Page 1

1

Terça-Feira / 19 de Novembro / 2013

Edição 883

Terça-Feira

Edição 883

Novembro / 2013

19

Falta de especialistas fazem com que milhares de pessoas busquem atendimento em grandes centros

Especial páginas 4 e 5

Médico Cléberson Teixeira Teodoro Prefeito Bi busca reativar convênio é ouvido durante audiência de para conclusão da Casa da Cultura instrução em Siqueira Campos

O clínico-geral Cléberson Teixeira Teodoro foi ouvido na tarde desta segunda-feira, 18, em Siqueira Campos. Ele é acusado de ter abusado sexualmente de uma menina de cinco anos enquanto clinicava no município. O suposto caso teria acontecido em maio deste ano. Após o fato, a mãe da criança registrou um Boletim de Ocorrência. Página 8

Durante este ano por diversas vezes munícipes de Siqueira Campos protestaram para retomada das obras na Casa da Cultura, mais conhecida atualmente como “Casa Fantasma, devido ao abandono que a mesma se encontra. Página 8


2

Terça-Feira / 19 de Novembro / 2013

Edição 883

OPINIÃO / EDITAIS

O forte retrocesso na busca por uma limitação partidária Em 2011, o STF julgou uma Ação Direita de Inconstitucionalidade apresentada pelo PSD – sigla criada após as eleições de 2010 e que cresceu devido à migração de parlamentares de outras legendas – e que pedia uma nova interpretação à divisão do Fundo Partidário e do horário eleitoral gratuito. O PSD buscava não estar limitado à proporção distribuída por igual a todas as siglas (5% do fundo e um terço do horário eleitoral gratuito), mas objetivava também participar da divisão proporcional do restante, a partir da sua nova bancada. Atualmente, o PSD compõe a quarta bancada parlamentar da Câmara dos Deputados. Embasando-se no pluralismo político, na igualdade de oportunidades e no direito de representatividade das minorias, o ministro Dias Toffoli determinou uma nova divisão do Fundo Partidário e do horário eleitoral gratuito, considerando a atual representatividade do PSD. Três meses depois, o deputado federal Edinho Araújo (PMDB-SP) apresentou o Projeto de Lei

Por Ana Cláudia Santano 4.470/12 – aprovado em Estado que ajudem a equioutubro de 2013 e que paslibrar as forças em questão. sará a valer em 2016, a O Estado deve identificar os partir dos resultados obtidos fatores que causam desepelos partidos nas eleições quilíbrio nessa disputa e de 2014 –, pretendendo estabelecer normas que “blindar” a divisão do Fundo inibam o impacto desses Partidário e do horário eleifatores no resultado do toral gratuito resultante da pleito, justificando objetivaeleição anterior e impedir mente a sua intervenção. posteriores modificações Caso não exista essa justiem caso de filiação partificativa, o Estado deve absdária motivada pela criação ter-se de atuar. de partidos. Vale lembrar A política moderna que tais modificações não requer grandes quantidades alcançam o Pros ou o Solide recursos econômicos e dariedade recém-criados, uma constante presença mas alcança a Rede, caso nos meios de comunicação, seja registrada futuramente sendo que o próprio constino TSE. tuinte garantiu o direito ao A Constituição de 1988 acesso a esses dois fatores é clara quando discorre a todos os partidos devidasobre o pluralismo político. mente registrados no TSE, Não basta, para a ordem como forma ativa de equiliconstitucional brasileira, ter brar – ou ao menos de minimais de um partido para mizar – as desigualdades que o eleitor possa eleger. É porventura existentes entre necessário possibilitar a real eles. Mesmo restrito a uma concorrência entre as orgapequena parte do Fundo nizações partidárias fortes e Partidário e do horário eleias de recente criação. Para toral gratuito, esse direito que as minorias estejam beneficia todos os partidos, integradas nesse modelo independentemente da sua de democracia, deve-se representatividade. Está garantir que elas tenham claro que a medida não é uma oportunidade concreta suficiente, mas foi esse o de alcançar o poder por objetivo do STF ao atribuir meio de intervenções do essa nova interpretação

aos critérios de divisão do Fundo Partidário e do horário eleitoral gratuito. Os partidos pequenos dão voz às minorias e podem provocar a alternância no poder. São peças importantes em qualquer democracia e não podem ser indiretamente asfixiados pelos partidos maiores. Essa norma reflete o receio, por parte dos parlamentares de outros partidos, de um caso semelhante ao do PSD no futuro, já que o projeto estabelece justamente o contrário da nova interpretação dada pelo STF. Isso colabora para afastar as instituições públicas da sociedade, em um lento processo de fechamento do sistema de partidos atual e que, definitivamente, não coaduna com a ordem constitucional escolhida em 1988. Ana Cláudia Santano, mestre e doutora em Ciências Jurídicas e Políticas pela Universidade de Salamanca (Espanha), é membro do Instituto Paranaense de Direito Eleitoral (Iprade) e da Comissão de Responsabilidade Social e Política da OAB Paraná.

MUNICÍPIO DE SIQUEIRA CAMPOS ESTADO DO PARANÁ Extrato de Contrato nº 151/2013 tendo em vista a HOMOLOGAÇÃO do Pregão nº 59/2013. CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SIQUEIRA CAMPOS CONTRATADA: GALERIA DOS ESPORTES - EPP

Charge do dia

MUNICIPIO DE SIQUEIRA CAMPOS ESTADO DO PARANÁ Informa que o contrato 141/2013 do Pregão Presencial 53/2013 foi CANCELADO, pelo fato de que a empresa foi inabilitada no certame; e que por um lapso, este contrato foi publicado erroneamente, não tendo produzido efeitos. Siqueira Campos, 04 de outubro de 2013.

OBJETO: Registro de preços de camisetas de poliviscose para Educação Infantil, Ensino Fundamental e Departamento Social, a serem

Fabiano Lopes Bueno Prefeito Municipal

solicitados conforme a necessidade pelo período de 12 (doze) meses. VALOR: R$31.065,60 Siqueira Campos, 06 de novembro de 2013. Fabiano Lopes Bueno Prefeito Municipal

Prefeitura Municipal de Siqueira Campos Estado do Paraná

poder judiciário do estado do paraná comarca de siqueira campos

LEI N.º 908/2013

SÚMULA: Denomina Ruas do Residencial Palmonari A CÂMARA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS, ESTADO DO PARANÁ, APROVOU E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: Art. 1º - Ficam denominadas as seguintes ruas do Residencial Palmonari, nesta cidade: Rua A Rua E Rua F Rua G Rua P Rua Q Rua R Rua S

Avenida Luiz Palmonari Rua Ida Zucculin Palmonari Rua Idalino Palmonari Rua Olímpia Cândida de Jesus Rua Ernesto Palmonari Rua Iraldo Palmonari Rua Otávio Palmonari Rua Guerino Palmonari

Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação. Siqueira Campos, 18 de novembro de 2013. FABIANO LOPES BUENO Prefeito Municipal

jornalística correio do norte s/c ltda - cnpj: 07.117.234/0001-62 Site: www.correionoticias.com.br - E-mail: editais@correionoticias.com.br escritório siqueira campos diagramacao@correionoticias.com.br Rua Dos Expedicionários,1525 - centro Siqueira Campos - Paraná REPRESENTAÇÃO (43) 3571-3646 | 9604-4882 MERCONET Representação de Veículos de Comuni-

Direção / editora chefe

escritório CORNÉLIO PROCÓPIO Rua Mato Grosso, 135 - centro Cornélio Procópio - Paraná (43) 3523-8250 | 9956-6679

Isamara Machado, Mireila Guilmo,

cação LTDA Rua Dep. Atilio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 | Fax: 41-3079-3633

Elizabete Gois redação

Camila Consulin, Isaele Machado, Regiane Romão administrativo

Claudenice Machado COLUNISTA

Gênesis Machado

Siqueira Campos Cornélio Procópio Curitiba Ibaiti Japira Jaboti Salto do Itararé Carlópolis Joaquim Távora Guapirama Quatiguá Jacarezinho Conselheiro Mairinck Pinhalão

Tomazina Curiúva Figueira Ventania Sapopema São Sebastião da Amoreira Nova América da Colina Nova Santa Bárbara Santa Cecília do Pavão Santo Antônio do Paraíso Congoinhas Itambaracá Santa Mariana Leópolis

Sertaneja Abatiá Rancho Alegre Cambará Primeiro de Maio Ribeirão do Pinhal Florestópolis Nova Fátima São Gerônimo da Serra Barra do Jacaré Santo Antônio da Platina Santa Amélia Arapoti Sertanópolis Jaguariaíva Bela Vista do Paraíso Sengés Ribeirão Claro São José da Boa Vista Wenceslau Braz Santana do Itararé Circulação Jundiaí do Sul Andirá

FILIADO A Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná


3

Terça-Feira / 19 de Novembro / 2013

Edição 883

REGIONAL

Região Metropolitana de Londrina ganha três municípios da AMUNOP

Comunicação/Prefeitura

Especulações Corre nos bastidores de Siqueira Campos, que a igreja pode lotear e vender os seus terrenos próximos ao santuários do Senhor Bom Jesus da Cana Verde. O terrenos são nobres e atualmente são usados só durantes a Festa, para estacionamento de ônibus dos romeiros. As opiniões se dividem sobre o assunto, uns dizem que deve ser vendido e outra já acham que não. Outra novidade, que não é surpresa é a possibilidade de doação da chamada "Praça do Santuário" lugar onde é concentrado a as barraquinhas durante festa ao município que hoje já responsável pela manutenção do lugar. Especulações I Atualmente a paróquia de Siqueira Campos é comandada pelos Freis Capuchinhos, e os contratos devem vencer com a Diocese em 2015, e existe a possibilidade desse contrato não ser renovando, e com isso vem mais especulações comentários extraoficiais vem por ai, ou seja, apenas especulações por enquanto. Mas as mais fortes são de que os Capuchinhos poderão ir embora e irão vender o complexo construído ( santuário) para a Diocese ou terceiros. Já outra especulação é que a partir de 2016, o projeto seja acabar com os dez dias de Festa do Senhor Bom Jesus e o comercio durante festa, e construir um novo santuário para Senhor Bom Jesus da Cana verde, um lugar parecido com Santuário de São Miguel Arcanjo, construído em Bandeirantes. Lembrando que ainda tudo é apenas especulações.

O prefeito Fred Alves, que acompanhou Richa na viagem de Rancho Alegre a Cornélio Procópio de helicóptero, agradeceu a parceria que vem mantendo com o governo do Estado

De Cornélio Procópio Assessoria Projeto de Lei sancionado na tarde desta quinta-feira (14) em Cornélio Procópio, pelo governador Beto Richa, inclui os municípios de Rancho Alegre, Sertaneja e Uraí, integrantes da Associação dos Municípios do Norte do Paraná (Amunop) entre os 17 que já compõem a Região Metropolitana de Londrina (RML). A cerimônia foi no aeroporto municipal da cidade e reuniu prefeitos da região, entre eles, o anfitrião, Fred Alves, e Alexandre Kireeff, de Londrina. Com a assinatura, a RML, passa a contar com 24 municípios, já que, através do documento assi-

nado pelo governador, também foram integrados os municípios de Guaraci, Prado Ferreira, Miraselva e Lupionópolis. De autoria dos deputados Alexandre Cury (PMDB) e Tercílio Turini (PPS) , o projeto que inclui os novos municípios recebeu voto favorável da totalidade dos parlamentares da Assembléia. Com aprovação, os municípios passarão a contar com vários benefícios, entre eles, a construção de casas com a participação da Caixa Econômica Federal. “Agradeço muito a esses deputados que foram os autores deste projeto de lei complementar e com essa solenidade, fechamos com chave de ouro a visita que fizemos à

região. Essa lei vai oferecer uma oportunidade maior e melhor desses municípios acessarem suas políticas públicas”, ressaltou o governador. O prefeito Fred Alves, que acompanhou Richa na viagem de Rancho Alegre a Cornélio Procópio de helicóptero, agradeceu a parceria que vem mantendo com o governo do Estado. “Temos recebido diversos auxílios através do governador, como as viaturas que recebemos recentemente e que vão servir ao nosso Corpo de Bombeiros. Também firmamos um convênio que vai aumentar a segurança nas ruas e nas escolas de nossa cidade através de um moderno sistema de vídeo-monito-

ramento para afastarmos de uma vez por todas a marginalidade e o aliciamento com drogas de perto de nossos alunos”, afirmou Fred em sua saudação. Além das autoridades citadas, também estiveram presentes à solenidade em Cornélio Procópio, prefeitos e vereadores dos municípios incluídos no projeto, os deputados estaduais Alexandre Cury, Tercílio Turini, Pedro Lupion (Democratas), Abelardo Lupion (DEM/PR), os secretários Luiz Eduardo Cheida, do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Cláudio Romanelli, do Trabalho, Emprego e Economia Solidária e Munir Chawich, presidente da Cohapar.

