Issuu on Google+

1

Terça-Feira / 11 de Março de 2014

Edição 943

Terça-Feira

Edição 943 Março / 2014

11

Motorista que atropelou e matou criança em Siqueira Campos já está preso

Página 8

Exame de sangue é capaz de prever Alzheimer, aponta pesquisa

Hospital Nossa Senhora da Saúde ganha novo Raio X

Eles mostraram que testes de nível de 10 gorduras no sangue permitiria detectar - com 90% de precisão - o risco de uma pessoa desenvolver a doença nos próximos três anos. Os resultados, publicados na revista Nature Medicine, agora passarão por testes clínicos maiores. Especialistas dizem que os resultados ainda precisam ser confirmados, mas que tal exame seria "um verdadeiro passo em frente." Página 4

Caminhão da prefeitura de Ibaiti é incendiado Aparelho antigo estava quebrado, mas foi recuperado, e deve ser instalado em uma Unidade Básica de Saúde. Página 3

13ª Festa do Lar do Menor Siqueirense atrai aproximadamente 15 mil visitantes

Página 5

A 13ª Festa do Lar do Menor Siqueirense que já se tornou um atrativo regional, superou todas as expectativas dos organizadores. Uma das tradicionais festas de Siqueira Campos bateu o recorde de público, com diversas atrações que garantiram a alegria dos visitantes. Aproximadamente, 15 mil pessoas participaram do tradicional evento, nas três noites de festa. Página 4


2

Terça-Feira / 11 de Março de 2014

Edição 943

OPINIÃO

Lêmingues bípedes Por Clóvis Borges A nova crise instalada no país, dando conta de reservatórios de água abaixo do nível de segurança, indica riscos de desabastecimento e déficits de geração de energia. Em outras regiões, cheias assolam territórios inteiros. São situações conhecidas, mas não enfrentadas de forma distinta de ocorrências passadas. Representam a evidência, que não pode ser mais explícita, do nosso comportamento esquivo e recorrente de negar as verdadeiras causas dos fenômenos ambientais extremos. Alardes – sempre na última hora, demandando economia de água e energia – são praticamente inócuos para esperar da população reação mais qualificada e de efeito prático. Ao contrário: eliminar os estoques de aparelhos de ar condicionado e ventiladores, impondo mais consumo energético, é a ação prática que repercute. Fica evidenciado que, a exemplo do recente rodízio de abastecimento no Paraná (e de tantos outros), a falta de água é uma imposição das limitações ambientais crescentes. Ao vivenciarmos pres-

sões desse tipo, é curioso como conseguimos enxergar melhor nossas limitações diante da natureza e do quanto somos dependentes dos serviços que ela nos proporciona, como a chuva na medida certa, por exemplo. Nossa empáfia e arrogância se esvaem diante de torneiras vazias ou da possibilidade de sermos obrigados a abandonar nossos lares pelas enchentes. Colocamo-nos à deriva, à espera do que a sorte puder nos proporcionar. Menos mal se, a partir desses cenários de penúria, conseguíssemos enxergar a conexão direta entre a conservação de áreas naturais e a nossa capacidade de resiliência perante as mudanças impostas pelo clima, algumas delas de ocorrência cíclica, e outras decorrentes das mudanças climáticas globais, causadas pelas ações do próprio ser humano. É desalentador não existirem posicionamentos mais enfáticos que esclareçam que a degradação de áreas naturais e a perda da biodiversidade têm relação direta com a falta ou o excesso de água, a crise de energia e mais uma ampla

gama de perdas econômicas e limitações à qualidade de vida, relacionadas a pressões excessivas ao meio ambiente e que são impostas a um número crescente de cidadãos. Usando de paliativos e discursos demagógicos, mantemo-nos inertes diante das verdadeiras causas destes fenômenos. Seguimos com práticas que permitem a degradação continuada de áreas naturais e que impossibilitam uma agenda racional para minimizar suas consequências negativas. Suportamos, igualmente, por falta de alternativa, os períodos de lástima. E, ultrapassado o momento mais crítico, fazemos o que sempre fizemos: seguimos determinados, desconsiderando as variáveis ambientais das quais dependemos. Em vez de realizarmos intervenções que limitem o comprometimento do nosso futuro, simplesmente não damos atenção a esses desafios, impossíveis de enfrentar apenas com políticas de curtíssimo prazo e da visão mesquinha em relação à relevância dos investimentos para a conservação do patrimônio natural.

Somos parcimoniosos com incontáveis negócios que nos impactam em descumprimento às leis ambientais. Alteramos a legislação, como no emblemático caso do Código Florestal Brasileiro, ignorando as profundas consequências negativas dessa decisão para toda a sociedade. Como que seguros de nosso caminho, buscamos com determinação o aumento contínuo do consumo para, assim, perseguir o “bem-estar” e a “felicidade”. Os lêmingues, espécie de roedores do Norte da Europa, em algum momento das suas vidas, atiram-se em grupo de despenhadeiros, sem existir explicação para tal comportamento. Pelas similaridades evidenciadas, parece que não temos como demonstrar capacidade distinta. Continuamos apostando num equacionamento impossível para um só planeta: um andar consciente em direção ao despenhadeiro, sustentado pelo nosso reiterado comportamento ao ignorar a realidade e as verdadeiras causas de nossos estranhamentos com o meio ambiente. Como explicar?

