Page 1

Máx: 23°C / Mín: 15°C

R$ 1,00

VARGINHA , 29 DE JUNHO A 01 DE JULHO DE 2013

EDIÇÃO - 8.772

Varginha pode regulamentar motofrete; projeto de lei já foi enviado à Câmara Prefeitura enviou ao Legislativo o projeto que cria este serviço na cidade; entenda como funciona O projeto nº 50/2013, de autoria do Executivo cria na cidade o serviço de Motofrete, para entrega e coleta de pequenas cargas por meio de motocicletas, devendo ser feito mediante prévia e expressa autorização da Prefeitura. Sua regulamentação se faz necessário pelo Município devido às normas do Con-

selho Nacional de Trânsito – Contran que fixa requisitos de segurança para o transporte remunerado de cargas em motocicletas, sem falar que a medida tem sido cobrada por aqueles que prestam o serviço e querem uma normatização específica sobre o mesmo.

Primeira chamada de estudantes selecionados pelo ProUni sai neste domingo

LOCAL/PÁGINA 03

Varginhenses realizam nova manifestação na manhã deste sábado

A edição de inverno do Programa Universidade para Todos totalizou 436.941 candidatos

BRASIL/PÁGINA 13

IPI para linha branca e móveis sobe a partir de segunda-feira BRASIL/PÁGINA 13

LOCAL/PÁGINA 05

PONTO DE VIST A VISTA

Projeto ‘Quinta da Boa Música’ volta na próxima semana

www.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga gazetadevarginha@gmail.com twitter.com/gazetavarginha

Vende-se

Coríntios 14 O dom de profecia é superior ao de línguas Página 2

Casa no Bairro Cidade Nova Preço da Ocasião LOCAL/PÁGINA 08

Tel. 3221-4845


GAZETA DE VARGINHA, 29/06 A 01/07/2013

PONTO DE VISTA

02

Palavras de Vida

O dom de profecia é superior ao de línguas 1 CORÍNTIOS 14

1-Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar. 2-Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios. 3-Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. 4-O que fala em língua desconhecida edificase a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja. 5-E eu quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis; porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação. 6-E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina? 7-Da mesma sorte, se as coisas inanimadas, que fazem som, seja flauta, seja cítara, não formarem sons distintos, como se conhecerá o que se toca com a flauta ou com a cítara? 8-Porque, se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha? 9-Assim também vós, se com a língua não pronunciardes palavras bem inteligíveis, como se entenderá o que se diz? porque estareis como que falando ao ar. 10-Há, por exemplo, tanta espécie de vozes no mundo, e nenhuma delas é sem significação. 11-Mas, se eu ignorar o sentido da voz, serei bárbaro para aquele a quem falo, e o que fala será bárbaro para mim. 12-Assim também vós, como desejais dons espirituais, procurai abundar neles, para edificação da igreja. 13-Por isso, o que fala em língua desconhe-

cida, ore para que a possa interpretar. 14-Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto. 15-Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento. 16-De outra maneira, se tu bendisseres com o espírito, como dirá o que ocupa o lugar de indouto, o Amém, sobre a tua ação de graças, visto que não sabe o que dizes? 17-Porque realmente tu dás bem as graças, mas o outro não é edificado. 18-Dou graças ao meu Deus, porque falo mais línguas do que vós todos. 19-Todavia eu antes quero falar na igreja cinco palavras na minha própria inteligência, para que possa também instruir os outros, do que dez mil palavras em língua desconhecida. 20-Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento. 21-Está escrito na lei: Por gente de outras línguas, e por outros lábios, falarei a este povo; e ainda assim me não ouvirão, diz o Senhor. 22-De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis. 23-Se, pois, toda a igreja se congregar num lugar, e todos falarem em línguas, e entrarem indoutos ou infiéis, não dirão porventura que estais loucos? 24-Mas, se todos profetizarem, e algum indouto ou infiel entrar, de todos é convencido, de todos é julgado. 25-Portanto, os segredos do seu coração ficarão manifestos, e assim, lançando-se sobre o seu rosto, adorará a Deus, publicando que Deus está verdadeiramente entre vós.

