Issuu on Google+

São José do Rio Pardo

16 de outubro de 2010

Ano 102

R$ 2,00

2.514

Município dispensa secretários DIVULGAÇÃO: CBCa REPORTAGEM

Por todos os lados Com serviços inacabados ou obras por fazer, as ruas de São José foram ocupadas pelos cavaletes. No centro da cidade e nos bairros, os obstáculos requerem atenção dos motoristas. Página A-16

Começa o período de contratações temporárias

Está aberto o período de contratações para as vagas temporárias de emprego. Em São José do Rio Pardo o comércio deve

oferecer a maior parte das oportunidades de empregos aproveitando a demanda gerada pelo final de ano. Página A-4

Campeões internacionais

Na primeira competição internacional de que participam, os canoístas do Projeto Shalom/Instituto Prefeito Lupércio Torres, Alan Pasin Estevão e Wellington Munhoz, conquistaram medalha de ouro na categoria C2 sênior, do Campeonato Sul Americano de Canoagem Shalom. Esportes

A Prefeitura de São José do Rio Pardo deu início nesta semana a mais uma etapa do rearranjo administrativo, na tentativa de recuperar o prestígio da atual gestão. Nesta sextafeira (15), foram exonerados três secretários: Antonio Celso Cardoso Filho (Gestão), Agostinho Antonio Ferreira (Agricultura e Meio Ambiente) e Luís Carlos Caruso (Educação). Além deles, também do primeiro escalão do governo municipal, foi exonerado o diretor administrativo Samuel Nahime Andreoli. Em pouco mais de 20 meses de administração, já são seis os secretários exonerados. Página A-5

Futuro do polo de música volta a ser discutido Página A-9


A-2 - 16 de outubro de 2010

Instituições manchadas

A situação de desconfiança que se abate sobre São José do Rio Pardo, por conta dos descompassos da administração municipal, é um retrocesso. A cidade levou quase uma década lutando para se reerguer de uma sucessão de erros administrativos, e conseguiu, graças ao empenho e competência de gente responsável e séria no trato da coisa pública. Uma conquista que deixou o município em condições de atender plenamente aos anseios da população no tocante ao desenvolvimento e qualidade de vida. Mas bastou a troca de comando na Prefeitura, em 2009, para que São José do Rio Pardo voltasse à estaca zero. Por estes viéis da má política, o município foi novamente afundado num mar de intranqüilidade e insatisfação, que mexe com boa parte da população, funcionários públicos, fornecedores, empresas e agentes políticos. Há muito que Gazeta do Rio Pardo chama a atenção para a possibilidade deste quadro de instabilidade tomar conta da cidade. Por tudo o que se viu, por tudo o que foi mal feito, era óbvio que mais cedo ou mais tarde o pior pudesse acontecer. Infelizmente, nem toda a imprensa local chamou a atenção para isso, preferindo considerar que tudo era fruto de oposição política, mas o que se fez então foi somente alertar. Um alerta no qual a própria administração não quis acreditar. Em quase 20 meses, coube a Gazeta do Rio Pardo destacar rotineiramente o perigo que se confirmou, ou seja, a Prefeitura quebrou. Como se tem demonstrado, a administração errou nas coisas mais simples e nas mais complexas, mas relutou em admitir e insistiu no erro. As tentativas de correção, até agora, se mostram paliativas e todos garantem que o estrago já está feito. Em momentos assim, surgem perguntas como: “o que fazer?, a quem se pode cobrar?” e, se “há pessoas na administração em condições de corrigir a catástrofe?” E, analisando o passado da campanha eleitoral que, em 2008, vitoriosamente levou ao poder o atual prefeito, é hora de dizer que tais questões precisam ser respondidas também pelas muitas entidades que colaboraram com a promessa ilusória do palanque, destacando-se a Maçonaria, a Igreja Católica, a Associação Comercial e Industrial – ACI e a subsecção local da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB. Estas deveriam se manifestar pois,

com a credibilidade que têm, subscreveram as promessas de uma cidade melhor, na campanha de 2008. A Maçonaria do Brasil - que internamente desencadeou uma luta pelo combate à corrupção nos poderes, pela transparência nas ações que resultem no bem comum, parece ter esquecido de cobrar, por aqui, mais seriedade no trato da coisa pública, já que quem está à frente da Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo carrega consigo os títulos da Maçonaria local, onde foi líder. Além disso, tem como companheiros de equipe outros tantos membros da mesma organização. É bom que se diga: a Maçonaria do Brasil tem um histórico sólido, construído por grandes líderes que têm seus nomes com elevado destaque no contexto político nacional. Haveria uma lista de incontáveis personalidades que levaram ao poder, com respeito e seriedade, as insígnias da Maçonaria do Brasil. Num passado recente, podemos citar exemplos como Mário Covas; num passado distante, figuram nomes como Bento Gonçalves, Campos Salles, Deodoro da Fonseca, Duque de Caxias, Francisco Glicério, Rui Barbosa, Benjamim Constant, Teotônio Vilella, Júlio Mesquita, entre muitos outros. Uns até controversos, porém, com o mesmo valor histórico de serviços prestados à política brasileira, à população, às instituições, aonde chegaram como representantes da Maçonaria. É fato: alguns que não obtiveram sucesso pleno, diante das dificuldades e de momentos conturbados, foram humildes em admitir suas incapacidades, mas honraram o papel de representantes da grande instituição de passado milenar. Nesta pequena, humilde e ainda amistosa São José do Rio Pardo, a Maçonaria se faz mal representada por um cidadão que se deixou levar pelo orgulho do poder e praticamente faliu a cidade em pouco mais de 20 meses no seu comando, auxiliado por companheiros originários da mesma instituição. No outro vértice, outra instituição também milenar de grande respeito, com a mesma participação na eleição do atual prefeito, é a Igreja Católica Apostólica Romana. Se não vejamos, o vice-prefeito de São José do Rio Pardo ganhou apoio popular na corrida eleitoral passada, não por outro motivo, senão pelo fato de ser pessoa profundamente ligada à Igreja. Aliás, não precisa dizer muito, apenas lembrar que um dos homens nomeados para compor a equipe do atual governo municipal, era padre,

que ao comparecer para o ato de posse do prefeito, na noite de 1º de janeiro de 2009, fez-se anunciar pelo protocolo da Câmara Municipal como “representante do Vaticano”. Portanto, a Igreja tem, também, a sua parcela de responsabilidade na indicação do nome que ora ocupa o comando maior da cidade, no número 1, da Praça dos Três Poderes. A Igreja, que travou uma verdadeira cruzada em nome da aprovação de leis severas contra maus políticos - a Lei da Ficha Limpa, evitando que homens com passado de maus serviços prestados à sociedade e crimes cometidos contra o erário pudessem ser candidatos a cargos públicos eletivos por aqui, peca pelo silêncio. Se na campanha eleitoral houve quem pregasse sermão contra este ou aquele candidato, enaltecendo a proximidade de outros com a igreja, hoje, nada se diz sobre a falência do município, a precariedade em que se encontram instituições de assistência social, a perseguição a funcionários, os casos de racismo, isto, para dizer pouco. Também nunca foi surpresa o apoio da Associação Comercial e Industrial de São José do Rio Pardo à candidatura do atual prefeito, bem como, mais recentemente, a tentativa da entidade em promover as ações da administração municipal. Da OAB, não se poderia esperar apoio contrário, afinal, antes de ser candidato, o atual prefeito é, por profissão, advogado. Assim, estas instituições têm o dever de cobrar, daquele que ajudaram a eleger, que responda à sociedade para onde e como foram gastos milhões de reais que hoje fazem falta no atendimento da população, e a forma como isto compromete as promessas de campanha que elas – entidades – legitimaram no apoio à candidatura vitoriosa do atual prefeito. Mas o que precisa mesmo ser dito é qual será a contribuição destas instituições no processo de reerguer o município e dar a ele a credibilidade perdida. Comecemos, talvez, por um pedido conjunto: que estas instituições exijam responsabilidade, humildade e, porque não, a renúncia daquele que ajudaram a eleger, porque seus nomes também começam a ficar manchados pelo desastre que tomou conta da cidade e infelizmente tende a piorar.

Votações no Congresso, só depois do segundo turno Trabalho para valer, na Câmara dos Deputados e no Senado, somente depois do 2° turno, marcado para o próximo dia 31. Os deputados e senadores vão continuar em suas bases eleitorais batalhando para a eleição de seu candidato à Presidência da República e de governador

em nove estados. Na avaliação dos líderes de todos os partidos, só a partir de novembro haverá clima no Congresso para a votação dos projetos polêmicos que estão em pauta, como a reforma do Código Florestal e as propostas do marco regulatório do pré-sal. “É muito grande e ten-

sa a polarização eleitoral entre governo e oposição em torno da eleição presidencial, o que inviabiliza qualquer possibilidade de votação neste período do 2° turno”- destacam eles. As tribunas dos plenários da Câmara e do Senado vão ficar abertas de segunda a sex-

ta-feira, para pronunciamentos dos parlamentares, que não terão a obrigatoriedade de marcar presença. Registre-se ainda que a pauta da Câmara está bloqueada por nove medidas provisórias, sendo que algumas delas vão perder validade.

Supremo vai decidir Dilma Roussef e José Serra retornaram às ruas em busca de votos para tentarem suceder o presidente Lula no Palácio do Planalto, a partir de 1° de janeiro de 2011. O 2° turno das eleições para presidente e governadores de oito estados acontecerá no próximo dia 31, último domingo de outubro, portanto, daqui três semanas. Assim que saíram os resultados das eleições de domingo passado, tiveram início os conchavos políticos com vista as estratégias de campanha dos dois candidatos para o embate do segundo turno. Dilma e Serra, na mesma noite de domingo, telefonaram para Marina Silva, com o pretexto de cumprimentála pela inesperada votação de quase 20 milhões de votos, fato que provocou a re-

alização do 2° turno. Foi o início de tentativa de levá-la a apoiar um ou o outro candidato. No Palácio da Alvorada, o presidente Lula promoveu a partir de segunda-feira sucessivas reuniões com os integrantes da tropa de choque que vão sair à caça de votos para Dilma Roussef. Ele assumiu pessoalmente a tarefa de conduzir a candidata do PT à vitoria. Com governadores e senadores eleitos, Lula definiu as ações em favor de Dilma: a primeira delas é reanimar a militância e reverter a sangria de votos evangélicos e católicos ocorrida na reta final do primeiro turno. Dilma foi acusada de ser contra a vida e a favor do aborto e do casamento gay. Os tucanos também saíram à campo com o objetivo de aparar arestas e aglutinar forças

contra a máquina petista. Os lideres do PSDB, DEM e PPS estiveram reunidos em Belo Horizonte, Brasília e São Paulo. Decidiu-se por uma mudança radical na campanha, com a adoção do figurino e o discurso de José Serra mais ousados, e anúncio de medidas de impacto para mudar a vida do eleitor. A estratégia do 2° turno é de se bater no PT no que ele tem de pior, que é a corrupção. A campanha do tucano vai incorporar de vez o discurso religioso a respeito do aborto. O clima é de faca nos dentes para o combate corpo a corpo do 2° turno em busca da vitoria. Ficou evidenciado tanto no lado de Dilma como no de Serra é que a campanha do 2° turno será mais agressiva, com acusações mútuas e muita lavagem de roupas sujas. O pri-

meiro debate entre os dois candidatos vai ocorrer amanhã, domingo à noite, na TV Bandeirantes. O tempo de propaganda na televisão e rádio será igual para ambos candidatos, e teve inicio ontem. Ele está dividido em dois blocos de 20 minutos diários, de segundafeira a domingo, e irá até o dia 29. Os candidatos em 31 de outubro têm mais um motivo para se preocupar. O pleito vai acontecer num domingo seguido por dois feriados. Um deles é o Dia do Servidor, comemorado na segunda-feira, 1º de novembro. O segundo é o Dia de Finados, celebrado no dia 2, ou seja, terça-feira. Esse recesso prolongado pode esvaziar as cidades e aumentar o índice de abstenções nas urnas.

Greve da CEF termina Terminou na quinta-feira, dia 14, a greve da Caixa Econômica Federal. Os funcionários da agência local também aderiram ao movimento na sexta-feira, dia 4 de outubro. A lista Com a foice decepando cabeças no primeiro escalão da Prefeitura, dizem que o próximo a sair será o secretário de Obras, Marco Aurélio Feltran. Fontes informaram, na tarde desta sexta-feira, que sua exoneração está prevista para a próxima semana. O próximo Ainda nos bastidores da política, argumentam que o próximo a pedir para sair será o próprio prefeito. Fecha tudo Desafetos e perseguidos por alguns secretários exonerados recomendam: “troquem as fechaduras, as chaves e, se possível, as portas”. Como antes Com a saída dos secretários, pelo menos interinamente, ocupam postos chaves na administração pessoas que na administração anterior estiveram neles. Rompimento A saída do Secretário da Educação pode significar o rompimento entre a administração e o deputado estadual Jorge Caruso (PMDB), principal financiador da campanha de João Luís. Além disso, na eleição de 3 de outubro, ele recebeu por aqui menos votos do que era esperado e seus assessores atribuíram esta perda de votos à ligação com o prefeito. Convidado recusa Ronaldo Dal Fabro, um dos coordenadores da campanha do atual prefeito, foi convidado para assumir a Secretaria de Gestão. Disse, a uma fonte, por telefone, que recusou. Responsabilidade fiscal Segundo a Lei de Responsabilidade Fiscal, quando as administrações atingem o limite de gastos com folha de pagamento, precisa demitir funcionários, começando pelos cargos comissionados. Segundo turno O PSDB rio-pardense também está mobilizado na campanha para eleger José Serra no segundo turno. Nos próximos dias deve movimentar os militantes. Na região, as lideranças também estão engajadas. Neste sábado, 16, haverá reunião em São João da Boa Vista, com participação de prefeitos, vereadores, presidentes de partidos e demais agentes políticos. Dentre os presentes estarão também o deputado federal Silvio Torres e o coordenador da campanha de José Serra no estado, deputado estadual Sidney Beraldo. Caça aos culpados Enquanto militantes petistas perdem tempo distribuindo emails para atribuir aos militantes tucanos possíveis boatarias contra a candidata do Governo, avaliação feita pelas consultorias próximas a Lula, apontam que o caso Erenice foi o que contribuiu para a perda de votos no primeiro turno. O caso, amplamente noticiado na imprensa continua pesando, à medida em que é comparado ao mensalão por acontecer na mesma Casa Civil e muito perto de onde despacha o presidente. A própria candidata petista subestimou o episódio porque seria complicado para ela admitir que seu braço-direito é que havia protagonizado uma série de irregularidades, supostos atos de corrupção e montado uma rede de familiares e amigos em postos-chave para intermediação de negócios. Pesquisas As últimas pesquisas indicam uma queda na diferença entre a candidata petista Dilma Roussef e o candidato do PDSB José Serra. A diferença passou de 12 para 7 pontos percentuais, entre o final do primeiro turno e a primeira pesquisa do segundo turno. Em outras pesquisas, a diferença caiu para 6 e 4 pontos. Os institutos de pesquisa apontam o crescimento de José Serra e a queda da candidata Dilma. Segundo o Ibope, Dilma tem 49%; Serra, 43% (resultados divulgados em 13 de outubro); Para o Vox Populi: Dilma tem 48% e Serra, 40% (também divulgado em 13 de outubro). Na quinta-feira, 14, o CNT Sensus divulgou que há empate técnico entre os candidatos. Considerando os votos válidos (que excluem nulos e brancos), Dilma tem 52,3% contra 47,7% de Serra. Na noite desta sexta-feira (15) era esperada a divulgação de mais uma pesquisa do Datafolha. Na última que divulgou, em 9 de outubro, o instituto dava a Dilma 48% dos votos e a Serra, 41%. Meras especulações Nas últimas semanas a imprensa paulista tem feito bastantes especulações sobre a composição do próximo governo de Geraldo Alckmin. Assim, dá como certo alguns nomes para compor o secretariado, dentre os quais, o do deputado Silvio Torres. O PSDB tem afirmado que a prioridade neste momento não é escolher secretários para compor o governo, mas eleger José Serra no segundo turno da eleição para presidente. Só depois é que serão discutidos temas estaduais relativos às composições de governo.

GAZETA DO RIO PARDO é uma publicação semanal de GAZETA DO RIO PARDO LTDA, editada à Avenida Olinda Ralston, 411- Vila Formosa - Fone: (19) 36085655 - CEP 13.720-000 - São José do Rio Pardo - SP. Editor: Gilmar Ishikawa Redação: Eduardo Eron Diagramação: Marco Antônio Cassucci, Fagner Nasser. Departamento Comercial: Elisete Paduelli GAZETA na INTERNET: e-mail: redacao@gazetadoriopardo.com.br e-mail: publicidade@gazetadoriopardo.com.br e-mail: diagrama@gazetadoriopardo.com.br http://www.gazetadoriopardo.com.br Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal e são de responsabilidade de seus autores.


16 de outubro de 2010 - A-3

PSDB tem maioria dos votos em São José Partido confirma boa votação para todos os cargos da eleição em 3 de outubro O resultados das eleições de 3 de outubro confirmam a presença do eleitorado do PSDB em São José do Rio Pardo. Na votação para os cargos de deputado federal, senador, governador e presidente, os candidatos do partido tiveram larga vantagem sobre os demais. A exceção foi a votação para deputado estadual, embora o mais votado te-

nha sido do PSL, o segundo candidato mais votado foi do PSDB. Para o cargo de governador, Geraldo Alckmin manteve a aprovação popular, obtendo 64,97% dos votos, contra 26,21%, do segundo colocado, o petista Aloizio Mercadante. Na votação para presidente, a história se repetiu e o tucano José Serra recebeu

56,10% dos votos, contra 27,76% dados à petista Dilma Roussef. Para os cargos de senador, os preferidos do eleitorado local foram Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), com 37,76% dos votos e Romeu Tuma (PTB) com 18,32% dos votos. Confira nos quadros os números da votação para os cargos de governador, senador e presidente:

Beraldo comandará transição de Alckmin

O coordenador da campanha do governador eleito Geraldo Alckmin, deputado estadual Sidney Beraldo (PSDB), deve comandar a transição no Palácio dos Bandeirantes. Ele ficará encarregado de costurar as diretrizes da atual gestão às propostas de Alckmin para o Estado. Ex-secretário de Gestão no governo José Serra, Beraldo tem pela frente missão considerada tranqui-

la, livre de grandes percalços. O programa de governo alckmista, coordenado pelo deputado José Aníbal (PSDB), foi construído com base em informações do governo de São Paulo. O gabinete de transição ao qual o governador eleito tem direito, no entanto, ainda não foi constituído em favor da campanha de Serra para o segundo turno. A equipe da campanha, incluindo Beraldo, tra-

balha em agenda de viagens pelo presidenciável tucano. Até o fim da semana, Beraldo terá pela frente intenso roteiro pelo interior paulista, em que agradecerá os votos dados a Alckmin e pedirá apoio a Serra. Enquanto isso, conversas sobre a composição do novo secretariado continuam “congeladas”. Fonte: Jornal o Estado de São Paulo, 14/10/2010

PRESIDENTE Núm. 45 13 43 50 28 27 16 21 29

Candidato JOSÉ SERRA DILMA MARINA SILVA PLÍNIO LEVY FIDELIX EYMAEL ZÉ MARIA IVAN PINHEIRO RUI COSTA PIMENTA

PSDB - PTB / PPS / DEM / PMN / PSDB / PT do B PT - PRB/PDT/PT/PTN/PR/PSDC/PRTB/PRP/PC do B/PT do B PV PSOL PRTB PSDC PSTU PCB PCO

Votação 17.125 8.472 4.617 269 16 10 10 3 2

GOVERNADOR Núm. 45 13 11 40 43 29 16 21 50

Candidato GERALDO ALCKMIN ALOIZIO MERCADANTE CELSO RUSSOMANNO SKAF FABIO FELDMANN ANAI CAPRONI MANCHA IGOR GRABOIS PAULO BUFALO

Partidos PSDB - PMDB / PSC / PPS / DEM / PHS / PMN / PSDB PT - PRB/PDT/PT/PTN/PR/PSDC/PRTB/PRP/PC do B/PT do B PP - PP / PTC PSB - PSL / PSB PV PCO PSTU PCB PSOL

Votação 19.324 7.797 959 941 722 1 0 0 0

SENADOR Núm. 451 133 141 650 177 430 500 360 111 400 160 290 212 211 161

Candidato ALOYSIO NUNES MARTA SUPLICY ROMEU TUMA NETINHO MOACYR FRANCO RICARDO YOUNG MARCELO HENRIQUE CIRO DR. REDÓ SERPA ANA LUIZA AFONSO TEIXEIRA ERNESTO PICHLER MAZZEO DIRCEU TRAVESSO

Partidos PSDB - PMDB / PSC / PPS / DEM / PHS / PMN / PSDB PT - PRB/PDT/PT/PTN/PR/PSDC/PRTB/PRP/PC do B/PT do B PTB PT - PRB/PDT/PT/PTN/PR/PSDC/PRTB/PRP/PC do B/PT do B PSL - PSL / PSB PV PSOL PTC - PP / PTC PP - PP / PTC PSB - PSL / PSB PSTU PCO PCB PCB PSTU

