Issuu on Google+

1

Quinta-Feira - 15 de Maio de 2014 Edição 983

Quinta-Feira

Edição 983

Maio / 2014

15

Detran investe na melhoria da sinalização de Siqueira Campos

O município de Siqueira Campos foi contemplado com um investimento de R$ 200 mil, assinado no ano passado pelo governador Beto Richa, para que o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), realize mudanças no trânsito. O Detran prevê a instalação de demarcações de vias, placas de trânsito e faixas de pedestres. Página 4

Siqueira Campos está entre as poucas cidades da região que oferecem educação especial

A Escola Municipal Ana Montanha César, que tem como diretora a professora Silvia Adriana Santos Roque, oferece educação especial à pessoas de Siqueira Campos e região. São alunos com deficiência visual, auditiva e intelectual que encontram nas dependências da instituição, atendimento diferenciado para melhorar na comunicação e mobilidade, acima de tudo, obterem independência por toda vida. Página 4

Richa anuncia a contratação de 75 delegados e novos policiais civis

Casal detido na PR445 escondia cadáver em porta-malas

Um casal foi detido durante a tarde desta terçafeira (13) em um posto de combustíveis localizado às margens do km 386 da PR-445, entre Londrina e Cambé. A Polícia Militar (PM) encontrou um cadáver no porta-malas do carro dos acusados. O corpo - de um homem de 64 anos - apresentava diversos ferimentos, principalmente no crânio e no rosto, e marcas de queimaduras nas pernas e nos braços. Ele também estava com as pernas amarradas. Página 6

O governador Beto Richa anunciou nesta quarta-feira (14) a contratação de 75 novos delegados da Polícia Civil. Com isso, todas as Comarcas do Estado terão delegados. “Estamos resolvendo um problema histórico que herdamos. Cerca de 50 comarcas não contam com um delegado de polícia no Paraná”, disse o governador. Página 8


2

Quinta-Feira - 15 de Maio de 2014 Edição 983

OPINIÃO

A espada acima da balança

Por Ariadne Natal

Nas últimas semanas, jornais de todo o país repercutiram o linchamento de Fabiane Maria de Jesus, ocorrido em Morrinhos, no Guarujá (SP). O caso causou grande consternação pública a partir da constatação de que a dona de casa foi vítima de um erro. O erro estarrecedor que despertou a atenção para o episódio não foi o fato de a vítima ter sido perseguida por uma turba de centenas de vizinhos que, enfurecidos, se apossaram de seu corpo e, sem lhe dar chance de defesa, amarraram-na, arrastaram-na e espancaram-na, provocando-lhe sofrimento atroz. O erro também não foi a constatação de que as vozes que tentaram impedir esta ação e proteger aquela vítima foram fracas e quase inaudíveis, diante da multidão que incitava a violência aos gritos de “vai morrer, vai morrer!”. O erro tampouco foi relacionado à exposi-

ção pública daquelas cenas de crueldade, testemunhadas pelos membros da comunidade, registradas em vídeos (captados por pessoas que julgaram o acontecimento digno do registro para a posteridade), compartilhadas em redes sociais e divulgadas pelos grandes veículos de comunicação. Após a morte, ficou comprovado que Fabiane não possuía qualquer ligação com o crime que lhe havia sido imputado e ainda que o próprio crime não passava de um boato. Ela foi linchada por engano. Foi esse o desacerto que provocou lamentos e despertou o interesse midiático. Populares protestaram “mataram uma pessoa inocente”, jornalistas ressaltaram “e ainda por cima, ela era inocente”, o governador do estado de São Paulo declarou considerar inadmissível “um ato de barbaridade cometido contra uma pessoa inocente que não tinha nada a ver com o episódio”. Por fim, quando preso, um dos

linchadores de Fabiane se justificou: “Estou arrependido, não sabia que ela era inocente” e se desculpou pela participação na morte de uma mãe de família. Ao que parece, na avaliação de uma importante parcela da sociedade, a injustiça neste caso não reside no linchamento em si, mas no fato de terem linchado uma pessoa inocente. Nesse sentido, a questão que se coloca é: e se ela fosse culpada? Os lamentos seriam os mesmos? O choque e a consternação tomariam conta da opinião pública? A resposta está na repercussão provocada pelos outros tantos episódios de linchamentos que têm sido noticiados nos últimos meses, cuja violência é tão brutal quanto a utilizada em Morrinhos, mas com a diferença de que os linchados são apontados como criminosos. Nesses episódios, os poucos lamentos e algumas declarações públicas de apoio aos vingadores, demonstram a baixa solidariedade que há com

relação ao acusado, que é completamente desumanizado. Por trás dessas ações, subjaz o danoso raciocínio de que suspeito é culpado, culpado é bandido e bandido bom, é bandido morto. Ora, a gravidade de um linchamento independe do status de culpa ou inocência do acusado na medida em que este tipo de ação atinge o Estado Democrático de Direito em seu princípio mais elementar: todos, sem distinção, estão submetidos e devem ser protegidos pela lei. O erro do linchamento reside na ação de vingança desmedida que ocorre à margem da lei, do direito de defesa e do devido processo penal. A subversão da justiça é nociva, pois coloca a espada (força bruta) acima da balança (ponderação), fazendo prevalecer injustiças de toda sorte. Ariadne Natal é socióloga e pesquisadora do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo.

CHARGE DO DIA

jornalística correio do norte s/c ltda - cnpj: 07.117.234/0001-62 Site: www.correionoticias.com.br - E-mail: editais@correionoticias.com.br redação jornal diagramacao@correionoticias.com.br Rua Piauí, 1546 - Bairro Santa Isabel Siqueira Campos - Paraná REPRESENTAÇÃO (43) 3571-3646 MERCONET Representação de Veículos de ComuniEstúdio rádio alternativa www.alternativa87.com alternativafm87@hotmail.com (43) 3571-4313 | (43) 9604-4882

cação LTDA Rua Dep. Atilio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 | Fax: 41-3079-3633

Direção Elizabete Gois EDITORA CHEFE Elizabete Gois redação Camila Consulin, Isaele Machado, Regiane Romão, Tony Lima DIAGRAMAÇÃO André, Marcos administrativo Claudenice, Isamara Machado COLUNISTA Gênesis Machado

Siqueira Campos Cornélio Procópio Curitiba Ibaiti Japira Jaboti Salto do Itararé Carlópolis Joaquim Távora Guapirama Quatiguá Jacarezinho Conselheiro Mairinck Pinhalão

A gorjeta que você dá é repassada ao trabalhador?

