade do Senhor é te fazer uma pessoa próspera, a vontade do inimigo é o contrário, fazer a pessoa ser pobre, miserável, necessitada, enfim, fazer a pessoa não ter condições de ter uma boa vida. Mas a vontade do Senhor é te fazer ser abençoado e próspero.

Malaquias 3:11 “E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos”. A essa altura não se tem mais o que esconder, a maldição vem quando a pessoa toca no que não lhe pertence. O diabo nem sempre foi diabo, mas antes era um Querubim do Senhor, se tornou diabo porque quis para si a posição que é de Deus. Adão perdeu as condições perfeitas de se viver por que quis para si o que era de Deus. Até Davi, que era segundo o coração de Deus, pecou e teve perdas em sua vida e em sua família quando quis para si não o que era de Deus, mas o que era do seu próximo, mais precisamente a esposa. Bom, o caso é que se apoderar do que não lhe pertence, caracteriza um roubo. O profeta Malaquias, aliás Malaquias significa “mensageiro de Yavé”, esse mensageiro foi usado pelo Senhor para explicar para o povo o porquê das coisas estarem indo mal nos dias deles, o porquê da miséria dominar suas vidas. Tudo o que conseguiam estava simplesmente desaparecendo de suas mãos. Essa é a situação deles, vejamos. Ageu 1:6 “Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vesti-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado”.


Coincidência? Ou essa é a situação de muitas pessoas nos dias de hoje? Já na época de Malaquias e Ageu, que são profetas que surgiram depois do exílio, naquele tempo a situação já era tão parecida com a de hoje. As pessoas semeiam muito, mas colhem pouco; comem, mas não se fartam; bebem, mas não se saciam; se vestem, mas não se aquecem e o salário simplesmente desaparece. A pessoa não sabe onde foi parar o dinheiro, parece que simplesmente foi devorado. Por que será que a casa deles está se destruindo? Quem estará roubando sua prosperidade? Pode parecer estranho, mas são eles mesmos. Eles pegavam seu dinheiro, sua colheita e faziam aquilo que parecia ser o mais natural, levavam tudo para casa e acabavam desprezando a casa do Senhor. Ageu 1:8 “Subi ao monte, e trazei madeira, e edificai a casa; e dela me agradarei, e serei glorificado, diz o SENHOR”. Deus já está dando a solução para o povo dizendo: “Edifiquem a minha casa! E então eu me agradarei, e serei glorificado”. O problema é que as pessoas gastam muito dinheiro em sua própria casa, mas, não têm coragem e nem fé para investirem na casa do Senhor. Já naquela época as pessoas pegavam seu salário, seus rendimentos, suas fazendas e investiam tudo em si mesmo. Por exemplo: Alguém compra uma TV LCD em 24, 36 vezes, e paga uma parcela alta, mas não tem amor, nem coragem e nem fé o suficiente para fazer o mesmo pela obra do Senhor. Mas se ela não faz também pelo Senhor, ela está fechando o céu sobre si mesmo e logo a pessoa, sem a bênção do Senhor, estará endividada. Então entrará no ciclo de derrota financeira, por causa da maldição do devorador, que devora tudo o que a pessoa conquista por causa da infidelidade com o Senhor. Quando essa pessoa descobre o que está acontecendo ela diz: “O que? Eu estou roubando a Deus? Imagina! O Dinheiro é meu, sou eu quem trabalho!” Mas para isso o profeta Malaquias, o Mensageiro de Yavéh, diz na profecia: Malaquias 3:8-9 “Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação”. Em que alguém rouba a Deus? Nos dízimos e nas ofertas, observe que não é só no Dízimo que alguém rouba a Deus, mas também nas ofertas alçadas. E isso vai trazer para a vida da pessoa uma maldição em sua vida financeira, que é o que lemos em Ageu. Ageu 1:9-11 “Esperastes o muito, mas eis que veio a ser pouco; e esse pouco, quando o trouxestes para casa, eu dissipei com um sopro. Por que causa? disse o SENHOR dos Exércitos. Por causa da minha casa, que está deserta, enquanto cada um de vós corre à sua própria casa. Por isso retém os céus sobre vós o orvalho, e a terra detém os seus frutos. E mandei vir a seca sobre a terra, e sobre os montes, e sobre o trigo, e sobre o mosto, e sobre o azeite, e sobre o que a terra produz; como também sobre os homens, e sobre o gado, e sobre todo o trabalho das mãos”. A pessoa se apodera do que pertence a Deus, e sem que ela perceba entra um devorador em sua vida, e começa a acabar com os seus frutos. Deus assopra o seu dinheiro e não sobra nada, o céu retém o orvalho, e as arvores não frutificam, nem trigo, nem mosto e nem azeite. O trigo representa o pão, o mosto é o vinho e o azeite é a unção. A pessoa infiel, que rouba o Senhor, faz isso por que não conhece a Palavra ou porque não tem temor do Senhor. O pão, o vinho e o azeite te lembram alguma coisa? A santa ceia, onde comemos o Pão e tomamos o vinho do Senhor e recebemos a unção do Espírito para prosseguirmos. Mas de acordo com a profecia de Ageu, sem a fidelidade do povo não haverá pão, vinho e azeite! Mas sabe por que Deus não deixa faltar o Pão o vinho e nem a unção dele? Malaquias 3:6 “Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos”. Na verdade a maldição existe, mas lembre-se, Deus tem uma vontade e o diabo também tem uma vontade, mas quem faz a vontade de um ou de outro somos nós. Deus te deixa escolher entre a bênção e a maldição. Aliás, Deus quer que você escolha a bênção. Você quer a bênção? Claro que quer, não é? Mas só tem um jeito de se libertar da maldição financeira: parando de roubar o Senhor. Malaquias 3:9-11 “Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação. Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes. E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos”. A única maneira de se repreender o devorador e ter os céus abertos é sendo fiel ao Senhor. Mas não se engane, não é apenas o dízimo, mas também as ofertas alçadas!


