Issuu on Google+

1

Quarta-Feira - 23 de Abril de 2014 Edição 969

Quarta-Feira Edição 969 Abril / 2014

23

Colisão transversal deixa motoristas feridos em Siqueira Campos Por volta de 12h55 da tarde de ontem (22) a Policia Militar de Siqueira Campos se deslocou até a Rua Marechal Deodoro da Fonseca esquina para a Rua dos Expedicionários, onde ocorreu um acidente envolvendo um Veiculo Corsa, de cor branca, placa ALD 6106 de Siquera Campos,conduzido por P.P.P e um veiculo Voyage, de cor prata (taxi), placa AWJ 9448, conduzido por J.A.F. Página 8

Pré-candidato do PDT Lar São Vicente de Paulo fala sobre o potencial de Jacarezinho recebe 13 cadeiras de rodas de Siqueira Campos De Jacarezinho Tony Lima

O Lar São Vicente de Paulo, no município de Jacarezinho recebeu recentemente 13 cadeiras de rodas e de banho para atender os 64 idosos residentes na instituição. A conquista é um empenho da vereadora do município de Jacarezinho, Luciane Alves com apoio do ex-deputado do Norte Pioneiro, Hermas Brandão e do atual deputado estadual Evandro

O superintendente das lojas MM e pré-candidato a deputado estadual Marcos Pauliki deu entrevista exclusiva à Rádio Alternativa em Siqueira Campos, onde abordou diversos assuntos relacionados ao município. Página 3

Troféu da Copa do Mundo de 2014 chega ao Brasil depois de rodar o mundo

Página 5

Junior. O Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro (CISNORPI) ao liberar este recurso atende uma importante necessidade. Conquista destacada pela vereadora Luciane, - “Nós estamos lutando por essa liberação já há algum tempo. O deputado estadual Evandro Junior sensibilizou-se com a real situação que os internos do Lar se encontram, e assim conseguimos agilizar o pedido,

dando andamento a este respeitável programa do Governo do Estado, Prótese e Órtese”, concluiu. O deputado ressalta a importância do programa que garante meios para auxiliar a locomoção de deficientes físicos. “A nossa emoção ao ver a expressão de alegria de um paciente que necessita de cuidados especiais, ser atendido com o devido carinho e respeito, é muito gratificante”, completou Evandro.


2

Quarta-Feira - 23 de Abril de 2014 Edição 969

opinião

Sobre a tarefa de “tornar-se o que se é”

Por Jorge Luiz Viesenteiner

“Que alguém se torne o que se é, pressupõe que não suspeite nem de longe o que se é”, assim Nietzsche escreveu em Ecce homo! Tornamo-nos algo em meio às vivências, em situações concretas do mundo e com os outros. Em vez de somente executar uma vida previamente concebida, por meio da instrumentalização de virtudes supostamente inatas – sejam divinatórias, sejam naturalistas, ou mesmo entendendo que se pode perfeccioná-las ao longo da vida –, trata-se de entender que a ênfase está mais na fluidez do “tornar-se” e menos na fixidez inatista do “o que se é”. Isso implica assumir a tarefa de tornarmo-nos o que somos, mesmo que nem sequer se suspeite o que efetivamente somos. Certamente essa concepção é mais conflitiva, mas também é a que mais permite o genuíno exercício da liberdade. Essa concepção significa, além disso, deslocar a compreensão inatista da virtude (arethê), ou excelência moral, situan-

do-a antes no horizonte do constructo, que também não é mera determinação social, mas uma via de mão dupla entre o mundo no qual nos situamos e nossa ação sobre ele. Estamos sempre em uma situação concreta sobre a qual agimos! Não nos é lícita a inocência otimista da espera por situações ideais, e nem por ações supostamente virtuosas – geralmente construídas em espaços sociais previamente sequestrados. Intensifico um pouco mais a complexidade do problema: além de tornar-se sem saber o que temos de nos tornar, pois não suspeitamos o que somos, agimos em situações que nem sequer podemos esquadrinhar de antemão, reconhecendo a incerteza das próprias ações. Para lançar um pouco de luz sobre o problema, valho-me aqui do criativo termo alemão Spielraum, traduzindo-o por “espaço de atuação”, e que Nietzsche já havia empregado para analisar questões diversas. Sempre estamos em uma situação concreta (Raum), de modo a saber mais ou menos as

regras do jogo (Spiel). Assim, agimos em um espaço regulado, cuja ação ainda não está decidida em absoluto. Tomemos o exemplo de professores e estudantes universitários deliberando sobre avaliações. A universidade é um espaço determinado, cujas regras os envolvidos mais ou menos conhecem. Na apresentação da disciplina, nenhum aluno se espanta quando o professor fala sobre avaliação, pois todos já sabem em geral as regras daquele espaço. Os mecanismos avaliativos, porém, é que são sempre fluidos e rediscutíveis, de modo que a atuação avaliativa (Spiel) e o espaço universitário (Raum) são autorreferenciais. Aliás, processos avaliativos se alteram sempre que o espaço de atuação também se modifica – sabemos que nem sempre o mesmo processo de avaliação tem êxito ou é “excelente” para toda e qualquer turma –, portanto a ação nunca está decidida por definitivo, guardando seu horizonte de incerteza. O agir virtuoso é uma via de

mão dupla e autorreferencial em relação ao contexto. Não há relativismos aqui, pois sempre estamos em situações concretas; e não há determinismos, pois o agir nunca está decidido de uma vez por todas; a excelência da ação, portanto, não sugere quaisquer inatismos – sob o risco de violência em algumas situações –, mas exercício crítico em relação ao espaço de atuação e práxis autocrítica em relação à própria atuação. À tarefa de “tornar-se”, não sabemos o que somos, nem agimos por meio de cartilhas, sem horizontes rígidos e sem sentidos prefixados. Para essa tarefa, vale a anotação de Nietzsche: “Quais se mostrarão aí os mais fortes? Os mais comedidos: aqueles que não necessitam de quaisquer artigos de fé extremados”. Jorge Luiz Viesenteiner, doutor em Filosofia pela Unicamp, é professor na Universidade Federal do Espírito Santo e autor, dentre outros, de Nietzsche e a vivência de tornar-se o que se é.

