Issuu on Google+

São José do Rio Pardo

5 de novembro de 2011

Ano 103

R$ 2,00

2.569

Assalto termina com empresário ferido REPORTAGEM

Cidade recolhe 5 toneladas de lixo hospitalar por mês Os estabelecimentos de saúde da cidade produzem, juntos, cerca de 5 toneladas de lixo hospitalar por mês, segundo dados informados pela assessoria de imprensa da Prefeitura. O material é recolhido no hospital, consultórios de dentistas, veterinários, médicos, farmácias, drogarias,

postos de saúde, dentre outros, e depois encaminhado para incineração em Mogi Mirim. Esta política de descarte do lixo séptico foi adotada durante a administração do PSDB em São José do Rio Pardo, com objetivo de evitar a deposição do material no aterro sanitário. Página A-11

Municípios da região terão novas empresas Casa Branca deve receber em breve a instalação de uma multinacional do ramo automotivo.

Outra empresa, do mesmo segmento, está em vias de se instalar em Mococa. Página A-8

Campanha fará teste de Aids e hepatite Página A-4

A inauguração da Ceagerp deverá ter que esperar até o próximo ano. Segundo informações levan-

tadas pela Gazeta, o problema estaria na falta de alguns documentos a serem liberados pela Secre-

taria Estadual de Agricultura. Falta também a pavimentação do acesso ao entreposto. Página A-5

Uma tentativa de assalto à empresa Metal Rio, na avenida Perimetral, quase terminou em tragédia na manhã desta sexta-feira, 4 de novembro. De acordo com as informações, três homens, armados de revólver e usando capacetes, chegaram à empresa, renderam funcionários e o proprietário que, ao reagir, entrou em luta corporal com um dos assaltantes e acabou baleado à queima roupa. Na semana passada, o mesmo empresário foi assaltado em São João da Boa Vista. Página A-7

DIVULGAÇÃO

Tudo em ritmo de samba Acontece logo mais à noite, nas dependências do Rio Pardo Futebol Clube, a apresentação do grupo musical Sambô, que transforma os mais variados hits do rock em samba. A atração tem feito sucesso por onde passa. Página A-9


A-2 - 5 de novembro de 2011

De olho nas contas Dentre os três principais municípios da região - assim considerados pelo número de habitantes, a saber: São João da Boa Vista, Mococa e São José do Rio Pardo – este é um dos que mais arrecada junto ao Governo do Estado. Os dados são referentes aos repasses mensais, feitos via Secretaria Estadual da Fazenda, com recursos decorrentes da distribuição de ICMS, IPVA, IPI e créditos derivados da exploração de recursos naturais (gás, energia, óleo bruto, xisto betuminoso). De janeiro até outubro deste ano, o total repassado às prefeituras deixa São José do Rio Pardo à frente de Mococa na participação dos recursos estaduais. De acordo com os números, neste período São João da Boa Vista recebeu R$ 34.268.140,71. A seguir, vem São José do Rio Pardo, com R$ 26.986.205,46 e Mococa, com R$ 26.973.005,26. Os dados podem significar não apenas um bom momento da economia estadual e local como tam-

bém mais oportunidade para o município investir recursos na melhoria da qualidade de vida da população. Significa dizer, ainda, que a esta altura dos acontecimentos, a administração municipal não pode reclamar da falta de recursos do Estado para suas atividades, lamúria que autoridades executivas do município usam para justificar a precariedade nos serviços disponibilizados aos cidadãos. É certo que para os gestores públicos, quanto mais recursos melhor. Entretanto, se os poucos recursos forem administrados com eficiência e responsabilidade, eles serão suficientes para realizar o que as comunidades almejam. E é neste contexto – o de arrecadação em alta - que a cidade vê a discussão de mais um orçamento municipal, agora para as ações de 2012, quando se terá um ano eleitoral. Neste cenário, tudo indica que vão brotar obras há muito prometidas, serão executados serviços antes esquecidos e que o povo, antes ignorado, será ouvido. Assim, mais

do que nunca, os gastos de todo e qualquer repasse governamental para o município precisam ser acompanhados centavo a centavo, para que não resultem em obras mirabolantes, projetos faraônicos e intermináveis. Enfim, projetos eleitoreiros. Além disso, as finanças municipais precisam ser equacionadas. Sabe-se que há, ainda, um rombo nas contas. Os déficits constantemente apontados pela Câmara no caixa do município ainda não desapareceram e, ante a possibilidade de terminar o mandato com as contas no vermelho, a administração pensou num orçamento enxuto para 2012. Tão enxuto que levanta a possibilidade de não haver recursos para aumento salarial aos servidores municipais. Isto somente ocorrerá se a Câmara permitir, fazendo as suplementações que o prefeito quiser. Portanto, ele jogará, mais uma vez, nas mãos do Legislativo a responsabilidade de salvar o seu mandato.

coletti.imprensa@yahoo.com.br

Mobilização para definir regras da Copa da FIFA, Jérôme Valcke. No mesmo dia, a Comissão Especial da Câmara que estuda a Lei Geral da Copa realiza audiência pública, com a presença do secretário-geral da FIFA, e de Ricardo Teixeira, presidente da CBF, que é a responsável pela organização da Copa. A expectativa é a de que nestas duas reuniões sejam esclarecidas todas as dúvidas e colocado um ponto final em todas as divergências entre o governo Dilma Rousseff e a FIFA em torno da Copa.

Previstas para a próxima semana reuniões entre autoridades brasileiras e da FIFA, para buscar entendimento que coloque um ponto final nas divergências em relação a organização da Copa do Mundo de 2014. Os acertos deverão acontecer em torno do texto final da Lei Geral da Copa, em discussão na Câmara dos Deputados. Os temas mais controversos são: meia-entrada para menores nos jogos da Copa, venda de bebidas alcoólicas nos estádios, facilidades alfandegárias e isenção de impostos para infraestrutura tecnológica e de

telecomunicações. Essas medidas fazem parte das garantias dadas, em 2007, pelo presidente Lula à FIFA, como algumas das condições para o Brasil ter o direito de sediar a Copa de 2014. Acontece que algumas das exigências impostas pela FIFA ferem direitos consagrados nos Estatutos do Consumidor, do Torcedor e do Idoso. Por isso não são aceitas no Congresso Nacional e por alguns segmentos da sociedade brasileira. Na próxima terça-feira, dia 8, o novo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, vai se encontrar com o secretário-geral

Com a posse de Aldo Rebelo no Ministério do Esporte, o que se espera é um freio de arrumação nos preparativos para a Copa do Mundo e também para a Olimpíada do Rio, em 2016. Até hoje não se sabe qual será o custo real dos dois megaeventos esportivos. Os valores para os estádios não passam de “chutes”. A previsão do Maracanã era de R$ 600 milhões, mas já se estima que passará de R$ 1 bilhão. O governo previa gastar a cifra de R$ 33 bilhões com obras de infraes-

trutura nas 12 cidades–sede, entre estádios, aeroportos, vias públicas e segurança. Mas já se fala em R$ 50 bilhões. Está se caminhando para repetir o descalabro dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, cuja conta prevista inicialmente de R$ 400 milhões saltou para R$ 4 bilhões. Muitas maracutaias aconteceram e ninguém foi punido até agora. E mais: têm que se somar aos investimentos na Copa e na Olimpíada os subsídios que os governos federal, estaduais e municipais estão des-

tinando a várias obras. O novo estádio de São Paulo – o Itaquerão do Corinthians – consumirá cerca de R$ 500 milhões, dinheiro público por meio de isenção de impostos municipais. A esperança é que o ministro Aldo Rebelo retome as rédeas do processo de viabilização da Copa e da Olimpíada, e coloque ordem no seu andamento, hoje totalmente sem liderança por conta da crise que culminou com a demissão do ministro Orlando Silva e os atritos repetidos com a FIFA.

área de atuação. É para evitar o que tem acontecido. Nos cinco grandes escândalos ocorridos nos dez meses do Governo Dilma, em dois, no Ministério do Turismo de Pedro Novais, e no do Esporte de Orlando Silva, surgiram de organizações não governamentais denunciadas como instrumento de assalto aos cofres públicos. De 26 ONG’s que assinaram convênios com o Ministério do Esporte, a CGU está cobrando devolução de R$ 49 milhões, recursos cujo destino é desconhecido. O ministro Aldo Rebelo, ao assumir segunda-feira a pasta do Esporte, anunciou que não fará mais convênios com as ONG’s. A idéia do novo ministro é que o Ministério do Esporte daqui para frente se relacione mais com os governos estaduais e as prefeituras.O projeto reduz a participação da União e dos dois estados sobre as rendas do petróleo e as redistribui para todos os demais entes da Federação, de forma mais igualitária. A perda só do Estado do Rio, segun-

do o governador Sérgio Cabral, será de R$ 49 bilhões até 2020. Ele detona: “Essa queda de receita vai comprometer o pagamento de aposentados, das divida com a União e a realização de obras de infraestrutura da Copa do Mundo e da Olimpíada de 2016. O Rio será saqueado.” A estratégia dos políticos do Rio e Espírito Santo é tentar, na Câmara, mudar o projeto aprovado pelo Senado. Sabem eles que esta missão é quase impossível dada a grande maioria parlamentar dos estados não produtores e que serão beneficiados pelo projeto dos senadores. Numa segunda etapa, convencer a presidente Dilma vetar o projeto e como última tentativa, entrar no STF com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN). O principal argumento para esse recurso é a quebra do principio federativo e de criação de uma insegurança jurídica, que poderá prejudicar outros estados no futuro, pois a nova lei alteraria contratos já existentes.

O governo decidiu avançar na política de prevenção às ações delituosas nos órgãos públicos. A CGU – Controladoria Geral da União está preparando uma legislação que obrigue o nomeado para cargo no governo a ter ficha limpa, nos moldes da Lei da Ficha Limpa aprovada pelo Congresso Nacional para conter os políticos portadores de ficha-suja. A presidente Dilma Rousseff baixou decreto suspendendo por 30 dias os repasses a ONG’s em todo o governo. Os convênios, contratos e termos de parceria com entidades privadas sem fins lucrativos serão avaliados antes de serem pagos. Hoje 73.089 ONG’s dividem um bolo de R$ 2.7 bilhões em recursos da União pagos somente este ano. Paralelamente a essa providência preventiva, a CGU está estudando a regulamentação da legislação que dispõe sobre o relacionamento do governo com as ONG’s fantasmas ou entidade que não tenha pelos menos três anos de experiência na

Cautela

Devassa nas ONG’s

Exame legal Os Estados Unidos tem, hoje, 280 faculdades de Direito. Na Índia, cuja população é de 1,2 bilhão de pessoas, são 87 faculdades. No Brasil, segundo dados do governo, são 1.174 faculdades de Direito. É por conta de números assim que o Supremo Tribunal Federal decidiu a favor da legalidade da obrigatoriedade do exame da OAB, que garante aos bacharéis de Direito o exercício da advocacia. Para concursos públicos para vagas de delegado de polícia, não é necessário o candidato apresentar registro na OAB. A caminho da Copa Levantamento da Confederação Nacional do Transporte – CNT registra que 57,4% das estradas brasileiras estão em situação mais do que precária. São consideradas perigosas, podendo provocar vários tipos de desastres. O cenário, em 2011, ficou mais grave, depois do escândalo do Ministério dos Transportes, que resultou na suspensão dos investimentos em novas obras. Dos R$ 16 bilhões previstos em orçamento para este ano, só foram aplicados R$ 6 bilhões. Cobrança por trecho Com certa demora, o Governo do Estado de São Paulo anunciou nesta sexta-feira, dia 4, um novo modelo de cobrança de pedágio. Consiste na cobrança por trecho percorrido. Sistema semelhante é usado, por exemplo, nos Estados Unidos e Japão. Segundo o governo, o objetivo é oferecer uma tarifa mais justa ao usuário das estradas pedagiadas. Os testes começam no início de 2012, na Rodovia Santos Dumont, SP 75, no trecho entre Itu (km 15) e Campinas (km 77,6). Não há, ainda, informações sobre quando o sistema será expandido para as demais rodovias. Violência doméstica Pesquisa da Fundação Perseu Abramo aponta que a cada dois minutos, 5 mulheres são agredidas no Brasil. A violência doméstica é a que faz mais vitimas no mundo, aumentando o índice de suicídios e causando repetência escolar nos filhos. No próximo dia 25, será lançada uma campanha nacional para combater a violência contra as mulheres com o título Quem ama, abraça. A ação envolverá diversos artistas. Nota da Secretaria Com o título de Esclarecimento, a assessoria de imprensa da Prefeitura encaminhou nota nesta sexta feira para dizer que: “Não procede informação veiculada na última semana, no Mural de Gazeta do Rio Pardo, sobre perseguição na Guarda Municipal. Em relação aos guardas que deixaram a corporação esclarecemos que: em 2009 três aposentaram e um saiu para cursar a Escola de Sargentos do Exército. Em 2010, outros três deixaram o cargo por terem passado no concurso para Fundação Casa e outros três no concurso da Polícia Militar”. Ainda a Guarda Está marcada para o dia 7 de novembro, portanto, segundafeira, uma reunião entre os homens da Guarda Civil Municipal (GCM) e o secretário de Segurança e Trânsito. Na ocasião, deverão ser entregues os novos uniformes - apenas na cor azul. Integrantes da corporação disseram durante a semana que ficariam felizes mesmo é se o secretário entregasse também o cargo. A informação sobre a perseguição continua. Agora sim, a Conferência Ao contrário do que fora divulgado na semana passada, a Conferência Municipal de Saúde (CMS) não ocorreu no sábado, dia 29. Naquela data, a bem da verdade, teve-se uma reunião para formar a comissão organizadora da CMS, e cuja realização se dará em 19 de novembro, portanto, em tempo hábil para que todos possam participar. Na ocasião, será escolhido o Conselho Municipal de Saúde, a ser composto por representantes de entidades, dos usuários do SUS, funcionários públicos e profissionais da área. Plantão facultativo Houve quem reclamasse, bastante, do feriadão municipal. Principalmente idosos que procuraram o serviço municipal de Saúde. Quem depende de medicamento da Farmácia Pública teve de esperar. Esses decretados “pontos facultativos” deveriam prever um regime de plantão. Licitação Apenas a empresa Max Fox Ltda, de São José do Rio Preto, participou da tomada de preços para a construção do futuro campus da Faculdade Euclides da Cunha (Feuc). O processo de licitação foi realizado no dia 27 de outubro. De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, a empresa foi habilitada e a abertura da proposta está marcada para o dia 8 de novembro. A ordem de serviço deve ser dada na segunda quinzena de novembro. O valor orçado para a obra é de R$ 1.412.852,92 Sistema Para algumas pessoas, modelos de gestão considerados eficientes são aqueles que, direta ou indiretamente, as beneficiam.

GAZETA DO RIO PARDO é uma publicação semanal de GAZETA DO RIO PARDO LTDA, editada à Avenida Olinda Ralston, 411- Vila Formosa - Fone: (19) 3682-8879 - CEP 13.720-000 - São José do Rio Pardo - SP. Editor: Gilmar Ishikawa Redação: Eduardo Eron e Giselle Torres Biaco Diagramação: Marco Antônio Cassucci, Fagner Nasser. Departamento Comercial: Elisete Paduelli GAZETA na INTERNET: e-mail: redacao@gazetadoriopardo.com.br e-mail: publicidade@gazetadoriopardo.com.br e-mail: diagrama@gazetadoriopardo.com.br e-mail: reportagem@gazetadoriopardo.com.br e-mail: assinante@gazetadoriopardo.com.br http://www.gazetadoriopardo.com.br Circulação Aguaí, Caconde, Casa Branca, Divinolândia, Itobi, Mococa, São José do Rio Pardo, São Sebastião da Grama, São João da Boa Vista, Tapiratiba, Vargem Grande do Sul Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal e são de responsabilidade de seus autores.


5 de novembro de 2011 - A-3

Audiência mostra os erros do orçamento Para que seja votado pela Câmara, documento precisa ser corrigido pela Prefeitura

Licenciamento ambiental poderá ser via internet Foi lançado no final de outubro, na sede da Fiesp, em São Paulo, o Portal de Licenciamento Ambiental da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SMA). O objetivo é permitir que os empreendedores troquem o balcão de atendimento da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) pela internet. “Estamos vencendo um grande desafio, que é garantir a proteção do meio ambiente proporcionando agilidade ao processo de licenciamento, além de fortalecer a fiscalização”, disse o secretário estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas, durante a solenidade. O Portal foi apresentado pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e contou com a presença do vice-governador Guilherme Afif Domingos, do secretário de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre Barbosa, do presidente da Fiesp, Paulo Skaf e do presidente da Cetesb, Otávio Okano. Nesta primeira etapa do Portal eletrônico todas as solicitações de alvarás para retirada de vegetação nativa no Estado, assim como as intervenções em Áreas de Proteção aos Mananciais (APM) da Região Metropolitana de São Paulo terão que ser efetivadas via internet. Segundo o governo paulista, com o Portal, o licenciamento ambiental do Estado ganha agilidade, transparência e maior fiscalização. “São Paulo está no caminho do desenvolvimento sustentável. Estamos compatibilizando proteção à natureza, crescimento econômico e desenvolvimento social”, afirmou Bruno Covas. O novo portal, de acordo com Bruno, é uma ferramenta que busca aten-

der aos princípios de unificação, modernização e desburocratização do licenciamento ambiental no Estado, que teve início em 2009, com a Cetesb - que já licenciava as atividades industriais - assumindo os processos envolvendo as autorizações relativas a intervenções em APM e supressão de vegetação. Agora, essas solicitações podem ser feitas pela internet, mediante um simples cadastramento no site e o fácil preenchimento dos dados nas planilhas disponibilizadas. Contratações Alckmin anunciou a autorização para contratação de 100 novos funcionários para a Cetesb. Ele aproveitou para comentar o projeto do Portal. “Com o novo processo, o empresário precisará ir até ao órgão licenciador apenas uma vez. O processo será acompanhado on-line na internet. É transparência total, menos custo para o empresário, menor prazo e maior fiscalização. Assim, o portal proporcionará mais tempo aos técnicos da Cetesb para priorizar o atendimento às demandas relativas às grandes fontes de poluição”, afirmou o governador. O presidente da Cetesb explicou que o serviço eletrônico inclui o fornecimento da lista dos documentos necessários para a devida análise da solicitação. “O empreendedor preenche os dados e os apresenta na respectiva agência ambiental - que estará indicada ao final do preenchimento dos dados. O que muda é o sistema de recebimento e acompanhamento do processo pelo empresário e não o da análise. A Cetesb continuará exercendo sua função

de licenciadora sem dano nenhum ao meio ambiente”, afirmou Okano. Na internet ele imprime a ficha de compensação com o valor de custo da análise (nos casos que não se enquadrarem em isenção de pagamento). A segunda etapa da implantação do Portal, prevista para dezembro, deverá abranger todas as demais solicitações relativas ao licenciamento ambiental estadual e documentos técnicos, como pareceres e Cadris - Certificados de Movimentação de Resíduos de Interesse, além de permitir a consulta de modalidade de licenciamento, direcionando quanto ao tipo de licença a ser solicitada. Licenciamento Além do lançamento do Portal de Licenciamento Ambiental, durante o evento também foi apresentado o Sistema Integrado de Licenciamento (SIL), o processo integrado de licenciamento de atividades perante órgãos estaduais e municipais conveniados. O SIL reúne em um só sistema o Centro de Vigilância Sanitária, da Secretaria da Saúde, o Corpo de Bombeiros, da Secretaria da Segurança, a Cetesb/ SMA, e prefeituras (conveniadas), englobando todas as autorizações necessárias para o funcionamento de uma empresa. Pelo SIL são processados os licenciamentos ambientais considerados de baixo potencial poluidor. Dentre as atividades que poderão ser licenciadas pelo SIL estão: fabricação de conserva de fruta, laticínios, atividade de impressão, fabricação de lâmpadas e equipamentos de iluminação, estamparia, serviço de tratamento de metais, móveis, hotéis e similares.

Na terça-feira, dia 1º de novembro, a Câmara Municipal realizou a audiência pública para discussão do plano orçamentário de 2012 do município, que é de R$ 115 milhões. Entretanto, para que o documento enviado pela Prefeitura seja levado ao plenário para votação, serão necessárias algumas correções elencadas pelos vereadores, provenientes de falta de documentos e alguns erros. O vereador Márcio Callegari Zanetti explica que as maiores dificuldades se deram porque a Prefeitura deixou de enviar alguns documentos que deveriam integrar a Lei Orçamentária Anual – LOA. “Houve erros como rubricas em locais indevidos, previsão de recurso que não vai existir. São alterações pontuais que devem ser resolvidas para que possa ser levado ao plenário para votação.” Um ponto muito discutido e que deverá sofrer alterações foi a previsão de gastos, feita pela Prefeitura, de R$ 1,2 milhão para aquisição de imóveis. “Este item demonstra o que podemos considerar como falta de transparência na elaboração do orçamento, porque a Prefeitura previu esse gasto, mas a lei exige que seja especificado qual o imóvel para fazer o que, e isso não constou. Certamente é algo que será corrigido. Eles falaram que era uma aquisição de terrenos para casas populares, o que esperamos que realmente aconteça”, explica Zanetti. De modo geral, a previsão orçamentária de 2012 foi considerada mais bem elaborada do que a de 2011. “No ano passado brigamos até conseguir ajustar o orçamento, cortando R$ 8 milhões de despesas que não poderiam ser autorizadas porque não havia receita para isso.