Deus garante que por causa disso Ele repreenderá o devorador, você vai frutificar e nunca mais a sua vida será estéril. Deus vai trazer condições de você viver e ser abençoado! Malaquias 3:18 “Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve”. Se você hoje tomar a decisão de se libertar da maldição financeira sendo fiel a Deus, tome posse da tua vitòria, porque você vai viver a diferença em sua vida em nome de Jesus, e nunca mais será envergonhado. Joel 2:22-27 “E vós, filhos de Sião, regozijai-vos e alegrai-vos no SENHOR vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva temporã; fará descer a chuva no primeiro mês, a temporã e a serôdia. E as eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de mosto e de azeite. E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta, o meu grande exército que enviei contra vós. E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do SENHOR vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu povo nunca mais será envergonhado. E vós sabereis que eu estou no meio de Israel, e que eu sou o SENHOR vosso Deus, e que não há outro; e o meu povo nunca mais será envergonhado”. Tome hoje a decisão de ser fiel, faça votos ao Senhor e com toda certeza acabará a vergonha sobre a tua vida. Deus dará um tempo novo para você em nome de Jesus

Dez mil anos antes de Cristo, homens, mulheres e crianças se reuniam no verão com os rostos mascarados e os corpos pintados para espantar os demônios da má colheita. As origens do carnaval têm sido buscadas nas mais antigas celebrações da humanidade, tais como as Festas Egípcias que homenageavam a deusa Isis e ao Touro Apis. Os gregos festejavam com grandiosidade nas Festas Lupercais e Saturnais a celebração da volta da primavera, que simbolizava o Renascer da Natureza. Os romanos adoravam comemorar com orgias, bebedices e glutonaria. A Bacchalia era a festa em homenagem a Baco, deus do vinho e da orgia, na Grécia, havia um deus muitíssimo semelhante a Baco, seu nome era Dionísio, da Mitologia Grega, Dionísio era o deus do vinho e das orgias ou Bacanal. "O Bacanal ou Bacchanalia era o Festival romano que celebrava os três dias de cada ano em honra a Baco, deus do vinho. Bebedices e orgias sexuais e outros excessos caracterizavam essa comemoração. O CARNAVAL NO BRASIL O carnaval foi chamado de Entrudo (Folguedo carnavalesco antigo, que consistia em lançar uns aos outros água, farinha, tinta e etc.) por influência dos portugueses da Ilha da Madeira, Açores e Cabo Verde, que trouxeram a brincadeira de loucas correrias, mela-mela de farinha, água com limão, no ano de 1723, surgindo depois as batalhas de confetes e serpentinas. No Brasil o carnaval é festejado tradicionalmente no sábado, domingo, segunda e terça-feira anteriores aos quarentas dias que vão da quarta-feira de cinzas ao domingo de Páscoa. Na Bahia é comemorado também na quinta-feira da terceira semana da Quaresma, mudando de nome para Micareta. Esta festa deu origem a várias outras em estados do Nordeste, todas com características baiana, com a presença indispensável dos Trios Elétricos e são realizadas no decorrer do ano; em Fortaleza realiza-se o Fortal; em Natal, o Carnatal; em João Pessoa, a Micaroa; em Campina Grande, a Micarande; em Maceió, o Carnaval Fest; em Caruaru, o Micarú; em Recife, o Recifolia, etc. No Brasil, o evento é a maior manifestação de cultura popular, ao lado do futebol. É um misto de folguedo, festa e espetáculo teatral, que envolve arte e folclore. Na sua origem, surge basicamente como uma festa de rua. Porém, na maioria das grandes capitais, acaba concentrado em recintos fechados, como sambódromos e clubes.