Votação 18.829 6.770 9.132 5.967 4.456 3.892 208 192 157 153 90 13 0 0 0

Lições do primeiro turno GAUDÊNCIO TORQUATO Muito já se escreveu sobre o pensar do nosso povo. E sobre o caráter vago, fluido, indeterminado e misterioso dos habitantes deste pedaço dos Trópicos. Quando se espera que a resposta do homem das ruas a uma questão trivial seja um “sim”, o interlocutor se depara com um surpreendente “não”. Ou vice-versa. A troca de sinais e a recorrente falta de precisão nas afirmações – que embalam brasileiro no rótulo do “mais ou menos” – remetem para a antropológica análise de Darcy Ribeiro, ao lembrar que “essa massa de nativos, depois de viver por séculos sem consciência de si, afundada na ninguendade”, até hoje tenta consolidar a identidade étnico-nacional. E, na dura busca de seu destino, não se apega a nenhum passado. Arremata o celebrado autor de O Povo Brasileiro: “estamos abertos é para o futuro”. No meio das análises a respeito da disputa de 3 outubro, o ensinamento do espirituoso Darcy, que na década de 1990 animou o Senado Federal com sua perspicácia, parece muito oportuno. O povo mostrou, mais uma vez, que o dito pode ser desdito, que sinalizações nem sempre apontam para a direção correta e verdades não passam de mera fantasia. O que mais chamava a atenção era a previsibilidade do pleito. Esta característica ficou mais acentuada agora do que em 2006, quando o favorito Lula disputou o 2º turno com Alckmin. Há menos de um mês a previsão de vitória da candidata Rousseff se fazia praticamente unânime entre especialistas e institutos de pesquisa. O que teria ocorrido para desmanchar a certeza? Razões começam a ser apontadas, mas a hipótese do eleitorado querendo protelar o desfecho para rever os horizontes do futuro

parece razoável. A crença de que o eleitor não aceita “jogo de cartas marcadas” – na esteira da historinha de Garrincha sobre a necessidade de combinar a jogada com os russos – é reforçada quando se consideram pelo menos seis fatores: a despolitização; a agenda polêmica; a auto-suficiência dos dirigentes petistas; a marola verde; a opinião pública; e a abstenção. De início, vale lembrar que o processo eleitoral é um continuum de movimentos, mensagens e atitudes que se conjuminam para formar um discurso captado pelos conjuntos eleitorais sob duas maneiras: a primeira é a estética da campanha, abrigando cores, símbolos, cenas da paisagem e comportamentos dos candidatos; a outra comporta as falas dos contendores. Vamos lá. Alguém sabe, nesse momento, distinguir propostas dos candidatos a não ser vagas lembranças sobre saúde, educação, transportes, segurança etc? Os mosaicos dos programas eleitorais dificultaram a percepção de diferenças. Debates monótonos e de pouca audiência foram avaliados a partir da performance de cada um. Identidades individuais sobrepujaram ideias. As mãos de Serra, batendo contra o peito, em reforço ao discurso do “eu, eu, eu vou fazer isso e aquilo”, ganharam tanta evidência quanto a dor nas pernas que afetou a locomoção da ex-ministra Dilma. No campo das ideias, o realce foi para a questão do aborto, sobre a qual se desfechou um ataque viral nas redes sociais envolvendo a candidata governista. O tema da defesa da vida foi o que mais sensibilizou famílias e credos. Estabelecer nexo entre candidatos e valores, sob o argumento de que defendem posições contra o ser humano ou ferem tradições sagradas do povo, tem sido estratégia eficaz do marketing político. Ao longo dos anos, o PT recorreu à pau-

tas polêmicas. E quando procura desfazer o elo que o conecta a conceitos que sofrem forte rejeição, acaba não alcançando bons resultados. Por isso, continua a trilhar na corda bamba, apesar de continuar a amealhar votos que o deixam no primeiro lugar do ranking. A auto-suficiência petista atingiu o clímax. Nunca se exibiu tanta onipotência em campanha quanto neste primeiro turno. Era de se esperar, portanto, que aglomerados urbanos, de voto racional, insatisfeitos com as bandas em litígio e atingidas por águas sujas (affaire Erenice), embarcassem na canoa verde, conferindo a Marina Silva o trono ético que aglutinou cerca de 20 milhões de votos. Nesse ponto, convém destacar o efeito da pedra jogada no meio do lago. Ondas foram se formando até às margens sociais, o que explica o engajamento de parcelas da emergente classe C na corrente de Marina. Tal fenômeno se tornou possível graças à ressonância da mídia. Os balões da opinião pública foram inflados e, mais uma vez, a tese de Lula – “nós não precisamos de formadores de opinião, porque nós somos a opinião pública”- foi desconstruída. O último curto-circuito foi a alta abstenção no Nordeste, onde o voto dilmista é denso. Atropelados por informações desencontradas (2 documentos, 1 documento) e com receio de errar o voto em seis candidatos, 24 milhões de eleitores preferiram não arriscar, contribuindo para levar o pleito ao 2º turno. E assim, as lições do primeiro turno ensinam que, na história do voto, não há fonte mais poderosa que o povo.

— *Gaudêncio Torquato, jornalista, é professor titular da USP e consultor político e de comunicação.


A-4 - 16 de outubro de 2010

Começam as contratações temporárias Com a aproximação do final de ano, maioria das vagas oferecidas deve ser no comércio

Hospital recebe equipamentos para UTI A mesa administrativa da Santa Casa de São José do Rio Pardo recebeu, há poucos dias, a visita de Joe Hetherington. Atendendo a um pedido do Grupo de Ação Solidá-

ria (GAS) através do Rotary rio-pardense e do Rotary de Bristol (EUA), Joe conseguiu em 2009 a doação de dois equipamentos para o setor da UTI: um Inter 5 Plus Ven-

tilador Pulmonar e um Cardioversor Bifásico Básico. A direção do Hospital São Vicente enviou release aos jornais da cidade manifestando sua gratidão pelos aparelhos recebidos.

IZILDINHA CAMPOS

Está aberto o período de contratações para as vagas temporárias de emprego. Para alguns, é a primeira oportunidade no mercado e, para outros, a oportunidade de ser efetivado. Em São José do Rio Pardo o comércio deve oferecer a maior parte das oportunidades de empregos nesta época do ano. Lojas consultadas pela reportagem afirmam que os trabalhos de análises de currículos para contratos temporários já estão em andamento. Só nas lojas do Grupo Binga & Elvis, e Evolução, são cerca de 60 vagas, de acordo com informações dos gerentes. O empresário Paulo Viana confirma que muitos dos ocupantes das vagas tem-

porárias acabam se efetivando. “Se o vendedor demonstrar interesse por vendas e encaixar no perfil, acaba ficando e como funcionário fixo das lojas”, diz. Ainda segundo o empresário, o número de vagas para este ano pode ser até 20% maior em relação ao ano passado. A gerente da loja Evolução, Keity Benassi, também informa que nessa época do ano o grupo costuma aumentar seu quadro de funcionários, em decorrência da demanda de final de ano. Ela observa ainda que ao término do contrato temporário, alguma vendedora sempre acaba contratada em definitivo. Vagas no PAT O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) tam-

bém tem oportunidades para quem quer ingressar no mercado de trabalho neste final de ano. Segundo as informações do órgão, há 8 vagas para emprego temporário. Para empregos fixos, há disponíveis cerca de 60 vagas para segmentos como construção civil, vendas, costura, cozinha, motorista de caminhão, entre outras. Os interessados podem se cadastrar no PAT, à rua José Andreoli, 132, no centro. É preciso levar carteira de trabalho, RG e CPF. Segundo o PAT em 2009, foram oferecidas 1.400 vagas no mercado de trabalho e, até o mês de setembro foram 1.300. A previsão dos responsáveis é que esse número aumente até o final do ano.

Cine Colombo procura um novo gerente

Joe Hetherington, acompanhantes e integrantes da mesa administrativa em frente a entrada do hospital São Vicente

Mostra de música acontece no CCIB A Casa de Cultura e Cidadania “Professor Laércio Barbosa” promove no dia 23 de outubro, a partir das 19h30, no Centro Cultural Ítalo Brasileiro, a Mostra de Música. No evento, o projeto pretende apresentar o resultado dos trabalhos que desenvolve na área de música, com os participantes das atividades da Casa de Cultura e Cidadania. O trabalho é coordenado pelo educador de música Ralf Alvarenga, e no repertório devem constar músicas populares e eruditas. A Mostra de Música terá entrada gratuita.

Grupo Pererê A Casa de Cultura e Cidadania “Professor Laércio Barbosa” recebeu na sexta-feira, dia 15, a apresentação do Grupo Pererê, como parte da programação comemorativa à Semana da Criança.

O grupo musical, formado por Maíra Simões, Luciana Catarina e Renato Murakami, utiliza a música para contar histórias sobre temas do nosso folclore, como Boitatá, o Lobisomem e o Curupira, com irreverência e a ajuda de bonecos.

Com música, o Grupo Pererê contou as histórias do folclore

Um ano e quatro meses após reabrir suas portas sob nova direção, o Cine Colombo está mudando de gerência. A atual gerente Solangy Pereira Romero Magalhães está deixando a função para se dedicar às atividades da família e o proprietário do cinema, Silvio Gutierriz Brittis, procura outro gerente. A empresa, que hoje tem seis funcionários em São José do Rio Pardo, também está contratando pelo menos mais dois empregados e os interessados deverão entregar currículo no próprio cinema. Sessão escola Com boa freqüência média de público desde que, em junho de 2009, reiniciou suas atividades, o Cine Colombo continua realizando promoções. A sessão escola, por exemplo, vem sendo mantida e dando resultados. Na manhã do último sábado alunos do “Tarquínio” foram assistir “Meu malvado favorito”, filme também exibido aos estudantes do Colégio Unigrau na tarde de quintafeira da semana anterior.

Cada aluno paga apenas 3 reais nessa promoção. Recém lançado no país com enorme sucesso de público e bilheteria, “Tropa de Elite 2” só não veio a São José do Rio Pardo porque Silvio Brittis não conseguiu cópia. A concorrência foi muito grande e as grandes redes de cinema do país ficaram com as cópias disponibilizadas. Ainda assim, segundo Solangy (que permanecerá na gerência até o final do mês), o filme não demorará para ser exibido no Cine Colombo. O que mudou Solangy fez questão de destacar a mudança ocorrida no cinema rio-pardense após o novo proprietário assumi-lo em 2009. Para ela,

o grande diferencial de Silvio Gutierriz é exatamente a rapidez com que traz para São José os filmes novos. “Aumentou bastante a freqüência de público exatamente por isso”, garantiu. “Hoje qualquer bom filme exibido nos grandes centros chega aqui em duas ou três semanas e antes demorava meses”. “Resident vil 4”, por exemplo, está em exibição e vem atraindo muita gente. O filme “Como cães e gatos” só não chegou pelo mesmo problema ocorrido com “Tropa de Elite 2”: falta de cópias. Solangy diz que houve pouquíssimas cópias para todo o país, causando problemas até para as distribuidoras. E a nova produção de “Harry Potter” deverá vir em novembro.

CARTA AO LEITOR

Agradecimento

Eu, Hercília, mãe do Mateus Estevão da Silva, motorista da Tuga, venho agradecer em primeiro lugar a Deus por ter confiado a mim para que cuidasse de seu filho durante 30 anos. Aquele menino que era amado por tudo e por todos, desde o pequeno e até ao maior, foi um filho querido que tinha um coração grande demais dentro do peito. Hoje já são passados cerca de 30 dias (do acidente fatal) e ainda recebo muitos amigos. Seja na

minha casa, seja na rua, seja por inúmeros telefonemas, as pessoas ficam me perguntando que filho é esse que Deus me emprestou e que agora eu devolvi para o seu Pai. Obrigada a todos, às senhoras da ARPA, ao Eduardo Nasser e família, aos seus funcionários, a todos que oram por nós. Quem agradece é uma mãe de coração despedaçado, com muitas saudades, mas feliz por ter gerado um filho tão especial. Obrigado a todos!

IN D I C A D O R PROFISSIONAL


16 de outubro de 2010 - A - 5

Município dispensa mais três secretários Instabilidade na administração levou à exoneração de seis secretários em 20 meses A Prefeitura de São José do Rio Pardo deu início nesta semana a mais uma etapa do rearranjo administrativo, na tentativa de recuperar o prestígio da atual gestão. Nesta sexta-feira (15), foram exonerados três secretários: Antonio Celso Cardoso Filho (Gestão), Agostinho Antonio Ferreira (Agricultura e Meio Ambiente) e Luís Carlos Caruso (Educação). Além deles, que compõem o primeiro escalão do governo municipal, também foi exonerado o diretor administrativo Samuel Nahime Andreoli, que no começo da atual gestão ocupava o cargo de diretor de finanças. De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, as dispensas

foram feitas a pedido dos próprios servidores exonerados. Com a saída dos secretários, a pasta deles fica vaga até que haja nova nomeação. Por enquanto, segundo a assessoria da Prefeitura, as funções serão desempenhadas pelos diretores. Na Educação, por exemplo, a diretora é a professora Maria Ester Cassucci Vieira, que foi secretária por 8 anos na gestão passada. Na Agricultura, um dos diretores é o agrônomo Luís Roberto de Oliveira, que também foi secretário na gestão anterior. Não foi anunciado nenhum nome interino para a Secretaria de Gestão. Para a diretoria administrativa o nomeado foi

Luiz Antonio Ferreira Neves, que ocupava o cargo de diretor do Departamento de Renda e Fiscalização. Sobrevida No meio político, a dispensa dos secretários é vista como tentativa do prefeito de se reaproximar de alguns vereadores na Câmara, onde hoje detém minoria. As exonerações teriam sido sugeridas por estes vereadores em troca de apoio na Casa. Para o vereador Márcio Zanetti, a medida trará “sobrevida” ao prefeito. Ele argumenta que com as exonerações o prefeito ganha a simpatia de alguns setores da administração e passa a ter respaldo na Câmara. “Acredito que, hoje, se

fosse levado a plenário um pedido de cassação, é possível que ele não prosperaria porque estes vereadores que articularam estas exonerações certamente votariam contra”, disse. As exonerações desta semana engrossam uma lista de muitos demitidos em pouco mais de 20 meses de administração. Há duas semanas, por exemplo, foi anunciada a exoneração do secretário de Turismo, que praticamente não ocupou a pasta, desde que foi contratado. A instabilidade administrativa já levou à exoneração de secretários de Assistência Social, Turismo, Saúde e agora, Gestão, Educação e Agricultura.

DIVULGAÇÃO

Luis Carlos Caruso, da Educação, e Agostinho Ferreira, da Agricultura, também foram dispensados

Prefeito recorre para não pagar tíquete A Prefeitura de São José do Rio Pardo recorreu ao Supremo Tribunal Federal para não pagar o tíquete aos servidores aposentados. A questão vem se arrastando desde que a justiça local, acolhendo pedido do Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos, determinou que a Prefeitura refizesse o pagamento do benefício – suspenso por ordem do Tribunal de Contas do Estado. Diante da obrigatoriedade determinada por liminar da

primeira instância, a Prefeitura recorreu ao Tribunal de Justiça e perdeu mais uma vez. Agora, a administração recorreu ao STF. Quando o Tribunal de Justiça confirmou a liminar da justiça local, obrigando o pagamento do tíquete, o prefeito veio a público, em entrevista à rádio Difusora AM, dizer que “estava feliz” em voltar a pagar o benefício, mas não informou que entrara com recurso contra a decisão. A Câmara Municipal ainda

não tem informações sobre o trâmite do recurso. Cai a liminar do pagamento no 5º dia útil A Prefeitura de São José do Rio Pardo também recorreu ao Tribunal de Justiça e obteve ganho de causa contra a emenda à Lei Orgânica Municipal que obriga a municipalidade a fazer o pagamento do funcionalismo sempre no quinto dia útil de cada mês. Na decisão, publicada no dia 6 de outubro, o desembargador José

Geraldo Barreto Fonseca considera a emenda inconstitucional, acolhendo alegação do Departamento Jurídico da Prefeitura. Além disso, por se tratar de questão administrativa, seria matéria para ser proposta pelo próprio Executivo. A liminar suspende a obrigatoriedade de a Prefeitura pagar os servidores até o quinto dia útil do mês, conforme a emenda 25 proposta pelo vereador Márcio Zanetti e aprovada, na sessão do dia 14 de setembro, por

quase unanimidade – inclusive com voto dos vereadores que apóiam o prefeito. Apenas Vicente Rodrigues votou contra. Neste sentido, os vereadores reconhecem as dificuldades financeiras pelas quais passa a Prefeitura, mas entendem que é sagrado o pagamento aos servidores no início do mês, para que não tenham prejuízos com eventuais atrasos. A emenda prevê, para caso de não cumprimento,

até a possibilidade de cassação do prefeito. Por conta disso, a administração se apressou, no mês de outubro, para não atrasar o pagamento do funcionalismo. “Só nos resta lamentar o conteúdo da decisão judicial e, em especial, a atitude do prefeito. Era impensável, há um tempo atrás, um prefeito ir à justiça para obter o direito de não pagar os servidores em dia”, comentou nesta semana o vereador Márcio Zanetti, autor da emenda à Lei Orgânica.


A-6 - 16 de outubro de 2010

EDITAIS DE CASAMENTOS EDITAL Nº 10.352 – JOSÉ MAFALDO DA SILVA E LOURDES DE PAULO, sendo o pretendente: solteiro, pedreiro, nascido em 01/07/1944, natural de São Sebastião da Grama - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo - SP, filho de Laurindo da Silva e de Olinda Cândida da Silva; e a pretendente: divorciada, do lar, nascida em 16/08/1959, natural de Mococa - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de João de Paulo e de Pulcena de Souza Paulo. EDITAL Nº 10.353 – MARCO AURÉLIO BILOTTA E LIDIANE APARECIDA DA SILVA MATOS, sendo o pretendente: solteiro, professor, nascido em 18/01/1985, natural de Santo André - 1º Subd - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de João Batista Bilotta e de Liliana Simões da Silva Bilotta, e a pretendente: solteira, gerente de loja, nascida em 15/07/1987, natural de Mococa - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo – SP, filha de Waldomiro Matos e de Laura Maria da Silva Matos. EDITAL Nº 10.354 – REGINALDO APARECIDO DE PAIVA E DANILA CRISTINA MODESTO, sendo o pretendente: solteiro, controlador de qualidade, nascido em 01/09/ 1973, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de Oliveiros de Paiva e de Neide Camila Correia de Paiva; e a pretendente: solteira, bacharel de direito, nascida em 16/10/1977, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de Ademir Modesto e de Ilza Pestana da Silva Modesto. EDITAL Nº 10.355 – FLÁVIO HENRIQUE RAMOS BREDA E GRAZIELA MARTINS ORZI, sendo o pretendente: solteiro, empresário, nascido em 26/07/1983, natural de Santa Barbara D´Oeste - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo - SP, filho de José Luís Breda e de Maria do Rosário Ramos Breda e a pretendente: solteira, podologa, nascida em 02/11/1980, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de João Donizeti Orzi e de Ana Aparecida Martins Orzi. EDITAL Nº 10.356 – ELITON DA SILVA FLORES NOGUEIRA E JOSIANE HELENA LORCA, sendo o pretendente: solteiro, porteiro, nascido em 16/10/1990, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de Vanderlei Flores Nogueira e de Aparecida Donizetti da Silva Nogueira, e a pretendente: solteira, estudante, nascida em 27/03/1992, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de Santo Lorca e de Roselene Marcellino Lorca. EDITAL Nº 10.357 – MARCOS CÉSAR DE ALMEIDA E TALITA PERILLO ALMEIDA, sendo o pretendente: solteiro, técnico de linha e distribuição, nascido em 25/01/ 1983, natural de Caconde - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de Lauro Alves de Almeida e de Adalgiza Mendes Mariano de Almeida, e a pretendente: solteira, bancária, nascida em 15/04/1986, natural de São José do Rio Pardo -SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo – SP, filha de Olceze Almeida Filho e de Vera Lúcia Perillo Almeida. EDITAL Nº 10.358 – FÁBIO GOMES DA SILVA E SÍLVIA MARIA DA SILVEIRA, sendo o pretendente: solteiro, empilhadeirista, nascido em 12/11/1977, natural de São José do Rio Pardo – SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo - SP, filho de João Batista Gomes da Silva e de Maria Aparecida Scarcella da Silva; e a pretendente: solteira, balconista, nascida em 24/08/1980, natural de Sertaneja - PR, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de João Batista da Silveira e de Maria Aparecida Silveira. EDITAL Nº 10.359 – MARCOS ROBERTO MATHIAS E LAILA GABRIELE ALEXANDRE, sendo o pretendente: solteiro, serviços gerais, nascido em 17/08/1989, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de Emidio Mathias e de Maria Aparecida Batista Mathias; e a pretendente: solteira, auxiliar geral, nascida em 25/11/1992, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de Lazara Donizeti Alexandre. EDITAL Nº 10.360 – JORGE LUÍS PIERETI FERREIRA E CRISTIANE GONÇALVES MENOSSI, sendo o pretendente: solteiro, auxiliar de expedição, nascido em 05/ 05/1988, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo – SP, filho de Luís Antonio Ferreira e de Lúcia Helena Piereti Ferreira; e a pretendente: solteira, vendedora, nascida em 31/05/1990, natural de São José do Rio Pardo - SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de Sérgio Donizeti Menossi e de Ana Lúcia Gonçalves Menossi. EDITAL Nº 10.361 – NEON IZAIAS CORREA FELICIANO E JULIANA SILVINO MARTINELLI, sendo o pretendente: solteiro, lavrador, nascido em 03/03/1992, natural de Tapiratiba – SP, residente e domiciliado em São José do Rio Pardo - SP, filho de Izaias Feliciano e de Alessandra Corrêa; e a pretendente: solteira, estudante, nascida em 12/05/1993, natural de São José do Rio Pardo. SP, residente e domiciliada em São José do Rio Pardo - SP, filha de Laércio Martinelli e de Conceição Silvino Martinelli. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei. Luao de Melque– afixo A viagem Lavro presente, no lugar deinesquecível... costume e publico pelo jornal local “Gazeta do Rio Pardo”. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010 ela está na Roquetur,Aque tem a viagem que Oficial: Belª. Rosa Helena Marin Foiadelli

E os noivos querem! Boa sorte e felicidades!