REPORTAGEM

O assessor técnico contábil Luiz Gonzaga apontou erros formais na Lei Orçamentária

Este ano a Prefeitura foi precavida, fazendo constar como fonte de receita o que efetivamente deve ser arrecadado.” Durante a reunião também foram feitos comentários sobre a grande quantidade de suplementações solicitadas pela Prefeitura durante o ano. Márcio comenta a questão. “O prefeito João Luís está empurrando a dívida da Prefeitura com a barriga, ele teria obrigatoriamente por lei de acertar a dívida até o final do seu mandato. A dívida não foi elencada no orçamento, sob o pretexto de que não tem como fazer isso antes do término do exercício. Infelizmente é uma argumentação infundada, porque a legislação exige que você tenha a previsão. Por isso as suplementações sem possuir receita para isso.” Salários não entraram Ainda segundo o vereador, o orçamento de 2012 prevê aumento de repasses para algumas áreas da Prefeitura, entretanto, o documento não faz menção aos salários dos servidores. “Vamos empreender diálogo com sindicato porque o prefeito prometeu inclusive no churrasco dos servidores de que daria aumento para eles em

janeiro, mas não há previsão nenhuma orçada. Esperamos que não seja mais uma das mentiras para o funcionalismo. Se ele pedir suplementação tem que apontar de onde virá essa receita.” Para o presidente Caco, questões relacionadas a um aumento salarial para os servidores municipais merecem a atenção do Legislativo. “Está indo para o terceiro ano sem reajuste, por isso, pretendo enviar uma indicação na próxima semana neste sentido”, diz Caco. De acordo com o presidente da Câmara Marco Antonio Gumieri Valério, os erros formais que foram apontados na Lei Orçamentária pela assessoria técnica contábil da Câmara, através do economista Luiz Gonzaga, deverão ser acertados pela Prefeitura a partir de uma reunião entre representantes do Executivo e a Comissão de Finanças e Orçamento. “Acredito que tudo deva ser feito dentro do prazo”, diz. Ainda segundo Caco, a realização da audiência no começo do mês foi importante para que haja tempo hábil para apreciação da Lei Orçamentária Anual. “Esperamos até o final de novembro apreciar o projeto”, conclui.


A-4 - 5 de novembro de 2011

Campanha fará testes de Aids e hepatite No ano passado, o serviço de saúde do município registrou dois casos de Aids

Alunos treinam com ginastas de alto nível As Casas de Cultura e Cidadania de São José do Rio Pardo e Caconde levaram 20 alunos de ginástica olímpica para um treinamento com atletas profissionais, no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo. O objetivo, de acordo com a assessoria de comunicação do projeto, é colocar os estudantes em contato com as grandes estruturas de preparação para o esporte, bem como promover uma aproximação dos futuros ginastas com grandes nomes nacionais da modalidade. Na ocasião, os alunos das Casas de Cultura e Cidadania treinaram ao lado das ginastas Daiane dos Santos e Laís Silva. Os alunos também fizeram um treinamento com o atleta Raimundo Benito Blanco, integrante da Seleção Brasileira de Ginástica Artística. “Não vejo a hora de treinar de novo, amei!”, relatou a aluna da Casa de Cultura e Cidadania de Caconde Maria Fernanda Tobias Chagas, de 7 anos. Para Marcela de Cássia Prevital Parizotto, educadora de Ginástica Artística da unidade de São José do Rio Pardo, a visita foi essencial para tirar dúvidas e orientar os alunos sobre a prática e o ensino do esporte. “Os estudantes e educadores tiveram contato com excelentes profissionais, que possuem uma ampla bagagem de informações a respeito da ginástica artística”, diz. O Esporte Clube Pinheiros é reconhecido pela tradição de treinar atletas da

DIVULGAÇÃO

As ginastas Daiane dos Santos e Laís Silva com os alunos das Casas de Cultura e Cidadania

DIVULGAÇÃO

Grupo treinou no Clube Pinheiros para conhecer estruturas que preparam os atletas olímpicos

seleção brasileira reconhecidos em todo mundo, como Daiane dos Santos, Laís Souza e Péricles Silva (campeão Panamericano por equipes em Guadalajara 2011). Vaga para assistente administrativo A Casa de Cultura e Ci-

dadania, unidade São José do Rio Pardo, abriu processo seletivo para a contratação de um Assistente Administrativo. Para concorrer a vaga o interessado deve ter ensino superior incompleto, ter domínio de ferramentas de informática (pacote Office e internet) e ex-

periência anterior na área administrativa e em compras, além de ter bom conhecimento de Excel. Os interessados deverão encaminhar currículo até dia 9 de novembro de 2011 para o e-mail: rosanagammaro@hmelillo.com.br. Colocar no assunto: SJRP Assistente Administrativo.

Homenagem ao meu querido Mauro Villela de Andrade Que coisa estranha! A felicidade abreviou o nosso convívio, nestes três longos e lentos anos, no meu silêncio, tudo continua vivo em mim. A angústia tornou posse do meu viver, perder você, Mauro, está sendo sofrido demais. Você, Mauro foi para mim o companheiro ideal. A sua serenidade me transmitia luz e alegria. Quantos sorrisos eu vi iluminar seu rosto diante da minha presença. Nossa união teve todas as propriedades para alimentar um amor duradouro. Mesmo com o espírito abalado por essa passagem irreparável, sem restabelecimento, e, apesar de toda perturbação que hoje vivo, devido a sua ausência, sinto-me agraciada por Deus, por você ter me escolhido para sua esposa. Amor Eterno, Benedita

IN D I C A D O R P R O F I S S I O N A L

De 24 de novembro a 1º de dezembro, o Ministério da Saúde promoverá, em todo o Brasil, a campanha do Fique Sabendo, que disponibiliza testes para Aids e hepatite B a toda população. Denise Rondinelli Cossi Salvador, coordenadora da Vigilância Epidemiológica local, informa que, nesse período, serão disponibilizados em todas as unidades de saúde do município os testes para toda a população. “Hoje esses testes já estão disponíveis para as gestantes quando vão fazer o pré-natal, e também para a pessoa que vai fazer cirurgia. Estamos organizando a parte estrutural, devemos ter uma unidade no centro, uma no Vale do Redentor e outra no Cassucci, que são áreas bastante populosas”, diz. Segundo Denise, devem participar da campanha todas as pessoas que, no caso da Aids e da hepatite B, que são doenças sexualmente transmissíveis, tiveram um comportamento de risco. “São exemplos o sexo desprotegido ou aquelas pessoas que fizeram transfusão de sangue na década de 60, 70 e início dos anos 80, quando não havia controle do sangue no Brasil. Foi antes da chegada da Aids. Hepatites são doenças silenciosas e, muitas vezes, o diagnóstico é feito tardiamente, quando já há comprometimento do fígado.” Tipos de hepatite Denise explica, ainda, que a hepatite mais comum é a do tipo A, que ocorre com mais frequência na infância porque está relacionada a hábitos de higiene: alimentos contaminados, falta de lavagem das mãos, entre outras. “A hepatite A é o quadro que todos conhecem, a pessoa fica amarela, olho amarelado, urina escura, fezes acinzentadas, a criança re-

clama de desânimo, malestar, dor na barriga.” A hepatite B é transmitida pelo sangue contaminado e por relações sexuais. “Hoje existe a vacina disponível pela rede pública de saúde; a indicação dela é até os 24 anos de idade. Os bebês quando nascem já recebem a primeira dose ainda na maternidade, nas primeiras 12 horas de vida. Nossa preocupação é com os adolescentes, porque como devem ser tomadas três doses da vacina, às vezes ele faz a primeira, a segunda e deixa de fazer a terceira. Então ele não está protegido. E na adolescência a gente sabe que a atividade sexual é muito maior”, diz Denise. A hepatite C é transmitida pelo sangue e há indícios de que também seja transmitida sexualmente. Não há vacina para este tipo. “Existem outros tipos de hepatite, como pelo uso excessivo de medicamentos. Por isso que falamos do risco da automedicação, ou seja, as pessoas tomarem remédios por conta própria. Isso não é um bom hábito de saúde e pode ter consequências graves como uma hepatite por medicamentos. A hepatite nada mais é do que uma inflamação do fígado, um órgão muito importante do corpo, porque é nele que vamos ter o processamento de várias substâncias no nosso organismo.” De acordo com Denise, em São José do Rio Pardo há vários pacientes em tratamento das hepatites B e C. “O nosso ambulatório também atende pacientes da região. Em relação à Aids, tem os pacientes que são acompanhados de São José e outros de fora. Em termos de diagnóstico, no último ano tivemos apenas dois casos. Isso não significa que não temos outras pessoas portando os vírus, por isso é importante o exame”, conclui.

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO SÚMULA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 01/11/2011 A) INDICAÇÕES - Ao Executivo Municipal, sugerindo: - a poda de árvores localizadas na Rua Francisco Rueda. - a realização de serviços de tapa-buracos na Rua XV de Agosto. - a criação do Conselho Municipal de Cultura. - serviços de tapa-buracos na Avenida 9 de Julho. - poda de árvores e construção de calçada ao longo da Rua José Maldonado Peres. B) PROJETOS APROVADOS: - Projeto nº 158, de 26/10/2011, que “Dispõe sobre abertura de crédito adicional suplementar no Orçamento Programa do Município”. - Projeto nº 159, de 26/10/2011, que “Dispõe sobre abertura de crédito adicional suplementar no Orçamento Programa do Município”. C) MENSAGEM: A Câmara Municipal informa a todos que as sessões ordinárias são realizadas às terças-feiras a partir das 19:30. Nosso site: www.camarasjriopardo.sp.gov.br; E-mail: cmrpardo@camarasjriopardo.sp.gov.br Marco Antonio Gumieri Valério Presidente


5 de novembro de 2011 - A-5

Construtores retornam para o nordeste Para os trabalhadores, situação difícil que viveram em São José serviu de experiência Terminou no sábado, dia 29 de outubro, a saga dos trabalhadores nordestinos contratados para executar as obras do projeto “Minha Casa Minha Vida”, em São José do Rio Pardo. O grupo, que vivia mal alojado em casas cedidas pelo empreiteiro, no bairro Natal Merli e Nova Esperança, deixou a cidade após receber os pagamentos que estavam atrasados. A situação precária dos trabalhadores havia sido comunicada ao Sindicato da Construção Civil, Prefeitura e à Câmara. Entretanto, o problema continuava até que os próprios trabalhadores decidiram denunciar o caso à Gazeta do Rio Pardo que, na edição do dia 15 de outubro, noticiou o fato. A notícia chamou a atenção de autoridades do Ministério do Trabalho que entraram em ação e multaram a construtora responsável pelas obras, a MKSE. A empresa também foi obrigada a resolver problemas relacionados a con-

tratos com os empregados e alojá-los em local com melhores condições. Os pagamentos que estavam em atraso foram acertados na sexta-feira, dia 28, quando os empregados também receberam as passagens para seus locais de origem. No sábado, os últimos integrantes do grupo partiram de São José do Rio Pardo. A maior parte se dirigiu para São João dos Patos, no Maranhão, enquanto outra parte foi para Paulo de Faria, na região de São José do Rio Preto, e São Paulo, também para trabalhar em obras de casas populares.

O início de funcionamento da Ceagerp em São José está atrasado em decorrência de entraves burocráticos relacionados à Secretaria de Estado da Agricultura. A Secretaria exigiu documentos que a direção da Ceagerp, a princípio, não imaginaria que fosse necessária. Segundo informações passadas ao jornal, os documentos restantes estão sendo providenciados e a previsão é de que, se nenhuma exigência nova for feita, em março de 2012 a Ceagerp iniciará oficialmente suas atividades. Os 30 espaços construídos já foram adquiridos e, segundo uma fonte, a quase totalidade já foi

vendida para empresas de fora de São José do Rio Pardo. Existe inclusive previsão de expandir a área física do galpão destinado aos estandes e construir novos box. A falta do asfalto entre a guarita e o galpão, segundo essa mesma fonte, não é impedimento para o início das atividades, como chegou a ser divulgado na cidade. O problema mesmo foi a questão burocrática junto à Secretaria Estadual de Agricultura.

“Foi um aprendizado” O trabalhador Francisco Ferreira da Silva, 54 anos, era o mais velho do grupo. Casado, pai de 5 filhos, ele conta que veio para São José do Rio Pardo após passar por Ribeirão Preto e Olímpia, sempre atuando na construção de casas. A situação dele, assim como dos demais, ficou difícil quando o pagamento co-

meçou a atrasar. “A gente trabalha para sustentar a família. Se não recebe, a família também fica em dificuldades”, comentou, instantes antes de tomar o ônibus rumo a São Paulo. Francisco diz que jamais esperava ter tais problemas em uma cidade no Estado de São Paulo. “A gente quando vem nunca pensa que isso possa acontecer. Geralmente isso acontece em outras regiões, não em São Paulo”, considera. Ele explica que o grupo procurou o Sindicato da Construção Civil e ficou à espera de solução para os problemas. “Mas como nada foi feito, então uma pessoa sugeriu que nós procurássemos o jornal. Era a nossa última esperança”. Para Francisco, o fato serviu de experiência. “Agora, qualquer um de nós, antes de aceitar estas propostas de emprego longe de casa, primeiro vai querer saber mais sobre as empresas”.

Ceagerp deverá ficar para meados de 2012

Serviços parados As obras da Ceagerp começaram em outubro de 2009, e a promessa do município era de que tudo

estaria pronto e entregue ainda naquele ano. A implantação do entreposto é parte de um projeto iniciado no final da gestão do prefeito João Santurbano, por meio de parceria entre a Prefeitura e a empresa CABS, pela qual o município cedeu a área para instalação do armazém que será gerenciado pela empresa, a qual também ficou responsável pelas obras. As instalações estão praticamente concluídas mas o acesso entre a Alameda Dionysio Guedes Barreto e a Ceagerp – que deveria ter sido pavimentado pela Prefeitura, ainda não recebeu o serviço.

COMUNICADO A AEAA - Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos do Vale do Rio Pardo vem através deste comunicar a todos os profissionais cadastrados e ativos junto ao CREASP que no dia 08/11/2011 haverá a eleição para composição das novas diretorias do CREA-SP, CONFEA e MÚTUA. O voto poderá ser efetuado na Sede da AEAA, situada na Rua Aurélio Santurbano nº 107, Centro, São José do Rio Pardo - SP, das 09:00 h às 19:00 h. Seu voto é muito importante, contamos com sua presença!

REPORTAGEM

Alex (primeiro à esquerda) e Francisco (primeiro à direita) dizem que situação valeu como aprendizado

Alexsander Guedes da Silva, de 41 anos, era recém chegado às obras em São José do Rio Pardo. Ele veio de Carinhanha, na Bahia, para fazer os serviços elétricos das casas já construídas. “Trabalhei pouco e, quando soube da situação dos companheiros, fiquei preocupado. Ainda bem que eu tinha uma reserva, o que garantiu passar alguns dias sem muitos problemas e ainda ajudar o pessoal”, explica. Para Alex, a situação também rendeu experiência. “Isso foi um aprendizado para todo mundo e deixa em alerta às pessoas que são contratadas

para estas obras. Na hora de trazer, o pessoal promete muito e não cumpre. Tenho certeza de que agora, antes de aceitar as ofertas de trabalho, o pessoal vai se informar melhor sobre as empreiteiras”. Segundo o eletricista, a situação se agravou porque a própria sociedade não acompanha aquilo que ocorre em seu redor. “As autoridades precisam se interessar mais em acompanhar o trabalho das empresas que fazem obras no seu município. Porque é a imagem da cidade que vai ser divulgada”, lembra.

Ao final, Alex agradeceu, em nome do grupo, a atenção dos auditores do Ministério do Trabalho e da imprensa, para com os problemas que enfrentaram. “Primeiro queremos agradecer a Gazeta que alertou a todos sobre a nossa situação, chamou a atenção da televisão e a partir daí os problemas começaram a ser resolvidos. E também agradecemos ao apoio do pessoal do Ministério do Trabalho, de todos os funcionários e dos fiscais. A participação de vocês, com certeza, serve para evitar outros casos como o nosso”, conclui.

Conferência Municipal da Saúde será dia 19 Teve início quinta-feira, 3, o processo de inscrição das entidades e associações que pretendem participar da escolha dos novos conselheiros da saúde. As inscrições vão até o dia 18, na sede da Secretaria de Saúde e Medicina Preventiva, localizado à rua Cel. Alípio Dias, nº 693, centro, das 8h30 às 11h e das 13h30 às 17h. A 7ª Conferência Municipal da Saúde será realizada no dia 19, pela Prefeitura de São José

do Rio Pardo, sob a coordenação da Secretaria de Saúde. Os conselheiros são pessoas que representam a população, em geral, entidades e associações da sociedade civil organizada e associações de profissionais de saúde. Neste ano, o tema proposto é “O fortalecimento do SUS no olhar do Controle Social”. A conferência terá início às 9h e se estenderá por toda a tarde, com previsão de término às 17h, segundo informações da assesso-

ria de imprensa da Prefeitura. Mais informações pelo telefone 36829920, com Andréia. PROGRAMAÇÃO: 9:00 Credenciamento 9:30 Abertura Oficial 10:00 Palestra 11:00 Perguntas 12:00 Lanche 13:00 Início dos Trabalhos 15:00 Encerramento dos trabalhos dos grupos 16:00 Eleição 17:00 Encerramento

ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO LOTEAMENTO “SÍTIO DE RECREIO SANTA LOURDES” SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP ASSEMBLÉIA GERAL – CONVOCAÇÃO Nos termos do art. 33 do Estatuto Social convocamos os senhores proprietários de lotes do Loteamento “Sítio de Recreio Santa Lourdes” para a assembléia geral que se realizará no próximo dia 19 de novembro de 2011, sábado, às 16:00 horas, com quorum mínimo de 2/3 dos associados ou às 16:30, em segunda convocação, com qualquer número de associados, na chácara de propriedade de Carlos Rehder, onde serão tratados os seguintes assuntos: a) Leitura e aprovação da ata anterior b) Eleição da diretoria e Conselho Fiscal c) Construção da USINA SÃO JOSÉ e suas conseqüências para o bairro e para a cidade d) Desmatamento na centenária MATA DA TUBACA e suas conseqüências para o meio ambiente e) Omissão na divulgação dos projetos e ações f) Posicionamento e defesa dos interesses dos proprietários de lotes g) Outros assuntos de interesse do loteamento Obs: Os proprietários poderão ser representados por procuradores, devidamente habilitados. São José do Rio Pardo, 05 de novembro de 2011. CARLOS AUGUSTO CARVALHO LIMA REHDER Presidente em Exercício


A-6 - 5 de novembro de 2011

Produtores otimistas com café a R$ 480 Cooxupé e Dado Junqueira explicam motivos do otimismo, apesar do final da safra EDUARDO ERON

Os produtores de café em toda a região, incluindo os de São José do Rio Pardo, praticamente concluíram a safra deste ano. Boa parte deles, no entanto, ainda segura uma parte de seus estoques porque as perspectivas futuras são bem positivas. Afinal, mesmo tendo uma ligeira queda em relação ao ápice da cotação obtida este ano, a saca de 60 quilos do café tipo bebida 6 dura, com até 12% de umidade, foi cotada no final de outubro a R$ 470/ 480, em média. A cotação neste início de novembro, embora tenha sofrido ligeira queda, ainda está próxima a este patamar. Pedro Perón, do setor de comercialização do núcleo rio-pardense da Cooxupé, informou ao jornal há poucos dias que “esse preço é ótimo, se comparado com o de anos atrás, quando chegou a 230 reais a saca”. Ele atribui a melhora na cotação do produto, verificada a partir do final de 2010, ao aumento do consumo do café em todo o Brasil e no exterior, com o consequente crescimento de demanda. “O café vive um bom momento este ano, tanto que chegou a ser vendido a 545 reais a saca de 60 quilos. Agora, embora tenha tido esta redução, ainda está com preço muito bom, apesar de ocorrerem oscilações no mercado em decorrência dos estoques, que estão em baixa”, prosseguiu Perón. A Cooxupé, considerada a maior cooperativa de café do mundo, calculava que até dezembro deste ano receberia de seus cooperados 3,7 milhões de sacas para comercializar, no Brasil e no exterior. No entanto, até meados de outubro já havia recebido 3,8 milhões, devendo chegar aos 4 milhões de sacas até o final de 2011.

REPRODUÇÃO

Produtor otimista Luiz Eduardo Moreira Junqueira (Dado), um dos tradicionais produtores rio-pardenses, também avalia que o café vive um bom momento e diz estar otimista quanto a uma melhora no preço. Mas faz uma ressalva: seu otimismo é para o “café com qualidade”, que ele vem se empenhando em produzir há anos. Dado Junqueira explica que há seis anos iniciou uma renovação contínua de sua lavoura cafeeira, razão pela qual não vem tendo uma grande produtividade, no momento, até que a mesma se complete. Com isso, tem obtido uma média de 20 a 25 sacas por hectare, o que não é das maiores, mas sua meta é melhorar cada vez mais a qualidade. Quanto ao preço atual do café, Dado Junqueira diz que “é bom, justo e permite um pouco de margem (de lucro) aos produtores”. Ele lembra que durante mais de 12 anos os cafeicultores amargaram preços ruins, o que afetou a qualidade do produto no país. Nos últimos dois anos, com a melhora de cotação, a qualidade final também tem melhorado, inclusive em São José do Rio Pardo. Outro fator que, segundo o produtor rio-pardense, contribui para que haja otimismo nos cafeicultores brasileiros é o que vem ocorrendo na Colômbia. Um dos grandes produtores mundiais de café e principal concorrente do Brasil nesse segmento, a Colômbia amargou dois anos de muitas chuvas em 2010 e 2011, que afetaram bastante sua produção e a qualidade final. Bom para o Brasil, que está ganhando cada vez mais mercado para exportar. E o terceiro fator que, na opinião de Dado Junqueira, está colaborando fortemente a favor do café é o aumento mundial de

A safra está no fim e o aumento do consumo em todo o mundo, vem sendo o fator principal para a elevação no preço desde o ano passado

consumo. “As pessoas, inclusive os jovens, estão tomando mais café, principalmente nas cafeterias”, lembrou. “Com isso, tem ocorrido uma verdadeira mudança de hábitos, já que essas cafeterias se tornam pontos de encontro nos quais o café, inclusive o expresso, é bastante consumido”. Dado Junqueira afirmou ainda que, para os produtores em geral, o valor ideal do café seria o equivalente a um salário mínimo ou a um bezerro de corte, que hoje custa entre 600 a 700 reais. Ele observa, entretanto, que a cafeicultura nacional também tem sofrido os efeitos das oscilações climáticas muito fortes que vêm ocorrendo ultimamente no país: chuvas irregulares seguidas de períodos longos de secas e, eventualmente, até de geadas, como ocorreram este ano. Mesmo assim, otimista, ele espera que todos os fatores mencionados antes contribuam para dias ainda melhores à cafeicultura nacional.

