Page 1

Cultura Pompano Beach sedia o Brazilian Folks Festival. Pág. 04

O maior jornal brasileiro na Flórida

The Premium Brazilian Beer

Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Edição 1045 · Ano 23 · Exemplar Gratuito · www.gazetanews.com

A NOVA TENDÊNCIA DOS JEANS

CONFIRA AS ESTREIAS DA SEMANA

VANESSA DA MATA PLANEJA TOUR NOS EUA

Por Alexia Nascimento Roizner Fashion | Pág. 23

Por Jana Nascimento Nagase Cinema | Pág. 27

Por Gene de Souza Planeta Música | Pág. 26

Escola dificulta matrícula para filhos de brasileiros em Orlando A comunidade imigrante de Orlando vem sofrendo restrições na hora de matricular os filhos, o que contraria a Constituição dos Es-

tados Unidos. Em uma instituição de ensino, família teve matrícula negada e outra foi incentivada a entrar com um processo de mu-

dança de status, alterando o visto de turista para estudante, para seus filhos poderem estudar. Pág 8.

AEROPORTO

CÔNSUL CRITICA DETENÇÃO DE BRASILEIROS Imigração | Pág. 11

ESPORTE

MUNDIAL DE POKER ATRAI BRASILEIROS AOS EUA Imigração | Pág. 16

BRASIL

Baixe o aplicativo do Gazeta Aumentam as ocorrências de furtos a turistas nas férias Com as férias de verão chegando, o fluxo de turistas na Flórida aumenta e, com ele, o número de furtos nos principais locais visitados, como praias, parques e lojas. Pág. 7.

INVESTIGAÇÕES DE LULA E CUNHA SOBRE ODEBRECHT SAEM DAS MÃOS DE MORO Mundo | Pág. 15

TENSÃO

EUA E RÚSSIA A UM PASSO DE UM CONFRONTO NA SÍRIA EUA | Pág. 12


2

OPINIÃO

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017

CRISTOVAM BUARQUE cristovambuarque@gazetanews.com

Sob os olhos Professor emérito da UnB e senador pelo PDT-DF. Tem como principal bandeira parlamentar a educação. Formado em engenharia mecânica e doutor em economia. Escreveu mais de 20 livros.

R

ecentemente, o secretário municipal de Educação de uma importante cidade falou que se sentia como encarregado da segurança escolar, dedicando parte de seu tempo para assegurar o funcio-

Fundado em fevereiro de 1994

sua escola. Um país que não consegue assegurar o funcionamento de suas escolas, é um país em decadência: não conseguirá formar a inteligência que o mundo necessita para enfrentar os

Não precisa muita perspicácia, nem análises sociológicas, para perceber que estamos em um processo de decadência histórica, que pode nos levar a uma desagregação social e condenação ao atraso em relação ao resto do mundo, talvez por décadas no futuro. namento de suas escolas, ameaçado pela violência. No momento em que dizia isso, ele estava para decidir o fechamento de uma de suas melhores creches, por causa da ameaça de balas perdidas, tráfico de drogas e assaltos. Sua cidade não é a única. Oitenta e três por cento dos alunos do ensino médio consideram que a segurança é o maior problema de

desafios do século XXI. A decadência se mostra também dentro da escola, mesmo quando ela consegue funcionar apesar da violência no seu exterior. Na atual civilização baseada no conhecimento, não será possível um país evoluir se cerca de 13 milhões de pessoas (8% da população adulta) é analfabeta, incapaz de ler, até mesmo o lema “ordem e progresso”

escrito em sua bandeira; se mais de cerca de vinte e seis milhões (18%) de adultos analfabetos funcionais; mantendo o acesso à educação de qualidade como um privilégio para aqueles poucos cujas famílias podem comprar uma boa escola. O desprezo aos cérebros da nossa população é um claro indicador de que marchamos para uma decadência civilizatória. A decadência está também sob os olhos do observador que percebe a falta de sentimento coletivo de nação, transformando o país em uma soma de grupos corporativos que disputam entre eles, da maneira mais egoísta possível, para apropriar-se dos recursos e produtos nacionais. Ainda mais visível está a degradação pela corrupção, tanto no roubo do dinheiro público por políticos em benefício pessoal, quanto no desvio de dinheiro pela corrupção nas prioridades que beneficiam apenas pequenas

parcelas da população. A irracionalidade política é outra manifestação e causa de decadência: políticos, artistas, estudantes, filósofos e profissionais agem e reagem baseados em posições políticas passionais, sem compromissos com a lógica, como aconteceu em países cuja decadência decorre de disputas sectárias, cujo melhor exemplo hoje é a Síria. Fecham os olhos para a lógica da mesma maneira que fecham os olhos para não ver a decadência que suas ações provocam. E não percebem que a decadência surge com a falta de coesão social no presente e de rumo histórico para o futuro. Não precisa muita perspicácia, nem análises sociológicas, para perceber que estamos em um processo de decadência histórica, que pode nos levar a uma desagregação social e condenação ao atraso em relação ao resto do mundo, talvez por décadas no futuro.

Gazeta Brazilian News 4390 North Federal Highway #207 Fort Lauderdale, FL 33308 Tel.: (954) 938-9292 Fax: (954) 938-9227 www.gazetanews.com info@gazetanews.com Pontos de distribuições do jornal: Veja no site www.gazetanews.com

EDITORIAL / STAFF PUBLISHER: Zigomar Vuelma (vuelma@gazetanews.com) EDITOR IN CHIEF: Fernanda Cirino (news@gazetanews.com) GRAPHIC DESIGNER/ PROOFREADER: Simone Raguzo (simone@gazetanews.com) JOURNALISTS: Arlaine Castro (arlaine@gazetanews.com) Marisa A. Barbosa (marisa@gazetanews.com) Simone Raguzo (simone@gazetanews.com) CUSTOMER RELATIONS: cr@gazetanews.com

ADVERTISEMENT SOUTH FLORIDA Eliane Gallotti (eliane@gazetanews.com) Gabriela Lara (glara@gazetanews.com) sales@gazetanews.com ORLANDO orlando@gazetanews.com

CONTRIBUTORS Adriana Tanese | VIVER BEM Alexia Nascimento Roizner | FASHION Claudia Fehribach | SAÚDE FINANCEIRA

Oi! O TUCANO ECOLOGISTA - Fernando Rebouças

Connie Rocha | BASTIDORES Fernando Rebouças | PENSE GREEN Gene de Souza | PLANETA MÚSICA Ingrid Domingues | PERGUNTAS DE IMIGRAÇÃO Jamil Hellu | VIA LEGAL Jana Nascimento Naganese | CINEMA Ivani Manzzo | SAÚDE & BEM-ESTAR Rickson Amorim | AGENDA DE EVENTOS Roger Ramos | ESPORTE

Partners of

TELEFONES DE EMERGÊNCIA

EMERGÊNCIA ligue 911 (Corpo de Bombeiros, Polícia ou Ambulância)

CONSULADO-GERAL DO BRASIL EM MIAMI Setor de assistências a brasileiros: (305) 285-6208 / (305) 285-6258 / (305) 285-6251 AEROPORTO INTERNACIONAL Miami: (305) 876 7000 Fort Lauderdale: (954) 359 1200

METEOROLOGIA

Palm Beach: (561) 471 7400 Orlando: (407) 825 2001

Palm Beach: (561) 746 1532 (North) Orlando e Região: (407) 644 9300

AMERICAN RED CROSS Miami Dade: (305) 644 1200 Broward : (954 797 3800 Palm Beach: (561) 833 7711 (South)

ANIMAL CARE AND REGULATION DIVISION Miami Dade: (305) 6441200 Broward: (954) 359 1313 Palm Beach: (561) 233-1200 | Orlando: (407) 836 6311

weather.com

QUI SEX SÁB DOM SEG TER QUA 06.22.17

87 /80 O

O

06.23.17

87 /80 O

O

06.24.17

87 /80 O

O

06.25.17

86 /79 O

O

06.26.17

86 /78 O

O

06.27.17

86 /79 O

O

06.28.17

86 /79 O

O

As opiniões expressas em artigos são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinão do jornal. Os serviços de propaganda são de responsabilidade dos anunciantes.


Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

PUBLICIDADE

3


4

FLÓRIDA

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017

Brasileiros inovam com sushi self-service no sul da Flórida Irmãos apostam em buffet com mais de 60 tipos de sushi, cobrado por libra

D

ois irmãos brasileiros abriram recentemente o restaurante de sushi ao modo self-service – um novo jeito de consumir comida japonesa no sul da Flórida. Sem deixar de lado um toque da cozinha brasileira, os empresários Eric e Thiago Lima, naturais de Brasília, abriram há quase cinco meses o restaurante ‘Sushi 4 Fun’, em Fort Lauderdale. Os brasilienses já comandam esse tipo de negócio no Brasil há mais de 10 anos, com restaurantes em Brasília (DF) e em Uberlândia (MG). Pela vontade de empreender na Flórida, e ao perceber uma lacuna na forma de restaurantes de comida japonesa nos Estados Unidos, resolveram abrir o estabelecimento no estilo self-service. “Pesquisamos e não encontramos restaurantes com esse tipo de oferta por aqui. Foi aí que decidimos arriscar”, conta Eric Lima. Os empresários salien-

dições de cobrar um preço mais acessível”, salienta.

O restaurante está localizado em Fort Lauderdale.

tam que o estilo do ‘Sushi 4 Fun’ é diferente do buffet “all you can eat”, em que se paga um preço fixo e se come à vontade. “Desenvolvemos um espaço em que o cliente possa pagar pelo o que vai consumir somente. Sem cobranças adicionais, sem garçons e com valor acessível”, explica Eric Lima. O preço é fixado em

$14.99 a libra, o que representa mais ou menos 24 peças de sushi. No entanto, a média, por prato, sai $10, o que equivale a 14 peças, segundo cálculo dos donos. “Oferecemos também aos clientes a liberdade de escolha e de como ele quer se servir, inclusive retirando o próprio lixo. Por isso, como há menos gastos, temos con-

Funcionamento O restaurante funciona a semana toda, de domingo a domingo, de 11 da manhã às 10 da noite. O cliente pode consumir um pouco mais por não ter a necessidade de pagar a gorjeta incluída na conta. e escolher dentre uma variedade de mais de 60 tipos de sushis, entre peças com salmão, cream cheese, peixe branco, atum, sushi de morango e harumaki (rolo primavera) de doce de leite. Além dos sushis, o restaurante também oferece diferentes tipos de ceviches e trabalha com delivery pelo aplicativo UberEats. O ‘Sushi 4 Fun’ está localizado na 6322 N Andrews Ave, Fort Lauderdale, próximo à rodovia I-95, na saída 33 da Cypress Creek. Para mais informações e contato, acesse www.sushi4fun.com.

Pompano Beach sedia o Brazilian Folks Festival O Brazilian Folks Festival 2017 promete ser uma grande celebração da cultura brasileira, nos dias 24 e 25 de junho, de 12am às 8pm, no Pompano Community Park, em Pompano Beach. O evento contará com apresentação de quadrilhas, música ao vivo, palco aberto para performances de artistas, comidas e bebidas típicas, feira de folclore e artesanato, barracas com brincadeiras juninas, apresentação de capoeira, escolinha de futebol, entre outras atividades. A entrada será gratuita e os expositores de comidas típicas participarão ainda de uma competição e as melho-

res receitas irão compor uma publicação inédita. Segundo Viviane Saide, presidente Minority Help, ONG organizadora do evento, o objetivo é mobilizar a comunidade para a promoção e divulgação da cultura brasileira e, principalmente, para o desenvolvimento de uma economia em rede, sustentável e criativa. “Queremos unir forças para a construção de um cenário de identidade cultural, capaz de gerar fonte de renda para as famílias brasileiras que vivem no sul da Florida”, realçou. Para saber mais, acesse minorityhelp.org.

O evento que celebra a cultura brasileira será nos dias 24 e 25.


Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

PUBLICIDADE

5


6

PUBLICIDADE

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017

REALIZE SEU MAIOR

E HOMO DA L CI

ADA OG

RECONHE

SONHO FLORIDAENT M E D PART ATION OF EDUC

CONQUISTE SEU DIPLOMA NA

MUST

UNIVERSITY

DIPLOMA EMITIDO E RECONHECIDO NOS ESTADOS UNIDOS ENSINO DE QUALIDADE EM INGLÊS COM TRADUÇÃO PARA VÁRIOS IDIOMAS AULAS NO CAMPUS OU ONLINE, ACESSÍVEIS PARA QUEM TRABALHA.

MENSALIDADES REDUZIDAS POR BOLSAS DE ESTUDO

MUST UNIVERSITY A PRIMEIRA UNIVERSIDADE DOS BRASILEIROS NOS ESTADOS UNIDOS

MUSTedu.com T R A I N I N G A N D E D U C AT I O N , N O T E M P L O Y M E N T, A R E B E I N G O F F E R E D . L I C E N S E D B Y T H E F L O R I D A C O M M I S S I O N F O R I N D E P E N D E N T E D U C AT I O N , L I C E N S E N O . 5 5 9 3 / * PA R A E S T U D A N T E S Q U E Q U A L I F I Q U E M

305.847.2190


FLÓRIDA

Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

Com a temporada de férias, aumentam as ocorrências de furtos a turistas Brasileiros relatam casos de furtos em lojas, praias e hotéis. Consulado recebeu 269 casos em 2016 Arlaine Castro

C

om as férias de verão chegando, o fluxo de turistas na Flórida aumenta e, com ele, o número de furtos nos principais locais visitados, como praias, parques e lojas. Os turistas brasileiros estão entre os que mais gastam nos EUA - especialmente quando o destino é Orlando e Miami, e não são incomuns os casos de brasileiros furtados durante as férias. Metade dos brasileiros (49,7%) que chegam aos Estados Unidos tem a Flórida como destino, segundo dados do censo americano divulgados pela revista Forbes em março deste ano. Em registros divulgados pelo Consulado-Geral do Brasil em Miami, em 2016 foram relatados 269 furtos a turistas brasileiros. Neste ano, nos seis primeiros meses já foram relatados 93 casos. Boa parte dos furtos acontece em estacionamentos de shoppings, supermercados e restaurantes.

No entanto, os números de furtos registrados indicam que a incidência é pequena em face do volume absoluto de visitantes brasileiros na Flórida. Segundo dados do Visit Florida - organização de natureza público-privada vinculada ao governo estadual -, o estado recebeu 1.051 milhão de brasileiros em 2016. Em 2015, foram 1.475 milhão. A paulista Thelma Socio, 56 anos, mora em Miramar há mais de 20 anos, e conta que em uma das vezes em que sua mãe, Magdalena Socio, veio à cidade a passeio, teve a bolsa furtada dentro de uma loja, em Pembroke Pines. “Ela estava com três de meus sobrinhos, entre 5 e 9 anos, e um pequeno grupo de ciganas pegou a sua bolsa que estava dentro do carrinho, aproveitando que ela se distraiu com os netos. Elas saíram muito rápido da loja, antes mesmo que minha mãe conseguisse falar com alguém. Tem havido muitos assaltos à mão armada em Miami Beach, na praia, in-

Magdalena Socio (foto), mãe de Thelma, se distraiu com os netos, quando teve a bolsa roubada em uma loja.

clusive. As pessoas precisam saber que aqui não é tão seguro quanto imaginam. Precisamos estar tão ligados quanto no Brasil, destaca Thelma. Ela conta que viu outro grupo de mulheres na semana passada, enquanto estava na fila do caixa da Marshall’s de Miramar (Miramar Pkwy e Dykes Rd).