Charge do dia

O descaso com a cultura em Curitiba e no Paraná Por Jul Leardini O descaso no Brasil é geral – e com a cultura não é diferente. A classe artística de Curitiba está há dois anos sem o lançamento do edital do Mecenato Subsidiado, que deveria, por lei, ser lançado pelo menos uma vez por ano. O último edital é de dezembro de 2011. As verbas previstas, em vez de subirem, acompanhando as demandas, diminuem, mesmo com as promessas em contrário de políticos e gestores da área. Há anos o Fórum das Entidades Culturais tem cobrado ações mais concretas da Fundação Cultural de Curitiba, no sentido de organizar os editais de cultura, tanto do Mecenato quanto do Fundo Municipal de Cultura. Mas sempre o descaso tem sido a regra, não havendo explicações claras para os trabalhadores do setor. O novo prefeito assumiu há pouco mais de um ano, assim como a nova diretoria da Fundação Cultural de Curitiba. O novo prefeito garantiu, publicamente, que envidaria esforços para liberar 1% para a cultura em Curitiba, como exige o Plano Nacional de Cultura. O Fórum das Entidades já protocolou vários ofícios no ano passado e também neste ano de 2014, pedindo esclarecimentos sobre os editais e sobre a situação da cultura em Curitiba. A demanda está reprimida, gerando dificuldades variadas aos produtores e artistas locais, criando descontinuidade, dificultando a sustentabilidade profissional, desanimando o setor que já não acredita mais em promessas eternas dos gestores e políticos. Entra partido e sai partido, parece que todos seguem a mesma cartilha: desrespeito, descaso e falta de atenção para com a cultura. Discurso não falta: muita oralidade, reuniões e viagens, mas não passa disso. Promessas aos montes, mas que não se cumprem. Parece que estamos fadados ao domínio programático de partidos políticos incompetentes que amarram todas as ações em função de seus interesses partidários. Na esfera estadual a coisa está pior, pois, além das verbas diminutas, reduzidas ainda mais nesta gestão, o Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Profice), criado pela Coordenação de Incentivo à Cultura (CIC), aprovado há meses pelo Conselho Estadual de Cultura, está parado na Secretaria da Fazenda, aguardando definições para poder ser lançado. Este edital já deveria ter sido lançado no primeiro semestre do ano passado, mas até agora passeia pela sala de burocratas descomprometidos com a situação difícil do setor cultural em todo o estado do Paraná. Já na esfera federal, a PEC 150, que prevê melhorias para a cultura no Brasil, está parada há mais de dez anos, apesar das tentativas do setor de vê-la aprovada. É a festa do descaso que sai às ruas, demonstrando toda a sua competência. Salve(m) o Brasil!! Jul Leardini, diretor de cinema e teatro, é membro do Conselho de Cultura do Paraná e do Fórum das Entidades Culturais Curitiba – Paraná.

jornalística correio do norte s/c ltda - cnpj: 07.117.234/0001-62 Site: www.correionoticias.com.br - E-mail: editais@correionoticias.com.br escritório siqueira campos diagramacao@correionoticias.com.br Rua Dos Expedicionários,1525 - centro Siqueira Campos - Paraná REPRESENTAÇÃO (43) 3571-3646 | 9604-4882 MERCONET Representação de Veículos de ComuniOs artigos publicados não expressam necessariamente a opinião do Jornal e são de total responsabilidade dos autores.

cação LTDA Rua Dep. Atilio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 | Fax: 41-3079-3633

Direção / editora chefe

Elizabete Gois redação

Camila Consulin, Isaele Machado, Regiane Romão DIAGRAMAÇÃO

Bruno Rafael, Marcos Vinícius administrativo

Isamara Machado, Claudenice Machado COLUNISTA

Gênesis Machado

Siqueira Campos Cornélio Procópio Curitiba Ibaiti Japira Jaboti Salto do Itararé Carlópolis Joaquim Távora Guapirama Quatiguá Jacarezinho Conselheiro Mairinck Pinhalão

Tomazina Curiúva Figueira Ventania Sapopema São Sebastião da Amoreira Nova América da Colina Nova Santa Bárbara Santa Cecília do Pavão Santo Antônio do Paraíso Congoinhas Itambaracá Santa Mariana Leópolis

Sertaneja Abatiá Rancho Alegre Cambará Primeiro de Maio Ribeirão do Pinhal Florestópolis Nova Fátima São Gerônimo da Serra Barra do Jacaré Santo Antônio da Platina Santa Amélia Arapoti Sertanópolis Jaguariaíva Bela Vista do Paraíso Sengés Ribeirão Claro São José da Boa Vista Wenceslau Braz Santana do Itararé Circulação Jundiaí do Sul Andirá

FILIADO A Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná


3

Terça-Feira / 11 de Março de 2014

Edição 943

POLÍTICA

Hospital Nossa Senhora da Saúde ganha novo Raio X Aparelho antigo estava quebrado, mas foi recuperado, e deve ser instalado em uma Unidade Básica de Saúde Divulgação

O deputado ainda garantiu que Santo Antônio tem tido atenção especial do governo do Estado

De SAP Gladys Santoro Chegou na tarde de quinta-feira, o novo aparelho de Raio X do Hospital Nossa Senhora da Saúde de Santo Antônio da Platina. Na manhã de ontem, o prefeito Pedro Claro de Oliveira Neto (DEM), acompanhado do deputado estadual Pedro Lupion (DEM), reuniu vereadores, equipe administrativa do Hospital, da 19ª Regional de Saúde, secretários e funcionários municipais para oficializar a entrega do equipamento, da marca Simus com 500 miliamperes (MA) de potência, fruto de uma doação do governo do Estado. O prefeito Pedro Claro explicou que os problemas de manutenção do aparelho antigo fez com que pedisse ao secretário de Estado da Saúde Michele Caputto, um novo equipamento para que a população não ficasse sem o serviço. “Fui conversar com o secretário acompanhado do deputado Pedro Lupion e apesar de todos os compromissos do secretário, fomos prontamente atendidos e nossa reivindicação acatada imediatamente. A demora da entrega se deve aos trâmites legais”, disse. “Não estou desatento à nossa saúde”, disse o prefeito salientando que em sua primeira gestão conseguiu a instalação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal no Hospital Nossa Senhora da Saúde, que mais tarde foi transferida para o Hospital Regional do Norte Pioneiro. “Em fevereiro do ano passado, pedi ao governador Beto Richa, em

