Issuu on Google+

São José do Rio Pardo

23 de outubro de 2010

Ano 102

R$ 2,00

2.515

Atentado contra casa de vereador REPORTAGEM

DIVULGAÇÃO

Dois anos de programa Desde 2008, São José do Rio Pardo conta com o programa CãoCiente, pelo qual os animais domésticos podem passar por cirurgias de castração e esterilização, evitando reprodução desordenada. Página A-6

Eventos culturais

DIVULGAÇÃO

Assalto, perseguição e tiros

O Circuito Cultural Paulista apresenta neste sábado, em São José, a peça de teatro infanto juvenil, “Esperando Gordô”. O evento é na Fábrica de Expressão. Confira outras atividades culturais na página A-9

Policiais civis de São José do Rio Pardo ainda procuram pistas dos bandidos que, no dia 18, assaltaram um comerciante, deram tiros contra a polícia militar e causaram pânico em alguns moradores que presenciaram a ação criminosa. Os

bandidos conseguiram fugir levando R$ 139 mil em cheques e 300 em dinheiro. Durante a perseguição, o soldado José Antônio Claro foi atingido por um tiro de revolver 38 (foto), e não se feriu por conta do colete salva vidas. Página A-7

cadastro reserva de professores de música nas áreas de cordas e sopros. As vagas são

para atuação nas cidades de Tatuí e de São José do Rio Pardo. Página A-6

Polo de Música seleciona professores

O Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Ta t u í , o f i c i a l i z o u n a

Na madrugada desta sexta-feira, 22, a casa do vereador Márcio Calegari Zanetti, na Vila Formosa, foi alvo de um atentado, quando uma pessoa ainda não identificada atirou combustível sobre um dos carros na garagem e, em seguida, atirou uma tocha em direção à casa. Por sorte, o fogo não se consumou. O fato lembra outro parecido, que ocorreu na madrugada de 10 de novembro do ano passado, quando tentaram atear fogo na casa do vereador José Antonio Tobias. Página A-5

quarta-feira, dia 20, a abertura de processo seletivo para preenchimento e formação de

REPORTAGEM


A-2 - 23 de outubro de 2010

Falta segurança A onda de assaltos em São Jose do Rio Pardo nos últimos meses evidencia o clima de tensão com que passaram a viver os cidadãos desta quase pacata urbe. São más notícias que reforçam uma triste realidade: falta-nos segurança. E não venham as autoridades dizer que estamos dentro dos índices e estatísticas aceitáveis pela Secretaria Estadual de Segurança porque, na realidade, para o cidadão amedrontado, assaltado ou ameaçado, números são apenas números. Há alguns anos, entidades da iniciativa privada, políticos, empresários, pessoas da comunidade, se mobilizaram para implantar na cidade um certo Projeto Global de Segurança o qual previa - na sua meta principal - a instalação de câmeras em vários pontos para o monitoramento eletrônico da criminalidade. Para a concretização de tal projeto, foram arrecadados junto ao empresariado alguns milhares de reais; afinal, empresas e empresários tinham grande interesse de que o serviço se tornasse realidade, combatendo o crime, protegendo seus patrimônios. Embora tenha enfrentado dificuldades no seu início – como o preço e a manutenção das câmeras, por exemplo - ao que se sabe, o projeto de monitoramento eletrônico funcionou, ainda que não plenamente, mas funcionou, e contribuiu para inibir ações de vandalismo e da criminalidade nas praças e ruas do centro. Poucos sabem mas as imagens das câmeras foram inclusive solicitadas para algumas investigações policiais, uma delas, a de um suposto assalto à agencia da Nossa Caixa Nosso Banco, hoje Banco do Brasil. Tais imagens foram de grande colaboração, servindo para elucidação daquele caso. Mas, o monitoramento eletrônico parece ter sido abandonado pela atual administração – abandonar o que estava em funcionamento,

diga-se de passagem, tem sido uma das marcas do atual governo municipal, até mesmo na questão da segurança pública. A presença das câmeras de segurança, pelas quais empresários pagaram, trouxe sim, por algum tempo, a sensação de segurança, ainda que alguns não queiram admitir. Com o fim ou o mal funcionamento delas, o que se tem são os constantes atos, como o ocorrido mais uma vez, nesta semana, em que um empresário teve quase 140 mil reais roubados em plena luz do dia. Para sermos justos, claro, temos de observar que existem, sim, algumas ações nesta área que precisam ser lembradas. Em 2009, a administração local fez grande propaganda sobre haver aumentado o quadro de servidores na Guarda Municipal, contratando homens aprovados em concurso realizado no ano anterior, entregando-lhes novos uniformes e, dando-lhes novas insígnias, promovendo-os conforme tempo de corporação. Além disso, adquiriu novas viaturas – motos, principalmente. Também aprovou um repasse de recursos, a título de pro labore para policiais militares – sem dar o mesmo beneficio à Policia Civil, que tal qual a Militar, exerce relevantes serviços. Mas as ações pela segurança na cidade parecem ter parado aí. Não se adotou, ainda, medida para concretizar as propostas constantes no Programa de Governo da Coligação que elegeu o atual prefeito como: “Transformar a Guarda Municipal em Guarda Civil, treinada e armada; Zoneamento do trabalho de vigilância com postos nos bairros; Implantação e aperfeiçoamento de sistema de monitoramento 24 horas”. O que querem saber os empresários que ajudaram na idéia de implantar melhorias na segurança local, certamente, é até quando a Prefeitura vai se omitir em assumir que, de efetivo mesmo, nada fez para o

combate à criminalidade. Até lá, a única certeza das empresas e das pessoas é que essa farra da bandidagem deixa a todos assustados. Terrorismo irresponsável Chega! É o que se pode dizer diante de mais uma ação criminosa como o quase incêndio tentado contra a residência do vereador Márcio Zanetti, na madrugada de quinta para sexta-feira. O ato foi o segundo desta natureza. O primeiro, como se pode recordar, foi em novembro passado, e na ocasião, a vítima foi o vereador José Antonio Tobias. Coincidência ou não, os dois vereadores compõem um grupo que tem atuado com forte oposição ao governo municipal. Tobias, no ano passado, assumiu a presidência de uma Comissão Especial de Investigação que apurou contratos suspeitos da Prefeitura. Márcio, como se sabe, tem sido a pedra no sapato do atual prefeito, sempre apontando inúmeros erros cometidos pela gestão João Luís. Há dias, o mesmo vereador vem reclamando da insegurança que ronda o plenário da Câmara Municipal, onde alguns funcionários em cargos comissionados – nomeados pelo prefeito – comparecem para fazer baderna, usando palavras de ordem e até com artefatos explosivos para tentar intimidar os vereadores. É coincidência demais para uma pequena cidade. Logo, atribuem-se tais acontecimentos, ao fator político. É preciso que as autoridades locais do Judiciário, das polícias Civil e Militar, e sobretudo da política, busquem soluções urgentes para conter o que ainda são tentativas de incêndio, porque, mais cedo ou mais tarde, este fogo vai queimar mais do que casas, mas também a liberdade propiciada pela democracia.

Feriadão preocupa no segundo turno A grande possibilidade de uma debandada de eleitores, em todo o país, no 2° turno, está tirando o sono dos comandos das campanhas de José Serra e Dilma Roussef. É que a eleição do dia 31 está no meio de uma semana que tradicionalmente é transformada num enorme feriadão. No dia 28, quinta-feira, é celebrado o Dia do Servidor. O

feriado de Finados, em 2 de novembro, cai na terça-feira seguinte. Um período que leva multidões a saírem de seus domicílios eleitorais em busca de lazer e turismo em locais distantes. No primeiro turno a abstenção foi de 18,12%. Estratégias estão sendo montadas tanto pelo PSDB como pelo PT, para tentar segurar os eleito-

res em suas casas no dia do pleito. Apesar da impopularidade da medida, governadores de seis estados decidiram controlar o feriado eleitoral. Em Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e Pará não há previsão de ponto facultativo em 1° de novembro ou folga no Dia do Servidor.

Onde há segundo turno também para os governadores estaduais pesam interesses dos governadores que tentam a reeleição ou fazer o sucessor. Em nove estados, os governos já decidiram pela liberação dos servidores após o expediente de sexta-feira e os funcionários só voltarão ao trabalho na quarta-feira.

Mais uma confusão eleitoral O Tribunal Superior Eleitoral tem pela frente mais um imbróglio eleitoral: vai ter de decidir se os votos dados aos “fichas sujas” (são 8,6 milhões em todo o pais) ficam ou não com os partidos caso eles sejam considerados inelegíveis por conta das regras da Lei da Ficha Limpa. É que existem em vigor duas legislações que tratam desse tema. Os partidos não querem

perder esses votos e estão lutando por eles. Têm como carta na manga o artigo 175 do Código Eleitoral (Lei n° 4737/65) prevendo que os votos de políticos que forem julgados inelegíveis depois das eleições passam a ser do partido. A medida, caso aplicada, livrará alguns partidos da perda de cadeiras no Senado, na Câmara dos Deputados e nas assembléias legislativas. Acontece que a minirrefor-

ma eleitoral, que incorporou novos dispositivos à Lei Eleitoral, em setembro do ano passado, estabelece em seu artigo 16- A( Lei n° 9.504) que os votos recebidos por candidatos que se tornarem inelegíveis após as eleições sejam considerados nulos e retirados do partido ou da coligação. Esta confusão vai ter de ser desfeita pelo TSE, ante a uma enorme pressão de todos os lados.

No Supremo Tribunal Federal, a expectativa é que o ministro Joaquim Barbosa leve para o plenário seu parecer sobre o processo que envolve o deputado Jader Barbalho. O registro de sua candidatura foi negado pela Justiça Eleitoral por ter ele, em 2001, renunciado ao mandato de senador para escapar de processo de cassação. Mesmo impugnado, Jader foi o segundo mais votado para o cargo de senador pelo Pará, com 1.8 milhões de votos.

Estatuto racial em vigor Entrou em vigor na quarta-feira (dia 13) o tão decantado Estatuto da Igualdade Racial, aprovado no Congresso Nacional depois de 10 anos de debates. Essa legislação é defendida pelos grupos que combatem o racismo e atacada por quem considera mais preconceito ainda instituir políticas públicas de acordo com a cor da pele das pessoas. Para o ministro Eloi Ferreira de Araujo, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, o único prejuízo do estatuto está no atraso de 122 anos. “Se na época da abolição da

escravatura os negros já tivessem uma proteção legal que garantisse a igualdade de direitos, o desenvolvimento social do país teria sido mais harmonioso”, afirma Araujo. Ele atribui à nova legislação o inicio de uma caminhada rumo a um Brasil mais justo. “As ações afirmativas previstas no documento trazem ao mundo jurídico programas e ações para reduzir as desigualdades derivadas de 380 anos de escravidão”. A seguir alguns dos itens mais relevantes do Estatuto da Igualdade Racial: *Todas as escolas da educação básica terão de ensi-

nar história geral da África e da população negra do Brasil. O tema já foi previsto numa lei de 2003, mas sem reflexos na pratica. *A capoeira é reconhecida como esporte e o governo deverá investir na pratica. *Libera a assistência religiosa em hospitais aos seguidores de cultos religiosos de origem africana. *Comunidades quilombolas terão linhas de financiamento diferenciadas. *Implantação, pelo poder público, de ouvidorias permanentes em defesa da igualdade racial. *Adoção de medidas, pelo

poder publico, para coibir a violência policial de racial. Algumas questões deixaram de ser contempladas na nova legislação: *Reserva de cotas para negros em universidade, em programas de televisão e em partidos políticos. *Incentivo fiscal para empresas que contratarem negros. *Definição de quem são os remanescentes de quilombos para fins de regularização das terras ocupadas. *Registro no Sistema Único de Saúde (SUS) fazendo o corte racial.

Silvio na transição (1) Notícia publicada pelo jornal O Estado de S.Paulo no dia 21 de outubro diz que o governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou os nomes da equipe de transição. O jornal diz que esses nomes fazem parte do “time que vai trabalhar no Palácio dos Bandeirantes a partir de 2011”. Diz o Estadão: “Alckmin já escalou quatro nomes para realizar a tarefa, considerada por ele ‘tranquilíssima’. Sob coordenação do deputado estadual Sidney Beraldo, ex-secretário de Gestão de Serra, a equipe de transição é formada, por enquanto, pelo deputado Silvio Torres (PSDB-SP), pelo ex-secretário dos Transportes Metropolitanos Jurandir Fernandes e pelo ex-chefe de gabinete de Alckmin e seu secretário pessoal, Orlando Baptista”. Silvio na transição (2) O Estadão prossegue: “A divisão de trabalho entre Torres, Fernandes e Baptista ainda não foi definida. Beraldo, que lidera o grupo, mantém rotina de viagens de campanha para o interior paulista a fim de converter votos da ex-presidenciável verde Marina Silva para Serra. Esses nomes, e outros que ainda serão definidos ao longo do mês, passarão a trabalhar em conjunto com uma equipe de Serra para manter a execução dos atuais programas de governo”. Paula Souza:recurso contra A empresa que ficou em quinto lugar no processo licitatório para a construção do prédio próprio da ETEC Paula Souza em São José do Rio Pardo entrou com recurso. Com isso, todo o processo burocrático está parado até que vença o prazo desse recurso e saia um posicionamento oficial sobre a questão. Após isso é que sairá a Ordem de Serviço autorizando o início das obras em São José, as quais, agora, só deverão começar em novembro (se não houver novos entraves burocráticos). Repercussão A propósito do editorial de Gazeta do Rio Pardo, na edição passada, informa-se que foram muitos os comentários sobre o assunto, ao longo da semana. Entidade como a OAB, por exemplo, se manifestou através de ofício assinado pelo seu presidente Carlos Alberto González – cujo teor segue publicado na página A-4 desta edição - para dizer que não apoiou o então candidato João Luís Soares da Cunha. Através de um interlocutor, o ex-presidente da ACI, Sebastião Policiano, se manifestou dizendo que na sua gestão também não houve apoio. Ninguém Como era de se esperar, é próprio do ser humano, e porque não das entidades, esquivar-se de eventuais responsabilidades. Especialmente quando aquilo que se apresenta não é exatamente da forma como foi idealizado. Adiamento A Casa de Cultura e Cidadania “Professor Laércio Barbosa” adiou a Mostra de Música, prevista para ocorrer na noite deste sábado, 23, no Centro Cultural Ítalo Brasileiro. Segundo a unidade, outra data será marcada para a apresentação do evento. Homenagem A Câmara Municipal promove na noite de 26 de outubro, terça-feira, a partir das 20h15, uma solenidade especial de homenagem aos professores. O evento - alusivo às comemorações pelo Dia do Professor, passado em 15 de outubro sempre constou da programação do Legislativo, mas a partir de 2001 deixou de ocorrer, porém agora foi reinstituído. A secretaria da Câmara informa que serão homenageados como “Professores em Atividade”: Irene de Carvalho Locatelli, José Renato Carneiro, Mário Rubens da Silva, Neide Calvente Macias Morais e Wanderley Antonio Calório. Já Celina Carucci Gonçalves da Costa, Izilda Maria Araújo Fernandes Goda, Sônia Ferreira Pinto, Susanna Taddei Junqueira e Zilda Marisa Amato Torres recebem homenagem como “Professores Aposentados”. Para uns e para outros O prefeito João Luís disse nesta semana que recorreu ao Supremo Tribunal Federal na questão do tíquete dos servidores, porque é dever do município buscar defesa de seus interesses, especialmente quando o erário está sendo afetado. Curiosamente, não se tem notícias de que a administração fez recurso semelhante para quando foi condenada a pagar salário de R$ 6 mil aos secretários municipais. Nova eleição Quando terminar a eleição para presidente, por aqui as atenções se voltam para a escolha da nova mesa diretora da Câmara Municipal, quando um novo presidente será escolhido. Caco Gumieri (PSDB) já anunciou: é candidato. Saindo Em reunião nesta semana, foi anunciada a saída do médico Marcelo Galotti da presidência do Conselho Municipal de Saúde. Além disso, o colegiado responsável por acompanhar os investimentos e serviços de saúde do município, aprovou, com ressalvas, as contas do exercício de 2009. 13º salário O prefeito garante que haverá pagamento do décimo terceiro salário para os servidores municipais. Isto é, da segunda parcela, porque a primeira é paga no mês de aniversário do servidor. Esta medida, implantada na administração passada, salvou a pátria para todos os funcionários, porque certamente, se tivesse que pagar de uma só vez, a Prefeitura não teria os recursos. Agora, se vai pagar em dia, aí é outra história.

GAZETA DO RIO PARDO é uma publicação semanal de GAZETA DO RIO PARDO LTDA, editada à Avenida Olinda Ralston, 411- Vila Formosa - Fone: (19) 36085655 - CEP 13.720-000 - São José do Rio Pardo - SP. Editor: Gilmar Ishikawa Redação: Eduardo Eron Diagramação: Marco Antônio Cassucci, Fagner Nasser. Departamento Comercial: Elisete Paduelli GAZETA na INTERNET: e-mail: redacao@gazetadoriopardo.com.br e-mail: publicidade@gazetadoriopardo.com.br e-mail: diagrama@gazetadoriopardo.com.br http://www.gazetadoriopardo.com.br Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal e são de responsabilidade de seus autores.


23 de outubro de 2010 - A-3

Juiza mantém tíquete aos aposentados

Sentença derruba a suspensão do pagamento determinada pelo prefeito João Luis A juíza substituta Márcia ção aos inativos e pensio- cisão do Supremo Tribunal dimento do Tribunal de Alcoforado conce- nistas da Prefeitura”. Már- Federal em sua argumen- Contas do Estado e no teor Contradições que preocupam dedeuMello o mandado de segu- cia usou, na sentença, ter- tação. da súmula 680 do SupreO comportamento contraditório do prefeito municipal em relação ao pagamento dos salários dos servidores da Prefeitura no quinto dia útil, como prevê uma liminar obtida na Justiça, tem preocupado alguns vereadores. Eles estranham o fato de João Luis vir a público e dizer que “está feliz” em pagar os salários nesse prazo e, ao mesmo tempo, acionar sua assessoria jurídica para tentar derrubar, judicialmente, tal obrigatoriedade. O prefeito também havia dito que “estava feliz” pela manutenção do direito dos aposentados e pensionistas da Prefeitura em receberem o tíquete alimentação, mas, estranhamente, entrou com recurso judicial para derrubar tal direito. Lúcia Helena Libânio da Cruz, presidente da Câmara, é uma das mais inconformadas com tal atitude contradi-

tória. “Ele (prefeito) está ‘feliz’ e, ao mesmo tempo, fica puxando o tapete dos aposentados e dos servidores?”, indagou. Para Lúcia, assim como para outros vereadores, o grande erro de João Luis foi ter feito um “super orçamento” para 2010, prevendo verbas prometidas por políticos aos quais se aliou, e ter gasto dinheiro demais contando com tais receitas. O vereador Vicente Rodrigues disse na reunião da Câmara do dia 19 que houve “queda de arrecadação”, o que é contestado por outros vereadores. “O que houve e vem ocorrendo é que ele (prefeito) gastou muito e agora a Prefeitura deverá fechar o ano com um déficit de cerca de 10 milhões de reais”, previu a presidente da Câmara, em entrevista à Difusora/Gazeta esta semana.

rança coletivo requerido pelo Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos de São José do Rio Pardo, em relação ao tíquete alimentação dos aposentados e pensionistas municipais. Com isso, ela anula a suspensão do pagamento determinada pelo prefeito João Luis Soares da Cunha, confirma a liminar anteriormente obtida pelo Sindicato e a multa diária em caso de descumprimento por parte da Prefeitura. Cabe, porém, ao prefeito recorrer da sentença. A decisão de Márcia de Mello foi dada no dia 8 de outubro e divulgada esta semana às partes envolvidas no processo (Sindicato e Prefeitura), assim como ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. A juiza, em síntese, desqualificou a tese defendida pelo prefeito de “inconstitucionalidade da lei municipal que o obriga a pagar o tíquete alimenta-

‘Município Verde’ ainda sem definição O projeto Município Verde, de iniciativa do governo federal, prevê a legalização e regularização do uso de madeira em cada município brasileiro. Em São José do Rio Pardo a Prefeitura elaborou um projeto de lei para regularizar o assunto e o remeteu à Câmara Municipal, mas acabou sendo retirado em duas ocasiões. Na última terça-feira, 19, ele voltou a ser apresentado aos vereadores, mas foi novamente retirado da pauta de votações. Desta vez isso ocorreu a pedido da vereadora Rosângela Berti, que ficou de contatar a Prefeitura para que esta decida se fará novas modificações (solicitadas

por usuários de madeira) ou se elaborará outro projeto de lei. Lúcia Libânio, presidente da Câmara, citou algumas dúvidas que vêm surgindo entre moradores que utilizam madeira no município: a procedência, a fiscalização, o certificado de uso, o critério para definir se a madeira é nobre ou não, a quantidade utilizada numa obra, o reaproveitamento da madeira, a concessão do “habite-se” em casas após uso da madeira, etc. Situação das ADIs Outro assunto tratado pelos vereadores na última terça-feira foi a situação das ADIs (Auxiliares de Desenvolvimento Infantil)

nas creches municipais. A Prefeitura tem 51 ADIs, das quais 13 trabalham 8 horas diárias e 38 trabalham 6 horas. Todas ganham, porém, salário igual e as que trabalham 8 horas querem igualdade de tratamento, ou seja, querem trabalham 6 horas. João Luis havia prometido, durante a campanha, que regularizaria essa situação. Por esse motivo, várias ADIs foram à Câmara na noite do dia 19 para solicitar apoio dos vereadores nesse sentido. Foi marcada uma reunião com o prefeito neste sábado, dia 23, à tarde, para tentarem uma definição do problema.

mos como “em nada inconstitucional” e “inconstitucionalidade não se vislumbra”.

Parecer do promotor Nesse aspecto, a juiza segue o parecer do promotor de justiça Gabriel Guerreiro, da 1ª Vara Judicial, que acolheu o mandado de segurança impetrado pelo Sindicato dos Servidores. Guerreiro lembrou, em seu parecer, o agravo de instrumento, com pedido de concessão de efeito suspensivo, impetrado pela Administração municipal contra a liminar anteriormente concedida pela juíza. Lembrou ainda que o principal argumento do prefeito foi a suposta “inconstitucionalidade do artigo 68 do Estatuto dos Servidores Públicos do Município de São José do Rio Pardo”. O prefeito, através de sua assessoria jurídica, chegou a citar textos de uma de-

O promotor, porém, explicou que “o que se admitiu como inviável e inconstitucional é o pagamento de auxílio-alimentação aos inativos sem expressa previsão legal”, o que, segundo lembrou, não é o caso de São José do Rio Pardo, onde há claramente estatuto e leis municipais prevendo tal pagamento: artigos 45 e 68, inciso VI, do Estatuto dos Servidores Públicos locais, Lei Municipal 2.428/01e Lei Municipal 3.478/10. Advertência ao prefeito “O senhor Prefeito e seus assessores, fazendo pouco do sistema de controle de constitucionalidade vigente, arvoraram-se na condição de membros do Poder Judiciário para determinar que leis que gozam de presunção de constitucionalidade não mais produzem efeitos e assim agiram com base em enten-

mo Tribunal Federal, deixando de lado, todavia, o constitucional Princípio da Separação dos Poderes”, advertiu Guerreiro. “Ao Poder Executivo, ao seu chefe e aos seus membros não é dado reconhecer a inconstitucionalidade de uma lei para decidir que ela não mais produzirá efeitos”. Mais à frente em seu parecer, o promotor reitera: “Vigente a norma jurídica, não cabe ao Poder Executivo realizar o controle de constitucionalidade repressivo. Vigente e eficaz a lei, gozando de presunção de constitucionalidade, cabe ao Poder Judiciário, e só a ele, decidir se há ou não inconstitucionalidade”. E concluiu: “O Poder Executivo não pode substituir o Poder Judiciário para realizar o controle repressivo de constitucionalidade, reconhecer a inconstitucionalidade de uma norma e determinar a suspensão de seus efeitos”.