Departamento de Cultura realiza Recital Musical com entrada franca

Foto Edson

"Doentes" Entrevista com os profissionais de saúde de Siqueira Campos, foi revelado que são transportado cera de 2000 pessoas todos os meses para tratamento de saúde fora do município Sem dúvida é um numero muito elevado de "doentes", é lógico que no meio desses pacientes um ou outro vai para passear, ou seja, fazer alguma coisa que não é ligado a saúde a pessoal. Mas a revelação é interessante, e preocupante, e preciso que o estado e o governo federal invistam mais nos hospitais regionais, para tirar essas pessoas dos longos trajetos, que alem de cansativo ainda trás do risco de acidentes. Crise financeira A esperança dos prefeitos que é que a arrecadação volte ao normal e que o Governo Federal faça aquela compensação chamada do 1%, pois só assim vão poder honrar o 13 º dos servidores. Já os fornecedores das prefeituras estão apreensivos, pois é natural que os prefeitos optem por pagar os servidores e deixar alguns fornecedores para o ano que vem. Tem dinheiro e não gasta No próximo ano, as expectativas para os grandes eventos esportivos que serão realizados em Brasília se tornarão realidade. A proximidade da Copa do Mundo e das Olimpíadas, no entanto, ainda não se justificaram nos gastos do Ministério do Esporte. Com orçamento de R$ 4,4 bilhões para este ano, apenas R$ 766,7 milhões foram desembolsados. O montante equivale a 17,5% do previsto para a Pasta. Quase 4 mil servidores foram expulsos Os problemas de corrupção por agentes públicos não são exclusivos da prefeitura de São Paulo, atualmente em evidência pelas investigações do Ministério Público. Entre 2003 e 2013, 3.872 servidores públicos federais foram expulsos em decorrência de irregularidades, a maioria relacionada à corrupção. O número equivale a 352 expulsões por ano. Os dados estão computados no Cadastro de Expulsões da Administração Federal, divulgado pela Controladoria-Geral da União (CGU). Ambulâncias O Governo do Estado promove a maior reestruturação da frota de ambulâncias já realizada na história do Paraná. Desde 2011, 248 viaturas já foram adquiridas pelo governo estadual e estão à disposição da população de 129 municípios paranaenses através dos sistemas de transporte sanitário. O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, explica que para 2014 já está prevista a compra de mais 250 veículos, o que possibilitará que o Estado disponibilize praticamente uma ambulância em cada município paranaense. A pretensão é de fechar 2014 com quase 500 ambulâncias adquiridas. Aumenta a inadimplência A inadimplência do consumidor registrou crescimento de 3,7% em outubro, na comparação ao mês anterior, de acordo com pesquisa divulgada hoje (18) pela empresa de consultoria Serasa Experian. É a primeira alta após quatro quedas consecutivas - 2,8% em setembro; 5,5% em agosto; 3,5% em julho; e 4% em junho. Porém, quando comparado a outubro de 2012, foi registrada retração de 11,9%. O acumulado do ano também apresentou queda: 0,6% na comparação aos dez primeiros meses do ano passado.

Evento será no Conjunto Amadores de Teatro na próxima segunda-feira (25)

De Jacarezinho Jivago França O Departamento Municipal de Cultura de Jacarezinho realiza na próxima segunda-feira (25) no Conjunto Amadores de Teatro

(CAT) um Recital Musical com musicas populares e clássicas com instrumentos como: piano, teclado, técnica vocal e violão. O evento terá inicio às 20 horas e terá entrada franca. O Recital Musical será regido pelo

professor Heriberto Souza. O Prefeito de Jacarezinho, Sérgio Eduardo de Faria, o Dr. Sérgio lembra a importância da musica na formação dos jovens. “Todos sabemos que a música exerce extraordi-

nária influência sobre as pessoas, por isto devemos investir neste setor para ajudar as crianças e jovens a aprender mais e crescer e quem sabe até se tornarem grandes músicos”, destacou o prefeito.

Projeto do PSD O PSD do Paraná lançou ontem segunda-feira (18) o projeto “Pense um Novo Paraná” com objetivo de formular o programa de governo da legenda para fomentar o debate eleitoral do próximo ano. Além de ouvir lideranças e filiados ao partido em encontros regionais e setoriais, uma equipe de trabalho irá manter contato com instituições e entidades da sociedade organizada, universidades estaduais e cooperativas para ouvir sugestões e colaborações. A versão final do programa de governo do PSD deverá ser apresentada até maio de 2014.


4

Terça-Feira / 19 de Novembro / 2013

5

Edição 883

População sofre com escassez de médicos especializados Falta de condições de tratamento no próprio município obriga pacientes a fazerem viagens exaustivas para as grandes cidades e arriscarem a vida, diariamente, pelas rodovias

Norte Pioneiro Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o brasileiro roda em média, 169 quilômetros para ter acesso a atendimentos médicos especializados. O estudo foi contabilizado na pesquisa Regiões de Influências das Cidades, que analisa as relações de dependência entre os municípios. Com a população do Norte Pioneiro, não é diferente. Todos os dias, centenas de pacientes embarcam em ônibus, vans e até mesmo carros cedidos pelas prefeituras, ainda de madrugada em busca de atendimento especializado. Arriscam a vida com o intuito contraditório, o de viver ainda mais. Pois o mesmo caminho que traz a expectativa de vida também pode levar a morte. Como aconteceu recentemente com uma ambulância da secretaria de Saúde de Santo Antônio da Platina, quando o veículo se chocou e causou a morte do motorista e de uma paciente. Só em Siqueira Campos, cerca de 2 mil pessoas são encaminhadas, mensalmente, para hospitais distantes da região. De acordo com o diretor do Departamento de Saúde, Alcione Fernando Costa, os pacientes que

Hospital Regional do Norte Pioneiro

O Hospital Regional do Norte Pioneiro está localizado em uma área estratégica para atender os municípios da região. De acordo com o diretor administrativo, César Santucci, 22 municípios fazem parte do consórcio, porém não são todos os municípios que pagam corretamente. “Alguns municípios deixam de pagar, mas nem por isso deixamos de realizar atendimentos”, informa. Segundo ele, caso o curso de Medicina venha

Segundo o diretor do Departamento de Saúde de Siqueira Campos, Alcione Fernando Costa, os pacientes que precisam ser encaminhados para outras cidades contam com o suporte do TFD

precisam ser encaminhados para outras cidades contam com o suporte do Tratamento Fora de Domicílio (TFD). O TFD foi criado pela Secretaria de Assistência à Saúde (Ministério da Saúde), que garante, através do Sistema Único de Saúde (SUS), tratamento médico a pacientes portadores de doenças não tratáveis no município de origem por falta de condições técnicas. Segundo Fernando, a maioria dos atendimentos são realizados em Curitiba e em Londrina. Porém, alguns casos são atendidos no Hospital Regional do Norte Pioneiro, localizado em Santo Antônio da Platina. “Como não temos convênios diretamente com os hospitais, o Cisnorpi (Consórcio Público Intermunicipal

de Saúde do Norte Pioneiro) faz o encaminhamento para hospitais de grandes centros”, informa o diretor. Fernando reitera que todos os dias da semana são realizadas viagens. Na segunda, quarta e sexta-feira, são transportados pacientes para Curitiba e todos os dias cerca de 40 pessoas são destinadas ao Cisnorpi, em Jacarezinho. Antes de viajar, o paciente precisa apresentar a consulta agendada e assinada pelo médico. A prefeitura paga o transporte e em alguns casos a pernoite. Porém, na maioria das vezes, apenas o transporte é garantido. Uma das reclamações entre os pacientes é a falta alimentação, que às vezes só é cedida no hospital.