Roquetur fone: (19) 3608-4193 Extravio Foi extraviado da firma AGRO-RIO MÁQUINAS AGRÍCOLAS LTDA – ME, Praça Prudente de Moraes, 45 –A, centro, CNPJ nº 54.138.839/0001-10 e Insc. Estadual nº 646.128.158.114 – São José do Rio Pardo – SP Nota Fiscal Fatura modelo 1 – Formulário Contínuo em 5 vias – de nº 001 a 500. Livros de Registros: Livro de Registro de entradas modelo 1-A do nº 001 a 017 Livro de Registro de saída modelo 2-A do nº 001 a 017 Livro de Inventário modelo 7-nº 01 (2-9-16/10) Livro Registro de ICMS modelo 9 - de nº 001 a 017

VENDE-SE Moto Honda NXR 150 BROS ESD – cor preta – ano e modelo 2007 Tratar com Carlos Henrique3608-1267 Fone (19) ou 9330 3598

VENDESE

Loja de roupas no centro de São José do Rio Pardo. Tratar (19) 3646-3155 A empresa ARROZEIRA SÃO PEDRO LTDA, torna público que recebeu da ou até 8116 0048 para o CETESB a Licença de Operação nº 66000179, válida 14/10/2012, ramo de Beneficiamento e comércio de Arroz e produtos alimentícios em geral, sito na Rodovia Prefeito Aurino Vilela de Andrade, S/n, Sitio São João, Zona Rural, no município de São José do Rio Pardo – SP. EXTRAVIO DE DOCUMENTOS A Empresa Comércio de Painéis Ruolla Ltda – ME, CNPJ nº 07.574.838/ 0001-38, IE nº 646.133.142.113, estabelecida a Rua Francisco Glicério, nº 145 B, Centro, na cidade de São José do Rio Pardo – SP, comunica o extravio dos seguintes documentos: talões de Notas modelo 01 numeração 001 a 100. Talões de Notas série D-1 numeração 001ª 500, talões de Nota Prestação de Serviços série A, numeração 001 a 500. 09-16-23/10 MATEUS ALIMENTOS LTDA., torna público que recebeu da CETESB a Licença Prévia e de Instalação nº 66000061 e requereu a Licença de Operação para Arroz (descascado, moído, branqueado, polido, parbolizado ou convertido) à Rodovia SP – 350 Km 265,5, s/n, Zona Rural, São José do Rio Pardo.

FALECIMENTOS Dante Artese da Silva – Dia 04 de outubro, com 49 anos de idade, casado com Denise Thibério Artese da Silva. Deixa três filhos: Jonathas, Saulo e Juliana. Elvira de Oliveira da Silva – Dia 07 de outubro, com 74 anos de idade, casada com José Bento da Silva. Deixa sete filhos: José Luis, Maria Aparecida, Ana Alice, Ana Maria, Luis Oscar e Osmar. Maria Nair Bussatto – Dia 28 de setembro, com 77 anos de idade, separada de Alcides Rodrigues Machado. Deixa dez filhos: Maria José, Luiz Benedito, Cláudio, Claudinei, Sônia, Valdinou, Moacir, Silvia, Ana Cecília e Valdecir. Anna Horácio da Silva – Dia 12 de outubro, com 86 anos de idade, viúva de Benedito Orlando da Silva. Deixa seis filhos: Antonio, Maria Aparecida, Mariza, Maria Benedita, Francisco, Fátima e mais Neuza Aparecida casada e falecida.

PRECISA-SE A Empresa Comércio e Transportes Hernandes Ltda, está contratando

MOTORISTA CARRETEIRO

com experiência em carreta com Câmara Fria e que tenha feito o Curso MOPP e possua o Cartão Pamcary, os interessados favor entregar seus currículos na Rua Dr. Neje Farah, nº 310, Bairro Bela Vista, em São José do Rio Pardo.

VENDO SITIO

Com área de 2,8 alqueires, próximo à cidade, casa c/piscina, mini campo, churrasqueira, canil, área de lazer toda alambrada, capela, toda gramada, possuindo ainda curral todo montado, aceito imóvel como parte de pagamento, tratar pelo tel: 9207.7913 EXTRAVIO Foi extraviado da firma Regiane Cristina Hernandes Agostinelli –ME, com sede em São José do Rio Pardo – SP, à Rua 13 de maio, 51 – centro, CEP – 13.720.000, CNPJ nº 04.934.272/0001-10 e Insc. Estadual nº 646.127.630.117, vem comunicar o extravio das notas fiscais de venda consumidor, série D-1 do nº 001 ao 150 em branco, e das notas fiscais modelo 1 do nº 000001 ao nº 000150 em branco. 02-09-16/10


16 de outubro de 2010 - A-7

Enterrada a gramense morta nos EUA NOTAS POLICIAS Tentativa de assalto em um sítio fracassa Uma mulher de 70 anos, J.C.B., residente no Sítio Betel, sofreu ameaça de assalto a mão armada no dia 14 de outubro, às 12h35. Ela estava em sua casa naquele sítio quando chegaram três sujeitos encapuzados e um deles tinha um revólver. Pegaram-na pelo braço e anunciaram o assalto. Os bandidos ouviram, porém, vozes de familiares de J.C.B. no interior da casa e decidiram fugir, entrando por um matagal. A polícia militar foi chamada e foi ao sítio, tendo efetuado patrulhamento e nada encontrado. Os policiais ouviram, porém, que três sujeitos foram vistos no acostamento da rodovia para São Sebastião da Grama, pedindo carona. A Força Tática se deslocou até lá, fez buscas ostensivas e nada encontrou. A vítima, no entanto, teve que ser levada ao Pronto Socorro porque ficara muito abalada com a ameaça. Opala dá problema e moto bate em Fox Uma colisão de uma moto contra uma Fox, ocasionada pela parada repentina de um Opala que ia à frente do Fox, ocasionou ferimentos leves na motociclista. A moto, uma CG 150 preta ano 2005, era pilo-

tada por Adriana, de 30 anos, enquanto o Fox (preto, ano 2009) era guiado por uma moça também de nome Adriana, de 27 anos. Já o Opala tinha como motorista Elaine, de 32. O acidente aconteceu na Vila Brasil no dia 8, às 8h15. Elaine afirmou à polícia que dirigia o Opala (azul, ano 84) pela rua João Gonçalves no sentido bairro – centro quando surgiram problemas no veículo e ele parou repentinamente de funcionar. O Fox vinha atrás e freou para não bater no Opala. A moto de Adriana, que estava atrás do Fox, acabou batendo na traseira deste. A motociclista foi levada de ambulância ao Pronto Socorro, mas, aparentemente, sem gravidade. Voyage causa um acidente com moto Outro acidente ocorrido no dia 8, mas por volta das 23 horas, aconteceu no Jardim Eunice. A moto, uma CG 125 vermelha ano 2010, era pilotada por um rapaz de nome Douglas, de 20 anos, e tinha na garupa uma moça chamada Juliana, de 19 anos. Segundo o que foi dito à polícia, ele ia com a moto pela rua Tadeu Guimarães quando um Voyage parado saiu em movimento e cortou a sua frente. Houve a colisão e o condutor do carro socorreu a moça e a le-

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO Contratos firmados no mês de setembro/2010 N=Número do contrato; Ca= Contratado; CV= Convite; TP= Tomada de preço; CR= Concorrência; CO= Convenio; PR= Pregão; DP= Dispensa; IX=Inexigibilidade; O= Objeto; V=;P= Período; DA= Data de Assinatura. Nº 250/10; CA= COOPARDENSE – COOPERATIVA AGROPECUARIA DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO E REGIÃO; O=Aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar para alunos da rede de educação básica pública; P= até 31 de dezembro de 2010; V=R$ 90.006,50 (noventa mil seis reais e cinqüenta centavos) DA=17 de setembro de 2010. Termos Aditivos firmados durante o mês de setembro de 2010. TA Nº=Termo Aditivo Número; Ca= Contratado; CO= Convenio; CV= Convite; TP= Tomada de preço; CR= Concorrência Pública; O= Objeto; V=;P= Período; DA= Data de Assinatura; CO= Convênio TA=01/10 – PR=07/10; CA= ALNUTRI ALIMENTOS LTDA; O=Fica acrescido ao contrato original 750 kg de leite em pó integral, 1875 kg de composto lácteo com cacau, e fica acrescido o valor total de R$ 31.687,50 (trinta e um mil seiscentos e oitenta e sete reais e cinqüenta centavos); DA =28 de setembro de 2010; TA=02/10 – PR=09/10; CA= NUTRIZAM COMERCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA; O=Fica acrescido ao contrato original 2.625 Kg de molho de tomate refogado e o valor total de R$ 7.612,50 (sete mil seiscentos e doze reais e cinqüenta centavos). DA =28 de setembro de 2010; TA=01/10 – IX=12/09; CA= ROBERTO RODRIGUES PENHALBEL; O= Fica alterado o contrato de Pessoa Jurídica de “Ortopedia Dr. Roberto R. Penhalbel S/S” para Pessoa Física “Roberto Rodrigues Penhalbel”. DA =01 de setembro de 2010; TA=01/10 – PR=61/10; CA= RODRIGO TONELOTTO EPP; O=Fica acrescida 375 (trezentos e setenta e cinco) pacotes de papel sulfite A4, gramatura 75g/m², medindo 210x297mm, com 500 fls cada alcalina branca, corte rotativo bem Bopp com certificado celfor ao contrato original e o valor total de R$ 3.712,50 (três mil setecentos e doze reais e cinqüenta centavos). DA =24 de setembro de 2010; TA=04/10 – TP=02/09; CA= CONSTRUTORA MEDEIA LTDA EPP; O=Fica o contrato original prorrogado por 90 (noventa) dias, sendo a partir de 24 de agosto de 2010. DA =20 de agosto de 2010; TA=01/10 – TP=02/10; CA= CONSTRUTORA MAXFOX LTDA; O=Fica o contrato original prorrogado por 120 (cento e vinte) dias, sendo a partir de 06 de setembro de 2010. DA =03 de setembro de 2010; Distratos CA= A Baldassim e Moreno Clinica Medica S/S; O= As partes firmaram um Contrato no dia 14 de janeiro de 2010, sob nº 115/2010, para a prestação de serviços médicos aos servidores públicos municipais e seus dependentes. Por mútuo consenso, amigavelmente, com base no artigo 79, II da Lei 8.666/93 os CONTRATANTES resolvem rescindir o referido contrato, sem qualquer ônus para as partes; DA= 13/07/ 2010. CA= Roseli Rozalino Peres & Cia Ltda; O= As partes firmaram um Contrato no dia 02 de março de 2010, sob nº 122/2010, para a contratação de empresa especializada para a prestação de serviços de manutenção preventiva e corretiva em veículos leves da frota municipal. Por mútuo consenso, amigavelmente, com base no artigo 79, II da Lei 8.666/93 os CONTRATANTES resolvem rescindir o referido contrato, sem qualquer ônus para as partes; DA= 13/09/2010. CA= Antonio Maguim; O= As partes firmaram um Contrato no dia 30 de outubro de 2009, sob nº 372/2009, para a locação de imóvel situado na Av. Benedito dos Reis Sigliani – 35, destinado para fins comerciais (Projeto Capacitar). Por mútuo consenso, amigavelmente, com base no artigo 79, II da Lei 8.666/93 os CONTRATANTES resolvem rescindir o referido contrato, sem qualquer ônus para as partes; DA= 01/09/2010. CA= Darcy de Melo; O= As partes firmaram um Contrato no dia 18 de junho de 2010, sob nº 209/ 2010, para a locação de uma área localizada na Rodovia 207 SP – 331, Sitio Sertão Grande, destinada para Deposito de Galhos. Por mútuo consenso, amigavelmente, com base no artigo 79, II da Lei 8.666/93 os CONTRATANTES resolvem rescindir o referido contrato, sem qualquer ônus para as partes; DA= 15/09/2010. CA= Pedro Rondinelli Filho; O= As partes firmaram um Contrato no dia 04 de janeiro de 2010, sob nº 48/2010, para a locação de imóvel situado na Av. Deputado Eduardo Nasser – 851, destinado a instalação e funcionamento da Secretaria Municipal de Turismo. Por mútuo consenso, amigavelmente, com base no artigo 79, II da Lei 8.666/93 os CONTRATANTES resolvem rescindir o referido contrato, sem qualquer ônus para as partes; DA= 13/08/2010. CA= Leandro de Souza Lopes da Silva; O= As partes firmaram um Contrato no dia 04 de janeiro de 2010, sob nº 57/2010, para a locação de imóvel situado à Rua Romano Buosi – 29, destinado à abrigar a família da Sra. Lauri Rodrigues da Silva Alves. Por mútuo consenso, amigavelmente, com base no artigo 79, II da Lei 8.666/93 os CONTRATANTES resolvem rescindir o referido contrato, sem qualquer ônus para as partes; DA= 01/09/2010. CA= Messias Donizetti Seixas Me; O= As partes firmaram um Contrato no dia 17 de junho de 2010, sob nº 218/2010, para a prestação de serviços contábeis. Por mútuo consenso, amigavelmente, com base no artigo 79, II da Lei 8.666/93 os CONTRATANTES resolvem rescindir o referido contrato, sem qualquer ônus para as partes; DA= 30/09/ 2010. CA= Oscar Roque Simão; O= As partes firmaram um Contrato no dia 04 de janeiro de 2010, sob nº 53/2010, para a locação de imóvel situado na Rua Campos Salles – 663, destinado à instalação e funcionamento do NAP. Por mútuo consenso, amigavelmente, com base no artigo 79, II da Lei 8.666/93 os CONTRATANTES resolvem rescindir o referido contrato, sem qualquer ônus para as partes; DA= 31/08/ 2010. CA= Rogério Lino; O= As partes firmaram um Contrato no dia 04 de janeiro de 2010, sob nº 54/2010, para a locação de imóvel situado na Rua Roque Pelegrini

vou ao Pronto Socorro. Douglas também foi socorrido, mas por populares, e levado ao hospital. Ambos ficaram em observação. Atropelado rapaz que subiu à pista Aconteceu um atropelamento no dia 11 de outubro, às 17h10, na Vila Maschietto. O aposentado J.L.G., de 59 anos, transitava com um Gol branco ano 91 pela avenida Perimetral quando um rapaz chamado João saiu da beira da pista e entrou no asfalto. Houve o atropelamento e o aposentado solicitou uma ambulância, que levou o rapaz ao Pronto Socorro. Detido o foragido com um RG falso Foi recapturado no dia 9, no bairro Carlos Cassucci, um condenado (R.C., de 35 anos), às 18h10. A policia fazia patrulhamento pela rua dos Limoeiros e o viu. R.C. era um foragido e, ao ser abordado, apresentou o xerox de outra pessoa. Desconfiados, os policiais perguntaram qual era o nome do pai, citado no xerox, e a data de nascimento. R.C. inventou um nome e uma data, que não batiam com o que o documento apresentava. Ele foi levado para a Delegacia e lá foi descoberto seu nome verdadeiro e sua condição de foragido. Ele foi preso.

Menino é atacado e um rapaz o socorre Um cão pitbull atacou um menino (L.H.P.F.) de 12 anos no último dia 8, no Vale do Redentor, pouco antes das 11h30. O garoto estava em uma bicicleta nas proximidades de sua casa quando aconteceu o ataque. Um rapaz, F.A.C., de 27 anos, viu a cena e, pegando um pedaço de pau, deu pauladas no cachorro e o afugentou. O pitbull é de um vizinho do menino e o caso foi parar na Delegacia. Rapazes levavam objetos de mulher Dois irmãos – L.R.D.S., de 19 anos, e E.R.D.S – foram flagrados pela polícia em atitude suspeita na região central, no dia 8, às 18 horas. O primeiro ocultava no bolso da bermuda uma camiseta feminina com etiquetas, enquanto o segundo tinha na carteira três brincos novos. Tudo indicava que haviam furtado os objetos e ambos foram levados à Delegacia para explicarem o que faziam com peças de mulher. O primeiro disse que ganhara a camiseta de uma moradora do centro, enquanto o segundo disse que os brincos eram de uma prima de Mococa. Foi feito B.O.

– 470, destinado a instalação da família da Sra. Antonia Aparecida Damasceno da Silva. Por mútuo consenso, amigavelmente, com base no artigo 79, II da Lei 8.666/93 os CONTRATANTES resolvem rescindir o referido contrato, sem qualquer ônus para as partes; DA= 01/09/2010. TA=02/10 – PR=98/09; CA= RICARDO RADDI EPP; O=Fica reduzido o valor total de R$ 28.074,16 (vinte e oito mil setenta e quatro reais e dezesseis centavos) ao contrato inicial. DA= 19 de agosto de 2010. TA=01/10 – PR=30/10; CA= NUTRICIONALE COMERCIO DE ALIMENTOS LTDA; O= Fica reduzido 965 Cestas básicas e o valor total de R$ 42.170,50 (quarenta e dois mil cento e setenta reais e cinqüenta centavos) ao contrato inicial. DA =19 de agosto de 2010; TA=01/10 – PR=08/10; CA= MERCANTIL PAULISTA 250 LTDA; O= Fica acrescido 18 kg de biscoito doce tipo amanteigado sabor leite, 18 kg de biscoito doce sabor chocolate com recheio de chocolate, 18 kg biscoito doce com recheio sabor baunilha, 18 kg de biscoito doce com recheio sabor morango, 18 kg de biscoito tipo amanteigado sabor aveia e mel, 18 kg de biscoito doce recheado com chocolate, 18 kg de biscoito doce tipo maisena, 750 kg de cereal vitaminado de milho com açúcar, 750 kg de cereal vitaminado sabor chocolate e fica acrescido o valor total de R$ 1.650,06 (um mil seiscentos e cinqüenta reais e seis centavos). DA =26 de agosto de 2010; Republicado por incorreções neste mesmo veiculo dia 18 de setembro de 2010 ERRATA Torna-se sem efeito a publicação: TA=01/10 – PR=50/10; CA= EDIMIR APARECIDO FERIAM ME; O= Fica reduzido o valor total de R$ 650,00 (seiscentos e cinqüenta reais) ao contrato inicial. DA =19 de agosto de 2010; TA=01/10 – PR=41/10; CA= LICITAVET COMERCIAL LTDA EPP; O= Fica reduzido o valor total de R$ 15.400,00 (quinze mil e quatrocentos reais) ao contrato inicial. DA =19 de agosto de 2010; TA=14/10 – PR=48/07; CA=CEMEDI – CENTRO MEDICO DE DIAGNOSTICO POR IMAGEM S/S; O=Fica reduzido o valor total de R$ 26.500,00 (vinte e seis mil e quinhentos reais) ao contrato original. DA=19 de agosto de 2010. Inexigibilidade 10/10 A Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo comunica que em despacho consubstanciado o Sr Secretario Municipal de Gestão Pública, ratificou a inexigibilidade de licitação, ao amparo do artigo 25, da Lei Federal 8666/93, em sua redação atual, para Prestação de serviços de publicidade legal sistema pubnet, em favor IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO IMESP, sendo o valor de R$ 6.000,00 (seis mil reais) até 31 de dezembro de 2010. Edital de Convocação A Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo, convoca a candidata abaixo classificada no Processo Seletivo Simplificado de Agente Comunitário de Saúde nº 001/2009, para comparecer de 18 a 22 de outubro de 2010, das 10:00 às 17:00 horas, no Departamento de Recursos Humanos, à Praça dos Três Poderes, 1, centro, munidos de documentos, para receber a instruções a respeito de sua admissão: Cargo 001 – Processo Seletivo Simplificado nº 01/2009 – ESF. Vila Formosa - Zona Rural ORDEM INSCRIÇÃO NOME DA CANDIDATO 11ª60102 Cláudia Luzia Cassucci dos Santos Se a candidata não comparecer até o dia 22 de outubro, será considerada desistente e sua vaga oferecida aos candidatos subseqüentes na ordem de classificações, em futuras convocações. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha- Prefeito Municipal PORTARIA N.º 9.911 DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre a nomeação do Senhor MARIO SALVADORI, no cargo em comissão de SUPERVISOR DE OBRAS E SERVIÇOS. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, de acordo com o Art. 37, II da Constituição Federal e com o Art. 8º, I da Lei Municipal nº 2.712, de 16 de março de 2004, R E S O L V E: Art. 1º - Fica nomeado o Senhor MARIO SALVADORI, no cargo em comissão de SUPERVISOR DE OBRAS E SERVIÇOS, nível XVII, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor data de sua publicação, com efeitos a partir de 18 de outubro de 2010. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Antonio Celso Cardoso Filho- Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N. º 9.912, DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre exoneração, a pedido, do servidor SAMUEL NAHIME ANDRIOLI, do cargo em comissão de DIRETOR DE DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerado, a pedido, o servidor SAMUEL NAHIME ANDRIOLI, do cargo em comissão de DIRETOR DE DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO, nível XIX, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Antonio Celso Cardoso Filho- Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N. º 9.913, DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre exoneração, a pedido, do servidor ANTONIO AGOSTINHO FERREIRA, do cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerado, a pedido, o servidor ANTONIO AGOSTINHO FERREIRA, do cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE desta Prefeitura Municipal de São José do