Por Humberto Luiz Mussi

Esta é uma pergunta que poucos consumidores sabem responder, embora muitos realizem o pagamento da gorjeta ou da taxa de serviço (10%) cobrada na nota de despesa por hotéis e restaurantes. Prática comum em diversos estabelecimentos, a inclusão da taxa de serviço na conta não é ilegal. Conforme o Código de Defesa do Consumidor, ilegal é impor, exigir do consumidor o seu pagamento, pois o valor cobrado por qualquer serviço deve ser aquele que consta no cardápio ou na tabela de preços do estabelecimento que o prestou, e nada mais. O pagamento da gorjeta, portanto, é uma liberalidade do consumidor, é uma recompensa aos trabalhadores pelos bons serviços prestados. Sendo opcional, o cliente, ao realizar o pagamento dos 10%, aceita fazê-lo por acreditar que os valores serão revertidos aos empregados do estabelecimento. Essa expectativa do consumidor tem amparo na lei, pois a Consolidação das Leis do Trabalho, em seu artigo 457, estabelece que a importância cobrada pela empresa como adicional nas contas integra a remuneração do empregado para todos os efeitos legais. Contudo, recentemente, o Ministério Público do Trabalho no Paraná constatou que alguns restaurantes de Curitiba cobravam a gorjeta dos seus clientes e nada repassavam aos seus empregados; todo o dinheiro era embolsado pela empresa. Além disso, verificou que muitos esta-

Tomazina Curiúva Figueira Ventania Sapopema São Sebastião da Amoreira Nova América da Colina Nova Santa Bárbara Santa Cecília do Pavão Santo Antônio do Paraíso Congoinhas Itambaracá Santa Mariana Leópolis

belecimentos incluem a gorjeta na conta, mas não há qualquer informação sobre o efetivo repasse desses valores aos trabalhadores. Apropriar-se indevidamente das gorjetas pagas pelos clientes, além de atitude lesiva à boa-fé e contrária aos justos propósitos de quem realizou o pagamento, acarreta imenso prejuízo aos trabalhadores do segmento hoteleiro e gastronômico, que deixam de receber uma parcela significativa de sua remuneração e, com isso, de ter a possibilidade de obter benefícios previdenciários com valor mais elevado, como a aposentadoria. É, portanto, um ato ilegal, antiético, que a um só tempo lesa o consumidor e o trabalhador. Por tais motivos, é importante saber responder a pergunta do título deste artigo. O ato de generosidade do cliente deve ser efetivamente usufruído pelo trabalhador, que, afinal, fez por merecer e é o verdadeiro titular desse direito. Tendo notícia de que os empregados de determinado estabelecimento não estão recebendo integralmente as gorjetas pagas pelos clientes, o Ministério Público do Trabalho, o Ministério do Trabalho e Emprego e o Sindicato dos empregados (Sindihoteis) devem ser informados, para que atitudes dessa natureza possam ser devidamente corrigidas e punidas. Humberto Luiz Mussi de Albuquerque, mestre em Direito do Trabalho pela USP e procurador do Ministério Público do Trabalho no Paraná.

Sertaneja Abatiá Rancho Alegre Cambará Primeiro de Maio Ribeirão do Pinhal Florestópolis Nova Fátima São Gerônimo da Serra Barra do Jacaré Santo Antônio da Platina Santa Amélia Arapoti Sertanópolis Jaguariaíva Bela Vista do Paraíso Sengés Ribeirão Claro São José da Boa Vista Wenceslau Braz Santana do Itararé Circulação Jundiaí do Sul Andirá

FILIADO A Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná


3

Quinta-Feira - 15 de Maio de 2014 Edição 983

POLÍTICA

Governo do Estado reforça parcerias para fortalecer Agricultura Familiar O Governo do Paraná, por meio da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, busca fortalecer ainda mais esse segmento, que é a base da produção de alimentos no Estado

Assessoria

O que ama a instrução ama o conhecimento, mas o que odeia a repreensão é estúpido. Provérbios 12:1

Contratando O governador Beto Richa anunciou ontem (14) a contratação de 75 novos delegados da Polícia Civil. Com isso, todas as Comarcas do Estado terão delegados. “Estamos resolvendo um problema histórico que herdamos. Cerca de 50 comarcas não contam com um delegado de polícia no Paraná”, disse o governador. Paraná Seguro A contratação de delegados é uma das medidas do programa Paraná Seguro, que permitiu a incorporação de novos policiais aos quadros das polícias Civil, Militar e Científica, aquisição de novas viaturas e investimentos em tecnologia e equipamentos. “Com as ações, o governo está promovendo a total reestruturação das unidades de segurança do Estado”, ressaltou Richa.

Diretor geral da secretaria, Otamir Cesar Martins, recebeu nesta terça-feira (13) o presidente nacional Unicafes, Luiz Ademir Possamai; o presidente da Unicafes Paraná, NilceuKenp, e o dirigente da Assesoar, Paulo de Souza

Paraná Agência Estadual

Neste Ano Internacional da Agricultura Familiar, instituído pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o Governo do Paraná, por meio da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, busca fortalecer ainda mais esse segmento, que é a base da produção de alimentos no Estado. Para avançar com as parcerias o diretor geral da secretaria, Otamir Cesar Martins, recebeu nesta terça-feira (13) o presidente nacional da

União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), Luiz Ademir Possamai; o presidente da Unicafes Paraná, NilceuKenp, e o dirigente da Assesoar (Associação de Estudos, Orientação e Assistência Rural), Paulo de Souza, para tratar de projetos que estão em vias de serem concretizados. PROGRAMAS - Segundo Possamai, as cooperativas de economia solidária estão se articulando para concretizar as parcerias para o fortalecimento da Agricultura Familiar em programas desenvolvidos pelo governo

do Estado como o Pró Rural, Fundo de Aval e incremento à cadeia produtiva do leite no Sudoeste, Oeste e região Central do Estado. Ele afirmou que está na expectativa do sinal verde da Secretaria da Agricultura para avançar no apoio à instalação de uma agroindústria do leite em Itapejara do Oeste, que está sendo construída com recursos do BNDES e contrapartida do Governo do Paraná, no valor de R$ 151,2 mil. O diretor da Secretaria da Agricultura, Otamir Martins, explicou que o projeto está em andamento, com os recur-

sos assegurados, dependendo apenas de encaminhamento de documentação. Também foram discutidos outros temas, como o apoio do Estado para inclusão das cooperativas de economia solidária ou pessoas jurídicas no programa Fundo de Aval . Atualmente o programa permite o acesso somente para pessoas físicas. Para Possamai, é importante a proximidade com o governo estadual já que as cooperativas de economia solidária estão próximas da regulamentação na lei do cooperativismo, o que pode facilitar para novas parcerias.

Senado institui cotas de 20% para negros nos próximos concursos Mesa Diretora do Senado decidiu instituir cotas de 20% para negros nos concursos públicos para contratação de servidores e nos contratos de terceirização Agência Brasil Mariana Jungmann No dia em que o Brasil comemora 126 anos da abolição da escravatura, a Mesa Diretora do Senado decidiu instituir cotas de 20% para negros nos concursos públicos para contratação de servidores e nos contratos de terceirização.