Demissões visam ‘choque de gestão’, diz João Luis O prefeito João Luis Soares da Cunha afirmou nesta semana, em entrevista a Silvio José (Difusora/Gazeta), que a demissão de mais três secretários municipais, ocorrida na semana anterior, fez parte de uma reestruturação que já vinha sendo feita e que visam a um “choque de gestão”. Lembrou que isso começou com a Secretaria de Saúde, passou pela de Turismo e prosseguiu pelas de Gestão Pública, Agricultura e Educação. Incluiu ainda a diretoria de Administração e alguns outros cargos comissionados. “Todos os governos, quando chegam à metade, fazem uma avaliação do que foi produzido e conquistado e projetam aquilo que desejam conquistar na outra metade de seus mandatos”, explicou. “E é natural que seja fei-

ta essa reflexão e nós efetuamos esses ajustes, que nos permitirão trabalhar numa outra etapa”. João Luis disse que os secretários e diretores exonerados deram sua contribuição à Administração atual. Quando dava a entrevista, na segunda-feira, dia 18, ele afirmou que ainda não tinha nomes para substituir os que saíram de sua gestão. Divulgou, porém, os nomes dos interinos para cada área: Luiz Neves para a Secretaria de Gestão, Maria Isabel Tessari para a de Educação, Felipe Quessada para a Agricultura, Márcio Barbosa para o Turismo, Hamilton Torres e Heloisa Helena Ernesto para a Saúde. O prefeito esclareceu que a nomeação dos ocupantes definitivos acontecerá apenas “após muita reflexão, levando em conta antes de tudo o interesse

da cidade”. A Silvio José ele declarou que espera, desta vez, colocar pessoas que realmente correspondam aos anseios de cada área e, na medida do possível, de São José do Rio Pardo. “Eu fico como o prefeito que mais aproveitou cargos de carreira de pessoas que já ocupavam funções, em meu governo”, prosseguiu. João Luis não descartou novas exonerações e justificou a medida dizendo que “a partir deste momento é necessário que venhamos a dar oportunidade a todas as pessoas”. Garantiu que, sentindo necessidade, “tomará providências rápidas” (para exonerar ou nomear alguém). E, mesmo as pessoas que vierem a ser nomeadas, caso não correspondam às suas expectativas, “também poderão ser exoneradas”.

COMUNICADO

A empresa Rocha Empreendimentos Imobiliários S/C Ltda, CGC/MF nº 67.997.825/0001-01, com sede na Fazenda Buenos Aires, na Rodovia SP-207, que liga São José do Rio Pardo a Mococa – Km 01, nesta cidade, vem, através do seu representante legal, comunicar aos proprietários do Portal Buenos Aires, que compareçam com urgência, no prazo de 10 dias, deste comunicado, na Prefeitura Municipal local, a fim de regularizarem suas situações junto àquele órgão. São José do Rio Pardo, 20 de outubro de 2010 João Eduardo de Oliveira Rocha


A-4 - 23 de outubro de 2010

Unip promove a Semana da Administração Temas: Sustentabilidade, Mercado de Ações e Empreendedorismo DIVULGAÇÃO

Nota da redação Em atenção ao editorial Instituições manchadas, veiculado na edição de 16 de outubro de 2010, a 14ª Subsecção da Ordem dos Advogados do Brasil, de São José do Rio Pardo, através de seu presidente Carlos Alberto González, entregou à redação na terça feira, 19 de outubro, uma Nota Oficial que segue abaixo, publicada na íntegra:

14ª SUBSEÇÃO - SÃO JOSÉ DO RIO PARDO NOTA OFICIAL A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), serviço público, dotada de personalidade jurídica e forma federativa, tem por finalidade defender a Constituição, a ordem jurídica do Estado democrático de direito, os direitos humanos, a justiça social, e pugnar pela boa aplicação das leis, pela rápida administração da justiça e pelo aperfeiçoamento da cultura e das instituições jurídicas, além de promover, com exclusividade, a representação, a defesa, a seleção e a disciplina dos advogados que tenham infringido questões ético-profissionais, em toda a República Federativa do Brasil, não mantendo com órgãos da Administração Pública qualquer vínculo funcional ou hierárquico (art. 44, da Lei 8906/94). Bem por isso, contrário do afirmado no editorial de 16/10/2010, a 14ª. Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção São Paulo, seus Representantes ou Diretores nunca subiram em palanques de campanha de qualquer candidato para ofertar apoio político ou postular votos, até porque, possuindo 271 inscritos em seu quadro associativo, sequer conseguiria eleger um vereador entre seus pares. Depois, como afirmado no editorial do dia 11/10/ 2010, da Gazeta do Rio Pardo, justificativa que se presta muito bem para esclarecer aos questionamentos deste hebdomadário, “quem decidiu mesmo foi o eleitor, que optou pela pulverização dos votos para um sem número de candidatos – uns principiantes, outros tarimbados; uns com promessas, outros com realizações comprovadas para o desenvolvimento regional. Enfim, é a vontade do eleitor, e esta deve ser respeitada, mesmo que tenha resultado na perda das suas legítimas representações”, não sendo justo encontrar um culpado entre as muitas instituições da cidade, o que repudiamos veementemente, quando os Representantes são eleitos pelo voto direto do povo a quem compete a Soberania e o discernimento na escolha. Não há autoridade que nasça por si própria, e para saber a quem pertence a Soberania é necessário analisar o seu fundamento!!! Mais a mais, se a Imprensa ou os Munícipes querem cobrar uma tomada de posição de alguém, devem requerer às autoridades competentes, isto é, ao Ministério Público do Estado de São Paulo, ou ainda, ou à própria Câmara Municipal, nos termos do Decreto nº 201/67, para que os Vereadores na qualidade de representantes da soberania popular solicitem a abertura de processo de impecheament daqueles que julgam indignos de ocupar cargos eletivos da Administração Pública, desde que tenham provas suficientes para tanto, sob pena de se responsabilizarem civil e criminalmente pelas afirmações que venham a fazer. Por fim, cumpre dizer que se a indignação permeia a consciência do que é justo, e o clamor popular assim o exigir, os legítimos representantes do povo devem ter coragem necessária para assumir as responsabilidades de seu cargo e fazer cumprir os ditames das leis que nos regem, porque as calamidades do presente, não vencidas, são um ônus terrível do futuro. Carlos Alberto González Presidente da 14ª. Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil Seção São Paulo

Nota do editor Gazeta do Rio Pardo reitera suas afirmações do referido editorial, na certeza de que, quando há entidades idôneas, como a OAB e as demais, apoiando - ainda que de forma discreta - promessas de campanha, isto leva o eleitor a optar por referendá-las em pleitos eleitorais. Assim, o eleitor, quando decide e opta por seus candidatos, o faz não apenas por conhecê-los, mas também porque acredita nas entidades que os apóiam e quando se trata de campanha eleitoral, os apoios não requerem subidas aos palanques.

Professores e alunos do curso de Administração da Unip Rio Pardo realizam nos dias 25, 26 e 27 de outubro a Semana da Administração. As atividades serão realizadas na sede social do Rio Pardo Futebol Clube, com início sempre às 19 horas. O evento constará de palestras e apresentações de estudos, com objetivo de aprofundar conceitos adquiridos em aula e a programação é aberta ao público. Segundo a instituição, um dos temas abordados no evento será “Sustentabilidade”, apresentado no dia 25, pela professora convidada Maria Tereza Mariano Miguel, mestre no assunto. Na mesma noite, o especialista em bolsa de valores, Márcio Luís Borella, discorrerá sobre “Mercado de ações”. Na sequência da programação, no dia 26, haverá uma mesa-redonda sobre “Empreendedorismo”, reunindo empresários locais, que discorrerão sobre suas experiências no mundo dos negócios. Estão convidados os empresários Paulo Santo Viana (Elvis Calçados), Roberto de Almeida F. da Silva (Daflora), Luís Fernando Pivato (Mateus Alimentos) e Paulo Baizi (Chocolates Veneza). Na mesma noite haverá um minicurso sobre “Bolsa de Valores”, ministrado por Márcio Luís Borella. No dia 27, durante o encerramento, haverá uma apresentação cultural com

Professores e alunos da Unip com o professor Altair Moioli (presidente do congresso) e Afonso Antonio Machado (presidente da Comissão científica)

a colaboração da Casa de Cultura e Cidadania “Prof. Laércio Barbosa”. Congresso Entre os dias 13 e 16 de outubro, os professores Marcelo Callegari Zanetti e Luís Antônio de Souza Jr. participaram juntamente com alunos do de Educação Física, do II Congresso Brasileiro de Psicologia Aplicada ao Esporte e à Motricidade Humana, realizado nas dependências da Unip de São José do Rio Preto.

Dia das Crianças na Fundação Espírita A Fundação Espírita “Bezerra de Menezes” promoveu no sábado, 9 de outubro, uma festa para comemorar o Dia das Crianças. O evento teve participação dos alunos do núcleo de Evangelização Infantil, mantido pela instituição, além de crianças das famílias assistidas pela entidade. Segundo a coordenação, o evento proporcionou uma tarde de muita alegria para as crianças, com a presença de

uma contadora de estórias e farta distribuição de comidas, bebidas, doces e brinquedos para a criançada. A entidade aproveitou para agradecer a colaboração das Lojas Maçônicas União Universal, Vale do Rio Pardo, Cavaleiros do Templo, Novos Templários, ao Rio Pardo Motors Group, à empresa Mundo Mágico, e a todos que direta e indiretamente estiveram envolvidos no evento.

Durante o evento, os professores e alunos rio-pardenses apresentaram trabalhos que foram publicados na Revista Brasileira de Psicologia Aplicada ao Esporte e à Motricidade Humana. Ainda durante o evento o professor Marcelo Zanetti mi-

nistrou o curso “Psicologia do Esporte aplicada à Educação Física Escolar”. Conforme destaca a direção da unidade, “tal fato demonstra claramente a relevância dos trabalhos acadêmicos desenvolvidos na Unip de São José do Rio Pardo”.

IN D I C A D O R PROFISSIONAL


23 de outubro de 2010 - A - 5

Outro atentado contra casa de vereador Residência de Márcio Zanetti foi alvo de tentativa de incêndio durante a madrugada Na madrugada desta sexta-feira, 22, a casa do vereador Márcio Calegari Zanetti, na Vila Formosa, foi alvo de um atentado,

quando uma pessoa ainda não identificada atirou combustível sobre um dos carros na garagem e, em seguida, atirou

Campanha por medula óssea continua intensa A campanha de doação de medula óssea em São José do Rio Pardo continua em andamento e, neste ano, está mais intensa que em 2009, quando foi realizada pela primeira vez. Muitos jovens vêm participando intensamente da campanha. Eles são integrantes dos grupos: Deus Proverá, Demolay, Filhas de Jô, Interact Club, Rotaract Club, Rotary Kids. Haverá doação de sangue no sábado, dia 30, no Rotary, para a definição dos futuros doadores de medula. São crianças de 12 a 21 anos que vem fazendo o trabalho de contato com pessoas, tendo o suporte de alguns vereadores como Lúcia Libânio, Tobias e Caco. A Unimed tem participado ativamente da campanha, tendo distribuído faixas pela

cidade conclamando a população a também aderir. Houve um treinamento feito pela Unicamp para preparar os jovens na abordagem das pessoas e na distribuição dos folhetos. Aos sábados há panfletagem em frente ao Bradesco e em outros pontos estratégicos da cidade, assim como colagem de adesivos em carros. Em 2009 a campanha conseguiu 565 doadores e em 2010 a Unicamp colocou como meta 500 ou, no máximo, 600, por serem quantidades que ela tem como transportar e armazenar em Campinas. Qualquer pessoa, dos 18 aos 55 anos, pode ser doador de medula óssea. O procedimento inicial é a doação de sangue, a ser feita no Rotary Club, no dia 30 deste mês (próximo sábado), das 8 horas às 17 horas.

uma tocha em direção à casa. Por sorte, o fogo não se consumou. Por volta de 1h00, o vereador foi acordado pela Polícia Militar que chegou à sua residência após ser acionada por uma testemunha. No local, os policiais constataram que o criminoso jogara combustível sobre um dos carros estacionados na garagem, utilizando um balde. Um segurança que trabalha nas imediações avistou quando o suspeito atirou contra a casa uma tocha acesa. O artefato, atirado à média distância, acabou indo parar no telhado da casa sem atingir o combustível atirado sobre o veículo. A cena chamou a atenção do segurança que, imediatamente, acionou a Polícia Militar. Quando os policiais chegaram encontraram junto ao portão o recipiente onde estava o combustível que foi atirado em um dos carros. Bastante assustado, o vereador comentou que talvez o criminoso tenha calculado mal a altura do portão, e desta forma atirou a tocha na altura do telhado, o que evitou que o incêndio tivesse

efeito. “Foi proteção divina”, disse. Investigações Além do recipiente usado para o transporte de combustível, a polícia técnica espera conseguir outras provas que apontem para o suspeito da tentativa criminosa. Apesar de ter sensores de alarme, e cerca elétrica, a residência do vereador não era dotada de sistema de câmeras de monitoramento, o que dificulta levantar a imagem do suspeito. Na manhã desta sexta-feira, a perícia esteve na residência colhendo mais informações sobre o ocorrido. Mais um Na madrugada de 10 de novembro do ano passado, outro fato semelhante ocorreu na casa do vereador José Antonio Tobias, quando uma bomba de fabricação caseira, com uso de garrafa pet e combustível, foi atirada na garagem da residência. Para os vereadores, as ações são intimidatórias e têm motivações políticas, porque eles compõem um grupo de forte oposição à administração municipal. No ano passado, por exemplo, o atentado contra a residência de Tobias

DIVULGAÇÃO

Suspeito atirou combustível em um dos carros estacionados na garagem mas o ato não se completou

Para Márcio Zanetti, ao calcular mal a altura do portão, criminoso acabou atirando a tocha para o telhado

se deu pouco antes de a Câmara aprovar a instalação de uma Comissão Especial de Investigação, para apurar contratos suspeitos entre a Prefeitura e

uma empresa de aluguel de máquinas. Até agora, não há informações sobre o responsável por aquele atentado.


23 de outubro de 2010 - A - 6

Zoonoses atua no controle de morcegos Objetivo é evitar contaminação de animais vírus da raiva nas propriedades rurais De julho até agora, a equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) responsável pelo controle da população de morcegos hematófagos (que se alimentam de sangue) já visitou 105 propriedades rurais em todo o município. O trabalho inspeciona sítios, chácaras e fazendas para evitar os casos de raiva animal. Segundo o CCZ, em julho o município teve três casos confirmados de animais mortos pelo vírus da raiva, mas a Secretaria de Saúde afirma que desde então nenhum outro caso foi detectado em São José. As visitas são realizadas para evitar uma possível epidemia da doença, já que o morcego hematófago é

o seu maior transmissor, principalmente em equinos, bovinos e muares. “Não podemos eliminar todos os morcegos para não haver descontrole no meio ambiente. Eles têm suas funções na natureza como qualquer outro animal. Por isso, fazemos visitas em propriedades, uma vez que identificamos uma colônia fazemos o manejo correto dos morcegos, se necessário”, disse o médico veterinário da equipe técnica de controle de quirópteros, Marcelo Dias. O supervisor da equipe técnica do CCZ, José Roberto de Carlo, diz que na região, os hematófagos não costumam sugar seres humanos. “Há uma orientação que fazemos

aos proprietários rurais durante nossas visitas. Seria melhor que todos os bovinos, equinos e muares fossem vacinados contra a raiva porque a doença é fatal”. Outro fator que deixa o CCZ em vigilância constante é a suspensão da campanha de vacinação em cães e gatos, contra a raiva. Sem a dose anual do medicamento, os animais ficam desprotegidos e, por isso, é preciso que os donos de sítios e fazendas fiquem em constante alerta. Mais informações sobre o trabalho do CCZ podem ser obtidas no próprio serviço, à Rua 9 de Julho, 570, ou pelo telefone 3682-9357.

Programa castra mais de 300 animais na cidade São José do Rio Pardo mantém, desde outubro de 2008, o programa “CãoCiente”, que tem por objetivo o controle da população de cães e gatos. Coordenado pelo Centro de Controle de Zoonoses, o projeto é mantido através de parceria entre a Prefeitura e clínicas conveniadas, que realizam as cirurgias a preços acessíveis. De acordo com a assessoria de imprensa do município, em dois anos de atividades o projeto já cadastrou 465 animais, sendo que 200 cães (28 machos e 172 fêmeas) e 115 felinos (29 machos e 86 fêmeas) já foram esterilizados. Só neste ano, foram 69 cães e 30 gatos. O projeto prevê que a Prefeitura forneça um kit para a castração contendo anestésico e materiais para a cirurgia, além de um microchip. Os animais são levados a uma das clínicas conveniadas, onde o preço da cirurgia é reduzido por até um terço do valor normal. Para não haver excesso de cirurgia em uma única clínica, foi criado um sistema de rodízio entre elas, portanto, o dono do cão ou do gato não tem como escolher em qual delas quer levar seu animal de estimação para a castração, mas naquela em que o CCZ agendar a cirurgia. Quatro clínicas veterinárias estão inscritas no

ciada e também a de todos os moradores da cidade”, lembra. Para inscrever o animal no programa de castração, uma das exigências é que o pet esteja vacinado e com boa saúde. O proprietário ainda precisa apresentar documentos pessoais e comprovante de endereço.

projeto: Amigo Fiel, Cia. dos Animais, Master Vet e São Francisco, que têm como responsáveis, respectivamente, os médicos veterinários Roseli Cataruzzi, Maria Ângela Dal Bon Salvadori, Mário Rui Vieiro da Silveira e Rita de Cássia Toquetti. Maria Ângela, responsável pelo CCZ, comenta que a campanha tem o objetivo de impedir a procriação excessiva dos animais, evitando que os filhotes sejam abandonados pela cidade. Ela lembra que os descendentes de uma gata ou de uma cadela não esterilizados, podem ser responsáveis pela procriação de inúmeros outros filhotes num curto período de tempo. “Com a esterilização, damos um passo importante para conter o abandono de animais. Além disso, a saúde deles será benefi-

Benefícios Conforme destaca a equipe do CCZ, além do controle populacional, há outros benefícios para o proprietário do animal castrado. Dentre as quais, a diminuição das fugas; redução da demarcação de território (urinar em vários locais); os animais ficam mais tranqüilos e caseiros; evita a agressividade motivada por excitação sexual constante, tumores (câncer) testiculares, a perpetuação de doenças geneticamente transmissíveis, como epilepsia, displasia coxofemoral, catarata, etc. Para as fêmeas castradas, além de evitar acasalamentos indesejáveis, pode-se evitar o surgimento de câncer em glândulas mamárias, ovários ou útero na fase adulta, entre outras patologias. Para fazer o agendamento os proprietários interessados devem procurar pelo Centro de Controle de Zoonoses, localizado na Rua Adolfo Bacci, número 90, ou ligar 19-3681-4008.

DIVULGAÇÃO

José Roberto de Carlo e Marcelo Dias fazem parte da equipe de controle de morcegos

Feuc espera início do campus em janeiro O professor e diretor da Faculdade Euclides da Cunha (Feuc), Ari Menardi, afirmou esta semana que, após a eleição do dia 31, o processo licitatório para a definição da empresa que fará o campus deverá ser iniciado. Ele assegurou que toda a documentação que foi solicitada pelo Ministério de Educação e Cultura (MEC) à Feuc e à Prefeitura já foi providenciada e que a única coisa que impediu a liberação dos recursos providenciados pelos parlamentares para a obra em São José do Rio Pardo foi a legislação eleitoral. Em relação à venda dos 26 lotes que pertenciam à faculdade, 14 já foram negociados pelo sistema de leilão e renderam R$ 600 mil. Faltam 12 e a expectativa de Ari é que a venda destes, prevista para ocorrer logo, permita que o total arrecadado chegue a R$ 1 milhão. Com esse recurso local e mais as verbas federais já confirmadas jun-

DIVULGAÇÃO

Faculdade espera há anos pela construção do seu próprio prédio para deixar o aluguel

to ao MEC, há grande possibilidade de que os serviços de fundação tenham início em janeiro de 2011, a menos que haja muita chuva. A Prefeitura ficou de providenciar, a partir de novembro, todo o processo licitatório que definirá a empresa. Ari destacou o papel do arquiteto Daniel Monteiro, que assessorou a Feuc em toda a parte técnica e documental requerida pelo MEC. O projeto do prédio foi elaborado pelo pai de Daniel, o arquiteto Luiz Paulo.

Congresso de Educação O VIII Congresso Regional de Educação, iniciado dia 20, tem seu término previsto para este sábado, 23, a partir de 8 horas. A programação do evento previa três atividades neste último dia, com encerramento marcado para o meio-dia. Na quinta-feira houve a exibição de filmes temáticos e na sexta-feira o Congresso aconteceu no Rio Pardo. A freqüência de alunos e mesmo de ex-alunos tem sido grande, segundo informou Ari Menardi.

Polo seleciona professores de música para São José O Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí, equipamento do Governo de São Paulo, oficializou nesta quarta-feira, dia 20, abertura de processo seletivo para preenchimento e formação de cadastro reserva de professores de música nas áreas de cordas e sopros. As vagas são para atuação nas cidades de Tatuí e de São José do Rio Pardo. Para o Pólo Avançado do Conservatório de Tatuí em São José do Rio Pardo, as vagas são para professor de contrabaixo, trombone, violoncelo e violino. Para se inscrever é necessário ter no mínimo seis meses na espe-

cialidade desejada em instituições de música e residir ou possuir disponibilidade para residir em São José do Rio Pardo, às próprias expensas. Para o Conservatório de Tatuí há vaga para professor de violino com ênfase em ensino de nível avançado. Também é preciso, no mínimo, ter seis meses de experiência em instituições de ensino de música e residir ou possuir disponibilidade para residir em Tatuí, às próprias expensas. As inscrições podem ser feitas até dia 30 de outubro, sendo necessário o preenchimento da ficha de inscrição e o envio da mesma, juntamente com documentos solicitados, à Associação de Amigos do

Conservatório de Tatuí pelo correio, via SEDEX, para: rua São Bento, 415, Centro, Tatuí – SP, CEP 18270-820. Candidatos para as vagas em São José do Rio Pardo devem registrar no envelope a referência: “Processo Seletivo PRP - Inscrição”. Para Tatuí, a referência é a seguinte: “Processo Seletivo Violino Avançado - Inscrição”. Os editais completos, bem como as fichas de inscrições, podem ser encontrados no site www.conservatoriodetatui.org.br.

Outras informações podem ser obtidas pelo email rh@conservatoriodetatui.org.br

e telefone (15) 32058444.


23 de outubro de 2010 - A-7

Tiros e pânico no maior assalto na cidade

PM Claro recebe tiro no peito e é salvo pelo colete à prova de balas, na perseguição Policiais civis de São José do Rio Pardo ainda procuram pistas dos bandidos que, no dia 18, assaltaram o comerciante J.M., de 66 anos, deram tiros contra a polícia militar e causaram pânico em alguns moradores que presenciaram a ação criminosa. Os bandidos conseguiram fugir levando R$ 139 mil em che-

ques e 300 em dinheiro. Este foi, possivelmente, o maior assalto a mão armada praticado na cidade nos últimos anos, tendo provocado pânico nas pessoas que presenciaram os fatos. O assalto aconteceu por volta das 13h30, quando J.M., proprietário de postos de gasolina, se dirigiu ao Banco Credisan, na rua

Delegado pede que os moradores cooperem O delegado Benedito Antônio Noronha Júnior, da Polícia Civil, disse que a nova modalidade de roubo ou assalto que vem ocorrendo em São José do Rio Pardo e em outros lugares veio dos grandes centros. Intitulada “saidinha de banco”, a nova forma de assalto provocou mudanças no policiamento junto aos locais de risco, mas ainda não conseguiu impedir que novas ações criminosas ocorram. Cauteloso como sempre, Noronha evitou dar detalhes da maneira como as polícias Civil e Militar estão agindo em relação ao último roubo. Disse, porém,

que em breve espera ter boas notícias para a população, mas aguarda a cooperação dos munícipes mediante denúncias anônimas, porém concretas. “Neste último episódio, será que ninguém viu a chapa da motocicleta? Se alguém viu ou percebeu algo que possa nos dar alguma pista, que ligue para a gente”, solicitou. “A polícia trabalha com informações, evidências ou provas, mas uma denúncia anônima pode nos ajudar bastante”. Os telefones para denúncias são 197 e 190. O nome do denunciante é mantido em sigilo.

