Issuu on Google+

São José do Rio Pardo

5 de março de 2011

Ano 103

R$ 2,00

REPORTAGEM

Polícia apreende 700 pedras de crack A Força Tática da Polícia Militar apreendeu na noite de quinta-feira (3), na re-

g i ã o d o Jardim Belmontel , c e r c a d e 7 0 0 p e dras de crack. O homem que carregava

2.534

o material confessou ser dono da droga e foi recolhido à carceragem. Página A-7

Chuva revela precariedade das estradas rurais A situação das estradas rurais do município foram tema de discussão na Câmara, na sessão de terçafeira. Segundo denúncia feita pelo vereador Márcio Callegari Zanetti (PTB), a falta de manutenção chega a prejudicar produtores e estudantes que precisam se deslocar para ir à escola. Até um ônibus escolar teria caído em uma ponte. Página A-5

REPORTAGEM

Outro escândalo com o carro oficial ARQUIVO

A edição online do jornal Folha de São Paulo colocou São José do Rio Pardo em destaque nesta sextafeira (4). Isto porque o carro oficial da Prefeitura, o GM Omega, foi flagrado estacionado irregularmente na esquina da rua Rego Freitas com Marquês de Itu, na capital, quando ocupava parte de uma vaga para idosos. O assunto caiu na internet e causou indignação na população. Página A-8


A-2 - 5 de março de 2011

Revista policial em mulher O vazamento do vídeo feito pelos policiais da corregedoria da Polícia Civil de São Paulo, em que desnudaram através do uso da força física uma escrivã suspeita de receber propina, está causando estragos que podem configurar um exagero. O fato, ocorrido há dois anos, merece ser apurado com rigor e seriedade e receber todas as análises e providências, mas não exige celeridade de medidas, pois a qualquer tempo é possível fazer as reparações que resultam comprovadamente necessárias, sem prejuízos tanto para o serviço público quanto para os envolvidos. O afastamento da corregedora, em nossa modesta opinião, é uma precipitação, pois desse castigo não há reparação e, mesmo que ela ocorra, não apagará os traumas da medida. A policial, cuja repercussão do fato a coloca como vítima, na verdade, diante da sobeja acusação e dos robustos indícios apresentados, era a suspeita do cometimento de crime. Ela teria recebido R$ 200 para livrar um acusado de indiciamento em inquérito. Acusada da irregularidade, negou e o problema chegou até o ponto em que a gravação revela. Revistada, o dinheiro foi encontrado em suas partes íntimas e isto, sem dúvida, expôs seu corpo

aos policiais encarregados da apuração. Isso, contado pelo ângulo da suposta vítima de constrangimento, como ocorreu no material postado na internet e depois veiculado pela imprensa, é um lado da questão, a ser apurado. Há que se verificar qual a razão que, no momento, levou os policiais da corregedoria a adotarem o procedimento, mesmo sabendo que estavam sendo gravados, e o que diz a lei sobre a revista policial. A matéria é regulada pelo artigo 249 do Código de Processo Penal, que diz: “A busca em mulher será feita por outra mulher, se não importar retardamento ou prejuízo da diligência”. É preciso verificar quais as variáveis do caso. Se havia mulher policial em condição de fazer a revista, se sua atuação seria satisfatória à apuração do ilícito, se não haveria efetivo prejuízo à diligência, etc. Detalhes que ninguém consegue apurar através de uma simples filmagem postada na internet ou mesmo de notícia veiculada. Quem tem as condições para chegar ao efetivamente ocorrido, ouvindo as partes e procurando o enquadramento legal de cada ato ou procedimento, é o Ministério Público. E, ao final, o Judiciário, com seu poder de análise e representação do Estado, decide e determina as providências com as de-

vidas reparações e cobranças a quem tenha cometido crime, abuso ou prevaricação. Toda vez que há confronto, o resultado é traumático. Pelo menos até o que se divulgou no momento, os policiais da corregedoria tinham razão ao optar pela revista pessoal. Tanto que encontraram o dinheiro supostamente recebido como propina, prenderam a escrivã em flagrante e isso resultou na sua expulsão da polícia. É preciso expurgar todos os maus policiais, e fazê-lo com absoluta justiça e transparência. Para o caso da escrivã constrangida, a Justiça certamente terá a melhor decisão, analisando as ações e reações. Essa mesma análise, também, poderá servir para as medidas administrativas em relação ao acerto – ou desacerto – da ação policial. Há que se tomar cuidado, no entanto, para, se for o caso, punir os excessos, mas não arranhar a imagem nem diminuir a força das corregedorias. Elas são as garantidoras do equilíbrio das polícias, e seu enfraquecimento abre o flanco para os maus procedimentos e até despertar para a possibilidade de futuras ações desmoralizadoras do crime organizado, em relação às instituições.

PSDB e DEM vão definir seus futuros Os rumos do PSDB e DEM vão ser definidos a partir de suas próximas convenções nacionais. Ambos os partidos passam por momentos difíceis, com graves crises internas. Os tucanos pretendem escolher seus novos dirigentes na convenção marcada para 29 de maio, enquanto os demistas vão delinear sua nova política de ação no encontro do próximo dia 15. PSDB e DEM planejam construir uma base sólida com vistas à sucessão de 2014. O primeiro passo desta caminhada é a reestruturação das duas legendas e ocupação de

espaços em todos os municípios brasileiros. Querem deixar de ser partidos de uns poucos estados. No PSDB, é latente a disputa entre Aécio Neves e José Serra, este querendo ser o presidente do partido para permanecer na vitrine. Ele ainda alimenta esperança de ser, pela terceira vez, candidato ao Palácio do Planalto. Aécio Neves acha que a vez agora é sua, e por isso trabalha para a permanência do deputado Sergio Guerra na presidência da legenda. Ele tem apoio da quase totalidade da bancada do PSDB na Câmara. É esse o pano

de fundo da esperada convenção dos tucanos, com o governador Geraldo Alckmin correndo por fora, já que ele também tem projeto político para o futuro. No DEM, já é certo que seu presidente será o senador José Agripino Maia (RN), no lugar do deputado Rodrigo Maia (RJ). Recém-saído do Senado, Marco Maciel (PE) participará da reestruturação do partido como presidente do Conselho Político, no lugar de Gilberto Kassab, de malas prontas para desembarcar da legenda.

Três partidos de oposição (PPS, PSDB e DEM) protocolaram no Supremo Tribunal Federal uma ação direta de inconstitucionalidade (ADIN) contra o dispositivo da Lei 12.382/11, que fixa o salário mínimo em R$ 545 e estabelece sua política de valorização para os próximos anos. O item

questionado diz respeito à possibilidade de fixar diretamente o valor mínimo por decreto, sem que o Congresso seja consultado. Pela norma, aprovada pela Câmara em 17 de fevereiro e pelo Senado na semana passada, o reajuste do mínimo seguirá, até 2015, uma fórmula padrão: inflação do ano an-

terior somada ao resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. A ação será relatada pela ministra Cármen Lúcia. Será a primeira questão controvertida entre o governo da presidente Dilma e a oposição, a ser julgada pelo Supremo Tribunal Federal.

A reforma tributária também entrou na pauta do Congresso Nacional como uma das suas prioridades para este ano, para aproveitar o início do novo governo. A presidente Dilma Roussef disse que vai trabalhar neste sentido porque o sistema de impostos do país deve ser simplificado, racionalizado e modernizado. Essa reforma jamais teve avanço por culpa única do governo federal, que não quer perder arrecadação e está sempre querendo mais, com a criação indiscriminada de contribuições. A redistribuição dos impostos tem sido o nó da questão tributária. O PMDB anunciou que em abril vai

apresentar uma proposta de reformulação da política tributária e fiscal. A novidade é que os prefeitos vão ser chamados para opinar, apresentar seus anseios. A ideia do PMDB é dar um caráter municipalista ao seu projeto, ir em defesa das finanças das prefeituras, que perderam arrecadações com as mudanças ocorridas após a Constituição de 1988. Acaba de surgir o Movimento Brasil Eficiente, nos mesmos moldes do movimento da sociedade civil organizada que culminou com a aprovação da Lei de Ficha Limpa. O novo movimento vai lutar pela simplificação dos tributos e a racionalização dos gas-

tos públicos, para aumentar a competitividade do país e melhorar sua participação na economia global. A maior dificuldade é encontrar o caminho mais adequado para levar adiante a reforma. A estratégia de fatiá-la é bem aceita tanto pelo governo como pela oposição. Ambos concordam que é mais fácil aprovar cada mudança por meio de projeto específico, do que conseguir consenso para uma única proposta que envolva os diversos pontos em discussão. Mas as diferenças começam a aparecer na hora da definição por onde começar.

Oposição vai ao Supremo contra Dilma

Novo alento para a reforma tributária

Estratégia marota - Há nos meios políticos uma grande expectativa sobre os resultados da ousadia de Gilberto Kassab, de articular a formação de um partido que sirva de rito para mais um troca-troca de legendas sem risco de perda de mandato. É seu plano deixar o DEM sem perder o mandato de prefeito de São Paulo. Seria também uma porta aberta para outros políticos que estão descontentes com suas atuais legendas. A prioridade de Kassab é fazer o sucessor na Prefeitura de São Paulo e disputar em 2014 o governo paulista, por meio de uma terceira via, para tentar acabar com a disputa de 20 anos entre PSDB e PT. Há quem acredita que esse movimento de Kassab tenha vôo de galinha. A partir de 2012, a força dele seria apenas de ex-prefeito, ficando órfão o grupo de políticos que o acompanha. Ocupando espaço - O ex-jogador de futebol Romário, hoje deputado federal pelo PSB-RJ, será o 1° vice-presidente da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara. O palhaço Tiririca, o deputado mais votado do Brasil, que teve sua posse ameaçada devido à acusação de ser analfabeto, vai representar o PR na Comissão de Educação e Cultura. A perigo - A chiadeira agora é dos prefeitos por conta do novo salário mínimo de R$ 545. Segundo a Confederação Nacional dos Municípios, o aumento de R$ 35 do mínimo vai elevar de 420 para 650 as cidades que estarão com contas no limite ou vão ultrapassar os gastos com servidores - 60% - previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal. Com pires nas mãos, os prefeitos anunciam para breve uma nova “marcha” à Brasília.

Gelada e cara O Governo Federal deve aumentar em 8% a carga tributária da indústria de bebidas geladas (refrigerantes, isotônicos, chás, águas minerais e cervejas). E como geralmente ocorre, o aumento da tributação será repassado ao consumidor, ou seja, cerveja e demais bebidas vão custar mais caro. Faturando No ano passado o setor de farmácias no Brasil registrou vendas que ultrapassaram os R$ 17 bilhões. Segundo os economistas, houve alta de 18% sobre 2009, motivada pela comercialização de 21% a mais de genéricos (receita de R$ 1,7 bilhão) e outros 20% de não medicamentos (R$ 4,8 bilhões). Dizem os economistas que isto justifica a existência de muitos destes estabelecimentos país afora, alguns deles, dividindo calçadas em grandes, médias, pequenas e minúsculas cidades. Agenda O Diretório Municipal do PSDB se reúne no próximo dia 13 de março, para eleger sua nova diretoria executiva. Em meio aos preparativos, eis que Marquinho Zanetti, vereador eleito pelo partido, distribuiu uma nota se antecipando à corrida eleitoral, se colocando como nome para candidato a vice-prefeito em chapa pura, ou seja, sem coligações. Resta saber se ele permanecerá no partido depois do dia 13, ou se lhe será dada oportunidade para concorrer pelo partido, em 2012. Correndo atrás Como se diz no popular: a batata está assando. Resolvido “Os burburinhos sobre uma possível perseguição foram sanados com uma reunião esclarecedora envolvendo a corporação, o comando da Guarda, a Secretaria e o próprio prefeito, João Luís Cunha”. A declaração é do secretário de Segurança, Fernando Folharini, comentando o episódio em que um de seus diretores estaria inflando a corporação da Guarda Municipal para derrubá-lo do cargo. Crateras e buracos Moradores do Jardim Aeroporto estão preocupados com o fim da festa de rodeio que acontecia no bairro. Eles dizem que, graças ao evento, a Prefeitura sempre realizava por lá uma operação de tapa-buracos. Com a festa longe dali, o bairro ficou distante da visibilidade do público e o trabalho de conservação das ruas também. Com Grelo ou sem Grelo? Ainda não se sabe se o carnaval deste ano terá a participação da veterana e irreverente Banda do Grelo. Ao longo da semana, embora tenha havido procura por informações, não foi possível saber se os ‘foliões’ da banda farão o tradicional desfile. Nem o DEC soube informar. Fica então a expectativa. Mais um desastre Apenas quem convive em uma redação de jornal pode dizer, com exatidão, a dimensão que tomou a notícia sobre o carro oficial da Prefeitura, flagrado pela Folha de São Paulo estacionado em uma vaga de idoso, em São Paulo. O volume de telefonemas e emails foi algo nunca visto. Previsão Não foi por falta de aviso. Na edição passada, este Mural previa que a cidade pudesse virar notícia nacional. Embora o assunto não tenha sido a situação das entidades. O retorno O ex-secretário municipal de Educação, Luís Carlos Caruso, pode ser o novo secretário de Turismo. Este foi o comentário que pontuou os bastidores da política, nesta semana. Consultada sobre o assunto, a assessoria de imprensa da Prefeitura não confirmou, nem desmentiu. Caso isto realmente ocorra, Bel Tessari, que assumiu o Turismo recentemente, deve retornar ao SOS. Caiu Outra mudança na administração aconteceu no Departamento de Água e Esgoto, o DAE. Saiu Luís Henrique Masini, o Ratinho. Para seu lugar estava cotado o diretor do departamento, Marcelo Primini. Também nunca foi descartada a volta do ex-coordenador do DAE, Urbano Feltran Neto. Reconduzidos Os empresários Izonel Aparecido Tozini e João Batista Daud foram reconduzidos aos cargos de presidente e vice da Associação Comercial e Industrial. O mandato vai até 2013. Segundo as informações da entidade, não foram apresentadas chapas para concorrer à eleição, e o prazo terminou no dia 1º de março.

GAZETA DO RIO PARDO é uma publicação semanal de GAZETA DO RIO PARDO LTDA, editada à Avenida Olinda Ralston, 411- Vila Formosa - Fone: (19) 36085655 - CEP 13.720-000 - São José do Rio Pardo - SP. Editor: Gilmar Ishikawa Redação: Eduardo Eron e Giselle Torres Biaco Diagramação: Marco Antônio Cassucci, Fagner Nasser. Departamento Comercial: Elisete Paduelli GAZETA na INTERNET: e-mail: redacao@gazetadoriopardo.com.br e-mail: publicidade@gazetadoriopardo.com.br e-mail: diagrama@gazetadoriopardo.com.br http://www.gazetadoriopardo.com.br Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal e são de responsabilidade de seus autores.


5 de março de 2011 - A-3

Cidade é alvo de chacota, diz vereador Para Márcio Zanetti, situação só não está pior devido à atuação do Legislativo

Ao usar a tribuna livre na Câmara Municipal, na terça-feira, o vereador Márcio Zanetti (PTB) afirmou que São José do Rio Pardo tem sido objeto de chacota no meio político, por parte de alguns prefeitos e vereadores da região. “Não é raro ouvir de pessoas da região que São José é a cidade do carrão, da nave, do prefeito que paga R$ 32 mil por mês para a assessoria jurídica, que gastou R$ 120 mil pelo aluguel de quatro meses de uma máquina que, se comprada, custaria R$ 80 mil”, declarou. De acordo com Zanetti, falta planejamento à administração municipal, razão pela qual a Câmara está

unida em diversas situações. “Até os vereadores que dão sustentação para o prefeito têm observado que as atitudes que tomamos nesses dois anos sempre foram em benefício do município. A situação só não está pior devido à atuação do Legislativo que, com ou sem consenso, tem produzido resultados. Se hoje os funcionários municipais e fornecedores estão recebendo, grande parte dessa responsabilidade foi imputada à Prefeitura pela Câmara Municipal.” A falta ou precariedade de serviços básicos em diversas esferas do município, segundo ele, é o principal assunto das reclama-

Rio Pardo Moto Fest começa no dia 18 Nos dias 18, 19 e 20 de março, São José do Rio Pardo promove a sétima edição do Encontro Nacional de Motociclistas “Rio Pardo Moto Fest”, sob realização e organização da Equipe 90º e apoio da Prefeitura. O evento será no pátio do Ginásio Municipal de Esportes “Tartarugão”, e faz parte das comemorações pelo aniversário de 146 anos da cidade. Os organizadores infor-

mam que a programação terá apresentações musicais com as bandas Officina do Som, Dinorock, Seven Keys e Sete Galo. A estrutura do evento terá praça de alimentação, área para expositores, área de camping (coberta) e palco para bandas. A entrada é gratuita. Informações sobre o evento podem ser obtidas com a Equipe 90º, pelo telefone (19) 9206-1140.

ções que chegam até os vereadores. “A população não tem um serviço mínimo, um recapeamento preventivo do asfalto ou mesmo no momento oportuno. As lâmpadas que estão na frente da Casa de Cultura e Cidadania não são trocadas. Reclamações de serviços básicos não deveriam ocorrer, e a pergunta é: para onde vai

o dinheiro da população? Em grande parte para ações mal feitas e, em alguns casos, para abastecer ações de corrupção. Não tenho medo nenhum de tratar as coisas como venho tratando há muito tempo na política.” Em relação à situação do Distrito Industrial, Zanetti citou como exemplo a cidade de São João da

Boa Vista, “que faz com muito cuidado o que tem que ser feito”. Segundo ele, as empresas estão saindo se São José do Rio Pardo porque o município não oferece condições para receber uma indústria que possa gerar acima de 50 empregos. “Aonde ela vai se instalar? Seria interessante que o prefeito João Luís

conhecesse o Distrito, mas acho que ele deve ter vergonha de passar por lá, pois é impossível atravessar parte da área sem cair em pelo menos 15 buracos. Não tem local com acesso viário, água para abastecê-la, pavimentação, iluminação pública, recepção do esgoto, sem contar no esgoto tratado”, disse.

Zona rural recebe o “Brasil Alfabetizado” Por meio do programa “Brasil Alfabetizado” do governo federal, 33 pessoas entre 18 e 60 anos da zona rural voltaram a estudar. São duas turmas, uma na fazenda Tubaca e outra na fazenda Santa Lúcia, com aulas de segunda a sextafeira, das 19h às 21h. Realizado pelo Ministério da Educação e Cultura desde 2003, o Brasil Alfabetizado (PBA) é voltado para a alfabetização de jovens, adultos e idosos. O programa é uma porta de acesso à cidadania e o despertar do interesse pela elevação da escolaridade. É desenvolvido em todo território nacional, com atendimento prioritário a 1.928 municípios que apresentam taxa de analfabetismo igual ou superior a 25%. Esses municípios recebem apoio técnico na

implementação das ações do programa, visando garantir a continuidade dos estudos aos alfabetizandos. O transporte dos alunos é garantido pela Prefeitura, que disponibiliza um ônibus para que eles

possam participar das aulas. “Com o programa funcionando na zona rural, próximo às residências, torna-se mais fácil para que eles voltem a frequentar as aulas. O resultado tem sido mui-

to satisfatório e positivo, os alunos já estão alfabetizados e produzindo pequenos textos”, disse a coordenadora do PBA em São José do Rio Pard o , R o s e l e n e Tr i n c a Guerino.

Objetivo do programa é garantir a continuidade dos estudos

DIVULGAÇÃO


A-4 - 5 de março de 2011

Novos locais para pagar contas municipais A iniciativa visa melhorar o sistema de arrecadação, a fim de evitar longas filas O pagamento de contas relativas ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) e tarifa de água poderão ser feitos em correspondentes bancários, agências bancárias ou casas lotéricas. A mudança acontece após convênio firmado entre a Prefeitura e as instituições. De acordo com informações levantadas pela reportagem, correntistas de alguns bancos cujos convênios estão para ser firmados, poderão fazer o pagamento em débito automático. A iniciativa visa melhorar o sistema de arrecadação, a fim de evitar as longas filas como as que ocorreram no mês de janeiro, nas casas lotéricas, quando do pagamento da primeira parcela do IPTU. A assessoria de imprensa do município informa que já há convênios com a Caixa Econômica Federal, casas lotéricas, Bradesco e Itaú. A CEF receberá tributos com valores acima de mil reais e, abaixo disso, o pagamento poderá ser feito nas casas lotéricas. “O banco Itaú receberá todos os tributos através do cai-

xa, caixa eletrônico, débito automático e internet e o Bradesco receberá pagamentos em alguns correspondentes bancários. Os correntistas podem fazer o pagamento nos caixas eletrônicos, débitos automáticos e internet banking”, explica nota da assessoria. Estão autorizados a receber os tributos e contas de água os postos instalados nos estabelecimentos: Armazém do Bebê, Farmácia Homeopática Vitalista, Padaria e Confeitaria Sabor e Art, Bueno 1,99, Mercearia do Toninho e Correios. A responsável pelo setor de Dívida Ativa, Gislaine Cristina Fagundes Sampaio, informa que passada a data de vencimento dos boletos, os bancos receberão as contas com os juros correspondentes. “Os contribuintes que têm os carnês antigos, sem o timbre da Prefeitura, devem comparecer para trocá-lo por um novo e assim poder pagar a conta em uma das agências conveniadas”. Ainda de acordo com a Prefeitura, além dos locais mencionados, está em negociação o convênio com os bancos HSBC e Mercantil do Brasil.

União homossexual é reconhecida pela Receita Começou na terça-feira, dia 1º, o período para a entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física – IRPF 2011, referente aos rendimentos recebidos em 2010. Este ano, a declaração poderá ser enviada somente pela internet, com a utilização do programa de transmissão da Receita Federal (Receitanet), ou via disquete ou pendrive (nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal). A expectativa é de receber 24 milhões de declarações. A grande novidade é o reconhecimento de uniões estáveis de casais homossexuais, já que o programa não faz distinção a respeito do sexo dos dependentes. Basta assinalar companheiro. A Receita informa que caso seja preciso comprovar posteriormente, em um eventual processo de fiscalização, basta juntar os elementos para comprovar a união estável. São obrigadas a declarar as pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 22.487, 25 em 2010. Quem recebeu entre R$

17.989,80 e R$ 22.487,25 no ano passado, pode ter direito à restituição neste ano. O primeiro lote de restituições será liberado no dia 15 de junho. Os contribuintes também podem fazer a retificação das declarações apresentadas dos últimos cinco anos. É possível optar por dois modelos na entrega do documento: simplificado ou completo. A regra para fazer a declaração simplificada continua a mesma, com desconto de 20% na renda tributável, substituindo todas as deduções legais da declaração completa. Em 2011, o limite do desconto é de R$ 13.317,09. No caso da dedução por dependentes, possível apenas por meio da declaração completa, o valor subiu para até R$ 1.808,28. Nas despesas com educação, o limite individual de dedução passou para até R$ 2.830,84. Para despesas médicas, as deduções continuam sem limite máximo. O prazo para a entrega das declarações vai até 29 de abril e a multa mínima por atraso é de R$ 165,74.

Extravio Foi extraviado ingressos de não sócios para sábado do n° 51 à 100 da Associação Atlética Riopardense

ARQUIVO

Em janeiro, população enfrentou horas na fila para pagar o IPTU

Após alta, preço da carne bovina tem pequena queda Depois de apresentar alta de mais de 30% de 2010 para 2011, o preço da carne bovina começou a cair, mas não o suficiente para voltar em maior quantidade ao prato dos brasileiros. A média nacional de fevereiro, com fechamento parcial até o dia 22, mostrou uma queda de 2,70%. De acordo com dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada – Esalq/USP (Cepea), o preço da arroba do boi acumulou alta de 33,5% entre janeiro de 2010 e janeiro de 2011, enquanto o preço da carne nos supermercados registrou 26,8% de alta. Em outubro do ano passado, quando o preço atingiu o seu pico, a arroba do boi variou 20,2% (na comparação com o mês anterior), enquanto nos supermercados esta variação foi de apenas 3,5%. “Houve uma pequena queda no preço da carne e as pessoas percebem isso”, afirma Jaqueline De Martini Santiago, da Casa de Carnes Açougue Avenida. Segundo a Federação do Comércio do Estado de São Paulo – Fecomercio, os consumidores da cidade de São Paulo também estão pagando mais barato. Após seis meses de alta consecutiva, os açougues viram uma queda de 0,34% nos preços das carnes bovinas em janeiro, e quem compra em supermercados está pagando 1,79% menos.

REPORTAGEM

Após meses de alta consecutiva, os açougues notaram queda nos preços das carnes bovinas em janeiro

A influência do clima Ainda de acordo com Jaqueline, entre os motivos para o recuo dos preços da carne bovina está a melhora das condições climáticas. A falta de chuvas no final de 2010 fez com que o gado fosse alimentado com ração, ficando mais caro para o produtor e, consequentemente, para o consumidor. “Normalmente, perto das festas de fim de ano a carne já tem certo aumento; com a seca do período isso se agravou. Com a volta das chuvas, essa tendência é a redução dos valores”, afirma. Dois exemplos claros citados por ela são a pica-

nha e o miolo de alcatra. Em alta, o preço da picanha chegou a R$ 42,90 o quilo, hoje já é vendido a R$ 39,90. O miolo de alcatra teve a mesma variação, já que estava sendo vendido a R$ 20,90 e recuou para R$ 18,90. “Apesar de ter sido pequena, essa redução acaba sendo significativa para o consumidor”, diz Jaqueline. Segundo a Fecomercio, o preço da carne bovina deve manter o ritmo de queda até a chegada do inverno. Prato diferente Para diminuir o impacto no bolso do encarecimento da carne bovina ao final

INDICADOR PROFISSIONAL

do ano passado, os consumidores foram em busca de peixes, aves e carnes suínas. O resultado foi que esses produtos também ficaram mais caros. Ao final do ano passado, a carne suína ficou 16,81% mais cara, e agora, até 22 de fevereiro, apresentava queda de 0,20%. As aves, que pesaram 11,45% mais no bolso do consumidor ao final de 2010, agora caem 0,28%. Os peixes, por sua vez, estavam 12,25% mais caros ao final do ano passado e continuam em alta, de 2,15% até 22 de fevereiro. Os dados são da Federação do Comércio do Estado de São Paulo.