Benefícios do café à saúde •Segundo avaliações médicas nos Estados Unidos, alegria e bem-estar são sensações que o café proporciona, em razão da presença, no grão, de ácidos chamados clorogênicos. Esses ácidos colaboram com o estado de humor e contra o alcoolismo. Pensava-se que esses efeitos eram proporcionados pela cafeína, cuja participação varia entre 1% e 2,5%, somente, na composição do café. •Os mesmos ácidos clorogênicos ajudam contra a depressão e o suicídio. Isso acontece porque eles atuam na dopamina, geradora do estado de bem-estar, portanto influenciando positivamente no combate à depressão e ao suicídio. •Atividades intelectuais são estimuladas mediante o consumo regular e moderado de café, segundo resultados de pesquisas. Os estudos mostram ainda condições fa-

voráveis ao tratamento anti-drogas. Médicos pesquisadores já concluíram que o consumo diário de café até 500 ml não causa problemas ao coração e à saúde. Doses grandes de café de uma só vez não garantem que se possa passar a noite em claro em atividades escolares ou de trabalho. •Recente descoberta indica o favorecimento do café no combate à AIDS. A multiplicação do vírus tem como uma das causas a enzima chamada integrase, inibida, entre outros fatores, por ácidos presentes no café. •É interessante o processo pelo qual a cafeína estimula os reflexos, além de ajudar memorização e no raciocínio, porque ativa o sistema nervoso central. O sistema circulatório absorve moléculas do café ingerido atuando sobre o sistema nervoso quando em contato com células musculares. São as substâncias integrantes do café que

causam os benefícios na atividade cerebral. •De acordo com a idade da pessoa, beber até quatro xícaras grandes de café ao dia não prejudica, segundo observam especialistas. Eles dizem que o café deve ser tomado pela manhã; também em torno das 10 horas, seguindo-se outras doses depois do almoço e por volta das 15 horas, momento em que começa a redução da atividade cerebral. •Fatores ainda desconhecidos e benéficos do café ainda serão pesquisados. Para isso, a Organização Mundial de Saúde reunirá médicos especialistas, para fazer um estudo inédito a respeito. •Um novo estudo mostrou que o consumo de café cafeinado reduz os riscos de desenvolvimento de diabetes tipo 2 em até 60%. O estudo foi feito com pessoas com alto risco para a doença. (FONTE: COOXUPÉ)

Cooperativa recebe dupla premiação Aconteceu no dia 28 de outubro, em Guaxupé, a entrega do Troféu Mídia Centenário de Guaxupé, evento destinado a premiar as empresas mais lembradas e as personalidades que fizeram a história dos cem anos daquele município, que terá seu centenário comemorado em 2012. A Cooxupé foi uma das empresas premiadas. O evento aconteceu no Clube Guaxupé, quando uma revista daquela cidade entregou cerca de 100 troféus a personalidades e empresas. Duplamente premiada, a Cooxupé foi lembrada pelo seu trabalho a favor do cooperativismo e do agronegócio e pela qualidade dos cafés Evolutto, Prima Qualità e Prima Mister. O presidente Carlos Alberto Paulino da Costa, da

Cooxupé, recebeu o troféu em nome da cooperativa e o prêmio da torrefação foi entregue ao superintendente de Operações e Comercial Mercado Interno, Lúcio Araújo Dias. “Esse prêmio é fruto do trabalho de todos os cooperados, colaboradores e diretoria da Cooxupé. É um trabalho de equipe feito com dedicação e empreendedorismo”, afirmou Carlos Paulino. A cafeteria na entrada do salão, comandada pelo barista Eder Ferreira, bicampeão brasileiro na arte de preparar café e cappuccinos, recebeu os convidados do evento, servindo os cafés da Cooxupé, Evolutto e Prima Qualità. Comenda Referência no cooperativismo e eleita a melhor em-

presa do agronegócio pela Revista Exame, a Cooxupé, representada pelo presidente Carlos Alberto Paulino da Costa e o diretor administrativo, Antonio Carlos Oliveira Martins, foi indicada para receber a Comenda Centenário Guaxupé. “Graças à união de pequenos produtores, a Cooxupé tornou-se grande e a confiança de seus associados a transformaram numa verdadeira máquina de produzir café. Cooperados e colaboradores fazem parte dessa comenda que recebemos”, afirma Carlos Paulino. A Comenda Centenário Guaxupé foi entregue a 10 personalidades da região. O público aproveitou a noite ao som do grupo Black Tie e os serviços do bufê de Antonio Buffoni (TB Bufê).

DIVULGAÇÃO

Antonio Carlos Oliveira Martins e Carlos Paulino receberam a Comenda Centenário Guaxupé


5 de novembro de 2011 - A-7

Após luta corporal, empresário é ferido

Ele lutou com um dos bandidos antes de ser atingido com três ou mais tiros Uma tentativa de assalto à empresa Metal Rios, na avenida Maria A.S.Braghetta (Perimetral), resultou em tentativa de latrocínio (expressão usada para assalto seguido de morte) contra Marcelo de Oliveira, de 28 anos, proprietário da empresa, na manhã de sexta-feira, 4 de novembro. Ele levou vários tiros à queima-roupa, sendo depois transportado de ambulância ao hospital São Vicente, onde, no final da tarde, seria submetido a cirurgia para retirada das balas que ficaram em seu corpo. Há informações de que ele teria levado de quatro a cinco tiros, embora o Boletim de Ocorrência (B.O.) feito pela polícia militar mencione apenas três. De acordo com as informações obtidas pela polícia no local do assalto, três homens usando capacetes chegaram por volta das 8 horas na empresa e anunciaram o assalto. Os três estavam armados de revólver e, assim que entraram, fecharam a porta de ferro da Metal Rios para que ninguém entrasse ou saisse. Um dos bandidos ficou em pé junto à porta,

outro foi ao fundo e colocou dois funcionários sob a mira de sua arma, enquanto o terceiro foi ao escritório, onde estavam a funcionária T.C.F.D., de 30 anos, e o proprietário Marcelo de Oliveira. Esse terceiro bandido disse que queria a chave do cofre e teria recebido de Marcelo a resposta de que “a chave estaria com o dono e não ali”, no que o bandido teria replicado que “sabia ser ele, Marcelo, o proprietário”. Segundo informações obtidas pelo jornal, esse homem, então, obrigou Marcelo e a funcionária a subirem a escada onde estaria guardado o cofre. Antes, porém, que completassem a subida, Marcelo, que é fisicamente forte, entrou em luta corporal com o assaltante. Nesse instante os outros dois bandidos vieram correndo para socorrer o parceiro e começaram a atirar contra Marcelo. Testemunhas disseram ter ouvido inúmeros tiros, bem mais que os três que, a princípio, constaram no B.O. como tendo acertado o corpo do proprietário da empresa. É possível que alguns disparos não o tenham atingido.

REPORTAGEM

A motocicleta da funcionária da empresa, usada pelos bandidos na fuga, foi recuperada e levada à delegacia de polícia

Logo após os três assaltantes saíram da Metal Rios, com um deles levando a motocicleta CG 150, da funcionária T.C.F.D. A moto foi depois abandona-

da no bairro Vila Verde, nas proximidades da escola Zélia Maria Zanetti, onde também foram encontrados dois capacetes, blusas e calça utilizadas na tenta-

tiva do assalto. Marcelo de Oliveira tem também uma empresa em São João da Boa Vista e, na sexta-feira da semana anterior, ele sofreu outro

assalto naquela cidade. Não se sabe, porém, se os assaltantes de lá são os mesmos que agiram em São José do Rio Pardo. A polícia civil está investigando.

A menina, porém, foi levada junto com sua mãe, R.B.S.P., de 30 anos, em estado de pânico ao Pronto Socorro, com muito medo do pai. Isto porque, segundo a mãe da garota, seu marido a ameaça de morte e vive amolando facas e facões, além de mantê-la em cárcere privado (versão dela). A agressão à menina aconteceu no dia 2 de novembro, às 18 horas, no bairro Maria Boaro, onde eles vivem. A polícia foi à casa onde a agressão aconteceu e M.R.P. havia se trancado num quarto. Quanto à menina, ela ficou com um hematoma numa perna e nas nádegas, além de escoriações num ombro, antebraço e mão esquerda. O caso será agora averiguado pela Delegacia de Defesa da Mulher.

Moto e Escort se acidentam Aconteceu um acidente de moto no dia 29, pouco antes do meio-dia, na Vila Brasil, e envolveu também um Escort. A colisão dos dois veículos ocorreu no cruzamento das ruas XV de Novembro e Padre Paulo. Como muitas vezes ocorre em fatos como este, os condutores dos veículos colocaram a culpa no outro. A motorista do Escort, L.C.N., de 46 anos, disse que estava terminando de passar o cruzamento quando a moto, pilotada por R.W.J.M., de 29 anos, atingiu a traseira do carro. Já o piloto afirmou que L.C.N. não respeitou a placa de Pare e provocou o acidente. Ele foi socorrido e levado de ambulância ao Pronto Socorro, para ser medicado.

NOTAS POLICIAIS Posto é assaltado e bandidos fogem Houve um assalto ao posto Maga da rodovia SP 350, no local conhecido como W3, na madrugada do dia 3 de novembro. Dois homens levaram R$ 200 do frentista U.A.F., de 28 anos, e fugiram. Eles chegaram a pé pelos fundos do posto. Um deles é baixo, trajava short amarelo, camiseta branca e blusa marrom e tinha um revolver; o outro também era baixo, usava calça e jaqueta jeans. Os dois estavam encapuzados e se dirigiram à guarita do posto para pegar o dinheiro que estava com o frentista. Motorista morre ao se acidentar Aconteceu um acidente com vítima fatal na noite do dia 1º de novembro, na SP 207, próximo ao Viverão. A vítima foi Luis Cássio Anadão, de 63 anos, que dirigia um Verona azul, ano 94. Por motivo ainda não esclarecido, o veículo acabou saindo da pista, foi para o acostamento e caiu numa ribanceira. No carro estavam, além de Luis Cássio, um menino de 8 anos, L.G.A., da família do motorista, e um amigo deste, V.J.B., cuja idade não foi informada. Este último foi trazido para o hospital São Vicente com ferimentos, sendo medicado e liberado, enquanto o garoto foi levado ao Pronto Socorro de São Sebastião da Grama. Preso porque ameaçou a ‘ex’ No último sábado, 29, um homem foi preso em flagrante no bairro Carlos

Cassucci por ameaçar a exmulher com uma faca e confirmar à própria polícia que seu intento era feri-la. O fato aconteceu à noite e o sujeito foi detido, levado à delegacia e lá foi confirmada a ordem de prisão, com base na Lei Maria da Penha. Foi fixada uma fiança de 500 reais para ele deixar a cadeia e, com isso, ter o direito de responder ao inquérito policial em liberdade. A ex-mulher dele, J.A.S., de 32 anos, disse que ambos estão separados há 8 meses e, mesmo assim, as brigas são constantes. Naquele sábado, segundo ela, ele foi à sua residência e passou a ameaçá-la, assim como aos filhos, e ainda danificou sua casa. O exmarido, L.R.S.A., também de 32 anos, confirmou aos policiais que danificou os móveis e a porta da casa, saindo e retornando depois, com a faca “para furá-la”. Os policiais chegaram no momento em que ele voltava à residência para ferir a ex-mulher. Ladrões de bar acabam detidos Na segunda-feira, 31, houve um roubo em um bar localizado no bairro Santo Antônio, mas os autores foram descobertos e um deles foi preso. O fato aconteceu à noite, na avenida dos Paulistas. O teto e o forro do bar foram arrombados e, de dentro do estabelecimento, foram furtados: um fardo de cerveja, um secador, latas de cerveja (postas em uma sacola) de várias marcas, refrigerantes, halls e free gells. Os autores, detidos quando estavam carregan-

do as mercadorias em uma rua do Vale do Redentor, foram T.C.A., de 24 anos (que foi preso), e o menor J.C.C.S., de 17. A proprietária do bar, J.C.I.S., de 25 anos, reconheceu as mercadorias roubadas. Drogas e fuga, mas sem êxito Um Fiat Tipo cinza sendo dirigido perigosamente pelas ruas da Vila Formosa chamou a atenção da polícia no dia 31, durante a madrugada. O motorista do carro empreendeu ainda mais velocidade quando a viatura começou a segui-los e, aí, os PMs não tiveram dúvida: havia alguma coisa de errado ali. Na rua N.S.Rosário, ainda na Vila Formosa, os policiais conseguiram parar o veículo. O motorista R.A.P., de 31 anos, não tinha CNH mas, em compensação, tinha cocaína num bolso. Seu colega P.C.V., de 34 anos, que estava no banco do passageiro, estava com duas pedras de crack e admitiu ter engolido uma terceira pedra, quando a fuga teve início. No veículo havia cachimbos artesanais usados para consumo da droga. Os dois e mais o carro foram levados para a delegacia, para as providências legais. Igreja é invadida e nada é levado A igreja N.S.Rosário da Pompéia, na Vila Formosa, teve danos materiais no telhado e em duas cadeiras no dia 1º de novembro. Segundo o zelador S.B., de 70 anos, alguém invadiu o prédio após retirar telhas e acabou quebrando duas cadeiras, mas não

conseguiu roubar nada. O fato ocorreu no intervalo do almoço, quando o zelador não estava no local. Grávida agredida na boca e no rosto Uma mulher grávida de quatro meses, G.F.R., de 26 anos, disse ter sido agredida pelo amásio E.A.O., de 32 anos, sofrendo lesão na boca e tapas no rosto. Ela foi levada ao Pronto Socorro e, após ser medicada, ficou em observação. O agressor foi procurado pela polícia e não foi achado. O fato aconteceu dia 2, às 20h40, na região central da cidade. Menina é ferida e pai é o suspeito Ferimentos decorrentes de uma agressão física foram constatados pela polícia e confirmados depois no Pronto Socorro, em uma menina de 11 anos, M.E.B.P. O provável autor é o pai dela, M.R.P., de 38 anos, que, no entanto, nega ter batido na garota.

NESTLE BRASIL LTDA. torna público que recebeu da CETESB a Licença Prévia e de Instalação N° 66000131 e requereu a Licença de Operação para Produtos de origem vegetal, fabricação de à RUA HENRY NESTLE, S/N, VILA FORMOSA, SÃO JOSÉ DO RIO PARDO.


A-8 - 5 de novembro de 2011

Região deve ganhar duas novas empresas Casa Branca e Mococa são os atuais municípios da região a serem contemplados

Estão na reta final as obras da fábrica da multinacional HBA – Hutchinson Brasil Automotive em Casa Branca, com previsão de inauguração para o dia 11 de novembro. Uma das maiores empresas do mundo e representada em 130 países, a HBA é especializada na produção e comercialização de componentes de borracha para interiores de veículos (automóveis, embarcações, aeronaves e outros). Além de Casa Branca, já são cinco as unidades de produção instaladas pela empresa no Brasil, nos municípios de Extrema/MG e Monte Alto/SP. “A cons-

trução da nova fábrica da multinacional em Casa Branca revela a importância estratégica que a cidade e a região possuem para o crescimento da Hutchinson, que, aliado à oferta de mão de obra e apoio incondicional da municipalidade, através da prefeitura, representam fatores primordiais para atender a forte demanda do mercado brasileiro e também às exportações”, informou a assessoria de imprensa da prefeitura. Instalada em uma área de 41.525,10m² no Distrito Industrial II, a Hutchinson declarou, por meio de seu presidente da Merco-

sul, Celso Pedro Franciosi, que a 6ª unidade de produção da empresa no Brasil está sendo instalada em Casa Branca “graças ao apoio incondicional do prefeito, Dr. Roberto Minchillo, desde o início das conversações; estrutura de logística proporcionada pelo Distrito Industrial II; pelo fácil acesso a importantes rodovias duplicadas; e oferta de mão de obra, já que 98% dos postos de trabalho gerados inicialmente serão ocupados por casabranquenses.” Em Mococa, o Sindicato dos Metalúrgicos está negociando instalação de uma unidade da Delphi Automo-

IMOBILIÁRIA E LOCAÇÃO DE IMÓVEIS 36 ANOS – 13/07/1975 – 13/07/2011 EXPERIÊNCIA, HONESTIDADE, COMPETÊNCIA E TRANSPARÊNCIA Praça dos Três Poderes, nº 103 – Fones: (019) 3608-4815 / 3608-6384 – Fax: 3608-2580 CNPJ - 07.879.176/0001-04 João Batista Maldonado Rossana Tempesta Maldonado CRECI 9.907 CRECI 51.306 Wagner Muniz de Aguiar Jr. Luciana Tempesta Maldonado CRECI 53.287 CRECI 57.510

ATENÇÃO PROPRIETÁRIOS DE IMÓVEIS PARA LOCAÇÃO OU VENDA Proprietários de imóveis que ainda alugam ou vendem seus imóveis diretamente às pessoas interessadas. Venha conhecer a modalidade de aluguel com garantia de recebimento e outros benefícios que a Malca lhe oferece por apenas 8% para locação, quando da sua assinatura da opção de exclusividade com a Malca. Venha falar conosco que teremos muito prazer em mostrar e explicar como funciona a nossa opção de exclusividade e o nosso contrato de prestação de serviço com garantia de recebimento de aluguel e outros.

VEJA ALGUNS BENEFÍCIOS:

1- A Malca efetuará o pagamento do aluguel no dia do vencimento independentemente do inquilino ter pago. “Faça chuva ou faça sol, no dia combinado o seu aluguel estará na mão.” 2- A Malca efetuará todos os consertos dos imóveis após a desocupação, se os mesmos não forem consertados pelos inquilinos, sendo que estes continuarão pagando o aluguel até que o imóvel esteja totalmente consertado. 3- A Malca efetuará o pagamento do IPTU, taxa de água, energia elétrica, condomínio e outros, se os mesmos não forem pagos pelos inquilinos no momento da desocupação do imóvel, cobrando posteriormente. Obs.: A extensão dos benefícios acima descritos, aos contratos que não estão na modalidade exclusividade, será considerado mera liberalidade, não gerando qualquer mudança no contrato original.

DIVULGAÇÃO

Multinacional Hutchinson será inaugurada em Casa Branca

tive Systems do Brasil no município. Em reunião realizada na semana passada, representantes da empresa assinaram um Acordo de Intenção para instalação de uma unidade na cidade. O presidente do Sindicato, Francisco Sales Gabriel Fernandes, ressaltou a necessidade da geração de empregos. “É um novo começo de desenvolvimento para nossa cidade que tanto precisa de empregos.” A Delphi, juntamente com o poder público, estuda possíveis áreas para sua instalação. Faltam empresas Há muito tempo a população de São José do Rio Pardo pede a instalação de outras empresas no município. Nos arquivos de Ga-

zeta, a compra da Smucker do Brasil pela Cargill, em 2004, consta como a mais recente movimentação neste sentido. Ainda assim, na ocasião não houve a instalação de mais uma empresa com a abertura de novos postos de trabalho. Apenas houve a compra de uma por outra. Na edição passada, a reportagem de Gazeta denunciou as péssimas condições em que o Distrito Industrial se encontra, com pontos em que trafegar tornou-se mais uma aventura do que uma rotina de trabalho. Os comerciantes reclamam do descaso por parte da Prefeitura, que prometeu melhorias em 2010. A rede de esgoto foi feita, mas as ruas continuam abandonadas. E essa situação, para um

município que tem necessidade de abrir novos postos de trabalho, é mais um dos motivos causadores do desinteresse de empresas que procuram estrutura no interior de São Paulo para se instalar. Ao que parece, outras cidades da região ganham com isso porque têm o que oferecer. Para efeito de comparação, São José do Rio Pardo conta hoje apenas com três concessionárias automotivas: a Ritmo Veículos (Chevrolet), a Fiat Vime e a Taba (Volks). Já Guaxupé, cidade com 2.800 habitantes a menos que São José, está agora com sete: Ritmo Veículos, Fiat Vime, Nova (Volks), La Gare (Peugeot), Novacar (Ford), Huyndai e JAC (vans e veículos de carga chineses). As três últimas são recentes.

DIVULGAÇÃO

A Hutchinson está instalada em uma área de mais de 41 mil metros quadrados


5 de novembro de 2011 - A-9

Sambô apresenta sua mistura de ritmos O grupo de rock samba se apresenta neste sábado nas piscinas do Rio Pardo FC GISELLE TORRES BIACO Um jeito irreverente e próprio de fazer samba. Assim é o grupo Sambô, que já conquistou milhares de fãs com sua mistura inusitada de ritmos, um estilo que é definido como rock samba. Aos instrumentos típicos do samba como o pandeiro, banjo e cavaquinho, o Sambô acrescenta bateria, teclado e guitarra. O resultado são versões totalmente “tupiniquins” de clássicos do rock como “Mercedes-Benz “de Janis Joplin, “Rock na Roll” de Led Zeppelin, “Sunday Blood Sunday” do U2, “Rock das Aranhas” de Raul Seixas, “This Life” do Maroon 5, entre outros, que fazem parte do repertório do grupo. O Sambô toca, ainda, sucessos de Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Fundo de Quintal e composições próprias como “José” e “Deixa”. Outros diferenciais que caracterizam o estilo irreverente dos integrantes é que eles tocam em roda de samba, um vocalista faz malabarismos com o pan-

deiro, um músico tem jeito de roqueiro do Sepultura e o outro de Cartola. “A roda é de samba, mas o repertório vem do rock”, declara a assessoria de imprensa do Sambô. E é com esta vibração que o grupo pretende fazer o seu show nas piscinas do Rio Pardo Futebol Clube, hoje, a partir das 23 horas. De acordo com o tecladista da banda Ricardo Gama, na maioria das apresentações que faz pelo país, o Sambô procurar criar uma atmosfera mais intimista com o público. Em vez de tocar num palco convencional, os músicos tocam no meio do público. “Nós fazemos uma roda de samba mesmo, não ficamos de costas para a parede. Nada de ficar distante do público, em cima de um palco”, diz. Além de Ricardo Gama, o grupo é formado por Sudu Lisi (bateria), San (percussão), Zé da Paz (pandeiro), Max Leandro (tan-tan e rebolo), Júlio César (guitarra e cavaquinho). Com essa formação, o Sambô expressa bem a sua personalidade rock’n

DIVULGAÇÃO

roll com acompanhamento de vozes, atributo que é característico dos sambistas. Ainda de acordo com a assessoria do grupo, o Sambô tem feito shows de lançamento de seu DVD em todo o Brasil. “Eles já se apresentaram no Festival de Verão de Salvador, em Brasília, Recife, Porto Alegre, Goiânia, Cuiabá, Uberlândia, Florianópolis, Camboriú, Uberaba, São Carlos, entre outras cidades do país.” Parcerias de peso No currículo, o Sambô tem apresentações ao lado de Seu Jorge, Jair Rodrigues, Luciana Melo e Wilson Simoninha, alem de ter sido escolhido para a trilha sonora da Copa Sul-Americana de um canal de esportes. Suas apresentações chamam a atenção de vários artistas e músicos, incluindo a atriz americana Reese Witherspoon, que assistiu ao show do grupo numa casa noturna de São Paulo, na última vez em que esteve no Brasil Para saber mais: www.sambo.com.br.

