Page 1

Dia das Mães Uma homenagem a elas, razão do nosso existir Pág. 3

Novo Hamburgo | Ano VIII | Edição 347 | 9 a 15 de maio de 2014

www.jornalcanudos.com.br

Acaba o passe livre nas novas estações do trem Na quinta -feira, dia 8, as três n do trem, In ovas estaç dustrial, F ões e n a c e Novo Ham passaram burgo, a cobrar ta r i f a , no valor de R$ 1,7 0. A opera ção comer iniciou ap cial se ós cinco m eses de pa sse livre. Pág. 9

Campanha da vacinação contra a gripe chega ao fim Pág. 2

Campeonato de futebol de várzea vai voltar Pág. 8

Atlético Xis completa 25 anos Pág. 14

Vem aí a revista Nova Fonte


2  

JORNAL CANUDOS

FIQUE POR DENTRO

Dr. Adalberto Alexandre Snel

OAB/RS1.665 advocacia@kt.adv.br Fone: 51-3593-1766 Rua David Canabarro, 94 - centro/NH

Uniões Informais informais no Brasil eram relacionadas à pobreza e à dificuldade de acesso a cartórios, fatores que dificultavam a formalização dos casamentos. Contudo, recentemente, o fenômeno passou a ocorrer nos grandes centros urbanos e nas classes sociais mais elevadas.   O casamento tradicional, ligado ao estilo de vida das camadas mais escolarizadas, está mudando e isso decorre do fato de a vida hoje ser mais orientada por valores profanos, civis, do que por valores religiosos. Também o pragmatismo é fator que contribui para a opção por uniões informais. Muitas pessoas que vivem uma segunda união conjugal optam por esse tipo de relacionamento. Também jovens recorrem a uniões consensuais em caráter “experimental”, podendo ser formalizadas após alguns anos.   Por fatores culturais e econômicos, além da tradição, na região Norte, mais da metade (53%) das uniões são consensuais. No Sudeste, a taxa é de 31%. O código civil introduziu muitíssimas alterações em relação aos bens, nome, etc. o que já refletiu no casamento. Sem dúvida os casamentos civis e religiosos cederam espaço no país para as chamadas uniões consensuais, em que o casal não formaliza a relação.   Segundo dados do Censo divulgados pelo IBGE, esse tipo de união já representava mais de um terço (36,4%) do total em 2010. Em 2000, equivalia a 28,6%. No mesmo período, a parcela de casais unidos tanto no civil como no religioso caiu de 49,4% para 42,9%. Houve queda ainda entre aqueles casados em apenas um desses modelos.   Registra-se ainda que a proporção de divorciados e desquitados foi de 5,3% para 8,1% da população. A queda no casamento civil e religioso é um fenômeno que se faz sentir há mais de uma década, em razão de comportamento, questões culturais, secularidade, etc. Em compensação, vêm aumentando as uniões consensuais e os recasamentos de desquitados e divorciados.

Sábado tem brechó pelos animais   O Grupo Adote Um Amigo-RS (AUA-RS) realiza no sábado, dia 10, o bazar e brechó em prol dos animais especial de Dia das Mães. Com artigos a partir de R$ 1,00, e verba revertida para ações voltadas à proteção dos animais, o evento acontece na Rua Primeiro de Março, 555 – Centro, esquina com a Rua Tupi, das 9h30 às 15h30.

Jantar e baile em Canudos   A Sociedade Novos Talentos promove no sábado, dia 10, em sua sede, na Rua João Luciano da Rosa, 727 – Canudos, um jantar com baile em homenagem ao Dia das Mães. O evento acontece a partir das 22h. Os convites custam R$ 15 o masculino e R$ 10 o feminino. Haverá doces, salgados e torta gigante, e a animação da festa fica por conta do grupo Talentos Show.

Grupo Editorial Nova Fonte Ltda. CNPJ: 09.514.835/0001-34 Rua Gal. Daltro Filho, 1089 - Novo Hamburgo / RS

Colaboradores:

Comercial: Rejane T. M. da Rosa Reportagens: Kauê Mallmann e Carlos A. Bastos Diagramação: G.I. Studio Arte e Desing Secretária/Telefonista: Joice Mendes Circulação: Everton Mendes Fones: (51) 3036.5010 / 3582.3479 comercial@jornalcanudos.com.br reportagem@jornalcanudos.com.br

Campanha da vacinação chega ao fim

  Termina na quarta-feira, dia 9, a campanha de vacinação contra a gripe em todo o país. Em Novo Hamburgo, até a quarta-feira, 21.101 pessoas já haviam se imunizado. O número é equivalente a 42,23% da meta da cidade, que é de 49.963 pessoas pertencentes aos grupos prioritários (idosos, crianças de 6 meses a 4 anos, pacientes crônicos, trabalhadores da saúde, gestantes e mães que deram a luz em menos de 45 dias).   Conforme o prefeito Luis Lauermann, é essencial que a comunidade continue procurando as unidades de saúde. “Queremos imunizar o máximo de pessoas”, aponta.

  Num passado não muito distante as uniões

Diretor: João Valderi dos Santos

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

Dr. Adalberto Snel Dra. Maysa Garcia Sindilojas Francisco Batistti Luiz Denardin Zezinho Guimarães Dr. Raul Cassel

Impressão Grupo Editorial Sinos Tiragem 5 mil exemplares semanais Fundado em 17 de março de 2007 Os artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores, não sendo necessariamente a opinião do jornal


JORNAL CANUDOS

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

3

Dia das Mães e de bons negócios

  No Brasil, o Dia da Mães é comemorado desde 1918, sob forte influência dos Estados Unidos, que quatro anos antes, começou a comemorar a data em homenagens às mulheres que perderam os filhos na guerra civil. Porém, foi em 1932 que o presidente Getúlio Vargas oficializou a comemoração.   Já por volta de 1949, a data começou a ganhar apelo comercial, com aumento das propagandas, com o intuito de aumentar as vendas de presentes. A partir daí, a data foi perdendo o caráter de homenagem, e se transformou no segundo melhor

momento do comércio no ano, perdendo apenas para o Natal. Por esse motivo também o Dia das Mães não tem data fixa, e acontece no segundo domingo do mês de maio, próximo aos pagamentos dos trabalhadores.

Expectativa é de 6,55% no incremento de vendas

  Os lojistas de Novo Hamburgo e Campo Bom, Sapiranga, Araricá e Nova Hartz estão animados, é o que diz o Sindilojas-NH, que representa as cidades. A entidade realizou mais uma edição da sua pesquisa de expectativa de vendas em datas

especiais. No resultado, 82% dos entrevistados estavam otimistas com as vendas. Ainda segundo o Sindilojas, o aumento deve chegar aos 6,65%. “O levantamento traz um dado importante: o grau de otimismo é inferior ao apresentando na mesma data do ano passado, quando atingiu 84%. Isto é reflexo da dificuldade de vendas que muitos estão enfrentando”, comenta o presidente do Sindilojas, Remi Scheffler. Dos entrevistados pelo Sindilojas-NH, 16% responderam que não estão otimistas e 2% se disseram mais ou menos otimistas. Sessenta e oito por cento

Homenagem

  Apesar dos negócios que a data proporciona, ainda há quem aproveite para lembrar que o Dia das Mães é mais que presentes, e sim uma oportunidade para homenagear aquela

têm grau bom ou ótimo de otimismo, com notas entre 8 e 10; 22% têm grau regular, com notas entre 5 e 7; e 10% não estão otimistas, com notas entre 0 e 4. O incremento médio previsto é de 6,55%, mas tem lojista que aposta todas as suas fichas e acredita em incremento de 40%. Há, também, previsão de vendas retraída, com crescimento negativo na data, e empresas que estão apostando que vão vender menos em até 18%. “Esta situação é preocupante. Quem trabalha com produtos específicos tende a vender mais”, acrescenta Scheffler.