CHARGE DO DIA

jornalística correio do norte s/c ltda - cnpj: 07.117.234/0001-62 Site: www.correionoticias.com.br - E-mail: editais@correionoticias.com.br escritório siqueira campos diagramacao@correionoticias.com.br Rua Dos Expedicionários,1525 - centro correiodonorte@correiodonortesc.com Siqueira Campos - Paraná REPRESENTAÇÃO (43) 3571-3646 | (43) 9604-4882 MERCONET Representação de Veículos de Comuniescritório CORNÉLIO PROCÓPIO Rua Mato Grosso, 135 - centro Cornélio Procópio - Paraná (43) 3523-8250 | 9956-6679

cação LTDA Rua Dep. Atilio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 | Fax: 41-3079-3633

Direção Elizabete Gois EDITORA CHEFE Elizabete Gois redação Camila Consulin, Isa Machado, Regiane Romão, Isamara Machado DIAGRAMAÇÃO Bruno, Marcos administrativo Claudenice Machado, Emilia Kuster COLUNISTA Gênesis Machado

Siqueira Campos Cornélio Procópio Curitiba Ibaiti Japira Jaboti Salto do Itararé Carlópolis Joaquim Távora Guapirama Quatiguá Jacarezinho Conselheiro Mairinck Pinhalão

A irresistível confusão dos valores

Por Francisco Razzo

A discussão acerca do estatuto dos valores parte das flagrantes falsas dicotomias: “valores subjetivos ou valores objetivos” e “valores como construção social ou valores permanentes”. Uma discussão adequada sobre valores humanos deverá superar esses falsos dilemas. A falsidade deriva da confusão gerada pelo viciado pressuposto de que só tem dignidade o que possui estatuto de objetivo e científico, enquanto que tudo aquilo que traz a marca do subjetivo deve ser banido como algo insignificante e pessoal. Em última instância, surge o receio do relativismo: “Se não existem valores objetivos, então tudo é permitido”. Mas nem tudo é permitido e nem por isso valores existem como objetivos, isto é, como independentes dos seres humanos. E é justamente por serem subjetivos que devem valer o que valem. Existem valores independentes dos seres humanos? Não. Pois todos os valores humanos, por serem humanos, só podem ser dependentes da realidade humana. No entanto, disso não segue que todos os valores inerentes à natureza humana são criados e determinados por preferências psicológicas ou costumes históricos de uma determinada cultura. O que caracteriza a realidade humana é a subjetividade: os homens são os sujeitos da história e não os objetos de um determinado saber científico. Neste ponto reside a confusão: o relativismo moral fundamentase no raciocínio “como não há valores objetivos, então todos os valores humanos são reduzidos a preferências psicológicas e culturais”. A consequência desse raciocínio é “os valores mudam e cada pessoa ou cultura determina o seu próprio valor”. Essa aparente contradição pode ser resolvida quando os valores são distinguidos em duas grandes e complementares categorias: valores instrumentais e valores fundamentais. Todos os valores instrumentais são meios para sustentar os valores fundamentais. Eles podem ser psicológicos, culturais e, de fato, mudam conforme o desenrolar da história. Já os valores fundamentais são fins em si mesmos; em outras palavras, são as condições para todos os valores instrumentais. Subsistem na realidade humana. Desta forma, valores fundamentais não derivam de preferências psicológicas, das opiniões particulares ou dos costumes históricos de uma determinada cultura, por isso são permanentes, assim como a realidade humana persiste na história. Por exemplo, a coragem é um valor instrumental a fim de defender e proteger a dignidade da vida. A vida, por outro lado, é um valor fundamental e irredutível a qualquer outro valor. A vida, neste contexto, é a condição para a existência de todos os outros valores: liberdade, amizade, honra, justiça etc. Vida, enquanto valor, não designa o objeto das ciências biológicas. Na verdade, a vida designa o valor inerente à natureza humana enquanto tal, isto é, o que torna a existência digna de ser vivida. Portanto, a dicotomia “valores como construção social ou valores permanentes” só pode ser falsa, pois emerge de uma peculiar incompreensão a respeito daquilo que é inerente à natureza humana e daquilo que é produto dessa natureza. Confunde-se o que diz respeito à própria estrutura constituinte da realidade humana com os conteúdos dos costumes históricos particulares frutos dessa realidade. Todos os valores construídos culturalmente buscam sustentar pelo menos um valor permanente: o fato de que a vida vale a pena ser vivida. Francisco Razzo é mestre em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Tomazina Curiúva Figueira Ventania Sapopema São Sebastião da Amoreira Nova América da Colina Nova Santa Bárbara Santa Cecília do Pavão Santo Antônio do Paraíso Congoinhas Itambaracá Santa Mariana Leópolis

Sertaneja Abatiá Rancho Alegre Cambará Primeiro de Maio Ribeirão do Pinhal Florestópolis Nova Fátima São Gerônimo da Serra Barra do Jacaré Santo Antônio da Platina Santa Amélia Arapoti Sertanópolis Jaguariaíva Bela Vista do Paraíso Sengés Ribeirão Claro São José da Boa Vista Wenceslau Braz Santana do Itararé Circulação Jundiaí do Sul Andirá

FILIADO A Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná


3

Quarta-Feira - 23 de Abril de 2014 Edição 969

POLÍTICA

Pré-candidato do PDT fala sobre o potencial de Siqueira Campos O superintendente das lojas MM e pré-candidato a deputado estadual Marcos Pauliki deu entrevista exclusiva à Rádio Alternativa em Siqueira Campos, onde abordou diversos assuntos relacionados ao município

Isaele Machado

Contra a gripe O Paraná recebeu do Ministério da Saúde nesta quarta-feira (16) cerca de 1,8 milhão de doses da vacina contra a gripe para a campanha de vacinação que começa em 22 de abril. O Ministério da Saúde atrasou a entrega das doses aos estados em 15 dias. A secretaria estadual da Saúde já organizou a estratégia de distribuição das vacinas, mas, em virtude do atraso na entrega e do feriado prolongado, é possível que alguns municípios ainda não tenham recebido as doses na próxima terça-feira, no dia do início da campanha. Ele explica que no sábado (26), dia “D” de vacinação, todas as unidades já estarão abastecidas para atender a população. Cupom Fiscal A Secretaria de Estado da Fazenda lançou nesta quarta-feira (16/04) a Nota Fiscal Paranaense, uma campanha para mobilizar a população a exigir a emissão de nota fiscal ou cupom ao comprar bens e contratar serviços. Os consumidores concorrerão a dois prêmios semanais de R$ 10 mil, dois prêmios mensais de R$ 30 mil e dois prêmios trimestrais de R$ 100 mil. O primeiro sorteio será em 7 de maio e o resultado sai dos números da Loteria Federal. A primeira etapa da campanha vai até 31 de dezembro. Para concorrer é preciso enviar uma mensagem de texto (SMS) a partir de um telefone celular para o número 8484 e informar os dados da nota ou do cupom fiscal. Cada mensagem dá direito a um número para concorrer aos sorteios dos prêmios durante 90 dias. Teatro O iluminador Beto Bruel e o cartunista Luiz Antonio Solda deram depoimentos emocionados sobre o Teatro Margem, na noite desta terça-feira no Miniauditório do Teatro Guaíra, como parte do ciclo “Teatro do Paraná em três atos – história, leituras dramáticas, depoimentos”. O grupo teatral, onde os dois artistas começaram suas atividades, marcou época na década de 70 em Curitiba, por seu experimentalismo e postura política de resistência. O debate foi precedido pela apresentação da peça “Duas criaturas gritando no palco”, de Manoel Carlos Karam, com Moa Leal e Fidy Correa, e direção de Gabriel Gorosito. O texto foi montado pela primeira vez para apresentação no Festival de Teatro deste ano, em março, quase sete anos depois da morte do autor.