“Percebi as três atrás de mim meio que vigiando minhas sacolas. Elas ficam só esperando a pessoa distrair”. Como recebe parentes quase todos os anos em sua casa, em Deerfield Beach, a belohorizontina Maria Rodrigues, 38 anos, há 20 na Flórida, relata que estava com sua

cunhada em Miami Beach, em julho de 2016 e, quando se afastaram um pouco para tirar fotos, a bolsa de sua cunhada que estava em cima da toalha, na areia, foi levada. Como estavam distraídas, quando voltaram a bolsa não estava mais lá. Elas correram até dois policiais que estavam no calçadão e em menos de 10 minutos os policiais encontraram a bolsa jogada no chão, mais à frente do local, só com os documentos, sem o dinheiro. “Não tivemos dor de cabeça com sumiço de documentos, pelo menos, mas vimos que é preciso tomar cuidado em qualquer lugar. Eu moro aqui há tanto tempo e de um tempo pra cá notei que piorou”, salienta. O Departamento de Polícia de Orlando mantém policiais especialmente nos pontos turísticos, incluindo uma subestação ao longo da International Drive. Crime contra turistas brasileiros cresceu 91% em Orlando, segundo dados do consulado brasileiro

7

de 2014. O órgão destaca que nem sempre os brasileiros que são vítimas de furtos registram seus casos e a maioria só o faz quando são levados os documentos, o que prejudica saber o número real. O consulado mantém contato direto com autoridades policiais locais e instituições ligadas ao turismo para assistir os viajantes. Em alguns casos, os crimes são abandonados porque os turistas internacionais não querem lidar com o processo judicial demorado. Atenção redobrada Algumas dicas podem prevenir os furtos, como estacionar em local seguro; não deixar pertences no veículo ou com estranhos; não deixar pertences sem alguém vigiando, seja nas praias ou parques; manter-se atento em locais movimentados e frequentados por turistas, como centros de compras, hotéis, parques e estacionamentos. Em caso de furto, entre em contato com a polícia pelo 911, informe o Consulado em Miami (telefone: 305-2856208/6258/6251 ou email: assistência.miami@itamaraty. gov.br) e comunique a polícia brasileira e aos órgãos emissores dos documentos furtados.


8

FLÓRIDA

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017

Brasileiros enfrentam dificuldades para matricular filhos em escola de Orlando Escola estaria se negando a matricular filhos de imigrantes com visto de turista, contrariando a lei Arlaine Castro

A

comunidade brasileira de Orlando vem sofrendo restrições na hora de matricular os filhos. Em uma instituição de ensino, famílias tiveram matrícula negada e outras foram incentivadas a entrarem com um processo de mudança de status, alterando o visto de turista para estudante, para seus filhos poderem estudar. A baiana Carolina Macedo, natural de Itabuna (BA), foi uma das brasileiras que sofreu na pele o problema. Recém-chegada a Orlando, vinda de New Jersey, onde vivia há pouco mais de um ano, foi barrada ao procurar a escola Freedom High School para orientações quanto à matrícula dos seus filhos. Ela tentou matricular os filhos usando a documentação geralmente solicitada em outras escolas, e a Freedom High School disse que não poderia aceitá-los e a

orientou a procurar a OSCP Orange County Public School - órgão que regulamenta o funcionamento das escolas públicas do condado - para solicitar mudança de status. A exigência se baseia em um termo da Lei Federal 8 CFR 214.2 (b) (7) – que diz que, legalmente, alguém sob o visto de turista não pode estudar. Antes de procurar o órgão, porém, a baiana buscou orientação com Renata Loyola, pastora que há anos ajuda a comunidade brasileira em Orlando. Ela informou que havia feito o pedido de mudança de status de turista para estudante ainda em New Jersey, inclusive para os filhos, e estava com o formulário do I-20. “Eu tinha dado entrada antes de mudarmos e não sabia se já tinha sido aprovado meu F-1 ou não. Voltei na escola, então, de posse dos papéis e aceitaram”, contou Carolina.

O documento que informa sobre a necessidade de mudança de status está exposto em algumas escolas de Orlando.

As famílias relatam também que algumas escolas públicas, especialmente as de ensino médio (High Schools), estão deixando em locais visíveis, próximo às secretarias, um folheto com as normas referentes à Lei Federal 8 CFR 214.2 (b) (7). Em contato com a Freedom High School, a reportagem do GAZETA foi informada por telefone que as matrículas estão sendo feitas por agendamento, normal-

mente. Questionada sobre estarem violando a constituição com tal medida, a funcionária da escola disse que não poderia se pronunciar sobre o assunto e que, quando há falta de documentação, a orientação é para que os pais procurem o OCPS. A reportagem também tentou contactar a OCPS, mas não obteve resposta. No website da entidade consta, porém, a informação de que os pais ou responsáveis dos futuros

alunos devem entrar com pedido de permissão para estudar, o formulário I-20. Segundo Loyola, que vive na Flórida há 20 anos e há 8 em Orlando, a cada dia mais famílias estão com receio e buscando orientação para matricular os filhos nas escolas públicas em Orlando. “O que está havendo é um procedimento mais rigoroso”, destaca. A pastora cita o exemplo de outra família, que chegou do Brasil há quatro meses, e que encontrou a mesma resistência ao tentar matricular os filhos na Freedom High School. Segundo Loyola, a secretária da escola não aceitou a documentação e orientou a família a procurar o OCPS e retornar no final do mês. Ela acredita que seja devido ao período muito curto da família na Flórida. “Eles estão aqui há menos de quatro meses, imagino que seja por isso”, opina.

Constituição garante direito à matrícula A lei CFR 214.2 (b) (7) viola o 14th Amendment da Constituição, o Equal Educational Opportunities Act e o Florida Educational Equity Act, que garante o acesso à escola para qualquer criança, independente do status migratório. O Departamento de Educação dos EUA (U.S. Department of Education), através do Departamento de Direitos Civis (Office of Civil Rights) emite orientações para os distritos escolares, lembrando-lhes a obrigação de proporcionar acesso igual a oportunidades educacionais para todas as crianças. Em 1982, a Suprema Corte julgou um caso contra o Estado do Texas, (Plyler vs. Doe -457 U.S. 202), que queria retirar fundos de escolas que matriculassem crianças indocumentadas. O Supremo decidiu em favor dos imigrantes e desde então ficou decidido que nenhuma escola dos Estados Unidos pode negar ou dificultar a matricula de uma criança, devido a sua condição migratória; também não pode questionar a situação imigratória dos pais.


Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

PUBLICIDADE

9


10 IMIGRAÇÃO

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017

Trump rescinde o DAPA, programa de proteção a pais indocumentados Programa, que já não estava em vigor, beneficiaria pais de filhos regularizados

U

ma Ação Diferida do governo Obama – Deferred Action for Parents of Americans and Lawful Permanent Residents (DAPA) – que buscava beneficiar imigrantes indocumentados, pais de filhos com cidadania ou residência permanente no país, foi revogado pelo Departamento of Homeland Security na última quinta-feira, 15. O secretário de Segurança Nacional do governo Trump, John Kelly, anunciou em comunicado o fim imediato do memorando de novembro de 2014, em que o governo do ex-presidente Barack Obama eximia, temporariamente, pais de filhos regularizados da deportação. O Departamento de Segurança Nacional anunciou também que não mais contestará as decisões judiciais nem defenderá a implementação da medida de alívio migratório. O DAPA visava beneficiar cerca de quatro milhões de

Programa não estava em vigor por ter sido suspenso por juiz do Texas, o que também foi mantido pela Suprema Corte.

pessoas que viviam ilegalmente nos EUA desde 2010, não tinham antecedentes criminais e tinham filhos que eram cidadãos norte-americanos ou residentes legais permanentes. A ideia era que eles entrassem no programa e assim estariam protegidos da deportação. Porém, o programa anunciado por Obama, em

novembro de 2014, foi rapidamente questionado na Justiça pelo Texas e mais 25 estados, que argumentaram que Obama havia ultrapassado os poderes garantidos à Presidência pela Constituição norte-americana ao infringir a autoridade do Congresso. O programa nunca entrou em vigor por ter sido

suspenso por um juiz federal no Texas e os juízes da Suprema Corte do país o mantiveram suspenso após a discussão empatar em 4 a 4, no ano passado. John Kelly afirmou, em comunicado, que rescindiu a iniciativa porque “não há caminho credível” para resolver a situação. O atual presidente americano, Donald Trump, tem adotado uma linha dura sobre imigração ilegal desde que chegou à Casa Branca, em janeiro, após fazer duras críticas à administração Obama durante a campanha eleitoral. O programa DACA – Deferred Action for Childhood Arrivals – que protege de deportação crianças e adolescentes que chegaram aos EUA ilegalmente quando ainda eram pequenos (antes de janeiro de 2010), no entanto, continua em execução. Com informações do Washington Examiner.