Dia das Mães é a segunda melhor data do comércio

“Para Sempre

que nos deu a vida, protegeu, educou e acompanhou nossos passos. Nós do Jornal Canudos selecionamos um poema especial que fala bem desses seres tão especiais. Confira ao lado:

Por que Deus permite que as mães vão-se embora? Mãe não tem limite, é tempo sem hora, luz que não apaga

quando sopra o vento e chuva desaba, veludo escondido na pele enrugada, água pura, ar puro, puro pensamento. Morrer acontece com o que é breve e passa sem deixar vestígio. Mãe, na sua graça, é eternidade. Por que Deus se lembra - mistério profundo -

de tirá-la um dia? Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei: Mãe não morre nunca, mãe ficará sempre junto de seu filho e ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho.” Carlos Drummond de Andrade

Maioria dos vereadores é favorável à retirada de policiais de Novo Hamburgo durante a Copa   Os vereadores rejeitaram, na segunda-feira, dia 5, a Moção 10/2014, que manifesta protesto ao Governo do Estado pela convocação do efetivo da Brigada Militar de Novo Hamburgo para atuar na segurança da Copa do Mundo, durante a realização de jogos em Porto Alegre.   No texto, os autores Professor Issur Koch (PP), Raul Cassel (PMDB), Inspetor Luz (PMDB) e Sergio Hanich (PMDB) apontam que os veículos de comunicação noticiaram o deslocamento de 2 mil policiais do interior para Porto Alegre para a cobertura dos jogos da Copa do Mundo. E destacam a constante insegurança que assola Novo Hamburgo, que figura no ranking das cidades com mais alto ín-

dice de criminalidade. Justificativas   Raul Cassel foi à tribuna pedir a aprovação da moção. Segundo ele, a Copa do Mundo é um evento privado. Luz destacou que a iniciativa foi feita para chamar a atenção das autoridades para a necessidade de um policiamento ostensivo. Issur frisou que a moção foi feita a partir de um pedido da comunidade hamburguense. Antonio Lucas (PDT) disse entender que a Copa requer essas alterações. “Temos que ajudar a deixar uma imagem positiva do Brasil”. Luiz Fernando Farias (PT) disse que foi ao comando da Brigada para ter mais informações sobre as medidas que serão tomadas para cobrir essa lacuna. O vereador explicou que, nesse período, serão suspensas as férias. Gilberto Koch – Beti-

nho (PT) disse que é preciso trabalhar para que a Copa do Mundo no Brasil não fiquei marcada negativamente.   Não votaram – Entre os que não votaram, o vereador Sergio Hanich (PMDB) e Enfermeiro Vilmar (PR) justificaram a ausência por estarem em viagem pela Câmara. O vereador Gerson Peteffi (PSDB), disse que tinha um compromisso inadiável e teve que deixar a sessão mais cedo, mas lembrou que é totalmente à favor da moção, e que se disse surpreendido que alguns vereadores tenham votado contra uma moção tão importante para a comunidade. O presidente da Câmara, Naasom Luciano (PT), que não vota em moções por ser presidente, disse que o assunto é importante, mas que tinha medo de que o tema seja usado de forma

política em um ano eleitoral. A vereadora Patrícia Beck (PTB), assim como Peteffi, deixou a sessão mais cedo, mas não justificou a saída e nem deu sua opinião sobre o tema. À favor da moção Jorge Tatsch (PPS) Issur Koch (PP) Raul Cassel (PMDB) Jorge Luz (PMDB) Contra a moção Antonio Lucas (PDT) Cristiano Coller (PDT) Gilberto Koch (PT) Luiz Fernando Farias (PT) Roger Corrêa (PCdoB) Não votaram Sergio Hanich (Serjão) (PMDB) Gerson Peteffi (PSDB) Patrícia Beck (PTB) Vilmar Heming (PR) Naasom Luciano (PT)

Comandante falou na Câmara

  O comandante regional da Brigada Militar, Tenente Coronel Carlos Armindo Thomé Marques, participou da sessão da Câmara de quarta-feira, 7. Ele falou sobre o deslocamento de policiais de Novo Hamburgo para Porto Alegre durante a Copa. Segundo o comandante, para cobrir a ausência será feita a operação Fecha Quartel, que colocará toda a parte administrativa na rua. Além disso, haverá horas-extras para os soldados que permanecerem e não haverá férias a partir do dia 15 de maio.


4

JORNAL CANUDOS

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

Enquete: como você vai comemorar o Dia das Mães?

Direito Previdenciário Maysa Garcia - Advogada

maysa@maysaadvogados.com.br

DECISÕES. TRF DA 3ª REGIÃO. PREVIDENCIÁRIO. PENSÃO POR MORTE. BENEFICIÁRIA. COMPANHEIRA. EX-ESPOSA. DEPENDÊNCIA ECONÔMICA EM RELAÇÃO AO SEGURADO. COMPROVAÇÃO. RATEIO DO BENEFÍCIO. DETERMINAÇÃO. FONTE: TRF3 - DATA: 7/5/2014

“Vou passar com ela. Mãe só tem uma, até quando Deus quiser. Amo muito ela, e não tenho palavras para explicar que ela é tudo pra mim.” Sandra do Santos, filha de Tânia

“Vou passar o dia com minha mãe e levar um presente, uma lembrancinha. E dar muitos beijos e abraços. O importante é ficar junto.” Márcia Müller, filha de Edi Müller

“Sou de Salvador e minha mãe está lá longe. Não vou poder passar junto, mas vou mandar dinheiro pro presente.” Jéferson de Matos, filho de Rita de Matos

“Vou estar trabalhando, assim como muita gente, mas vou ao menos levar um presente para ela.” Douglas Sehn, filho de Cecília Sehn

  O Des. Fed. SÉRGIO NASCIMENTO, da 10ª Turma do TRF da 3ª Região decidiu que a pensão por morte de segurado do INSS deve ser dividida entre a sua companheira e a ex-esposa. A autora da ação, ex-esposa do segurado, comprovou no processo a sua condição de dependente. O Desembargador Federal afirma que, embora a autora e o falecido estivessem separados judicialmente no momento do óbito, a jurisprudência é firme no sentido de que o ex-cônjuge poderá requerer a pensão se comprovar a sua real necessidade econômica, ainda que tenha renunciado à pensão alimentícia quando da separação judicial. No caso analisado, o magistrado destaca que o endereço constante da certidão de óbito é o mesmo daquele indicado pela autora na petição inicial, verificando-se que, mesmo após a separação, continuaram a residir no mesmo endereço. Além disso, as testemunhas arroladas pela requerente foram categóricas ao confirmar que a demandante e o falecido permaneceram morando no mesmo imóvel posteriormente à separação, ainda que em cômodos distintos, e que era este quem pagava as despesas de água e luz, entre outras. Dessa forma, segundo o magistrado, é possível concluir que o falecido auxiliava financeiramente sua ex-esposa, mesmo vivendo em união estável com a co-ré. A conclusão é a de que a demandante faz jus ao benefício de pensão por morte, a ser rateado em proporção igual com a companheira do segurado. (Proc. 0050058-17.2007.4.03.9999/SP). JEFS. TNU. PREVIDENCIÁRIO. EMPREGADA DOMÉSTICA. DOENÇA DEGENERATIVA. INCAPACIDADE PARCIAL. PERÍCIA. CONDIÇÕES SOCIAIS E PESSOAIS DA SEGURADA. APOSENTADORIA POR INVALIDEZ. CABIMENTO. FONTE: JEFS. TNU. - DATA: 6/5/2014

“Nem pensei ainda. Espero que possa passar o dia com ela.” Kézia Rocha, filha de Maria Selerci

“Vou passar em casa, com ela. Mas não vou dar presente.” Alessandra de Almeida, filha Sônia Kellermann

“Vou passar o domingo com a minha mãe e a minha avó. Ficar o dia todo com elas.” Bianca Lucas, filha de Maria de Lima

“Acho que vou presentear a minha mãe com um DVD de fotos. E passar o dia com ela.” Jéssica Cabral, filha de Marizete Alves

SOBE & DESCE DA SEMANA Várzea de volta O Campeonato Municipal de Futebol de Várzea vai voltar. A notícia foi comemorada pelos clubes da cidade. O campeonato, que não acontece desde 2010, promete dar nova vida aos times locais, que tinham que se virar para manterem as atividades. A promessa de retomar já vinha se arrastando por anos, mas dessa vez vai sair do papel, já que conta com o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer.

