Issuu on Google+

1

Terça-Feira - 15 de Abril de 2014 Edição 966

Terça-Feira Edição 965 Abril / 2014

15

Visita aos candidatos do programa Minha Casa Minha Vida começa em maio

O Departamento de Habitação de Siqueira Campos já conta com a inscrição de mais de 500 famílias no programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal. Segundo o diretor do departamento, Jean Carlos Rocha, a primeira fase das inscrições se encerram no final do mês e o processo de triagem começa no dia 2 de maio. Página 4

Siqueirenses sentem o 'peso' da inflação

O município de Siqueira Campos já está sentindo os efeitos da inflação. A equipe de reportagem do CN (Correio Notícias) fez uma breve

Radar meteorológico amplia capacidade de prevenção a desastres naturais O governador Beto Richa inaugurou o novo radar do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), instalado em Cascavel Página 8

pesquisa em alguns estabelecimentos do município para avaliar os preços dos alimentos. A maioria dos itens tiveram um aumento de 6%.

Página 6

Política

Reunião de amigos e lideranças de Tomazina Página 3

Bairro Pescaria é pavimentado em São José da Boa Vista

Trânsito de Cornélio Procópio será reorganizado A fim de reorganizar o trânsito municipal, o prefeito de Cornélio Procópio, Fred Alves e o diretor do Departamento de Trânsito, Henrique Almeida, participaram de uma reunião na sede do Rotary. Página 5

O local liga a área rural à PR 151. Os moradores afirmaram que a pavimentação irá beneficiar todos, pois dessa forma o tráfego de grãos fica facilitado Página 5


2

Terça-Feira - 15 de Abril de 2014 Edição 966

editais

O concerto das monstrópoles Por Cristovam Buarque O Brasil tem graves problemas, nenhum tão difícil de resolver quanto consertar nossas grandes cidades: insegurança, inundações, vidas perdidas na lentidão ou nos acidentes de trânsito, soterramentos, assassinatos, assaltos e sequestros, pobreza, drogas e condomínios cercados. Durante algumas décadas, por ações ou omissões, tudo foi feito para induzir uma migração rápida, do campo para a cidade, como símbolo de progresso; não seguramos os habitantes no campo porque não distribuímos terra aos lavradores, nem fizemos escolas e serviços médicos para suas famílias; e criamos um forte atrativo para as cidades por causa da industrialização e da construção civil. Fizemos urbanização apres-

sada, asfaltamos ruas e construímos casas onde não deveríamos, desorganizamos o espaço urbano, degradamos os serviços públicos e entregamos a cidade aos automóveis. As doenças e deformações de nossas cidades permitem chamá-las de monstrópoles, em vez de metrópoles. Ao percebermos o desastre, passamos a buscar soluções na engenharia dos viadutos, das estradas, dos estacionamentos, roubando espaço e patrimônio. Ainda não percebemos que o problema é menos de engenharia para corrigir o desastre em cada cidade do que de política para reorientar o projeto de desenvolvimento nacional. Mais que o conserto de cada cidade, é preciso um concerto nacional para reorganizar a distribuição demográfica no território nacional.

Não percebemos que qualquer solução para melhorar as cidades grandes passará pela melhoria das condições oferecidas nas cidades pequenas e médias. E que a solução vai exigir uma “desmigração voluntária” da população dessas cidades grandes para cidades de porte médio ou pequeno. No governo do Distrito Federal, entre 1995 e 1998, houve uma pequena, mas bem-sucedida experiência de “desmigração voluntária”, com pagamento de salário por seis meses para incentivar o retorno de moradores às cidades de onde tinham emigrado. O custo de pagar um salário por algum tempo a uma família “desmigrada” era menor que o custo da assistência social de que ela necessitava; a reintegração na sua origem trazia mais conforto do que a exclusão em que estava na cidade sem

condições para realizar a inclusão plena. Lamentavelmente, a “desmigração” exigia investimentos sociais nas cidades para onde as famílias voltavam e isso dependia do governo federal, no plano nacional. Este ano de eleição presidencial seria um momento oportuno para que algum candidato (ou todos eles) se manifeste sobre o grave problema das nossas cidades, indo além da engenharia e da demagogia, assumindo que as cidades grandes não têm mais conserto e que é melhor e mais barato investir para que as pessoas possam viver bem nas cidades pequenas e médias do que manter o custo social e econômico nas monstrópoles. Para sair de monstrópoles para metrópoles não bastam consertos locais de engenharia, é preciso um concerto nacional na política

CHARGE DO DIA

jornalística correio do norte s/c ltda - cnpj: 07.117.234/0001-62 Site: www.correionoticias.com.br - E-mail: editais@correionoticias.com.br escritório siqueira campos diagramacao@correionoticias.com.br Rua Dos Expedicionários,1525 - centro correiodonorte@correiodonortesc.com Siqueira Campos - Paraná REPRESENTAÇÃO (43) 3571-3646 | (43) 9604-4882 MERCONET Representação de Veículos de Comuniescritório CORNÉLIO PROCÓPIO Rua Mato Grosso, 135 - centro Cornélio Procópio - Paraná (43) 3523-8250 | 9956-6679

cação LTDA Rua Dep. Atilio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 | Fax: 41-3079-3633

Direção Elizabete Gois EDITORA CHEFE Elizabete Gois redação Camila Consulin, Isa Machado, Regiane Romão, Isamara Machado DIAGRAMAÇÃO Bruno, Marcos administrativo Claudenice Machado, Emilia Kuster COLUNISTA Gênesis Machado

Siqueira Campos Cornélio Procópio Curitiba Ibaiti Japira Jaboti Salto do Itararé Carlópolis Joaquim Távora Guapirama Quatiguá Jacarezinho Conselheiro Mairinck Pinhalão

Quando a defesa do direito da mulher quer excluir a mulher Por Karen Fernandes Neste 11 de abril, ativistas do parto humanizado promovem o Ato Nacional Contra a Violência Obstétrica, motivado pela divulgação do caso da gestante Adelir, obrigada judicialmente a passar por uma cesárea sob a alegação de salvaguarda da vida de sua filha ainda não nascida. Com o passar dos dias e com o surgimento de novas informações, vários profissionais e entidades se posicionaram a respeito, iniciando um debate sobre temas como a violação da liberdade e da consciência individual, o Código de Ética Médica, além da disputa entre a autonomia da mulher sobre seu corpo e o direito à vida do nascituro. Mesmo sem consenso entre os profissionais de saúde sobre as condutas técnicas que deveriam ter sido adotadas no caso, evidências científicas e respeitadas diretrizes internacionais, como as do American CongressofObstetriciansandGynecologists, desmistificam a indicação absoluta de cesárea sob risco de óbito para o bebê como no caso em questão. Se Adelir não tinha indicacão absoluta de cesárea e se o bebê não estava em risco iminente de morte, o desrespeito aos pilares da bioética não atingiu somente Adelir, mas toda a sua família. Duas mulheres foram violentadas em seus direitos: Adelir e sua filha. As diretrizes pela humanização do parto do Ministério da Saúde dizem que “toda gestante tem direito à assistência ao parto e puerpério e que esta seja realizada de forma humanizada e segura”. A promoção do parto sem intervenções desnecessárias, bem como a amamentação na primeira hora de vida e a presença de um acompanhante durante o parto, entre outras, são práticas básicas do parto humanizado. Apesar de a violência obstétrica não ser tipificada em nosso país, uma denúncia formalizada foi encaminhada à Secretaria de Direitos Humanos. Uma das alegações foi a da suposta impossibilidade legal de sobrepor o direito do nascituro aos direitos da mãe, desqualificando o nascituro como sujeito de direitos na mesma linha defendida pelo ex-ministro do STF Ayres Britto, no acalorado julgamento da ADPF 54. Aqui cabe esclarecer que tal alegação encaminhada à SDH segue impugnada desde que, em 2009, com o reconhecimento do status hierárquico da Convenção Americana de Direitos Humanos, fora afastado qualquer dispositivo que venha a negar a personalidade jurídica do nascituro em nosso ordenamento jurídico. É evidente que a luta contra a violência obstétrica se faz urgente, ainda mais diante de flagrantes como o do caso Adelir. Porém, a instrumentalização do drama de Adelir por parte de alguns grupos ideológicos para promover o mero ataque aos direitos da mulher por nascer – numa linha que visa, no fundo, à legitimição do aborto – não enobrece a causa, mas a desumaniza. Qualquer luta pelos direitos da mulher que exclua deliberadamente todas as mulheres que já existem, mas ainda não nasceram (isto é, as nascituras), padece de uma injustiça interior sutil, mas real, pois prega a legítima opressão de algumas sobre outras tendo como único critério o tempo de vida. Nunca é demais lembrar que a autonomia da mulher sobre seu corpo não lhe confere poder de arbítrio sobre seu bebê em gestação, pois este também é dotado de um corpo independente e autonômo. Não se trata de reduzir a mulher a mera portadora do bebê e nem tampouco de considerar o bebê como um anexo que possa ser disposto como objeto. Trata-se de não afrontar o direito fundamental, sem o qual nenhuma carta de direitos pode se manter de pé, que é o direito à vida.