Marcio Pauliki, visitou a Rádio Alternativa e cedeu entrevista exclusiva no Programa Bom Dia Cidade

De Siqueira Campos Isaele Machado

Na última quinta-feira(17), o pré-candidato a deputado estadual pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), Marcio Pauliki, esteve no Programa Jornalístico Bom Dia Cidade que é transmitido através da Rádio Comunitária Alternativa FM. Marcio Pauliki foi candidato a prefeito de Ponta Grossa na última eleição, onde conseguiu mais 54 mil votos, porém não foi eleito. Pauliki também é superintendente do grupo Mercadomóveis (MM) que hoje possui mais de 200 lojas que geram cerca de 3.500 empregos diretos nos estados do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. O interesse pela política surgiu de um desejo de mudança nos modelos da atual política no Paraná. Para ele as pessoas de bem, tem que sair da “zona” de conforto e entrar para a política com intuito de fazer as coisas mudarem e melhorarem.

Durante essa semana o pré-candidato está em visita no Norte Pioneiro e durante entrevista no programa jornalístico, ele destacou a necessidade de uma maior representatividade politica na região. Interessado no município de Siqueira Campos, Pauliki comentou sobre a questão da descentralização da saúde. “ Siqueira Campos tem potencial para se transformar em polo regional de saúde, pois é difícil a situação de pacientes que se deslocam a grandes centros, sendo que o município tem capacidade para ser referência no que se refere à saúde”, afirmou Sendo grande observador e interessado nas causas sociais, o pré-candidato fez uma breve análise sobre a arrecadação de impostos em Siqueira Campos, em que apenas 11%da arrecadação volta para investimentos no município. Na opinião dele,deveria haver no mínimo 50% de retorno ao município, pois Siqueira Campos arrecada mais

que a média de outras cidades e recebe menos que a média. “ Deve-se trabalhar em cima de leis, para solucionar isso, pois com a verba dos impostos retornando ao município abre-se um leque para um trabalho mais amplo voltado à saúde, infraestrutura, geração de empregos e educação”, explica Pauliki. Durante a entrevista, o précandidato ainda comentou que Siqueira Campos tem capacidade para investir na industrialização e capacitação dos jovens para o emprego. “Hoje o Instituto Mundo Melhor (criado pelo grupo MM) oferece cursos profissionalizantes para jovens, gestantes, detentos e a população que necessita de qualificação para o mercado de trabalho, nós temos a intenção de instalar unidade do instituto aqui em Siqueira Campos”, comentou O Instituto Mundo Melhor com sede em Ponta Grossa, atualmente atende 10 mil jovens e tem mais de 40 unidades em todo estado. São 120 cursos

profissionalizantes oferecidos gratuitamente à população. Para finalizar, Pauliki disse que como empresário já contribui para o desenvolvimento social, trabalhando na “máquina política”será possível desenvolver um trabalho mais amplo, principalmente no que se refere à qualificação profissional e geração de empregos. Entenda como funciona o Instituto Mundo Melhor O Instituto Mundo Melhor foi criado pelo Grupo MM (Mercadomóveis) e tem como objetivo fortalecer a rede social empresarial, construindo alianças estratégicas entre empresas, governos e organizações do terceiro setor, na perspectiva de apoiar as políticas públicas existentes em âmbito regional. O instituto visa desenvolver projetos economicamente viáveis e socialmente justos, de alcance regional, que promovam a transformação social dos grupos e comunidades beneficiadas.

Paulo Leonar visita Siqueira Campos e fala sobre a importância do investimento na educação O pré-candidato esteve em Siqueira Campos, onde deu entrevista ao CN destacando a importância de investimento em cursos profissionalizantes para os jovens De Siqueira Campos Isaele Machado Na última semana o pré-candidato a deputado federal pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT),Paulo Leonar, esteve em visita no município de Siqueira Campos. Leonar trabalha no Banco do Brasil em Wenceslau Braz e é professor de finanças na Faculdade de Ciências de Wenceslau Braz (FACIBRA). Durante entrevista concedida ao CN (Correio Notícias) Leonar comentou que visitou a APAE e o Lar do Menor Siqueirense, onde teve a oportunidade de conhecer as estruturas do local, bem como analisar as prioridades da entidade. Um dos grandes desejos do pré-candidato é trabalhar no sentido de alavancar a educação trazendo cursos profissionalizantes e promover um maior desempenho no mercado de trabalho aos jovens.

“Investindo na educação é possível proporcionar um futuro melhor em todos os sentidos. Dando atenção especial à juventude viabilizando cursos profissionalizantes, cursos de informática e tantos outros, além de contribuir para qualificação dos jovens, promove desenvolvimento econômico e diminui a incidência de crimes, pois o jovem se mantém ocupado o que acaba evitando que ele entre no caminho da marginalidade”, destacou. Outro assunto abordado por Paulo Leonar se refere à saúde, segundo ele é preciso centros especializados na região, para que os pacientes que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS), não precisem ficar se deslocando, realizando viagens longas para ter um atendimento ampliado e especializado. Durante a próxima semana o pré - candidato já tem uma agenda programada para visitar as cidades do Norte Pioneiro.