“Nós estamos reservando a partir de agora, em todo concurso público para servidor do Senado Federal e em contrato de terceirização também, uma cota de 20% para resgatarmos as contas que nós temos com os afrodescendentes”, disse o presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL). Segundo Renan, como as

contratações para cargos comissionados obedecem a critérios relacionados à confiança, não é possível instituir a obrigatoriedade das cotas. “A lei regulamenta o que é comissionado, é cargo em comissão, em confiança. E aí se recomenda que a regra seja estendida para isso”, disse. Ao anunciar a decisão aos

colegas em plenário, o presidente do Senado disse que a medida tem o objetivo de fomentar um “Brasil mais justo e mais igualitário”. As cotas serão instituídas a partir de novos concursos. A regra não vale para concursos em andamento ou contratos já firmados para fornecimento de mão de obra terceirizada para o Senado.

Condenados no mensalão têm direito a trabalho externo, diz Janot

Para ele, o benefício deve ser concedido. O procurador-geral fez a declaração antes da cerimônia de posse do ministro Dias Toffoli na presidência TSE Agência Brasil André Richter Os condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão, têm direito ao trabalho fora do presídio, disse nessa terça-feira (13) o procuradorgeral da República, Rodrigo Janot. Para ele, o benefício deve ser concedido. O procurador-geral fez a declaração

antes da cerimônia de posse do ministro Dias Toffoli na presidência do Tribunal Supeiror Eleitoral (TSE). Segundo ele, o trabalho externo ajuda na reintegração dos presos à sociedade. “Minha manifestação é que, se há oferta de emprego digna para o preso e condições de ressocialização, ele tem direito ao trabalho externo”, declarou o procurador.

Na semana passada, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, rejeitou os pedidos do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu para trabalhar em um escritório de advocacia. Conforme decisão do presidente, para terem direito ao benefício, os condenados devem cumprir um sexto da pena. Além de Dirceu, que não

chegou a deixar o presídio para trabalhar, Barbosa revogou os benefícios de trabalho externo do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, do exdeputado Romeu Queiroz e do ex-advogado Rogério Tolentino. Antes das decisões de Barbosa, o procurador havia dado parecer favorável ao pedido de trabalho externo de alguns condenados.

Merenda As 2,2 mil escolas da rede estadual do Paraná e também as escolas especiais conveniadas como o Governo do Estado começam a receber nesta semana mais uma remessa de alimentos do lote convencional da merenda escolar. Serão distribuídas 3,2 mil toneladas de 35 itens de alimentos. O lote conta com novidades como o alho triturado, canjica cozida com leite em pó e coco ralado, bolo mármore, cereal de chocolate branco e biscoitos de sabores baunilha, aveia e mel, chocolate e castanha do Pará. CPI da Petrobrás Foi instalada ontem (14) a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado para investigar denúncias de irregularidades e má gestão na Petrobras. Por aclamação, os senadores Vital do Rêgo (PMDB-PA) e Antônio Carlos Rodrigues (PR-SP) foram eleitos presidente e vice-presidente do colegiado respectivamente. O relator da CPI será o senador José Pimentel (PT-CE). Resgatados Balanço divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) mostra que em 2013, 2.063 trabalhadores foram resgatados de uma situação análoga a escravidão. Foram feitas 179 operações em todo o país. Do total de resgatados, 1.068 estavam trabalhando na zona urbana. Pela primeira vez os regates na zona urbana superaram os da zona rural. Proposta vetada A presidenta Dilma Rousseff vetou proposta para reduzir o valor das multas aplicadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) às operadoras de plano de saúde. Entre as razões apresentadas para o veto está o argumento de que a redução das multas poderia incentivar a prestação inadequada do serviço de saúde. A proposta estava em emenda incluída na Câmara dos Deputados em uma medida provisória sobre outro assunto. O veto está publicado na edição de ontem (14) do Diário Oficial da União. Energia O país não terá de racionar energia elétrica, garantiu ontem(14) o secretário de Planejamento e Desenvolvimento do Ministério de Minas e Energia, Altino Ventura. Segundo ele, mesmo no cenário mais pessimista, será possível atender à demanda por energia até o fim do período seco. Na avaliação do secretário, não haverá racionamento mesmo que, agora, em 2014, se repita o pior nível hidrológico da série histórica iniciada em 1931. ENEM O Exame Nacional do Ensino Médio já tem mais de 1 milhão de inscritos, divulgou, pelo Twitter, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). No ano passado, a marca também foi alcançada no segundo dia, quando o exame registrou 1,3 milhão de inscrições. As inscrições podem ser feitas pela internet até o dia 23.


4

Quinta-Feira - 15 de Maio de 2014 Edição 983

REGIONAL

Siqueira Campos está entre as poucas cidades da região que oferecem educação especial São alunos com deficiência visual, auditiva e intelectual que encontram nas dependências da instituição, atendimento diferenciado para melhorar na comunicação e mobilidade, acima de tudo, obterem independência por toda vida

Silvia Adriana

AB NOTICÍAS

CAFÉ EM ALTA Após registrar queda na produção de café, o Paraná recuperou os preços pagos aos cafeicultores. No mês passado, a saca de café arábica fechou em R$ 381,77, alta de 87% frente aos R$ 203,07 de novembro de 2013. EMPREENDEDORISMO O número de novas empresas cresceu em 93% em Londrina comparado ao mesmo período do ano passado. Segundo a Junta Comercial do Paraná (Jucepar), a cidade registrou a abertura de 1.600 negócios, o maior número do Estado, seguido de Maringá com 1.300 empresas. MAQUINÁRIOS Os produtores de leite de Toledo, na região oeste, serão beneficiados com novo maquinário. A prefeitura investirá R$ 130 mil na compra de doze carretas agrícolas com capacidade para seis toneladas, que devem auxiliar o escoamento da produção de laticínios do município. ADVENTURE CATARATAS O Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu será uma das novidades na ‘9ª edição do Salão Adventure Cataratas’ em Foz do Iguaçu. Segundo a coluna de Rose Bracht no Jornal ‘O Paraná’, o evento acontece entre 4 e 6 de junho, e conta com uma programação focada nas últimas tendências do setor de turismo mundial. MAÇÃ Os agricultores de Palmas, centro-sul paranaense, estão comemorando a produção de maçã. A safra deste ano deve ultrapassar 13 mil toneladas. A variedade fuji foi a que melhor apresentou qualidade e tamanho para comercialização. MAIS CARROS Subiu em 11% o número de emplacamentos de veículos no Paraná. Segundo dados da Sindicovic- PR e Fenabrave- PR, as vendas de automóveis totalizaram 28 mil unidades comparado a 24 mil durante o mês de março em 2013, o que garantiu o aumento da circulação de carros pelo Estado. PASSARELA Será construída em Cambé, norte-central, uma passarela na PR-445. As obras se concentram na região do Parque Residencial Manela com investimentos de R$ 44,2 milhões, financiado pelo governo estadual.