A opinião em relação à busca de especialistas fora do município se difere, alguns se sentem confortáveis em enfrentar longas viagens. No entanto, outros já opinaram pela viabilização de um atendimento no Hospital Regional.

A espera A reportagem do Correio Notícias acompanhou a espera dos pacientes que fazem o uso do transporte da saúde, para averiguar qual a situação das pessoas que buscam por especialidades médicas. Na ocasião um micro-ônibus foi utilizado para o transporte de dez pacientes, que iam se consultar com urologistas, ginecologistas e otorrinolaringologistas. Especialidades mais procuradas pelos pacientes, segundo o diretor do Departamento de Saúde. Aproximadamente às 00h35 de terça-feira (12), nossa equipe se deslocou até o Terminal Rodoviário Velho, onde entrevistou pessoas que buscam especialistas nas cidades de Ponta Grossa e Curitiba. A opinião em relação à busca de especialistas fora do município se difere, alguns se sentem confortáveis em enfrentar longas viagens. No entanto, outros já opinaram pela viabilização de um atendimento no Hospital Regional, que hoje conta com somente atendimento de ginecologia, ortopedia, gastroenterologia e pediatria. Durante as entrevistas a reclamação de alguns entrevistados se refere à viagem longa e desconfortável. Para o agricultor Nozor Ferreira de Lima, 62 anos, a viagem é muito demorada. “É sofrido, pois moro no sítio e quando chove fica mais complicado. Além disso, a viagem até Curitiba, onde faço tratamento é longa, às vezes temos que esperar até a noite para vir embora, é complicado”, lamenta. Algumas pessoas também

comentaram que por diversas vezes, ficaram com fome durante a viagem, tendo em vista que a maioria viaja sem dinheiro até mesmo para refeição. Em entrevista com o motorista, Cézar Ricardo Kukel, o mesmo disse que já acostumou levar os pacientes e que faz o possível para que se sintam confortáveis e a vontade. “Paro o micro-ônibus para que possam ir ao banheiro, aguardo todos consultarem, é uma obrigação minha, porém há uma grande preocupação em saber se cada paciente está bem e se tem disponibilidade para enfrentar a viagem”, disse. “São anos trabalhando nesta área e eu prezo por cada paciente, pois tenho certa responsabilidade com cada um deles, procuro deixá-los o mais a vontade possível”, completou. A equipe de reportagem também flagrou uma falha no ‘sistema’ de espera. As portas que dão acesso, aos banheiros feminino e masculino permanecem fechadas durante a noite, o que impede o uso dos sanitários. De acordo com informações, no ano passado a Câmara de Vereadores entrou com requerimento solicitando que esses banheiros fossem abertos no período da noite, justamente para este fim. Porém não houve resultado até então. Além dos sanitários outra solicitação dos pacientes é um bebedouro. A maioria dos entrevistados aprova o transporte até outros municípios, porém reclamam da demora em conseguir encaminhamento para serem

parto normal e cesariana”, disse. O hospital realiza mais de 50 cirurgias de traumologia e cerca de 30 cirurgias de outras especialidades, informou Santucci. Desde fevereiro, o hospital conta com oito leitos de UTI neonatal, onde já foram atendidos mais de 70 neonatos. Santucci ainda anunciou que está previsto a construção de dez leitos de UTI adulto e a ativação do Centro de Hemodinâmica.

Solução

Para o agricultor Nozor Ferreira de Lima, 62 anos, a viagem é muito demorada

atendidos por especialistas, no geral a preferência é por especialistas que atendam no Norte Pioneiro. Segundo o diretor do Departamento de Saúde, em casos de pacientes com câncer, são destinados quartos em Casas de Apoio. “Como o tratamento é extenso e exaustivo, disponibilizamos um lugar para que o paciente se acomode e posso se alimentar”, informou. Ainda de acordo com ele, o prefeito do município, Fabiano Lopes Bueno, mais conhecido como Bi, têm a intenção de disponibilizar alimentação para aqueles que viajam para Curitiba e outras cidades mais distantes. De acordo com

para a região, há pretensões das instalações do hospital dobrar de tamanho. Ele ainda disse que atualmente, o hospital conta com os atendimentos de ginecologia, traumologia e ortopedia, gastroenterologia e pediatria. “Atendemos em média 700 consultas mês e realizamos cerca de 400 radiografias mensalmente. Além disso, atendemos 150 gestantes no Pronto Atendimento e em média 100 partos por mês, entre

Fernando a solução para que estes transtornos acabem, seria necessário um grande investimento em mais especialistas no Hospital Regional. “Agora, com a possível vinda do curso de medicina para o Norte Pioneiro, podemos ter mais esperanças que a saúde regional irá melhorar, contamos com isto”, manifesta. “Pois, por mais que quiséssemos não teríamos fundo suficiente para manter uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva), em Siqueira Campos ou qualquer outro município”, completa. Segundo ele, os gastos do departamento de Saúde com as viagens variam de R$ 30 mil a R$ 40 mil mensais.

Para a maioria dos secretários de Saúde da região, a única solução seria aumentar e investir no Hospital Regional do Norte Pioneiro. O secretário de Saúde de Jacarezinho, Geraldo Luiz Romão, explica que não há como evitar as viagens. “O município tem hospital privado e filantrópico, e há alguns especialistas, mas quando o assunto é cirurgia fica complicado. Somente as mais simples são realizadas aqui”, informa. De acordo com ele, a maioria dos encaminhamentos é feita para a cidade de Londrina e Curitiba. O transporte é realizado por uma empresa de ônibus de Ourinhos, sem custo algum. Além disso, os pacientes com câncer também contam com Casas de Apoio, onde podem fazer refeições e pernoitar. “Em Curitiba não tem Casa de Apoio veiculada, mas temos uma pensão contratada pelo município, que quando há necessidade o paciente pode utilizar”, acrescentou Romão. Romão ainda informou que no mês de setembro foram encaminhados 219 pacientes para Curitiba e 160 para Londrina. “A especialização mais procurada é oncologia, mas também ortopedia e tratamento de otorrinolaringologia”, diz. Os gastos com transporte, onde abrange combustível, motorista, aluguel e manutenção há gastos

de aproximadamente, R$ 50 mil por mês. “O caminho correto seria de termos especialistas, porém não temos especialistas disponíveis na região para realizarmos os atendimentos. O custo seria muito alto. Com isso o município só atende com médicos de atenção básica, os especialistas são encontrados pela Cisnorpi”, afirma. Para o secretário de Saúde de Wenceslau Braz, Luiz Carlos Vidal, não seria viável ter especialistas no município, visto que o município não teria condições necessárias para manter os atendimentos. “A secretaria de Saúde já levantou os gastos para trazer um médico especialista, onde constamos que não conseguiríamos manter a especialidade. Além disso, apenas um especialista não seria o suficiente, teríamos que ter vários”. Vidal ainda conta que a secretaria já se esforçou para levar ao município alguns especialistas, mas relata que muitos não aceitam trabalhar em uma cidade pequena. “Como não tem demanda suficiente, os especialistas não se interessam em atender uma parcela da população por menos de R$ 30 mil mensal”, informou. Para o secretário, a melhor saída é a reestruturação do Hospital Regional e crê que com uma extensão do curso de Medicina da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em San-

