Page 1

Escola Secundária Dr. Joaquim Gomes Ferreira Alves

Obesidade Epidemia do séc. XXI? Trabalho realizado no âmbito da disciplina de Área de Projecto Valadares, 19 de Março de 2010


Índice • Introdução ao tema • A prevenção e o tratamento • A obesidade em Portugal • A nossa opinião • Webgrafia


Introdução ao tema Trabalho realizado por: Bruno Novo nº7 Vítor Silva nº27


O que é? • Obesidade é uma doença que afecta pessoas em todo o mundo. • É uma das principais causas de cancro. • É conhecida por se manifestar na região abdominal.


Como se classifica? • A obesidade classifica-se de acordo com uma tabela universal. IMC

Classificação

< 18.5

Abaixo do peso

18.5–24.9

Peso normal

25.0–29.9

Sobrepeso

30.0–34.9

Obesidade grau I

35.0–39.9

Obesidade grau II

> 40.0

Obesidade grau III


IMC - o que é? • Também conhecido como índice de massa corporal, é um método simples para se medir a obesidade. • Este método foi difundido na Bélgica pelo estatístico Adolphe Quételet. • É calculado através da seguinte equação: Equação: IMC = kg / m2


Tipos de obesidade • Existem vários tipos de obesidade – Obesidade de longa duração - indivíduos obesos desde crianças. – Obesidade da puberdade- aparece na puberdade, é predominante nas mulheres. – Obesidade da gravidez- na gravidez e no pós-parto, com origem em fenómenos psíquicos ou orgânicos. – Obesidade por interrupção de exercícios- comum em desportistas que ingerem grandes quantidades de calorias e param de fazer exercício, ou seja, deixam de gastá-las.


– Obesidade associada a drogas- quando se ingere alguns tipos de medicamentos (ex. corticóides, anti-depressivos e estrogéneos) podem induzir a um aumento de peso. – Obesidade após pararem de fumar- a principal causa de perda de apetite é a nicotina.


Prevenção e tratamento Trabalho realizado por: André Alves nº5 Gonçalo Faria nº15


Introdução • A obesidade é uma doença grave porque “acarreta muitas outras doenças”. • O sistema circulatório é o mais afectado. Sendo que o primeiro lugar nas causas de morte são as doenças cardiovasculares. • A obesidade reflecte-se também no sistema nervoso. A pessoa deixa de gostar da sua imagem. A auto-estima baixa, podendo levar a problemas de depressão.


Prevenção • Os principais métodos para a prevenção desta doença são os seguintes: – ter hábitos alimentares correctos; – praticar exercício físico.

• A prevenção da obesidade deve começar cedo. Durante a infância e, mais tarde, na adolescência adquirem-se comportamentos que podem levar ao excesso de gordura corporal.


Tratamento • Há várias formas de tratar a obesidade. Nós destacamos as cirúrgicas: – balão gástrico; – lipoaspiração; – banda gástrica;


Balão gástrico • É composto por silicone e tem uma capacidade de 400 a 700 ml que será preenchido por soro fisiológico. Depois de inserido no estômago, será cheio de soro e uma válvula irá encerrá-lo.


Lipoaspiração • Este método consiste na introdução de um cano metálico, por baixo da pele, que, ligado a um aparelho de fazer vácuo, aspira quantidades variáveis de gordura.


Banda gástrica • Basicamente é um anel à volta do estômago. Esta banda ajustável consiste na colocação de um anel ao redor da porção superior do estômago, a cerca de 2 centímetros do esófago. O estômago assim divide-se em duas partes: a superior à banda que irá encher de comida e criar a sensação de saciedade; a parte inferior à banda que participa normalmente na digestão.


Obesidade em Portugal Trabalho realizado por: Ricardo Silva nยบ 23


TendĂŞncias em Portugal Percentagem 4,5 4 3,5 3 2,5 2 1,5 1 0,5 0 1986 1987 1988 1989 1990 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000


A “Epidemia em Portugal” • No final do séc. XX, a obesidade tinha-se tornado num dos mais graves problemas de saúde pública. No inicio do séc. XXI calcula-se que será um dos maiores problemas deste século. • A obesidade é um grande problema porque está associada a um maior risco de doenças e de mortalidade precoce.


Obesidade Adulta em Portugal Mulheres (n = 2485)%

Homens (n = 1843)%

Total (n = 4328)%

Baixo (<18.5)

3.9

0.8

2.6

Normal(18.5 – 24.9)

49.8

45.2

47.8

Pré-obeso(25 – 29.9)

30.8

41.1

35.2

Obesidade I (30.0 – 34.9)

12.2

11.3

11.8

Obesidade II (35 – 39.9)

2.2

1.2

1.8

Obesidade III (>40.0)

1.0

0.4

0.8

Total obesidade


A nossa opinião • Com base nas nossas pesquisas, realmente é verdade que é a epidemia do séc. XXI! Só de imaginar a quantidade de pessoas que sofrem desta doença, as nossas mentes ficariam sobrelotadas! Estes números são graves e não é com este trabalho que vamos mudar a situação…mas…grão a grão enche a galinha o papo!


Webgrafia • http://www.wds.srv.br/modelos/bypass/desenhos/balao_gastrico.g if • http://www.bahiagastrocenter.com.br/wpcontent/uploads/2009/06/balao-gastrico.jpg • http://mahdesignmanipulacoes.mosaicglobe.com/gallery/5643/mid /lipo_original.jpg • http://www.alienado.net/fotos/2009/03/riscos-da-lipoaspiracao.jpg • http://www.adfp.pt/admin/artigos/uploads/banda_gastrica.jpg • http://www.laparoscopia.com.br/imagem/bandalap2.jpg • http://www.reshealth.org/images/greystone/sm_2187.gif • http://www.eccn.edu.pt/alunos/angela_claudias_sheila/tipos_obes idade.htm • http://medicosdeportugal.saude.sapo.pt/

Obesidade  

Trabalho realizado no âmbito da disciplina de Área de Projecto Escola Secundária Dr. Joaquim Gomes Ferreira Alves Valadares, 19 de Março de...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you