Francisquinho Dias, para entregar um malote contendo os valores citados acima. Quando ele desceu do carro foi abordado por um bandido, armado com revólver calibre 38, que anunciou o assalto. J.M. entregou o malote. Como já vem ocorrendo em todos os assaltos deste gênero praticados em São José, o bandido montou na garupa de uma moto (Twister, cor cinza escuro, placa de Indaiatuba). Ele e o motociclista saíram em fuga, indo pela rua Ananias Barbosa, ou seja, indo para a Treze de Maio. José Antônio Claro, de 37 anos, e Rivaldo Luciano Tonhão, de 34, Gulhierme Campos Rivoiro, 30, policiais da equipe Rocam, passavam de motocicletas pelas proximidades naquele momento e foram informados por populares do assalto. Eles foram então atrás dos bandidos e conseguiram localizá-los na esquina do Banco do Brasil. Começava então uma perigosa perseguição. Os bandidos reiniciaram a fuga pegando sempre ruas centrais ou periféricas na contramão de direção, mas os policiais continuaram a persegui-los. Na al-

tura da praça Juscelino Kubitschek o assaltante da garupa fez dois disparos contra o PM Claro e uma das balas o atingiu na altura do peito. Felizmente, porém, ele usava colete à prova de balas e, segundo ficou constatado mais tarde, teve apenas um hematoma no local em que a bala o atingiu. Os soldados continuaram a perseguição. Na avenida Brasil, perto do posto Shell, o bandido da garupa fez mais dois disparos contra eles, desta vez não os atingindo. A fuga prosseguiu e, perto do supermercado Geração, no Vila Verde, os assaltantes viraram a moto e ficaram esperando os PMs. Os policiais perceberam a manobra e procuraram um lugar seguro. Os assaltantes vieram atrás e fizeram mais disparos. O PM Claro revidou aos tiros só naquele local por perceber que não haveria perigo aos pedestres. Desta vez, porém, ele e seu parceiro não puderam mais persegui-los porque uma das balas do revolver do assaltante atingiu a lateral da moto Rocam do soldado Claro, furando o pneu traseiro. A capacidade de ação dos policiais,

com isso, ficou muito reduzida, facilitando a fuga dos assaltantes. O PM Claro foi, depois, examinado e constatou-se que esta-

va apenas com hematoma no peito. O caso, agora, está sob investigação da Polícia Civil de São José do Rio Pardo. FOTOS REPORTAGEM

Graças ao colete à prova de bala, o projetil deixou apenas um hematoma no peito do PM Claro

A motocicleta em que o policial estava teve o pneu traseiro e a carenagem furados por bala

NOTAS POLICIAS Livro relata cafeicultura nas montanhas de MG

Presidiário se nega a retornar a Bauru No dia 18, à noite, a moradora I.C.A., de 51 anos, chamou a polícia e disse que seu filho A.S.F.M., de 31 anos, saiu temporariamente de uma Penitenciária em Bauru para visitá-la. O rapaz deveria retornar às 18 horas daquele dia àquele presídio, mas não o fez. Antes, passou a gritar com ela e com outro filho dela, ameaçando-os de morte. Quer que a esposa saia da residência No mesmo dia e também à noite ocorreu outra ameaça, mas no Portal Buenos Aires. A dona de casa J.S.A.N., de 59 anos, afirmou à PM que seu marido, E.N., de 53, puxou seu cabelo e bateu sua cabeça na parede, dizendo que iria matála. E.N., porém, nega têla agredido mas disse que avisou-a para pegar sua roupa e sair da casa. Motoqueiro fratura o punho em colisão Uma colisão envolvendo uma moto e um Fusca, ocorrida na tarde do dia 16 na Vila Maschietto, resultou na fratura do punho do motociclista, que ainda teve várias escoriações pelo corpo. O motorista do Fusca fugiu e não prestou socorro à vítima. O acidente aconteceu às 18h25 na avenida dos Lírios. D.C.S.B., de 25 anos, ia de moto (CG 125 vermelha) atrás do Fusca, ambos no sentido

centro – bairro. O motorista do carro fez uma conversão para entrar na rua das Palmas no momento em que ia sendo ultrapassado pela moto e houve a colisão. O motociclista foi socorrido e levado por populares ao Pronto Socorro. A Polícia Militar foi lá e depois ao hospital, onde D.C.S.B. já estava no Centro Cirúrgico sendo operado em decorrência da fratura no punho do braço direito. O Fusca e seu motorista estão sendo procurados.

Drogas: flagrantes estão aumentando Inúmeros flagrantes contra usuários de drogas foram feitos nesta semana pela Polícia Militar, em vários pontos da cidade. O primeiro deles aconteceu sábado, 16, à tarde, no bairro Natal Merli. Dois sujeitos foram vistos por policiais no momento em que fumavam droga e fugiram. Eles estavam próximos a um pasto, em local conhecido pelo tráfico constante. Os PMs vasculharam o lugar e acharam 5 envelopes pequenos com maconha. O segundo flagrante ocorreu dia 17, de madrugada, na avenida Perimetral. M.R., de 45 anos, ficou muito nervoso ao ver a chegada da polícia; foi feita abordagem nele e nada foi encontrado. Atrás dele, porém, foram achadas uma pedra de crack e uma caixa de fósforo contendo cocaína. O homem e as drogas foram levados à Delegacia. No dia 18 foram efetua-

dos mais dois flagrantes. O primeiro, pouco antes das 12 horas, aconteceu no bairro Carlos Cassucci. Policiais militares de moto (Equipe Rocam) viram M.J.C., 19 anos, e com ele foi achada certa quantidade de maconha em invólucro de plástico. O segundo flagrante aconteceu às 18 horas, na Vila Formosa, com um rapaz de 18 anos, M.A.F.M., já bem conhecido da polícia pelo vínculo com drogas. No quintal da casa dele, assim como numa estante no interior da residência, foram achados cigarros de maconha. Nos dois casos a PM fez os procedimentos previstos na lei. No dia 20, no bairro Santo Antônio, O.B.J., de 24 anos, de Tapiratiba, foi abordado pela policia quando dirigia uma Montana preta, após denúncia. O rapaz diz que, após um serviço feito em Tapiratiba, veio a São José e foi àquele bairro comprar 8 papelotes de cocaína, a 10 reais cada. Ele não disse, porém, o nome do traficante que lhe vendeu a droga.

Acordou quando a bike foi furtada Foi furtada uma bicicleta na madrugada do dia 16, em uma residência no Jardim São José. A dona de casa N.F.A.S.R., de 53 anos, disse que um barulho a acordou. Ao verificar o que ocorrera, percebeu que a porta da cozinha havia sido arrombada e a bicicleta de seu filho desaparecera. Não há pistas do autor do roubo.

Lançado pela FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) o livro Caracterização da Cafeicultura de Montanha de Minas Gerais, dia 21 de outubro, na sede da Cooxupé (Cooperativa Regional dos Cafeicultores em Guaxupé Ltda.), em Guaxupé. O estudo foi feito através do INAES (Instituto Antonio Ernesto de Salvo), em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e a Fapemig (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais). O evento de lançamento da publicação mostrou a representatividade do setor. Estiveram presentes cerca de 120 pessoas, entre autoridades políticas, lideranças rurais e cafeicultores. Com objetivo de assegurar maior conhecimento sobre a produção de café nas montanhas mineiras, a publicação é o primeiro passo para a formação de políticas públicas específicas. “É um marco inicial para a cafeicultura de montanha. Através deste virão outros trabalhos e políticas mais adequadas, pois a cafeicultura de montanha tem que ser sustentável e rentável”, disse o presidente da FAEMG, Roberto Simões. De acordo com o presidente das Comissões de Café da FAEMG e CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), Breno Mesquita, o livro detalha as características

peculiares da cafeicultura de montanha de Minas Gerais. “Necessitávamos de embasamento técnico para mostrar que precisamos de ajuda. O estudo é a possibilidade de respostas para a implementação de políticas públicas diferenciadas para esta produção. E queremos que estas soluções se espalhem para outros tipos de cafeicultura e que sejam para todo o Brasil.” Caminho O diretor do Departamento do Café do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Robério Silva, afirmou que este é o caminho para elaboração de novas políticas públicas para o setor. “Esta publicação é fundamental para compreender a diferenciação dos tipos de cafeicultura.” Para o presidente da Cooxupé, Carlos Paulino da Costa, agora o setor pode comprovar que a cafeicultura de montanha merece tratamento diferenciado. “Temos tudo para dar certo e nossa solicitação é justa.” A importância do controle da oferta do café tam-

bém foi alertada pelas lideranças do setor. “A cafeicultura de montanha é a mais importante do mundo, pelo volume e qualidade. Temos que ter políticas públicas diferentes para cada cafeicultura pelas suas características peculiares, mas sem desestabilizar a oferta no mercado”, disse o secretário de Produção e Agroenergia do Mapa, Manoel Vicente Bertone. Pesquisa Para a elaboração do livro, foram feitas entrevistas com 1.066 cafeicultores do Sul e Zona da Mata – as regiões de cafeicultura de montanha do estado. Eles responderam cerca de 400 perguntas sobre os mais variados aspectos da atividade, permitindo a caracterização da produção. “Com esta publicação, esperamos contribuir para a abertura de novos caminhos para o café mineiro”, ressalta Roberto Simões. O livro está sendo encaminhado às lideranças do setor e formuladores de políticas públicas.

Foto 1043: Roberto Simões, presidente da FAEMG faz a entrega do livro ao presidente da Cooxupé, Carlos Paulino


A-8- 23 de outubro de 2010

Lixo em rua sem asfalto atrai bichos Rua João Lucas Filho vira depósito de lixo: ratazanas, cobras e lagartos proliferam

Moradora reclama do afundamento na calçada A moradora Márcia Regina Alves, da Rua Francisco Ribeiro, número 99, no bairro Santo Antonio, está reclamando que a calçada em frente a sua residência está afundando, causando problemas na entrada da garagem. Segundo conta, no ano passado a Prefeitura fez uma vala na calçada, e a partir desse momento os problemas são constantes e se agravaram há mais de três meses. Ela afirma já ter reclamado

diversas vezes ao setor de engenharia da Prefeitura, mas até o momento não teve retorno. A reportagem procurou pelo engenheiro Marco Aurélio Feltran, Secretário Municipal de Obras e Serviços. Segundo informações da telefonista, ele estava em reunião e entraria em contato assim que possível. Até o fechamento desta edição o engenheiro não havia entrado em contato com a redação. REPORTAGEM

Prefeitura fez uma vala na calçada, e os problemas começaram a aparecer

Única rua não pavimentada no bairro Parque Beira Rio, a “João Lucas Filho” vem sendo usada como depósito de lixo por moradores da região e, com isso, acabou trazendo problemas e até perigos para quem reside nela. Ultimamente o lixo ali depositado (e não recolhido pelo caminhão de lixo da Prefeitura) tem atraído lagartos, cobras e ratazanas. Em conseqüência, esses bichos começaram a invadir algumas casas próximas. Antônio Roberto Lucas, proprietário de uma área no Parque Beira Rio e filho do antigo dono do lugar (João Lucas Filho), tem cobrado da Prefeitura ao menos uma coleta periódica do lixo porque a situação tem se agravado. Os bichos citados

acima, que saem de locais próximos ao rio Pardo e vão ao lixo atrás de comida, têm apavorado donas de casa que moram lá. Na casa de número 33 da referida rua até mesmo os cães ficaram amedrontados diante de um lagarto e cobra que lá entraram, semanas atrás. Roberto diz que tem se empenhado há décadas para que a Prefeitura pavimente aquela rua, mas sem sucesso. Ficou esperançoso de que isso acontecesse este ano quando, em abril, a Secretaria Municipal de Obras soltou uma notícia, através da assessoria de imprensa, dizendo que mais de 30 ruas da cidade seriam pavimentadas – e isso incluía a rua João Lucas Filho (que saiu

Mato tomou conta de quase tudo e dele surgem vários bichos, que invadem as casas próximas

com nome errado na notícia: São Lucas). “Tenho um calhamaço de protocolos feitos na Prefeitura, nos quais peço tanto a limpeza quanto a pavimentação”, assegurou ele. “Ultimamente, nem o recolhimento do lixo está sendo feito, quanto menos a pavimentação prometida”. Ele lembra que o Parque Beira Rio, embora tenha uma guarita de segurança para inibir a ação de pessoas suspeitas, é um bairro como outro qualquer da cidade. Os moradores se uniram para construir a guarita muitos anos atrás e também para contratar quem trabalha nela, mas a pavimentação das ruas é de responsabilidade da Prefeitura. “A pavimentação da rua João Lucas Filho

vem sendo tentada desde a época de Celso Amato, passando pelo João Santurbano e agora pelo João Luiz, mas nada foi feito até agora”, diz Roberto. Um filho dele mora na casa número 33 da referida rua. A casa fica a 100 metros do rio Pardo. Com o lixo, atirado possivelmente à noite por gente que mora perto e que vem se acumulando de forma irregular por falta de recolhimento, os bichos se proliferaram. “A s ra t a z a n a s s ã o a s mais perigosas porque transmitem doenças”, diz Roberto, preocupado com o filho e com a família deste. “Se a Prefeitura não recolher ao menos periodicamente o lixo, irei ao Ministério Público”, concluiu. FOTOS: DIVULGAÇÃO

Uma das causas prováveis do surgimento dos bichos é o lixo,que fica acumulado vários dias


23 de outubro de 2010 -A-9

Casa de Cultura realiza Mostra de Circo Evento acontece na próxima sexta com apresentações e abordagens sobre a arte circense

Curso ensina a confeccionar bonecos Começou na segundafeira, 18, e vai até o dia 27 de outubro, a oficina “Confecção de Bonecos para contadores de história”. O projeto é uma parceria entre o município, a Oficina Cultural Guiomar Novaes, de São João da Boa Vista, e a Secretaria de Estado de Cultura. O curso é ministrado pelo professor Tiago Kávyla, na Fábrica de Expressão, das 14h às 17h, e tem 18 alunos. A diretora de Cultura, Lúcia Vitto explica que o objetivo da oficina é fazer com que cada participante construa um boneco que se transforme num poderoso instrumento pedagógico para estimular a imaginação, a criatividade, a ética e estética de crianças e adolescentes. “Além de ensinar valores básicos no exercício de cidadania, o processo provoca no aluno o confronto com suas próprias qualidades e dificuldades, promovendo assim o seu crescimento como ser humano e, consequentemente, a transformação do meio social em que vive”. A aluna Brenda Diniz Avelino, diz que o curso é muito proveitoso e educativo. “Gosto de artes cê-

nicas, por isso me interessei em fazer a oficina e aproveitar a oportunidade de obter mais conhecimentos nessa área. Além do mais, qualquer informação extra, ou qualquer novidade, será muito útil na carreira que pretendo seguir”, comenta. O professor Kávyla é ator, produtor, cenógrafo, figurinista, bonequeiro e

arte educador. Trabalhou nestas diversas áreas em espetáculos teatrais e eventos culturais. Constantemente cria e confecciona adereços e figurinos. Também faz criação e realização de teatro de bonecos e de formas animadas, tendo ministrado diversos cursos desta natureza, inclusive pela rede de Oficinas Culturais. DIVULGAÇÃO

Alunos da oficina de confecção de bonecas junto a diretora de Cultura, Lúcia Vitto e professor Tiago Kávyla

Palhaços, mágico, mestre de cerimônia, o colorido das roupas, a alegria, números de contorcionismo, dentre muitas outras modalidades e encantamentos que fazem parte do circo tradicional serão apresentadas durante a Mostra de Circo da Casa de Cultura e Cidadania na próxima sexta-feira, 29 de outubro. O evento acontece na lona do circo da unidade, às 19h30, com entrada gratuita. Também durante a Mostra, artesãos locais fazem exposição e comercializarão peças artesanais e gêneros alimentícios. Segundo Carlos Barbosa, arte educador de Circo, o objetivo da Mostra é revelar para a comunidade o circo como uma manifestação artístico cultural e revelar as características tradicionais circenses, além

ARQUIVO

Evento terá apresentações com alunos que participam das aulas de circo na Casa de Cultura e Cidadania

de apresentar números de palhaço, malabares, contorcionismo e outras modalidades que são trabalhadas pedagogicamente durante as aulas do projeto. “A recepção do evento será realizada como acontecia antigamente pelos artistas que percorriam

pequenas cidades do interior do Brasil, em que palhaços e malabaristas recebiam o público com animados números circenses”, informa a coordenação. Outras informações sobre o evento podem ser obtidas através do telefone (19) 3608-3031.

Workshop Máscara de Palhaço na Fábrica de Expressão No dia 23 de outubro acontece o workshop “Máscara do Palhaço”, das 15 às 17h30 no teatro da Fábrica de Expressão. Podem participar as pessoas que tiverem interesse em conhecer a linguagem do palhaço, através de alguns exercícios práticos como jogos teatrais e outras dinâmicas. Os participantes são convidados a trabalhar em si características que sirvam à arte

clownesca. A atividade é gratuita. Espetáculo “Esperando Gordô” Neste sábado, dia 23, a partir das 20 horas, a Fábrica de Expressão recebe a peça “Esperando Gordo”. O evento faz parte do Circuito Cultural Paulista, e é gratuito. O espetáculo já recebeu prêmio de melhor trilha sonora no Prêmio Femsa de Teatro Infantil e

Jovem de 2009 e foi indicado em outras cinco categorias, incluindo a de melhor espetáculo infantil. Circuito SESC Na próxima quarta-feira, 27, os rio-pardenses poderão desfrutar das atividades do Circuito SESC de Artes 2010. O evento que conta com apoio da Prefeitura, estará com suas atividades, durante todo o dia, na Praça Oliveiros Pi-

nheiros, no Epidauro. O evento é gratuito com classificação livre. Peças infantis na Fábrica de Expressão Na última sexta-feira do mês, 29, às 20h, a Fábrica de Expressão recebe a peça infantil “Filho das Águas”, da Companhia Tragatralha de Teatro, de Piracicaba. Explorando o lado caipira da população, a Cia. mos-

tra a vida de Elias Rocha, artista popular nascido nas proximidades do rio Piracicaba. O espetáculo busca o lúdico na vida e obra de Elias, através das tradições caipiras, Festa do Divino e cururu, ricas expressões culturais encontradas em todo o Vale do Médio Tietê. Em cena, quatro atores se revezam em mais de 20 personagens, em um dinâmico jogo cênico.


A-10 - 23 de outubro de 2010

FUTEBOL

Grêmio Nestlé dá adeus ao Interligas A equipe do Grêmio Nestlé Rio Pardo perdeu para o time de Serrana por 2 a 0 e disse adeus ao Campeonato Interligas, promovido pela Federação Paulista de Futebol. A segunda partida entre as duas equipes foi realizada no domingo, 17, em Serrana. O Grêmio Nestlé era representante da Liga Riopardense de Futebol (LRF) na competição, mas com a derrota caiu na primeira fase do certame. A equipe rio-pardense não soube aproveitar a vantagem de jogar em casa na primeira partida e permitiu empate em 2 a 2 com a equipe de Serrana. Com o resultado, o time da Nestlé foi a Serrana precisando vencer por qualquer resultado, mas acabou der-

rotado por 2 a 0. O técnico da equipe, Natal Elias, disse que o time sofreu vários cartões amarelos no primeiro jogo e que foi prejudicado pela arbitragem. Além disso, jogou desfalcado. O presidente da LRF, Hélio Escudero, acompanhou o time rio-pardense em Serrana e considerou “desastrosa arbitragem” que comandou a partida. Equipe é campeão do ‘Gol de Letra’ Pela segunda vez, o Grêmio Nestlé Rio Pardo conquistou o título do torneio “Gol de Letra”, promovido pela ONG de mesmo nome, comandada pelos ex-jogadores Raí e Leonardo. O certame reúne equipes que representam em-

Jogadores festejaram título no estádio do Morumbi

presas da iniciativa privada, patrocinadoras do projeto. Esta foi a sétima edição da competição e a final foi realizada na segunda-feira (18) no estádio “Cícero Pompeu de Toledo” (Morumbi), quando o time riopardense venceu a equipe do COC por 1 a 0, com gol de Lisardo, e repetiu a conquista de 2008. “Quero dedicar este título a todos os rio-pardenses e a todos que sempre me prestigiaram como treinador”, disse Natal Elias, técnico do time gremista. Etapa classificatória – A fase de classificação do “Gol de Letra” ocorreu nos dias 16 e 17, sábado e domingo, em Bragança Paulista. O Grêmio Nestlé foi o vencedor da etapa de sábado, com 5 vitórias e uma derrota. Veja os resultados: Grêmio Nestlé 3 x 0 Total Lubrificantes (gols de Neno, Juliano e Branco); Grêmio Nestlé 6 x 0 Odontoprev (gols de Juliano (2), Mateus Piriá (2), Má e Amarelo); Grêmio Nestlé 3 x 0 AAT (gols de Celso Ferreira (2) e Mateus Piriá); Grêmio Nestlé 0 x 1 VR; Grêmio Nestlé 2 x 0 Brazul (gols de Mateus Piriá e Celso Ferreira); Grêmio Nestlé 3 x 0 Editora Abril (gols de Juliano (2) e Nena).

Quarentão

Guará é campeão do primeiro turno O Campeonato Regional de Futebol Veteranos (Quarentão), organizado pela Liga Riopardense de Futebol (LRF), teve mais uma rodada pela fase de classificação, no sábado, 16. O que marcou a rodada foi uma goleada aplicada pelo Guará (CB). Na fazenda Santa Lucia, o time da casa venceu o time da Santa Maria Juá (Vargem Grande do Sul) por 3 a 2, gols de Kener (2) e Marquinhos (Santa Lúcia) e Cláudio e Paulo para o Santa Maria Juá. Jogando em casa, o Guaxupé Country Club perdeu

de virada para o Vasco FC por 2 a 1, gols de Zé Rosário (Guaxupé) e Caconde e Adilson Pinhoti para o Vasco FC. Em Casa Branca, o Guará conquistou sua quinta vitória ao derrotar o Giotto/Guaxupé por 10 a 0, gols de Lica (4), Marcinho (2), Paulo, Chicão, Valdeci

e Kaká. Com esse resultado o time casabranquense foi o campeão do primeiro turno com 100% de aproveitamento. Neste sábado, mais três jogos serão realizados a partir das 16h15 nas cidades de Vargem Grande do Sul, Guaxupé e Casa Branca.

Grêmio Neste conquistou o bi campeonato no Gol de Letra BOLETIM ESPORTIVO

Final acontece neste domingo no estádio do Botafogo Termina neste domingo, no estádio do Botafogo FC, a versão 2009 do Campeonato Boletim Esportivo de Futebol Rural. As equipes Água Fria e Dalbon decidem o título nas categorias aspirante e titular. Por ter feito melhor campanha, o time da Água Fria tem vantagem de jogar pelo empate nas duas categorias. A semifinal da competição foi no domingo, 17, e o Dalbon garantiu vaga para a final nas duas categorias. Entre aspirantes, o adversário era a equipe Taquara Branca, e o resultado de 0 a 0 beneficiou o Dalbon. Na categoria titular, o

Dalbon FC Taquara Branca

0 0

São Paulo Dalbon FC

Aspirantes Arbitragem - Ronaldo Amoroso; Representante Adriana Celestino. Auxiliares - Antonio Correia e Demauri Batista. Dalbon - Pindaia, Duda, Lelo, Carlão e Preto; Rê, Zé Pretinho e Betão; João Rodrigo, Rick (Marcinho) e Lê (Rafael). Técnico Carlinhos Moreira. Taquara Branca - Perinha, Peru, Tati, Quim e Paulo (Fabinho); Richard, Joel (Luís) e Renato; Bezerrero (Denis) (Deir), Mafra e Bruno. Técnicos Zé Vermelho e Mazinho.

Titulares Gol: Du Twister Arbitragem - Ademar da Silva; Representante: Adriana Celestino. Auxiliares: Antonio Correia e Demauri Batista. São Paulo - Tê, Dil, Michel, Suri e Bodão; Caconde, Bruninho e Paulete; João, Marquinhos e Wendel (Paulinho). Técnico Lindo. Dalbon - Du, Marcinho (Carlão), Lelo, Betão e Edi (Reinaldo); Juninho, Alexandre e Marcio Jorge (Rick); Zelinho, Du Twister e Rafael. Técnico Carlão.

Dalbon ficou com a vaga para a final ao derrotar o time da fazenda São Paulo por 1 a 0, com gol de Du Twister. “O time da fazenda São Paulo tinha a vantagem de jogar pelo empate, mas acabou tomando um gol aos 65 minutos de jogo o que lhe tirou a vaga para a final”,

comentou Paulo Sérgio Rodrigues, o Paulão da Rádio, organizador da competição. Os jogos finais do campeonato começam a partir das 13 horas deste domingo, 24. A primeira partida é válida pela categoria aspirante e depois jogam os titulares.