Santucci anunciou que está previsto a construção de dez leitos de UTI adulto e a ativação do Centro de Hemodinâmica

O secretário de Saúde de Jacarezinho, Geraldo Luiz Romão, explicou que não há como evitar as viagens

to Antônio da Platina, os atendimentos irão melhorar gradativamente. “Além de melhorar o

quadro de médicos, com a instalação da faculdade a região irá se desenvolver mais, atrair mais indús-

trias, gerar mais empregos, mudando a vida de todas as comunidades”, finalizou.

O secretário de Saúde de Wenceslau Braz, Luiz Carlos Vidal conta que a secretaria já se esforçou para levar ao município alguns especialistas, mas relata que muitos não aceitam trabalhar em uma cidade pequena Texto: Camila Consulin, Isaele Machado Colaboração: Isaele Machado, Regiane Romão Fotos: Camila Consulin, Isaele Machado e Regiane Romão


6

Terça-Feira / 19 de Novembro / 2013

Edição 883

EDITAIS

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ

SINDICATO RUAL DE SIQUEIRA CAMPOS ESTADO DO PARANÁ

EDITAL DE HABILITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS REF: PREGÃO PRESENCIAL 54/2013

O pregoeiro oficial, Willys Manoel Barbosa, comunica aos interessados no fornecimento do objeto do pregão presencial nº 54/2013, que após a análise e verificação da documentação apresentada pela proponente, decidiu habilitar e qualificar as seguintes proponentes, tornando-as vencedoras do certame. Nº Proponente

Item

Valor Total

01

01.

R$ 31.239,00

AUTO COMERCIAL FARTURA LTDA.

São José da Boa Vista-Pr, 13 de novembro de 2013. Willys Manoel Barbosa. Pregoeiro Oficial

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ PORTARIA nº 115/2013

SÚMULA

legais e regulamentares, nos termos da Lei Orgânica Municipal, pela presente;

LUIZ ANTONIO RIBEIRO E OUTROS, torna público que REQUEREU JUNTO AO IAP a LICENÇA PRÉVIA para “IMPLANTAÇÃO DO LOTEAMENTO RESIDENCIAL RIBEIRO”, localizado no Prolongamento da Rua Mal Dedoro, Zona Urbana. no Município de SIQUEIRA CAMPOS-PR.

LEI nº 907/2013

prevenção e combate às situações emergenciais e calamitosas no âmbito do Município; Considerando o Decreto nº 41/2013 que define o Conselho Municipal de Defesa Civil como parte integrante da Coordenadoria MuniConsiderando o que dispõe o artigo 3º da Lei nº 806/2013; Considerando que a Presidência e a Vice Presidência do Conselho serão exercidos pelo Prefeito do Município e pelo Coordenador da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, respectivamente. RESOLVE: Art. 1º - NOMEAR para compor o Conselho Municipal de Defesa Civil: I – Representante da Secretaria Municipal de Ação Social – ESTER MENDES DE

SÚMULA: Declara de Utilidade Pública Municipal a SOCIEDADE PROTETORA DE ANIMAIS DE SIQUEIRA CAMPOS. A CÂMARA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS, ESTADO DO PARANÁ, APROVOU E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: Art 1º - Fica declarada de Utilidade Pública Municipal a SOCIEDADE PROTETORA DE

ANIMAIS DE SIQUEIRA CAMPOS, que tem como objetivo fazer cumprir as leis de proteção dos animais, impedir e reprimir atos de crueldade, abuso ou maus-tratos contra animais, dar assistência veterinária a animais doentes ou feridos e recolher, sempre que possível animais abandonados ou extraviados, re-encaminhando estes ou aqueles, aos seus legítimos donos ou dando-os independentes de compensação a pessoas de idoneidade comprovada, educar a população em geral no amor aos animais e inspirar-lhe o sentimento de justiça aos mesmos, servindo-se para isso de todos os meios de divulgação, devidamente constituída em 15/12/2003, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 06.073.898/0001-59, com sede na Rua Amazonas nº 320 – Centro – CEP 84940-000 – Siqueira Campos – PR.

Considerando a criação da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil nos termos da Lei nº 806/2013 para as ações de planejamento,

cipal de Defesa Civil.

Prefeitura Municipal de Siqueira Campos Estado do Paraná

PEDRO SÉRGIO KRONÉIS, Prefeito do Município de São José da Boa Vista, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições

Art. 2º - O cumprimento da presente far-se-á nos termos da Lei Municipal 040/1990, que

II – Representante da Divisão Municipal de Educação – MARIA INÊS KRONÉIS SUCONIC III – Representante da Secretaria Municipal de Saúde – LIDIANE CAMPOS JOAQUIM DE PAIVA ROLIM IV – Representante da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Indústria e Comércio – CLAUDINEI MENDES DE OLIVEIRA V – Representante do setor da indústria e comércio do Município – FÁBIO LUÍS BANDEIRA VI – Representante do Poder Legislativo – WAGNER MATTOS CARDOSO VII – Representante do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural – CÁSSIO SIQUEIRA DE LIMA; VIII – Representante da Polícia Militar do Estado do Paraná – NATANAEL ZAVALSKI PADILHA Art. 2º - A presente portaria entrará em vigor na data de sua publicação, ficando revogadas as disposições em contrário.

Comunique-se, publique-se, cumpra-se.

Edifício da Prefeitura Municipal de São José da Boa Vista, Estado do Paraná, em 13 de novembro de 2013; 53º ano da

Emancipação Política do Município. PEDRO SERGIO KRONÉIS

regulamente a Declaração de Utilidade Pública no Município de Siqueira Campos – PR.

OLIVEIRA

Prefeito Municipal

Art. 3º - Esta Lei entra em vigor da data de sua publicação, revogando as disposições

em contrário. Siqueira Campos (PR), 14 de novembro de 2013.