sua visita a Santo Antônio, a instalação da UTI Adulta. Hoje já temos a planta feita pelos engenheiros da secretaria de Estado da Saúde, e em poucos dias iniciaremos o processo de licitação para contratação da empresa responsável pela obra”, comentou. Pedro Claro ainda citou o repasse de R$ 400 mil anuais para o HNSS, e o reforço de mais uma ambulância, também doada pelo governo do Estado. “Estamos atentos e ainda temos o apoio incondicional do deputado Pedro Lupion, que tem bom relacionamento com o governador e faz com que Santo Antônio da Platina esteja sempre nas contas do governo”, salientou. O prefeito se mostrou satisfeito com a presença de vereadores no evento. “Fico feliz com a participação de nossos vereadores. A nossa união só traz benefícios ao município”, comentou. O diretor da 19ª Regional de Saúde, Antônio Carlos Setti, além de se mostrar satisfeito com a chegada do Raio X, ainda elogiou a administração do Hospital Nossa Senhora da Saúde, que segundo ele, está conseguindo equilibrar as finanças e ainda melhorando o atendimento aos usuários. “Temos tido muito apoio do secretário Michele Caputto em todos os sentidos. Agora, estamos tentando acertar as documentações necessárias para que a casa de saúde passe também a receber auxílio financeiro do Estado”, disse agradecendo a intercessão do deputado Pedro Lupion. Já Pedro Lupion observou e comentou a melhoria

do relacionamento entre a Câmara de Vereadores e prefeito. “Estou contente de ver tantos vereadores aqui no gabinete do prefeito. A cidade só tem a ganhar com essa união”, disse. Lupion também elogiou a atuação do diretor da 19ª Regional de Saúde. “Dr Setti está sempre em busca de melhorias e de soluções para problemas de saúde de todos os municípios da abrangência da Regional. Ele é um grande parceiro dos municípios”, afirmou. O deputado ainda garantiu que Santo Antônio tem tido atenção especial do governo do Estado. “Além das UTIs, da ambulância, do Raio X, das duas unidades de saúde todas mobiliadas com recursos do Estado - uma inaugurada esses dias, no Povoado da Platina, e outra que será entregue logo, no distrito Monte Real - há uma infinidade de ações, até consideradas miúdas, mas que fazem a diferença. Esses dias, o secretário de Saúde Alexandre Levatti recorreu a mim para conseguir insulina, que estava em falta. Fui falar com Caputto, que enviou um carregamento imediatamente. O governo também tem nos atendido nas questões de transporte de urgência de pacientes e até mesmo com próteses. Caputto é um homem sério e sincero. Se ele pode resolver, ele faz na hora, com agilidade. Se não pode, fala que não pode e ponto final”, avisou. O presidente da Câmara Sebastião Vitral dos Santos Furtado (PMDB), disse que os vereadores querem o melhor para cidade e se os projetos do executivo forem

bons para os platinenses, serão aprovado sempre.. Santinho aproveitou a ocasião para pedir ao prefeito e ao deputado Pedro Lupion, mais agilidade nas melhorias das estradas rurais. “Peço ao deputado que nos ajude com equipamentos para melhorar nossas estradas rurais. Temos mais de 600 propriedades rurais que dependem dos acessos para escoar a produção e para enviar seus filhos às escolas”, explicou. O vice-prefeito Jorge Garrido também comentou sobre as estradas rurais e lembrou que a área rural de Santo Antônio é muito extensa, o que dificulta a manutenção das vias. Ele também falou sobre a construção da UTI adulta, que viabilizará o funcionamento do Centro de Hemodinâmica, cujo imóvel está pronto. Garrido ainda conclamou a população a apoiar com mais credibilidade a instalação de uma faculdade de medicina na cidade. “Todos os municípios da região se uniram em nosso favor. Mas parece que o próprio platinense não acredita muito. É preciso acreditar, porque dessa jornada alguma coisa de boa sairá para Santo Antônio. A nossa luta não será em vão”, disse. Os vereadores que prestigiaram a solenidade foram: Santinho Furtado (PMDB), Jose Jaime da Silva (PSB), Joel Nobrega (PSB), Claudio Domingues (Cação -PR), Francisco Faustino Proença Júnior (Chiquinho - PPS), e José Godoy (DEM).