Tomazina Curiúva Figueira Ventania Sapopema São Sebastião da Amoreira Nova América da Colina Nova Santa Bárbara Santa Cecília do Pavão Santo Antônio do Paraíso Congoinhas Itambaracá Santa Mariana Leópolis

Sertaneja Abatiá Rancho Alegre Cambará Primeiro de Maio Ribeirão do Pinhal Florestópolis Nova Fátima São Gerônimo da Serra Barra do Jacaré Santo Antônio da Platina Santa Amélia Arapoti Sertanópolis Jaguariaíva Bela Vista do Paraíso Sengés Ribeirão Claro São José da Boa Vista Wenceslau Braz Santana do Itararé Circulação Jundiaí do Sul Andirá

FILIADO A Associação dos Jornais Diários do Interior do Paraná


3

Terça-Feira - 15 de Abril de 2014 Edição 966

POLÍTICA

Beto Richa destaca participação da construção civil no crescimento do Paraná O crescimento na criação de empregos com carteira assinada e do Produto Interno Bruto (PIB) do Paraná, que foi de 5% em 2013.

AEN

Paraná AEN O governador Beto Richa destacou na noite de sexta-feira (11), em Cascavel, a importância da construção civil para o fortalecimento da economia paranaense. “O setor é um dos que mais emprega no Paraná”, afirmou. O pronunciamento foi realizado durante a solenidade de posse da nova diretoria do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Oeste do Paraná (Sinduscon-Oeste). Richa reafirmou ainda o compromisso do governo estadual em investir em infraestrutura e qualificação profissional para melhorar o desempenho do setor construtivo e industrial do Paraná. “É o segmento que mais emprega no Paraná. O setor da construção está aquecido e precisa muito de um governo atuante que invista em capacitação de profissionais e na infraestrutura”, disse. O governador criticou as altas taxas de impostos cobrados pelo governo federal do setor produtivo paranaense e apresentou as ações de incentivo à industrialização promovidas pelo programa Paraná Competitivo, do Governo do Estado. Ele disse que em três anos, o governo estadual confirmou mais de R$ 30 bilhões em novos investimentos, com potencial para criação de 180 mil empregos em todas as regiões do Estado. “A expansão industrial é resultado de uma nova postura do governo, de diálogo com o setor produtivo e segurança jurídica”, afirmou. Richa ressaltou o crescimento na criação de empregos com carteira assinada e do Produto Interno Bruto (PIB) do Paraná, que foi de 5% em 2013. O dobro do Brasil. “Parte desse crescimento é atribuído à construção civil, que ajudou

O governador Beto Richa participou da solenidade de posse da nova diretoria do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Oeste do Paraná

a alavancar ainda mais o crescimento do Paraná”, disse. O governador lembrou que é engenheiro civil e que durante a administração de Curitiba manteve uma boa relação com o setor. “Em todas as leis e obras sempre consultamos a opinião do sindicato da construção civil da cidade que sempre dava importantes contribuições”. Richa citou alguns programas do governo estadual que estão relacionados com a construção civil, como o Morar Bem Paraná que prevê a construção de 100 mil residências populares. Na área de infraestrutura, o governador lembrou da duplicação da BR-277, entre os municípios de Matelândia e Medianeira, na região Oeste do Estado. Além da nova pista, o projeto prevê a construção de três trincheiras, vias marginais e viadutos. DIÁLOGO - O engenheiro civil Edson José de Vasconcelos assumiu a presidência da entidade, substituindo a Fernando Dillenburg. Com aproximadamente

1,2 milhão de habitantes, o Oeste paranaense é uma região com fortes raízes no setor agropecuário e agroindustrial. Edson José de Vasconcelos afirma que o diálogo com governo é fundamental para desenvolver o setor, que precisa cobra uma reforma tributária e política para o País. “A construção civil tem responsabilidade com o Paraná, que cresce anualmente o dobro do Brasil. Temos um ótimo canal de diálogo que queremos ampliar com o Estado”, disse o novo presidente. Ele disse que o principal desafio no cargo será ampliar a produtividade e trazer novas tecnológicas para a construção civil. Fernando Dillenburg, que deixou a presidência, também fez uma avaliação do setor. “Estamos num bom momento que é resultado de muito trabalho e parceria com o governo”, avaliou. O Sinduscon representa mais de 2000 empresas de 49 municípios e tem o objetivo de estudar,

coordenar, proteger e representar legalmente as indústrias da construção, tendo como intuito o fortalecimento do setor e a implantação de serviços e atividades que atendam às necessidades das empresas associadas. “A participação do sindicato no crescimento e planejamento da cidade é expressivo. Temos crescido muito e o setor da construção civil tem ajudado nisso”, afirmou o prefeito de Cascavel, Edgar Bueno. Na mesma solenidade de posse, o empresário Renato Pena Camargo, de Foz do Iguaçu, assumiu a vice-presidência. Também participaram do evento o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic), Paulo Simão, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, além de deputados federais e estaduais, prefeitos e líderes de entidades representativas.

Reunião de amigos e lideranças de Tomazina

O deputado estadual Pedro Lupion (Democratas) recebeu, neste final de semana, na fazenda Nelore Beka, várias lideranças do município de Tomazina. O encontro liderado

pelo ex prefeito municipal Luiz de Farias, também Democratas, reuniu vários vereadores e teve objetivo de discutir o município e as ações políticas para o próximo pleito. De

acordo com Lupion além de reunir um importante grupo político do município o encontro foi uma oportunidade para reunir os amigos. " É extramente satisfatório estar com

Assessoria

amigos que compartilham de ideais positivos e que, assim como nós, está aberto para o dialogo em busca do bem comum da maioria", destaca Lupion.