Aluno e professores da Escola Municipal Ana Montanha César

De Siqueira Campos Tony Lima

A Escola Municipal Ana Montanha César, que tem como diretora a professora Silvia Adriana Santos Roque, oferece educação especial à pessoas de Siqueira Campos e região. São alunos com deficiência visual, auditiva e intelectual que encontram nas dependências da instituição, atendimento diferenciado para melhorar na comunicação e mobilidade, acima de tudo, obterem independência por toda vida. É comum encontrarmos pessoas com tais deficiências com características depressivas, isoladas e introspectivas. Pais com dificuldade de lidar com tais

situações também não é raro e políticas com atendimento diferenciado na região do norte pioneiro ainda é escasso. O mesmo descaso não se encontra na cidade de Siqueira Campos. Segundo Juliana Kratki, orientadora do ensino especial, alunos são divididos em grupos de acordo com cada deficiência. O CAEDU – Centro de Atendimento Especializado à Deficientes Visuais – hoje com dez alunos que variam de onze meses a vinte sete anos. Entre as técnicas utilizadas para a educação dos deficientes visuais, segundo a professora Fernanda Sene Lima Frandina, está o estímulo e atividades lúdicas. O CAES – Centro de Aten-

dimento na Área Visual – conta hoje com dez alunos matriculados e oito com frequência regular. Os alunos variam entre cinco e 62 anos. Na maioria, eles também frequentam o ensino regular. O objetivo do projeto é dar o apoio pedagógico de acordo com a necessidade de cada um, com ênfase na Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). Cada sala de ensino especial conta com estagiários. A professora Lucilane Oliveira Ribeiro, professora do CAES há mais de seis anos, afirma que “o fato de ter o estagiário também surdo, é fundamental para ensino da língua de sinais”. Professora Lucilane destacou que apesar do esforço pedagó-

gico, que envolve toda escola, o ensino é um trabalho lento. “Eles têm dificuldade principalmente com a língua portuguesa”, enfatiza. É inegável a reciprocidade entre alunos e equipe pedagógica. A relação entre todos os alunos deixa clara a inclusão, crianças brincam juntas, se relacionam, se comunicam. É nítido que a inclusão com acompanhamento adequado é exatamente, benéfica para todas as pessoas, como acontece na Escola Estadual Ana Montanha César. O preconceito é jogado de lado pelas crianças que não vêm às diferenças. Aliás, o preconceito e a exclusão estão nos olhos de que os vêm.

Detran investe na melhoria da sinalização de Siqueira Campos Segundo o assessor administrativo da prefeitura, Felipe Mehlich, a proposta do Detran é trabalhar principalmente com as placas amarelas De Siqueira Campos Camila Consulin O município de Siqueira Campos foi contemplado com um investimento de R$ 200 mil, assinado no ano passado pelo governador Beto Richa, para que o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), realize mudanças no trânsito. O Detran prevê a instalação de demarcações de vias, placas de trânsito e faixas de pedestres. De acordo com o assessor administrativo da prefeitura, Felipe Mehlich, a proposta do Detran é trabalhar principalmente com as placas amarelas. “O trabalho será voltado para a segurança de pedestres, principalmente, perto de entidades escolares”, ressaltou. Ele disse ainda que um projetista da empresa Consultran, de Balneário Camboriú (Santa Catarina), que ganhou algumas das

licitações do Detran, estará em Siqueira Campos daqui 14 dias. “Ele virá fazer o levantamento de quais são as principais necessidades do município”, informou. Além disso, Mehlich disse que o Detran pretende regulamentar algumas vias e lombadas irregulares e que também que há possibilidade de sinalização semafórica. “Ainda não está certo, mas pode ser que as ruas Benjamim Constant e Nossa Senhora e Fátima ganhem semáforos”, disse. A previsão é que as mudanças estejam concluídas até o final do ano. Norte Pioneiro As cidades pré-selecionadas são de pequeno e médio porte e não tem o trânsito municipalizado, ou seja, não contam com um órgão ou secretaria específicos para esta área. Para o diretor geral do Detran Marcos Traad, as prioridades são as cidades que ainda não contam com um estrutura de sina-

lização suficiente, que permita organizar o fluxo de pedestres, ciclistas e veículos em condições de segurança. “Considerando que os municípios estão em constante crescimento, o Detran do Paraná entende que projetos de sinalização viária devem ser flexíveis e dinâmicos, de forma que permitam atualizações, adequações e complementações que acompanhem a expansão do perímetro urbano, a criação de novos bairros e a alteração no fluxo das vias, por exemplo”, disse ele. O objetivo é desenvolver um padrão de sinalização viária urbana para todas as cidades paranaenses que ainda não estão inseridas no Sistema Nacional de Trânsito (SNT). Este é o terceiro lote de municípios atendidos pelo Governo do Paraná com projetos e obras de sinalização. Ano passado, 53 cidades já tiveram os projetos contratados. São mais de R$ 9,9

milhões investidos. Os recursos são do Fundo de Reequipamento de Trânsito (Funrestran), originados da arrecadação de multas por infrações. As três etapas de sinalização atenderão 159 cidades, com investimento de R$ 23,1 milhões. Os valores são aplicados de acordo com a população de cada município conveniado. Aqueles com até 15 mil habitantes participam do convênio de até R$ 120 mil. Cidades com população entre 15 e 30 mil habitantes terão R$ 200 mil e municípios com mais de 30 mil habitantes, R$ 250 mil. No Norte Pioneiro os municípios selecionados para receber a sinalização viária são: Conselheiro Mairinck, Figueira, Guapirama, Japira, Pinhalão, Piraí do Sul, Quatiguá, Santo Antônio da Platina, São José da Boa Vista, Siqueira Campos, Tomazina, Abatiá, Andirá, Barra do Jacaré, Jacarezinho, Ribeirão Claro.

TORNEIO DE TRUCO Estão abertas as inscrições para o 7º Torneio de Truco Cidade de Cambé, na região norte do Paraná. A competição acontece no dia 29 de junho no Ginásio João Almeida. Haverá premiação para as melhores duplas. RECURSOS Carambeí, centro-oriental, receberá R$ 987 mil através do governo do Estado. O valor será investido no alargamento e pavimentação da Rua Paranapanema, no bairro Boqueirão. Também serão pavimentadas as ruas próximas à cresce Santa Rita, no bairro Eldorado. CHECK-UP DOS OLHOS Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), é importante fazer um check-up oftalmológico anualmente. Cerca de 70% das doenças relacionadas à visão poderiam ser evitadas se descobertas no início, entre elas estão a degeneração macular e o glaucoma. INVESTIMENTO NA FROTA Nova Laranjeiras, centro-sul do Paraná, investiu em 2013 R$ 4,5 milhões na frota municipal. O investimento no parque de máquinas se deve ao fato de 80% da população viver na área rural.


