Page 1

Gazzetta di Santa Teresa

História

Setembro 2015

Storia Nostra

12

Augusto Ruschi History

Simone Zamprogno Scalzer

Pesquisadora Mestre em Gestão Integrada do Território.

A preparação do núcleo Timbuy/ Santa Teresa

O

movimento de apropriação e expansão territorial proposto pelo governo da Província do Espírito Santo, contemplou também as terras da cabeceira do rio Timbuy e áreas próximas. Não poderíamos pensar que o Governo investiria em uma área totalmente desconhecida, nem mesmo que imigrantes se embrenhariam mata a dentro sem direção. As terras do Timbuy, já haviam sido conhecidas com a abertura da Estrada de Santa Thereza, a partir de 1848. Após ter fundado a Colônia Santa Leopoldina, às margens do Rio Santa Maria da Vitória, em 1856. O governo provincial decide con-

são da Assembleia Provincial discutiu o projeto de uma colônia nas margens da Estrada de Santa Thereza. Nesta sessão o presidente da Província Sr. Mello e Cunha afirmou que sem dúvidas nos próximos 8 a 10 anos seria fundada uma colônia para quatrocentas famílias. Não demorou tanto tempo, em 1871 João Cassiano de Castro Menezes foi nomeado engenheiro responsável pelas obras de abertura da estrada que ligaria a Colônia Santa Leopoldina ao Núcleo Timbuy (atual Caminho do imigrante) e demarcação de lotes. Mesmo com muitas dificuldades e poucos recursos, os trabalhos tem início ano seguinte.

A partir dessa edição vamos publicar um trecho da história de Augusto Ruschi extraída dos acervos do Museu disponibilizada pela família onde dividiremos em quatro capítulos até o aniversário em que o patrono da ecologia do Brasil faria 100 anos!Viva Augusto Ruschi!

A

ugusto Ruschi nasceu em Santa Teresa no dia 12 de dezembro de 1915. Oitavo dos doze filhos do casal de Imigrantes Giuseppe Ruschi e Maria Roatti Ruschi. Seu pai, conhecido como José Ruschi, fora contratado para vir ao Brasil em 1891 para traba-

lhar como agrimensor no Paraná, e posteriormente no Espírito Santo no cargo de Auxiliar Técnico na Delegacia de Terras e Colonização, assumindo depois o cargo de agrimensor do Comissariado Geral de Terras Públicas e, finalmente, em Santa Teresa, nomeado Coletor Federal de Santa Teresa e Afonso Cláudio, até 10/08/1933. O histórico da família Ruschi registra o interesse

pelos estudos da natureza, a mais de dois

mil anos, a exemplo de Giovani Ruschi, professor na Universidade de Pisa. O próprio nome da família é derivado da espécie Ruscus aculeatus, ou azevinho do campo. Ruschi, desde criança adquiriu o hábito de observar e coletar plantas e animais. Em Santa Teresa estudou na escola Mixta de Sta. Teresa/ES e no Colégio Ítalo Brasileiro. e o Curso Ginasial no Ginásio Espirito-santense, em Vitória/ES. Aos dezessete anos, em 1933, já organizava, observava e estudava suas coleções cientificamente, formando o que viria ser parte significativa do acervo do futuro Museu. Nesta época, pela amizade com Frei Jacinto de Pallazzolo e João Adone Reisen, participou, no Rio de Janeiro, de Simpósios e Conferências sobre ciências naturais, botânica e zoologia, ao mesmo tempo em que vinha se aprofundando nos livros sobre o mundo animal e vegetal, despontando com uma capacidade de trabalho reconhecida e elogiada; que muito jovem, chamou a atenção de cientistas de renome nacional e internacional. O início decisivo da sua carreira deu-se em 1937, por oca-

tinuar a expandir a ocupação de terras devolutas com imigrantes. No ano de 1860 o ex-presidente da Província, Pedro Leão Velloso, descrevia a fertilidade das terras do Timbuy e cogitava povoa-las, além de mostrar o desejo de abrir uma estrada que partisse das margens do rio Santa Maria e as alcançasse. Em janeiro de1868, uma comitiva do governo provincial utilizou a primitiva Estrada de Santa Thereza para visitar as terras do Timbuy, com o objetivo de conhecê-las melhor e acabam escolhendo a área para o estabelecimento de um novo núcleo de povoamento. Em novembro de 1869, uma ses-

A estrada do Porto de Cachoeiro ao Timbuy alcançou seu destino em 1874. Em setembro do mesmo ano, o Timbuy já contava com quatro barracões para colonos. Em março de 1875, 106 lotes de terra já estavam demarcados, no entanto, nenhum havia sido entregue, apesar mais de uma centena de imigrantes já terem se estabelecido ali. Devemos pontuar que os trabalhos de preparação do Núcleo Timbuy não terminaram, em 1875, era apenas o início. Muitas estradas deveriam ser abertas para alcançar novas terras dentro do Núcleo Timbuy e centenas de lotes deveriam ser demarcados para receber os imigrantes que estavam chegando.

sião da visita do Prof. Dr. Cândido Firmino de Mello Leitão, do Museu Nacional/RJ, e do Prof. Dr. Filippo Silvestre, diretor do Reggio Laboratório di Entomologia Agrária di Portici, Nápoli/Itália, ao Laboratório particular de estudos de Zoologia e Botânica de Ruschi, na então Chácara Anita, futuro Museu de Biologia Prof. Mello Leitão, recinto particular das suas pesquisas. Vieram visitar o insetário, cujas coleções eram organizadas em mais de 500 caixas com insetos vivos, pragas de plantas agrícolas, principalmente da ordem Lepidoptera e Coleoptera, que vinham sendo observados desde 1934. Daí surgiu o interêsse e o convite de ambos para que Ruschi fosse para o Museu Nacional, que pertence à UFRJ. Texto elaborado pelo Museu de Biologia Prof. Mello Leitão, (com extensa bibliografia) atualizado em agosto/2015.

Frases de Ruschi

“Um dos sentimentos mais nobres e humanos é o amor à terra que nos viu nascer. Eu seria um errante aqui em Santa Teresa, se não conhecesse um pouco da vida dos Beija – flores, essas jóias vivas que cortam os ares como pétalas aladas A. Ruschi, 12/12/1975 multicolores saudando-me a todos os momentos.” Ruschi, A. Beija-flores do Espírito Santo “De vós, juventude, o Brasil de amanhã espera resolver seus futuros problemas; por isto, preciso trazer–lhes a realidade dos problemas da Ecologia Urbana, como os expostos sobre Vitória, de maneira séria, porque o culto à verdade levou–me ao respeito pelo patrimônio cultural, do qual todos compartilhamos, e a vossa avidez para o saber não poderá jamais ser tolhida por caminhos irreais, que contornam os problemas sérios de maneira esdrúxula”

Parte da conferencia de Ruschi na Ufes sobre ecologia urbana A Tribuna 27/06/1976

Jornal

Lealdade com o Cidadão e compromisso com a verdade Circulação mensal: Santa Teresa 6.000 exemplares

(27)

992.622.304

997.539.778 (27) 995.059.967 (27)

Gazzetta 0212  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you