Moção reprovada Por maioria de votos, os vereadores hamburguenses reprovaram a moção de protesto contra a decisão do governo do Estado de retirar policiais daqui para atuar na Copa do Mundo, apesar de nossa cidade não estar lá em suas melhores condições de segurança. Já em Campo Bom, os vereadores deixaram a politicagem de lado e apoiaram moção semelhante, com voto de todos os vereadores.

  A Turma Nacional de Uniformização dos Juizados Espe-

ciais Federais (TNU) garantiu a aposentadoria por invalidez de uma doméstica com artrose na coluna e doença degenerativa do disco intervertebral – considerada parcialmente incapaz para trabalho pela perícia realizada pelo INSS. Ao negar o recurso da autarquia, o Colegiado confirmou a validade da decisão da Turma Recursal da Paraíba, com base na Súmula 47, segundo a qual o juiz deve analisar, além das condições físicas, também as condições pessoais e sociais do segurado para a concessão do benefício por invalidez. De acordo com os autos, a sentença de primeiro grau havia negado a aposentadoria para a autora da ação. Inconformada, a segurada recorreu à Turma Recursal, a qual entendeu que, com a idade de 60 anos e na atividade de empregada doméstica, as limitações descritas pelo perito a impediriam, sim, de trabalhar. Segundo o acórdão, o exercício da atividade de doméstica exigiria da trabalhadora doente esforços físicos repetitivos e a permanência por longos períodos em pé. Para o relator do processo na TNU, Juiz Fed. LUIZ CLAUDIO FLORES DA CUNHA, o colegiado paraibano decidiu bem a questão, ao considerar as condições pessoais e sociais da autora. (PEDILEF 0513991-33.2009.4.05.8200) Maysa Garcia – MAYSA ADVOGADOS (Diretora Jurídica IBDP - Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário)

Fone/Fax: 51 3595.9868 51 3595.9659

25 anos

Lider em Aluguéis e Ferramentais

jbmmaq@terra.com.br www.jbmmaquinas.com.br

Aposentadoria e revisão, pensão, auxílio doença e revisão, restabelecimento de benefícios, ações judiciais previdenciárias, insalubridade, rural, trabalhista, cível-família, inventário, bancário e consumidor.

51 3524.2810 | 9989.7632


Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

Grupo Nova Fonte lança revista

  Empenhado em expandir os negócios no ramo da comunicação, o Grupo Nova Fonte, que mantém o Jornal Canudos, lançará na quinta-feira, dia 15, mais um veículo: a revista Nova Fonte. O lançamento acontece na sede do CDL de Novo Hamburgo.   Com foco num público mais amplo, a revista terá edições mensais, e oferecerá aos leitores matérias e reportagens variadas, nos segmentos de moda, variedades, entretenimento, veículos, cultura, história,

política, animais de estimação, e outros assuntos.   Para o diretor do Grupo, João Valderi, a ideia é alcançar um público diferente dos já atingidos pelo Jornal Canudos impresso e on line. “Queremos diversificar os públicos. A revista Nova Fonte será diversificada, terá assunto para todos os gostos e será bem diferente do que já é oferecido por outras revistas da região. Enquanto os outros focam na parte social e de negócios, num público mais elitizado, nós fazemos um

contraponto, com matérias de variedade, assuntos interessantes, com o intuito de sermos uma revista lida por todos os públicos”, garante Valderi.   Além de matérias variadas, a revista contará com diversos articulistas de renome, como o jornalista Noé Cardoso, diretor da Rádio 88.7, que abordará política, Felipe Kuhn Braun, diretor de Jornalismo da Assembleia Legislativa, que abordará história, a relações públicas Vera Lange, que assume a editoria social, a

protetora dos animais Paola Battisti, que falará sobre o mundo pet, e Alice Ribeiro, atriz e produtora cultural, que falará sobre cultura, além de Maysa Garcia, umas das mais importantes advogadas do Direito Previdenciário. --  A revista Nova Fonte terá as suas primeiras edições gratuitas. Para mais informações, dicas de reportagens ou informações de valores para anúncios e assinatura, os contatos são: revistanovafonte@gmail. com ou (51) 3036.5010.

JORNAL CANUDOS 5 Banco de Alimentos promove Sábado Solidário Carlos A Bastos   No dia 10 de maio, o Banco de Alimentos da Região do Calçado (BARC) promove mais uma campanha do Sábado Solidário, ação que busca arrecadar alimentos não perecíveis e acontece no primeiro sábado de cada mês, abrangendo as cidades da qual o Sindicato dos Sapateiros de Novo Hamburgo representa (Novo Hamburgo, Campo Bom, Estância Velha e Sapiranga).   O banco quer aproveitar a véspera do Dia das Mães para conseguir uma boa coleta de alimentos. A expectativa é ultrapassar os 1.641 quilos do mês de abril. O evento reúne mais de 100 pessoas voluntárias (escoteiros, sapateiros, pessoas ligadas às entidades, etc) e moradores das regiões compreendidas.

A blitz marcará presença em Novo Hamburgo no supermercado Nacional do Centro, Rissul do Rincão e, a partir deste mês, o de Canudos, na Rua Bartolomeu de Gusmão. Também, em Campo Bom, no Rissul, em Estância Velha no Assun e Sapiranga, no Big, no horário das 9h às 18h. Estas campanhas representam de 20 a 25% do total que o banco arrecada e distribui, atingindo 39 entidades cadastradas equivalendo a 4.500 pessoas. A ação é coordenada pelo diretor presidente do BARC, Antônio Elton Zarth e Iara Virginia da Silva, da Liga Feminina de Combate ao Câncer, com o apoio do Lions Club do Terceiro Milênio, Feevale e Sindicato dos Sapateiros de Novo Hamburgo.

Iara Virginia e Antônio Zarth divulgaram ação


6

JORNAL CANUDOS

Economia e Finanças

Profº. Denardin - Consultor Financeiro Fone: 9989-2757 - denardin1@gmail.com

Saques da poupança superam depósitos pela primeira vez em 26 meses

Os brasileiros sacaram mais dinheiro do que depositaram na poupança em abril. A diferença foi de R$ 1,273 bilhões. É a primeira vez que isso acontece desde fevereiro de 2012. Desde então, foram 25 meses em que os depósitos superaram os saques na caderneta.   Os dados da chamada captação líquida da poupança foram divulgados nesta quarta-feira (7), pelo Banco Central. Desde o fim de agosto do ano passado, a poupança voltou a ser remunerada pela “fórmula antiga” de 0,5% ao mês mais TR. Se a taxa básica de juros (Selic) voltar a ficar abaixo de 8,5%, o rendimento será equivalente a 70% da taxa Selic.