5

Quinta-Feira - 15 de Maio de 2014 Edição 983

REGIONAL

Permissão para casamento homoafetivo completa um ano e DF registra 130 uniões A entidade diz que pretende fazer um levantamento nacional

Valter Campanato

Giro de NotÍcias

Governo do Estado se reúne com setor produtivo de Cornélio Procópio Nesta quarta-feira (14), às 19h, o Secretário Estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, e o superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Luiz Henrique Dividino, se reúnem com industriais, produtores rurais e exportadores de Cornélio Procópio. O encontro faz parte das ações do projeto “Porto no Campo”. A ação vai apresentar as condições atuais dos portos do Paraná, mostrar os projetos de modernização e ampliação, além de ouvir as demandas de quem utiliza o terminal portuário para escoar a produção. Agricultores e representantes da indústria de toda a região participam do encontro, que será no auditório da Sociedade Rural. Oficinas do Zoneamento Ecológico-econômico O Governo do Estado inicia nesta quarta-feira (14) as Oficinas Institucionais do Zoneamento Ecológico-Econômico do Paraná. Nos eventos serão apresentados os resultados alcançados em relação às recomendações de preservação ambiental e de usos econômicos. Podem participar representantes dos setores público e privado e a comunidade em geral. O zoneamento integra informações ambientais e socioeconômicas, por meio de estudos específicos, indispensáveis para planejar a ocupação racional do espaço geográfico e o uso sustentável dos recursos naturais. A primeira oficina vai acontecer em Curitiba na Emater, Rua da Bandeira, nº 500, bairro Cabral, às 13h30.

Alessandra Lustosa e Yglessyanne Lustosa posam para foto durante o casamento, no Distrito Federal

De Brasília Agência Brasil No dia do casamento, Alessandra Lustosa estava de blusa social e gravata vermelha. Sua mulher, Yglessyanne Lustosa, de vestido branco com detalhes em renda e saia com camadas sobrepostas. A cerimônia ocorreu em um cartório de Taguatinga, cidade do Distrito Federal a cerca de 20 quilômetros da área central de Brasília, com direito a marcha nupcial e bolo com bonecas no topo representando as noivas. “Éramos o único casal do mesmo sexo no cartório naquele dia, e ela era a noiva mais bonita”, conta Alessandra. O casamento das duas foi um dos 130 que ocorreram no DF, desde maio de 2013, quando a união homoafetivo passou a ser permitida no país. O levantamento foi feito pela Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg-Br) com dados dos 12 cartórios de Registro Civil do DF. O número foi obtido com exclusividade pela Agência Brasil. Hoje (14), a Resolução 175 do Con-

selho Nacional de Justiça (CNJ), que permitiu o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, completa um ano. “Para mim, é uma conquista muito grande dos nossos direitos. A sociedade acha que nosso relacionamento é errado, a Igreja acha que é pecado. Se a gente pode trabalhar, se paga impostos, por que não pode ter esse direito como qualquer outra pessoa?” Ela relata que as duas já moravam juntas há seis meses, mas que foi o casamento que tornou a relação pública. “Trabalho há 14 anos na mesma empresa, todo mundo suspeitava, mas não tinha certeza, até eu me casar com a Yglessyanne. Graças a Deus, todos aceitaram numa boa”, diz Alessandra, que é supervisora comercial. Elas planejam ter um filho. A possibilidade de ter um bebê também foi um dos motivos do casamento de Milena Ganzelevitch. Ela mora com a mulher, que pediu para não ser identificada, há 12 anos. As duas casaram-se no dia 31 de março deste ano e, em breve, terão um novo membro

na família. Milena está grávida de 8 meses da Maria Luísa, nome escolhido em homenagem à avó materna. “O que muda agora é a questão social. Para a sociedade, somos legalmente casadas”, diz. “O casamento mesmo foi muito rapidinho, não deu tempo para organizar festa. No cartório, não tivemos problema nenhum de preconceito, só os olhares curiosos das pessoas que estavam ali”. Os números divulgados pela Anoreg-Br correspondem ao total de casamentos realizados até terça-feira (13). A entidade diz que pretende fazer um levantamento nacional. Em março, a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen-SP) divulgou levantamento semelhante. Foram 701 uniões homossexuais realizadas em 58 cartórios da capital paulista. No DF, o mês de maior procura foi maio de 2013, quando a resolução passou a vigorar. Ocorreram, então, 18 casamentos homoafetivos. Os demais meses registraram, no mínimo, seis casamentos.

Para o presidente da Anoreg -Br, Rogério Portugal Bacellar, a resolução do CNJ agiliza o processo do casamento e garante a cidadania, uma vez que passa para os cartórios algumas incumbências que eram restritas ao Judiciário. “Há um ano, os casais homoafetivos, com a resolução, foram equiparados a qualquer outro casal formado por um homem e uma mulher. Com isso, acabou a discriminação.” Ele também explica que união estável e o casamento civil garantem os mesmos direitos sobre os bens. A diferença é o status civil. Em uma união estável, não é possível mudar o status de solteiro para casado. Para o servidor público Rodrigo Rodrigues, isso faz muita diferença. “O casamento não é só um ato de amor entre duas pessoas, estarmos casados vira também um ato político”, diz Rodrigues, que é casado com o também servidor público Thiago Rodrigues desde setembro do ano passado. “Quando as pessoas falam que ele é meu companheiro, eu corrijo: É meu marido.”

Sedentarismo é maior fator de risco ao coração em mulheres acima dos 30

Redação Bonde

Uma pesquisa realizada por pesquisadores da Universidade de Queensland na Austrália revelou que o sedentarismo é a maior causa de aparecimento de doenças cardíacas em mulheres com mais de 30 anos. Além disso, em mulheres abaixo dos 30 anos, o maior fator de risco para doenças do coração encontrado foi o tabagismo. Foram entrevistadas mais de 30 mil mulheres australianas nascidas nas décadas de 20, 40 e 70. O estudo foi publicado no Bri-

tish Journalof Sports Medicine. Recomendações Segundo os especialistas, é preciso que autoridades de saúde continuem alertando a população. "Precisamos de um maior empenho das autoridades no sentido de manter as mulheres de meia-idade ativas para que elas possam chegar à velhice mais saudáveis e praticando exercícios físicos", disse a professora do centro para a pesquisa sobre o exercício, atividade física e saúde da Universidade de Queensland, Wendy Brown, em entrevista à BBC. Brown ainda aconselha que

as mulheres façam exercícos físicos diários de pelo menos 30 minutos. "Só a prática de atividade física reduz em 50% o risco de doenças cardíacas", defende. Brasil Recentemente o Ministério da Saúde divulgou dados referentes ao exercício na rotina do brasileiro. Os números são resultado da pesquisa "Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel)", realizada com cerca de 23 mil brasileiros acima de 18 anos que vivem nas capitais do país

e no Distrito Federal. No período de 2009 a 2013, foi notado um aumento de 3,5% no número de pessoas que utiliza seu tempolivre para realizar atividade física. Os homens são mais ativos: 41,2% (em 2013), contra 39,7% (em 2009). Porém o aumento da prática entre as mulheres foi maior: de 22,2% para 27,4%. Apesar do crescimento dos números, mais da metade da população ainda está acima do peso (50,8%) - 17,5% são considerados obesos.