Isaele Machado

O pré-candidato Paulo Leonar concedeu entrevista exclusiva ao CN

Ipem O Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem) concluiu nesta quarta-feira (16) a Operação Especial de Páscoa com o objetivo de garantir os direitos dos consumidores paranaenses. Os fiscais do Instituto percorreram estabelecimentos comerciais em todo Estado, como supermercados, lojas de doces e indústrias especializadas para fiscalizar os produtos típicos dessa época do ano, em especial os ovos de chocolate e pescados congelados. Foram verificadas 6.686 unidades, no período de 25 de fevereiro a 16 de abril, com a realização de exames nos locais de revenda e indústrias e, também, nos laboratórios do Ipem-PR. Foram lavrados 34 autos de infração, que incluem irregularidades como a falta quantitativa nos produtos – quando o peso é menor que o indicado na embalagem – e irregularidades na embalagem. Ao todo, os fiscais do Ipem-PR visitaram 150 estabelecimentos. Combustível A secretária estadual da Administração e da Previdência, Dinorah Botto Portugal Nogara, apresentou nesta quarta-feira (16) o novo modelo de controle informatizado do abastecimento de combustíveis para veículos da frota pública do Estado. Entre as novidades está a utilização do cartão de pagamento magnético, que permitirá gerenciamento individualizado dos veículos e uma economia projetada de 15% a 20%. “Esse sistema foi planejado pela administração com vistas a garantir controle sobre o abastecimento, mais transparência, segurança na prestação de serviços à população e maior economia para o Estado”, disse a secretária. O sistema será implantado e operado pela empresa Nutricash, de Salvador (BA), vencedora de licitação. Golfe x deficiência As escolas especiais do Paraná ganharam nessa quarta-feira (16) uma nova quadra para a prática do Gofe-7, adaptada especialmente para alunos com necessidades especiais. A doação do espaço foi feita pela Federação Paranaense e Catarinense de Golfe em parceria com o Governo do Estado. Além da quadra, as escolas podem também emprestar os materiais para uso durante as aulas. O novo espaço será aberto a todas as escolas municipais, estaduais, particulares, organizações não governamentais e à comunidade que praticam o Golfe-7. Para utilizar a quadra, as escolas precisam apenas desenvolver algum projeto relacionado à prática do esporte na modalidade especial. Habilitado O Hospital Universitário Regional de Maringá (HUM) está habilitado pelo Ministério da Saúde a fazer implantes cocleares (prótese que substitui um órgão sensorial, no caso a audição). A habilitação foi concedida seis anos depois do pedido, feito a partir de um projeto de extensão desenvolvido pelo professor Jeferson Cedaro de Mendonça, do departamento de Medicina da Universidade Estadual de Maringá (UEM). O projeto foi desenvolvido em parceria com o Instituto da Audição, serviço já habilitado em média complexidade na Saúde Auditiva. Em 2013 a Secretaria de Saúde encaminhou parecer informando que havia demanda que justificava o credenciamento de outro serviço no Paraná, evitando que pacientes com a indicação do procedimento tivessem que se deslocar para Curitiba ou outros estados.


4

EDITAIS

Quarta-Feira - 23 de Abril de 2014 Edição 969


5

Quarta-Feira - 23 de Abril de 2014 Edição 969

EDITAIS

Troféu da Copa do Mundo de 2014 chega ao Brasil depois de rodar o mundo No Paraná, o troféu da Copa do Mundo ficará em exposição em Curitiba, no dia 3 de maio

Agência Brasil Vitor Abdala O troféu da Copa do Mundo de 2014 chegou segunda-feira (21) ao Rio de Janeiro, depois de passar por cerca de 80 países entre setembro do ano passado e abril deste ano. A taça ficará exposta até o próximo dia 25 no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, que será o palco da final do campeonato, no dia 13 de julho. Os visitantes poderão ver a taça das 9h às 21h. Após passar

pelo Rio de Janeiro, o troféu segue para as outras 26 capitais brasileiras. Ainda em abril, segue para Porto (26 e 27 de abril), Belo Horizonte (28 e 29 de abril) e Salvador (30 de abril e 1º de maio). Na primeira quinzena de maio, depois de Salvador, a taça segue para Cuiabá (2/5), Curitiba (dia 3/5), Florianópolis (dia 4/5), Campo Grande (dia 6/5), Goiânia (dia 7/5), Vitória (dia 8/5), Aracaju (9/5), Maceió (10/5), João Pessoa (11/5), São Luís (13/5), Palmas (14/5) e Macapá (15/5).

Por último, o troféu ficará exposto em Boa Vista (16/5), Rio Branco (17/5), Porto Velho (18/5), Manaus (19/5), Belém (20/5), Teresina (21/5), Natal (22/5), Recife (23 e 24 de maio), Fortaleza (dias 25 e 26) e Brasília (dias 27 e 28). A taça encerra sua turnê mundial na cidade de São Paulo, que será o palco da cerimônia de abertura e do primeiro jogo da Copa do Mundo, no dia 12 de junho. Ela ficará exposta na capital paulista entre os dias 29 de maio e 1º de junho.

Tânia Rêgo/Agência Brasil

Depois de passar por cerca de 80 países, o troféu da Copa do Mundo de 2014 chegou na segunda-feira (21) ao Rio de Janeiro


6

Quarta-Feira - 23 de Abril de 2014 Edição 969

EDITAIS

PREFEITURA DE SIQUEIRA CAMPOS ESTADO DO PARANÁ LEI Nº 959/2014

função no serviço público municipal.

cartório. § 2º. O Poder Executivo poderá prorrogar o prazo de que trata o “caput” deste artigo. a Fazenda Municipal proporá a suspensão da mesma enquanto o programa estiver sendo cumprido. Art. 7º. O crédito tributário consolidado na forma do art. 2º sujeitar- se-á a 1% (um por cento) de juros simples ao mês a partir do Art. 8º. O contribuinte optante pelo REFIS MUNICIPAL será dele excluído, nas seguinte hipóteses, mediante ato da Secretaria Municipal da Fazenda :

Faço saber que a Câmara de Vereadores aprovou e eu Prefeito Municipal sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica Criado o Cargo de Chefe da Divisão de Esporte Amador no Anexo II - Cargos de Provimento em Comissão da Lei Municipal 018/2005. Número NOMENCLATURA

CÓDIGO DE NÍVEL

CARGA HORÁRIA

AMADOR

I

– em caso de inadimplemento por 3 (três) meses consecutivos ou alternados;

II

– em caso de inadimplemento de tributos municipais relativos a fatos geradores ocorridos após a data da formalização

do acordo; Lei; III

– inobservância de qualquer das condições estabelecidas nessa

IV

– apuração através de lançamento de ofício, de débito não incluído espontaneamente na confissão dos débitos

alcançados pelo programa, salvo se pago integralmente em 30 (trinta) dias, ao contar da ciência do lançamento, ou da decisão definitiva administrativa ou judicial;

CHEFE DA DIVISÃO DE ESPORTE 20

40

Art. 2º - Compete ao Chefe da Divisão de Esporte Amador I

– devolvido, devidamente preenchido e assinado pela pessoa física ou jurídica optante, com firma reconhecida em

mês subsequente ao do deferimento.