Menos quimioterapia Segundo uma pesquisa publicada no New EnglandJournalof Medicine, um medicamento conseguiu aumentar em 83% a taxa de sobrevivência de pacientes com leucemia linfóide crônica. O Ibrutinib ainda está sendo testado, mas há indícios de que pode promover a cura sem que os pacientes precisem passar pela quimioterapia convencional. Pesquisas investigam se a inovação pode representar o fim da quimioterapia A quimioterapia se presta apenas para alguns tipos de câncer. De acordo com Eduardo Munhoz, médico hematologista do Instituto de Oncologia do Paraná (IOP) e do Hospital Erasto Gaertner, “a quimioterapia é usada em doenças sistêmicas, que atingem o corpo como um todo – a leucemia, por exemplo. A radioterapia é um controle mais local, normalmente aliada a cirurgias”. Conferência mundial Curitiba será a sede da Conferência Internacional de Cidades Inovadoras 2014, que acontece nos dias 7, 8 e 9 de maio, na Universidade Positivo. O evento está em sua terceira edição e vai reunir gestores e especialistas do mundo inteiro, desta vez com o tema “Soluções Inovadoras para Cidades do Século XXI”. Inovação, criatividade e empreendedorismo nas cidades estão na pauta das palestras, que têm entre seus expoentes a cientista política dinamarquesa Mille Bojer. A novidade de 2014 é o Festival de Ideias, iniciativa que tem como objetivo estimular os cidadãos a apresentarem projetos que possam se tornar soluções para a melhora da qualidade de vida da população. As propostas podem ser formuladas individualmente ou em grupo de até quatro pessoas e precisam ser relacionadas aos temas que serão trabalhados durante a conferência, como “Mobilidade Urbana”, “Viver a Cidade”, “Infraestrutura”, “Tecnologias Sociais”, “Empreendedorismo” e “Eficiência”. As sugestões devem ser inscritas até o dia 31 de março pelo site www.cici2014.com, na aba “Inscreva sua ideia”. Protesto Um protesto de professores, funcionários e alunos do Instituto Tecnológico Federal do Paraná (IFPR) paralisa as atividades da instituição por um dia no Paraná em protesto nesta segunda-feira (10). Eles reivindicam a realização de eleições para que seja escolhido um novo reitor e que possam ser eleitos novos diretores nos 15 campus. Atualmente, o professor Irineu Mário Colombo, que foi indicado por decreto, está à frente do instituto. Rebelião Depois de uma nova rebelião na Penitenciária Estadual de Piraquara II (PEP II), na região metropolitana de Curitiba, o vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná, Antony Johnson, fez na tarde de segunda-feira (10) duras críticas à Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju). De acordo com o sindicalista, a atitude da Seju de alegar falha humana em um dos movimentos revoltou a categoria, que promete até paralisar algumas atividades hoje (11). Novas regras O Brasil terá novas regras para telefonias fixa e móvel, internet e TVs por assinatura em 120 dias. Com a aprovação do Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações (RGC), em portaria publicada ontem (10) pela Agência Nacional de Telecomuicações (Anatel) no Diário Oficial da União, direitos e garantias dos usuários desses serviços serão ampliados. Entre os benefícios previstos estão facilidades para o cancelamento dos serviços, a pedido do cliente. O bloqueio passará a ser feito de forma mais automática e com prazo máximo de dois dias para a conclusão, podendo ser feito por meio de ligação telefônica, pela internet ou pelos terminais. Caso a ligação feita com a operadora caia, caberá à própria empresa fazer o retorno. Lojas associadas às operadoras passarão a ter, também como atribuição, o cancelamento de contas. Além disso, caberá a esses estabelecimentos fazer atendimento aos clientes que buscam resolver problemas na conta, bem como a fazer o registro de reclamações.


4

Terça-Feira / 11 de Março de 2014

Edição 943

GERAL / EDITAIS

Exame de sangue é capaz de prever Alzheimer, aponta pesquisa Um exame de sangue pode prever com precisão o aparecimento da doença de Alzheimer, de acordo com pesquisadores americanos Internacional James Gallagher Eles mostraram que testes de nível de 10 gorduras no sangue permitiria detectar - com 90% de precisão - o risco de uma pessoa desenvolver a doença nos próximos três anos. Os resultados, publicados na revista Nature Medicine, agora passarão por testes clínicos maiores. Especialistas dizem que os resultados ainda precisam ser confirmados, mas que tal exame seria "um verdadeiro passo em frente." Há 44 milhões de pessoas vivendo com demência em todo o mundo, número que deve triplicar até 2050. A doença ataca o cérebro "silenciosamente" por mais de uma década antes que os sintomas surjam. Os médicos acreditam que tratamentos com remédios estão falhando porque os pacientes estão sendo submetidos a eles tarde demais.

É por isso que a descoberta de um teste que prevê o risco de demência é uma das principais prioridades para o campo. Pistas no sangue Cientistas da Universidade de Georgetown, em Washington D.C., analisaram amostras de sangue de 525 pessoas com idade superior a 70 anos, como parte de um estudo de cinco anos. Eles compararam os exames de 53 deles que desenvolveram Alzheimer, ou algum comprometimento cognitivo leve, com os de 53 que permaneceram mentalmente ágeis. Os pesquisadores encontraram diferenças nos níveis de lipídos, ou 10 gorduras, entre os dois grupos. E quando a equipe olhou as outras amostras de sangue, esses 10 marcadores de Alzheimer permitiam prever em quem era provável que o declínio mental surgisse nos anos seguintes.

Howard Federoff, professor de neurologia na Universidade de Georgetown, disse à BBC: "Há enorme necessidade de um exame como este. Mas temos de testar com um maior número de pessoas antes que possa ser utilizado na prática clínica." Agora os pesquisadores estão investigando se o exame funciona para prever a doença com ainda mais antecedência do que três anos. Não está claro exatamente o que está causando as mudanças de gorduras no sangue, mas poderia ser um resíduo das primeiras mudanças no cérebro. Desafios éticos Um teste bem sucedido para a doença de Alzheimer pode transformar a pesquisa médica e permitir testar tratamentos com medicamentos em um estágio muito anterior da doença. Segundo Federoff, abrandar o ritmo da doença pode ter um enorme

Divulgação

Exame de sangue pode prever doença três anos antes do seu surgimento, afirmam os pesquisadores

impacto: "Mesmo um pequeno atraso de sintomas já terá um benefício econômico tremendo só em termos do custo do atendimento." Simon Ridley, médico de uma ONG que pesquisa a doença no Reino Unido, disse que os resultados foram encorajadores.

"Para testar a eficácia de potenciais novos medicamentos, é importante ser capaz de recrutar pessoas para ensaios clínicos nas fases iniciais da doença, quando esses tratamentos são potencialmente mais eficazes". Doug Brown, médico da Alzheimer'sSociety's, outra

instituição britânica especializada no tema, disse que o teste poderia representar desafios éticos. "Se isso se desenvolver no futuro, deve ser dada às pessoas a possibilidade de escolha sobre se gostariam de saber, compreendendo plenamente as implicações".