Sambô: estilo eclético e jeito irreverente de fazer samba

‘Fábrica’ terá quinto concerto de Tatuí DIVULGAÇÃO

Gupo de Performance Histórica do Conservatório de Tatuí

O governo do Estado de São Paulo e o Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos apresentam, no dia 9, em São José do Rio Pardo, o Grupo de Performance Histórica do Conservatório de Tatuí. O evento está previsto para começar às 20h30, na Fábrica de Expressão e a entrada é franca. Este será o quinto concerto promovido este ano pela instituição musical. A programação do concerto prevê as apresentações de “Quarteto em Sol Maior”, “Trio em Fá Maior” e “Quarteto em Ré menor”, de Georg Philipp Telemann; “Sonata em Sol menor”, de Giovanni Paolo Cima ; e “Rinaldo – Ouvertue”, de Georg Friedrich Händel. Os integrantes do Grupo de Performance Histórica são Selma Marino (Flauta doce), Juliano Buosi (Violino), Samira Giro Zeber (Violino), João Guilherme Figueiredo (Viola da Gamba e Violoncelo), Renato Cardoso Ferreira (Violoncelo) e Thiago Campos Araujo (Cravo). O Grupo de Performance Histórica do Conservatório de Tatuí iniciou suas atividades no ano de 2009 e tem por objetivo a interpretação e a divulgação do repertório dos séculos XVI ao XVIII. É formado por professores e alunos bolsistas de nível avançado e conta também com a participação de músicos convidados, conforme o programa a ser apresentado. Dentre seus objetivos, está o de resgatar e transmitir não apenas a música, mas a própria visão de mundo do Renascimento e do Barroco. Para tal, o Grupo de Performance Histórica busca a maneira mais aproximada ao ideal sonoro da época e utiliza, em suas apresentações, réplicas dos instrumentos utilizados naqueles períodos como: Flautas Doces, Traverso, Cravo, Viola da Gamba, Violino, Viola e Violoncelo Barrocos. A apresentação faz parte da temporada iniciada no dia 28 de setembro, com a Banda Jovem do Conservatório de Tatuí em São José do Rio Pardo. No calendário oficial da instituição rio-pardense ainda estão programados mais quatro concertos. Os dois próximos são o Octeto de Flautas e Conjunto de Metais do Conservatório de Tatuí em São José do Rio Pardo, no dia 16 de novembro, e a Camerata de Cordas e Madrigal, no dia 23 de novembro. (Informações da assessoria de imprensa do Conservatório de Tatuí)


5 de novembro de 2011 - A-10

Pesquisa do IBGE tem um ligeiro atraso E a prova escrita dos inscritos no concurso público foi realizada em Mogi Mirim

Empresários recebem títulos de cidadão pinhalense A Câmara de Espírito Santo do Pinhal entregou na noite de 28 de outubro, título de cidadania pinhalense aos empresários Eduardo Nasser e Marco Ocanha, proprietários do grupo Tuga, responsável pelo transporte público daquela cidade, onde atua há 11 anos.

Os dois projetos de decreto legislativo que concederam as homenagens foram de autoria do vereador João Bertoldo Sobrinho (PSD), que nas justificativas explicou o trabalho dos empresários para o crescimento do setor do transporte urbano do município.

Além da presidente da Câmara, Cristina do Carmo Brandão Bueno Domingues, e vereadores, o evento contou com a presença de outras autoridades pinhalenses, dentre as quais a prefeita Marilza Roberto da Costa, o exprefeito Luiz Gonzaga Pinto, o capitão Alexandre

Bergamasco, e familiares e amigos dos homenageados. Os empresários também atuam no transporte público de São José do Rio Pardo, Cravinhos, Guaranésia (MG), Guaxupé (MG) e Andradas (MG). Com informações do jornal A Cidade de Pinhal. DIVULAÇÃO

Os empresários homeageados, acompanhados pela prefeita Marilza e pela presidente da Câmara, Cristina

A vocação à santidade Encontramos hoje, na liturgia da palavra, uma boa resposta para a pergunta: Quem são os santos? Isto dá-nos o salmo que rezamos em resposta à primeira leitura (cf. Ap 7,2-4.9-14): “Eis a geração que o buscam, que buscam a tua face, ó Deus de Jacó”. Santos são aqueles que buscam a face de Deus. Muitos têm a ideia de que os santos sejam pessoas extraordinárias, fenomenais que estabeleceram algum tipo de trabalho ou algum tipo de milagre em sua vida. Mas, na realidade, são pessoas que não se cansaram de buscar a Deus e seu rosto e, talvez por isso, é que algumas pessoas têm realmente feito coisas extraordinárias. Por isso são bem-aventurados, são felizes! Este é o caminho para o qual nos conduz o Apóstolo São Paulo em sua Carta aos Filipenses, que por ele são chamados de santos em Cristo Jesus... Buscar a sua face é concordar com Jesus, que é o único que nos faz santos; é dar tudo em nossas vidas para acolher esta santidade – cada cristão é santo em Cristo Jesus porque vive numa vinculação original, radical e substancial com o seu Senhor. Esta busca do rosto de Deus ajuda a entender melhor que a santidade é

uma viagem, um caminho. É responsavelmente acolher os aspectos da vida, mesmo nos menos convidativos... nos momentos do pranto, da dor, da incompreensão, do sofrimento, do vazio... A santidade é vocação para todos: recordemos aqui as preocupações do Beato João Paulo II, que dizia isso ao beatificar e canonizar tantos irmãos e irmãs. Nesse caso a imagem da primeira leitura pode nos ajudar: “apareceu uma grande multidão que ninguém podia contar, de toda nação, tribo, raça e língua”. Contar todas as pessoas que foram e são santas é impossível, porque seria como tentar medir a misericórdia de Deus, pois a misericórdia de Deus não conhece limites. Mateus, no Evangelho das Bem-aventuranças(cf. Mt 5,1-12a) enfatiza o fato de Jesus sentar-se, ou seja, o ato de ensinar, falar como um mestre. O Concílio Ecumênico Vaticano II já recordava a vocação universal a que todos somos chamados: a santidade! Em união com a Igreja triunfante (na comunhão dos santos), peçamos ao Pai que os membros da Igreja peregrina se comprometam com a sua vocação à santidade. Que em cada família os pais, ao abençoarem seus filhos, desejem que os mesmos sejam santos, que vivam a vocação a que foram

chamados, buscando a face de Deus em todos que deles se aproximarem. Vivamos, pois, a santidade, cada qual em seu estado e possamos, como nos ensinou o Papa Bento XVI, levar essa direção como meta de vida: “A Solenidade de Todos os Santos é a ocasião propícia para elevar o olhar das realidades terrenas, dispersas pelo tempo, à dimensão de Deus, a dimensão da eternidade e da santidade”. O Papa então enfatizou que a solenidade de todos os santos “nos recorda que a santidade é a vocação originária de cada batizado” e “que todos os membros do Povo de Deus são chamados a ser santos, segundo a afirmação do apóstolo Paulo ‘esta, de fato, é a vontade de Deus, a vossa santificação’ (1 Ts 4,3)”. Sejamos santos e vivamos a santidade, do levantar e ao deitar, em casa, no trabalho, no lazer e na vida comunitária. Só vence as lutas cotidianas quem, se espelhando na imensidão de santos e santas, busca a comunhão nessa realidade temporal com a comunhão dos santos. Que todos os santos e santas de Deus nos ajudem a viver a santidade e a missão, amém! † Orani João Tempesta, O. Cist. Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ

Ao contrário do que estava previsto, o IBGE não deu início no dia 17 à Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad). Houve atraso no envio do programa que possibilitará às agências, incluindo a de São José do Rio Pardo, a atualização do sistema que contém o treinamento dos recenseadores e os “insumos” necessários à pesquisa. Os “insumos”, no caso, são os mapas contendo as casas selecionadas para serem visitadas. Denise Sernaglia Capoano Mantovani, chefe da agência em São José, explicou ao jornal que esse atraso foi geral, ou seja, afetou todas as agências do IBGE no país. O programa a ser enviado da matriz do IBGE no Rio de Janeiro tem as novas ferramentas necessárias à Pnad. No caso da agência rio-pardense, a pesquisa, a ser iniciada em Casa Branca, será feita por dois recenseadores. A Pnad terá por finalidade a atualização dos dados demográficos do último censo nacional, sendo, no entanto, uma pesquisa por amostragem e não a que é feita casa a casa, como ocorreu no recenseamento geral de 2010. Ela visa levantar a estimativa populacional dos municípios pesquisados, devendo ser efetivamente iniciada

nos próximos dias ou em poucas semanas. Conforme já foi mencionado no início de outubro, embora a agência rio-pardense deva começar o Pnad por Casa Branca, a partir de janeiro de 2012 ela será estendida aos demais municípios da região atendidos pelo IBGE daqui: São José do Rio Pardo, Itobi, Mococa, São Sebastião da Grama, Divinolândia, Tapiratiba e Caconde. A “Pnad contínua”, que é a forma como essa pesquisa é chamada, servirá para comparar os dados coletados no censo demográfico passado com a estimativa atual e abordará não apenas a quantidade de moradores como também informações econômicas, sociais, de saúde etc. Prova do concurso Aconteceu dia 30 de outubro a prova do concurso público destinado ao preenchimento de vagas nas agências do IBGE em todo o país. Na agência de São José está prevista a contratação de quatro (4) pessoas, dentre as que vierem a ser aprovadas no concurso. Os inscritos das regiões de São José, São João da Boa Vista e Mogi Mirim fizeram a prova escrita em Mogi. Segundo informações, a média foi de 9,75 candidatos por vaga.

Vão faltar energia e água na terça-feira A Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), unidade de São José do Rio Pardo, informa que na próxima terça-feira, dia 8, alguns bairros poderão ficar sem o fornecimento de energia e água devido a

uma interrupção programada e também execuções de obras de melhorias na rede de distribuição. A interrupção terá início às 12h30 com previsão de término às 18h30, nos seguintes bairros: Carlos Cas-

succi, Eduardo Cassucci, Professor Redher, Distrito Industrial, Colinas de São José, Vila Verde, Maria Boaro, Jardim dos Ipês, Loteamento Manetta, Jardim Eunice, João de Oliveira Machado.


5 de novembro de 2011 - A-11

Lixo hospitalar totaliza 5 toneladas/mês Resíduos estão sendo encaminhados para Mogi Mirim, onde sofrem incineração

Após as recentes notícias sobre a compra de lençóis hospitalares usados no exterior para confecção de roupas aqui no Brasil, a discussão sobre o assunto tem sido comum entre a população, inclusive em São José do Rio Pardo. De acordo com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura, o chamado lixo séptico aquele que é derivado de hospital, consultórios de dentistas, veterinários, médicos, farmácias, drogarias, postos de saúde, dentre outros, é recolhido duas vezes por semana destes locais. O trabalho é feito por funcionários

municipais em veículo do tipo furgão, destinado unicamente a este serviço. A Prefeitura informa ainda que, mensalmente, são recolhidas 5 toneladas de resíduos desta natureza. O material é armazenado em uma área específica nas dependências do Hospital São Vicente, de onde, depois, é recolhido pela empresa Sterlix Ambiental e levado para incineração em Mogi Mirim. Esta política de descarte do lixo séptico foi adotada durante a administração do PSDB em São José do Rio Pardo, com objetivo de evitar a deposição do material no aterro sanitário.

De acordo com a empresa, “os resíduos classificados como do Grupo B das resoluções Anvisa e Conama, nos quais se enquadram os químicos e farmacêuticos, são mantidos nas Estações de Transbordo da Sterlix Ambiental e encaminhados para tratamento em sistemas de incineração licenciados pelos órgãos ambientais”. A assessoria de imprensa informou que uma nova licitação deverá ser realizada, já que o contrato com a Sterlix termina no dia 31 de dezembro deste ano, e já foi prorrogado uma vez.

São José sedia neste final de semana, 5 e 6, a etapa regional de canto-coral do “Mapa Cultural Paulista”, evento previsto para o teatro da Fábrica de Expressão. Não há necessidade de retirada de ingressos antecipadamente, diz a assessoria de imprensa da Prefeitura. Neste sábado as apresentações terão início às 16 horas, com os corais das cidades de Aguaí, Americana, Campinas, Jaguariúna, Limeira, Rio Claro, Santa Bár-

bara d’Oeste e Indaiatuba. E no domingo, também às 16 horas, será a vez dos corais de Amparo, Mococa, Piracicaba, Mogi Mirim, Santa Cruz das Palmeiras e São João da Boa Vista. Os participantes da fase regional já foram selecionados na fase municipal, que aconteceu em julho deste ano. As apresentações do final de semana irão garantir vagas para a fase estadual. As apresentações do Mapa Cultural Paulista têm sido possível no município

graças a parceria entre a Secretaria de Estado da Cultura e a Prefeitura de São José do Rio. Segundo o prefeito João Luís Cunha, o objetivo da parceria é identificar, valorizar e promover o intercâmbio da produção cultural no Estado de São Paulo, além de estimular a participação dos municípios em atividades culturais. Informações na Fábrica de Expressão, à rua: Francisco Glicério, nº 64, centro, ou pelo telefone 3682-9926.

DIVULGAÇÃO

Funcionários municipais utilizam Sprinter para recolher o lixo séptico do município

Secretaria de Obras Fim de semana tem evento do Mapa Cultural vai mudar de endereço

Dirigir bêbado é crime? LUIZ FLÁVIO GOMES* ALICE BIANCHINI*

A preocupação do STF com a embriaguez ao volante é muito acertada. Em 2010 alcançamos o patamar de 40 mil mortes no trânsito. A impunidade é generalizada, a irresponsabilidade de beber e dirigir precisa de punição efetiva, mas tecnicamente a decisão do Supremo que admitiu o perigo abstrato no crime previsto no art. 306 do CTB é equivocada. Para o STF o simples fato de dirigir embriagado já bastaria para a configuração do crime do art. 306 do CTB. Assim decidiu a 2ª Turma do referido Tribunal. Confundiu-se o crime do art. 306, que prevê a pena de 2 a 4 anos de prisão, com a infração administrativa do art. 165 do CTB, que sanciona o embriagado com multa, suspensão da habilitação, apreensão do veículo e pontuação na carteira de habilitação.

Uma primeira diferença entre eles é que o crime exige uma determinada taxa de alcoolemia (0,6 decigramas de álcool por litro de sangue). A segunda diferença é a seguinte: a infração administrativa só exige que o sujeito esteja embriagado; o crime exige embriaguez mais uma direção anormal, imprudente. O crime não exige dano e não é preciso que o motorista cause um acidente. Basta que ele coloque em perigo concreto a segurança viária. Não é preciso uma vítima concreta. Isso tecnicamente chama-se perigo concreto indeterminado. Se o sujeito dirige bêbado em ziguezague, se sobe uma calçada, se passa no sinal vermelho etc., coloca em perigo concreto a segurança no trânsito. É isso que caracteriza a essência do crime. Nada disso é necessário para a configuração da infração administrativa. Por que essa diferenciação? Porque o crime é punido com pena de prisão.

Dirigir bêbado é crime? Depende da forma como o bêbado dirigia. Se dirigia corretamente, sem colocar em risco concreto a segurança viária, pratica a infração administrativa do art. 165. Se dirige de forma anormal, imprudente, pratica o crime do art. 306. Não se fazendo essa diferenciação confunde-se a infração administrativa com o crime e é isso que foi feito pelo STF. — * Luiz Flávio Gomes – Jurista e cientista criminal. Fundador da Rede de Ensino LFG. Foi Promotor de Justiça (1980 a 1983), Juiz de Direito (1983 a 1998) e Advogado (1999 a 2001). ** Alice Bianchini – Doutora em Direito pela PUC-SP. Coordenadora do curso de Pós-graduação em Ciências Penais pela Universidade Anhanguera-Uniderp. Presidente do IPAN – Instituto Panamericano de Política Criminal.

A Secretaria Municipal de Planejamento, Obras e Serviços (SMPOS) será transferida, ainda este mês, para o antigo prédio do almoxarifado, no Pátio da Prefeitura, na avenida Belmonte. Atualmente, o órgão funciona em prédio alugado, na Vila Formosa. Segundo justificativas da

administração, a mudança representará economia de R$ 24 mil por ano com pagamento de aluguel. Outra vantagem apontada é “a presença da cúpula do setor dentro do ponto da Prefeitura de onde partem e chegam os veículos e máquinas dos serviços e obras municipais”, diz a assessoria de

imprensa do município. Ainda de acordo com a assessoria, “o pátio da Prefeitura foi encontrado pela atual administração totalmente desestruturado, abandonado”. Para a instalação da SMPOS no local foram feitos alguns ajustes, bem como a pavimentação de parte da área de estacionamento.

Equipamentos eletrônicos continuam sendo recolhidos São José do Rio Pardo aderiu à campanha que vem sendo efetuada em vários municípios paulistas e que visa dar o destino correto para os equipamentos eletrônicos que estão fora de uso e que não podem ser descartados em lixo comum. Segundo informações, o ponto de coleta está situado na Câmara Municipal, para onde, desde o final de outubro os moradores estão levando computadores, teclados, mouses, telefones, calculadoras, pilhas e baterias. O coordenador do projeto em São José é Ronaldo Luiz de Paulo, da Etec Paula Souza, que procura, com a iniciativa, conscientizar os

moradores. Segundo o que ele declarou à EPTV, a campanha visa a que as pessoas do município criem o hábito de descartar seus produtos eletrônicos nos lugares adequados. “Ao invés da pessoa descartar de modo incorreto, que traga para a gente”, lembrou. “A gente faz uma triagem completa na Etec Paula Souza de todos os materiais e uma empresa faz a coleta e reaproveita adequadamente”. Ronaldo citou à emissora, de forma específica, o descarte correto de pilhas e baterias, mencionando que as pessoas não devem descartá-las, jamais, em lixo comum e sim em local

adequado para a coleta desse material eletrônico de alta toxidade. Na região Segundo a EPTV, em Águas da Prata o projeto “papa pilha” já tem 36 postos de arrecadação como prefeitura, escolas, posto de saúde e distritos. Até agora, foram arrecadados quase 500 quilos de pilhas e baterias e enviados para reciclagem. O mesmo projeto está sendo desenvolvido em São João da Boa Vista. Os postos de arrecadação foram colocados em uma rede de supermercados e na delegacia regional de ensino.

AGRADECIMENTO A Santa Casa de Misericórdia de São José do Rio Pardo, através de sua Mesa Administrativa, vem manifestar seus sinceros agradecimentos ao Senhor José Cássio Silveira Zanatta, pela doação da quantia de R$ 14.000,00 (Quatorze mil reais). A quantia doada possibilitará a aquisição dos seguintes equipamentos: 1- Eletrocardiógrafo 1- Carro móvel para EP-3 1- Detector Fetal de mesa 1- Break DX 6 KVA 1- Cama hospitalar 1- Colchão hospitalar 1- Poltrona hospitalar 1- Suporte para soro 1- Mesa para refeição hospitalar 1- Mesa de cabeceira hospitalar 1- Escada hospitalar 2 degraus MESA ADMINISTRATIVA


5 de novembro de 2011 - A-12


5 de novembro de 2011 - A-13

MASTER

Vila Mariana é campeã da Copa Verão A equipe da Vila Mariana (Mococa) venceu a Santa Lúcia por 2 a 1 e conquistou o título da V Copa Master Verão de Futebol. A segunda partida da final foi realizada na última sextafeira (28) no campo do Vasco, e os gols foram marcados por Miro e Igaraí (Vila Mariana), e Carlinhos para a Santa Lúcia. O time campeão recebeu Vila Mariana Santa Lúcia

2 1

Gols: Igaraí e Miro para a Vila Mariana e Carlinhos para a Santa Lúcia. Árbitro - Jeferson Elias Apolinário; Representante: Francini Isidoro. Auxiliares: Carlos Alberto Ernesto e Geraldo Pereira. 4º árbitro: Ronaldo Amoroso. Vila Mariana - Robertinho, Virlei, Valter, Vaca e Américo; Edson, Luís Paulo e Miro; Igaraí, Tista e Zé Careca. Reservas: Miguinha, Pim, Aloísio e Marão. Técnico Natal. Santa Lúcia - Luisão, Didio, Zé Nanico, Reinaldo e Jonas; Caconde, Silvio José, Roquinho e Carlinhos; Luizinho Buzato e Paulinho Diamante. Reservas: Tista, Marquinhos, Edvaldo e Brechó. Técnico Alexandre Anequini; auxiliar Dorfo.

dois troféus: o transitório que presta homenagem a João Batista Xavier (ex-diretor do Vasco) e o troféu definitivo, que prestou homenagem a Mário Ferreira (ex-massagista do Vasco). O organizador da competição, Marcio Aparecido dos Santos (Coquinho) também premiou o artilheiro Igarai (Vila Mariana), que marcou 7 gols em toda competição, e o goleiro Luisão (Santa Lúcia) como defesa menos vazada.