PERGUNTAS DE IMIGRAÇÃO

DRA. INGRID DOMINGUES-MCCONVILLE Carioca, é advogada formada nos EUA. Atua na área de imigração há mais de 20 anos. Tel: (954) 489-0009 Fax: (954)489-0090 - www.dmlawfl.com

J.: Meu esposo foi se aventurar a entrar nos EUA pelo México, onde foi detido em solo americano. Ele está na Imigração de Tucson, já teve a entrevista na corte, onde deram um formulário para ele. O amigo dele mora na Flórida, é legalizado, tem green card e é dono de um restaurante. O mesmo irá dar moradia e emprego para ele -já enviou toda a documentação solicitada para ambos. Será que tem perigo de ser deportado? Dra. Ingrid Domingues: Não entendo como seu marido irá tentar se legalizar através de uma oferta de trabalho – ele não é elegível para um processo de trabalho. Aconselho que seu marido procure um advogado de imigração antes de tentar “outra aventura” que, certamente, não irá dar certo. R.: Estou casada há 11 meses com um estrangeiro que possui o green card. Entrei com o processo para ser residente permanente há oito meses e estou aguardando a entrevista. Meu marido quer voltar para o país dele. Consigo continuar o processo alegando divórcio? Tenho muitas provas de que o casamento é verdadeiro. Caso decida ir com ele, devo cancelar o processo? Se não me adaptar ao país dele, posso voltar e retomar o processo? Dra. Ingrid Domingues: Você menciona que seu marido possui “green card”. Como esposa de um portador de “green card”, você não tem o direito imediato de permanecer nos EUA. Este processo pode demorar até quatro anos. Procure um advogado imediatamente para que ele possa lhe aconselhar, pois como portador de green card, o processo não é igual a quem possui cidadania americana. Quer enviar sua pergunta sobre imigração? Acesse o nosso site www.GazetaNews.com e procure pela seção Pergunte ao Advogado. A contratação de um advogado é uma decisão importante que não deve ser tomada baseada apenas em publicidade. Antes de decidir, solicite-nos informações escritas sobre nossa experiência e qualificação.


IMIGRAÇÃO

Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

11

Consulado brasileiro critica falta de comunicação e detenção de brasileiros pela imigração Cônsul em Miami enviou documento ao Itamaraty no qual reclama de que o órgão não é informado sobre as detenções

A

preocupação com a “falta de critérios claros por parte de autoridades migratórias” dos aeroportos nos Estados Unidos, especialmente na Flórida, para detenção de brasileiros sob acusação de fraude de visto tem sido constante pelas autoridades brasileiras. Na maioria dos casos, a detenção acontece quando a pessoa chega aos EUA e, ao passar pela imigração do aeroporto (que detém dados mais atualizados sobre entrada e saída de estrangeiros no país do que o setor consular americano no Brasil), esta descobre que houve omissão de informação durante a entrevista para emissão do visto americano e que a pessoa já esteve nos EUA por tempo além do permitido. Para o Consulado-Geral do Brasil em Miami, o problema está em, ao invés de somente cancelar o visto e

Em 2016, onze brasileiros foram presos na Flórida por fraude na emissão do visto.

enviar a pessoa de volta ao Brasil, em alguns casos, os passageiros são detidos e respondem a um processo até que a Justiça determine a deportação. Segundo o consulado brasileiro em Miami, que tem sob sua jurisdição a

Flórida, Porto Rico e Ilhas Virgens Norte-Americanas, em 2015 foram presos 22 brasileiros por fraude de visto. Em 2016, onze foram presos. Sem critérios Em telegrama, enviado

ao Itamaraty no dia 13 de outubro de 2016, obtido por meio da Lei de Acesso à informação e divulgado pelo portal UOL, o atual cônsul-geral Adalnio Senna Ganem reclama que as autoridades da imigração americana têm plenos pode-

res para deportar qualquer pessoa que tenta entrar no país, mas que os brasileiros são detidos sem qualquer agravante criminal, exceto pelo delito imigratório, e o consulado não é informado sobre a transferência de brasileiros presos. O diplomata considera incompreensível que a falta de integração entre os bancos de dados do Departamento de Estado e outras agências do governo resulte na detenção de brasileiros portadores de visto. No documento, Ganem explica os casos classificados como “fraude de visto”, “recorrentes na jurisdição de Miami e que representam uma das principais áreas de atuação do Setor de Assistência a Brasileiros”. Segundo, o embaixador, “no entanto, em diversos casos acompanhados pelo Consulado-Geral, o cidadão brasileiro fora preso e deportado somente pelo fato

de ter permanecido anteriormente além do prazo permitido e por haver omitido essa informação para obter novo visto, sem que constasse em seu processo qualquer acusação por outro crime”. Ganem queixa-se ainda de que o Consulado em Miami não é notificado a respeito da transferência de brasileiros entre prisões locais ou para outras jurisdições –independentemente da acusação. Ele ainda sugere que a diplomacia brasileira questione quais providências estariam sendo tomadas para aperfeiçoar o sistema de avaliação para a concessão de vistos do Departamento de Estado norte-americano. A missão diplomática brasileira em Miami possui uma cartilha sobre os direitos dos cidadãos detidos em prisões americanas. Para detalhes, acesse Miami.itamaraty.gov.br.


12

EUA

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017

Jovem americana é condenada pelo suicídio do namorado A jovem Michelle Carter, 20 anos, foi condenada por homicídio involuntário em julgamento realizado no dia, 16. Ela era acusada de ter incitado o namorado, Conrad Roy, a cometer suicídio, em julho de 2014. O jovem foi encontrado em 13 de julho daquele ano, dentro de sua camionete, no estacionamento de uma loja de departamento, morto após inalar monóxido de carbono. A sentença será divulgada em agosto. Ao ler seu veredito, o juiz Lawrence Moniz ressaltou o fato de Carter ter conversado com Roy ao telefone por mais de 40 minutos enquanto ele cometia o suicídio. Outra ação que indicou ao juiz a importância da participação da jovem foi o namorado ter saído de sua caminhonete, já contaminada por monóxido de carbono, dizendo que estava

EUA envia dois bombardeiros para testes com Coreia do Sul Ação é uma resposta à morte do americano, após detenção por Pyongyang

O

A jovem estava ao telefone no momento do suicídio.

s Estados Unidos confirmaram, no dia 20, o envio de dois bombardeiros estratégicos B-1 para a península da Coreia do Norte para realização de manobras com as forças aéreas sul-coreanas. Os B-1 executarão exercícios com dois caças F-15K das forças aéreas sul-coreanas, explicou o porta-voz em Seul. A última vez que os EUA enviaram bombardeiros B-1 para a península coreana foi no dia 29 de maio, horas após o regime de Pyongyang ter lançado um míssil balístico, durante um teste.

Dois bombardeiros estratégico supersônico foram envaidos .

com medo, mas Carter instruiu o namorado a voltar para dentro do veículo. Carter também não chamou a polícia nem avisou os familiares de Roy sobre o suicídio. Com informações da Reuters

Americano detido O envio dos bombardeiros a partir da base aérea americana Andersen, na ilha de Guam, acontece após a confirmação, na segunda, 19, da morte do estudante americano, Otto Warmbier, detido pela Coreia

do Norte no ano passado e repatriado, na semana passada, em coma. Warmbier entrou em coma pouco após a sua última aparição em público (durante seu julgamento em Pyongyang, em março de 2016) e o regime norte-coreano diz

que o estudante sofreu um surto de botulismo, após ele ter tomado um comprimido para dormir e que não voltou a acordar. No entanto, médicos americanos não constataram nenhum sinal dse botulismo no jovem, e sim traumas na cabeça.

Estados Unidos e Rússia a um passo de um confronto na Síria Depois que o caça americano F/A-18E Super Hornet derrubou um avião militar sírio de fabricação russa SU-22, após a aeronave suposta-

mente atacar combatentes apoiados pelos Estados Unidos perto da cidade de Raqqa, na terça-feira, 20, a Rússia respondeu ao que considerou uma

“agressão” às forças do governo sírio, apoiadas pelo Kremlin. As autoridades russas não só suspenderam o chamado “canal para redução de

conflitos” com os Estados Unidos, criado para evitar possíveis incidentes militares entre os dois países, como ainda disseram que seus

militares derrubariam qualquer avião estrangeiro a oeste do rio Eufrates, que consideram área para operações do Kremlin.


EUA

Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

SAÚDE FINANCEIRA

13

saudefinanceira@gazetanews.com

POR CLAUDIA FEHRIBACH

Postergando a vida Carioca, formada em Artes pela Universidade do Rio de Janeiro. Conselheira financeira especialista em orçamento, aconselhamento de crédito pessoal e hipotecas reversas. Atua na empresa DebtHelper. com. Envie sua dúvida por email para claudia@ debthelper.com ou ligue (561) 472-8013.