O Prefeito Municipal de Siqueira Campos, Estado do paraná:

01

IV

§ 3º. Quando deferida a opção pelo REFIS MUNICIPAL, caso haja débito incluído no programa que seja objeto de execução fiscal,

Súmula: Altera dispositivos da Lei Municipal 018/2005 que Institui o Plano de Cargos, vencimentos, salários e gratificações de

de cargos

procuração;

- coordenar os servidores destinados à execução de atividades voltadas para o desporto em suas diversas modalida-

des; II

- apoiar na realização de competições municipais;

III

- criar mecanismos de motivação ao desenvolvimento da prática esportiva;

IV

- executar outras atividades determinadas pelo chefe imediato.

Art. 3º - Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

V

– Apuração, pela Fazenda Municipal, da prática de qualquer ato doloso ou fraudulento tendente a subtrair do Erário

Municipal, no todo ou em parte, tributo que devera recolher na condição de contribuinte ou responsável. Parágrafo único. A exclusão do optante do REFIS MUNICIPAL implicará exigibilidade imediata da totalidade do crédito confessado e ainda não pago e conseqüente cobrança extra-judicial ou judicial. Art. 9º. Os procedimentos administrativos para o processamento dos pedidos de adesão no REFIS MUNICIPAL e parcelamento de que trata a presente Lei observarão os regulamentos aplicados aos parcelamentos vigentes, no que couber. Art. 10. O REFIS MUNICIPAL não alcança os créditos tributários relativos ao Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis – ITBI. Art. 11. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. Siqueira Campos, 16 de abril de 2014. Fabiano Lopes Bueno

GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS – PR, aos 16 dias do mês de Abril do ano de 2014.

Prefeito Municipal

Fabiano Lopes Bueno

PREFEITURA DE SIQUEIRA CAMPOS ESTADO DO PARANÁ

Prefeito Municipal

PREFEITURA DE SIQUEIRA CAMPOS ESTADO DO PARANÁ LEI Nº 960/2014

“Dispõe sobre a criação do Programa de Recuperação Fiscal de Siqueira Campos – REFIS MUNICIPAL.” O Prefeito Municipal de Siqueira Campos, Estado do paraná Faço saber que a Câmara de Vereadores aprovou e eu Prefeito Municipal sanciono a seguinte Lei: O PREFEITO MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS, ESTADO DO PARANÁ, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, PROPÕE O SEGUINTE PROJETO DE LEI: Art. 1º - Fica instituído o Programa de Recuperação Fiscal de Siqueira Campos – REFIS MUNICIPAL – com a finalidade de promover a regularização de créditos tributários referentes ao exercício de 2013, vencidos até 31 de dezembro de 2013, inscritos em

LEI Nº 961/2014

Súmula: Altera dispositivos da Lei Municipal 001/2005 que Dispõe sobre a organização administrativa da Prefeitura Municipal de Siqueira Campos e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Siqueira Campos, Estado do Paraná: Faço saber que a Câmara de Vereadores aprovou e eu Prefeito Municipal sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica Criada a Divisão de Esportes Amador, unidade administrativa subordinada ao Departamento de Esporte e Lazer. Art. 2º - A Divisão de Esportes Amador tem por objetivo a execução das atividades relativas à programação, organização e supervisão de ações voltadas para o desporto em geral. Art. 3º - Fica extinta a Divisão de Escolinhas, unidade administrativa ligada ao Departamento de Esporte e Lazer. Art. 4º - Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário. PREFEITURA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS – PR, aos 16 dias do mês de Abril do ano de 2014. Fabiano Lopes Bueno

dívida ativa ou não, ajuizados ou não, com exigibilidade suspensa ou não, exceto os já parcelados.

Prefeito Municipal

Parágrafo único – Os créditos tributários de exercícios anteriores a 2013, ressalvadas situações especiais, deverão ser cobrados

SUMULA DE REQUERIMENTO DA LICENÇA AMBIENTALDE NSTALAÇÃO

integralmente, mediante notificação, concedendo um prazo de 10 (dez) dias, após a notificação, para pagamento, no caso de não pagamento, deverão ser encaminhados ao Tabelionato de Notas e Protestos de Títulos. Art. 2º - As pessoas físicas ou jurídicas que aderirem ao REFIS MUNICIPAL gozarão dos seguintes benefícios: I

- redução de 70% (setenta por cento) da multa de mora, juros de mora e da multa de inscrição em dívida ativa, para

pagamento à vista; II

- redução de 50% (cinquenta por cento) da multa de mora, juros de mora e da multa de inscrição em dívida ativa, para

Sra Maria F. de Oliveira e Marcio F. de Oliveira, Torna publico que requerendo Junto ao Instituto Ambiental do Paraná – IAP, ,para Granja de Aves, no município de Santa Amélia /PR

pagamento em até 05 (cinco) parcelas; III

SUMULA DE RECEBIMENTO LICENÇA AMBIENTAL PREVIA

– redução de 30% (trinta por cento) da multa de mora, juros de mora e da multa de inscrição em dívida ativa, para

pagamento em até 10 (dez) parcelas; § 1º. O disposto neste artigo não autoriza a restituição ou compensação de importâncias já pagas. § 2º. O valor de cada parcela do financiamento em questão não poderá, em qualquer hipótese, ser inferior ao valor de R$ 50,00

O Sra Maria F. de Oliveira e Marcio F. de Oliveira, Torna publico que recebeu a Licença Previa nº35853 e do Instituto Ambiental do

(cinqüenta reais) quando se tratar de pessoa física e R$ 100,00 (cem reais) quando se tratar de pessoa jurídica.

Paraná – IAP,para Granja de Aves, no município de Santa Amélia /PR

§ 3° - Excetuam-se do disposto neste artigo os créditos tributários ou não, já executados judicialmente, com bens penhorados ou

SUMULA DE REQUERIMENTO DA LICENÇA PREVIA

com efetivação de depósitos em dinheiro, os quais somente poderão ser pagos ou parcelados após manifestação da Procuradoria Geral do Município. Art. 3º - A administração dos REFIS MUNICIPAL 2014 será exercida exclusivamente pela Secretaria Municipal da Fazenda, a quem compete o gerenciamento e a implementação dos procedimentos necessários à execução do Programa, notadamente: I

– expedir atos normativos necessários à execução do Programa;

II

– promover a integração das rotinas e procedimentos necessários à execução dos REFIS MUNICIPAL 2014, especial-

A Sr. Gicelli Cerbatto Hentz Sbruzzi, Torna publico que esta requerendo Junto ao Instituto Ambiental do Paraná – IAP, ,a Licença Previa, para Granja de Aves, no município de Jacarezinho /PR

SUMULA DE REQUERIMENTO DA LICENÇA AMBIENTALDE NSTALAÇÃO

mente no que se refere aos sistemas informatizados dos órgãos envolvidos; III

– receber as opções pelos REFIS MUNICIPAL 2014;

IV

– excluir do Programa os optantes que descumprirem suas condições previstas nesta Lei.

