Issuu on Google+

Abre ADIDAS.indd 2

30.03.08 01:06:38


etroit, a “Cidade dos Motores”, abrigava g va ga v ttrês rêss da rê ddass d, G ener en ner eral al maiores montadoras do mundo (Ford, General Motors e Chrysler). Em meio a esse ccenário, e ár en ário io,, no io ano de 1959 um jovem músico e compositor sittor or iiniciou n ciiou a ni realização de um sonho. Seu nome: Berry y Go G Gordy rdyy Jr rd Jr., r., fundador e diretor da Motown, a lendáriaa ggravadora rava ra avaado d ra ra de soul e R&B. Com US$ 800 no bolso e pr ppretensões etten ensõ sões sõ e es fab abri rica ri c doo e ca nada simples, comprou um sobrado pré-fabricado batizou o lugar com o sugestivo nome dee “H “Hits“Hit ittsitssville USA” (“Vila de Sucessos EUA”). F Foi o oi o começo da Motown. Na casa, além de funcionar o estúdio (Studio A) e os escritórios da gravadora, moravam Gordy e seus familiares. Inicialmente chamava-see Tamla Records, com Motown sendo só um selo criado no ano seguinte, porém o sucesso do segundo foi tão maior que as escalas se inverteram e a Motown se tornou tag de soul music.

Jam master jay

s

e pa ppara a m muitos uito ui toss os aalicerces to l ceerc li rces es ddo o hi hhip-hop ipp ho hopp são sãão a tr ttría tríade ría ííade ía ade de rap, break e grafite, para Jam Master Jay a id idéi idéia éiaa éi a, Ar rte t s era um pouco mais evoluída. JAM: Justiça, Artes e Música, os objetivos a serem sempre alcançados ooss ppor oorr Jason Mizell, DJ e um dos fundadores do trio Run-DMC. unn-D DMC MC.. Depois que sua banda estourou em 1986 com o ál áálbum bum bu m Raising Hell, Jay passou a utilizar seu sucesso em m bbeedouu nefício de outros projetos sociais. Em 1989 fundou a Jam Master Jay Records, que alcançou destaque ue quatro anos depois com a explosão do Onyx nas paradas norte-americanas; e a Scratch DJ Academy, uma escola para jovens iniciantes na arte dos toca-discos. Mas, em outubro de 2002, ele foi assassinado a tiros dentro de um estúdio de gravação. Sua morte não impediu que seu legado seguisse em frente, comandado agora por sua viúva, Terri Corley-Mizell, hoje à frente da Jam Master Jay Foundation.

Stevie Wonder

Marvin Gaye Um desses talentos lapidados sob os olhos de Deus, que iniciam a carreira cantando em bandas gospel de igrejas ortodoxas norte-americanas – aliás, fato bastante comum entre os artistas da Motown. Entre seus muitos sucessos, destacam-se “Let’s Get It On” e “Ain’t No Mountain High Enough”. Isso sem falar de “Sexual Healing”, indiscutivelmente a música mais sexy já feita na história. Pedra Fundamental: What’s Going On (1971).

Ouvir a obra de Stevie Wonder é sentir nos ouvidos, no coração e no esqueleto o ditado “fulano tem a música no sangue”. Geniozinho, começou carreira muito cedo, aos 11 anos de idade, quando lançou o primeiro disco sob o pseudônimo de Little Stevie Wonder. Em pouco tempo se tornou o primeiro grande sucesso da Motown e se estabeleceu como um dos maiores e mais influentes compositores de seu tempo. Em sua irretocável carreira destacam-se os discos Talking Book (1972) e Innervisions (1973). Pedra Fundamental: Songs in the Key of Life (1976).

Ficha Técnica Selo: Motown Records. Criador: Berry Gordy Jr. Quando: 1959. Onde: Detroit, EUA. Gênero: soul music, rhythm & blues. Alguns artistas: James Brown, The Jackson 5, Otis Redding e Aretha Franklin. Site: www.motown.com

Blue Note

1

925. Berlim. Alemanha. O jovem Alfred Lion assistiu ao concerto da orquestra de Sam Wooding, que mudou sua vida. Nasceu ali uma paixão pela música, que Lion guardou até transformá-la num grande negócio quando, em 1937, mudou-se para Nova York. Os primeiros a aceitarem um convite para uma gravação foram os pianistas Albert Ammons e Meade Lux Lewis, que em 1939, em uma única sessão, em um estúdio alugado por Lion, fizeram da Blue Note uma realidade. No mesmo ano, o amigo de infância de Lion, Francis Wolff, um fotógrafo profissional de Berlim, aportou em Nova York e o ajudou a formatar a identidade visual do selo. Ao longo dos anos, muitos foram os colaboradores que se juntaram à dupla e ajudaram a adequar a gravadora às constantes transformações do jazz.

