Issuu on Google+

São José do Rio Pardo

9 de abril de 2011

Ano 103

R$ 2,00

2.539

Registrado o oitavo caso de dengue REPORTAGEM

Cetesb aprova qualidade do ar

Página A-6

Página A-7

Estrada deixa alunos sem aulas Cai inadimplência na Feuc em 20%

Na terça-feira, dia 5, cerca de 20 alunos foram protestar na Secretaria Municipal de Educação,

contra a precariedade da estrada por onde passam diariamente. Naquela manhã, o ônibus ficou preso

Esportes A equipe da fazenda São José da Barra comemorou o título do Campeonato Domingão de Futebol, na manhã de domingo (3). O time venceu o Botafogo por 3 a 2. Página A-13

em um lamaçal na Fazenda Lagoa. Eles só retornaram à escola na quarta-feira. Página A-8

Página A-9 DIVULGAÇÃO

Rio Pardo é palco de vale tudo neste sábado

agora foram notificados 33 casos suspeitos, e sete aguardam resultado de exame. Os casos confirmados estão no centro, Buenos Aires, Vila Brasil, Vila Verde e também na zona rural. Os que aguardam resultado de exames residem nos bairros Vale do Redentor, Vila Formosa, Buenos Aires e Eduardo Cassucci. Página A-12

Posto é assaltado na Vila Brasil

REPORTAGEM

São José do Rio Pardo tem ótima qualidade do ar, sendo considerada pela Cetesb a melhor dentre as que são monitoradas pela empresa no estado de São Paulo. A cidade apresentou, em 2010, baixo nível de poluição mesmo no período da queima da cana. Página A-5

Com a confirmação de mais quatro casos de dengue na terça-feira, pela Vigilância Epidemiológica, sobem para oito o número de casos confirmados, todos autóctones, ou seja, contraídos no próprio município. Segundo a Secretaria de Saúde, a situação não é de pânico, mas merece atenção de todos para evitar uma possível epidemia. Até

Aniversário Com a participação de alunos e várias homenagens, a escola “Stella Couvert Ribeiro” comemorou seus 40 anos e relembrou o esforço de Pedro Paone para a fundação do então Grupo Escolar do bairro Santo Antonio. Página A-4


A-2 - 9 de abril de 2011

Os rumos da Câmara Municipal O anúncio antecipado do vereador Marcio Calegari Zanetti (PTB) de que é pré-candidato a prefeito muda completamente os caminhos da Câmara Municipal, para os próximos meses, e coloca em análise clínica as ações dos vereadores. Apesar da inércia de alguns e da inaptidão de outros, de 2009 até aqui assistiu-se a um verdadeiro mutirão do Legislativo rio-pardense, no cumprimento do dever de fiscalização dos atos do Executivo – sendo este o papel primeiro do exercício da vereança. Dentro deste contexto, sob a presidência de Lúcia Helena Libânio da Cruz (PTB), a cidade viveu o ineditismo de abrir uma Comissão Especial de Investigação, diante de provas de irregularidades em contratos firmados pela administração com empresa prestadora de serviços – cujo desfecho está nas mãos do Ministério Público local. Por meio do mesmo mutirão, a Câmara mostrou à sociedade, ao contribuinte, ao eleitor, ao povo, que os recursos da cidade foram mal empregados. A Câmara atuou na defesa do funcionalismo público municipal, quando este se viu desprovido de seus direitos, usurpados de forma vil pela administração municipal. Com o mesmo ímpeto, a vereança atuou com firmeza, procurando melhorias para as entidades assistenciais, para os setores de Educação, Saúde, Obras, Cultura, Esportes. Enfim, o trabalho em dois anos foi intenso. Até certo ponto, enfadonho. Não pelo volume de projetos criados pelos vereadores, mas por suas ações no sentido de zelar por uma cidade mais digna de se viver, e para que houvesse uma administração que respeitasse o seu munícipe e o dinheiro do contri-

buinte. Sob comando do vereador Marco Antonio Gumieri Valério - Caco (PDSB) que eleito pelos seus pares retornou à presidência em 4 de janeiro, a Câmara de São José do Rio Pardo segue sua missão, ao ritmo do maestro. Caco - advogado, professor atua dentro do que diz o regimento da Casa, encurtando eventuais discussões que podem deixar o clima acalorado. Propõe, antes de mais nada, o diálogo. Próprio do professor. E antes de permitir que um ou outro assunto torne-se fogueira sem que haja por perto quem a combata, propõe a conciliação – próprio do que tem ensinado o novo direito. Desta forma, previa-se que Caco levasse adiante, dentro do regimento da Câmara e após fracassadas as tentativas de diálogo e conciliação, as ações do Legislativo, combatendo os deslizes da administração, permitindo o apontamento dos problemas, levantando eventuais soluções, a fim de que a comunidade pudesse se beneficiar do nobre exercício da vereança, desempenhado por todos ali eleitos legitimamente pelo povo – mesmo que para uns falta aptidão, e mesmo que outros sejam inertes. Mas a decisão de Marcio Zanetti, em anunciar sua pré-candidatura como prefeito, abre uma fresta no caminho natural que estava sendo seguido pela Câmara. Isto porque, a partir de agora, suas ações passam a ser visadas não como algo que possa beneficiar a população, mas como algo que possa beneficiar apenas seu projeto político. Desta forma, quando ele vier a levantar algum questionamento sobre a atuação da administração, a missão pode ser entendida como uma tentativa de minar seu potencial adversário, nas

eleições de 2012. E esta linha de raciocínio já é observada não apenas pelos seus companheiros de plenário como também por parte da população. Entende-se, neste momento, que houve precipitação de Márcio Zanetti em anunciar-se pré-candidato à Prefeitura. Isto pode inviabilizar a legitimidade de alguns de seus pleitos, reconhecidamente contrários aos desmandos da administração e em busca da seriedade na condução do município. A partir de agora, as manifestações do vereador e suas ações, lamentavelmente, passam a ser vistas como tentativa de combater seu oponente, e não mais como busca de resultados para o bem comum. Neste contexto, entra, por exemplo, a votação das contas do mandato de João Santurbano, que devido às interpretações divergentes entre a sua administração e o Tribunal de Contas, foram aprovadas com ressalvas. A Câmara Municipal precisa votar para aprovar ou reprová-las. E desta decisão ainda depende uma eventual candidatura de Santurbano ao posto de prefeito – mesmo que o PSDB não tenha deliberado nada quanto a isto. Sem sombra de dúvidas, os votos de Márcio Zanetti e do seu grupo de vereadores são decisivos para esta questão e se deliberarem pela reprovação das contas, esta atitude será vista como outra tentativa de eliminar um de seus prováveis oponentes numa campanha eleitoral. Por estes motivos, e para o bom resultado dos trabalhos que a Câmara vem desempenhando até aqui, parece que o anúncio da précandidatura não veio em boa hora.

Código Florestal sob forte pressão Continua o impasse, no Congresso Nacional, em torno do texto definitivo do novo Código Florestal. Os ruralistas fecharam o seu apoio ao relatório do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), que sofre sérias restrições dos ambientalistas. O governo, por seu lado, está procurando impor algumas mudanças que não são aceitas pelos ruralistas. Esta ausência de consenso está impedindo que o presidente da Câmara inclua o projeto na pauta de votação, que estava

A Câmara dos Deputados aprovou, na terça-feira, a Medida Provisória que autoriza a União a oferecer garantia para um empréstimo de até R$ 20 bilhões do BNDES ao consórcio construtor da linha do trem-bala, que ligará as cidades de Campinas e Rio

prevista para o fim deste mês, mas acabou sendo transferida para o mês de maio. Esta semana Brasília foi invadida por cerca de 30 mil ruralistas, vindos de todas as partes do país. A concentração foi articulada pela Confederação Nacional de Agricultura. As bancadas do PMDB, PSDB e DEM decidiram dar apoio ao relatório de Aldo Rebelo, com ressalva de alguns destaques que serão apresentados no plenário quan-

Trem-bala

de Janeiro, passando pela capital paulista num percurso total de 550 quilômetros. A gigantesca obra tem um custo estimado pelo governo de R$ 34 bilhões. A aprovação da MP do TremBala foi antecedida por acirrada discussão entre governistas e oposição.

do da votação do projeto. As divergências mais acentuadas são em torno dos seguintes pontos: redução da área de proteção permanente (APPs) na margem de rios e riachos em determinadas altitudes; flexibilidades da reserva legal; normas específicas para a agricultura familiar; anistia para produtores que desmataram antes da legalização sobre o tema; e forma de compensação por áreas já desmatadas.

O principal argumento dos contrários é que com os recursos que serão utilizados poderiam ser aplicados para resolver os problemas das rodovias, dos aeroportos e portos, que se encontram em estado lamentável.

Novo horário da justiça O Conselho Nacional de Justiça acaba de aprovar novo horário de atendimento ao público por tribunais e varas: das 9 às 18 horas, no mínimo. Esta ampliação de tempo de trabalho é para acabar com “os prejuízos causados aos que procuram a Justiça”. Hoje, o horário varia em cada unidade da federação: parte funciona apenas de manhã, e parte, só à tarde. A decisão do CNJ entrará em vigor na próxima semana, em todo o país. Ela

Governadores ameaçados - Chega a dez o número de governadores com mandatos questionados no Tribunal Superior Eleitoral, acusados de abuso de poder econômico nas últimas eleições. São eles dos Estados do Tocantins, Piauí, Rio Grande do Norte, Amazonas, Acre, Minas Gerais, Ceará, Maranhão, Rondônia e Alagoas. Novo embate - A discussão no Congresso sobre a correção da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física promete ser bem acirrada. A MP enviada pela presidente Dilma Roussef prevê um reajuste de 4,5%, enquanto a oposição defende uma correção de 5,9%, por causa da inflação de 2010.

provocou a revolta dos servidores do Judiciário, que, agora, terão de trabalhar por mais horas. Falam em entrar em greve. O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso, está se articulando com os poderes Executivo e Legislativo para viabilizar o 3° Pacto Republicano, um acordo de cooperação política entre os 3 Poderes, voltado para a elaboração de projeto de lei em prol da sociedade. A ideia é de que as propostas do Pacto sejam apresentadas ao Congres-

Destaques Cassinos - Ressurgiu no Senado a proposta de legalização dos bingos, que foi engavetada na Câmara. O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-PR) quer incluir neste projeto a abertura de cassinos nas regiões da Amazônia e do Pantanal. Cartórios - Foi retomada a pressão junto à Mesa da Câmara para ser colocada na pauta de votação a PEC dos Cartórios. Por ela, seriam efetivados, sem concurso, 7,8 mil notários e registradores, segundo estimativa do Conselho Nacional de Justiça. Novamente Bolsonaro - Já são cinco os pedidos protocolados na Câmara para

so até o fim de maio. Terão elas como foco o aumento do acesso da população à Justiça e o combate à impunidade. O Conselho Nacional de Justiça divulgou dados revelando que os tribunais do Brasil não cumpriram a meta de trabalho de 2010 e começaram 2011 com 1 milhão de processos à espera de solução. Foram 17.140.203 milhões de novos processos e 16.150.882 milhões deles foram julgados.

cassação do mandato do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) por suas declarações consideradas homofóbicas e racistas, levadas ao ar no programa CQC, da TV Bandeirantes. Disse ele que jamais permitiria um filho seu se casasse com uma negra, o que seria uma promiscuidade. Fez ainda muitas restrições aos gays. O mundo está caindo sobre sua cabeça. Ele, que está no seu sexto mandato, já respondeu a 20 processos ou representações, e deles saindo imune de punição. Afirmou que está se lixando para os novos pedidos de cassação do seu mandato por quebra de decoro parlamentar e vai enfrentá-los de peito aberto. — coletti.imprensa@yahoo.com.br

Brasil mais velho (1) O Brasil terá 64 milhões de idosos em 2050, 29,7% da população total, mais que o triplo do registrado em 2010. A mortalidade infantil caiu, a expectativa de vida aumentou de 50 para 73 anos e a taxa de fecundidade diminuiu. Os dados fazem parte do relatório ‘Envelhecendo em um Brasil mais Velho’ do Banco Mundial. Brasil mais velho (2) Segundo especialistas, a mudança de perfil apresenta um cenário em que as oportunidades e os desafios são imensos. A população idosa tende a poupar mais, o que favorece o investimento, e a vida produtiva pode se alongar. A diminuição de crianças em idade escolar pode aumentar consideravelmente o investimento por aluno, o que melhora a Educação. Mas há necessidade de atenção especial ao sistema previdenciário e à saúde. 511 A propósito de se falar em idade, no dia 22 de abril, este jovem país completa 511 anos de seu descobrimento. Em tempos de tecnologia, a data tem passado quase esquecida nos livros escolares, onde o espaço é mesmo para a atualidade. Por estas do calendário, a data será feriado religioso e certamente poucos se lembrarão do dia cívico. BBB no Fórum (1) A OAB de São José do Rio Pardo questionou ao juiz André Antonio da Silveira Alcântara a existência de uma câmera de monitoramento no átrio do Fórum local. Segundo argumento dos advogados, o equipamento fere o sigilo profissional, uma vez que poderia revelar conversas entre advogados e clientes, antes das audiências, isto é, caso a câmera contivesse microfone, numa espécie de Big Brother do Judiciário. BBB no Fórum (2) O juiz informou à OAB que o equipamento foi instalado com vistas a apurar um crime: alguns advogados – cujos nomes não foram revelados – estariam extraviando editais e, de alguma forma, levando vantagens com esta prática, ou ainda beneficiando seus clientes. Em sigilo A reportagem de Gazeta do Rio Pardo entrou em contato com o juiz nesta semana, que confirmou a instalação dos equipamentos e justificou suas razões. Ele comentou ainda que as câmeras não flagraram os infratores e que, diante disso, mandou retirar os equipamentos. O juiz informou também que o caso é tratado como segredo de justiça, portanto, não mencionou nomes de eventuais acusados. Contestando Agricultores não concordam com as explicações do secretário Felipe Quessada (Agricultura) para justificar a má qualidade das estradas. Na semana anterior, ele disse que os problemas nas vias rurais são decorrentes de águas jogadas pelos produtores, no leito das estradas. Eles observam que desde o ano passado vêm pedindo a realização de serviços para correção das estradas, com a passagem de máquinas. “Pedimos até para um vereador que tem sítio aqui e nada foi feito. Não venha o secretário dizer que é nossa culpa. A culpa é mesmo da Prefeitura, que não fez os serviços de manutenção quando deveria fazer”, disse um agricultor, que tem propriedade na região da Fazenda Chapadão. Não gostou Segundo informações de um alto funcionário municipal, o prefeito telefonou nesta semana para o proprietário da empresa de ônibus responsável pelo transporte escolar. Na ocasião, teria reclamado que a empresa não tem segurado as informações sobre as más condições das estradas e que isto seria uma forma de oposição política à sua administração. Era só o que faltava... Desde 1909 “É absolutamente fóra de duvida que o peor do que a crise financeira, peor do que a crise econômica, soffremos outra, cujos effeitos são ainda mais perniciosos: é a crise moral, sob seus multiplos aspectos (...) São José do Rio Pardo, um dos municípios mais ricos do Estado, sob diversos pontos de vista, e um dos mais futurosos, tem tido uma má sorte nestes ultimos tempos; tem sido vergonhosamente explorado por certos homens, que intitulam-se seus servidores. De facto, ninguem contesta. Basta fazermos um estudo das suas rendas de alguns annos a esta parte e das suas applicações, para vermos o quanto os dinheiros publicos são esbanjados, ora com uma cousa, ora com outra, tendo sempre como movel essa infame politicagem, que campea sem escrupulo nenhum, sem pudor, sem o menor vislumbre de moral (...)” Explicando A nota anterior mantém fielmente a grafia da Língua Portuguesa da época e reproduz um trecho do jornal Gazeta do Rio Pardo, edição número 10, de 9 de março de 1909. Violência na escola Na semana passada, um aluno ameaçou uma professora na escola “Laudelina de Oliveira Pourrat”, no Vale do Redentor. O caso foi parar na polícia, mas sua divulgação foi barrada pela própria escola. Este tipo de comportamento das unidades escolares, qual seja, esconder as informações, em nada contribui para a segurança dos professores ou alunos. Pelo contrário. Eventualmente pode servir apenas para preservar a raiz de outros casos de violência. Meses atrás, na mesma escola, um rapaz com transtornos mentais andou causando confusão e a escola não deixou que o caso viesse à tona, segurando a divulgação do boletim de ocorrência. Tíquete da Feuc O diretor da Faculdade Euclides da Cunha – Feuc, Marcos De Martini e o diretor financeiro da instituição, Osvaldo Aulino, comentaram nesta semana que a faculdade vinha pagando o tíquete alimentação para os servidores aposentados desde o momento em que o Sindicato dos Servidores Municipais questionou o assunto na justiça. Naquela ocasião, a justiça concedeu liminar obrigando o pagamento. Agora, julgou o mérito da questão, determinando que o pagamento seja mantido.

GAZETA DO RIO PARDO é uma publicação semanal de GAZETA DO RIO PARDO LTDA, editada à Avenida Olinda Ralston, 411- Vila Formosa - Fone: (19) 36085655 - CEP 13.720-000 - São José do Rio Pardo - SP. Editor: Gilmar Ishikawa Redação: Eduardo Eron e Giselle Torres Biaco Diagramação: Marco Antônio Cassucci, Fagner Nasser. Departamento Comercial: Elisete Paduelli GAZETA na INTERNET: e-mail: redacao@gazetadoriopardo.com.br e-mail: publicidade@gazetadoriopardo.com.br e-mail: diagrama@gazetadoriopardo.com.br http://www.gazetadoriopardo.com.br Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal e são de responsabilidade de seus autores.


9 de abril de 2011 - A-3

Criação de cargo é reprovada pela Câmara Projeto do Executivo obteve cinco dos seis votos necessários para ser aprovado

Prefeitura pede verba para recapeamento Com o intuito de buscar recursos para o recapeamento das principais vias da cidade, o prefeito municipal João Luís Soares da Cunha esteve na última semana em Brasília, em reunião no Ministério das Cidades com outros 23 representantes de municípios do estado de São Paulo. De acordo com a assessoria de imprensa, a intenção é solucionar o problema de algumas vias, principalmente onde há trafego intenso de ônibus e caminhões. O recapeamento será incluído em um programa de recuperação da mobilidade e acessibilidade do transporte no município, que deverá ser encaminhado à Câmara assim que estiver concluído. Também está nos planos da Prefeitura o prolongamento da avenida Perimetral até a Nestlé.

DIVULGAÇÃO

Recursos federais devem vir no segundo semestre

A reunião foi coordenada pelo chefe de gabinete da Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana, Fábio Bandeira

Machado, a pedido do deputado líder do governo na Câmara dos Deputados, Cândido Vacarezza. Segundo o chefe de ga-

binete, a previsão é de que os recursos disponibilizados pelo governo federal estejam disponíveis a partir do segundo semestre.

Banco do Povo emprestou R$ 5 milhões De junho de 2002 a março de 2011, a agência do Banco do Povo Paulista de São José do Rio Pardo já emprestou mais de R$ 5 milhões. Ao todo foram 1.489 contratos assinados e o valor total de empréstimosno período é de R$ 5.739.932,65. O Fundo de Investimento de Crédito Produtivo Popular do Estado de São Paulo, conhecido como Banco do Povo, é o programa de microcrédito implantado em 1998. O Banco é coordenado pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (Sert), do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com as prefeituras, por meio da concessão de microcrédito para o desenvolvimento de pequenos negócios, sejam eles formais ou informais. Segundo informações da agente de crédito, Ilma Aparecida Pereira, o Banco auxilia os microempreendedores a abrir seus próprios negócios. “Nosso objetivo é promover geração de emprego e renda, por meio da concessão de microcrédito para o desen-

O QUE PODE SER FINANCIADO? Abertura e regularização de empresas Compra de mercadorias e matérias-primas Compra e conserto de máquinas e equipamentos Compra e conserto de veículos utilitários VALORES DE FINANCIAMENTO Pessoa física – de R$ 200,00 até R$ 5.000,00 Pessoa jurídica (incluindo MEI) de R$ 200,00 até R$ R$ 7.500,00 PRAZO DE PAGAMENTO Pessoa física - até 24 parcelas mensais Pessoa jurídica – até 36 parcelas mensais Carência de até 90 dias Taxa de 0,7% ao mês

volvimento de pequenos empreendimentos. Ele empresta para quem trabalha por conta, seja formal ou informal com taxa de juros de 0,7% ao mês. Este é o maior programa estadual de microcrédito do Brasil”.

O Sebrae também é parceiro do Banco do Povo e realiza mensalmente consultorias, palestras para os microempresários, como forma de auxiliar as decisões dos pequenos empresários em seus empreendimentos. DIVULGAÇÃO

Após nove anos de funcionamento em São José do Rio Pardo, o Banco do Povo já fechou 1.489 contratos

A agência local funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Ela está localizada junto ao PAT e Sebrae, na rua José Andreoli, 234. Mais informações pelo telefone 3682-9946.

Na manhã de quinta-feira, os vereadores se reuniram em sessão extraordinária, na Câmara Municipal, para análise de três projetos enviados pelo Executivo. Um deles, o projeto de número 39, que solicitava a criação de um cargo de coordenador administrativo para a Prefeitura, foi rejeitado pelos vereadores. De acordo com o presidente da Câmara, Marco Antonio Gumieri Valério (PSDB), para ser aprovado o projeto precisava de seis votos, de acordo com o regimento interno, mas obteve apenas cinco. Outro projeto, o de número 32, que trata de solicitação de abertura de crédito, será novamente discutido na sessão ordinária da próxima terçafeira, já que houve uma nova interpretação jurídica em relação ao quórum. “Achamos por bem transferir essa discussão para a próxima sessão, a fim de que haja uma melhor análise dessa questão”, declarou Caco. Na mesma sessão foi aprovado o projeto de nú-

mero 31, sobre o pedido de desafetação de uma área próxima ao Jardim Cláudia, para a construção de um loteamento. Sessão ordinária Durante a sessão ordinária de terça-feira, dia 5, que foi reduzida devido às homenagens da noite, deram entrada na Câmara Municipal alguns ofícios, requerimentos e indicações. Dois ofícios foram encaminhados pelo Executivo, um deles solicitando a utilização da tribuna livre para dois arquitetos rio-pardenses explicarem sobre o projeto de condomínio do Jardim Aeroporto e os impactos à vizinhança. Aprovado com unanimidade para a próxima terça-feira. Também foram encaminhados dois requerimentos solicitando ao prefeito municipal informações sobre inquérito civil; solicitação à Polícia Ambiental sobre patrulhamento rural; solicitação de informações sobre Projeto de Lei relativo ao incentivo às micro e pequenas empresas. Várias indicações foram feitas pelos vereadores.

ALMOÇO EM PROL DA E.E.E. CÁRITAS DIA 10 - A PARTIR DAS 12:30 CARDÁPIO: ALMOÇO À BRASILEIRA MÚSICA AO VIVO COM JONAS E DONIZETE


A-4 - 9 de abril de 2011

Rotary oferece programa de intercâmbio Mais de 80 países estão envolvidos no programa, que atende 8 mil jovens por ano

Há mais de 20 anos o Rotary Internacional oferece, em parceria com a Expo Brasil, o programa oficial mundial de intercâmbios. O distrito 4.590, da região de São José do Rio Pardo, promove o programa em parceria com o distrito 4.430. “Os contatos internacionais são representados por companheiros rotarianos de diversas cidades e região: nos EUA, Canadá e México, Paulo Saragiotto; Europa, Carlos Carvalho; Ásia, Jany Hatanaka; América Latina, Paraguassu Lopes; Áustria, Nova Zelândia e África do Sul, Sérgio Andrade”, informa o oficial de intercâmbio José Otávio Longo. Ele explica, ainda, que os interessados devem procurar por ele ou pelo presidente do Rotary, Mário Gusmão. “Existe o coordenador de área, o oficial de intercâmbio, o conselheiro e o intercambista, que ficará numa família hospedeira e mais outras duas famílias voluntárias, dentro de um período de três a quatro meses por família, justamente para conhecer os costumes das demais.” O candidato interessado passa por um processo de

seleção, que é realizado pela Comissão de Intercâmbio, constituída de três membros do Rotary Club. Para os intercâmbios de longa duração, podem participar estudantes com idade entre 15 e 18 anos incompletos na data do embarque. Para os de curta duração, participam estudantes com idade entre 15 e 25 anos incompletos na data do embarque. Familiares de rotarianos também podem participar, desde que seja um aluno com desempenho acima da média e que vive na comunidade onde o Rotary atua. O candidato e sua família visitarão o Rotary ao menos três vezes antes da indicação. “A Comissão de Intercâmbio avalia se o jovem e a família estão preparados para participar do programa”, explica Longo. Ele e sua família devem estar presentes em todas as etapas do processo, pois o não comparecimento implica em exclusão do programa. São realizadas entrevistas com as famílias e com os jovens, além de testes. “A pontuação é feita com notas em ordem decrescente, que é o úni-

co critério para a escolha de países. Há formação de lista de espera, bem como critérios de entrada e saída”, informa Longo. Mais informações podem ser obtidas pelo site rotaryintercambio.com.br.

