Page 1

Classilíder

Recife, quinta-feira, 8 de agosto de 2013

PE R NA M BUCO DIARIOdeP

FOTOS: COSIL/DIVULGAÇÃO

> galeriadefotos

tamanhos // Barra View, da Incorporadora Cosil, em Barra de Jangada, oferece três tamanhos diferentes de planta dos apartamentos, de 37 a 62 metros quadrados

Para escolher seu espaço Construtoras oferecem tamanhos diferentes de plantas para atender às demandas dos futuros moradores

GERMANA MACAMBIRA Especial para o Diario germanalucia.pe@dabr.com.br

N

um mercado tão competitivo como o de imóveis, anunciar alguns diferenciais na hora de apresentar o projeto pode ser decisivo para a assinatura do contrato. E não se trata tão somente de elencar os inúmeros itens de lazer colocados à disposição dos moradores, nem tampouco enaltecer a localização do empreendimento. São as diversas opções de plantas e metragens oferecidas nos projetos que

têm caído na preferência de clientes, e investidores, que enxergam neste tipo de negócio, vantagens futuras que valorizam o imóvel. No Recife, residenciais como o Barra View, da Incorporadora Cosil, em Barra de Jangada e o Le Parc Boa Viagem, da Cyrela, são exemplos de moradias que ofereflexibilidade na escolha do tacem flexibilidade manho das unidades. Uma vantagem a mais que agrada, especialmente, a quem deseja adquirir o imóvel para ter ganhos financeiros posteriores. Uma expectativa gerada por um tipo de ne-

gócio que tem uma boa aceitação, principalmente quando aliado a regiões com boa perspectiva de crescimento e valorização.

Plantas diferentes servem para vários perfis de consumidores O diretor comercial da revista Negócios PE, Daniel Abdalla Guimaraes, foi em busca de um imó-

vel que trouxesse, além dos atrativos comuns, algo que o incentivasse a se tornar proprietário de um apartamento. Recentemente, ele adquiriu uma das unidades do projeto da Cosil, que tem metragens que vão desde os 37 até os 62 metros quadrados. Uma versatilidade que foi essencial para fechar o negócio. “Além de toda a estrutura do projeto e a localização do condomínio, ter a possibilidade de escolher entre as diversas opções de plantas foi decisivo. Comprei para investir. E vai facilitar muito

atender aos mais variados perfis de pessoas que poderão negociar comigo uma revenda ou um aluguel, no futuro”, afirma. O coordenador comercial da Cosil, Paulo Áriston, conf confir irma que esse incremento de opções de planta permite ao investidor projetar com segurança o retorno financei financeiro desejado. “Essa variedade nos tamanhos dos apartamentos torna o valor final do imóvel viável para diversos níveis de investidores, especialmente se a região do imóvel estiver numa rota de crescente desenvolvimento.”

Cyrela diario 08 08 2013