5 de março de 2011 - A-5

Vereador denuncia situação das estradas rurais Acidente com ônibus teria ocorrido em ponte que ruiu parcialmente perto do Venerando REPORTAGEM

Após a sessão ordinária de terça-feira, chamou a atenção durante o expediente livre da Câmara Municipal uma denúncia feita pelo vereador Márcio Callegari Zanetti (PTB), que trata da situação de algumas estradas rurais do município. Segundo ele, a falta de manutenção chega a prejudicar produtores e estudantes que precisam se deslocar para ir à escola. “Tenho recebido reclamações há tempos sobre a precariedade de algumas estradas. A situação se agravou tanto que alunos da zona rural têm dificuldades para se locomover de casa até a escola”, declara. Como exemplo Márcio citou um fato denunciado pelos próprios moradores, em que teria ocorrido um acidente envolvendo um ônibus escolar na região do Venerando. Segundo informações do vereador, há três semanas um ônibus que retornava com crianças das escolas tentou atravessar uma ponte em mau estado de conservação, que acabou ruindo parcialmente. Ainda segundo Zanetti, os alunos tiveram de ser retirados pelas janelas. “Há muito tempo a ponte não tinha condi-

disse que a questão das estradas rurais será analisada com prioridade pelo Legislativo. “Analisaremos formas de ajudar nessa questão, a exemplo do que temos feito em relação a outros assuntos importantes para a população. Estaremos imbuídos desse objetivo. O importante é que as estradas estejam em condições de transportar essas crianças. A chuva atrapalha, mas não deve ser regra.”

Falta de manutenção de algumas estradas rurais prejudica produtores e estudantes

ções de receber esse tráfego. É um absurdo porque esse acidente poderia ter sido evitado. Casos fortuitos podem acontecer, mas este foi devido ao péssimo estado das estradas rurais de São José do Rio Pardo, como há muito tempo não se via.” De acordo com as informações passadas ao vereador, houve pronta ajuda do responsável pelo transporte da Prefeitura Municipal, que foi rapidamente até o local quando recebeu a notícia do acidente. Alguns pais, sentindo a falta de seus filhos no

horário de retorno, saíram em busca das crianças e se surpreenderam ao encontrar o ônibus acidentado. Não houve feridos e o fato está sendo apurado. “Para piorar, recebemos a notícia de que alunos já têm combinado com algumas escolas rurais de que, quando chove, eles estariam dispensados das aulas, porque o transporte não consegue ser realizado”, diz Zanetti. A informação é de que o ônibus dessa linha não consegue fazer todo o seu percurso, e que a própria Prefeitura tem de providenciar baldeação com

veículos do setor. Quanto aos elogios que o prefeito diz estar recebendo da população em relação às estradas rurais, Zanetti comenta que dizem respeito a pontos específicos e isolados. “Não dá pra se olhar a cidade dando atenção a uma ou duas estradas. O prefeito João Luís vai à emissora de rádio contar mentiras à população, e parece que essa é a única coisa que ele aprendeu em pouco mais de dois anos de mandato.” O presidente da Câmara, vereador Marco Antonio Gumieri Valério (PSDB),

Máquinas e equipamentos “Quem reclama das condições das estradas rurais não é o vereador Márcio, mas os moradores, os produtores, que, aliás, reivindicam muito pouco da administração pública. A única coisa que eles pedem é a conservação mínima da sua estrada, e infelizmente estamos empurrando com a barriga a prometida compra das máquinas e equipamentos, e daquele prometido empréstimo que sairia no início do mandato do prefeito”, afirma Zanetti. No ano passado, o Legislativo aprovou um projeto de lei dando autorização para a Prefeitura solicitar um empréstimo

de R$ 2 milhões junto ao BNDS via Banco do Brasil, para aquisição de máquinas e equipamentos. Entretanto, segundo o v e r e a d o r, e m ve z d e comprar, a administração preferiu alugar esses equipamentos. “Se o prefeito tivesse comprado de forma parcelada os veículos, teria gasto os R$ 2 milhões com a aquisição dessas máquinas em vez de alugar. Esse dinheiro foi pro ralo. Qual o cidadão que podendo optar por comprar a casa própria prefere pagar aluguel? Dinheiro mal gasto, jogado fora”, questiona Zanetti. O vereador já fez várias denúncias ao Ministério Público em relação a contratos realizados pela Prefeitura, e alguns estão sendo investigados sob segredo de justiça. “Aproveitei o plenário para dar alguns exemplos daquele tipo que em vez de se gastar sete ou oito mil com uma assessoria jurídica, se gastava R$ 32 mil. Alguém vai querer me dizer que isso não é corrupção? Está na cara, escancarado. Falo isso consciente de que o prefeito está sem condição de me contradizer”, diz.


5 de março de 2011 - A-6

Iniciada a reforma do Mercado Cultural Obra prevê troca de madeiramentos, telhas e lambris, além impermeabilização

DIVULGAÇÃO

Teve início, na semana passada, a reforma no Mercado Cultural “Badhio S. Abichabki”, na Praça Barão do Rio Branco. De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, serão realizados serviços de troca dos madeiramentos, telhas e lambris, e também a fixação de um manto impermeabilizante, de acordo com os parâmetros exigidos pelo Conselho de Defesa

e Estudos do Patrimônio Histórico Artístico e Cultural de São José do Rio Pardo – Condephac, órgão responsável pelo tombamento do prédio por meio do decreto nº 3.896, de 15 de setembro de 2010. O presidente do Departamento de Esportes e Cultura - DEC, Marlon Callegari da Silva, informou que a reforma irá sanar as infiltrações existentes no imóvel. “Como o trânsito

nas ruas ao entorno ao Mercado é intenso, algumas telhas saem do lugar, causando goteiras e depredando o patrimônio”. A previsão é de que os trabalhos sejam concluídos em trinta dias, caso as chuvas não atrapalhem. Para a execução da obra, a Prefeitura utiliza recursos próprios, com serviços terceirizados, supervisionados pela Secretaria de Planejamento e Obras.

Se Belém, Goiânia e Florianópolis tivessem sido escolhidas para a Copa, a história poderia ser outra POR RODRIGO PRADA Nesta quarta-feira (2/3), o Portal 2014 apontou em relatório feito por sua equipe de reportagem que, dos doze estádios escolhidos para a Copa 2014, ao menos cinco devem virar elefantes brancos. Definitivamente, o que mais atrasa o crescimento do Brasil é a falta de planejamento. O que mais ouvimos dizer hoje é que o grande problema da Copa 2014 serão os aeroportos. De fato serão. Mas quem não sabia que esse seria o maior gargalo do país, frente ao enorme desafio de prepará-lo para o maior evento de mídia do planeta? As obras de que precisávamos não aconteceram. Teremos os puxadinhos... E a escolha das cidades, do ponto de vista de logística, não poderia ser pior. Certamente não escolheram Manaus por conta da sua enorme tradição no futebol. Nem Cuiabá pela sua bem-equipada estrutura hoteleira. Ou Natal, pela força da iniciativa privada, capaz de, sem recursos públicos, erguer uma arena de futebol. Se em 31 de maio de 2009, data em que a Fifa divulgou nas Bahamas a escolha feita pela CBF e governo brasileiro das cidades escolhidas, Belém, Goiânia e Florianópolis tivessem sido anunciadas, será que o risco de elefan-

tes brancos seria menor? Em 2008, fui assistir a um clássico manauara no Vivaldão, entre Rio Negro e São Raimundo. Sabem qual foi o público pagante? Exatas 198 pessoas. Com uma renda de R$ 4 mil. E isso dificilmente vai mudar... No entanto, Belém, que disputava com Manaus o direito de sediar a Copa, foi preterida, mesmo tendo Payssandú e Remo como duas das torcidas mais apaixonadas do Brasil. Sem contar o estádio do Mangueirão, que é um dos mais belos e funcionais do país. O grande argumento para a escolha de Manaus foi o marketing da Amazônia. Agora, será que os turistas vão gostar de ver igarapés poluídos, uma bagunça urbana com trânsito caótico e todas as mazelas da cidade? Florianópolis apresentou como proposta a reforma do estádio do Figueirense, com capital privado, para sediar a Copa. No entanto, a escolhida Natal patinou até hoje para encontrar um modelo que fosse interessante para as construtoras. Seu grande trunfo foi proximidade da cidade com a Europa. Ora pois, em altura de cruzeiro, o aeroporto de Recife, por exemplo, está a 15 minutos de vôo amais. Mas o problema maior não é na chegada dos europeus ao

país, e sim o transporte entre as cidades, principalmente de aviação executiva. E Florianópolis, com potencial esportivo, estádio privado e entre Porto Alegre e Curitiba, a uma hora de vôo de São Paulo, ficou de fora... Alguém consegue explicar? Cuiabá ter optado por construir um estádio com arquibancadas removíveis não esconde o fato de que a capital mato-grossense terá um dos maiores elefantes brancos da Copa. Afinal, serão gastos mais de R$ 500 milhões em uma arena que jamais terá um uso proporcional a tanto investimento. Situação oposta é a de Goiânia, que já possui um estádio incrível projetado pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha e tem torcida para enchê-lo, tanto do Goiás, quanto do Vila Nova e do Atlético-GO. Em alguma coisa nossos governantes erraram. Ou foi na escolha das cidades, ou na falta de prioridade em melhorar os aeroportos, portos, hotéis e, principalmente, a mobilidade entre as cidades. Para aquelas que foram as escolhidas – ocupando o lugar das preteridas -, não me levem a mal, pois é carnaval. — *Rodrigo Prada é jornalista, autor do estudo sobre Os Estádios Brasileiros e diretor do Portal Copa 2014.

Se as chuvas não atrapalharem, a previsão é de que os trabalhos terminem em um mês

“Homo dignus”

DOMINGOS PEROCCO NETTO Será que a figura do “homo dignus” (homem digno) se extinguiu no seio da classe política brasileira? Será possível que o homem público digno, honesto, decente tenha desaparecido em nosso País, do mesmo modo como a língua latina desapareceu, juntamente com o desmonte do império romano? Esta pergunta me veio à cabeça agora de manhã, lendo o jornal o “Estado de São Paulo ” de hoje, 2 de março de 2011. Deparei, à página A13, inserção de pequeno texto divulgado pelo jornal alemão “Der Spiegel” informando que o Ministro da Defesa da Alemanha, Karl-Theodor zu Guttenberg, decidiu abandonar o seu importantíssimo cargo ministerial após a publicação de notícia acusando-o de plágio acadêmico em sua tese universitária, nos tempos em que concluiu seus estudos acadêmicos, quando conseguiu o seu Doutorado. Não mais podendo ser chamado de “Doutor” ou “Ministro”, por um fato desabonador encontrado em sua vida pregressa, ocorrido há anos passados, e mesmo sem ter sido processado na justiça por esse provável crime, julgou por bem KarlTheodor, em defesa de sua honra, seguir o único caminho que sua dignidade pessoal - agora maculada - lhe indicava: renunciar ao cargo público que ocupava. Em países do primeiro mundo, como Alemanha, Holanda, Inglaterra e outros, a honra pessoal é tudo para o homem público. Precede até qualquer decisão judicial sobre o assunto. Sentem-se os europeus ofendidos com a simples hipótese de terem sido acusados de desonestos, às vezes até por terem sido imprudentes em determinada situação. Não podem conviver com

tal suspeita. O homem público daqueles países não aceita ser acusado e continuar no cargo. Sente-se humilhado, diminuído, desonrado com a situação. Em defesa da sua honra, abandona o posto público. É a melhor prova que qualquer político pode dar de integridade pessoal: a sua renúncia ao posto. Demonstra assim que não teve, nem tem, ambições pessoais ou pecuniárias quando decidiu participar da vida pública. Que vergonha me dá viver no Brasil... Vários Ministros, Senadores, Deputados Federais e Estaduais, Governadores, Prefeitos, Vereadores estão sendo processados na Justiça, em ações amplamente documentadas pelo Ministério Público de sua culpabilidade. Nossas Leis, no entanto, lhes permitem responderem em liberdade enquanto os processos tramitam entre Fóruns e Tribunais. Valendo-se de brechas pouco decentes existentes na burocracia processual, lutam para escapar do julgamento pela porta mágica da “decorrência de prazo”, pelo arquivamento dos seus processos. Um privilégio reservado para os “poderosos” de plantão e uma aberração processual que não lhes interessa corrigir. Todos estão se lixando para a própria reputação. O que lhes interessa é mamar nas gordas tetas do Governo do Brasil. Assistimos pela TV, há poucos dias, um deputado federal recém eleito sendo empossado na Presidência de uma das Comissões mais éticas da Câmara Federal. Esse deputado ficou famoso pelo fato de sua esposa ter sido flagrada, à época do “mensalão”, recebendo alegremente uma propina prometida. Por isso, ele está respondendo por processos onde é acusado de vários delitos, com seus advogados lutando para atrapalhar e/ou retardar o andamento dos ditos processos. Indagado pelo repórter sobre o as-

sunto, respondeu, com a cara mais lavada do mundo: “Ser acusado no processo não é prova de culpa”. Qualquer cidadão poderia, no momento, ter-lhe respondido: “Não é prova de culpa, mas é um forte indício de culpa, de ladroagem, e de outras coisas mais” . Se esses nossos políticos tivessem vergonha na cara, apressariam o andamento dos seus processos para provarem sua inocência. Aí sim, poderiam voltar à vida pública, com a sua honra reabilitada. Mas não fazem isso porque sabem que são aproveitadores, coniventes, corruptos, propineiros, etc. Qualquer brasileiro lista de imediato o nome de alguns políticos corruptos do País. O cidadão um pouco mais politizado listará facilmente uns 10 ou 20. Ora, o político corrupto está cumprindo a parte dele, ganhando sem trabalhar. Culpados somos nós, eleitores, que despejamos nossos votos nessa corriola, em troca de qualquer porcaria: um cartão bolsa-família, uma passagem, uma chuteira de futebol, um jogo de camisas para o seu time de várzea, etc. O eleitor brasileiro precisa ter mais critério para votar, para assim poder exigir dos Três Poderes o cumprimento imediato da “ Lei da Ficha Limpa ”. Esta Lei tem chance de moralizar o nosso País. Ela não pode ser objeto de interpretações esdrúxulas por juizes de nossa mais alta Corte, que abram válvulas de escape para corruptos, possíveis corruptos, candidatos a corrupto. Esse bando não pode ter acesso a qualquer cargo público – eletivo ou concursado - na estrutura de nossa Pátria. Este acesso é único e exclusivo para o “ homo dignus ”, aquele que tem ficha limpa.


5 de março de 2011 - A-7

Polícia apreende 700 pedras de crack Material estava sendo transportado por homem conhecido por tráfico de droga

REPORTAGEM

A Força Tática da Polícia Militar apreendeu na noite de quinta-feira (3), na região da Vila Brasil, cerca de 700 pedras de crack. O material estava sendo transportado por O.D.L., de 41 anos de idade, já conhecido das autoridades policiais por envolvimento com o tráfico de drogas. Ao perceber que seria abordado, na Avenida Perimetral, próximo ao Jardim Nova Belmonte, O. tentou fugir, mas foi alcançado pelos homens da Polícia Militar. Ele vestia uma capa de chuva e, na manga, carregava um pacote contendo várias pedras de crack. O. confessou ser dono da droga e recebeu voz de prisão, sendo levado para a delegacia. No local, os policiais providenciaram a

pesagem da droga, que totalizou 231 gramas. O homem foi recolhido à carceragem e deve ser conduzido a um Centro de Detenção Provisória na região. Outras apreensões Na madrugada de sextafeira, no Vale do Redentor, D.A.P.R., de 24 anos, foi detido na rua Herostrato Dias Pinheiro, com um invólucro plástico contendo crack. A droga estava escondida na boca. Na Vila Maschietto, na noite de quinta-feira, A.V.B.F., de 23 anos, foi detido com uma porção de maconha escondida no bolso da blusa. E, no Vale do Redentor, na noite de quarta-feira, B.A.S.P., de 21 anos, foi detido também com uma porção de maconha.

Mais uma idosa atropelada Na manhã de sábado, 26 de fevereiro, B.L.S., 66 anos, foi vítima de um atropelamento na rua dos Paulistas, no bairro Santo Antonio. O fato se deu próximo ao Supermercado Fonseca. A aposentada relatou que tentava atravessar a rua e não avistou a moto Honda Biz vindo em sua direção. O condutor do veículo, P.A.B.C., de 19 anos, disse que a pedestre entrou repentinamente na frente da moto. Ele tentou desviar, mas não conseguiu evitar a colisão. A mulher foi levada ao Pronto Socorro, onde recebeu cuidados médicos e depois foi liberada.

Acidentes com motos Na noite de sexta-feira, 25 de fevereiro, R.C.S., de 43 anos, seguia com sua moto CG 150 pela Avenida Deputado Eduardo Vicente Nasser quando derrapou e caiu, ao tentar desviar de um Celta. O motociclista afirma que o veículo virou bruscamente sem dar sinal, para adentrar na garagem do número 1.132 da referida via. Uma mulher que seguia na garupa da moto, E.E.S., de 18 anos, também caiu e sofreu leves escoriações. A condutora do Celta, S.P., de 49 anos, confirmou que não sinalizou para adentrar na garagem. Fato semelhante ocorreu na rua Silva Jardim. F.F.P., de 22 anos, colidiu sua moto Suzuki Yes contra a traseira de um Gol, que era conduzido pelo aposentado H.E., de 75 anos. Segundo o motociclista, o condutor do gol parou repentinamente e não foi possível evitar a colisão. O aposentado afirma que diminuiu a velocidade e sinalizou para estacionar o veículo. O idoso sofreu algumas escoriações no cotovelo e joelho. E na segunda-feira, 28 de fevereiro, E.S.S., de 35 anos, trafegava com uma moto CG 125 quando, no cruzamento das ruas 9 de Julho com Jorge Tibiriçá, um caminhão cortou a preferencial e atingiu a moto. O condutor do caminhão fugiu sem prestar socorro.

Homem invade escola no Vale De acordo com informações apuradas pela reportagem de Gazeta na tarde de ontem, na manhã de 3 de março, C.H.R., de 22 anos, invadiu a escola Laudelina de Oliveira Pourrat, no Vale do Redentor, chegando a atirar objetos e causando transtornos nas salas de aula. C.H.R. foi conduzido ao Pronto Socorro para ser medicado.

Droga estava escondida na manga da capa de chuva usada pelo traficante

Menor é acusado de tráfico Na noite de 25 de fevereiro, policiais da Rocam abordaram dois ocupantes de uma moto Suzuki 125, ao suspeitarem do veículo conduzido por E.L.J., de 38 anos, que saía de uma estrada de terra na Chácara Belmonte. Ao se aproximarem da moto, os policiais perceberam que o garupa, M.F.S.B., de 16 anos, escondeu algo dentro da bermuda. Os policiais abordaram os ocupantes da moto e, durante revista, encontraram duas porções de cocaína, mais R$ 60 em dinheiro, com o menor. O menor declarou aos policiais que comprara a droga em São Sebastião da Grama, por R$ 700, e que venderia o produto em São José. Já o condutor da moto disse que apenas deu

carona para o rapaz. Os dois suspeitos foram

levados à delegacia, mas apenas o menor ficou de-

tido, à disposição da justiça. E.L.J. foi liberado. REPORTAGEM

Polícia encontrou duas porções de cocaína e R$ 60 em dinheiro


A-8 - 5 de março de 2011

Carro oficial envolvido em nova polêmica Após repercussão sobre o processo de compra, Omega vira notícia nacional

FOTOS REPRODUÇÃO/ FOLHA DE SÃO PAULO

Prefeitura diz que abrirá processo administrativo

Passava das 19 horas desta sexta-feira, quando a Prefeitura se manifestou sobre o assunto. A assessoria de imprensa distribuiu uma nota informando que será aberto processo administrativo para apurar o caso. A nota segue na íntegra: “A Prefeitura de São José do Rio Pardo recebeu com espanto, no final da tarde desta quinta-feira, 2, a informação de uma jornalista do grupo Folha de São Paulo de que o carro oficial do município teria ocupado uma vaga reservada para idosos no centro da cidade de São Paulo. A notícia ganhou conhecimento público ao ser veiculada na página principal da UOL na manhã desta quintafeira. O carro oficial estava na Capital a serviço, levando os passageiros até o Tribunal de Contas, a Secretaria Estadual de Segurança Pública e no Centro Paula Souza. A Prefeitura lamenta o ocorrido e informa que o motorista deverá responder processo administrativo pela má conduta. É inaceitável o que ocorreu, pois além da infração houve total exposição do veículo da Prefeitura e, por conseqüência, de todo o município”.

Ocupando parte de vaga destinada a idoso, o carro 001 da Prefeitura foi destaque no noticiário da internet e indignou a população

GILMAR ISHIKAWA A edição online do jornal Folha de São Paulo colocou São José do Rio Pardo em destaque nesta sexta-feira (4). Isto porque o carro oficial da Prefeitura, o GM Omega, foi flagrado estacionado irregularmente na esquina da rua Rego Freitas com Marquês de Itu. Segundo a reportagem da Folha, que foi gravada em vídeo, o carro estava parado sem cartão de estacionamento e sobre parte de uma vaga destinada a idoso. Detalhe: um dos ocupantes do veículo era o pastor Messias dos Santos, responsável pelo Centro da Terceira Idade, órgão da Secretaria Municipal de Assistência e Inclusão Social. Além do motorista, Ivair Balena, outro ocupante do carro era o diretor da ETEC Paula Souza, Valdeli Nóbrega, que falou com a reportagem de Gazeta na tarde de ontem. “Como o carro

levaria o pastor a São Paulo, pedi uma carona para entregar uns documentos no Centro Paula Souza. Depois paramos para almoçar”, disse Nóbrega. Ele lamentou o ocorrido dizendo que a parada no local foi rápida, e que o veículo não foi estacionado na vaga de idoso. “Parte traseira do carro é que ficou sobre a faixa que delimitava a vaga”, completou. O fato ocorreu na tarde de quinta-feira, 3. A reportagem da Folha de São Paulo (cujo vídeo pode ser acessado na internet) confirma o depoimento de Valdeli, de que apenas parte do veículo estava sobre a vaga destinada a idoso. A notícia teve como foco a atuação dos chamados “Marronzinhos” – fiscais da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) que não autuam veículos oficiais, os carros oficiais chamados de “chapa preta”, que comumente transportam prefeitos, vereadores, secretá-

rios municipais ou estaduais. “Não era o prefeito que estava no veículo; segundo a Prefeitura, eram representantes do município que vieram para São Paulo, ter reuniões em duas secretarias”, afirma o repórter da Folha, Alencar Izidoro, no vídeo. Outro foco em São José O carro oficial da Prefeitura tem pouco mais de dois anos de uso e é cercado de polêmicas, sendo esta, apenas mais uma. A aquisição do automóvel foi denunciada ao Ministério Público por suspeita de irregularidade no processo de licitação, que segundo a Câmara fora feita de forma dirigida. Na época, o carro importado (modelo australiano) era o mais luxuoso pertencente a uma Prefeitura desta região, que desembolsou quase R$ 120 mil para pagar o veículo. No ano passado, o carro

se envolveu em um acidente na SP-340, nas proximidades de Jaguariúna, quando colidiu com outro veículo. Os ocupantes do Omega eram o secretário de Obras Marco Aurélio Feltran e o vice-prefeito José Carlos Zanetti, acompanhados do motorista do gabinete. A notícia da Folha de São Paulo, veiculada na capa do

portal UOL, nesta sextafeira, provocou a ira não apenas dos rio-pardenses como também de cidadãos de outras regiões (são exemplos: capital paulista, Botucatu, Araraquara, São Caetano do Sul, Ribeirão Preto, Campinas). Por email ou telefonema, muitos se manifestaram ao longo do dia. Em comum, a indignação.

“Com a palavra, o senhor prefeito e Câmara dos Vereadores.” (Jonathan L. Seagull) “Olha a nossa prefeitura que vergonha.” (Lúcio RS) “Olhem só que vergonha, um carro oficial de São José descumprindo a legislação em São Paulo.” (Nivaldo) “Que coisa feia, carro oficial rio-pardense sendo notícia na capital.” (Rafael P. Carvalho) “Tive o desprazer de ver o nome da nossa cidade numa situação que motiva grande indignação.” (Eliezer Pedretti)


5 de março de 2011 - A-9

Canoagem disputa seletiva para competir

Prefeitura de Piraju e empresas locais se mobilizam para patrocinar a equipe Três canoístas da equipe “Adrenalina Legal”, do Projeto Shalom, se preparam para disputar uma seletiva nacional que pode garantir vaga no Campeonato Mundial Sênior, Copa do Mundo, Campeonato Sulamericano e torneio preparativo olímpico, em Londres. A equipe será representada por Alan Pazin Estevão, Wellington Serafim Munhoz e Cassiano Vieira Alfredo. Eles viajam no próximo dia 10 de março para Piraju, onde participam de um treinamento intensivo de dois dias, e em seguida partem para Foz do Iguaçu, local da seletiva nacional de canoagem, nos dias 17, 18 e 19 de março. Segundo informações da direção do Projeto Shalom, a participação dos canoístas esteve ameaçada por falta de recursos. Sem o repasse de verbas que deveria ser feito pela Prefeitura, o Instituto Prefeito Lupercio Torres, mantenedor do projeto, não poderia arcar com as despesas de viagem, estadia e alimentação dos atletas. “O Departamento de Esportes e Cultura (DEC) garantiu apenas a ida da equipe até Piraju”, explica Beth Torres, diretora do Shalom.