13ª Festa do Lar do Menor Siqueirense atrai aproximadamente 15 mil visitantes Uma das tradicionais festas de Siqueira Campos bateu o recorde de público, com diversas atrações que garantiram a alegria dos visitantes

De Siqueira Campos Camila Consulin A 13ª Festa do Lar do Menor Siqueirense que já se tornou um atrativo regional, superou todas as expectativas dos organizadores. Uma das tradicionais festas de Siqueira Campos bateu o recorde de público, com diversas atrações que garantiram a alegria dos visitantes. Aproximadamente, 15

mil pessoas participaram do tradicional evento, nas três noites de festa. O evento é tradicional no município e é realizado pela diretoria do Lar do Menor composta por cidadãos, representantes do poder público e outros que se disponibilizam a trabalhar voluntariamente. As atividades tiveram início na sexta-feira (7), com a realização de um leilão de

gados, às 19h30. De acordo com a coordenadora geral, Roseli de Almeida, foi arrecadado cerca de R$ 20 mil, com as vendas dos bovinos. No sábado (8), os munícipes e visitantes puderam festejar ao som do grupo musical Geração Nativa. Já na manhã de domingo (9), um grupo se reuniu em frente a entidade para a cavalgada, onde reuniu mais de 300 participantes. Às 16h30, foi

realizado o tradicional bingo beneficente com premiações de um ventilador, uma bicicleta, um tanquinho, uma televisão LCD 32 polegadas e uma moto no modelo CG Fan 125. A ganhadora do prêmio principal foi a siqueirense, Silneia de Souza Palma. Cada cartela foi vendida no valor de R$ 10.Todos os dias houve a venda de assados, doces, salgados e bebidas.

Segundo Roseli, a festa é um dos principais eventos que a entidade desenvolve. “Somente com a realização da festa conseguimos manter o Lar do Menor em funcionamento. É através dela que arrecadamos fundos para pagamentos de funcionários, alimentação e para pagar despesas diárias”, informa. Roseli ainda disse que neste ano a festa supe-

rou todas as expectativas e que foi sucesso total. “A festa pode ser considerada a melhor de todas que já realizamos. Tivemos a participação de muitas pessoas da região como Tomazina, Pinhalão, Salto do Itararé e Quatiguá”, disse. “Agradeço aos festeiros Claudinei de Campos e José Jorge de Lima e patrocinadores que tornaram essa festa ainda melhor”, completou. 

SUMULA DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO A Empresa AREIA V. BARBOSA - ME, CNPJ.: 19.068.941/0001-95, representada por Valdecir Barbosa, CPF.: 754.969.929-15 torna publico que requereu ao IAP, a Licença Instalacao - LI, para o prosseguimento dos trâmites para instalação de um empreendimento extrator de areia, localizado na fazenda Pescaria, Bairro Pescaria, Municipio de São Jose da Boa Vista - Pr, CEP 84980.000.


5

Terça-Feira / 11 de Março de 2014

Edição 943

REGIONAL / POLICIAL

Rede de supermercados promove dia de relaxamento para as mulheres Em parceria com o Espaço Zen, as mulheres que estiveram no supermercado durante o final de semana puderam tirar as suas dúvidas e também participar de pequenas sessões de relaxamento De SAP Regiane Romão Em comemoração ao dia Internacional da Mulher, uma rede de supermercados, com filial em Santo Antônio da Platina promoveu no último final de semana um espaço voltado para maquiagens e massagens. A esteticista Clarissa Yoshizawa Pelegrin, proprietária do “Espaço Zen” ficou durante todo o sábado, 8, e parte do domingo, 9, dando explicações para as mulheres sobre os tratamentos oferecidos no Espaço. Clarissa concedeu uma entrevista à equipe de reportagem do jornal Correio Notícias e explicou sobre o evento CORREIO NOTÍCIAS – Qual o objetivo do Espaço Zen aqui no supermercado? CLARISSA PELEGRIN – Como nós mulheres somos importantes, o supermercado fez um convite para que o Espaço Zen viesse até aqui para trazer um dia de relaxamento para as mulheres. Muitas trabalham fora, ainda cuida da casa, marido, filhos, e não tem tempo de cuidar de si mesma. Então nós trouxemos um aparelho que faz massagem nos pés e nas pernas, que ajuda

a melhorar a circulação e também um aparelho usado para massagear as costas. Clarissa explicou que na clínica oferece 17 tipos de tratamento. “Eu não conseguiria trazer a maca aqui para fazer as massagens com pedras quentes, bambus ou conchas. Além disso, no Espaço, temos o ambiente todo preparado, para que o relaxamento seja completo”. Em parceria com o supermercado, a esteticista ofereceu três massagens completas, que serão feitas na clínica. A escolha será feita através de um sorteio. “As três mulheres que forem contempladas receberam massagem completa de relaxamento, isso na clínica, com hora marcada. O atendimento de cada uma durará em média uma hora”. CN – Como você recebeu o convite da rede de supermercados? CP- Quando o supermercado me fez o convite eu achei muito interessante, pois além de divulgar o trabalho, podemos apresentar para as mulheres um espaço preparado para proporcionar relaxamento. É uma oportunidade de agradar as mulheres. Meu interesse é explicar para as pessoas que o rela-

xamento não é uma coisa fútil, e que uma hora temos que parar um pouco, e isso só faz bem. CN – Como você se prepara para atender os clientes? CP- Eu faço faculdade de Estética e Imagem Pessoal, é importante ressaltar isso, porque muitas vezes somos questionados quando ao aprimoramento do trabalho. Além disso, faço vários cursos, sempre voltados para essa área. Eu não trabalho com pacotes estéticos ou de relaxamentos. Eu tenho a ciência de que esses tratamentos são longos e que não adianta cobrar caríssimo, pois dessa fora o cliente não volta mais. Então nós criamos uma mensalidade e atendemos os clientes mensalmente. Não é brincadeira. Você está mexendo com o corpo de uma pessoa, e o profissional precisa saber o que está fazendo. CN – Você indica os tratamentos? CP- Eu deixo as clientes escolherem o que elas querem fazer. Se ela está fazendo uma drenagem linfática, por exemplo, ela pode marcar um peeling facial. O cliente não paga mais nada por isso. Meu foco é que as

Regiane Romão

Clarissa atendeu várias mulheres durante todo o dia

pessoas possam fazer os tratamentos, sem ter que pagar fortunas por isso. CN- Você já atendeu pessoas que apresentavam problemas em decorrência de um tratamento feito de forma errada? CP- Atualmente não, mas eu já recebi muitas meninas no Espaço apresentando hematomas. Embora algumas pessoas digam que, se

tem hematomas é porque o tratamento está fazendo efeito, eu posso garantir que isso não é verdade. O hematoma é uma manifestação do corpo mostrando que algo está errado. Se hematoma fosse normal, acordaríamos com a ponta do nariz roxa, e isso seria comum. CN – Convide as pessoas então, para conhecer o Espaço Zen

CP – O que dizer daquele lugar que eu amo tanto? Eu tenho clientes de 80 anos, e eu me apego nas pessoas. Formamos uma família, e todos que fazem parte desse ciclo são muito queridos. Sendo assim, quero convidar todos os platinenses, e a moradores de toda a região para fazer uma visita ao Espaço Zen, em Santo Antônio da Platina.