Foi enterrado na noite de quarta-feira (13), no cemitério municipal de São Sebastião da Grama, o corpo de Gizela Andrade, de 32 anos, encontrada morta dentro do carro em que saiu após uma briga com o namorado, no dia 5 de outubro, na cidade de Mount Vernon, na grande Nova York, Estados Unidos. Gizela era publicitária mas trabalhava como babá e morava ilegalmente há nove anos nos EUA. A família informou que ela sofria de diabetes. Exames confirmaram uma grande quantidade de insulina no corpo da vítima, substância que os diabéticos consomem para equilibrar as taxas de açúcar no sangue. O uso abusivo da insulina pode provocar hipoglicemia e levar à morte. A polícia de Nova York está investigando a morte da brasileira. O corpo foi encontrado sem marcas de violência, no carro dela, depois de dez dias desaparecida. Grávida de quatro meses e com diabetes do tipo 1, a gramense Gizela morava com o namorado, também brasileiro, funcionário da construção civil, numa casa em Mount Vernon. No dia 25 de setembro,

um sábado à noite, Gizela Andrade ligou para a irmã, que mora na mesma região. Ela disse que tinha saído de casa porque havia brigado com o namorado. Estava dentro do carro dando uma volta pela cidade para “esfriar a cabeça”. Depois disso, só foi vista dez dias após, quando já estava morta. O corpo de Gizela foi encontrado na penúltima terça-feira à noite, dia 5, dentro do mesmo carro, bem ao lado de uma base da polícia de Nova York. Os investigadores estão intrigados. Querem saber desde quando o carro estava ali e como ninguém percebeu, já que todos procuravam por Gizela. A polícia de Nova York não explica e diz que a responsabilidade pela investigação é da polícia de Mount Vernon, que encontrou o carro. Um detetive de Mount Vernon, ouvido pela imprensa daquela cidade, disse: “Parecia que Gizela Andrade estava dormindo no banco do motorista. No corpo, não havia marcas de violência, não havia armas e não há suspeitos. Ela sofria de diabetes. Enquanto a autópsia não ficar pronta, não dá para afirmar a causa da morte”.

Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Antonio Celso Cardoso Filho- Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N. º 9.914, DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre a exoneração do servidor LUIZ ANTONIO FERREIRA NEVES, do cargo em comissão de DIRETOR DE DEPARTAMENTO DE RENDAS E FISCALIZAÇÃO. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerado o servidor LUIZ ANTONIO FERREIRA NEVES, do cargo em comissão de DIRETOR DE DEPARTAMENTO DE RENDAS E FISCALIZAÇÃO, nível XIX, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Antonio Celso Cardoso Filho- Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N. º 9.915, DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre a nomeação do servidor LUIZ ANTONIO FERREIRA NEVES, no cargo em comissão de DIRETOR DE DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica nomeado o servidor LUIZ ANTONIO FERREIRA NEVES, no cargo em comissão de DIRETOR DE DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO, nível XIX, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos a partir de 18 de outubro de 2010. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Antonio Celso Cardoso Filho- Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N. º 9.916, DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre exoneração, a pedido, da servidora MARILISA VIRGINIA MACCA XAVIER, do cargo de AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerada, a pedido, a servidora MARILISA VIRGINIA MACCA XAVIER, do cargo de AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos retroativos a 13 de outubro de 2010. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Antonio Celso Cardoso Filho- Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N.º 9.917, DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre a nomeação da Senhora SHIRLEY TREZZA MARTINS, do cargo em comissão de SUPERVISOR DE APOIO GERAL. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica nomeada a Senhora SHIRLEY TREZZA MARTINS, do cargo em comissão de SUPERVISOR DE APOIO GERAL, nível I, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º - Esta portaria entra em vigor data de sua publicação, com efeitos a partir de 18 de outubro de 2010. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Antonio Celso Cardoso Filho- Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N. º 9.918, DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre exoneração, a pedido, do servidor LUIS CARLOS CARUSO, do cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerado, a pedido, o servidor LUIS CARLOS CARUSO, do cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Antonio Celso Cardoso Filho- Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N. º 9.919, DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre exoneração, a pedido, da servidora FERNANDA DA SILVA VIANA BALICO, do cargo de PROFESSOR . O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º Fica exonerada, a pedido, a servidora FERNANDA DA SILVA VIANA BALICO, do cargo de PROFESSOR DE ENSINO FUNDAMENTAL, COM CURSO SUPERIOR, nível XXI, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2º- Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data. Antonio Celso Cardoso Filho- Secretário Municipal de Gestão Pública. PORTARIA N. º 9.920, DE 15 DE OUTUBRO DE 2010. Dispõe sobre exoneração, a pedido, do servidor ANTONIO CELSO CARDOSO FILHO, do cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA. O Prefeito do Município de São José do Rio Pardo, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições, R E S O L V E: Art. 1º - Fica exonerado, a pedido, o servidor ANTONIO CELSO CARDOSO FILHO, do cargo em comissão de SECRETÁRIO MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA, desta Prefeitura Municipal de São José do Rio Pardo. Art. 2ºEsta portaria entra em vigor na data de sua publicação. São José do Rio Pardo, 15 de outubro de 2010. João Luis Soares da Cunha - Prefeito Municipal. Publicada por afixação em quadro próprio de editais na sede da Prefeitura Municipal, na mesma data.


A-8- 16 de outubro de 2010

Cebola tem queda de preço e qualidade Chuva afetou o produto, que oscila entre 5 a 10 reais o saco de 45 quilos, na roça EDUARDO ERON A cebola e quase todos os demais produtos agrícolas produzidos em São José do Rio Pardo estão com preços ruins na roça. O café, cotado nesta semana a 300 reais, em média, para o saco de 60 quilos é uma

das poucas exceções. Na pecuária, o gado de corte também vem tendo bom preço e com tendência até a melhorar porque em todos os finais de ano há uma procura maior por carne. O problema é que são poucos os agricultores que também sejam pecuaristas e

Congresso de Educação começa na quarta-feira Terá início no dia 20, às 19 horas, na sede social do Rio Pardo F.C., na praça XV de Novembro, o 8º Congresso Regional de Educação da FEUC, que neste ano terá como tema “Educação, Meio Ambiente e Sociedade”. Haverá uma solenidade no dia 20, quando acontece a cerimônia de abertura do evento, que terá prosseguimento nas demais noites da semana. O Congresso é uma iniciativa da direção da FEUC, do Instituto Superior de Educação Euclides da Cunha (ISEEC) e da Comissão Organizadora, que tem como coordenadores os professores Leiri Valentin, Marcos De Martini, Roque Lúcio e Eliana Dipe. O objetivo do evento, conforme explicam, é “desenvolver reflexões sobre

a interação necessária entre sociedade, meio ambiente e educação como pré-condições de atuação em múltiplas dimensões, tais como: a social, a econômica, a política, a cultural e a histórica, na tentativa de inserir professores, alunos e sociedade em geral em ações e atividades que resgatem a harmonia da natureza em suas múltipals acepções”. Na programação do evento, além de palestras alusivas ao tema, o 8º Congresso Regional de Educação terá exposições, mini cursos, mesas redondas e eventos culturais. Interessados em participar podem obter mais informações através do site www.feucriopardo.edu.br, ou pelo telefone (19) 3608-4704.

menos ainda pecuaristas de gado de corte. Diante desse quadro, agricultores e comerciantes que trabalham com produtos agrícolas não estão otimistas em relação ao final de ano. Ayrton Feltran, por exemplo, que em 2010 não plantou cebola e nem tem previsão de plantar em 2011, prevê que a safra atual do produto ainda dure cerca de um mês no município. No começo desta semana, quando ele foi contatado pelo jornal, o saco de 45 quilos na roça estava sendo vendido entre 5 a 10 reais, dependendo da qualidade. “E a de 10 reais é para a cebola boa porque a maioria não está com boa qualidade”, explicou. “O excesso de chuva das últimas semanas afetou muito a cebola, que só teve ótimo preço no início da safra, quando chegou a 50 reais o saco”. De 20 reais para cima, segundo ele, já seria um bom preço para a cebola rio-pardense e ela esteve nessa cotação, ou um pouco mais, por um certo período. Hoje, alguns dos produtores dentre os Orfeis e os Manetas estão entre os poucos que ainda têm cebola para colher em São José. Na região, Vargem Grande do Sul e Santa Cruz das

ARQUIVO

Nesta foto de arquivo, produtores examinam cebola de boa qualidade, o que atualmente está difícil por causa da chuva

Palmeiras, que antes não eram consideradas regiões produtoras, também deverão iniciar a colheita de suas safras de cebola em breve, o que fará aumentar ainda mais a grande quantidade do produto no mercado. Fatores que afetam Ayrton diz que a entrada de novas variedades de sementes híbridas de cebola no país contribuiu para o aumento da produtividade em tradicionais regiões produtoras e até em locais que começam a plantar agora. Em conseqüência, houve neste ano novamente um excesso de

oferta, fator que, inevitavelmente, contribui para a queda nos preços. “E, além disso, o que se nota é que as pessoas não estão tendo dinheiro para comprar”, lembrou o comerciante. Outro fator que, na opinião dele, tem afetado muito os agricultores é a dificuldade com mão de obra braçal. “Essa é a parte mais difícil de todas porque o trabalhador só quer olhar o seu direito e não as suas obrigações”, lamentou, sem entrar em maiores detalhes. Tomate e beterraba Alguns dos principais pro-

dutos colhidos nesta época em São José do Rio Pardo não estavam, de fato, com preços bons no início desta semana. O tomate, por exemplo, que é comercializado em caixa de 23 quilos, foi vendido a uma média de 5 reais por caixa (o custo chega a 15 reais). A beterraba, também muito plantada aqui, foi vendida na roça a valores que oscilaram entre 3 a 4 reais a caixa limpa de 23 quilos (ela é colhida em caixas de 30 quilos e depois cai para 23 com a limpeza). Outros produtos também estão com preços ruins para o produtor, neste mês de outubro.


16 de outubro de 2010 - A-9

Polo começa a ganhar apoio estadual

Livros, piano e outros instrumentos chegam, indicando novo futuro ao Polo Musical EDUARDO ERON A difícil situação do Polo Avançado Musical de Tatuí em São José do Rio Pardo começa a se reverter e a ganhar perspectivas bastante favoráveis. Livros e instrumentos musicais começam a ser remetidos para a instituição rio-pardense, após a vinda, na semana retrasada, de Carla Almeida, diretora da Secretaria de Estado da Cultura, que ficou entusiasmada com a performance dos alunos em São José e com tudo o que viu. O próprio secretário estadual da Cul-

tura, Andrea Matarazzo, está para marcar uma visita ao Polo. Para uma escola estadual de música que estava seriamente ameaçada de fechar, as notícias não poderiam ser mais auspiciosas. Agenor Ribeiro Netto, maestro e diretor do Polo, confirmou o recebimento de 30 livros de música e a chegada, por estes dias, de um piano e outros instrumentos. Além disso, pela primeira vez na curta história de 4 anos e 4 meses do Polo, ele foi palco de um “master class”, um curso intensivo de atualização

com um professor de piano e um de percussão, com forte impacto entre os alunos. Com o secretário Em setembro, quando Agenor esteve em São Paulo, foi lembrado ao secretário Andrea que Tatuí, então interessada em fechar o Polo rio-pardense, jamais enviara seus principais diretores a São José do Rio Pardo, nem remetera instrumentos ou eventuais cursos de aperfeiçoamentos, como vem ocorrendo agora. Foi também citado, naquela ocasião,

que toda esta região nunca tivera tantos jovens envolvidos com músicas de câmara, orquestras ou bandas de alto nível como as que surgiram nos últimos anos, graças ao Polo Avançado. Ainda sobre o encontro com Andrea, quando esteve acompanhado do prefeito João Luiz, Agenor relatou, durante 1h15, toda a situação atual do Polo e a ênfase que vem sendo dada não em quantidade de alunos e sim na formação de músicos de qualidade. O maestro rio-pardense assegura não ter

COLÉGIO LUMEN anglo Sistema de Ensino

solicitado recursos financeiros ao secretário e sim que enviasse alguém, ou viesse pessoalmente, para presenciar o trabalho que é feito em São José do Rio Pardo. O resultado desse “desafio” foi que Carla Almeida veio quinze dias atrás e agora o próprio secretário deverá também visitar a cidade. Agenor disse, por fim, estar extremamente esperançoso de que o Polo passe a ter, com a eleição de Geraldo Alckmin ao governo estadual, um apoio ainda maior. “Até porque ele (Alckmin) prometeu abrir pelo menos mais três polos avançados no interior do Estado”, lembrou. “E sem contar que o Silvinho

REPRODUÇÃO

O secretário estadual da Cultura, Andrea Matarazzo, está para agendar visita a São José do Rio Pardo

(Silvio Torres) e o Beraldo são bastante próximos ao governador e, com certeza, ajudarão a definir favoravelmente a situação do Polo musical em São José”.

DEC amplia utilização do Mercado Cultural O presidente do DEC, Marlon Callegari da Silva, disse nesta semana que o prefeito colocou o prédio do Mercado Cultural sob responsabilidade daquele Departamento, para que este o administre. Com isso, o serviço de monitoramento das câmeras de segurança que funcionava naquele prédio e era cuidado pela Guarda Municipal foi transferido para outro lugar. “Com isso, todo o prédio do Mercado Cultural fica agora para eventos culturais”, comentou Marlon. “Uma parte das atividades antes feitas na Fábrica de Expressão será agora realizada no Mercado”. Dentre essas atividades estão a dança de salão e

o coral municipal. O DEC quer reformar um dos prédios da Fábrica de Expressão em 2011 para, com isso, atender melhor os freqüentadores daquele espaço. Serão montadas salas de aula naquele local, após a reforma. A diretora Lúcia Vitto garantiu que nenhuma atividade da Fábrica de Expressão será encerrada. Antes, até pelo amento da demanda, os eventos (como cinema de arte), teatros e cursos na própria Fábrica e no Mercado serão divididos. Haverá, entre outras coisas, um projeto visando a divulgação da música, cujos detalhes serão oportunamente detalhados.

GÃO

TUDO PARA CEMITÉRIO Túmulos e jazigos, mármores e granitos. Fazemos também revestimentos e reformas de túmulos em geral. Disponibilizamos placas de mármores e de bronze, fornecemos metais e tudo o que for necessário. E agora também com uma novidade: estamos fazendo ampliações de túmulos com uma ou duas gavetas.

O túmulo antes de ser mexido e ampliado para cima: trabalho possibilita aumento do espaço oferecido

MATRÍCULAS ABERTAS A PARTIR DE 18/10 Rua Capitão Saturnino Barbosa, 30 - Vila Pereira São José do Rio Pardo Fones: 3608 - 7659 e 3608 - 5209 e-mail: colegiolumen@uol.com.br www.colegiolumen.net

O mesmo túmulo depois de ser ampliado verticalmente para cima: nova opção no cemitério

FAZEMOS LIMPEZA PARA DIA DE FINADOS

Ligue para 9671-4852 (Vagner) e solicite orçamento.


A-10 - 16 de outubro de 2010

CANOAGEM

Alan e Wellington conquistam ouro no Sul Americano Os canoístas do Projeto Shalom/Instituto Prefeito Lupércio Torres, Alan Pasin Estevão e Wellington Munhoz, conquistaram medalha de ouro na categoria C2 sênior, do Campeonato Sul Americano de Canoagem Shalom. A competição foi realizada nos dias 8 e 9 de outubro, em Aluminé, na Argentina, onde os rio-pardenses compuseram a Seleção Brasileira. Ao todo, a equipe brasileira conquistou 11 medalhas, sendo 5 de ouro, 5 de prata e uma de bronze. Além de competir com adversários da Argentina, Chile, Uruguai, Colômbia, Venezuela e Peru, os brasileiros tiveram de enfrentar o clima gelado da região, com sensação térmica de oito graus negativos. De acordo com os canoístas, havia previsão de leve nevasca no local, que acabou não se confirmando. “Nossos pés e mãos estavam congelando”, comentou Alan Pasin, observando que conseguiram superar as dificuldades e ajudaram o Brasil a conquistar as medalhas.

Resultados Nas provas do Campeonato Sul-Americano, realizadas no rio Ruca Choroy, o Brasil garantiu bons resultados: medalhas de ouro no K1 Masculino Sênior com Ricardo Taques; no C2 Masculino Sênior com Alan Pasin e Wellington Munhoz; no C1 Feminino Junior com Silvia Gnadt; no C1 Masculino Junior com Leonardo Curcel e no K1 Masculino por Equipes com Fabio Rodrigues, Ricardo Taques e João Vitor Machado. As medalhas de prata foram conquistadas por Bárbara Rossi (K1 Feminino Junior); Silvia Gnadt (K1 Feminino Sênior); Filipi Santini (2º lugar C1 Masculino Sênior); Leonardo Curcel e Fabio Schena Rodrigues (C2 Masculino Junior). Na categoria K1 Masculino Junior, Fábio Schena Rodrigues conquistou medalha da bronze. Na competição, a Seleção Brasileira foi representada por: Alan Pasin Estevão, Wellington Munhoz, Bárbara Rossi, Fábio Scchena Dias Rodrigues, João Vitor Martins Machado, Leonardo Lucas Curcel, Filipi Santin de Souza, Richa-

leston Alves do Amaral, Silvia Gnadt e Ricardo Martins Taques. Acompanharam a equipe o supervisor do Comitê de Canoagem Slalom da Confederação Brasileira de Canoagem, Luiz Augusto Merkle, e o superintendente da entidade, Argos Gonçalves Dias Rodrigues. Apoio A canoagem do Projeto Shalom existe há oito anos, mantida com recursos do Instituto Prefeito Lupercio Torres. Neste período foram várias as conquistas em competições estaduais e regionais, em várias categorias. Para competir na Argentina, os canoístas do Shalom enfrentaram dificuldades financeiras e quase perderam a vaga, mas recorreram ao patrocínio de empresas e pessoas da cidade para poder competir. Na competição realizada na Argentina, Alan e Wellington contaram com apoio das empresas Construmax, Alto Posto R3, Elvis Bolsas e Acessórias, Lano Lu, Corpos Academia, Viana Imobiliária, Secretaria de Saúde e Carlos Renê Nogueira Navega.

Wellington Munhoz e Alan Pasin medalha de ouro no C2 oficial

QUARENTÃO

Guará mantém invencibilidade na competição A equipe do Guará (Casa Branca) conquistou mais uma vitória no Campeonato Regional “Quarentão” de Futebol, realizado pela Liga Riopardende de Futebol

INTER LIGAS

Grêmio Nestlé tropeça e precisa vencer O Grêmio Nestlé precisa vencer o time de Serrana, por qualquer placar, para seguir no Campeonato Inter Ligas da Federação Paulista de Futebol. A segunda partida da fase classificatória é neste domingo, 17, a partir das 15 horas, em Serrana. No primeiro jogo, dia 10, o Grêmio não aproveitou a vantagem de jogar em casa e apenas empatou com o time de Serrana, por 2 a 2. Os gols foram marcados por Alex Negrini e Neno (Nestlé) e Ewerton e Felipe (Serrana). Caso haja novo empate no segundo jogo, a vaga será decidida nos pênaltis.