Na sexta-feira passada, 1º de abril, diretores, professores, demais funcionários e alunos da escola estadual “Professora Stella Couvert Ribeiro” se reuniram para comemorar os

50 anos da unidade. O evento foi coordenado pela professora Rutinéia Aparecida Gomes, diretora da escola, e ao longo do dia foram desenvolvidas várias atividades festivas,

como apresentações musicais, palestra e homenagens a professores e estudantes. O padre Flávio Antonio Destro, pároco da igreja de Santo Antônio falou aos

Cursos profissionalizantes Tiveram início em 21 de março, no Rotary Club de São José do Rio Pardo, as aulas para os cursos de eletricista instalador domiciliar e torneiro mecânico ajustador, atividades que são realizadas desde a década de 90 em parceria com o Serviço Nacional da Indústria (Senai). Os cursos possuem grande conceito no mercado de trabalho, e as áreas a que atendem carecem de mão de obra. No caso de torneiro ajustador, o aluno sai qualificado para a área técnica de produção industrial, atuando em setores de usinagem, projetos, manutenção, montagem, engenharia de produtos e peças, podendo pleitear emprego em indústrias. São totalmente gratuitos e ao término o aluno recebe certificado do Senai e capacitação para o mercado de

REPORTAGEM

Aulas dos cursos profissionalizantes do Rotary, em parceria com o Senai, já foram iniciadas

trabalho. O eletricista domiciliar pode atuar na instalação de sistemas elétricos de residências, ou na manutenção destes sistemas como profissional autônomo, além de poder trabalhar no setor de acabamentos da construção civil. As aulas acontecem no período noturno, três vezes por semana, sendo 120 horas para o curso de eletricista e 260 horas para torneiro mecânico. Este ano, o perfil dos matriculados abrange alunos

com idade acima de 18 anos. “Muitos deles já estão iniciando na profissão e procuram os cursos para aprimoramento e aprendizado técnico, outros querem manter um conhecimento geral e nem sempre vão procurar empregos na profissão. Há, ainda, os que procuram empregos na cidade e região tendo no curriculum o certificado do Senai, que abre muitas portas, ou ainda vão se tornar profissionais liberais”, informa o responsável Her-

menegildo Bertocco. Bertocco explica que no passado eram oferecidos cursos diurnos para idade entre 16 e 18 anos, mas a opção foi adiada “devido aos custos financeiros da contratação de professores especializados, da aquisição de materiais necessários e outros”. Embora o Senai tenha convênio e permissão para receber 12 alunos por turma, devido à procura deste ano o Rotary aceitou 17 inscritos para cada grupo.

Escola “Stella Couvert Ribeiro” comemora 50 anos DIVULGAÇÃO

alunos sobre o meio ambiente. Uma solenidade marcou ainda a posse da diretoria do grêmio estudantil para exercício 2011/ 2012. E escola promoveu homenagens ao professor de história, José da Silva Filho, eleito professor destaque 2010 e à aluna Raíssa do Prado Raimundo, vencedora do concurso “Ser Autor 2010” – sua poesia “Pensamentos Sem Fim” foi publicada em livro.

A direção da escola homenageou, postumamente, um dos fundadores da escola, Pedro Paone, no ato representado pelos filhos Paulo e Maria Cláudia – além das professoras Duzolina Folharini Moreira e Eunice Navarro de Assis e Souza, que fizeram parte da história da unidade.

Histórico Criado em 1961, o Grupo Escolar do bairro Santo An-

Diretores, professores, funcionários da EE “Stella Couvert”, com homenageados e visitantes

Maria Julia, dona Duzolina, Elaine, dona Eunice e Rutinéia em dia de festa na “Stella”

IN D I C A D O R P R O F I S S I O N A L

tônio contou com a colaboração de Pedro Paone, morador do bairro, que cedeu um espaço em sua residência à rua Dom Pedro II, onde passaram a funcionar duas salas de aulas multisseriadas, por quatro anos. No mesmo período começou a construção do prédio escolar à rua Francisco Dessimoni. O prédio ficou pronto em 1965, sendo inaugurado em 1º de abril do mesmo ano.


9 de abril de 2011 - A-5

Cetesb aprova qualidade do ar na cidade Dos 88 pontos de coleta da Cetesb no Estado, São José é a de menos fumaça EDUARDO ERON

São José do Rio Pardo tem ótima qualidade do ar, sendo considerada pela Cetesb a melhor dentre as que são monitoradas pela empresa no estado de São Paulo. No parâmetro “concentração de fumaça”, a cidade apresentou, em 2010, o menor nível de poluição dentre todas, com uma média anual de nove (9)? microgramas por metro cúbico, muito abaixo dos 60 microgramas anuais estabelecidos na Resolução Conama 03/90. O valor máximo diário de fumaça registrado no centro de São José foi 27 microgramas por metro cúbico, em 15 de setembro, quando ocorreram muitas queimas de canaviais e de matas secas no município. Os padrões diários de qualidade do ar para o quesito “fumaça”, estabelecidos pela mesma Resolução Conama, são de 150 microgramas, para cada 24 horas. Para a engenheira Ednéa A. Parada, gerente da Agência Ambiental da Cetesb em São José do Rio

Pardo, “os dados obtidos permitem concluir que a cidade possui uma qualidade do ar muito boa”. A cidade conta com uma estação manual de monitoramento da qualidade do ar, instalada há um ano na Praça Barão do Rio Branco, próxima ao cruzamento das Ruas Francisquinho Dias e Honório Dias, e está em operação desde 11 de janeiro de 2010. Segundo Ana Carla Capelossi, analista de educação ambiental da Agência da Cetesb no município, após um ano de monitoramento os valores obtidos nas medições indicam a “menor média anual de fumaça detectada na rede de monitoramento do Estado”. Franca, com quase 400 mil habitantes, também teve avaliação semelhante à de São José do Rio Pardo, mas perdeu na medição de um dia, quando ocorreu naquele município um nível de fumaça mais alto que o verificado aqui. 88 pontos no Estado A Cetesb tem hoje, em operação, 47 locais de

amostragem na rede manual (móvel) e 41 estações fixas de monitoramento na rede automática, totalizando 88 pontos de coleta em todo o Estado de São Paulo. De acordo com Ana Carla, a rede de monitoramento “foi planejada a fim de prover dados de poluição do ar para informar o público em geral, fornecer informações que permitam avaliar tendências de poluição, avaliar o atendimento aos padrões de qualidade do ar e a evolução de programas e estratégias de controle, além de fornecer subsídios para a realização de estudos científicos que avaliem impactos da poluição à saúde, entre outros objetivos”. Para definir o local de instalação da estação de monitoramento, em todos os municípios, são observados critérios técnicos como a existência de população, distância de obstáculos, segurança, disponibilidade de energia elétrica, entre outros. A Cetesb instala a estação sempre na área central das cidades, com movimentação de pedestres e

em lugar sujeito à influência de tráfego de veículos no seu entorno. A fumaça é considerada um dos poluentes regulamentados pela Resolução Conama nº 3, de 28/06/ 1990, que define os padrões legais de qualidade do ar. “Esse parâmetro é utilizado para avaliar o material particulado em suspensão na atmosfera proveniente, principalmente, de processos de combustão como queima de combustíveis, queimas ao ar livre, exaustão de veículos automotores (sobretudo os movidos a diesel), entre outros”, explica a Cetesb. “A determinação da fumaça baseia-se na medida de refletância da luz que incide na poeira, o que confere a este parâmetro a característica de estar diretamente relacionado ao teor de fuligem na atmosfera”. Ainda segundo a empresa, apesar de o inverno de 2010 ter sido meteorologicamente bastante desfavorável à dispersão dos poluentes em São José do Rio Pardo, não se registrou ultrapassagem dos padrões de curto e longo prazos.

DIVULGAÇÃO

Estação manual de monitoramento da qualidade do ar, instalada háum ano na Praça Barão do Rio Branco

Câmara faz homenagens em sessão solene

Em sessão solene co-

“Sinceramente, eu não

memorativa à fundação de São José do Rio Pardo

estava esperando essa homenagem. Foi um res-

(4 de abril de 1865), realizada na terça-feira, 5, a

gate muito importante realizado pela Câmara. Fi-

Câmara Municipal realizou homenagens com a ou-

quei surpreso, satisfeito e muito feliz pelo reconhe-

torga do Diploma de Mérito Comunitário 2011.

cimento do nosso trabalho”, declarou Luís Carlos

O Diploma é concedido uma vez por ano, desde

Viana, sócio-proprietário da loja Binga & Elvis Con-

1981, a pessoas e/ou instituições rio-pardenses

fecções. Maria Elizabeth Torres

que tenham se destacado na prestação de ser-

Junqueira de Andrade, presidente do Projeto

viços relevantes em determinadas áreas. Este

Shalom - Instituto Prefeito Lupercio Torres usou da

ano, foram homenageados Binga & Elvis Confec-

palavra para agradecer, em nome da família Tor-

ções (comércio), Instituto Prefeito Lupercio Tor-

res, como também dos mantenedores, o casal

res - Projeto Shalom (educação), Nívea Teixei-

Doron Livinat, as empresas Mammoet Irga do

ra Lopes Goulart (turismo), Dr. Hamilton Torres

Brasil e Irga Lupercio Torres. “O reconhecimento

(saúde), Padre Flávio Antonio Destro (promoção

por parte dos integrantes desta Casa Legislativa

humana), jornal Da Silva (comunicação social).

muito nos orgulha e, mais do que isso, nos incenti-

REPORTAGEM

Vereadores e homenageados após a sessão solene do dia 5 em comemoração à fundação da cidade

va a continuar esse tra-

Allan Pasin Estevão, Welling-

balho, inspirados principalmente nos exemplos de

ton Munhoz e Cassiano Alfredo.

vida e serviços à comunidade de nossos pais, Ma-

Na mesma solenidade, ainda cumprindo resolução

ria e Lupercio.” Beth aproveitou a opor-

específica, a Câmara realizou homenagens póstumas

tunidade para homenagear os atletas do Projeto

ao prefeito Richard Celso Amato (falecido em abril de

Shalom que foram bicampeões sul-americanos de Canoagem Slalom de 2010,

2010) e ao presidente da Câmara, Roberto Del Guerra (falecido em 2006). Ama-

to foi prefeito três vezes:

geados foram entregues

1977-1983; 1989-1992; 1997-2000; e Del Guerra

placas de bronze, com referências aos cargos e pe-

(vereador 1977-1983) foi presidente de maio de 1982

ríodos de participação na vida político-administrativa

a janeiro de 1983. Às esposas dos homena-

local, para serem afixadas nos túmulos.

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO SÚMULA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 05/04/2011 A) INDICAÇÕES: - Ao Executivo Municipal, sugerindo: - a construção de lombada na Rua André Bilota. - a substituição de lâmpada queimada na Avenida Brasil. - a instalação do Memorial do Esporte no prédio da antiga Estação Ferroviária. - avaliar a condição das árvores existentes no município. - a poda de árvore na Rua das Rosas. - a realização de serviços de tapa-buracos no Bairro Santos Dumont. - a realização de serviços de tapa-buracos na Rua XV de Agosto, na Vila Brasil. - a limpeza de uma casa abandonada na Rua Otávio Curi, nº 36, Vale do Redentor IV. B) REQUERIMENTOS: - Ao Executivo Municipal, solicitando informações sobre o envio de Projeto de Lei Geral Municipal que dispõe sobre legislação de incentivo para as Micro e Pequenas Empresas. - À Polícia Militar, solicitando informações sobre patrulhamento rural. C) MENSAGEM: A Câmara Municipal informa a todos que as sessões ordinárias são realizadas às terças-feiras a partir das 19:30. Nosso site: www.camarasjriopardo.sp.gov.br; Email: cmrpardo@camarasjriopardo.sp.gov.br

Alunos e professores do Projeto Shalom - Instituto Prefeito Lupercio Torres

Marco Antonio Gumieri Valério Presidente


A-6 - 9 de abril de 2011

Título deve ser regularizado até quinta O eleitor que não comparecer ao cartório eleitoral terá seu documento cancelado

Neste sábado tem competição de Vale Tudo

REPRODUÇÃO

Acontece neste sábado, a partir das 20 horas, no ginásio do Rio Pardo FC, o evento Classic Fight, reunindo lutadores de várias modalidades de artes marciais. O objetivo do evento, segundo os organizadores, é mostrar a arte marcial como esporte para todas as idades. Os convites estão sendo vendidos ao preço de R$ 15 para arquibancada e R$ 25 para pista, e podem ser adquiridos na Academia Avelinos e na Mix Mania. Estão previstos combates de vale tudo ou MMA (Mixed Martial Arts), uma luta de boxe profissional e uma de submission – esta, entre Caio Fornari e Guilherme Carvalho, ambos de apenas 13 anos de idade, que assim como outros lutadores da noite são estreantes neste tipo de modalidade. Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone (19) 3608-8452.

Papa João Paulo II será beatificado dia 1º de maio, em Roma

PROFESSOR ROQUE CÔNSOLO

Beatificação do papa João Paulo II leva apenas 6 anos de sua morte, cuja rapidez é justificada pelo Papa Bento XVI, que preside os trabalhos de beatificação e canonização da Secretaria do Vaticano, por ser o Papa João Paulo II, um exemplo para o mundo de hoje, e afirma ser compreensível diante das necessidades da igreja e seu fortalecimento. O prefeito da Congregação da Doutrina da Fé, o cardeal alemão Joseph Ratzinger, que hoje é o papa Bento XVI, amigo e seguidor da orientação da igreja. O Papa João Paulo II, de origem polonesa, país comunista na época, o que o levou a lutar pelo enfraquecimento da ditadura polonesa e, no Vaticano, isolou os cardeais comprometidos com a igreja progressista, promovendo bispos afinados com sua orientação religiosa. Ainda para defender os interesses da igreja, o papa João Paulo II desapontou algumas facções da igreja, que pediam desde a ordenação de mulheres como padres até o reconhecimento de casais de pessoas do mesmo sexo. A rapidez da evolução do processo é, também o reconhecimento da merecida reputação mundial de um dos homens mais influentes no final do século XX. O papa, por onde passava, comovia multidões

por sua simplicidade, pela maneira direta de dizer as coisa, por sua bondade e seu franco sorriso. Foram 23 anos de pontificado e visitas a 129 países, antes beijando o chão, ao descer dos aviões, abençoando-os e aos povos. Denominava-se cardeal Karol Josef Wojtyla, era respeitado e acreditado na religião católica por protegê-la das novas idéias. Do seu processo constava o necessário milagre. Aconteceu em 2005, com uma freira francesa, Maria Simon Pierre, misteriosamente curada do mal de Parkinson, a mesma doença que atingiu o papa em seus últimos dias de vida. Enfim, a rapidez no processo passa por afeto e afinidade política com Bento XVI, o seu sucessor. A beatificação do padre Donizeti, de Tambaú O padre Donizeti Tavares de Lima, pároco de

Tambaú, faleceu dia 16/ 06/1961. O período dos milagres foi de outubro de 1944 a maio de 1955. Paralisou as bênçãos coletivas na praça em 1955, por determinação do bispo de Ribeirão Preto – este sem conhecer os ótimos resultados das bênçãos do padre Donizeti. Não há como duvidar e eu, sempre ao lado do padre nos horários das bênçãos dentro da Casa Paroquial - foi convite do padre a mim - presenciei a dois milagres, na praça... Ali, na Casa Paroquial, presenciei dezenas de curas que constatamos serem milagres, devido a doenças e longos tratamentos. Curas milagrosas o dia todo. A tudo isso assisti, até escrever um livreto sobre as bênçãos milagrosas, as curas. Padre Donizeti Tavares de Lima 1º Nov/1946 É ordenado padre. Meses depois, deixa a Polônia

para estudar em Roma. 18 maio 1920 Karol Josef Wojtyla nasce em Wadowicw, aldeia perto de Cracóvia, na Polônia. — O autor é diretor aposentado do Instituto de Educação “Euclides da Cunha”; bacharel e licenciado pela Faculdade de Filosofia da USP/São Paulo; Diplomado em Pedagogia e Didática pela Universidade de Paris (Fra); ex-diretor regional do ensino de Campinas e Casa Branca; autor do livreto “Milagres do Padre Donizetti Tavares de Lima de Tambaú-SP”, como testemunha ocular do período dos milagres (1944/ 1955).

Minha declaração no interrogatório “Declaro, a bem da verdade, que só responderei sobre o que vi, presenciei e senti... Somente a verdade”.

Fiéis rezam diante de imagem de João Paulo II, que será beatificado em maio, em Roma

Quem deixou de votar nas três últimas eleições deve procurar o cartório eleitoral local, até quintafeira próxima, 14, para regularizar a situação e evitar o cancelamento do título de eleitor. Quem não compareceu no primeiro e segundo turnos de uma mesma eleição, já serão contadas duas eleições para efeito de cancelamento. Poderão ser contadas faltas às eleições municipais, eleições suplementares, referendos e plebiscitos. Não serão computadas as eleições que tiverem sido anuladas por determinação da Justiça. Além de ter o título cancelado, poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público, participar de concorrência pública ou administrativa, obter certos tipos de empréstimos e inscrição, além de poder se prejudicar na investidura e nomeação em concurso público. Também não poderá renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda, obter certidão de quitação eleitoral e obter qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado. Os eleitores que detém a prerrogativa constitucional do voto facultativo não precisam se subme-

ter às regras. São eles: os analfabetos, os que à época da eleição tinham entre 16 e 18 anos e os maiores de 70 anos. Também não estão sujeitos ao cancelamento os títulos dos eleitores portadores de deficiência que impeça o cumprimento das obrigações eleitorais. Em São José do Rio Pardo, a lista inicial divulgada em fevereiro pelo cartório eleitoral contava com 377 eleitores irregulares, número que, segundo o chefe de cartório Luciano Breguez de Poloni, não sofreu grandes mudanças, já que a procura tem sido mínima. Como fazer Os eleitores nessas condições devem ir até o cartório eleitoral local à rua Rui Barbosa, 222, levando documento de identidade oficial (original), comprovante de endereço como conta de água, luz ou telefone (não precisa estar em nome do eleitor), título de eleitor e comprovantes de votação ou justificação das últimas eleições, e comprovante de recolhimento da multa. Uma multa de R$ 3,51 será cobrada por turno faltante. A lista com os nomes de quem ainda precisa regularizar sua situação está disponível no cartório eleitoral local e site do TRESP (Tribunal Regional Eleitoral) – basta clicar no ícone de certidão de quitação eleitoral.

Continua a venda de convites para o rodeio Entre os dias 5 e 15 de maio, acontece em São José do Rio Pardo o 6º Rio Pardo Rodeio Show, com apresentações artísticas e atividades de rodeio. Os convites para a festa estão sendo vendidos em sete cidades da região. Neste ano a festa terá espaço próprio, ao lado do Posto W3, na estrada São José/Itobi. De acordo com a organização, para facilitar o acesso do público, haverá linha exclusiva de ônibus partindo do centro da cidade rumo ao local do evento e, depois, do evento ao ponto da igreja matriz. O pacote de convites para a festa está sendo comercializado a R$ 90,00 - convite simples para pista e que dá direito a todos os dias do evento. Há ainda pacote para área vip, por R$ 175,00. Quem optar por ingresso avulso, paga R$

20,00 (pista) e R$ 40,00 (vip). De acordo com a programação do evento, na primeira semana, na parte esportiva, nos dias 5, 6 e 7 estão previstas provas de team penning e dos três tambores – com a disputa de uma das etapas do campeonato da Associação Nacional de Três Tambores (ANTT). A parte musical terá como atrações os shows de Jorge & Mateus (dia 5), Pedro Paulo e Matheus (dia 6), Guilherme e Santiago (dia 7). Na segunda semana, além de provas de rodeio, também haverá apresentações musicais com João Carreiro & Capataz (12), Victor & Leo (13), Tomate (14) e Milionário e José Rico (15). Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (19) 3682-8823 e 3608-3637.


9 de abril de 2011 - A-7

Bandidos levam R$ 685 do posto Shell

Ação foi rápida: eles chegaram de moto e ameaçaram o frentista com um revolver O Posto Shell, na avenida Brasil, foi assaltado esta semana por dois homens que usaram uma motocicleta. O prejuízo foi de R$ 685. Os assaltantes – com capacetes e usando blusas preta e cinza, respectivamente - fugiram em direção ao trevo de Grama e Casa Branca e não foram localizados. Segundo informações da polícia, o assalto aconteceu na madrugada de sexta feira, dia 8. A moto foi vista pelo frentista C.A.C., de 22 anos, passando em frente ao posto e, segundos depois, ela retornou e parou nas proximidades de uma das bombas. O frentista achou que iriam abastecer. Nesse instante, o homem que estava na garu-

pa apontou um revolver e ordenou que o frentista passasse todo o dinheiro. O dinheiro foi entregue e os bandidos fugiram, não sendo encontrados pela polícia militar, que foi imediatamente chamada ao posto. Mulher tenta suicídio A dona de casa A.M.V., de 29 anos, natural de Tapiratiba mas residente em São José do Rio Pardo, tentou suicídio no dia 6, quando procurou se jogar na frente dos veículos. Transtornada e ferida nos punhos, ela já havia tentado se matar na madrugada anterior, segundo informações de seu amásio. Policiais foram chamados à região central da cidade, onde o fato ocorria, e ti-

veram que algemá-la para conseguir levá-la ao Pronto Socorro, onde foi atendida e ficou em observação. Placa gera discussão Uma discussão relacionada à colocação de uma placa de trânsito gerou uma briga verbal no dia 6, por volta das 15 horas, e por pouco não termina em briga física. O fato aconteceu no Vale 2, na rua João Fernando da Silva, quando o funcionário municipal L.A.M., de 48 anos, viu um menino de cerca de 8 anos arrancando uma placa de sinalização de ônibus (parada de ponto de circular). O menino, por sua vez, disse que F.M.S., de 21 anos, foi quem lhe deter-