Prefeitura Municipal de Siqueira Campos Estado do Paraná

FABIANO LOPES BUENO Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS estado do paraná EXTRATO DO PRIMEIRO TERMO ADITIVO 01/2013

PARTES: MUNICÍPIO DE SIQUEIRA CAMPOS (PR) e o LAR DO MENOR SIQUEIRENSE com vistas à alteração do Convênio nº 01/2013. OBJETO: O presente Termo tem por objetivo ajustar o valor e a dotação orçamentária, em conformidade com o novo plano de trabalho aprovado que passa a fazer parte integrante do Convênio original e a Lei nº 899/2013. VALOR: R$ 10.000,00 (Dez mil reais) em parcelas de R$ 3.333,33 (três mil trezentos e trinta e três reais e trinta e três centavos) cujos

LEI Nº 906/2013

Súmula: Autoriza o Poder Executivo Municipal a conceder subvenção social à ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS – APAE, entidade mantenedora da Escola Antonio Paulo de Souza e, dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS, ESTADO DO PARANÁ, APROVOUE EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI:

Art. 1º Fica o Poder Executivo Municipal, autorizado a conceder subvenção social à ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS

DOS EXCEPCIONAIS – APAE, entidade mantenedora da Escola Antonio Paulo de Souza, inscrito no CNPJ/MF sob nº 78.595.857/000199, localizada na Avenida Joaquim Antonio de Carvalho, 370, Bairro Boa Vista, Siqueira Campos – Estado do Paraná, no exercício corrente.

recursos serão destinados ao custeio da entidade.

Art. 2º O valor da subvenção de que diz respeito o artigo anterior será na ordem de R$ 1.000,00 (um mil reais), cujos recursos deverão

Os recursos financeiros destinados ao custeio do repasse correrão por conta da seguinte Dotação Orçamentária:

ser destinados ao custeio da viagem dos alunos da entidade até a cidade de São Luiz, no Estado do Maranhão.

11.02.08.243.0081.2466.33.50.43.00.00.00 – Subvenções Sociais – Departamento de Assistência Social.

Art. 3º A liberação dos recursos à instituição subvencionada ficará condicionada à apresentação do Plano de Trabalho e cronograma

VIGÊNCIA: Este Termo Aditivo de Convênio terá início em 20 de outubro de 2013 e fim em 20 de dezembro de 2013. Siqueira Campos (PR), 20 de Outubro de 2013. FABIANO LOPES BUENO

Aloízio José Czar

Prefeito Municipal

Presidente do Lar do Menor

Classificados Vende-se próximo ao ginásio dos esportes uma casa de alvenaria ,4 quartos sala , copa, cozinha,varanda 2 banheiros mais uma edícula, com garagem para 2 carros churrasqueira, lavatório. Metragem total entre a casa e a edícula 1.90 metros construído. Valor venal 350.000 mil reais. TORRA-SE pelo valor venal de 250.000 mil reais

físico-financeiro da viagem, demonstrando as despesas que serão satisfeitas com a sua aplicação. Art. 4º Atenderão as despesas decorrentes desta lei, dotação orçamentária a ser criada mediante Lei específica. Art. 5º A subvenção social de que trata esta Lei será consolidada mediante termo firmado com a entidade subvencionada e dele constará: Descrição detalhada do objeto; As obrigações das partes; A forma e o prazo para a utilização dos recursos; A forma e prazo da prestação de contas.

Art. 6º Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Siqueira Campos, 14 de novembro de 2013. Fabiano Lopes Bueno PREFEITO MUNICIPAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPIRA ESTADO DO PARANÁ PREGÃO PRESENCIAL Nº. 043/2013-PMJ

AVISO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO

Contato pelo tel. (041) 95113692 Vende-no portal um excelente terreno medindo 12x51 de frente com 2 ruas calçadas. valor de 280.000 mil reais. TORRA-SE por 200.000 mil reais. Contato pelo tel. 0414195113692

O Sr. Prefeito Municipal, WILSON RONALDO RONY DE OLIVEIRA SANTOS, torna-se pública a ADJUDICAÇÃO do objeto referente á aquisição de relógio ponto, á empresa: PASCOAL OLIVIO FELIZE-ME, referente ao Item 001 do Lote 001, perfazendo o valor unitário de R$ 1.400,00 (um mil e quatrocentos reais), perfazendo o valor total de R$ 14.000,00 (catorze mil reais). Perfazendo ainda o valor total de licitação de R$ 14.000,00 (catorze mil reais) e a HOMOLOGAÇÃO do procedimento licitatório modalidade PREGÃO PRESENCIAL sob nº. 043/2013-PMJ. Japira, 11 de novembro de 2013. WILSON RONALDO RONY DE OLIVEIRA SANTOS Prefeito Municipal


7

Terça-Feira / 19 de Novembro / 2013

Edição 883

EDITAIS

MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA estado do paraná

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ

EDITAL DE HABILITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS

HOMOLOGAÇÃO

REF. TOMADA DE PREÇO Nº 02/2013 – PMSJBV REF.: Pregão Presencial de nº 54/2013 A comissão de licitação da prefeitura municipal de São José da Boa Vista, designada pela portaria nº. 006/2013 constituída pelos

OBJETO: “Aquisição de Veículo nacional 1.0, tipo passeio, 0Km, para a Secretaria Municipal de Saúde, de acordo com o Programa de

senhores Dircinei de Paulo Dias - Presidente, Luan Assis de Oliveira – Secretário e Ivan Rosa - membro, comunica aos interessados

Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde – VIGIASUS no Estado do Paraná”

no fornecimento do objeto da Tomada de Preço nº 02/2013 - PMSJBV, que após a análise e verificação da documentação apresentada

Face ao contido no Resultado do Processo, homologo o presente procedimento licitatório à proponente, AUTO COMERCIAL FARTURA

pelas proponentes, decidiu habilitar e qualificar a seguinte proponente, tornando-a vencedora do certame: Nº Proponente Objeto

LTDA, no valor Total de R$ 31.239,00 (Trinta e um mil duzentos e trinta e nove reais).

01

Hermes & Alexandre Ltda ME

Contratação de empresa com mão de obra especializada para pavimentação com pedras irregulares e serviços complementares. São José da Boa Vista, 18 de novembro de 2013.

Dircinei de Paulo Dias

Luan Assis de Oliveira

Presidente da Comissão

Secretário

Valor Total

São José da Boa Vista-Pr, em 18 de novembro de 2013. Pedro Sérgio Kronéis

R$ 172.894,50

Prefeito Municipal

Ivan Rosa Membro

PREFEITURA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS estado do paraná EXTRATO CONVÊNIO 02/2013

PREFEITURA DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA ESTADO DO PARANÁ TERMO DE ADJUDICAÇÃO

O Pregoeiro Oficial do Município de São José da Boa Vista – Paraná, no uso de suas atribuições, comunica aos interessados e participantes do certame licitatório referente ao processo nº 67/2013 – PREGÃO PRESENCIAL Nº 54/2013, objetivando a Aquisição de Veículo nacional 1.0, tipo passeio, 0Km, para a Secretaria Municipal de Saúde, de acordo com o Programa de Qualificação das Ações

PARTES: MUNICÍPIO DE SIQUEIRA CAMPOS (PR) e o CONSÓRCIO INTERGESTORES PARANÁ SAÚDE com vistas à operaciona-

de Vigilância em Saúde – VIGIASUS no Estado do Paraná, que adjudica como vencedora do certame a empresa: AUTO COMERCIAL

lização das ações de assistência farmacêutica do SUS no Município.