26-Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação. 27-E, se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete. 28-Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus. 29-E falem dois ou três profetas, e os outros julguem. 30-Mas, se a outro, que estiver assentado, for revelada alguma coisa, cale-se o primeiro. 31-Porque todos podereis profetizar, uns depois dos outros; para que todos aprendam, e todos sejam consolados. 32-E os espíritos dos profetas estão sujeitos aos profetas. 33-Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos. 34-As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. 35-E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja. 36-Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós? 37-Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor. 38-Mas, se alguém ignora isto, que ignore. 39-Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar, e não proibais falar línguas. 40-Mas faça-se tudo decentemente e com ordem.

Por um Brasil Amigo da Criança É difícil não falarmos sobre as manifestações que estão acontecendo pelo Brasil. Fica impossível não lembrar nossas origens que remontam do início da década de 90, quando as questões relacionadas à infância e à adolescência eram ainda mais urgentes do que nos dias de hoje. Apesar da conquista da Constituição Federal em 1988, crianças e adolescentes ainda não tinham seus direitos garantidos por uma legislação específica. Diante disso, saímos às ruas pela aprovação do Estatuto da Criança e do Adolescente. Não era mais possível ficar de braços cruzados esperando que o poder público resolvesse a questão e pela primeira vez na história, vimos nascer, em 1990, uma organização especificamente voltada para os direitos da infância e adolescência. Era preciso fazer algo. Essa postura nasce da convicção de que a responsabilidade pela infância não é só dos Governos, mas de todos, de toda a sociedade! Nosso desejo, como o de milhares de pessoas que foram às ruas, é o de sermos protagonistas do futuro do Brasil. Ficamos orgulhosos com a mobilização de milhares de pessoas, que se manifestaram em prol de investimentos em saúde e educação e fizeram com que os holofotes se voltassem para diversas iniciativas sociais Brasil afora. Nestes 23 anos fizemos e continuamos fazendo o que está ao nosso alcance para dar voz às crianças, para que 10% do PIB sejam destinados à educação pública, para que 100% estejam livres do trabalho infantil, com registro civil, bem nutridas, pro-

tegidas de qualquer forma de violência ou opressão. Enfim, que crianças e adolescentes tenham todos os seus direitos garantidos e possam se orgulhar por fazerem parte de uma das maiores economias do mundo. Se tivéssemos melhorado a vida de uma só criança já teria valido a pena. Nesses anos foram muito mais, já somamos mais de 7,5 milhões de crianças e adolescentes beneficiados. Foram anos de propostas de solução, criando e oferecendo canais de participação, sendo uma ponte entre quem precisa de ajuda e quem quer ajudar, sempre dentro da ótica do “dá pra resolver”. Apesar de termos muitos desafios pela frente, somos otimistas com relação ao futuro, e isso vem da certeza de que estamos no caminho certo, buscando influenciar políticas públicas, apoiando a mobilização da sociedade e a pressão sobre governos e parlamentares. Acreditamos em um modelo de sociedade onde efetivamente se dê uma parceria entre empresas, sociedade civil e poder público, em prol do bem comum. Fazemos desta utopia, nossa prática cotidiana. Os rumos desta mobilização ainda estão incertos, mas vemos de forma positiva a participação pacífica de todos, sobretudo através das redes sociais e novas formas de comunicação.

Que o clima de esperança que envolveu a população nos últimos dias, traga consigo todo o progresso que exige. Esperamos que possamos comemorar o cumprimento dos direitos da criança e do adolescente. Este é o Brasil Amigo da Criança que desejamos! Fundação Abrinq

Telefones (35)3221-4668 (35)3221-4845 CNPJ: 21.535.075/0001-47

Diário de Circulação Regional - Diretora Administrativa: Ana Maria Silva Piva Jornalista Responsável: Lanamara Silva MTB -8304 JP - Editor: Rodrigo S. Fernandes Sindjori - MG 312/99 Administração/Revisão: Lanamara Silva - Paulo Ribeiro da Silva Fernandes (Jornalista e superintendente de redaçãoTB.16.851) - Horário de funcionamento das 08:00hs às 18:00hs ENDEREÇO: Redação e Departamento de Publicidade Av. dos Imigrantes, 445 - Santa Maria - CEP 37022-560 VARGINHA/MG E-mail: gazetadevarginha @gmail.com gaz e ta c o m e r c i a l 2 @ y a h o o . c o m . b r Endereço eletrônico: www.gazetavarginha.com.br

ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior SINDJORI - Sind. Prop. de Jornais e Revistas do Interior ADJORI - Associação dos Jornais do Interior ADI - Associação dos Jornais do interior de Minas Gerais A redação não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados, mesmo sob pseudônimos, que são de inteira responsabilidade de seus autores.