Receita começa a receber declaração de IR 2014 de quem perdeu prazo

A Receita Federal libera o programa para os atrasados declararem o Imposto de Renda 2014. A entrega atrasada já pode ser feita. O prazo normal para entregar a declaração sem multa já venceu.   Não muda a versão dos programas para preencher e enviar a declaração, informou a Receita. Os atrasados terão de pagar uma multa de no mínimo R$ 165,74 e de no máximo 20% do imposto devido. Assim que entregar a declaração com atraso e imprimir o recibo, o contribuinte já receberá também uma notificação da multa e o Darf para pagamento.   A multa por atraso é de 1% ao mês sobre o imposto devido. Se atrasar cinco meses, a multa atinge 5% do imposto devido. No entanto, a dívida pode continuar crescendo se o contribuinte não pagar a multa no vencimento. Nesse caso, começam também a ser cobrados juros com base na Selic (taxa básica da economia). Atualmente, a Selic está em 11% ao ano.   O atraso na entrega não impede o contribuinte que tenha imposto a restituir de receber esse valor normalmente. Se não pagar a multa pelo atraso na entrega, esse valor será deduzido da restituição.   Se tiver imposto a pagar, também incidirão juros e multa sobre este atraso, já que a primeira parcela do imposto a pagar venceu também no

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014 dia 30 de abril.

O que acontece com quem não declara

Se a pessoa estava obrigada a declarar e não o faz, pode ficar com problemas no CPF.   Já no ano seguinte ao atraso, seu CPF fica com status de “pendente de regularização’’. Com esse status, a vida financeira da pessoa já fica inteiramente prejudicada. A pessoa não consegue tirar passaporte, prestar concurso público, fazer empréstimos, obter certidão negativa no caso de venda de imóvel e pode até mesmo ter problemas para movimentar a conta no banco.   Mas assim que entrega a declaração em atraso, porém, o CPF é regularizado   A declaração pode ser entregue em até 5 anos e também pode ser retificada no mesmo prazo. Para fazer declarações atrasadas de outros anos, é preciso usar o programa adequado a cada declaração.

Pesquisa: 32% das mulheres e 24% dos homens casados mentem sobre dinheiro

Uma pesquisa feita nos EUA mostra que 32% das mulheres e 24% dos homens mentem ou escondem informações sobre dinheiro do parceiro, sendo duas vezes mais provável que a mulher tenha escondido alguma compra do marido do que o inverso.   A conclusão é de um estudo realizado pelo banco suíço UBS, respondido por 2.595 norte-americanos (casados ou que moram juntos) entre março e abril deste ano.   Outro dado da pesquisa é que, embora homens e mulheres dividam em pé de igualdade as decisões sobre a vida financeira, elas ainda ficam muito atrás quando o assunto são investimentos.   De acordo com o levantamento, em um casal, algumas decisões são tipicamente masculinas ou femininas, e outras, normalmente, são divididas.   Por um lado, homens têm mais responsabilidade quando se trata de investimentos, planejamento de longo prazo e seguros. As mulheres têm tendência a gerenciar despesas cotidianas e doações à caridade.   A responsabilidade por pagar contas normalmente fica a cargo de um dos dois, e as chances de que seja o homem ou a mulher são muito parecidas. Decisões sobre compra de imóveis, grandes compras e reservas para a faculdade dos filhos são feitas em conjunto.   Os casais afirmam, ainda, que têm visões diferentes sobre a vida financeira a dois. Enquanto as mulheres são mais conservadoras e poupam mais, os homens têm mais propensão a buscar investimentos arriscados e de maior retorno.


JORNAL CANUDOS

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

7

Casa Show anuncia parceria com a Fenac   Novo Hamburgo se prepara para receber mais uma feira de negócios de grande porte. Na manhã de quarta-feira, a Sul Eventos, com o apoio da Fenac e Prefeitura de Novo Hamburgo, anunciou que trará a feira Casa Show para a cidade em setembro deste ano, entre os dias 5 e 14.   A Casa Show é uma feira de móveis, decoração e acabamentos para a construção, e deve trazer milhares de visitantes e expositores de todo o país. Segundo a Sul Eventos, promotora da feira, esse é um segmento em expansão. “Em 2013, o gasto do brasileiro com mobiliário chegou a R$ 50 bilhões, e outros R$ 5,4 bilhões em decoração”, relatou o diretor da empresa, Paulo Richter.   Entre os expositores que deverão preencher os pavilhões da Fenac estão lojistas e indústrias de todos os portes do mais diversos segmentos dos ramos de móveis, decoração e acabamentos para a construção. Já os visitantes, segundo levantamento da promotora, devem ser prin-

Vereador quer cotas em concursos hamburguenses   O vereador Enfermeiro Vilmar (PR) apresentou essa semana o Projeto de Lei 55/2014, que pretende garantir às populações negra, indígena e outras etnias vulneráveis a discriminação e aos deficientes físicos a reserva de 20% das vagas oferecidas em concursos públicos para a administração pública direta e indireta do Município. Na justificativa, Vilmar aponta que as ações afirmativas não acabam com a meritocracia nos concursos públicos. “São medidas com o objetivo de minimizar os impactos de exclusão histórica destes indivíduos que fazem parte da população local.” Segundo ele, a proposta busca aproximar o percentual de ingressantes no serviço público ao percentual total dessa população.

cipalmente casais que estão em seu primeiro imóvel, mulheres com mais de 25 anos e profissionais de design de interiores, paisagistas, decoradores e construtores que desejam ficar antenados no mercado.   No encontro da manhã de quarta, com a presença de autoridades, jornalistas e empresários, o presidente da Fenac, Elivir Desiam, destacou o crescimento da empresa, que já chega a receber mais de meio milhão

de visitantes por ano, e agora receberá mais um evento de grande porte. Também presente no encontro, o prefeito Luis Lauermann lembrou em seu discurso os financiamentos do Governo Federal que têm permitido ao povo brasileiro o aumento do seu poder de compra de móveis e imóveis, mas ressaltou que o déficit de casas no país ainda é de 20 milhões, e que Novo Hamburgo terá mais 4 mil moradias populares em breve.

Casa Show será realizada com o apoio da Fenac e Prefeitura de Novo Hamburgo

Para garantir OPOrtUniDaDES igUaiS DESDE CEDO, O gOVErnO FEDEraL EStÁ inVEStinDO FOrtEMEntE

na EDUCaçãO. Aqui no Rio Grande e no Brasil inteiro. Recursos garantidos para a construção de 311 creches e pré-escolas. Mais de 18 mil professores participam do Pacto pela Alfabetização na Idade Certa. Mais de 2.600 escolas já oferecem educação em tempo integral.

É assim que o Brasil combate a desigualdade social e se torna

UM PAÍS CADA VEZ MAIS JUSTO.


8

JORNAL CANUDOS

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

Campeonato varzeano vai voltar   A Prefeitura acatou o pedido do vereador Betinho Koch (PT) e vai colocar o campeonato varzeano de futebol de volta no calendário de Novo Hamburgo. A competição, que não acontece desde 2010, deve voltar aos campos da cidade no segundo semestre deste

ano. É o que afirma o secretário de Esporte e Lazer, Ricardo Ritter, o Ica.   Na segunda-feira, dia 5, aconteceu reunião entre os representantes da secretaria e os times interessados em participar. Para o secretário, esse é um momento de reestruturar o campeonato. “É um

campeonato tradicional em Novo Hamburgo e que precisa ser resgatado, pois é uma forma de integrar a comunidade”, destaca.   O vereador Betinho, proponente da ideia, comemorou. “A ideia do projeto é aproveitar os campos municipais da

cidade para realizar os campeonatos juntamente com a Secretaria do Esporte e Lazer de Novo Hamburgo. Estes campeonatos municipais não acontecem hà anos, já existiram e é muito importante retomá-los para promover o esporte”, explicou

Asfalto: infraestrutura necessária que faz a diferença na vida das pessoas.

Trabalhar para que todos os municípios gaúchos tenham ao menos um acesso asfaltado e em boas condições é uma luta permanente da Assembleia Legislativa. Para o estado crescer, é preciso investir na infraestrutura de transportes, conservando, duplicando e melhorando as rodovias gaúchas. Com ações concretas, os parlamentares da Assembleia viabilizam melhorias na malha asfáltica do Rio Grande, buscando recursos para realizar as obras necessárias para que os projetos virem realidade.