Luisão (Santa Lúcia) foi o goleiro menos vazado

Vila Mariana conquistou o título com méritos

Igarai foi o principal artilheiro com 7 gols

Santa Lúcia realizou excelente campanha na Copa Master

AMADOR

Aspirante da Vila Carvalho está na semifinal QUARENTÃO

Primeiro turno termina neste sábado A última rodada do primeiro turno da fase de classificação do Campaonato Regional Quarentão de Futebol termina neste sábado, dia 5, com a realização de três partidas. Os jogos acontecem a partir das 16h15. Em seu estádio, o Vasco FC recebe o União São José; no estádio do Vale do Redentor jogam Aeropor-

to e Guará (Casa Branca). E o Grêmio Municipal recebe o time da Vila Gomes (Grama). No sábado (29), foram disputados três jogos, que valeram pela penúltima rodada do primeiro turno. No estádio do Grêmio Municipal, União São José e Vila Gomes (Grama) empataram em 1 a 1, gols de Gavião para o União e Mar-

quinhos para a Vila Gomes. No estádio do Vale do Redentor, o time do Aeroporto venceu o Grêmio Municipal por 2 a 1, gols de Axel e Romeu para o Aeroporto e Celinho para o Grêmio. No campo do Vasco, o time da casa venceu o Guará (Casa Branca) por 2 a 1, gols de Chiquinho Romão e Maggi Click para o Vasco e Marcinho para o Guará.

A equipe aspirante da Vila Carvalho (Mococa) é a segunda equipe a garantir vaga na semifinal do Campeonato Amador Regional de Futebol. No domingo, dia 30, o time mocoquense venceu o Pirapitinga (Divinolândia) por 1 a 0 e conseguiu a classificação. Na semana passada o time aspirante da Prata dos Soares já havia se classificado. A vitória da Vila Carvalho ocorreu na partida realiza-

da no estádio do Vale do Redentor. Quem garantiu o placar de 1 a 0 foi o jogador João Batista. Na categoria titular, o Pirapitinga foi melhor e venceu por 3 a 0, com três gols de Gian Querosene. Na última quinta-feira (3), Laranjal (Divinolândia) e Pirapitinga se enfrentaram no estádio do Vasco FC. Os resultados foram: aspirantes – Laranjal 3 x 0 Pirapitinga (gols de Joâo Marcos

2 e Renatinho); titulares – Laranjal 2 x 1 Pirapitinga (gols de Tita e Dodô para o Laranjal e Danilo para o Pirapitinga). Neste domingo (6) haverá rodada a partir das 14h15. No Grêmio Municipal, o jogo será entre Nacional (Mococa) e Ico Cereais (Divinolândia); no estádio do Vale do Redentor, B arreiro (Divinolândia) e Boa Esperança (Grama).

Aspirante da Vila Carvalho obteve segunda vitória na competição Vasco obteve importante vitória diante do Guará

União São José deixou vitória escapar no final da partida

Titular do Pirapitinga venceu fácil o Vila Carvalho


A-14 - 5 de novembro de 2011

CONCURSO DE CLUBES

BASE

Definidos os melhores Sub-14 do Vasco F/10 está fora da final da penúltima etapa As equipes São José da Barra, Vila Gomes (Grama), Atlético DAE e Veteranos do Crei (Itobi) foram as vencedoras da 5ª e penúltima etapa do Concurso de Clubes promovido pelo Boletim Esportivo. O evento tem objetivo de premiar as equipes que disputam jogos amistosos aos finais de semana e que enviam seus resultados para o programa e site Boletim Esportivo. A premiação é feita nas categorias Geral (local e regional) e Misto (local e regional), bem como para os artilheiros e goleiros menos vazados. O time aspirante da fazenda São José da Barra foi o vencedor da categoria Local com 21 pontos. Foram 9 jogos, 7 vitórias e dois empates. A equipe marcou 24 gols e sofreu 9. O artilheiro da categoria foi o jogador Carlinhos Pinheirinho (São Paulo) com 13 gols marcados, e o melhor goleiro foi da equipe aspirante da Ponte Preta que sofreu 6 gols. Na categoria Geral Regional, o time aspirante da

Vila Gomes somou 23 pontos em 9 jogos disputados. A equipe alcançou 7 vitórias, 1 empate e 1 derrota, marcou 30 gols e sofreu 14 gols. O artilheiro foi o jogador Marcelo (Prata do Soares) com 12 gols marcados, e o melhor goleiro foi do time aspirante da Cacondense. Na categoria Misto Local, o Atlético DAE foi o vencedor com 21 pontos em 9 jogos, sendo 6 vitórias e 3 derrotas. O time marcou 23 gols e sofreu 23. O artilheiro foi Zé Babão (Zamigão) com 13 gols e o melhor goleiro foi do misto da Santa Lúcia. Na etapa Misto Regional, a equipe Veteranos do Crei somou 19 pontos em 9 jogos, tendo 6 vitórias, 1 empate e 1 derrota. Foram 24 gols marcados e sofridos. Os jogadores Renan (Continental) e Luís André (Misto Crei) foram os artilheiros com 9 gols cada. O melhor goleiro foi do misto do Paraná (Grama) com 7 gols sofridos. Os prêmios serão entregues no próximo dia 19 de novembro, na rádio Difusora.

O Vasco F/10 venceu o Palmeirense (Santa Cruz das Palmeiras) por 2 a 1 mas não garantiu vaga para a final da categoria sub-14 do Campeonato Regional de Base. O time rio-pardense perdeu a vaga no saldo de gols, já que no primeiro jogo havia sido goleado por 5 a 1. O jogo da segunda rodada da semifinal ocorreu no último sábado (29). Os gols foram marcados por Leonardo e Pedro Henrique (Vasco), e Marco Antonio para o Palmeirense. Agora o time de Santa Cruz das Palmeiras fará a final contra o Departamento de Esportes de Tapiratiba, que eliminou a equipe da Escolinha Flamengo/Rondinelli. “O Palmeirense havia sido eliminado pelo Vasco F/10 nas semifinais que foram anuladas pela Liga Riopardense de Futebol (LRF). Naquela oportunidade o time do Vasco não apresentou os documentos de identidades com fotos dos atletas, infringindo o regu-

Goleado no primeiro jogo, o Vasco F/10 perdeu a vaga no saldo de gols

lamento, com isso o Palmeirense entrou com recurso e a LRF cancelou aqueles jogos, remarcando novas partidas entre as duas equipes”, disse Wilson Celestino, diretor de arbitragem da LRF.

Neste sábado, dia 5, a partir das 8 horas, no estádio da avenida “Euclides da Cunha”, serão disputados dois jogos valendo pela 1ª rodada da fase final das categorias sub-12 e sub14. No primeiro, categoria

sub-12, o confronto será entre a Escolinha Flamengo/Rondinelli e a AAR. No segundo jogo, categoria sub-14, Departamento de Esportes de Tapiratiba e Palmeirense (Santa Cruz das Palmeiras).

INTER/COC

DOIS TOQUES Equipe do 8º ano é campeã no basquete

Melhores do Ano – No próximo dia 7 de novembro, a Associação Paulista de Esportes e Eventos (APEE) deve divulgar os nomes dos atletas e diretores de agremiações que serão homenageados na 16ª edição da festa “Aos Melhores do Esporte”. O evento acontece no dia 9 de dezembro, no Teatro da Fábrica de Expressão, com entrada franca. Para escolha dos nomes, foram distribuídos 200 questionários entre presidentes, diretores, técnicos, professores de clubes, presidentes de ligas, imprensa, inspetoria local, ex-atletas, professores de educação física, vereadores e esportistas em geral. JUBs – A convite do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), o jornalista Gabriel Eduardo Fernandes Ortega está trabalhando na cobertura do VI Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), em Campinas. A competição começou no dia 4 e vai até o próximo dia 13 de novembro e reúne mais de 3 mil alunos de universidades públicas e privadas, que disputam nas modalidades de atletismo, basquetebol, futsal, handebol, judô, natação, voleibol e xadrez. Jogos Abertos – Começa na próxima segunda-feira (7) mais uma edição dos Jogos Abertos do Interior, em Mogi das Cruzes. A competição vai até o dia 19 e reúne cerca de 15.000 atletas de 240 municípios. São José do Rio Pardo participará dos jogos nas modalidades de atletismo PCD masculino, judô feminino e voleibol feminino. O voleibol rio-pardense faz sua estréia no dia 8 enfrentando as equipes de Franca, Tabatinga e Santa Cruz do Rio Pardo. O atletismo PCD participará nas provas de dardo, peso e disco com Carlos Henrique Cavegna (Caique), e nas provas de 100 e 1.500 metros rasos, com o atleta Sandoval Silva, para deficientes visuais. O judô será representado por Rozielene do Carmo, na categoria ligeiro.

A equipe do 8º ano conquistou o título do Inter/ COC no basquete feminino. Na final o time campeão derrotau a equipe do 6º ano. Na classificação final o 8º ano ficou em primeiro lugar, seguido pelo 6º e 7º ano respectivamente. Nesta semana o Inter/ COC prosseguiu nas modalidades de futsal e handebol masculino. Inter/Pais – O Departamento de Educação Física e Esportes da escola DGG/COC realiza durante este mês de novembro a tradicional competição Inter/Pais, nas modalidades de futsal e voleibol masculino e feminino. O objetivo, segundo explica o professor Juninho de Souza, é integrar a es-

Equipes finalistas do 8º e 6º anos na modalidade basquete

cola com os alunos e pais, incentivando-os a praticar

uma atividade física. Os jogos serão no centro es-

portivo da própria escola, no período da noite.

E. C. RANCHO DO LEÃO - 1990

Ciclismo - O ciclista Ricardo Parizzoto Sabino chegou na terceira colocação do GP Pico do Gavião de Moutain Bike, realizado em Águas da Prata (SP), no último domingo (30). O rio-pardense competiu no estilo Maratona, com o percurso de 35 km.

Ricardo Sabino coleciona troféus e medalhas na MTB

Em pé: Zulli, Zé Geraldo, Becão, Marco Cassucci, Maurinho, Rubinho Gaino, Cocão, Vô e Baiano Agachados: Boy, Alexandre, Guinha, n.i., Tatu, Dudu, Joãozinho Leoni e Nelson Leandro. Na frente: Nonô e Eduardo

acesse: www.boletimesportivo.com


5 de novembro de 2011 - A-15

FUTSAL MASCULINO

DEC tropeça em Itapira e é eliminado na Taça TVD Derrotado por 5 a 3 o time do DEC se despediu da Taça TVD de Futsal. A equipe perdeu para o SEL/Itapira na última quinta-feira (27) na casa do adversário. Os gols foram marcados por Dario (4) e Julio para Itapira, Bocão, Juninho Trentin e Filipinho para o DEC. A fase semifinal foi dis-

putada na última quintafeira (3), em Mococa, com os seguintes jogs: Reio Dent System/São João da Boa Vista x SEL/Itapira; SET/Pirassununga x Supermercado Adalberto (Santa Cruz das Palmeiras). A final da competição é nesta segunda-feira (7) no Ginásio “Russão”, em Mococa

FUTSAL

Campeonatos AAR/DEC e Euclides da Cunha Prosseguiu no último final de semana os Campeonatos AAR/DEC e do Programa Escola da Família do Euclides da Cunha. Os jogos foram realizados no Ginásio do Rio Pardo FC e quadra da E.E “Euclides da Cunha”. No próximo sábado (12) acontecem os jogos da semifinal do Campeonato AAR/DEC, no ginásio do clube tricolor. Resultados e artilheirosDEC/AAR Sub-10: Rio Pardo/Flamengo 7 x 3 DEC/São José (gols de Ronaldo 3, Marco Antonio 2, João Vitor e Caio para o Rio Pardo e Matheus, Luís Miguel e Igor para o DEC) Sub-14: Rio Pardo/Flamengo 4 x 9 DEC/São José (gols de Lucas 2, José Fernando e Juliano para o Rio Pardo e Rafael 4, Maciel 2, Christian 2 e José Herbert para o DEC)

Euclides da Cunha Sub-13: EMEIF/Stella M.B.Catalano 4 x 2 ONG/ Morar Bem (gols de Samuel 3 e Rafael para a Stella Maris e Neto e Gustavo para a ONG) Sub-15: EMEIF/Stella M.B.Catalano 7 x 2 ONG/ Morar Bem (gols de Gustavo 3, Eliezer 2, Ezequiel e Pedro Henrique para a Stella Maris e Augusto e Cristiano para a ONG) Sub-17: EMEIF/Stella M.B.Catalano 4 x 11 ONG/ Morar Bem (gols de Armando 2 e Luís Guilherme 2 para a Stella Maris e Gabriel 5, Hudson 4, Bruno e Neto para a ONG) Sub-15 feminino: PEF/ Euclides da Cunha 0 x 3 DEC/Vila Verde (gols de Maiara Suelen 2 e Mirele) Sub-17 feminino: PEF/ Euclides da Cunha 2 x 3 DEC/Vila Verde (gols de Laura e Nathália para o Euclides e Adriele Cardoso 3 para o DEC)

NATAÇÃO

Atletas competem no torneio da FAP Nadadores da equipe Atletic Comp participaram no último dia 29 do 10º Torneio da Federação Aquática Paulista (FAP), em Araraquara. O evento reuniu 457 atletas vinculados e federados. Os rio-pardenses conquistaram bons resultados: Beatriz Escoqui (1º lugar nos 50 metros nado costas, 3º lugar nos 50 metros nado borboleta, 4º lugar nos 200 metros nado livre e 8º lugar nos 50 metros nado livre); Cassandra Blaschi (1º lugar nos 100 metros nado borboleta, 3º nos 50 metros nado borboleta e 5º nos 200 metros nado medley); Bruno Nascimento (3º lugar nos 50 metros nado peito, 5º nos 100 metros nado peito e 9º nos 100 metros nado livre); Leonardo Bap-

Equipe da Atletic Comp/DEC após provas disputadas em Araraquara

tistão (3º lugar nos 50 metros nado livre, 4º nos 100 metros nado livre e 5º nos 50 metros nado borboleta). A nadadora Mariane Tiezzi Mantovani também participou da competição

defendendo a equipe do SC Corinthians Paulista mas enfrentou problemas por conta de dores lombares. Mariane ficou com medalha de bronze nos 100 metros nado livre e nos 200 metros nado costas.

Ela também foi a 4ª colocada nos 100 metros nado costas e 5ª nos 50 metros nado livre. A prova serviu de preparação para a Copa São Paulo que acontece no final de novembro.

TEAM PENNING

Confira os resultados da penúltima etapa A penúltima etapa do Campeonato Regional de Team Penning do Leste Paulista foi realizada no sábado, dia 29 de outubro, no recinto da Expoam, em Mococa. Cavaleiros e amazonas competiram em várias categorias e mais uma vez os trios rio-pardenses se destacaram nas provas. A última etapa do campeonato acontece no dia 26 de novembro, na fazenda Barrinha, em Espírito Santo do Pinhal. Resultados dos trios rio-pardenses Jovem: 2º lugar – Fernando Calicchio, Pedro Bal-

ducci e Leonardo Batistella; 3º lugar - Guilherme Gonçalves, Fernando Calicchio e João Guilherme Marin. Família: 11º lugar – Agripino César Calicchio, Fernando Calicchio e Gabriel Calicchio. Amador: 1º lugar – Fernando Calicchio, Neto Galego e Eduardo Mangarotti; 3º lugar – João Guilherme Marin, Pedro Balducci e Eduardo Mangarotti; 5º lugar – Eduardo Mangarotti, Paula Vergueiro e Amaury Coelho; 11º lugar – Luciana Biasoto, Ianara Braga e Paula Vergueiro; 15º lugar – Isidoro Soares, Juliana Maldonado e

Jéssica Soares; 16º lugar – Ianara Braga, Eduardo Braga e Paula Vergueiro. Aberta: 2º lugar – Maurício Carvalho Dias, Isidoro Soares e Juliana Maldonado; 4º lugar – Nenel Tranquiline, Leandro Queiroz e Gabriel Nicolas; 8º lugar – Clara Coutinho, Fernando Calicchio e Gabriel Calic-

chio; 10º lugar – Gabriel Calicchio, Paulinho Minussi e Nenel Tranquiline; 12º lugar – Gabriel Calicchio, Neto Galego e Gabriela Pratola; 16º lugar - Agripino César Calicchio, Fernando Calicchio e Gabriel Calicchio; 17º lugar – Isidoro Soares, Juliana Maldonado e Jéssica Soares.

BASQUETE

Equipe AAR/DEC está fora do regional DEC e AAR farão a final FUTSAL FEMININO

Equipe do PEF Euclides da Cunha 17 fempb

LRFS

Escolinhas de Futsal movimentam o fim de semana Confira os resultados e próximos jogos do 5º Campeonato Regional de Escolinhas de Futsal, promovido pela Liga Rio-par-

dense de Futsal, com apoio da Secretaria da Juventude, Esportes, Lazer e Turismo do Estado de São Paulo.

SEMIFINAIS - GINÁSIO MUNICIPAL DE ESPORTES “TARTARUGÃO” (SÁBADO 29) Sub-18 feminino: Real Madri/Guaxupé 0 x 1 AAR Sub-17 masculino: DE/Arceburgo 1 x 5 SET/Leme Sub-13 masculino: ONG/Morar Bem (A) 5 x 3 DE/Arceburgo Sub-15 masculino: Atlético Riopardense 4 x 1 DET/Caconde Sub-17 masculino: AAR 1 x 4 Atlético Riopardense Sub-11 masculino: CMI/Mococa 7 x 2 ONG/Morar Bem A Sub-09 masculino: AAR 8 x 0 CMI/Mococa Sub-13 masculino: AAR 8 x 3 CMI/Mococa Sub-09 masculino: CREG/Guaranésia 3 x 3 ONG/Morar Bem A Sub-11 masculino: AAR 7 x 1 CREG/Guaranésia Sub-15 masculino: AAR 2 x 6 CREG/Guaranésia Sub-15 feminino: AAR 6 x 1 CREG/Guaranésia Sub-18 feminino: AAR 2 x 1 CREG/Guaranésia

A equipe sub-17 feminina AR/DEC disse adeus ao Campeonato Regional da Liga de Ribeirão Preto. O time rio-pardense perdeu nos dois jogos da semifinal para o Sesi/Araraquara. No sábado (29), jogando em São José, a equipe tricolor foi derrotada por 30 a 45. No domingo (30), em Araraquara, perdeu por 35 a 19. “A equipe sentiu a falta da armadora Mariana Zanetti que não pode atuar devido uma lesão”, justificou o técnico Hebinho de Souza. Agora a equipe rio-pardense aguarda a partida entre Franca e Jaboticabal cujo perdedor disputa com a AAR o terceiro lugar da competição. Copa Difusão - A equi-

pe sub-14 masculina AAR/ DEC conseguiu duas vitórias pela Copa Difusão, no último domingo, em Descalvado. O time rio-pardense venceu os donos da casa por 34 a 24 e depois, passou pela equipe de Porto Ferreira por 45 a 22. Com esses resultados o time rio-pardense se classificou para a semifinal. No dia 19 de novembro, a equipe sub-14 tricolor participa da segunda etapa da competição, em Porto Ferrera. Neste domingo (6), a equipe sub-12 AAR/DEC participa do segundo festival da Copa Difusão em Porto Ferreira. Além da AAR, estão na competição equipes de Santa Cruz das Palmeiras, Porto Ferreira e Casa Branca.

em duas categorias As equipes sub-15 e sub18 do DEC garantiram classificação para a final do Campeonato Regional de Escolinhas de Futsal Feminino, promovido pela Liga Rio-pardense de Futsal (LRFS). No dia 29, na disputa da semifinal, a equipe sub-18 venceu o CREG/ Guaranésia por 2 a 1. Os gols foram marcados por Taís Brito e Mariele (DEC), e Ana Paula (Greg). Já o time sub-15 conquistou a vaga por antecipação. A final será entre as equipes do DEC e da AAR. TVD – A equipe sub-21 do DEC venceu o Tigre de Mogi Guaçu por 2 a 1 pelo 2º turno da 9ª Taça TVD

de Futsal Feminino, em partida realizada na quarta-feira (2). Os gols foram marcados por Juliana (Tigre), Mariele e Hérica (DEC). Com o resultado o DEC garantiu vaga na semifinal com três rodadas de antecedência. Neste domingo o time sub-21 feminino do DEC enfrenta o Real Madri, em Guaxupé. Regional - Pelo 2º turno do Campeonato Regional de Futsal Feminino, a equipe sub-18 do DEC perdeu para o Derla/Aguaí por 3 a 2, no último domingo (29), em Mogi Guaçu. Os gols da partida foram marcados por Michele e Mariele (DEC), e Nayara (Derla).

JOGOS FINAIS – SÁBADO (5) GINÁSIO MUNICIPAL DE ESPORTES “TARTARUGÃO” 14h30 - Real Madri/Guaxupé x CREG/Guar. (sub-18) 3º e 4º 15h00 - ONG/Morar Bem (A) x CREG/Guar. (sub-11) 3º e 4º 15h30 - Atlético Riop.x CREG/Guaranésia (sub-15) 1º e 2º 16h00 - Atlético Riopardense x SET/Leme (sub-17) 1º e 2º 16h30 - CREG/Guaranésia x AAR (sub-09) 1º e 2º JOGOS FINAIS – SÁBADO (5) GINÁSIO POLIESPORTIVO DO RIO PARDO FC 11h30 - AAR x DEC/São José (sub-15 feminino) 1º e 2º 12h00 - DEC/São José x AAR (sub-18 feminino) 1º e 2º 12h30 - ONG/Morar Bem (A) x AAR (sub-13) 1º e 2º 13h00 - AAR x DET/Caconde (sub-15) 3º e 4º 13h30 - Arceburgo x AAR (sub-17) 3º e 4º 14h00 - CMI/Mococa x AAR (sub-11) 1º e 2º 14h30 - CMI/Mococa x Arceburgo (sub-13) 3º e 4º 15h00 - CMI/Mococa x ONG/Morar Bem (A) (sub-09) 3º e 4º

Feminino da AAR/DEC não foi bem nos play offs

Sub-21 do DEC/São José garantiu vaga para semifinal por antecipação


5 DE NOVEMBRO DE 2011 - Pág. A- 16

VW mostra a linha 2012 da picape Amarok REDAÇÃO / FONTE: ICARROS

A Volkswagen apresentou a linha 2012 da picape Amarok. Apesar de vários novos itens de tecnologia o modelo continua sem ter em sua gama de configuração a opção do câmbio automático e também não recebeu nenhuma modificação estética. Novos modelos chegam às revendas da marca já

a partir desta semana. São quatro as versões disponíveis no mercado brasileiro: 122 cv, Trendline, Highline e SE. Apenas a primeira conta com a opção de compra entre tração 4x2 (apenas nas rodas traseiras) ou 4x4 (integral). Além de motorização diferente, 2.0 turbodiesel, 16 válvulas. Já as outras três configurações são equipadas com o mo-

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

tor 2.0 TDI da marca alemã. O propulsor desenvolve 163 cv de potência e também conta com dois turbocompressores. Uma das novidades que se destaca é que a versão Highline, topo de

Nissan March vira Renault Pulse na Índia REDAÇÃO / FONTE: ICARROS

A Renault apresentou o Pulse, compacto que vai brigar no segmento de populares na Índia. O carro é, na verdade, um Nissan March com o logotipo da Renault na frente, que

tem um novo para-choque com entradas de ar maiores. Na traseira o modelo recebeu novas lanternas e para-choque também redesenhado. O único motor disponível para o Pulse será um movido a diesel de 1,5 li-

tro com 65 cv de potência. As fotos internas ainda não foram reveladas, mas o que se espera é apenas a troca do logotipo Nissan pelo Renault no volante. O carro é fruto da aliança entre a Renault e a Nissan. DIVULGAÇÃO

linha entre as comercializadas para qualquer cliente (SE é apenas para frotistas), que agora conta com volante multifuncional de série, além de sensores de estacionamento traseiros. O sis-

tema de navegação RNS 315 é opcional nas duas versões intermediárias da picape. O equipamento também integra os comandos do ar condicionado e do sistema de som.