Desde o início deste ano, o DEC tem feito contingenciamento de recursos e anunciou o corte nos investimentos para algumas modalidades esportivas. “Ficamos preocupados”, disse Beth, destacando que a Prefeitura de Piraju se sensibilizou com a situação dos canoístas da equipe “Adrenalina Legal” e se ofereceu para ajudar. Além disso, três empresas da cidade (G Bertho Materiais Elétricos, Mega Sistema de Alarmes e Concreto São José) se dispuseram a patrocinar a equipe na seletiva. “O Instituto Prefeito Lupercio Torres e o Projeto Shalom acreditam que estes empresários dão exemplos de cidadania ao incentivarem os atletas, preenchendo as obrigações que seriam da administração municipal”, diz a diretora do Shalom. “Pela experiência que têm, com a conquista de vários títulos nacionais e até internacional, além do constante treinamento e a garra que lhes são peculiares, temos esperança de que estes jovens atletas ainda podem nos trazer grandes alegrias e, quem sabe, até uma classificação para participar dos eventos preparativos das Olimpíadas de Londres”, completa.

Ricardo Bombarda (de Araraquara)

DIVULGAÇÃO

Alan, Wellington e Cassiano tentam vagas para vários campeonatos de canoagem na seletiva que acontecerá em Foz do Iguaçu

Renascer recebe US$ 24 mil do Rotary Representantes do Rotary Club Bristol – Distrito 7450 – Estados Unidos, estiveram ontem, sextafeira, em visita a São José do Rio Pardo com o objetivo de conhecer o Projeto Renascer, que esta semana recebeu uma verba de US$ 24.715,90 (dólares) referente ao programa ‘Subsídio Equivalente’. A ajuda é fruto de uma parceria entre o Projeto Renascer, Rotary Club de São José do Rio Pardo Distrito 4590, o Rotary de Bristol (Pensilvânia) e a Fundação Rotary Internacional, e será utilizada para a construção de uma nova piscina e a compra de equipamentos de fisioterapia. De acordo com o coordenador distrital 4560 de Guaxupé/MG, Claudio Spi-

guel, além de São José do Rio Pardo, outros três projetos são apoiados pelo Rotary no Brasil, nas cidades de Jundiaí/SP, Rondonópolis/MT e Guaxupé (organização Luz

da Vida, que atende pacientes com câncer). Os rotarianos de Bristol – Russell Defuria e Vasanth Prabhu – também conheceram o Educandário São José, ou-

tra entidade que tentará participar das ações do Rotary. As visitas foram acompanhas pela presidência e representantes da organização rotariana local.

Representantes do Rotary Club de Bristol e membros dos Distritos 4590 e 4560

Personalidades femininas são homenageadas

No dia 10 de março, onze personalidades femininas que se destacaram em 2010 serão homenageadas na Secretaria de Turismo, como parte das comemorações ao Dia Internacional da Mulher (8 de março). De acordo com informações da assessoria de

imprensa, as homenageadas foram indicadas por meio de uma comissão formada por integrantes do DEC, ACI, secretarias do município e também da imprensa local: Miriam Dias Camargo (Saúde); Maria Helena Carrato Jardim (Educação); Maria Isabel Venezian De Martini (Co-

mércio); Maria Helena Fernandes Amato (Social); Salomé Palmieri (Empresarial); Maria Helena Xavier Barbosa (Esporte); Fernanda Cristina Quessada Roque (Empreendedorismo); Sônia Fornari Galera (Destaque do Ano); Neide Salete Suzano Torres (Voluntariado); Márcia

Regina Westin de Oliveira (Comerciária); Luciana Dias Tessari (Cultura). O evento terá início às 20 horas, no auditório da própria Secretaria, localizado no andar superior do prédio da Biblioteca Municipal “Monteiro Lobato”, atrás da Matriz de São José.


A-10 - 5 de março de 2011

O prazer de viver no compasso do samba Prestes a completar 50 anos de história, a loja João Duva é sinônimo de festa

“Alegria é vida, e vida é alegria.” No compasso do samba, esta frase marcou o ritmo de muita dedicação ao trabalho, da alegria e do prazer de viver. E foi nessa cadência que no ano de 1964 teve início, pelas mãos de João Duva, a história da loja de fogos de artifício e artigos carnavalescos. É impossível falar em carnaval sem pensar no antigo comércio da avenida 9 de Julho, que conseguiu sobreviver a todos os planos econômicos, às mudanças de moeda e crises mundiais. “Meu pai gostava de viver, era brincalhão e disposto. Colocava o saco de confete nas costas e ia para o salão do Rio Pardo vender seus produtos para os foliões. Pulava muito quanto tocava sua marchinha preferida... Doutor, eu não me engano, meu coração é corintiano”, lembra a filha Rita Helena Vedovatto Duva Rossetto. Já a esposa Vitória, com lágrimas nos olhos e uma profunda saudade dos velhos tempos, ri ao se lembrar de outra música que o marido gostava de cantar: “Tava jogando sinuca e uma nega maluca me apareceu. Vinha com o filho no colo e dizia pro mundo que o filho era meu!” “Olha, eu nem conheço essa música, mas ficava brava quando o João cantava pra mim”, conta.

REPORTAGEM

Rita (à esquerda) se esmera no cuidado às fantasias e no atendimento aos clientes

Mas, seguindo o ditado que diz que “em toda alegria há um pouco de tristeza; e em toda tristeza há um pouco de alegria”, João e a esposa, companheira de tantas lutas, travaram a maior de suas batalhas com a perda precoce do filho Pedrinho. Apesar da tristeza, continuaram seguindo em frente com a loja, sempre acreditando que encontrariam novamente a alegria ao contribuir para promover a alegria dos outros. O comércio era o caminho. A paixão pelo carnaval, transmitida de geração a geração, fez com que Rita e Emílio aprendessem a amar e a dar valor ao trabalho do pai João Duva.

“Compramos a nossa primeira televisão Mitsubishi com o dinheiro da venda de artigos carnavalescos, e disso nunca vou me esquecer”, fala Rita. Recordar é viver! São muitas as lembranças de um tempo em que se brincava o carnaval, na pura acepção da palavra. Marchinhas, confetes, serpentinas, fantasias confeccionadas pelos próprios foliões, brincadeiras de água com o consentimento de todos os envolvidos, enfim, uma época em que a diversão desprovida de malícia e maldade era a tônica dos bailes promovidos nos clubes. “Era um carnaval amigo, irmão, não ti-

nha excessos. Havia respeito entre as pessoas. E as músicas, então? Aquilo era música que animava!”, declara Rita, citando alguns trechos das marchinhas que marcaram época, no carnaval que pulava com as amigas. “Taí, eu fiz tudo pra você gostar de mim. Ó, meu bem, não faça assim comigo não. Você tem, você tem, que me dar seu coração.” O pedido do pai Com a saúde debilitada e sem a mesma energia de antes, Rita conta que o pai fez questão de deixar uma mensagem à família mesmo quando seus olhos davam sinais de que se fechariam para sempre. “Poucos minutos antes de falecer, meu pai nos chamou para pedir que cuidás-

semos da loja. Disse que estava deixando para nós uma roça que daria boas colheitas, por isso eu nunca desisti. Só vou parar quando também morrer.” E em 47 anos de existência a loja João Duva nunca fechou as portas, nem mesmo temporariamente. Mesmo com os puxões de orelha da mãe, que insiste em pedir para que o local passe por uma reforma, Rita se esmera no cuidado às fantasias expostas nos manequins que ficam na entrada da loja. “Está um pouco bagunçado, sabe como é, o pessoal deixa pra comprar a fantasia na última hora e a loja vira uma loucura!”, diz. E vira mesmo. Entre um cliente e outro, em meio ao entra e sai de crianças à procura deste ou daquele personagem, Rita consegue, com o apoio do marido Wladimir, atender todos com simpatia e dedicação. E ainda falar com a reportagem de Gazeta! Na loja João Duva tem

de tudo. Além dos fogos de artifício, é claro, a loja possui uma infinidade de fantasias, adereços, enfeites de salão, confetes, serpentina, espuma, perucas. As fantasias de adulto são um sucesso à parte, muitas vezes até alugadas para determinadas festas durante o ano: marinheiro, Lady Gaga, havaiana, odalisca, Elvis Presley, palhaço, árabe e muitas outras. Para as crianças, opções a perder de vista: sininho, havaiana, odalisca, princesas Disney, indiazinha, colombina, Pedrita, turma do Chaves, heróis, prisioneiro, Peter Pan, Ben 10, Toy Story e outras. E o trabalho dos filhos segue ininterrupto, com o firme propósito de cumprir a missão que lhes foi confiada pelo pai. A vida imitando a vida. Como na frase escrita em um cemitério italiano, que João Duva gostava de repetir: “Mangiare, bere e godere di ciò che ci si aspetta qui” (Coma, beba e divirta-se que aqui te espero). DIVULGAÇÃO

Em 1972, Rita e a amiga Irma Baldassim no carnaval do Rio Pardo Futebol Clube REPORTAGEM

À moda antiga: na entrada da loja, fantasias são expostas nos manequins


5 de março de 2011 - A-11

Onde tem mulher não faltam vida e alegria Divididas entre a casa e o trabalho, elas enfrentam preconceitos e não fogem à luta GISELLE TORRES BIACO Pouco restou do tempo em que a mulher nascia para cuidar do marido, da casa e dos filhos. Trabalhar fora era privilégio dos homens. Vagas lembranças de uma cultura machista que ainda persiste, apesar de todas as conquistas femininas. Muitas têm sido as vitórias das mulheres ao longo dos anos: direito de estudar, votar e se candidatar a cargos políticos, praticar esportes, melhores condições de trabalho, acesso à cultura e igualdade entre os sexos, entre tantos outros. Hoje o Brasil tem mais mulheres que homens, são 50,78% para 49,22% homens. Elas ocupam cada vez mais espaço no mercado de trabalho e representam quase metade dos trabalhadores do país. Segundo informações da Organização Internacional do Trabalho (OIT), elas estão cada vez mais participativas no orçamento familiar. Em 1998, elas eram responsáveis financeiramente em 25,9% dos lares. Em 2008, o percentual passou para 34,9%. A OIT divulga os dados com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), do IBGE. Ainda conforme os dados da organização, as mulheres no fim de 2008 representaram 43,7% das pessoas acima de 16 anos no

REPORTAGEM

mercado de trabalho. Ou seja, eram 42,5 milhões entre os 97 milhões de trabalhadores do país. De sexo frágil à fortaleza Em 1975, a ONU oficializou o 8 de março como o Dia Internacional da Mulher. Entre outras versões, a mais difundida diz que a data seria uma homenagem a 129 operárias mortas num incêndio ocorrido numa fábrica têxtil de Nova Iorque, em 1857. Histórias à parte, o que importa é aproveitar a data para lembrar ao mundo o papel de quem há muito deixou de ser o sexo frágil, e se mostra forte o bastante para encarar os desafios propostos no mercado de trabalho com convicção, competência e disposição. “A mulher está mais segura de si, do seu papel na sociedade. Está voltando a estudar, buscando conhecimento e acumulando funções para ser profissional, mãe, mulher e esposa”, comenta a proprietária da loja de confecções Binga & Elvis, Susi Viana. Há mais de 15 anos no mercado rio-pardense, a loja possui 60 funcionárias e apenas seis funcionários. As vantagens, segundo Susi, são muitas. “Elas são antenadas com a moda, conseguem ter uma visão ampla do que o cliente procura em razão de sua sensibilidade,

Regina, Tamires, Dora, Luciana e Rose representam as 60 funcionárias da loja Binga & Elvis Confecções, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

além disso, lugar que tem muita mulher é sempre animado. Elas trazem vida e alegria para a loja.” Dividir o tempo entre o trabalho e a família pode ser uma tarefa árdua, cansativa e muitas vezes sem reconhecimento. Entretanto, apesar de todas as dificuldades, elas não desistem e seguem em frente. “Não dá tempo nem de ter depressão, a mulher já nasce com um instinto maternal, com a percepção do mundo à sua volta”, diz Regina Helena Gesualdo da Silva, que há 11 anos trabalha na loja. A funcionária mais antiga da loja (atenção, leitor: mais antiga não quer dizer mais velha!), Rosângela Aparecida Cunha Prevital, diz que o fato de trabalhar meio período facilita bastan-

te. “Chego em casa e ainda tenho meus afazeres, além da atenção que preciso dispensar aos mês dois filhos.” Rose, como é chamada, completou 23 anos de casa, já que começou na antiga loja. Luciana Florêncio Bucci conta que, com o tempo, descobriu uma técnica “infalível” para solicitar ajuda ao marido. “A gente faz tanta coisa no mesmo tempo que em certas situações é melhor se fazer de fraca, de cansada. Afinal, somos mulheres e não máquinas!” Luciana está há 10 anos na loja. Tamires Aparecido Urso é a mais nova das entrevistadas, com menos de um ano e meio de casa. Para ela, o segredo de se dar bem no trabalho, já que mora com os pais, é supe-

rar as expectativas dos clientes. “Ser gentil, apresentar opções e sugerir”, diz. Sociedade machista Mesmo com participação semelhante entre homens e mulheres no mercado de trabalho, as informações da OIT mostram que elas sofrem muito mais com o desemprego do que os homens. A situação é ainda pior entre as mulheres negras. Entre as negras a taxa de desemprego atingiu 10,8% em 2008 e entre as mulheres brancas, 8,3%. A OIT apresenta ainda a informação de que 15,8% das mulheres ocupadas estão no trabalho doméstico, e a maioria, em relação precária de trabalho: somente 26,8% têm carteira assinada. Entre as

mulheres negras, a situação também piora: 76% das que atuam no trabalho doméstico estavam na informalidade em 2008. A subgerente Doralice Leme Cândido de Souza, há 16 anos na empresa, conta que a maior riqueza das mulheres da loja Binga & Elvis Confecções é a história de vida de cada uma delas. “Cada mulher, solteira ou casada, tem sempre uma bela história para contar. Sua luta é diária, e ainda por cima é obrigada que conviver com o machismo que ainda existe no mundo, com todo o preconceito que ainda enfrentamos.” Isso se confirma em relação à diferença salarial entre homens e mulheres no Brasil. Segundo o Ministério do Trabalho, o salário inicial pago aos homens em 2010 foi, em média, R$ 113,3 maior que o vencimento pago às mulheres no ato da admissão no emprego. As mulheres estão ganhando, em média, de 20% a 25% a menos que os homens. Apesar dos avanços conquistados pela sociedade brasileira nos últimos anos, que culminaram na chegada de uma mulher à presidência da República, o preconceito ainda é dominante no país. É a falta de visão empresarial, que não enxerga que a mulher é tão ou mais competente os homens.


A-12 - 5 de março de 2011

Cresce a procura por tratamento no Pevi Dependentes de crack superam alcoolistas e são maioria dos atendidos na entidade

Criado com o objetivo de atender dependentes de álcool, o Projeto Esperança e Vida (Pevi) tem hoje uma nova realidade. A entidade tem sido bastante procurada para atender também os usuários de crack, que são em número bem maior do que os alcoolistas. A invasão das drogas químicas na sociedade obrigou o Pevi a adotar novos rumos. Os dados registrados pela diretoria do Pevi mostram a ascensão dos usuários de drogas químicas sobre os usuários de álcool na entidade. “Em 2008, recebemos 125 pessoas, sendo que 16% eram dependentes de álcool e 84% eram dependentes de outras drogas, principalmente o crack”, afirma Mário Augusto Pacheco Aguiar, que trabalha com os internos da entidade. Ele informa ainda que, nos anos seguintes a procura teve poucas

alterações. “Em 2009, foram 120 pessoas, sendo 21,7% de alcoolistas e 78,3% de usuários de drogas; em 2010, tivemos 126 internos, sendo 19,05% de usuários de álcool e 80,95% de drogaditos”. Mário é estudante do último ano de psicologia na Unip. Ex-administrador de empresas, com passagens por multinacionais e vivências internacionais. É ele quem desenvolve os trabalhos terapêuticos com os internos do Pevi. “A procura por vagas é muito grande e a gente atende dentro das possibilidades. Se houvesse estrutura, certamente atenderíamos mais”, comenta. Diante da demanda, Pacheco conta que o Pevi passou a manter convênio com prefeituras da região, a fim de oferecer acolhida para os dependentes. “Aqui, 40% da capacidade

Instalada desde 1998 em uma propriedade rural, a entidade firma parceria com prefeituras para oferecer atendimento a drogaditos

é destinada aos pacientes de outras cidades. As prefeituras pagam um salário mínimo por cada pessoa internada. Os outros 60% das vagas são para pacientes de São José”, afirma. Ele observa que a cidade pode, se quiser, tornar o Pevi uma referência regional para tratamento de dependentes químicos “e ainda ganhar dinheiro com este serviço”. Conforme observa Mário Pacheco, há escassez de entidades para este tipo de atendimento e, com o avanço do crack, cada vez mais os municípios precisarão de clínicas especializadas. Diante desta necessidade é que foram criadas as parcerias com as prefeituras da região. “Não existem clínicas públicas com esta finalidade e, embora não seja objetivo da instituição ganhar dinheiro, estas parcerias com as prefeituras ajudam na manutenção da própria entidade”, completa. Estrutura O Pevi recebe subvenção da Prefeitura de São José do Rio Pardo, mas os recursos são poucos e, a exemplo do que ocorre a outras entidades assistenciais do município, os repasses estão atrasados. “Apesar destas dificuldades, o tratamento é de qualidade e temos a pretensão de que se torne referência para tratamento de dependência química na região”,

diz Mário Pacheco, observando que o Pevi ainda busca uma estrutura ideal, que seria o envolvimento de uma equipe de médicos e enfermeiros, o que a entidade ainda não tem. “Quem nos dá suporte na parte clínica é o doutor Marcelo Galotti, mas o ideal era que tivéssemos enfermeiros, psiquiatra, enfim, profissionais que compõem a rede necessária a este tipo de atividade.” O atendimento aos internos da entidade se baseia na prática dos 12 Passos, criada nos Estados Unidos na década de 30, com o objetivo de tratar a dependência do álcool, e que mais tarde foi adotado como processo terapêutico contra outras dependências. Há ainda as atividades laborais e de ressocialização, como visitas familiares. Os trabalhos podem ser em grupo ou individuais, contudo, exigem bastante disciplina dos internos. “O mínimo de tempo recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este tipo de tratamento é de seis meses”. Após quatro meses de internação, o paciente pode começar a frequentar a casa da família, onde permanece por três dias e depois retorna para o projeto. Todo este processo é monitorado e, no retorno, o paciente passa por uma revista para evitar

REPORTAGEM

Concluinte do curso de psicologia, Mário Pacheco coordena as atividades do Pevi, com apoio de monitores como Norival Curti

prejuízos ao tratamento dos outros. “Diante de uma suspeita e comprovação de que o paciente voltou a usar droga, o tempo de internação é zerado. Começamos tudo de novo”, explica Pacheco. Além das famílias, o processo de ressocialização dos drogaditos em tratamento conta também com o suporte de outras entidades, como a comunidade católica “Deus Proverá”, grupos de Narcóticos e Alcoólicos Anônimos, e Amor Exigente. “É importante que haja este acompanhamento depois que o interno sai, para evitar que, mais tarde, ele retorne com os mesmos problemas”, observa Mário. Histórico O Pevi atende 27 pessoas, três dos internos se tornaram monitores e passaram por atividades de capacitação, para auxiliar no trabalho com os demais.

Atualmente sob a presidência de Maria Terezinha Preste da Silva, a entidade foi criada na década de 90, sob o nome de Casa de Recuperação Ecumênica Rio Pardo (Crerp), por meio de um trabalho envolvendo a comunidade católica da Paróquia de São Roque, liderada na época por Orani João Tempesta, hoje arcebispo do Rio de Janeiro. Nos seus primeiros tempos, sob a presidência do professor Hélio Ribeiro, a Crerp ficou instalada em um sítio na região do Barreirinho. A propriedade era cedida e, mais tarde, teve de ser desocupada, desalojando a entidade. Logo depois, uma ação entre empresários locais, políticos e comerciantes resultou na aquisição de uma gleba de terras para a instalação do Pevi, na SP-207 (rodovia São José/Grama), onde está desde 1998.


5 de março de 2011 - A-13

FUTEBOL

Definidos os semifinalistas do “Domingão” O Campeonato Domingo de Futebol já tem as equipes semifinalistas. A definição se deu na última rodada da fase de classificação, disputada no domingo, 27. A equipe do Bairro João de Souza ficou com a última vaga, ao vencer o Frango da Vila. Outro resultado que ajudou a equipe foi a vitória da Cargill sobre o Primus AIB. São José da Barra, Cargill e Botafogo já estavam classificadas antecipadamente. O destaque entre as semifinalistas é o time da fazenda São José da Barra que venceu todos os 7 jo-

Times 1º- São José da Barra 3º- Cargill 2º- Botafogo FC 4º- Primus AIB 6º- João de Souza 5º- Vasco F/10 7º- Germek 8º Frango da Vila

gos disputados na primeira fase, e desponta como um dos favoritos ao título. Na semifinal a equipe joga contra o João de Souza, e a Cargill enfrenta o Botafogo. Os jogos da semifinal serão realizados nos dias 13 e 20 de março, sendo a primeira rodada do estádio do Grêmio Municipal e a segunda no estádio do Botafogo. Na última rodada da fase de classificação, a Cargill venceu o Primus AIB por 4 a 1, gols de André Balão (3) e Douglinhas (Cargill); Adilson (Primus AIB). Já a equipe São José da Barra goleou o Vasco F/10 por CLASSIFICAÇÃO P J V 21 7 7 13 7 4 12 7 3 6 7 2 9 7 1 3 7 1 2 7 1 1 7 0

E 0 1 3 3 3 3 2 1

10 a 0 – a maior goleada da competição. Os gols foram marcados por gols de Bim (3), Vanil (2), Murilo (2), Luís André, Daniel e Gustavinho. Uma das justificativas da equipe vascaína é que não estava com o time completo. Nos outros dois jogos, o João de Souza garantiu a vaga ao derrotar o Frango da Vila, de virada, por 4 a 2, gols de Dil (2), Pedro Gusmão e Rafinha Morgan (João de Souza) e Richard e Flávio para o Frango da Vila. E o Misto do Botafogo venceu a Germek por 4 a 0, gols de Lu Moreira (2), Tatu e Chiquinho.

D 0 2 1 2 3 3 4 6

GP 34 20 17 14 14 16 7 10

GC 5 17 13 14 19 25 15 24

SG 29 3 4 0 -5 -9 -8 -13

Obs. O Vasco F/10, Germek e Primus perderam 3 pontos cada por utilizarem jogadores irregulares.

BOLETIM ESPORTIVO

Concurso de Clubes define vencedores da 1ª etapa As equipes Brasão, Boa Esperança (Grama), Carlos & Edgar e Misto do Crei foram as vencedoras da 1ª etapa do Concurso de Clubes promovido pelo programa Boletim Esportivo, da Rádio Difusora. A somatória dos pontos foi realizada no período de 23 de janeiro a 27 de fevereiro. A equipe Boa Esperança foi a vencedora da categoria titular, com 17 pontos em 6 jogos, onde sofreu apenas uma derrota. A equipe marcou 18 gols e sofreu 6. Nesta categoria o artilheiro foi o jogador Xande (Pessegueiro) com 15 gols e o melhor goleiro foi a equipe do Laranjal (Divinolândia) com 6 gols sofridos. O Brasão venceu entre aspirantes, com 24 pontos.

Com uma campanha de 6 jogos e seis vitórias, a equipe marcou 13 gols e sofreu 5. O artilheiro foi o jogador Paulete (São Cristóvão/Ataíde) com 18 gols e o melhor goleiro foi Pindaia (Dalbon) com apenas 2 gols sofridos. Na categoria mista local o vencedor foi a equipe Carlos & Edgard, com 17 pontos. A equipe jogou seis vezes, venceu 5 e perdeu uma. Foram 32 gols marcados e 15 sofridos. O jogador Japão, da mesma equipe, foi o artilheiro, com 16 gols, e o melhor goleiro foi Becão (Botafogo) com 8 gols sofridos. Na categoria mista regional, o Crei, de Itobi, foi o vencedor com 22 pontos. A equipe venceu todos os seis jogos que disputou.

Marcou 29 gols e sofreu 3. O time teve ainda o jogador Bim (Crei) como artilheiro, com 14 gols, e o melhor goleiro, com 3 gols sofridos. Os prêmios aos vencedores serão entregues no próximo dia 26 de março.