ORIGEM DA PALAVRA CARNAVAL São varias as versões sobre a origem da palavra Carnaval. No dialeto milanês, Carnevale quer dizer “o tempo em que se tira para o uso da carne”. Nós, não devemos concordar de modo algum com essa comemoração que na verdade é em homenagem a um falso deus, patrono da orgia, da bebedice e dos excessos. Talvez você não concorde comigo, mais veja o que diz a palavra de DEUS:


"Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o ESPÍRITO para as coisas do ESPÍRITO. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do ESPÍRITO é vida e paz. (Rm. 8:5-6) Você pode está se perguntando a inclinação da carne leva a morte? De que morte ele está falando? Estou falando da morte eterna, O homem morre quando permanece longe de DEUS, e o que afasta o homem de DEUS é o pecado, que é manifesto justamente pelas obras da carne. E vivendo na pratica do pecado, ou seja, se inclinando para a carne não poderá herdar a vida eterna que DEUS em JESUS CRISTO preparou para nós. Temos um texto na palavra de Deus que nos explica com muita clareza esse assunto: “Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a cerca das quais vos declaro, como já, antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o Reino de DEUS. (Gl. 5:19-20).” O que você acabou de ler está presente na festa da carne (carnaval), e todas essas praticas e também as que são semelhantes a essas nos afastam de DEUS, ou melhor, nos tornam inimigos de DEUS. Veja: “Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra DEUS, pois não é sujeita à lei de DEUS, nem em verdade o pode ser; e os que estão na carne não podem agradar a DEUS. (Rm. 8:7-8)”. Pense nisso tome uma posição e entregue a sua vida ao ÚNICO, SUFICIENTE, EXCLUSIVO E ETERNO SALVADOR JESUS CRISTO o único que pode te livrar da morte e perdoar todos os teus pecados. Procure uma igreja da Paz e Vida mais próxima de você e tome essa decisão o mais rápido possível.

Um forte abraço.

Nos Estados Unidos da América estima-se que aproximadamente 12 bilhões de dólares por ano sejam gastos com anúncios para as crianças, já que as crianças americanas influenciam compras que totalizam 500 bilhões de dólares. Assim, as empresas lançam os seus anúncios dirigidos diretamente às crianças ou incentivam-nas a convencer os seus pais a fazer certas compras, pois além das crianças escolherem os seus brinquedos ou as suas roupas, estimase que hoje em dia elas influenciem mais de metade dos gastos das famílias. Nós sabemos que nós os cristãos somos escolhidos por Deus para estabelecer o reino de Cristo nesta terra, de modo que o último sinal para a vinda de Cristo se cumpra o evangelho ser pregado a toda criatura. Para você ter uma idéia, se este valor fosse investido na pregação do evangelho em menos de 3 anos o evangelho seria espalhado rapidamente pelo planeta. Mas aí está o problema: o homem se deixou envolver pelo consumismo, como disse o próprio apóstolo Paulo, "Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre". (Rm 16:18) que é embutido no coração das crianças desde de pequenas fazendo até mesmo no Natal de se esquecerem do seu verdadeiro significado: o nascimento de Jesus! Quem está por detrás disso? Em Ez 28:11-19 a Bíblia sagrada fala da origem de Lúcifer, sua perfeição diante da santidade de Iavé o Senhor, e sua posição de autoridade diante das hostes celestes e o pecado que o corrompeu, preste atenção nos vers. 16 e 17 onde lúcifer se corrompeu: "Na multiplicação do teu comércio, se encheu o teu interior de violência, e pecaste ... Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura". Em Is 14:12-16, que fala de sua tentativa de usurpação da autoridade de Deus e sua queda. Veja que Satanás, sabendo que seu juízo esta próximo, tenta com todas as forças ocupar novamente o lugar de Deus. Só que na sua vida, no coração de seu filho e da sua filha. 2 Co 11:14 Veja a astúcia do inimigo, e lembre-se dos seus planos: “serei semelhante ao Altíssimo”. Papai Noel (Pai do Natal) Pai da Eternidade [Isaías 9:6]