Movimentação A movimentação de cargas pelos portos de Paranaguá e Antonina atingiu a marca das 11 milhões de toneladas neste primeiro trimestre de 2014. O volume é 15% maior do que o registrado no mesmo período de 2013. Entre os destaques está a exportação de soja, que já é 157% superior à verificada nos três primeiros meses de 2013, totalizando 2,7 milhões de toneladas exportadas. A exportação de farelo de soja apresentou alta de 8%, com 883,7 mil toneladas. Ciclistas Matérias referentes à Legislação de Trânsito envolvendo bicicletas e ciclistas serão mais frequentes nos exames teóricos de direção do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) para a primeira habilitação. Com isso, das 30 questões que compõem o exame, pelo menos uma será diretamente relacionada ao tema. Foi criada ontem (14) uma comissão interinstitucional, integrada por técnicos das Coordenadorias de Habilitação e de Educação para o Trânsito do Detran, para elaborar perguntas que contemplem as normas previstas no Código de Trânsito Brasileiro. O grupo também trabalhará com sugestões enviadas por representantes da Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu (CicloIguaçu). Prevenção O governador Beto Richa participou nesta segunda-feira (14) da solenidade de apresentação do projeto SOS Litoral, condecorado com o Selo de Mérito 2014. O projeto foi desenvolvido pelo governo do Paraná e beneficiou famílias do litoral paranaense que foram atingidas com as enchentes em 2011. O prêmio Selo de Mérito tem o objetivo de divulgar e difundir as boas experiências habitacionais desenvolvidas por órgãos públicos. É uma promoção da Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos de Habitação (ABC) e do Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano. A premiação aconteceu durante o 61º Fórum Nacional de Habitação de Interesse Social, em março deste ano. Ingressos A Federação Internacional de Futebol (Fifa) inicia hoje (15), às 7h, o último período de vendas de ingressos para a Copa do Mundo de 2014, que ocorrerá em 12 cidades brasileiras entre 12 de junho e 13 de julho. A chamada Venda de Último Minuto será feita inicialmente apenas pela página da internet da Fifa, no endereço www.fifa.com/ tickets.A partir do dia 1° de junho, será possível comprar também em um dos 15 centros de venda e coleta da Fifa. A federação ainda não divulgou o número de ingressos que serão colocados à disposição do público.Caso haja disponibilidade, os espectadores podem comprar os tíquetes até o dia da partida escolhida. Nas quatro fases de vendas anteriores, foram comercializados 2,57 milhões de entradas para as 32 partidas da competição. Os tíquetes já comprados começam a chegar às mãos dos torcedores este mês. Juros em alta Os consumidores reduziram a procura por crédito em 3,2%, no primeiro trimestre deste ano sobre o mesmo período do ano passado, segundo mostra do Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. Em março, a demanda foi 7,5% inferior que a registrada no mesmo mês de 2013. Já na comparação com fevereiro último houve elevação (1,9%). Houve recuos entre todas as classes econômicas e a maior queda foi verificada entre os consumidores de baixa renda com ganhos de até R$ 500 por mês (-7,6%). Na faixa entre R$ 5.000 e R$ 10.000 a procura caiu 6,8% e entre os que recebem acima de R$ 10.000 mensais a demanda diminuiu 7%. Nas faixas entre R$ 500 e R$ 1.000 ocorreu redução de 3,1%. Também caiu a demanda por crédito de trabalhadores com renda entre R$ 1.000 e R$ 2.000 mensais (-1,4%) e entre R$ 2.000 e R$ 5.000 (-4,4%). Velório Virtual Começou a tramitar nesta segunda-feira (14) na Câmara Municipal de Curitiba um projeto de lei que obriga os cemitérios de Curitiba a oferecerem o serviço de “velório virtual”. Segundo o autor da proposta, vereador Chico do Uberaba (PMN), a ideia é transmitir imagens do velório pela internet. “Tem gente que está longe e não pode comparecer para prestar as últimas homenagens”, justifica o vereador. As imagens seriam captadas dentro das capelas onde os corpos são velados e transmitidas em tempo real para a internet. Teria acesso à transmissão, explica Chico do Uberaba, somente as pessoas que tivessem autorização da família. O controle seria feito mediante a distribuição de senhas de acesso. “A transmissão dependeria do aval da família”, diz o vereador.


4

Terça-Feira - 15 de Abril de 2014 Edição 966

LOCAL

Unidade móvel do Senac se instala em Siqueira Campos

O Senac traz aos siqueirenses oportunidades de capacitação profissional em duas áreas. Segundo a diretora do Departamento de Assistência Social, Vanessa Bassani, a carreta deve permanecer na cidade no período de dois meses De Siqueira Campos Camila Consulin com Assessoria Unidade móvel de capacitação profissional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) se instalou na última sexta-feira (11), em Siqueira Campos. O Senac traz aos siqueirenses oportunidades de capacitação profissional em duas áreas. Segundo a diretora do Departamento de Assistência Social, Vanessa Bassani Marques de Goes, a carreta deve permanecer na cidade no período de dois meses e conta com o apoio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Empreo (Pronatec). “A presença desta unidade no município vai abrir portas e proporcionar independência aos participantes, é geração de emprego e melhora na renda familiar”, diz a diretora. Segundo os cadastros realizados, a expectativa é que mais de 50 participantes sejam beneficiados com a unidade móvel. Conforme informações, cada participante receberá um auxílio de alimentação e transporte

no valor de R$ 400. Foram oferecidos os cursos de auxiliar de cozinha e bartender. As aulas serão ministradas em três turnos, matutino, vespertino e noturno. A carreta representa um investimento de cerca de R$ 2 milhões, é completamente equipada e ambientada de acordo com os cursos ministrados, contendo, por exemplo, cozinha completa, tanto em equipamentos, quanto em utensílios. Vanessa destaca que é a primeira vez que a carreta se instala na cidade. O veículo percorre a região com a missão de oferecer novas perspectivas aos moradores que não tem condições de cursar um curso fora da cidade. O Senac Móvel é um dos principais programas oferecidos pela instituição. Através das unidades, milhares de pessoas têm acesso à educação profissional qualificada. Para mais informações os interessados podem entrar em contato pelo telefone (43) 3571-1513. A unidade móvel foi instalada ao lado do Ginásio de Esportes Raulino Ceccon. Além disso, a primeira-dama e presidente do Programa Volun-

Assessoria

O Senac Móvel é um dos principais programas oferecidos pela instituição

tariado Paranaense (Provopar), Luciane Cristina da Luz Bueno também esteve presente na recep-

ção da unidade móvel. “Receber a carreta escola do Senac é proporcionar oportunidades, é saber

que vamos capacitar pessoas, e com isso abrir portas para que elas possam ingressar no mercado de

trabalho e melhorar a qualidade de vida dessa gente”, disse em discurso.

Visita aos candidatos do programa Minha Casa Minha Vida começa em maio Segundo o diretor do Departamento de Habitação, Jean Carlos Rocha, a primeira fase das inscrições se encerram no final do mês e o processo de triagem para escolha das famílias beneficiadas começa no dia 2 de maio Camila Consulin

mínimos. Além disso, não podem ter sido anteriormente beneficiados em outro programa de habitação social do governo, em âmbito municipal, estadual ou federal e ter cadastro no Cadastro Único (CadÚnico). “Estamos com duas linhas de créditos, uma que irá favorecer 30 famílias e a outra que deve beneficiar 300 famílias. Porém, cada uma das linhas tem um regulamento diferenciado”, ressaltou. Rocha ainda informou que as seleções começarão no dia 2 de maio e que a seleção será feita conforme as exigências dos programas. Será avaliado a comprovação de renda formal ou informal e documentos pessoais. De acordo com o diretor, o Departamento de Habitação trabalhará junto com o Departamento de Assistência Social para

fazer a seleção das famílias. “O nosso trabalho consistirá em priorizar as famílias siqueirenses mais necessitadas e também evitar problemas de pessoas que já fazem parte de algum outro programa de habitação”, informou. Após a triagem realizada pelo Departamento de Habitação, o Departamento de Assistência Social se encarregará de fazer visitas nas moradias das famílias selecionadas. “A visita das assistentes sociais faz parte das exigências do programa, onde vamos ter a comprovação da real necessidade de cada família”, explicou. O trabalho como objetivo de averiguar se as famílias se encaixam nos critérios nacionais e municipais para a obtenção da moradia.