A pergunta de sempre: por quê? LUIZ LEITÃO A carta do atirador da escola do Rio, que matou 13 pessoas, ontem, sete de abril de 2011 pela manhã, não faz muito sentido, ou não faz nenhum, à primeira vista. Ele parece querer dizer que deseja que a casa seja vendida ou usada em benefício de animais. Mostra um amor por bichos que destoa da barbaridade perpetrada contra crianças, na maioria. Muitos tentarão explicar o episódio analisando a personalidade do assassino, falando na facilidade de se obter uma ou várias armas, que aqui no Brasil não são vendidas a granel como nos Estados Unidos ou no vizinho Paraguai, onde se compra uma submetralhadora e se a revende, no Rio, em São Paulo ou alhures por dez vezes o custo inicial. Traficar armas dá mais lucro do que drogas. Quem se lembrará da facilidade em fazer passar esses artefatos através de nossas fronteiras, com ou sem a conivência dos agentes aduaneiros e policiais? Voltará o inócuo clamor pela pena de morte? Pelo endurecimento das penas, que já são duras, mas são prejudicadas pela Lei das Execuções Penais e pelo Código de Processo Penal. Nosso congresso acaba de manter, num jogo de cena entre a Câmara e o Senado, a prisão especial para autoridades e detentores de diploma de curso superior, como se o grau de instrução não

devesse infundir maior responsabilidade nas pessoas. Nenhum político foi até agora condenado pelo Supremo Tribunal Federal, e é de se duvidar se algum dia algum o será. Mantemos o foro privilegiado para “autoridades”, ainda que elas sejam causadoras de males que matam muito mais gente que essas treze vítimas da tragédia de Nilópolis, algo que nunca imaginávamos pudesse acontecer por essas bandas; coisa de americano, já acostumado com essas carnificinas que acontecem fatalmente, de tempos em tempos, sem que nada mude por lá, graças ao poderoso lobby da National Rifle Association (NRA). Nada muda por lá, tampouco por aqui. A loucura que fez com que esse psicopata acabasse com a vida de treze pessoas é a mesma que mantém os privilégios legais dos poderosos, dos deputados intocáveis que atacam os homossexuais - e recuam covardemente das ilações racistas porque racismo é crime imprescritível, logo, um dia, seriam julgados. Mas investem contra os homossexuais, alimentando a sanha assassina das dezenas de gangues que, só em São Paulo, passam de vinte, e perseguem, pela sua lógica insana, os “diferentes”: negros, homossexuais, nordestinos, prostitutas. Não percam tempo tentando entender o que já está explícito há tempos na impunidade “branca”, “limpa” da nossa politicalha. Ela é igualzinha à do assassino que, suicidando-se, li-

vrou-se de ir parar num cárcere imundo. Talvez, se tivesse direito à prisão especial, pensasse duas vezes antes de meter uma bala na própria cabeça. Eis a lista, caro leitor, dos cidadãos que viajam de primeira classe na maionese legal brasileira, conforme o artigo 295 do Código de Processo Penal: ministros de Estado, governadores ou interventores de Estados ou Territórios, o prefeito do Distrito Federal, seus secretários, os prefeitos municipais, os vereadores e os chefes de Polícia; membros do Parlamento Nacional, do Conselho de Economia Nacional e das Assembleias Legislativas dos Estados, os cidadãos inscritos no “Livro de Mérito”; os oficiais das Forças Armadas e os militares dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios; os magistrados; os diplomados por qualquer das faculdades superiores da República; os ministros de confissão religiosa; os ministros do Tribunal de Contas; os cidadãos que já tiverem exercido efetivamente a função de jurado, salvo quando excluídos da lista por motivo de incapacidade para o exercício daquela função; os guardas-civis dos Estados e Territórios, ativos ou inativos, os delegados de polícia e os guardas-civis dos Estados e Territórios, ativos e inativos. A presidente Dilma Rousseff terá agora a oportunidade de vetar a matéria. Luiz Leitão da Cunha é j o r n a l i s t a luizmleitao@gmail.com

minou arrancar a placa. F.M.S. e L.A.M. então começaram a discutir e os ânimos se acirraram, chamando a atenção de P.H.P.O, de 24 anos, que também mora no Vale 2 e igualmente reclamou da colocação da placa naquele lugar. P.H.P.O. disse à polícia que L.A.M. começou a xingá-lo e ele retribuiu, gerando tumulto. Albergado foragido O pedreiro e preso albergado L.A., de 35 anos, fugiu da polícia militar esta semana mas foi detido depois. O fato ocorreu dia 6, de madrugada. Assim que foi detido ele reconheceu que, por estar na condição de albergado, deveria estar pernoitando na cadeia e não estava cumprindo tal determinação judicial. Ele mora no bairro São José e foi levado para a delegacia na viatura, indo depois para o xadrez. PM apreende objetos A Polícia Militar apreendeu no dia 6, de madrugada, vários objetos roubados provavelmente por L. H. L. S., de 31 anos, residente no bairro Domingos de Sylos. O suspeito é bem conhecido nos meios policiais pela prática desse delito mas, como sempre, negou a autoria dos furtos. Na casa onde ele estava, de qualquer forma, foram encontrados: um rádio relógio, uma pequena morsa, uma TV pequena, uma vassoura e um rodo novos e ainda seis lanternas. Se for dirigir, não beba (1) Um motorista aparentemente bêbado, B.R.C., de 55 anos, que dirigia um Fusca bege, teve seu veículo envolvido em um acidente com um Gol vermelho no dia 3 de abril, às 18h40. O acidente aconteceu na rua São Cristóvão, no bairro Santo Antônio, e deixou uma pessoa ferida, a jovem P.P.E., de 19 anos, que ia como passageira do Gol. O motorista do Gol, A.A.C., de 23 anos, disse à polícia que o Fusca colidiu frontalmente contra seu carro. Na delegacia, B.R.C. recusou-se, inicialmente, a fazer a coleta de sangue para averiguar a quantidade de álcool em seu organismo, mas depois acabou concordando. Se for dirigir, não beba (2) Outro acidente ocorrido

no dia 3, também no Santo Antônio, às 21h30, teve resultado parecido e a causa também foi semelhante: motorista aparentemente embriagado. Para piorar, ele estava com a CNH vencida desde 2004. Segundo boletim de ocorrência da polícia, M.P.A.N., de 32 anos, dirigia um Monza bege pela rua Dom Pedro II no sentido bairro – centro quando, perto da igreja católica do bairro, houve o choque contra um Uno laranja dirigido por J.D.R., de 38 anos, que transitava em sentido oposto. Houve vítimas: G.S., de 3 anos, e R.C.S., de 36, a qual foi levada ao Centro Cirúrgico do Hospital São Vicente. Idoso é atropelado Aconteceu um atropelamento no dia 4, por volta das 15h30, e o autor fugiu sem prestar socorro à vítima, F.F., de 85 anos. Segundo informações de testemunhas à polícia, F.F. foi atingido por um Tempra azul quando estava nas imediações da Praça Tiradentes. Foi socorrido por populares e levado ao Pronto Socorro, onde ficou em observação. Carroça na contramão Uma motocicleta atingiu uma carroça no dia 7, às 19h30 aproximadamente, no cruzamento entre a avenida Antônio Pereira Dias e Comendador Luis Gonçalves. A moto era pilotada por J.P.M., de 44 anos, e ia no sentido centro – bairro quando ocorreu o choque com a carroça, que estava na contramão. O homem que estava guiando a carroça fugiu do local do acidente. Houve danos materiais na moto. Moto foi apreendida Uma moto CG 125 vermelha, ano 2000, foi apreendida pela Polícia Militar no dia 1º de abril, de madrugada, na Vila Formosa. A moto estava sem a placa de identificação e com o chassi raspado. O dono do veículo foi depois requisitado pelos policiais para dar explicações e providenciar a regularização da moto. Queria ser preso Também no dia 1º de abril aconteceu algo, no mínimo, inusitado: um rapaz de 33 anos “pediu para ser preso”, após ser flagrado descumprindo uma or-

dem judicial e depois de ter colocado fogo no colchão, na casa de sua mãe. O fato estranho ocorreu no centro da cidade. A mãe dele, M.A.R.C., de 59 anos, chamou a polícia e explicou que seus dois filhos – J.M.C., de 19 anos, e D.C., de 33 anos – estão proibidos judicialmente de se aproximar de sua casa, mas, na madrugada daquele dia, descumpriram tal ordem. Não apenas foram lá, mas brigaram com ela e atearam fogo no colchão. D.C. teve seu desejo de “voltar para a cadeia” atendido e acabou levando consigo J.M.C. Ameaça de tiro Ainda no dia 1º, às 13h50, no bairro Santo Antônio, um morador de 43 anos estava passando de moto pela rua Mario Scoqui, com um filho na garupa, quando foi avistado por um conhecido, que lhe fez um gesto com uma das mãos imitando arma, como que ameaçando dar-lhe um tiro depois. O morador, R.D.N., disse à polícia que esta é a terceira vez que isso ocorre e, desta feita, ele avisou a policia. Cigarros furtados Houve um flagrante de furto na avenida Independência: dois maços de cigarros foram levados do caixa de um estabelecimento comercial no dia 1º e o autor, M..D.E., de 18 anos, foi achado pela polícia na praça Oliveiros Pinheiro, pouco depois do furto. Ele estava em companhia de M.A.P., de 22 anos, a quem deu um dos maços. Ambos foram levados à Delegacia. Furto em oficina Uma furadeira, uma lixadeira e um rádio portátil foram furtados de uma oficina de funilaria situada no bairro Santa Teresa, no dia 2, possivelmente durante a madrugada. O dono da oficina, C.M., de 47 anos, percebeu o furto quando chegou para trabalhar e viu algumas telhas quebradas. Ele chamou a polícia e esta registrou o B.O. Briga em família P.L.S., de 45 anos, cunhado de S.A.R., de 24 anos, embriagou-se e agrediu-o com um pedaço de pau. A agressão aconteceu no dia 2, por volta das 18 horas, no bairro Eduardo Cassucci, por motivos familiares.


A-8 - 9 de abril de 2011

Estrada rural deixa os alunos sem aulas Ônibus ficou atolado, estudantes protestaram e motorista acabou remanejado

“Há vários meses, nós estamos pedindo melhoria nestas estradas. Pedimos até para um vereador que tem propriedade aqui perto e nada foi feito. Agora, o resultado é este que você está vendo”, dizia indignado um produtor rural, quase isolado na região do Alto Chapadão, zona rural de São José do Rio Pardo. Local de plantações de verdura e também de cana, a região concentra muitos moradores que são prejudicados com as condições precárias das estradas rurais. O fato vem sendo noticiado há vários meses e como os serviços não chegaram, basta uma chuva para que a situação se agrave. Na terça-feira, dia 5, cerca de 20 alunos foram protestar na Secretaria Municipal de Educação, contra a precariedade da estrada por onde passam diariamente e que os traz à escola no Vale do Redentor. Naquela manhã, o ônibus ficou preso em um lamaçal na Fazenda Lagoa. Resultado: perderam a aula. Após ajuda de proprietários rurais, o veículo foi retirado da lama e o motorista levou os estudantes até a Secretaria de Educação. Lá, eles reivindicaram melhores condições de

acesso à escola. O secretário de Agricultura, Felipe Quessada, e a secretária de Educação, Rita Zanetti, receberam os estudantes. Segundo Quessada, desde sextafeira (1º de abril) as máquinas da Prefeitura estavam na região para fazer serviços de melhoria das estradas, “mas as chuvas atrapalharam”. Sem condições de tráfego, os estudantes ficaram sem aulas na segunda, terça e quarta-feira, quando a estrada foi finalmente consertada. A secretária Rita Zanetti explicou que solicitaria às escolas reposição de atividades para os estudantes prejudicados. Uma aluna que mora na região do Sítio do Perilo explicou à reportagem que o motorista que os conduziu à Secretaria da Educação na terça-feira, para reivindicar melhoria da estrada, foi transferido de linha. Sem manutenção O problema das estradas rurais foi noticiado na semana anterior. Na ocasião, o secretário Felipe Quessada alegou que parte dos estragos são causados pela água que os proprietários rurais jogam no leito das estradas.

REPORTAGEM

Atoleiro na Fazenda Lagoa impediu circulação de ônibus e alunos ficaram três dias sem ir à escola

“Você está vendo. Aqui não há canais que trazem água da minha propriedade para a estrada e ela está em péssimas condições. Isto porque, há meses não jogam cascalho, não passam máquina. Choveu bastante e como não houve manutenção quando era para ser feita, tudo virou lama e buraco”, diz o agricultor que conversou com a reportagem. “Eu desafio o Quessada a mostrar este problema de água na minha propriedade”, completou.

REPORTAGEM

Estudantes se encontraram com a secretária da Educação, Rita Zanetti, e com o secretário de Agricultura, Quessada, para pedir melhores estradas


9 de abril de 2011 - A-9

Inadimplência dos alunos da Feuc diminui

Buscando equilíbrio financeiro, diretoria cria oportunidades para alunos pagarem em dia A Faculdade Euclides da Cunha (Feuc) continua empenhada na busca pelo equilíbrio financeiro e, pouco a pouco, vem conseguindo reduzir a inadimplência dos alunos. De quatro anos para cá, quando alterou a duração dos cursos e os tornou semestrais (eram anuais), além de conceder descontos significativos aos alunos que pagam até o décimo dia do mês, a Feuc reduziu entre 20% a 25% a inadimplência. Marcos De Martini, o novo diretor da Feuc, e Osvaldo Aulino da Silva, diretor de orçamento, gestão e finanças, explicam que os descontos chegam a quase 50% para quem está no primeiro semestre de qualquer curso. Os descontos são decrescentes,

porém, nos semestres seguintes. De qualquer forma, segundo os diretores, eles têm sido importantes para a redução dos inadimplentes. Bolsas Em relação à situação das Auxiliares de Desenvolvimento Infantil (ADIs) das creches municipais, que desde 2010 receberam bolsa integral para cursarem Pedagogia na Feuc, De Martini explica que, até onde ele sabe, não há qualquer exigência para que elas prestem serviços à comunidade, como ocorre, por exemplo, com alunos bolsistas do curso de Educação Física. Estes, pelos critérios da concessão das bolsas que receberam, efetuam atividades no DEC e

em entidades locais. Alunos de outros cursos também tiveram seus nomes encaminhados esta semana às secretarias municipais de Meio Ambiente, Educação e Cultura, para que as mesmas solicitem seus serviços em eventos de final de semana, mas isso não ocorreu com as ADIs. O contrato da Prefeitura com a Feuc não prevê que as ADIs sejam obrigadas à prestação desses serviços. De Martini garantiu que os repasses de verbas da Prefeitura referentes aos bolsistas, assim como os que constam do orçamento anual, estão ocorrendo normalmente, em parcelas mensais contínuas. O diretor reiterou que esses recursos, mais as mensalidades dos alunos, estão sen-

do utilizados para chegar ao equilíbrio financeiro da instituição de ensino. Ou, como diz Osvaldo Aulino, “para que haja uma previsibilidade de gastos e receitas”. Quanto ao futuro campus da Feuc, De Martini acredita que em breve a Prefeitura poderá publicar o edital que possibilitará a definição da empresa que fará a obra. Segundo explicações que foram dadas pela Prefeitura à direção da faculdade, houve atrasos na conclusão dos projetos técnicos, incluindo o elétrico, e, com isso, atrasou também o edital. De qualquer forma, os diretores da Feuc estão otimistas e acreditam que em breve terá início o trabalho de construção do campus.

PAT oferece mais de 60 vagas de emprego O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de São José do Rio Pardo está com mais de 60 vagas disponíveis para trabalhos em diversas áreas. Os interessados podem pesquisar as oportunidades pelo “Emprega São Paulo”, sistema online gratuito de intermediação de mão de obra do Governo do Estado, gerenciado pela Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT). De acordo com informa-

ções da divisão e relações do emprego e trabalho, a meta estipulada, que é empregar 42 pessoas por mês, foi atingida. Além de cadastro, triagem, treinamento e encaminhamento, no PAT é possível dar entrada no seguro desemprego e fazer a carteira de trabalho. O “Emprega São Paulo” facilita o encontro entre o empregado e o empregador, já que todos os procedimentos ocorrem pela

internet: cadastro de currículos e de vagas, encaminhamentos e convocações para entrevistas – que também são feitas via mensagem SMS. Segundo a coordena��ão do Posto, é uma forma alternativa à intermediação presencial de mão de obra: as informações é que se deslocam – dentro do sistema –, e não as pessoas. Com isso, o profissional é valorizado, já que, mesmo sem es-

tar desempregado, continua inscrito e é informado quando há vagas disponíveis no seu perfil. O programa conseguiu recolocar mais de 314 mil pessoas no mercado de trabalho e foram mais de 2,9 milhões de currículos cadastrados no sistema em todo o Estado. Mais informações podem ser obtidas direto no PAT, à rua José Andreoli, nº 132, ou pelo telefone 36816144.

VAGAS PARA AMBOS OS SEXOS 2 vagas para vendedor(a) ambulante, sem experiência, para vender icegurte – comissionado. 1 vaga para motoboy ou motogirl para entregar lanches, ter CNH A e moto própria. 2 vagas para vendedor(a) externo(a) - ter ensino médio completo. Para trabalhar com vendas em geral, na região de São José do Rio Pardo. Salário fixo + comissão (com registro). Necessário ter moto própria. 1 vaga para estagiário(a) - tem que estar cursando administração ou direito.

2 vagas para instalador de cerca elétrica, acima de 18 anos e com experiência 1 vaga para garçom, acima de 18 anos e com experiência. 1 vaga para caseiro, para morar no local. Um casal; o homem para fazer serviços diversos, a mulher para fazer serviços domésticos, não pode ter filhos. 1 vaga para retireiro/caseiro - casal para morar no local. O homem tem que ter experiência como retireiro. 1 vaga para vendedor, acima de 18 anos. Fazer vendas de planos corporativos da Tim. Ter CNH A e B. Com experiência na área de vendas. 1 vaga para vidraceiro, para trabalhar com vidraçaria, com experiência em vidro comum ou temperado. 1 vaga para técnico em recarga de cartuchos, para fazer recarga de cartucho e tonner. Com experiência. 1 vaga para trabalhador agropecuário, para morar na fazenda, ter experiência na área de café, retiro e granja. 1 vaga para vendedor externo, para vender peças de assistência de celulares, que já tenha experiência em vendas, faixa salarial será de 20% sobre as vendas (necessária CNH B).

1 vaga para auxiliar técnico em eletrônica, para instalação de cercas elétricas, alarmes em geral, incluindo o automotivo, câmeras de segurança, portões eletrônicos, insufilm e som automotivo, ensino médio completo, CNH A e B. Com experiência. 1 vaga para montador de estrutura metálica, com experiência. 1 vaga para serralheiro, com experiência. 1 vaga para soldador, com experiência 1 vaga para caldeireiro, com experiência 1 vaga para eletricista residencial, com experiência na área 1 vaga para recepcionista e auxiliar geral - ter Ensino Médio completo e CNH A. Com experiência na área. 1 vaga para caseiro - casal que não tenha filhos pequenos, o homem para fazer serviços gerais, com experiência na área rural, a mulher é para fazer os serviços domésticos. 1 vaga para carpinteiro de obras, com experiência 1 vaga para técnico em enfermagem ter curso técnico em enfermagem, com experiência 1 vaga para chapeiro, para fazer lanches.

1 vaga para porteiro, com experiência. 1 vaga para pintor de caixa de transformador, com experiência.

VAGAS MASCULINAS 1 vaga para atendente de farmácia, com experiência em balcão de farmácia, para trabalhar à noite. 1 vaga para trabalhador agropecuário, para serviços diversos - ter habilitação para morar no local. 1 vaga para trabalhador rural, entender sobre gado de porte; saber andar a cavalo e dirigir trator; que saiba vacinar, ter experiência comprovada. Para morar no local, pode ter filhos.

VAGAS FEMININAS 1 vaga para cabeleireira, com experiência - trabalhar realizando cortes em geral, tinturas e penteados. 1 vaga para auxiliar de escritório, com experiência na parte fiscal. 1 vaga para vendedora externa, para fazer vendas de pizzas por agendamento - com experiência. 4 vagas para manicure, com experiência. 1 vaga para atendente de lanchonete, com experiência. 1 vaga para auxiliar de cozinha, para fritar pastéis na fritadeira elétrica, montar pastéis e ajudar no que for necessário. 1 vaga para auxiliar administrativo, com experiência de seis meses no mínimo. 1 vaga para babá, para cuidar de duas crianças, e disponibilidade para morar em Florianópolis - com experiência. 1 vaga para auxiliar de cozinha, com experiência, para fazer serviços gerais.

REPORTAGEM

Marcos De Martini e Osvaldo Aulino da Silva: equilíbrio financeiro é a meta

Palestra com o cônego Na segundafeira, 4 de abril, c o m o p a r t e das comemorações pelo aniversário de fundação de São José do Rio Pardo, a Feuc promoveu mais uma atividade do programa “Feuc Comunitária” com a palestra apresentada pelo cônego João Antônio Darcie. Ele falou para alunos dos cursos de Pedagogia e Letras, e também para exalunos, professores e corpo docente da instituição. Dentre os presentes, Ari Menardi Júnior, Luís Arcúrio, Sônia Siquelli e o diretor Marcos De Martini. Na palestra “Rumo à autonomia”, o cônego Darcie, de forma didática, promoveu uma reflexão sobre o conceito de autonomia como parte do processo educacional promovido pela escola. Chamou atenção para os fundamentos do conceito de autonomia - que vem do grego autos, por si só - como uma condição natural do ser humano, à medida que este amadurece seu orgânico, seu cognitivo e sua afetividade. Buscou mostrar a influência da mídia nesse processo educativo da criança, como forma de condução ou alienação dessa autonomia.

DIVULGAÇÃO

“Utilizar a força da pedagogia contra o absolutismo do relativismo midiático” e “utilizar a ‘paciência’ da pedagogia contra o utilitarismo manipulatório”. Abordou também, com exemplos do cotidiano da sua experiência como religioso, os conceitos de heteronomia (ausência de liberdade) e antinomia (libertação da liberdade). Encerrou, frisando a importância da sinderése (senso moral espontâneo; bom senso) ao educar crianças e jovens, neste contexto social onde família e escola cumprem esse papel de Educar para Autonomia. Citando Adler, “o amor é a lógica que nos une uns aos outros”. Para a professora Sônia Siquelli, que acompanhou a palestra “foi um momento muito especial para os alunos dimensionarem, de uma outra maneira, sob um outro olhar, a importância do conhecimento pedagógico para o entendimento das pessoas, principalmente das crianças”.


A-10 - 9 de abril de 2011

Segundo filho é um desafio para os pais

Quanto menor for a diferença de idade entre irmãos, maiores serão as dificuldades GISELLE TORRES BIACO

Trabalho de mãe nunca termina, apenas muda de fase. Com o nascimento do primeiro filho, surgem dúvidas, inseguranças, sono, cansaço. Entretanto, diante do segundo filho, todas essas dificuldades são minimizadas pela experiência e a mãe já tem o seu jeitinho de lidar com elas. Aí surge um novo desafio: um par de olhinhos assustados, enciumados, observadores. O primeiro filho sofre a perda do lugar de destaque, teme não ser mais o objeto de amor dos pais, angustia-se com a possibilidade de ser esquecido. “Estudos mostram que quanto menor for a diferença de idade entre os irmãos, maiores as dificuldades em relação ao ciúme”, informa a psicóloga Cecília Magalhães de Andrade, da Medicina Preventiva da Unimed Rio Pardo. Ela explica que a chegada de um segundo filho pode trazer muitas alegrias para a família, inclusive para o irmão, mas que na maioria das vezes provoca ciúmes e rivalidade, o que é motivo de preocupação para os pais. “A criança pode apresentar reações como a regressão (voltar a fazer xixi na cama, chupar dedo ou voltar a chu-

par chupeta, agir e falar de forma infantilizada), outras vezes pode sentir-se irritada, nervosa ou agressiva, experimentando sentimentos contraditórios de amor e ódio (que podem ser expressos, por exemplo, quando um irmão vai abraçar o bebê e chega a machucá-lo).” O segredo, segundo Cecília, é a compreensão. “Os pais precisam compreender essa fase que o filho mais velho está passando e não criticá-lo ou puni-lo por sentir-se assim. Devem repreender o comportamento inadequado, porém nunca criticá-lo sobre reação e sentimento (você não pode sentir ciúmes, isso é coisa feia, entre outras falas). Caso o filho faça algo que desagrade, espere a raiva passar e mostre que o que ele fez está errado e que não aprova este comportamento. Do mesmo modo, quando a criança fizer algo que seja adequado, transmita aprovação e o carinho necessário.” O papel do pai, nesse período, é tão importante quanto o da mãe. “O pai poderá realizar atividades com seus filhos, já que a mãe encontra-se mais envolvida nos cuidados primários do bebê.” Preparativos Os pais devem preparar

o filho para a chegada do bebê, tranquilizando-o quanto ao seu lugar na família. “Deve-se antecipar a chegada do irmão e procurar alterar o mínimo possível a rotina da casa. Não é o momento de mudá-lo de quarto, nem colocá-lo numa escolinha, mas, se for o caso, é importante prepará-lo para essa mudança antes que o bebê nasça”, aconselha Cecília. Portanto, as alterações na vida da criança devem ser feitas antes, para que ela não associe as mudanças à chegada do irmãozinho. “O filho mais velho precisa se sentir incluído na relação, participando da chegada do novo membro na família desde que este está na barriga: os preparativos, escolhas e opinião sobre nome, roupas, envolvendo-o até no auxílio aos cuidados com o recémnascido”, diz. Entretanto, os pais devem estar atentos aos excessos de “sim”, que podem ocorrer como uma tentativa de suprir a atenção que o filho acredita ter perdido. “Em todos os momentos da vida da criança isso pode ser prejudicial, pois o “sim” representa a falta de limite e o excesso de permissividade, levando a criança a acreditar que tudo o que ela quiser vai conseguir. Isso ten-

REPORTAGEM

Cecília: pais devem se atentar para o excesso de “sim”, que é prejudicial em qualquer fase da vida

de a se agravar conforme o passar dos anos – antes era um doce, amanhã um brinquedo e, quando maior, a proporção das coisas que se pede vai aumentando”, explica a psicóloga. Aprendendo com a situação É compreensível que uma criança, ao se deparar com um bebê no es-

paço que antes era somente seu, sinta-se ameaçada, insegura, com medos. A intensidade, o quanto vai durar e como será, segundo Cecília, dependerá de como a família vai lidar com a questão. “O ciúme não é tão ruim se a chegada do irmão for aproveitada para criar limites, a fim de que o mais velho aprenda a dividir coisas, a viver em

sociedade, permitindo o desenvolvimento de seus relacionamentos de forma satisfatória nos âmbitos afetivo e social.” Aceitar os filhos e suas diferenças, valorizar suas qualidades sem comparações é a melhor forma de transmitir a eles segurança, e diminuir sentimentos que possam gerar ciúme e rivalidade.