Colégios recebem mais R$ 4,2 milhões para materiais de consumo O Governo do Paraná libera nesta quarta-feira (14) mais 4,2 milhões para as escolas da rede estadual de ensino. O valor é referente à terceira parcela da cota normal de consumo do Programa Fundo Rotativo. As escolas poderão adquirir produtos de limpeza, lâmpadas e material de escritório, por exemplo. Serão depositadas ainda mais sete parcelas ao longo de 2014. O Fundo Rotativo é um programa de repasse de recursos às escolas estaduais, para a manutenção e outras despesas relacionadas com a atividade educacional. Sanepar altera data de leitura e vencimento das faturas em Londrina, Cambé e Tamarana A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) vai alterar a data de leitura e vencimento da fatura de água e esgoto nas cidades de Londrina, Cambé e Tamarana. Dos 213.263 imóveis dessas localidades, apenas 17% terão as datas atuais mantidas. Os moradores estão recebendo em suas casas o comunicado que alerta para essa mudança, que será aplicada a partir de junho. Caso a nova data de vencimento não seja adequada ao cliente, é possível solicitar a alteração. Para isso, basta o interessado entrar em contato pelo telefone 115, com o número da matrícula em mãos. Liberação de meia pista da Estrada da Graciosa ajudará comerciantes O Governo do Estado prevê para início de junho a liberação da ponte que permitirá a passagem de veículo em meia pista na Estrada da Graciosa, no Litoral do Estado. Os comerciantes que atuam na estrada da Graciosa e em Morretes aguardam ansiosos por essa liberação, que permitirá a retomada das vendas, bastante prejudicadas pela interrupção da rodovia, por causa de desabamento de encostas provocados pelas chuvas de 13 março. O ritmo das obras segue intenso. As equipes já finalizaram a construção e concretagem de 21 vigas de sustentação da ponte que permitirá o tráfego em meia pista. Ao todo, serão feitas 36 vigas, de 10 metros cada. Além disso, os serviços de sondagem do solo das cabeceiras já foram concluídos. Aberto o período de inscrição para isenção da taxa do Vestibular de Inverno A Universidade Estadual do Centro-Oeste, (Unicentro), por meio da Coordenadoria Central de Processos Seletivos, abre o período de solicitações para a isenção da taxa de inscrição do 1º Concurso Vestibular de 2015. O requerimento deve ser feito até 23 de maio. O candidato deve preencher o requerimento e reunir a documentação necessária, disponíveis no site www2.unicentro.br/vestibular/ inverno/. Após preenchida, a solicitação deve ser entregue em um dos protocolos dos Campi Universitários de Guarapuava e Irati ou nas secretarias dos Campi Avançados de Chopinzinho, Coronel Vivida, Laranjeiras do Sul, Pitanga e Prudentópolis. Para o Vestibular de Inverno estão sendo ofertadas 150 isenções. As solicitações serão analisadas por uma comissão, que poderá solicitar comprovação das informações prestadas pelo candidato. A relação dos beneficiados com a isenção da taxa de inscrição será publicada até o dia 9 de junho. Painel avalia egressos do curso de psicologia Analisar o impacto do curso de Psicologia da Universidade Estadual de Londrina por meio da inserção profissional de seus egressos que atuam no mercado na área Organizacional e do Trabalho. Este é o objetivo do "1° Painel Labtau: atuação de egressos em psicologia organizacional e do trabalho" que será realizado nos dias 30 e 31 de julho no Anfiteatro Cyro Grossi, do Centro de Ciências Biológicas (CCB) da UEL. As inscrições podem ser feitas até 30 de julho. Mais informações e inscrições no site: https://www.sistemasweb.uel.br.


6

Quinta-Feira - 15 de Maio de 2014 Edição 983

POLICIAL

Casal detido na PR-445 escondia cadáver em porta-malas A Polícia Militar (PM) encontrou um cadáver no porta-malas do carro dos acusados. O corpo - de um homem de 64 anos

De Londrina Bonde Um casal foi detido durante a tarde desta terça-feira (13) em um posto de combustíveis localizado às margens do km 386 da PR-445, entre Londrina e Cambé. A Polícia Militar (PM) encontrou um cadáver no porta-malas do carro dos acusados. O corpo - de um homem de 64 anos - apresentava diversos ferimentos, principalmente no crânio e no rosto, e marcas de queimaduras nas pernas e nos braços. Ele também estava com as pernas amarradas. De acordo com informações preliminares, o casal teria assassinado a vítima na rua Giocondo Maturi, no residencial Vista Bela

(zona norte de Londrina), colocado o corpo no porta-malas de um Citroen C4 Pallas e fugido com o carro pela avenida Saul Elkind, em direção ao município de Cambé. Os acusados foram abordados pela polícia enquanto abasteciam o carro no posto de combustíveis. Um deles é adolescente - de 16 anos. Já a mulher acusada foi identificada como Maira Cléa Campos, 32 anos. Diversas viaturas policiais foram acionadas para atender a ocorrência depois de a PM receber a informação da existência de uma briga generalizada no residencial Vista Bela. Um disparo de arma de fogo teria sido ouvido durante a confusão, segundo tes-

temunhas. A polícia foi até o local e conseguiu seguir o casal no veículo até o posto de combustíveis. A mulher e o adolescente foram encaminhados para a Delegacia de Cambé. Não foram encontrados documentos pessoais com a vítima, apenas um talão de cheques. Ele foi identificado pelo Corpo de Bombeiros como Aderbal Teixeira da Rocha, de 74 anos. Ainda segundo informações da PM, uma caminhonete Toyota Hilux teria sido levada do local do crime. As placas do referido veículo estariam registradas no nome de Rocha, que seria empresário em Londrina. Os policiais procuram pela caminhonete.