Caminhão da prefeitura de Ibaiti é incendiado O veículo estava no pátio do almoxarifado e foi consumido pelo fogo na madrugada de sábado. Há suspeitas de que o incêndio foi criminoso

De Ibaiti Regiane Romão Um caminhão da prefeitura de Ibaiti pegou fogo na madrugada deste sábado, 8. O veículo estava estacionado no pátio do almoxarifado. Os bombeiros foram acionados, porém não conseguiram salvar o caminhão, que ficou destruído. Porém a rápida ação da equipe evitou que um ônibus e outro caminhão que também estavam estacionados no local fossem consumidos pelo fogo. A polícia foi acionada, e então foi constatada que, a cerca que faz a proteção do almoxarifado estava violada, e no local havia pegadas, indícios de que alguém esteve no local. De acordo com o secretário de Gestão, Fernando de

Oliveira Mariano, o prefeito Roberto Regazzo foi avisado assim que perceberam o fogo no pátio. “O prefeito se dirigiu até o local e conversou com o vigia. Ele estava na parte da frente do almoxarifado, e a cerca foi violada na parte de trás. Ele declarou também que não ouviu qualquer barulho”. Há suspeitas de que o incêndio teria sido criminoso. “A cerca estava cortada, havia pegadas e a bateria do caminhão estava intacta. Isso prova que não foi um curto que ocasionou o incêndio. A polícia civil trabalha no caso. Mas ainda não temos a confirmação de nada”. Já a secretária do Almoxarifado, Sueli de Oliveira dos Santos disse que ainda não é possível precisar se o caminhão voltará a seu

usado. “Estamos aguardando a perícia. A cabine ficou completamente destruída, mas o motor ainda não foi avaliado. Estamos aguardando”. De acordo com Sueli, esse caminhão era o único que carregada às caçambas. “Era um caminhão antigo, mas era o que servia o município. Só tínhamos esse veículo para essa função”. O prefeito Roberto Regazzo, se diz bastante abalado com o incidente, porém ele postou em uma de suas redes sociais que não se deixará abater. “Creio que em poucos dias conseguirá elucidar o caso. Mas nem por isso vou me abater, pode vir o que vier, com a graça de Deus estarei sempre empenhado em ajudar e transformar nosso município”

Arquivo Pessoal

Veículo ficou completamente destruído. Polícia investiga o caso


6

Terça-Feira / 11 de Março de 2014

Edição 943

GERAL

Cuidado com a saúde das mulheres é prioridade no Paraná

Com ações voltadas exclusivamente à proteção da saúde da mulher, o Governo do Estado desenvolve uma série de medidas para melhorar a qualidade de vida das paranaenses de todas as idades De Curitiba AEN Notícias Desde 2012, a Rede Mãe Paranaense vem mudando a forma com que mães e bebês são atendidos durante todas as fases da gestação. A qualificação do pré-natal e a organização de referências regionais de atendimento fizeram com que a taxa de mortalidade materna caísse 40% nos últimos dois anos. Isso significa que 100 mulheres deixaram de morrer em decorrência da gestação. “Gravidez é sinônimo de vida. Por isso, é inadmissível que ainda tenhamos mulheres morrendo por conta de complicações na gestação ou no parto”, disse o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto. “Com a Rede Mãe Paranaense estamos alcançando bons resultados, mas queremos salvar ainda mais vidas”, completou. Na Rede Mãe Paranaense, as mulheres recebem atenção especial durante toda a gestação. São ofertadas, no mínimo, sete consultas e 17 exames especializados para acompanhar o período de gravidez. Dependendo do grau de risco gestação, o número de consultas e exames pode ser ainda maior. O cuidado com a saúde da

mulher também integra a estratégia da saúde da família. Além do pré-natal, as equipes de saúde realizam visitas domiciliares para avaliar a saúde de todos os componentes da família. EXAMES – Durante as visitas, os profissionais acompanham o tratamento de pacientes com doenças crônicas, como hipertensão arterial, diabetes, obesidade e depressão, e incentivam as mulheres a realizarem exames preventivos, como a mamografia e o papanicolau (colo de útero). A mamografia permite o diagnóstico precoce do câncer de mama, o que aumenta as chances de cura da doença. O exame, garantido gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS), é indicado, principalmente, para as mulheres com mais de 50 anos. Caso a pessoa tenha histórico familiar de câncer de mama, a idade para iniciar a rotina de mamografias de rastreamento deve ser indicada pelo médico. Segundo a superintendente de Atenção à Saúde, Márcia Huçulak, a mamografia deve ser feita a cada dois anos. “O ideal é que a mulher marque sua mamografia perto do seu aniversário. Dessa forma é mais fácil de lembrar”, explica. Outro exame importante para

as mulheres é o preventivo do câncer de colo uterino (papanicolau). Para realizá-lo, basta procurar a unidade de atenção primária mais próxima e marcar uma consulta. AMPLIAÇÃO – O Governo do Estado também tem ações para as mulheres na área de saúde mental. “O estilo de vida das mulheres está mudando, pois elas estão acumulando cada vez mais papéis sociais. Com isso, as mulheres estão adoecendo e tendo problemas como depressão, alcoolismo e drogas”, afirmou o chefe do Departamento de Atenção às Condições Crônicas, Juliano Gevaerd. Nestes casos, a pessoa deve procurar uma unidade de saúde ou um Centro de Atenção Psicossocial para iniciar o tratamento. Muitas mulheres que sofrem de depressão ou outros transtornos mentais também têm histórico de violência, seja ela física, sexual ou psicológica. Um fator que contribui para que isso se agrave é o medo de denunciar o agressor que muitas vezes é da própria família. Para tentar reverter este quadro, o Governo do Estado implantou um sistema de notificação de violência interligado em serviços de saúde e demais instituições que possam receber mulheres vítimas de violência. Esse sistema