Do latim 'natális', derivada do verbo 'nascor, nascéris, natus sum, nasci', significando nascer, ser posto no mundo. Kris Kringle [significa Menino Cristo] Menino Jesus [Mateus 1:23; Lucas 2:11-12] Tem os cabelos brancos como a lã Tem os cabelos brancos como a lã [Apocalipse 1:14] Tem barba Tem barba [Isaías 50:6] Veste-se de vermelho Veste um manto vermelho [Apocalipse 19:13] Tem uma vestimenta comprida, com cinto de ouro Veste comprida e cinto de ouro [Ap 1:13]

Vem do Polo Norte, onde vive Vem do norte, onde vive [Ezequiel 1:4; Salmos 48:2] Fábrica brinquedos de madeira Trabalhou como carpinteiro [Marcos 6:3] Senhor de um exército de elfos [na tradição druídica, os elfos eram demônios ou espíritos das árvores] Senhor dos Exércitos [Malaquias 3:5; Isaías 8:13; Salmos 24:10] Convida as crianças a irem a ele Convida as crianças a irem a ele [Marcos 10:14] Vive nos corações das crianças Vive naqueles que o receberam [1 Coríntios 3:16; 2 Coríntios 6:16-17] Diz às crianças para obedecerem aos pais Um de seus mandamentos é que os filhos honrem aos pais Julga se a criança foi boa ou má Julga [Romanos 14:10; Mateus 25:31-46] Senta-se em um trono Senta-se em um trono [Apocalipse 5:1; Hebreus 1:8] As crianças são convidadas a se aproximarem do seu trono e a pedir tudo o que quiserem Somos exortados a nos achegar ao seu trono de graça e a expor nossas necessidades a ele [Hebreus 4:16] Distribui presentes Distribui dons [Efésios 4:8] A hora da sua vinda é surpresa A hora da sua vinda é surpresa [Lucas 12:40; Marcos 13:33] Vem como o ladrão de noite; entra na casa como um ladrão Vem como o ladrão de noite [Mateus 24:43-44] Onipotente - pode entregar todos os brinquedos no mundo inteiro em uma só noite Onipotente - o Todo-poderoso [Apocalipse 19:6] É onisciente - sabe se a criança foi boa o má o ano todo É onisciente - conhece todas as coisas [Hebreus 4:13; 1 João 3:20]


É onipresente - vê quando a criança está acordada ou dormindo. Precisa estar em toda a parte ao mesmo tempo para entregar todos os presentes em todo o mundo na mesma noite É onipresente [Salmos 139:7-10; Efésios 4:6; João 3:13] Vive para sempre Vive para todo o sempre [Apocalipse 1:8; 21:6] Símbolo da Paz Mundial, a imagem do período do Natal Príncipe da Paz, a Imagem de Deus [Isaías 9:6; Hebreus 1:3] Fábula absoluta [1 Timóteo 1:4; 4:7; 2 Timóteo 4:4] É a verdade absoluta [João 14:6] Por ser uma fábula, os pais acabam arcando com as despesas dos presentes A palavra de Deus nos traz sabedoria [ Pv 13:23 ] O Papai Noel diz "Ho, ho, ho..." Deus diz, "Eh! Eh! ... [Zacarias 2:6] Gl 6:7 - Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.


texte 2  

teste2para ver se vai

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you