Page 1

GEISY OLIVEIRA ARQUITETURA PORTFÓLIO 2018


Índice 03

INFORMAÇÃO PESSOAL

04

CURRÍCULO VITAE PROJETOS

05/08

Requalificação Urbana

09

Projeto de reuso de água subterrânea

10/12

Escola infantil O Buriti

13/15

Projeto de iluminação restaurante Goya

16/18

Edifício Vertical Lines

19/24

Ensaio fotográfico memorial Minas Gerais Vale

2


Informação pessoal Nasceu em Contagem, em 1992, e em 2012, ingressou na Faculdade de Arquite tura e Urbanismo do Centro Universitário Newton. Em 2016 ingressou no Curso de Obras Públicas e Saneamento ofertado pelo Ministério das Cidades, incorporando em sua rotina conhecimento nas áreas de processos licitatórios. Durante seu percurso acadêmico vem absorvendo rotinas relacionadas à todas as etapas de concepção de projetos diversos, incluindo plantas técnicas, detalhamentos, modelos tridimensionais, relatórios descritivos, repertório criativo, metodológico e prático, juntamente com a utilização das ferramentas de modelagem 3D mais utilizadas na atualidade. Destacam-se como qualidades a facilidade em propor soluções e artifícios que promovam a otimização e melhorias nos diversos âmbitos abrangidos pela arquitetura e urbanismo, além da proatividade em desenvolver novas atribuições e participar de novos processos.

3


Currículo vitae Detalhes pessoais Geisy Hellen Pereira de Oliveira Brasileira

Formação acadêmica Ago.2012 - Dez.2019 Graduação em Arquitetura e Urbanismo, módulo bacharelado, em curso. Centro Universitário Newton.

26 anos Rua Presbítero Santino de Souza, 375 A Contagem

Contato 31 99673-1740 geisypoliveira@gmail.com

Experiência profissional Jul.2014 - Jan.2015 Promotora de eventos - Recmaster Produções Artísticas. - Atribuições: Organização de eventos, atendimento, cadastro e controle de público. Dez.2015 - Mar.2017 Auxiliar de auditoria - Consórcio Empreendedor Shopping Contagem. - Atribuições: Realização de auditoria presencial no segmento de comércio, elaboração de relatórios e parecer à respeito das rotinas fiscais e conduta geral de lojistas. Mar.2017 - Jul.2018 Atendente de SAC - Fundo de Promoção e Propaganda Contagem. - Atribuições: Atendimento direto ao público e auxílio ao setor de marketing na interface com prestadores de serviço e lojistas.

linkedin.com/in/geisy-oliveira-931158155 issuu.com/geisypoliveira

Habilidades Avançadas AutoCAD I SketchUp I Photoshop I Office. Intermediárias Revit I InDesig I Illustrator I 3D Max. Cursos Fev.2016 - Abr.2016 Curso Obras Públicas de Edificação e Saneamento, módulo à distância, ofertado pelo Ministério das Cidades, carga horária de 50 horas.

Línguas Inglês Leitura

Conversação

Escrita

4


Requalificação urbana I Vila Marzagão, Sabará Vegetação: Manter o máximo possível da vegetação nativa existente no terreno, visando integrar as novas instalações com a natureza.

Para requalificação do trecho abrangido nos limites da Vila Marzagão, localizada na cidade de Sabará, optou-se por aproveitar as características naturais do terreno bem como preservar e se apropriar da vegetação já existente para composição dos espaços. O partido principal teve por intuito integrar a área verde com as novas intervenções por meio do uso de formas circulares nos revestimentos e pergolados. Outra preocupação foi propiciar através dos mesmos, áreas de sombra e conforto térmico aos usuários. O espaço é contemplado por áreas de convivência, prática de atividades físicas, recreação além de contar com uma área multiuso. Essas atividades se desenvolvem em dois níveis de platôs, integrados por rampa e escada, além da trila sensorial que acompanha o nível natural do terreno.