O programa

Segundo diretor, o Departamento de Habitação trabalhará junto com o Departamento de Assistência Social para fazer a seleção das famílias

De Siqueira Campos Camila Consulin

O Departamento de Habitação de Siqueira Campos já conta com a inscrição de mais de 500 famílias no programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal.

De acordo com o diretor do departamento, Jean Carlos Rocha, a primeira fase das inscrições se encerram no final do mês e o processo de triagem para escolha das famílias beneficiadas começa no dia 2 de maio. Segundo Rocha, para efeti-

var o cadastro, os interessados devem ir até a sede do departamento com as cópias da carteira de identidade, CPF, comprovante de renda, certidão de nascimento, de casamento e comprovante de endereço, em mãos. Ele ainda informa que para

ser beneficiário do programa, o candidato deve ter renda bruta familiar de até R$ 1.600 para a primeira linha de crédito, onde serão beneficiadas 30 famílias e para as outras 300 moradias, os interessados podem ter renda familiar de um até sete salários

Tem como meta reduzir o déficit habitacional brasileiro, um dos problemas mais crônicos do país. A meta do programa, que entra agora em sua segunda fase (2011-2014), é construir dois milhões de unidades habitacionais, das quais 60% voltadas para famílias de baixa renda. Em 2010, após um ano de atividade, o Minha Casa, Minha Vida atingiu a meta inicial de um milhão de contratações. O programa, na área urbana, é dividido por 3 faixas de renda mensal: até R$ 1.600 (faixa 1), até R$ 3.100 (2) e até R$ 5 mil (3). Na área rural, as faixas de renda são anuais: até R$ 15 mil (1), até R$ 30 mil (2) e até R$ 60 mil (3). Além da construção das unidades habitacionais propriamente dita (Minha Casa, Minha Vida), fazem parte desse eixo as áreas Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e Urbanização de Assentamentos Precários.


5

Terça-Feira - 15 de Abril de 2014 Edição 966

AB NOTICÍAS RECURSOS NATURAIS O estado do Paraná irá reimplantar o programa de ‘Manejo de Solos e Águas em Microbacias’. Desenvolvido na década de 80, o programa prevê a conservação de solos e águas em microbacias dos 399 municípios paranaenses. Serão aplicados cerca de R$ 30 milhões na manutenção das nascentes. LEITE EM ALTA A produção de leite na região de Ivaiporã, norte-central cresceu 85,48% nos últimos quatro anos. Segundo o Departamento de Economia Rural (Deral) foram produzidos mais de 32,4 milhões de litros de leite. A boa alimentação aliada ao melhoramento genético do rebanho foram fatores decisivos para alta. NOVO RADAR Cascavel, oeste paranaense, abrigará o novo radar do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar). O investimento de R$ 9 milhões representa um salto de qualidade na previsão de chuvas e vento, bem como na detecção de eventos severos como granizo, tempestades e vendavais para a região oeste do Paraná. FESTIVAL DE CONTOS Acontece em Ponta Grossa entre os dias 21 e 23 de maio, o I Festival Nacional de Contadores de Histórias. O evento reunirá 22 contadores de histórias de 11 estados do país. A programação conta com oficinas, maratona de contos, debates e lançamentos literários. COMÉRCIO CRESCE O mês de fevereiro foi positivo para o comércio de Ponta Grossa. Segundo a Federação do Comércio do Paraná, foi registrada alta de 4,7% nas vendas no segundo mês do ano em relação ao mesmo mês no ano anterior. AULAS DE SURFE Os alunos do Colégio Estadual do Paraná, em Curitiba, passaram a receber outras modalidades esportivas em 2014. Uma delas será a aula de surfe, parte do projeto ‘Atividades aquáticas diferenciadas na piscina’ que pretende despertar mais interesse nos alunos por práticas esportivas na água. TRÂNSITO EM FOCO O centro de Astorga, norte-central, receberá alterações no trânsito. Os investimentos são de R$ 300 mil em implantação de semáforos, locais para estacionamento e alterações de vias. A primeira rua a passar por modificações será a 9 de julho. RECREAÇÃO NA PÁSCOA Guarapuava, centro-sul terá programação especial de Páscoa até o dia 19 de abril. Este ano haverá na cidade atrações como a “Casa do Coelho” e "Toca Móvel" que levaram brinquedos infláveis, gincanas de páscoa e programas sociais até os bairros e distritos do município. EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Assis Brasil em Clevelândia na região sudoeste terá o Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) ampliado. Com recursos de R$ 4,7 milhões, o centro receberá mais três alojamentos e novos laboratórios técnicos. Ao todo serão 2.866 metros quadrados de área construída. PREVENÇÃO NO FUTEBOL A FIFA e uma universidade alemã acabam de criar um registro mundial para casos de morte súbita entre jogadores de futebol. O objetivo é investigar as causas para antecipar o diagnóstico nos atletas. Segundo pesquisas já realizadas, doenças cardiovasculares - não detectadas - são as principais causas desse tipo de morte. VAGAS NO SUL Bituruna, na região sul do Paraná está com 53 vagas abertas para concursos públicos. As oportunidades são para cargos de ensino fundamental, médio e superior. Os concursos terão validade de dois anos, podendo ser prorrogado.

REGIONAL

Bairro Pescaria é pavimentado em São José da Boa Vista

O local liga a área rural à PR 151. Os moradores afirmaram que a pavimentação irá beneficiar todos, pois dessa forma o tráfego de grãos fica facilitado Agência Criativa

De SJBV Regiane Romão/ Agência Criativa O Bairro Pescaria, em São José da Boa Vista, será pavimentado com pedras poliédricas. A pavimentação ligará o bairro à PR 151, conhecida como a Rodovia da Madeira. As obras foram iniciadas em março, e a conclusão, está prevista para o mês de agosto. Ao todo, 3.500 metros serão pavimentados. O recurso destinado para a execução do projeto foi envidado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística. Ao todo foram enviados R$ 1.099 milhões para que seis mil metros fossem pavimentados. O prefeito Sérgio Kronéis ressaltou que o recurso enviado pelo Governo Estadual prevê a pavimentação de seis mil metros, porém, no Bairro Pescaria, serão usados apenas 3.500 metros de pedras poliédricas. “O recurso do governo do estado só é liberado para o feitio de uma obra que ligue um bairro da zona rural ao centro da cidade e o bairro que se enquadrou a princípio dentro deste contexto foi o Bairro da Pescaria. Numa 2º etapa vamos estudar outro bairro possa se encaixar dentro do programa e utilizar os 2.500 mil metros restantes”.