Gol de Letra – Neste sábado, 16, o Grêmio Nestlé Rio Pardo participa do Torneio de Futebol Gol de Letra, em Bragança Paulista. A competição reúne 20 empresas do Brasil, divididas em dois grupos. As vencedoras de cada grupo disputam a final no Morumbi, dia 18. Além do Grêmio Nestlé, competem no torneio equipes representando as empresas: L’oreal, Editora Abril, Credit Agricole, Nike, AAT, Peugeot, Total Lubrificantes, VR, Brazul, Natura, Electrolux, Mentos, COC, Techint, Banco Fibra, Competition, Odontoprev, CCR e Mondial Assistance.

Grêmio Nestlé Serrana

2 2

Titulares Gols - Alex Negrini e Neno (Nestlé) e Ewerton e Felipe (Serrana) Árbitro: Pedro Paulo Simão de Moura; Auxiliares: Antonio Prazeres de Barros e Alexandre Médice Gouvêa . Grêmio Nestlé - Fabinho Trentin, Neno, Alex Negrini, Douglas e Bispo; Branco, Du Ferraz (Mafra) e Amarelo; Rogério (Pacotinho), Japão (Celso Ferreira) e Juliano (Miquéias). Técnico Natal Elias. Serrana - Danilo, Alex Sandro, Carlos (Kiko), Emerson (Robson) e Mineiro; Bahia, Vandi e Bizinho (Felipe); Clodoaldo (Adrianinho), Ailton (Tiago) e Ewerton. Técnico Rodrigo.

Grêmio Nestlé precisa vencer para continuar na competição

Lica principal artilheiro do Quarentão de Futebol

(LRF). Na terça-feira, 12, em Guaxupé, o time casabranquense venceu o Guaxupé Country Club por 2 a 0, gols de Eric e Bagrinho. Foi a quarta vitória do Guará em quatro jogos disputados, mantendo 100% de aproveitamento na competição. Ainda na terça-feira, o time da Santa Lúcia iria enfrentar o Giotto/Guaxupé, mas o adversário não apareceu para o jogo aplicando WO. No sábado, 9, foram re-

alizados dois jogos. Em Casa Branca, o Guará goleou a Santa Lúcia por 7 a 1, gols de Lica (4), Marquinhos, Eric e Cacá (Guará) e Zé do Bico descontou para o Santa Lúcia. Em Guaxupé, o Giotto perdeu para o Vasco por 5 a 1, gols Jair (Giotto) e Pocaia (3), Bileco e Eliezer para o Vasco. A partida entre Santa Maria Juá/Vargem Grande e Guaxupé Country Club foi adiada e será remarcada pela Liga.

PRÓXIMA RODADA 15h30 - Santa Lúcia x Santa Maria Juá (campo Santa Lúcia) 15h30 - Guará FC x Giotto Sport Club (Em Casa Branca) 15h30 - Guaxupé Country Club x Vasco FC (Em Guaxupé)

BOLETIM ESPORTIVO

Água Fria disputa final nas duas categorias No último domingo, 10, no estádio do Botafogo, um bom público prestigiou os jogos semifinais do Campeonato Boletim Esportivo de Futebol Rural, versão 2009. A equipe Água Fria venceu a Santa Luzia do Galego e também a Santa Lúcia, garantindo sua vaga na final das duas categorias. Em partida tumultuada, com 5 expulsões, sendo 3 do time do Galego e dois da Água Fria, na categoria aspirante a Água Fria venceu a Santa Luzia do Galego por 4 a 3, gols de Marquinhos (2), Rogério Russo e Daniel (Água Fria) e Jhow, Ruy e Paulinho (Galego). Entre titulares, na categoria aspirante a Água Fria venceu a Santa Lúcia por 1 a 0, gol de David. “Entre

titulares foi um jogo emocionante e teve um clima bastante cordial”, disse Paulo Sérgio Rodrigues (Paulão da Rádio), organizador do evento. Neste domingo, 17, acontecem mais dois jogos da semifinal no Botafogo. Às 13 horas, o Dalbon FC joga Água Fria Santa L. do Galego

4 3

Aspirantes Gols - Marquinhos (2), Rogério Russo e Daniel (Água Fria) e Jhow, Ruy e Paulinho (Galego) Árbitro: Cristovão Aparecido de Oliveira (Bileco); Representante: Adriana Celestino. Auxiliares: Demauri Batista e Antonio Correia. Água Fria - Don, Iti, Japão, Beiço e Juliano; Ferpudo, Marcelo Reis e Rogério Russo; Deco, Daniel e Marquinhos. Técnico Lucas Ferreira. Santa Luzia do Galego - José, Rodolfo, Vanderlei, Cabeção e Gui; Rick, Rui e Pimenta; Felipe (Duduti), Jhow e Rafinha (Paulinho). Técnicos Nibinha, Nê Orfei e Perillo.

contra a Taquara Branca, valendo pela categoria aspirante. Logo depois, pela categoria titular, o jogo será entre São Paulo e Dalbon. As equipes do Dalbon (aspirante) e São Paulo (titular) têm a vantagem do empate para irem à final. Água Fria 1 Santa Lúcia 0 Titulares Gol - David Árbitro: Ademar da Silva; Representante: Adriana Celestino. Auxiliares: Demauri Batista e Antonio Correia Água Fria - Du, Fernandão, Cleston, Ferpudo e Lucas; Daniel, Kut e Marquinhos ( Romeu); David, Branco (Beiço) e Maguinho. Técnico Rogério Russo. Santa Lúcia - Pemba, Betinho, Piriquito, Jaime e Alex; Rê, Cris e Marcos (Pereira); Ricardo, Tiaguinho e Elcio (Alexandre). Técnico Alexandre Anequini.

O titular e aspirante da Água Fria estão na final do Boletim Esportivo 2009


16 de outumbro de 2010 - A-11

BASE DA LRF

De São Paulo

NIVALDO DE CILLO Olá, amigos. No próximo dia 21 ele vai completar 70 anos de vida. A trajetória será insuperável, pode ter certeza. Em 1.375 partidas fez 1.284 gols. A média de 0,93 por jogo. Pela seleção brasileira, marcou 95 vezes. Portanto, é o maior goleador do nosso selecionado. Os parabéns ao rei do futebol, Pelé. Ronaldo é o cara? Sempre que o Corinthians se vê diante de um momento de crise, usa o mesmo artifício. Foi assim depois da eliminação da Libertadores, antes também na eliminação do Campeonato Paulista. Agora, está se repetindo. Para desviar o foco, Ronaldo é chamado para uma entrevista coletiva. Acho, de verdade, que o artifício está ficando um pouco ultrapassado. Na coletiva da última quinta-feira (14), falou o que todos esperavam que ele dissesse. Garantiu que vai se empenhar para jogar as últimas partidas da temporada alguém imaginava que ele falasse outra coisa? Ronaldo volta contra o Guarani, domingo (17). Apesar da condição técnica que dispensa comentários, acho que fisicamente ele não será capaz de fazer o que o time precisa. Mas no caso de Ronaldo é sempre importante ficar com um pé atrás. Os dois, se der. Absurdo catarinense A diretoria do Criciúma deu, rapidamente, a resposta que dela se esperava. Um jogador do time foi pego, em flagrante, na frente de uma escola da cidade, em atitude suspeita. Estava dentro do carro dele, com o ziper da calça aberto. Não há denúncia formal contra o jogador Júlio Cesar, mas o flagrante foi o suficiente para a decisão dos dirigentes. Na minha visão, medida acertada. Calendário que machuca Durante 14 rodadas, o campeonato brasileiro teve jogos duas vezes por semana. Nesse período, de jogos no meio e no final de semana, o Brasileirão contabilizou 140 jogadores contundidos. Os números mostram um aumento de 50% em relação ao ano anterior. Um dos principais motivos do achatamento do calendário foi a Copa do Mundo. Os dirigentes precisam encontrar medida paliativa. Senão, corremos o risco de perder algumas estrelas. Vários atletas não jogam mais em 2011. São os casos de Paulo Henrique Ganso, do Santos; Maicossuel e Herrera, do Botafogo; Junior Cesar, do São Paulo; Jorge Henrique, do Corinthians. Esse caso precisa ser revisto. Uma andorinha... Palmeiras tem uma fórmula que, daqui a pouco, vai virar dependência. Os gols de bola parada do ótimo Marcos Assunção. Foi assim que o time conseguiu vencer o Universitário de Sucre, na Bolívia, pela Copa Sulamericana. Marcos Assunção tem feito a diferença, também, no Campeonato Brasileiro. Se a gente imaginar que o Kléber joga uma partida e fica de fora na outra, suspenso e se imaginarmos que Valdívia contundiu-se na altitude, o palmeirense vai torcer muito para Marcos Assunção continuar com o pé calibrado. E Felipão ainda vai bufar muito. “SanSão” O clássico entre São Paulo e Santos, domingo, 18h30, vai ser de arrepiar. De um lado, Neymar - o rei dos dribles e dos desequilíbrios. Do outro, Carpegiani e o futebol “liberdade” que adotou no São Paulo. Se der Santos, a equipe praiana entra definitivamente na briga pela tríplice coroa. Se der São Paulo, o tricolor passa a ser forte candidato a uma das vagas para a Libertadores 2011. Ótimo final de semana e até a próxima oportunidade. Aqui ou nos boletins diários na Rádio 88+ e na Difusora AM. Também temos opções para um encontro virtual. Espero você. Abraço http://nivaldodecillo.blogspot.com www.twitter.com/nivaldodecillo - @nivaldodecillo

Chega ao fim a fase de classificação A Liga Riopardense de Futebol concluiu na terçafeira, 12, a primeira fase do Campeonato Regional de Futebol de Base, promovido em parceria com a Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer do Estado de São Paulo. A competição é realizada nas categorias masculinas sub10, sub-12, sub-14 e sub16, reunindo equipes da cidade e região. A última rodada foi em Mococa envolvendo as equipes Nova Geração e DET/Caconde. O time mocoquense perdeu para o adversário nas quatro categorias: na sub-10, o time da casa perdeu por 5 a 0, gols de Ewerton (2), Gabriel, Igor e Alisson; na categoria sub-12, o DET ven-

ceu por 1 a 0, gol de Gabriel Serrano; na sub-14 o DET/Caconde goleou o time mocoquense por 7 a 0, gols de Mateus (2), João Marcos (2), João Fernando, Ramon e Mateuzinho; na sub-16, o DET venceu por 3 a 2, gols de Marco e Edmar para a Nova Geração e Zé Augusto (2) e Marcão para o DET. Em São José do Rio Pardo estava previsto o jogo entre a AAR e a Geração Esportes (Itobi), valendo pela categoria sub-16, mas o time itobiense não apareceu para o jogo. Resultados penúltima rodada (sábado, 09) Santa Cruz das Palmeiras Sub-12: Palmeirense 1 x

2 DET/Caconde (gols de Guilherme para o Palmeirense e Luisinho e Dinho para o DET). Sub-14: Palmeirense 1 x 3 DET/Caconde (gols de Uti para o Palmeirense e Gabriel 3 para o DET). Sub-16: Palmeirense 1 x 1 DET/Caconde (gols de Romário para o Palmeirense e João Marcos para o DET). Mococa Sub-10: Nova Geração 2 x 8 Vasco F/10 (gols de Pedro e Adilson para o Nova Geração e Netinho 4, Felipe, Edinho, Vitinho e Léo para o Vasco). Sub-12: Nova Geração 0 x 1 Vasco F/10 (gol de Felipe). Sub-14: Nova Geração 2 x 7 Vasco F/10 (gols de

FERIADO

gos. Na segunda fase aconteceu um sorteio entre as equipes vencedoras para apurar qual time ficaria no ‘chapéu’, e o Bar do Faustão foi o sorteado conquistando o direito de disputar a final do torneio. Na partida que apontou o segundo finalista, o time do Bem Amigos venceu o Chaveiro Melo por 1 a 0, gols de Alexandre. Na final o time do Bar do Faustão venceu o Bem Amigos por 2 a 0, gols de Mateus e Denis. Festa – Na manhã de terça a diretoria do Botafogo FC realizou mais uma festa em comemoração ao Dia das Crianças. Centenas de crianças puderam se divertir nos brinquedos montados no estádio do clube. O evento contou com farta distribuição de doces e lanches, além do tradicional “pau de sebo”. Os aventureiros que chegaram ao final foram premiados com dinheiro.

Campo do Botafogo Sub-12: Tapiratiba 3 x 1 Geração Esportes/Itobi (gols de Porão, Breno e Lucas para Tapiratiba e Lucas para Itobi). Sub-14: Tapiratiba 1 x 2 Geração Esportes/Itobi (gols de Rique para Tapiratiba e Mateus Ignácio 2 para o Geração Esportes). Sub-16: Tapiratiba 3 x 3 Geração Esportes/Itobi (gols de Ângelo, Zezinho e Caíque para Tapiratiba e Rodrigo 2 e Marcelo para o Nova Geração).

COPA VERÃO

Botafogo promove torneio no Dia das Crianças A equipe “Bar do Faustão” foi campeã do Torneio de Futebol promovido pelo Botafogo FC, em comemoração ao Dia das Crianças, na tarde de terça-feira. A competição reuniu as equipes do Botafogo (Misto), Bar do Faustão, Coffe the Morning, Bem Amigos, Chaveiro Melo e Escritório São Lucas. Conforme lembrou o presidente do clube, há 22 anos acontece a competição. No primeiro jogo do torneio, o Bar do Faustão venceu o Cooffe the Morning por 3 a 0, gols de Matheus, Evandro e Denis. No segundo jogo as equipes do Escritório São Lucas e Chaveiro Melo empataram em 0 a 0. Nos pênaltis vitória do Chaveiro Melo por 5 a 4. No terceiro jogo o Misto do Botafogo perdeu para o Bem Amigos por 4 a 1, gols de Chiquinho (Botafogo) e Du (2), Eduardo e Romeu para o Bem Ami-

Neguinho 2 para o Nova Geração e Edielson 3, Manuel, Gustavo, Bebê e Giovane para o Vasco). Sub-16: Nova Geração 0 x 0 Vasco F/10 (jogo inacabado)

Vasco e Mocoquinha vão decidir o título Começou na noite de quinta-feira (14) a decisão da IV Copa Verão Master de Futebol, promovida pelo Vasco FC, através do diretor Márcio Aparecido dos Santos (Coquinho). A disputa do título é entre Vasco e Mocoquinha e na primeira partida da final as duas equipes empataram em 1 a 1, gols de Bajão (Vasco) e Antonio Carlos (Mocoquinha). O Vasco chegou à final ao

eliminar o time do João de Souza, goleando por 5 a 0, na sexta-feira, dia 8. Os gols foram marcados por Bajão (3), Eliezer e Roquinho. Na primeira partida entre as duas equipes, houve empate em 0 a 0. Já o Mocoquinha derrotou o Giotto/Guaxupé nas duas partidas da semifinal por 2 a 0. O segundo jogo da decisão acontece na sexta-feira (22). Em disputa está o troféu “Antenor Moreno”.

DOIS TOQUES Futsal - A equipe sub-15 do DEC perdeu para o DET/Caconde por 3 a 1 em mais uma rodada do Campeonato Regional de Futsal Feminino, organizado pela Liga Rio-pardense de Futsal, com apoio da Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer do Estado de São Paulo. A partida foi realizada na terçafeira, em Caconde, e os gols foram marcados por Ester (2) e Tainá (DET) e Lidiane Canalle (DEC). No domingo (10) o time sub-15 do DEC srecebeu em casa as equipes do SET/Leme e Derla/Aguaí. No primeiro jogo o time rio-pardense perdeu para o SET/Leme por 4 a 0, gols de Joyce (2) e Gabriela (2). No segundo, o DEC perdeu para o DERLA por 1 a 0, gol de Daniele. Recreação - A Associação Atlética Rio-pardense promoveu na terça-feira (12), uma tarde de recreação para comemorar o Dia das Crianças. Os associados se divertiram com várias brincadeiras. O evento foi organizado pelo coordenador de Esportes da AAR, Neto Abichabki, e a idealização foi dos professores Filipe Lopes e Alessandro Malaquias, além da colaboração dos professores Paula Raddi e Ana Borsato.

Bar do Faustão campeão do Torneio das Crianças

BASQUETE

AAR vence mais uma no Campeonato Regional O time feminino da Associação Atlética Riopardense venceu mais uma partida pelo Campeonato Regional de Basquete. Jogando na sexta-feira, dia 8, em Indaiatuba, a equipe riopardense bateu as donas da casa por 54 a 44, conquistando mais três pontos importantes para sua classificação. O destaque da partida foi a ala armadora Letícia Breda, com 4 bolas de 3 pontos convertidas no último quarto. Segundo o técnico Hebinho de Souza, a equi-

pe sentiu o cansaço da viagem e começou mal a partida. “Mas no último quarto a equipe soube se impor e mereceu a vitória”, disse. Neste domingo (17), a AAR volta à quadra para jogar contra Nova Odessa, a partir das 10 horas, no ginásio do clube tricolor. Em Indaiatuba, a AAR venceu a equipe da casa jogando com Letícia Breda, Letícia Ariosi, Mariana, Aninha, Larissa, Vanessa, Paulinha e Manú.

AAR quer conquistar terceira vitória consecutiva

acesse: www.boletimesportivo.com


A-12 - 16 de setembro de 2010


16 DE OUTUBRODE 2010 - Pág. A- 13

Renault prepara nova linha brasileira Montadora confirma Fluence (Novo Mégane), Novo Clio, Duster e nova picape DO G1

Além das novidades para a Europa, o Salão do Automóvel de Paris também é utilizado para anúncio de lançamentos em outros mercados, inclusive o Brasil. O presidente da Renault do Brasil, Jean-Michel Jalinier, por exemplo, afirmou aos jornalistas brasileiros presentes no evento que o sedan Fluence (Novo Mégane) chega ao mercado nacional no primeiro semestre de 2011. Além do sedan, o executivo também confirmou

que o novo utilitário Duster chega ao Brasil no segundo semestre do ano que vem. O detalhe é Jalinier voltou a afirmar que o modelo terá algumas modificações. No ano passado, ele disse o seguinte: “Nossa equipe de engenharia e design está desenvolvendo um carro sob a mesma plataforma do Duster, mas queremos um carro diferente do que foi desenvolvido na Romênia. Quando vocês virem o carro me falarão qual vocês preferem”. Outra novidade anuncia-

da pela marca para o mercado brasileiro é uma reestilização do Renault Clio. O presidente da marca não especificou o que vai mudar, mas afirmou que não será o mesmo modelo que é vendido na Europa.Jalinier também anunciou que a Renault do Brasil trabalha no desenvolvimento de uma picape baseada no sedan Logan. Esta picape já foi confirmada, cancelada, engavetada e agora, mas parece que o lançamento da Peugeot Hoggar fez a Renault rever seus planos.

C3 Picasso chega como Citroën AirDream DO AUTOS SEGREDOS

Após o lançamento do novo AirCross, a Citroën já prepara o lançamento da versão “normal” do modelo denominada na Europa como C3 Picasso. No Brasil, o modelo chega no início de 2011 com outro nome: Citroën AirDream. A imprensa automotiva já dava como certa esta denominação, mas sem o anúncio oficial, ninguém podia afirmar. Agora, nosso amigo Marlos Vidal do blog Autos Segredos conseguiu apurar junto ao registro do INPI que a mar-

ca francesa já registrou o nome e o logo “AirDream”. Outra novidade em relação ao Novo Citroën AirDream é que também será equipado com o atual motor 1.4 Flex do C3, o que possibilitará ao mode-

lo competir com o Fiat Idea Attractive 1.4 e Chevrolet Meriva Joy 1.4 Econo.Flex. A versão top de linha, como esperado, contará com o mesmo propulsor 1.6 16V do AirCross.


A- 14- 16 de outubro de 2010

JAC Motors iniciar atividades no Brasil Marcas chinesa vai mostrar seus carros nas próxima semanas no Salão do Automóvel HENRIQUE RODRIGUEZ

A China continua invadindo o mercado de automóveis por todo o mundo e, por aqui, a história não é diferente. Vem aí a JAC Motor, anunciada desde o início do ano. A marca chinesa será vendida no Brasil pelas mãos do grupo de revendas de automóveis SHC (composta por 55 concessionárias das marcas Citroën, Ford, Volkswagen e Jaguar), pre-

sidida por Sérgio Habib (ex-presidente da Citroën do Brasil). Agora a marca já tem data definida para começar a vender por aqui: 11 de março de 2011. Antes disso, a JAC irá exibir seus carros no Salão do Automóvel, que começa no próximo dia 27 em São Paulo. Até o fim de 2011 a marca terá 4 modelos no Brasil com preços que devem variar entre R$ 35 mil e R$ 60 mil: os compactos J3 (hatch) e J3 Turin (sedã),

o sedã médio J5 e a minivan J6. A marca iniciará suas operações com pelo menos 34 concessionárias, e que graças a um investimento em marketing de R$60 milhões, deverão vender 35 mil carros em 2011, o que representaria a fatia de 1% do mercado. A JAC irá iniciar suas operações com o hatch compacto J3 e com a minivan J6. No Brasil o J3 será equipado com motor 1.4 (na verdade são 1.332cc) que aqui rende-

rá 103cv e 12,5kgfm de torque com gasolina.O porta-malas do J3 tem bons 339 litros de capacidade. Rodas de liga leve aro 15”, ar condicionado, trio elétrico, sistema de som com CD e MP3, airbag duplo, freios ABS com EDB, sensor de estacionamento, bancos em veludo, faróis com regulagem elétrica são alguns dos ítens de série.Já a minivan J6 é equipada com motor 2.0 16v de 136cv de potência – sem mais dados por ainda estar em adaptação a nossa gasolina com cachaça etanol. Com capcidade para até 7 passageiros (5, com 2 opcio-

FOTO DIVULGAÇÃO

nais). Os equipamentos serão os mesmos do J3, mas com rodas de 16 polegadas.O JAC J3 Turin chega um pouco depois com a diferença em relação ao hatch, de ter 380 litros de portamalas, o que ainda é pouco para o segmento. Em seguida chega o

sedã médio J5, com o motor 1.5 16v de 105cv e 14,5kgfm de torque. Além dos mesmos equipamentos do J6, ele ainda soma retrovisor interno antiofuscante, tomada AC/ AV, C D - p l ay e r c o m MP3 e USB e rodas aro 17” opcionais.