Espaços abertos: Definir espaço descobertos tais como jardins, praças e pátios, com o intuito de criar espaços agradáveis e acolhedores. Bioclimatismo: Utilizar recursos construtivos e tecnológicos que tornem os ambientes agradáveis para seus usuários. Acessibilidade universal: Fazer uso das diretrizes da NBR 9050, que diz respeito à acessibilidade,

A área já contava com uma edificação a qual foi aproveitada para abrigar as instalações de vestiários, depósito e sala multiuso, acompanhando a proposta de maleabilidade de usos dos espaços.

5


6


7


8


Projeto de reuso de água subterrânea I Alvorada, Contagem O imóvel alvo da intervenção se trata de uma edificação unifamiliar que passou por processo de expansão. A intenção do projeto é proporcionar o aproveitamento da água que existe em abundância no terreno, gerada pelo processo de exsudação natural subterrânea. A casa possui quatro banheiros, uma área de serviço e uma saída externa de água que se destina a irrigação do jardim. O objetivo é utilizar a água nas bacias sanitárias, para lavagem de roupa e uso externo.

Os dispositivos utilizados: - Caixa de água; - Filtro; - Bomba; - Reservatório; - Tubulação para água fria. Detalhe dos cômodos internos.

Fachada principal.

O processo: A água é captada por tubulação e armazenada em um reservatório. A água é conduzida por gravidade e passa por um filtro, onde serão retiradas eventuais impurezas. Após a passagem pelo filtro, a mesma fica armazenada em uma caixa de água. O aproveitamento da água vinda de reserva subterrânea se mostra muito viável. A instalação dos equipamentos de captação não possui alto custo e não apresenta grande complexidade. Principalmente em relação às bacias sanitárias, a redução é bem satisfatória. A casa apresenta consumo mensal de água considerável, tanto em função de seu porte, quanto ao hábito dos moradores. Trata- se de um recurso totalmente viável.

Através de uma bomba, a água é conduzida para a caixa de água localizada na cobertura da casa, por onde será distribuída aos cômodos.

9


Escola infantil O Buriti I Buritis, Belo Horizonte Através do uso bem humorado de jogos geométricos coloridos, o projeto apresenta um conceito alegre e integrador. Utilizando as próprias características físicas do terreno, localizado no bairro Buritis, optou- se por desenvolver dois níveis diferentes, onde se desenvolvem as atividades dos alunos e funcionários.

A aparente separação de blocos é quebrada através do uso de um pergolado amarelo em acrílico, responsável também por oferecer cobertura em todas as áreas de circulação. Rampas e escadas oferecem diferentes possibilidades de fluxo e acesso a áreas distintas, como área de lazer e auditório. O toque alegre foi cuidadosamente acrescentado em detalhes como beirais, escadas, cobogós e mobiliário, dando ênfase aos mesmos, tornando a proposta diferenciada e com elementos que remetem ao lúdico infantil.

A integração entre o meio interno e externo se dá por meio de amplas janelas e portas de vidro, responsáveis por oferecer iluminação e ventilação, além de possibilitarem acesso ao jardim.

10


Optou-se por desenvolver a cobertura por meio do uso de telhas de fibrocimento não aparentes e acabamento com platibanda em tom azul para complementar o conceito do projeto.

Nos acabamentos, para contrapor as cores do pergolado e platibanda, utilizou-se o concreto aparente além do uso de vidro nas esquadrias. Através desses artifícios foi possível obter fachadas limpas e propícias à intervenções decorativas e lúdicas próprias do ambiente escolar.

11


12


Projeto de iluminação restaurante Goya I Belo Horizonte O projeto tem por finalidade estabelecer os níveis ideais de iluminação para o ambiente, considerando conforto e economia na incorporação dos mesmos. De acordo com a NBR 5413 pag. 2, classe A., o mínimo de iluminância para um restaurante é de 200 Lux. A escolha das lâmpadas foi baseada na iluminação geral para o forro e na iluminação focada de pêndulos.

Planta de forro

Dadas as dimensões: comprimento: 15m, a largura: 11m, a altura do pé direito: 3m, e altura do plano de trabalho: 0,75 , tem-se: - Iluminação geral do forro: lâmpada do tipo fluorescente com vida útil de 7 a 10 mil horas. - Para o restante do salão: lâmpadas do tipo LED, proporcionam até 80% de economia de energia devido à vida útil extremamente longa.