Quatro pessoas ficaram feridas em grave acidente na BR 369, na região de Andirá

De acordo com a PRF dos veículos de Andirá colidiram frontalmente, deixando os ocupantes feridos

Reginaldo Tinti

Não há informações de como ocorreu o acidente, ficando a cargo da PRF investigar a causa

De Andirá Reginaldo Tinti

Um grave acidente foi registrado pela Polícia rodoviária de Cornélio Procópio por volta das 18h30 na no km 41 da BR 369 próximo à cidade de Andirá (52 Km de Cornélio Procópio) De acordo com a PRF dos veículos de Andirá colidiram frontalmente, deixando os ocupantes feridos.

Em um dos carros envolvidos, um Fiat Uno, estavam Agda,52, que sofreu fratura nos dois punhos e Acácio, 28, que teve um trauma abdominal. Os dois foram encaminhados para a Santa Casa de Cornélio Procópio e um terceiro ocupante do veículo, de nome Lairton foi levado a Santa Casa de Bandeirantes, onde passou por uma tomografia e aguarda vaga para ser transferido.

No outro carro, um Fiat Strada, o condutor de nome Graudiston, sofreu fratura em uma das pernas, também sendo encaminhado para Santa de Cornélio Procópio, onde deverá sofrer uma intervenção cirúrgica. Não há informações de como ocorreu o acidente, ficando a cargo da PRF investigar a causa do choque entre os veículos.

Divulgação

Os acusados foram abordados pela polícia enquanto abasteciam o carro no posto de combustíveis

Polícia Civil desmantela quadrilha que roubava caminhões em todo o País

Agência Estadual

A Polícia Civil, através da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos desencadeou nesta terça-feira (13) a Operação Armagedom, que desarticulou uma quadrilha que causou prejuízo estimado em R$ 100 milhões para empresas e pessoas que sobrevivem de transporte rodoviário no Brasil. Vinte e nove pessoas foram presas. “A investigação não se resume ao Paraná, onde a quadrilha estava sediada. Ela chega também a cidades do Brasil, pois se trata de uma das maiores quadrilhas de receptação de caminhões de origem ilícita no país”, disse o delegado-titular da Delegacia, Cassiano Aufiero. Aufiero explica que a quadrilha fazia praticamente o ciclo completo deste tipo de atividade criminosa. Além de roubar, receptava e adulterava veículos de todas as espécies, principalmente caminhões, que era a especialidade do grupo. “A Polícia Civil espera que com a desarticulação desta quadrilha e a prisão dos envolvidos, diminua a quantidade de furtos e roubos de caminhões em nossas rodovias”, disse o delegado. A investigação, que já dura aproximadamente 11 meses, culminou com a decretação de 40 mandados de prisão e 110 mandados de busca

e apreensão em Curitiba e Pinhais, além das cidades de Medianeira, Maringá, Santa Terezinha do Itaipu, Vera Cruz do Oeste, São Miguel do Iguaçu e Foz do Iguaçu. “Tudo começou com a apreensão de um módulo de caminhão (computador de bordo, que recebe o nome de centralina) numa oficina mecânica, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Junto com esta peça havia uma nota fiscal da origem da mesma”, contra o delegado. “Esta peça estava ‘limpa’, ou seja, os dados haviam sido apagados pela quadrilha. A partir daí, começamos a investigar todo caminho que esta peça roubada percorreu até chegar a esse destino”. Entre os presos estão Leocir Vitorino Seganfredo, 51 anos, ex-policial militar, expulso da corporação, e André Luiz Marafon, 22 anos, que juntos chefiavam a organização criminosa, que vinha utilizando diversas empresas de fachada com o objetivo de enganar os órgãos de controle do Estado. Cerca de 150 policiais Civis trabalharam na operação. São profissionais da Delegacia de Frutos e Roubos de Veículos, Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) e da 15.ª Subdivisão Policial de Cascavel.

APREENSÕES – Entre as apreensões estão incontáveis peças de caminhão, roubadas ou adulteradas, encontradas em dezenove barracões pertencentes à quadrilha, uma carga de pneus contrabandeada, além de várias munições de fuzil, o que reforça a suspeita de que a quadrilha também forneceria armamento pesado para traficantes de drogas do Norte e Nordeste do Brasil. De acordo com Aufiero, estes armamentos seriam enviados em meio a peças de caminhão para aquela região. “Estimamos que a quadrilha receptava, desmanchando ou adulterando, de 3 a 4 caminhões por dia, o que resulta em aproximadamente mil caminhões receptados por ano, vindos de toda parte do país”, explicou o delegado. Existe ainda a suspeita de envolvimento de diversas empresas de grande porte localizadas em diversas cidades no Brasil, que serão todas investigadas. Os envolvidos serão indiciados pelos crimes de formação de quadrilha, receptação, roubo, furto, lavagem de dinheiro, estelionato, falsidade documental e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.


7

Quinta-Feira - 15 de Maio de 2014 Edição 983

EDITAIS

SINDICATO RURAL DE SIQUIERA CAMPOS

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ

Rua São Vicente 1076 – Vila Santa Isabel – Fone/Fax(43)3571.1458 Siqueira Campos – Paraná

EDITAL DE HABILITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

REF: PREGÃO PRESENCIAL 26/2014 – REGISTRO DE PREÇOS

O Presidente do Sindicato Rural de Siqueira Campos, em conformidade com os estatutos da entidade e com as leis vigentes, convoca os associados quites com as obrigações sindicais para a Assembléia Geral Ordinária a ser realizada no dia 26 de maio

O pregoeiro oficial, Willys Manoel Barbosa, comunica aos interessados no fornecimento do objeto do pregão presencial nº

de 2014, às 08h30min, na sede do Sindicato Rural à Rua São Vicente 1076, Vila Santa Isabel, Siqueira Campos - Paraná, sendo

26/2014, que após a análise e verificação da documentação apresentada pela proponente, decidiu habilitar e qualificar as seguin-

a seguinte pauta do dia.

tes proponentes, tornando-as vencedoras do certame. Nº

Proponente Itens Valor Total

1.

Aprovação das contas do exercício de 2013;

01

S. N. DE M. DE PAIVA & CIA LTDA.

2.

Assuntos Gerais.

01. R$ 508.200,00

02 COMÉRCIO DE COMBUSTÍVEIS PAIVA E PAIVA LTDA 02, 03.

Não havendo quorum necessário a assembléia será realizada uma hora após com qualquer número.

R$ 82.457,50

São José da Boa Vista-Pr, 14 de maio de 2014. Willys Manoel Barbosa.

Siqueira Campos, 14 de maio de 2014.