Becão melhor goleiro da 1ª etapa do Concurso

Aspirante do Brasão foi a melhor equipe na categoria local

João de Souza garantiu vaga na última rodada

VETERANOS 35

Após goleada, Guará assume a liderança A equipe Compensados Modelo/Rio Pardo festas perdeu a liderança do Campeonato Regional de Veteranos, 35 anos, para o Decet/Guará, de Casa Branca, após realização da 6ª rodada da competição. Na rodada do último sábado, 26, no estádio do Grêmio Municipal, o Compensados Modelo empatou em 2 a 2 com o Vasco FC, enquanto o time casabranquense goleou a Mogiana por 5 a 0. Os gols do jogo Compensados Modelo x Vasco foram marcados por Celso Ferreira e Chico; Eliezer e Juliano respectivamente. Os gols do time casabranquense sobre a Mogiana (Guaxupé) foram feitos por Lica (3), Beto e Tico. Além de garantir a liderança da competição, o Guará confirma a boa fase, com aproveitamento de 100% dos 5 jogos disputados pela competição. Nos outros jogos da rodada, em Caconde, o União perdeu para o Operário (Tambaú) por 6 a 2 Pocaia e Arapinha (União); Chibilisca (3), Crisinho, Marcola e Mabel (Operário). Em Guaxupé, o Giro Kent venceu o Ico Cereais (Divinolândia) por 1 a 0, gol de Denílson; e o SC Giotto perdeu para a Santa Maria Juá (Vargem Grande do Sul) por 6 a 3, gols de Cido, Time 1º- Decet/Guará 2º- Compensados Modelo 3º- Vasco FC 4º- Operário FC 5º- Santa Maria Juá 6º- Giro Kent 7º- Esporte Clube Mogiana 8º- Ico Cereais 9º- Assoxupé 10º- União Cacondense 11º- Sport Club Giotto

Carneiro e Gian (Giotto); Tony (3), Esquerdinha, Onça e Moska para a Santa Maria Juá. Neste sábado não haverá rodada pela competição devido ao carnaval. Até o momento 30 jogos foram realizados e 136 gols foram marcados, sendo o jogador Lica (Guará) o artilheiro com 11 gols, seguido por Maguinho (Vasco) com 7, Willian (Compensados), Juliano (Vasco) e Tony (Santa Ma-

ria) com 6 gols cada. A 7ª rodada acontecerá no dia 12 de março com os seguintes jogos: Operário X EC Mogiana (em Tambaú); Santa Maria Juá X Decet/Guará (em São João da Boa Vista); Ico Cereais X União Cacondense (em Divinolândia); Assoxupé X SC Giotto e Giro Kent X Compensados Modelo/Rio Pardo Festas (em Guaxupé). O Vasco folgará nesta rodada.

Lica (Guará) se isola na artilharia do Veteranos 35 anos

TP 15 14 13 12 9 9 7 6 3 0 0

J 5 6 6 6 5 6 5 6 5 5 5

V 5 4 4 4 3 3 2 2 1 0 0

E 0 2 1 0 0 0 1 0 0 0 0

D 0 0 1 2 2 3 2 4 4 5 5

GP 20 19 19 19 14 11 7 7 7 7 6

GC 7 7 12 11 9 13 13 10 14 19 21

SG 13 12 7 8 5 -2 -6 -3 -7 -12 -15

acesse: www.boletimesportivo.com


A-14 - 5 de março de 2011

FESTIVAL BENEFICENTE

Evento arrecada uma tonelada de alimentos O festival esportivo de premiação às melhores equipes e atletas de 2010 teve sua primeira etapa no domingo, 27, no Grêmio Nestlé. O evento, promovido pelo radialista Paulo Sérgio Rodrigues (Paulão), arrecadou cerca de uma tonelada de alimentos não perecíveis, doados por diretores de clubes, jogado-

res e torcedores. “A maioria das equipes atenderam e contribuíram. Os alimentos serão armazenados e distribuídos no próximo dia 2 de maio, para 15 entidades assistenciais de São José do Rio Pardo”, disse Paulão da Rádio. Na ocasião foram entregues 212 medalhas aos

jogadores, e as equipes receberam troféus pela campanha realizada durante o ano de 2010. Foram premiadas as seguintes equipes: Aspirantes - Bonsucesso, Brasão, Unidos da Vila, Sítio Novo e União Cacondense; Titulares - Ponte Preta, Cacondense e Grêmio Nestlé. Além da parte social do evento, o festival teve disputas de partidas amistosas de futebol. A próxima edição acontece no próximo dia 20 de março (São José da Barra); dia 10 de abril (Santa Luzia do Galego); dia 1º de maio (Dalbon).

Uma parte dos alimentos que foi arrecadada na Nestlé

TEAM PENNING

Liga Regional inicia a temporada 2011

Natal Elias comandou o festival no Grêmio Nestlé RESULTADOS DOS JOGOS: Aspirantes - Bonsucesso 0 x 0 Brasão. Aspirantes - Ponte Preta 1 x 0 Unidos da Vila (gol de Jhow) Titulares - Brasão 0 x 0 Bonsucesso Titulares - Unidos da Vila 1 x 0 Ponte Preta (gol de João Batista) Aspirantes – União Cacondense 2 x 0 Sítio Novo (gols de Porquinho e Reginaldo) Aspirantes - Grêmio Nestlé 2 x 1 Cacondense (gols de Lóris e Davi para o Nestlé e Xuxa para o Cacondense) Titulares - União Cacondense 3 x 0 Sítio Novo (gols de Ewerton, Porquinho e Rafael) Titulares - Grêmio Nestlé 2 x 1 Cacondense (gols de Celso Ferreira e Esquerdinha para a Nestlé e Samu para o Cacondense)

DOIS TOQUES Ciclismo - O ciclista rio-pardense Ricardo Parizzoto Sabino, da equipe DEC/Dimetil/Academia Elite, terminou na oitava colocação da prova Sram 50km, disputada em Vinhedo (SP), no domingo, dia 27. Ele competiu pela categoria sub-30. Amistoso - Em preparação para a Taça São José de Futebol 2011, o Vasco FC jogou amistoso com a o time Meninos da II (Mococa) nas categorias aspirante e titular. Venceu por 4 a 3 na aspirante, com gols de André 2, Edson 1 e Johnny para o Vasco e Cipó 2 e Marquinho para o time mocoquense; e na categoria de titular, o time rio-pardense também venceu, por 5 a 2, gols de Ziquinho, Douglas, Bombinha, Wesley e Léo para o time cruzmaltino e Bola e Leandro o time Meninos da II. Os jogos foram apitados pelo árbitro Francisco José Firmino. Taça São José – O presidente da Liga Riopardense de Futebol, Hélio Escudero e o vice Antonio Lourencini estiveram na Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo pleiteando recursos para a realização da Taça São José de Futebol, Campeonatos de Base, Campeonato Amador e a Categoria Livre. A reunião aconteceu na última segunda-feira, 28, na capital paulista e na oportunidade o secretário Jorge Roberto Pagura disse que vai analisar os pedidos da entidade rio-pardense. “Estamos confiantes e esperançosos de que nossos pedidos possam ser atendidos”, disse Escudero, informando que caso obtenha os recursos poderá aplicálos na realização das competições e na ajuda a equipes filiadas à Liga.

Tony Lourenço, secretário Pagura e Hélio Escudero

Foi dada a largada para mais uma temporada do Campeonato Regional de Team Penning, promovida pela Liga Leste Paulista da modalidade. A abertura da temporada 2011 foi no sábado, dia 26, na Fazenda SL Barreiro, em Tapiratiba. Segundo a organização, neste ano a competição será realizada em 10 etapas nas categorias Pré-mirim, Mirim, Jovem, ABCCA, Amador, Aberta e Família. As próximas etapas serão realizadas nas seguintes datas e locais: dia 19/ 03 – Barretinho (São José do Rio Pardo); dia 04/04 – Cajuru; dia 14/05 – Centro de Treinamento Tubantia em Holambra; dia 14/06 – Passos (MG); dia 09/07 – Poços de Caldas; dia 06/08 – Espírito Santo do Pinhal; dia 10/ 09 – Jaguariúna; dia 29/ 010 – Mococa; novembro (data a definir) – fazenda Barrinha em Espírito Santo do Pinhal.

Resultados dos trios riopardenses em Tapiratiba: Jovem – 2º lugar: Fernando Calicchio, Pedro Balducci e Leonardo Batistella; 10º lugar: João Guilherme Marin, Fernando Calicchio e Neto Biasoto. Amador – 1º lugar: Amauri Coelho, Paula Vergueiro e Eduardo Mangaroti; 3º lugar: Fernando Calicchio, Neto Galego e Eduardo Mangaroti; 18º lugar: Juliana Maldonado, Isidoro Soares e Jéssica Soares; 22º lugar: Fernando Rodrigues, Juliana Maldonado e Juliana Balducci; 25º lugar: Marco Maldonado, Juliana Maldonado e Juninho Missena; 50º lugar: Juninho Missena, Fábio Barbosa e Jurandir Silva. ABCCA – 3º lugar: Gabriel Nicolas, Luís Manoel Tranquiline e Adelson Gonçalves. Família – 1º lugar: Agripino Calicchio, Fernando Calicchio e Gabriel Calicchio;

REGIONAL DE FUTSAL

Rodada de muitos gols Teve início no último final de semana mais um Campeonato Regional de Futsal nas categorias sub-09, sub-11, sub-13, sub-15, sub-17 e sub-21 (masculino e feminino). A competição é promovida pela Liga Riopardense de Futsal. Neste final de semana não haverá jogos pelo

campeonato devido ao carnaval e a próxima rodada acontece no próximo dia 13, com jogos em Mogi Mirim e Leme. A primeira rodada teve jogos em São José do Rio Pardo, Vargem Grande do Sul e Casa Branca, e foram registradas algumas goleadas. Confira os resultados:

Atlético Riopardense 4 x 1 SET/Leme (sub-17) Grêmio Nestlé Rio Pardo 2 x 5 SET/Leme (sub-21) DEC/São José 5 x 3 Derla/Aguaí (sub-21) Giotto/Guaxupé 4 x 2 C.A. Ferreirense (feminino) São João da Boa Vista 7 x 2 DERLA/Aguaí (feminino) Decet/Casa Branca 5 x 1 DEC/São José (feminino) SET/Leme 4 x 1 D.E./Cajuru (sub-11) SET/Leme 1 x 6 D.E./Cajuru (sub-13) SET/Leme 3 x 4 D.E./Cajuru (sub-15) CEL/Vargem Grande 14 x 0 Monte Santo de Minas (sub-11) CEL/Vargem Grande 6 x 0 Monte Santo de Minas (sub-13) CEL/Vargem Grande 2 x 2 Monte Santo de Minas (sub-15) CEL/Vargem Grande 5 x 3 Monte Santo de Minas (sub-17) Mar Girius 4 x 8 ACCPE/Casa Branca (sub-15) Mar Girius 2 x 2 Divinolândia(sub-13) Mar Girius 2 x 4 Derla/Aguaí (sub-11) Tênis Clube/Vargem Grande 2 x 4 Divinolândia (sub-11) Tênis Clube/Vargem Grande 1 x 3 Derla/Aguaí (sub-13) Tênis Clube/Vargem Grande 1 x 7 Derla/Aguaí (sub-15) Tênis Clube/Vargem Grande 1x 7 Derla/Aguaí (sub-17)

9º lugar: Marco Maldonado, Juliana Maldonado e Vinícius Maldonado de Souza. Aberta – 1º lugar: Gabriel Nicolas, Luís Manoel Tranquilini e Leandro Queiroz; 3º lugar: Marco Antonio Araújo Júnior, Sandra Mendiéla Sanchez e Henrique Ribeiro; 4º lugar: Agripino Calicchio, Fernando Calicchio e Gabriel Calicchio; 6º lugar: Gabriel Nicolas, Luís Augusto Tranquiline e Adelson Gonçalves; 8º lugar: Clara

Coutinho Stephan, Gabriel Calicchio e Fernando Calicchio; 10º lugar: Neto Galego, Gabriel Calicchio e Luís Manoel Tranquilini; 16º lugar: Paulinho Minussi, Gabriel Calicchio e Luís Manoel Tranquilini; 19º lugar: Neto Galego, Paulinho Minussi e Luís Augusto Tranquilini; 20º lugar: Juliana Maldonado, Jéssica Soares e Isidoro Soares; 22º lugar: Gabriel Nicolas, Paulinho Minussi e Luís Augusto Tranquilini.

Agripino, Fernando e Gabriel Calicchio vencem na categoria família

NOTAS DO DEC Caminhada Orientada – O Departamento de Esportes e Cultura (DEC) promove a partir do próximo dia 14 de março, o Projeto Caminhada Orientada. O objetivo é levar orientação aos amantes da modalidade, colocando a importância do exercício físico no dia a dia. O Projeto conta com professores da autarquia, monitores do Projeto Capacitar e alunos do curso de Educação Física e Fisioterapia da Unip. O primeiro local a receber essas orientações será o bairro Jardim Aeroporto, local muito freqüentado pelos praticantes de caminhada. Em seguida será estendido para o estádio “Palmyro Petrocelli’, avenida Perimetral, Parque Beira Rio, e outros locais utilizados para caminhada. Campeonato DEC/AAR – O Departamento de Esportes e Cultura (DEC), em parceria com a Associação Atlética Riopardense, abriu inscrição para o IV Campeonato DEC/AAR de Escolinhas de Futsal, que será realizado para equipes masculinas e femininas do município e da região, nas categorias: Sub-08 (2003/2004); Sub-10 (2001/2002); Sub-12 (1999/ 2000); Sub-14 (1997/1998); Sub-16 Masculino (1995/ 1996) e Sub-17 feminino (1994/1995/1996). As inscrições estão abertas até o próximo dia 18 de março, no DEC. Mais informações pelos telefones (19) 3608-1677 ou 3608-8858. Handebol - No dia 18 de março acontece o Congresso Técnico da Associação Regional de Handebol para discussão de assuntos relativos ao Campeonato Regional da modalidade, versão 2011. Este ano, o handebol rio-pardense além de disputar o campeonato da Associação Regional, disputará também os Jogos Abertos da Juventude e Jogos Regionais. A equipe local não disputará o Campeonato da Liga de Handebol do Estado de São Paulo.


5 de março de 2011 A-15

De São Paulo

NIVALDO DE CILLO

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO SÚMULA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 01/03/2011 A) INDICAÇÕES:

Olá amigos. Na folia do carnaval o futebol não para. Tem rodada nos estaduais para deixar quem é de samba na passarela e quem é do esporte nos gramados da vida. O Palmeiras entra em campo neste sábado, no Pacaembu, para mostrar que o centroavante de “cara feia” que Felipão estava buscando é o “Michael Jackson”. Não é todo dia que um atacante marca quatro gols numa só partida, mesmo que tenha havido uma certa mãozinha da arbitragem. Mas Adriano não tinha nada com a história e fez a parte dele. Fez mais. Felipão disse que dançaria com Adriano se ele marcasse três gols. Marcou quatro e, agora, Felipão vai ter que pensar um pouquinho antes de tentar desmoralizar o grupo que trabalha com ele. Até porque se cara feia ganhasse jogo, as caretas dele garantiriam títulos toda temporada. E faz tempo que ele não levanta o caneco.

- Ao Executivo Municipal, sugerindo: - A realização de serviços de tapa-buracos no Distrito Industrial; - A colocação de sistema de som para chamada de pacientes no PPA Central. B) REQUERIMENTO: - Ao Executivo Municipal, solicitando informar sobre o Conselho de Fiscalização do Convênio Médico dos Servidores Municipais. C) PROJETOS APROVADOS: DE AUTORIA DO EXECUTIVO MUNICIPAL: - Projeto de Lei nº 19, que “Dispõe sobre abertura de crédito adicional suplementar no Orçamento Programa do Município, altera o Plano Plurianual 2010/2013 e a Lei de Diretrizes Orçamentárias 2011”. D) MENSAGEM: A Câmara Municipal informa a todos que as sessões ordinárias são realizadas às terças-feiras a partir das 19:30. Nosso site: www.camarasjriopardo.sp.gov.br; E-mail: cmrpardo@camarasjriopardo.sp.gov.br .

Marco Antonio Gumieri Valério Presidente

Conselho Comunitário de Segurança de São José do Rio Pardo CONVOCAÇÃO O Presidente do Conselho Comunitário de Segurança de São Jose do Rio Pardo CONVOCA os Senhores Conselheiros e a população em geral para a Reunião Ordinária deste Conselho que será realizada dia 09 de Março de 2011, (quarta feira ), as 19:30 horas, na ACI situada na Rua treze de Maio, 25. São Jose do Rio Pardo, 05 de março de 2011.

O samba da bola Além do jogo do Palmeiras contra o Santo André, outros grandes de São Paulo têm duelos garantidos neste sábado de carnaval. Com exceção do jogo no Pacamebu, todos os outros grandes enfrentam seus duelos na casa dos adversários. O São Paulo joga contra o São Caetano, no ABC Paulista. O Santos enfrenta o Oeste na cidade de Itápolis. E o Corinthians visita o Linense. O Corinthians para garantir a ascensão. O Santos para resistir à falta de um treinador efetivo. O São Paulo para mostrar que não tem mesmo vaga para Rivaldo entre os titulares. E o Palmeiras com a cara feia de Felipão e com o desfalque certo de Kléber que se machucou no duelo contra o Comercial-PI pela Copa do Brasil.

IZONEL APARECIDO TOZINI Presidente

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO

O futuro está aqui Lucas chega à seleção brasileira principal e começa a dar forma para a seleção brasileira de 2014. Em companhia de Paulo Henrique Ganso, Neymar, Casemiro e alguns outros, Lucas vai encabeçando a renovação natural que se espera da seleção nacional após os últimos fracassos. Ainda não temos um autêntico camisa 9, referência na área. Mas para falar a verdade, se conseguirmos transformar essas individualidades em conjunto, a referência de um grandalhão brigador não vai ser necessária. Pode esperar. Liberta-te da “Liberta” Obsessão de alguns torcedores e também dirigentes e atletas - a Libertadores 2011 tem se transformado numa espécie de pesadelo para muitos deles. O Fluminense lidera às avessas, o sentimento decepcionante - por todo o investimento feito - de um time que dificilmente chegará à próxima fase do torneio. O Santos - sem treinador - é outro que poderia dar mais do que tem oferecido aos seus torcedores. De bom, por enquanto, o Cruzeiro. O Grêmio também faz campanha admirável. Ainda há chance de reação. Só não sei se há disposição técnica, física e emocional disso acontecer. Aguardemos. Grande abraço para você, ótimo feriado e um excelente final de semana.

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO


A-16 - 5 de março de 2011

EDITAIS DE CASAMENTOS Belª. Rosa Helena Marin Foiadelli, Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas da Sede da Comarca de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo. Faço saber que pretendem se casar e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1525 do Código Civil Brasileiro:

10461 - ANDERSON MARCELO TARTARINI e MARÍLIA MARIA DE MELLO, sendo o pretendente: solteiro, de nacionalidade brasileira, motorista, natural de SANTA RITA DO PASSA QUATRO - SP, nascido aos 16/02/1982, filho de VERA LÚCIA TARTARINI; e a pretendente: solteira, de nacionalidade brasileira, secretária, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, nascida aos 18/03/1992, filha de JOÃO BATISTA DE MELLO e de ODETE APARECIDA MARIA DE MELLO. 10462 - ANTONIO MARCOS BATISTA e ALINE APARECIDA ALVES DA CUNHA, sendo o pretendente: solteiro, de nacionalidade brasileira, lavrador, natural de SÃO SEBASTIÃO DA GRAMA - SP, nascida aos 02/03/1985, filho de FRANCISCO BATISTA FILHO e de ISABEL DO CARMO BATISTA; e a pretendente: solteira, de nacionalidade brasileira, auxiliar geral, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO SP,nascida aos 27/08/1991, filha de PEDRO DA CUNHA e de ANTONIA ALVES DA CUNHA. 10463 - LUÍS PAULO VILLAS BOAS e TEREZA CRISTINA MACCA, sendo o pretendente: solteiro, de nacionalidade brasileira, granjeiro, natural de CASA BRANCA - SP, nascido aos 3/11/1983, filho de OSWALDO VILLAS BOAS e de JANDIRA VILLA BOAS; e a pretendente: divorciada, de nacionalidade brasileira, do lar, natural de MOGI MIRIM - SP, nascido aos 22/09/1957, filha de PAULO RUBENS MACCA e de MARIA APARECIDA PICHAL MACCA

Balas de Coco Balas Toff (de mel)

ALUGA-SE

ALUGA-SE

Vende-se coco ralado e as balas de coco do Guilherme, feita com leite de coco natural. Podem ser feitas com nozes, chocolate ou morango. Faça sua encomenda pelo fone – 9608-2490

Mesa de pebolim nova. Bom para chácaras, sítios, áreas de lazer. Mesa profissional. R$ 650,00

ALUGA-SE

2 chácaras ambas com piscina, c/ água natural, churrasqueira, amplo estacionamento ( perto Grêmio Nestlé).

Contato 3681-4764 (Romário)

Tratar c/ Paulo Raddi Tel – 3608-3233 19/3

Chácara (Portal Buenos Aires) casa com 2 suites, churrasqueira, piscina, etc... Para festas e finais de semana, com amplo estacionamento.

ALUGA-SE Apartamento no Guarujá Praia da Enseada (19) 3608-4164 ou 9609-4444

VENDO

DOA-SE 1 CACHORRA SEM RAÇA

Terreno localizado no Beira Rio (próximo Milenium Hotel ) com 600 m2, aceitase troca, tratar pelo telefone 9207-7913

Tratar Rua Padre Euclides Carneiro, 50 – Vila Pereira

10464 - TIAGO OCTAVIANO PRIMINI e MARINA GARCIA ANDREAZI, sendo o pretendente: solteiro, de nacionalidade brasileira, analista de sistemas, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, nascido aos 16/08/1981, filho de MARCELO DONIZETI PRIMINI e de ANA LÚCIA OCTAVIANO PRIMINI; e a pretendente: solteira, de nacionalidade brasileira, professora, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, nascida aos 12/06/1984, filha de WALDIR ANDREAZI e de REGINA CELI GARCIA ANDREAZI. 10465 - CARLOS EDUARDO MARSULA DOMINGOS e LUCIENE RODRIGUES, sendo o pretendente: solteiro, de nacionalidade brasileira, professor, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, nascido aos 11/02/1982, filho de MARIO CONCEIÇÃO DOMINGOS e de LUCIANA BEATRIZ MARSULA DOMINGOS; e a pretendente: divorciada, de nacionalidade brasileira, vendedora, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP,nascida aos 11/11/1976 filha de ANTÔNIO CARLOS RODRIGUES e de MARIA ELISABETE SCOQUI RODRIGUES.

CWNOX MONTAGEM INDUSTRIAL LTDA, torna público que requereu da CETESB a licença de Operação nº 66000255 válida até 03/03/2015, para montagem em instalação para máquinas e equipamentos em geral a Rua Antonio Gimenes, 74 – Distrito Industrial – São José do Rio Pardo –SP

FALECIMENTOS

10467 - OSMAR DE SOUZA e ELAINE CRISTINA DA SILVA, sendo o pretendente: divorciado, de nacionalidade brasileira, auxiliar geral, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, nascido aos 25/02/1972, filho de JACINTHO DE SOUZA e de TEREZA BORGES DE SOUZA; e a pretendente: solteira, de nacionalidade brasileira, empregada doméstica, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, nascida aos 14/ 02/1978, filha de NELSON DA SILVA e de MARIA LUCIA DA SILVA.

APARECIDO RAMOS – Dia 23 de fevereiro, aos 79 anos de idade, casada com Jovita Arantes Ramos. Filho de Pedro Ramos e Maria Indalecio Ramos.

Roquetur fone: (19) 3608-4193

SR. (A) APOSENTADO (A) OU PENSIONISTA Compareça, até 31/03/2011, ao INSTITUTO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA São José do Rio Pardo, para fazer seu recadastramento. Lembramos que o recadastramento é OBRIGATÓRIO (Lei nº 10.887, de 18/06/2004). O aposentado (a) pensionista que não se recadastrar até 31/03/2011, terá seu benefício suspenso. Rua Tarquínio Cobra Olyntho, 69 – Vila Pereira.

AS PASTORAIS SOCIAIS SANTA EDWIRGES E SANTO EXPEDITO

MARIA APARECIDA DA SILVA – Dia 23 de fevereiro, aos 78 anos de idade, casada com José Diogo da Silva. Filha de João Damásio de Morais e Sebastiana Emiliana Pereira.

Lua de Mel – A viagem inesquecível... E ela está na Roquetur, que tem a viagem que os noivos querem! Boa sorte e felicidades!

AVISO IMPORTANTE

26/2-05-12-19/3

10466 - MARCELO DO PRADO SILVA e REGIANE APARECIDA DE SOUZA PERES, sendo o pretendente: solteiro, de nacionalidade brasileira, consultor de negócios, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, nascido aos 08/05/1981, filho de GILSON FERREIRA DA SILVA e de MARIA VITALINA DO PRADO FERREIRA DA SILVA; e a pretendente: solteira, de nacionalidade brasileira, secretária, natural de SÃO JOSÉ DO RIO PARDO - SP, nascida aos 29/02/1988, filha de RENATO PERES e de ANGELA MARIA DE SOUZA PERES

Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei. Lavro o presente, que afixo no lugar de costume e publico pelo jornal local. São José do Rio Pardo, 4 de março de 2011. O Oficial: Belª. Rosa Helena Marin Foiadelli

Tratar (19) 3608-5749

VITOR NELSON – Dia 27 de fevereiro, aos 76 anos de idade. Filho de Pedro José Antonio e Maria Conceição, ambos falecidos.