GAZETA DE VARGINHA, 29/06 A 01/07/2013

LOCAL

03

Varginha pode regulamentar motofrete; projeto de lei já foi enviado à Câmara Prefeitura enviou ao Legislativo o projeto que cria este serviço na cidade; entenda como funciona O projeto nº 50/2013, de autoria do Executivo cria na cidade o serviço de Motofrete, para entrega e coleta de pequenas cargas por meio de motocicletas, devendo ser feito mediante prévia e expressa autorização da Prefeitura. Sua regulamentação se faz necessário pelo Município devido às normas do Conselho Nacional de Trânsito – Contran que fixa requisitos de segurança para o transporte remunerado de cargas em motocicletas, sem falar que a medida tem sido cobrada por aqueles que prestam o serviço e querem uma normatização específica sobre o mesmo. “Trata-se de uma Lei que vai contribuir muito para o aumento da segurança dos motociclistas, dos motoristas e dos próprios pedestres que estavam expostos a acidentes”, justificou o prefeito. De acordo com o projeto encaminhado à Câmara o serviço de Motofrete poderá ser prestado por condutor autônomo ou por pessoa jurídica, constituída sob a forma de empresa comercial, associação ou cooperativa que explore o serviço por meio de frota própria, desde que tenha licença para operação do serviço e conte com condutores de-

vidamente cadastrados no Departamento de Trânsito do município, sejam portador de Carteira Nacional de Habilitação – CNH categoria “A” expedida há mais de 2 anos, nos termos da legislação federal e que atue na prestação de serviços de motofrete, sendo detentor da carteira de condutor. Segurança Deverá ser a motocicleta equipada de baú, equipamento para transporte de pequenos volumes, com tampa convexa no lado superior e fixado por suportes metálicos na posição traseira da motocicleta e que atendam às exigências do Conselho Nacional de Trânsito, e estar o condutorestar usando colete de proteção aprovado segundo padrões definidos em normas estabelecidas pelo Conse-

lho Nacional de Trânsito, contendo elementos de identificação do condutor e capacete automotivo certificado pelo Inmetro, contendo elementos de identificação do condutor. Credenciamento À pessoa jurídica deverá dispor de sede ou filial no Município de Varginha, estar inscrita no Cadastro de Contribuintes Municipais, estar inscrita no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ, apresentar contrato social ou ato constitutivo e última alteração, registrada no Cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas ou na Junta Comercial do Estado de Minas Gerais,apresentar certidões comprobatórias de regularidade com a Fazenda Federal expedidas pela Receita Federal e pela Pro-

curadoria da Fazenda Nacional, bem como de regularidade com a Secretaria Municipal da Fazenda Semfa, relativamente aos tributos mobiliários e imobiliários, expedidas pelos órgãos competentes da Prefeitura, apresentar certidões comprobatórias de regularidade perante o Instituto Nacional do Seguro Social CND e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS e certidão negativa de protestos dos últimos 12 meses, além de comprovar a disponibilidade de imóvel, com área mínima a ser de-

finida pela Prefeitura, destinado ao estacionamento dos veículos, as dependências para escritório e aos condutores no aguardo de ordens de serviço. Cooperativas Quanto às cooperativas ou associações, deverão ser constituídas exclusivamente por profissionais autônomos, portadores de licença para o serviço de motofrete. Motocicleta A motocicleta a ser utilizada no serviço de moto-

Dijon * Escrituras Públicas de Compra e Venda, Doações, Inventários, Separações e Divórcios * Renegociação de IPTU * Solicitação de certidões diversas (inclusive em outras comarcas) * Retificação de área

frete deverá ser submetida à prévia aprovação do Demutran, devendo ser original de fábrica,ter no máximo 10 anos de fabricação, ter cilindrada mínima de 120 c.c., possuir os equipamentos obrigatórios definidos no Código de Trânsito Brasileiro e nos demais dispositivos estabelecidos pelo Demutran, aplicáveis à modalidade motofrete, ser licenciada no Município de Varginha, na categoria aluguel e se aprovada em vistoria anual, realizada pelo Demutran ou órgão específico por este indicado.