Art. 4º. O ingresso no REFIS MUNICIPAL dar-se-á por opção da pessoa física ou jurídica, que fará jus a regime especial de consolidação e parcelamento dos créditos tributários referidos no art.1º, desta Lei Complementar. § 1º. Os créditos tributários existentes em nome do optante serão consolidados tendo por base a formalização do pedido de ingres-

O Sr. Josinei Inocencio de Siqueira e outro, Torna publico que recebeu a licença de Instalação nº 13672 e esta requerendo Junto ao Instituto Ambiental do Paraná – IAP, ,a Licença de Operação, para Granja de Aves, no município de Jaboti /PR

so no REFIS MUNICIPAL e implicará na inclusão da totalidade dos créditos tributários referidos no art. 1º.

PREFEITURA DE JAPIRA ESTADO DO PARANÁ

§ 2º. A consolidação abrangerá todos os créditos tributários existentes em nome da pessoa física ou jurídica, inclusive os acréscimos legais relativos à multa, de mora ou de ofício, a juros moratórios e atualização monetária, determinados nos termos da legislação vigente à época da ocorrência dos respectivos fatos geradores. Art. 5º. Para fins do parcelamento de que trata esta Lei a primeira parcela deverá ser paga até o último dia útil do mês de formali-

EXTRATO do 1 º ADITIVO DO CONTRATO Nº 050/2013-PMJ

zação do REFIS MUNICIPAL, e as demais até o último dia útil dos meses subsequentes.

TOMADA DE PREÇOS Nº 006/2013-PMJ

§ 1º O pedido de parcelamento sujeita o contribuinte a:

PARTES: MUNICÍPIO DE JAPIRA e a Sra. ANTONIELY SILVEIRA FANTINATI.

I

- confissão irrevogável e irretratável dos créditos tributários;

OBJETO: O presente termo aditivo tem por objeto a prorrogação da vigência do contrato nº 050/2013-PMJ, de acordo com a Cláu-

II

- expressa renúncia a qualquer defesa ou recurso administrativo, bem como desistência dos já interpostos, relativa-

sula 13ª do referido contrato e Art. 57, Inciso II da Lei 8.666/93, e alteração do valor unitário constante da Cláusula 4ª do referido

mente aos créditos tributários objeto do parcelamento;

contrato.

III

DO VALOR: O valor mensal será de R$ 1.499,94 (um mil e quatrocentos e noventa e nove reais e noventa e quatro centavos),

– aceitação plena e irretratável de todas as condições estabelecidas para o programa.

§ 2º. A opção pelo REFIS MUNICIPAL exclui qualquer outra forma de parcelamento relativamente aos débitos incluídos no pro-

perfazendo o valor total de R$ 17.999,28 (dezessete mil e novecentos e noventa e nove reais e vinte e oito centavos).

grama.

DA VIGÊNCIA: A vigência do Contrato nº 050/2013-PMJ, fica prorrogado pelo período de 12 (doze) meses, contados a partir da

Art. 6º. A opção pelo REFIS MUNICIPAL poderá ser formalizada até o dia 30 de novembro de 2014, mediante Termo de Acordo de

assinatura do presente.

Parcelamento – TAP – conforme modelo a ser fornecido pela Secretaria Municipal da Fazenda.

DA RATIFICAÇÃO: Todas as demais cláusulas do Contrato nº 050/2013-PMJ não atingidas pelo presente instrumento ficam ratifi-

§ 1º O Termo de Opção dos REFIS MUNICIPAL poderá ser:

cadas.

I

– encaminhado, via correio, para todas as pessoas físicas ou jurídicas com débitos fiscais inscritos em dívida ativa;

FORO: Comarca de Ibaiti, Estado do Paraná.

II

– entregue, na Secretaria Municipal da Fazenda, repartição competente, para todas as pessoas físicas ou jurídicas que

Japira, 06 de março de 2014.

queiram denunciar débitos fiscais ainda não constituídos, com a discriminação das espécies dos tributos, bem como das respectivas competências; III

– firmado pela pessoa física ou jurídica, ou pelos respectivos responsáveis, sendo exigida destes últimos a devida

WILSON RONALDO RONY DE OLIVEIRA SANTOS - Prefeito Municipal - CONTRATANTE ANTONIELY SILVEIRA FANTINATI - Psicóloga - CONTRATADA


7

Quarta-Feira - 23 de Abril de 2014 Edição 969

EDITAIS

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ

TERMO DE ADJUDICAÇÃO

HOMOLOGAÇÃO

REF.: Pregão Presencial de nº 18/2014 O Pregoeiro Oficial do Município de São José da Boa Vista – Paraná, no uso de suas atribuições, comunica aos interessados e par-

OBJETO: “Aquisição de Veículo nacional 0Km, ano/mod: 2014/2014, Motorização: 1.0, 02 portas, na cor branca, destinado ao

ticipantes do certame licitatório referente ao processo nº 27/2014 – PREGÃO PRESENCIAL Nº 18/2014, objetivando a Aquisição

Programa de Inseminação Artificial realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária”

de Veículo nacional 0Km, ano/mod: 2014/2014, Motorização: 1.0, 02 portas, na cor branca, destinado ao Programa de Insemina-

Face ao contido no Resultado do Processo, homologo o presente procedimento licitatório à proponente, C. BENEDETTI & C.

ção Artificial realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária, que adjudica como vencedora do certame a empresa:

BENEDETTI LTDA ME, no valor Total de R$ 25.996,00 (Vinte cinco mil novecentos e noventa e seis reais).

C. BENEDETTI & C. BENEDETTI LTDA ME, no valor total de R$ 25.996,00 (Vinte cinco mil novecentos e noventa e seis reais). São José da Boa Vista, 17 de abril de 2014.