Tabela de especificação de lâmpadas e luminárias

Memória de cálculo Para o restaurante foi considerado: Em de 200lux; Área total cerca de 165m²; Fluxo luminoso das lâmpadas de 1400; Fator de utilização das lâmpadas correspondente a 0,65; Fator de depreciação de 0,8, considerando que a manutenção das lâmpadas neste ambiente seja impecável. Calcula-se, portanto: n = 200 lux x 165 m² / 1400 x 0,65 x 0,8 n = 45,33 n = 46 lâmpadas, mas serão utilizadas 31 lâmpadas devido ao caráter intimista do local. 13


14


15


Edifício Vertical Lines I São João Batista, Belo Horizonte Localizado no bairro São João Batista, o edifício Vertical Lines possui aproximadamente 3.483 m² de área construída. Conta com uma posição geográfica privilegiada à poucos minutos de carro do Shopping Norte e Shopping Estação. Possui uma ampla e variada rede de linhas de transporte coletivo e vias que interligam todo o entorno ao hipercentro de Belo Horizonte

A implantação foi concebida de modo a aproveitar os níveis do terreno e privilegiar a esquina proporcionando a integração com a rua.

Infraestrutura - Complexo de lojas; - Área de convivência; - Garagem coberta; - Espaço fitness; - Espaço gourmet; - Salão de festas; - Salão de jogos;

O edifício é composto por um pavimento de lojas, um pavimento destinado ao lazer, 10 andares de apartamentos, sendo o último, caracterizado por 4 coberturas, totalizando assim, 13 pavimentos. Oferece estacionamento no subsolo e vagas externas destinadas aos usuários do complexo de lojas.

Cortes 16


Planta apartamento de 3 quartos.

Planta apartamento de 2 quartos.

Apartamentos - 2 quartos com sala dois ambientes: 53,5 m²; - 3 quartos com suíte e sala dois ambientes: 70 m²; - Cobertura com três quartos e dois banheiros; - Cobertura com quatro quartos e dois banheiros.

Planta opção de apartamento com cobertura. 17


18


Ensaio Memorial Minas Gerais Vale I Belo Horizonte Ensaio fotográfico baseado no poema “A foto” de Bella Akhmadulina.

“Sorrindo, nervosa mas alegre, consciente de sua juventude e fama, ela abriu o caminho que lhe pediam, indiferente, quase de brincadeira. Sob a eterna infância da cúpula celeste, abril de mil novecentos e doze promete-lhe, nos Ospedaletti, apenas prosperidade e sol. Ela olha para a renda das nuvens, com as mãos cruzadas no colo. As sombras dos tormentos futuros ainda estão presas naquela foto. Em paz com o doce mês de abril — leia-se Aprille — úmido e quente como âmbar que se petrificou, ela ainda se sente intocada. Quando a idade chegar, o fim também, um sabujo retardatário ainda há de encontrar esse perfil terno e anguloso, preservado para sempre num coágulo de luz. Com que calma moldam-se, nesta dama bem vestida, de feições claramente traçadas, os sinais do talento, mostrando-se tão fáceis como no título de um livro. Quem lhe pediu, como presente, esse tristonho comentário, emoldurado em papel, sem nada escrito a lápis, essa fronte, essa franja na testa? O que há, para ela mesma, nesta foto? Ela dá de ombros: façam o que quiserem! E pinta esse retrato — Ospedaletti, abril de mil novecentos e doze. Que frescor, tão cedo, aqui nesta terra! Ó amanhã, concede-lhe mais tempo! Espera até que ela termine e assine “Anna Akhmátova” no último verso. ”

19


20


21


22


23


24


“O presente é a sombra que se move separando o ontem do amanhã. Nela repousa a esperança.” Frank Lloyd Wright

25

Portfólio de Arquitetura e Urbanismo  

Projetos de arquitetura e urbanismo variados demonstrando as diversas atribuições e linhas de trabalho desenvolvidas no âmbito acadêmico.

Portfólio de Arquitetura e Urbanismo  

Projetos de arquitetura e urbanismo variados demonstrando as diversas atribuições e linhas de trabalho desenvolvidas no âmbito acadêmico.

Advertisement