50 cent

Onyx Formado em 1990, em Nova York, foi apadrinhado por Jam Master Jay, que acabou os levando para a JMJ Records. O primeiro disco saiu em 1993 e estourou com o single “Slam”. Depois, outro sucesso veio com a parceria feita com o Biohazard na trilha do filme Judgment Night. Hoje, rumores indicam um novo álbum do Onyx ainda para 2008. Pedra Fundamental: All We Got Iz Us (1995).

No verdadeiro Gangsta Rap um astro se molda à base de sua história de vida. Curtis James Jackson III, mais conhecido como 50 Cent, foi criado pela mãe, uma prostituta. Quando ainda era criança, sua mãe foi encontrada morta e ele teve de ir morar com os avós. Na adolescência, se envolveu com as drogas e com a criminalidade, indo parar diversas vezes na prisão. Já foi esfaqueado e baleado nove vezes. Ainda assim, permaneceu vivo para se transformar em astro do rap, personagem de videogame e autor do fenômeno de vendas Get Rich or Die Trying (2003). Pedra Fundamental: Get Rich or Die Trying.

ficha técnica Selo: Jam Master Jay Records. Criador: Jam Master Jay. Quando: 1989. Onde: Nova York, EUA. Gênero: rap. Alguns artistas: 50 Cent, Onyx, Black Child, Jayo Felony, 40 Cal. Site: www.jammasterjay.org

Alligator Records uando ainda era só um fã de blues, Bruce Iglauer gravou e produziu sua banda favorita, Hound Dog Taylor & The House Rockers. Nesse mesmo dia de llig ll igat ig ator at orr R Rec ecor ec ords or ds. ds 1971, aos 23 anos de idade, fundou a A Alligator Records. gent ge n e, rroadie, nt o di oa die, e, Único funcionário, ele era empresário, aagente, promotor e assessor de Taylor. Enchia o ca carro arr rroo de aadesivos d si de sivo voss vo da Alligator e pegava a estrada entre Chicago hiccag agoo e No Nova va Y York orkk or atrás de rádios e distribuidoras. Primeiro ro iiaa at aatéé o radi ra radialista adi dial a is ista t ta grav avei av e e pproduzi ei rodu ro duuzi ccom om m e dizia: “Esse aqui é um disco que eu gr gravei cáá lo o nno o se seuu minha banda favorita. Você poderia tocá-lo programa?” Com um bom produto nas mã mãos mãos, oss, a execução era garantida. Depois era a vvez ezz de conquistar os distribuidores. “Este som som está tocando em três, quatro rádios aqui quii da região. Você gostaria de vendê-lo em sua loja?”. O negócio deu resulta-do. Nove meses depois Bruce estava se demitindo de seu outro trabalho, na Delmark Records, e tocando pra frente a Alligator.

Q

Chet Baker

Loiro e sedutor no início de carreira, o trompetista e cantor se transformou num viciado decadente no fim de sua vida. Porém, ao longo de toda a trajetória, prevaleceu a leveza de seu trompete. Morreu em 1988, num dos capítulos mais misteriosos da história da música, ao despencar da janela de um hotel em Amsterdã. Pedra Fundamental: Chet Baker Sings (1956).

Ficha Técnica

Selo: Blue Note Records. Criador: Alfred Lion. Quando: 1939. Onde: Nova York, EUA. Gênero: jazz. Alguns artistas: Herbie Hancock, Wayne Shorter, John Coltrane, Billie Holiday, Charles Mingus, Nat King Cole e Duke Ellington. Site: www.bluenote.com

A

ntigamente, ntig nt ig gam amen e te en te,, se serr um u aartista rtis rt ista is ta iindependente ndep nd epen ep ende en dent de n e no nt n posossmercado fonográfico era tarefa quase impossível. A possibilidade de se gravar um disco sco c em casa, no esquema do “faça você mesmo”, era quase nula. Mas Bob Marley gravou. Junto com sseus euss eu companheiros, The Wailers, o Rei do Reggae criou ouu eem m 1970 no fundo de sua casa a Tuff Gong Records. N Num um pequeno cômodo, em Kingston, nasceram clássicos os como “No Woman, No Cry”, “Stir It Up”, “Concrete rete re tee Jungle”, “Redemption Song”, “Could You Be Love”, ve”, ve ”, “Buffalo Soldier” e outros tantos. Depois de um tempo, quando Marley já havia disseminado o reggae pelo mundo, a Tuff Gong ganhou sua sedee própria na 220 Marcus Garvey Drive e a antiga casa passou a abrigar o Museu Bob Marley, além de um teatro, um restaurante e uma butique de produtos africanos. Ainda hoje o estúdio segue suas atividades com artistas e turistas do mundo todo visitando o local em busca das “positive vibrations” deixadas por Bob Marley.