Na sua cidade, fazendo a diferença na sua vida.

www.al.rs.gov.br


JORNAL CANUDOS

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014  

ESPIRITISMO Francisco Battisti - UME-NH

Ser Mãe   A missão de ser mãe quase sempre começa por alguns meses de muito enjôo, seguido por anseios incontroláveis por comidas estranhas, ganho de peso assustador, dores na coluna, o aprimoramento da arte de arrumar travesseiros, preenchendo espaços entre o volume da barriga e o resto da cama.   Ser mãe é não esquecer a emoção do primeiro movimento do bebezinho dentro da barriga; o instante maravilhoso em que ele se materializou ante os seus olhos, a boquinha sugando o seio, com vontade, e o primeiro sorriso de reconhecimento.   Ser mãe é ficar noites sem dormir, é sofrer com as cólicas do bebê e se angustiar com os choros inexplicáveis: será dor de ouvido, fralda molhada, fome, desejo de colo?   É a inquietação com os resfriados, pânico com a ameaça de pneumonia, coração partido com a tristeza causada pela morte do bichinho de estimação do pequerrucho. Ser mãe é ajudar o filho a largar a chupeta e a mamadeira. É levá-lo para a escola e segurar suas mãos na hora da vacina.   Ser mãe é se deslumbrar em ver o filho se revelando em suas características únicas, é observar suas descobertas. Sentir sua mãozinha procurando a proteção da sua, o corpinho se aconchegando debaixo dos cobertores.   É assistir aos avanços, sorrir com as vitórias e incentivá-lo nas pequenas derrotas. É ouvir as confidências. Ser mãe é ler sobre uma tragédia no jornal e se perguntar: E se tivesse sido meu filho?   E quando vir fotos de crianças famintas, se perguntar se pode haver dor maior do que assistir um filho morrer à fome.   Ser mãe é descobrir que se pode amar ainda mais um homem ao observá-lo sentado no chão, brincando com o filho. É se apaixonar de novo pelo marido, mas por razões que antes de ser mãe consideraria muito pouco românticas.   Ser mãe é se inundar de alegria ao ouvir uma gargalhadinha gostosa, ao ver o filho acertando a bola no gol ou mergulhando corajosamente do trampolim mais alto.   É sentir-se invadir de felicidade ante o milagre que é uma criança dando seus primeiros passos, conseguindo expressar toscamente em palavras seus sentimentos, juntando as letras numa frase.   Ser mãe é descobrir que, por mais sofisticada que se possa ser, por mais elegante, um grito aflito de mamãe a faz derrubar o suflê ou o cristal mais fino, sem a menor hesitação.   Ser mãe é descobrir que sua vida tem menos valor depois que chega o bebê. Que se deseja sacrificar a vida para poupar a do filho, mas ao mesmo tempo se deseja viver mais – não para realizar os seus sonhos, mas para ver a criança realizar os dela.   É ouvir o filho falar da primeira namorada, da primeira decepção e quase morrer de apreensão quando ele se aventurar ao volante de um carro.   É ficar acordada de noite, imaginando mil coisas, até ouvir o barulho da chave na fechadura da porta e os passos do jovem, ecoando portas adentro do lar.   Finalmente, é se inundar de gratidão por tudo que se recebe e se aprende com o filho, pelo crescimento que ele proporciona, pela alegria profunda que ele dá.   Ser mãe é aguardar o momento de ser avó, para renovar as etapas da emoção, numa dimensão diferente de doçura e entendimento. É estreitar nos braços o filho do filho e descobrir no rostinho minúsculo, os traços maravilhosos do bem mais precioso que lhe foi confiado ao coração: um Espírito imortal vestido nas carnes de seu filho.   Toda mulher que se permite ser mãe, da sua ou da carne alheia, descobre que o filho que depende do seu amor e da segurança que ela transmite, é o melhor presente que Deus lhe deu. Feliz dia das mães. Fonte: Momento Espírita.

Trem começa a ser cobrado nas novas estações   Foram cinco meses de passe livre nas catracas das estações Industrial, Fenac e Novo Hamburgo, desde o início da sua operação em fase de testes. Agora, desde a quinta-feira, dia 8, começa a operação comercial do trem. O valor cobrado será o mesmo das outras estações: R$ 1,70.   No período de passe livre, mais de 400 mil pessoas utilizaram as novas estações, economizando quase R$ 700 mil reais, que seriam gastos no caso de cobrança. Apesar do início da operação comercial, o valor é baixo. “Este

número mostra que o trem está sendo importante e útil na vida dos hamburguenses e a tarifa, de apenas R$ 1,70, é muito mais do que os demais meios de transportes intermunicipais”, explica o diretor de Administração e Finanças da Trensurb, Leonardo Hoff.   O valor baixo tem um significado, explica Hoff. Cada passageiro que passa pelo trem gera um custo de R$ 3,60. Mas como o usuário só paga R$ 1,70? Leonardo explica que os outros R$ 1,90 são pagos através de subsídio do Governo Federal. Estação Novo Hamburgo/Divulgação/Trensurb

Papo de Mulher

9

por Patrícia Beck

patriciatbeck@yahoo.com.br

Toda Mãe é Especial Olá meus amigos, tudo certo?   Esta semana venho falar sobre as mães, mães-tias, mães-avós, mães-madrastas, pois mãe não é apenas de sangue, mas sim quem cuida e educa.   Essas guerreiras que fazem de tudo para seus filhos, que assim como eu, buscam sempre o melhor para eles, que se desdobram muitas vezes para ser mãe e pai também. Que deixam seus filhos de manhã e voltam somente à noite, para trabalhar e sustentá-los.   Nós mães sabemos o quanto é difícil esta tarefa, mas também sabemos o quanto é gratificante ouvir o primeiro “mamãe” ou o primeiro “eu te amo”, ou o quanto ficamos felizes quando vemos nossos filhos realizados.   Ser mãe, não é apenas colocar no mundo, é educar, vivenciar junto com ele os momentos, sorrir com as vitórias e ampará-lo nas pequenas derrotas. É elogiar, é saber dizer não quando necessário, acompanhar os primeiros passos, é compartilhar alegrias, é cuidar, entre tantas outras coisas, que só as mães sabem como é, pois somente vivendo dia a dia é que aprendemos o que é realmente ser mãe. Enfim, ser mãe é amar incondicionalmente.   Devemos valorizar nossas mães, escutar o que elas falam, acreditar quando elas dizem para levar o casaco pois vai esfriar, ou levar o guarda-chuva porque o tempo está para chuva, que acabamos não fazendo e depois vemos que elas tinham razão, pois realmente esfria e realmente chove, sempre, não tem erro.   Devemos dar valor a elas enquanto podemos, dizer que amamos, abraçar, beijar, cuidar delas assim como cuidaram de nós quando éramos pequenos, e quando grandes também, pois para elas sempre seremos os filhinhos amados, e depois que elas se vão, fica apenas a saudade. Saudade do abraço, do beijo, de como elas cuidavam da gente quando estávamos doentes, do colo quando estávamos tristes, saudades até mesmo dos xingões, que com toda a certeza serviram para nos educar e nos tornar mais humanos.   Por fim, deixo aqui minha sincera homenagem a todas as mães de sangue e de espírito, a todas estas mulheres guerreiras que devem sempre ser reconhecidas.   E aos filhos, peço que aproveitem este momento para dar valor as suas mães, para estar junto delas e para reconhecer tudo o que elas já fizeram por vocês!   Tenham todos um feliz Dia das Mães e um ótimo final de semana!