Cuidados ao fazer o rodízio nos pneus GUSTAVO ZUCCHI - ICARROS

Com o uso, os pneus podem apresentar desgaste ligeiramente irregular na banda de rodagem por diferentes fatores, seja em função da suspensão, da distribuição de carga, das variações nas vias rodoviárias ou pelo tipo de percurso em que o carro trafega. Por isso, uma prática popular entre os motoristas é o rodízio de pneus: inverter a posição das rodas dianteiras e traseiras para evitar o desgaste desigual do equipamento. O que muita gente não sabe, no entanto, é que o procedimento deve seguir algumas regras para que surta o efeito esperado. Dependendo do tipo de tração (dianteira ou traseira) que o veículo possui,

o sentido de inversão das rodas vai mudar. Na maioria das vezes, este tipo de instrução vem no manual do carro. Mas é sempre bom saber como efetuar o rodízio de maneira correta. “A prática pode prolongar a vida dos pneus, desde que seja respeitado o sentido do movimento, principalmente nos pneus de construção radial”, explicou o professor do curso de Engenharia Mecânica Automobilística da FEI (Fundação Educacional Inaciana), Ricardo Bock. “A ideia é poupar o consumidor de fazer trocas parciais dos pneus”, disse Bock Em carros em que a tração é dianteira, a maneira correta de se fazer o rodízio é colocar os pneus de trás na frente em linha reta, e os da frente para trás cruzando (ou seja, o

pneu dianteiro direito fica na traseira esquerda, e o dianteiro esquerdo fica na traseira direita). Já em carros com a tração traseira, o processo é invertido. Quem cruza são os pneus traseiros, e os da frente vão para trás em linha reta. Mas há exceções. Os pneus com desenhos unidirecionais devem sempre ser trocados em linha reta. Os de trás vão para frente, e os de frente vão para trás. Outra dica importante é que pneus de tamanhos diferentes não podem ser trocados entre si. O ideal é que seja feito rodízio de pneus a cada 10 mil km, como recomenda Bock e a Pirelli. “Este procedimento não deve ser feito como forma de tentar corrigir o fato de haver um pneu mais desgastado que os demais. De-

pendendo das condições de conservação e desgaste, ele deve ser trocado”, explica Fábio Magliano, gerente de produtos Car e Motorsports da Pirelli. Após realizar o rodízio, é preciso verificar o alinha-

mento da direção e o balanceamento das rodas, procedimentos de manutenção que também devem ser efetuados a cada 10 mil quilômetros. É importante tomar cuidado para que o desgaste seja

o mais regular possível, por isso, é imprescindível fazer a calibragem correta do equipamento; não se esqueça de verificar a pressão do estepe. E sempre compre pneus novos quando eles estiverem carecas. FOTO DIVULGAÇÃO


16 de outubro de 2010 - A- 15

Tapetes podem interferir na segurança Olhe onde você está pisando: confira o risco de interferência dos tapetes nos pedais (ISADORA CARVALHO/ QUATRO RODAS)

SUA MELHOR OPÇÃO EM LOCAÇÃO DE VEÍCULOS ! Avenida Brasil, 1050 Tel.:(19) 3608-8066 São José do Rio Pardo-SP www.gartenlocadora.com.br

Até pouco tempo atrás, tapete de carro não era assunto. Ninguém poderia imaginar que o revestimento se tornaria o centro de uma polêmica envolvendo segurança e grandes somas investidas em recall e desenvolvimento – só no Brasil, 107.000 unidades de Toyota Corolla, fabricadas a partir de 2008, foram convocadas. Também nos Estados Unidos, o aparentemente inocente tapete vem sendo apontado como a principal causa de alguns acidentes graves, devido à interferência no pedal do acelerador, provocando a aceleração involuntária. Não são poucos os motoristas que sentiram o tapete fugir de seus pés. Quem é que nunca se viu tentando ajeitar com o calcanhar o tapete dançante que insiste em se intrometer sob os pedais? Para aferir quais são os modelos cujos tapetes (entre originais e independentes) estão mais sujeitos a interferir no acionamento dos pedais, a Revista Quatro Rodas encomendou ao Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi) um teste inédito envolvendo seis dos maiores fabricantes e os 21 modelos mais vendidos do país. O estudo mobilizou cinco profissionais ao longo de 16 dias, entre elaboração de critérios, testes e desenvolvimento do relatório final. De acordo com os estudos, o tapete do Classic não se ajusta ao assoalho e por isso está mais suscetível a movimentação involuntária, dificultando a movimentação do motorista e, consequentemente, a dirigibilidade. Os outros cinco modelos cujos tapetes merecem atenção são: Hyundai i30, Peugeot 207 Passion, Renault Sandero, Fiat Idea e Toyota Corolla. O do Classic, o do 207 Passion e o do Idea apresentaram em comum a posição considerada altamente crítica em relação aos pedais, devido a sua extremidade terminar exatamente no fim do curso do acelerador, provocando a prisão temporária deste. No caso do i30 e do Sandero, as peças possuem baixo coeficiente de atrito, característica que facilita a interferência nos pedais e no curso das alavancas por escorregar e se movimentar com facilidade. O produto utilizado no Renault ocupa área menor que o assoalho, aumentando a suscetibilidade a torções e deformações do item. O Corolla foi o único em que o tapete travou o pedal do acelerador, sendo necessária a interferência do condutor para seu destravamento. Inadequado ao assoalho do automóvel, ocupando cerca de 88% de sua

área total – a menor observada entre os 37 conjuntos tapetes/veículos avaliados – , torna-se propenso a movimentações em frenagens bruscas ou na entrada e saída do condutor. Mesmo com as presilhas fixadas corretamente, foi possível verificar o travamento dos pés na parte superior, problema que pode ser agravado dependendo do calçado do motorista. Os melhores Mas nem todos os tapetes ficaram por baixo. O tapete do Fiesta conquistou a primeira posição no ranking pela dupla fixação (por velcro e presilha) existente no tapete original de fábrica, recurso não observado nos demais produtos analisados. Civic, Zafira e Gol Geração 5, o primeiro equipado com tapete original e os demais com marcas independentes, apresentaram bom desempenho ainda que não possuíssem a mesma forma de fixação do Fiesta, e, entre eles, apenas o item do Gol Geração 5 interferia na alavanca do curso dos pedais. Entre os conjuntos avaliados, considerando tanto os originais como as seis marcas não originais, a Borcol foi a que apresentou menor interferência na dirigibilidade, com uma média de 6,4, considerando uma nota de 0 a 10. Em seguida vêm a Unicol e a Cabral, esta última especializada em peças universais que atendem diversos modelos e que obteve boa avaliação por possuir fixação por velcro. Na quarta colocação, com média de 4,6, ficaram os itens originais de fábrica, homologados pela montadora. “Uma surpresa para nós, pois são produtos desenvolvidos e testados especialmente para um modelo, levando em consideração a característica do assoalho e sua dimensão e que, por serem recomendados pela fábrica, deveriam apresentar o melhor nível de segu-

rança comparado às outras marcas do mercado,” afirma o engenheiro Daniel Araujo Filipe, técnico do Cesvi. “A montadora deve desenvolver um tapete que ofereça proteção ao assoalho e praticidade de limpeza ao condutor, além de não interferir na dirigibilidade do veículo”, diz Francisco Satkunas, conselheiro da SAE Brasil. “Caso ofereça algum risco de segurança ao condutor, a fábrica é responsável.” De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, todos os tapetes vendidos em concessionárias, tanto os originais quanto os independentes, são de total responsabilidade da montadora que representam. A maioria dos veículos comercializados no país não possui tapetes originais de fábrica, ou seja, não existe nenhum produto genuíno para eles (recomendado pela fábrica). Nesse caso, o consumidor deve recorrer a marcas independentes, as quais desenvolvem produtos baseados nas dimensões específicas desses modelos. Podem ser encontradas tanto em concessionárias quanto em lojas de acessórios automotivos. Pelas análises realizadas, foi possível constatar que 20% dos produtos testados possuem alto risco de interferir na dirigibilidade. Esse fato demonstra que cada usuário deve ter todo cuidado no momento da escolha desse item para seu veículo (veja o quadro abaixo). Originais e genéricos Os tapetes automotivos podem ser encontrados em diversas formas e características, podendo ser comercializados pelas próprias montadoras ou por empresas especializadas nesse tipo de acessório. Podemos classificar a procedência dos tapetes da seguinte maneira: • Tapetes originais de fábrica: são os tapetes forne-

cidos diretamente pelas montadoras. Comercializados como acessórios genuínos, foram desenvolvidos e testados pela própria fábrica. • Tapetes independentes: são aqueles fabricados especificamente para as características de cada veículo – no caso, os fabricantes são empresas especializadas em tapetes, podendo ou não possuir relação com a montadora. Podem ser adquiridos em concessionárias ou lojas de acessórios para veículos. • Tapetes universais: projetados para serem utilizados em uma grande variedade de veículos, independentemente de marca, tipo ou modelo. Para não se enrolar • Verifique se a área do tapete é compatível com a do assoalho do veículo. • Caso o veículo possua disponibilidade para algum tipo de presilha, adquira um tapete que ofereça essa fixação. • Verifique se a área inferior do tapete possui dentes ou ranhuras, evitando que se movimente. • Confira se o tapete não altera o curso normal de algum dos pedais. • Verifique se o pedal totalmente pressionado entra em contato com a extremidade do tapete. E também se o tapete que termina antes do pedal está bem fixado e posicionado. • O tapete deve se acomodar ao assoalho de maneira a não formar ondas ou escorregar. Não pode ser nem pesado nem leve. • Quando experimentar o tapete, entre e saia do veículo para verificar se ele não altera a sua posição original. • Tapetes metálicos ou refletivos podem refletir luzes e incomodar o motorista. Vale optar por modelos foscos de borracha ou carpete.


A-16 -16 de outubro de 2010

‘Paschoal Cerávolo’ apresenta problemas

Rompimentos na rede de esgoto estão danificando asfalto recentemente colocado REPORTAGEM DIVULGAÇÃO

Na rua Paschoal Cerávolo, resíduos da cozinha de restaurante correm a céu aberto, após rompimento da rede de esgoto que obrigou a destruição do asfalto novo

Ao mesmo tempo em que elogia o asfalto da rua Paschoal Cerávolo, na Vila Brasil, o morador do local, Rui Amaral, reclama da precariedade da rede de esgoto ali

instalada. Ele comenta que há alguns dias a Prefeitura teve de destruir parte da rua para fazer o conserto de uma tubulação e que o reparo não foi concluído.

O problema maior, de acordo com o morador, é provocado por um restaurante próximo dali, que estaria jogando resíduos da cozinha na rede de esgoto.

“A rede encheu de gordura e por isso não resistiu. A Prefeitura teve de abrir o asfalto, e como a rede do restaurante não foi religada na tubulação, o es-

Durante o final de semana e no feriado prolongado, o que se viu por várias ruas da cidade foram cavaletes de sinalização, alertando motoristas e pedestres para os buracos, que se avolumaram com as chuvas que caíram há alguns dias. Com o feriado e ponto facultativo no setor público municipal, a equipe de ser-

viços da Prefeitura só retornou aos trabalhos na quarta-feira (13), para concluir obras inacabadas ou iniciar outras. Sem a manutenção das ruas, pedestres e motoristas tiveram que desviar dos cavaletes. No Jardim Aeroporto, no cruzamento da Avenida Santos Dumont com a rua Prefeito Aurino Vilela de Andrade, os moradores colo-

caram o cavalete para substituir a tampa de uma galeria de águas pluviais. Próximo dali, no cruzamento da Avenida Brasil com a rua Algenor Taddei, a obra não concluída no calçamento obrigou a colocação de outro cavalete, que somente foi retirado no meio da semana. No centro da cidade, no cruzamento das ruas Ben-

jamin Constant e Rui Barbosa, há três semanas houve um afundamento do solo, por conta de rompimento de galeria de esgoto, no leito da rua. A solução só começou nesta semana e, na manhã desta sexta, entulhos da obra, misturados a pedaços de cavaletes de sinalização, ainda não estavam no local.

goto está a céu aberto. Para eu chegar estacionar na garage, de casa, tenho de lavar os pneus do carro”, explica Amaral. O morador fez questão

de enfatizar a importância da obra de asfalto no trecho da Paschoal Cerávolo, mas observou que há necessidade de solução para a questão do esgoto.

Motorista precisa de atenção com buracos

REPORTAGEM

Na Vila Brasil, Aeroporto e centro, serviços inacabados e perigo para os motoristas


16 de outubro de 2010 -A-17

Praça do Epidauro recebe novos bancos Medida faz parte de projeto que prevê instalação de assentos em vários pontos da cidade A Prefeitura de São José do Rio Pardo deu início aos trabalhos de fixação de 128 bancos de concreto em nove pontos distintos da cidade, a maioria deles praças, informou nesta semana a assessoria de imprensa do município. Conforme explica, as peças foram adquiridas no comércio local por meio da empresa Lairton Infante Monte Alto ME, que está realizando as colocações. Na Praça do Epidauro, na quarta-feira (13), foram colocados 40 bancos. Outros locais que também estarão recebendo os bancos são: praça Irmã Maria Clara Neumaier, no Jardim Santa Tereza, receberá 20 bancos; a Mariana de Carvalho, no Jardim São Roque, 10; outros seis serão fixados nos arredores do Velório Municipal. Também será contemplada com cinco bancos a praça Monsenhor Adauto Vitalli, no Conjunto Habitacional Rio Pardo; na avenida Euclides da Cunha serão fixados três em substituição os que estão quebrados no ponto do circular, quatro nos arredores do Pronto Socorro, 20 na Ilha de São Pedro e outros 20 na Área de Lazer. Os trabalhos são coordenados pelas secretarias de Agricultura e Meio Ambiente e Planejamento, Obras

e Serviços. A proposta é tornar os logradouros mais agradáveis para os frequentadores. Lançamento do guias gastronômico e turístico Anunciado há vários meses, ficou pronto e será lançado na terça-feira, dia 19, o “Guia Gastronômico Rio-pardense”, trabalho elaborado pela agência Rossi & Salles, com apoio da ACI e Prefeitura, para divulgar as atrações da culinária local. Na mesma ocasião será lançado o “Guia de Bolso Autoguiado”, com as principais informações do mu-

nicípio nos setores gastronômico, hoteleiro, de saúde, além de ilustrações dos atrativos turísticos. Como informa a assessoria de imprensa do município, o “Guia Gastronômico Rio-pardense” será entregue em toda a rede hoteleira e também no comércio local. A produção do material ficou por conta do trabalho conjunto entre a Prefeitura e o SEBRAE. O lançamento dos guias acontece durante evento promovido pela Prefeitura, a partir das 20 horas de terça-feira, no Club Lounge do Raribb’s.

DIVULGAÇÃO

A Praça Oliveiros Pinheiros já recebeu instalação de bancos, que tambem serão colocados em outras praças

Criado o santuário de Nossa Senhora do Rosário REPORTAGEM

A diocese de São João da Boa Vista acaba de elevar a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, na Vila Formosa, à condição de santuário, segundo informa o vigário responsável pela igreja, padre Celso Brás. Ele explica que recebeu comunicado do bispo dom Davi Dias Pimentel, autorizando a elevação da igreja à categoria de santuário, conforme desejo da comunidade. O padre diz que será um Santuário de peregrinação.

“Um lugar de graça, onde as pessoas vêm buscar bênçãos e milagres, através da intercessão de Nossa Senhora do Rosário da Pompéia”. O anúncio da diocese coincide com as campanhas da comunidade católica para ampliar o agora santuário de Nossa Senhora do Rosário da Pompéia, que desde o início do mês realiza quermesse para levantar recursos para suas atividades. O evento vai até o dia 31.

Santuário Nossa Senhora do Rosário: local será agora lugar para vista de peregrinos


A-18 - 16 de outubro de 2010

Horário de verão começa neste domingo À meia noite deste sábado, 16, começa mais uma edição do horário de verão, que se estende até o dia 20 de fevereiro de 2011. Durante este período de 127 dias, os brasileiros das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste terão que adiantar o relógio em uma hora. De acordo com o governo federal, nas três regiões do país em que o horário de verão é aplicado, a demanda por energia elétrica diminui em cerca de 5%, já que a população consegue um aproveitamento extra da luz natural. Nos últimos dez anos, a redução média de demanda por energia no horário de maior consumo foi de 4,7%. O horário de verão não é aplicado nas regiões Norte e Nordeste em virtude do ganho considerado peque-

no, segundo dados do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico). “Os fundamentos de aplicação da medida, entre os principais: o aproveitamento da intensificação da luz natural ao longo do dia durante o verão, mostram que quanto mais próximo aos trópicos, tal aproveitamento é mais intensivo, e quando se afasta destes e se aproxima da linha do Equador, se reduz o aproveitamento, tendo em vista a menor intensificação da luz natural ao longo do dia, no verão. Devido à grande extensão territorial do nosso país, é possível aproveitar-se o efeito na parte que os benefícios são mais expressivos, e aplicarse a medida apenas como complementação, quando necessário, nas regiões

onde os benefícios são menos expressivos”, explica, por meio de nota, o Ministério de Minas e Energia. No Brasil, o horário de verão foi instituído pela primeira vez no verão entre 1931 e 1932 pelo então presidente Getúlio Vargas e durou quase metade do ano. Atualmente, vários países fazem mudança no horário convencional para aproveitar melhor a luminosidade do verão. Desde 2008, foram estabelecidas datas fixas para o início e término do horário de verão no país: a mudança ocorre no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro. Se a data coincidir com o domingo de Carnaval, o final do horário de verão é transferido para o domingo seguinte.


16 de setembro de 2010 - A-19

Peças na ‘Fábrica’ Na última sexta-feira do mês, 29, às 20h, a Fábrica de Expressão recebe a peça infantil “Filho das Águas”, da Companhia Tragatralha de Teatro de Piracicaba. Explorando o lado caipira da população, a Cia. mostra a vida de Elias Rocha, artista popular nascido nas proximidades do rio Piracicaba. “Filho das Águas” aborda a delicada relação de afetividade que o artista manteve com o Piracicaba. Nos idos de 1975, quando a degradação chegou a níveis alarmantes, Elias instalou seus bonecos de sucata nas margens do rio. Os seus “pescadores” viraram símbolos da luta pela preservação. Encenado literalmente sobre uma grande colcha de retalhos, o espetáculo busca o lúdico na vida e obra de Elias, através das tradições caipiras, Festa do Divino e cururu, ricas expressões culturais encontradas em todo o Vale do Médio Tietê. Em cena, quatro atores se revezam em mais de 20 personagens, em um dinâmico jogo cênico. Elias Rocha nasceu no dia 3 de agosto de 1931. Com o tempo passou a ser conhecido por “Elias dos Bonecos”, devido à

DIVULGAÇÃO

“Filho das Águas” conta a história e a luta pela preservação do rio Piracicaba

atividade que marcaria de maneira indelével a sua vida e do Piracicaba. A confecção de bonecos de sucata em tamanho natural, muitos deles pescadores, durante muitos anos foram instalados nas margens do rio pelo próprio artista. Hoje, além de habitarem a margem do rio na altura da “Casa do Povoador”, os bonecos do “Elias dos Bonecos” também estão em museus de folclore de cidades como Rio de Janeiro, Salvador e Curitiba, sem contar as cidades do Vale do Médio Tietê. Alguns exemplares já foram enviados para o exterior, além de figurarem na Bienal Naifs do Brasil, promovida pelo SESC. “Esperando Gordô” No próximo dia 23, a partir das 20 horas, a Fábrica de Expressão rece-

be a peça “Esperando Gordô”, da Companhia Lona de Retalhos da Cooperativa Paulista de Teatro. O evento faz parte da programação do Circuito Cultural Paulista. O evento é gratuito com classificação livre. Circuito SESC Na próxima quarta-feira, 27, os rio-pardenses poderão desfrutar das atividades do Circuito SESC de Artes 2010. O evento que conta com apoio da Prefeitura, estará com suas atividades, durante todo o dia, na praça Oliveiros Pinheiros junto ao Epidauro. O evento é gratuito com classificação livre. O Circuito SESC de Artes pretende percorrer 88 cidades do interior, litoral e grande São Paulo, reunindo cerca de 250 artistas em 16 dias de programação – do dia 19 de outubro a 7 de novembro.