Divulgação

Com ações voltadas exclusivamente à proteção da saúde da mulher, o Governo do Estado desenvolve uma série de medidas para melhorar a qualidade de vida das paranaenses de todas as idades

permite que casos suspeitos sejam acompanhados de perto por autoridades legais e facilitam a ação da polícia em caso de confirmação. MULHER DE ATITUDE – O tema da violência contra a mulher

será pauta do Encontro Mulher de Atitude, na próxima terça-feira (11). O evento será realizado a partir das 9h, no Centro de Convenções de Curitiba, e deve reunir mais de 800 lideranças femininas.

A programação prevê ainda debates e palestras sobre outros temas relacionados à saúde da mulher, como aspectos da fase reprodutiva e o incentivo ao parto natural.

Vinte e uma mulheres são indicadas para o Prêmio Mãe Natureza

Em apenas uma semana, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos recebeu indicações de 21 mulheres, de todo o Paraná, para concorrer ao Prêmio Mãe Natureza Divulgação

De Curitiba AEN Notícias Elas foram indicadas por Organizações Não Governamentais, sindicatos, instituições públicas, empresas, entidades de classe e instituições de ensino e pesquisa. A solenidade de premiação será nesta terça-feira (11), às 19h, no Palácio

das Araucárias. O Prêmio, criado em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, tem como objetivo reconhecer mulheres que tenham oferecido relevante contribuição na defesa do meio ambiente no Paraná. “O prêmio será conferido anualmente e contemplará três mulheres que se destacaram na área ambien-

tal no Paraná", explica o secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Eduardo Cheida. A Comissão Julgadora do Prêmio irá definir as contempladas. A Comissão é composta por dois representantes da Secretaria do Meio Ambiente, dois representantes do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do

Paraná (CREA-PR) e dois representantes indicados por organizações não governamentais. Entre os membros da Comissão está o professor e advogado René Dotti. "A seleção está seguindo rigorosamente os requisitos determinados pela resolução da Secretaria do Meio Ambiente e que foram divulgados posteriormente", explica René Dotti. "Não apenas as mulheres, mas a sociedade como um todo precisa dar exemplos diários de preservação e conservação da natureza", finalizou Dotti. AS INDICADAS - As Organizações Não Governamentais do Paraná indicaram cinco mulheres: Lídia Lucaski, antropóloga e fundadora da Associação de Meio Ambiente de Araucária; Terezinha Varesqui, educadora ambiental e proprietária de Reserva Particular do Patrimônio Natural em Curitiba; Maria de Lurdes Silva Nunes, engenheira florestal da Fundação O

Boticário de Proteção à Natureza; Lilyane de Oliveira Santos, oceanógrafa e pesquisadora; e Luiza Reinert, bióloga com trabalhos na área de conservação. As instituições públicas indicaram Angelina Pedroso Carvalho, que trabalha a sustentabilidade na agricultura familiar e é funcionária da Emater. Já na categoria empresas, foram indicadas: Nicckele Rossi Wolfi, engenheira química com atuação na área ambiental do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná; Judilandia Tomas Ramos, engenheira química que atua na área ambiental do setor sucroalcooleiro; Michela Rossane Cavilha Scupiro, geógrafa e especialista na área ambiental; Elear Aparecida Martins Sperandio, de São José dos Pinhais; Nayla Motta Campos, engenheira sanitária com atuação na área de saneamento ambiental; Fabiane Maesta

dos Santos, bióloga com atuação no setor sucroalcooleiro e Márcia Regina Lopes, geógrafa com trabalhos na área de meio ambiente na empresa Brasil Ambiental. As entidades de classe indicaram Margareth Hofstaetter, coordenadora da Cooperativa de Agentes Ambientais de Marechal Cândido Rondon (Cooperagir) e Lia Dorotea Pfluck, geógrafa. As instituições de pesquisa e ensino também apresentaram indicações. São elas: Lázara Pereira Campos Caramori, professora e bióloga com atuação na área da coleta e destinação de medicamentos em desuso; Maria Leila Graboviski, professora com trabalho de implementação do aquecedor solar nas escolas e Tamara Van Kaicke, professor, bióloga e responsável pelo Projeto Água é Vida. As estudantes Ana Lúcia de Almeida Maia e Rayanne dos Santos Cavalari foram indicadas por suas escolas.


7

Terça-Feira / 11 de Março de 2014

Edição 943

EDITAIS

prefeitura de siqueira campos estado do paraná PORTARIA nº 021/2014

PEDRO SERGIO KRONEIS, Prefeito Municipal de São José da Boa Vista, Estado do Paraná, no uso de suas

atribuições legais e regulamentares, nos termos da Lei Orgânica do Município, pela presente; Considerando o resultado final do Processo Seletivo Simplificado Edital 001/2013, Homologado através da Portaria 018/2014 Publicada em 08/02/2014. RESOLVE: Artigo 1º- NOMEAR a partir da data de 13/02/2014, as candidatas abaixo discriminadas, aprovadas no Processo Seletivo Simplificado, Edital 001/2013 para exercer temporariamente as funções do cargo de Professor de acordo com a Lei Municipal 745/2011. Nº

ordem

de

RG

classificação

NOME

2

Kaysa Chrystine Rolim Vaciloto

9.092.302-1

Professora

3

Mayara Simão

12.562.433-2

Professora

Art. 2º-

CARGO

A nomeação dar-se-á em caráter temporário, a fim de suprir necessidades inadiáveis da Administração Pública, em caráter

excepcional, encerrando-se o contrato em 31/12/2014. Art. 3º-

Os nomeados terão o prazo de 05 (cinco) dias para apresentarem-se para o trabalho, sob pena de perda do direito a vaga.