O

que é postergar? “Adiar; deixar para outro momento, para depois: ele foi obrigado a postergar seus compromissos para amanhã. Desprezar; deixar de ter preferência por; colocar em segundo plano: um governo que posterga obrigações legais. Menosprezar; possuir descaso em relação a alguém ou a alguma coisa: meu professor posterga opiniões contrárias às suas. Descuidar; deixar de ter cuidado por: um trabalhador que posterga suas funções e responsabilidades”. Por que a maioria dos seres humanos tem a tendência de postergar decisões? Este é um mecanismo de defesa que quase todo ser humano tem. Mas defesa de quê? De mudanças... Por instinto, tudo o que é novo ou requer uma mudança em nossos hábitos nos traz este sentimento de receio e, consequentemente, adiamos a execução do mesmo. Mas ao tentarmos nos proteger destas mudanças, nós esta-

mos, na verdade, adiando pro- Aquele plano de aposentadoria gressos incríveis na nossa vida. que ficou no papel... E como mudar isso nas finanAmanhã pode ser um nunca! ças? Talvez seja o lugar em que Esta frase me motiva de- seja mais fácil do que em qualquer mais, pois o amanhã não nos outro, pois o ato de postergar no é garantido, já o agora está aí mundo financeiro é traduzido em para as pessoas tomarem as números - logo fica bem mais fácil providencias necessárias para de se acompanhar o progresso. crescerem e vencerem em seus No cartão de crédito que você propósitos de vida. não pagou em dia, vem uma coiNas finanças, que é o mun- sinha chata chamada juros, aliada do que eu entendo melhor, o ato a outra chamada taxa de atraso, de postergar pode custar muito para te lembrar rapidinho que não caro. Aquele cartão de crédito se deve procrastinar o pagamento que você não pagou no dia cer- de contas. to, aquela poupança que você No caso da poupança, ou mesprometeu começar e nunca fez. mo do plano de aposentadoria, en-

tra um fator mais importante ainda: você se lembra quando expliquei sobre os juros compostos? Os juros compostos são juros em cima de juros que atuam como se fossem adubo do nosso dinheiro. Por exemplo: Uma pessoa de 28 anos aplica $200 dólares por mês em um plano indexado por 35 anos. Ela vai ter mais ou menos $264,210 ao final deste período. Se o irmão gêmeo desta pessoa posterga o início deste plano por mais cinco anos, por exemplo, (ele já está com 33 anos), pagando a mesma quantia de $200 por mês, ele terá acumulado em torno de $225,526. Ou seja, estes 5 anos de procrastinação lhe custou $38,684, ou $7.736 por ano, ou ainda $644,73 por mês. Quem quer ter uma conta negativa de $644 dólares por mês? Será que mostrando na matemática eu consigo provar que quem espera demais para

começar algo no mundo das finanças acaba perdendo dinheiro? E a poupança? A mesma realmente não rende muito, mas só o fato de se comprometer a guardar consistentemente algo todos os meses, pode mudar a vida de uma pessoa. Imagine o cara que se compromete a guardar $100 dólares por mês. Ao fim de 1 ano ele terá, sem dúvida, $1,2 mil dólares guardados, mas se ele postergar e só começar depois de 6 meses, esta pessoa terá obviamente somente a metade... Finanças são um dos únicos lugares em que literalmente você recebe por não postergar. Responda com total sinceridade: Você posterga? Você se pega pensando ou respondendo a alguém, hoje, esta semana, este mês não dá, mas amanhã, semana que vem, mês que vem... Se você se reconheceu neste artigo, está na hora de mudar. O seu futuro financeiro agradece! Uma ótima semana!

As informações fornecidas neste artigo são apenas para fins informativos. Não devem ser consideradas aconselhamento jurídico ou financeiro. Você deve consultar um profissional para determinar o que pode ser melhor para suas necessidades individuais.


14

PUBLICIDADE

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017


MUNDO

Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

Um terço de moradores de aldeia portuguesa morreu em incêndio

Correios encerram e-Sedex no Brasil

Bombeiros já tinham conseguido controlar 95% das chamas O incêndio que devastou várias cidades na região central de Portugal desde o último sábado, 17, matou um terço dos moradores da pequena aldeia de Nodeirinho, na região central mais afetada de Pedrogão Grande. Ao menos 11 dos 30 habitantes foram mortos pelas chamas que consumiram a floresta que cerca a aldeia. Os bombeiros já controlaram 95% do incêndio, o mais fatal da história de Portugal, que deixou ao menos 64 mortos. Agora, eles lutam para extinguir os 5% restantes, que “tem um grande potencial de risco”. Susana da Costa, uma faxi-

neira que mora em Luxemburgo, normalmente retorna a Nodeirinho para passar as férias com a família. Na manhã de segunda-feira, 19, ela retornou não para descansar, mas para ver como estava sua casa, mas não teve coragem de ver se ela estava mesmo em ruínas. A avó de seu marido foi uma das vítimas da aldeia. O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, apelou para que se concentrem os esforços em combater o fogo, em vez de discutir as suas causas e possíveis responsabilidades. Com informações da Reuters.

O maior incêndio da história de Portugal já contabiliza 64 vítimas

O serviço de e-Sedex foi encerrado oficialmente na última segunda, 19, pelos Correios. Segundo a empresa, a razão é a aprovação de sua nova política comercial. Destinada apenas ao comércio eletrônico, o serviço permitia o envio de mercadorias com preço reduzido em relação ao Sedex tradicional e próximo ao de uma encomenda comum, de prazo de entrega mais longo. Em nota, os Correios informaram que “dessa forma, todas as postagens de encomendas deverão ser realizadas por SEDEX ou PAC”. Além desses serviços, a empresa também afirma que “tem parcerias com os maiores marketplaces do país e prosseguem com a implantação do novo serviço Correios Log – Comércio Eletrônico, também conhecido como e-Fulfillment, que possibilita à loja virtual ter toda a sua operação de armazenamento, preparação de pedido, postagem e logística completamente realizada pelos Correios, com otimizações operacionais e de custos para os clientes. No entanto, não foi informado quando o novo serviço entrará em operação.

Investigações de Lula e Cunha sobre Odebrecht saem das mãos de Moro O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou recursos apresentados pelas defesas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e tirou quatro investigações

relacionadas às delações premiadas dos executivos da construtora Odebrecht da alçada do juiz federal Sérgio Moro, de Curitiba. A pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, Fachin havia remetido os trechos das delações que mencionam

Lula e Cunha para Moro, responsável pelos processos da Lava Jato.Os advogados do ex-presidente da República e do deputado cassado recorreram ao relator da Lava Jato no Supremo argumentando que os quatro episódios citados pelos delatores da empreiteira

envolvendo os dois não têm relação com as irregularidades cometidas na Petrobras. Em relação a Lula, os executivos e ex-dirigentes da Odebrecht haviam mencionado episódios nos quais o ex-presidente da República havia supostamente favoreci-

15

do a construtora em Angola. Também foram denunciados pelos delatores pagamento de mesada a um dos irmãos de Lula e ainda supostas irregularidades na construção das hidrelétricas de Santo Antonio e Jirau, no Rio Madeira (RO).

Sergio Moro


16 ESPORTE

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017

Mundial de Poker atrai brasileiros para os EUA Pelo menos 300 jogadores brasileiros devem passar por Las Vegas, entre eles Bruno Foster Roger Ramos

A

cidade de Las Vegas sedia desde maio a 48ª edição do maior torneio de Poker do mundo, a WSOP – World Series of Poker. O evento é o mais esperado do ano pelos jogadores profissionais e recreativos do esporte. Durante 49 dias são realizados 74 torneios, sendo que o Main Event acontece entre os dias 8 e 17 de julho. Estima-se que mais de 300 brasileiros, entre profissionais e amadores, participem do campeonato. A inscrição (BUY-IN) para cada torneio varia de $75 a $50,000 e um percentual arrecado deste valor é destinado à premiação. No ano passado, o Main Event, com Buy-in de $10,000, contou com 6.737 jogadores inscritos, o que gerou uma premiação total de 63,3 milhões. Mais de mil jogadores foram premiados nesse evento, que teve como campeão o Qui

Nguyen, que levou prêmio de 8 milhões. O Brasil já teve três representantes que venceram torneios paralelos ao Main Event: Alexandre Gomes em 2008, André Akkari em 2011 e Thiago Decano em 2015. Cada um conquistou um bracelete, que equivale a uma medalha de ouro nas olimpíadas, além do prêmio em dinheiro. Um outro brasileiro também se destaca no meio profissional do Poker, sendo o único do país a ter participado de uma mesa final do Main Event da WSOP, em 2014. Trata-se de Bruno Foster, brasileiro natural de Santos/SP mas “naturalizado Cearense”, como ele se define, que ficou na oitava colocação e faturou o prêmio de 947 mil dólares. O Gazeta News conversou com exclusividade com Foster, que também participa da 48ª edição do WSOP. Confira ao lado o bate-papo.