Despachante Imobiliário O seu tempo é o nosso negócio * Regularizações de imóveis perante a Prefeitura, INSS e Registro de Imóveis, Receita Federal (Diso) * Guias de ITBI (Imposto de Bens Imóveis) e ITCMD (Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos)

Claudinei (Unibanco) Tel: (35) 3067-3444 / (35) 9907-8611 - E-mail: dijondi@ig.com.br Alameda das Cerejeiras, 79, Pinheiros - CEP: 37030-650 – Varginha/MG

Seu consultório dispõe de equipamentos modernos de diagnósticos, cabine para audiometria e realização de exames por vídeo, para melhor atender os pacientes em suas consultas e exames especializados, com horário previamente agendado. - Audiometria - Impedânciometria - Videonasofibroscopia - Tratamento com vacina Intra Nasal

- Cirurgia ORL - Videotoscopia - Videolaringoscopia Adm. para professores

Estacionamento exclusivo para clientes na Rua Santa Cruz, 757 Subsolo, Centro - Varginha. Peça a secretaria!

Avenida São José, 317 - Sala 05 - (35) 3221-5366

Dr. Nelson Rodrigues do Prado Junior, médico otorrinolaringologista em Varginha esteve no 42º Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia e cirurgia cérvico-facial em Recife-PE nos dias 13 a 17 de novembro, atualizando e trazendo novos meios de diagnósticos e tratamentos.


GAZETA DE VARGINHA, 29/06/ A 01/07/2013

LOCAL

04

SINDVAR apoia uso de cartão para estacionamento rotativo

Os cartões são vendidos pelos orientadores que ficam divididos nos diversos setores

Muitas ruas do centro comercial de Varginha possuem o sistema de estacionamento rotativo para veículos, a chamada Área Azul. Os cartões são vendidos pelos orientadores que ficam divididos nos diversos setores onde estão distribuídas as vagas e

realizam a venda dos cartões de uma ou duas horas, além dos de dez minutos, que são de graça. Para que esse serviço seja realizado de maneira mais eficaz possível e para que nenhum motorista fique sem o cartão, a coordenação geral da Área Azul informa que

realizará a contratação de mais funcionários especializados para esse atendimento. “É válido ressaltar que o estacionamento pago deve obedecer aos horários estipulados e, caso ultrapasse o tempo estabelecido, os usuários poderão sofrer as penalidades

previstas em lei, que vão de multa até a remoção do veículo”, afirma José Rodrigues Duarte, coordenador da Área Azul. O Sindicato do Comércio Varejista de Varginha (SINDVAR) apoia o uso do cartão rotativo, visto que “com a rotatividade dos veículos, o consumidor sempre encontrará vagas disponíveis no centro da cidade e, com isso, consegue realizar suas compras com tranquilidade”, analisa o presidente da entidade, Aureliano Zanon Alves. Mais informações sobre o SINDVAR podem ser obtidas na sede da entidade localizada à Avenida Rio Branco, 288 A, no Centro, pelo www. sindvar. com.br ou no telefone (35) 3690-4311.

Para que esse serviço seja realizado de maneira mais eficaz possível e para que nenhum motorista fique sem o cartão, a coordenação geral da Área Azul informa que realizará a contratação de mais funcionários especializados para esse atendimento