GABRIELA DOS SANTOS EUGÊNIO – Dia 25 de fevereiro, aos 91 anos de idade, casada com Claudimiro Eugênio. Filha de Joaquim Gabriel dos Santos e Maria Thereza Gabriela. MARIA BENEDITA DOS SANTOS COUTINHO – Dia 26 de janeiro, aos 57 anos de idade, casada com Guilherme Aparecido Leopoldo Coutinho. Filha de Jorge Moreira dos Santos e Manoela Maria Ferreira dos Santos, ambos falecidos. JUVERSINO HERCULANO – Dia 01 de março, aos 63 anos de idade, casada com Tereza Nicácio de Assis Herculano. Filho de Evaristo Herculano e Maria Luiza Cardoso, ambos falecidos. JOSÉ AGOSTINHO BARÃO – Dia 01 de março, aos 66 anos de idade, casado com Maria Paulina Arcarar Barão. Filho de Antonio Barão e Anna Amaro Barão, ambos falecidos. OSNARDO AMÂNCIO – Dia 28 de fevereiro, aos 66 anos de idade, casado com Benedita Aparecida Barbosa Amâncio. Filho de Arlindo Amâncio e Odete Caciano Amâncio, ambos falecidos. FERNANDO APARECIDO DAL BELLO – Dia 03 de março, aos 44 anos de idade. Filho de Américo Dal Bello e Rosa Simões Dal Bello.

ORAÇÃO À NOSSA SENHORA APARECIDA Querida Mãe Nossa Senhora da Aparecida, Vós que amais e nos guiais todos os dias, Vós que sois a mais bela das Mães, a quem eu amo com todo meu coração, eu vos peço que me ajudai a alcançar esta graça por mais dura e difícil que ela seja. Sei que vos me ajudareis e me acompanhareis até minha morte. Amém. Peça sua graça Rezar uma Ave Maria e um Pai Nosso e fazer um Sinal de Cruz. Rezar durante três dias ou em três horas e publicar três vezes. E.G.P.M

AGRADECIMENTO

Aceitam doações de agasalhos, calçados, roupas, adultos e crianças. Aceitam também doações de móveis e eletro-domésticos, que estejam em condições de uso! Retiramos no local – para doar ligue para: 3681-5643 – 3608-7315 “Dê utilidade ao que você não usa mais” Edital de Convocação Assembléia Geral Ordinária

Coopardense – Cooperativa Agropecuária de São José do Rio Pardo e Região CNPJ 10.792.350/0001-91 A Coopardense convoca seus cooperados para a realização da Assembléia Geral Ordinária, que será realizada no dia 24/03/2011 em sua sede na Avenida Maria Aparecida Salgado Braghetta, s/n, centro, na cidade de São José do Rio Pardo – SP, em 1ª convocação as 18:00 hs no mínimo com 2/3 dos cooperados, em 2ª convocação as 19:00 hs com metade mais um dos cooperados em 3ª convocação as 20h00 hs no mínimo com 10 cooperados, com a seguinte Ordem do Dia: 1- Prestação de contas dos órgãos de administração, acompanhado de parecer do Conselho Fiscal, compreendendo: a) relatório da gestão b) balanço c) demonstrativo das sobras apuradas ou das perdas decorrentes da insuficiência de contribuições para a cobertura das despesas da sociedade e o parecer do Conselho Fiscal. 2- Destinação das sobras apuradas ou rateio das perdas 3- Eleição dos componentes do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal. 4- Alteração do Estatuto Social 5- Alteração de endereço da cooperativa São José do Rio Pardo, 05 de março de 2011 Tabajara de Campos Silva Presidente

AGRADECIMENTO E MISSA

A família de

DARCY DE MELO agradece a atenção e dedicação recebida por parte do Dr. Adalberto César Correa, Dr. Marcelo Galotti e funcionários do Hospital São Vicente, por ocasião de sua passagem por esta instituição. Também se diz sensibilizada com as manifestações de pesar recebidas de familiares e amigos por ocasião do seu falecimento, bem como a dedicação e o carinho dos funcionários do SAVISA.

A família de

CELDON ACÁCIO MURADI Agradece as manifestações de pesar recebidas de parentes e amigos, em especial ao Dr. Adalberto César Correa, aos enfermeiros do Hospital São Vicente pela dedicação e carinho prestados durante sua enfermidade e convidam para participarem da Missa de 7º Dia, que será celebrada quinta feira, dia 10 de março, às 18h30, no Educandário São José.


5 DE MARÇO DE 2011 - Pág. A- 17

Mudanças que diferenciam Celta e o Gol Modelos da GM e VW se enfrentam no competitivo mercado dos populares básicos MARCELO MONEGATO DIÁRIO DO GRANDE ABC Desprovidos de requinte, espaço, desempenho fora de série ou mesmo beleza, Celta e Gol destacamse mesmo pelo sucesso nos showrooms das concessionárias com seus preços competitivos. Em 2010, o modelo fabricado pela Volkswagen foi novamente líder de vendas com 293.783 unidades emplacadas, enquanto o Chevrolet comercializou 155.180. Neste comparativo entre modelos rivais há quase 11 anos - o Celta estreou por aqui em 2000 e o Gol em 1980 - optamos pelas versões de entrada 1.0 Total Flex e LS Flexpower, ambas com câmbio manual e quatro portas. Logo de cara, a configuração 2012 do Chevrolet, que chega com leve facelift e pequenas novidades externas, mostra algo que o consumidor deste tipo de veículo gosta: preço! Partindo de R$ 27.883, o Celta é significativos R$ 2.167 mais em conta que o Volks (R$ 30.050). E quando analisamos os itens de série, tal diferença não se justifica, já que ambos oferecem apenas o básico do básico. Sequer ar quente e desambaçador do vidro traseiro são de série. Para ter ar-condicionado e direção hidráulica no Chevrolet é necessário investir R$ 3.499. No Volkswagen, o valor salta para R$

DIVULGAÇÃO

4.930, mas com um porém: travas elétricas e vidros dianteiros elétricos vêm de ‘lambuja’’, itens que no Celta são acessórios obtidos nas concessionárias. Ponto positivo para Gol apenas por ter uma gama maior de opcionais. São oferecidos, por exemplo, sensor de estacionamento traseiro (R$ 760) e air bag duplo mais freios com ABS (R$ 2.280), itens que no concorrente não estão disponíveis. Desempenho Celta e Gol têm bons motores 1.0. O VHCE Flexpower do Chevrolet é um pouco mais potente. São 78 cv a 6.400 rpm contra 76 cv a 5.250 rpm do Volkswagen, com os dois ‘bebendo’’ etanol. O Total Flex do Gol, porém, é mais forte, entregando 10,6 mkgf a 3.850 rpm de torque, frente aos 9,7 mkgf a 5.200 rpm do Chevrolet ambos sob efeito do álcool. Desta maneira, o Gol, mesmo sendo 57 quilos mais pesado, mostrou-se ligeiro na cidade, com melhores saídas e retomadas. Destaque para o escalonamento das marchas em boa sintonia com o bloco. O Celta não faz feio, mas com câmbio de engates menos precisos e relação mais curta na primeira e segunda marchas para obtenção de torque mais cedo, o representante da GM fica um pouco atrás da

concorrência. O acerto da suspensão dos rivais é parecido. É rígido o suficiente para garantir segurança nas curvas sem causar desconforto aos ocupantes. Acabamento e espaço O Gol é maior. São 11 cm a mais de comprimento, 6 cm de altura e 3 cm de largura. No entanto, por dentro, o espaço é parecido. Sinal disso são os inexpressíveis 2 cm que o Volks tem de vantagem. A diferença mais significativa - que mesmo assim não chega a ser gritante - são os 25 litros a mais no porta-malas do Gol. Em termos de acabamento, o VW é melhor. As peças são de boa qualidade - plástico, é verdade e encaixes precisos. No Celta é possível encontrar

rebarbas e algumas folgas. O interior poderia ter recebido melhor atenção. Veredicto Empate. O Celta é R$

2.167 mais barato e tem opcionais (direção hidráulica e ar-condicionado) mais em conta. O Gol, porém, é um projeto me-

lhor acabado, com desempenho, espaço e acabamento pouco superiores. E oferece maior gama de opcionais.


A- 18- 5 de março de 2011

Por: Augusto Paladino Fotos: Divulgação

O ‘cavalino’ sobe a escada A vida é boa para a Ferrari. A marca italiana de superesportivos divulgou os resultados de 2010 e mostrou melhorias em relação ao ano anterior. Foram 5,4% a mais de carros vendidos, totalizando 6.573 unidades. O faturamento também foi melhor, com 7,9% a mais que no ano anterior, com um total de 2 bilhões de euros. De acordo com a própria fabricante, os generosos números de venda aconteceram principalmente pelo crescimento dos países emergentes no setor de carros luxuosos. Ladeira coletiva A Marcopolo, fabricante de ônibus gaúcha, anunciou os resultados de suas operações em 2010 em todo o mundo. A empresa produziu 27.580 unidades, o que significa um aumento de 42,3%, gerando uma receita líquida total de R$ 2,964 bilhões. De acordo com a diretoria da Marcopolo, o bom desempenho foi alcançado graças ao investimento de R$ 330 milhões iniciado em 2008. Com a cara da Índia A Mercedes-Benz criou uma divisão de caminhões somente para o mercado indiano. Os produtos da BharatBenz serão desenvolvidos para atender especialmente às necessidades daquele país. Os caminhões terão capacidades entre 6 e 49 toneladas, sendo que os mais pesados usarão a mesma base dos Mercedes comercializados no resto do mundo. A marca alemã está de olho no mercado que deve crescer 80% até 2020. Cheios de apetite A coreana Hyundai está de olho na quarta posição do ranking da indústria automotiva brasileira, ocupado atualmente pela Ford. A fabricante, que fechou 2010 na sétima posição, com 106.017 unidades comercializadas, quer subir no ranking com o compacto HB. O modelo está previsto para ser produzido em Piracicaba, São Paulo, no segundo semestre de 2012. Os planos da fabricante asiática são bem ambiciosos: planeja chegar a 10% do mercado nacional já em 2013. No mesmo ano, aliás, a fábrica paulista vai operar com capacidade plena de 150 mil automóveis. Além do HB, a marca pretende ainda importar 100 mil veículos e contar com mais outros 50 mil vindos da fábrica do Grupo Caoa em Anápolis, Goiás. Momento de celebração Para comemorar o primeiro título mundial do campeonato de motovelocidade, a BMW apresentou uma versão especial de seu modelo mais esportivo. Trata-se da S1000 RR Superstock Limited Edition que terá apenas 50 unidades produzidas. Todas com o número 86 na carroceria, o mesmo usado na moto pilotada pelo campeão Ayrton Badovini. O preço para essa edição especial é de 27 mil euros na Europa, algo em torno de R$ 62 mil. Sem pressa nem desperdício A Kasinski apresentou uma nova opção no mercado de motos pequenas. A Soft 50 é voltada para deslocamentos curtos com grande economia de combustível. O pequeno motor de 49,5 cm³ produz 3,5 cv a 8.000 rpm, suficientes para levar a moto aos 50 km/h. A marca ainda dá um capacete de presente para quem comprar a moto. O preço também é de baixas cilindradas: R$ 3.490.

RADAR Nas últimas A partir de abril, a Volkswagen terá um novo sedã na briga entre os médios: o novo Jetta. Mas enquanto isso não acontece, o antecessor Bora é oferecido nas concessionárias da marca alemã com desconto de até R$ 6 mil. A oferta se explica. No ano de 2010 inteiro, o Bora só vendeu 1.973 unidades. O renovado modelo da VW deve chegar por preços em torno de R$ 65 mil, na tentativa de desbancar a liderança dos japoneses Toyota Corolla e Honda Civic. Mudanças de época A Citroën fez uma pequena renovação na linha C4 Picasso, que agora passa a receber a nova identidade da marca na dianteira, com seu símbolo em linhas curvadas. Tanto a C4 Picasso, como a Grand C4 Picasso ganharam novos painéis internos

Sutilezas de marketing A Suzuki lançou no Brasil o Vitara Limited Edition. A versão exclusiva traz itens personalizados como novas rodas em aro 17, grade dianteira e estribos pintados em grafite, além aerofólio traseiro e placas indica-

SUA MELHOR OPÇÃO EM LOCAÇÃO DE VEÍCULOS ! Avenida Brasil, 1050 Tel.:(19) 3608-8066 São José do Rio Pardo-SP www.gartenlocadora.com.br

nas portas e novas padronagens no tecido que reveste os bancos. Entre os equipamentos, a dupla agora conta com ar-condicionado digital independente para o banco traseiro e a opção de rodas de liga leve de 17 polegadas.

LEIA E ASSINE A GAZETA DO RIO PARDO

tivas da versão. Por dentro, o aparelho de som agora tem entrada para MP3 e conexão com iPod. O motor continua o mesmo 2.0 16V com 140 cv que bebe apenas gasolina.


5 de março de 2011 - A-19

A velha Kombi reaparece futurista

Volkswagen revela na Europa a nova geração da Kombi com a Bulli Concept 2011 DIVULGAÇÃO

Surge uma luz no fim do túnel para a veterana Kombi. A Volkswagen apresenta no Salão de Genebra a moderna Bulli Concept 2011. Na Alemanha, a antiga (atual no Brasil) Kombi recebia o nome Bulli, sendo este o indício mais forte de uma novíssima geração do modelo. Definida pela marca alemã como um novo conceito no que diz respeito ao transporte de passageiros, a VW Bulli é uma van compacta de seis lugares que mede 3,99 m de comprimento, 1,75 m de largura, 1,70 m de altura e 2,62 m de distância entreeixos. O protótipo apresentado em Genebra conta com um motor elétrico dianteiro que entrega bons 115 cv de potência e excelentes 26,51 kgfm de torque. Com este motor, a VW Bulli precisa de 11,5 segundos para acelerar de 0

a 100 km/h. Já a velocidade máxima chega a 140 km/h, o que é mais do que suficiente para o transporte de passageiros. Em nota, a marca destaca que a autonomia das baterias de íon-lítio atinge 300 km. Apesar de aparecer na versão elétrica, o projeto da VW Bulli também contempla motores a combustão movidos tanto a gasolina como a diesel, ambos com sistema de injeção direta. Em termos visuais, a VW Bulli resgata o saudosismo da foram e cores das Kombis. Apresentada com pintura em duas cores, a Bulli tem desenho com linhas modernas mas que trazem o famoso “V” na parte dianteira. Os faróis são de traços retos e formados por LEDs, enquanto os auxiliares de neblina são redondos. Completando o visual, a VW Bulli exibe rodas de 18 polegadas com calotas cro-

madas. Na traseira, linhas retas e lanternas no atual estilo VW. Na parte interna, destaque para o painel futurista e pela tela touch no console central que na verdade é um tablet iPad. Nela todas as informações de navegação, entretenimento e até mesmo informações de alguns equipamentos do veículo, como o controle de ar condicionado. No Brasil, a Volkswagen terá obrigatoriamente que oferecer freios ABS e airbags na atual Kombi para continuar vendendo-a por aqui, o que praticamente decreta o fim da linha para modelo. Nesta provável situação, a marca ficaria sem um modelo no mesmo porte. Resta saber se a marca irá investir num modelo tão moderno quanto este, obviamente com os propulsores locais, para atender o mercado brasileiro.


A-20- 5 de março de 2011

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO A Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo torna Público: Pregão Presencial 17-11 – Sistema de Registro de Preços , que cuida da aquisição de medicamentos éticos, genéricos, similares por maior desconto percentual ofertado sobre itens da tabela de preços ABC Farma, destinados à distribuição à população carente através da Secretaria Municipal de Saúde, com encerramento dia 22/03/2011 às 13:30 horas. Pregão Presencial 11-11 – Sistema de Registro de Preços , que cuida da aquisição de leites especiais e suplementos especiais, destinado a Secretaria Municipal de Saúde (Farmácia Municipal), devido a alteração do objeto, fica alterada a data de abertura dos envelopes para o dia 21/03/11 às 13:30 horas. Dispensa de Licitação 27-2011 Em despacho consubstanciado, o Sr. Secretario Municipal de Gestão Pública RATIFICOU dispensa de licitação para Locação de um imóvel localizado na Rua Benedito dos Reis Sigliano, nº 476, bairro Buenos Aires, para fins de abrigar a família da Sra Regina Aparecida Alves, no valor de R$ 280,00 (duzentos e oitenta reais) mensal, por um período de até 31 de dezembro de 2011, em favor do Sr. José Carlos Orfei, de acordo com a Lei Federal 8666/93 artigo 24 inciso X. Edital de Convocação A Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo, convoca a candidata abaixo classificada no Processo Seletivo Simplificado de Agente Comunitário de Saúde nº 001/2009, para comparecer de 09 a 15 de março de 2011, das12:00 às 18:00 horas, no Departamento de Recursos Humanos, à Praça dos Três Poderes, 01, centro, munida de documentos, para receber a instruções a respeito de sua admissão: Cargo 001 – Processo Seletivo Simplificado nº 01/2009 – ZONA RURAL ORDEM INSCRIÇÃO NOME DA CANDIDATO 07ª 00053 MARIA ALESSANDRA AGASSI DOS SANTOS Se a candidata não comparecer até o dia 15 de março de 2011, será considerada desistente e sua vaga oferecida aos candidatos subseqüentes na ordem de classificação, em futuras convocações. São José do Rio Pardo, 04 de março de 2.011. João Luis Soares da Cunha- Prefeito Municipal. ERRATA - POR LAPSO A DATA DA LEI Nº 3.686, PUBLICADA NA EDIÇÃO DE 26/FEVEREIRO/2011, FOI PUBLICADA COM A DATA ERRADA, ASSIM, ONDE SE LÊ: 24 DE FEVEREIRO DE 2.011, O CORRETO É: 23 DE FEVEREIRO DE 2.011. DECRETO Nº 3.943, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2.011. Dispõe sobre abertura de crédito adicional suplementar no valor de R$ 156.500,00 (cento e cinquenta e seis mil e quinhentos reais). O Prefeito do município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais e, considerando a Lei Orçamentária Anual n° 3.678/2011, de 03/01/2011, no seu artigo 4°; D E C R E T A: Art. 1º - Fica aberto um crédito adicional suplementar no valor de R$ 156.500,00 (cento e cinquenta e seis mil e quinhentos reais), destinado a reforçar as dotações orçamentárias de diversas secretarias do orçamento vigente, a seguir : DOTAÇÃO UNIDADE EXECUTORA VALOR 02.00.00 Poder Executivo 02.03.00 Secretaria do Turismo 02.02.01 Manutenção da Secretaria do Turismo 23.695.0006.2.006 Manutenção da Secretaria do Turismo 19 – 3191.13.00 Contribuições Patronais R$ 5.000,00 Fonte : 01. Tesouro Cód. Aplic. 01.1100.00 Geral 02.03.00 Secretaria Municipal de Gestão Pública 02.03.01 Departamento de Administração 04.122.0008.2.008 Departamento de Administração 38 - 3390.39.00 Outros Serviços de Terceiros – PJ R$ 15.000,00 Fonte : 01. Tesouro Cód. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.03.00 Secretaria Municipal de Gestão Pública 02.03.06 Encargos Gerais do Município 04.122.0009.0.013 Encargos Gerais do Município 79 – 3390.39.00 Outros Serviços de Terceiros – PJ R$ 80.000,00 Fonte 01. Tesouro COD. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.04.00 Secretaria da Promoção Social 02.04.01 Fundo Municipal de Assistência Social 08.244.0014.2.014 Fundo Municipal de Assistência Social 93 - 3390.36.00 Outros Serviços de Terceiros - PF R$ 2.500,00 Fonte 01 Tesouro Cód Aplic 1.1100.00 Geral 02.04.02 Assistência da Criança e Adolescente 08.243.0015.2.015 Assistência da Criança e Adolescente 112 - 3390.36.00 Outros Serviços de Terceiros – PF R$ 2.000,00 Fonte 01 Tesouro Cód. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.06.00 Secretaria Municipal da Saúde 02.06.01 Fundo Municipal da Saúde - Rec. Impostos ETEC de São José do Rio Pardo – São José do Rio Pardo PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N° 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO N° 150/01/2011, de 10/01/2011. Processo n° 191/2011. AVISO DE RESULTADO DA AULA TESTE E CLASSIFICAÇÃO FINAL O Diretor de Escola Técnica da ETEC de São José do Rio Pardo, faz saber aos candidatos abaixo relacionados o resultado da AULA TESTE e CLASSIFICAÇÃO FINAL.

Dados. Candidato(s) não Aprovado(s) Nº de Inscrição/ RG/ Nota 24 – 43.477.878-3 – 13,00 Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 36 – 43.217.641-X

Candidato(s) não Aprovado(s) Nº de Inscrição/ RG/ Nota 33 – 29.171.463-8 – 47,00 18 – 42.012.703-3 – 23,66 17 – 44.085.439-8 – 20,00 1 – 26.607.060-7 – 2,00 Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 9 - 41.833.761-5 29 - 22.814.661-6 30 – 17.210.817 32 – 45.282.905-7

Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Licenciado 16 – Elis Pires Arantes – 40.525.431-3 – 74,33 – 1º

Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Licenciado 16 – Elis Pires Arantes – 40.525.431-3 – 90,33 – 1º

- Graduado 23 – Karina Sandoval – 34.934.455-3 – 83,66 – 1º

- Graduado 15 – Luis Fabricio O. Mendes – 44.607.581-4 – 93,66 – 1º 13 – Mariana A. Lucio – 42.757.589-8 – 67,00 – 2º 17 – Leticia C. Correa – 44.085.439-8 – 66,66 – 3º 23 – Karina Sandoval – 34.934.455-3 – 66,00 – 4º

Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 28 – 40.552.976-4 9. Componente curricular: Gestão de Sistemas Operacionais I. Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 34 – 18.894.986 10. Componente curricular: Gestão de Sistemas Operacionais I. Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 31 – Anderson R. de Melo Ferreira – 28.284.361-9 – 81,66 – 1º Candidato(s) não Aprovado(s) Nº de Inscrição/ RG/ Nota 25 – 33.800.674-6 – 28,33 Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 38 – 30.485.670-8 11. Componente curricular: Lógica de Programação.

Candidato(s) não Aprovado(s) Nº de Inscrição/ RG/ Nota 5 – 47.559.021-1 – 33,33 8 – 22.223.118-5 – 19,33 Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 2 – 33.685.029-3 6 – 25.508.871-6 14 – 32.822.278-1 26 – 33.820.691-7 35 – 35.823.471-2

Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 31 – Anderson R. de Melo Ferreira – 28.284.361-9 – 94,33 – 1º Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 34 – 18.894.986 12. Componente curricular: Análise de Programação. Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 31 – Anderson R. de Melo Ferreira – 28.284.361-9 – 82,66 – 1º

4. Componente curricular: Inglês Instrumental. 13. Componente curricular: Estrutura de Dados. Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Licenciado 3 – Aline D. Esteves – 20.241.514-4 – 79,33 – 1º 20 – Giovana B. Jorge – 40.525.010-1 – 70,33 – 2º 5. Componente curricular: Linguagem, Trabalho e Tecnologia. Candidato(s) não Aprovado(s) Nº de Inscrição/ RG/ Nota 3 – 20.241.514-4 – 33,66 6. Componente curricular: Redes de Comunicação de

Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RGh 7 – 40.551.938-2 36 – 43.217.641-X 15. Componente curricular: Ética e Cidadania Organizacional.

2. Componente curricular: Química. Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Licenciado 4 – Daniele de Oliveira – 43.745.783-7 – 66,66 – 1º

95,00 – 1º 22 – Samuel Sernaglia Calório – 34.934.474-7 – 68,00 – 2º

8. Componente curricular: Ética, Cidadania e Qualidade.

1. Componente curricular: História. Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Licenciado 15 – Luis Fabricio O. Mendes – 44.607.881-4 – 94,33 1º 19 – José Candido S. Carvalho – 17.355.852-2 – 89,00 - 2º 13 – Mariana A. Lucio – 42.757.589-8 – 71,66 - 3º 11 – Giovana Schiavon Baptistão – 33.030.389-2 – 68,33 – 4º 37 – Daniela C. A. Oyama – 30.344.426-5 – 61,00 – 5º

10.301.0024.2.083 Manutenção do Transp. de Pacientes 235 - 3390.30.00 Material de Consumo R$ 20.000,00 Fonte 01 Tesouro Cód. Aplic.01.310.0000 Saúde 02.07.00 Secretaria de Planejamento e Serviços 02.07.01 Departamento de Obras e Engenharia 04.122.0027.2.027 Manut. Departamento de Obras e Engenharia 283 - 3190.09.00 Salário Família R$ 6.000,00 Fonte 01. Tesouro Cód. Aplic. 01.110.00000 Geral 02.08.00 Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente 02.08.01 Departamento de Agricultura 20.601.0034.2.033 Departamento de Agricultura 341 - 3190.13.00 Obrigações Patronais R$ 26.000,00 Fonte 01 Tesouro Cód Aplic. 01.110.0000 Geral TOTAL DA SUPLEMENTAÇÃO R$ 156.500,00 Art. 2º - Para atender o disposto no artigo anterior indica-se o seguinte recurso orçamentário: 1 - A anulação parcial da dotação, conforme o artigo 43, parágrafo 1º, inciso III, da Lei 4320/64, DOTAÇAO UNIDADE EXECUTORA VALOR 02.00.00 Poder Executivo 02.03.00 Secretaria do Turismo 02.02.01 Manutenção da Secretaria do Turismo 23 – 695.0006.2.006 Manutenção da Secretaria do Turismo 17 – 3190.11.00 Vencimentos e Vantagens Fixas – PC R$ 5.000,00 Fonte 01. Tesouro Cód. Aplic.1.1100.00 Geral 02.03.00 Secretaria Municipal de Gestão Pública 02.03.01 Departamento de Administração 04.122.0008.2.008 Departamento de Administração 34 – 3390.30.00 Material de Consumo R$ 15.000,00 Fonte 01. Tesouro Cod. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.03.00 Secretaria Municipal de Gestão Pública 02.03.06 Encargos Gerais do Município 04.122.0009.0.013 Encargos Gerais do Município 78 – 3390.93.00 Indenização R$ 80.000,00 Fonte 01. Tesouro Cod. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.04.00 Secretaria da Promoção Social 02.04.01 Fundo Municipal de Assistência Social 08.244.0014.2.014 Fundo Municipal de Assistência Social 94 - 3390.36.00 Outros Serviços de Terceiros – PJ R$ 2.500,00 Fonte 01 Tesouro Cód. Aplic. 1.1100.00 Geral 02.04.02 Assistência da Criança e Adolescente 08.243.0015.2.015 Assistência da Criança e Adolescente 113 – 3390.36.00 Outros Serviços de Terceiros – PJ R$ 2.000,00 Fonte 01 Tesouro Cód.Aplic. 1.1100.00 Geral 02.06.00 Secretaria da Promoção Social 02.06.01 Fundo Municipal da Saúde – Rec. Impostos 10.301.0024.2.083 Manutenção do Transp de Pacientes 237 - 3390.33.00 Passagens e Despesas com Locomoção R$ 20.000,00 Fonte 01 Tesouro Cód. Aplic. 1.310.000 Saúde 02.07.00 Secretaria de Planejamento e Serviços 02.07.01 Departamento de Obras e Engenharia 04.122.0027.2.027 Manut. Departamento de Obras e Engenharia 284 – 3190.11.00 Vencimentos e Vantagens Fixas – PC R$ 6.000,00 Fonte 01 Tesouro Cod. Aplic. 01.110.0000 Geral 02.08.00 Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente 02.08.01 Departamento de Agricultura 20.601.0034.2.033 Departamento de Agricultura 339 - 3190.11.00 Vencimentos e Vantagens Fixas – PC R$ 26.000,00 Fonte 01 Tesouro Cód. Aplic. 01.110.0000 Geral TOTAL DA ANULAÇÃO R$ 156.500,00 Art. 3º - Fica o Setor de Contabilidade encarregado de realizar as alterações e ajustes necessários nos demonstrativos e anexos da Lei das Diretrizes Orçamentárias de 2010 e da Lei do Plano Plurianual 2010/2013. Art. 4º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 22 de fevereiro de 2.011 João Luís Soares da Cunha – Prefeito Publicada por afixação em quadro próprio de editais na Sede da Prefeitura Municipal, nesta data. Walkyr Veronese Júnior - Secretário Municipal de Gestão Pública.

Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 31 – Anderson R. de Melo Ferreira – 28.284.361-9 – 84,00 – 1º 14. Componente curricular: Instalação e Manutenção de Computadores. Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 31 – Anderson R. de Melo Ferreira – 28.284.361-9 –

Candidato(s) não Aprovado(s) Nº de Inscrição/ RG/ Nota 33 – 29.171.463-8 – 43,66 27 – 29.299.347-X – 29,00 18 – 42.012.703-3 – 23,66 Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 28 – 40.552.976-4 32 – 45.282.905-7 16. Componente curricular: Comunicação e Marketing na Internet. Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 10 – Fabio Delduca da Silva – 43.164.076-2 – 77,66 – 1º 17. Componente curricular: Redes, Protocolos e Segurança da Informação.

Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 31 – Anderson R. de Melo Ferreira – 28.284.361-9 – 85,00 – 1º 22. Componente curricular: Sistemas Operacionais para Redes II. Candidato(s) não Aprovado(s) Nº de Inscrição/ RG/ Nota 24 – 43.477.878-3 – 5,00 24. Componente curricular: Segurança de Redes. Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 22 – Samuel Sernaglia Calório – 34.934.474-7 – 64,00 – 1º Candidato(s) não Aprovado(s) Nº de Inscrição/ RG/ Nota 24 – 43.477.878-3 – 8,33 Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 25 – 33.800.674-6 25. Componente curricular: Tecnologia de Redes. Candidato(s) não Aprovado(s) Nº de Inscrição/ RG/ Nota 24 – 43.477.878-3 – 5,00 Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 7 – 40.551.938-2 26. Componente curricular: Redes sem fio. Candidato(s) não Aprovado(s) Nº de Inscrição/ RG/ Nota 7 – 40.551.938-2 – 17,33

Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 31 – Anderson R. de Melo Ferreira – 28.284.361-9 – 94,00 – 1º 22 – Samuel Sernaglia Calório – 34.934.474-7 – 68,33 – 2º

Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 24 – 43.477.878-3 36 – 43.217.641-X

Candidato(s) não Aprovado(s) Nº de Inscrição/ RG/ Nota 24 – 43.477.878-3 – 12,33

Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 12 – 40.524.866-0

Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 25 – 33.800.674-6 36 – 43.217.641-X

29. Grupo de componentes curriculares: Gestão de Sistemas Operacionais II e III.

19. Componente curricular: Composição e Projeto. Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 31 – Anderson R. de Melo Ferreira – 28.284.361-9 – 83,33 – 1º 20. Componente curricular: Desenvolvimento e Design de Web Sites II. Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 31 – Anderson R. de Melo Ferreira – 28.284.361-9 – 81,66 – 1º 21. Componente curricular: Programação para Internet.

27. Grupo de componentes curriculares: Programação para Computadores I e II.

Candidato(s) Aprovado(s) Nº de Inscrição/ Nome/ RG/ Nota/ Classificação Final - Graduado 31 – Anderson R. de Melo Ferreira – 28.284.361-9 – 88,66 – 1º Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 12 – 40.524.866-0 34 – 18.894.981 30. Grupo de componentes curriculares: Técnicas e Linguagens para Banco de Dados I e II. Candidato(s) Ausente(s) Nº de Inscrição/ RG 12 – 40.524.866-0 34 – 18.894.981


5 de março de 2011 - A-21

Campanha da Fraternidade trata do planeta Evento chama a atenção dos cristãos para ações que resultem na preservação ambiental

A providência e o planeta Estamos lendo, aos domingos, os textos do Sermão da Montanha. Durante esses domingos que se encerram neste próximo, antes da Quaresma, vai se tecendo a figura da nova humanidade nascida de Cristo. Aquilo que parece impossível só se torna possível pela graça de Deus. Antes de começarmos o rico tempo da Quaresma, que traz consigo a reflexão da Campanha da Fraternidade, a qual nos chama à sobriedade no trato com o nosso Planeta, creio que o tema da ganância e do apego aos bens que ouvimos no domingo passado nos ajuda a entrarmos de coração aberto para este tempo em que o jejum, a esmola e a oração estarão centrando o nosso caminho de conversão. É um tema que une a Campanha da Fraternidade do ano passado com a deste ano. Se sofremos com a depredação do nosso planeta é porque, em última análise, há por baixo o interesse dos ganhos exagerados e uma ganância cada vez maior. Porém, onde reina a pobreza e miséria física, existe sempre uma pobreza moral que a produz e gera. Se a pobreza moral não é do pobre e necessitado, é sempre de quem está perto ou em torno deles. Mas trata-se sempre de pobreza moral e espiritual. Deus é a Providência Divina, é Pai amoroso que não deixa faltar nada aos seus filhos. A relação de paternidade descendente deve, porém, tornar-se relação de filiação ascendente. Pai e filhos devem se encontrar na maior comunhão de vida e existe comunhão somente na obediência a qualquer vontade de nosso Pai que está nos céus. To d o h o m e m d e v e construir essa relação de filiação ascendente, elevando-se constantemente para Deus, e fará isso se separando de todas as relações de servidão, de escravidão, de dependência do vício e do pecado com as coisas deste mundo e, especialmente, com a fixação do coração na riqueza. Jesus é claro: ou se ama a Deus ou a riqueza. A esses dois senhores jamais se poderá amar ao mesmo tempo. Um exclui o outro. Um nos distancia do outro. São dois senhores que querem o coração, a mente, os desejos, o corpo inteiro de um modo exclusivo. Como convencer o homem de que se pode abandonar totalmente nas mãos do seu Deus sem faltar nada, mas com a abundância e o superávit em sua casa? Jesus convida os discípulos a observarem os pássaros do céu. Esses não semeiam, nem recolhem, não acumulam, não têm contas bancárias, não possuem nenhuma reserva de ouro, e, apesar disso, nunca morrem de fome. O Pai Celeste, que é o seu Criador e sua Providência, nutre-lhes, sustenta-lhes, alimentaos todos os dias.

Também os lírios dos campos não fiam e não tecem, não possuem fábricas para confeccionar as suas roupas. No entanto, nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles. Os pássaros e os lírios são hoje, e amanhã desaparecem. Mas o homem, ao invés, possui uma vocação eterna. Ele é chamado à comunhão com Deus no céu, no seu Paraíso. Sendo a dignidade do homem infinitamente superior àquela de todos os outros seres, infinitamente maior é o amor que o Pai derrama sobre ele. Ele derrama, porém, com uma condição: que o homem procure o reino de Deus e a sua justiça. É justiça, é direito de Deus não dar o coração às criaturas para a riqueza, porque é tudo do Pai celeste. Estamos, portanto, diante de uma provocação que nos permite aprender, não tanto a ser pré-videntes, mas a confiar na Providência. Portanto, não a nossa pre-vidência, mas a Providência de Deus, que nós não aprendemos a partir de livros ou discursos de outros, mas a partir da própria experiência. Enquanto isso, a partir das coisas à nossa volta (o mundo, aquele genuíno, onde abundam os sinais de Deus), da vida das pessoas que encontramos ... da vida que se renova a cada manhã. Então, permitirei a mim, convidar a todos para “escalar” a montanha, ou seja, para firmar-se por um momento para ver tantos sinais da presença de Deus em nossas vidas... uma presença concreta. O que Deus tem haver com nossas vidas! E bem-aventurado é aquele que consegue ver que Deus é o “quem tem haver” e, em seguida, escolheu-o como o fator determinante dos “cálculos” que fazes para a própria vida. Então, sejamos previdentes para deixar que seja a Providência a conduzir a nossa vida. Podemos fazê-lo, porque Deus vem em nosso auxílio. Peçamos hoje para nós e para todos o dom da pouca fé, aquela fé que faz Deus entrar em nossas vidas e que lhe permite fazer milagres. Os temas das Campanhas da Fraternidade do ano passado e deste ano nos questonam sobre essa visão do mundo e das coisas, e a utilização que fazemos do nosso planeta. Que ao recebermos cinzas sobre as nossas cabeças na próxima quarta-feira, estejamos conscientes da necessidade de uma sincera conversão e aproveitemos cada instante da Quaresma para darmos esse passo, e, assim, na Vigília Pascal renovarmos com o coração aberto as nossas promessas batismais. Ver dicionário detalhado. Que a Virgem Maria, Mãe da Redenção, que se tornou totalmente do Senhor, nos inspire a confiar na providência do Pai.

† Orani João Tempesta, O. Cist. Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ

A Igreja Católica inicia na Quarta-Feira de Cinzas, dia 9 de março, a 47ª Campanha da Fraternidade, evento promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com o objetivo de levantar reflexões sobre assuntos cotidianos durante as celebrações que fazem parte da Quaresma. Conforme explica a CNBB, a proposta é “renovar a consciência sobre a responsabilidade de todos na ação evangelizadora da Igreja, na promoção humana e na edificação de uma sociedade justa e solidária”. Neste ano, a Campanha da Fraternidade tem como tema “Fraternidade e a Vida no Planeta” e vai trabalhar o lema “A criação geme em dores de parto”, uma referência à citação bíblica contida no livro Romanos, capítulo 8, versículo 22. A proposta é fomentar entre as famílias ações que ajudem a preservar o

meio ambiente. “Aquecimento global, mudanças geológicas nada mais são do que reações às nossas ações. A Campanha da Fraternidade de 2011, de maneira primorosa como sempre, vem justamente nos alertar desta verdade, de que tudo o que fazemos pode prejudicar ou ajudar a salvar nosso planeta. Ela nos dá a oportunidade de, como uma família, sentarmos juntos e elaborarmos ações para salvar a nossa casa”, destaca a CNBB. Ainda de acordo com a entidade, a campanha não é uma utopia e sim um alerta de que atitudes devem ser tomadas, não por uma minoria, mas por um todo. Ao longo de 47 anos, a Campanha da Fraternidade da CNBB dedicou-se a vários temas: no início, tratou de assuntos relacionados à própria Igreja (1964 e 1965) e aos cris-

tãos renovados (1966 a 1972). Depois, entre 1973 e 1984, buscou discutir a realidade social. Atualmente, no que se considera a terceira fase (de 1985 até o presente), a

Igreja no Brasil propõe temas de reflexão e conversão relativos às várias situações sociais e existenciais do povo brasileiro, que requerem maior fraternidade.

Oração da Campanha da FFrraternidade 20 11 201 Senhor Deus, nosso Pai e Criador. A beleza do universo revela a vossa grandeza, a sabedoria e o amor com que fizestes todas as coisas, e o eterno amor que tendes por todos nós. Pecadores que somos, não respeitamos a vossa obra, e o que era para ser garantia da vida está se tornando ameaça. A beleza está sendo mudada em devastação, e a morte mostra a sua presença no nosso planeta. Que nesta quaresma nos convertamos e vejamos que a criação geme em dores de parto, para que possa renascer segundo o vosso plano de amor, por meio da nossa mudança de mentalidade e de atitudes. E, assim, como Maria, que meditava a vossa Palavra e a fazia vida, também nós, movidos pelos princípios do Evangelho, possamos celebrar na Páscoa do vosso Filho, nosso Senhor, o ressurgimento do vosso projeto para todo o mundo. Amém.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO DECRETO Nº 3.946 DE 28 DE FEVEREIRO DE 2.011. Dispõe sobre a regulamentação da atividade de comércio ambulante durante os festejos carnavalescos em São José do Rio Pardo e dá outras providências. O Prefeito Municipal de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, D E C R E T A: Art. 1º Este decreto dispõe sobre a regulamentação da atividade de comércio ambulante durante os festejos carnavalescos em São José do Rio Pardo. Art. 2º Para os fins deste decreto, o Poder Executivo Municipal padronizará a atividade ambulante nas imediações do pátio de estacionamento do Ginásio Municipal “Adhemar Machado de Almeida” (“Tartarugão”). Art. 3º Os profissionais autônomos interessados em exercer atividade ambulante nos dias e horários indicados pelo Poder Público deverão recolher o valor de R$ 200,00 (duzentos reais), pelo alvará de funcionamento, em duas vezes de R$100,00, parcelada da seguinte forma: I - A primeira a vencer no dia 03 de março de 2011; II - A segunda a vencer em 04 de abril de 2011. Art. 4º Fica o Departamento de Esportes e Cultura de São José do Rio Pardo (DEC) autorizado a disponibilizar aos interessados barracas para comercialização, no valor fixo de R$ 100,00 (cem reais) cada uma, em parcela única. § 1º As barracas de que trata o caput deste artigo serão distribuídas conforme ordem cronológica de apresentação de pedidos de alvará, a serem feitos diretamente no Setor de Protocolo da Prefeitura Municipal, até o limite de 10 (dez) barracas. § 2º O DEC distribuirá as barracas mediante termo de entrega, no qual deverá constar, obrigatoriamente, cláusulas que tratem da devolução do bem em perfeito estado de conservação sob pena de ressarcimento ao erário. Art. 5º Fica terminantemente proibida a instalação de barracas fora do estilo padrão definido pela Prefeitura Municipal.Art. 6º A atividade de comércio ambulante deverá ser encerrada até meia hora antes do encerramento do baile carnavalesco, ou seja 2h30 (duas horas e trinta minutos). Art. 7º Para a concessão do alvará, o interessado deverá apresentar recibo de pagamento da cessão da barraca emitido pelo DEC. Art. 8º Fica terminantemente proibido a atividade ambulante no local sem a autorização da Prefeitura, sob pena de apreensão dos produtos pelo Setor de Fiscalização da Prefeitura, sem prejuízo de outras mediadas administrativas. São José do Rio Pardo, 28 de fevereiro de 2.011. João Luis Soares da Cunha-Prefeito. Publicado por afixação no quadro próprio na sede da Prefeitura, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior-Secretário Municipal de Gestão Pública PORTARIA N.º 10.118, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2.011. Dispõe sobre a nomeação da servidora HELOISA HELENA ERNESTO, no cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE E MEDICINA PREVENTIVA . O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art. 37, II da Constituição Federal e com o Art. 8º, I da Lei Municipal nº 2.712, de 16 de março de 2004, R E S O L V E: Art. 1º Fica nomeada a servidora HELOISA HELENA ERNESTO, no cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE E MEDICINA PREVENTIVA, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data da sua publicação. São José do Rio Pardo, 22 de fevereiro de 2.011. João Luís Soares da Cunha-Prefeito Municipal-Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior-Secretario Municipal de Gestão Pública PORTARIA N.º 10.119, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2.011. Dispõe sobre a exoneração da servidora HELOISA HELENA ERNESTO, do cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE E MEDICINA PREVENTIVA . O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art. 37, II da Constituição Federal e com o Art. 8º, I da Lei Municipal nº 2.712, de 16 de março de 2004, R E S O L V E: Art. 1º Fica exonerada a servidora HELOISA HELENA ERNESTO, do cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE E MEDICINA PREVENTIVA, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data da sua publicação. São José do Rio Pardo, 28 de fevereiro de 2.011. João Luís Soares da Cunha-Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior - Secretario Municipal de Gestão Pública PORTARIA Nº 10.120, DE 01 DE MARÇO DE 2.011. Dispõe sobre exoneração da Senhora IRENE MARIA RONDINELLI MURADI, do cargo em comissão de COORDENADOR GERAL DO PSF. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º Fica exonerada a Senhora IRENE MARIA RONDINELLI MURADI, do cargo em comissão de COORDENADOR GERAL DO PSF, nível XIX, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 01 de Março de 2.011. João Luis Soares da Cunha Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior - Secretário Municipal de Gestão Pública PORTARIA Nº 10.121, DE 01 DE MARÇO DE 2.011. Dispõe sobre nomeação da Senhora IRENE MARIA RONDINELLI MURADI, no cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE E MEDICINA PREVENTIVA. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica nomeada a Senhora IRENE MARIA RONDINELLI MURADI, no cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE E MEDICINA PREVENTIVA, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 01 de Março de 2.011. João Luis Soares da Cunha

Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior - Secretário Municipal de Gestão Pública PORTARIA N.º 10.122, DE 01 DE MARÇO DE 2.011. Dispõe sobre a designação da servidora MARIA APARECIDA DA SILVA, para prestar serviços na EMEB “STELLA MARIS BARBOSA CATALANO”. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições. R E S O L V E: Art. 1º - Fica designada a servidora MARIA APARECIDA DA SILVA, para prestar serviços na EMEB “STELLA MARIS BARBOSA CATALANO”. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos a partir de 28 de fevereiro de 2.011. São José do Rio Pardo, 01 de março de 2.011 João Luis Soares da Cunha-Prefeito Municipal - Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior-Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA Nº 10.123, DE 04 DE MARÇO DE 2.011 Dispõe sobre a exoneração do servidor CELSO RICARDO DE MORAES ALEXANDRE, do cargo em comissão de SUPERVISOR DE APOIO GERAL. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerado o servidor CELSO RICARDO DE MORAES ALEXANDRE, do cargo em comissão de SUPERVISOR DE APOIO GERAL, nível I, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 04 de Março de 2.011. João Luis Soares da Cunha-Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA Nº 10.124, DE 04 DE MARÇO DE 2.011 Dispõe sobre a nomeação do Senhor MARCELO MANGAROTI IGNÁCIO, no cargo em comissão de SUPERVISOR DE APOIO GERAL. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º Fica nomeado o Senhor MARCELO MANGAROTI IGNÁCIO, no cargo em comissão de SUPERVISOR DE APOIO GERAL, nível I, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 04 de Março de 2.011. João Luis Soares da Cunha-Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior-Secretário Municipal de Gestão Pública PORTARIA Nº 10.125, DE 04 DE MARÇO DE 2.011 Dispõe sobre a exoneração do Senhor LUIS HENRIQUE MASINI, do cargo em comissão de COORDENADOR DO DEPARTAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO E ILUMINAÇÃO PÚBLICA. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerado o Senhor LUIS HENRIQUE MASINI, do cargo em comissão de COORDENADOR DO DEPARTAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO E ILUMINAÇÃO PÚBLICA, nível XXVIII, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 04 de Março de 2.011. João Luis Soares da Cunha-Prefeito Municipal - Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior - Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N.º 10.126, DE 04 DE MARÇO DE 2.011. Nomeia a comissão de Avaliação de bens inservíveis (veículos). O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições. R E S O L V E: Art. 1º – Nomear as pessoas abaixo discriminadas para compor a Comissão de Avaliação de bens inservíveis.(veículos) Fábio Roberto Barbosa – CPF 775.907.758-60;Gabriel Hipolito Regini - CPF 381.874.078-08;Ricardo Petrocelli Simonetti – CPF 335.998.688-45. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 04 de março de 2.011 João Luis Soares da Cunha Prefeito Municipal Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese Júnior Secretário Municipal de Gestão Pública PORTARIA N.º 10.127, DE 04 DE MARÇO DE 2.011. Nomeia membros para compor Comissão Municipal destinada à análise de pedidos de concessão de Bolsa de Estudos e Ajuda Transporte. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Ficam nomeadas as pessoas abaixo indicadas para integrar a Comissão Municipal destinada à análise das informações prestadas e liberação da concessão de Bolsa de Estudos e Ajuda Transportes, nos termos do Decreto nº 3.938 de 14 de fevereiro de 2.011. I - Representantes da Secretaria Municipal de Assistência e Inclusão Social: Titular Antônio Carlos Alves Júnior – (Coordenador da Comissão); Suplente – Ana Cláudia de Lima Buziqui; II – Representantes da Secretaria Municipal de Educação: Titular - Mara Lúcia Correa; Suplente – Helen Rose Buozi Gomes Vianna; III Representantes do Conselho Municipal de Assistência Social livremente indicado pelo Secretário Municipal de Assistência e Inclusão Social: Titular - José Humberto Tardelli; Suplente – Gustavo Henrique de Souza Bertoco; IV – Representantes do Conselho Municipal de Educação,livremente indicado pelo Secretário Municipal de Educação; Titular – Margareti Ferreira Guimarães; Suplente – André Prado Russo Marques; V – Representantes do Executivo Municipal: Titular – Ana Alice de Marque; Suplente – Diva Helena Schiavon; Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 04 de março de 2.011. João Luis Soares da Cunha-Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Walkyr Veronese JúniorSecretário Municipal de Gestão Pública.


A-22 - 5 de março de 2011

Aumentam casos de Aids entre mulheres As adolescentes são contaminadas cada vez mais cedo e por homens mais velhos

DIVULGAÇÃO

As mulheres respondem por quase metade dos 37,2 milhões de adultos contaminados com o vírus HIV no mundo, informa relatório divulgado pela Organização das Nações Unidas (ONU), no final do ano passado. Mais de um terço das pessoas infectadas com o HIV na América Latina vivem no Brasil, e as mulheres são cada

vez mais afetadas. Estimativas do Ministério da Saúde indicam que há cerca de 630 mil pessoas vivendo com o vírus no país. Dessas, 255 mil nunca teriam feito o teste e por isso não conhecem sua sorologia. No início, a epidemia no Brasil afetava principalmente homens que tinham relações sexuais com outros

EDITAL DE CONVOCAÇÃO O PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DO VALE DO RIO PARDO, com fulcro nos artigos 13 e seguintes do Estatuto Social, convoca os sócios com direito a voto, a participarem da Assembléia Geral Extraordinária, a ser realizada em sua Sede Social, na Rua Aurélio Santurbano, no dia 24 de março de 2011, às 15h., em primeira convocação, com a presença da maioria dos sócios, e às 16h, em segunda convocação, com qualquer número de sócios. Assuntos da ordem do dia: - Alteração do Estatuto Social com adequação a Lei n.º 10.406, de 10 de janeiro de 2002 (Código Civil) e referendar alterações anteriores; Obs.: As alterações estão disponíveis na Secretaria da Associação de Engenharia Arquitetura e Agronomia do Vale do Rio Pardo. São José do Rio Pardo, 4 de março de 2011.

PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE ENGENHARIA ARQUITETURA E AGRONOMIA DO VALE DO RIO PARDO CRISTIANO ALEX BALDO BARELLA CPF n. 260.891.858-17 RG n. 23.111.284-1

homens, e depois, os usuários de drogas injetáveis. Mas agora a epidemia se tornou mais heterogênea e a transmissão heterossexual é responsável por uma crescente proporção de infecções por HIV. As adolescentes estão sendo contaminadas cada vez mais cedo e por homens mais velhos. A violência contra as mulheres também contribuiu para aumentar sua vulnerabilidade à doença. A cada oito meninos de 13 a 19 anos que são HIV positivo, dez meninas dessa faixa etária estão na mesma situação. De acordo com o Boletim Epidemiológico 2010 do departamento de DST, Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Vigilância em Saúde, os casos de Aids em homens e mulheres jovens, de 13 a 19 anos, de 1980 até junho de 2010, correspondem a um total de 12.693. Em alguns Estados, a situação é mais grave. Na Paraíba, por exemplo, havia quatro garotos e 15 meninas contaminados em 2009. No Rio, o registro foi de 54 garotas e 28 rapazes. No Paraná, 20 adolescentes do sexo feminino e seis do sexo masculino. O fenômeno, que o Ministério da Saúde classifica de “feminização” da epidemia, levou o órgão a eleger meninas e jovens até 24 anos como foco da campanha de carnaval pelo uso de preservativos, pelo segundo ano consecutivo. Em relação ao uso da camisinha, a Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas da População Brasileira (PCAP - 2008) mostra que, entre jovens de 15 a 24 anos, as meninas estão mais vulneráveis ao HIV. Em todas as situações, os meninos usam mais preservativo do que elas. Na última relação sexual com parceiro casual, o percentual de uso da camisinha entre as meninas

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA. O Conselho de Administração da COOPERATIVA DE CRÉDITO RURAL DA REGIÃO DA MOGIANA CREDISAN CNPJ n.º 62.109.566/0001-03, por seu Diretor Presidente, abaixo assinado, no uso das atribuições do Art. 23, do Estatuto Social, convoca os seus Cooperados, que totalizam nesta data 7083 (sete mil e oitenta e três), para comparecerem a Assembléia Geral Ordinária, que fará realizar no dia 24 de Março de 2011, na Sede Social da Sociedade Esportiva Sanjoanense, com endereço, Largo Manuel Hamilton Lourenço Barbeitos, nº 01, Centro, na cidade de São João da Boa Vista, Estado de São Paulo, em primeira convocação reunisse-a às 17:00 horas, com presença de 2/3 (dois terços) dos associados; e, caso este quorum não seja atingido no horário determinado, em segunda convocação às 18:00 horas, desde que presente a metade e mais um do número de associados, ou, então, senão alcançado esse número, às 19:00 horas, em terceira e última convocação, com mínimo de 10 (DEZ) associados, em condições legais de votar, para discutirem e deliberarem sobre a seguinte ordem do dia I - EM CARÁTER ORDINÁRIO, CONFORME ART 35 DO ESTATUTO: a) Prestação de contas do Conselho de Administração relativa ao exercício de 2010, compreendendo: Relatório de Gestão, Balanço, Demonstrativo das sobras adquiridas e sua destinação; parecer do Conselho Fiscal; b) Destinação das sobras/perdas líquidas; c) Eleição dos Membros do Conselho de Administração, com mandato de 03 (três) anos, conforme Estatuto Social, artigo 40; d) Eleição dos Membros do Conselho Fiscal, com mandato de 01 (um) ano, conforme Estatuto Social, artigo 50 parágrafo 3°; e) Fixação do valor dos honorários e cédulas de presença dos membros do Conselho de Administração e Fiscal; Informações: 1 Serão acolhidas chapas para a eleição dos Conselhos de Administração e Fiscal com até 05 (cinco) dias antes da realização desta AGO, conforme Art.39 parágrafo 4º e Art. 50 parágrafo 3º. 2 A Cooperativa coloca a disposição, dos Senhores Cooperados residentes fora do município sede, meios de locomoção, hospedagem e alimentação. 3 A Assembléia será realizada fora da sede da Cooperativa, pelo motivo da mesma não ter espaço físico para acolher o número de associados. Para maiores informações entrar em contado com o gerente do seu PAC, ou com o Senhora Aneliza Cristina Antunes Ansani, pelo telefone (19) 3602-6010. São João da Boa Vista SP, 01 de Março de 2011. JOÃO GILBERTO DE SOUZA Diretor-Presidente.

é consideravelmente mais baixo (49,7%) do que entre os meninos (76,8%). Quando o relacionamento se torna fixo, apenas 25,1% delas utilizam a camisinha com regularidade; entre eles, o percentual é de 36,4%. “A mulher tem que saber se posicionar em relação ao uso do preservativo e nesse ponto é que eu chamo a atenção das adolescentes”, declara a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de São José do Rio Pardo, Denise Rondinelli Costa Salvador. No estado de São Paulo O Boletim Epidemiológico 2010 do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde informa que de 1980 até 30 de junho de 2010 foram registrados 186.308 casos de Aids no Estado de São Paulo, uma queda média de 9%. Desse total, 83,7% ocorreram nos adultos de 25 a 59 anos, 10,8% correspondem aos jovens de 15 a 24 anos, e apenas 2,3% dos casos ocorreram entre pessoas com mais de 60 anos. Houve uma queda de 6,5 vezes na taxa de incidência nos menores de cinco anos de idade, no período de 1999 a 2008, indicando redução da transmissão vertical do HIV. Chama atenção que, nesse mesmo período, as taxas de incidência no sexo masculino foram sempre o dobro em relação ao sexo feminino, com exceção da faixa de 15 a 19 anos, na qual a TI feminina supera a masculina na maioria dos anos. Em São José do Rio Pardo, a Vigilância Epidemiológica informa que existe uma proporção de dois homens contaminados para uma mulher. “O que temos visto é o crescimento da contaminação com o vírus HIV, principalmente em mulheres jovens. Estudos mostram que são elas que se contaminam porque não usam ou usam menos a camisinha do que os homens”,

afirma Denise Salvador. A faixa etária – 15 a 19 anos – de maior crescimento de casos de Aids em mulheres assusta, mas é, também, consequência do início precoce da atividade sexual. “Começar a atividade sexual cedo requer muita responsabilidade”, diz Denise. Números de mortes A mortalidade por Aids no estado atingiu o menor nível em 20 anos. Segundo dados da Fundação Seade, em 2009 ocorreram 3.230 óbitos, uma redução de 126 mortes em relação a 2008. Este índice só havia sido menor em 1989 (5,5 mil mortes por 100 mil habiComo se pega Aids *Fazendo sexo sem camisinha com alguém infectado (homem com mulher, homem com homem ou mulher com mulher). *Compartilhando agulhas e seringas com sangue contaminado pelo HIV. Esta é a forma mais direta de contrair o vírus da Aids, mas na euforia de outras drogas, como o álcool, as pessoas podem se expor ao risco de fazer sexo sem uso da camisinha. *Da mãe para o filho, durante a gravidez, no parto ou na amamentação. *Através de transfusões de sangue contaminado pelo HIV. Daí a importância de só receber sangue testado para o HIV e outras doenças. *Outra forma menos

tantes), época em que a disseminação da doença estava em sua fase inicial, com acentuado crescimento da mortalidade, cujo ponto de máximo foi atingido em 1995 (22,9 óbitos por 100 mil habitantes). Entre 2008 e 2009, o índice de mortalidade entre homens passou de 11,1 óbitos por 100 mil habitantes para 10,5, enquanto o de mulheres variou de 5,4 para 5,2. Entre os indivíduos com 13 anos de idade ou mais, a principal forma de transmissão do HIV tem sido a sexual e, entre esta categoria, nota-se o predomínio dos heterossexuais desde 1993. frequente de transmissão se dá através de materiais perfuro-cortantes, contaminados pelo HIV, utilizados na aplicação de tatuagens, injeções, nos serviços de manicure e barbeiro (alicates, navalhas e lâminas de barbear, principalmente), instrumentos odontológicos e cirúrgicos, entre outros. Como não se pega Aids A Aids não é transmitida em banhos de piscinas, vasos sanitários, maçanetas, bancos de ônibus nem sentando ou pisando em locais quentes ou frios. Também não se pega Aids através de abraços ou apertos de mãos. Mais informações e atendimento ao cidadão: www.aids.gov.br ou 0800 61 1997.


C-1 - GAZETA DO RIO PARDO - 5 de março de 2011

“Rio-Pardenses na França”

Em Sociedade

O conterrâneo Gilberto Nogueira Braghetta (leia-se Alternatur), expert quando o tema é a França, pois iniciou sua carreira profissional na Air France, acaba de elaborar um roteiro de sonhos voltado aos riopardenses, iniciando em Paris com extensão a Barcelona-Espanha, com direito a visitas a castelos, vinícolas com degustação, igrejas, museus, pontos turísticos e históricos, além de oportunidade de “incursão” pela famosa nouvelle cuisine francesa. Com saída prevista para o dia 20 de agosto via Portugal, o abrangente roteiro incluiu as cidades de Versailles, Strasbourg, Dijon, Beaune, Lyon, Avignon e Marseille. Maiores informações com este colunista pelo tel. 3608-4058, ou direto na Alternatur, OXX11-3257-0955 - Vale a pena conferir! Confira brevemente o roteiro completo no espaço publicitário deste semanário.

N Maria Teresa Cagnoni Spessotto, aniversariante do dia 15 de fevereiro, festejou antecipadamente na noite de sábado, 13, reunindo familiares e amigos em sua ampla residência em torno de verdadeiro banquete grifado pela anfitriã, quituteira de mão cheia por puro diletantismo.

A aniversariante com a filha Cristiana e o neto Daniel, em noite de comemoração

Teresa Cagnoni Spessotto brindando mais um nat com familiares e amigos.

Mesa de Pista Em minha agenda, os nats dos amigos: Bi Pisani, 28 de fevereiro; Grazia Celentano, 1º de março; Queli Andréia Miranda Nogueira, 3; Neusa Maria de Moraes, 4; e Nair Gonçalves Raddi; amanhã, 6 – Parabéns a todos!

Sábado à noite, 26, durante lauto jantar com os amigos na residência da família, Jandira Silva Ferrari e Osvaldo Ferrari Jr. festejaram 39 anos de feliz união -Tim-Tim!  A comissão da escola em conjunto com

Nana, Taís, Cláudia, Dulce e Teresa.

a comissão de ex-alunos, movimentando-se para a organização da solenidade pelos 75 anos de fundação da E.E. ”Euclides da Cunha”, agendada para o dia 15 de outubro, seguida de confraternização - Aguarde!

3608-6677

O simpático casal Gil e Cecília, durante recente estada em Paris.


C-2 - GAZETA DO RIO PARDO - 5 de março de 2011

NDurante movimentado happy hour que reuniu as companheiras do magistério público municipal, a Profª Mara Lúcia Correa festejava seu aniversário.

Promoção de Sucesso A dobradinha formada pela presidente Marina Pimentel Ferreira e seu vice Luís Fernando Sá Andrade, dirigentes do Rio Pardo Futebol Clube, recentemente promoveu concorrido Churrasco no poliesportivo do alvinegro, em prol da construção da piscina aquecida. Este foi o primeiro de uma série de eventos programado pela nova diretoria – Um sucesso!

Em pé, da esquerda para a direita: Neide, Thelma, Dulce, Rita Lupianhes, a aniversariante Mara, Rita Zanetti e Rosemary. Sentadas: Márcia, Rosana, Helen Rose, Penha e Regina

Confraternização Tarde dessas o grupo Fratelli D´ Italia reuniu-se na nova residência da presidente Beth dos Santos Abichabki (foto), para elaborar o cronograma de eventos do corrente ano. Um saboroso lanche selou o alegre encontro.

Rita Helena Duva Rossetto, Shirley Dassan Fagundes mais o casal Maria Inês-Emílio Duva, prestigiaram o concorrido evento do alvinegro realizado na tarde de domingo, 20 de fevereiro.

Intercâmbio

“Tatu Bala”

As alunas Thais Pinhoti da Silva da ETEC Francisco Garcia, Diele da Silva Dalbon e Lilian Geraldo Monteiro Santiago-Fatec Mococa, do Centro Paula Souza, foram contempladas com o mérito de melhores alunas das referidas Unidades de Ensino. Elas fizeram parte do processo de seleção do intercâmbio Cultural do Centro Paula Souza, uma

parceria de incentivo educacional asssinada com o Governo do Estado de São Paulo, e foram contempladas com uma bolsa de estudo concedida para os 250 melhores alunos das Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo-

FateCs, ou, Escolas Técnicas Estaduais – ETECs. O curso está sendo realizado em uma das unidades da Kaplan-sediadas em Chicago, Seatle, San Francisco e Portland. No período de 30 dias, Thaís e Diele ficarão em Portland, Lilian, em Seatle.

A Profª Sônia Possebon, autora do livro infantil “Tatu Bala”, apresentou-se com peculiar teatralidade para um público-mirim reunido na manhã de sábado, 26 de fevereiro, na Praça da Igreja Santa Teresinha. A objetiva da Profª Cecília Balbão Filippi Leal registrou o evento com o flash que ilustra:

As intercambistas Diele, Thaís e Lilian partiram no último dia 26 para os Estados Unidos

Parágrafo Único Regras de boa convivência Por Sonia Jordão “Seja alegre e comunicativo. Um “bom dia”, um “alô” custam pouco e rendem muito. Seja simples e modesto. Se você possui qualidades “notáveis”, cedo ou tarde os outros notarão isso, como também descobrirão suas imperfeições. Não economize sorriso: de todas as moedas circulantes no comércio da vida, o sorriso é a que compra maior porção de alegria pelo menor preço. Por falar nisso, não compre briga porque sai caro. Interesse-se pelos outros. Só assim os outros acharão você interessante. Seja um bom conversador deixando que os outros falem mais. Seja otimista. Quem vê tudo na existência pelo lado sombrio do derrotismo raramente cruza com amigos na rua por-

que a maioria deles dobra a esquina para escapar do encontro. Faça aos outros, em lugar de críticas, quantos elogios puder fazer honestamente. As pessoas de um modo geral adoram ouvi-los e quando os recusam talvez no fundo esperem ser elogiados por isso. Com os inimigos, declarados ou gratuitos, mantenha a sobriedade do cavalheirismo. Não fale mal por trás nem perca uma oportunidade de reconciliação, dando o primeiro passo, pois nada lhe garante que no dia seguinte um deles não seja a única pessoa capaz de “salvar a sua vida”. Compreenda que as pessoas que pensam diferente estão sinceramente convencidas de que o errado é você.” (Extraído do livro “A Arte de Liderar – Vivenciando Mudanças num Mundo Globalizado”)


C-3 - GAZETA DO RIO PARDO - 5 de março de 2011

NLidinha Ballerini no dia em que assinalava idade nova em folhinha, sábado, 26 de fevereiro. Um íntimo almoço em família pautou a grande data.

NSandra Bertero aniversariou dia 24 de fevereiro, sendo lembrada por uma legião de amigos. Telefonemas e flores complementaram a jornada festiva.

Enlace A mocoquense Giseli e o rio-pardense Danilo, residentes em Dublin-Irlanda, uniram-se em matrimônio no dia 25 de fevereiro, às 16 horas, durante cerimônia realizada no Cartório de Registro Civil de nossa cidade. No ano vindouro, Giseli e Danilo retornarão a São José do Rio Pardo para casarem-se no religioso. A noiva é filha de Domingos Deo Duque e Clarice Pafume Deo Duque. O noivo, de Expedito Pereira da Silva e Ester Moreira dos Reis da Silva. Ao casal amigo, que já se encontra no Velho Mundo desde meados do mês de março, votos de felicidade constante! FOTO METRO

Formatura Pedro Augusto, filho do casal Maria Luiza e Antônio Fernando Nogueira Fontão, colou grau no curso de Geografia da UNESP- campus Rio Claro, durante cerimônia ocorrida na noite de 4 de fevereiro.

Entre Nós Em final de temporada no Brasil, a amiga Conceição Apparecida Leite Orr, a querida Conny , residente há meio século nos Estados Unidos, Cap Cod, Massachusetts, a terra dos Kennedy , recentemente recebeu a visita da sobrinha Vita e de seu marido Gesias Dantas Soares, radicados na capital paulista, após 40 longos anos ausentes de Rio Pardo.

Conny ladeada pelos sobrinhos Vita e Gesias, os quais há 40 longos anos não vinham à boa terrinha – Um encontro pautado pela emoção!

N A rotariana Elisa Mori celebrou o seu nat na tarde de domingo, 20 de fevereiro, durante concorrido Almoço servido pelo Buffet Luiz Muradi na sede do RC local, cuja renda foi revertida integralmente à Fundação Rotária – Um ótimo exemplo de responsabilidade social! Parabéns, Elisa!

A aniversariante recepcionando os amigos Nassib, Alina, Nair Raddi, Diana Navarro Azeredo, Fátima e Letícia


GAZETA DO RIO PARDO - 5 de marรงo de 2011 - C- 4


Página C-5 - 5 de março de 2011 - GAZETA DO RIO PARDO

www.rjdg@terra.com.br

Giuseppe, italiano, veio casado da Itália para o Novo Mundo, com a mulher e um cunhado, no final do século passado. Ele estava bem no seu país. Tinha muitas moedas de ouro, que lhe dariam um futuro tranqüilo. Mas o Brasil o atraía: um novo Eldorado. Desembarcou em São José do Rio Pardo. Comprou uma grande casa, a número 1 da Américo de Campos; ajudou a montar a oficina do cunhado e guardou o que restou: uma fortuna em libras esterlinas. Teve três filhos brasileiros. Quando o maior fazia quatro anos, a febre amarela incluiu José na grande lista dos mortos. Deixou a viúva, tímida e

No degrau, um recém-nascido

sem iniciativa, com suas luzentes moedas. Quando os filhos cresceram, nem mais uma libra existia naquela casa. Espertalhões devem ter sugado o ouro da ingênua senhora. Crianças, os filhos de José foram aprender um ofício nas oficinas de italianos. Trabalharam com afinco. Conseguiram sua própria empresa. Casaram-se. Constituíram grandes famílias. Morreram. Um neto de Giuseppe, já sessentão, que tem o nome do avô aportuguesado, contou-me o pouco que sabia do seu ancestral, quando lhe falei da casa número 1da Rua Américo de Campos, que depois chamou-se João Pessoa e hoje, Francisquinho Dias. — Essa história daria uma bela crônica – disse-lhe.

Conte-me mais. — É tudo o que eu sei. Nunca me interessei pelos detalhes. Nem sei o que meu avô fazia na Itália e em São José! Mas a história do seu peculiar nascimento já passou por quatro gerações. Mesmo sem minúcias e delongas, volto ao seu “nascimento”, que me entusiasmou. Numa vila italiana, divisa com a França, um casal camponês, sem filhos, vivia modestamente. Agradecendo a vida, pedia a Deus um filho e meios para bem criá-lo. O tempo passava. Numa noite de estrelas, o casal acordou com um som incomum: o choro de uma criança. — Você está ouvindo?... – perguntou a mulher.

Acho que Deus está anunciando a chegada de um filho! Ele vai nos atender... Um choro abafado de recém-nascido continuou no silêncio da noite. — Parece que está dentro de casa!... Seria apenas um anúncio?... O casal pulou da cama, orientando-se pelo choro. Abriram a porta. No degrau de pedra, uma cesta de vime, ricamente ornamentada, era o berço de uma criança bem agasalhada. — Meu Deus!... Quem teria deixado este inocente aqui?... Como vamos criá-lo? — Deus sabe o que faz!... Ele nos atendeu!... – disse-lhe a mulher. Deve ser filho ou filha de gente rica, que não pode mostrar a criança à sociedade... Talvez, um filho ilegítimo,

de mãe solteira... Veja a riqueza das roupinhas de lã!... Será nosso filho, ou nossa filha?... Seria uma criança francesa ou italiana?... Com cuidado e carinho, ambos a recolheram. — Nós economizaremos para poder criá-la. Tiraram a criança da cesta. Ela pesava mais do que o normal. — A gente pode ver que é uma criança sadia e tem bons pulmões!... — Graças a Deus! Na cama, tiraram-lhe as roupas de lã. A larga faixa de linho bordado mobilizava a criança rosada. Com cuidado, desamarraram o cordão e começaram a desenfaixá-la. Algumas moedas de ouro brilharam sobre a cama, saídas do afrouxamento da primeira volta.

— Meu Deus!... Deramnos a criança e o seu dote por algum tempo!... Na segunda volta da apertada faixa, novas libras esterlinas caíram e, assim, sucessivamente, até a última volta... As moedas encheram uma pequena caixa. — É um menino! – exclamou a nova, surpresa e despreparada mãe. Ele se chamará Giuseppe, como você! Zé, o neto que me contava a sucinta história, concluiu: — Não adianta insistir. Eu nada mais sei... Não sei como minha avó perdeu as libras... Vou perguntar à minha irmã mais velha e depois lhe darei as informações... Só sei que ela ficou pobre... 1990.

Na Fazenda retiro dos Porcos, em 1940, muitos caçadores. Da esquerda para a direita, sentados: Paschoalino Amato, Adolfo Ferrari, Luiz Prado, Padre Adauto Vitali e Elias Turco. Em pé: Vitorino Curi, n.i., Tricoline, Pivette, José Braghetta, Dr. Joaquim A. Ribeiro, Antônio Simonetti, n.i. e Francisco Rodrigues.

No campo do RPFC, em 1948, o time da “Cruzada da Dona Filha Moreira” jogaria descalço, como sempre. Da esquerda para a direita, em pé: Rubens de Lima (Binho), Guilherme Pivetti, Nivaldo Eliziário Gervásio (Bia), Ary Tessari, José Longo, Nadir, Wilson de Oliveira e José Roberto de Aguiar (Bertão). Agachados: Fernando Parisi, Píndaro Ribeiro, Celso Jordão (Camões), Gil Moreira e Ricardo Lima

1º de maio de 1929, piquenique no sítio do Minussi, da esquerda para a direita: Mário Poggio, Domingos Cerávolo (atrás), Joaquim Corrêa, Domingos Innarelli, Waldemar Poggio e o dentista Barbosa.

Atletas da AAR, nos anos 30, agachados: Carlito, Zé Aguiar, Paquetã, Pereira, Arlindo e Feixinho, Em pé: Décio Ribeiro, n.i., Ricardo Simonetti, Dinho Amaral, Cícero Damasceno, Chaim, Baú, Waldemar Sernaglia, Mário Raddi, Gico e Hélio.


C-6 - GAZETA DO RIO PARDO - 5 de março de 2011

Classificados

Adota faça a sua parte Super dócil e carinhosa essa linda gatinha está para doação no Kantinho do Kriador. Interessados devem ligar no numero 3684-1466. “Bicho não é brinquedo, sente dor, sente medo! Diga não ao abandono.”

O vencedor da promoção “Quais os 3 primeiros cães mais inteligentes do ranking?” foi Charles Ibrahim. A mamãe Alessandra, o papai Charles e o recém nascido Caio Ibrahim, junto com a pet Nina.

Neste carnaval, Robson e Ana Paula estão de viagem para Igaratá, mas antes deixaram a calopsita aos cuidados do Kantinho do Kriador.

Matheus Mafepi e Affonso Orlandi acompanhados pela professora Ana Yong, com os alunos após as dicas sobre a importância da preservação do meio ambiente.

Na quarta-feira, dia 3, alunos do Colégio Objetivo, de 3º, 4º e 5º ano, participaram de atividades relacionadas à educação ambiental. Nosso amigo Hector foi centro das atenções.

PARTICIPE DESTA SEÇÃO, MANTENHA CONTATO PELOS SEGUINTES ENDEREÇOS: falecom@kantinhodokriador.com.br diagrama@gazetadoriopardo.com.br

Maria José e Antonio Furlan com as gatinhas recém adotadas e seu pinscher Nick.

vende-Se

Filhotes de Sharpei disponíveis. Interessados entrar em contato com Danilo – Telefones: 3608-3127 e 9202-8765.

Doa-Se F o m o s abandonados assim que nascemos, e precisamos de um lar. Ligue

Felipe Maga e Renan com seus cães, Laika e Tina

Uma homenagem a Frederico Primini (“Tutti”), vencedor do Campeonato Regional de Bico de Ferro.

Desapareceu

para Dra. Luciana no telefone: 3681-4255 e adote um de nossa ninhada. Adotar é tudo de bom !

Doa-Se

Gato Persa Bran-

co desaparecido desde o dia 15/02, no Jd. Margarida. Atende pelo nome de Sebá, quem tiver qualquer informação sobre ele favor entrar em contato pelo fone: 3608-4026 8805-0885 Falar com César Podda

Meu nome é Pluto, tenho 7 meses, sou dócil, brincalhão, porte grande. Estou a procura de um lar. Cão vacinado, vermifugado e com direito a castração. Ligar para Roseli: 3681-2569 / 9276-6818


C-7 - 5 de março de 2011

Fonte: Terra Esotérico

Peixe assado ao molho de iogurte e ricota Ingredientes 8 postas de pescada branca Farinha de rosca para empanar 1 cebola ralada 1/2 colher (chá) de margarina 1 colher (chá) de colorau 2 tomates grandes e maduros picados 2 colheres (sopa) de ricota 2 colheres (sopa) de iogurte desnatado Suco de 1 limão 2 copos de água 1 colher (sopa) de cheiro verde Sal e pimenta do reino a gosto Modo de preparar Marinar as postas na água com o sal, pimenta e o suco de limão por 1 hora e 1/2; Separe 2 postas e reserve; As demais postas passe na farinha de rosca; Coloque em um refratário untado; Leve para assar por 30 minutos em forno médio coberto com papel alumínio; Pegue as 2 postas separadas e desfie ainda cru; Regue com a cebola ralada e a margarina; Refo-

Hebe estreia na RedeTV Esbanjando simpatia e ainda mais afiada com suas brincadeiras, Hebe Camargo estreou em sua nova atração na RedeTV! na noite de terça-feira (1º de março). A apresentadora gravou seu primeiro programa na emissora e mostrou muita mágoa com o SBT e seu ex patrão, Sílvio Santos. Direta, a apresentadora falou sobre a mudança de emissora, algo que todos estavam curiosos para saber a opinião da mais recente funcionária da RedeTV!. “Sempre é possível e necessário renovar. Poxa, ninguém acredita mais na vida do que eu. É limpar a alma, é partir pro novo.” Hebe Camargo, claro, não deixou de dar suas alfinetadas também em quem não estava presente, mais precisamente em Silvio Santos. Durante o programa, Hebe disse que precisava agradecer a muita gente, entre eles o dono do SBT, e não perdeu a piada. “Foram 25 anos de dedicação. Eu quero agradecer a você e sei que você não está vendo. Mas alguém vai te contar. Começo agora uma nova vida”, disparou Hebe para as câmeras. A apresentadora completará 82 anos no próximo dia 8 de março. Marco Luque fica sem programa O Formigueiro não está na grade de programação de 2011 da Band. Saiu do ar por baixa audiência (mal conseguia chegar a dois pontos no Ibope). O maior objetivo da emissora em 2011 é elevar os índices de audiência, segundo informado pela direção no início da semana, durante um evento em São Paulo. Enquanto Luque perdeu o Formigueiro, Danilo Gentili comandará a partir de maio o “Agora É Tarde”, uma espécie de late show norte-americano à moda brasileira. A emissora manterá novas temporadas do “CQC”, “A Liga”, “Quase Anjos”, “Descolados” e “Fórmula Indy”, e nomes de peso como Adriane Galisteu, Edgard Piccoli e Márcia estreiam novos formatos.