As obras tem previsão para terminar em agosto de 2014

Os moradores do Bairro da Pecaria e bairros vizinhos que utilizam aquela estrada, agradeceram à administração municipal pela iniciativa.“A comunidade da zona rural com certeza está muito feliz, porque as condições das estradas são essenciais para o transporte de grãos no período da safra. Qualquer iniciativa que venha nos beneficiar os produtores rurais, é bem vinda”. O prefeito fez questão de afirmar que nenhum recurso vem para o município sem que haja um pro-

jeto elaborado, tanto no governo Federal como no Estadual. “Nossa equipe tem que estar atenta a todos os projetos que entram em disponibilidade nos dois governos, a partir daí começa a elaboração do projeto e a escolha do local ou comunidade que será beneficiada”. Ele ressaltou que neste caso em questão o bairro da Pescaria foi escolhido por se enquadrar dentro das especificações e lógico para facilitar ainda mais o escoamento das safras. “Hoje estamos com as nossas estradas rurais em bom

estado. Temos um grande carinho pela nossa comunidade agrícola, nossa economia, na sua maior parte, está pautada no setor agropecuário, nada mais justo do que oferecermos sempre as melhores condições a eles em todos os sentidos. Tanto o setor agrícola, como o de obras e de conservação das estradas rurais, recebe orientação para não medirem esforços e assim oferecer uma assistência adequada, tanto técnica, como de logística, para os nossos agricultores”, finalizou o prefeito,

Trânsito de Cornélio Procópio será reorganizado

O acordo foi feito entre a prefeitura, Departamento de Trânsito e o Rotary Assessoria de Comunicação

De Cornélio Procópio Regiane Romão/ Assessoria de Comunicação A fim de reorganizar o trânsito municipal, o prefeito de Cornélio Procópio, Fred Alves e o diretor do Departamento de Trânsito, Henrique Almeida, participaram de uma reunião na sede do Rotary. O encontro serviu para discutir sobre a infraestrutura municipal. Entre os pontos debatidos está à volta do estacionamento rotativo, às sinalizações vertical e horizontal, instalação de semáforos e a transposição férrea. Após a reunião foi firmada uma parceria entre o Rotary e a prefeitura. “É muito importante para a administração pública ter o apoio da sociedade civil organizada que vem para nos ajudar a traçar metas e desenvolver estra-

Reunião do Departamento de Trânsito com o Rotary teve como objetivo reorganizar o trânsito procopense

tégias para melhorias no trânsito de nossa cidade”. Segundo Henrique Almeida,

uma das ações entre as entidades será ações que estimulem a educação no trânsito através de uma

proposta de interação entre as autoescolas, o DETRAN e a Polícia Militar.

Recepcionista Secretária (02 vagas) Agência Cambará – 53 vagas Auxiliar de linha de produção (42 vagas) Borracheiro (06 vagas) Eletricista de instalações industriais (02 vagas) Operador de Caldeiras (01 vaga) Torneiro Mecânico (02 vagas) Agência Curiúva – 59 vagas Motorista de caminhão (11 vagas) Trabalhador de extração florestal, em geral (48 vagas). Agência Ibaiti – 03 vagas Chapista de lanchonete (02 vagas) Recepcionista Secretária (01 vaga) Agência Jacarezinho – 26 vagas Auxiliar de cozinha (06 vagas) Auxiliar de marceneiro (01 vaga) Auxiliar de técnico de montagem (01 vaga) Caseiro (agricultura) – 02 vagas Cobrador de transporte coletivo (02 vagas) Cobrador pracista (01 vaga) Empregado doméstico arrumador (01 vaga) Encanador industrial (01 vaga) Líder de manutenção mecânica (01

vaga) Mecânico de manutenção industrial (01 vaga) Motorista e ônibus urbano (01 vaga) Motorista entregador (02 vagas) Soldador (01 vaga) Técnico de obras (01 vaga) Técnico de tubulação (01 vaga) Técnico em Segurança no trabalho (01 vaga) Agência Joaquim Távora – 19 vagas Abastecedor de linha de produção (17 vagas) Vendedor em comércio atacadista (02 vagas) Agência Santo Antônio da Platina – 419 vagas Ajudante de serralheiro (01 vaga) Alimentador de linha de produção (50 vagas) Auxiliar de administração (03 vagas) Auxiliar de dentista (01 vaga) Auxiliar de estoque (01 vaga) Auxiliar de linha de produção (91 vagas) Balconista de lanchonete (05 vagas) Caseiro (01 vaga) Cobrador interno (02 vagas) Cortador de cana de açúcar (150

vagas) Empregado doméstico diarista (06 vagas) Encarregado de almoxarifado (01 vaga) Instalador de alarmes residencial (01 vaga) Manobrista de veículo pesado (01 vaga) Marceneiro (06 vagas) Mecânico de automóveis e caminhões (02 vagas) Motorista de caminhão (02 vagas) Operador de negócios (03 vagas) Professor assistente de regência da classe (01 vaga) Recepcionista atendente (03 vagas) Recepcionista secretária (06 vagas) Secretário – técnico de nível médio (02 vagas) Serralheiro (08 vagas) Vendedor de comércio varejista (14 vagas) Vendedor de serviços (03 vagas) Vendedor pracista (04 vagas) Agência Wenceslau Braz – 06 vagas Agente Funerário (02 vagas) Cozinheiro de restaurante (02 vagas) Pedreiro (02 vagas)

Norte Pioneiro oferece vagas de emprego em vários municípios Do Norte Pioneiro Regiane Romão

Vários municípios do Norte Pioneiro disponibilizam vagas de emprego. Os interessados devem procurar as Agências dos Trabalhadores em cada cidade. Para fazer o cadastro é necessário levar o RG, CPF, CARTEIRA DE TRABALHO E COMPROVAMENTE DE RESIDÊNCIA. Caso não seja da região e tenha interesse em alguma vaga, entre no site da Secretária do Trabalho (http://www.trabalho.pr.gov.br) e procurar pela Agência de seu município (No site tem um banner dizendo quantas vagas existem e um link com os dizeres VIZUALIZAR RELAÇÃO POR MUNICÍPIO). As vagas podem estar sujeitas a alteração durante o dia. Para melhor se informar é importante procurar a Agência. Agência Andirá – 12 vagas Ajudante de obras (03 vagas) Auxiliar de linha de produção (04 vagas) Montador de equipamentos de levantamento e movimentação (02 vagas) Montador de móveis de madeira (02 vagas)


6

Terça-Feira - 15 de Abril de 2014 Edição 966

LOCAL/POLICIAL

Giro de NotÍcias Paraná terá pistas duplas em 132 quilômetros de rodovias O Paraná tem hoje em andamento obras de duplicação e manutenção em nove trechos estratégicos de rodovias, que somam R$ 2,1 bilhões em investimentos, com recursos do Governo do Estado ou em parceria com as concessionárias. São 132 quilômetros de implantação de pistas duplas, com trincheiras, viadutos e novas sinalizações. Também estão em execução manutenção e conservação de quase 12 mil quilômetros da malha rodoviária paranaense. A melhoria das rodovias faz parte da política do governo estadual para estimular o desenvolvimento e garantir mais competitividade aos produtos paranaenses. Nas rodovias estaduais circulam a maior parte dos produtos agrícolas e industriais produzidos no Paraná e, também de outros Estados, que seguem para os portos paranaenses. Pelo terceiro ano consecutivo, os Portos de Paranaguá e Antonina registram recorde histórico na movimentação de cargas. O Porto de Paranaguá é o segundo no país em número de exportação de grãos.