FARTURA LTDA, no valor total de R$ 31.239,00,00 (Trinta e um mil duzentos e trinta e nove reais).

OBJETO: O presente Termo tem por objetivo operacionalizar ações de Assistência Farmacêutica, através da aquisição e distribuição

São José da Boa Vista, 13 de novembro de 2013.

de medicamentos essenciais, à população usuária do SUS (Sistema Único de Saúde).

Willys Manoel Barbosa

VALOR: R$ 100.000,00 (Cem mil reais) em parcelas de R$ 25.000,00 (Vinte e Cinco mil reais), sendo que as mesmas deverão ser de-

Pregoeiro Oficial

positadas em conta corrente específica do Banco do Brasil, até o dia 05 dos meses de Novembro/2013, Fevereiro, Maio e Agosto/2014 conforme plano de aplicação.

Câmara de siqueira campos CÂMARA MUNICIPAL Siqueira Campos Estado do Paraná estado do-paraná

O valor referente ao recurso financeiro destinado à execução do presente convênio correrão à conta da Dotação Orçamentária n.º 06.01.10.302.0075-2.911.000, elemento de despesa – 3.3.71.00.00.00, Fonte: 1000. VIGÊNCIA: Este Termo de Convênio entrará em vigor a partir da data de sua assinatura e terá vigência de 1 (um) ano, podendo ser prorrogado através de Termo Aditivo.

RESUMO

Siqueira Campos (PR), 28 de Outubro de 2013. FABIANO LOPES BUENO Prefeito Municipal ERNESTO ALEXANDRE BASSO Presidente do Conselho Deliberativo do CONSÓRCIO

CÂMARA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS estado do paraná LICITAÇÃO - MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 002/2013

SESSÃO ORDINÁRIA

-

13/11/2013

Marcos Adriano dos Reis, Presidente da Câmara Municipal de Siqueira Campos, no uso de suas atribuições legais, em cumprimento do Artigo 175 do Regimento Interno da Câmara Municipal de Siqueira Campos PRotorna público o resumo dos trabalhos da SessãoOrdinária do dia 13/11/2013:

-1- PROPOSIÇÕES

APROVADAS:

Projeto de Lei nº 137/2013 - Vereadores: Marcos Adriano Denomina ruas 'do Residencial Palmonari.

dos Reis e Rodrigo

Ferreira da Silva Garanhani

Projeto de Lei nº 138/2013 - Vereador: Rodrigo Ferreira da Silva Garanhani - Declara de Utilidade Municipal a SOCIEDADE PROTETORA DE ANIMAIS DE SIQUEIRA CAMPOS. -

-

Pública _

Projeto de Lei nº 142/2013 - Poder Executivo - Autoriza ao Poder Executivo a conceder subvenção social à APAE de Siqueira Campos (R$l.OOO,OO). 3- INDICAÇÕES: Indicação nº 106/2013 - Vereador

Nova)

Marcelo

Ribeiro do Valle: Instalação de uma lombada

Siqueira Campos. 14 de novembro

na Rua Chile (Vila

de 2013.

TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL A CÂMARA MUNICIPAL DE SIQUEIRA CAMPOS, Estado do Paraná, torna público que, fará realizar licitação, na modalidade Pregão

MARC

A

RIANO

DOS REIS

Presidente da Câmara

Presencial, que tem por objeto a seleção de proposta visando à aquisição de veículo 0 Km para a Câmara Municipal de Siqueira Campos, valor máximo de R$ 46.100,00 (quarenta e seis mil e cem reais), conforme especificações constantes do Termo de Referência - anexo I do edital. Data e Horário da Sessão Pública: 04/12/2013 ÀS 09h:30min, na sede da Prefeitura Municipal de Siqueira Campos, sita à Rua Marechal Deodoro, nº 1.837, Centro. O edital completo e informações estão disponíveis aos interessados no endereço supra. Siqueira Campos, PR, 18 de novembro de 2013

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPIRA ESTADO DO PARANÁ EXTRATO do 1º ADITIVO DO CONTRATO Nº 047/2013-PMJ

FELIPE MEHLICH PREGOEIRO OFICIAL

CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013-PMJ PARTES: MUNICÍPIO DE JAPIRA (PR) e a Sra. CAMILLA MARIA VICENTE LEITE DOS SANTOS. OBJETO: O presente termo aditivo tem por objeto a alteração da carga horária (CLAUSULA OITAVA, § 1º, Letra “a”) em face á neces-

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPIRA ESTADO DO PARANÁ EXTRATO do CONTRATO Nº 085/2013-PMJ PREGÃO PRESENCIAL Nº 043/2013-PMJ PARTES: MUNICÍPIO DE JAPIRA (PR) e a empresa PASCOAL OLIVIO FELIZE-ME.

sidade de plantões á noite durante a semana e do valor mensal (CLAUSULA SEGUNDA) do Contrato nº 046/2013-PMJ; DAS ALTERAÇÕES: O valor mensal passa a ser de R$ 1.250,00 (um mil e duzentos e cinqüenta reais). A Carga Horária passa a ser de 50 (cinqüenta) horas semanais. Da Ratificação: Todas as demais cláusulas do Contrato nº 047/2013-PMJ não atingidas pelo presente instrumento ficam ratificadas. FORO: Comarca de Ibaiti, Estado do Paraná. Japira (PR), 12 de novembro de 2013. WILSON RONALDO RONY DE OLIVEIRA SANTOS Prefeito Municipal

OBJETO: O presente Contrato tem por objeto, a aquisição de relógios de ponto eletrônico, que juntamente com a proposta da CON-

CONTRATANTE

TRATADA, para todos os fins de direito, passam a integrar este instrumento, obrigando as partes em todos os seus termos, indepen-

CAMILLA Mª. V. LEITE DOS SANTOS

dentemente de transcrição;

Enfermeira

DO VALOR: Pelo fornecimento do Objeto ora contratado, a CONTRATANTE pagará à CONTRATADA o valor unitário de R$ 1.400,00