9 de abril de 2011 - A-11

Obras inacabadas prejudicam o Distrito Construção de galerias começou no ano passado e deixou ruas em situação precária Eduardo Eron Continua muito ruim a situação das ruas no Distrito Industrial (DI), agravado ainda mais com a abertura de buracos para a construção de PVs (poços de visita). Os buracos foram feitos pela empresa EBCI, de Campinas, vencedora da licitação da Prefeitura riopardense em 2010 para implantação do projeto de saneamento básico no DI. Também as ruas por onde passam os ônibus urbanos da Tuga no bairro Carlos Cassucci estão em péssimo estado, sem previsão de conserto em curto espaço de tempo. Ciente das reclamações constantes dos motoristas e usuários das ruas nos

dois lugares, o engenheiro e secretário de Obras, Marco Aurélio Feltran, espera para o final deste mês o início da fase de recapeamento e/ou tapa-buracos no DI. Algumas ruas receberão apenas tapa-buracos, outras serão recapeadas, segundo ele. O projeto está orçado em R$ 556.312,04, com verba federal conseguida pelo deputado Silvio Torres no valor de R$ 385.099,85 e contrapartida da Prefeitura de R$ 171.212,18. Marco Aurélio lembra que o DI é um bairro industrial praticamente sem rede de esgoto, sendo que as empresas ali instaladas usam, em sua maioria, o sistema antigo de fossas. Para construir no DI uma rede coletora de esgotos ligada

à Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) da Nova São José, foram projetados PVs em todas as ruas, faltando agora apenas 10% dos 40 programados. O problema, segundo o secretário, é que a ETE da Nova São José já não consegue atender a rede de esgotos dos bairros que usam seu sistema de tratamento: Eduardo Cassucci, Rheder, Vila Verde, Portal Buenos Aires, Jardim dos Ipês I e II. Com isso, optou-se pela ampliação da ETE paralelamente à implantação dos PVs no DI. Agora o projeto está na fase de implantação das redes coletoras e um novo tanque será erguido na ETE, para ampliá-la. “Mas para implantar essas redes e instalar os po-

A abertura de poços de visita (PV), necessários à rede de esgoto, vem provocando mais sujeira nas ruas do Distrito

ços de visita tivemos que ‘rasgar’ as ruas do Distrito Industrial”, admite Marco Aurélio. “Só depois disso e após as empresas fazerem a interligação de seus esgotos à rede das ruas é que iniciaremos o recapeamento”. O projeto prevê a instalação de 2.600 metros lineares de tubulações de 150 milímetros, que serão unidas a 86 interligações, com os respectivos ramais, para que todas as empresas do DI sejam atendidas. Quando tudo estiver pronto, as fossas atuais deixarão de ser usadas e todo o esgoto do lugar será coletado para a ETE Nova São José. “Espero que no final de abril tenhamos condições de iniciar o recapeamento e o tapa-buracos no Distrito”, disse o secretário. “Para isso, nossa equipe de tapa-buracos está trabalhando todos os dias de sol, das 7 horas às 21 horas”. Marco Aurélio afirmou, por fim, que assim que o DI estiver concluído, o trabalho de tapa-buracos será feito no bairro Carlos Cassucci, indo depois disso para o Jardim Aeroporto. A rua Dr. Roque de Paiva Machado, no Cassucci, que é paralela à rodovia para Mococa, é a mais danificada de todas, estando quase intransitável em alguns trechos e a reclamação dos motoristas é constante.

REPRODUÇÃO GOOGLE

Mesmo nas ruas sem PV, a situação atual é de muito entulho e, quando chove, há formação de várias poças de água

Insegurança Sem o término das obras, só resta aos proprietários de empresas do Distrito Industrial reclamar. “Já não aguentamos mais o descaso por parte da prefeitura nas ruas deste bairro e de toda a cidade”, diz um empresário, destacando que quando chove, o problema se agrava. Além dos buracos, tanto trabalhadores quanto os empresários reclamam da falta de segurança, em razão da má iluminação das ruas e da ausência de patrulhamento no local. “Com as ruas desse jeito, nem a Polícia pode fazer ronda, porque corre o risco de quebrar a viatura e com a Guarda Municipal é do mesmo jeito”. Por email, outro empresário comenta: “Já foram feitas umas duas matérias pela própria Gazeta e me recordo que em uma delas o nosso digníssimo prefeito havia alegado que a empresa contratada tinha até dezembro de 2010 para concluir os trabalhos. E hoje, que desculpa será que o ilustríssimo prefeito tem a nos dar? Será que os cidadãos rio-pardenses não estão pagando seus impostos? Impossível, isso a prefeitura jamais deixaria acontecer”, conclui. (Gi)


A 12 - 9 de abril de 2010

Dengue: número de casos sobe para oito A população deve colaborar, evitando deixar água parada e eliminando criadouros

Prefeitura arrecada R$ 42 mil em leilão A Prefeitura Municipal conseguiu vender 10 dos 14 veículos participantes do leilão que foi promovido na última terça-feira, dia 5, na Secretaria de Turismo da autarquia. Os quatro restantes passarão por uma nova rea-

valiação para serem novamente leiloados. De acordo com as informações do setor de licitação, o valor arrecadado foi de R$ 42.026,65, dinheiro que já foi depositado pelos compradores na conta da Prefeitura. O

secretário de Gestão Pública, Walkyr Veronese Júnior, informou que o preço de venda ficou cerca de 10% acima do preço médio, ou seja, a Prefeitura conseguiu aumentar sua expectativa de venda neste leilão.

Interessados conferiram de perto os veículos oferecidos: maior preço estipulado foi de R$ 8 mil, para o caminhão Mercedes Benz

Com a confirmação de mais quatro casos de dengue na terça-feira, pela Vigilância Epidemiológica, sobem para oito o número de casos confirmados, todos autóctones, ou seja, contraídos no próprio município. Segundo a Secretaria de Saúde, a situação não é de pânico, mas merece atenção de todos para evitar uma possível epidemia. De janeiro a abril foram notificados 33 casos suspeitos, dos quais sete aguardam resultado de exame; os demais foram descartados. Os casos confirmados estão no centro, Buenos Aires, Vila Brasil, Vila Verde e também na zona rural. Os que aguar-

dam resultado de exames residem nos bairros Vale do Redentor, Vila Formosa, Buenos Aires e Eduardo Cassucci. A Secretaria de Saúde informa que muitos têm sido os esforços para conter o avanço do número de casos na cidade, com os agentes nas ruas, passando de casa em casa e em terrenos baldios. No entanto, é necessário que a população colabore e evite deixar água parada eliminando, assim, os criadouros do mosquito Aedes aegypti. “O problema não é só da Prefeitura ou da Secretaria de Saúde, é um problema de todos. Sem a colaboração das pessoas não conseguire-

mos vencer o que poderá vir a ser uma epidemia”, disse a secretária de Saúde Irene Maria Rondinelli Muradi. A enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica, Denise Rondinelli Cossi Salvador, diz que é preciso que a população tome consciência das consequências que esta doença pode trazer. “Essa não é uma doença comum, ela pode matar. Por isso, é preciso que todos ajam contra a proliferação do mosquito. Não é necessário pânico e ainda não estamos em situação de alerta, mas não podemos deixar chegar a este ponto para tomarmos as medidas corretas”.

Concurso da Prefeitura é neste domingo Um total de 505 pessoas inscritas, segundo a Prefeitura, concorrem neste domingo, dia 10, às 35 vagas de professores oferecidas pela rede municipal de ensino. As provas serão realizadas no prédio central da Unip em dois períodos, manhã e tarde, havendo candidatos que participarão só de uma prova e candidatos que participarão das duas, por opção dos cargos pretendidos. Os salários para o cargo de professor variam de

R$ 6,45 a R$ 7,29 hora/ aula. Das vagas oferecidas, 30 são para Professor Auxiliar de Educação Básica – Ensino Infantil e Fundamental I; duas vagas são para Professor Auxiliar de Educação Especial; uma vaga para Professor de Educação Infantil com curso superior; uma vaga para Professor de Ensino Fundamental (1ª a 4ª série) com curso superior; e uma vaga para Professor de Ensino Fundamental (5ª a 8ª séries) – inglês.

Advogados Outro concurso em andamento e com prova também neste domingo, dia 10, é o que visa a contratação de dois advogados, além de cadastros de reserva. Para concorrer a uma vaga no Departamento Jurídico da Prefeitura é exigido que o candidato tenha curso superior completo em Direito, com registro no respectivo órgão de classe (OAB). O salário é de R$ 1.060,02 para carga horária de 30 horas semanais.


A-13- 9 de abril de 2011

DOMINGÃO

Barra confirma favoritismo e é campeã Não faltou emoção na segunda partida da final do Campeonato Domingão de Futebol, na manhã de domingo (3) no estádio do Botafogo. O time da Fazenda São José da Barra confirmou o favoritismo, venceu o dono da casa por 3 a 2 e ficou com o título da competição. Logo no início do jogo, Cocão fez 1 a 0 para o Botafogo, mas minutos depois numa falha da arbitragem o time da Barra empatou em 1 a 1, com gol de Luís André. “Não foi escanteio, o próprio jogador da Barra que chutou a bola para fora sem tocar em ninguém”, disse o técnico Pingo (Botafogo) lamentando o erro da arbitragem que marcou escan-

teio e no lance o time da Barra marcou o gol de empate. Ainda no primeiro tempo o jogador Tatu marcou o segundo gol do Botafogo, mantendo as esperanças do time e da torcida tricolor em ver a decisão nos pênaltis. Na etapa final, o meia atacante Daniel Galo acertou um belo chute da entrada da área empatando novamente a partida. O gol mais bonito aconteceu nos minutos finais. O jogador Greg (Barra) pegou a bola no meio campo, passou por vários adversários e quase da linha de fundo tocou para a rede fazendo 3 a 2 e decretando a vitória da equipe da Barra. O Botafogo até que po-

deria ter saído com a vitória, mas desperdiçou várias chances de gols e deixou escapar o bi campeonato.

BOTAFOGO SÃO JOSÉ DA BARRA

Homenagem Na partida do último domingo, o time da Fazenda São José da Barra chegou a 11 vitórias em 11 jogos, conquistando o título de forma invicta e com sua superioridade incontestável. Valter recebendo troféu de A equipe teve aincampeão das mãos de Ivandir da o jogador Bim Modica e Hélio Escudero como artilheiro da competição, com 17 gols, e o técnico Beto como teira) recebeu um troféu de homenagem da competimelhor treinador. Na festa de premiação, ção, organizada pela Liga Ivandir Celso Modica (Go- Riopardense de Futebol.

2 3

Gols: Luís André, Daniel Galo e Greg para a Barra e Cocão e Tatu para o Botafogo. Árbitro - Marcelo Celestino; Representante: Adriana Balena. Auxiliares: Paulo Sérgio Ferreira e Demauri Batista Barra - Dedé, Giovani, Valter, Francisco e Greg; Gabriel, Ju Pereira e Luís André; Nando, Bim e Lu Passareli. Reservas: Daniel Galo, Nando Pereira, Gustavinho, João Farrampa, Maurinho, Gueni, Murilo, Colo, Moreira e Vanil. Técnico Beto. Botafogo - Becão, Edson, Grelo, Batata e Chiquinho Romão; Demartini, Júnior Rondinelli , Maurinho e Tatu; Marquinhos e Cocão. Reservas: Marco Cassucci, Silvio José, Du, Pistolinha, Lu Moreira, João Carlos, Ivan, Vilmar e Gato. Técnico Pingo.

Tatu, Paulão, Marcelinho, Demauri e Valter

Becão entregou troféu de artilheiro para jogador Bim São José da Barra campeã invicta com 100% de aproveitamento

Tatu recebendo troféu de vice campeão de Hélio Escudero

Botafogo não soube aproveitar chances criadas para definir a partida

Ivandir Modica deu o pontapé inicial da partida

VETERANOS

Quatro equipes disputam duas vagas à semifinal Faltando uma rodada para o encerramento da fase de classificação do Campeonato Regional de Futebol Veteranos, quatro equipes brigam pelas duas últimas vagas na fase semifinal. Estão no páreo Vasco FC, Mogiana, Operário e Santa Maria Juá. A melhor chance de classificação é do Vasco que está em terceiro lugar com 16 pontos e depende de suas próprias forças para chegar à próxima fase. Jogando em casa neste sábado, o time cruzmaltino precisa de uma vitória simples diante do lanterna União Cacondense. A Mogiana (Guaxupé), quarta colocada, vai a São João da Boa Vista jogar contra a Santa Maria Juá (Vargem Grande), e em caso de vitória fica com a quarta vaga. Já a Santa Maria Juá e o Operário precisam vencer e torcer por combinações de resultados.

Para o Decet/Guará/Casa Branca e Compensados Modelo/Rio Pardo Festas, a situação é tranquila, pois as equipes já estão classificadas. O time casabranquense é líder, com 24 pontos, e o Compensados Modelo tem 23. No sábado (2), o Decet/ Guará perdeu em casa para o Compensados Modelo/Rio Pardo Festas por 2 a 1. Os gols foram marcados por Lica (Guará), Willian e Chico (Compensados). A equipe casabranquese era a única invicta até então. Em Caconde, o União perdeu de goleada para o Santa Maria Juá: 7 a 1. O gol da equipe cacondense foi marcado por Jonas;

Ronaldo (3), Marco, Romário, Xuxa e Everson fizeram para a Santa Maria. Em Muzambinho, o Giotto perdeu para o Vasco por 4 a 1. Os gols foram marcados por Dênis (Giotto); Fernandinho (2), Aloísio e Dil Escudero (Vasco). Em Guaxupé, a Mogiana venceu a Assoxupé por 3 a 1 - gols de Didi, Chibil e Reginho (Mogiana), Gato (Assoxupé). Na outra partida, derrotado pelo Operário por 2 a 1, o Giro Kent (Guaxupé) perdeu a chance de classificação. Os gols foram marcados por Mauro (Giro Kent) e Vanderlei (2) para o Operário. Confira os jogos deste sábado (9), que encerram a fase de classificação:

ÚLTIMA RODADA DE CLASSIFICAÇÃO Vasco FC x União Cacondense (campo do Vasco) EC Operário x Compensados Modelo (em Tambaú) Santa Maria Juá x EC Mogiana (em São João da Boa Vista) Assoxupé x Ico Cereais/Divinolândia (em Guaxupé) Giotto SC x Decet/Guará (em Muzambinho)

Vasco precisa da vitória para seguir na competição Time 1º- Decet/Guará 2º- Compensados Modelo 3º- Vasco FC 4º- Operário FC 5º- Esporte Clube Mogiana 6º- Santa Maria Juá 7º- Giro Kent 8º- Ico Cereais 9º- Assoxupé 10º- Sport Club Giotto 11º- União Cacondense

TP 24 23 16 16 16 15 15 10 9 3 0

J 9 9 9 9 9 9 10 9 9 9 9

V 8 7 5 5 5 5 5 3 3 1 0

E 0 2 1 1 1 0 0 1 0 0 0

D 1 0 3 3 3 4 5 5 6 8 9

GP 32 29 24 24 17 26 19 13 15 10 11

GC 12 10 20 17 18 19 19 15 24 31 35

SG 20 19 4 7 -1 7 0 -2 -9 -21 -24


A-14 - 9 de abril de 2011

TAÇA SÃO JOSÉ

Competição começa domingo com 5 jogos Sem patrocínio da Prefeitura, com apoio da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, começa neste domingo a Taça São José de Futebol, 1ª e 2ª Divisão, reunindo 16

agremiações e 32 equipes nas categorias aspirante e titular. Na rodada inaugural, serão disputados cinco jogos, sendo três pela 1ª Divisão e dois pela 2ª Divisão. A abertura acontece no es-

BOLETIM ESPORTIVO

Neste domingo tem Festival Beneficente A terceira e penúltima etapa do Festival de Futebol Beneficente, promovido pelo programa Boletim Esportivo, da rádio Difusora AM, será neste domingo, na fazenda Santa Luzia do Galego. Na oportunidade, mais 8 equipes e cerca de 250 atletas serão premiados por suas campanhas no Concurso de Clubes em 2010. Durante o festival serão arrecadados alimentos não perecíveis, que depois serão distribuídos a

16 entidades assistenciais de São José do Rio Pardo. As equipes a serem premiadas neste domingo são: São Paulo, Santa Luzia do Galego, Grêmio Municipal, Juventus (Vila Verde), Venerando, Princesa (Itobi), Nacional (Mococa) e Água Fria. Segundo Paulo Sérgio Rodrigues, organizador do festival, já foram arrecadadas mais de duas toneladas nas duas primeiras etapas.

TABELA DOS JOGOS 10h00 - Sta. Luzia do Galego x Grêmio (aspirantes) 11h00 - Sta. Luzia do Galego x Grêmio (titulares) 12h00 - Juventus x São Paulo (aspirantes) 13h00 - Juventus x Sâo Paulo (titulares) 14h00 - Venerando x Princesa/Itobi (aspirantes) 15h00 - Nacional (Mococa) x Água Fria (aspirantes) 16h00 - Venerando x Princesa/Itobi (titulares) 17h00 - Nacional (Mococa) x Água Fria (titulares)

TÊNIS

Gustavo Zanitti vence no Cristais São Marcos O tenista Gustavo Zanitti Moreira, 11 anos, conquistou o título da segunda etapa do Torneio Cristais São Marcos de Tênis, na categoria 16/39 B. A competição foi realizada nos dias 19, 20, 26 e 27 de março, nas quadras da Associação Atlética Riopardense. Na primeira partida, Gustavo Zanitti venceu Marcelo Gaino (São José) por 6x1 e 7x6. No segundo jogo venceu Fabrício Porto (Poços de Caldas) 6x4 e 6x4. Na final, venceu Wesley Silva (São João) por 6x3, 3x6 e 10x5. Rodrigo Zanitti perdeu nas quartas de final para Carlos Saloti (Casa Branca) por 6x3 e 6x0. Outros riopardenses que se deram bem na etapa foram: Celso Er-

conides - campeão da categoria acima de 40 anos A; Neto Abickabki - campeão da categoria Principiante; e Rosoel Donizete da Cunha - campeão da categoria 40 anos B. Na final, Celso venceu o sanjoanense Luís Pitbull por 6x4 e 6x4; Neto Abichabki venceu Mário Rosa (São João) por 6x4, 3x6 e 10x7. A equipe tricolor conquistou 4 medalhas em seis categorias, e foi composta pelos tenistas Rodrigo Zanitti, Gustavo Zanitti, Celso Erconides, Neto Abichabki, Fernando Dias, Tiago Captelli, Mauro Zanetti, Nathália Abichabki, Samuel Carrão, Marcelo Gaino, Diogo Cardozo, Renato Dias, Rosoel Cunha. São José ganhou 4 das 6 categorias.

Professor Israel durante premiação no Cristais São Marcos

tádio da avenida “Euclides da Cunha”, com o jogo entre Grêmio Nestlé x Ponte Preta, campeões da 1ª e 2ª Divisão, respectivamente em 2010. Nos outros jogos da 1ª Divisão, no estádio do Sítio Novo, o time da casa jogará contra o Unidos da Vila e, no estádio do Grêmio Nestlé, o Bonsucesso joga contra o Vasco FC. Botafogo e Rioplastic fol-

gam nesta rodada. Pela 2ª Divisão serão dois jogos. No estádio do Vale do Redentor, Bocainas x Dalbon; no estádio do Grêmio Municipal, Brasão FC x São Cristóvão/Ataíde. Com o patrocínio da Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo, neste ano as equipes estão isentas de qualquer cobrança em relação a taxa de arbitragem.

DOIS TOQUES Degrau/COC – Terminou a décima edição da Copa COC de Futsal (foto). Na categoria sub-12, o campeão o Vitória, que bateu o Internacional por 3 a 2. Na categoria sub-14, o campeão foi o Guarani, que venceu o Goiás por 3 a 1. Na sub-18, o São Paulo foi o campeão ao derrotar o Corinthians por 1 a 0. Os artilheiros foram: Murilo Mello (sub-12), Erik Giovanelli (sub-14) e Gustavo Piza (sub-18).

Vale Tudo – Acontece neste sábado (9), a partir das 20 horas, no ginásio do Rio Pardo FC, o Classic Fight (Vale Tudo). O evento deve reunir lutadores em combates de vale tudo, boxe profissional, submission e classic fight. Segundo José Ricardo Morgan, organizador do evento, a idéia é propiciar aos moradores de São José e de toda a região um grande evento. Prêmio - O rio-pardense Emerson de Souza, que atualmente dirige a equipe de basquete profissional de Campo Mourão (PR), foi eleito pela terceira vez o melhor técnico do Estado do Paraná, em votação feita pela Federação Paranaense entre técnicos, árbitros e diretores. Esta é a terceira vez que ele ganha o prêmio no estado. Em 2000, Emerson também recebeu o prêmio de técnico destaque da Federação Paulista quando comandou a equipe do Rio Pardo no título do Campeonato Estadual da série A-2. Atualmente Emerson prepara a equipe de Campo Mourão para a Super Copa Brasil, disputando uma vaga para a Liga Sul-Americana de Basquete e duas vagas para a Liga Nacional de Basquete (NBB). Streetball - No próximo dia 30 de abril, o Colégio Santa Inês realiza a segunda edição do Festival de Streetball, com participação de alunos a partir do 6º ano do ensino fundamental até o 1º colegial. “Neste tipo de modalidade esportiva os jogadores tem a liberdade de criar e improvisar jogadas espetaculares, é uma continuação do basquete de quadra, mas aqui são valorizadas principalmente a habilidade e criatividade de cada atleta e com regras menos rígidas”, explica o professor Fábio Perri, organizador do evento, que terá outras atividades com participação de DJ’s, apresentações de danças e desafios de arremessos entre os pais. Aniversário - Neste sábado (9), o futsal feminino do DEC completa 9 anos de existência sob o comando do professor Marco Moreira. Neste período, disputando campeonatos municipais, regionais e estaduais, a equipe conquistou 81 troféus em diversas categorias. Foram 27 troféus de campeão, 36 troféus de vice-campeão, 11 troféus de 3º lugares e 7 troféus de 4º lugares, inclusive um quarto lugar histórico nos 52º Jogos Regionais de Rio Claro, em 2008. “O primeiro treino, no dia 9 de abril de 2002, foi na quadra do Centro de Lazer do Trabalhador, no Vale do Redentor. No início havia apenas 11 meninas e atualmente estamos com mais de 60”, lembra Marco Moreira. Até hoje, mais de 300 meninas já passaram pela escolinha do DEC em várias categorias. Torneio de masters - Neste domingo (10), a partir das 8 horas, na Associação Atlética Riopardense acontece um torneio de masters, reunindo as equipes Veteranos da AAR, União de Tambaú, e duas equipes masters do Bonsucesso Futebol Clube. O torneio presta homenagem ao ex-goleiro Walter Callicchio, um dos grandes nomes do futebol de Guaxupé e também de São José do Rio Pardo. Reforma - Zetinho Garcia, treinador do Bonsucesso, informa que o estádio “Donato Biacco” está recebendo um novo sistema de gramado e deverá estar em condições de jogo dentro de aproximadamente 3 meses. Enquanto isso, os veteranos do Bonsucesso passarão a realizar seus treinamentos aos domingos no campo do Sítio Novo.

Rosoel, Celso Erconides, Gustavo e Neto Abichabki


9 de abril de 2011- A-15

NATAÇÃO

Nadadores locais conquistam medalhas na região No sábado, 2 de março, foi disputada a segunda etapa do Torneio de Natação da 5ª região, organizado pela Federação Aquática Paulista (FAP), em Ribeirão Preto. Na ocasião, Mariane Tiezzi Mantovani, Cassandra Blaski, Leonardo Baptistão e Beatriz Escoqui conquistaram 9 medalhas, sendo 2 de ouro, 4 de prata e 3 de bronze. Mariane Tiezzi Mantovani foi ouro nos 50 metros nado costas, prata nos 50 metros nado livre e bronze nos 200 metros nado costas; Cassandra Blaski, ouro nos 100 metros nado medley e prata nos 50 metros nado borboleta; Leonardo Baptistão, prata nos 50 e 200 metros nado costas; Beatriz Escoqui, bronze nos 50 metros nado borboleta e 100 metros nado medley. Já na segunda etapa do

Troféu Amigos da Natação, em Pirassununga, no domingo (3), foram disputadas provas de 100 metros nado medley, 25 e 50 metros nado livre e costas, além dos revezamentos 4x25 e 4x50 metros nado medley. Lá, Mariane Tiezzi Mantovani conquistou 2 medalhas de ouro, 1 prata e 1 de bronze; Regina Risso (2 de ouro e 1 de prata); Leonardo Baptistão (1 de prata e 1 de bronze); Iury Abraão (2 de ouro); Paulo Soares (1 de ouro e 2 de prata); Cassandra Blaski (1 de ouro); Beatriz Escoqui (1 de ouro); Cristiane Primini (1 de ouro); Sônia Bussolaro (1 de ouro); Mônica Tiezzi (1 de ouro e 1 de bronze); Léo Hanada (1 de ouro); Rodrigo Morais (1 de ouro); Amanda Camargo (1 de ouro). Integrantes da equipe da AAR também disputaram a

Equipe da Atletic Comp/DEC ficou em 3º lugar no geral Atletas da AAR conquistaram 11 medalhas pelo Regional

2ª etapa do Campeonato de Inverno da Liga Regional Amigos da Natação e conquistaram 11 medalhas. Clarissa Navarro (duas medalhas de ouro nas provas de crawl e costas), Gabriel Padilha (duas medalhas de bronze nas provas de crawl e costas), Fabrício Paulino (ouro no nado crawl), Maurício Dal

Bello (duas medalhas de ouro nas provas de crawl e costas), André Sampaio (prata no nado crawl), Luciano Moraes (prata no nado costas) e Luís Gustavo (prata no nado crawl e bronze no nado costas). A terceira etapa está prevista para o próximo dia 1º de maio, em Santa Rita do Passa Quatro.