PRÓXIMA RODADA 16h15 - Santa Maria Juá x Vasco FC Em Vargem Grande do Sul 16h15 - Guará FC x Guaxupé Country Club Em Casa Branca) 16h15 - Giotto Sport Club x Santa Lúcia Em Guaxupé

Titular do Dalbon precisava da vitória para chegar a final

Santa Lúcia vem surpreendendo na competição

0 1

Aspirante do Taquara Branca não soube aproveitar oportunidades de gols

acesse: www.boletimesportivo.com


23 de outumbro de 2010 - A-11

COPA VERÃO

De São Paulo

NIVALDO DE CILLO Olá, amigos. O presidente do Palmeiras acaba de receber alta - depois de uma complicada cirurgia cardíaca - mas só volta ao clube em Novembro. E, dependendo da data, não vai reconhecer o clube que deixou para o tratamento médico. As obras de demolição do Parque Antártica estão a todo o vapor, inclusive com o isolamento do estádio que será parciamente reconstruído. O ginásio principal que já foi palco de filme (O casamento de Romeu e Julieta) já foi completamente demolido. No futebol, o presidente em exercício, Salvador Hugo Palaia, fez uma considerável limpeza e homens fortes com Gilberto Cipullo, já não fazem parte da cúpula alviverde. Adoecer é complicado. No caso do Palmeiras, duplamente. VEIO O TITE MAS PODERIA TER SIDO O TIRIRICA Ouvi muitas piadas acerca do nome do novo técnico do Corinthians. “Devem trazer o Tiririca, pior do que está não fica”, brincavam. Chegou Tite, um gaúcho visto com ressalvas por muita gente. Tite estréia neste final de semana contra o Palmeiras. É aquela história. A chegada de um treinador sempre pesa como um ingrediente positivo. Se perder, não muda o que já vem acontecendo há algum tempo com o alvinegro. Esperemos. FALOU DEMAIS O presidente do São Paulo foi sarcástico ao considerar a possibilidade do estádio do Corinthians - no extremo leste da capital paulista - ser a sede de São Paulo para a Copa do Mundo de 2014. “Se o presidente da FIFA passar mal, como levá-lo para um hospital? Lá não tem nada, precisamos de ajuda do Corpo de Bombeiros para chegar ao estádio”, analisou. A entrevista não agradou aos corintianos. “Ele foi infeliz”, disse Andrés Sanches, o mandatário alvinegro. Briga de cachorro grande. DINOSSAURO BRANCO Brasília anuncia um estádio para 70 mil pessoas, visando a Copa do Mundo do Brasil. A obra astronômica recebe críticas do próprio governo do país. Para quem conhece o Campeonato candango, é um absurdo termos um estádio para 35 mil pessoas por lá. Mas é aquela história, com o dinheiro dos outros, qualquer festa fica legal de patrocinar. A COPA SULAMERICANA É MAIS BRASIL Terminada mais uma fase da competição, no último meio de semana, é interessante verificar os cruzamentos que foram estabelecidos. Ao menos, os confrontos de times brasileiros. O Avaí pega o Goiás. O Palmeiras encara o Atlético Mineiro. Das quatro equipes, três lutam contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. O Palmeiras ainda sonha com o título ou, pelo menos, com a tal 4a. vaga na Libertadores. Cabe uma pergunta: se essa situação se mantiver até o fim do Brasileirão, qual vai ser a prioridade dessas agremiações ? Poupar no nacional ou na sulamericana ? E se optar por um e não obtiver êxito no outro campeonato ? Penas vão voar. GANSO VELOZ Conversei com o meia do Santos, PH Ganso. Pelos médicos, ele deverá voltar aos gramados em fevereiro do ano que vem. O jovem craque tem feito fisioterapia duas vezes por dia - praticamente sem folga - e pretende voltar antes disso. Ele revelou a dificuldade de não poder entrar no campo, fazer o que mais gosta. Aos 21 anos, tem aproveitado o tempo para estudar. Um curso de media training tem preparado o jogador para o atendimento à imprensa. Uma raridade um jovem com aquela idade e habilidade. E, o melhor de tudo, com a cabeça que ele tem. Aposto que será um dos maiores jogadores de futebol do planeta. Que a contusão não atrapalhe. PELÉ 70

Pelé completa, neste sábado, 70 anos de vida. Estive com ele na última semana. “Meu grande sonho é que o Santos tenha uma estádio à altura de seu nome. Não quero morrer sem ver essa obra concluída”, me disse. O Santos, hoje, tem o nome e a força que tem, por causa do Rei do Futebol. Senão, seria mais um time comum, Brasil afora. Pelé, parabéns e muitos anos de vida, levando o nome do Brasil para os quatro cantos do planeta. Ótimo final de semana e até a próxima oportunidade. Aqui ou nos boletins diários na Rádio 88+ e na Difusora AM. Também temos opções para um encontro virtual. Espero você. Abraço http://nivaldodecillo.blogspot.com www.twitter.com/nivaldodecillo - @nivaldodecillo

Vasco vence Mocoquinha e é tri campeão O Vasco FC conquistou na noite de quinta-feira, 21, o tri campeonato da Copa Verão de Futebol, que teve este ano a sua quarta edição. A equipe venceu o Mocoquinha por 2 a 1, no estádio da avenida “Euclides da Cunha”, com dois gols no início da partida marcados por Chiquinho Romão e Bajão. O jogador Carlinhos descontou para o time mocoquense mas foi insuficiente. Na cerimônia de premiação, além das duas equipes, quem também recebeu uma honraria especial foi o esportista Antenor Moreno, que foi o homenageada do campeonato. “Estou duplamente feliz. Primeiro pela homenagem e segundo pelo título do Vasco, já que sou vascaíno”, disse Antenor. Para o técnico do Vasco,

Antonio Carmo Zulli, a equipe soube segurar a vantagem construída no primeiro tempo. “No segundo tempo sofremos uma pressão terrível do Mocoquinha, mas com garra e determinação conseguimos segurar a vantagem de 2 a 1”, disse. O jogador e ex-presidente do Vasco, Eliezer Gusmão, enalteceu a equipe dizendo que souberam reagir nos momentos decisi-

vos. “Não começamos bem o campeonato, vencemos os jogos que precisávamos na hora certa e terminamos tri campeões”, comentou. Para o diretor vascaíno e um dos organizadores da Copa, Márcio Aparecido dos Santos (Coquinho), a competição foi além de suas expectativas e já está convidando as equipes interessadas para a Copa a ser realizada em 2011.

Vasco FC Mocoquinha

2 1

Master Gols: Chiquinho Romão e Bajão (Vasco) e Carlinhos para o Mocoquinha Árbitro: Ronaldo Amoroso; Representante: Ivan Celestino. Auxiliares: Carlos Alberto Ernesto e Carlos Henrique Celestino. Vasco FC - Capelo, Dirceu, Mamão, Roquinho e Chiquinho Romão; Cidinho, Eliezer e Igaraí; Edson, Bajão e Carlinhos. Reservas: Itamar, Zé Roberto, Elcio, João Carlos, Oreia e Marco Trinca. Técnico Antonio Carmo Zulli. Mocoquinha - Vral, Donizete, Valter, Preto e Américo; Tista, Carlinhos e Aloísio; Darci, Miguinha e Toninho. Reservas: Tiãozão, Tiãozinho, Marcinho, Zé Ernesto, Ribamar, Didio e Paulinho. Técnico Pelezinho.

Vasco conquista o tri da Copa Verão Master

FUTEBOL

ARBITRAGEM

Liga abre inscrição para Cleber Abade se contunde em jogo da série B o Amador Regional A Liga Riopardense de Futebol (LRF) está com inscrições abertas para os interessados na disputa do Campeonato Regional Amador de Futebol, que deve começar ainda este ano. Nos próximos dias, a diretoria da LRF deve convocar os clubes interessados para uma reunião, a fim de discutir regulamen-

to e detalhes da competição. Segundo a Liga, a Ponte Preta, que foi a campeã da Taça São José II Divisão de 2010, deve participar da competição e já estaria com o time praticamente montado. Mais informações na secretaria da Liga, ou pelo telefone (19) 3608-8417, no horário comercial.

FUTEBOL

Escolinha Flamengo/Rondinelli vence Mococa em amistosos A escolinha de futebol Flamengo/Rondinelli jogou amistosamente contra uma escolinha de Mococa nas categorias 96/97/98, 99/00 e 01/02. As partidas foram no sábado (16), no campo do Bonsucesso FC. Na categoria 01/02 o time rio-pardense venceu o adversário por 7 a 0, gols Davizinho (2), Marco Antonio (2), Arthur Raddi, Eduardo e Paulinho. Na categoria 98/99, a Escolinha do Flamengo/Rondinelli venceu por 5 a 1, gols de David, João, Alexsandro, Luís Paulo, Silas e Bebê para o time rio-pardense. Na categoria 66/97/98, a Escolinha Flamengo/Rondinelli venceu o adversário por 6 a 1, gols de Igor (2), Gui Braga (2), Guilherme e Pedro para o time rio-pardense.

Segundo o professor Fábio Perri, que comandada a escolinha Fla/Rondinelli, no dia 13 de novembro acontecem os jogos de volta em Mococa nas mesmas categorias. Ele adianta ainda que a partir do dia 27 de novembro, será realizado o 6º Quadrangular ‘Deus da Raça’. Na primeira etapa vão jogar equipes nas categorias 94/95 e 96/ 97. No dia 4 de dezembro vão jogar equipes nas categorias 98/99 e 00/01. “Estamos convidando toda população para prestigiar o torneio e durante o evento vamos realizar arrecadação de alimentos não perecíveis para serem doados as instituições de caridades da cidade”, disse Fábio Perri. Maiores informações na Escolinha Flamengo/Rondinelli ou pelo telefone (19) 3608-7296.

Escolinha do Fla/Rondinelli goleou na categoria 01/02

Na noite de terça-feira, Ponte Preta e Bragantino. 19, no estádio “Moises Lu- Segundo exame parcial, o carelli”, em Campinas, o diagnóstico é de lesão na jogo entre Ponte Preta e panturrilha e que impossiBragantino, pela 30ª roda- bilitou o árbitro de prosseda do Campeonato Brasi- guir no jogo. leiro da Série B, teve uma “Ele teve uma lesão cena no mínimo inusitada. muscular e abriu parcialNo início do segundo tem- mente a panturrilha, que po, o árbitro Cleber Welling- não permite que ele perton Abade teve que dei- maneça em pé. Agora ele xar o campo de maca e vai fazer alguns exames chorando bastante com para saber o que realmendores na panturrilha es- te aconteceu”, disse Roberquerda. to Mishimura, médico da O juiz caiu no gramado Ponte Preta e que atendeu após arrancar em veloci- o rio-pardense. dade para acompanhar o Lesionado e sem condiataque do time de Campi- ções de continuar apitannas, que perdia o jogo por do a partida, Cleber Abade 1 a 0. Após deixar o gra- foi substituído pelo quarto mado, Abade foi atendido árbitro do jogo, José Hentanto pelos médicos da rique de Carvalho. TÊNIS

Gustavo Zanitti é vice campeão em Campinas

O tenista Gustavo Zanitti foi o vice campeão da categoria 12MB do Torneio da Federação Paulista de Tênis, realizado nos dias 15, 16 e 17 de outubro, em Campinas. O riopardense realizou 4 partidas vencendo as três e perdendo a final para Gabriel Batagin (1° do ranking) por 2 sets a 1, parciais de 2x6 7x6 1x6. No primeiro jogo Gustavo Zanitti venceu Leonardo Akinaga por 2 sets a 0, parciais de 6x1 e 6x3. No segundo jogo venceu Lucas de Alcantara por 2 sets a 0, parciais de 6x0 e 6x0. Na semifinal venceu João Pedro Tayar por 2 sets a

0, parciais de 6x4 e 6x3. Outros riopardenses também estiveram presentes na competição. Jogando machucado, Rodrigo Zanitti perdeu para Bruno Dorto por 2 sets a 0, parciais de 6x4 e 6x1. João Guilherme e Gabriela Marin também participaram com bons jogos. Neste final de semana os irmãos Gustavo e Rodrigo Zanitti vão participar da 8ª etapa da Liga ‘Cristais São Marcos’ de Tênis, nas quadras da AAR e do Rio Pardo. A competição será realizada nas categorias até 12 anos A e B, 13/15 A e B.

Gustavo Zanitti e família após torneio em Campinas

acesse: www.boletimesportivo.com


A-12 - 23 de outubro de 2010

BASQUETE

Mais uma vitória da AAR no Regional Jogando em casa, no domingo (17) a equipe feminina de basquete da Associação Atlética Riopardense (AAR) venceu a terceira partida seguida pelo Campeonato Regional. O placar foi de 78 a 40 sobre a equipe Unimed/Nova Odessa. Segundo o técnico Hebinho de Souza, o resultado mostra o grande momento da equipe na competição. “As meninas estão muito motivadas para os play offs pois sabem que podem jogar de igual para igual com as equipes favoritas”, disse. O próximo confronto do time tricolor será no dia 30 de outubro no ginásio da AAR contra a euipe de Santa B[arbara. A equipe da AAR é composta por Letícia Ariosi, Letícia Breda, Larissa, Raquel, Aninha Meireles, Manu, Paulinha, Mariana, Ana Laura e Flavia.

Festival - Neste sábado (23) a AAR realiza um festival de mini basquete na quadra do poliesportivo. “O festival tem o objetivo de confraternização e não de competição, pois todas as equipes ao término do ano serão premiadas”, disse Hebinho, informando que as crianças ficam menos pressionadas com vitórias e mais motivadas em desenvolver suas habilidades no esporte. Participam do festival as seguintes equipes: AAR, AEM/Mococa, Círculo Militar de Campinas e Associação Campineira de Basquetebol. Segundo o departamento de basquete da AAR, associados interessados em praticar o esporte devem entrar em contato com o professor Hebinho, às segundas, quartas e sextasfeiras, das 15 às 17 horas, na quadra do ginásio da AAR.

TEAM PENNING

Gabriel Nicolas vence na ‘Maior Prova do Brasil’ O cavaleiro Gabriel Nicolas ganhou uma moto zero quilômetro depois de conquistar a 5ª colocação na categoria aberta na “Maior Prova do Brasil” de Team Penning 2010, em Patrocínio de Minas (MG). A competição, que tem mesmo este nome, é promovida e organizada pelo Haras LOA e aconteceu entre os dias 13 e 17 de outubro. A prova teve participantes dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia e o rio-pardense formou trio com dois cavaleiros de Passos de Minas. Entre os prêmios oferecidos estava uma pick up e um Ford KA, além de 18 motos e R$ 10 mil em dinheiro. A competição foi realizada nas categorias Amador e Aberta em quatro etapas classificatórias, onde os 6 melhores de cada etapa garantiram suas vagas para a final no domingo. Neste final de semana, vários trios de cavaleiros e amazonas de São José do Rio Pardo e região vão participar da 7ª etapa do Campeonato Regional de Team Penning do Leste Paulista, em Espírito Santo do Pinhal.

NATAÇÃO

Rio-pardenses competem nos torneios regionais da FAP Araraquara sediou no sábado (16), a 10ª etapa do Torneio Regional, organizado pela Federação Aquática Paulista (FAP). Nas piscinas da Ferroviária, os nadadores que representaram São José do Rio Pardo conquistaram 12 medalhas. Da equipe Atletic Comp, os destaques foram: Mariane Tiezzi Mantovani (ouro nos 50 metros nado costas e bronze nos 50 metros nado livre e 200 metros nado costas); Cassandra Blaske (ouro nos 50 metros nado borboleta); Beatriz Scoqui (bronze nos 50 metros nado costas); Matheus Saloti (ouro nos 50 metros nado livre e bronze nos 100 metros livre e borboleta); Leonardo Baptistão (prata nos 200 metros nado costas); Bruno Nascimento (prata nos 50 metros nado peito); Eduardo de Jesus (bronze nos 50 metros nado peito); Lucas Silva (bronze nos 50 metros nado borboleta). No mesmo final de semana, domingo (17) a equipe competiu na 2ª etapa do Troféu ‘Amigos da Natação de Verão’, na piscina do Tênis Clube, em Vargem Grande do Sul. O evento foi realizado em provas de 25 e 50 metros nado livre e peito, 100

metros nado medley e revezamento 4x50 medley. Nesta competição os riopardenses conquistaram 17 medalhas e os destaques foram: Matheus Saloti (ouro nos 50 metros nado livre, peito e revezamento); Leonardo Baptistão (ouro nos 100 metros nado medley e revezamento e medalha de bronze nos 50 metros nado livre e peito); Eduardo de Jesus (ouro no revezamento); Vitor (ouro no revezamento); Cassandra Blaski (ouro nos 50 metros nado livre e prata nos 50 metros nado peito e revezamento); Mariane Tiezzi Mantovani (prata nos 50 metros nado livre e peito, 100 metros nado medley e revezamento); Beatriz Scoqui (prata no revezamento); Renata Carneiro

(prata no revezamento); Regina Risso (prata nos 25 metros nado livre e bronze nos 25m peito); Mônica Tiezzi (prata nos 25 metros nado peito e bronze nos 25 metros nado livre). O atleta Leonardo Batistão bateu o recorde na prova de 100 metros nado medley fixado em 2003 com o tempo de 1’10”88. Eles foram acompanhados por Cristiane Primini e Renata Santos. Também competiram os nadadores Lucas Silva, Pedro, Cesar, Léo Hanada, Bruno Nascimento, Luís Gustavo e Cecília. A equipe volta a competir neste domingo, 24, tentando classificação para o Pró Natação (competição estadual) em Campinas, cuja final deve ocorrer em São José do Rio Pardo.

Atletas da Atletic COMP/DEC conquistaram 12 medalhas pela FAP

NATAÇÃO

AAR conquista várias medalhas no Troféu Amigos da Natação Os atletas da Associação Atlética Riopardense conquistaram várias medalhas na 2ª etapa de Verão do Troféu ‘Amigos da Natação’, em Vargem Grande do Sul. A competição foi realizada no último domingo nos estilos livre e peito. Os atletas tricolores que se destacaram foram: Estilo Livre – feminino Clarissa Navarro foi 1° lugar categoria master 1; Fabio Sberce foi 2° colocado no master II; Mauricio Paias

foi 1° colocado nado Livre e Neto Abichabki ficou em 2° lugar nado Livre. Estilo Peito - Clarissa Navarro ficou em 1° lugar categoria master 1. Fabio Sberce foi 1° lugar categoria master II e Fabio Melo ficou em 3° lugar na categoria master II; Mauricio Paias foi 1° colocado estilo peito. Os atletas da categoria masters bateram o recorde no revezamento 4x25m estilo medley: Fabio Calsoni, Fabio Sberce, Fabio

Melo e Mauricio Paias. Além destes atletas foram premiados Andre Sampaio com 3 medalhas de bronze, Pedro Bandeira com uma medalha de bronze, Luís Gustavo ficou com medalha de ouro, Luciano Moraes ficou com medalha de bronze e Bruno Chagas ficou com bronze. No próximo dia 27 de novembro, os atletas da AAR competirão no Regional de Natação, no Rio Pardo FC.

ATLETISMO

‘Loucos por Corrida’ competem em Pinhal Integrantes da equipe de atletismo “Loucos por Corrida” participaram da 4ª Corrida Pedestre, de Espírito Santo do Pinhal, realizada no domingo, dia 17. Disputada em percurso de 10 quilômetros, a prova contou com aproximadamente 200 atletas de diversas cidades do interior paulista e sul de Minas. O vencedor da categoria geral masculina foi Rogério Ferreira (Pindamonhanga-

ba), com o tempo de 30 minutos e 22 segundos. Na categoria geral feminina a campeã foi Marizete de Paula Rezende (equipe Mizuno), com o tempo de 35 minutos e 19 segundos. Os integrantes da equipe ‘Loucos por Corrida’ obtiveram as seguintes colocações: José Roberto Lopes foi o terceiro colocado da categoria 55/59 anos, com o tempo de 44 minutos e 10 segundos; Luiz

Fernando Pereira de Jesus foi o décimo segundo colocado da categoria 40/44 anos, com o tempo de 47 minutos e 6 segundos. Cássio José dos Santos, categoria 40/44, foi o décimo quinto colocado com o tempo de 49 minutos e 30 segundos; Alexandro Magno de Paula, categoria 45/49 anos, foi o décimo colocado com o tempo de 50 minutos e 12 segundos.

DOIS TOQUES Amistoso - Neste sábado, 23, no estádio do Grêmio Municipal, a partir das 8 horas, a escolinha de futebol do Grêmio Municipal fará jogos amistosos contra a Escolinha da Geração Esportes/Itobi nas categorias sub-12, sub-14 e sub-16. O técnico Maurício Neves convida todos os pais de alunos e torcedores para prestigiarem as partidas.

Futsal - A equipe sub-13 feminina do DEC perdeu para o Derla/Aguaí pelo Campeonato Regional de Futsal Feminino, organizado pela Liga Rio-pardense de Futsal. A partida foi realizada no sábado (16) no Ginásio Municipal de Esportes “Tartarugão”, e Raiane marcou o gol da vitória de Aguaí. Neste domingo (24) a equipe sub-13 do DEC joga contra a AACPE/Casa Branca, em Cajuru.


23 DE OUTUBRODE 2010 - Pág. A- 13

Falta segurança nos carros nacionais Em teste de impacto modelos como Gol, Palio, 207, Meriva e Corolla são reprovados RODRIGO LARA HENRIQUE RODRIGUEZ UOL C ARROS E AUTOESPORTES

Foi lançado na segunda-feira (18), em São Paulo, o Latin NCAP, versão latino-americana e caribenha de um programa independente de testes de segurança em veículos já aplicado em diversas regiões do mundo, como Europa, Estados Unidos e Austrália. Desempenhos de segurança específicos dos carros são avaliados numa escala de zero a cinco estrelas. Quanto mais estrelas, mais seguro é o modelo. Líder de vendas no país, o Volkswagen Gol - em sua versão sem airbags, que ainda têm de ser comprados como opcionais - recebeu apenas uma estrela no teste de segurança específico para ocupantes dos bancos dianteiros, o qual consiste num impacto frontal a 64 km/h. Essa nota foi obtida também por outros dois modelos de grande vendagem no Brasil: Fiat Palio ELX 1.4 e Peugeot 207 1.4. No teste de segurança para os ocupantes traseiros, que simulava crianças, todos esses modelos - Gol, Palio, 207 e CK - receberam duas estrelas. Após serem comunicadas sobre os resultados, Fiat, Peugeot e Volkswagen pediram que o procedimento fosse refeito, dessa vez com veículos dotados de airbags. A nova avaliação rendeu três estrelas para Palio e Gol, e duas para o Peugeot. Foram avaliados mais dois veículos além dos modelos citados: Toyota Corolla XEI e Chevrolet Meriva GL Plus. O mais bem colocado foi o sedã japonês, que obteve quatro estrelas para os

ocupantes da dianteira. O resultado para passageiros de trás, contudo, foi ruim: uma estrela. Já a Meriva recebeu três estrelas para os bancos dianteiros, mas repetiu a f raca nota do C or ol l a para os ocupantes do banco de trás. Estruturas inadequadas A pior avaliação foi para o sedã chinês Geely CK, que não é vendido no Brasil e foi importado especialmente para o teste. Ele não recebeu nenhuma estrela no quesito impacto frontal. Outra preocupação foi que nos carros equipados com Airbag o dispositivo não funcionou como deveria. Na Meriva, o airbag permitiu o contato do peito do motorista com o volante. A estrutura do Fiat Palio demonstrou ser muito dura, podendo machucar gravemente a pélvis e o fêmur dos ocupantes em uma colisão. O Peugeot 207 é outro

modelo cuja estrutura não está adequada, e apresentou problemas. Alguns materiais são inadequados e diferentes dos recomendados na Europa, e na versão sem airbag, o choque do motorista contra o painel tornaria o acidente fatal. Segundo o Latin NCAP, falta investimento em segurança nos carros vendidos na região, principalmente para crianças. No Brasil, o programa tem apoio da Proteste, uma associação de defesa do consumidor que avalia e testa produtos vendidos no país. Diante dos resultados do Latin NCAP (cuja sigla significa New Car Assessment Program), a entidade se manifestou pela antecipação da obrigatoriedade dos airbags frontais nos veículos nacionais, prevista para 2014, bem como a instalação de freios ABS (antitravamento) em todos os carros comercializados no país.