Confira a tabela de preços de todas as versões: 122 cv 4x2 - R$ 90.890 122 cv 4x4– R$ 94.890 Trendline – R$ 105.990 Highline – R$ 123.990

A recuperação das japonesas e o rapel da Peugeot JOEL LEITE UOL CARROS No topo do ranking de vendas por marca, o mês de outubro não apresentou novidades. Fiat na frente, seguida de perto pela Volkswagen e logo em seguida a GM. A Ford também se mantém na quarta posição, mas está cada vez mais ameaçada pela Renault, que ficou com 7% de participação no mês, contra 8,6% da Ford. O que vale destacar é a recuperação das japonesas Honda e Toyota, que desde o início do mês retomaram o volume tradicional de vendas diárias, encerrando a má fase registrada com o tsunami e terremotos no Japão, que destruíram fábricas e reduziram a remessa de peças para as unidades brasileiras. A Toyota vendeu 8.651 unidades e ficou em sétimo lugar, atrás da Hyun-

DIVULGAÇÃO

dai, que também se recuperou do mau desempenho de setembro. A Honda ficou na nona posição, com 6.348 carros vendidos, tendo sido superada apenas no último dia no mês pela Peugeot, que fez um rapel de fazer inveja às grandes. Em apenas um dia a marca francesa, que está se especializando em dobrar o volume licenciamento no último dia do mês, vendeu 1.020 unidades, o que lhe garantiu

a oitava posição no ranking e uma participação de 2,47% nas vendas. O rapel é o nome que se dá ao crescimento exagerado das vendas nos últimos dias do mês, provocado com o objetivo de fechar o período com a maior participação possível. A Citroën, com 6.230 unidades e 2,4% do mercado, fecha o ranking das dez marcas mais vendidas em outubro.


A- 17 - 5 de novembro de 2011

Versa vem para colar nos sedãs compactos ANELISA LOPES, DE CAMPOS DO JORDÃO (SP) FONTE: ICARROS

Desde o lançamento do Renault Symbol, em 2009, o mercado de sedãs compactos caminha com novidades discretas. E, apesar da pouca movimentação, o segmento possui três modelos na lista dos dez mais vendidos do País: Chevrolet Corsa Sedan (que soma as vendas do Classic), Fiat Siena e Volkswagen Voyage, com uma média entre 6.000 e 8.000 unidades por mês cada. A partir de novembro, um novo membro chega para brigar nesta turma. Fabricado no México, o Nissan Versa passará a ser importado em três versões de acabamento (S, SV e SL), todas equipadas com motor de 1,6 litros 16V bicombustível e câmbio manual de cinco marchas. Os preços variam entre R$ 35.490 e R$ 42.990. A garantia é de três anos. Desde a versão de entrada, o Versa entrega airbag duplo, travas elétricas, alarme, direção elétrica progressiva, ajuste de altura do banco do motorista e da direção, ar quente e desembaçador do vidro traseiro. Com dimensões de sedã médio (4,55 metros de comprimento, 1,69 m de largura e 2,60 m de entreeixos), o Versa oferece um porta-malas de 460 litros. Design não emociona, mas dirigibilidade se destaca Longe de criar polêmica,

o desenho do Versa destaca grandes faróis e uma grade com detalhes cromados na dianteira e lanternas que invadem a lateral do carro. De lado, o diferencial fica por conta da elevação da carroceria na parte de trás. O conjunto é harmonioso, mas, esteticamente, não emociona. Na cabine, no entanto, que os passageiros se surpreendem. O motorista pela dirigibilidade do carro e os caronas pelo espaço para pernas. O veículo é servido pelo mesmo motor do recém-lançado March, um 1.6 litro 16V de 111 cv de potência a 5.600 rpm e 15,1 mkgf de torque a 4.000 giros, com álcool e gasolina no tanque. Associado a ele, há um câmbio manual de cinco velocidades. Durante a avaliação do modelo, com três pessoas a bordo, foram percorridos trechos rodoviários, de serra e urbano. O conjunto mostrou fôlego e exigiu poucas reduções de velocidade para fazer ultrapassagens. A uma velocidade média de 100 km/h, o conta-giros fica próximo das 3.000 rotações por minuto. O câmbio possui engates macios e precisos, mas o mecanismo marca pênalti pelo nível de ruído, que ecoa na cabine. O consumo misto de combustível anunciado pelo computador de bordo, com álcool, foi de 8,8 km/litro. Há espaço para pernas de sobra para os três passageiros que vão atrás, mesmo com os dois bancos totalmente voltados para trás. Boa notícia para quem precisa carregar a família e tam-

DIVULGAÇÃO

bém para os taxistas. Quem tem mais de 1,80 metro pode sentir o teto bem acima da cabeça, mas nada que incomode demais. O acabamento interno oferece uma solução simples, mas prática, com pisca-alerta, rádio e ar-condicionado concentrados no console central. Há bastante plástico, mas transmite sensação de boa qualidade. Faltou cuidado, entretanto, em cobrir parafusos aparentes das portas e atrás da direção. Para o lançamento bater de frente com os sedãs compactos das quatro grandes montadoras (Volkswagen Voyage, Fiat Siena, Ford Fiesta e Chevrolet Classic), a Nissan vai oferecer o serviço de assistência 24h Nissan Way Assistance gratuitamente por dois anos. Fazem parte do pacote atendimento 24 horas em caso de pane, colisão, furto ou pneu furado e, de-

pendendo da situação, guincho, hospedagem grátis e carro reserva. Além disso, a revisão tem valores fixos até os 60 mil quilômetros, começando aos 10 mil quilômetros por R$ 149. Vendas deverão chegar a 2.000 unidades por mês A Nissan espera vender a maior parte (40%)

das 2.000 unidades mensais do Versa em sua versão intermediária, a SV. Somadas aos 5.000 modelos March mensais, a montadora japonesa que participar com 5% do mercado até 2015, ano em que a futura fábrica do Rio de Janeiro já estará em plena operação. Mesmo com a chegada do Ver-

sa, o Tiida Sedan continua sendo comercializado pela montadora. Confira os preços do Nissan Versa - S: R$ 35.490 (pode receber ar-condicionado e vidros elétricos por R$ 2.500 e R$ 990, respectivamente) - SV: R$ 39.990 - SL: R$ 42.990

Renault faz carro popular na Índia A Renault está lançando na Índia um pequeno utilitário esportivo de baixo custo, feito com base no Nissan Micra (que também é vendido no país). Tratase do Renault Pulse, que será oferecido em apenas uma versão, com motor 1.5 turbo diesel de 65 cavalos de potência.

O objetivo da Renault é atender a forte demanda por carros de entrada, de baixo custo no país, que, com quase um bilhão de habitantes, tem um enorme potencial de crescimento, o maior entre os países do Brics. Segundo o fabricante, o Pulse roda 23 km/l.

Por enquanto o Pulse só será comercializado na Índia, mas não se descarta a possibilidade de, no futuro, ser oferecido em outros mercados emergentes. A empresa não divulgou o preço do carro. FONTE: UOL CARROS

Vendas caem 10,2% em outubro As vendas de carros e comerciais leves caíram 10,2% em outubro, com o pior volume desde o mês de fevereiro. Foram vendidos em outubro 263.817 carros e comerciais leves, conforme números provisórios do ReMês Setembro Outubro

Vendas 293.649 263.817

navam. Em setembro foram vendidas 293.649 unidades. As vendas diárias também tiveram queda expressiva: foram 13.191 carros por dia em outubro, contra 13.983 no mês anterior. Dias úteis 21 20

No acumulado do ano as vendas continuam em alta: de janeiro a outubro foram vendidos 2.791.022 unidades, contra 2.656.086 no mesmo período do ano passado. Houve um crescimento, portanto, de 5,08%.

Vendas diárias 13.983 13.191 FONTE: UOL CARROS


A-19 - 5 de novembro de 2011

EDITAIS DE CASAMENTOS Belª. Rosa Helena Marin Foiadelli, Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo. Faço saber que pretendem se casar e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1525 do Código Civil Brasileiro:

EDITAL Nº 10668- ADRIANO PARUSSULO ANTÔNIO e MILENE CAROLINA MARCELLINO SANTOS, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e quatro de janeiro de um mil e novecentos e setenta e nove (24/01/1979), de nacionalidade brasileira, Frentista, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de JOSÉ ANTÔNIO FILHO e de NEUSA PARUSSULO ANTÔNIO; e a pretendente: solteira, nascida no dia oito de janeiro de um mil e novecentos e oitenta e seis (08/01/1986), de nacionalidade brasileira, vendedora, natural de TAPIRATIBA - SP, filha de DAIRIS SANTOS e de MARIA APARECIDA MARCELLINO. EDITAL Nº 10669- FABIANO DE ANDRADE EMIDIO e SIMONE DE FARIA SALVADOR, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia três de novembro de um mil e novecentos e oitenta e um (03/11/1981), de nacionalidade brasileira, metalurgico, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de ADOLFO EMIDIO e de MARIA JOSÉ DE ANDRADE EMIDIO; e a pretendente: solteira, nascida no dia dezessete de setembro de um mil e novecentos e noventa (17/09/1990), de nacionalidade brasileira, do lar, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de MÁRCIO LUÍS SALVADOR e de CELINA DE FARIA.

IMÓVEL COMERCIAL VENDE-SE Av. João Batista Junqueira, 30 Facilita pagamento Contato direto com o proprietário

Tel

EDITAL Nº 10670 - JOSÉ RICHARD DOS REIS PROCÓPIO MACHADO e LUCIANA FARIA PESTANA DA SILVA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia catorze de maio de um mil e novecentos e oitenta e cinco (14/05/1985), de nacionalidade brasileira, Ajudante de açougueiro, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de JOSÉ OTAVIANO PROCÓPIO MACHADO e de ADALGISA DONIZETE DOS REIS PROCÓPIO MACHADO; e a pretendente: solteira, nascida no dia seis de fevereiro de um mil e novecentos e oitenta e sete (06/02/1987), de nacionalidade brasileira, balconista, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de PEDRO PESTANA DA SILVA e de MARIA VANDA DE FARIA PESTANA DA SILVA.

EDITAL Nº 10671 - LUÍS SÍLVIO GUERINO e INÊS APARECIDA BENTO, sendo o pretendente: viúvo, nascido no dia vinte e nove de maio de um mil e novecentos e cinquenta e oito (29/05/1958), de nacionalidade brasileira, Agricultor, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de LUIZ GUERINO e de ANCELMA ACEDA FELTRAN GUERINO; e a pretendente: solteira, nascida no dia onze de abril de um mil e novecentos e setenta e cinco (11/04/1975), de nacionalidade brasileira, do lar, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de JAIR BENTO e de ANEZIA DE PAULO BENTO.

EDITAL Nº 10672 - RAFAEL DONIZETI ZAMAI DURANTE e REGIANE RIBEIRO DA SILVA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia nove de outubro de um mil e novecentos e oitenta e um (09/10/1981), de nacionalidade brasileira, Porteiro, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de OSMAR AMÉRICO DURANTE e de ISABEL ZAMAI DURANTE; e a pretendente: solteira, nascida no dia cinco de fevereiro de um mil e novecentos e oitenta e cinco (05/02/1985), de nacionalidade brasileira, balconista, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de ATAIDE RIBEIRO DA SILVA e de EDNA MARIA DA SILVA. EDITAL Nº 10673 - RICARDO AUGUSTO COELHO e GISLAINE CRISTINA GUMIERI ROSIN, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia dois de agosto de um mil e novecentos e setenta e quatro (02/08/1974), de nacionalidade brasileira, Auxiliar de escritório, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de JAIR CARLOS COELHO e de ANTÔNIA BORGES COELHO; e a pretendente: divorciada, nascida no dia vinte e seis de janeiro de um mil e novecentos e oitenta (26/01/1980), de nacionalidade brasileira, Professora, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de JOSÉ CARLOS ROSIN e de FÁTIMA DO CARMO GUMIERI ROSIN. EDITAL Nº 10674 - CARLOS EDUARDO SILVEIRA DE PAULA e KERIMAN BAPTISTELLA LOPES, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e seis de abril de um mil e novecentos e oitenta e nove (26/04/1989), de nacionalidade brasileira, técnico de enfermagem, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de ANTONIO DONIZETTI DE PAULA e de LIDIA DA SILVEIRA DE PAULA; e a pretendente: solteira, nascida no dia vinte e cinco de abril de um mil e novecentos e oitenta e nove (25/04/ 1989), de nacionalidade brasileira, técnica de enfermagem, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de CARLOS ALBERTO LOPES e de NEUSELI APARECIDA BAPTISTELLA LOPES. EDITAL Nº 10675 - GILBERTO APARECIDO TEIXEIRA JOAQUIM e MARIA CLARA FERREIRA DA SILVA MERLI, sendo o pretendente: divorciado, nascido no dia dezesseis de setembro de um mil e novecentos e oitenta e seis (16/09/1986), de nacionalidade brasileira, Operador de máquinas, natural de CAIEIRAS, Reg.FRANCO DA ROCHA - SP, filho de CARLOS APARECIDO SERRANO JOAQUIM e de MARIA DE FÁTIMA TEIXEIRA ROCHA ; e a pretendente: solteira, nascida no dia trinta de junho de um mil e novecentos e oitenta e cinco (30/06/1985), de nacionalidade brasileira, estudante, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de ANTONIO PEDRO MERLI e de REGINA HELENA FERREIRA DA SILVA MERLI. EDITAL Nº 10676 - JOSIMAR HENRIQUE LUIZ e GISELE APARECIDA BALDO DA CUNHA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia doze de setembro de um mil e novecentos e oitenta e seis (12/09/1986), de nacionalidade brasileira, instalador, natural de CABO VERDE - MG, filho de VANDA MARIA LUIZ; e a pretendente: solteira, nascida no dia vinte e oito de novembro de um mil e novecentos e oitenta e quatro (28/ 11/1984), de nacionalidade brasileira, do lar, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de MIGUEL DA CUNHA e de SIRLENE APARECIDA BALDO DA CUNHA. EDITAL Nº 10677 - RODRIGO PEREIRA FERREIRA e JÉSSICA PENHA MOLINA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e três de junho de um mil e novecentos e noventa e dois (23/06/1992), de nacionalidade brasileira, auxiliar geral, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de JOÃO FERREIRA e de IRENE PEREIRA DOS SANTOS; e a pretendente: solteira, nascida no dia seis de maio de um mil e novecentos e noventa e dois (06/05/1992), de nacionalidade brasileira, do lar, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de WALDIR MOLINA e de MARIA HELENA PENHA MOLINA. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei. Lavro o presente, que afixo no lugar de costume e publico pelo jornal local. São José do Rio Pardo, 4 de novembro de 2011. O Oficial: Belª. Rosa Helena Marin Foiadelli

(19) 3656-0884 9775-7644 9480-0860 19/11

EMPRESA DE POÇOS DE CALDAS ADMITE PARA INÍCIO IMEDIATO: Cortador Riscador (giz e plotter) Modelista Com experiência em tecido plano e malharia. Enviar currículo para schimittel@schimittel.com.br

Contato: (35) 9128-0038

PROCURAMOS POR PESSOAS QUE: NSaibam o que significa prestar excelentes serviços ao cliente ; NTenham interesse por Perfumaria e Cosméticos ; NTragam energia e entusiasmo para a equipe ; NRealmente acreditem que o cliente está sempre em primeiro lugar ; OFERECEMOS: NSalário compatível com o mercado ; NExcelente ambiente de trabalho ; Compareça à loja o Boticário na Rua Francisquinho Dias, 584 - centro –São José do Rio Pardo -SP, portando seu currículo com 1 foto 3x4, até o dia 10/11/2011.

VENDO CASA NA AV. INDEPENDÊNCIA, terreno com área de 429m2, tratar com o proprietário. Tratar pelo fone: (11) 8991-4039 (11) 4436-7865

VENDE-SE Uma sorveteria super equipada no centro de São José Tratar pelo fone 3608-5578

FALECIMENTOS

VENDE-SE

JOSÉ CARLOS MARIANO – Dia 25 de outubro, aos 59 anos. Filho de Benedito Mariano e Marina Rodrigues Mariano.

Peugeot 307 1.6 Presence Pack Sedan 16V Flex, 4P manual , 2008/2009 – Preto

MARIA DE LOURDES DA SILVA CHAGAS – Dia 27 de outubro, aos 75 anos, casada com Orlando Silva das Chagas. Filho de Patrocínio Ferreira da Silva e Maria Jacinta. APPARECIDA MARSULO GUISSO – Dia 22 de outubro, aos 81 anos de idade, casada com Antônio Guisso. Filha de Ângelo Marsulo e Angelina Alegretti. JOAQUIM VITORINO FILHO – Dia 29 de outubro, aos 62 anos de idade, casado com Neide Braulo Vitorino. Filho de Joaquim Vitorino e Elisa do Nascimento. PAULO ODAIR MINUSSI – Dia 24 de outubro, aos 58 anos de idade, casado com Maria Ignes Martini Minussi. Filho de Alcides Minussi e Therezinha Zanetti Minussi. JOÃO BATISTA PERILLO – Dia 27 de outubro, aos 60 anos de idade, casada com Cleide Maria Aparecida Barbizan Perillo. Filho de Antonio Perillo e Rosa Vassi Perillo. ANTÔNIO BERTI – Dia 28 de outubro, aos 87 anos de idade, casado com Maria do Carmo Corso Berti. Filho de Emilio Berti e Angélica Moreira. ANTONIO DONIZETE BUENO – Dia 29 de outubro, aos 48 anos de idade, casado com Irma Aparecida Biscaino. Filho de Aparecido Bueno e Josefina da Silva Bueno. LUIS CÁSSIO ANADÃO – Dia 01 de novembro, aos 63 anos de idade, casado com Rosalina Ferreira Anadão. Filho de José Anadão Sobrinho e Úrsula de Mello Anadão. AIDA APARECIDA MATHES – Dia 02 de novembro, aos 74 anos de idade. Filha de Gustavo Orlando Mathes e Aparecida da Silva Mathes. JOÃO FERNANDES GARCIA FILHO – Dia 24 de outubro, aos 71 anos de idade. Filho de João Fernandes Garcia e Maria do Rosário.

Funerária São José “Riolli” Oferece o que de melhor existe no ramo funerário, aos particulares e também do seu conhecido PLANO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO FUNERÁRIO, dando total segurança e tranquilidade a todos. Adquira o seu!

60 ANOS

DESDE 1950 - ESTA É A SUA GARANTIA

Avenida 9 de Julho, 103 - Fone: 3608-5095

AGRADECIMENTO A família de

LUIZ CARLOS TREVISAN

Agradece parentes e amigos o carinho e as manifestações de pesar recebidas por ocasião de seu falecimento ocorrido no dia 27 de outubro.

A empresa RESIPET INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE RESINA E EMBALAGENS PLÁSTICAS LTDA, torna público que recebeu da CETESB a Licença de instalação nº 66000038 e requereu a Licença de Operação para o ramo de reciclagem e/ou recuperação de sucatas não-metálicos diversos, sito na Rodovia Itobi a Vargem Grande do Sul, S/n, Km 01, Bloco B, Zona Rural, no município de Itobi – SP.