GAZETA DE VARGINHA, 29/06 A 01/07/2013

LOCAL

05

Manifestantes realizam protesto na manhã deste sábado em Varginha Mesmo com manifestações, prefeito diz que tarifa não deve baixar e reivindicações precisam passar por estudo A terceira manifestação popular pelas ruas de Varginha será na manhã deste sábado (29/6). Segundo representantes do Movimento Pró Varginha (MPV), grupo organizador dos protestos na cidade, a concentração será às 10h, na Concha Acústica. O percurso será definido durante a concentração. Entre as reivindicações definidas em reunião pelo grupon e já entregues ao prefeito Antônio Silva, estão a revogação do aumento do preço da passagem de ônibus, o retorno do transporte escolar gratuito para alunos do CefetMG, a implantação do meio-passe universitário, o passe livre para alunos do Cefet-MG e a realização de audiências públicas sobre o transporte coletivo urbano em Varginha. Em nota à imprensa local, o Movimento Pró Varginha afirma que “apóia as causas nacionais, estaduais, mas vai unir forças para lutar pelas causas municipais”. Os manifestantes também se descrevem “apartidários, mas não anti-partidários, por isso, reconhecem o direito democrático de manifestação e não proíbem nenhuma bandeira, seja ela de qual partido ou movimento social for”.

Segundo informações do Movimento Pró Varginha, o grupo é formado por funcionários públicos, profissionais liberais, professores, estudantes de escolas estaduais, particulares e universitários. Coletiva Mesmo com o segundo protesto realizado por manifestantes, o prefeito Antônio Silva disse nesta quinta-feira (27) em entrevista coletiva que o atual valor, de R$ 2,60, deverá ser mantido. O motivo, de acordo com o prefeito, é a falta de recursos da administração para arcar com os custos. Segundo ele, “a Prefeitura de Varginha está falida”. A reunião foi marcada um dia após a manifestação organizada por estudantes e universitários na cidade pedindo a volta do preço da tarifa de transporte público para R$ 2,50 e passe livre para estudantes de instituições federais na cidade. Segundo anúncio do prefeito, uma comissão será criada para estudar todas as propostas relativas ao transporte público e cálculos terão que ser feitos antes de uma mudança imediata, já que a dívida da prefeitura, segundo a administração, ultrapassa os R$ 120 milhões.

Concentração deste novo protesto será novamente na Concha Acústica, às 10h

Na quarta-feira (26), os organizadores das manifestações que acontecem na cidade se reuniram com a prefeitura e entregaram uma lista de reivindicações que incluem a revogação imediata do aumento da tarifa (reajustada para R$ 2,70 no início do ano), retorno imediato do transporte gratuito para alunos do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CefetMG (suspenso no início do ano pela prefeitura), volta da tarifa social (aos domingos e feriados, passageiros pagavam R$ 1,00 pela passagem de ônibus circular), entre outras solicitações, como agendamento de audiências para discutir

soluções na área de saúde, educação e cultura. Segundo Antônio Silva, em um primeiro momento, não será possível reduzir o valor da passagem mais do que os R$ 0,10 anunciados após a primeira manifestação ocorrida na cidade, no dia 20 de junho. “Quando nós fizemos o reajuste e aumentamos o valor, eu apenas concedi a inflação do Índice Geral de Preços de Mercado (IGPM), que era de 7,88%, que dava R$ 2,69 e alguma coisa, e aí eu arredondei para R$ 2,70. Após a manifestação, como o Governo Federal fez aquela redução do PIS e Cofins, eu imediatamente fiz o cálculo, tirando a porcentagem

equivalente e foi possível reduzir os R$ 0,10”, explica o prefeito. O novo valor da passagem, de R$ 2,60, começa a valer a partir do dia 1º de julho deste ano. “Agora para tirar mais do que isso, ou para conceder o desconto de meio passe para os estudantes universitários, como é solicitado, nós precisamos fazer uma análise da situação atual da prefeitura, com a dívida que ela está hoje, porque tudo o que eu conceder, alguém vai ter que pagar e eu não posso exigir mais da empresa do transporte do que está no contrato com o município”, afirmou Antônio Silva durante a coletiva. Segundo informa-

tivo da prefeitura, a dívida total do município é de R$ 127 milhões, e R$ 8 milhões já foram pagos desde o início do ano. Quanto à reivindicação dos estudantes do Cefet-MG, o prefeito declarou que eles terão prioridade em relação ao passe estudantil, por se tratar de estudantes do ensino médio. Alunos universitários também reivindicam o mesmo benefício. No início do ano, o subsídio do Cefet-MG foi suspenso porque a verba utilizada para a concessão, de acordo com a prefeitura, vinha do valor destinado para o transporte de alunos da zona rural do município. “Nós vamos estudar uma forma para conseguir o retorno desse passe para os alunos do Cefet e esta vai ser a nossa prioridade”, concluiu. Intitulado Conselho Municipal de Transporte, a comissão que será criada pela prefeitura incluirá representantes dos movimentos populares, da Câmara, do Executivo, de sindicatos de classe e economistas, que serão responsáveis por fiscalizar e deliberar possíveis mudanças no transporte municipal. A administração acredita que dentro de uma semana o conselho já deve estar formado.