A-20- 16 de setembro de 2010

Catapora: cidade ainda não tem surto Casos notificados não chegavam a dez até início da semana, diz Denise Salvador

Missa campal reúne centenas no Recanto No dia 12 de outubro, Dia de Nossa Senhora Aparecida, os fieis se reuniram no Recanto Euclidiano para uma missa em homenagem à padroeira, cuja imagem, em ato simbólico, foi trazida ao local da cerimônia em uma canoa. A celebração foi feita pelo cônego João Antonio Darcie com participação do grupo de evangelização Deus Proverá. Durante a missa o cônego falou sobre a importância do rio Pardo como um dos pontos iniciais da construção do município. Dar-

cie abordou com ênfase, a questão da transformação, pedindo a que as pessoas não se acomodem, mas que trabalhem pela transformação, visando um futuro melhor. “Assim como o açúcar que é dissolvido na água, temos que assumir novas formas, só que sem perdermos a nossa essência. Temos que atuar em nosso lar, em nosso ambiente, para que o mila-

gre da transformação aconteça em nós”, disse na homilia. Ao término da celebração, a imagem foi reconduzida à igreja Matriz, através de uma procissão. REPORTAGEM

Grande público acompanhou atentamente à homilia da missa campal no dia 12

Notificações pontuais, ou seja, em bairros diferenciados têm caracterizado o problema da incidência de catapora em São José do Rio Pardo. Não há, por enquanto, surto da doença já que o número de casos notificados até o início desta semana não chegava a dez. A garantia é da enfermeira Denise Rondinelli Cossi Salvador, da Vigilância Epidemiológica, que explicou que um surto ocorre quando se tem, num mesmo espaço físico, dois ou mais casos de uma mesma enfermidade e na mesma ocasião. Doença sazonal, ou seja, que tem época específica para aparecer, a catapora vem sendo acompanhada de perto nos últimos quatro ou cinco anos pela Vigilância Epidemiológica local, especialmente nas creches. A vacina contra catapora ou varicela não faz parte do calendário de vacinação do Ministério da Saúde ou da Secretaria de Estado da Saúde. Com isso, a disponibilização gratuita da vacina é feita somente quando ocorrem surtos e sua aplicação é feita em crianças menores de 6 anos de idade. “Temos feito esse trabalho sistemático junto às creches e, talvez por isso, não tenhamos ainda um surto da doença no município”, reiterou Denise. “A

DIVULGAÇÃO

Os pontinhos vermelhos caracterizam a catapora em sua fase aguda

gente começa a vacinar a criança a partir de um ano de idade”. Disponível, porém, na rede privada, a vacina contra catapora pode ser encontrada na maioria das farmácias e drogarias. Adultos que não tiveram catapora na infância também podem apresentar a doença, que começa quase sempre com febre e mal estar, culminando depois com as bolinhas em parte ou em todo o corpo. Uma pessoa com o problema chega a ter em média 300 ou 400 bolinhas, num período que varia de uma semana a duas. “Enquanto a criança ou

o adulto com a doença tiverem essas bolinhas, que chamamos de vesículas, e que ainda não secaram, é necessário que fique em casa, em isolamento, para não transmitir o problema a outros”, alertou a enfermeira. Denise recomendou, por fim, que toda pessoa acometida da doença não se auto medique, especialmente porque nos locais do corpo afetados, se forem coçados, podem acarretar problemas mais graves como encefalite (inflamação das membranas que envolvem o cérebro). “É necessário procurar um médico para que ele prescreva o que fazer e o que usar”, concluiu.


C-1 - GAZETA DO RIO PARDO - 16 de outubro de 2010

FOTO LIDER

Enlace R Na tarde do dia 25 de setembro, às 16h30, aconteceu a cerimônia religiosa na Igreja Matriz de São José, de Solange e Ruy, ela filha de Maria Helena Hipólito Secco e Braz Secco, ele filho de Orlando Germeck (in memoriam) e Naziha Nagib Choukri Germeck. Os noivos receberam os convidados no Buffet Donana selando o magno acontecimento em grande estilo. FOTOS BEL JARETA

R Thaís, filha de João Carlos Laranja Junior (in memoriam) Dolores Peres Laranja, uniu-se em matrimônio com Luís Felipe, filho de Heber Luís Nogueira Fontão e Ana Cristina Heleno Victorio Fontão, durante cerimônia religiosa celebrada pelo Abade Paulo Celso De Martini, no dia 9 de outubro, na Igreja Nossa Senhora do Loreto. Os noivos receberam os cumprimentos na sede da AAR, com jantar grifado por Paulinho Girotti. Os noivos Luís Filipe e Thaís

A noiva com sua mãe

Heber Luís e Ana Cristina com os filhos

RNo dia 9 de outubro, às 18 horas, na Igreja Matriz São José, aconteceu o enlace matrimonial de Ana Cecília e Adriano, unindo as famílias Maria Cecília Pires Della Torre - Alcindo Della Torre – Lucy Faria Teixeira – Edilberto SICCA IMAGEM Teixeira. Os noivos recepcionaram os convidados no Buffet Trivial. Os pais da noiva

A mãe do noivo

As daminhas Larissa, Karina e Letícia, filhas do casal

Os noivos na hora do sim

Casamento comunitário RNo dia 12 de outubro, às 9 horas, no Espaço Cultural Eva Wilma, em Tapiratiba, aconteceu a marcha nupcial para a entrada dos noivos, tocada por alunos do Projeto Guri, a organização do evento ficou por conta de Solange de Souza Cruvinel (Presidente do Fundo Social) e Alini Roberta da Silva (Diretora de Promoção Social) reunindo 52 casais. A equipe do Foto Metro foi formada com 6 fotógrafos e estrutura de 2 studios para registrar o evento. FOTO METRO

Os noivos Adriano e Ana Cecília com os pais


C-2 - GAZETA DO RIO PARDO - 16 de outubro de 2010

Nat .Enzo, filho de Vanessa e Júlio César Cálipo, festejou seu 1º aniversário dia 8 de outubro, em torno de uma concorrida recepção no Buffet Trivial Kids, com tema do Mickey Mouse, com lindas lembrançinhas confeccionadas caprichosamente pela mamãe. FOTO METRO

Mesa de Pista

 No dia 12 de outubro, Dia das Crianças, a Banda Pedro e Fernando abrilhantou evento alusivo à data no Salão de Festas em Itobi, com presença de várias autoridades. As crianças se divertiram.

Vai e Vem N A dermatologista Dra. Florence Marin Ortega e a irmã Adriane acabam de regressar do Encontro Latino Americano de Atualização Científica na cidade do México.

 Pedro Augusto, filho de Elenita e Donizeti Procópio Machado, festejou seu Nat, dia 10 de outubro, domingo, com um delicioso churrasco, para amigos e familiares preparado em sua residência.

Parágrafo Único

“O maior prazer de uma pessoa inteligente é bancar o idiota diante de um idiota que banca o inteligente.” Dra. Florence e Adriane aproveitaram para cutir férias em Cancun após o evento

.Paloma e Ricardo, filhos de Lara e Ricardo Avelino, em momento de descontração no aniversário de 1 ano.

NNum momento de descontração Maurinho e Aline, no domingo dia 10, em Ribeirão Preto, no Parque Aquático - Magic Garden.


GAZETA DO RIO PARDO - 16 de outubro de 2010 - C- 3


C- 4 - GAZETA DO RIO PARDO - 16 de outubro de 2010

franciscobraghetta@yahoo.com.br

Entrelinhas

Novos dirigentes na AAR Segunda-feira, dia 11, os Conselheiros da Associação Atlética Riopardense elegeram a nova diretoria administrativa para o próximo ano. Marcelo Nogueira Rocha volta à presidência, tendo como vice José Augusto Barreto. A AAR está num

bom momento, em plena atividade, finanças em dia e com o quadro associativo em crescimento. Neste ano comemora 80 anos de muitas conquistas, tanto nos esportes como nas atividades sociais, recreativas e culturais. Até o final do

ano o clube terá novos estatutos, atualizados e adaptados à realidade dos tempos atuais. Marcelo Rocha me contou que vai inovar nesta sua gestão contando com grupos de casais que irão ajudá-lo na divisão de tarefas dos vários departa-

mentos do clube da Vila Pereira. O presidente que sai, Marcos Germek , prestou contas na reunião do Conselho comprovando que sua gestão deixa um saldo financeiro bem expressivo e muitas boas atividades e vitórias esportivas de atletas tricolores.

NUm alto funcionário da prefeitura me confidenciou que os muitos pontos facultativos que o prefeito decretou foram providenciais. Isso porque a administração está parando cada vez mais diante de tantos problemas provocados pelos atuais caciques do poder. Na opção de não fazer nada nas repartições, melhor ficar em casa e assim a prefeitura não gasta com energia elétrica e outras despesas do dia a dia. NMas essa situação inoperante está preocupando a população com graves repercussões em outras atividades da cidade, como no comércio que já sente a insegurança da população. É triste ver a cidade em estado de abandono e decadência administrativa. N A inconseqüência na hora de votar nas pessoas certas provoca essa situação de insatisfação coletiva. O pior de tudo é que

a lição nem sempre é assimilada. Agora, nas recentes eleições, já tem muita gente arrependida de não ter votado nos candidatos locais e regionais para o Congresso e Assembléia Legislativa, pois perdemos a chance de nossos representantes poderem pleitear melhorias para a cidade. NNa próxima quarta-feira (20), na UNIP, o curso “Interidades” vai ter um tema diferente e gostoso: “Oficina de Sobremesas – Doçuras de Dona Cotinha”. A senhora Cotinha Félix de Souza não é uma doceira profissional, pois suas sobremesas são feitas com muito carinho somente para familiares e amigos, mas suas receitas exclusivas são cobiçadas e copiadas por muitas outras doceiras da cidade. Essa aula da próxima quarta-feira vai ser muito concorrida, com certeza. Começa às 14 horas, no Campus Central da UNIP.

A nova classe média brasileira

Luís Paulo Cobra Monteiro, presidente do Conselho Deliberativo; Marcelo Nogueira Rocha, ex-presidente, conselheiro e agora reconduzido à presidência; e Marcos Germek, presidente que encerra a atual gestão em 31 de dezembro.

12 de outubro José Mauro Boaro, de “O JornalZinho”, fotografou a missa campal no Dia de

Nossa Senhora Aparecida, no Recanto Euclidiano. O cônego Darcie conduziu o ato

religioso. Aqui, como em todo o país, os católicos invocaram a padroeria do Bra-

sil pedindo uma luz na difícil tarefa de escolher quem será para nos govermar.

O Ibope divulgou os resultados do levantamento “Classe C Urbana do Brasil: Somos Iguais, Somos Diferentes” com interessantes resultados sobre a nova classe média brasileira: 1. Nesta classe há predomínio dos jovens afrodescendentes. Em Salvador, 41% das pessoas nessa faixa da população são negros, já em Brasília os negros representam 22%. 2. As mulheres chefiam 32% dos lares na classe C, enquanto nas classes AB essa porcentagem é de apenas 25%. Nesta categoria econômica as mulheres têm mais poder de compra. 3. A pesquisa mostra também que apenas 27% da classe C estão acima do peso, contra 31% das classes A e B, em decorrência direta de menos excessos na alimentação somada a mais mobilidade física rotineira. Essa interessante e útil pesquisa sobre a nova classe C brasileira foi feita com 20 mil pessoas, entre 12 a 64 anos, nas nove principais regiões metropolitanas do Brasil, entre fevereiro e maio de 2009, e concluída em janeiro de 2010. Cada entrevistado teve de responder mil perguntas. A pesquisa tem muitos outros dados importantes para serem passados à sociedade.

3608-6677


Página C-5 - 16 de outubro de 2010 - GAZETA DO RIO PARDO

www.rjdg@terra.com.br

Um enterro emocionante Sexta-feira, 1º de outubro, 15 horas, os restos mortais de Carlos Alberto da Silveira Isoldi chegaram a São José. Ele pedira que aqui fosse sepultado. Muitos amigos e casais, ligados à Bolsa de Valores, acompanharam o amigo, corretor e ex-conselheiro da BM e FBovespa, até nossa cidade, confortando a esposa Maria Celina e os

filhos Carlos Alberto, Ana Luíza e Ana Beatriz. Às 17h30, muitos que souberam do seu passamento acompanharam o amigo até sua última morada: um jazigo à direita da Capela do Cemitério. A chuva parou e o sol reapareceu. Carlos Isoldi, que tanto amou nossa terra, nela investindo, projetou-a. Colecionador e restaura-

dor de carros antigos, com uma oficina de restauro na sua casa de campo, trouxe para aqui centenas de outros aficionados nesta arte, deste e de outros Estados. E todos se encantaram com nossa cidade, participando sempre das famosas e concorridas exposições denominadas “Antigomobilismo”, montadas na Praça Barão do Rio Branco

Da esquerda para a direita, em pé: Mário Bertero, Toni Lourenço, Rato, José Fagioli, Ivair, Frigo e Bitinha. Agachados: Nego, Paulinho Xavier, Tatau, Paulinho Bertero e Edson Teixeira.

Anos 20. Da esquerda para a direita: n.i., Francisco Stocco, n.i., Aníbal Possebon, Frederico Righetti, Júlio Possebon, Amélio Possebon e n.i.

Aristides e Íris Trovatto, no trem, viajando para São Paulo, em julho de 1950

(Largo do Mercado), expondo seus belos e valiosíssimos carros restaurados. Os muitos acompanhantes contornaram o jazigo, coberto de flores. Achei estranha, naquele meio, a presença do conhecido e jovem cantor Biré, com seu violão. Iniciava-se o ritual do sepultamento. Biré posicionou-se num

plano mais elevado e, depois de acordes introdutórios, começou a cantar a “Canção da América”, de Milton Nascimento. E cantava, vivendo as palavras: “Amigo é coisa pra se guardar / Debaixo de sete chaves / dentro do coração”... O silêncio e a emoção da beleza inesperada contagiaram todos. Lágrimas.

Do alto, vimos o sol avermelhado refletir-se no rio, cercado de verdes. E o Cristo, no morro, resplandecia... No silêncio profundo, tão incomum, salpicado de lágrimas, Biré continuava: “O que importa é ouvir / A voz que vem do coração” O jazigo, coberto de flores, cerrou-se. “Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar”. 10/10/2010.

Piquenique no Areião. Na frente, duas crianças não identificadas: a terceira maior é Rosa Maria Trovatto e na sua frente, Regina Trovatto e n.i. Atrás, da esquerda para a direita: Dina e, atrás, Leonardo Trovatto,Vera Lúcia Trovatto, atrás Íris Trovatto, duas n.i., Maria Nazareth Guimarães (atrás), Carmen Cecília Trovatto (de branco), Raphaella Trovatto (parte da cabeça), Maria Olímpia Guimarães abraçando menina n. i., Euclydes Trovatto atrás, ... Catalano de vestido escuro, Zuza Lamoglia e dois meninos n.i.

Em 1969, da esquerda para a direita: José Chiara (Pepe), Alberto Landini, João Landini, Quinota Bertero Landini e Filoca Chiara.

Futebol na AAR. Da esquerda para a direita, agachados: Darci, Norberto, Henrique, Palito, Pioco, Tuta e Élcio. Em pé: Alex Nasser, Gaeta, Garcia, Guinha, Bentinho, Tonho, Cléber Abade, Pingüim, Ratão, Eduardo Nasser, n.i.

Antes de qualquer negócio, visite nosso show-room e conheça nossos planos de venda

Av. Com. Dr. Luiz Gonçalves Júnior, 69 -Fone: 3608-5734


C-6 - GAZETA DO RIO PARDO -16 de outubro de 2010

você sabia

Qual é o Bicho ?

Besouro-bombardeiro, o único animal capaz de produzir uma bomba!

Jequitiranabóia Se há um inseto esquisito, é o jequitiranabóia (Fulgora lanternaria) . Tanto que é conhecido por cobravoadora, até em função de sua cabeça, que lembra a do réptil (ou mesmo a de um jacaré). Embora sua aparência seja de assustar, é totalmente inofensivo (a começar pelos dentes falsos). Além de asas amareladas, com detalhes em preto e pardo, tem olhos bem pequenos e uma espécie de antena junto a eles. Chegam a medir de 6 a 7 centímetros de comprimento, com o dobro de envergadura nas asas. Costuma ser chamado ainda de jetiranumbóia, jitiranabóia, jiquitiranabóia, jequitirana-bóia, tirambóia, jaquiranabóia, cobra-voadora, cobra-do-ar e cobrade-asa. Para vê-lo, só mesmo nos crepúsculos. Outra curiosidade: quan-

do pousados, costumam andar de lado e para trás. São predados por aves, mamíferos (primatas e carnívoros), répteis e anfíbios. Distribui-se pela América do Sul e em grande parte do território brasileiro. Eventualmente também é encontrado em alguns países da América Central. Habitam florestas tropicais, mas também apare-

cem em cidades, atraído pelas luzes urbanas. Alimentam-se de néctar das frutas e seiva dos vegetais. De seus ovos eclodem ninfas, que ao realizarem a última muda fazem a metamorfose (como as borboletas). Depois disso, tornam-se adultos alados. Fonte www.terradagente.com.br

ENVIE A FOTO DE SEU ANIMALZINHO DE ESTIMAÇÃO PARA

diagrama@gazetadoriopardo.com.br

No mundo dos insetos, fugir do inimigo é uma façanha! Algumas espécies possuem estratégias incríveis capazes de “detonar” um inimigo em minutos. O Besouro bombardeiro, um coleóptero da família carabidae é um famoso conhecido por ser capaz de produzir umna bomba no abdome, isso mesmo!!! Os bombardeiros pos-

suem uma arma bastante diferente. Eles possuem glândulas que armazenam uma mistura química capaz de queimar tanto quanto água fervente. Mas como um inseto que possui sangue frio pode realizar tal façanha? Esses besourinhos possuem duas glândulas iguais dispostas lado a lado, que abrem na extremidade da cavidade abdominal. Essas glândulas são preenchidas com substancias como o peróxido de hidrogênio e hidroquinona, além de um compartimento externo contendo catalase e peroxidase. As junções destes componentes químicos resultam numa rea-

ção química e o besouro produz uma “bomba”. O vapor resultante desta substância irritante é conhecido como p-benzoquinona, que explode embaixo do abdômen fazendo um barulho tão poderoso que pode ser ouvido pelos humanos. O resultado é uma substancia com uma temperatura tão alta que é capaz de escaldar o possível predador, ou causar queimaduras nos animais maiores, como nós! Estes besouros são considerados criaturas fascinantes por ser o único animal capaz de misturar elementos químicos e produzir uma bomba ! Fonte: hhttp:// diariodebiologia.com#ixzz11mwbtCUo


16 de outubro de 2010 - C-7

Fonte: Terra Esotérico

Madalenas de limão Ingredientes 3 ovos grandes à temperatura ambiente 140g de açúcar 1 pitadinha de sal 180g de farinha 1 colher de chá de fermento 120g de manteiga derretida 3 colheres de chá de raspa de limão Preparo Preaqueça o forno a 190ºC. Untar a forma das madalenas (tipo forma de empada) com manteiga e polvilhar com farinha. Com a batedeira, bater os ovos com o açúcar e o sal, durante +/- 5 minutos. Juntar aos poucos a farinha com o fermento (previamente peneirados) à mistura dos ovos. Bater até ficar tudo misturado. Adicionar a raspa de limão á manteiga. Com uma colher de pau, envolver a manteiga na massa. Misturar apenas até a massa ficar homogênea. Colocar a massa das madalenas na forma prepa-

Terá que batalhar pelo seu progresso: jogue sua energia no trabalho, mas aja com discrição. Aceite as mudanças com otimismo. O céu indica novas chances de paquera e conquista. Arrase! Em uma quartafeira do mês, acenda um incenso de jasmim para conseguir ter proteção todos os dias. Dedique-se ao trabalho e não tema disputas, aposte no bom humor e na criatividade. É uma fase de renovação: livre-se do que não usa mais. Há chances de uma grande realização afetiva. Quanto mais você conhecer a si e as pessoas com quem se relaciona, mais sentirá segurança e satisfação. Pode assumir novas responsabilidades. Dedique-se à família e à sua saúde. Trabalhar em equipe será uma boa opção. Siga sua intuição para atingir suas metas. No amor, surpreenda o par. Pare de assumir obrigações que não são suas e valorize-se mais. Saiba equilibrar limites e regras.

rada, tendo o cuidado de não encher totalmente as cavidades. Levar ao forno (faça o teste do

palito para ver se está no ponto). Retirar do forno e desenformar.