Buddy Guy

Miles Davis

O mais inovador trompetista já visto no mundo do jazz começou sua carreira acompanhando de perto os mestres do sax, Charlie Parker, e do trompete, Dizzy Gillespie. Miles liderou um estelar sexteto que, em suas várias formações, contou com gente do peso de John Coltrane, Herbie Hancock e Wayne Shorter, e desconstruiu o bebop, fundindo o jazz a outros ritmos e dando vida às vertentes cool jazz, jazz rock e jazz modal. Pedra Fundamental: Kind of Blue (1959).

Tuff Gong

Robert cray

Prestes a entrar na faculdade de arquitetura, o guitarrista Robert Cray decidiu montar uma banda e percebeu que em vez de casas projetaria riffs inspirados de blues. Influenciado pela soul music, entrou no blues depois de assistir a um concerto dos mestres Freddie King, Muddy Waters, Albert Collins, com quem mais tarde chegou a tocar. Pedra Fundamental: Strong Persuader (1986).

Chicago é um berço do jazz, representou no período pósguerra a transição do blues rural para o blues urbano e viu nascer um jovem apelidado de “New Kid on the Block” (“O Novato do Pedaço”): Buddy Guy. Amparado por Muddy Waters, começou acompanhando artistas como o próprio Muddy Waters, Koko Taylor, Willie Dixon e Howlin’ Wolf. Em carreira solo, virou um dos maiores nomes do blues. É hoje o maior guitarrista de blues vivo no planeta. Pedra Fundamental: Buddy Guy and Junior Wells Play the Blues (1972).

FICHA TÉCNICA

Selo: Alligator Records. Criador: Bruce Iglauer. Quando: 1971. Onde: Chicago, EUA. Gênero: blues. Alguns artistas: Magic Slim, Otis Rush, Robert Cray, Albert Collins, Sugar Blue, Koko Taylor, Marcia Ball e Junior Wells. Site: www.alligator.com

Bob Marley

Ziggy Marley O filho mais velho de Bob é na verdade David Marley – o nome artístico veio em homenagem ao ídolo David Bowie. Junto com outros membros da família, formou e liderou os Melody Makers, banda que debutou em 1985 e ao longo da carreira lançou dez discos. Pedra Fundamental: Conscious Party (1989).

Simplesmente o cara responsável por tirar o reggae dos guetos de Trenchtown e apresentá-lo para o mundo. Isso aconteceu em 1971, quando Bob Marley foi a Londres atrás de Chris Blackwell, fundador da Island Records, e selou o acordo de gravação do primeiro disco. Catch A Fire nasceu dois anos depois como o primeiro álbum de reggae a entrar no mercado do rock, e a primeira parceria do trio fundador dos Wailers, com Bob, Peter Tosh e Bunny Livingstone. Pedra Fundamental: Catch A Fire (1973).

Ficha Técnica Selo: Tuff Gong Records. Criador: Bob Marley. Quando: 1970. Onde: Kingston, Jamaica. Gênero: reggae. Alguns artistas: Bob Marley & The Wailers, Ziggy Marley & The Melody Makers, Elephant Man, Sean Paul, Shaggy e Damian Marley. Site: www.tuffgong.com

SXC.HU/SUPERSTOCK/SUPERSTOCK (FOTO SOB ILUSTRAÇÃO); REX FEATURES/KEYSTONE (MARVIN GAYE); CORBIS/LATINSTOCK (STEVIE WONDER); SHAREIF ZIYADAT/DIVULGAÇÃO (50 CENT); RETNA/KEYSTONE (ONYX); DIVULGAÇÃO BLUE NOTE (MILES DAVIS E CHET BAKER); MICHAEL OCHS ARCHIVES/GETTY IMAGES (BUDDY GUY); REX FEATURES/KEYSTONE (ROBERT CRAY); MICHAEL OCHS/GETTY IMAGES (BOB MARLEY E ZIGGY MARLEY)

Motown Records D


Sound of The City