Riopardenses brilharam em Ribeirão Preto

BASQUETE

FUTSAL

AAR/DEC estréia com derrota no Regional Resultados do Campeonato Regional O Campeonato Regional de Futsal Masculino e Feminino, organizado pela Liga Rio-pardense de Futsal, prosseguiu no último final de semana com vários jogos em São José do Rio Pardo, Casa Branca e Aguaí. No sábado (2), o time sub-21 masculino do DEC/São José venceu o Derla/Mococa por 4 a 3, gols de Siqueira, Luís Felipe, João Marcos e Pitomba para o DEC e Juliano, Paulo Henrique e Fábio para Derla. A partida foi realizada no Ginásio de Esportes “Ana Maria Volponi Freitas” (ACCPE), em Casa Branca. Ainda no sábado (2), vários jogos foram realizados pelo Regional Feminino, no Ginásio Municipal de Esportes “Tartarugão”. Na categoria sub-13, a equipe do DEC/São José perdeu por 4 a 1 para o Derla/ Aguaí, gols de Raiane (3) e Mayara para o Derla e Marcella para o DEC. Na categoria sub-15, a equipe do DEC/São José perdeu por 4 a 2 para o Derla/Aguaí, gols de Fabieli (3) e Joice para Aguaí e Isabela Comin (2) para o

DEC. Na categoria sub-18, a equipe do DEC/São José perdeu para o Derla/Aguaí por 2 a 0, com dois gols de Jéssica. Na categoria adulto livre o time rio-pardense sofreu outra derrota ao ser goleado pelo Derla/Aguaí por 7 a 1, gols de Nayara (2), Flaviane (2), Bruna, Ane Cristina e Janette para o Derla e Daiane Reis para o DEC. Base – Pelo Campeonato Regional de Futsal, categoria de base, no domingo (3), em Aguaí, foram realizados 7 jogos, nas categorias sub-09, sub-11, sub-13, sub-15 e sub-21. Confira os resultados: Sub-11 - Derla/Aguaí 1 x 3 ONG/Moram Bem Sub-09 - Derla/Aguaí 3 x 5 ONG/Moram Bem Sub-11 – Departamento de Esportes/Andradas 3 x 2 ONG/Moram Bem Sub-13 - Derla/Aguaí 5 x 2 Divinolândia Sub-15 - Derla/Aguaí 3 x 1 DME/Santa Rita do Passa Quatro Sub-11 - Derla/Aguaí 4 x 2 Divinolândia Sub-21 - Derla/Aguaí 4 x 2 Decet/Casa Branca

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA – EDITAL DE CONVOCAÇÃO Ficam convocados todos os trabalhadores, sindicalizados ou não, das indústrias do setor do DOCES, para reunirem-se em Assembléia Geral Extraordinária, na sede do Sindicato, situada à Rua João Paulino de Carvalho, nº 310, Bairro João de Souza, na cidade de São José do Rio Pardo/SP, no dia 12 de abril de 2011 (terça-feira), às 19:00 horas em primeira convocação, e, caso não atingido o quorum necessário, às 19:30 horas, em segunda convocação, a fim de discutir e votar a seguinte pauta: 1º - redação da ata da assembléia anterior; 2º - reivindicações da categoria para efeito de renovação da norma coletiva vigente; 3º - concessão de poderes ao Sindicato e a Federação para manter negociações coletivas, celebrar acordos e convenções coletivas de trabalho e instaurar dissídio coletivo; 4º - fixação de contribuição para o custeio da organização sindical, em especial de seu aparelhamento para futuras negociações, fiscalização do cumprimento da norma que for estabelecida, representação da categoria, defesa de seus interesses coletivos e direitos individuais; 5º amplitude e abrangência do novo instrumento normativo; 6º - multa contra o empregador pelo cometimento de práticas desleais. Fica desde já aberto o prazo de 10 dias para os não filiados manifestarem sua oposição à representação nas negociações coletivas e ao desconto da contribuição, o que deverá ser feito por escrito, individual e pessoalmente na sede e subsede do sindicato. Tapiratiba, 05 de abril de 2011. MARCO ANTONIO DE SOUZA PRESIDENTE

A estreia da equipe AAR/ DEC no Campeonato Regional de Basquete da Liga de Ribeirão Preto não foi das melhores. Os jogos foram prestigiados por um bom público mas as duas equipes (masculina e feminina) foram derrotadas. Jogando em casa, no sábado (2), quando o time feminino perdeu para o Sesi/Araraquara por 56 a 52; e o masculino perdeu para Santa Rita do Passa Quatro por 84 a 35. Para o técnico Heber de

Souza, o nervosismo atrapalhou as equipes. A feminina deixou o time adversário abrir 8 pontos logo no início da partida e teve de correr atrás do prejuízo, e perdeu por diferença de 4 pontos. Já a equipe masculina foi pior e sofreu uma derrota elástica. “Os garotos também estavam nervosos. Estão sem ritmo de jogo, pois há dois anos não estão jogando. Sei que eles vão melhorar mas vai ser um trabalho a longo prazo. Por

Masculino da AAR/DEC sentiu ritmo de jogo em sua estréia

isso temos que manter a tranqüilidade”, disse Hebinho. Durante a partida, o jogador Jéferson Abade Filho sofreu uma torção no pé esquerdo e teve que deixar a partida durante o terceiro período, devendo desfalcar a equipe nas próximas partidas. O time feminino da AAR/ DEC foi composto pelas jogadoras Mariana Zanetti (19), Patrícia (12), Breda (13), Larissa (6), Paulinha (2), Ana Manuela, e Carol-

zinha. O próximo confronto da equipe feminina está previsto para o dia 16 de abril, às 11 horas, no ginásio tricolor, contra Jaboticabal. O time masculino foi formado por Jéferson, Pedro, Marco Aurélio, Luís Paulo Morgan, Gabriel, Caique, Douglas, Luiz Felipe, Lucas, Caio, Leonardo e Luís Paulo. Neste sábado a equipe joga contra Matão, na casa do adversário, a partir das 14 horas.

Feminino da AAR/DEC perdeu por 4 pontos em sua estréia

TAÇA EPTV

Gim Gomes dirige a equipe de Ribeirão O riopardense Márcio Antônio Buosi Gomes Gim (foto), assumiu o comando do time principal de futsal adulto masculino de Ribeirão Preto nesta temporada e comandará a equipe na Taça EPTV, Jogos Regionais e no Campeonato Paulista da Série A-2. Gim Gomes trabalhou como treinador em várias cidades, com destaques para Luiz Antônio (SP) e Serrana (SP), e há cerca de 2 anos comanda o sa-

lonismo no Departamento de Esportes da Prefeitura de Ribeirão Preto. Gim Gomes coordena um projeto que atende quase 1.000 crianças, entre 7 e 15 anos, nas periferias de Ribeirão Preto. “Esta ação teve início em 2009 e o objetivo deste projeto é tirar a molecada das ruas, inserí-las no esporte e, quem sabe, revelar novos talentos”, comentou o riopardense em recente entrevista à EPTV Ribeirão.

A 27ª edição da Taça EPTV Ribeirão começou no último sábado (2). O cam-

peonato reunirá equipes de 60 cidades, e tem término previsto para 11 de junho.

JUDÔ

Riopardense conquistam medalhas em Divinolândia

Atletas da equipe DEC/ Associação Judô Comunitário Riopardense conquistaram 10 medalhas na II Copa Divinolândia de Judô, realizada pela Federação Paulista de Judô, no domingo (3). A equipe riopardense foi composta por 15 atletas, sob o comando do professor Ricardo Magela.

De acordo com o treinador, para alguns atletas foi a primeira oportunidade de participarem de uma competição oficial. Das 10 medalhas conquistadas, 5 foram de ouro, uma de prata e 4 de bronze. Os destaques foram: Medalhas de Ouro Elen Nicole S. Morais (ca-

tegoria Infanto Juvenil/ Meio Médio), Bruna Gabriele S. Morais (categoria Sênior/ Ligeiro), Roselaine B. do Carmo (categoria Sênior/Leve), Renan Vinicius P. Santos (categoria Pré Juvenil/Ligeiro), Igor Gouveia Oliveira (categoria Pré Juvenil/Meio Pesado). Medalha de Prata - Luís Eduardo

A. Ozeias (categoria Juvenil/Leve). Medalhas de Bronze - Lucas Américo B. Silva (categoria Pré Juvenil/Super Ligeiro), Lucas Ribeiro Portela (categoria Sênior/Meio Leve), Emanuel A. Vasques Br/z (categoria Júnior/Ligeiro), Ricardo Magela (categoria Master/Meio Pesado).


16 DE ABRIL DE 2011 - Pág. A- 17

Kia Soul quer ter alma de brasileiro Montadora atende apelo dos consumidores e lança como novidade a versão flex RODRIGO LARA MURILO GÓES / UOL

A primeira característica notada ao se olhar para o crossover Kia Soul (a marca chama de hatchback e ele já foi categorizado como um SUV compacto) é o seu desenho. O “carro design”, como ele foi definido em comerciais, tem visual simpático: não seria exagero dizer que, entre os carros vendidos no Brasil, o Soul e o Fiat Uno são aqueles com maior potencial de arrancar elogios como “moderno”, “lindinho” e até “fofo”. Formas interessantes, o carro já possuía desde 2009, quando chegou ao Brasil. Na ocasião o modelo trazia bom pacote de equipamentos, tinha interior espaçoso — propiciado pelos 2,55 metros de entre-eixos — e um motor movido apenas a gasolina de 126 cavalos e 15,9 kgfm de torque, o qual, se não empolgava, pelo menos oferecia um desempenho justo ao Soul. Mas faltava algo para o modelo cair no gosto do brasileiro, não apenas como um carro bonito de se ver, mas também como um produto com apelo real de compra: ser bicombustível. E o motor flex, capaz de ser alimentado tan-

to por etanol quanto por gasolina, é a grande novidade do Kia Soul 2011. Atendendo a pedidos A unidade que move o Kia Soul Flex (agora o nome oficial do carro) tem quatro cilindros em linha e 1,6 litro de capacidade. O propulsor rende 126 cv com gasolina e 130 cv com etanol, ambos a 6.300 rpm. O torque teve um pequeno aumento quando o carro está abastecido com gasolina, e agora é de 16 kgfm a 4.500 rpm. Com etanol, esse valor bate nos 16,5 kgfm, disponíveis aos 5.000 rpm. Os preços para as configurações manual e automática são de R$ 52.900 e R$ 63.900, podendo subir devido a pacotes de opcionais. Além do motor, o modelo 2011 do Soul mudou pouco. Quase nada, para ser mais exato: as maçanetas das portas adotaram o formato de alça. A mudança foi feita em decorrência de reclamações de mulheres que, ao utilizar o sistema anterior, quebravam a unha com frequência. Além disso, o grafismo do painel de instrumentos foi alterado, para algo que pode ser classificado como mais esportivo (e menos genérico), mas que tem como

DIVULGAÇÃO

efeito colateral prejudicar a leitura de informações como velocidade e rotação do motor. Impressões Logo de cara, é possível notar que a potência o torque extra proporcionados pelo uso de etanol no veículo conferem uma boa agilidade ao carro. A sensação é ampliada devido às medidas compactas, de 4,01 m e 1,78 m de comprimento e largura, respectivamente. A posição das rodas, situadas próximas às extremidades do carro, e a suspensão com um acerto firme ajudam no comportamento dinâmico do Soul e evitam que o motorista se sinta inseguro devido à altura avantajada do modelo (o porte é de minivan). A calibragem dura da suspensão, entretanto, cobra seu preço ao andar sobre superfícies irregulares. Parte do test-drive foi realizada com o Soul Flex equipado com o câmbio automático. Dotada de apenas quatro velocidades, a caixa se mostrou hesitante em algumas situações. Em velocidade de cruzeiro, bastava uma leve pressionada no acelerador para que o câmbio respondesse ao kickdown e reduzisse uma marcha. O re-

sultado é um andar soluçante, o que prejudica a experiência ao volante do modelo. A caixa manual resolve esse problema, apesar dos engates demandarem precisão por parte do motorista. Mesmo nas versões mais simples o Soul é bem equipado. Há airbags, arcondicionado, trio elétrico e sistema de som com quatro alto falantes e dois tweeters, sistema keyless para a abertura das portas, entre outros mimos. Apenas a versão manual de entrada não é dotada de freios ABS (antitrava-

mento) com EBD (distribuição de frenagem). As demais configurações contam com o sistema. Apesar da suspensão firme em excesso, o Soul trata bem quem vai a bordo. O acabamento, mesmo composto majoritariamente de plástico, não apresenta falhas. Há nichos para guardar objetos espalhados pela cabine e espaço para os ocupantes — preferencialmente quatro — se acomodarem com tranquilidade. Mais do que entregar visual, conforto ou comportamento dinâmico, ao adotar o motor flex e se apro-

ximar mais da realidade brasileira o Soul confirma sua vocação como lançador de tendências. Dentro da linha Kia, ele abre portas para que outros modelos, como Cerato e Picanto, adotem em breve a tecnologia bicombustível. Como um veículo importado, mostra que um tempero nacional cai bem mesmo em carros que vêm de fora. É questão de tempo e do número de vendas — o qual a Kia pretende dobrar, partindo de 8.664 unidades em 2010 — sabermos se a empreitada deu certo ou não.


A- 17- 9 de abril de 2011

Multas que você não acredita, mas existem

Conheça algumas das infrações mais improváveis do Código de Trânsito Brasileiro THIAGO VINHOLES Um código de trânsito deve abranger todo tipo de infração, inclusive as mais improváveis, algumas das quais muitos motoristas até duvidam que existam. Entre multas por alta velocidade e desrespeito ao farol vermelho, os guardas brasileiros também marcam (ou deveriam marcar) penalidades mais desconhecidas em seus temidos bloquinhos, como motoristas que andam com o braço para fora do veículo ou, então, àqueles que por descuido acabam parados na estrada por falta de combustível. Conheça algumas dessas infrações que poucos esperam receber em casa:

1 - Banho no ponto de ônibus A cena já é conhecida em dias de chuvas. Poças d’água se formam e muitos carros acabam passando por cima delas e arremessando o líquido para todos os lados, atingindo outros veículos e, principalmente, pedestres. Essa ação, seja ela com ou sem intenção, é considerada uma infração leve que desconta 4 pontos na CNH e custa ao condutor R$ 80,00. A mesma regra vale para o caso de arremesso de detritos. 2 - Cinzeiro Terminou o cigarro e jogou a bituca para fora do veículo ou então acaba de por um chiclete na boca e lançou a embalagem para o lado de fora do carro?

SUA MELHOR OPÇÃO EM

Avenida Brasil, 1050 Tel.:(19) 3608-8066 www.gartenlocadora.com.br

Pois bem, se um oficial de trânsito o ver fazer isso aplicará uma multa leve de 4 pontos também no valor de R$ 80,00. O mesmo vale no caso de derramamento de líquidos pela janela. 3 - Mesquinho Ter o veículo parado na via por falta de combustível, a chamada pane seca, também está entre as infrações do Código de Trânsito Brasileiro. Abastecer o carro, além da manutenção preventiva, é um dos cuidados que o motorista deve ter. Quem for pego nessa situação leva uma multa leve de R$ 80,00. 4 - Perseguição ao enfermo O vácuo deixado por um veículo de emergência no trânsito pesado é um convite para motoristas ganharem tempo. Mas a prática, um tanto perigosa pois é preciso andar em alta velocidade em espaços diminutos, é proibida segundo o nosso código de trânsito. Não só isso, a infração é considerada grave (5 pontos na CNH) e custa R$ 120,00. Viaturas de polícia, ambulâncias, carros de bombeiros e carros da CET são alguns

DIVULGAÇÃO

dos chamados “veículos de emergência” com permissão para usar sirene. 5 - Visão de infravermelho Se você consegue dirigir na chuva sem precisar acionar os limpadores do para-brisa, saiba que além de um privilegiado você também pode ser considerado um fora-da-lei. A prática, considerada perigosa pelo Contran, é uma infração grave e custa R$ 120,00. 6 - Dedo duro Dispositivos anti-radar também são proibidos pelo código de trânsito nacional. Além de ser considerada uma infração gravíssima (7 pontos na CNH) de R$ 180,00 o motorista tem ainda seu veículo apreendido pelo órgão fiscalizador. Esse tipo de recurso inibe a ação de máquinas de fiscalização que captam os veículos por meio de ondas de radar. A maioria dos equipamentos usados atualmente no Brasil funciona com foto-

célula. No entanto, dispositivos do tipo “alerta-radar”, comuns em sistemas de navegação GPS, são permitidos. 7 - Atendente de telemarketing Dirigir falando ao celular é uma infração que todos conhecem e temem. Mas quem pensa que apelar para fones de ouvido é uma solução se engana. A prática também é proibida por lei, seja para fins de telefonia ou para escutar música. O corretivo é uma multa média de R$ 80,00. 8 - Trio elétrico Usar a buzina prolongada e sucessivamente a qualquer pretexto é uma infração leve que desconta 3 pontos da carteira de motorista. Buzinar por outros motivos que não sejam para alertar quem está ao redor também é passível de multa leve. As duas infrações custam ao condutor autuado R$ 50,00. 9 - Vidente Não acionar as setas di-

recionais antes de mudar a trajetória do carro, por mais que seja uma ação comum no trânsito para motoristas distraídos, não só é proibido como também é uma infração grave que desconta 5 pontos da carteira de motorista. O código de trânsito também especifica que o motorista deve indicar com antecedência, mediante gesto regulamentar de braço ou luz indicadora de direção, o início da marcha e a realização de uma manobra de estacionamento. 10 - Bronzeado parcial Dirigir com o braço para fora do veículo pode até ser agradável em dias quentes, mas é uma situação que coloca a integridade física do motorista em sérios riscos em casos de colisões. Para inibir a ação, a CET autua motoristas que forem flagrados dirigindo nessa condição com uma multa média de 4 pontos e R$ 80,00.


A-18 - 9 de abril de 2011

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO EDITAL DE CONVOCAÇÃO Secretaria Municipal de Educação, em conformidade com as Leis nº 2.940/07, 3.214/08, Edital nº 003/09 (Processo Seletivo Classificatório), itens 9.3.4; 9.3.5; 9.3.9, convoca os professores aprovados para atribuição de aulas, no dia, local e horário abaixo discriminados: Dia: 11/04/2011 Horário: 12:00 horas Local: Secretaria Municipal da Educação – Avenida dos Lírios, 400 – Centro. Aulas: Inglês - do nº 01 ao nº 12. O candidato não contratado em 2010 deverá apresentar no dia da atribuição, os seguintes documentos: a) Comprovação de escolaridade exigida para a inscrição; b) Cópia da carteira de trabalho; c) Cópia do título de eleitor e comprovante que votou na última eleição; d) Atestado de antecedentes criminais; e) Cópia da carteira de identidade e CPF. São José do Rio Pardo, 09 de abril de 2011. Rita de Cássia Zanetti Manzoni, Secretária Municipal da Educação. LEI Nº 3.700, DE 30 DE MARÇO DE 2.011. Dispõe sobre a concessão de uso de áreas para Igreja Evangélica Avivamento Bíblico e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO, ESTADO DE SÃO PAULO. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º Fica o Poder Executivo Municipal autorizado a ceder, sob a forma de concessão administrativa de uso, a título gratuito e pelo prazo de 30 (trinta) anos, à igreja Evangélica Avivamento Bíblico, a seguinte área: “UMA GLEBA DE TERRAS, identificada como “ÁREA INSTITUCIONAL”, do loteamento denominado “BUENOS AIRES”, nesta cidade, situada com frente para a Rua Oswaldo Tempesta, s/nº, circunscrição e comarca de São José do Rio Pardo, com a área de 350,00 metros quadrados, ou seja, dentro do seguinte perímetro e confrontações: “tem 14,00 metros de frente, igual medida nos fundos, por 25,00 metros, da frente aos fundos, de ambos os lados, confrontando pela frente com a mencionada via pública, por um lado com o lote 09, da quadra “24” e parte da área remanescente, por outro lado com o lote 01, da quadra “30” e com a outra parte da área remanescente, e pelos fundos com a Gleba “A”, do quinhão “2”, da Gleba “D”, propriedade de João Eduardo de Oliveira Rocha (sucessor de João Eduardo de Oliveira Rocha e Outra).” Art. 2º A Igreja Evangélica Bíblico tem como finalidade, dentre outras: I – Adorar a Deus em espírito e em verdade; II – propagar o evangelho do Senhor Jesus Cristo; III – levar pessoas à obediência a palavra de Deus. Art. 3º O imóvel ora concedido retornará para o domínio do Poder Público concedente, independentemente de aviso ou notificação, nas seguintes hipóteses: I – a entidade cessionária alienar ou ceder, de qualquer forma, a área cedida, a pessoas físicas ou jurídicas, mesmo que de idêntica finalidade: II – se a entidade cessionária não iniciar atividades no prazo de 03 (três) anos a contar da assinatura do instrumento de cessão de uso de que trata esta lei. Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 30 de março de 2.011. João Luís Soares da Cunha-Prefeito Municipal. DECRETO Nº 3.951, DE 25 DE MARÇO DE 2011 Altera o Decreto 3.478 de 08 de Abril de 2005 Declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, o imóvel que especifica. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais e nos termos dos artigos 5º, i e 6º, do Decreto-lei nº 3.365, de 21 de junho de 1.941. D E C R E T A: Art. 1º - Fica declarada de utilidade pública, para o fim de desapropriação, por via amigável ou judicial, o imóvel abaixo descrito, parte do imóvel descrito na matrícula n° 14.628, de propriedade de José Luis Feltran, sua esposa e José Carlos Feltran e sua esposa: UMA GLEBA DE TERRAS, sem benfeitorias, identificada com a letra “01-B”, formada por parte da gleba “01”, situada na “Fazenda Nossa Senhora das Graças”, neste município, circunscrição localizada dentro do seguinte perímetro e confrontações: “começa no canto de cerca na confrontação com a Rua José Abbate e com a Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo (matrícula 29.692; daí segue pela cerca com azimute de 11°19' e distância de 93,10 metros, e confronta até aqui com a Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo (matrícula 29.692); daí, à esquerda segue pela cerca com azimute de 281°34' e distância de 211,75 metros, até o córrego d’agua e confronta com a gleba remanescente, identificada com “01-A”, de propriedade de José Luis Feltran, sua mulher e José Carlos Feltran e sua mulher; daí, à esquerda segue pelo córrego d’agua com 105,00 metros e confronta com a Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo (sucessora de Manoel Lourenço – transcrição 26.288, livro 3T) e com José Baldassim e sua mulher (matrícula 4.351); daí, à esquerda deixa o córrego d’agua e segue pela cerca com azimute de 140°36' e distância de 56,90 metros e confronta com a Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo; daí, à esquerda segue na lateral da Rua José Abbate com azimute de 93°33' e distância de 226,05 metros, até o ponto onde teve início este perímetro e confronta com a Rua José Abbate. Art. 2º - Fica declarada de caráter urgente a desapropriação, nos termos do artigo 15, Decreto-lei nº 3.365, de 21 de junho de 1941. Art. 3º - As despesas decorrentes deste Decreto correrão à conta de dotação consignada no orçamento vigente, suplementada se necessário. Art. 4º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.São José do Rio Pardo, 25 de março de 2.011. João Luis Soares da Cunha-Prefeito. Publicado em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior-Secretário Municipal de Gestão Pública DECRETO Nº 3.952, DE 25 DE MARÇO DE 2.011. Dispõe sobre abertura de crédito adicional suplementar no valor de R$ 167.600,00 (cento e sessenta e sete mil e seiscentos reais). O Prefeito do município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais e, considerando a Lei Orçamentária Anual n° 3.678/2011, de 03/01/2011, no seu artigo 4°; D E C R E T A: Art. 1º - Fica aberto um crédito adicional suplementar no valor de R$ 167.600,00 (cento e sessenta e sete mil e seiscentos reais), destinado a reforçar as dotações orçamentárias de diversas secretarias do orçamento vigente, a seguir : DOTAÇÃO UNIDADE EXECUTORA VALOR 02.00.00 Poder Executivo 02.02.00 Secretaria de Turismo 02.02.01 Manutenção da Secretaria do Turismo 23 – 695.0006.2.006 Manutenção da Secretaria do Turismo 18 – 3190.13.00 Obrigações Patronais R$ 10.900,00 Fonte: 01 Tesouro Cód. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.03.00 Secretaria Municipal da Gestão Pública 02.03.01 Departamento Administrativo 04.122.0008.2.008 Departamento Administrativo 28 - 3190.09.00 Salário Familia R$ 1.200,00 Fonte: 01 Tesouro Cód. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.04.00 Secretaria da Promoção Social 02.04.01 Fundo Municipal de Assistência Social 08.244.0014.2.014 Fundo Municipal de Assistência Social 93 - 3390.36.00 Outros Serviços de Terceiros - PF R$ 35.000,00 94 – 3390.36.01 Outros Serviços de Terceiros – PF R$ 15.000,00 Fonte : 01 Tesouro Cód. Aplic. 1.1100.00 Geral. 02.04.02 Assistência da Criança e Adolescente 08.243.0015.2.015 Assistência da Criança e Adolescente 112 – 3390.36.00 Outros Serviços de Terceiros – PF R$ 20.000,00 Fonte: 01 Tesouro Cód. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.05.00 Secretaria da Educação 02.05.04 Departamento de Educação Básica - Fundeb 40% 12 – 361.0020.2.020 Departamento de Educação Básica – Fundeb 40% 164 – 3190.13.00 Obrigações Patronais R$ 32.000,00 Fonte: 01 Tesouro Cód. Aplic. 2.262.000 Fundeb - Outros 02.06.00 Secretaria Municipal da Saúde 02.06.01 Fundo Municipal da Saúde – Rec. Impostos 10.301.0024.2.025 Fundo Municipal da Saúde – Rec. Impostos 246 – 3190.09.00 Salário – Familia R$ 2.000,00 Fonte: 01 Tesouro Cód. Aplic. 01.310.0000 Saúde Geral 02.06.01 Fundo Municipal da Saúde – Rec. Impostos 10.301.0024.2.083 Manutenção do Transp. De Pacientes