A- 14- 23 de outubro de 2010

Scooters ganham espaço nas ruas brasileiras

Veículos são fáceis de estacionar, práticos, ágeis, econômicos e emitem menos poluentes LUCAS RIZZOLLO - INFOMOTO

Olhando para os veículos de duas rodas nas grandes cidades é cada vez mais comum ver scooters em vez de apenas motocicletas. Além do aumento na quantidade dos práticos veículos, os pilotos são os mais distintos. Jovens estudantes, mulheres e até mesmo executivos engravatados. As charmosas “motinhos” já são um sucesso na Europa há muitos anos em função de sua praticidade para os curtos deslocamentos urbanos. Mas somente agora começam a cair de vez no gosto do brasileiro. Essa tendência é comprovada a cada novo lançamento do setor de duas rodas. Até meados de 2009 o Suzuki AN 125 Burgman liderava o segmento e tinha pouca concorrência. Seu principal rival era o Yamaha Neo AT 115. Porém a Honda resolveu entrar na briga com lançamento do Lead 110, em junho do ano passado. Depois foi a vez de a Dafra trazer o Smart 125 também com injeção eletrônica. Com isso a concorrência se acirrou. Atualmente, segundo a assessoria da Suzuki, a Burgman 125 está acabando nas concessionárias e uma substituta deve ser lançada em breve. Tomando como base o Lead 110 fica fácil entender o crescimento do segmento. No ano de 2009 foram emplacadas 5.765 unidades do scooter de 110 cm3 da Honda. Neste ano, até agosto, já ganharam as ruas nada menos que 12.583 novas unidades. Mais que o dobro, em menos tempo. Por que um scooter? Mas afinal o que atrai tantos motociclistas a comprarem um scooter? A resposta simplificada em apenas uma palavra: praticidade. O tatuador de 34 anos Leonardo Alves tem em sua garagem uma HarleyDavidson customizada e uma Burgman 125 amarela. Não é difícil saber com qual moto ele vai trabalhar todos os dias. Leonardo usa o scooter por ser um veículo mais ágil, prático e econômico. E seu carro já

completa 40 dias parado na garagem. A facilidade na hora de estacionar também contou pontos para Marcos Camargo. O assessor de imprensa de 26 anos comprou recentemente seu terceiro scooter, um Dafra Smart 125. Para ir e voltar do trabalho roda 26 km por dia. De carro gastaria mais combustível e tempo. Nos finais de semana Marcos também usa o scooter para pequenos deslocamentos: “Só uso o carro à noite ou quando está chovendo”. A injeção eletrônica, que resulta em menor índice de poluentes e mais economia, foi um dos fatores que o fez optar pelo modelo da Dafra. Pelo mesmo motivo o engenheiro de 29 anos Rafael Donadio comprou a Lead 110. Até o ano passado ele tinha dois carros. Depois que comprou o scooter, se desfez de um dos automóveis. “De tanto que uso o scooter acabei vendendo meu carro”, confessa. Como reside a menos de 10 km de distância do trabalho, Rafael considera no mínimo irracional usar um carro para percorrer essa distância. Um dos elogios do engenheiro vai para o espaço embaixo do banco, que torna o veículo prático até mesmo para pequenas compras. Dia a dia No dia-a-dia é que o scooter mostra sua valentia. Apesar da maioria dos modelos ter motor de até 125 cm3, o desempenho surpreende. Com o baixo peso é fácil sair na frente dos carros e sua agilidade torna fácil a tarefa de desviar de obstáculos pelo caminho. Outro trunfo dos scooters é o cambio CVT (transmissão continuamente variável). Primeiro porque não exige grande manutenção. E depois porque não é preciso se preocupar com marchas e embreagens. Basta apenas acelerar que o motor e o câmbio fazem todo o trabalho. Um fator positivo para quem cansou de estragar o sapato nos pedais de câmbio.

De olho no bolso O custo-benefício também é interessante nos scooters. Em uma concessionária Honda, por exemplo, a Lead 110 custa R$ 5.650, apenas R$ 510 a mais que a CG 125 Fan KS, a mais básica. Os equipamentos de série também são atraentes: todas as scooters vendidas no Brasil são equipadas rodas de liga leve, freio a disco dianteiro e partida elétrica — itens, muitas vezes, ausentes em motos de 125 cm3. Na hora de abastecer, mais economia. Por sua baixa capacidade cúbica, muitos scooters rodam mais de 30 quilômetros com apenas um litro de combustível - apesar de o consumo ser maior que nas motos de 125cc. Outro fator importante é a praticidade. Todos os

modelos têm espaço sobre o banco, alguns com capacidade para levar até um capacete fechado, outros comportam pelo menos a mochila. Sem falar no espaço que há no porta-luvas no escudo frontal. Big scooters As novidades no segmento de scooters maiores mostram que há, de fato, um mercado em potencial. Há bastante tempo no mercado, o Suzuki Burgman 400 já está em sua terceira geração por aqui. Entretanto, tem preço de R$ 26.900 — já bem distante dos pequenos. Mas o último lançamento do setor no Brasil, a Dafra Citycom 300i, promete acirrar a briga também no segmento. Com preço sugerido de R$ 12.290, o Citycom de 300 cm3 é fruto da parceria entre a brasileira Da-

Honda Lead 110, Motor: Monocilíndrico 108 cm³ Alimentação: Injeção eletrônica Preço: R$ 5.650

Dafra Citycom 300i, Motor: Monocilíndrico 263,7 cm³ Alimentação: Injeção eletrônica Preço: R$ 12.290

Suzuki Burgman AN 125, Motor: Monocilíndrico 125 cm³, Alimentação: Carburador Preço: R$ 6.490

fra e taiwanês SYM. Segundo o presidente da Dafra, Creso Franco, há consumidores que já possuem scooter e querem trocá-la por um veículo maior, mas sem abandonar a categoria. Outra novidade é sobre a maior scooter vendida no Brasil, a Suzuki Burg-

man 650. O modelo, que agora será montado no Brasil no regime de CKD, ganhou novas cores e um preço mais convidativo: R$ 37.900. Antes, importado, saia por mais de R$ 50.000. Principais modelos

Dafra Smart 125, Motor: Monocilíndrico 124,6 cm³ Alimentação: Injeção eletrônica Preço: R$ 5.490

Suzuki Burgman 400, Motor: Monocilíndrico 400 cm³ Alimentação: Injeção eletrônica Preço: R$ 26.900

Yamaha Neo AT 115, Motor: Monocilíndrico 115 cm³, Alimentação: Carburador Preço: R$ 6.459

Suzuki Burgman 650 Executive, Motor: Bicilíndrico 638 cm³, Alimentação: Injeção eletrônica

Preço: R$ 37.900


23 de outubro de 2010 - A- 15

Ford apresenta oficialmente a Ranger 2012

Nova picape chega para enfrentar modelos da Toyota, Mitsubishi, Nissan e Volkswagen Esta é a Novo Ford Ranger 2012. As primeiras fotos e detalhes oficiais da nova geração da picape foram divulgados na quinta-feira, 14 de outubro, ao mesmo tempo em que a marca a apresenta no Salão Internacional da Austrália. A boa notícia é que a Nova Ranger também será vendida no Brasil. Como é possível notar nas fotos, a Nova Ford Ranger 2012 cresceu e ganhou um novo visual bem semelhante à de outros modelos da marca, como por exemplo o Novo Edge. Com traços mais modernos e novo porte, a nova picape chega para enfrentar a Toyota Hillux, Mitsubishi L200, Nissan Frontier e Volkswagen Amarok. As fotos mostram o acabamento interno da versão australiana (volante do lado direito), mas revela que tudo foi redesenhado. Em sua nova geração, a Nova Ford Ranger passa a contar com 20 porta-objetos, os quais incluem porta-luvas com capacidade para guardar um notebook além de

um compartimento “secreto” disposto embaixo do banco traseiro. Em termos mecânicos, a Nova Ranger será oferecida em diversos mercados com opções de motores Duratorq TDCi I4 2.2 diesel, I5 3.2 diesel além do Duratec I4 2.5 a gasolina, o qual deve receber uma configuração bicombustível. Para atender os diversos mercados, o modelo contará com três opções de transmissão: uma manual de cinco marchas além de outra manual e automática, ambas de seis velocidades. Assim como as concorrentes mais modernas, a Nova Ranger passa a contar com sistema que auxilia a frenagem em descidas e itens de segurança como air bags de cortina em todas as versões de cabine. A Nova Ranger é uma picape global. Para atender a América Latina, a Nova Ranger será fabricada na Argentina em 2012, quando então será lançada no Brasil.

Hyundai Tucson terá motor flex Obsoleto lá fora, a geração anterior do Hyundai Tucson continua em produção apenas no Brasil. Já com o peso da idade nas costas – afinal ele foi lançado em 2004 – a Hyundai prepara para o ano que vem o lançamento do Tucson Flex, para aumen-

SUA MELHOR OPÇÃO EM LOCAÇÃO DE VEÍCULOS ! Avenida Brasil, 1050 Tel.:(19) 3608-8066 São José do Rio Pardo-SP www.gartenlocadora.com.br

tar as vendas do modelo. Quem revelou isso foi uma fonte do site Carro Online. O motor 2.0 16V do modelo, com142cv e 18,7 kgfm de torque, passaria a ser flex no ano que vem, ganhando assim entre 5 e 10 cavalos de potência a mais. Como o

Tucson ainda é fabricado na Coréia do Sul e apenas é montado em Anápolis (GO), há a possibilidade do hatch i30 passar a beber etanol logo após o SUV, já que o motor é praticamente o mesmo. Hoje o Hyundai Tucson custa a partir de R$ 68

mil em sua versão 2.0 GL manual, mas ele ainda pode ser oferecido com câmbio automático, tração 4×4 e motor 2.7 V6, alcançando cerca de R$ 80 mil completo. Seu substituto, o ix35, não é encontrado por menos de R$ 95 mil.


A-16 - 23 de outubro de 2010


A-17- 23 de outubro de 2010

“Filhas de Jó” comemora seu Dia Municipal Formado por meninas com idades entre 10 e 20 anos, grupo atua em causas sociais Nesta segunda-feira, 25 de outubro, o grupo Betel Filhas de Jó comemora seu Dia Municipal, instituído por lei aprovada na Câmara. O grupo é formado por jovens

com idades entre 10 e 20 anos, sendo filhas, netas ou sobrinhas de maçons. Rotineiramente, as Filhas de Jó têm se engajado em vários eventos de apoio a

entidades locais. Na Semana da Criança, por exemplo, participaram de atividades com crianças do Educandário São José e receberam o juiz de direito Vla-

dimir Massaro, no dia 13 de outubro no Mercado Cultural, para uma palestra sobre o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), quando também foram aborda-

COLÉGIO LUMEN anglo Sistema de Ensino

dos temas como aborto, pedofilia, direito à saúde e educação entre outros. “A função do grupo é aprimorar a moral e o caráter destas jovens, além de estimular sua participação em ações de filantropia e de estimular o espírito de liderança e senso crítico”, comenta a dentista Andrea Caran, uma das coordenadoras do grupo. No dia 31 de outubro, as Filhas de Jó também participam da campanha “Eu doo, tu doas, ele vive”, que tem por finalidade cadastrar doadores de medula óssea. “Elas têm participado de encontros nas empresas para conscientizar as pessoas sobre a importância da doação”, completa Andrea. História A Ordem Internacional das Filhas de Jó é uma Ins-

tituição Paramaçônica destinada à jovens do sexo feminino entre 10 e 20 anos (incompletos), tendo como objetivo primordial o aperfeiçoamento do caráter. A Ordem se baseia nos ensinamentos bíblicos sobre a vida de Jó: paciência perante aos desafios e provações pelos quais teve de passar. O grupo se faz presente em países como Canadá, Austrália, Estados Unidos, Filipinas, e Brasil, onde chegou em 1990. Para ingressar no grupo Filhas de Jó, é necessário que a candidata possua alguma relação familiar com um maçom. A Ordem Internacional das Filhas de Jó foi criada em 20 de outubro de 1920, em Omaha (Nebraska), Estados Unidos. DIVULGAÇÃO

Integrantes do grupo “Filhas de Jó”, com o juiz Vladmir Massaro que deu palestra sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente

Shalom marca presença nas atividades comunitárias O grupo de dança do Projeto Shalom participou, no dia 17 de outubro, do 2º Festival de Dança, promovido pela E.E. “Euclides da Cunha”, através do programa “Escola da Família”. O evento reuniu vários grupos e a equipe do Shalom conseguiu bons resultados, terminando na segunda e terceira colocação, da modalidade jazz. O primeiro lugar ficou para a Cia. Pérola

MATRÍCULAS ABERTAS Rua Capitão Saturnino Barbosa, 30 - Vila Pereira São José do Rio Pardo Fones: 3608 - 7659 e 3608 - 5209 e-mail: colegiolumen@uol.com.br www.colegiolumen.net

Negra. No dia 17 de outubro, integrantes do Projeto Shalom, juntamente com o programa Escola da Família da E.E. “Natal Merli” participaram do Projeto Dia das Crianças no Educandário São José. Na oportunidade foram desenvolvidas atividades nas áreas de cuidados com a saúde, higiene, cultura e lazer para as crianças assistidas pela instituição. DIVULGAÇÃO


A-6 - 23 de outubro de 2010

EDITAIS DE CASAMENTOS EDITAL Nº 10.362 – VALDOMIRO PANTOZZI E SÔNIA MARIA BOLDRIN, Sendo o pretendente: viúvo, motorista aposentado, nascido em 23/05/1948, natural de Ribeirão Preto – 1º Subd. - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo - SP, filho de Lourenço Pantozzi e de Leonor Zampollo Pantozzi; e a pretendente: divorciada, comerciária, aposentada, nascida em 19/05/1955, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de José Paulo Boldrin e de Maria Eunilda Ramos Boldrin. EDITAL Nº 10.363 – MÁRIO CESAR TRIVELATO RIBEIRO E VANESSA CRISTINA DE SOUZA MANTOVANI, sendo o pretendente: solteiro, agricultor, nascido em 18/ 11/1981, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de Mário Ribeiro e de Maria Carolina Trivelato Ribeiro, e a pretendente: solteira, auxiliar de cabelereiro, nascida em 15/03/1988, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo – SP, filha de José Osmar Mantovani e de Aparecida de Fátima de Souza Mantovani.

VENDO SITIO Com área de 2,8 alqueires, próximo à cidade, casa c/piscina, mini campo, churrasqueira, canil, área de lazer toda alambrada, capela, toda gramada, possuindo ainda curral todo montado, aceito imóvel como parte de pagamento, tratar pelo tel: 9207.7913

ALUGA-SE Apartamento no Guarujá Praia da Enseada (19) 3608-4164 ou 9609-4444

EDITAL Nº 10.364 – LUÍS FERNANDO DONIZETI BATISTA E JULIANA CREMASCO RIBEIRO, sendo o pretendente: solteiro, auxiliar geral, nascido em 10/07/1985, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de Sérgio Donizeti Batista e de Ana Cristina Remédio Batista; e a pretendente: solteira, do lar, nascida em 18/03/1988, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de José Antonio Ribeiro e de Lucimara Cremasco Ribeiro. EDITAL Nº 10.365 – RENATO ROSSETTI DE LIMA E ALINE PAULINO, sendo o pretendente: solteiro, soldador, nascido em 16/01/1984, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo - SP, filho de José Aparecido de Lima e de Sueli Aparecida Rossetti de Lima e a pretendente: solteira, técnica de enfermagem, nascida em 16/09/1983, natural de São José do Rio Pardo SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de Vera Helena Paulino. EDITAL Nº 10.366 – ROGÉRIO ZANETTI AGOSTINELLI E VIVIANE PEREIRA FERREIRA, sendo o pretendente: solteiro, desenhista gráfico, nascido em 17/05/1982, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de Antônio Carlos Agostinelli e de Fátima Aparecida Zanetti Agostinelli, e a pretendente: solteira, vendedora, nascida em 28/09/1984, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de Antônio Ferreira e de Jucimara dos Santos Pereira Ferreira. EDITAL Nº 10.367 – BRUNO TRAINATI MARTINS E MARIANA APARECIDA DE PAULA ROSA, sendo o pretendente: solteiro, operador de máquina, nascido em 20/09/ 1987, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de Nelson Gonçalves Martins e de Vera Lúcia Trainati Martins, e a pretendente: solteira, universitária, nascida em 16/12/1990, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo – SP, filha de Orlando Rosa e de Ana Cecília de Paula Rosa. EDITAL Nº 10.368 – BRUNO APARECIDO DA SILVA MALOSTI E JÉSSICA DUTRA MARTINS, sendo o pretendente: solteiro, motorista, nascido em 14/06/1988, natural de São José do Rio Pardo – SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo - SP, filho de Nivaldo Malosti e de Regina Aparecida as Silva Malosti; e a pretendente: solteira, do lar, nascida em 15/09/1991, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de Aparecido Donizeti Martins e de Eliana do Carmo Dutra Martins. EDITAL Nº 10.369 – ANDRÉ APARECIDO FERREIRA E ELAINE CRISTINA DE LIMA VICENTE, sendo o pretendente: solteiro, vendedor, nascido em 24/08/1989, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de Walter Rosa Ferreira e de Francelina Maria Ferreira; e a pretendente: solteira, do lar, nascida em 01/07/1986, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de Manoel Vicente Neto e Maria Batista de Lima Vicente. EDITAL Nº 10.370 – FERNANDO DONIZETI DE ANDRADE EMÍDIO E MARILENE DE OLIVEIRA ANECHINI, sendo o pretendente: solteiro, vigilante, nascido em 30/ 12/1979, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de Adolfo Emídio e de Maria José de Andrade Emídio; e a pretendente: solteira, inspetora de alunos, nascida em 1706/1986, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de João Anechini e de Ana Maria de Oliveira Anechini. EDITAL Nº 10.371 – DANILO AUGUSTO ROSA E MÁRCIA HELENA FIGUEIREDO, sendo o pretendente: solteiro, funcionário público estadual, nascido em 22/10/ 1973, natural de São José do Rio Pardo – SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo - SP, filho de José Divino Rosa e de Carmen Rosa Massaro Rosa; e a pretendente: divorciada, bancária, nascida em 12/10/1972, natural de São José do Rio Pardo. SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de José dos Santos Figueiredo e de Marlene Rodrigues Reis Figueiredo.

NESTLE BRASIL LTDA. torna público que recebeu da CETESB a Licença Prévia e de Instalação N° 66000057 e requereu a Licença de Operação para Produtos de origem vegetal, fabricação de à RUA HENRY NESTLÉ, 0, S/N°, VILA FORMOSA, SÃO JOSÉ DO RIO PARDO.

EXTRAVIO DE DOCUMENTOS A Empresa Comércio de Painéis Ruolla Ltda – ME, CNPJ nº 07.574.838/ 0001-38, IE nº 646.133.142.113, estabelecida a Rua Francisco Glicério, nº 145 B, Centro, na cidade de São José do Rio Pardo – SP, comunica o extravio dos seguintes documentos: talões de Notas modelo 01 numeração 001 a 100. Talões de Notas série D-1 numeração 001ª 500, talões de Nota Prestação de Serviços série A, numeração 001 a 500. 09-16-23/10 ABANDONO DE EMPREGO A EMPRESA MARA REGINA NASCIMENTO BERTI EPP, CNPJ 05.677.788/0001-99, SOLICITA O COMPARECIMENTO DO SENHOR LEANDRO GONÇALVES CREMASCO, PORTADOR DA CTPS 15476, SÉRIE 268/SP, PARA JUSTIFICAR SUAS FALTAS NA EMPRESA DESDE O DIA 19/07/2010, CONFORME CARTA COM A.R. RECEBIDA POR V.SA. NA DATA DE 29/09/2010. O NÃO COMPARECIMENTO CARACTERIZAR-SE-Á COMO ABANDONO DE EMPREGO.

A empresa RIOFLEX INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EMBALAGENS PLÁSTICAS LTDA – EPP, torna público que recebeu da CETESB a Licença de Operação nº 66000148, válida até 22/10/2014, para o ramo de Fabricação e comércio de sacolas de material plástico, sito na Avenida dos Braghetta, nº 190, Distrito Industrial, na cidade de São José do Rio Pardo – SP.

FALECIMENTOS

RESOLUÇÃO Nº 001/10 DISPÕE SOBRE A APROVAÇÃO DO RELATÓRIO ANUAL DE GESTÃO RAG DO MUNICIPIO DE SÃO JOSE DO RIO PARDO - SP.

-

O Conselho Municipal de Saúde de São Jose do Rio Pardo, no uso das competências que lhe foram conferidas pela Lei Municipal nº 3.356/09. Depois de deliberado em sessão plenária de 19 de outubro de 2010, resolve: Artigo 1º - Aprovar o Relatório de Gestão de 2009.- RAG Parágrafo Único - Para aprovação do referido relatório foram consideradas as informações apresentadas pelo Gestor do Fundo Municipal de Saúde (Secretario de Saúde) cuja declaração encontra-se anexa, que comprovam as ações realizadas no ano de 2009, conforme pactuado. Este Conselho não foi convidado a participar da elaboração do referido Relatório apenas o recebeu para aprovação. Artigo 2º - Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições em contrario. São Jose do Rio Pardo, 19 de outubro de 2010. Dr. VITOR ONOFRE DOS SANTOS LEAL Presidente em Exercício do CMS RESOLUÇÃO Nº 002/10 DISPÕE SOBRE A APROVAÇÃO DA FORMA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DO TRANSPORTE DA SAÚDE O Conselho Municipal de Saúde de São Jose do Rio Pardo, no uso das competências que lhe foram conferidas pela Lei Municipal nº 3.356/09. Depois de deliberado em sessão plenária de 19 de outubro de 2010, resolve: Artigo 1º - Aprovar a mudança de procedimento da Prestação de Contas do Transporte da Saúde. Parágrafo Único - Solicitar ao Prefeito Municipal para que faça uma Resolução ou Decreto autorizando que as diárias dos motoristas do transporte da saúde possam ser pagas através de planilha. Será feita uma relação de todos os motoristas do transporte da saúde e na frente será colocado o valor das diárias dos que fizeram as viagens semanalmente. Artigo 2º - Está planilha será assinada pelos motoristas que fizeram as viagens, pelo chefe do transporte, pelo Diretor Administrativo da Saúde e pelo Secretário de Saúde ou por quem estiver respondendo por ele. Artigo 3º - Estas diárias serão pagas quinzenalmente e o cheque será feito em nome do ordenador de despesas da saúde o qual se incumbirá de fazer os pagamentos. Artigo 4º - Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições em contrario. São Jose do Rio Pardo, 19 de outubro de 2010. Dr. VITOR ONOFRE DOS SANTOS LEAL Presidente em Exercício do CMS

Daura Boccamino Gaino – Dia 18 de outubro, com 83 anos de idade, viúva de Américo Gaino. Deixa quatro filhos: Osmar, Rui, Rubens e Rute. Aparecido Oliva Barbosa – Dia 09 de outubro, com 66 anos de idade, solteiro. Filho de Antonio Barbosa Sanches e Casimira Oliva. Baptista Joaquim Thomaz – Dia 18 de outubro, com 90 anos de idade, viúvo de Virginia de Souza Thomaz. Deixa seis filhos: José Benedito, Marta Benedita, Ângelo Manoel, Maria Aparecida, João e Vita Eva. Horácio Marino – Dia 15 de outubro, com 73 anos de idade, casado com Geny Jovita Luchesi Marino. Deixa um filho: Nelson. Izabel Donaires – Dia 21 de outubro, com 83 anos de idade, separada de Benedicto Martins Ferraz. Deixa um filho: Luis Antônio.

EDITAL Nº 10.372 – ALEXANDRE LUVISARO E ÂNGELA APARECIDA ANDRADE DA SILVA, sendo o pretendente: solteiro, professor, nascido em 16/06/1973, natural de São José do Rio Pardo – SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo - SP, filho de Joel Luvisaro e de Alice Amoroso Luvisaro; e a pretendente: solteira, professora, nascida em 20/01/1979, natural de São José do Rio Pardo. SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de José Loredo da Silva e de Claudete de Andrade da Silva. alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei. LuaSede Mel – A viagem inesquecível... Lavro o presente, que afixo no lugar de costume e publico pelo jornal local “Gazetana do Rio Pardo”. São José Rio Pardo, 15 de outubro de 2010 ela está Roquetur, quedotem a viagem que A Oficial: Belª. Rosa Helena Marin Foiadelli

E os noivos querem! Boa sorte e felicidades!

Roquetur fone: (19) 3608-4193

Mãe, que saudades! A tua ausência é o motivo da dor da minha saudade. Um ano sem poder pronunciar a palavra mais linda, mãe, que é o sinônimo perfeito da palavra amor. Fomos durante 39 anos, amigas, e confidentes, unha e cutícula, mãe e filha. Aprendi com tua ausência a esconder essa dor, num cantinho no fundo do meu coração, para que eu possa continuar a viver. Viver com o exemplo de garra, persistência, esperança e fé que você deixa para todos nós. Jamais desistir, jamais se entregar e sempre, sempre lutar, trabalhar e ser feliz. A saudade é grande, mas com ela vem a esperança de um dia nos encontrarmos na eternidade. Nossa separação é temporária. Fica aqui, uma simples homenagem póstuma e meu eterno amor por ti. Sua filha A família de

Conselho Municipal de Saúde São Jose do Rio Pardo

Marineusa.

MISSA DE 1º ANIVERSÁRIO

GENI GER TR UDES VAZ DE ARA UJO GERTR TRUDES ARAUJO

Convida parentes e amigos para participarem da missa de 1º aniversário de sua morte, que será celebrada dia 25 de outubro, segunda-feira, às 18h30, no Educandário São José.