10

JORNAL CANUDOS

Saúde Raul Cassel - Médico e Vereador raulcassel@sinos.net

Doença de Alzheimer predisposição genética (parte 1)   Aproveitando a entrevista do Dr. Leonel Takada, neurologista e professor da Universidade de Medicina da Universidade de São Paulo, vamos abordar alguns aspectos nesta e próximas edições que causam sempre dúvidas referentes à Doença de Alzheimer.   O QUE É ESTA PREDISPOSIÇÃO? Usamos o termo de Doença de Alzheimer esporádica, nas situações em que a pessoa não tem familiares (particularmente familiares de primeiro grau) que também foram afetados pela doença. A Doença de Alzheimer familiar ocorre quando duas ou mais pessoas de uma mesma família desenvolvem a doença. A Doença de Alzheimer Familiar pode ser dividida em: de início precoce, na qual a s pessoas desenvolvem a doença antes dos 65 anos de idade, e de início tardio, quando após os 65 anos de idade.   A DOENÇA DE ALZHEIMER É HEREDITÁRIA? Depende. A Doença de Alzheimer é causada por fatores genéticos e ambientais. A forma esporádica da doença, por sua própria definição, não é hereditária, e fatores ambientais parecem predominar no desenvolvimento da doença. O principal fator de risco para desenvolver a Doença de Alzheimer é a idade. Quanto maior a idade, maior chance uma pessoa tem de desenvolver a doença, independente de fatores genéticos. A Doença de Alzheimer familiar de início tardio representa 90% dos casos de doença familiar. As pessoas desta família têm uma chance cerca de duas vezes maior, se comparadas às pessoas que não tem familiares com a Doença de Alzheimer. Mas nestas famílias não se encontram mutações em genes específicos que causam a

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

doença e por isso não se indica a tietagem genética para o diagnóstico. É provável que as variações em diversos genes contribuam para o desenvolvimento da doença, mas cada gene tendo uma contribuição pequena. A Doença de Alzheimer familiar de início precoce representa cerca de 1 a 2% dos casos totais de Doença de Alzheimer, sendo então, uma forma bastante rara. Nestas famílias podem ser encontradas mutações em algum gene. As pessoas que tem mutações em um desses genes possuem um risco de maior de 90% de desenvolver a doença e podem passar a mutação parara seus filhos com chance de 50%.   FILHOS DE PACIENTES COM ALZHEIMER PODEM DESENVOLVER A DOENÇA? Sim, mas o risco depende da forma da doença. É importante lembrar que fatores genéticos não são modificáveis, e alguns dos fatores de risco e proteção não genéticos são controláveis e tratáveis. As pessoas que tem familiares com Doença de Alzheimer devem se concentrar nestes fatores não genéticos.   E POSSÍVEL PREVENIR OU DRIBLAR A GENÉTICA? Não é possível driblar a genética, diretamente, mas hábitos de vida saudável como atividade física regular, não fumar, não ingeri bebidas de álcool em excesso e manter o peso adequado, além do acompanhamento e tratamento adequado de doenças como hipertensão arterial, diabetes e colesterol elevado podem retardar o aparecimento ou progressão dos sintomas da doença. Por isso o acompanhamento médico regular é importante. Atividades intelectuais também parecem postergar os sintomas da doença.   ESTUDOS CIENTÍFICOS APONTAM QUE QUANTO MAIS VELHA A POPULAÇÃO, MAIOR RISCO DE DESENVOLVER A DOENÇA. QUAL O RISCO DE TERMOS A DOENÇA QUANDO ENVELHECEMOS? Como foi dito o maior risco para uma pessoa desenvolver os sintomas é o envelhecimento, e por isso quanto maior a idade, mais chance de uma pessoa ter a doença. Estima-se que 7% das pessoas com mais de 65 anos tenham a doença. Entre 65 e 70 anos 12%, entre 85 e 90 anos – 20% e com mais de 90 anos 30%.

BRASILEIRÃO 2014

Sáb. 10/05/2014 - 18h30 Beira Rio

X Dom. 11/05/2014 - 16h Arena Condá

X


JORNAL CANUDOS

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

Vale Tudo Novo espaço   A partir desta edição passo a colaborar com o Jornal Canudos. Agradeço à receptividade do João Valderi dos Santos e de toda equipe. Neste espaço vou trazer muita informação e opinião. Vale notícia de esporte, economia, política, social, religião, saúde, novidades... Vale Tudo!

Fã do Catavida (1)   Sou fã do programa Catavida, coordenado pela Prefeitura de Novo Hamburgo. Vou seguido levar jornais e papéis na Rua Visconde de Taunay, no bairro Rio Branco. Os catadores recebem os visitantes de braços abertos e ajudam a descarregar o material. Gentileza nota 10!

Hino anilado e...   Aos 103 anos, a torcida de Esporte Clube Novo Hamburgo segue ouvindo piadas em relação à falta de hino oficial. No site do clube até tem uma letra, mas que jamais foi gravada. A música que roda nas rádios e TVs é de uma homenagem que foi feita no passado. O Noia segue sem hino.

Subindo!   Duas tradicionais residências da Avenida Maurício Cardoso, em breve, darão lugar para mais um arranha-céu. Construtora já colocou sua identificação e, em breve, teremos o lançamento do empreendimento. Mais um prédio ali significa mais tumulto no trânsito da Maurício.

ADVOGADOS Martin Behrend - Jornalista mbehrend@uol.com.br

Cultura em queda (1)   A área cultural de Novo Hamburgo vive momento turbulento. Nem a posse de 24 integrantes do Conselho Municipal de Política Cultural vem servindo para acalmar os ânimos. O trabalho de titular da Secretaria de Cultura, Carlos Mosmann, é bastante questionado por alguns setores.

Fã do Catavida (2) Cultura em queda (2)   Os coordenadores do Catavida já anunciaram que o espaço ficou pequeno para tanto material recolhido pelos catadores e entregue pela comunidade. Chegará um dia que não precisaremos de catadores – até lá, vida longa e mais sucesso ao Catavida, projeto premiado nacionalmente.

... Délcio Tavares   Mas este drama anilado deve estar acabando. O Departamento de Marketing do clube alinhavou com Délcio Tavares a gravação de novo hino e a letra está pronta para ser gravada. Falta, agora, agendar um estúdio. Délcio também é o autor do hino do município de Novo Hamburgo.

11

  A Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo está com os repasses atrasados – sendo que só foi garantido 50% do que foi investido em 2013. A Fundação Scheffel teve atraso de quatro meses nos repasses do município. O Coral Municipal, com quase 30 anos, teve seu trabalho interrompido.

Cultura em queda (3)   Voltando ao ano passado, se teve um Natal dos Sinos enjambrado e a Feira do Livro diminuiu de tamanho, além da desvalorização do patrimônio público. Por ser um governo de continuidade assusta esta desconstrução da cultura hamburguense. A área cultural pede socorro!

Angelo Ladio da Silva – OAB/RS 23.552 Cláudio Acir Domingues – OAB/RS 23.553 Salete Stumm da Silva – OAB/RS 54.896 Camila da Silva Andrade – OAB/RS 80.448 Cláudio Acir Domingues Filho – OAB/RS 84.914

Av. Pedro Adams Filho, 5114 – Sala 401/402 – Galeria Reichert CEP 93320-007 – Centro – Novo Hamburgo – RS Fone/Fax: 3593-5124 / 3582-1160 / 9742-9728 silvadomingues@ymail.com