São José da Boa Vista-Pr, em 22 de abril de 2014. Willys Manoel Barbosa

Pedro Sérgio Kronéis

Pregoeiro Oficial

Prefeito Municipal

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ

AVISO DE VENDA-EDITAL DE LEILÃO Nº 01/2014

HOMOLOGAÇÃO

O Município de São José da Boa Vista-PR torna público que fará realizar, ás 10:00 horas do dia 09 de maio de 2014, na sede da

REF.: Pregão Presencial de nº 20/2014

Prefeitura Municipal de São José da Boa Vista-PR, a venda dos seguintes bens:

OBJETO: “Registro de Preços para futura e eventual aquisição de equipamentos de informática” Face ao contido no Resultado do Processo, homologo o presente procedimento licitatório às proponentes: Itens nº 02, 03, 04,

ITEM ESPECIFICAÇÃO

12, 15, no valor Total de R$ 20.560,00 (Vinte mil quinhentos e sessenta reais), tendo como vencedora a proponente S. T. DOS

01

SANTOS & CIA LTDA ME. Para o Item nº 01, no valor total de R$ 29.625,00 (Vinte nove mil seiscentos e vinte cinco reais), tendo

Veículo Volkswagen Kombi, Mis/Camioneta, Combust: Álcool/Gasolina, Categoria: Oficial, Cor: Branca, ano/mod:

2008/2009. R$ 17.000,00

como vencedora a proponente RODRIGO GODÓI ME e para os Itens nº 05, 06, 07, 08, 09, 10, 11, 13, 14, 16, 17, 18, 19, 20, 21 no

02

valor total de R$ 43.647,00 (Quarenta e três mil seiscentos e quarenta e sete reais), tendo como vencedora a proponente CARLOS

Veículo Fiat Uno Mille Fire, pás/Automóvel, Combust: Gasolina, Categoria: Oficial, Cor: Branca, ano/mod: 2003/2004.

R$ 7.000,00

ROBERTO EGEA VARGAS ME.

Maiores esclarecimentos poderão ser obtidos no Edifício da Prefeitura Municipal, no horário comercial, pelo fone: (043) 3565-1252 ou através do e-mail: licitapmsjbv@yahoo.com.br.

São José da Boa Vista-Pr, em 22 de abril de 2014. Pedro Sérgio Kronéis

São José da Boa Vista-Pr, 22 de abril de 2014.

Prefeito Municipal Willys Manoel Barbosa

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ

Presidente da Comissão de Licitações

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ AVISO DE LICITAÇÃO

DECRETO Nº 59/2014

Súmula:

Fixa os valores das tarifas e preços públicos aos serviços que especifica e dá outras providências.

PEDRO SÉRGIO KRONÉIS, Prefeito do Município de São José da Boa Vista, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe confere o art. 42, I, da Lei Orgânica do Município, na forma da Lei:

PREGÃO PRESENCIAL N° 19/2014 – REGISTRO DE PREÇOS

Considerando o previsto na Lei municipal nº 518/1999 que institui o Código Tributário Municipal, em seu artigo 220, caput;

O Município de São José da Boa Vista-PR torna público que fará realizar na sede da Prefeitura Municipal, processo licitatório na

D E C R E T A:

modalidade Pregão Presencial que tem por objeto, “Registro de Preços para futura e eventual aquisição de artefatos de concreto – Manilhas, Meio Fio e Lajotas”. O recebimento dos envelopes se dará no dia 08/05/2014, à partir das 09h00min e a abertura dos

Art. 1º. Ficam fixados os valores das tarifas e preços públicos a serem cobrados pelo Município em razão dos serviços e usos de

mesmos será realizada na mesma data, pontualmente às 10h00min. Maiores esclarecimentos poderão ser obtidos no Edifício da

equipamentos públicos conforme especificado no anexo único ao presente decreto.

Prefeitura Municipal, no horário comercial, pelo fone: (043) 3565-1252 ou através do e-mail: licitapmsjbv@yahoo.com.br.

Parágrafo único – Os serviços serão pagos pelo usuário e constituirão receita municipal. Art. 2º. A cobrança dar-se-á mediante a emissão de DAM-Documento de Arrecadação Municipal após requerimento formulado pelo

São José da Boa Vista, 22 de abril de 2014.

requisitante dos serviços e mediante aprovação do Secretário de Obras, Viação e Urbanismo. Parágrafo único – A prestação do serviço e a utilização do equipamento público somente será deferido quando o requisitante Willys Manoel Barbosa Pregoeiro Oficial

apresentar certidão negativa de débitos com a Fazenda Pública municipal. Art. 3º. A prestação do serviço ou o uso de equipamentos somente poderá ser deferido no caso de execução de serviços esporádicos necessários ao atendimento de demandas de particulares a serem executadas dentro do território do Município.

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ

Art. 4º. Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. Município de São José da Boa Vista, Estado do Paraná, aos dezessete dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze. 54º da Emancipação Política do Município. PEDRO SERGIO KRONÉIS

AVISO DE LICITAÇÃO

Prefeito do Município

PREGÃO PRESENCIAL N° 28/2014 DECRETO 59/2014 O Município de São José da Boa Vista-PR torna público que fará realizar na sede da Prefeitura Municipal, processo licitatório na

ANEXO

modalidade Pregão Presencial que tem por objeto, “Aquisição de material escolar para manutenção dos Estabelecimentos de

TABELA DE VALORES

Educação Municipal”. O recebimento dos envelopes se dará no dia 13/05/2014, à partir das 09h00min e a abertura dos mesmos

DESCRIÇÃO VALOR UNIDADE

será realizada na mesma data, pontualmente às 10h00min. Maiores esclarecimentos poderão ser obtidos no Edifício da Prefeitura

Motoniveladora R$ 110,00 Hora

Municipal, no horário comercial, pelo fone: (043) 3565-1252 ou através do e-mail: licitapmsjbv@yahoo.com.br.

Retroescavadeira R$ 80,00 Hora

São José da Boa Vista, 22 de abril de 2014.

Pá carregadeira

R$ 90,00

Hora

Caminhão toco

R$ 1,80

Km

Caminhão trucado

R$ 2,50

Km

Willys Manoel Barbosa

Pedra R$ 35,00 Caçamba

Pregoeiro Oficial

Terra R$ 25,00 Caçamba

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ

AVISO DE LICITAÇÃO

EDITAL DE HABILITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS

TOMADA DE PREÇOS N° 04/2014

REF: PREGÃO PRESENCIAL 18/2014

O Município de São José da Boa Vista-PR torna público que fará realizar na sede da Prefeitura Municipal, processo licitatório na

O pregoeiro oficial, Willys Manoel Barbosa, comunica aos interessados no fornecimento do objeto do pregão presencial nº 18/2014,

modalidade Tomada de Preços que tem por objeto, “Contratação de empresa para construção de Unidade Básica de Saúde Tipo

que após a análise e verificação da documentação apresentada pela proponente, decidiu habilitar e qualificar a seguinte propo-

I, conforme projetos arquitetônicos do Ministério da Saúde”. O recebimento dos envelopes se dará no dia 19/05/2014, à partir das

nente, tornando-a vencedora do certame.