ANUNCIE NOS CLASSIFICADOS DE GAZETA DO RIO PARDO

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA EDITAL DE RATIFICAÇÃO DE ASSEMBLÉIA Comunicamos a todos os trabalhadores, sindicalizados ou não, da empresa NESTLÉ BRASIL LTDA., situada à Rua Henry Nestlé, s/nº, na cidade de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, que foi realizada assembléia geral extraordinária, na portaria da empresa, sita a Rua Henry Nestlé, s/nº, em São José do Rio Pardo/SP, no dia 06 de outubro de 2010 (quarta-feira), às 05:00 horas, na qual se discutiu e votou a seguinte pauta: 1º - redação da ata da assembléia anterior; 2º - reivindicações da categoria para efeito de renovação da norma coletiva vigente; 3º - determinação do alcance da representação nas negociações coletivas e abrangência do instrumento normativo que delas resultar de modo a beneficiar toda a categoria, independentemente de filiação sindical; 4º - prosseguimento da assembléia até o encerramento da campanha salarial, ficando autorizado a convocação de outras sessões através de boletins ou informes sonoros; 5º fixação da contribuição de negociação coletiva/assistencial, a ser descontada em folha de salários e revertida ao sindicato, como forma de solidariedade e retribuição ao grupo, associados ou não pela representação nas negociações coletivas e abrangência do instrumento normativo que delas resultar; 6º - concessão de poderes ao sindicato para manter negociações coletivas, celebrar acordos e convenções coletivas de trabalho, requerer a instauração de dissídio coletivo. A assembléia foi convocada por panfletos distribuídos aos trabalhadores, bem como, por edital de convocação afixado na sede da empresa, sede e subsede do sindicato, e por motivos alheios a vontade da diretoria deixou se ser publicado neste jornal como ocorre todos os anos. Assim ficam convalidadas todas as decisões tomadas pelos trabalhadores na assembléia geral realizada na data e na forma supra. Fica aberto o prazo de 10 (dez) dias, a partir da publicação deste edital, para os trabalhadores manifestem sua oposição à representação nas negociações coletivas e ao desconto da contribuição, o que deverá ser feito por escrito, individual e pessoalmente na sede e subsede do sindicato. Tapiratiba, 22 de outubro de 2010.

MARCO ANTONIO DE SOUZA PRESIDENTE


23 de outubro de 2010 - A-19

Escola Euclides da Cunha comemora aniversário PROFESSOR ROQUE CÔNSOLO O ex Instituto de Educação “Euclides da Cunha”, elevado em 1975 à 1ª Escola do Estado de São Paulo pelo diretor geral do Departamento da Educação, Dr. Nelson Cunha Azevedo, comemorou aniversário, com uma missa celebrada no dia 18 de outubro, pelo cônego João Antonio Darcie. A escola que vi nascer, crescer e agigantar-se! De aluno da primeira hora a diretor que a elevou entre as primeiras do Estado, em setembro de 1975. Parabéns, Instituto! Uma rápida e gloriosa história O Ginásio Estadual já existia quando se mudou, em 1936, para o novo prédio, inaugurado pelo Governador Dr. Armando Salles de Oliveira e construído pelo povo e suas autoridades. Desde 1933, funcionava como Escola Municipal, criada pelo Eng. Dr. Abdiel Cavalcanti Braga, na época, professor de matemática em Muzambinho (MG). O Ginásio Estadual Criado por decreto de 20 de setembro de 1934, do governador Dr. Armando Salles de Oliveira, já funcionava, desde 1933, como Ginásio Municipal, com apoio do saudoso prefeito José Soares que, para beneficiar o estudante e o povo, cedeu sua residência para funcionamento da es-

ARQUIVO

cola. O lindo palacete estava onde é, hoje, o restaurante Ranchão. As matrículas para o curso de admissão. Dr. Abdiel, visitando as famílias, conseguira sessenta (60) alunos, aproximadamente, dentre os quais eu estava matriculado, todos pagando mensalidades. A escola começa a funcionar... Viva! Em março de 1933, iniciava-se o Curso de Admissão, de um ano de duração, com o seguinte corpo docente: Dr. Abdiel Cavalcante Braga, diretor e professor de matemática; Vinício Rocha dos Santos, secretário e professor de Geografia e História; Laudelina de Oliveira Pourrat, professora de Português e Ciências. O justo orgulho dos estudantes Vestindo garbosos e elegantes uniformes, nós, alunos, levávamos alegrias às ruas, com nossas presenças. Por onde passávamos, éramos a grande novidade, observados pela população que sonhava com a futura participação dos filhos e netos. O brilho maior estava nos disciplinados desfiles escolares pelas ruas da cidade, com a pequena fanfarra e a Bandeira Nacional. Enfim, a escola crescia e se agigantava! Agigantava-se, porque marchava para

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO CONVITE - AUDIÊNCIA PÚBLICA A Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo, convida todas as Entidades e Representantes de segmentos da área da Saúde do Município e a população em geral, em especial membros do Conselho Municipal de Saúde, para participar da demonstração e Avaliação das aplicações e investimentos do 3º trimestre de 2010, da Secretaria Municipal de Saúde e Medicina Preventiva, a realizar-se no dia 25 de outubro de 2010, às 16:00hs, na Biblioteca Municipal – Monteiro Lobato. EDITAL DE CONVOCAÇÃO A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO convoca os professores classificados no Processo Seletivo nº 003/2009, para atribuição de uma classe no dia, local e horário abaixo discriminado: Dia: 25/10/2010 Horário: 13h00 Local: Secretaria Municipal de Educação Avenida dos Lírios, 400 - Centro Educação Infantil e Ensino Fundamental Ciclo I Do nº 122 ao nº 127. Matemática Ensino Fundamental Ciclo II Do nº 07 ao nº 10. São josé do Rio Pardo, 22 de outubro de 2010. Maria Ester Cassucci Vieira EDITAL PARA CONHECIMENTO DE EVENTUAIS REQUERIDOS, AUSENTES, INCERTOS E DESCONHECIDOS, COM PRAZO DE 30 DIAS, expedido nos autos da Ação de USUCAPIÃO, PROC. Nº 575.01.2010.0048138/000000-000, Nº DE ORDEM 881/2010. A DOUTORA MÁRCIA DE MELLO ALCOFORADO, MMª JUÍZA SUBSTITUTA da 1ª Vara Judicial da Comarca de São José do Rio Pardo, do Estado de São Paulo, na forma da lei etc., FAZ SABER, A EVENTUAIS REQUERIDOS, AUSENTES, INCERTOS E DESCONHECIDOS, que o MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO move uma Ação de USUCAPIÃO – Processo nº 881/2010, alegando, em sintese, que mantém a posse mansa e pacifica, sem interrupção, há décadas, do imóvel seguinte: “ÁREA INSTITUCIONAL E LAZER, com 1.978,00 metros quadrados, situada no loteamento denominado “Bairro João de Souza” - Gleba 2, nesta cidade, circunscrição e comarca de São josé do Rio Pardo, dentro do seguinte perímetro e confrontações: “tem início na confluência da Rua Major José Otaviano Machado e o alinhamento predial da Praça Dr. Joaquim Aurélio Cardoso Filho, denominado ponto “1”, daí, à direita em curva na distância de 7,88 metros, até o ponto “2”, com a mesma confrontação; daí segue na distância de 73,35 metros, até o ponto “3”, confrontando com o alinhamento predial da Praça Dr. Joaquim Aurélio Cardoso Filho; daí, à direita em curva na distância de 5,36 metros, até o ponto “4”, confrontando com o alinhamento predial da Praça Dr. Joaquim Aurélio Cardoso Filho e a Rua Luiz Spessoto; daí, segue na distância de 37,71 metros, até o ponto “5”, confrontando com a Rua Luiz Spessoto; daí, à direita em curva na distância de 5,61 metros, até o ponto “6”, confrontando com as Ruas Luiz Spessoto e Major José Otaviano Machado, ponto onde teve início e tem fim o perímetro”. Assim, para que ninguém alegue ignorância, é expedido o presente edital com o prazo de 30 (trinta) dias , via do qual ficam eventuais requeridos, ausentes, incertos e desconhecidos, devidamente citados para todos os atos e termos da mencionada ação. Ficam ainda os citandos cientes de que o prazo para Contestação é de 15 (quinze) dias e que, não sendo a mesma contestada, presumi-se-ão como verdadeiros os fatos alegados pela requerente. O presente Edital será publicado e afixado na forma da lei. Dado e passado nesta Cidade e Comarca de São josé do Rio Pardo do Estado de São Paulo – Ofício Juducial, Seção Cível, aos 17 de setembro de 2010. Republicamos, por incorreção ,as portarias nº 9.916 e 9.918, na edição de 16 de outubro de 2010. PORTARIA N. º 9.916, DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre exoneração, a pedido, da servidora MARILISA VIRGINIA MACCA XAVIER, do emprego público de AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerada, a pedido, a servidora MARILISA VIRGINIA MACCA XAVIER, do emprego público de AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 13 de outubro de 2010. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Antonio Celso Cardoso Filho- Secretário Municipal de Gestão Pública PORTARIA N. º 9.918, DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre exoneração, a pedido, do servidor LUIS CARLOS CARUSO, do cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerado, a pedido, o servidor LUIS CARLOS CARUSO, do cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Antonio Celso Cardoso Filho- Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N.º 9.922, DE 18 DE OUTUBRO DE 2.010. Dispõe sobre a nomeação da Sra MARIA ISABEL ALVES TESSARI, no cargo em comissão de DIRETOR DE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art. 37, II da Constituição Federal e com o Art. 8º, I da Lei Municipal nº 2.712, de 16 de março de 2004,R E S O L V E: Art. 1º - Fica nomeada a servidora MARIA ISABEL ALVES TESSARI, no cargo em comissão de DIRETOR DE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, nível XIX, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 15 de outubro de 2010. São José do Rio Pardo, 18 de outubro de 2010. João Luís Soares da Cunha Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. PORTARIA N.º 9.923, DE 18 DE OUTUBRO DE 2.010. Dispõe sobre a exoneração da Servidora ENEIDA VILLAS BOAS GEORGETTI FERNANDES, do cargo em comissão de DIRETOR DE GABINETE. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, de

ser uma das primeiras do Estado, o que aconteceu em setembro de 1975, quando as autoridades do ensino paulista convocaram-me para, como seu diretor, receber homenagens merecidas ao Instituo de Educação, classificado como das primeiras escolas do estado. Isto, porque, foi considerada a escola que, regularmente enviava à Secretaria da Educação, todos os semestres, os indispensáveis relatórios semestrais, por mim redigido, contendo relatos sobre as atividades educacionais, pedagógicas e administrativas. Fui recebido pelos educadores, professor Luiz Gonzaga Diniz (Chefe do Ensi-

acordo com o Art. 37, II da Constituição Federal e com o Art. 8º, I da Lei Municipal nº 2.712, de 16 de março de 2004, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerada a servidora ENEIDA VILLAS BOAS GEORGETTI FERNANDES, do cargo em comissão de DIRETOR DE GABINETE, nível XIX, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 18 de outubro de 2010. João Luís Soares da Cunha-Prefeito Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. PORTARIA N.º 9.924, DE 18 DE OUTUBRO DE 2.010. Dispõe sobre a nomeação da Servidora FÁTIMA MARIA PROCÓPIO MACHADO CÁLIPO, no cargo em comissão de DIRETOR DE GABINETE. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art. 37, II da Constituição Federal e com o Art. 8º, I da Lei Municipal nº 2.712, de 16 de março de 2004, R E S O L V E: Art. 1º - Fica nomeada a servidora FÁTIMA MARIA PROCÓPIO MACHADO CÁLIPO, no cargo em comissão de DIRETOR DE GABINETE, nível XIX, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 18 de outubro de 2010. João Luís Soares da Cunha-Prefeito - Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. PORTARIA N.º 9.925, DE 18 DE OUTUBRO DE 2.010. Dispõe sobre a exoneração do Servidor CESAR DOUGLAS AZARIAS, no cargo em comissão de CHEFE DE SEÇÃO DE FISCALIZAÇÃO MUNICIPAL. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art. 37, II da Constituição Federal e com o Art. 8º, I da Lei Municipal nº 2.712, de 16 de março de 2004, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerado o servidor CESAR DOUGLAS AZARIAS, no cargo em comissão de CHEFE DE SEÇÃO DE FISCALIZAÇÃO MUNICIPAL, nível XII, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 18 de outubro de 2010. João Luís Soares da Cunha-Prefeito - Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. PORTARIA N.º 9.926, DE 18 DE OUTUBRO DE 2.010. Dispõe sobre a nomeação do Servidor CESAR DOUGLAS AZARIAS, no cargo em comissão de CHEFE DE SEÇÃO DE CONTROLE E CONSERVAÇÃO DE OBRAS. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art. 37, II da Constituição Federal e com o Art. 8º, I da Lei Municipal nº 2.712, de 16 de março de 2004, R E S O L V E: Art. 1º - Fica nomeado o servidor CESAR DOUGLAS AZARIAS, no cargo em comissão de CHEFE DE SEÇÃO DE CONTROLE E CONSERVAÇÃO DE OBRAS, nível XII, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 18 de outubro de 2010. -João Luís Soares da Cunha - Prefeito - Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. PORTARIA N.º 9.927, DE 18 DE OUTUBRO DE 2.010. Dispõe sobre a nomeação da Sra MARISA CRUZ DA SILVA, no cargo em comissão de ASSESSOR TÉCNICO. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art. 37, II da Constituição Federal e com o Art. 8º, I da Lei Municipal nº 2.712, de 16 de março de 2004, R E S O L V E: Art. 1º - Fica nomeada a sra. MARISA CRUZ DA SILVA, no cargo em comissão de ASSESSOR TÉCNICO, nível XV, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 14 de outubro de 2010. São José do Rio Pardo, 18 de outubro de 2010. João Luís Soares da Cunha - Prefeito Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. PORTARIA N.º 9.928 DE 20 DE OUTUBRO DE 2.010 Altera a portaria 8.572, de 13 de junho de 2008 que dispõe sobre a nomeação de membros para compor a Comissão Altera a portaria 8.572, de 13 de junho de 2008 que dispõe sobre a nomeação de membros para compor a Comissão Municipal de Emprego. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, R E S O L V E: Art. 1º - Ficam nomeadas os membros abaixo, para compor a Comissão Municipal de Emprego do Município de São José do Rio Pardo, nos termos do artigo 3º do Decreto nº 2.886, de 9 de janeiro de 1.998: Representantes do Poder Público: Representantes da Prefeitura Municipal: Ana Elisa Dias Nahime- Titular: Daniela Fernanda da Silva Miolli–Suplente: Representantes da Secretaria do Trabalho – Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo Estadual (SERT): Sônia Regina Nunes Camargo – Titular: Kelly Baptistella Maldonado Posso – Suplente: Representantes da Agência de Atendimento do Ministério do Trabalho e Emprego de São José do Rio Pardo:Dra. Nídia Maria Ribeiro Dias – Titular: Dra. Dilza de Andrade de Paula – Suplente: Representantes dos Empregados: Representantes do Sindicato dos Empregados no Comércio: Roberta Dias de Abreu – Titular: Lucélia Fabiana Tavares – Suplente: Representantes do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais: Cleonice Aparecida Ludovique Callegari – Titular: Marco Antonio Matarazo-Suplente: Representantes do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção, do Mobiliário e Montagem Industrial de Mococa, São José do Rio Pardo e Região: Antônio Celso de Souza – Titular: Edson Cardoso Batista – Suplente: Representantes dos Empregadores: Representantes do Sindicato dos Contabilistas de São José do Rio Pardo: Antônio Fernando Nogueira Fontão– Titular; Marilaine Hipólito – Suplente; Representantes do Sindicato Rural:Ademir Vedovato – Titular; Hélio Ribeiro Suplente; Representantes da Associação Comercial e Industrial: Maria Rosa Nogueira Della Torre – Titular; Michele Dornelas de Souza – Suplente Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 20 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha -Prefeito -Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. PORTARIA N.º 9.929, DE 20 DE OUTUBRO DE 2.010. Dispõe sobre a nomeação da Sra ENEIDA VILLAS BOAS GEORGETTI FERNANDES, no cargo em comissão de SUPERVISOR DE OBRAS E SERVIÇOS. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art. 37, II da Constituição Federal e com o Art. 8º, I da Lei Municipal nº 2.712, de 16 de março de 2004, R E S O L V E: Art. 1º - Fica nomeada a sra. ENEIDA VILLAS BOAS GEORGETTI FERNANDES, no cargo em comissão de SUPERVISOR DE OBRAS E SERVIÇOS, nível XVII, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 18 de outubro de 2010. São José do Rio Pardo, 20 de outubro de 2010. João Luís Soares da Cunha – Prefeito. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. PORTARIA Nº 9.930, DE 20 DE OUTUBRO DE 2010 Dispõe sobre a readaptação do servidor MÁRCIO FECURI para o cargo de AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições: R E S O L V E : Art. 1º Readaptar o servidor MÁRCIO FECURI, do cargo de Operador de Estação de Tratamento de Água e Esgoto, para exercer a função de Auxiliar de Serviços Gerais, no Arquivo

no), Dr. Prof. Nelson Cunha Azevedo (Diretor Geral do Depto de Educação) e Dr. José Ney de Cesar Lessa (Assistente do Secretário da Educação), que cumprimentaram-me pela excelência da escola. Meu orgulho como rio-pardense. De aluno a diretor da escola “Euclides da Cunha” foi feliz trajetória educacional da minha vida, para colaborar com os estudantes e suas famílias. —Professor Roque Cônsolo foi diretor do Instituto de Educação “Euclides da Cunha” até 1978, período em que a unidade foi considerada a melhor escola do Estado de São Paulo.

Municipal, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 05 de março de 2010. São José do Rio Pardo, 20 de outubro de 2010 - João Luís Soares da Cunha - Prefeito Municipal - Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. DECRETO Nº 3.904, DE 18 DE OUTUBRO DE 2010 Altera incisos do art. 4º do Decreto Nº 3.719, de 05 de dezembro de 2008. O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO, Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, DECRETA: Art. 1º - O “caput” e os incisos I, II e III, do artigo 4º, do Decreto nº 3.719 de 05 de dezembro de 2008, passam a vigorar com a seguinte redação: “Art. 4º – Os limites do Anexo a este Decreto ficam definidos conforme os seguintes referenciais: I – na 1ª fase da Pré-Escola para 4 (quatro) anos a completar até 31 de março do ano letivo; II – na 2ª fase da Pré-Escola para 5 (cinco) anos a completar até 31 de março do ano letivo; III – no 1º ano do Ensino Fundamental para 6 (seis) anos a completar até 31 de março do ano letivo.” Art. 2º - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 07 de outubro de 2010. São José do Rio Pardo, 18 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha-Prefeito - Publicado por afixação no quadro próprio na sede da Prefeitura, na mesma data. DECRETO N.º 3.905, DE 18 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre a regulamentação das diretrizes sobre arborização urbana nos projetos de parcelamento do solo, na forma de loteamento ou arruamento, no Município de São José do Rio Pardo/SP, estabelecidas através da Lei Municipal nº 3.382, de 20 de Julho de 2009 e dá outras providências”. Publicado por afixação no quadro próprio na sede da Prefeitura, na mesma data. E no site www.saojosedoripardo.sp.gov.br. EQUIPE TÉCNICA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA SÃO JOSÉ DO RIO PARDO APROVAÇÃO DE PROJETO – DEFERIDO. Proc. 91/10 Maria Isabel Alves S. de Pauli – Av. João B. Junqueira, 40 – Centro – Rotisseria. -Proc. 158/ 10 Geraldo Gravinez - Rua Aguinaldo Machado Pourrat, 176 B Vila Formosa – Padaria. - Proc. 366/10 Adirson de Oliveira – Rua 13 de Maio, 332 – Centro – Lanchonete. - Proc. 408/10 Thiengri Titânia Silva ME – Praça Capitão Vicente Dias, 61 – Centro – Pastelaria. - Proc. 477/10 Miguel Luís Folchetti – Box 01 CEAGERP – Lanchonete. - Proc. 487/10 Thaysa Della Torre – Rua Ananias Barbosa, 11 – Centro – Clínica de Repouso.- Proc. 488/10 Hélio Rodrigues Morelli – Rodovia SP 207 São José do Rio Pardo – Hortifruti.- Proc. 519/10 Cleusa aparecida Antonialle – Rua Eunice Machado Franchi, 171 – Colinas São José – Mercearia. - Proc. 525/10 Gonçalves & Calegari Ltda ME – Av. Maria Aparecida Salgado Braguetta, 3220 – Fartura – Lanchonete. - Proc. 532/10 Sônia Maria da Silva Manetta – Estrada Vicinal Prefeito Aurino Vilela de Andrade, s/nº (SRP 368) KM 3,35 – Sítio Córrego Grande – Lanchonete. LICENÇA DE FUNCIONAMENTO INICIAL – DEFERIDO Proc. 536/09 Carmen Silva Ribolli – ME – Rua Cândido Faria, 15 – Centro – Mercearia. Proc. 353/10 Ivana Satti Busso – Rua Dr. Costa Machado, 573 – Centro – Cons. Psicologia.- Proc. 444/10 Angelo Missura Neto – Rua Silva Jardim, 432 – Centro – Cons. Psicologia. - Proc. 460/10 Maria Cristina Lara – Rua John Pourrat, 479 Vila Formosa – Salgados. - Proc. 472/10 Maria Isabel A. S. de Pauli – ME - Av. João B. Junqueira, 40 – Centro – Rotisseria. - Proc. 483/10 Alessandra A. M. Medeia – ME – Rua Major José Octaviano Machado, 45 – Centro – Bar. - Proc. 485/10 Catalano & Catalano Lanchonete Ltda – ME – Estrada Municipal Paula Lima, 800 – Paula Lima – Bar. - Proc. 517/10 A. Gomes & M. A. Gomes Ltda – ME – Rua João Santurbano, 131 – Carlos Cassucci – Minimercado. - Proc. 546/ 10 Help Pet Clínica Veterinária – Av. dos Expedicionários, 911 – Vila Pereira – Clínica Veterinária. - Proc. 549/10 Psiconutre – Espaço Clínico e Ass. Organizacional S/S – Rua Tarcílio Siqueira, 32 sala 2 – Centro – Cons. Psicologia. - Proc. 593/10 Delicias Rotisseria & Bombonieri Ltda ME – Av. Independência, 52 – Centro - Restaurante. - Proc. 615/10 Cleusa A. Antoniale & Cia Ltda – Rua Eunice Machado Franchi, 171 – Colinas São José – Mercearia. Proc. 623/10 Casa da Empada Rio Pardo Ltda ME - Praça da Bandeira, 58 A – Centro – Casa de Empada. Proc. 637/10 Clínica de Mastologia Dr. Ray Alves dos Santos S/S – Av. Independência, 357 Centro – Clínica Médica. CADASTRO ESTADUAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA – DEFERIDO Proc. 787/ 09 Izete de Fátima Boldrin Cruz – Rua dos Jasmins, 300 – Vila Maschietto – Cabeleireira. Proc. 601/10 Rouge Perfumaria e Cosméticos Ltda ME – Rua Francisquinho Dias, 746 – Centro - Cabeleireiro. - Proc. 625/10 Vitor Narciso Ferreira – Av. Nove de Julho, 08 – Centro – Barbearia. RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE FUNCIONAMENTO – DEFERIDO. Proc. 388/96 Prot. 558/10 Luis Eduardo Machado João – Rua Rui Barbosa, 230 – Centro – Cons. Odontológico c/RX. - Proc.1106/97 Prot. 405/10 Lilian do Carmo Molfi de Lima – Rua Benjamin Constant, 85 – Centro – Cons. Odontológico c/RX. - Proc. 338/02 Prot.426/10 Florence Marin Ortega S/C Ltda - Rua Benjamin Constant, 228 – Centro – Cons. Médico. Proc. 125/03 Prot. 494/10 Irene Maria Rondinelli Muradi – Av. Comendador Luiz Gonçalves Junior, 60 – Centro – Cons. Odontológico C/RX. - Proc. 216/04 Prot. 409/10 Luciane Poggio Junqueira Calicchio – Rua Dr. Costa Machado, 573 sala 12 – Centro – Fonoaudiologia. Proc. 135/05 Prot. 619/10 Lidiane Cristina de Castilho – ME – Av. Independência, 10 – Centro – Drogaria. - Proc.159/07 Prot. 416/10 Vanessa Fernanda Lencione Smaire – Rua Treze de Maio, 655 Sala A – Centro - Fonoaudióloga. - Proc. 391/07 Prot. 325/10 Michele Cristina Leme – Rua Octaviano Ribeiro da Silva, 596 – Vila Brasil – Cons. Veterinário. - Proc. 458/07 Prot. 491/09 Marcelo Luiz Galotti Pereira – Av. Independência, 332 – Centro – Cons. Médico. - Proc. 86/08 Prot. 562/10 Clínica de Neurologia e Neurocirurgia S/C Ltda – Rua Carlos Botelho, 770 – Centro – Cons. Médico. - Proc. 308/09 Prot. 537/10 Marcos Pereira de Lima – Rua Benjamin Constant, 239 – Centro – Cons. Médico. - Proc. 595/08 Prot. 266/ 10 Arlete da Silva Ferrari – Rua Capitão Luiz de Melo, 796 – Santa Tereza – Cons. Psicologia. - Proc. 453/09 Prot. 581/10 Cláudia Maria Maldonado Antônio – Rua Cândido Faria, 205 – Centro – Cons. Médico. - Proc. 490/09 Prot. 608/10 ASAP – Comércio e Importação de Produtos Médicos LTDA – Rua Ferrúcio Tolesi, 30 – Santo Antônio – Comércio Atacadista de Inst. Mat. para uso Médico, Cirúrgico, Hospital e Laboratótios. ASSUNÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA – DEFERIDO. Proc. 338/02 Prot.506/10 Florence Marin Ortega S/C Ltda - Rua Benjamin Constant, 228 – Centro – Cons. Médico, solicitando Assunção de Responsabilidade Técnica em nome de Cláudio Luciano P. Fernandes e José Roberto Marin Ortega. CANCELAMENTO DA LICENÇA DE FUNCIONAMENTO/ DESATIVAÇÃO DO CEVS – DEFERIDO. Proc. 362/05 Prot. 563/10 Ricardo AparecidoAvelino – Rua Quintino Bocaiuva, 20 – Centro – Academia. Proc. 30/06 Prot. 649/10 Ortopedia Dr. Roberto R. Penhalbel S/S – Rua Campos Salles, 1230 – Centro – Cons. Médico. Proc. 208/07 Prot. 554/10 Andréia Cristina Bálico Carvalho ME - Rua Treze de Maio, 584 – Centro – Com. Varej. De Artigos Médicos e Ortopédicos. Proc. 198/08 Prot. 553/10 André Luiz Cassolino ME – Rua Francisco Glicério, 648 – Centro – Óptica. Proc. 347/09 Prot. 636/10 Ray Alves dos Santos - Av. Independência, 357 – Centro – Cons. Médico.Proc. 289/10 Prot.631/10 Maria Olivia Mantovani Breda & Cia Ltda – Rua Camilo Tempesta, 22 A – Vale do Redentor II - Drogaria.