DO SEU DIREITO!   O espaço “DO SEU DIREITO!” traz matéria apreciada recentemente, pela Egrégia 1ª Turma do Colendo Tribunal Superior do Trabalho - TST, demonstrando que o envolvimento de trabalhadores e trabalhadoras, mesmo na condição de recepcionista de Hospital em contato com pacientes que apresentam risco de contágio com doenças infecto contagiosas ensejam o direito de recebimento do adicional de insalubridade. Vejamos: “INSALUBRIDADE – RECEPCIONISTA DE HOSPITAL   362/53 – ADICIONAL DE INSALUBRIDADE – GRAU MÉDIO – RECEPCIONISTA DE HOSPITAL – CONTATO PERMANENTE COM PACIENTES – DEVIDO – RISCO DE CONTÁGIO APURADO EM LAUDO PERICIAL – Discute-se, no caso, se a atividade de recepcionista de hospital se enquadra ou não no rol das atividades insalubres previsto no Anexo 14 da NR nº 15 da Portaria 3.214/78. Segundo o disposto no Anexo 14 da Norma Regulamentar nº 15 do Ministério do Trabalho e Emprego, ensejam o pagamento do adicional de insalubridade, entre outros, os trabalhos realizados em contato permanente com pacientes, em hospitais, serviços de emergência, enfermaria, postos de vacinação ou outros estabelecimentos do gênero, em relação aos empregados que mantiveram contato com pacientes,; e, ainda, àqueles realizados em laboratórios de análise clínica e histopatologia, relativamente aos empregados da área técnica ou que lidam especificamente na realização dos exames. Na hipótese, segundo se extrai do acórdão regional, a reclamante laborava como recepcionista de hospital, onde realizava o atendimento prévio burocrático às pessoas que se dirigiam ao hospital. Com efeito, segundo a Corte Regional, o laudo pericial juntado aos autos concluiu que “ reclamante, no desenvolvimento de seu mister de recepcionista de hospital mantinha contato permanente com pacientes em atendimento ou tratamento médico no estabelecimento”. Ressalta-se, ainda, que no julgamento dos embargos de declaração interpostos pelo reclamado, o Regional assentou que “a conclusão de que a autora mantinha contato direto com pacientes enfermos foi devidamente fundamentada no v. acórdão, com base no laudo pericial e nos depoimentos das testemunhas”. Desse modo, ante a constatação em laudo pericial e em prova testemunhal de que a reclamante mantinha contato com pacientes portadores de doenças infectocontagiosas, é inviável a reforma do acórdão para afastar a condenação quanto ao adicional de insalubridade em grau médio. Rever o enquadramento dos fatos expostos no julgado regional demandaria o revolvimento do acervo probatório, não permitido nesta instância recursal extraordinária, nos termos da Súmula nº 126 do TST. Ademais, não prospera a alegação de divergência jurisprudencial, uma vez que o único aresto colacionado nas razões recursais, oriundo do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, não atende ao pressuposto recursal exigido na Súmula nº 296, item I, do TST. Recurso de revista não conhecido. (TST – RR-36100-35.2008.5.17.0014 – 2ª T – Rel. Min. José Roberto Freire Pimenta – Publ. 25.10.2013)”. Revista JUSTIÇA DO TRABALHO H. S. Editora Ltda., 362 – FEV/2014, pg. 108/109. Assim sendo, oportunamente, traremos temas importantes aos trabalhadores e trabalhadoras em tais atividades.


12

JORNAL CANUDOS

JC

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

www.jornalcanudos.com.br

CLASSIFICADOS Circulação semanal em Novo Hamburgo.

jcclassificados@jornalcanudos.com.br Fones: (51) 3036.5010 / 3582.3479


JORNAL CANUDOS

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

Ótica

13

Maiores de 18 anos

Aluga-se

18 anos

Aplicativos

Sacolas econômicas

Vende-se 2 - Auto falantes ultra Vox “seco” 15p + caixa 4 - Cornetas + corneteira 2 - Tweeter 1 - Modulo Explosound digital 1 - Modulo booster 3000 watts 1 - Bateria + - Fiação | Contato: 9745.4424

Artes marciais

Posto de combustível

Posto

Vitória

Fone: Fax: 3580.1417 / 3580.1442

Rua Bartolomeu de Gusmão, 390 / Esq. com Rua Florença


14

JORNAL CANUDOS

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

Atlético Xis comemora 25 anos e sobremesas.   Será com um jantar-baile   Histórico - Segundo o que o Atlético Clube Veteatual treinador da equirano Xis irá comemorar os pe, Carlos 25 anos da sua Costa, que fundação. A também é festa acontece organizador, na Sociedade massagista, Canto Proe entregagresso (Rua dor de água, José Anchiecomo ele ta, 9 – Campo mesmo brinBom), no dia cou, o clube 17 de maio, foi fundado a partir das pelo Nil20h30. Os inson Zizinho gressos cusda Silva, o tam R$ 85 o O treinador Carlos Costa Zyza. “No casal, e R$ 45 Veterano, de Canudos, já o individual. Será servido tinha o time A, o time B, jantar italiano, com saladas

o time C. Tinha tanta letra que o Zyza brincou: vou fundar o time X, que é lá no final do alfabeto”, contra Carlos. O nome pegou, e

há 25 anos o Xis está na ativa, agora sem vínculo com o Veterano.   Ainda sem sede, o time joga no campo do Ameri-

‘Somos uma família, mesmo fora de campo”, diz Carlos

cano, também em Canudos, aos sábado, quinzenalmente. Os jogos são amistosos, sem pretensão de grandes conquistas. “Somos uma família, somos amigos fora do campo. Mesmo assim, cobramos muita disciplina”, explicou o treinador.   No mesmo dia do jantar acontece também uma par-

tida comemorativa, contra o SL Brasil, de São Leopoldo, a partir das 14h, no campo do Americano. Os convites para a janta ainda estão à venda, e o evento é aberto à comunidade. Interessados podem adquirir diretamente com Carlos, pelo fone (51) 9988.0740.


JORNAL CANUDOS

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014

15

DICAS DE CINEMA O Espetacular Homem Aranha 2

Acesse a versão on line: .jornalcanudos.com.br

Horóscopo Áries – As coisas dão trabalho, mas é por isso que merecem ser celebradas, porque se tudo fosse fácil a alma já estaria entediada a esta altura do campeonato. Desfrute o desenrolar dos acontecimentos, ainda que tudo dê trabalho.

Libra – Nenhum revés há de ser traduzido como uma volta ao anterior, o que passou, passou e a perspectiva que se consolidou nos últimos dias é completamente real. Melhor começar a se exercitar para aprender a controlar os sustos.

Touro – Importante ter alguém de confiança para compartilhar os momentos fortes. Acontecem tantas coisas que precisam de artimanhas e movimentos discretos que isso outorga ainda mais valor a um relacionamento de confiança.

Escorpião – Estabelecer laços é iniciar um novo caminho, algo que não existia antes de as pessoas se conectarem entre si. Esse é o grande valor dos relacionamentos, que parecem complicar tudo, mas que criam algo novo.

Gêmeos – Prefira o terreno seguro, pois ainda que o mais arriscado pareça ser o melhor, este é um momento no qual a segurança fornecerá um suporte mais adequado. Depois, com a alma mais sossegada, você poderá retomar os riscos.

Sagitário – Ainda que o cenário não seja o ideal e que sua alma tenha real vontade de mandar tudo ao inferno e viver exclusivamente no mundo dela, ainda assim será melhor continuar segurando a rédea para não perder o domínio.

Câncer – O grandioso pode esperar, há questões menores, porém imediatas e de importância fundamental para sua alma atender. Faça isso com carinho, nada demais se perde, é apenas um movimento para atender necessidades.

Capricórnio – Perspectivas novas se abrem, porém, o mais importante da atualidade é consolidar as que já estavam em andamento. O entusiasmo que a novidade trouxer, tente você transferi-lo para dar conta do que está em andamento.

Leão – Reconheça seus interesses, mas trabalhe com mais segurança e discrição sobre esses. Melhor não chamar a atenção de ninguém, melhor continuar seu caminho pela via mais segura e previsível possível. Momento conservador.

Aquário – Tudo está perto do que deveria ser, mas ainda não é o que deveria ser. Uma falta de sincronia passageira, talvez, mas a alma, que é meio dramática sempre, começa a fazer especulações de se isso veio para ficar.

Virgem – Faça do seu jeito, mas reconheça que haveria outras formas de fazer o mesmo. Faça do seu jeito, mas esse reconhecimento preservará futuros entendimentos entre todas as pessoas, evitando cobranças teimosas.