CONTRATADA

(um mil quatrocentos reais) referente ao Item 001 do Lote 001, perfazendo o valor total de R$ 14.000,00 (catorze mil reais) pelo Menor Preço apresentado. DA VIGÊNCIA: O presente Contrato vigorará pelo período de 12 (doze) meses, contados a partir de sua assinatura, podendo a critério da administração da prorrogação do mesmo, conforme Art. 57, Inciso II da Lei 8.666/93. FORO: Comarca de Ibaiti, Estado do Paraná. Japira (PR), 12 de novembro de 2013. WILSON RONALDO RONY DE OLIVEIRA SANTOS Prefeito Municipal CONTRATANTE PASCOAL OLIVIO FELIZE Pascoal Olivio Felize-ME CONTRATADA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPIRA ESTADO DO PARANÁ EXTRATO do CONTRATO Nº 046/2013-PMJ

CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013-PMJ PARTES: MUNICÍPIO DE JAPIRA (PR) e a Sra. LUCIMARA DE SOUZA COGO. OBJETO: O Objeto do presente Contrato, é a contratação de profissionais na área da saúde, referente ao objeto do Processo de CHAMAMENTO PÚBLICO nº 001/2013-PMJ, para todos os fins de direito, obrigando as partes em todos os seus termos, passam a integrar este instrumento, independentemente de transcrição; DO VALOR: Pelos serviços ora contratado, a CONTRATANTE pagará à CONTRATADA, o valor de R$ 1.000,00 (um mil reais) mensais. DA VIGÊNCIA: O presente Contrato vigorará pelo período de 12 (doze) meses, contados a partir de sua assinatura, podendo a critério da administração da prorrogação do mesmo, conforme Art. 57, Inciso II da Lei 8.666/93. FORO: Comarca de Ibaiti, Estado do Paraná. Japira (PR), 04 de Julho de 2013. WILSON RONALDO RONY DE OLIVEIRA SANTOS Prefeito Municipal CONTRATANTE LUCIMARA DE SOUZA COGO Enfermeira CONTRATADA


8

Terça-Feira / 19 de Novembro / 2013

Edição 883

LOCAL

Médico Cléberson Teixeira Teodoro é ouvido durante audiência de instrução em Siqueira Campos Ele é acusado de abusar sexualmente de uma criança de cinco anos. O médico também é acusado de ter abusado de outra criança em Wenceslau Braz De Siqueira Campos Regiane Romão O clínico-geral Cléberson Teixeira Teodoro foi ouvido na tarde desta segundafeira, 18, em Siqueira Campos. Ele é acusado de ter abusado sexualmente de uma menina de cinco anos enquanto clinicava no município. O suposto caso teria acontecido em maio deste ano. Após o fato, a mãe da criança registrou um Boletim de Ocorrência. Durante o depoimento, populares se manifestaram em frente ao Fórum de Siqueira Campos. Familiares e amigos da suposta vítima empunhavam cartazes e pediam por justiça. A criança ia ser ouvida, mas estava muito nervosa e não conseguiu falar nada. Ela chorou quando foi retirada do colo da mãe, e não parou até que fosse devolvida à mesma. ENTENDA O CASO De acordo com a tia, a criança apresentava um quadro febril e estava com

39° de febre, preocupada, a avó levou a menina até a Santa Casa de Misericórdia de Siqueira Campos para que fosse atendida. Quando chegaram ao local, a enfermeira fez uma pré consulta, e constatou que realmente a criança estava febril. A avó aguardou então o médico chamar a criança para a consulta. Quando entraram no consultório, conforme explicou a tia, ele foi extremamente atencioso, inclusive a chamou pelo nome. Após examinar o pulmão, ouvidos e garganta, o doutor Cleberson disse que iria medir a temperatura dela em outra sala, e caso ela ainda apresentasse febre ele a medicaria. A avó da menina, que é obesa e estava passando mal no momento em que a neta era atendida se movimentou com certa dificuldade a fim de acompanhar a neta para a outra sala. Nesse momento, o médico disse que era para a avó continuar naquela sala que

Ilustrativa

ele levaria a criança para a outra sala. Quando a criança retornou a avó notou que ela estava diferente, inclusive estava com os olhos cheios de lágrima. Ela perguntou se estava tudo bem e ela apenas balançou a cabeça

assentindo. O médico então afirmou que já havia medicado a criança e que a febre logo cederia. Ele ainda disse para as duas, “vão com Deus”. Tanto o médico quanto as testemunhas de acusação e defesa de Wen-

ceslau Braz foram ouvidos nesta terça-feira. A mãe da criança preferiu não depor em frente ao médico. Para isso, ele foi retirado da sala durante esse período. O advogado de Cléberson e as testemunhas de defesa preferiram não se

manifestar até que aconteça o julgamento, pois, perante a justiça Cléberson é considerado inocente. A Audiência de Instrução teve início por volta das 13h e terminou pouco depois das 16h.

Prefeito Bi busca reativar convênio para conclusão da Casa da Cultura

A situação lastimável do local levou o Executivo e o Departamento de Cultura a tomarem providências com relação ao espaço que seria destinado à cultura De Siqueira Campos Isaele Machado Durante este ano por diversas vezes munícipes de Siqueira Campos protestaram para retomada das obras na Casa da Cultura, mais conhecida atualmente como “Casa Fantasma, devido ao abandono que a mesma se encontra. Após vários protestos através de fotos, redes sociais e até mesmo na Câmara de Vereadores o prefeito do município, Fabiano Lopes Bueno, o Bi, juntamente com o diretor do Departamento de Cultura, Arnaldo Ribeiro Luska, fizeram reunião e decidiram acatar o pedido da população que sofre com a falta de espaço para desenvolver suas atividades culturais. De acordo com Luska, que está à frente do Depar-

tamento de Cultura, ele e o prefeito já estão agilizando projeto para levar ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) com intuito de reativar o convênio perdido na gestão anterior ou encaminhar novo convênio. Em 2001, ainda na gestão do ex-prefeito Luiz Antônio Liechocki a administração municipal conseguiu recursos através do Deputado Federal Abelardo Lupion que viabilizou uma emenda no valor de R$ 200 mil para construção da primeira etapa da obra, porém somente em 2009 (oito anos depois) a Casa da Cultura passou por uma “maquiada”. Atualmente faz 12 anos que a obra está parada. A não conclusão da primeira etapa levou ao IPHAN a requerer a verba aplicada, tendo em vista

que era para primeira etapa ter sido concluída já em meados de 2003, o que não aconteceu, porém a pintura feita no local deu a entender que a Casa da Cultura estava pronta. O que levou a tal “maquiada” na chamada “Casa Fantasma” foi o receio de perder o convênio e ter que devolver a verba ao IPHAN. Com intuito de acabar com essa novela, o prefeito Bi têm se empenhado juntamente com Luska para que seja retomado ou firmado novo convênio para que as obras sejam concluídas no próximo ano. Outra providência tomada pelo Departamento de Cultura foi a interdição do local que está sendo alvo de vândalos, usuários de drogas e pessoas que utilizam o local para atos libidinosos.

Isaele Machado

Casa da Cultura está há 12 anos com a obra parada

Correio Notícias - Edição 883  

Correio Notícias - Edição 883

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you