A-20 - 23 de outubro de 2010

Aluna do Sítio Novo vence concurso da EPTV Na redação vencedora estudante fala sobre como a internet mudou a vida no campo da escola participaram e conforme as regras do concurso, cinco redações foram escolhidas para representar a unidade. De acordo com a diretora, a professora responsável para auxiliar os alunos nas redações foi Isabel Trovato, que preparou a turma durante cerca de 20 dias, promovendo sessões de leitura e pesquisa. O concurso consistia em avaliar redações que tratas-

sem do tema “Conectar, navegar e transformar”, mostrando a importância da internet para o desenvolvimento social, econômico e cultural. A partir do tema, a aluna desenvolveu a redação intitulada “Nosso sitio já não é mais o mesmo”, onde fala a respeito das transformações que o sítio onde mora teve com a chegada da internet. Como prêmio, a vencedora do concurso ganhou uma vi-

Renovias recupera pavimento na SP-340 DIVULGAÇÃO

De janeiro a setembro deste ano, a Renovias recuperou 100 quilômetros de pavimento ao longo da SP-340, principal rodovia da malha administrada pela concessionária. “Esse trabalho faz parte do compromisso da empresa em proporcionar conforto e segurança aos usuários”, comenta a empresa, informando que atualmente os trabalhos de fresagem e recapeamento estão concentrados em segmentos do km 223 ao km 281, compreendidos entre os municípios de Casa Branca e Mococa. De acordo com o gerente de obras e conservação, Luiz Sávio Canabrava, “também foi realizada a recuperação de pavimento em diversos trechos das demais rodovias

da malha viária”. A concessionária diz que utiliza em suas obras as melhores técnicas e materiais disponíveis para pavimentação no Brasil e no mundo, como misturas asfálticas preparadas com adição de borracha moída de pneus inservíveis. Segundo a Renovias, juntamente com as melhorias no pavimento, estão sendo substituídas tachas refletivas e refeita pintura da sinalização no solo, mantendo os padrões de visibilidade, sobretudo no período noturno. Os trabalhos de recuperação da malha contemplam também trevos ao longo da SP-340. “No total, a recuperação abrange 17 dispositivos, permitindo melhores condições de acesso às cidades, dis-

Além dos cerca de 100 quilômetros de pavimento, serviços de melhoria incluem os dispositivos de trevo

tritos industriais e bairros rurais”, informa. Para o gerente Canabrava, essas constantes melhorias contribuem para o fato da SP-340 ter sido apontada como quinta melhor rodovia do País pela edição 2011 do Guia Quatro Rodas Estradas. A publicação divulga um ranking com as me-

DIVULGAÇÃO

agem para o SESC Bertioga e uma TV LCD. A escola ganhou um DVD e a professora responsável ganhou uma assinatura da revista Terra da Gente, além de um kit com todos os livros que a EPTV já publicou. Ainda de acordo com a diretora Beth Zanatta, das 10 escolas premiadas, cinco pertencem à Diretoria de Ensino de São João da Boa Vista.

lhores e as piores rodovias e a SP-340 manteve a posição do Guia 2010. “Esse resultado demonstra que a concessionária tem se empenhado para realizar diversas benfeitorias, buscando garantir aos usuários melhores condições para viajar, sobretudo com segurança”, enfatiza.

Colégio Santa Inês adota sistema Poliedro O Colégio Santa Inês, de São José do Rio Pardo, mantido pela Associação das Filhas de Nossa Senhora do Monte Calvário, anunciou nesta semana alterações na sua metodologia de ensino. A partir de 2011 a escola passa a contar com o Sistema Poliedro - considerado um dos sistemas com maior índice de maior aprovação nos grandes vestibulares do país. A alteração é voltada para alunos do Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º ano) e para alunos do Ensino Médio. As demais séries continuam com o sistema Positivo. O Sistema Poliedro tem sede em São José dos Campos, onde foi implantado em 1993 como cursinho preparatório para interessados em estudar no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Desde então, ganhou projeção nacional com o êxito de suas aprovações, expandindo-se para diversos colégios pelo país. Para o diretor do sistema, professor André Guadalupe, as aprovações se devem à qualidade das unidades parceiras. “As parcerias firmadas pelo Poliedro priorizam a postura da escola, que deve ser séria, ética e focada.

É muito importante haver sinergia entre essa postura mais o que oferecemos, como simulados fortes e material didático mo muitos exercícios. Desta forma, se o aluno mostrar disposição e saber realmente o que quer, torna-se o fator determinante. O estudante motivado conquista a aprovação que quiser”, diz o diretor. No Santa Inês a mudança se efetiva em 2011, com o novo material escolar. “A equipe educativa do Colégio Santa Inês está convencida de que essa parceria com o Poliedro acrescentará ao trabalho que desenvolvemos maiores possibilidades de aprovação nos vestibulares”, avalia a diretora da escola, irmã Aparecida Barbosa. Ainda de acordo com a direção, “o comprometimento e a responsabilidade do Poliedro em oferecer produtos e serviços de alta qualidade vêm ao encontro do projeto educativo do Colégio Santa Inês e do compromisso com a formação de nossos alunos”, conclui. Segundo a coordenação da escola, a unidade analisa a possibilidade de, em anos futuros, implantar também um cursinho do Poliedro.

GÃO

TUDO PARA CEMITÉRIO Túmulos e jazigos, mármores e granitos. Fazemos também revestimentos e reformas de túmulos em geral. Disponibilizamos placas de mármores e de bronze, fornecemos metais e tudo o que for necessário. E agora também com uma novidade: estamos fazendo ampliações de túmulos com uma ou duas gavetas. Ligue para 9671-4852 (Vagner) e solicite orçamento.

O túmulo antes de ser mexido e ampliado para cima: trabalho possibilita aumento do espaço oferecido

O mesmo túmulo depois de ser ampliado verticalmente para cima: nova opção no cemitério

FAZEMOS LIMPEZA PARA DIA DE FINADOS

A rio-pardense, Caroline Mansano Pereira da Silva (foto), aluna da 8ª série da E.E. “Professora Sylvia Portugal Gouveia de Sylos”, do Sitio Novo, foi a primeira colocada do concurso EPTV na Escola. De acordo com a diretora Maria Elizabete do Prado Zanatta, a escola participa do concurso pela quarta vez e essa é a primeira vez que um aluno ganha o título. Ela comenta que todos os alunos


C-1 - GAZETA DO RIO PARDO - 23 de outubro de 2010

“Rio-Pardenses na Itália” Um roteiro criteriosamente elaborado por renomados especialistas da área, a agência de turismo Alternatur, do conterrâneo Gilberto Nogueira Braghetta, em conjunto com a operadora italiana Carrani, aliado à alquimia do grupo, fraternos companheiros que têm em comum São José do Rio Pardo, foram os componentes perfeitos para o sucesso da viagem intitulada “Rio-Pardenses na Itália”, transcorrida entre os dias 30 de setembro e 18 de outubro, percorrendo as mais importantes cidades da Península Itálica com direito a prazerosa esticada a Portugal, constituindo-se em verdadeiro banho de civilização e cultura. Devido ao grande êxito da empreitada, a Alternatur já elabora um novo roteiro para o ano vindouro, provavelmente percorrendo Espanha e França, o qual deverá ser lançado brevemente. No registro fotográfico que ilustra, o grupo na Cidade do Vaticano, à frente da Basílica de San Pietro. Da esquerda para a direita: Cidinha-José Joaquim Correa, Ziza Donnabella, Jani Virgili, Arminda-Joaquim Ervalho, Elza Merli Junqueira, Marcelo Trecenella, Antonina Souza, Elza Mattos, Marlene Rocha, Silvia Zanolini, Renato Rocha, Ana Maria Rocha, Silvio Alves-Ionice, Silvia Susanna Mafra, Conceição-Marcos Zarif e Vilma Silva.

Em Sociedade Luciana Vasconcelos Presinotti entrou na casa dos “enta” comemorando com os familiares e amigos, em torno de íntima recepção que teve lugar na capital paulista, onde reside.

A aniversariante Luciana com o marido Alberto, anfitrionaram o encontro comemorativo

O casal com as filhas Valentina e Carolina, alertados pela objetiva para o álbum de família.

Vaivém Marly Terciotti, Maria Garcia de Andrade, Clara Alves Zenaro Garcia e Sérgio Luiz Ribeiro (foto), acabam de regressar de um tour pelo leste europeu, visitando Alemanha, República Tcheca, Hungria, Eslováquia e Áustria – Welcome!


C-2 - GAZETA DO RIO PARDO - 23 de outubro de 2010

Dia do Professor

Début A menina-moça Fernanda, filha do casal Solange dos Santos Penna e Sérgio Penna festejou 15 Anos de Idade na noite de 15 de outubro, arregimentando a geração jovem na X-Loung, em torno de badalada comemoração. Na foto, a aniversariante com os pais mais a irmã Marcela. SICCA IMAGEM

A ARPA – Associação Rio-Pardense dos Professores Aposentados, presidida por Enedina Franco de Aguiar, comemorou o Dia do Professor , 15 de outubro, com missa em Ação de Graças celebrada às 8 horas, na Igreja Matriz São José. No domingo, 17, às 12 horas, a entidade de classe realizou no salão de festas do Buffet Trivial Almoço Confraternização alusivo à data, homenageando os seguintes mestres: Fani Lopes Guerra, Francis Maria Ribeiro, Odília M. Brozeli Snidarsis e Sônia Regina Alves. O evento anual da ARPA foi abrilhantado pelo duo musical mocoquense Zé Wagner & Beta Melo. FOTO METRO

Enlace . Às 20h30 do dia 16 de outubro, na Igreja Matriz Santuário São Roque, aconteceu o enlace matrimonial de Samara e Daniel, unindo as famílias José Osvaldo Tempesta – Zelinda Dessordi Tempesta e Paulo Ferreira de Souza – Silvia Helena Faria de Souza. Uma recepção ocorrida na sede campestre da AABB selou o acontecimento. FOTO METRO

Os “arpistas” reunidos para a foto, após Missa em Ação de Graças pelo Dia do Professor

Prenúncio de Natal Comemorando o segundo ano de sucesso de sua loja de artesanato e decoração, a amiga Ana Madeira promove pré-lançamento de Natal - Confira!

Em festa Os gêmeos Lucca e Sophia, filhos do casal Elineia-Antônio Carlos Pereira da Silva Júnior, festejaram seus respectivos primeiros anos de sapequice capitaneando a geração dente de leite no Paraíso das Crianças, dia 16 de outubro. FOTO LIDER

30º Dia . Juliana, filha de José Trivelatto e Josefa Martins Trivelatto, trocou alianças na mão esquerda com Rodrigo, filho de João Batista de Araújo e Maria de Lourdes Gonçalves de Araújo, durante cerimônia religiosa celebrada na Igreja Matriz São José, às 18 horas do dia 16 de outubro. Os noivos receberam os cumprimentos durante a recepção ocorrida no amplo salão de festas da Igreja Nossa Senhora do Carmo, em Paula Lima. FOTO METRO

Segunda-feira, 25 de outubro, às 18h45, será celebrada Missa de 30º dia de fal e c i m e n t o d a sr a . Maria Isabel Lemos Fernandes, na Paróq u i a S a n t a Te r e z i nha, à Rua Maran h ã o , 6 1 7, H i g i e n ó polis – São Paulo.

Parágrafo Único “A arte de viver é simplesmente a arte de conviver ... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!” (Mário Quintana)


GAZETA DO RIO PARDO - 23 de outubro de 2010 - C- 3


C- 4 - GAZETA DO RIO PARDO - 23 de outubro de 2010

franciscobraghetta@yahoo.com.br

Dia dos comerciantes Neste ano as homenagens foram para dois dos mais antigos comerciantes da cidade: Angelina Tinti João e Francisco Braghirolli. O jantar dançante FOTOS: O JORNALZINHO comemorativo foi no Rotary Clube, no sábado passado.

O Sr. Francisco Braghirolli, da Casa do Adão foi representado pelos seus três filhos: José do Carmo, Odone e Francisco (juntos à direita). Depois, a neta Fernanda, o amigo Virgílio Brunetta, a nora Vera Lega, os netos Francisco e Raquel, e a nora Ana Vera Maschietto.

Dona Angelina, da Casa Violeta, com a filha Cecília, a primeira à esquerda, o filho José Antonio, de óculos atrás, e Fernando, de terno, com netos e convidados.

Entrelinhas N Na noite de terça-feira, 19, a Prefeitura e a ACI lançaram o “ Guia Gastronômico – Delícias de Rio Pardo ”. O diretor de turismo, Márcio Barbosa comandou o evento realizado no Rarib’s. Além do guia, outro material lançado foi “Prazer em conhecer ”. Um guia de bolso com informações turísticas sobre a cidade. NIniciativa como essa, no sentido de divulgar o que temos a oferecer na área da gastronomia, é muito bem vinda. Mas a

Secretaria de Turismo e a ACI precisam oferecer mais cursos de aperfeiçoamento aos investidores da área, por meio de parceria com SENAC, SEBRAE e outros. É que temos assistido, nos últimos tempos, um verdadeiro festival de abre, fecha e reabre de restaurantes e casas de lanches. Os consumidores, tanto locais como os visitantes, estão cada vez mais exigentes, cobrando qualidade, preços justos e bons serviçais para atendimento. Na cidade con-

Cargos públicos e reformas

ta-se nos dedos de uma mão os bons estabelecimentos que levam a sério esses itens. E por serem constantes estão no ramo há décadas. NO Centro Cultural Ítalo-Brasileiro agendou para 28 de novembro, domingo, um almoço para a confraternização de final de ano dos seus associados. Os cozinheiros da “Turma do Bar do Demá” vão preparar uma completa bacalhoada para marcar época na memória degustativa dos ítalos-brasileiros.

Dia do professor A Associação Rio-Pardense dos Professores Aposentados – ARPA promoveu no último domingo, no Buffet Trivial, o almoço anual

de confraternização. Na foto, as professoras homenageadas neste ano: Sonia Regina Alves, Fani Lopes Guerra, a

presidente da ARPA Enedina Franco de Aguiar, Odília Brozeli Snidarsis e Francis Maria Ribeiro, de Tapiratiba. FOTO METRO

N Mana Tessari, com seus teclados, embarca para a Itália no próximo 18 de novembro. Lá ela subirá a bordo do navio de cruzeiros Costa Fortuna que fará a temporada de verão na América do Sul, até abril de 2011. É a segunda vez que nossa pianista e tecladista vai se apresentar nos charmosos navios da linha Costa. NNo curso “Interidades” da UNIP, na próxima quarta-feira, 27, a tenista Maria Helena Xavier Barbosa estará dando o seu “Depoimento de uma Atleta Máster Vitoriosa”. É no campus central da Universidade Paulista, às 14 horas. O convite é aberto à comunidade rio-pardense da terceira idade. N A “Mostra de Música” programada para a noite de hoje no Centro Cultural Ítalo-Brasileiro, sob organização da Casa de Cultura e Cidadania, foi adiada para dezembro, por motivos técnicos. Voltaremos ao assunto. N Alexandre Semensato promove nest e s á b a d o , 23, d o i s eventos para celebrar os 8 anos da Vernissage Rio Pardo . Das 15 às 20 horas, coquetel para apresentação da “Coleção Verão 2011”. Às 23h59min, no Club Lounge, “Festa Vernissage Ultra Lounge”.

Todo político legislador está cansado de saber que o Brasil precisa de uma urgente reforma política. A cada eleição vem a tona o assunto. Depois de eleitos esquecem o assunto, pois não lhes convêm. Nesta propalada reforma, entre outros itens, está a redução de cargos públicos suscetíveis de indicação política, que são 25.000 apenas no governo federal. No Reino Unido, são pouco mais de 100, incluídos os ministros. Nos Estados Unidos, cerca de 2.000. As nomeações aqui no Brasil, para tantos afilhados, abrem caminho para a corrupção e o desgaste do sistema político. E o fato se repete nos governos dos estados da federação e nos milhares de municípios por todo o país. É muita gente, sem necessidade, que passa a mamar nas tetas dos cofres públicos. Aqui em nossa cidade, a cada mudança de prefeito, também acontecem as muitas nomeações de apadrinhados. O final da história já conhecemos. Mas nas últimas semanas te-

mos assistido um fato novo no gerenciamento da coisa pública: demissões de secretários municipais e de muitos assessores em cargos de comissão. Para substituir os demissionários estão sendo convocados funcionários de carreira mais graduados, que já demonstraram ao longo dos anos que entendem do riscado. E aí está uma prova que o serviço público deveria ser sempre exercido, nos cargos administrativos dos vários escalões, por gente que mostrou conhecimento, competência e honestidade. Se a atual administração continuar praticando esta sensata atitude, tudo indica que ainda há chance de vermos uma luz no final do túnel a nível municipal. O economista e ex-ministro Maílson da Nóbrega, em artigo na revista Veja sobre o assunto, disse que “Medidas pontuais podem aperfeiçoar nossa prática democrática. Uma delas seria a redução dos cargos públicos suscetíveis de indicação política”.

3608-6677


Página C-5 - 23 de outubro de 2010 - GAZETA DO RIO PARDO

www.rjdg@terra.com.br

A menina e o arco-íris A mãe anda de mãos dadas com a menina, sob a sombrinha colorida. A chuva é fina. O sol atravessa suas contas. Param na esquina, enquanto o carro passa. Dali, avistam-se as montanhas de verdes molhados, batidas de sol. — Mamãe, qui qui é aquilo? A menina aponta o arcoíris claro e espesso que coroa a cidade. — É um arco-íris, minha filha. — Qui qui é arco-íris? — É o que você está vendo. — Que bonito! É um enfeite de Natal? — Não, minha filha, mas pode ser. — Quem é que pintou o arco-íris?

— Ninguém pintou. Ele aparece e desaparece. — Ah! E quem colocou ele lá em cima? — Ih! Não enche!... O carro passa. As duas atravessam a rua, continuam seu caminho, descendo a ladeira. — Mamãe, o arco-íris parece riscos de lápis de cor. — Parece. — Alá, mamãe. Ele vai da Nestlé até o campo de aviação. — É, Vai. — Será qui num é a fumaça da Nestlé? — Não, minha filha. Não é. É um arco-íris. Um quarteirão fica para trás. A menina está encantada, olhando a novidade: um arco-íris novinho, claro e muito espesso. Ela tropeça.

— Toma cuidado, menina! Olhe o chão. — Mamãe, quem é que guarda um arco-íris tão comprido? — Que especula! Eu já lhe disse que ele aparece e desaparece. As duas andam em silêncio por instantes. — Mamãe, por que a senhora não compra um arco-íris? A mãe ri do entusiasmo da filha. — Arco-íris não se compra e não se guarda, minha filha. Para que comprar um arco-íris? — Uai! É bonito, né. — Um arco-íris é de todos! Ele alegra. Ele desaparece quando o sol se esconde. — E pra onde qui ele vai? — Não sei, minha filha.

Desaparece. — Por que eu nunca vi arco-íris? — Agora você está vendo. — Quando é qui ele volta outra vez? — Quando chover e fizer sol. — Por que precisa sol e chuva? — Ih! Pára de perguntar! Que especula, santo Deus! Segue-se uma pequena pausa. A menina volta a insistir: — Por que precisa sol e chuva? A mãe sente dificuldade em responder, desconhecendo o fenômeno físico. — Olha, minha filha, eu só sei que ele aparece nesta época do ano. Enfeita o Natal. Agora é tempo de

arco-íris. As duas continuam pela ladeira de mãos dadas, sob a sombrinha colorida, diante da paisagem montanhosa, molhada e ensolarada, enfeitada pelo arco-íris. A menina tropeça mais uma vez. — Olhe para o chão, minha filha! Você vai cair!

A menina, olhando o arco-íris, respira fundo: — Que bom que é tempo de arco-íris, né, mamãe? — Que bom que ainda podemos ver o arco-íris, minha filha... (Transcrito do livro do autor A Revolução na Minha Aldeia e Outras Crônicas, 1983. Esgotado).

Inauguração Creche S. Paulo, 1961. A criadora da Creche, vereadora Alexandra Olga Pourrat Campos (D. Olga), vê o padre D. Bonifácio assinando a ata de inauguração. Atrás, da esquerda para a direita: Dr. Zito, Dr. Neje, José Braghetta, Itagiba e Marilena

No campo da AAR, em 1946, depois do desfile da Semana Euclidiana. Ajoelhada, a Profa. Mary Abichabki. Em pé, da esquerda para a direita: n.i., Cidinha Scali, Marilda, Celina Bertocco, Zuleide Borges, Cleonice Mori, Maria de Almeida, Sônia Perocco, Vera Rondinelli e Fanny Ruth de Oliveira Pourrat. Nos anos 50, em São Paulo, da esquerda para a direita: Maria Fornari Triginelli, Maria Ap. Grassi e Negrinha Panetti Fornari.

Filhos de Elias Abraão Farah. Da esquerda para a direita: Terezinha, Isaac, Nazinha, Vicente, Enver, Guilhermina, Abrãozinho e a prima Aparecida. Não tinham nascidos cinco filhos: Ivone, José, Lourdes, Nilze e Ayrton.

Cilu Machado Fonseca com 2 anos.

Visite nosso show-room e conheça nossos planos de venda

Av. Com. Dr. Luiz Gonçalves Júnior, 69 -Fone: 3608-5734

Três meninas no carro alegórico de uma Semana Euclidiana. À esquerda, Flávia Trovatto; no centro n.i. e à direita Andréa Nasser.


C-6 - GAZETA DO RIO PARDO -23 de outubro de 2010

você sabia Comissão Européia quer proibir clonagem animal para produzir alimentos A Comissão Europeia (órgão executivo da União Europeia) proporá a proibição, ao menos por cinco anos, da clonagem de animais para obter alimentos, como a carne ou o leite. A Comissão apresentará um relatório no qual proporá “suspender temporariamente” essa técnica da reprodução de gado para a produção de alimentos, segundo uma minuta a qual a Agência Efe teve acesso. No entanto, o órgão quer permitir que os animais sejam clonados para objetivos relacionados à pesquisa ou para conservar espécies em risco de extinção. O relatório sugerirá também vetar as importações de carne, leite e outros alimentos procedentes

de gado obtido a partir dessa técnica. A Comissão deve justificar a pertinência da proibição, que pode ser revista em cinco anos, por conta das preocupações morais na sociedade e do bem-estar dos animais. A proposta deverá ser aprovada pelo Conselho de ministros da UE e pelo Parlamento Europeu. Atualmente, a clonagem animal é pratica-

da por alguns países do bloco, mas apenas para pesquisa, visto que no mercado europeu não há carne, nem leite procedentes de clones.Os Estados Unidos são o país mais avançado do mundo nessa tecnologia, embora Argentina, Brasil e Japão também tenham pesquisas bastante desenvolvidas no assunto. Fonte: Estadão (www.reporteranimal.com.br)

ENVIE A FOTO DE SEU ANIMALZINHO DE ESTIMAÇÃO PARA

diagrama@gazetadoriopardo.com.br

Qual é o Bicho ?