Peixes – As conversas existem para as pessoas se entenderem, e se por ventura ou desventura acontece exatamente o contrário, isso só demonstra a incompetência de nossa humanidade no uso de tão importante instrumento, a linguagem.

hora de rir Ovos em conserva O bêbado entra em um bar e pede ao garçom: - Você tem ovos em conserva? - Não, não temos – disse o garçom. O bêbado então sai. No dia seguinte ele volta para o mesmo bar e pergunta de novo: - Você tem ovos em conserva? O garçom nervoso diz: - Não, não temos e se você me perguntar de novo eu irei de pregar na parede! Assim o bêbado sai, volta no dia seguinte, e pergunta: - Você tem pregos? E o garçom diz: - Não, não temos. Em seguida o bêbado pergunta: - Bem, então você tem ovos em conserva?

  Em ‘O Espetacular Homem-Aranha 2‘, Peter Parker está com a vida bastante atarefada - entre derrotar bandidos como Homem-Aranha e passar tempo com sua amada, Gwen – a formatura do ensino médio parece algo distante. Peter não se esqueceu da promessa que fez ao pai de Gwen, de que a protegeria mantendo-se à distância, mas esta é uma promessa que ele não pode cumprir. As coisas vão mudar para Peter com o surgimento de um novo vilão, Electro, e o retorno de um velho amigo, Harry Osborn. Enquanto isso, Peter descobre novas pistas sobre seu passado.

fo fo can do Fatos e boatos que estão na mídia

Bruna Marquezine e Neymar reatam namoro, diz jornal

Classificados do Jacó O Jacó vai colocar um anúncio no jornal. - Gostaria de colocar uma nota fúnebre sobre a morte da minha esposa – diz ao atendente. - Pois não, quais são os dizeres? - Sara morreu! - Só isso? – espanta-se o rapaz. - Sim, Jacó não quer gastar muito. - Mas o preço mínimo permite até 5 palavras. - Então coloca: “Sara morreu. Vendo Monza 94.”

Questão de Q.I A moça entra na delegacia e anuncia: - Acabo de ser violentada por um débil mental. - Como tem certeza que era mesmo um débil mental? – pergunta o delegado. - Certeza absoluta. Tive que ensinar tudo pra ele.

Licença no Quartel A velhinha entra no quartel e vai direto para o escritório dos oficiais: - Capitão, eu vim visitar o meu neto, Sérgio Ricardo. Ele serve no seu regimento, não é? - Serve, sim, mas hoje pediu licença para ir ao enterro da senhora.

  Enquanto todo mundo acreditava que Bruna Marquezine e Neymar estavam separados, o casal seguia mais forte que nunca. Apesar de estarem afastados há um bom tempo, devido à distância, os pombinhos mantêm o namoro firme, através de mensagens por telefone e internet.   Segundo a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, eles, que chegaram a romper em fevereiro, optaram por não revelar que estariam juntos novamente, conseguindo, assim, mais privacidade para o namoro.

Respostas:


16

SEXTA 9/05

JORNAL CANUDOS

SÁBADO 10/05 DOMINGO 11/05 ASSINATURAS

Novo Hamburgo, 9 a 15 de maio de 2014 Semestral...R$ 40,00 Anual..........R$ 70,00

www.jornalcanudos.com.br

Mín. 15ºC Máx. 23ºC

Mín. 15ºC Máx. 23ºC

Mín. 14ºC Máx. 24ºC

Ligue: 3582.3479 3036.5010

UPA tem atendimento preferencial para emergências Critérios são definidos para salvar vidas   As reclamações de demora no atendimento nos Pronto Atendimentos da cidade costumam ser frequentes. O que pouca gente sabe é o motivo da demora. É que muitas pessoas procuram o atendimento nessas unidades sem a necessidade de urgência ou emergência,

João Arnhold

ou seja, sem risco de morte ou de lesão permanente. Por esse motivo, a Prefeitura e a Fundação de Saúde Pública estão realizando uma campanha para que os cidadãos hamburguenses compreendam o procedimento nas emergências, o que pode salvar inúmeras vidas.

Prioridades   A Unidade de Pronto Atendimento de Canudos (UPA) e o Pronto Atendimento do Centro funcionam 24 horas por dia. Essas unidades são destinadas

ao atendimento imediato de emergências e urgências. Para isso, é feita uma triagem, onde são classificados o nível de emergência do atendimento.

A classificação é a seguinte: Vermelho (Emergência)   Atendimento médico urgente, quando há risco de morte;

Amarelo (Urgência)

  Pessoas que necessitam de atendimento médico e de enfermagem o mais rápido possível, porém não correm risco imediato de morte. O paciente pode receber o atendimento em até 30 minutos, de acordo com a avaliação;

Verde (Pouco Urgente)

  Atendimento após a assistência prestada às pessoas classificadas como vermelho e amarelo. São os casos menos graves, que são os atendimentos ambulatoriais onde as pessoas podem aguardar até 240 minutos;

Azul (Não Urgente)   Atendimento de acordo com o horário de chegada e após o atendimento das pessoas classificadas como vermelho, amarelo e verde. Nestes casos, o paciente deve buscar atendimento preferencialmente na Rede Básica de Saúde do Município (UBS e USFs).   A classificação de risco adotada em Novo Hamburgo é uma linguagem internacional, sendo utilizada em todos os países. Além de priorizar o atendimento de urgência, incentiva as pessoas a procurarem atendimento na Rede Básica de Saúde do Município nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Saúde da Família (USFs) quando os casos não são de alto risco, evitando filas, e por vezes, longas esperas. “Isso auxilia para que as pessoas tenham uma

disciplina de cuidados com a saúde, evitando que procurem os serviços de urgências sem antes consultar nas unidades de atenção básica”, completa Bolzan.   Um sistema prático que pode economizar tempo e, acima de tudo, salvar vidas. É assim que os profissionais da saúde em Novo Hamburgo trabalham, atendendo por meio de uma ordem de prioridades. Esses critérios são definidos no acolhimento aos pacientes usando as chamadas classificações de risco.

Gerente da UPA Canudos, Mirian Lehamann, explica o sistema de cores e prioridades de atendimento

Campanha para informar   Para esclarecer esse sistema à população, a Prefeitura, por meio da Secretaria da Saúde (SMS) e Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo (FSNH), lançou uma campanha que apresenta a ordem de atendimento por cores.   Materiais informativos como cartazes e panfletos já

são distribuídos nos pontos de atendimento de urgência e emergência do Município: a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 Horas Canudos, o Pronto Atendimento (PA) do Centro e o Hospital Municipal. Nos informes, está descrito que tipo de situação se encaixa em cada critério da classifica-

ção de. Conforme o prefeito Luis Lauermann, este é um sistema seguido em todo o mundo. “É uma forma de organização essencial para que as pessoas tenham o conhecimento de como e quando devem procurar as unidades de acordo com a sua condição de saúde”, descreve.

Quando utilizar as unidades de pronto atendimento:   Queda da própria altura ou superior; falta de ar; asma; vômito; diarreia; febre; cortes com facas, tesouras e outros; sangramento nasal ou oral; dor no peito; mordedura de animais; intoxicação; convulsão; desmaio; fortes dores abdominais; queimaduras.

Em Canudos, UBS atende até as 22 horas

  O maior bairro da cidade e o segundo maior do Estado possui três importantes portas de atendimento à saúde. Além da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 Horas Canudos e a Unidade de Saúde da Família (USF) do loteamento Morada dos Eucaliptos, a área central do bairro possui uma Unidade Básica de Saúde (UBS), que atende em horário especial. No posto da Rua Silvio Gilberto Christmann, a comunidade pode buscar atendimento diariamente das 7 às 22 horas.


Jornal Canudos Edição 347  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you