Siqueirenses sentem o “peso” da inflação A inflação que afeta todo o país está surtindo efeito entre os munícipes de SC, que estão comprando apenas o básico para alimentação

Fotos: Camila Consulin

Governo oferece mais 700 mil exames gratuitos Dezessete laboratórios firmaram contrato com a Secretaria Estadual de Saúde para a realização dos exames citopatológicos pela rede pública de saúde. Esses exames são ofertados gratuitamente nas unidades de saúde e são essenciais para a detecção do câncer de colo de útero e do câncer de mama. A medida amplia a capacidade de realização dos procedimentos em todas as regiões do Estado e contribuirá para agilizar o diagnóstico e tratamento dos pacientes. Os contratos têm validade de um ano, podendo ser renovados por outros quatro. Eles garantem a oferta de 700 mil exames por ano, o que representa um pagamento anual de aproximadamente R$ 5,3 milhões. Paraná retoma conservação de solos e águas em microbacias O Governo do Estado está retomando o programa de Manejo de Solos e Águas em Microbacias que na década de 1980 colocou o Paraná na vanguarda do desenvolvimento sustentável com medidas de conservação implantadas no campo. A Secretaria da Agricultura e do Abastecimento e o Instituto Emater serão responsáveis pela execução do programa. Pelo menos uma microbacia por município receberá apoio do Estado e as ações servirão de modelo para as demais 6.000 microbacias existentes no Paraná. Serão aplicados cerca de R$ 30 milhões ao longo de quatro anos. Inscrições para curso sobre ‘Agronegócio’ vão até 9 de maio O curso de Extensão em ‘Aspectos Econômicos do Agronegócio’, ofertado pelo Departamento de Economia, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), tem inscrições abertas até 9/05. Os interessados devem se inscrever no departamento, das 8h ás 16h30. O curso se realiza aos sábados, nos dias 10 e 17 de maio, das 8h às 12h, nas salas 207 e 215 do Campus Central (Bloco D). Destinado aos alunos do curso de Agronomia, Engenharia de Alimentos e Zootecnia, do 1º ao 4º ano, o curso vai realizar uma análise sistêmica do Agronegócio; esclarecer o papel da comercialização; expor os principais elementos formadores do Agronegócio; discutir as principais tendências do Agronegócio no Brasil; analisar os preços agropecuários; e abordar a produção e demanda de alimentos. Mais informações poderão ser obtidas no Departamento de Economia ou pelo telefone 3220-3394. Prêmio para a cidadania Estão abertas as inscrições para o selo ODM 2014-2015, que visa reconhecer as instituições e empresas do Paraná que trabalham em prol dos objetivos de Desenvolvimento do Milênio. O Movimento Nós Podemos Paraná, articulado pelo SESI-PR, convida a todas as instituições parceiras do Programa UPS-Cidadania para realizar a inscrição de projetos que contribuem para cumprir as 8 metas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU). A certificação é destinada a empresas e instituições públicas e do terceiro setor que realizam projetos ligados ao desenvolvimento local. As inscrições são gratuitas e estão abertas até 30 de abril. Pode colher pinhão? A partir desta terça-feira, a colheita do pinhão passa a ser permitida. As normas e as instruções para a colheita foram editadas e estão estabelecidas na portaria 059/2014 do Instituto Ambiental do Paraná (IAP). O objetivo da regulamentação da colheita é garantir o consumo sustentável de forma a garantir a reprodução da araucária, árvore ameaçada de extinção e símbolo do Paraná. O fruto também serve como alimento para diversas espécies da fauna. Nos meses de abril, maio e junho, também é proibido o abate dos pinheiros nativos adultos portadores de pinhas, exceto os pinheiros autorizados por motivo de riscos pessoais e/ou materiais, de interesse social e/ou utilidade pública, para construções em áreas urbanas consolidadas e árvores oriundas de reflorestamento. Centro de Especialidades O Centro de Especialidades Regional de Ponta Grossa já está ofertando consultas e exames especializados para a região que abrange 17 municípios. O centro é administrado pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Campos Gerais (Cimsaúde). No espaço também será instalada a sede do consórcio e futuramente o Centro Mãe Paranaense, espaço dedicado ao acompanhamento de gestantes e bebês de alto-risco. Investimentos: R$ 200 mil do Governo do Estado para aquisição de equipamentos e R$ 150 mil mensais, através do programa de apoio aos consórcios (ComSUS) para o custeio da unidade.

Vivian Dezuani – Houve uma alta tão grande nos preços que com R$400 só dá para comprar o básico.

De Siqueira Campos Isaele Machado com dados do Uol As expectativas do mercado para a inflação deste e do próximo ano se deterioraram mais uma vez, de acordo com o boletim semanal Focus, do Banco Central, que colhe estimativas entre cerca de cem instituições do mercado financeiro. O município de Siqueira Campos já está sentindo os efeitos da inflação. A equipe de reportagem do CN (Correio Notícias) fez uma breve pesquisa em alguns estabelecimentos do município para avaliar os preços dos alimentos. A maioria dos itens tiveram um aumento de 6%. O valor estimado que os siqueirenses gastammensalmente com alimentação é de R$400,00. Porém este valor não está correspondendo à compra de todos os itens necessários para a alimentação das famílias. Devido à alta dos

Maria das Graças Morais – Sobe um pouquinho o salário e já sobre o preço de tudo, não dá pra comprar a mesma quantia de alimentos que antes.

preços, esse valor só dá para comprar produtos básicos como, arroz, feijão, açúcar, café, leite e alguns produtos de higiene e limpeza. Alguns dos entrevistados estão optando pela cesta básica que esta em torno e R$250,00. Com R$400 o siqueirense já está comprando o básico, isso indica que com uma cesta básica a situação fica mais “apertada”. De acordo com uma das pessoas entrevistadas, Maria das Graças Morais, não dá pra comprar a mesma quantidade de alimentos que antes, somente o básico. “Sobre um pouquinho o salário e sobre o preço de tudo, daí fica difícil”, comentou. A mediana das estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2014 subiu pela sexta semana consecutiva, de 6,35% para 6,47%, um nível bem próximo ao teto do intervalo para a meta de inflação a ser perseguida pelo Banco Central, de 6,50%.

Maria Novina – As coisas estão subindo muito e a cesta básica não supre todas as necessidade.

Para 2015, a mediana avançou de 5,84% para 6%. Na leitura do IPCA em 12 meses, as expectativas saíram de 6,07% para 6,12%. A projeção para a inflação em abril subiu de 0,61% para 0,69%. As revisões ocorrem após o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informar um IPCA maior que o esperado em março, 0,92%, puxado pela alta dos alimentos, que subiram por causa da seca, e também por outros fatores. A inflação de serviços voltou a ganhar força e agora está acima de 9% em 12 meses. Energia elétrica também terá aumento Além do choque do preço dos alimentos, ainda existe a expectativa do impacto da conta da energia elétrica, que pode ocorrer ainda em 2014, a despeito dos esforços do governo para amenizar esse efeito. De acordo com analistas, os primeiros reajustes autorizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)

na semana passada sinalizam um IPCA mais alto. No Focus, a expectativa para o aumento dos preços administrados neste ano, que inclui energia elétrica, subiu de 4,45% para 4,60%. Para 2015, a estimativa avançou de 5,50% para 5,90%. Apesar de uma expectativa de inflação deteriorada, o mercado manteve inalterada a aposta para a taxa Selic ao fim deste e do próximo ano. Para 2014, a taxa básica de juros é estimada em 11,25%, ante atuais 11%, e para 2015, em 12% ao ano. Os analistas Top 5 - os que mais acertam as previsões - reduziram sua expectativa para o IPCA neste ano, mas elevaram-na para 2015. Eles não alteraram suas projeções para a Selic. A mediana de médio prazo para o IPCA em 2014 saiu de 6,57% para 6,49%, e para 2015, de 6% para 6,27%. A projeção para a Selic seguiu em 11,88% em 2014 e em 13% em 2015.

