Page 1

LISTA Lista candidata ao Concelho Fiscal da Associação Portuguesa do Parlamento Europeu dos Jovens


João Bernardo Gonçalves Presidente O meu nome é João Gonçalves, tenho 22 anos e sou de Coimbra, mas estudo Economia em Lisboa há cerca de 4 anos. Participei pela primeira vez num evento da Associação Portuguesa do Parlamento Europeu dos Jovens em abril de 2013, na 28ª Sessão de Seleção Nacional, em Viseu. Desde essa altura participei em cerca de 18 sessões, a maioria delas em equipas de organização. Em setembro de 2016 surgiu a oportunidade de integrar a Direção desta associação na qualidade de Secretário e membro do Departamento de Eventos. Tenho estado na Direção até este momento, tendo coordenado ao longo destes dois mandatos um total de 3 eventos, duas sessões regionais e uma sessão nacional. Por saber o que recebi desta instituição e por saber aquilo que cresci e aprendi com ela e com as pessoas que dela fazem parte candidato-me agora a Presidente do Conselho Fiscal. Estou consciente da responsabilidade que é assumir este papel e tenho total confiança na equipa que me acompanha, e tendo como objetivo continuar a transmitir os valores pelos quais sempre se pautou a APPEJ.


O meu nome é Michael Machado, tive contacto com o PEJ em 2013, desde então tenho sido um membro ativo na APPEJ, tendo feito parte da direção no mandado de 2017/2018. Tenho de confessar que mudei muito a minha forma de ser e de pensar desde o primeiro dia como delegado. O facto de ter participado no PEJ mudou profundamente, sendo um percurso muito longo tive a oportunidade de ter muitas alegrias e algumas preocupações. E com isto consegui crescer e mudar a minha forma de ser. Quando reflito sobre a minha evolução, reconheço que ainda não consegui devolver grande parte do que o PEJ me deu. Ao fim destes cinco anos, sinto que chegou o momento de dar mais um passo no meu percurso. Assim, candidato-me ao Conselho Fiscal da Associação de forma a poder continuar a assegurar e, de preferência melhorar o que se tem feito ao longo dos últimos anos e de modo a ajudar os associados a darem mais uns passos nesta longa caminhada. Michael Machado Primeiro Vogal


Gérson Jesus Segundo Vogal O meu nome é Gérson Jesus e o meu primeiro evento foi em fevereiro de 2014. Desde então já participei em inúmeras sessões, fiz parte de dois grupos de trabalho e fui membro da direção da APPEJ no mandato 2017/2018. Após 3 anos enquanto associado pretendo continuar a retribuir tudo o que esta Associação já me deu, sentindo que é o desafio certo neste momento da minha vida como associado, candidato-me como membro da Lista C, lista candidata ao Conselho Fiscal da Associação Portuguesa- P.E.J. na posição de Segundo Vogal. Candidato-me com o intuito de continuar o bom trabalho que tem vindo a ser desenvolvido ao longo dos anos apostando na transparência, honestidade e interajuda entre órgãos sociais e associados. São estes valores que ao longo dos anos a APPEJ me ensinou e são estes os valores que tenciono por em prática ao longo deste mandato


A N O S S A V I S Ã O

De acordo com os Estatutos da APPEJ, compete ao Conselho Fiscal “fiscalizar os atos jurídico-contabilísticos da Direção, fiscalizar as suas contas e relatórios, e emitir pareceres não vinculativos sobre os atos que impliquem aumento das despesas ou diminuição das receitas”. No entanto, a visão com que nos candidatamos é um pouco mais abrangente. Somos da opinião de que o Conselho Fiscal deve aconselhar sempre que outro Órgão Social assim lho requerer, mas também sempre que este o achar necessário para a garantia do bom funcionamento da Associação. Tal como tem sido feito, queremos fazer um acompanhamento regular das finanças da APPEJ, trabalhando em colaboração direta com a Direção para assegurar uma solidez e estabilidade financeiras, indispensáveis para que a APPEJ cumpra aquilo que é o seu principal desígnio, a organização de eventos e a promoção da educação não-formal. Mais ainda, queremos fazer um acompanhamento mais próximo dos orçamentos de cada evento, para garantir que estes não derrapam, o que poderia trazer consequências negativas para a associação. Candidatamo-nos sabendo o compromisso que estamos a assumir com os associados, pois teremos de ser o último garante na defesa da sustentabilidade financeira da Associação. Acreditamos que a experiência que acumulámos ao longo destes anos nos ajudará a cumprir aquilo com que nos comprometemos, mas também sabemos o bom trabalho que tem sido feito nos últimos anos, e não temos dúvidas que nos candidatamos “sobre ombros de gigantes”. Esperamos poder vir a ser os gigantes dos que nos sucederem.

DIA 21 VOTA

Lista C- Lista Candidata ao Conselho Fiscal da Associação Portuguesa- P.E.J.  
Lista C- Lista Candidata ao Conselho Fiscal da Associação Portuguesa- P.E.J.  
Advertisement