Pregoeiro Oficial Ernesto das Neves Barbosa

PREFEITURA DE SIQUEIRA CAMPOS ESTADO DO PARANÁ

Presidente

PREFEITURA DE são josé da boa vista ESTADO DO PARANÁ TERMO DE ADJUDICAÇÃO

Resumo de Edital nº 07/2014 – Tomada de Preço

OBJETO: Contratação de empresa para execução de obras e serviços de engenharia para execução de 43.500 m2 de pavimentação em pedra poliédrica para aplicação no seguinte trecho: acesso à estrada de Barbosas, passando pelo Bairro dos Macacos e Vila Rural Wilson Fontanelli, até a chegada no Bairro de Barbosas, com o revestimento em pedra irregular, rejuntado

O Pregoeiro Oficial do Município de São José da Boa Vista – Paraná, no uso de suas atribuições, comunica aos interessados

com pó de pedra sobre base preparada; através de recursos da Secretaria de Estado da Agricultura e de Abastecimento – SEAB/

e participantes do certame licitatório referente ao processo nº 37/2014 – PREGÃO PRESENCIAL Nº 26/2014 – REGISTRO DE

CONVÊNIO N° 702/20113.

PREÇOS, objetivando o Registro de Preços para futura e eventual aquisição de óleo diesel, que adjudica como vencedoras do

RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: Na Seção de Protocolo até as 14h00min do dia 02/06/2014.

certame as empresas S. N. DE M. DE PAIVA & CIA LTDA, no valor total de R$ 508.200,00 (Quinhentos e oito mil e duzentos

ABERTURA: 02 de junhol de 2014 – Hora: 14h00min.

reais) e COMÉRCIO DE COMBUSTÍVEIS PAIVA E PAIVA LTDA, no valor Total de R$ 82.457,50 (Oitenta e dois mil quatrocentos

LOCAL DE ABERTURA: Prefeitura Municipal, Rua Marechal Deodoro da Fonseca nº 1837.

e cinquenta e sete reais e cinquenta centavos).

INFORMAÇÕES: Prefeitura Municipal. Fone: (43) 3571-1122 – Departamento de Administração.

São José da Boa Vista, 14 de maio de 2014.

EDITAL COMPLETO: www.doe.siqueiracampos.pr.gov.br. Siqueira Campos, 14 de maio de 2014. Willys Manoel Barbosa

Silvio Carlos Nardelli

Pregoeiro Oficial

Presidente da Comissão de Licitação

PREFEITURA DE São josé da boa vista ESTADO DO PARANÁ

câmara municipal de japira ESTADO DO PARANÁ

REF.: Pregão Presencial de nº 28/2014

PORTARIA Nº 002/2014 de 12 de Maio de 2014.

OBJETO: “Aquisição de material escolar para manutenção dos Estabelecimentos de Educação Municipal”

O Presidente da Câmara Municipal de Japira - PR, usando das suas atribuições legais, resolve: NOMEAR DELLU SOTTOMAIOR PEREIRA ; portador do R.G. nº 9.600.777-9 / SSP-PR ; C.P.F. nº 061.116.529.58 ao cargo em

Face ao contido no Resultado do Processo, homologo o presente procedimento licitatório às proponentes: J. DOS SANTOS NETO

Comissão de Diretora Geral de Administração.

PAPELARIA LTDA EPP, no valor total de R$ 24.290,97 (Vinte quatro mil duzentos e noventa reais e noventa e sete centavos) e

COMUNIQUE-SE.

ESTEFANUTO & PIRES LTDA EPP, no valor total de R$ 23.619,10 (Vinte três mil seiscentos e dezenove reais e dez centavos).

CUMPRA-SE. A presente Portaria entra em vigor na data de sua publicação, produzindo seus efeitos com efeito retroativo ao cinco dias do mês de Maiodo ano de dois mil e catorze ( 05.05.2014).

São José da Boa Vista-Pr, em 14 de maio de 2014.

Edifício da Câmara Municipal de Japira-Pr, aos doze dias do mês de Maio de dois mil e quatorze ( 12.05.2014).

Pedro Sérgio Kronéis Prefeito Municipal

ANTONIO CARLOS DOS SANTOS

Presidente da Câmara Municipal de Japira


8

Quinta-Feira - 15 de Maio de 2014 Edição 983

GERAL

Richa anuncia a contratação de 75 delegados e novos policiais civis Paraná Agência Estadual

O governador Beto Richaanunciou nesta quarta-feira (14) a contratação de 75 novos delegados da Polícia Civil. Com isso, todas as Comarcas do Estado terão delegados. “Estamos resolvendo um problema histórico que herdamos. Cerca de 50 comarcas não contam com um delegado de polícia no Paraná”, disse o governador. A contratação de delegados é uma das medidas do programa Paraná Seguro, que permitiu a incorporação de novos policiais aos quadros das polícias Civil, Militar e Científica, aquisição de novas viaturas e investimentos em tecnologia e equipamentos. “Com as ações, o governo está promovendo a total reestruturação das unidades de segurança do Estado”, ressaltou Richa.

“Pela primeira vez, o Estado terá um delegado em cada comarca”, reforça o secretário da Segurança Pública, Leon Grupenmacher. “Além de todas as comarcas, haverá reforço no efetivo de delegados em Curitiba, Região Metropolitana e nas principais cidades-polo do interior”, acrescentou. MAIS POLICIAIS - A apresentação dos delegados acontecerá no próximo dia 21. Na mesma ocasião, serão apresentados 413 novos investigadores e 48 papiloscopistas. Eles são remanescentes de concurso público realizado em 2009. “Dessa forma, o governo Beto Richa cumpre todos os compromissos assumidos na área de segurança, antes do prazo determinado”, afirma Grupenmacher. A contratação dos investigadores e papiloscopistas será possível graças à promoção de mais

de mil policiais civis, assinada pelo governador Beto Richa no final de abril, e que também era reivindicação da classe. “Este governo assumiu vários passivos na área de segurança e está resolvendo problemas que se acumularam por décadas”, destaca o delegado-geral da Polícia Civil, Riad Braga Fhrat. REFORÇO – Em março, o governador autorizou a convocação de 2.631 candidatos aprovados em concurso público da PM para a realização dos testes de aptidão física e entrega de exames. São 2.222 policiais e 409 bombeiros. É a segunda chamada do concurso que está contratando 4.445 policiais militares e 819 bombeiros para atuar em todas as regiões do Paraná. Uma primeira turma de convocados, formada por 2.223 PMs e 210 bombeiros, foi chamada no ano passado e começa

Ricardo Almeida/ANPr

Richa anuncia a contratação de 75 delegados e novos policiais civis

a trabalhar em junho. O concurso foi o mais concorrido da história da corporação, com mais de 120 mil inscritos. Em 2012, governo fez a maior contratação de policiais

da história do Paraná, com a incorporação de 3.120 novos policiais militares, civis e bombeiros. Atualmente, o Paraná tem 21.213 policiais militares e

bombeiros. “Tínhamos um efetivo de 17 mil soldados e em três anos houve um acréscimo real de quatro mil homens”, explicou o comandante da PM, coronel César Kogut.


Correio Notícias - Edição 983