235 - 3390.30.00 Material de Consumo R$ 16.500,00 Fonte: 01. Tesouro Cód. Aplic. 01.310.0000 Saúde 02.07.00 Secretaria de Planejamento e Serviços 02.07.02 Manutenção dos Serviços Públicos 15 – 452.0028.2.051 Serviços Públicos 296 – 3390.30.00 Material de Consumo R$ 30.000,00 Fonte : 01 Tesouro Cód. Aplic. 11.100.000 Geral 02.08.00 Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente 02.08.02 Manutenção do Serm 26 – 782.0035.2.034 Manutenção do Serm 349 – 3190.16.00 Outras Despesas Variaveis – PC R$ 5.000,00 Fonte: 01. Tesouro Cód. Aplic. 11.100.001 Geral TOTAL DA SUPLEMENTAÇÕES R$ 167.600,00 Art. 2º - Para atender o disposto no artigo anterior indica-se o seguinte recurso orçamentário: 1 - A anulações parciais da dotações, conforme o artigo 43, parágrafo 1º, inciso III, da Lei 4320/64, DOTAÇAO UNIDADE EXECUTORA VALOR 02.00.00 Poder Executivo 02.02.00 Secretaria de Turismo Manutenção da Secretaria do Turismo 02.02.01 23.695.0006.2.006 Manutenção da Secretaria do Turismo 17 – 3190.11.00 Vencimentos e Vantagens Fixas - PC R$ 10.900,00 Fonte: 01. Tesouro Cod. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.03.00 Secretaria Municipal da Gestão Pública 02.03.01 Departamento Administrativo 04.122.0008.2.008 Departamento Administrativo 29 – 3190.11.00 Vencimentos e Vantagens Fixas - PC R$ 1.200,00 Fonte: 01 Tesouro Cód. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.04.00 Secretaria da Promoção Social 02.04.01 Fundo Municipal de Assistencia Social 08.244.0014.2.014 Fundo Municipal de Assistência Social 85 - 3190.11.00 Vencimentos e Vantagens Fixas - PC R$ 50.000,00 Fonte – 01 Tesouro Cód. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.04.02 Assistência da Criança e Adolescente 08.243.0015.2.015 Assistência da Criança e Adolescente 105 – 3190.11.00 Vencimentos e Vantagens Fixas - PC R$ 20.000,00 Fonte 01. Tesouro Cod. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.05.00 Secretaria da Educação 02.05.04 Depart. De Educação Básica - Fundeb 40% 12 – 361.0020.2.020 Depart. De Educação Basica - Fundeb 40% 162 – 3190.11.00 Vencimentos e Vantagens Fixas – PC R$ 32.000,00 Fonte: 01 Tesouro Cód. Aplic. 2.262.000 Fundeb - Outros 02.06.00 Secretaria Municipal da Saúde 02.06.01 Fundo Municipal da Saúde – Rec. Impostos 10.301.0024.2.025 Fundo Municipal da Saúde – Rec. Impostos 245 – 3190.11.00 Vencimentos e Vantagens Fixas – PC R$ 2.000,00 Fonte: 01 Tesouro Cód. Aplic. 01.310.0000 Saúde Geral 02.06.01 Fundo Municipal da Saúde - Rec. Impostos 10.301.0024.2.083 Manutenção do Transp. De Pacientes 237 - 3390.30.00 Material de Consumo R$ 16.500,00 Fonte: 01 Tesouro Cód. Aplic. 01.310.0000 Saúde 02.07.00 Secretaria de Planejamento e Serviços 02.07.02 Manutenção dos Serviços Públicos 15 - 452.0028.2.051 Serviços Públicos 298 – 3390.30.00 Material de Consumo R$ 30.000,00 Fonte: 01 Tesouro Cód. Aplic. 11.100.000 Geral 02.08.00 Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente 02.08.02 Manutenção do Serm 28.782.0035.2.034 Manutenção do Serm 348 – 3190.13.00 Obrigações Patronais R$ 5.000,00 Fonte: 01. Tesouro Cód. Aplic. 11.100.001 Geral TOTAL DA ANULAÇÕES R$ 167.600,00 Art. 3º - Fica o Setor de Contabilidade encarregado de realizar as alterações e ajustes necessários nos demonstrativos e anexos da Lei das Diretrizes Orçamentárias de 2010 e da Lei do Plano Plurianual 2010/2013. Art. 4º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 25 de Março de 2.011. João Luís Soares da Cunha-Prefeito- Publicada por afixação em quadro próprio de editais na Sede da Prefeitura Municipal, nesta data. Walkyr Veronese JúniorSecretário Municipal de Gestão Pública DECRETO N.º 3.955, DE 08 DE ABRIL DE 2011. Altera o Decreto 3.694, de 22 de Agosto de 2008Declara de Utilidade Pública para fins de Desapropriação o imóvel que especifica. O Prefeito Municipal de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais, D E C R E T A: Art. 1º Fica declarada de utilidade pública, para o fim de desapropriação, por via amigável ou judicial o imóvel abaixo descrito, de propriedade de José Luiz Barbosa, CPF/MF 774.130.838/68, parte do imóvel descrito na matrícula 27.447: UMA GLEBA DE TERRAS, sem benfeitorias, identificada como gleba “Y2”, situada na Fazenda Santo Antonio da Boa Esperança, nesta cidade, circunscrição e comarca de São José do Rio Pardo, com a área de 7,2600ha, ou sejam, 3,00 alqueires, localizada dentro do seguinte perímetro e confrontações: “começa no córrego Santo Antonio, na confrontação com João Aurélio Franco de Camargo e outro e com a gleba “X1”, propriedade de José Pizoli (matrícula nº 31.807); daí, com rumo de 69º21’ NE – 332,00 metros; 43º13’ SE – 68,12 metros, confrontando até aqui com a gleba “X1”, propriedade de José Pizoli (matrícula nº 31.807); daí, com rumo de 27º05’ SW – 211,79 metros; 61º53’ SE – 200,00 metros; 08º58’ SE – 25,00 metros, até o córrego, eixo da Rua José Maldonado Peres, confrontando com a gleba “Y1” (imóvel remanescente); daí, pelo córrego abaixo, com 177,10 metros, até a margem do Rio Pardo, confrontando com parte da Rua José Maldonado Peres, Carlos Missura e outro, (sucessores de Antonio Maldonado); daí, pela margem do Rio Pardo abaixo, com 206,00 metros, até o córrego Santo Antonio; daí, pelo referido córrego acima, com 267,30 metros, confrontando com João Aurélio Franco de Camargo e outro, ponto onde teve início e tem fim o perímetro”. Art.2º - Fica declarada de caráter urgente a desapropriação, nos termos do art. 15, Decreto-lei no 3.365, de 21 de junho de 1941. Art.3º-As despesas decorrentes deste Decreto correrão à conta de dotação consignada no orçamento vigente, suplementada se necessário. Art. 4º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 08 de abril de 2011. João Luis Soares da Cunha -Prefeito . Publicado em quadro próprio de editais na sede da prefeitura na mesma data. Walkyr Veronese Júnior -Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA Nº 10.178, DE 31 DE MARÇO DE 2.011. Dispõe sobre a exoneração, a pedido, da servidora LUCIANA DE OLIVEIRA, do cargo de PROFESSOR DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 5ª A 8ª SÉRIE DE INGLÊS. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, em vista do deferimento, por parte do Instituto Municipal de Previdência de São José do Rio Pardo. R E S O L V E: Art. 1º Exonerar, a pedido, a servidora LUCIANA DE OLIVEIRA, do cargo de PROFESSOR DO ENSINO INFANTIL FUNDAMENTAL DE 5ª A 8ª SÉRIE DE INGLÊS, nível XXII, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 14 de março de 2011. São José do Rio Pardo, 31 de março de 2011. João Luis Soares da Cunha-Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior - Secretário Municipal de Gestão Pública.


9 de abril de 2011 - A-19

Oportunidade de emprego

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Ficam convocados os trabalhadores rurais, associados ou não, representados por este Sindicato, a reunirem-se em Assembléia Geral Extraordinária, na forma do Art. 612 da C.L.T., e nas disposições atinentes, a realizar-se nos dias e locais que se seguem: dia 17 de abril de 2011, as 8:00 horas, na sede social sito na Avenida Comendador Luiz Gonçalves Júnior nº 201, na cidade de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, para os trabalhadores rurais do município de São José do Rio Pardo e Itobi, e dia 18 de abril de 2011, as 18:00 horas, na sede social, sito na rua Antonio Francisco Júnior nº 57, na cidade de São Sebastião da Grama, Estado de São Paulo, para os trabalhadores rurais do município de São Sebastião da Grama, ambas em primeira convocação, ou por falta de “quorum”, duas horas após, em segunda convocação, nos locais e dias supra citado, para deliberarem sobre a seguinte ORDEM DO DIA: 1) Leitura, discussão e deliberação da ata da Assembléia anterior; 2) Deliberar sobre reivindicações econômicas e sociais, para celebração de Acordos e ou Convenção Coletiva de Trabalho; 3) Autorizar a Diretoria do Sindicato, outorgando-lhe poderes especiais, a firmar ACORDOS E OU CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO ou a instaurar DISSIDIO COLETIVO DE TRABALHO para o respectivo setor, para vigorar aos integrantes da base territorial desta entidade; São José do Rio Pardo, Itobi e São Sebastião da Grama. As deliberações serão tomadas estatutariamente. São José do Rio Pardo, 09 de abril de 2011.

A Guarda Mirim de São José do Rio Pardo oferece 20 vagas no setor da Zona Azul. Os interessados deverão atender os seguintes requisitos: ·Ter entre 18 e 24 anos; · Ensino médio completo ou cursando; · Xerox do comprovante de escolaridade; · Xerox CPF e RG; · 01 foto 3x4; · Xerox reservista ou alistamento militar; Local inscrição: Rua Ananias Barbosa, 133 – Centro. Horário: Segunda à Sexta 8hs às 11hs. 13hs às 17hs.

Comunicado Alistamento Militar A Junta de Serviço Militar de São José do Rio Pardo – SP localizada à Rua John Pourrat, 309 – Vila Formosa, vem através deste Comunicar você, que completou ou completará, dezoito (18) anos de idade este ano, compareça à Organização Militar, do Exercito, no período de 02 de janeiro a trinta (30) de abril de 2011, das 7h00 às 13h00 faça seu Alistamento Militar, munidos dos seguintes documentos. Certidão de Nascimento original 02 fotos ¾ recentes RG, CPF, Xerox comprovante de residência Obs: A falta apresentação; acarretara Multa do, Art.; 176/1 – RLSM Serviço Militar A Segurança do Brasil em Nossas Mãos Benedito Romão Secretário JSM - 118

MEGA BAZAR DO CAPS Venham conferir! Dias 12 e 13 de abril de 2011, a partir das 9h00. Roupas, sapatos, bolsas, bijuterias, bichos de pelúcia e acessórios, A PREÇOS DE OCASIÂO, a partir de R$ 2,00. Rua Carlos Botelho, 692, centro – Tel3682-9365

Sindicato rural de São José do Rio Pardo

AGENOR PROCOPIO MACHADO PRESIDENTE

SINDICATO RURAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Pelo presente edital ficam convocados todos os associados deste Sindicato quites e em pleno gozo de seus direitos sindicais, para a Assembléia Geral Extraordinária, a realizar-se no próximo dia 15 de Abril de 2011, às 9h00, na sede social desta entidade na Rua Coronel Marçal, nº123, centro, com a seguinte ordem do dia:

a) Leitura, discussão e votação da ata da assembléia anterior; b) Autorização especial para a Diretoria negociar e pactuar a Convenção Coletiva de Trabalho com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São José do Rio Pardo, para os municípios de São José do Rio Pardo e Itobi; c) Autorização especial para a Diretoria negociar e pactuar a Convenção Coletiva de Trabalho com o Sindicato de Empregados Rurais de Tapiratiba e Caconde.

De acordo com o estatuto da entidade, a assembléia será feita pelo sistema de votação. Não havendo número legal de associados para a realização da assembléia ora convocada, fica determinada a 2ª convocação para 2 (duas) horas após, no mesmo dia e local, a qual realizar-se-á com qualquer número de associados. São José do Rio Pardo, 07 de Abril de 2011. Nelson Vedovato – Presidente.

MISSA de 7º Dia A familia de

Francisco de Assis Soneghet (FRANCO) Agradecimento e Missa de 7º Dia A familia de

Luiz Benedito Folchetti Agradece as manifestações de pesar recebidas de todos os parentes e amigos, em especial ao Dr. Adalberto Cesar Correia, Dra. Sandra Daud, Dr. Carlos Alberto de Souza, Dr. Celso Puosso e Dr. Paulo Roberto Fernandes e respectivas secretárias. A Dra. Letícia Maríngolo Bertogna Dr. André de Paiva e funcionários da Clínica M.D., aos enfermeiros do Hospital São Vicente pela dedicação e carinho prestados durante sua enfermidade, e convida a todos para participarem da Missa de 7º Dia que será celebrada por intenção de sua alma, neste domingo, dia 10 de abril, às 18h30, no Educandário São José.

Convida parentes e amigos para participarem da Missa de 7º Dia, que será celebrada por intenção de sua alma, dia 10 de abril, domingo, às 19 horas, no Santuário São Roque.

AGRADECIMENTO A familia de

Francisco de Assis Soneghet (FRANCO) Agradece as manifestações de pesar recebidas por ocasião de seu falecimento e, de modo especial, aos médicos Dr. José Roberto Merli, Dr. Jorge Luis Santurbano, ao Dr. Francisco Lancelote e Corpo Enfermagem da UTI, a ambulância do SUS, pelo atendimento, dedicação, atenção e carinho dispensados durante sua enfermidade e passamento. A todos o nosso Deus lhe pague!


A- 20 - 9 de abril de 2011

EDITAIS DE CASAMENTOS Belª. Rosa Helena Marin Foiadelli, Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo. Faço saber que pretendem se casar e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1525 do Código Civil Brasileiro: 10490 -AGIDE FERNANDO DE SOUZA e KÁTIA DA COSTA ARAUJO, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia dez de março de um mil e novecentos e oitenta e três (10/03/1983), de nacionalidade brasileira, pintor de parede, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de ANTÔNIO MARCO DE SOUZA e de APARECIDA BERNARDO PEDRO DE SOUZA; e a pretendente: solteira, nascida no dia vinte e sete de maio de um mil e novecentos e oitenta e cinco (27/05/1985), de nacionalidade brasileira, auxiliar de escritorio, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de ANTÔNIO BRAZ DE ARAUJO e de RITA DA COSTA ARAUJO. 10491 - DANIEL DIAS TESSARI e MARINA HELENA VIANNA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e nove de agosto de um mil e novecentos e oitenta e dois (29/08/1982), de nacionalidade /brasileira, publicitário, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de JOSÉ RENATO TESSARI e de ALICE MARIA DIB DIAS TESSARI; e a pretendente: solteira, nascida no dia vinte e cinco de abril de um mil e novecentos e oitenta e quatro (25/04/1984), de nacionalidade brasileira, bióloga, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de ANTÔNIO VIANNA e de SANDRA MARIA BIACO VIANNA. 10492 -JOSÉ OSCAR VOLTARELLI e SIMONE DE OLIVEIRA NASCIMENTO, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e três de julho de um mil e novecentos e cinquenta e três (23/07/1953), de nacionalidade brasileira, bancario aposentado, natural de ITOBI - SP, filho de JOÃO VOLTARELLI e de ARLINDA ROQUE VOLTARELLI; e a pretendente: divorciada, nascida no dia dezoito de maio de um mil e novecentos e setenta e três (18/05/1973), de nacionalidade brasileira, artesã, natural de SÃO PAULO - 22º TUCURUVI - SP, filha de VANDERLEI NASCIMENTO e de MARIA CAROLINA DE OLIVEIRA NASCIMENTO. 10493 - KLEITON AGA MERLI e MARIA CAROLINA GOMES MACHITI, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia trinta e um de outubro de um mil e novecentos e setenta e oito (31/10/1978), de nacionalidade brasileira, Comerciante, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de MAURO MERLI e de ELIZABETH APARECIDA FRANCO DE MORAES AGA MERLI; e a pretendente: solteira, nascida no dia vinte e nove de março de um mil e novecentos e oitenta e um (29/03/1981), de nacionalidade brasileira, Escriturária, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de JOSÉ NARCISO MACHITI e de MARIA PEREIRA GOMES MACHITI. 10494 - LUCIANO MELCHIOR SILVEIRA DE OLIVEIRA e REGIANE RENE DO PRADO DEUS, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e seis de agosto de um mil e novecentos e setenta e nove (26/08/1979), de nacionalidade brasileira, auxiliar geral, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de MELCHIOR REIS DE OLIVEIRA e de CARMEN LÚCIA SILVEIRA DE OLIVEIRA; e a pretendente: solteira, nascida no dia seis de junho de um mil e novecentos e setenta e nove (06/06/1979), de nacionalidade brasileira, auxiliar geral, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de JOSÉ FRANCISCO DE DEUS e de MARIA APARECIDA DO PRADO DEUS. 10495 - ROMUALDO DUARTE MOREIRA e SUELI APARECIDA CUNHA, sendo o pretendente: divorciado, nascido no dia vinte e seis de julho de um mil e novecentos e setenta e sete (26/07/1977), de nacionalidade brasileira, repositor, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de LAÉRCIO DUARTE MOREIRA e de ANA LÚCIA DA SILVA MOREIRA; e a pretendente: divorciada, nascida no dia nove de dezembro de um mil e novecentos e sessenta e oito (09/12/1968), de nacionalidade brasileira, confeiteira, natural de CASA BRANCA - SP, filha de APARECIDO HENRIQUE DA CUNHA e de MARIA APARECIDA DEFANTI DA CUNHA. 10496 - HUMBERTO LINEU PEREIRA PAZIM e FLÁVIA DAIANA VIEIRA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia oito de julho de um mil e novecentos e oitenta e cinco (08/07/1985), de nacionalidade brasileira, açougueiro, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de NELSON LINEU PAZIM e de ESDRAS PEREIRA PAZIM; e a pretendente: solteira, nascida no dia vinte e um de fevereiro de um mil e novecentos e oitenta e oito (21/02/1988), de nacionalidade brasileira, balconista, natural de TAPIRATIBA - SP, filha de AGNALDO DANIEL VIEIRA e de ANA RITA MARCELINO VIEIRA. 10497 - DIEGO VENEZIAN GARCIA e ANGÉLICA VICENTE SILVA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e quatro de fevereiro de um mil e novecentos e oitenta e cinco (24/02/1985), de nacionalidade brasileira, movimentador de mercadoria, natural de TAPIRATIBA - SP, filho de JOEL CUSTÓDIO GARCIA e de MARIA JOSÉ VENEZIAN GARCIA; e a pretendente: solteira, nascida no dia três de maio de um mil e novecentos e oitenta e quatro (03/05/1984), de nacionalidade brasileira, auxiliar geral, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de DONIZETTI APARECIDO SILVA e de MÁRCIA MARGARETI VICENTE SILVA.

FALECIMENTOS APARECIDO MARIANO – Dia 30 de março, aos 85 anos de idade, casado com Terezinha Moisés Mariano. Filho de Luiz Geronso Mariano e Leonilda Cândida Marques, ambos falecidos. THEREZA NOGUEIRA VENEZIAN – Dia 01 de abril, aos 84 anos de idade, casada com Octávio Venezian. Filha de Ramiro de Assis Nogueira e Maria das Dores, ambos falecidos. FÁTIMA APARECIDA MONTEIRO DA SILVA – Dia 02 de abril, aos 50 anos de idade, casada com Francisco Raimundo da Silva. Filha de Paulo Monteiro e Vicentina Aparecida dos Santos Monteiro, ambos falecidos. FRANCISCO DE ASSIS SONEGHET – Dia 04 de abril, aos 64 anos de idade, casado com Márcia Poggio Soneghet. Filho de Cesar Soneghet e Josephina Secomandi Soneghet, ambos falecidos. VITOR DO PRADO – Dia 02 de abril, aos 74 anos de idade. Filho de Egidio do Prado e Rosaria do Prado. JOÃO BATISTA VENÂNCIO – Dia 02 de abril, aos 72 anos de idade, casado com Geni Ferreira Venâncio. Filho de José Venâncio e Guiomar Vieira. JOSÉ PEDRO DE FARIA - Dia 02 de abril, aos 64 anos de idade, casado com Iolanda de Oliveira Faria. Filho de João de Faria e Geralda Jacon de Faria. MARIA APARECIDA VALENTIM RAIMUNDO RIBEIRO – Dia 16 de janeiro, aos 73 anos de idade, casada com Francisco Ribeiro. Filha de José Valentim Raimundo e Maria Verginia de Jesus. FRANCISCO RIBEIRO – Dia 18 de março, aos 68 anos de idade, casado com Maria Aparecida Valentim Raimundo Ribeiro. Filho de Estevam Ribeiro e Sebastiana Brazilina. JOSÉ PRIMINI – Dia 02 de abril, aos 74 anos de idade, casado com Apparecida Soares Primini. Filho de Ângelo Primini e Paschoa Ferian Primini, ambos falecidos. LUIZ ANTONIO FERRI – Dia 03 de abril, aos 41 anos de idade, casado com Vanda de Lima. Filho de Antonio Ferri e Abelice Dias Ferri, ambos falecidos. LUIZA JUSTA LOPES DO PRADO – Dia 03 de abril, aos 86 anos de idade, casada com Rubens Cândido do Prado. Filha de Manoel Lopes e Maria Martins Rodrigues. ANTONIA MARIA ALEXANDRE ARAUJO – Dia 04 de abril, aos 55 anos de idade, casada com Francisco Valdi Moreira de Araujo. Filha de José Alexandre Sobrinho e Antonia Alexandre de Jesus. BENEDITO LOPES GONÇALVES – Dia 31 de março, aos 61 anos de idade, casada com Maria Inês Locatelli. Filho de Francisco Lopes Gonçalves e Adoração Gonçalves Álvares, ambos falecidos. THEREZA BAPTISTA DO NASCIMENTO AMADIU – Dia 03 de abril, aos 75 anos de idade, casada com Alcides Amadiu. Filha de Antonio Joaquim de Carvalho e Francisca Baptista de Carvalho, ambos falecidos. ANTONIO TORQUATO DE SOUZA – Dia 01 de abril, aos 86 anos de idade, casado com Maria Rovani de Souza, filho de com João Torquato de Souza e Maria Aparecida Nogueira, ambos falecidos. ANTÔNIO CUSTÓDIO – Dia 30 de março, aos 78 anos de idade, casado com Maria Bueno Custódio. Filho de Antônio Custódio e Anna da Conceição. Faleceu no dia 02 de abril, em Porto Nacional - TO - Irmã MARTA MARIA AMARAL MESQUITA, (Jovem Dominicana) aos 81 anos de idade, deixa duas irmãs: Maria Lúcia e Marina, casada com Aníbal, era cunhada de Maria Esméria do Amaral Mesquita, deixando muitos sobrinhos.

10498 REGINALDO APARECIDO GIOVANELLI e ELENICE VIEIRA PIRES, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e seis de agosto de um mil e novecentos e setenta e sete (26/08/1977), de nacionalidade brasileira, mecânico de manutenção, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de CARMO APARECIDO GIOVANELLI e de APARECIDA DE FÁTIMA MALAVAZI GIOVANELLI; e a pretendente: solteira, nascida no dia seis de maio de um mil e novecentos e oitenta e três (06/05/1983), de nacionalidade brasileira, auxiliar administrativa, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de LUCIANO FERNANDES PIRES e de HILDA GONÇALVES VIEIRA PIRES.