OCORRÊNCIAS

Com nova lei seca, juízes absolvem motoristas flagrados no bafômetro

Brasil G1 Motoristas pegos no teste do bafômetro, mas que não demonstram estar embriagados, estão sendo absolvidos na Justiça graças a uma interpretação mais branda da nova lei seca. O Código Brasileiro de Trânsito foi endurecido em dezembro de 2012 pela Lei 12.760, criada para punir motoristas que tentavam escapar da pena negando-se a soprar o bafômetro. O G1 levantou decisões de diferentes tribunais, incluindo de segunda instância, que mostram que o resultado positivo no bafô-

metro não significa que o condutor flagrado responderá penalmente. Os casos apenas começaram a chegar ao Judiciário. Antes, os motoristas não faziam o teste, eram multados (pena administrativa), perdiam a carteira de habilitação e tinham o veículo apreendido, mas não respondiam a processo criminal. Com a nova lei, já não adianta fugir do teste. A norma incluiu novos tipos de provas contra os condutores, como testemunhas, vídeos e fotos, que já resultaram em condenações. O valor da multa também aumentou, de R$ 957,70 para R$ 1.915,40 (que é dobrado se o

motorista for reincidente em um ano). A medida já é considerada um fator de diminuição de acidentes no país. Na nova interpretação dos juízes, no entanto, agora não basta ser flagrado com nível de álcool no sangue (alcoolemia) acima do permitido, é preciso também ter perdido os reflexos, ou seja, a "capacidade motora" para dirigir. O entendimento se baseia na alteração da parte principal do artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro, que retirou a expressão "concentração de álcool" (veja ao lado). Sob esse argumento, foram rejeitadas denúncias do Ministério

Público (MP) contra motoristas flagrados com quantidade proibida de álcool no sangue, e outros foram absolvidos. A interpretação divide especialistas sobre o tema. Parte considera que a lei se tornou mais justa, punindo apenas com multa, e não detenção, o condutor que bebeu pouco, mas não causou perigo a outras pessoas. Já para entidades como a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), o entendimento é preocupante, porque qualquer quantidade de álcool é capaz de alterar a capacidade de dirigir.

informações de que o suspeito compartilhava arquivos de pedofilia há pelo menos 8 anos. O suspeito foi identificado após investigação do Núcleo de Repressão a Crimes Cibernéticos da Superintendência da Polícia Federal do Paraná. As primeiras informações a respeito do caso foram enviadas pela Polícia da Polônia, que identificou conexões de internet de

usuários de redes peertopeer que compartilhavam pornografia infantojuvenil em diversos países, incluindo o Brasil. A prisão em flagrante se deu em decorrência de mandado de busca e apreensão expedido pela 14ª Vara Federal de Curitiba, e a investigação corre em segredo de justiça. Os computadores e mídias que armazenavam as imagens

foram arrecadados pelos agentes e passarão por detalhada perícia técnica, que vai identificar a extensão da participação do suspeito em redes internacionais de compartilhamento de arquivos. A análise dos equipamentos de informática do suspeito também deve auxiliar na identificação de outros brasileiros que cometem o mesmo tipo de crime.

Homem preso em Curitiba por compartilhar na internet arquivos de sexo com crianças De Curitiba Banda B

A Polícia Federal de Curitiba prendeu em flagrante, na manhã de ontem (14), um indivíduo suspeito de crimes relacionados à pornografia infantojuvenil na internet. O homem, de 40 anos, mantinha em sua residência milhares de arquivos de fotos e vídeos de sexo com crianças. Há


7

Terça-Feira - 15 de Abril de 2014 Edição 966

EDITAIS

Prefeitura DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA estado do paraná

PREFEITURA DE SIQUEIRA CAMPOS estado do paraná

AVISO DE LICITAÇÃO

DECRETO 1.120/2014

PREGÃO Presencial N° 17/2014 – REGISTRO DE PREÇOS - 2ª CONVOCAÇÃO O

PREFEITO DO

MUNICIPIO

DE

SIQUEIRA

CAMPOS, Estado do Paraná, usando das atribuições que lhe são conferidas por Lei e,

O Município de São José da Boa Vista-PR torna público que, em face da ausência de interessados no fornecimento do objeto descrito no Edital de Pregão nº 17/2014 em sua primeira sessão, fará realizar na sede da Prefeitura Municipal, a 2ª sessão de processo

CONSIDERANDO as disposições da Lei Municipal nº 890, de 01 de setembro de 2.013, que institui o Programa Municipal de Incentivo

licitatório na modalidade Pregão Presencial, que tem por objeto, “Registro de Preços para futura e eventual contratação de serviços

e Geração de Emprego e Renda e dá outras providências;

funerários”. A abertura dos envelopes se dará no dia 05/05/2014, às 10:00 horas. Maiores esclarecimentos poderão ser obtidos no

011/89, de 22 de junho de 1989;

Edifício da Prefeitura Municipal, no horário comercial, pelo fone: (043) 35651252 ou através do e-mail: licitapmsjbv@yahoo.com.br. São José da Boa Vista, 14 de abril de 2014.

CONSIDERANDO as disposições da Lei Municipal

Willys Manoel Barbosa

CONSIDERANDO o parecer favorável da Comissão Especial de Avaliação de Área Industrial;

Pregoeiro Oficial

RESOLVE: Art. 1º. Conceder o direito real de uso da área com metragem de 2.971,00m² (dois mil novecentos e setenta e um metros quadrados), situada na zona urbana na Cidade de Siqueira Campos, com as seguintes confrontações: 39,96 metros de frente para a Rua Francisca

Prefeitura DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA estado do paraná

Oeda Blanco; 69,98 metros aos fundos com José da Cunha Fiates; 21,50 metros e 48,00 metros em linhas quebradas pelo lado direito com Marco Andrei Fernandes; 80,00 metros pelo lado esquerdo com Marcio Antonio de Carvalho. Inscrição Cadastral na Prefeitura Municipal sob número 01.02.329.0992.001. constante da Matrícula Imobiliária Número 7.740 à Empresa MJ Santos Infoormática LTDAME, pessoa Jurídica de Direito Privado inscrita no CNPJ 07.68.874/0001-09 com sede na Rua Rio Grande do Sul, 1526, sala 1 neste

EDITAL DE HABILITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS

Município de Siqueira Campos. Art. 2º. A área de que trata o artigo anterior destina-se exclusivamente à instalação de Uma Torre de Telecomunicação, sendo vedada a sua utilização para qualquer outro fim, sob pena de anulação do ato de concessão de direito real de uso e consequente reversão do imóvel ao patrimônio do Município. Art. 3º. O prazo da concessão de direito real de uso do lote de terras referido no art. 1º é de 10 (dez) anos, podendo ser prorrogado, a critério da Administração, mediante requerimento do interessado. Art. 4º - Cessando a utilização do objeto da presente concessão ou sendo o terreno ora concedido utilizada para finalidade diversa da prevista no artigo 2º, caberá a reversão do imóvel para o patrimônio do Município de Siqueira Campos, nos termos da Legislação vigente. Art. 5º. Expirado o prazo da presente concessão de direito real, não havendo sua renovação ou prorrogação, o imóvel identificado no

REF. TOMADA DE PREÇO Nº 03/2014 – PMSJBV A comissão de licitação da prefeitura municipal de São José da Boa Vista, designada pela portaria nº. 03/2014 constituída pelos senhores Willys Manoel Barbosa - Presidente, Ivan Rosa – Secretário e Luan Assis de Oliveira - membro, comunica aos interessados no fornecimento do objeto da Tomada de Preço nº 03/2014 - PMSJBV, que após a análise e verificação da documentação apresentada pelas proponentes, decidiu habilitar e qualificar a seguinte proponente, tornando-a vencedora do certame: Nº Proponente Objeto Valor Total Boquinhas Aprendizagem e Assessoria Aquisição de Material Didático segundo técnica do 01 R$ 10.420,20 Ltda ME Método das Boquinhas. São José da Boa Vista, 14 de abril de 2014.  

art. 1º reverterá ao patrimônio do Município, incluindo todas as benfeitorias nele acrescidas, independente de indenização e sem direito

Willys Manoel Barbosa

Ivan Rosa

Presidente da Comissão

de retenção.