Roberto Carlos prepara seu especial

Xuxa processa Google

A apresentadora Xuxa Meneghel obteve uma vitória na última semana contra o Google. A loira moveu um processo contra a empresa, após o buscador associar a palavra Xuxa ao adjetivo “pedófila”. Os internautas que digitassem a combinação no buscador até a última sexta (8), encontrariam mais de 50 mil textos e vídeos, além de cerca de 20 mil fotografias da apresentadora, em parte delas nua ou em cenas de sexo, retiradas do filme que participou em 1982. Com a determinação da Justiça do Rio, em primeira instância, o Google terá de retirar todas essas referências de seu site. Caso a ordem seja descumprida, a empresa terá que pagar R$ 20 mil por cada resultado de busca que associe a loira à pedofilia. O mesmo é válido para a exibição de fotos e vídeos de Xuxa sem roupas. RedeTV! quer programa de auditório aos domingos

Única emissora dentre as cinco maiores do Brasil a não ter nenhum tipo de programação diferenciada nas tardes de domingo, a RedeTV! está planejando entrar na briga dos programas de auditório. Segundo a coluna Zapping, o canal paulista estaria à procura de um homem de 30 a 40 anos para comandar uma atração vespertina no domingo. Há certa urgência na procura, afinal a estreia do programa está prevista para o mês de novembro.

A Globo e a equipe de Roberto Carlos já trabalham na elaboração do especial de fim de ano do cantor, que, neste ano, deverá ser realizado nas areias de Copacabana na noite de natal. O cantor já teria até indicado as duplas sertanejas que pretende contar como convidados no show. De acordo com o jornal Extra, Victor & Leo e Edson & Hudson são as sugeridas pelo rei. Já os veteranos Chitãozinho & Xororó e Zezé Di Camargo & Luciano deverão ficar de fora do show. Ao contrário dos anos anteriores, o especial deverá ser transmitido ao vivo pela Globo e contará com a bateria da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, que narrará a trajetória do rei na Marquês de Sapucaí em 2011. Record faz documentário de Chitãozinho & Xororó

A dupla Chitãozinho & Xororó será o principal destaque da programação de fim de ano da Record. Para comemorar os 40 anos da dupla, a emissora exibirá um documentário e dois shows especiais dos sertanejos. “Estão gravando um documentário sobre a nossa carreira. A gente vai aparecer falando de alguns momentos de nossa trajetória. Outras passagens serão interpretadas por atores da Record. A nossa parte a gente já fez”, disse Chitãozinho, em entrevista ao site da editora Abril. No documentário, um dos depoimentos mais emocionantes foi sobre o projeto “Amigos”, que produziu especiais com as três principais duplas sertanejas da década de 90: Chitãozinho & Xororó, Zezé di Camargo & Luciano e Leandro & Leonardo. “Fizemos aquele primeiro show em São Paulo e conseguimos um público de 110 mil pessoas. Foi um momento muito especial, eu até cito ele em nosso documentário. Foi muito emocionante quando eu vi aquela multidão”, revela.Os dois DVDs, que foram gravados pela dupla para comemorar os 40 anos de carreira, também serão levados ao ar pela emissora. Os especiais sobre os 40 anos de Chitãozinho & Xororó estão previstos para serem veiculados nas semanas de Natal e de Ano Novo.

PENSAMENTOS DE PAULO COELHO

A ausência da história pessoal Para que os ritos mágicos consigam passar de geração em geração, o feiticeiro (ou xamã) deve esquecer tudo aquilo que aprendeu antes de iniciarse na magia. Segundo a tradição, um homem ou mulher que

está preso ao seu passado, termina deixando governar-se pela maneira de pensar de seus pais, ou a sociedade em que vive. Por isso, todo iniciado escolhe um novo nome, e procura livrar-se de lembranças, boas ou más. Para poder abandonar a história que viveu, o feiticeiro passa meses seguidos recordando, nos menores detalhes, cada um

Una-se a pessoas com interesses em comum. Amor e trabalho vão disputar a sua dedicação. É um bom momento para lutar pelo que deseja, mas não deixe quem ama de lado: concilie! Se deseja garantir seu sucesso, aposte em sua capacidade de adaptação, mas não descuide da saúde.

dos eventos de sua vida. Algumas tradições pedem que ele fique horas a fio contando em voz alta, para um copo cheio de água, tudo que aconteceu em cada encontro com cada pessoa; assim, a experiência sai da memória e vai para a água – que em seguida é atirada em um rio. Desta maneira, a cabeça fica “vazia”, e pode começar a ser preenchia

com novas coisas. Uma vez livre de seus pensamentos antigos, o feiticeiro concentra-se no silêncio interior, e espera que os espíritos comecem a contar a verdadeira história do universo. Este silêncio, junto com a ausência de lembranças passadas, dá ao feiticeiro a sensação de liberdade total para entender um novo mundo.

Nem tudo será como espera. Aja com determinação para cumprir o que planejou. Pode descobrir novas formas de ganhar dinheiro. Um pouco de aconchego com quem ama vai adoçar o romance. Sempre que puder, estabeleça vínculos saudáveis e duradouros com as pessoas que trabalham com você. Acordos serão vantajosos. Organize suas despesas. Trabalhe com seriedade e prazer. Suas relações mais íntimas terão um toque de amizade e confiança. Na paixão, vai atrair como ímã. Lembre-se de que a beleza interior é uma qualidade muito importante, tanto em você como nos outros. Convém se isolar e avaliar sua vida. Não prometa mais do que pode fazer. O céu estimula a reunião com amigos e parentes. Seu desejo de agradar a quem ama fará a diferença na paixão! Tenha bons pensamentos, pois o astral interfere nos resultados da nossa vida. Tudo pode melhorar. Aja com discrição no trabalho: boa fase para lucrar. Atitudes gentis trarão benefícios e tudo que envolva lazer e diversão conta com boas energias. Na paixão, evite segredos e traições. Pessoas especiais estarão ao seu lado quando precisar delas, mas é importante que abra mais seu coração. Evite promessas que não poderá cumprir. Busque mais diálogo com as pessoas e ouça o conselho dos mais velhos. Insegurança, ciúme e problemas financeiros podem abalar o romance. Aprenda a dosar as coisas! Existe o risco de você se desgastar muito, tentando viver tudo a mil por hora. Sinal de instabilidade emocional: fuja de discussões e não se renda ao pessimismo. O desejo de mudar de vida falará alto. Nos assuntos do coração, evite se envolver apenas por carência. Iniciar algum curso que envolva artes e passe mais tempo na natureza pode fazer milagres por você. Confie no seu taco e arrase no emprego. Que tal investir na espiritualidade e numa boa leitura? Só não vale fugir dos problemas. Agite sua vida social e levante sua autoestima já! Viva intensamente essa fase de realizações e tire o maior proveito possível. Aproxime-se de quem gosta. Defina prioridades e invista no emprego. Defenda suas idéias, mas leia bem o que for assinar. Boa fase para mudar o visual e a imagem que passa aos outros. Na paixão, vença a timidez. Procure ter mais contato com a sua espiritualidade, medite e tenha contato maior com a natureza.

HOJE - Luiz Antônio Marin De Pietro, João Batista Gonçalves, Maria Helena Pedrosa Tempesta, Braz Feltran, Larry Zanatta Castellini, Fábio Rogério Ribeiro de Souza, Érica Gayego Bello Figueiredo, Raquel Garcia Ribeiro de Arruda, Fabiana Cervantes Cavaleiro, Débora Ribeiro Luciano, Solange Cristina Ribeiro. AMANHÃ - Ana Carolina Gervásio Ribeiro, Guido Lobo Biondi, Fernando Dissordi Canaroli, Edson Fernandes, Ricardo Possebon Júnior, Nilceli Corrêa Calório, Thomaz Octávio de Aquino Frigo. DIA 18 - Sueli Perri Satorres, Rosemeli Aparecida Sousa Oliveira, Luciana Fávero, Renata Cristina Damaceno Trento, Karina Pínola Costa, Fabiana Amatto Biondi, Kérina S. Mesquita. DIA 19 - Filomena Minussi Ferreira Pinto, Marcos Henrique Sales Scali, Maria Betânia Scarcella Teixeira, Fernanda Vecchiati Beato, Moacyr Teodoro de Carvalho. DIA 20 - Leonardo Mantovani Batista, Carlos A. Ribeiro Miolli, Vinício Modesto, Maria Rosa Ávila Farah

de Souza, Donizete Aparecido Agostinelli, Gabriel Silva Bernardo, Laís Fernanda Rosado, Gisele Perissinatto Andreata, Diego Andreata Martins. DIA 21 - Luiz Armando Cândido, Murilo César Torres, Túlio Curi Neto, Luciano Nogueira Grassi, Luciana Maria De Sordi Rocha, Luiz Eduardo De Sordi Rocha, Sueli Mazzer Remberg, Daniela Pizani, Vanessa Santurbano Folchetti, Isabela Luzio, Maria Carolina Gervásio Junqueira, Mariane César Francisco, Júlia Bertocco Jurado. DIA 22 - Marisa Rodrigues de Oliveira Zanchetta, Josefina Gil Capelari, Rosângela Aparecida Gomes, Maria Fernanda Marinelli Salvadori, Antônio Teixeira da Silva Neto, Carmen Lúcia Nogueira Serigatto Braghetta, José Roberto de Paiva Verrone, Carla Pizani Baldassim, Daniele Nogueira Grassi, Nivaldo Sernáglia, Lucinda da Veiga Ferreira, Luís Eduardo Ferreira Bertocco, Leonardo Ferreira Bertocco, Márcia Dutra Gesualdo, Bruna Dutra Gesualdo, Rita Helena Perissinatto Andreatta.

Para acrescentar ou retirar nomes nesta lista, ligue para

3608-5655 ou mande e-mail para redacao@gazetadoriopardo.com.br


16 de outubro de 2010 - C-7

Fonte: Terra Esotérico

Madalenas de limão Ingredientes 3 ovos grandes à temperatura ambiente 140g de açúcar 1 pitadinha de sal 180g de farinha 1 colher de chá de fermento 120g de manteiga derretida 3 colheres de chá de raspa de limão Preparo Preaqueça o forno a 190ºC. Untar a forma das madalenas (tipo forma de empada) com manteiga e polvilhar com farinha. Com a batedeira, bater os ovos com o açúcar e o sal, durante +/- 5 minutos. Juntar aos poucos a farinha com o fermento (previamente peneirados) à mistura dos ovos. Bater até ficar tudo misturado. Adicionar a raspa de limão á manteiga. Com uma colher de pau, envolver a manteiga na massa. Misturar apenas até a massa ficar homogênea. Colocar a massa das madalenas na forma prepa-

Terá que batalhar pelo seu progresso: jogue sua energia no trabalho, mas aja com discrição. Aceite as mudanças com otimismo. O céu indica novas chances de paquera e conquista. Arrase! Em uma quartafeira do mês, acenda um incenso de jasmim para conseguir ter proteção todos os dias. Dedique-se ao trabalho e não tema disputas, aposte no bom humor e na criatividade. É uma fase de renovação: livre-se do que não usa mais. Há chances de uma grande realização afetiva. Quanto mais você conhecer a si e as pessoas com quem se relaciona, mais sentirá segurança e satisfação. Pode assumir novas responsabilidades. Dedique-se à família e à sua saúde. Trabalhar em equipe será uma boa opção. Siga sua intuição para atingir suas metas. No amor, surpreenda o par. Pare de assumir obrigações que não são suas e valorize-se mais. Saiba equilibrar limites e regras.

rada, tendo o cuidado de não encher totalmente as cavidades. Levar ao forno (faça o teste do

palito para ver se está no ponto). Retirar do forno e desenformar.

Roberto Carlos prepara seu especial

Xuxa processa Google

A apresentadora Xuxa Meneghel obteve uma vitória na última semana contra o Google. A loira moveu um processo contra a empresa, após o buscador associar a palavra Xuxa ao adjetivo “pedófila”. Os internautas que digitassem a combinação no buscador até a última sexta (8), encontrariam mais de 50 mil textos e vídeos, além de cerca de 20 mil fotografias da apresentadora, em parte delas nua ou em cenas de sexo, retiradas do filme que participou em 1982. Com a determinação da Justiça do Rio, em primeira instância, o Google terá de retirar todas essas referências de seu site. Caso a ordem seja descumprida, a empresa terá que pagar R$ 20 mil por cada resultado de busca que associe a loira à pedofilia. O mesmo é válido para a exibição de fotos e vídeos de Xuxa sem roupas. RedeTV! quer programa de auditório aos domingos

Única emissora dentre as cinco maiores do Brasil a não ter nenhum tipo de programação diferenciada nas tardes de domingo, a RedeTV! está planejando entrar na briga dos programas de auditório. Segundo a coluna Zapping, o canal paulista estaria à procura de um homem de 30 a 40 anos para comandar uma atração vespertina no domingo. Há certa urgência na procura, afinal a estreia do programa está prevista para o mês de novembro.

A Globo e a equipe de Roberto Carlos já trabalham na elaboração do especial de fim de ano do cantor, que, neste ano, deverá ser realizado nas areias de Copacabana na noite de natal. O cantor já teria até indicado as duplas sertanejas que pretende contar como convidados no show. De acordo com o jornal Extra, Victor & Leo e Edson & Hudson são as sugeridas pelo rei. Já os veteranos Chitãozinho & Xororó e Zezé Di Camargo & Luciano deverão ficar de fora do show. Ao contrário dos anos anteriores, o especial deverá ser transmitido ao vivo pela Globo e contará com a bateria da escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, que narrará a trajetória do rei na Marquês de Sapucaí em 2011. Record faz documentário de Chitãozinho & Xororó

A dupla Chitãozinho & Xororó será o principal destaque da programação de fim de ano da Record. Para comemorar os 40 anos da dupla, a emissora exibirá um documentário e dois shows especiais dos sertanejos. “Estão gravando um documentário sobre a nossa carreira. A gente vai aparecer falando de alguns momentos de nossa trajetória. Outras passagens serão interpretadas por atores da Record. A nossa parte a gente já fez”, disse Chitãozinho, em entrevista ao site da editora Abril. No documentário, um dos depoimentos mais emocionantes foi sobre o projeto “Amigos”, que produziu especiais com as três principais duplas sertanejas da década de 90: Chitãozinho & Xororó, Zezé di Camargo & Luciano e Leandro & Leonardo. “Fizemos aquele primeiro show em São Paulo e conseguimos um público de 110 mil pessoas. Foi um momento muito especial, eu até cito ele em nosso documentário. Foi muito emocionante quando eu vi aquela multidão”, revela.Os dois DVDs, que foram gravados pela dupla para comemorar os 40 anos de carreira, também serão levados ao ar pela emissora. Os especiais sobre os 40 anos de Chitãozinho & Xororó estão previstos para serem veiculados nas semanas de Natal e de Ano Novo.

PENSAMENTOS DE PAULO COELHO

A ausência da história pessoal Para que os ritos mágicos consigam passar de geração em geração, o feiticeiro (ou xamã) deve esquecer tudo aquilo que aprendeu antes de iniciarse na magia. Segundo a tradição, um homem ou mulher que

está preso ao seu passado, termina deixando governar-se pela maneira de pensar de seus pais, ou a sociedade em que vive. Por isso, todo iniciado escolhe um novo nome, e procura livrar-se de lembranças, boas ou más. Para poder abandonar a história que viveu, o feiticeiro passa meses seguidos recordando, nos menores detalhes, cada um

Una-se a pessoas com interesses em comum. Amor e trabalho vão disputar a sua dedicação. É um bom momento para lutar pelo que deseja, mas não deixe quem ama de lado: concilie! Se deseja garantir seu sucesso, aposte em sua capacidade de adaptação, mas não descuide da saúde.

dos eventos de sua vida. Algumas tradições pedem que ele fique horas a fio contando em voz alta, para um copo cheio de água, tudo que aconteceu em cada encontro com cada pessoa; assim, a experiência sai da memória e vai para a água – que em seguida é atirada em um rio. Desta maneira, a cabeça fica “vazia”, e pode começar a ser preenchia

com novas coisas. Uma vez livre de seus pensamentos antigos, o feiticeiro concentra-se no silêncio interior, e espera que os espíritos comecem a contar a verdadeira história do universo. Este silêncio, junto com a ausência de lembranças passadas, dá ao feiticeiro a sensação de liberdade total para entender um novo mundo.

Nem tudo será como espera. Aja com determinação para cumprir o que planejou. Pode descobrir novas formas de ganhar dinheiro. Um pouco de aconchego com quem ama vai adoçar o romance. Sempre que puder, estabeleça vínculos saudáveis e duradouros com as pessoas que trabalham com você. Acordos serão vantajosos. Organize suas despesas. Trabalhe com seriedade e prazer. Suas relações mais íntimas terão um toque de amizade e confiança. Na paixão, vai atrair como ímã. Lembre-se de que a beleza interior é uma qualidade muito importante, tanto em você como nos outros. Convém se isolar e avaliar sua vida. Não prometa mais do que pode fazer. O céu estimula a reunião com amigos e parentes. Seu desejo de agradar a quem ama fará a diferença na paixão! Tenha bons pensamentos, pois o astral interfere nos resultados da nossa vida. Tudo pode melhorar. Aja com discrição no trabalho: boa fase para lucrar. Atitudes gentis trarão benefícios e tudo que envolva lazer e diversão conta com boas energias. Na paixão, evite segredos e traições. Pessoas especiais estarão ao seu lado quando precisar delas, mas é importante que abra mais seu coração. Evite promessas que não poderá cumprir. Busque mais diálogo com as pessoas e ouça o conselho dos mais velhos. Insegurança, ciúme e problemas financeiros podem abalar o romance. Aprenda a dosar as coisas! Existe o risco de você se desgastar muito, tentando viver tudo a mil por hora. Sinal de instabilidade emocional: fuja de discussões e não se renda ao pessimismo. O desejo de mudar de vida falará alto. Nos assuntos do coração, evite se envolver apenas por carência. Iniciar algum curso que envolva artes e passe mais tempo na natureza pode fazer milagres por você. Confie no seu taco e arrase no emprego. Que tal investir na espiritualidade e numa boa leitura? Só não vale fugir dos problemas. Agite sua vida social e levante sua autoestima já! Viva intensamente essa fase de realizações e tire o maior proveito possível. Aproxime-se de quem gosta. Defina prioridades e invista no emprego. Defenda suas idéias, mas leia bem o que for assinar. Boa fase para mudar o visual e a imagem que passa aos outros. Na paixão, vença a timidez. Procure ter mais contato com a sua espiritualidade, medite e tenha contato maior com a natureza.

HOJE - Luiz Antônio Marin De Pietro, João Batista Gonçalves, Maria Helena Pedrosa Tempesta, Braz Feltran, Larry Zanatta Castellini, Fábio Rogério Ribeiro de Souza, Érica Gayego Bello Figueiredo, Raquel Garcia Ribeiro de Arruda, Fabiana Cervantes Cavaleiro, Débora Ribeiro Luciano, Solange Cristina Ribeiro. AMANHÃ - Ana Carolina Gervásio Ribeiro, Guido Lobo Biondi, Fernando Dissordi Canaroli, Edson Fernandes, Ricardo Possebon Júnior, Nilceli Corrêa Calório, Thomaz Octávio de Aquino Frigo. DIA 18 - Sueli Perri Satorres, Rosemeli Aparecida Sousa Oliveira, Luciana Fávero, Renata Cristina Damaceno Trento, Karina Pínola Costa, Fabiana Amatto Biondi, Kérina S. Mesquita. DIA 19 - Filomena Minussi Ferreira Pinto, Marcos Henrique Sales Scali, Maria Betânia Scarcella Teixeira, Fernanda Vecchiati Beato, Moacyr Teodoro de Carvalho. DIA 20 - Leonardo Mantovani Batista, Carlos A. Ribeiro Miolli, Vinício Modesto, Maria Rosa Ávila Farah

de Souza, Donizete Aparecido Agostinelli, Gabriel Silva Bernardo, Laís Fernanda Rosado, Gisele Perissinatto Andreata, Diego Andreata Martins. DIA 21 - Luiz Armando Cândido, Murilo César Torres, Túlio Curi Neto, Luciano Nogueira Grassi, Luciana Maria De Sordi Rocha, Luiz Eduardo De Sordi Rocha, Sueli Mazzer Remberg, Daniela Pizani, Vanessa Santurbano Folchetti, Isabela Luzio, Maria Carolina Gervásio Junqueira, Mariane César Francisco, Júlia Bertocco Jurado. DIA 22 - Marisa Rodrigues de Oliveira Zanchetta, Josefina Gil Capelari, Rosângela Aparecida Gomes, Maria Fernanda Marinelli Salvadori, Antônio Teixeira da Silva Neto, Carmen Lúcia Nogueira Serigatto Braghetta, José Roberto de Paiva Verrone, Carla Pizani Baldassim, Daniele Nogueira Grassi, Nivaldo Sernáglia, Lucinda da Veiga Ferreira, Luís Eduardo Ferreira Bertocco, Leonardo Ferreira Bertocco, Márcia Dutra Gesualdo, Bruna Dutra Gesualdo, Rita Helena Perissinatto Andreatta.

Para acrescentar ou retirar nomes nesta lista, ligue para

3608-5655 ou mande e-mail para redacao@gazetadoriopardo.com.br


Gazeta do Rio Pardo 2514