Veiculo novo apenas 17.000 KM, unica dona, todas as revisoes feitas pela concessionaria, pneu step nunca usado, documentação 2011 toda paga. Opcionais: Air Bag, Ar condicionado, Ar quente, Banco do motorista com ajuste de altura, Bancos em couro, CD e MP3 Player, Computador de bordo, Desembaçador traseiro, Direção hidráulica, Encosto de cabeça traseiro, Freio ABS, Limpador traseiro, Rádio e CD Player, Retrovisores elétricos, Rodas de liga leve, Teto solar, Travas elétricas, Vidros elétricos, Volante com regulagem de altura

TRATAR: (11) 8356-6996 OU (11) 3375-9054 ABANDONO DE EMPREGO A Empresa David Donizete Guedes de Andrade 22411406860 – CNPJ MF) º 11.653.536/0001-22, estabelecida a Av. 9 de Julho, nº 665, centro – São José do Rio Pardo-SP, vem solicitar ao seu funcionário Emerson Donizeti de Andrade Orfei, CPF nº 417.057.098-77, o seu retorno ao trabalho até o dia 24 de outubro de 2011 e caso não ocorra, caracterizara como abandono de trabalho, estando sujeito a aplicação das leis trabalhistas.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO EDITAL DE CONVOCAÇÃO - 7ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE A Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo e a Secretaria Municipal de Saúde e Medicina Preventiva, no uso de suas atribuições convidam a todos para a 7ª Conferência Municipal de Saúde de São José do Rio Pardo, a quem interessar comparecer no dia 19 de novembro, das 9:00 ás 17:00 horas, na Secretaria Municipal de Saúde e Medicina Preventiva, situado à Rua Cel Alípio Dias, nº 693 – centro. A Conferência será presidida pela Secretaria Municipal de Saúde, coordenada pela Comissão eleita e acompanhada pelos Conselheiros Estaduais, no município de São José do Rio Pardo – SP. São José do Rio Pardo, 25 de outubro de 2011. DECRETO N.º 4.025, DE 25 DE OUTUBRO DE 2011. Altera o Artigo 5º do Decreto nº 4.022 de 18 de outubro de 2011, que dispõe sobre a convocação da 7ª Conferência Municipal de Saúde. O Prefeito Municipal de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais que lhe confere a Lei Orgânica do Município. D E C R E T A: Art. 1º - Fica convocada a 7ª Conferência Municipal de Saúde. Art. 2º- A Conferência Municipal de Saúde é o forum máximo de deliberação da Politíca de Saúde, conforme dispõe a Lei Federal nº 8.142/90. Art. 3º- Conforme decisão do Poder Executivo, fica convocada a 7ª Conferência de Saúde do Município para o dia 19 de novembro de 2011 das 9:00 às 17:00hs, considerando a necessidade de se fazer uma nova composição do Conselho Municipal de Saúde. Art. 4º - O tema central da Conferência será “O Fortalecimento do SUS no Olhar do Controle Social”. Art. 5º - A Conferência será realizada na Secretaria Municipal de Saúde e Medicina Preventiva, situada à Rua Cel Alípio Dias, nº 693 – centro. Art. 6º- A Conferência será presidida pela Secretaria Municipal de Saúde, coordenada pela Comissão eleita e acompanhada pelos Conselheiros Estaduais. Art. 7º - As normas de organização e funcionamento da Conferência serão expedidas em Portaria deliberadas pelo Poder Executivo e publicadas pela Secretaria Muncipal de Saúde. Art. 8º- Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 25 de outubro de 2011. João Luis Soares da Cunha-Prefeito. Publicado em quadro próprio de editais na sede da prefeitura na mesma data. Walkyr Veronese Júnior -Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N.º 10.492, DE 03 DE NOVEMBRO DE 2.011 Dispõe sobre a nomeação da Comissão Organizadora da 7ª Conferência Municipal de Saúde, de acordo com a Portaria nº 10.477 de 18 de outubro de 2011. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º – Nomear membros eleitos para compor a Comissão Organizadora da 7ª Conferência Municipal dE Saúde, de acordo com as Portarias nº10.476 e 10.477 de 18 de outubro de 2011. I - Representante do Órgão Gestor: Dânya Fonseca Marcondes - Departamento Regional de Saúde-DRS-14. II – Representante dos Profissionais de Saúde: Raquel de Paula Serafim; III - Representante dos Usuários: Leda Marilda de Andrade (Pastoral da Criança Vale Redentor), Joel Fernandes Pedrosa Ferraresi (Associação Mão Amiga). Art. 2º – Os trabalhos da 7ª Conferência Municipal de Saúde, serão realizados em conjunto com Conselho Estadual de Saúde. Art. 3º Esta portaria entra em vigor na data da sua publicação. São José do Rio Pardo, 03 de novembro de 2.011. João Luís Soares da Cunha-Prefeito Municipal Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior. Secretário Municipal de Gestão Pública.


C-1 - GAZETA DO RIO PARDO - 5 de novembro de 2011

Congresso Virginia Carriero, conservadora e restauradora de bens culturais móveis, no registro fotográfico com o Prof. João Cândido Portinari, d u r a n t e Congresso realizado no período de 25 a 29 de outubro, sediado no Teatro Municipal de Ouro Preto – Casa da Ópera de Vila Rica (1769).

Em Sociedade Cristina Pereira de Lima, uma personalidade exuberante , brindou idade nova dia 15 de outubro, durante week-end na cidade de Pato Branco-PR, na bela residência da sobrinha, a Dra. Flávia Molfi de Lima – Tim-Tim!!

Em Ouro Preto-MG, o Prof. Dr. João Cândido Portinari abrilhantou Congresso voltado a conservadores e restauradores de bens culturais móveis, com a conferência “O Imaginário Religioso de Portinari”

Apresentação A GRAFISC, da cidade de São Carlos, responsável pela impressão de Gazeta do Rio Pardo, promoveu coquetel de apresentação da nova impressora rotativa, investimento que em breve refletirá na melhor qualidade de impressão deste semanário. Presentes ao evento de terça-feira à noite, a Diretora Viviane Torres Junqueira de Andrade acompanhada pelos funcionários Elisete Paduelli e Marco Antonio Cassucci, assim como pelo Publicitário Kleber Gargitter.

Festejando, a aniversariante com o marido, Dr. Paulo Gaudencio, guests na nova residência da sobrinha Flávia

“Emoções” Marcinho Yasbeck com Sabrina Sato, durante o badalado Leilão “Emoções Araras 2011”, realizado sábado, 29 de outubro, sob a batuta de Ivan Zurita. Dentre os participantes, uma verdadeira constelação: Roberto Carlos, Hebbe Camargo, Fafá de Belém e Leonardo, dentre outros.

Parágrafo Único

“A arte de não adoecer

Os sócios proprietários Sangaletti e Rodrigo com Marco Cassucci, Viviane Torres, Kléber Gargitter e Elisite Paduelli

Se não quiser adoecer “Fale de seus sentimentos” Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como: gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até em câncer. Então vamos desabafar, confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados. O diálogo, a fala, a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia. Se não quiser adoecer “Tome decisão” A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para poder ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele. Se não quiser adoecer “Busque soluções” Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o fósforo que lamentar a es-

curidão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença. Se não quiser adoecer “Não viva de aparências” Quem esconde a realidade finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho etc., está acumulando toneladas de peso... uma estátua de bronze, mas com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus. Se não quiser adoecer - “Aceite-se” A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.

A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.

Se não quiser adoecer “Não viva sempre triste” O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive.

Se não quiser adoecer “Confie” Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se

Alegria é saúde e terapia!”

“O bom humor nos salva das mãos do doutor”.

(Dr. Dráuzio Varella)


C-2 - GAZETA DO RIO PARDO - 5 de novembro de 2011

Enlace

N Vanessa, filha de Naldo Martines e de Conceição Pereira da Silva Martines uniu-se em matrimônio com Saulo Tauã, filho de Moacir Giovanelli e de Lizeti Sernaglia Giovanelli, durante cerimônia religiosa celebrada às 20:15 do dia 29 de outubro, na Igreja Matriz São José. Selou o acontecimento, fina recepção que teve lugar no poliesportivo da AAR. Destaque para a decoração grifada por Bia Isoldi (leia-se Companhia da Decoração).O cerimonial esteve a cargo de Márcio Barbosa. FLASHES BY SICCA IMAGEM

N Às 20 horas do dia 28 de outubro, na Igreja Matriz São José, aconteceu o enlace matrimonial de Natália e Rodrigo unindo as famílias Reynaldo Luiz Rossi Sperancini-Ana Cecília Scali Bello Sperancini e Renato Siqueira Dias-Maria Fernanda Cintra Siqueira Dias. Após a cerimônia religiosa do casamento, Natália e Rodrigo anfitrionaram os convidados em torno de recepção ocorrida no Buffet Trivial, que se estendeu até a tarde de sábado, 29, durante almoço na sede da Fazenda Ouro Branco, reunindo os clãs dos noivos. A equipe SICCA IMAGEM registrou o acontecimento:

A Sicca Imagem registrou, artísticamente, o enlace matrimonial de Natália e Rodrigo

Durante a cerimônia religiosa do matrimônio de Vanessa e Saulo

Natália e Rodrigo na hora do “sim”

Naldo, Vanessa, Saulo e Conceição

Os noivos com os pais da noiva

Moacir, Vanessa, Saulo e Liseti

Os noivos com os pais do noivo.


C-3 - GAZETA DO RIO PARDO - 5 de novembro de 2011

Début

FOTO METRO/JORNAL EVIDÊNCIA

Veteranos 2011 A Nestlé de Rio Pardo realizou a tradicional Festa em reconhecimento aos Veteranos de 2011, distinguindo 56 colaboradores: 47 que completam 10 anos de companhia e 9 com 25 anos. O concorridíssimo evento orquestrado pelo Gerente Cláudio Mário de Souza Sarti foi organizado pelo dinâmico departamento de RH, sendo prestigiado por representantes de diversos segmentos de nossa comunidade, como também pelo Diretor Técnico da empresa, Marco Guimarães. A comemoração aconteceu na noite de sexta-feira, 28 de outubro, no Grêmio Nestlé, abrilhantada pela Banda Frequência Modulada, da cidade de Matão. O elogiado cardápio foi grifado pelo Buffet Trivial - Um sucesso!

Na noite de sábado, 29 de outubro, Juliana, filha do casal Francenildo e Adriana Rossini, celebrou 15 Anos de Idade arregimentando as gerações teen e madura na sede social do clube tricolor, no melhor estilo tradicional.

Marco Guimarães, Luís Carlos Collino-Beth e Iná-Cláudio Sarti, presenças de destaque do concorridíssimo evento

Juliana na noite em que comemorava 15 anos

Com os pais e o irmão Moacir

Veteranos de 2011 da Nestlé Rio Pardo

Mesa de Pista  O GAS-Grupo de Ação Solidária convida a população a prestigiar o 3º Concurso de Panos de Prato dia 12 de novembro, das 10 às 17 horas e no dia 13, das 9 às 12 horas, no

salão social da Igreja Matriz São José, entrada pelo lado direito-fundo, quando os trabalhos serão comercializados em prol da APAE. A entidade agradece à todos que contribuíram para a realização do evento.

“Tudo o que é dividido, se multiplica”. A AGRADEF – Associação Grupo Rio-Pardense Amigos do Deficiente Físico promoverá o Almoço Beneficente “Frango Fast”

amanhã, das 12 às 15 horas, no ginásio poliesportivo do Educandário São José, entrada pela Rua Campos Salles, sob o comando do Buffet Muradi. Convites à venda no local – Prestigie!

3608-6677


GAZETA DO RIO PARDO - 5 de novembro de 2011 - C- 4


Página C-5 - 5 de novembro de 2011 - GAZETA DO RIO PARDO

rjdg@terra.com.br

Orgulhoso por mais uma maravilha: Conservatório Quarta-feira, 26 de outubro deste 2011, às 20h30, eu estava no Conservatório de Tatuí em São José, nos altos da Vila Pereira, numa sala pequena e lotada, com

um grande piano de cauda, e assistência até nas janelas para assistir a um espetáculo, para mim inédito, na pequena e culta São José: o “Recital de Professores do Conser-

vatório de Tatuí em São José do Rio Pardo¨. De s c o n t r a í d o s , s e m smokings, sem gravatas borboletas e sem vestidos longos, os dez renomados professores artis-

tas, sós, ou em grupos, transmitiram, com suas vozes e com seus instrumentos musicais: clarinete, flauta, piano, saxofone, viola, violino e voz, treze criações de Astor

O Corpo Clínico do Hospital São Vivente, em 1961. Da esquerda para a direita, em pé:Augusto Valente Ornelas, Leonardo Roque Maringolo, Júlio Henrique Basso, Ércio Perocco, João Tranquilini, Adelino Paula Lima Filho, José Penna Fernandes e Sr. Wilson Loddi. Sentados: João Baptista Ribeiro de Lima, Neje Farah, Luiz Gonçalves Júnior, Oswaldo Galotti e João da Silva Rocha.

P i a z z o l a a Wo l f g a n g Amadeus Mozart. E um mundo novo com sons, eficiência e sensibilidade, tocou-nos, abrindose para muitos, levandonos, eu e muitos adultos

assistentes e alunos crianças, a um templo erigido com arte. Parabéns a todos que nos ofereceram esta inesquecível noitada. 27-10-2011.

Os sempre apaixonados Zizinha e José Assumpção.

São mais de noventa atiradores do TG 46, no Dia da Bandeira, em 1959. Na frente, da esquerda para a direita as autoridades: Vanildo Costa, Djanir Albuquerque, Ten. Osmany Menezes de Carvalho, Ten. Fernando Ribeiro da Silva e o Prefeito, Antônio Pereira Dias. Atiradores da 7ª fileira, no alto, da esquerda para a direita: Dal Belo, Antônio Fernando de Silos, Luiz A. Moreira (Zoca), Tardelli, n.i., Antenor, Carlos Possebom, Simão de Mello, n.i., Valter Botezelli, Constantino Daud, Paulinho Vedovatto, Roberto Giovanelli, Totonho Barretto, Roberto Fernandes e Gabriel Borges. 6ª fila: n.i.,Tomás Maceira, Cunha, Rocha, Orsines Breda, Pereira, Trinca, n.i., Nardinho Salvadori, Vado Della Torre, Cláudio Teixeira Lopes, Baltazar dos Santos, Simaglia, Bruzolatto, Adauto, João Pedrosa Filho. 5ª fila: Laércio Camacho, Pedro Rodrigues, Irineu Fechio, Jair Jornaleiro; Sebastião Secco, Maurício, Nelson Maldonado, Tatao Junqueira, n.i., n.i., Trovatto, Arlei Cabral, Paulo Celso Junqueira, Dirceu Martini, Divino Ferreira Pinto. 4ª fila: n.i., Hélio H. Navarro... Martini, proprietário da foto, teve dificuldades em nomear seus outros colegas retratados nas 4 primeiras fileiras, com uma dezena de não identificados, mas lembrou-se de muitos entre estes: Patrício Brunetta, Edmir Teixeira, José Roberto Bertocco, Lupércio Morgan, Jair do Carmo Brás, Maldonado, Admar Aga, Marsulo, Roberto Curi, Mauro Gonçalves (Taxista), Paulinho, Ângelo Brunetta, Décio F. Parisi, Pedrinho Mariano, José Roberto Ferreira, Artese, Nelsinho Guirro, Célio De Sordi, Siqueira, João (Tiola), Renato dos Santos, Marcílio, Mazini, Vitor M. Moía, João Sanches, Fausto Martins de Paula, Edson Teixeira, Rafael Capitelli, 4 n.i. e Tipola.


C-6 - GAZETA DO RIO PARDO - 5 de novembro de 2011

Animal saudável é o bicho

O tema acima foi sugerido pela diretoria de ensino e fez parte da atividade desenvolvida pela escola da família do “Euclides da Cunha”, coordenada pela educadora profissional Vera Lucia e o educador universitário Silvio Thezolin. Alunos da própria escola e também pessoas da comunidade puderam participar desta atividade que envolveu animais taxidermizados, cedidos pela Faculdade Euclides da Cunha, com o intuito de passar para esses jovens a

importância da taxidermização. É um trabalho feito por biólogos, que nada mais é do que reconstituir espécimes que entraram em óbito, resgatando suas características físicas e até mesmo seus habitats, assim servindo para a sociedade como material para educação, entre outros fins. As pessoas que participaram do evento tiveram a oportunidade de levar seus cães, que foram analisados e receberam dicas de bons tratos, higiene, alimentação e afins. Sendo assim, “um animal saudável é o bicho”!

doações Interessados devem ligar para Milena: 3608-3604 / 9391-3341

Márcia e Pituquinha

doações

À procura de um lar Somos em 6, fomos abandonados à própria sorte e ganhamos um abrigo temporário, mas para que possamos ter um final feliz

Vende-se Cães da raça Yorkshire. Interessados devem ligar no telefone (19) 3684-1466

só precisamos de alguém especial como VOCÊ! Já estamos vermifugados e vacinados, temos 75 dias.

doações Doa-se fêmea aproximadamente 7 meses, super dócil. Tratar no Kantinho do Kriador 3684 1466

POR FAVOR, NOS ADOTE !!! Interessados devem ligar: Katia 9185699 - Leticia 92771202 - Samuel 81533416

ENVIE A FOTO DE SEU ANIMALZINHO DE ESTIMAÇÃO PARA diagrama@gazetadoriopardo.com.br falecom@kantinhodokriador.com.br


C-7 - 5 de novembro de 2011 Fonte:UOL Esotérico

Perdoar, transmutar, eliminar velhos padrões e atitudes, eis os desafios dos arianos neste momento astrológico. Esta é a semana da Lua crescente, que estimula a percepção do que deve ser eliminado, deixado para trás, para que você abra espaço a algo novo. Esta é também a semana do ingresso dos planetas Mercúrio e Vênus no signo de Sagitário, que propõe uma mentalidade e atitudes mais expansivas, que favorecem a autenticidade dos seus sentimentos, ariano. A Lua crescente que ocorre nesta semana é um importante momento dentro do ciclo de lunação atual, que propõe a renovação dos seus relacionamentos, com a consciência dos velhos padrões emocionais que devem ser eliminados, inclusive para que renasçam afeições e vínculos mais poderosos e profundos. E nesta semana o seu planeta regente Vênus ingressa o signo de Sagitário, promovendo o desapego que é libertador aos taurinos.

Tortinha de Côco Receita da doceira Sonia Figueiredo Em uma vasilha, peneire a farinha de trigo, o sal e o açúcar. Faça uma cavidade no centro. Adicione o ovo e a manteiga em pedaços... Ingredientes

O seu planeta regente Mercúrio passa nesta semana a atuar no signo de Sagitário, propondo novas experiências e ensinamentos nos relacionamentos geminianos. É hora de se abrir a novas pessoas e a ter uma outra mentalidade sobre as relações. E esta é também a semana da Lua crescente, um momento oportuno para cortar velhos hábitos, tendo mais saúde e qualidade de vida.

Massa 3 xícara(s) de chá de farinha de trigo 1 pitada(s) de sal 1 ovo grande 250 grama(s) de manteiga 1 colher(es) de sopa de açúcar Recheio 500 mililitro (ml) de água 4 ovos 3 copo(s) de açúcar 1 copo(s) farinha de trigo 1 1/2 colher(es) de sopa de manteiga 150 grama(s) de coco ralado(s)

almente a farinha de trigo, mexendo com as pontas dos dedos até obter uma massa homogênea Deixe a massa descansar por uns 30 minutos. Polvilhe um pouquinho de farinha de trigo no fundo de uma forminha quadradinha e abra a massa, moldando bem. Reserve.

Modo de preparo Massa Em uma vasilha, peneire a farinha de trigo, o sal e o açúcar. Faça uma cavidade no centro. Adicione o ovo e a manteiga em pedaços e vá acrescentando gradu-

Paula Fernandes vende mais do que Ivete, Luan e Exaltasamba juntos Parece exagero, mas pode colocar na ponta do lápis para comprovar. Para bater a marca de “Paula Fernandes ao vivo”, é preciso somar as vendas dos discos mais recentes de Exaltasamba, Ivete Sangalo, Caetano Veloso & Maria Gadú, Padre Reginaldo Manzotti e Luan Santana. Em 2011, foram comercializadas 1,25 milhão de cópias do disco da cantora de 27 anos, nascida em Sete Lagoas (MG). Na comparação com CDs de artistas que sempre aparecem nas listas de mais vendidos feita pelo portal G1, Paula mostra com números como foi da fama de “namoradinha de Roberto Carlos” a sucesso de vendas em menos de um ano. Após boatos de que estaria trabalhando como garçonete, Gretchen faz show nos EUA Após boatos de que estaria trabalhando como garçonete nos EUA, Gretchen animou uma festa de Halloween em Nova Jersey no último sábado, dia 29. A “rainha do rebolado” cantou seus maiores sucessos, como: “Freak Le Boom Boom”, “Conga Conga Conga” e o “Melô do Piripipi”. O ingresso para o show custava $ 30. Recentemente Gretchen, que se casou há dois meses e foi morar nos Estados Unidos, confirmou, em entrevista ao programa “TV Fama”, que se tornou garçonete. Porém, logo depois ela contou que se tratava de uma “pegadinha” que fez para o restaurante de um amigo. Ela ficou vestida de garçonete no local durante dois dias para atrair clientes.

Recheio Bata todos os ingredientes. Coloque o recheio sobre a massa nas forminhas e leve para assar um forno médio por 40 minutos. Depois de assado polvilhe o coco nas tortinhas ainda quente e sirva a seguir.

Alexandre Frota pretende provar que tem direito a prêmio de Joana Machado Na reta final de “A Fazenda 4”, Alexandre Frota concedeu entrevistas dizendo que caso Joana Machado vencesse o reality show, ele teria direito a 20% do valor do prêmio de R$ 2 milhões, pois a personal mantinha contrato com uma de suas empresas. Ela venceu o programa da Record, e negou ter qualquer tipo de contrato com Alexandre Frota. “Conheço o Alexandre Frota há anos e marquei um jantar com ele e outros amigos em comum para tentar uma aproximação com o pessoal do programa porque eu queria participar. Foi apenas isso, não tenho qualquer contrato com ele”, disse ela, poucos dias depois de ter deixado o confinamento. Filha de Cláudia Abreu vai receber R$10 mil de indenização de revista de celebridades A editora Abril vai indenizar a filha da atriz Cláudia Abreu por danos morais no valor de R$10 mil. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. É que a atriz foi procurada pela revista “Contigo” para fazer uma reportagem sobre seus vinte anos de carreira, porém recusou o convite. De acordo com Cláudia, mesmo após a recusa, uma matéria foi publicada com ela e sua filha, na época com cinco anos, na capa da revista com o título “Os 20 Segredos de Cláudia Abreu”. Na reportagem, é identificado o colégio onde a menor estudava, a rotina diária da atriz, fotos de ambas, além de fatos não verdadeiros sobre sua família.

PENSAMENTOS DE PAULO COELHO O que o sábio pedia a Deus Um homem recebeu, certa vez, a visita de alguns amigos. “Gostaríamos muito que nos ensinasse aquilo que aprendeste todos estes anos”, disse um deles. “Estou velho”, respondeu o homem. “Velho e sábio”, disse outro. “Afinal de contas, sempre te vimos rezando durante todo este tempo. O que conversas com Deus? Quais são as coisas importantes que de-

vemos pedir?” O homem sorriu. “No começo, eu tinha o fervor da juventude, que acredita no impossível. Então, eu me ajoelhava diante de Deus e pedia para que me desse forças para mudar a humanidade. Aos poucos, vi que era uma tarefa além das minhas forças. Então comecei a pedir a Deus que me ajudasse a mudar o que estava à minha volta”. “Neste caso, podemos garantir que parte de seu desejo foi atendido”, disse um dos amigos. “Seu exemplo serviu para ajudar muita gente”. “Ajudei muita gente com

meu exemplo; mesmo assim, sabia que não era a oração perfeita. Só agora, no final de minha vida, é que entendi o pedido que devia ter feito desde o início”. “E qual é este pedido?” “Que eu fosse capaz de mudar a mim mesmo”. A maneira de rezar Um lavrador com a esposa doente encomendou uma série de preces a um sacerdote budista. O sacerdote começou a rezar, pedindo que Deus curasse todos os enfermos. — Um momento – interrompeu o lavrador. — Eu pedi para que rezasse

por minha esposa, e o senhor pede por todos os doentes. — Estou rezando por ela. — Mas pede por todos. Pode terminar beneficiando o meu vizinho, que está doente também. E eu não gosto dele! — Você não entende nada de curas – disse o monge, afastando-se. — Ao rezar por todos, estou unindo minhas preces às de milhões de pessoas que encontram-se agora pedindo por seus doentes. Somadas, estas vozes chegam até Deus e beneficiam a todos. Divididas, elas perdem sua força, e não chegam a lugar nenhum.