GAZETA DE VARGINHA, 29/06/ A 01/07/2013

06

LOCAL L

Ambasp e Funasa realiza encontro em Varginha para discutir sobre resíduos sólidos e saneamento básico Aconteceu em Varginha, no dia 27 de junho, um encontro técnico promovido pela Associação dos Municípios da Microrregião do Baixo Sapucaí (Ambasp) para discutir criação e funcionamento de Consórcios Públicos de Resíduos Sólidos e sobre o Plano Municipal de Saneamento Básico. O evento iniciouse às 08:00h, no auditório do Hotel Carajás, e contou com a presença do Analista da Funasa-MG, Francisco Sérgio Abucater Lima, que abordou o tema e abriu espaço para discussão com os técnicos das Prefeituras.

O encontro serviu para orientar os municípios para formarem adequadamente o Consórcio Público de Resíduos Sólidos, tendo em vista as normas técnicas para o funcionamento dos aterros sanitários, além de tratar sobre o plano municipal de saneamento básico, que trata a lei nº 11.445, de 5 de janeiro de 2007, regulamentada pelo Decreto nº 7.217, de 21 de junho de 2010. Assim, para obter recursos para tratamento de resíduos e também para ações de saneamento básico é fundamental que os municípios tenham um

O Analista da Funasa de BH, Francisco Sérgio Abucater explicou passo a passo a instalação de um consórcio público

plano de tratamento de resíduos e o plano de saneamento básico, respectivamente, integrado ou não. O Analista da Funasa de BH, Francis-

co Sérgio Abucater explicou passo a passo a instalação de um consórcio público, ressaltando os benefícios e os desafios que o mesmo traz para o municí-

pio. “O consórcio é o caminho ideal para os municípios tratarem o problema dos resíduos sólidos e do saneamento básico, esse é o caminho que o Esta-

do e a União orientam para os gestores municipais seguirem. É importante ressaltar que o consórcio tem o poder de persuasão junto aos órgãos financiadores de políticas públicas, portanto os recursos serão dirigidos aos consórcios de municípios.” “Precisamos que a microrregião cresça harmonicamente e para isso todos os municípios devem trabalhar os seus problemas juntos, por isso que devemos nos unir para acharmos a solução dos conflitos.” Ressalta o Presidente da Ambasp – Reinaldo Vilela Paranaíba Filho.

Varginha recebe duas novas viaturas para compor a frota do Batalhão do Corpo de Bombeiros

O Vice-Prefeito de Varginha Vérdi Lúcio Melo participou de encerramento da Semana Nacional de Prevenção e Combate a Incêndios e Dia Nacional do Bombeiro que ocorrerá no próximo dia 02 de Julho, que contou com a presença de autoridades civis e militares de Varginha e região. Na oportunidade Vérdi fez a entrega ao 1º Tenente BM Silmar de Souza Moraes da 1º Companhia Operacional, das chaves das duas novas viaturas adquiridas pelo Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais por meio dos recursos provenientes da taxa de incêndio criada através do Decreto 43,779, de 12 de abril de 2004, que estabelece a aplicação de um percentual mínimo de 50% no reequi-

pamento das unidades operacionais do CBMMG, responsável pelos atendimentos no município onde foi gerada a receita. Varginha recebeu duas viaturas denominadas como Unidade de

Resgate, equipadas com Rádio Comunicador, Giroflex, Desfribilador e equipamentos pré-hospitalares, os quais ficarão dispostos em divisórias internas das respectivas viaturas, e estas ficarão disponíveis na 1º Companhia Operacional Sediada em Varginha, prontas para as atividades relacionadas a atendimentos pré-hospitalares e atendimentos às vítimas decorrentes de acidentes diversos no município e áreas adjacentes de atuação pela unida-