Gazeta News: Como é a rotina de um jogador profissional de Poker? Bruno Foster: É dura, corrida, nós jogamos 8 a 9 horas por dia e ainda precisamos separar um tempo para estudar. No meu caso, que sou um jogador muito mais live (jogadores que preferem jogar ao vivo contra os oponentes em vez de jogos online), tenho as viagens, espera em aeroportos, distância da família, investimento... É dureza, não é essa facilidade que se vende, mas é uma vida boa, eu faço o que amo, sou super feliz, mas não é fácil. GN: Você enfrenta discriminação no Brasil por ter seguido essa carreira? BF: Enfrentei muita no começo; tinha muita discriminação. Hoje não mais, pois todas as pessoas que me cercam, as pessoas que me conhecem sabem dos meus resultados, acompanham minha carreira. Hoje eu brigo muito mais contra o preconceito geral para que as pessoas entendam o esporte da forma clara como ele é. Da família nunca enfrentei preconceito, pois desde a primeira vez que falei para os meus pais eles sempre

Bruno Foster: Unico brasileiro a chegar ao Main Event da WSOP

confiaram em mim, sempre me apoiaram. GN: Para aquelas pessoas que tem intenção de se profissionalizar no esporte, qual conselho você daria? BF: Trabalhe com algo paralelo no começo, tenha o poker como atividade conjunta. Você não vai iniciar ganhando dinheiro, vai quebrar, vai ser difícil, então é bom você ter uma renda extra, algo que garanta os momentos ruins que passará. O poker requer inscrição, requer investimento. Você não pode deixar de sustentar sua família, deixar faltar alimentação em casa para fazer a inscri-

ção em um torneio. Então, para que isso não atrapalhe sua vida, tenha um controle do seu caixa, tenha uma renda extra para que o jogo se torne sustentável. GN: Recomenda-se que além da prática o jogador esteja sempre aprimorando a teoria do Poker. Como você estuda essa teoria? BF: Eu estudo atuando como coach (ensinando a iniciantes) e praticando com outros coachers. Aqui mesmo nos EUA vou fazer um “coaching“ na semana que vem. Eu faço aqui e depois transfiro o que aprendi para as minhas turmas no Brasil. Sempre que eu ensino,

eu acabo aprendendo também. Outra forma é analisando mãos (cada rodada jogada), vendo vídeos, trocando ideias com amigos, profissionais e assim evoluo bastante. GN: Quem é o seu ídolo no esporte? BF: Sem sombra de dúvidas meu ídolo no esporte, no Brasil, é o André Akkari. GN: Quantos torneios você já disputou esse ano na WSOP? BF: Já disputei 9 esse ano até agora na WSOP, mas pretendo disputar mais. GN: Esses torneios paralelos servem de aquecimento para o Main Event? Como é a preparação mental para disputar o torneio principal? BF: Serve para você entrar no jogo, ir aquecendo para você jogar o Main Event. Lógico que eu também busco a parte financeira desses torneios, pois não é possível sobreviver sem isso, faz parte do jogo, faz parte da nossa vida. Mas com certeza serve, sim, de aquecimento intelectual para você chegar bem preparado.


Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

PUBLICIDADE

17


18 PUBLICIDADE

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017


Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

PUBLICIDADE

19


20

PUBLICIDADE

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017


Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

PUBLICIDADE

21


22

PUBLICIDADE

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017


MODA

Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

23

FASHION

Por Alexia Nascimento Roizner

fashion@gazetanews.com Alexia é paulista, mas vive na Flórida há quatro anos. Já estudou arquitetura, mas graduou-se em em jornalismo. Criou o Celebrity Fashion Blog em 2013 e, em seguida, seu produto, o Alexia Meditation Seat. É sócia da empresa Alexia Home Design.

Jeans

A

calça jeans está se reinventando a todo momento e a era do jeans skinny parece que está chegando ao fim - pelo menos por enquanto,

A calça estilo “Mom” vem entrando devagarinho no guarda-roupa feminino. É uma calça que já fez muito sucesso nos anos 90, usada com camiseta amarrada na cintura ou para dentro da calça, normalmente com tênis branco de couro ou mesmo com saltos. Essa calça é mais larga nas pernas, no bumbum, tem cintura alta, o tecido não é tão stretched como as skinny e a variação de cores sempre puxando mais para o jeans claro, levemente desbotado.

Seguindo essa linha, o estilo boyfriend também é outra opção bem moderna e atual que continua no outfit das fashionistas.

Celebrity Fashion Blog: www.alexianascimento.com Instagram: @alexiacelebrity

com essa nova temporada fashion. Com isso, outras tendências chegam forte nesta estação. Confira:

Para os jeans bordados, especialmente os floridos, o estilo do corte não importa muito, mas normalmente ele ainda é muito usado nos jeans skinny.

Dica de Blogueira: Para as calças “Mom” ou “Boyfriend”, eu gosto de usar dobradinho na barra e acho que com saltos fica bem mais atraente o estilo.

A calça Flare é febre no Brasil por deixar as pernas mais alongadas e o corpo mais atraente e elegante.


24

SAÚDE

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017

SAÚDE & BEM-ESTAR Por Dra. Ivani Manzzo

ivani@gazetanews.com Dra. Ivani Manzzo é doutora em Ciências pela Escola Paulista de Medicina UNIFESP - EPM com ênfase em obesidade, gestação e exercício. Em 2010 iniciou seus estudos em Life Coach e desde então trabalha ajudando as pessoas a alcançarem seus objetivos. Site: www.myclickcoach.com | Email: ivani@gazetanews.com

Imersão em água gelada após os treinos ajuda mesmo na recuperação?

A

prática de exercícios intensos traz algumas consequências, sem dúvida. Pessoas bem treinadas são capazes de praticar exercícios em alta intensidade por um longo período de tempo, algumas horas e em esportes mais radicais por alguns dias. Por mais que seu corpo esteja treinado e apto para os esforços, esse mesmo corpo irá sentir dores nas articulações e nos músculos. Devido a isso, os cientistas têm se esforçado bastante na tentativa de encontrar a “fórmula mágica” para acelerar a recuperação dos atletas e esses conhecimentos aos poucos vão sendo também utilizados pelos atletas amadores e por praticantes de exercícios não atletas. Uma das tentativas de acelerar a recuperação é a imersão em água gelada,

ou água com cubos de gelo. Assim, atletas têm se submetido a esse tratamento após uma prova de longa duração e alta intensidade como maratonas, triátlons, entre outras. O interessante disso é que a prática começou antes de estudos indicarem os benefícios ou não dessa prática. Parece que ninguém sabe ao certo como tudo isso começou, mas uma coisa é certa, ela se difundiu rapidamente e em todas as modalidades. Em agosto de 2016, a revista J. Strength Cond Res. publicou um artigo que analisou os efeitos da imersão em água gelada na recuperação de atletas de elite de levantamento de peso na Alemanha. Nesse estudo foram analisados vários pontos como hormônios que indicam a recuperação ou não do atleta. Os resultados

Os cientistas têm se esforçado bastante na tentativa de encontrar a “fórmula mágica” para acelerar a recuperação dos atletas.

não indicaram nenhuma melhoria naqueles atletas que fizeram a imersão em água gelada depois de três dias de treinamento intensivo. Esta pesquisa e outras que já foram feitas nun-

ca encontraram resultados comprovados de melhoria na recuperação de atletas que fizeram a imersão em água gelada. Neste estudo, os autores relatam também que,

apesar de todos os atletas analisados terem um desempenho muito parecido e todos serem levantadores de peso, existiram diferenças individuais. Explicando melhor, parece que apesar de, na média dos resultados, não aparecer nenhuma diferença, os indivíduos isoladamente apresentaram diferenças e, segundo os autores da pesquisa, essa individualidade pode explicar a maior ou menor aceitação dessa prática pelos atletas. Sem dúvida nenhuma, a imersão de parte do corpo

em água a quase zero grau pode ser menos suportável para algumas pessoas e isso irá também causar a liberação de hormônios do estresse. Isso pode alterar os resultados dos testes laboratoriais de exames de sangue. Fazendo um balanço de tudo que se sabe hoje em dia a respeito desse assunto, parece que as respostas são muito individuais e a generalização acabam trazendo erros. O mais sensato a fazer é não impor essa prática para todas as pessoas e deixar que seja uma das opções para que a recuperação possa ocorrer da melhor foma. _________________________ Fontes: Can cold water immersion enhance recovery in elite Olympic weightlifters? An individualized perspective. Schimpchen J1, Wagner M, Ferrauti A, Kellmann M, Pfeiffer M, Meyer T. J Strength Cond Res. 2016 Aug 16.