Luan Assis de Oliveira

Secretário

Membro

Art. 6º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Prefeitura DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA estado do paraná

Siqueira Campos, 11 de abril de 2014. Fabiano Lopes Bueno Prefeito Municipal

PREFEITURA DE São josé da boa vista estado do paraná

Concurso Público Edital 001-2011 EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Excelentíssimo Senhor Prefeito do Município de São José da Boa Vista, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legalmente

AVISO DE SUSPENSÃO DE LICITAÇÃO

previstas, e tendo em vista o resultado do concurso Público, aberto pelo Edital nº 01/2011, nos termos do edital do resultado publicado

PREGÃO PRESENCIAL N° 17/2014

em 01/07/2011, FAZ SABER, em cumprimento ao disposto no item 14.8 que os candidatos abaixo relacionados para os respectivos cargos ficam CONVOCADOS para comparecerem ao Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura do Município de São José

O Município de São José da Boa Vista-PR, acatando as decisões tomadas por seu Pregoeiro Oficial, torna público que fica SUSPENSO

da Boa Vista, sito à Rua Reinaldo Martins Gonçalves 85, centro, no horário das 09 às 11:30hs e das 13 às 16:30hs do dia 15 ao dia 22

o processo licitatório na modalidade Pregão Presencial que tem por objeto, “Aquisição de mobiliário em geral para os Estabelecimen-

de Abril de 2.014, para apresentar documentação exigida nos termos do item 2.3 do Edital nº 01/2011, bem como serem submetidos a

tos de Educação Municipal”, tendo em vista os fatos ocorridos durante a sessão pública realizada na data de 10/04/2014, conforme

avaliação médica nos termos do item 14.8.1 do mesmo edital.

registrado em atas.

Ficam as interessadas no fornecimento do objeto, convocadas a comparecer em nova sessão pública, a realizar-se no dia 06/05/2014,

Cargo: PROFESSOR Classificação CANDIDATO LUCELIA DE LOURDES MENDES 10º Comunique-se, publique-se e cumpra-se.

pontualmente às 10h00min. Maiores esclarecimentos poderão ser obtidos no Edifício da Prefeitura Municipal, no horário comercial, pelo fone: (043) 35651252 ou ainda, através do e-mail: licitapmsjbv@yahoo.com.br.

O não comparecimento implicará na eliminação do candidato do Concurso Público.

São José da Boa Vista, 14 de abril de 2014.

São José da Boa Vista-Pr, em 14 de Abril de 2.014.

Willys Manoel Barbosa

PEDRO SERGIO KRONEIS

Pregoeiro Oficial

Prefeito Municipal


8

Terça-Feira - 15 de Abril de 2014 Edição 966

GERAL

Radar meteorológico amplia capacidade de prevenção a desastres naturais O governador Beto Richa inaugurou o novo radar do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), instalado em Cascavel De Curitiba AEN Notícias Com tecnologia de ponta, o equipamento, um investimento de R$ 9 milhões, representa um salto de qualidade na previsão de chuvas e vento, bem como na detecção de eventos severos como granizo, tempestades e vendavais para a região Oeste do Paraná. “Teremos agora informações precisas para orientar os produtores rurais e garantir a segurança à população, com três dias de antecedência ter informações sobre tempestades e eventos naturais graves”, afirmou o governador Beto Richa. “Este radar de alta tecnologia faz parte de um programa maior, que prepara o Estado para as mudanças climáticas, com a elaboração de um plano de emergência contra desastres naturais”, disse o governador. Ele explicou que serão instaladas 15 estações meteorológicas e dois radares menores em Pontal do Paraná e Colombo. “Teremos uma cobertura de 100% da área do Estado, com equipamentos dos mais modernos do mundo”, afirmou. Richa lembrou que, no início de 2011, os municípios da região litorânea foram atingidos por uma forte chuva que deixou muitas pessoas desabrigadas. A previsão antecipada das chuvas

foi fundamental para que o desastre não fosse ainda maior. “A pronta ação do estado e a capacidade de prever as chuvas evitou que houvesse um número maior de mortes”, explicou o governador. O Chefe da Casa Militar do Governo do Paraná, coronel Adilson Castilho, que é coordenador estadual da Defesa Civil, explicou que a instalação do radar em Cascavel vai melhorar o monitoramento de desastres na região Oeste. “Temos condições agora de emitir um alerta de tempestade e granizo com muito mais antecedência. Isso é fundamental para remoção de famílias em área de risco”, afirmou. “Nossa cidade é uma das afetadas por raios no Estado”, disse o prefeito de Cascavel, Edgar Bueno. “O equipamento vai ajudar a prevenir desastres e orientar nossos agricultores”, disse. GESTÃO DE RISCOS - O diretor do Simepar, Eduardo Alvim Leite, explica que o radar é capaz de realizar uma varredura completa da atmosfera a cada dez minutos, gerando dados que, integrados a outras informações, possibilitam ao Simepar antecipar e melhorar a qualidade dos alertas de eventos severos de tempo, com previsões de curtíssimo prazo, com até seis horas de antecedência. O novo radar integrará a Rede

Paranaense de Monitoramento Hidrometereológico (REPAMH), que está sendo instalada no Estado e que disponibilizará dados, em tempo real, das previsões meteorológicas, do monitoramento do nível dos rios em todas as bacias hidrográficas do Paraná e da quantidade de chuva. A Rede integra o Programa de Fortalecimento da Gestão de Riscos e Desastres Naturais (SIGRisco), lançado pelo governador Beto Richa em junho de 2013. O programa é um investimento de R$ 53 milhões, com recursos do Banco Mundial. A área em que o radar está instalado foi cedida pela Cooperativa Central de Pesquisa Agrícola (Coodetec), uma localização definida após criteriosos estudos técnicos. O equipamento, fornecido pela empresa norte-americana EEC (Enterprise Electronics Corporation), custou R$ 8 milhões. Mais R$ 1 milhão foi investido na construção da torre, que tem 25 metros de altura. O Fundo Paraná, gerido pela Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior entrou com 60% do valor. Os outros 40% são de recursos próprios do Simepar. O novo radar é do tipo Doppler e opera na Banda-S de frequência com dupla polarização. Sua alta resolução espacial abrange 240 quilômetros de raio no modo

Arnaldo Alves / ANPr

“Este radar de alta tecnologia faz parte de um programa maior, que prepara o Estado”, disse o governador.

quantitativo e 480 quilômetros no modo qualitativo. Até agora, o Estado contava com apenas um radar, instalado no município de Teixeira Soares, e que consegue prever o clima em um raio de 200 quilômetros de extensão. “Agora, o radar instalado em Cascavel e o de Teixeira Soares passam a funcionar de forma integrada, possibilitando o monitoramento meteorológico

contínuo e sistemático de todo o Estado, além das regiões Oeste de Santa Catarina e Leste do Paraguai, onde se formam estruturas de tempo severo, que frequentemente se deslocam para o Oeste do Paraná", afirma o meteorologista Cesar Beneti, responsável técnico pela implantação do radar. O novo radar também servirá como base instrumental para

pesquisas ambientais desenvolvidas pela comunidade científica paranaense e brasileira, em parceria com instituições da região, entre as quais a Unioeste, Coodetec, Iapar (Instituto Agronômico do Paraná), Laboratório de Hidroinformática do Parque Tecnológico de Itaipu (PTI) e Instituto Nacional das Águas (INA), que terá uma unidade em Foz do Iguaçu em breve.


Correio Notícias - Edição 966