Pastor de Brie O Pastor de Brie ou Briard, como também é conhecido, é um dos cães mais populares na sua terra natal, a França. Não há certezas em relação à data de formação da raça, mas são muitos os que apontam para a Idade Média. Existem duas teorias relativas ao nome desta raça. Uma delas sugere que a raça foi desenvolvida na região de Brie, perto de Paris, e ficou conhecida como o pastor dessa região, Pastor de Brie. Contudo, parece pouco provável que a raça tenha aí as suas raízes. Outra teoria, ou se quisermos, lenda, sugere que o nome da raça venha do seu primeiro criador nos tempos da Idade Média: A u d r y d e M o n t d i d i e r. Este nobre terá sido assassinado em 1371, sendo que o seu cão, um Pastor de Brie, foi a única testemunha do

crime. Diz a lenda que o Briard seguiu o assassino para onde quer que ele fosse e eventualmente o Rei acabou por ordenar um duelo entre o homem e o cão, o que não era tão raro naquela época. Na Ilha de Notre Dame, está escrito que nesse ano deu-se um duelo entre um homem e um cão e que o cão ganhou. O cão pode facilmente ter passado a ser identificado como pastor d ’ A u b r y, q u e c o m o passar do tempo se transformou em Pastor de Brie. Lendas à parte, aquilo que se sabe do Briard é que é um excelente cão de pastor e também cão de guarda. Entre os seus antecessores, pensase que estejam o Beauceron e o Barbet. O primeiro estalão da rala foi publicado em

F ra n ç a e m 1 8 9 7, p o r um grupo de entusiastas de cães de pastor. O Pastor de Brie é um cão vivo que adora pastorear e brincar com a família. É extremamente protector, o que implica que tenha de ser bem socializado com outras pessoas e animais. São uma ótima companhia com crianças, por serem extremamente gentis, contudo, devido ao seu porte, as brincadeiras podem-se tornar demasiado brutas. O Pastor de Brie é um cão independente. Inteligente, a boa memória que possui facilita o treino. Contudo, este pastor não é indicado para donos inexperientes. O Briard necessita de um líder que o treine convenientemente e lhe dê um trabalho para des e m p e n h a r. Fonte: www.petzoo.vet.br


23 de outubro de 2010 - C-7

Fonte: Terra Esotérico

Bolinhos de aveia, uva-passa e amêndoa ½ xícara (chá) de açúcar; 1 colher (chá) de essência de baunilha; 2 ovos; 10 colheres (sopa) de azeite de oliva; 4 colheres (sopa) de creme de leite; 4 colheres (sopa) de farinha de trigo; 250 g de aveia em flocos; 1 colher (chá) de fermento em pó; 1 colher (chá) de cardamomo triturado; 100 g de amêndoas em lascas; 5 colheres (sopa) de uvas-passas sem sementes; canela em pó. Modo de fazer 1-Em uma tigela, coloque 9 colheres (sopa) de azeite, o açúcar, a essência de baunilha, os ovos e o creme de leite. Bata na batedeira por 5 minutos. 2-Após bater na velocidade máxima, junte a aveia, o fermento, a farinha, as amêndoas, as sementes de cardamomo e as uvas-passas. 3-Com uma colher de pau ou de silicone, mexa os ingredientes delicadamente, até que a massa fique mais consistente. 4-Cubra a tigela com filme plástico e deixe a massa descansar na geladeira por 30 minutos. Preaqueça o

Use sua criatividade no emprego e conseguirá transformar obstáculos em uma grande vitória! Deixe suas conveniências de lado. O desejo de compartilhar sua vida amorosa deve aumentar. Quanto mais você conhecer a si e as pessoas com quem se relaciona, maior será sua segurança e satisfação. Boas conquistas no trabalho, mas é preciso parar de adiar e tentar resolver os problemas pela raiz. Talvez queira ficar na sua e pensar na vida. Não insista num romance que está ruim. Certos assuntos não poderão esperar, aproveite as boas energias astrais e resolva todas as pendências. O céu estimula os laços de família e amizade, será fácil se entender com todos. Terá confiança para vencer os desafios e poderá ter uma vitória. No amor, o astral é dos mais felizes. Sabendo o que deseja e aonde quer chegar, a felicidade está garantida. Aprenda a dosar as coisas!

forno em temperatura média (180ºC). 5-Com o azeite de oliva restante, unte uma assadeira grande e distribua a massa com a ajuda de

uma colher, formando 20 montinhos. 6-Depois de assar por 20 minutos, retire do forno, coloque em um prato e polvilhe com canela em pó.

Ana Paula Arósio deixa novela

Record prepara cobertura do Pan

A Record pretende fazer uma grande cobertura dos Jogos Pan-Americanos em sua emissora principal e na Record News. Para isso, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a emissora estuda a possibilidade de enviar uma comitiva de 200 profissionais para a cobertura da competição, que será realizada em Guadalajara, no México, em 2011. Ao todo, serão 110 profissionais da equipe técnica, além de 90 jornalistas. Mais uma vez, a transmissão deverá ser ancorada por Mylena Ciribelli. Até o momento, a Record é a única emissora que detém os direitos da competição em todas as plataformas. Entretanto, a rede está em negociações avançadas com a direção da Globosat para repassar os direitos de transmissão do evento na TV paga para o SporTV. SBT abre o Teleton 2010

Os apresentadores Hebe Camargo, Ratinho e Celso Portiolli participaram na segunda (18) da coletiva para abrir oficialmente a décima terceira edição do “Teleton”, que acontecerá entre os dias 5 e 6 de novembro. A abertura da maratona, que acontecerá a partir das 22h30 de sexta-feira (5), será feita por Silvio Santos, Hebe Camargo e a cantora Claudia Leitte. Além deles, mais de 70 artistas se revezarão no palco durante os dois dias, entre eles Daniel, Eliana, Ivete Sangalo, Bruno e Marrone, César Menotti e Fabiano e Banda Cine. A novidade é que alguns cantores também serão apresentadores, como será o caso da dupla Victor e Léo. A meta de arrecadação deste ano é de 20 milhões de reais.

A cúpula da Globo surpreendeu o público na última semana, ao anunciar o desligamento de Ana Paula Arósio da novela “Insensato coração”. Segundo os sites de celebridades, a atriz se ausentou das gravações do folhetim na última quarta (13), em Florianópolis.A assessoria da atriz diz que Ana Paula teria desistido de protagonizar a novela por causa das características de sua personagem. A morena alegou que Marina, uma designer famosa, não tinha nada a ver com ela. A informação teria sido passada à cúpula da Globo através de um telefonema da secretária da atriz. O caso desagradou a direção da Globo, segundo a qual, seus profissionais são contratados e precisam mostrar produtividade. Com a saída de Ana Paula Arósio, Paola Oliveira foi chamada para fazer a novela. Fábio Jr. e Fiuk em “Tal Pai, Tal Filho”

A Globo já definiu os detalhes do especial de fim de ano protagonizado pelo cantor Fábio Jr. e seu filho Fiuk. De acordo com a jornalista Keila Jimenez, o projeto, que corria sob sigilo na emissora, será uma espécie de série-reality, e mostrará a vida de um cantor famoso, que é pai solteiro de um rapaz aspirante a músico, assim como na vida real. “Vamos tentar preservar ao máximo a relação que eles têm no cotidiano, até as brigas. Só não é reality porque não colocamos câmeras na casa deles, e a trama é ficcional”, explica o diretor da atração, Mário Márcio Bandarra. A Globo ainda avalia a possibilidade do especial ser transformado em uma série com vários episódios em 2011. “Tal Pai, Tal Filho” começa a ser gravado no mês de novembro e está previsto para ir ao ar no dia 28 de novembro, às 22h15.

PENSAMENTOS DE PAULO COELHO

Imitando o mestre Um discípulo que amava e admirava seu mestre, resolveu observá-lo em todos os detalhes, acreditando que – ao fazer o que ele fazia, iria também adquirir sua sabedoria. O mestre só usava roupas brancas, e o discípulo

passou a vestir-se da mesma maneira. O mestre era vegetariano, e o discípulo deixou de comer qualquer tipo de carne, substituindo sua alimentação por ervas. O mestre era um homem austero, e o discípulo resolveu dedicar-se ao sacrifício, passando a dormir numa cama de palha. Passado algum tempo, o mestre notou a mudança

Siga sua intuição ao tomar decisões importantes. É hora de avaliar o que realmente importa e se desapegar do que não te faz feliz. O desejo de ficar juntinho de quem ama deve aumentar. Procure aprender com cada experiência e entender as lições por trás dos fatos do dia a dia.

de comportamento do seu discípulo, e foi ver o que estava acontecendo. - Estou subindo os degraus de iniciação – foi a resposta. – O branco de minha roupa mostra a simplicidade da busca, a alimentação vegetariana purifica o meu corpo, e a falta de conforto faz com que eu pense apenas nas coisas espirituais. Sorrindo, o mestre o le-

vou até um campo onde um cavalo pastava. - Você passou este tempo olhando apenas para fora, quando isso é o que menos importa – disse. – Está vendo aquele animal ali? Ele tem a pele branca, come apenas ervas, e dorme num celeiro com palha do chão. Você acha que ele tem cara de santo, ou chegará algum dia a ser um verdadeiro mestre?

Mostre atitude: tudo que começar agora trará bons resultados. Tente conciliar amor e vida social. É importante reservar um tempo para sair, encontrar pessoas, espairecer e se divertir. Pessoas especiais estarão ao seu lado quando precisar delas, mas é importante que abra mais seu coração. Estará impulsivo (a). Tudo o que conseguir será fruto de seu empenho. Mudanças na vida afetiva: o diálogo será seu aliado no convívio com quem ama, mas a teimosia pode pôr tudo a perder! Tenha bons pensamentos, pois o astral interfere nos resultados da nossa vida e tudo pode melhorar. Imprevistos podem ocorrer e mudar sua rotina. É hora de avaliar o que é realmente importante. Batalhe pelo que quer. Insegurança sem motivo pode incomodar: não deixe o amor de lado, ok? Será preciso distinguir o que é sorte do que é ilusão. Não perca boas chances por ficar pensando demais. Ótimo pique para o trabalho. Terá êxito em atividades dinâmicas, conte com sua intuição e solidariedade. No romance, estará mais impulsivo (a): cuidado! Busque mais privacidade. Deverá saber em quem confiar. Não se desvie do seu caminho e nem abandone seus princípios e valores. O desejo de estar cercado (a) de gente vai favorecer o trabalho e os assuntos afetivos. Saiba conciliar emprego e prazer. Um ar de mistério fará sucesso na paquera. Aposte na discrição. Poucos conhecem sua força e coragem, portanto, aja com mais determinação e transformará a sua vida. Boa fase para buscar suas metas. O Sol favorece as relações sociais e aumenta sua popularidade. Viva intensamente as emoções. Abuse do seu charme e poderá conquistar quem deseja. Terá que aprender a se centrar e voltar-se mais para si, dessa forma os contratempos não o (a) afetarão. Poderá se destacar na carreira, mas não deixe os interesses afetivos de lado. Boa fase para viajar e abrir horizontes. A família vai apoiar seu crescimento. No amor, sintonia perfeita! Nesta fase, é preciso aprender a dizer não para conseguir se sair bem em tudo sem se sobrecarregar. Que tal interagir mais com quem estima? Abra seu coração e diga o que sente. Conte com sua intuição. Na união, sua generosidade está maior e fará tudo para agradar o par. Corte gastos. Não abuse da sorte! Nada de bom acontece se não fizermos nossa parte, por melhores que sejam as energias.

Hoje - Conceição Aparecida Tempesta Feltran, Antônio Carlos Cremasco, Valci Dias Batista, Paulo Sérgio Pereira, Bruno Borges Pizani, Aroldo Mazzotti, Marielle Cristina Rioli, Kátia Rondinelli Rodrigues, Caio César Frozoni, Allan Miyazawa, Eduardo Henrique Blaschi Escoqui, Tânia Aparecida da Silva Callegari, Marcela Vieira Ferreira. AMANHÃ - Roberto Carlos Garçon, Catarina da Costa Moreira, Mário Aparecido Barbosa, Maria Esther Cassucci Vieira, Rosana L. Sernáglia, Odete Simara de Brito, Nelson Tadeu Danilo Spalato, Edvaldo Veríssimo, Rodrigo Scali Rippi, Judite Frozoni Antum. DIA 25 - Eduardo Ferreira dos Santos Neto, João Batista Dessimoni, Diego Pizani Baldassim, Ramisa Jorge, Guilherme Felice Garcia, Leila Scali G. Abichabki. DIA 26 - Guido Corsini Neto, José Gonçalves dos Santos, Neuza Giordan Pi-

ovezan, Cecília Helena Dias Yasbeck, Divina Yolanda Rios Zuliani, Aurora Martinês Corrêa, Celso Donizete de Araújo. DIA 27 - Leila Donizeti Ribeiro Vasconcellos, Marcos Cagnoni Junqueira, Nilza Capello Xavier, Celso Donizete de Araújo. DIA 28 - Márcio Antônio Buosi Gomes, Marcela José Quaio, Márcio Salvadori D. dos Santos, Magali Feliciano Baldassim, Robinson Dassan Rosa, Aparecida Rueda Garçon, Fernando Remberg, Elaine Cristina Braga, Sara Nahime Andrioli, Rita de Cássia Silva Biajotti, Gabriela Cassucci Boaro, Marina Maida Paduelli. Dia 29 - Renato Thadeu Farah Ortega, Maria Alice Ferreira da Silva Dias, Sônia Emília Amato Angelini, Flávien Ricardo Feltran, Anderson Réder Viana, Ariane Maria Lúcio do Prado, Luiz Carlos da Silva, Leandro Rosa Silva, Ana Maria Barbosa Zanetti, Lucas Augusto de Morais.

Para acrescentar ou retirar nomes nesta lista, ligue para

3608-5655 ou mande e-mail para redacao@gazetadoriopardo.com.br


C-8 - 23 de outubro de 2010

BÍBLIA

Ego, a fonte do primeiro pecado Gn 2:9,16,17: “E o Senhor Deus fez brotar da terra toda qualidade de árvores agradáveis à vista e boas para comida, bem como a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal. (…) Ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda árvore do jardim podes comer livremente; mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás”-“Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? Respondeu a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais. Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal. Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu. Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; pelo que

coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais. E, ouvindo a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim à tardinha, esconderam-se o homem e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim” (3:1-8). Nesta semana trataremos de como o primeiro homem pecou pois, como ele, assim serão todos os pecados depois dele. O pecado que Adão cometeu é o mesmo que todos nós cometemos. Conhecendo o primeiro pecado, compreenderemos todos os pecados do mundo. Em todo pecado podemos ver o “ego” em operação pois todos os pensamentos e ações que constituem pecado estão relacionados com o “ego”. Embora haja excesso de pecados no mundo, o princípio de cada um deles é o mesmo – é tudo o que satisfaz o ego. Que é orgulho? Não é uma exaltação do ego? Que é ciúme? Não é o temor de ser suplantado? Que é a ambição ou jactância? Nada mais é que a luta para ser melhor do que os outros. Que é a raiva? É a reação contra a perda sofrida pelo ego. Que é o adultério? É seguir as paixões e lascívias do ego. Não é a covardia o cuidado que se dá à fraqueza do ego? É impossível citar todos os pecados, mas se examinássemos um por um veríamos que o princípio de todos eles é o mesmo: algo que de alguma maneira se relaciona com o ego. Onde quer que se encontre pecado, aí também estará o

ego. E onde quer que o ego for ativo, ali também haverá pecado à vista de Deus. Por outro lado, ao examinarmos o fruto do Espírito Santo – que representa o testemunho cristão – facilmente veremos o oposto: nada mais é do que atos desprendidos do ego. Que é amor? Amor é apreciar os outros sem pensar no ego. Que é alegria? É olhar para Deus a despeito do ego. Paciência é desprezar nossa própria dificuldade. Paz é deixar a perda de lado. Gentileza é não prestar atenção a nossos próprios direitos. Humildade é esquecer-se dos méritos próprios. Temperança é o ser sob controle. Fidelidade é domínio-próprio. Ao examinarmos todas as virtudes cristãs, discerniremos que a não ser pela libertação do ego ou do seu esquecimento, o crente não possui outra virtude. O fruto do Espírito Santo é determinado por um único princípio: a perda total do ego. Mencionei somente algumas virtudes e alguns pecados; mas acho que são suficientes para provar que pecado é seguir o ego, ao passo que virtude é esquecer-se do ego. (Continua) Mensagem de W.Nee, Editora dos Clássicos. Reuniões da Igreja em S.J.R.Pardo: terças às 20 horas, sábados e domingos às 19 horas. Rua Dr. João Gabriel Ribeiro, 123, ao lado da Rami Calçados.

NEURÓTICOS ANÔNIMOS N/A São José do Rio Pardo

NA

Quem é a pessoa mais importante de sua vida? Uma vez me deparei com uma pergunta num texto que questionava o seguinte: “Quem é a pessoa mais importante da sua vida?” e o comentário dizia que a maioria das pessoas responde: “Minha filha, minha mãe, meu marido...” E que o certo (se é que podemos falar em certo e errado) seria dizer: “A pessoa mais importante da minha vida, sou eu!” Isso me levou a refletir sobre a importância, ou melhor, a falta de importância que sempre dei à minha pessoa, a minha vida inteira. Sempre coloquei nas mãos dos outros a minha felicidade, o meu humor, minhas decisões, meus desejos, gostos... minha vida. Usei todos os tipos de máscaras para ser aceita, que chegou um momento onde eu já não sa-

bia mais quem eu era, quem sou... não sei o que gosto, o que me faz feliz e quais meus objetivos! Precisava agradar a todo custo e dizia muitos SIM e lugar de NÃO. Violentavame, sem perceber. Foi com muito sofrimento que descobri tudo isso, porque, afinal, não se pode viver sem uma identidade. E uma hora, o desgosto pela vida tomou conta de mim de um jeito que já não estava satisfeita em lugar nenhum, no trabalho, no país, comigo. E pior, não sabia também o que queria e o que me faria feliz. Senti-me perdida e o desespero e o pânico tomaram conta de mim. Vivi momentos de medo, angústia, solidão nunca antes imaginados. Tudo isso porque não vivia a minha vida, mas a do outro. E como custei para entender isso. E não consegui levantar

sozinha. Não tinha forças para isso. Foi quando conheci a programação do N/A e assumi, de cara, a minha impotência perante a doença emocional. Não foi difícil. Comecei a fazer o exercício da descoberta e, agora, ando na busca de mim mesma, de uma identidade, de responder as minhas respostas, de expressar o meu real sentimento sem me importar com a interferência externa, com a opinião dos outros. Ando em busca de meus gostos e até mesmo de um objetivo. Procuro levar a vida um dia de cada vez nesse exercício de autoconhecimento e da autossinceridade. Porque se Eu não for a pessoa mais importante da minha vida hojr, ninguém será.

Reuniões: Segundas-feiras: 19h30 na Matriz, Terças-feiras: 19h30 no Cassucci

JANICE VILA VELHA (ES)

Missão e Partilha Hoje eu quis colocar aqui o editorial da revista Mundo e Missão, outubro/ 2010. Gostei das colocações sobre este mês. Mas quero lembrar também que o nosso segundo turno está chegando; é uma oportunidade importante de nos manifestarmos a favor da vida, dos valores cristãos, de fazer bem feita a nossa parte. Intensifiquemos nossas orações pelo Brasil “com súplicas e ações de graças”.

A Igreja Católica no Brasil planejou um “tríptico pastoral” interessante que envolve os meses de agosto, setembro e outubro, segundo uma dinâmica pastoral-catequética muito eficaz. Agosto, mês Vocacional; setembro, mês da Palavra; outubro, mês Missionário. Deus nos convoca (agosto), através da sua Palavra (setembro), para uma missão (outubro).

Este mês é particularmente querido à nossa revista Mundo e Missão por ser, não apenas dedicado às crianças, aos professores, ao rosário, mas, sobretudo, às missões. É uma ocasião única para – usando as palavras de Bento 16, na sua mensagem para o Dia Mundial das Missões deste ano – “renovar o compromisso de anunciar o evangelho e dar às atividades pastorais um ímpeto missionário mais amplo”. Renovar o compromisso de anunciar o evangelho, portanto, aqui e além-fronteiras, “numa sociedade multiétnica, na qual os cristãos devem aprender a oferecer sinais de esperança e se tornar irmãos universais, (...) para fazer com que o planeta seja a casa de todos os povos”. (...) A Campanha missionária de outubro, promovida pelas Pontifícias Obras Missionárias, tem como lema: Missão e partilha. O me-

lhor que temos para partilhar é o dom da fé recebido pelo anúncio missionário em nosso continente. É a missão continental, isto é: de todo o continente para a humanidade toda. Então, anúncio sim, no coração de cada pessoa, povo, cultura, raça, nacionalidade, em todas as latitudes, através do testemunho, para fazer do planeta “a casa de todos os povos”. Intenção missionária Mensagem de Bento 16 A fim de que a celebração do Dia Mundial das Missões seja ocasião para compreender que a tarefa de anunciar Cristo é um serviço necessário e irrenunciável que a Igreja é chamada a desenvolver em favor da humanidade. A coleta de todas as Missas deste final de semana reverterá em benefício das obras missionárias da Igreja. Colaboremos com generosidade.

Al-Anon e Alateen para familiares e amigos de alcoólicos Numa reunião de AlAnon vários membros compartilham sobre a mudança de suas atitudes depois que ingressaram no programa Al-Anon. Nos Grupos Al-Anon e Alaten existe compreensão. As pessoas usam o primeiro nome e são avisadas para não divulgar quem elas vêem ou as histórias pessoais que elas ouvem numa reunião. Os recém chegados no programa ficam aliviados ao saber que existe um lugar para compartilhar

sem medo de serem julgados. O Al-Anon/Alateen é uma associação mundial de homens, mulheres e adolescentes que tem amigos ou familiares com um problema de bebida. Os membros se reúnem regularmente para compartilhar sua experiência, força e esperança ao lidar com frustações e sentimentos de desamparo causados pela doença do alcoolismo. Os membros do Al-Anon vivem vidas significativas

e satisfatórias, ajudando a si mesmo com a ajuda do Al-Anon. Se você está preocupado com a maneira de beber de alguém, entre em contato com o Al-Anon. Grupo Esperança – terça-feira – às 20 horas – Igreja Matriz São José – Salão Ou telefone para Serviço de Informação Paulista Al-Anon – 0xx11 32272699,ou acesse o site WWW.al-anon.org.br São José do Rio Pardo SP

COLUNA ESPÍRITA

A EUTANÁSIA NA VISÃO ESPÍRITA Tema de frequente discussão, por uns defendida, por outros condenada, a eutanásia, ou “sistema que procura dar morte sem sofrimento a um doente incurável”, cria conflitos, gerando debates e complexos estudos. Recorremos ao Evangelho Segundo o Espiritismo e no cap. V, a pergunta do item 28 é a seguinte: Um homem agoniza, presa de cruéis sofrimentos. Sabe-se que o seu estado é sem esperanças. É permitido poupar-lhe alguns instantes de agonia, abreviando-lhe o fim? São Luís responde: “Mas quem vos daria o direito de prejulgar os desígnios de Deus? Não pode ele conduzir um homem até a beira da sepultura, para em seguida retirá-lo, com o fim de fazê-lo examinar-se a si mesmo e modificar-lhe os pensamentos? A que extremos tenha chegado um moribundo, ninguém pode dizer com certeza que soou a sua hora final. A Ciência, por acaso, nunca se enganou nas suas previ-

sões? “Bem sei que há casos que se podem considerar, com razão, como desesperados. Mas se não há nenhuma esperança possível de um retorno definitivo à vida e à saúde, não há também inúmeros exemplos de que, no momento do último suspiro, o doente se reanima e recobra suas faculdades por alguns instantes? Pois bem: essa hora de graça que lhe é concedida, pode ser para ele da maior importância, pois ignorais as reflexões que o seu Espírito poderia ter feito nas convulsões da agonia, e quantos tormentos podem ser poupados por um súbito clarão de arrependimento.” (...) Paga-se muito caro, às vezes, pela falta de confiança e fé numa força superior. É o que aconteceu com um famoso médico francês. Eis o fato: Adoece, de uma feita, a vários quilômetros de Paris, formosa criança. Seu pai, médico, desvela-se em cuidados. Era, porém, temerosa a moléstia, difteria. O pai valeu-se de tudo

que possível para salvar a filha. Vieram os fenômenos de asfixia. A coloração azulada da face era, então, o sinal precursor da morte! Consultara, em desespero de causa, os colegas de Paris. Nenhuma resposta. Doía-lhe ao infinito, o espetáculo da ansiedade sem cura da pobrezinha. Pensa nesse instante, em abreviar o desfecho. Injeção de ópio muito forte que aliviasse tudo... Pensou e fez! Não falhou o tóxico. Vê, cedo, a serenidade definitiva. Depois, o enterro, a volta do cemitério, o pranto, a saudade imensa e a sensação de um cruel dever cumprido... E quando, de súbito, lhe anunciaram um telegrama que dizia: Roux acaba de descobrir o soro antidiftérico, aplicando-o com êxito. Aguarde remessa... O exemplo é de uma realidade flagrante... Este fato está relatado na obra “Da Eutanásia”, de autoria de Pedro S. Correia. ELIZABETH R. G. DAUD


Gazeta Rio Pardo 2515