Este é um momento muito especial para os cancerianos se conscientizarem de suas emoções, sentimentos e sexualidade, superando antigos tabus em busca de uma vivência emocional mais plena. Esta é a semana da Lua crescente, que favorece esse autoconhecimento e uma atitude transformadora, curando os antigos padrões do passado, canceriano. Este é o momento sagrado da introspecção, da percepção do que somente você pode mudar, deixando de atribuir às circunstâncias ou às outras pessoas as dificuldades que você têm enfrentado. É hora de se conhecer e de perceber os antigos padrões emocionais que devem ser transformados. É a hora da metamorfose, leonino. Este é um momento muito interessante para compreender a sutileza e a profundidade dos vínculos que estabelece com as pessoas, virginiano. É a oportunidade de aprender sobre as motivações psicológicas, emocionais e espirituais. Mercúrio, o seu planeta regente, ingressa o signo de Sagitário, promovendo o autoconhecimento que é libertador. Este pode ser um momento muito próspero, especialmente se você se conscientizar de talentos e habilidades que ainda não foram devidamente lapidados. É também uma importante fase de transformação de valores e do que é considerado essencial. O seu planeta regente Vênus ingressa o signo de Sagitário, propondo uma atitude mais expansiva e libertadora em relação ao amor. A lunação atual que pertence ao seu signo chega nesta semana à fase crescente, o momento em que aumenta a consciência do que deve ser eliminado e transformado. O ciclo escorpiano é repleto de intensas emoções e do necessário perdão ao passado, para que você abra espaço a coisas novas em sua vida. E nesta semana Vênus e Mercúrio passam a atuar em Sagitário, favorecendo a expansão dos seus valores e recursos. Boas novas aos sagitarianos: nesta semana os planetas Mercúrio e Vênus ingressam seu signo propondo um novo ciclo relativo aos pensamentos, idéias, conhecimentos e também às afeições e relações. Entretanto o ciclo atual pertence ao signo anterior, caracterizando um momento de interiorização que permita curar e perdoar o passado, a fim de se abrir a este novo ciclo, sagitariano. Você está vivenciando atualmente uma importante mudança de objetivos, que caracteriza também um momento planetário, global, essas transformações que estão acontecendo no mundo. É um momento importante para perceber o que é essencial, o que precisa ser eliminado para que ocorra uma cura e uma abertura a novos horizontes, capricorniano. Esta semana ocorrerá a Lua crescente em seu signo, aquariano, traduzindo um momento interessante de renovação de propósitos, objetivos e atitudes. É o momento de contatar a essência das coisas, os valores espirituais e a percepção de que o verdadeiro poder é caracterizado pelo autoconhecimento e pela capacidade de se transformar. A evolução espiritual é sem dúvida o propósito mais importante do atual momento pisciano e envolve uma mudança de ideais, de conceitos e de paradigmas. Nesta semana os planetas Mercúrio e Vênus passarão a atuar no alto da mandala pisciana, expressando um momento interessante para ampliar horizontes relacionados à carreira, aos sentimentos e à mentalidade, pisciano.

Hoje - Márcio Roberto Rondinelli Darin, Maria Olívia Roxo Nobre, Irene Maria Rondinelli Muradi, Samuel Alexandre F. Ortega, Madalena Osmak Sernáglia. Amanhã - Elcídia dos Santos de Brito, José Fernandes Canaroli, Moisés Potenza Gusmão, Maria de Fátima Pereira da Silva Melo, Felipe César da Silva, Ailson Aparecido Benedito. DIA 7 - Luiz Henrique Abrão Pereira, Fábio Z. Colli Baldini, Wilson Roberto Navega Lodi, Patrícia Figueira Peres, Reginaldo Evangelista, Marcela Dessimoni Innarelli. DIA 8 - Sidney Satorres, Renato Tadeu Trovatto Ortega, Maria Aparecida Maldonado Secco, Fábio Amato Angelini, Gabriel Francisco Junqueira de Andrade, Sérgio Gumercindo Della Torre, Daniela Fernan-

des Coelho, Camila Ludovique Callegari, Maura Helena Folharini Barbosa, Celina Curi Dessimoni. DIA 9 - Paulo Eduardo Fregolon De Pietro, Camila Giordan Príncipe, Gislaine Viviane Russo Vieira, Fernanda Cristina de Moraes, Luís Fernando Castaldi Tocci. DIA 10 - Magda Helena de Moraes da Silva, Adriana Moreno Capuano Antônio, Maria Helena Troyse Alves, José Afonso Viana, Evelise Fagiolo Augusto, Viviane Galera, Antônio Roberto Negrão Silvério, Ludimilla Bertonha de Martini, Tainy Benassi, Antônio Donizeti Boaro. DIA 11 - Thereza Barsante Garcia, Neuza Pizani, Luiz Fernando Carratto, Saulo Iotti Vital, Cristina Ribeiro, Tarciça de Carvalho Moreno, Maristela Pinheiro da Silva.

Para acrescentar ou retirar nomes nesta lista, ligue para

3608-5655 ou mande e-mail para redacao@gazetadoriopardo.com.br


C-8 - 5 de novembro de 2011

COLUNA ESPÍRITA

A cada um segundo suas obras “Portanto, vigiai, pois não sabeis o dia, nem a hora.” Jesus acaba de sair do Templo. Os discípulos fazem-lhe observar com orgulho a imponência e a beleza da edificação. E Jesus: “Não estais vendo tudo isto? Em verdade vos digo: não ficará pedra sobre pedra. Tudo será destruído!” (Mt 24,2). Depois Ele sobe ao Monte das Oliveiras, senta-se e, olhando para Jerusalém, que está diante Dele, começa a falar da destruição da cidade e do fim do mundo. Então os discípulos lhe perguntaram como ocorrerá o fim do mundo e quando haverá de chegar. É uma questão que formulada também pelas gerações cristãs seguintes, questão que todo ser humano examina. Realmente, o futuro é misterioso e, muitas vezes, incute medo. Também hoje há os que consultam as cartomantes e examinam o horóscopo, para saber como será o futuro, o que acontecerá... A resposta de Jesus é límpida: o fim dos tempos coincide com a chegada Dele. Ele, Senhor da História, voltará. Ele o ponto luminoso do nosso futuro. E quando ocorrerá esse encontro? Ninguém sabe. Pode acontecer a qualquer momento. Com efeito, a nossa vida está nas mãos Dele. Ele nos deu esta vida; ele pode retomá-la, inclusive de súbito, sem prévio aviso. Contudo, Ele nos adverte: vocês poderão estar preparados para esse evento se estiverem vigilantes. “Portanto, vigiai, pois não sabeis o dia, nem a hora.” Com essas palavras, Je-

sus lembra primeiramente que Ele virá. A nossa vida na terra terminará, e começará uma vida nova, que não terá mais fim. Hoje, ninguém quer falar da morte... Às vezes as pessoas fazem de tudo para se distrair, mergulhando completamente nas ocupações do dia a dia, chegando até a esquecer Aquele que nos deus a vida e que nos haverá de pedila para introduzir-nos na plenitude da vida, na comunhão com o seu Pai, no Paraíso. Estaremos prontos para encontrá-lo? Teremos a lâmpada acesa, como as virgens prudentes que esperam pelo esposo? Em outras palavras: estaremos no amor? Ou a nossa lâmpada estará apagada, porque, tomados pelas muitas coisas que temos a fazer, pelas alegrias passageiras, pela posse dos bens materiais, acabamos esquecendo a única coisa necessária, que é amar? “Portanto, vigiai, pois não sabeis o dia, nem a hora.” Mas vigiar de que modo? Primeiramente, como sabemos, vigia bem justamente quem ama. Sabe disso a mulher que fica à espera do marido que trabalha até tarde ou que volta de uma viagem distante; sabe disso a mãe preocupada com o filho que ainda não voltou para casa; sabe disso o namorado que não vê a hora de se encontrar com a namorada... Quem ama sabe esperar, mesmo quando o outro demora a chegar. Estaremos à espera de Jesus se o amarmos e se desenharmos ardentemen-

(Mt. 25,13) te encontrá-lo. E estaremos à sua espera amando concretamente, servindo-o, por exemplo, nos que estão próximos, ou engajandonos na construção de uma sociedade mais justa. É o próprio Jesus que nos convida a viver assim, ao contar a parábola do administrador fiel que, enquanto espera a volta do senhor, cuida do pessoal e dos negócios da casa; ou a parábola dos empregados que, sempre à espera da volta do patrão, se esmeram em fazer frutificar os talentos recebidos. “Portanto, vigiai, pois não sabeis o dia, nem a hora.” Justamente por não sabemos nem o dia, nem a hora da sua chegada, podemos concentrar-nos mais facilmente no instante que nos é dado, nas preocupações do dia, no momento presente que a Providência nos oferece para viver. Tempos atrás, veiome espontânea esta oração. Gostaria agora de relembrá-la: “Sim, Jesus, faz que eu sempre fale como se fosse a última palavra que profiro. Faz que eu sempre aja como se fosse a última ação que faço. Faz que eu sempre sofra como se fosse último sofrimento que tenho pra te oferecer. Faz que eu sempre reze como se fosse a última possibilidade que aqui na terra tenho, de conversar contigo.”

NEURÓTICOS ANÔNIMOS N/A São José do Rio Pardo

NA

A oração que modifica “Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária” – Como todo neurótico que se preza, meu sonho era ter serenidade suficiente para estocar, se fosse possível. Mas a serenidade que desejo hoje, já com algumas 24 horas de programação, é somente a necessária para viver o dia de hoje. Penso que serenidade tem muito a ver com autoconhecimento. Se eu sei quem sou; o que quero da vida e para onde estou indo, nada irá me abalar ou tirar minha serenidade. Mas quando situações adversas aparecem, irei pedir ao Poder Superior que me conceda serenidade e somente a necessária para me guiar e verificar se aquilo que é bom para mim ou não, da mesma forma mais consciente possível. “Para aceitar as coisas que não podemos modificar” – Nesta parte da oração, consegui absorver que existem coisas que não podemos modificar, ao contrário do que minha mente doentia achava, antes de N/A. Sempre ouvia as pessoas dizendo que, tudo aquilo que a gente quer, tem que ter força de vontade para conseguir. Hoje acredito que esta é uma frase muito egoísta, afinal, não é o Poder Superior que sabe o que é

melhor para mim? Se ele sabe o que é melhor para mim e no momento aquilo que desejo não é possível, é porque tem algum motivo. Por experiência própria, quando algo é forçado, consigo o que quero, mas fica falso. Vou dar um exemplo: Eu e meu namorado fomos a um casamento. Lá, um convidado retirou uma flor de um arranjo e deu à esposa. Foi lindo. E eu comentei com meu namorado em tom de reclamação, que ele nunca havia me dado flores. Ele foi lá e repetiu o gesto do convidado, me dando uma flor retirada de um arranjo. Aceitei a flor, mas não foi espontâneo como com o outro casal, porque não era natural do meu namorado aquele tipo de atitude. Obtive o que desejava mas ficou muito artificial. Portanto, nestes tipos de situações, aprendi que é mais vantajoso aceitar que não podemos modificar as coisas de acordo com os nossos desejos. “Coragem para modificar aquelas que podemos” – Nesta parte, a oração me diz que existem coisas que eu posso modificar. Neurótica que sou, tenho uma tendência muito forte por querer mudar aquilo que não posso, e aquilo que cabe a mim, quero mudar a todo custo. Vou continu-

ar no exemplo anterior: eu quis mudar o comportamento do meu namorado para que ser agradada, mas eu não quis me modificar em aceitar o tipo de comportamento dele. Hoje, com a Oração da Serenidade, eu não cobro mais esse tipo de comportamento dele. Se eu gosto tanto assim de flores, eu poderia ter vasos e cultivá-las. Ou ainda, poderia ir a uma floricultura e comprar flores, para mim mesma. Nas duas situações, eu teria flores do mesmo modo. “Sabedoria para distinguir umas as outras” – Essa sabedoria só consegui frequentando, estudando e praticando a programação de N/A. Fatos desse tipo acontecem o dia todo, mas quando descontrolada emocionalmente, não tenho clareza de pensamentos para analisar as situações; Sem dúvida, a Oração da Serenidade é o que tem de mais fácil para assimilarmos e praticarmos quando ingressamos no N/ A. Para mim, desde que entrei até agora, esta oração está sendo fundamental para minha recuperação. Muitas 24 horas para nós todos!

Reuniões: Segundas-feiras: 19h30 na Matriz, Terças-feiras: 19h30 no Cassucci

Anônima

Nessa sentença de Jesus estão sintetizadas todas as leis que regem as questões ético-morais. Mas de que maneira essa justiça se estabelece? Que mecanismo coordena essa distribuição, com justiça? Primeiro é importante lembrar que a justiça dos homens está calcada na legislação humana, com base em códigos legais criados pelos próprios homens. Quando há um litígio qualquer, um grupo de pessoas especializadas nesses códigos analisa o processo, julga e define as penalidades aplicáveis ao réu. A duração das penas também é estabelecida pelo juiz. Então podemos concluir que a justiça dos homens se alicerça no arbítrio, segundo a visão dos magistrados. Mas com a justiça divina é diferente. As conseqüências dos atos se dão de forma direta e natural, sem intermediários. Em caso de uma falta qualquer, a penalidade se estabelece de maneira natural, e cessa também naturalmente, com o arrependimento efetivo e a reparação da falta. Importante destacar que na justiça divina não há dois pesos e duas medidas. As leis são imutáveis e imparciais, e não podem ser burladas. Um exemplo talvez torne mais fácil o entendimento. Se alguém resolve beber uma dose considerável de veneno, as conseqüências logo surgirão no organismo, de maneira direta e natural. Não é preciso que alguém julgue o ato e decida o que vai acontecer com o organismo do indivíduo. Simplesmente o resultado aparece.

Castigo? Não. Conseqüência natural derivada do seu ato, da sua livre escolha. Os efeitos produzidos no corpo físico não fazem distinção entre o pobre ou o rico, o religioso ou o ateu, a criança ou o adulto. As leis divinas não contemplam exceções, nem concessões. São justas e equânimes. E essas conseqüências duram tanto quanto a causa que as produziu. Uma vez passado o efeito do veneno, resta consertar o estrago e seguir em frente. Por isso a necessidade da reparação. Nesse caso devemos considerar que a lei da reencarnação se torna uma necessidade, para que cada um receba conforme suas obras, segundo a justiça divina. Se a pessoa bebe veneno e morre, as conseqüências do seu ato a seguirão no mundo espiritual, pois ela sai do corpo mas não sai da vida. Por vezes, é necessário renascer num novo corpo marcado pelos estragos que o veneno produziu. Castigo? Certamente não. Conseqüência direta e natural. No campo moral a justiça divina se dá da mesma maneira, distribuindo a cada um segundo suas obras, sem intermediários. Mas como conhecer essas leis? Ouvindo a própria consciência, que é onde se encontra esse código divino. Não é outro o motivo que leva a pessoa corrupta, injusta, violenta, hipócrita, a tentar anestesiar a consciência usando drogas, embriagando-se para aplacar o clamor que vem da sua intimidade. Uma vez mais podemos considerar que Jesus real-

mente é o maior de todos os sábios. Numa sentença sintética ele ensinou tudo o que precisamos saber para conquistar a nossa felicidade. Sim, porque se as conseqüências dos nossos atos são diretas e naturais, podemos promover, desde agora, conseqüências felizes para logo mais. E se hoje sofremos as conseqüências de atos infelizes já praticados, basta colher os resultados, sem se queixar da sorte, e agir com uma conduta ético-moral condizente com o resultado que desejamos obter logo mais. Pense nisso! Nas leis divinas não existem penas eternas. As conseqüências infelizes duram tanto quanto a causa que as produziu. Assim, como depende de cada um o seu aperfeiçoamento, todos podem, em virtude do livre-arbítrio, prolongar ou abreviar seus sofrimentos, como o doente sofre, pelos seus excessos, enquanto não lhes põe termo. Dessa forma, se você deseja um futuro mais feliz, busque ajustar seus atos a sua consciência, que é sempre um guia infalível onde estão escritas as leis de Deus. E, se em algum momento surgir a dúvida de como agir corretamente: faça aos outros o que gostaria que os outros lhe fizessem, e não haverá equívoco. Equipe de Redação do Momento Espírita, com base em A Gênese, de Allan Kardec, item 32, cap. I.

Texto transcrito do site: www.momento.com.br por Maria Lúcia Andreata Martins

BÍBLIA

O leãozinho e o jumentinho de Gênesis 49 No capítulo 49 de Gênesis, que relata a bênção de Jacó aos 12 filhos, um trecho singular é o que fala de Judá. Nele, Judá é comparado a um leãozinho que subiu da presa. É também comparado a um jumentinho amarrado à videira. São duas figuras de linguagem que indicam o mesmo princípio: a transformação vem pelo comer. O primeiro ponto é que Judá é um leãozinho, um animal destinado a reinar, desde que cresça a ponto de virar leoa ou leão adulto. É também um jumentinho, um animal destinado a servir, desde que cresça e vire jumenta ou jumento adulto. O segundo ponto é que ambos, para crescer, se alimentam. No caso do leãozinho, ele precisa sair da toca ou caverna e ir atrás da caça. Precisa negar a preguiça, o sono, e procurar alimento. A fome o faz agir assim. E encontrando a caça, ele não ataca de qualquer maneira: se aproxima lentamente e, mesmo sendo destinado a ser rei, se abaixa antes de atacar. Muitas vezes não conseguem nada no primeiro ataque e precisam ter a disposição e paciência de buscar nova presa. Os vencedores dentre os cristãos são destinados a reinar com Cristo no período de

mil anos que antecederá ao novo céu, nova terra e nova Jerusalém. Isso está descrito em Apocalipse 20 e 21. Será o período da manifestação do reino dos céus na terra, quando Cristo voltar e iniciar o seu reinado. Para nos tornarmos também vencedores, todos os dias precisamos deixar a preguiça de lado, nos abaixarmos, nos humilharmos e pegarmos a caça: a Bíblia. Quantos só lêem a Bíblia numa reunião cristã...!? Não querem pagar o preço de sair da toca, ir à caça, se humilhar, orar, abrir a Bíblia, ler com calma a ponto de Deus falar com ele. Mas se continuarem assim, nunca virarão leão ou leoa, ou seja, nunca estarão aptos a reinar com Cristo. O texto de Gênesis 49 chama Judá de “filho meu”. Quanto amor Deus tem por nós! Ele nos ama e quer nosso crescimento, mas para isso deseja que todos os dias “subamos da presa”, nos alimentemos, leiamos a Bíblia com reverência e muita fome. É o único meio de ter “a mão sobre a serviz dos nossos inimigos”, ou seja, a única forma de nossa alma caída não nos dominar, mas nós a dominarmos. Temperamento, mau humor, falta de perdão, falta de amor, incredulidade, displicência na hora de ler ou ouvir a Palavra, pre-

guiça em relação a Deus: esses inimigos têm dura serviz, precisam ser subjugados para reinarmos no Milênio. No caso do jumentinho é o oposto: ele tem uma natureza inquieta, rebelde, que não gosta de ficar parado num único lugar. Para ele, ser amarrado numa videira e ali ficar comendo apenas uva pode ser um sofrimento, mas é o preço a ser pago para ser transformado. Comer uva todos os dias é a única maneira que ele tem de crescer e virar uma jumenta ou jumento adulto e, assim, ser útil ao dono, apto para toda boa obra. Somos destinados a servir a Deus e muitas vezes temos que vencer a inquietação mental, a agitação diária de nossa alma, nos acalmar, para então comer uva, ler a Bíblia, ler algum livro de apoio, orar. Não gostamos de ficar amarrados, mas é preciso. Só assim teremos “vestes lavadas no sangue das uvas, dentes brancos de leite e olhos vermelhos de vinho”, como diz o texto de Gênesis 49. Que Deus nos leve à prática disso. (Mensagem da igreja em S.J.Rio Pardo. Reuniões aos sábados e domingos, 19 horas, na rua João Gabriel Ribeiro, 123)

Al-Anon e Alateen para familiares e amigos de alcoólicos Numa reunião de Al-Anon vários membros compartilham sobre a mudança de suas atitudes depois que ingressaram no programa Al-Anon. Nos Grupos Al-Anon e Alaten existe compreensão. As pessoas usam o primeiro nome e são avisadas para não divulgar quem elas vêem ou as histórias pessoais que elas ouvem numa reunião. Os recém chegados no programa ficam aliviados ao saber que existe um lugar para com-

partilhar sem medo de serem julgados. O Al-Anon/Alateen é uma associação mundial de homens, mulheres e adolescentes que tem amigos ou familiares com um problema de bebida. Os membros se reúnem regularmente para compartilhar sua experiência, força e esperança ao lidar com frustações e sentimentos de desamparo causados pela doença do alcoolismo. Os membros do Al-Anon vivem

vidas significativas e satisfatórias, ajudando a si mesmo com a ajuda do Al-Anon. Se você está preocupado com a maneira de beber de alguém, entre em contato com o Al-Anon. Grupo Esperança – terça-feira – às 20 horas – Igreja Matriz São José – Salão Ou telefone para Serviço de Informação Paulista Al-Anon – 0xx11 3227-2699,ou acesse o site WWW.al-anon.org.br São José do Rio Pardo - SP


Gazeta do Rio Pardo 2569