Art. 4º-

Esta Portaria entrará em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Comunique-se, publique-se, cumpra-se.

Edifício da Prefeitura Municipal de São José da Boa Vista, Estado do Paraná, em 12 de Fevereiro de 2014; 54º ano da

Emancipação Política do Município. PEDRO SERGIO KRONÉIS Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPIRA ESTADO DO PARANÁ EXTRATO do 2° TERMO ADITIVO DO CONVÊNIO N° 002/2013

PARTES: MUNICÍPIO DE JAPIRA/PR (CNPJ 75.969.881/0001-52) e a ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS – APAE JOÃO PROFESSOR (CNPJ 05.566.443/0001-93) CLÁUSULA PRIMEIRA: Fica prorrogada a vigência de prazo constante da Cláusula Terceira do Convênio n° 002/2013/Município de Japira/APAE João Professor por mais 01 (um) ano, tendo por termo inicial a data de 12 de março de 2014 e o término final de 11 de março de 2015. CLAUSULA SEGUNDA: As demais cláusulas permanecem inalteradas. JAPIRA (PR), 25 de fevereiro de 2014. WILSON RONALDO RONY DE OLIVEIRA SANTOS Prefeito Municipal CONTRATANTE EVA MARIA PEREIRA DA SILVA Presidente APAE CONTRATADO


8

Terça-Feira / 11 de Março de 2014

Edição 943

policial / EDITAIS

Motorista que atropelou e matou criança em Siqueira Campos já está preso A irresponsabilidade de um motorista alcoolizado tirou a vida de uma criança no último domingo

Arquivos pessoais

De Siqueira Campos Isaele Machado Camila Consulin Por volta das 19h45 do último domingo (09), um acidente brutal marcou o fim de semana em Siqueira Campos. Uma criança de apenas cinco anos de idade foi atropelada na Rua São Vicente. Aparentemente o condutor do veiculo que não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e estava embriagado. De acordo com informações de populares, o autor do atropelamento, Ronald Batista Monteiro (29 anos) dirigia um veiculo Fiat 147, quando atropelou o menino que ficou preso debaixo de uma das rodas do carro e foi arrastada por aproximadamente dois metros, até o carro colidir contra uma árvore. Antes do acontecido, Monteiro estaria fazendo algazarras pela cidade, e

inclusive confessou que estava na festa do Lar do Menor Siqueirense desde às 12h às 19h, ingerindo bebidas alcoólicas. A criança foi socorrida pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhada à Santa Casa de Misericórdia de Siqueira Campos, em seguida entrou em óbito. Populares que estavam próximos ao local do acontecimento, ficaram revoltados com a irresponsabilidade do motorista causador do acidente. Ele foi protegido pelo cunhado que o ajudou na fuga. Quando a polícia chegou ao local Monteiro já tinha conseguido fugir. Na manhã de ontem (10), graças a uma ação conjunta entre as policias Civil e Militar, foi possível localizar o paradeiro de Monteiro, que se encontrava no município de Santo Antônio da Platina

escondido na casa da sogra. Por volta das 11h Monteiro foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia de Siqueira Campos. Segundo informações da Polícia Militar, no ano passado Monteiro foi preso por embriagues ao volante, pagou fiança e foi liberado. Também há indicativos de antecedentes criminais. Em depoimento dado a Polícia Civil, Monteiro disse que nem viu o que tinha acontecido, e acabou confessando que estava bêbado. O individuo poderá responder por embriagues ao volante, dirigir sem CNH e homicídio qualificado. As últimas informações são de que já foi pedida prisão preventiva de Monteiro. Por enquanto, o acusado está detido na carceragem de Siqueira Campos. O corpo do menino foi velado na Capela da Paz em Siqueira Campos e também velado

O veículo ficou parcialmente destruído após colisão em Santana do Itararé, onde será sepultado. Depoimento do pai da criança A reportagem do Correio Notícias buscou informações junto ao pai da criança, Carlos Alberto Ernesto,

conhecido como Aranha. Em depoimento ele lamentou plenamente a morte do filho e contou detalhes de como aconteceu. “Nós estávamos na festa do Lar do Menor, eu fui levar as crianças para passear. Na

volta, enquanto estávamos descendo a rua meu menino foi em direção à calçada, quando este homem veio na contramão e atropelou meu filho. Em seguida colocaram ele dentro de um carro e ele fugiu”, contou.

Antonio Picolli

Depoimento do motorista

De acordo com Monteiro aproximadamente às 19h, ele saiu da festa do Lar do Menor e seu carro não pegava e então ele deu um tranco, vindo a descer a rua que corta a rua Rio Grande do Sul direto, pois o freio não estava funcionando. Ele não se deu conta do ocorrido no momento, e admitiu estar alcoolizado.

Carlos Alberto Ernesto, o pai da criança, aos prantos durante o velório

PREFEITURA DE SIQUEIRA CAMPOS estado do paraná PORTARIA 20 /2014.

FABIANO LOPES BUENO, Prefeito Municipal de Siqueira Campos, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, e ainda com base no art. 93, inciso II, alínea “d“ da Lei Orgânica Municipal e Resolução 05/2010 da Comissão Intergestores Tripartite – CIT: RESOLVE: 1 - Designar a servidora CINTIA REGINA LEMES DE SENE VAZ, RG n.º 5.947.314-0 SSP/PR na função de Coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS Siqueira Campos. Publique-se. Siqueira Campos, 10 de Março de 2014. FABIANO LOPES BUENO Prefeito

Pedro Henrique da Silva Ernesto, tinha cinco anos e foi vítima do acidente brutal


Correio Notícias - Edição 943