09h00min e a abertura dos mesmos será realizada na mesma data, pontualmente às 10h00min. Maiores esclarecimentos poderão

ser obtidos no Edifício da Prefeitura Municipal, no horário comercial, pelo fone: (043) 35651252 ou através do e-mail: licitapmsjbv@

01 C. BENEDETTI & C. BENEDETTI LTDA ME. 01. R$ 25.996,00

Proponente Item

Valor Total

yahoo.com.br. São José da Boa Vista-Pr, 17 de abril de 2014. São José da Boa Vista, 22 de abril de 2014. Willys Manoel Barbosa

Willys Manoel Barbosa.

Presidente da Comissão de Licitação

Pregoeiro Oficial


8

Quarta-Feira - 23 de Abril de 2014 Edição 969

GERAL

Colisão transversal motoristas feridos em Siqueira Campos

As vítimas sofreram ferimentos leves e foram encaminhadas para atendimento De Siqueira Campos Isaele Machado Por volta de 12h55 da tarde de ontem (22) a Policia Militar de Siqueira Campos se deslocou até a Rua Marechal Deodoro da Fonseca esquina para a Rua dos Expedicionários, onde ocorreu um acidente envolvendo um Veiculo Corsa, de cor branca, placa ALD 6106 de Siquera Campos,conduzido por P.P.P e um veiculo Voyage, de cor prata (taxi), placa AWJ 9448, conduzido por

J.A.F. A colisão transversal causou danos médios a ambos os veículos. Os motoristas tiveram ferimentos leves e foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhados para a Santa de Misericórdia de Siqueira Campos. De acordo com informações do Sargento Idemar do 2° Pelotão de Policia Militar de Siqueira Campos, os veículos estavam com a documentação em dia.

Fotos: Rodolfo Carvalho

O acidente ocorreu na Rua Marechal Floriano Peixoto esquina com a Rua dos Expedicionários

IML identifica mortos em Paraná é o estado com tragédia na BR-369; sete maior número de mortes eram mulheres nas rodovias federais O motorista do ônibus que tombou contou aos bombeiros de Bandeirantes que perdeu o controle do veículo em uma curva durante o feriado Bond News

Ao todo foram 27 mortos, 203 feridos e 240 acidentes. No país foram 2.726 acidentes, com 136 mortos e 1.629 feridos De Curitiba Assessoria

Ônibus totalmente danificado após acidente

De Bandeirantes Assessoria

Sete das oito pessoas mortas no acidente da BR-369 eram mulheres, segundo informou às 14h desta segunda-feira (21) o Instituto Médico Legal (IML) de Jacarezinho. Entre elas, encontra-se uma adolescente de 13 anos. As vítimas foram identificadas como Ellen Ruth dos Santos Barros; Gilvania Serafim Ferreira; Nair Farias Ferreira; Tainá de Oliveira Pires; Erony de Souza Lima; Antônia Luíza de Camargo; André Vinícius dos Santos; e Ana Paula Nascimento de Oliveira. Todos eram moradores do estado de São Paulo. A Polícia Civil também atualizou para 22 o número de feridos na ocorrência. O acidente - tombamento de um ônibus de turismo - aconteceu por volta das 2h desta segunda no km 52 da rodovia, entre os municípios de Bandeirantes e Andirá (Norte

do Paraná). O acidente O motorista do ônibus que tombou contou aos bombeiros de Bandeirantes que perdeu o controle do veículo em uma curva após o registro de falhas nos freios. A Polícia Civil de Bandeirantes abriu inquérito para apurar se houve falha mecânica ou humana. O tacógrafo foi apreendido pela Perícia para determinar a velocidade exata no momento do acidente. A polícia também pretende ouvir os passageiros sobreviventes e já liberados dos hospitais. Pelo menos 45 pessoas estavam no ônibus, entre elas dois motoristas. A grande parte delas não usava cinto de segurança. Dois dos oito mortos foram ejetados do veículo durante o tombamento. Os outros seis ficaram encarcerados e foram retirados das ferragens dos ônibus pelos socorristas. Os feridos foram encaminhados para as unidades da Santa Casa de Cornélio Procó-

pio e Bandeirantes. Um deles, em estado mais grave, precisou ser transferido para o Hospital Universitário (HU) de Londrina. O atendimento às vitimas na BR-369 durou cerca de quatro horas, segundo os bombeiros. O resgate foi realizado por equipes do Samu e do Siate de quatro cidades da região e pela concessionária de pedágio que administra o trecho da rodovia (Econorte). A empresa de turismo responsável pela viagem divulgou uma nota de pesar lamentando o acidente trágico. Confira: "A Giltur Viagens e Turismo vem lamentar o acidente ocorrido na rodovia BR-369, no Paraná, na madrugada desta segunda-feira, que deixou dezenas de feridos e vitimou 8 passageiros. Sentimos muito pelas perdas. Estamos prestando toda ajuda e auxílio que é possível no momento. Nos solidarizamos com as famílias e daremos todo o apoio que for necessário."

O Paraná foi o estado que registrou maior número de mortes nas rodovias federais durante os feriados de Páscoa e Tiradentes, segundo boletim da Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgado nesta segundafeira (22). Ao todo foram 27 mortos, 203 feridos e 240 acidentes. No país foram 2.726 acidentes, com 136 mortos e 1.629 feridos. “Nacionalmente tivemos redução em termos comparativos à frota e à média diária de 9% no número de mortos. Esse número é bastante positivo, mas consideramos que o número de mortes ainda é alto. Infelizmente, percebemos que

ainda existe essa questão de beber e dirigir, mas a gente já percebe aumento da conscientização do cidadão”, disse o chefe da Divisão de Planejamento Operacional da PRF, inspetor Stênio Pires. Segundo a PRF, 183.583 pessoas foram fiscalizadas em 184.246 veículos no país. Foram feitos 56.246 testes de alcoolemia que resultaram em 1.109 autuações e 266 prisões. Durante a operação, 5.745 condutores foram autuados por ultrapassagem proibida. No total, foram emitidas 52.282 multas e apreendidas 1.164 carteiras de motorista. Além disso, quase metade das mortes foi ocasionada por falta de atenção dos motoristas e excesso de velocidade.

A Operação Rodovida, voltada para a prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito nas rodovias federais durante o feriado prolongado, teve a participação de 10 mil agentes da PRF e contou com 150 radares móveis e 11 helicópteros da corporação. A ação teve o objetivo de conscientizar os motoristas sobre os cuidados ao viajar e a importância de seguir as regras de trânsito. O foco foi o combate à embriaguez ao volante, além da fiscalização de motocicletas e do uso do cinto de segurança e das cadeirinhas para crianças. Ultrapassagens proibidas e velocidade acima da permitida também estavam no foco da operação, que ocorre desde 2011.


Correio Notícias - Edição 969