10501 - LEANDRO APARECIDO TRIVELATO e THAÍS MARINA GERVÁSIO RIBEIRO, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e dois de novembro de um mil e novecentos e oitenta e oito (22/11/1988), de nacionalidade brasileira, agricultor, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de APARECIDO PRODOCIMO TRIVELATO e de ISABEL APARECIDA TRIVELATO; e a pretendente: solteira, nascida no dia primeiro de dezembro de um mil e novecentos e oitenta e seis (01/12/1986), de nacionalidade brasileira, enfermeira, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de JOAQUIM ALCANTARA RIBEIRO e de ANA LÚCIA MAGALHÃES GERVASIO ALCANTARA RIBEIRO.—10501 Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei. Lavro o presente, que afixo no lugar de costume e publico pelo jornal local. São José do Rio Pardo, 8 de abril de 2011. O Oficial: Belª. Rosa Helena Marin Foiadelli

Roquetur fone: (19) 3608-4193

com experiência em vendas no varejo, CNH/B. Enviar currículo com a Sigla VD para seleção@newfoco.com.br até 11/04/11.

BRINDES BRASIL oferece vaga de vendedor na cidade de São José do Rio Pardo OPORTUNIDADE DE 1° EMPREGO (salário fixo + comissão) - Interessados enviar curriculo para o e-mail brindesbrasilnet@hotmail.com ou para o endereço R Cel. Ernesto de Oliveira, 500 Centro S. João da Boa Vista - SP

ALUGA-SE

VENDE-SE Terreno 200 m², murado, no Domingos de Sylos Contato: (11) 8606-3549 (19 e 26)

VENDE-SE

Apartamento no Guarujá Praia da Enseada (19) 3608-4164 ou 9609-4444

Uma lanchonete ao lado da Arcádia/Faculdade Unip. Tratar Fone (19) 3681-3577 ou 97278635

VENDO

MOCOCA-SP

Terreno localizado no Beira Rio (próximo Milenium Hotel ) com 600 m2, aceitase troca, tratar pelo telefone 9207-7913

Vendo 39.000m2 – excelente área central para incorporação. Fone (11) 4492-5557 ou 7450 1219 Creci - 92706 VISITE ww.w.opportunitaimoveis.com.br

Ref.opp-3 Foi extraviado um talão de Nota Fiscal de Produtor, Modelo 4 de nº 026 a 075, parcialmente utilizado em nome do produtor rural Pedro Gomes Jorge e outros, I.E. nº 646.140.316.113 e CPF nº 055.895.498-76 e CNPJ nº 08.424.766/0001-05 do Sítio Venerando, município de São José do Rio Pardo – SP 9-16-23/4

”NESTLÉ BRASIL LTDA., torna público que requereu na CETESB de forma concomitante a Licença Prévia e a Licença de Instalação para a Fabricação de Produtos Alimentícios, sito à RUA HENRY NESTLÉ, 0, S/ N°, VILA FORMOSA, SÃO JOSÉ DO RIO PARDO/SP.”

AS PASTORAIS SOCIAIS SANTA EDWIRGES E SANTO EXPEDITO Aceitam doações de agasalhos, calçados, roupas, adultos e crianças. Aceitam também doações de móveis e eletrodomésticos, que estejam em condições de uso! Retiramos no local – para doar ligue para: 3681-5643 – 3608-7315 “Dê utilidade ao que você não usa mais”

Lua de Mel – A viagem inesquecível... E ela está na Roquetur, que tem a viagem que os noivos querem! Boa sorte e felicidades!

VENDEDOR: do Comércio Atacadista

ANTONIO BELLO NETO, devidamente inscrito na matricula CEI sob o nº 214980003487 – Inscrição Estadual nº 646141526115, estabelecido na Fazenda Nova Prata, s/n zona rural, vem comunicar o extravio do livro de Registro de Empregados nº 02, nesta data. 02-09-16/4

10499 - GERALDO MARCOS DA SILVA e MARILDA PRIMO DE SOUZA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia vinte e quatro de setembro de um mil e novecentos e sessenta (24/09/1960), de nacionalidade brasileira, motorista, natural de GUAXUPÉ MG, filho de GERALDO MARCOLINO DA SILVA e de JOSINA RIBEIRO DA SILVA; e a pretendente: solteira, nascida no dia trinta de junho de um mil e novecentos e oitenta e três (30/06/1983), de nacionalidade brasileira, auxiliar geral, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de MIGUEL DE SOUZA e de MARIA APARECIDA GOMES PRIMO DE SOUZA. 10500 - JOÃO BOSCO ZEFERINO NETO e ADRIELE CARVALHO PEREIRA, sendo o pretendente: solteiro, nascido no dia sete de outubro de um mil e novecentos e oitenta e nove (07/10/1989), de nacionalidade brasileira, auxiliar de corte, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filho de CARLOS ALBERTO ZEFERINO e de SILVIA FRANCO GONÇALVES ZEFERINO; e a pretendente: solteira, nascida no dia treze de novembro de um mil e novecentos e noventa e um (13/11/1991), de nacionalidade brasileira, empacotadora, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, filha de JOSÉ CARLOS PEREIRA e de NEUSA MARIA CARVALHO PEREIRA.

CONTRATAMOS

EXTRAVIO DE DOCUMENTOS JOICE DA SILVA MARINHO BECKER-ME, CNPJ Nº10.774.257/000154, INS.EST.646.153.250.110, TALÕES DE NOTAS FISCAIS d-1 251 A 500, TALÕES MODELO 1 001 A 150, LIVRO MOD 6

FEIJOADA BENEFICENTE Dia 15 de maio Feijoada especial + arroz + couve + vinagrete + farofa (kit para duas pessoas) Em benefício dos cursos profissionalizantes mantidos pelo Rotary Club e Senai. Convites com os rotarianos. A feijoada deverá ser retirada no Rotary, em 15 de maio. Informações (19) 3608-1502 (...14/05)

SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE ABRASIVOS, QUÍMICOS, FARMACÊUTICOS, MATERIAL PLÁSTICO, PERFUMARIA E ARTIGOS DE TOUCADOR E RESINAS SINTÉTICAS DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA. BASE TERRITORIAL: SÃO JOÃO DA BOA VISTA, ÁGUAS DA PRATA, CACONDE, CASA BRANCA, DIVINOLÂNDIA, ITOBI, MOCOCA, SÃO JOSÉ DO RIO PARDO, SÃO SEBASTIÃO DA GRAMA, SANTO ANTONIO DO JARDIM E TAPIRATIBA. EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO SINDICAL/2.011

PROJETO RENASCER (Grupo de Apoio e Combate ao Câncer de Mama )

AGRADECIMENTO Nosso agradecimento a todos que colaboraram direta e indiretamente, para o êxito do Jantar Dançante realizado sábado pp, no Grêmio Nestlé em especial ao amigo Paulinho Giroti e sua grande equipe. A todos o nosso Deus lhes pague. Diretoria do Projeto Renascer

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Abrasivos, Químicos Farmacêuticos, Material Plástico, Perfumaria e Artigos de Toucador e Resinas Sintéticas de São João da Boa Vista, Águas da Prata, Caconde, Casa Branca Divinolândia, Itobi, Mococa, São José do Rio Pardo, São Sebastião da Grama Santo Antonio do Jardim e Tapiratiba, CNPJ 54.683.115/0001-57, Código Sindical 556.139.04132-7, com Sede Social à Avenida Mauá, nº. 490, Vila Nossa Senhora de Fátima, São João da Boa Vista, São Paulo. EDITAL - CONTRIBUIÇÃO SINDICAL DO ANO DE 2011 - Pelo presente Edital cientificamos às Empresas enquadradas no 10º Grupo Profissional, representado pelas categorias de produtos químicos para fins industriais, produtos farmacêuticos preparação de óleos vegetais e animais, perfumaria e artigos de toucador, resinas sintéticas, sabão e velas, explosivos, tintas e vernizes, fósforos, adubos e corretivos agrícolas, defensivos agrícolas, material plástico (inclusive, laminados plásticos), matérias primas para inseticidas e fertilizantes, abrasivos, lápis, canetas e material de escritório, defensivos animais e fabricação do álcool - Artigo 570, Parágrafo Único, a que se refere o artigo 577 da Consolidação das Leis do Trabalho, sediadas nos municípios de São João da Boa Vista, Águas da Prata, Caconde, Casa Branca, Divinolândia, Itobi, Mococa, São José do Rio Pardo, São Sebastião da Grama, Santo Antonio do Jardim e Tapiratiba Que, no mês de março de 2.011, deverá ser descontado de todos os empregados, 01 (um) dia de trabalho, a título de CONTRIBUIÇÃO SINDICAL e recolhido diretamente na Agência da Caixa Econômica Federal, em guias deste Sindicato, com vencimento Contribuição Sindical para o Grupo 10º, em 14 de abril de 2.011 conforme a Cláusula da Convenção Coletiva de Trabalho 2010/2012. Após essa data, o recolhimento sofrerá um acréscimo de multa de 10%, mais 2% por mês subseqüente, além de juros de 1%, e outras cominações legais, quando cabíveis conforme dispõe o artigo 600 da CLT. A não observância do pagamento da referida Contribuição, sujeitará as Empresas a cobrança executiva, em face do que prescreve o artigo 606 da CLT. Para os mensalistas o desconto será na base de 1/30 avos do salário integral e para os diaristas e horistas na base de uma diária de 8 horas, e para os tarefeiros, empreiteiros, comissionados, o desconto se fará de dias de trabalho. O Sindicato fornecerá as guias para o recolhimento, gratuitamente, podendo ser solicitadas no endereço da Entidade acima mencionado, via e-mail: sintrabaquim1@uol.com.br, ou pelo telefone (19) 3624-1963, no horário comercial, caso não as recebam até o dia 31/03/2.011. São João da Boa Vista, 10 de março de 2.011. Dionízio Martins de Macedo Filho Presidente do Sindicato Avenida Mauá, nº.490, V. Nª. Senhora de Fátima, São João da Boa Vista - SP. CGC/MF.54.683.115/0001-57, Fone: (19) 3624.19.63 - Telefax (19) 3624.1964 - CEP. nº.13.872-640 -


C-1 - GAZETA DO RIO PARDO - 9 de abril de 2011

Mérito Comunitário

Mesa de Pista

A Câmara Municipal de São José do Rio Pardo, sob a presidência do Vereador Marco Antônio Gumieri Valério, outorgou o Diploma de Mérito Comunitário durante Sessão Solene realizada em 5 de abril, às 20:15, na sede do Legislativo, evento alusivo às comemorações pelos 146 anos de fundação do município (4/4/ 1865). Foram distingüidos, merecidamente: Binga & Elvis, Comércio; Nívea Teixeira Lopes Goulart, Turismo; Jornal da Silva, Comunicação Social; Dr. Hamilton Torres, Saúde; Pe. Flávio Antônio Destro, Promoção Humana e Instituto Pref. Lupércio Torres – Projeto Shalom, Educação. Na oportunidade foram prestadas homenagens póstumas ao Pref. Richard Celso Amato e ao Pres. da Câmara Roberto Del Guerra. BEL JARETA

Edis, homenageados e representantes durante sessão solene da Câmara.

Congresso I r e n e M a r i a R o n d i n e l l i M u r a d i c o m o M i n i s t r o d a S a ú d e , D r. A l e xandre Padilha, durante o XXV Congresso dos Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo, sediado em Santos.

 A todo vapor, Silvia Fronzaglia receberá convidados para o coquetel de abertura da 3ª Semana Conexão Saúde, agendada para às 18:30 da próxima segunda-feira, 11 de abril, com direito a performance de Rafaela Montanaro, campeã nacional e sul americana de pole dance e desfile de moda esportiva. O Autismo é uma síndrome que atinge quase 2 milhões de brasileiros. Em crianças, o autismo é mais comum que o câncer, AIDS e o diabetes. No mundo, a ONU estima que existam mais de 70 milhões de pessoas com autismo. O azul é considerado a cor

do autismo e no dia 2 de abril, Dia Mundial da Conscientização do Austismo, tradicionalmente diversas cidades do mundo iluminam seus pontos turísticos de azul.  Às 20:30 do dia 30 de abril, na Igreja Matriz Santuário São Roque, acontecerá a cerimônia religiosa do casamento de Marina e Tiago. A noiva é filha de Waldir Andreazi e Regina Celi Garcia Andreazi. O noivo, de Marcelo Donizeti Primini e Ana Lúcia Octaviano Primini. Nininha e Luiz Folharini brindaram em família 55 anos de matrimônio – Os cumprimentos deste colunista!

Ítalo O Centro Cultural Ítalo- Brasileiro (leia-se presidente Francisco José Parisi Braghetta), promoveu na tarde de domingo, 3 de abril, o primeiro evento gastronômico do ano, Almoço Brasileiro, preparado por um grupo de amigos aficionado da boa-mesa. Dr. Marcelo Galotti Pereira e sua esposa, Maria Elisa, prepararam o antepasto. O prato principal, Vatapá e Pernil Assado a Moda Mineira, ficou por conta dos casais: Yeda – Heraldo Sérgio Possebon, Vera-Dr. Ricardo Possebon, Ana-Carlinhos Gomes e Zilda-Márcio Fornari. A sobremesa, Surpresa Italiana, foi assinada por Eliana Braghetta. No domingo, 15 de maio, o Ítalo realizará Almoço com o Chef Paulo Rezende, à base de peixes – Imperdível! Na foto que ilustra, os responsáveis pelo sucesso gastronômico do encontro do CCIB – Parabéns!


C-2 - GAZETA DO RIO PARDO - 9 de abril de 2011

Em Festa

O robusto Arthur, filho do coração do casal Annik (nascida Ferrari) e John, residente no eixo Brasil-USA, completou seu 1º ano de sapequice dia 26 de março, festejando sexta-feira, 1 de abril, às 20 horas, no Trivial Kids, comemoração que reuniu aproximadamente 130 convidados, das gerações madura e dente de leite. Destaque para a decoração grifada por Bia Isoldi Pizani, cujo tema Nemo foi enriquecido com “N” complementos importados dos Estados Unidos, além da personalização que abrangeu os mínimos detalhes. O registro fotográfico ficou a cargo de Bel Jareta - Confira!

Bota-Fora João Marcelo Alías Fernandes, responsável pelo departamento de Recursos Humanos da Nestlé Rio Pardo, acaba de ser transferido para a unidade de Marília, sendo sucedido por Daniella Fagundes e Silva. Um impecável bota-fora marcou a despedida (fotos).

Enlace

A mamãe coruja Annik e Arthur sendo acalentado pela madrinha Luciene

NElaine Cristina, filha de Nivaldo Mantovani – Maria de Lourdes F. Mantovani e Danilo, filho de José Geraldo Machado e Leila Sueli Bruneta Machado, uniram-se em matrimônio no dia 26 de março, às 20:30, na Igreja Matriz Santuário São Roque. Após, os noivos receberam os cumprimentos durante íntima recepção ocorrida na Chácara Modelo.

A

FOTO METRO

FOTO METRO

Formatura

Arthur com os avós maternos, Jandira-Osvaldo Ferrari Jr.

Rose e Renata com o aniversariante-mirim.

NÀs 20:45 do dia 2 de fevereiro, na Igreja Matriz São José, aconteceu o enlace matrimonial de Daniela e Eduardo, unindo as famílias José Renato Toquetti (in memoriam) - Ana Maria Marques Toquetti e Valdemir Pivato – Regina Helena Scali Pivato. Uma recepção ocorrida na sede social da AAR selou o magno acontecimento.

3608-6677

Jules Filipe de Lima, na foto com a mãe, Lourdes, graduou-se no curso de Zootecnia da Universidade “José do Rosário Vellano” (Unifenas), durante Colação de Grau e Baile de Gala realizados nos dias 18 e 19 de março. Na ocasião o jovem formando foi homenageado como Destaque Acadêmico - Congratulações!


C-3 - GAZETA DO RIO PARDO - 9 de abril de 2011

Em Sociedade . Sábado, 2 de abril, Raul Molfi festejou 91 Anos de Vida durante Almoço em família, uma superpreparada Feijoada servida na residência da filha, Dra. Lilian e do genro Dr. Ciro Pereira de Lima, especialidade da anfitriã. E por falar no casal amigo, eles acabam de regressar de uma estupenda viagem pela Itália e Eslovênia, de interesse genealógico - Benvenuti!

O aniversariante com os filhos Lilian e José Márcio mais o genro Dr. Ciro, em tarde de comemoração

Com a irmã Cida e o sobrinho Ricardo.

Em Sociedade .Célia Rondinelli Poggio celebrou 90 Anos de Idade na noite de sábado, 26 de março, arregimentando em sua ampla residência três gerações da numerosa família que constituiu com o saudoso Waldemar Poggio. Cecília Helena Dias Yasbeck e Leninha Peixoto grifaram o elogiado cardápio do jantar festivo.

Última imagem de Franco Soneghetti, genro da aniversariante, na foto com os filhos Rafael e Gabriel, mais a garota Lilian. Aos caros amigos minhas mais sinceras condolências! Um momento de descontração antes do “Parabéns a Você”. Célia, filhas, netos e a bisneta Joana

A matriarca com a filha Selma e netos

As irmãs Lula, Selma, Silvinha e Celinha


GAZETA DO RIO PARDO - 9 de abril de 2011 - C- 4


Página C-5 - 9 de abril de 2011 - GAZETA DO RIO PARDO

www.rjdg@terra.com.br

Sou donzelo casto nos meus dezessete anos (diário de um adolescente nos anos 80) “... Os problemas continuam me acompanhando neste inverno. Convivo com conflitos íntimos: sexo, religião, medo da Aids... Nesse período de greve, sem aulas, o ócio aguçou o instinto, e eu deduzi que sou muito mais carne do que espírito... Meu amigo me diz para eu me ater a Deus, falar com Ele, participar de movimentos de juventude cristã... Eu tudo fiz e gostei.

Mas sou instinto: queria experimentar o prazer, mesmo sem amor... A Aids é a grande barreira do mundo, do tempo que vivo, que me impede de voar livremente. Ela me apavora, como a sífilis apavorou os habitantes da terra, desde a Idade Média, provocando mudanças no modo de vida e no comportamento sexual, até que a ciência amputou seus tentáculos mortíferos...

A Aids está matando também através do ato sexual, e eu nem conheço ainda esse ato. Sou donzelo casto nos meus dezessete anos... Flerto, sem namorada. Rampeiras já me assediaram, mas não fazem a minha linha... Gracinha Dadeira já me ofereceu seus amores, mas ela se entrega a qualquer um, conhecido ou desconhecido... Numa dessas, ela vai se dar mal,

relacionando-se com um cara infectado... O medo me faz evitá-la. Comprei uma caixa de camisinhas e as escondi, com vergonha. Na realidade, nem sei como usá-las. Todo mundo fala para usar preservativo, mas ninguém, até hoje, me ensinou como colocá-lo. Meu pai, tão cristão, não tem a coragem de discutir o assunto sexo conosco... Nessa hora, a gente bem

Despedida de mais um solteirão, Antonio Cândido de Lima Silveira, sentado, com a tradicional Santa Ceia. Da esquerda para a direita: Pérsio Gonçalves, Nélson Pereto, Gabriel Archanjo Junqueira Neto, Ciro Moreira Ribeiro, Ubiraci Moreira, Álvaro Ribeiro de Oliveira, Sebastião Rodrigues, na frente, Adhemar de Almeida, Adolfo Ferrari, e Luís Antônio Moreira

que precisaria dele... Meus amigos parecem não se preocupar tanto, e dizem que não estão nem aí... Tenho uma atração por Gracinha, mas quando penso no mal deste século que, segundo meu professor, será epidêmico em breve, recuo e vou protelando a minha primeira experiência... Até quando, não sei... Tenho procurado Deus, meu refúgio, mas tenho pensado muito em

Gracinha... Meu medo é que eu esmoreça e que, na hora H, a camisinha se rasgue e Gracinha me passe a morte através da Aids, que ela pode ter adquirido pela promiscuidade... Vou convivendo com meus grilos: sexo, religião, medo da Aids... Será que terei forças de permanecer incólume, só pensando em Gracinha, esperando o longínquo casamento e o verdadeiro amor?”

1938, depois da missa das 10, na Praça, diante do coreto de madeira. Diná Bianchin, à esquerda, Lourdes Marin e Helena Pereira

Prof. Romano e mais 3 – Num banco da Praça XV, não identificado o primeiro à esquerda, Prof. Romano, diretor do “Cândido”, José Augusto Ribeiro e Prof. Eduardo Ribeiro

Num banco da Praça XV, não identificado o primeiro à esquerda, Prof. Romano, diretor do “Cândido”, José Augusto Ribeiro e Prof. Eduardo Ribeiro

Rio-pardenses da AAR, nos anos 70. Da esquerda para a direita, em pé: Chimbica, Zé Roberto, Lazinho, Carlos, Rinaldo, Tigrão e Galileu. Agachados: Itamar, Ataíde, Dorival, Batata, Ary, Jorge, Magno e Richardinho


C-6 - GAZETA DO RIO PARDO - 9 de abril de 2011

A mamãe Cláudia, com sua filha Juliana e o poodle Plínio

José Ricardo e as suas poodles, Lara e Jully

Maria Raquel também veio conhecer o mascote Hector

Carol e a sua daschund Luma

Gabriel Padilha e a beagle Mel

Claudinha e sua gatinha Xuxa

Cristina, Sophia, Carol e o pet Pitty

Luís Moltine e o seu pastor Killer

Adote faça a sua parte ! Doa-Se Filhotes mestiços a Border Collie, interessados devem ligar para Paula (8209-9484)

Filhotes de médio porte. Interessados devem ligar para Juba no telefone 3608-7378

Filhote macho para doação ( foto ). Contato 3681 2335 falar com Maria de Lourdes

ENVIE A FOTO DE SEU ANIMALZINHO DE ESTIMAÇÃO PARA

diagrama@gazetadoriopardo.com.br falecom@kantinhodokriador.com.br

Ana Cláudia e sua pet Nina


C-7 - 9 de abril de 2011

Fonte: Terra Esotérico

Nega maluca

No trabalho, você pode se sentir estimulada a buscar sua realização. Seja mais ambicioso(a) e pode atrair novas oportunidades profissionais. No amor, é melhor manter a discrição. Fique atento(a), desilusões não estão descartadas. Batalhe por aquilo que você acredita.

Ingredientes 3 ovos 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar 2 xícaras (chá) farinha de trigo 1 xícara (chá) de chocolate em pó ou achocolatado 1/2 xícara (chá) de óleo 1 colher (sopa) de fermento em pó 1 pitada de sal 1 xícara (chá) de água quente

No setor profissional, tudo indica que você está na direção correta. Na conquista, usar de um certo mistério pode atrair a pessoa que deseja. No amor, demonstre seu carinho à sua alma gêmea e não vai se arrepender. A meditação pode ajudá-lo(a) a equilibrar seu espírito. Aproveite o dia benéfico do campo profissional para mostrar sua capacidade e convencer os chefes das melhorias que podem surgir com suas propostas. No romance, o clima é de muita sintonia. Para quem está só, o astral se mostra promissor. Mantenha sigilo dos seus planos pessoais.

Cobertura: 4 colheres (sopa) de leite 1/2 xícara (chá) de chocolate em pó 1 colher (sopa) de manteiga 1 xícara (chá) de açúcar Modo de preparo Bata os ovos com o açúcar, óleo, achocolatado e farinha, depois adicione a água quente e por último o fermento em pó; Asse em forno com temperatura média por 40 minutos, desenforme quente. Cobertura: Coloque todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo até que levante fervura, despeje ainda quen-

Fabiana Karla se livra dos quilinhos A humorista Fabiana Karla, do Zorra Total, resolveu comentar em seu blog as razões de seu emagrecimento. A atriz informa que aderiu à técnica Lazzarotto e Souza, que consiste na colocação de um anel para reduzir as atividades do estomago e intestino. A cirurgia se deu no dia 17 de dezembro. Após 45 dias, ela disse que emagreceu 16 quilos. “Posso assegurar que estou bem satisfeita e não pretendo ficar magra até porque sou uma pessoa de estrutura grande mesmo... Não me sentiria bem com menos de 85 quilos, que no momento é a minha meta. Saúde em primeiro lugar”. Roger expõe seu ciúme por Déborah Secco O jogador de futebol Roger Flores entregou que sente ciúme da mulher, Deborah Secco. Numa entrevista a um jornal carioca, ele disse que não pretende assistir ao filme “Bruna Surfistinha”, que tem sua amada como atriz principal. “Sei que o filme tem cenas muito fortes. Não vi e nem vou ver. Sou muito ciumento”. Roger também revelou que não assiste à novela “Insensato Coração”, em que Deborah dá vida à sensual Natalie. “No caso da novela, eu não assisto porque não tenho o costume, mas estou sempre na torcida pelo sucesso dos seus trabalhos”, garantiu.