COMPORTAMENTO

Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

25

VIVER BEM Por ADRIANA TANESE NOGUEIRA

adriana@gazetanews.com Life Coach com training psicanalítico, filósofa, terapeuta transpessoal, terapeuta Florais de Bach, autora, educadora perinatal, fundadora da ONG Amigas do Parto, do Instituto de ensino à distância Ser e Saber Consciente e do ConsciousnessBoca em Boca Raton, FL-EUA. Contato: +1-561-3055321 - www.adrianatanesenogueira.org.

Ser complexado: o que significa e como funciona

I

magine São Paulo, Rio de Janeiro ou muitas outras cidades brasileiras. Mas, vamos falar do Rio. Todos sabemos que a cidade está construída entre o oceano e os montes, o que a torna particularmente charmosa. Sabemos também que ela está pontuada por favelas nos lugares menos esperados, entremeando a cidade “normal”. Um turista inocente, passeando admirado e desprevenido, pode, de repente, deparar-se com um lugar pouco seguro ou até mesmo muito perigoso. Quem não conhece bem a cidade, não tem nunca certeza do que vai encontrar. Há áreas seguras, onde se pode razoavelmente ter uma certa expectativa positiva, há áreas incertas, onde é preciso andar com cuidado e manter os olhos bem abertos, e há lugares em que decididamente não deveríamos pisar.

Essa acima é a realidade física e social da cidade, mas é também uma metáfora da realidade psíquica interior da subjetividade humana. Uma pessoa psicologicamente saudável é como uma cidade limpa pela qual podemos passear à vontade sem medo de sermos agredidos de repente, virando a esquina errada ou ao entardecer. Ou seja: uma pessoa confiável é aquela com a qual se pode discutir uma série de assuntos e situações sem sermos esbofeteados por reações incoerentes que nos deixam perplexos ou mesmo assustados. Reações assim todos nós já temos vivido com uns e outros e até mesmo exibido nós mesmos (quem é suficientemente honesto para se enxergar saberá reconhecer). Elas correspondem a acabar, de repente, numa área urbana perigosa e sentir-se vulnerável

e em perigo. Quantas vezes já não aconteceu de estarmos conversando ou mesmo discutindo um assunto com tal pessoa e ela explodir numa reação insensata e agressiva? Quantas vezes já não vimos pessoas reagirem de forma exagerada, sem que elas mesmas o percebam, a situações ou tópicos que nos parecem simples e inócuos? Lidar com uma pessoa

complexada é como caminhar num terreno minado. Você não sabe onde está a bomba, só saberá quando explodir. Quantas bombas há depende de quanto a pessoa é complexada. Quanto mais complexada a pessoa, mais vulneráveis somos nós. Mais complexada, mais insegura ela é. Mais complexada, mais agressiva e/ou ilógica ela será. Os complexos são como

uma área psíquica interditada: a pessoa não quer ir lá e todos os conteúdos que lá estão ou que se relacionam à área são evitados, rejeitados, negados. Complexos possuem um núcleo: a rejeição, por exemplo. Complexos têm sempre raízes no passado e até mesmo em vidas passadas – mas não se pode pular para elas sem antes ter resolvido o problema dessa. Complexos nascem porque a pessoa não aguentou enfrentar determinada situação e dela fugiu, no sentido mesmo de enfiar a cabeça na areia. Se apavorou e reprimiu, gerando no tempo o complexo, camada após camada de negação, repressão e camuflagem. Quanto maior o alvoroço causado pela situação/reação, mais forte o complexo, o que significa maior sua área de atuação porque complexos são como imãs. Tudo o que

têm alguma ligação com eles os ativam. Uma pessoa com um complexo de rejeição vai ter reações desproporcionadas todas as vezes em que o sentimento de rejeição for ativado até chegar a situações ridículas. Os eventos serão interpretados nessa ótica: querem me rejeitar, estou sendo rejeitado. O problema com os complexos é que a pessoa não quer se tornar consciente deles, logo você não será ouvido quando tentar dizer: Olha, não é bem assim... Complexos são inconscientes. A pessoa complexada tem pavor de enxergá-los e, exatamente por isso, se tornam sempre mais invadentes. Isso leva a pessoa ao limite da paranóia sem, entretanto, querer acordar do pesadelo, criando um círculo vicioso. Resolver um complexo requer afinado autoconhecimento e estratégia psicológica.


26

ENTRETENIMENTO

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017

AGENDA Por RICK AMORIM

PLANETA MÚSICA

Por GENE DE SOUZA

planetamusica@gazetanews.com Carioca, produtor musical e radialista. Radicado nos EUA desde 1992. Comanda o premiado programa Café Brasil na 88.9FM WDNA. Desde 2003 ele é diretor de desenvolvimento da Rhythm Foundation.

Vanessa da Mata grava DVD e planeja turnê nos EUA

A

cantora Vanessa da Mata registrou seu mais novo DVD ao vivo, na Casa Natura Musical, em São Paulo, no final de maio. Intitulado “Caixinha de Música”, o repertório composto por 25 músicas apresentou antigos sucessos, como “Ai, Ai, Ai”, três novas composições e releituras das canções “Impossível Acreditar que Perdi Você”, sucesso dos anos 70, e “Love will tear us apart” (1979), do grupo inglês Joy Division. A direção musical do DVD ficou a cargo do guitarrista Maurício Pacheco. Este será o segundo DVD da cantora e compositora, que lançou em 2009 “Vanessa da Mata (Multishow ao Vivo)”, gravado em Paraty na turnê “Jardim de Perfumes de Sim”. O lançamento está previsto para o segundo semestre deste ano, pela gravadora Sony Music. Em setembro, a cantora vai realizar sua primeira turnê nos Estados Unidos, passando por Nova York, San Francisco, Los Angeles, Houston e Boston. O primeiro show da turnê será no festival gratuito Brazilian Beat, no Mizner Park Amphitheater, no sábado, 9 de setembro.

Dueto inédito de Cazuza e Ney Matogrosso Para celebrar o Dia dos Namorados, a Universal Music liberou esse mês um dueto inédito de Cazuza e Ney Matogrosso, que leva o mesmo nome da data comemorativa. “Dia dos Namorados” é uma composição do próprio Cazuza em parceria a Perinho Santana. A faixa foi registrada em julho de 1986, para o segundo álbum solo de Cazuza, “Só Se For a Dois”, mas ficou de fora do repertório final. A partir da gravação original, com a voz de Cazuza, o produtor Nilo Romero (parceiro de Cazuza em alguns grandes sucessos, como “Brasil”) convidou Ney Matogrosso para dividir a canção. A novidade veio acompanhada de clipe, que teve direção do cineasta Leandro Corinto. A canção inédita apresenta a coletânea “Cazuza Exagerado”, que conta com 13 faixas e já está disponível nas lojas e serviços de streaming. O material também traz sucessos como “Faz Parte do Meu Show”, “Codinome Beija-Flor” e “O Mundo é Um Moinho”, além de outras faixas menos conhecidas, como “Cúmplice” e “Só Se For a Dois”.

rick@gazetanews.com Carioca, é formado em publicidade e marketing. Superconectado com eventos e acontecimentos no sul da Flórida.