Concentre seus esforços e sua criatividade em seu trabalho e poderá obter sucesso. Os astros enviam boas vibrações para quem tem um relacionamento. Se está só, com seu poder de sedução vai conquistar quem deseja. Aproveite o momento para agitar sua vida social.

Bom momento para a carreira. Solucionar problemas só dependerá de seu empenho. Romance protegido. Quanto maior o envolvimento, melhor o clima. Se ainda não tem um par, aproveite os amigos e vá para as baladas! Sair com os amigos vai te dar mais ânimo! O trabalho em equipe está favorecido nesta semana. Sua vida social estará mais agitada e seu carisma estará em destaque. A dois, a sintonia com o par estará em alta. Na paquera, passeios podem estimular sua vida sentimental. Invista na intimidade com sua alma gêmea.

gue; Junte os tomates, cheiro verde, colorau, sal e pimenta e ferva em fogo baixo com 1 copo de água, sem deixar secar; Acrescente a ricota e o iogurte, mexa bem até ficar homogêneo. Coloque este molho sobre o peixe assado, e em seguida leve ao forno novamente por 5 minutos. 15 anos sem Mamonas Assassinas No dia 2 de março, completaram-se 15 anos sem uma das bandas mais emblemáticas dos anos 1990, “Os Mamomas Assassinas”. O estrondoso sucesso foi interrompido prematuramente, na noite de 2 de março de 1996, quando o avião que transportava o irreverente grupo para Guarulhos, depois de show em Brasília, chocou-se com a Serra da Cantareira, em São Paulo. Durante a trajetória meteórica, Dinho (vocal), Bento Hinoto (guitarra e violão), Júlio Rasec (teclado), Samuel Reoli (contrabaixo) e Sérgio Reoli (bateria) chegaram a fazer quatro shows por dia. Lançado em julho de 1995, o disco de debute, homônimo à banda, vendeu 3 milhões de cópias. Está previsto para maio o lançamento de um documentário sobre a trajetória da banda. Produzido pela Tatu Filmes, o trabalho “Mamonas pra Sempre” visa reconstruir a carreira da banda, que antes se chamava Utopia. Entre covers do rock nacional, o grupo entregava músicas autorais para lá de debochadas. Notando que as brincadeiras faziam sucesso, mudaram de rumo. Nascia então Mamonas Assassinas, que saiu do anonimato para ser um dos maiores fenômenos da música brasileira. O documentário tem entrevistas com familiares e amigos, imagens inéditas e vídeos feitos pela própria banda. São registros de shows, bastidores e participações na televisão. Luana vê Dado Dolabella e chama a polícia Na noite de domingo, 27, na comemoração pelo título do Flamengo, Dado Dolabella foi a uma pizzaria no Leblon, Zona Sul do Rio, mesmo bairro em que Luana Piovani estava com um grupo de amigos. Embora não estivesse no mesmo estabelecimento, e sim em um restaurante do outro lado da rua, Luana Piovani chamou a polícia e o ator teve de deixar o local. É que, por ordem da justiça, Dado Dolabella não pode ficar a menos de 250 metros de distância de Luana. A ordem foi concedida por causa da agressão do ator à ex-namorada, em 2009. Polêmica na transmissão do futebol A transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro estão em disputa entre Globo e Record. A polêmica envolve o tal Clube dos 13 e CBF. A briga é para que as emissoras aumentem o valor dos direitos de imagem dos jogadores. A Record chegou com a mala pronta para desbancar a emissora dos “Marinhos”, mas a Band torce para que o jogo continue como está. “Se ficar com os direitos de transmissão, a Record já deu sinais de que não vai dividir (a exibição) com ninguém na TV aberta”, disse o vice-presidente da Band Marcelo Meira.

PENSAMENTOS DE PAULO COELHO

Pensando um pouco na morte Creio que este texto será lido em aproximadamente três minutos. Pois bem: segundo as estatísticas, neste espaço de tempo irão morrer 300 pessoas, e outras 620 nascerão. Talvez eu demore meiahora para escrevê-la: estou concentrado no meu computador, com livros ao meu lado, idéias na cabeça, carros passando lá fora. Tudo parece absolutamente normal à minha volta; entretanto, durante estes trinta minutos, 3.000 pessoas morreram, e 6.200 acabam de ver, pela primeira vez, a luz do mundo. Onde estarão estas milhares de famílias que apenas come-

çaram a chorar a perda de alguém, ou rir com a chegada de um filho, neto, irmão? Paro e reflito um pouco: talvez muitas destas mortes estejam chegando no final de uma longa e dolorosa enfermidade, e certas pessoas estão aliviadas com o Anjo que veio buscá-las. Além do mais, com toda certeza, centenas destas crianças que acabam de nascer serão abandonadas no próximo minuto, e passarão para a estatística de morte antes que eu termine este texto. Que coisa. Uma simples estatística, que olhei por acaso – e de repente estou sentindo estas perdas e estes encontros, estes sorrisos e estas lágrimas. Quantos estão deixando esta vida sozinhos, em seus quartos, sem que ninguém se de conta do que está

No campo profissional, manter contato com chefes e líderes será uma boa pedida. Tente fazer mais do que foi solicitado e só terá a ganhar. Tudo de bom no campo afetivo. Um clima de companheirismo vai invadir seu relacionamento. Faça programas românticos com o par.

acontecendo? Quantos nascerão escondidos, e serão abandonados na porta de asilos ou conventos? Reflito: já fui parte da estatística de nascimentos, e um dia serei incluído no número de mortos. Que bom: eu tenho plena consciência de que vou morrer. Desde que fiz o caminho de Santiago, entendi que – embora a vida continue, e sejamos todos eternos – esta existência vai acabar um dia. As pessoas pensam muito pouco na morte. Passam suas vidas preocupadas com verdadeiros absurdos, adiam coisas, deixam de lado momentos importantes. Não arriscam, porque acham que é perigoso. Reclamam muito, mas se acovardam na hora de tomar providências. Querem que tudo mude, mas elas mesmas se recusam a mudar.

Se pensassem um pouco mais na morte, não deixariam jamais de dar o telefonema que está faltando. Seriam um pouco mais loucas. Não iam ter medo do fim desta encarnação – porque não se pode temer algo que vai acontecer de qualquer jeito. Os índios dizem: “hoje é um dia tão bom quanto qualquer outro para deixar este mundo”. E um bruxo comentou certa vez: “que a morte esteja sempre sentada ao seu lado. Assim, quando você precisar fazer coisas importantes, ela lhe dará a força e a coragem necessárias”. Espero que você, leitor, tenha chegado até aqui. Seria uma bobagem assustar-se com o título, porque todos nós, cedo ou tarde, vamos morrer. E só quem aceita isso está preparado para a vida.

No trabalho, ouvir o conselho de pessoas mais experientes e refletir antes de tomar decisões vai ser muito importante para a conquista da sua autonomia. No romance, se tem problemas, aproveite para pensar se vale a pena continuar. Passe mais tempo com seus familiares.

No setor profissional, suas conquistar serão proporcionais aos seus esforços. Trabalho em equipe está favorecido. No amor, vai sentir mais necessidade de segurança. Se está solteiro(a), poderá se interessar por alguém do seu convívio. Não espere reconhecimento sem esforço.

Fazer e se dedicar ao que gosta pode ser garantia de sucesso no setor profissional. No relacionamento afetivo, aproveite para curtir a companhia de sua alma gêmea. Está só? A paquera pode virar um romance, invista! Não deixe de sair e se divertir com os amigos. O período não é dos mais favoráveis no trabalho. Pense mais antes de tomar decisões. No amor, a troca de carinhos com o par vai realçar o astral do romance. O período é bom para conhecer pessoas e lugares. Será necessário refletir mais antes de sair falando o que pensa.

Quem trabalha em casa ou por conta própria vai ter a ajuda dos astros para ganhar uma grana extra. Terá paciência para lidar com amigos e familiares. No amor, saia da rotina e tente conversar mais com sua cara-metade. Boa fase para organizar sua vida financeira. Estará com um grande poder de comunicação, podendo assumir novas atividades profissionais com tranquilidade. Tudo de bom no relacionamento familiar, só não deixe que seus parentes interfiram no seu romance. Aproveite o período para se destacar no trabalho. No emprego, é tempo de tomar decisões. Use a sua criatividade para ganhar um dinheirinho extra esta semana. Tudo de bom na paixão. Estará esbanjando charme e poder de encantamento. Se está só, aproveite o período para conquistar! Passe mais tempo com seus amigos. Expor seus projetos será ótimo para seu progresso profissional. No setor afetivo, grande cumplicidade com a pessoa amada, só tenha cuidado com seu egoísmo. Sair e curtir os amigos será ótimo para quem está só. O momento é favorável para a retomada de projetos antigos.

Hoje - Maria Antonieta Vigorito, Alexandre Costa Vechini, Samuel Bagodi Batista da Silva, Sueli Liege da Silva, Mariana Moraes Girote, Rafael Rodrigues Guerra, Renato Ribeiro Giovanelli, Amanhã - Neusa Maria de Morais, Liamara Nasser de Moura, Vanessa Elaine Quessada Ribeiro, Alzira Margarida Tardelli, José Francisco Pizani, Henryette Amélia Machado Spina, Júlia Torres Frozoni, Marco Antônio Biaco, Marcelo Biaco, Mariângela S. Dias Alves Faria, Vinícius Rodrigues Guerra. DIA 5 - Thiago Baizi Boaro, Bruna Cerboni Malagutti, Daniela do Prado Bartolo, Antônio Cesário do Prado, Márcio E d u a rd o Ta r d e l li , E m e r s o n Henrique Fernandes Garcia, Márcia Regina Silva Bernardo, Laura Borguetti Martins, Neimer Daud, Rinaldo Farah Ortega, Maria Célia Moreno Folchetti, Silvio Antônio Pereira da Silva, Aline Aparecida Dias, Douglas da Silva Couto. DIA 6 - André Luís de Morais, Marcelo Rhaduan Manetta Posso, Álvaro Ribeiro de Oliveira Netto, Regina F. Rodrigues Faria Bocamino, Ana Paula Quessada Curi, Dirce Dassan dos Santos, Rosa Maria Destro Mandoni Jardim, Janete da Silva Cafola, Benedito Ortiz Neto, Osvaldo Potenza, Ana Cláudia Cortez da Sil-

va, Jean Georges Hallal Júnior, Márcia Felipe Ramos Carvalho, Nilza de Souza Dias Bonfanti, Mariângela Sierro Dias A. Faria. DIA 7 - Oscar José Vieira, Andréa Cecília de Moraes, Alice Maria Primini Pisani, José Fernando Merli Fiorante, Eduardo Aparecido de Azevedo Gorno, Maria Lúcia Salgado Potenza, Gisele C. Ribeiro Luciano, Rafaela de Oliveira Pinheiro, Henrique M. Tiezzi. DIA 8 - Ana Lúcia Dias Alvero, Fabiana Pinezi Rodrigues, Mateus Alexandre Barbosa Catalano, Nicole Peres Prado Pedro Henrique de Morais, Giovanna Gabriela Roque Bernardes. DIA 9 - João Cabrera Filho, Mary Cristina Patrocínio Calsoni, Edgar Caldeira Callegari, Edson Roberto Barbeta, José Benedito Barbosa, Michelle Amanda Innarelli. DIA 10 - Jefferson Abade Filho, André Luís Calsoni Rodrigues Corrêa. DIA 11 - Antônio Fernando Torres, Diogo Marques Souza, Adriana Macca, Ana Maria Lourdes Zanardo Pansani, Maria José Zanardo Pansani, Neuza Mansano Dal Bom, Ruth Helena Lopes de Mendonça, João Vitor Teixeira, Marilisa Folharini Catalano, Antônio Carlos Moreira, Tânia Giunti de Oliveira, Marina Benedita Araújo.

Para acrescentar ou retirar nomes nesta lista, ligue para

3608-5655 ou mande e-mail para redacao@gazetadoriopardo.com.br


C-8 - 5 de março de 2011

NEURÓTICOS ANÔNIMOS N/A São José do Rio Pardo

NA

Depoimento

Prontidão para mudança A partir do momento em que descobri, através da literatura de Grover, que a causa da doença emocional é o egoísmo inato que trazemos desde o ventre materno, me dispus a estudar, refletir, questionar e compreender, à luz dessa revelação, o que passa no meu interior. Aprendemos que egoísmo é um estado de carência espiritual. Carência de Mor Espiritual. Mas esta carência não significa, para mim, um vazio – embora seja isso que minha mente percebe. Significa um tipo de energia que funciona como uma substância com a qual a mente trabalha para estruturar a própria vida e situar-se nos vários contextos desafiadores que a vida lhe apresenta. Portanto, a partir desse entendimento, meu Quarto Passo ficou focado nas emoções e nos sentimentos. Quando falo sentimentos, estou também me referindo aos padrões emocionais conhecidos,

entre nós como defeitos de caráter. Estou me referindo às crenças que são “verdades emocionais não questionadas”, verdadeiros “decretos de sobrevivência” criados pela minha mente, numa fase da vida em que não dispunha de recurso interno para analisar o que os adultos falavam sobre mim, sobre Deus e os conflitos existenciais. À medida que tenho feito este tipo de Quarto Passo (e aqui incluo o Oitavo e o Décimo), percebi que precisava liberar estas energias (antes condensadas), de forma assertiva, conforme propõe os Doze Passos. Foi aí que percebi a importância fundamental dos Sexto e Sétimo Passos – Prontidão para a mudança. Permitir que minha Consciência Superior – que jamais sofreu ruptura com Deus, embora a mente egocêntrica desconhecesse isso – trabalhe em mim e faça todas as mudanças necessárias ao meu pleno Despertar.

Esse trabalho de Consciência Superior requer a cooperação da mente – que a esta altura conscientizouse dos pilares da recuperação: 1– eu sou 100% responsável pelas minhas reações diante dos fatos; 2– eu não saio sozinha da prisão mental; 3- o perdão é uma escolha deliberada, porque não há saúde mental e paz sem perdão; 4- cada vez que estou perturbada, há algo a ser corrigido em mim, independente do outro ter errado ou não; 5- o mundo que “vivo” emocionalmente é projeção da minha mente, do meu conteúdo interno. Portanto, Sexto e Sétimo Passos requer contínua prontidão para a mudança. Não poderia fechar este depoimento sem dizer que todo este trabalho, que continuo fazendo, tem sido rasgado pela Graça de Deus através da oração e meditação. Amor e Paz a todos! VCS – Santos/SP

Reuniões: Segundas-feiras: 19h30 na Matriz, Terças-feiras: 19h30 no Cassucci COLUNA ESPÍRITA

Emigração e imigração dos espiritos No intervalo de suas existências corporais, os Espíritos estão no estado de erraticidade, e compõem população espiritual ambiente do globo. Pelas mortes e nascimentos essas duas populações se permutam incessantemente; operam-se, pois, emigrações do mundo corpóreo para o mundo espiritual, e imigrações do mundo espiritual para o mundo corporal: este é o estado normal. Em certas épocas, reguladas pela sabedoria divina, essas emigrações e imigrações se operam em massas mais ou menos consideráveis, como resultado das grandes revoluções que fazem partir ao mesmo tempo, quantidades inumeráveis, as quais são logo substituídas por quantidades equivalentes de encarnações. Portanto, é preciso considerar os flagelos destruidores e os cataclismos como ocasiões de chegadas e partidas coletivas, meios providenciais de renovar a população corporal do globo, de a retemperar mediante a introdução de novos elementos espirituais mais purificados. Se, nessas catástrofes, há destruição de um grande número de

corpos, ali não há senão vestes dilaceradas, porém nenhum Espírito perece: nada fazem senão mudar de ambiente; em lugar de partir isoladamente, partem em quantidades. Para eles não muda a fatalidade de que mais cedo ou mais tarde deverão partir. As renovações rápidas que se operam no elemento espiritual da população, como consequência dos flagelos destruidores, aceleram o progresso social; sem as imigrações e emigrações que ocorrem de tempos a tempos viessem dar-lhe um violento impulso, progrediria com extrema lentidão. É notável que todas as grandes calamidades que dizimam as populações, são hoje seguidas de uma era de progresso na ordem física, intelectual e moral, e por conseguinte, no estado social dos que vivem naquele determinado povo onde se realizam. É que tiveram por finalidade operar um remanejamento na população espiritual, que é a população normal e ativa do globo. Essa transfusão que se opera entre a população encarnada e a população desencarnada de um mesmo globo opera-se igual-

mente entre os mundos, seja individualmente nas condições normais, seja por massas em circunstâncias especiais. Há, pois, emigrações e imigrações coletivas, de um mundo para outro. Novas raças de Espíritos, que vêm se misturar às raças existentes, constituem novas raças de homens. Ora, como os Espíritos não perdem jamais o que adquiriram, trazem com eles a inteligência e a intuição dos conhecimentos que possuem; por conseguinte, imprimem seu caráter à raça corporal que vieram animar. Para isso, não têm necessidade de que novos corpos sejam criados especialmente para seu uso; desde que a espécie corporal existe, encontram-nos prontos a recebê-los. São, pois, simplesmente, novos habitantes; chegando sobre a Terra, a princípio fazem parte de sua população espiritual, e depois encarnam-se como os demais.

Texto transcrito por Elizabeth R. G. Daud, tendo como fonte A Gênese: Os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo, Allan Kardec.

“Eis aqui a serva do Senhor! Faça em mim segundo a tua palavra.” Como fez com Maria, Deus quer revelar também a nós tudo o que Ele projetou para cada um, quer dar-nos a conhecer nossa verdadeira identidade. É como se nos dissesse: “Quer que eu faça de você e de sua vida uma obra prima? Siga o caminho que estou lhe mostrando, e você se tornará o que você sempre foi e é no meu coração. Pois desde toda a eternidade eu o concebi e amei, pronunciei o seu nome. Quando lhe digo a minha vontade, estou lhe revelando seu verdadeiro eu”. É por isso que a vontade Dele não é uma imposição que nos oprime, mas a manifestação de seu amor por nós, do seu projeto para nós; ela é sublime como o próprio Deus, fascinante e extasiante como a sua face; é Ele mesmo que se doa. A vontade de Deus é um fio de ouro, uma trama divina que tece toda a nossa vida terrena e a eterna; vai desde a eternidade até a eternidade – primeiro, na mente de Deus; depois, nesta terra e, enfim, no Paraíso. Mas, para que o desígnio de Deus possa se cumprir plenamente, Deus pede a minha e a sua adesão, como a pediu a Maria. Só assim é possível que a palavra que Ele pronunciou para mim e para você se realize. Portanto, também nós somos chamados a dizer, como Maria: “Eis aqui a serva do Senhor! Faça em mim segundo a tua palavra.” É verdade que a vontade Dele nem sempre nos é clara. Como Maria, também nós teremos de pedir a luz para entender o que Deus quer. É preciso escutar bem a sua voz em nosso íntimo, com toda a sinceridade, aconselhando-nos, se necessário for, com alguém que nos ajude. Porém, uma vez compreendida a sua vontade, queremos dar-lhe imediatamente o nosso sim. De fato, tendo en-

tendido que a sua vontade é o que de maior e de mais bonito pode existir na vida, não vamos nos resignar a “ter de fazer” a vontade de Deus, mas vamos nos alegrar por “podermos fazer” a vontade de Deus e seguirmos seu projeto, de modo que o que Ele imaginou para nós se realize. É a melhor coisa que podemos fazer, a mais inteligente. As palavras de Maria – “Eis aqui a serva do Senhor” – são, portanto, nossa resposta de amor ao amor de Deus. Elas nos mantêm sempre orientados a Ele, numa atitude de escuta e obediência, com o único desejo de cumprir a sua vontade, a fim de sermos como Ele quer. No entanto, às vezes, o que Ele nos pede parece absurdo. Podemos achar que seria melhor agir de outra forma; gostaríamos nós mesmos de segurar as rédeas da nossa vida. Gostaríamos até de aconselhar a Deus, de dizer-lhe o que deve ou não ser feito. Mas se acreditamos que Deus é amor e confiamos Nele, sabemos que tudo o que Ele predispõe, na nossa vida e na de todos que estão ao nosso lado, é para o nosso bem, para o bem deles. Então nos entregamos a Ele, abandonamo-nos com plena confiança à sua vontade, desejando-a com todo o nosso ser, a ponto de nos tornarmos um com ela, sabendo que acolher a sua vontade significa acolher a Ele, abraçá-lo, alimentarmo-nos Dele. Acreditamos que nada acontece por acaso. Nenhum acontecimento alegre, indiferente ou doloroso, nenhum encontro, nenhuma situação de família, de trabalho, de escola, nenhuma condição de saúde física ou moral é sem sentido. Mas tudo – sentimentos, situações, pessoas – é portador de uma mensagem de Deus; tudo contribui para a realização do desígnio Dele, que vamos descobrindo aos poucos, dia após dia, fazendo a vontade de

Deus, como Maria. “Eis aqui a serva do Senhor! Faça em mim segundo a tua palavra.” De que modo podemos, então, viver esta Palavra? Nosso sim à Palavra de Deus significa, concretamente, fazer bem, na íntegra e a cada momento, a ação que a vontade de Deus requer de nós. Significa fazer essa atividade de corpo e alma, eliminando qualquer outra coisa, renunciando a pensamentos, desejos, lembranças ou ações que se refiram a outra coisa. Diante de cada vontade de Deus, seja ela dolorosa, alegre ou indiferente, podemos repetir: “Faça-se em mim segundo a tua palavra” ou, como Jesus ensinou no Pai-nosso: “Seja feitas tua vontade”. Digamos isso diante de cada ação nossa: “faça-se em mim”, “seja feita”. E estaremos compondo, momento após momento, pedrinha após pedrinha, o mosaico maravilhoso, único e irrepetível, da nossa vida, que o Senhor desde sempre imaginou para cada um de nós. Chiara Lubich Esta Palavra foi publicada originalmente em dezembro de 2002 Chegamos ao feriadão do Carnaval. A nossa esperança – que não morre – é que todos possam aproveitar bem estes dias; que sejam abençoados por Deus. A meditação desta Palavra de Vida certamente nos fará muito bem. Vou receber algumas filhas com suas famílias e, na segunda feira, teremos um ajantarado reunindo a família. Isso é muito bom e me traz muita alegria. No mais, para estes dias, o melhor que posso fazer é redobrar nas rezas. Desejo que você encontre tempo para rezar, desfrutar de um lazer saudável e descansar; que todos nós cheguemos bem dispostos para iniciar a Quaresma na Quarta feira de Cinzas.

BÍBLIA

A igreja em Filadélfia (7) Podemos ser irmãos porque recebemos sua vida. Porque todos temos recebido a vida de Cristo, somos todos irmãos.Um homem é um irmão porque recebeu a vida de Cristo; uma mulher é um irmão porque também ela recebeu a vida de Cristo; então, todos são irmãos. Todas as epístolas foram escritas aos irmãos, não as irmãs. Individualmen-

te falando, há irmãs, mas em Cristo há somente irmãos. Por causa desta vida todos nos tornamos os filhos de Deus. Todos os “filhos” e “filhas” do Novo Testamento deveriam ser traduzidos como “filhos”. Além da menção em 2 Coríntios 6:18, Deus não tem filhos e filhas. Em Cristo todos estão na posição de irmãos. Em Xangai havia um irmão que era

pedreiro. Certa vez, quando eu estava lá, eu lhe disse: “Vá e chame algum irmão para entrar”; Ele replicou: “Você quer que eu chame os irmãos masculinos ou femininos?” Este foi um homem ensinado por Deus. Dirigimonos as irmãs, quando nos dirigimos a indivíduos, mas em Cristo não há distinção entre homem e mulher.

Al-Anon e Alateen para familiares e amigos de alcoólicos Numa reunião de Al-Anon vários membros compartilham sobre a mudança de suas atitudes depois que ingressaram no programa Al-Anon. Nos Grupos Al-Anon e Alaten existe compreensão. As pessoas usam o primeiro nome e são avisadas para não divulgar quem elas vêem ou as histórias pessoais que elas ouvem numa reunião. Os recém chegados no programa ficam aliviados ao saber que existe um lugar para compar-

tilhar sem medo de serem julgados. O Al-Anon/Alateen é uma associação mundial de homens, mulheres e adolescentes que tem amigos ou familiares com um problema de bebida. Os membros se reúnem regularmente para compartilhar sua experiência, força e esperança ao lidar com frustações e sentimentos de desamparo causados pela doença do alcoolismo. Os membros do Al-Anon vi-

vem vidas significativas e satisfatórias, ajudando a si mesmo com a ajuda do Al-Anon. Se você está preocupado com a maneira de beber de alguém, entre em contato com o Al-Anon. Grupo Esperança – terçafeira – às 20 horas – Igreja Matriz São José – Salão Ou telefone para Serviço de Informação Paulista Al-Anon – 0xx11 3227-2699,ou acesse o site WWW.al-anon.org.br São José do Rio Pardo - SP


Gazeta do Rio Pardo 2534