No trabalho, sua capacidade de liderar estará em evidência. A dois, a cumplicidade será total, aproveite melhor seu tempo com a pessoa amada! Na paquera, a sorte está ao seu lado, mas não se iluda. Conte com o auxílio de pessoas experientes no campo profissional.

te em cima do bolo. Informações Adicionais A receita pode ser preparada também no microondas em forma própria para esse forno. O tempo de espera é de 7 a 9 minutos na potência alta. Aguarde 20 minutos e desenforme. Uma cobertura de brigadeiro também fica deliciosa.

Raquel Pacheco em “A Fazenda 4” E por falar em Bruna Surfistinha, de acordo com a coluna Olá!, do jornal “Agora São Paulo”, a personagem que inspirou o filme, Raquel Pacheco, pode participar do reality show A Fazenda 4, da Record. Além dela, outros famosos têm sido cotados, como a dançarina Vânia Love e o ator Thiago Gagliasso. A história de Raquel primeiro foi parar na internet, depois, transformou-se no livro “O veneno do escorpião” e agora, no filme “Bruna Surfistinha” que conta a trajetória de Raquel como garota de programa. Perdendo peso ‘ao vivo’

Poucos desafios atiçam tanto a curiosid a d e alheia quanto saber se uma pessoa obesa terá a capacidade de perder peso. A televisão tem explorado esse filão. No “Fantástico”, na Globo, teve início no domingo (3) a saga – de 90 dias – dos apresentadores Zeca Camargo e Renata Ceribelli, acompanhados de um personal, interessados em perder peso à vista do público. A partir desta semana, começaremos a ver os resultados. Este tipo de reality é explorado em diversos programas. Em 2010, João Gordo fez a sua tentativa em “Legendários”, na Record. No SBT, “O Grande Perdedor”, em 2005, e “Quem Perde Ganha”, em 2007. No canal a cabo, GNT, o programa se chama “Perdas e Ganhos”, e é exibido às terças, às 22h.

PENSAMENTOS DE PAULO COELHO

O homem como aliado do bem A primeira história de que se tem notícia, sobre a divisão entre Bem e Mal, nasce na antiga Pérsia: o deus do tempo, depois de haver criado o universo, dá-se conta da harmonia à sua volta, mas sente que falta algo muito importante – uma companhia com quem desfrutar toda aquela beleza.

Durante mil anos, ele reza para conseguir ter um filho. A história não diz para quem ele pede algo, já que é todo-poderoso, senhor único e supremo; mesmo assim ele reza, e termina engravidando. Ao perceber que conseguiu o que queria, o deus do tempo fica arrependido, consciente de que o equilíbrio das coisas era muito frágil. Mas é tarde demais, seu filho já está a caminho; tudo que ele consegue com seu pranto, é fazer com que o fi-

lho que trazia no ventre se divida em dois. Conta a lenda que da oração do deus do tempo nasce o Bem (Ormuz). Do seu arrependimento nasce o Mal (Arimã) – irmãos gêmeos. Preocupado, ele arranja tudo para que Ormuz saia primeiro do seu ventre, controlando o seu irmão, e evitando que Arimã cause problemas ao universo. Entretanto, como o Mal é esperto e capaz, consegue empurrar Ormuz na hora do

parto, e nasce primeiro. Desolado, o deus do tempo resolve criar companheiros para Ormuz: faz nascer a raça humana, que lutará com ele para dominar Arimã e evitar que o Mal tome conta de tudo. Na lenda persa, a raça humana nasce como aliada do Bem, e segundo a tradição, irá vencer no final. Outra história sobre a divisão, entretanto, surge muitos séculos depois, desta vez com uma versão oposta: o homem como instrumento do Mal.

Aposte em seus sonhos profissionais, eles podem direcionar suas ações e trazer benefícios para sua carreira. Um clima de grande envolvimento invade seu relacionamento com o par. Para quem está só, é tempo de se declarar. Não tome decisões enquanto estiver na dúvida. Na profissão, é tempo de se abrir às mudanças, elas podem acontecer em seu beneficio. Mantenha a calma ao lidar com chefes e colegas de trabalho. O amor está em uma fase de sintonia. Na paquera, o momento pede que renove suas esperanças. Seja mais otimista.

Atividades realizadas em equipe podem trazer vantagens para o campo profissional. A dois, o período é ideal para compartilhar seus sonhos com a pessoa amada. Se está só, valorize sua sensualidade e atrairá a atenção de quem deseja. Período favorável para mudança de casa. Na profissão, há sinais de sucesso. Como estará com a criatividade a mil, aproveite para compartilhar suas ideias e seus projetos. O astral favorece as relações amorosas, o clima de paixão está no ar. Na paquera, tudo indica o início de um namoro. Use e abuse do seu lado criativo. No trabalho, todo o seu esforço pode ser recompensado neste período. Tudo de bom no relacionamento com o par, a troca de carinho vai ser constante entre vocês. Na paquera, seja mais ousado(a), aventure-se mais! Mantenha a calma com as pessoas com quem convive. Há indícios de novas responsabilidades no setor profissional. Use sua criatividade para criar novas fontes de renda. A dois, fortes emoções prometem movimentar sua vida sentimental. Quem está só deve investir em uma nova conquista. É tempo de renovar os projetos que estavam parados. Os astros enviam ótimas energias para sua carreira neste período. Divulgue suas ideias e poderá melhorar suas finanças. Na vida afetiva, surpreenda seu amor com uma proposta mais ousada. Na paquera, use sua intuição e não vai se arrepender. Não perca a chance de ser feliz. Use sua intuição no campo profissional, ela poderá indicar o melhor caminho a seguir. Relacionamentos estáveis ganham mais profundidade agora. Na paquera, use seu poder de sedução, assim poderá fisgar o coração daquela pessoa especial. Use sua criatividade para aumentar seu lucro.

HOJE - Leonardo Felisberto Paduelli, Paulo Rubens Silveira Zanatta, Carolina Calegari Azarias, Virgínia Elizabete Favoretto, Márcio Folchetti, Rosana K. Miyazawa, Salvador Nasser Filho, Andreza Vital Barretto, Vladimir Fagioli, Kevin Gargitter, Jair Modesto Júnior, Taís Souza Bertocco. AMANHÃ - Hélio Escudero, Fernando Ribeiro Virgílio, Luís Filipe Victório Fontão, Ernesto Picozzi, Maria Santina Ribeiro Vigorito, Marilda Mendonça de Lima, Maria Aparecida Trivelato de Moraes, Gabriel Fernandes Bertocco. Dia 11 - Livia Jarreta Folharini, Luciana Marques Cunha, João Batista Nogueira, Antônio Leão Calório, Antônio Carlos Carvalho, Geny de Morais Moraes, Fernanda Zanetti de Sá Pinto, Luís Caetano Cerboni Malagutti, Ana Cristina Coelho Dal Rio, Ana Rita Tiago de Paula, Evelise Rigamontte Calório, Irma Bruneta Correa. DIA 12 - Lívia Del Ciampo e Silva, Eliana Lopes Nahime As-

tolpho, Lúcia Helena Pereira, Eunice de Souza Dias Gouveia, Mariza Capelari Darcie, Vitor de Souza Valentim Oliveira, Márcia Aparecida Moreno, José Benedito, Luciano Agostinho Martins, Mauro Sierro Dias A. Faria. DIA 13 - Maria da Penha Silva Barbosa, Márcia de Andrade Ribeiro Nogueira, Marilena Macca, Luciano Balbino Pereira. DIA 14 - Arthur Cafola de Oliveira, Alessandra Arleti Azarias, Maria Carolina da Silva Cafola, Maria Aparecida de Andrade Ribeiro Nogueira, Lígia Maria Nogueira Serigatto Braghetta, Flávio Aparecido Angelini, Maria Cristina Bagodi Kobayashi, José de Mello, José Paulo Camargo, Bruno Luiz Dias, João Lucas Tiago de Paula. DIA 15 - Neusa Prevital, Lúcia Dias de Carvalho, Sônia Ribeiro Miolli, Jéssica Spíndola Grassi, Elizabeth Vianna Fructuoso, Sonia R. Miolli.

Para acrescentar ou retirar nomes nesta lista, ligue para

3608-5655 ou mande e-mail para redacao@gazetadoriopardo.com.br


C-8 - 9 de abril de 2011

COLUNA ESPÍRITA

Educação doméstica Incalculável é o número das criaturas que chegam à idade adulta mantendo os padrões psicológicos das faixas infantis. Inumeráveis são os que operam com atitude tais, capazes de causar espanto aos mais tolerantes, não obstante a idade física a pesar-lhes sobre os ombros. Salvo os casos de disfunções psicopatológicas, a recomendarem atendimentos específicos tanto da Medicina quando da Psicologia respeitáveis, a questão se localiza nas relações domésticas, enraizada nos processos educacionais mal elaborados. Em grande número de casos, esses desacertos da educação familiar redundam nos problemas supracitados das perturbações de ordem psicológicas ou psiquiátricas. Considerando os graves episódios de expiações em que indivíduos completamente incapazes, levando seus filhos nos braços, fazem-nos resgatar infortunados pretéritos de desatenção à Vida, grande contingente de pais, de tutores, de educadores, se faz caracterizar pela preguiça, que os acomoda a situações que lhes requereriam ação lúcida e atenciosa, no que se refere ao conduzimento dos filhos ou educandos quaisquer. Há muitos educadores desatentos, justificando que não desejam se aborrecer ou amofinar, deixando, por isso, tudo como está para verem como é que ficará. E, quando vêem, o que vêem é lastimável sob todos os aspectos. Outros educadores alegam que não contam com formação escolar, não cursaram faculdades, a fim de algo oferecer aos que se acham sob sua responsabilidade. Surgem muitos outros que, perante o dever de

educar, asseveram que esperarão que cresçam seus pequenos, para que os possam orientar educacionalmente. Não se discute a validade dos conhecimentos intelectuais bem elaborados, numa cabeça coroada pelo bom senso. Ninguém seria tolo de afirmar a invalidade do conhecimento para cooperar nos compromissos da alma humana. O que não se pode confundir é a titulação escolar de qualquer nível com o amadurecimento psicológico para educar. Educar, em qualquer tempo, representará o legado de orientação a fim de que os seres se transformem, burilando a conquistas já efetuadas, ao mesmo tempo em que impulsiona às conquistas ainda por fazer. No lar, na forja doméstica dos caracteres, pais e mães ou tutores, podem e devem estabelecer programas educacionais, tranqüilos e sábios, para que homenageiem a vida terrena com a dedicação vivenciada diante dos educandos. Qual o educador que, em casa, nos diálogos singelos e francos ou nos momentos de trocas de afetos com seus rebentos, pequenos ou jovens, não lhes poderá falar da impropriedade de se arrancar plantas das searas alheias, como flores do jardim público? No primeiro caso, pelo respeito ao patrimônio privado, no outro, pelo respeito ao que é de todos. Não será difícil ao orientador doméstico, quando se aplica em conhecer o comportamento dos filhos ou outros agregados que estejam sob suas mãos, dizer-lhes o quanto é indelicado e rude rabiscar e danificar os bancos dos veículos coletivos ou as placas de orientação das estradas, ou, ainda, pichar muros e paredes dos

prédios dos outros. No primeiro caso, pelo respeito ao que é público, isso é, pertencente a todos, e, no outro caso, pelo respeito devido ao trabalho alheio. Não custa orientar para o respeito a tudo e a todos, no empenho educacional para a formação do homem de bem, vivendo no mundo. (...) A atuação do educador doméstico é de primordial importância para a formação sociomoral do ser. Abdicar dessa oportunidade será jogar por terra valioso ensejo de melhorar o nível da nossa sociedade, a começar do nosso lar. Pais e professores, ou qualquer pessoa amadurecida, esclarecida, que preze o bem e o bom, mesmo sem diplomas e titulações, é tempo de incrementar-se o processo renovador da sua comunidade social, sem o que a vida humana, onde vocês estiverem, sofrerá perdas muitas vezes lastimáveis, por descuidos de sua parte. Iniciando-se no âmago do lar, deve a educação, na sua informal atuação, construir os padrões de sanidade que todo esperamos, e que exige apenas que tenhamos a coragem para dar o primeiro passo. Texto transcrito do livro “Vereda Familiar” pelo espírito Thereza de Brito,. Psicografia de Raul Teixeira Que Deus tenha misericórdia de nós, que ainda estamos muito longe de proporcionar aos pequenos e jovens a informação e formação necessárias a fim de podermos conviver numa sociedade mais pacífica. Maria Lúcia Andreata Martins

NEURÓTICOS ANÔNIMOS N/A São José do Rio Pardo

NA

Sexto Passo: a linha divisória na programação Eu entrei em N/A após várias tentativas de suicídio e um sentimento enorme de culpa. Mas não entrei na sala por ninguém. Entrei por mim mesma. Eu não suportava mais sofrer e fazer sofrer – na minha mente, tagarela e doentia, eu contaminava a todos que me cercavam. Quis ser uma boa mãe, uma boa profissional e, mais do que tudo, uma boa filha de Deus. Mesmo sendo “religiosa”, minha concepção de Deus era o do castigador e após o Sexto Passo eu vi a raiva que tinha Dele. Como eu podia confiar em Deus se Ele não ajudou na minha infância, que foi marcada por abandono e molestada sexualmente? Na minha vida adulta, eu assumi o lugar Dele, não somente na minha vida como na de todos que me cercavam: eu era a “responsável” por todos e tudo,

e quando algo saia do meu controle doentio eu me frustrava e me sentia incompetente e culpada. Só me restava uma alternativa: o extermínio de minha própria vida. Sinto grande satisfação ao entender que fiz uma ótima escolha quando entrei em N/A e me dediquei a praticar a programação, e que tal escolha me conduziu a resultados efetivos. Tomo cuidado para não me desequilibrar. Eu adoro fazer “imagens mentais” e hoje penso que é a mesma sensação de quem está num barco parado e eis que, repentinamente, o vento sopra e tudo começa a avançar. Entretanto, o solavanco não é nada que me derrube, muito pelo contrário, é algo que me desperta. E o Sexto Passo foi meu despertar real. Para mim uma das mais poderosas leis da vida era a lei do esforço para me afirmar diante do mundo.

Precisei de muito crescimento e sabedoria do Sexto Passo ao me prontificar inteiramente e deixar que os defeitos de caráter que eu trazia enraizados, para ter uma real mudança de personalidade. Não porque eu não tivesse mais opções para tentar lutar, mas sim pelo desejo real de me recuperar, sem me justificar, me apegando a velhos padrões, e reconhecendo que a doença era minha e não devido a minha infância ou porque era uma mãe viúva, outra pessoa ou outra desculpa. A responsabilidade era minha e eu sabia que as emoções eram compulsivas, que eu tinha que descobrir e entregar o sentimento para que eu e Deus pudéssemos trabalhar aquele defeito para que me fosse retirado... (continua) Companheira Eliane/MG

Reuniões: Segundas-feiras: 19h30 na Matriz, Terças-feiras: 19h30 no Cassucci

“Não o que eu quero, porém o que Tu queres.” (Lc 14,36) Jesus está no Horto das Oliveiras, na propriedade chamada Getsêmani. A hora tão esperada chegou. É o momento crucial de toda a sua existência. Ele se prostra por terra e suplica a Deus, chamando-o de “Pai”, numa confidência cheia de ternura, para “afastar dele esse cálice” (cf. Mt 14, 36), expressão que se refere à sua Paixão e Morte. Jesus pede ao Pai que aquela hora passe... Mas, enfim, entrega-se completamente à vontade de Deus. “Não o que eu quero, porém o que Tu queres.” (Lc 14,36) Jesus sabe que a sua Paixão não é um acontecimento casual nem simplesmente uma decisão dos homens, mas é um plano de Deus. Ele será processado e rejeitado pelos homens; o “cálice” porém, vem das mãos de Deus. Jesus nos ensina que o Pai tem um plano de amor para cada um de nós, que Elenos ama com um amor pessoal e, se acreditarmos nesse amor e correspondermos com o nosso amor – é essa condição - , Ele fará com que tudo seja finalizado para o bem. Para Jesus, nada aconteceu por acaso, nem sequer a Paixão e a Morte. Depois aconteceu a Ressurreição, cuja festividade solene celebramos neste mês. O exemplo de Jesus, o Ressuscitado, serve de luz para nossa vida. Devemos saber interpretar tudo o que nos faz sofrer, como vontade de Deus que nos ama ou como permissão de Deus que nos ama também assim. Então, tudo na vida terá sentido, tudo será extremamente útil, mesmo aquilo que, na hora, nos parece incompreensível e absurdo, mesmo aquilo que nos pode fazer precipitar numa angústia mortal, como aconteceu com Jesus. Será suficiente que, junto com Ele, saibamos repetir, com um ato de confiança total no amor do Pai. “Não o que eu quero, porém o que Tu queres.” (Lc 14,36) A vontade dele é quevivamos, que lhe agradeçamos com alegria pelas dádivas da vida; mas, às vezes, ela certamente não corresponde ao

que imaginamos. Não é, por exemplo, uma situação diante da qual temos de nos resignar, em especial quando deparamos com a dor, nem uma sucessão de atos monótonos espalhados ao longo da nossa vida. A vontade de Deus é a sua voz que nos fala e nos convida continuamente, é o modo pelo qual Ele nos expressa o seu amor, para nos dar a sua plenitude de Vida. Poderíamos fazer uma representação disso com a imagem do Sol, cujos raios seriam a sua vontade para cada um de nós. Cada pessoa caminha ao longo de um raio, diferente do raio de quem está ao lado, mas sempre um raio de sol, ou seja, a vontade de Deus. Portanto, todos nós fazemos uma única vontade, a de Deus; no entanto, ela é diferente para cada um. Os raios, quanto mais se aproximam do Sol, mais se aproximam entre si. Também nós, quanto mais nos aproximamos de Deus, pela observância sempre mais perfeita da vontade divina, mais nos aproximamos entre nós... até sermos todos um. Vivendo assim, tudo na nossa vida pode mudar. Em vez de procurarmos a quem gostamos e amar somente a eles, podemos dar atenção a todos aqueles que a vontade de Deus põe ao nosso lado. Em vez de procurarmos aquilo de que gostamos, podemos nos dedicar àquelas coisas que a vontade de Deus nos sugere e preferi-las. Se estivermos inteiramente projetados na vontade divina daquele momento (“o que Tu queres”), seremos consequentemente levados ao desapego de todas as coisas e do nosso eu (“não o que eu quero). Esse desapego não é tanto resultado de uma busca proposital, porque se deve buscar só a Deus, mas acontece de fato. Então a alegria será completa. Basta mergulharmos no momento que passa e cumprir naquele instante a vontade de Deus, repetindo: “Não o que eu quero, porém o que Tu queres.” (Lc 14,36) O momento que passou não existe mais; o momento futuro ainda não está em nosso poder. Acontece como a um

passageiro no trem: para chegar ao destino, ele não fica andando para frente e para trás, mas fica sentado no seu lugar. Assim, devemos ficar firmes no presente; o trem do tempo viaja por si. Só podemos amar a Deus no momento presente que nos é dado, pronunciando o próprio “sim” vigoroso, radical, ativíssimo, à vontade Dele. Portanto, vamos amar aquele sorriso que temos a dar, aquele trabalho a ser executado, aquele carro a ser conduzido, aquela refeição a ser preparada, aquela atividade a ser organizada, aquela pessoa que sofre ao nosso lado. Nem sequer a provação ou o sofrimento nos devem assustar se, com Jesus, soubermos reconhecer neles a vontade de Deus, ou seja, o seu amor para cada um de nós. Poderemos até mesmo rezar assim: “Senhor, faze que eu nada tenha a temer, porque tudo o que vai acontecer será a tua vontade e nada mais! Senhor, faze que eu não tenha outro desejo, porque nada é mais desejável do que exclusivamente a tua vontade. O que é importante na vida? Importante é a tua vontade. Faze que nada me perturbe, porque tudo é a tua vontade. Faze que eu não me agite com nada, porque tudo é tua vontade.” Chiara Lubich Esta Palavra de vida foi publicada originalmente em abril de 2003 No dia 2 deste faleceu minha cunhada, a Irmã Marta Maria, que há trinta anos residia em Porto Nacional, TO; viveu procurando encarnar, a todo momento, a vontade de Deus e, por isso, realizou em sua vida a aventura divina que o Senhor, desde toda eternidade, pensou para ela. Sempre entusiasmada pela vida, com fé e muito amor semeou o bem a mãos cheias. Os talentos que o Senhor lhe entregou para que administrasse renderam muitíssimo; não enterrou nem um. Imagino a felicidade do seu encontro com o Pai, sua chegada à morada eterna. Que Deus seja sempre louvado!

BÍBLIA

A verdadeira satisfação interior Se você realmente deseja ter satisfação interior, escute o que o Senhor Jesus tem a dizer acerca do caminho da satisfação: “Aquele, porém, que beber da água que Eu lhe der, nunca mais terá sede, para sempre; pelo contrário, a água que Eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna” (João 4:14). Por que todo aquele que bebe da água que o Senhor lhe dá jamais terá sede? Porque essa água tornar-se-á nele uma fonte de água (à qual ele pode recorrer sempre que precisar de consolo, paz, alegria, amor e tudo o mais.Fonte é algo a que posso recorrer sempre que tiver sede, sempre que tiver alguma necessidade urgente). Fonte não é algo a que a pessoa possa ser satisfeita por três ou cinco dias. Não, esta fonte fluirá para a eternidade. E é isso que o Senhor Jesus oferece. Tudo o que provém de fora é inútil e, de fato, não satisfaz a ninguém. Mas se a pessoa recebe a Cristo, Ele se transforma em fonte interior que a satisfaz diariamente. O que precisa-

mos é essa satisfação interior. Certo dia, um homem foi ver seu médico. O homem perguntou ao médico por que será que estava se sentindo deprimido, com a vida tão insípida, sem sentido, sem esperança. Depois do exame, o médico disse que ele estava bem fisicamente. Então, o homem perguntou se havia algum remédio para sua depressão. Respondeu o médico: – Você deve se divertir mais. Por que não vai ver a apresentação de um certo palhaço no circo que está na cidade? Ele tem grande habilidade em fazer as pessoas sorrirem e ficar felizes. – Esse palhaço sou seu – disse o homem. – Posso fazer as outras pessoas sorrirem, mas eu mesmo não consigo rir. É triste, mas é só isso que o mundo pode oferecer: alguns poucos risos, talvez, e alguma alegria temporária, talvez. Entretanto, por que os cristãos podem ser muito felizes, embora, em alguns casos, até percam tudo? Não é por terem um bom ambiente na igreja ou uma vida material

confortável; é por causa Daquele que os satisfaz interiormente, Cristo. Alguns missionários estão dispostos a ir para ilhas longínquas e viver com os nativos. Às vezes, só recebem notícias de casa uma vez por ano. Sofrem muito mais do que as pessoas que trabalham isoladamente em locais distantes. Como é que conseguem ser tão alegres? O motivo é que há algo neles que os capacita a cantar e gritar “Aleluia!” O motivo pelo qual nós, os cristãos, não amamos o mundo não é que estejamos cansados dele ou por tê-lo experimentado tanto que já não podemos desfrutar dele, nem sermos emocionados por ele; vencemos o mundo porque já estamos satisfeitos. Uma vez que Cristo satisfez nosso coração, a atração do mundo muito naturalmente passa para o esquecimento. (Igreja em São José do Rio Pardo. Reuniões: sábados e domingos, 19 horas. Local: Rua João Gabriel Ribeiro, 123, parte superior da Loja do Zequinha)

Al-Anon e Alateen para familiares e amigos de alcoólicos Numa reunião de Al-Anon vários membros compartilham sobre a mudança de suas atitudes depois que ingressaram no programa Al-Anon. Nos Grupos Al-Anon e Alaten existe compreensão. As pessoas usam o primeiro nome e são avisadas para não divulgar quem elas vêem ou as histórias pessoais que elas ouvem numa reunião. Os recém chegados no programa ficam aliviados ao saber que existe um lugar para compar-

tilhar sem medo de serem julgados. O Al-Anon/Alateen é uma associação mundial de homens, mulheres e adolescentes que tem amigos ou familiares com um problema de bebida. Os membros se reúnem regularmente para compartilhar sua experiência, força e esperança ao lidar com frustações e sentimentos de desamparo causados pela doença do alcoolismo. Os membros do Al-Anon vi-

vem vidas significativas e satisfatórias, ajudando a si mesmo com a ajuda do Al-Anon. Se você está preocupado com a maneira de beber de alguém, entre em contato com o Al-Anon. Grupo Esperança – terçafeira – às 20 horas – Igreja Matriz São José – Salão Ou telefone para Serviço de Informação Paulista Al-Anon – 0xx11 3227-2699,ou acesse o site WWW.al-anon.org.br São José do Rio Pardo - SP


Gazeta do Rio Pardo 2539