ENRIQUE IGLESIAS & PIT BULL 23/JUN/2017 Local: American Airlines Arena - 601 Biscayne Blvd, Miami, FL 33132 Horário: 7:30PM – 10:30PM Info: Um show de arrepiar com duas grandes feras no palco. Ingressos disponíveis no site www.ticketmaster.com BRAZILIAN FOLKS FESTIVAL 24 E 25/JUN/2017 Local: Pompano Beach Community Park Horário: 12PM – 20PM Info: Junho é o mês de festas típicas e nada melhor do que celebrar essa época do ano curtindo o que há de melhor em nossa comunidade. Por isso, não perca o Brazilian Folks Festival. Barraquinhas, comidas típicas, quadrilhas, brincadeira para as crianças, artesanatos, rifas e sorteios. Diversão garantida. Mais info: www.festivalcultural.org BOCA RATON VS MIAMI UNITED FC 24/JUN/2017 Local: Broward College South Campus 7200 Pines Blvd, Pembroke Pines | Horário: 7PM – 10PM Info: Jogo de futebol no campo do Broward College. O jogo começa às 7pm em ponto, o pré-game às 6pm. Informações de ingresso no site www.eventbrite.com FESTA JUNINA BRAZILIAN BASH 24/JUN/2017 Local: Broward Spiritist Society 2183 N. Powerline Rd., Pompano Beach, Florida 33069 Horário: 7:30AM – 11AM Info: Festa Junina com comidas típicas, brincadeiras, quadrilha, DJ e muito mais. Entrada $2 dólares. DR. BOB HARRISON 28/JUN/2017 Local: 2205 W Hillsboro Blvd Deerfield Beach, FL. Horário: 7:30PM Info: A Comunidade Evangélica Internacional Zona-Sul-Flória (CEIZ) realiza uma palestra com o Dr. Bob Harrison, autoridade no ensino sobre rompimento financeiro e acréscimo. O evento tem entrada franca. Mais informações no site www.ceizusa.com


CINEMA

Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

CINEMA Por JANA NASCIMENTO NAGASE

cinema@gazetanews.com Jornalista paulistana formada pela PUC de São Paulo e pós-graduada em Broadcast Communication pela Barry University. Vive na Califórnia e entrevista atores, diretores, produtores e outros envolvidos nos maiores lançamentos do cinema americano.

27

Site: www.janaoncamera.com Canal no youtube: https://www.youtube.com/user/janaoncamera Twitter: @jana1023

Confira as estreias da semana Paramount Pictures

TRANSFORMERS Paramount Pictures

O quinto filme da franquia de sucesso Transformers, dos estúdios Paramount, já está em cartaz desde a última quarta-feira, dia 21 de junho. Transformers: The Last Knight acompanha a guerra entre os humanos e os Transformers, onde o seu comandante Optimus Prime não está mais no comando. A chave para salvar o futuro da humanidade está enterrada nos segredos do passado, em uma história escondida nos Transformers que estão na Terra. A direção continua no comando de Michael Bay. No elenco estão Mark Wahlberg, Anthonu Hopkins, Josh Duhamel, Isabela Moner, Laura Haddock, Santiago Cabrera, entre outros. #Transformers5 #TransformersMovie

THE BEGUILED Focus Features O drama The Beguiled (Focus Features) que estreia na sexta-feira, dia 23 de junho, traz a diretora Sofia Coppola e a atriz Kirsten Dunst juntas mais uma vez em uma história de épo-

Focus Features

ca. O remake de The Beguiled (O Estranho que Nós Amamos, título no Brasil) de 1971, acompanha o soldado da União, John McBurney, que ferido em combate durante a Guerra Civil no estado da Virgínia, é encontrado em um bosque pela jovem Amy. Ela o leva para a casa onde mora, um internato de mulheres gerenciado por Martha Farnsworth, papel de Nicole Kidman. Lá, elas decidem cuidá-lo para que, após se recuperar, seja entregue às autoridades. Só que, aos poucos, cada uma delas demonstra interesses e desejos pelo homem da casa, especialmente Edwina e Alicia. Além de Nicole Kidman, estão no elenco Oona Laurence, Kirsten Dunst, Elle Fanning, entre outros. O ator Colin Farrell está no papel de John McBurney, que foi interpretado por Clint Eastwood na versão de 1971. #TheBeguiled

THE HERO The Orchard A comédia dramática The Hero (The Or-

The Orchard

chard) expande para o circuito nacional na próxima sexta-feira, dia 23 de junho. Escrito e dirigido por Brett Haley, o longa conta a história de um famoso ator do cinema de faroeste que agora empresta sua voz para dublar comerciais de cigarro. Quando ele recebe algumas notícias que mudam a sua vida, ele decide reprisar a sua mais famosa personagem e se reconectar com sua ex-mulher e sua filha. No elenco estão Sam Elliott, Laura Prepon, Nick Offerman, Krysten Ritter, Katharine Ross, entre outros. #TheHeroMovie The Hero estreia nas seguintes salas do sul da Flórida: Miami/Ft. Lauderdale: Regal South Beach 18, CMX Brickell City Centre, Cinepolis Grove 14 No dia 30 de junho entra em cartaz no AMC Aventura 24 e AMC Sunset Place Broward County: The Classic Gateway. No dia 30 de junho,

entra em cartaz no Regal Oakwood 18 Palm Beach County: Regal Shadowood, Cinemark Palace 20, Cinepolis Jupiter 14/Jupiter. No dia 30 de junho nas salas: AMC CityPlace 20, Movies of Delray, Movies of Lake Worth, Regal Royal Palm, Indian River 24/Vero, Regal Treasure Coast Mall 16/Jenson Bch Abramorama

FOOD EVOLUTION Abramorama

Usando a controvérsia sobre os alimentos geneticamente modificados, mais conhecidos como GMO (genetically modified orgamism, em inglês) como premissa, Food Evolution (Abramorama) mostra como o medo e a desinformação podem superar uma análise objetiva e baseada em evidências. Narrado por Neil DeGrasse Tyson. A direção ficou a cargo de Scott Hamilton Kennedy que também escreveu o roteiro ao lado de Trace Sheehan. #FoodEvolution


28

ENTRETENIMENTO

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017

BASTIDORES Por CONNIE ROCHA

bastidores@gazetanews.com Baiana, formada em jornalismo e publicidade, com pós graduação em Broadcasting. Já trabalhou como repórter e editora no Gazeta. Produtora e apresentadora de eventos na Flórida.

Palestra sobre o Census em Pompano Beach A PIBFlorida de Pompano Beach sediou, no dia 19 de junho, um Business Networking, promovido pela Global Foundation. O evento reuniu empresários brasileiros interessados nos números divulgados pelo Census Americano. Alexandra Barker, especialista do U. S Census Bureau, veio de Massachusetts ministrar a palestra, na qual explicou alguns números e como navegar pelo site da agência, que é bem complexo. Ela fez um pequeno resumo da quantidade de brasileiros que vivem nos EUA, quantos falam inglês, quantos são donos dos próprios negócios e mostrou vários dados importantes para o mundo empresarial. Para mais informações, acesse o site Census.gov

-

Grupo de volêi de Deerfield faz encontro no Padanos O restaurante Padanos foi o local do primeiro encontro do grupo de Volêi de Deerfield, para celebrar as aniversariantes do mês, Tania, Leia e Melissa. A administradora do grupo, Gabriela Lara, foi quem iniciou as partidas de vôlei amador com alguns amigos e o grupo do WhatsApp, que já tem 60 participantes, em menos de dois meses. “Fomos superbem recebidos no Padanos, que reservou um espaço exclusivo para nossos 60 convidados.”, disse Lara. Ela divulgou o número do grupo no Whatsapp para quem quiser fazer amizades e gosta do esporte: (954) 6299 294.

A nova “cara” do JN O telejornal mais importante do Brasil está de cara nova. O novo cenário do Jornal Nacional foi apresentado no dia 19, por William Bonner e Renata Vasconcelos, após dois anos de planejamento. O estilo futurista, marcado por projeções de imagem tridimensionais em vidro e em um telão que circunda a redação, impressionou. Atrás dos âncoras, um imenso telão de 15 metros e nove projetores de laser. Com um cenário mais moderno e interativo, o JN ganhou um ar mais futurista e a redação reúne jornalistas de TV e da internet.

Melissa Plahano, Tania Stoffel e Leia Saad.


Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

PUBLICIDADE

29


30 PUBLICIDADE

Gazeta Brazilian News · Semana de 22 a 28 de junho de 2017


Semana de 22 a 28 de junho de 2017 · Gazeta Brazilian News

CLASSIFICADOS

31


Edição 1045 - De 22 a 28 de junho de 2017  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you