Oportunidade de emprego A Água Doce unidade Varginha oferece vagas para: Barman ou Bargirl; Auxiliar de Cozinha ou Cozinheira (o); Garçom e Garçonete Com ou sem experiência, acima de 18 anos, com ensino médio completo, que resida em Varginha/MG. Candidatos com interesses em áreas de vendas e alimentação, que goste de trabalhar com público, tenha agilidade, com facilidade em aprender e trabalhar em grupo. “Damos todo o treinamento na empresa.” Horários de serviço: noturno a partir das 17 horas, com uma ou duas folgas semanais. Envie seu currículo pelo e-mail varginha@aguadoce.com.br, ou preencha a ficha no site www.aguadoce.com.br/fale-conosco/trabalhe-conosco/ ou leve pessoalmente na Av.Salum Assad David, 6 – Santa Luiza – Varginha/MG (de terça-feira a sábado das 17 às 19 horas). Tel.: (35) 3214 7549, atendimento após 17 horas (falar com Reginaldo).

de. Logo após a entrega das novas viaturas foram realizadas a entregas das Medalhas de Mérito Militar à 25 Bombeiros Militar como forma de reconhecimento aos bons e leais serviços que prestaram ao longo da carreira, a entrega do Certificado de Destaque Profissional à 13 Bombeiros Militar como forma de reconhecimento da dedicação e esforço na busca constante pelo aprimoramento profissional, culminado no en-

grandecimento do Corpo de Bombeiros Militar junto às comunidades mineiras e a solenidade de Premiação aos alunos da

rede municipal de ensino que participaram do 6º Concurso de Desenhos e Poesias Bombeiro Meu Super Herói de Verdade.


GAZETA DE VARGINHA, 29/06 A 01/07/2013

07

REGIONAL

Juiz volta a presidir audiências sobre tráfico de órgãos em Poços de Caldas Narciso Alvarenga estava afastado das audiências; TJMG suspendeu a liminar que impedia julgamento de três médicos O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) publicou na última semana a suspensão da liminar que impedia o juiz Narciso Alvarenga Monteiro de Castro de presidir audiências relacionadas ao segundo processo dos crimes de remoção de órgãos e tecidos em Poços de Caldas. O caso é conhecido como “Máfia dos Órgãos” e neste processo serão julgados os médicos Celso Roberto Frasson Scafi, Cláudio Rogério Carneiro Fernandes e Sérgio Poli Gaspar. As novas audiências foram marcadas para os dias 30 e 31 de julho e 1º de agosto de

2013, em Poços de Caldas. O juiz foi afastado do processo por uma decisão da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais em abril deste ano e as audiências que aconteceriam naquele mês foram suspensas. De acordo com a assessoria do TJMG, o cancelamento se deu por conta de uma medida de ‘exceção de suspeição’ contra o juiz. A ação foi movida pelo escritório Kalil e Horta Advogados, que defende dois dos médicos acusados neste processo e já condenados em um primeiro caso, no mês de fe-

vereiro deste ano. Na ocasião, o escritório questionou junto ao TJMG a competência do juiz para julgar este processo. O argumento dos defensores é que Castro teria perdido a necessária isenção e imparcialidade para apreciar o chamado ‘Caso Pavesi’, ainda em curso na Comarca de Poços de Caldas. O escritório que representou a ação foi procurado, mas até esta publicação não havia dado retorno sobre o caso. O caso O juiz da 1ª Vara Criminal de Poços de Caldas,

Juiz Narciso Alvarenga Monteiro de Castro

Narciso Alvarenga Monteiro de Castro, condenou quatro médicos envolvidos em um esquema de compra e venda de órgãos humanos no Sul de Minas.

Segundo a Justiça, os profissionais faziam parte de uma equipe médica clandestina que removia órgãos e realizava transplantes de forma irregular. Conforme a

Justiça, ainda cabe recurso. Os médicos João Alberto Góes Brandão, Celso Roberto Frasson Scafi, Cláudio Rogério Carneiro Fernandes e Alexandre Crispino Zincone foram condenados a penas que variam de 8 a 11 anos e 6 meses de prisão em regime fechado por homicídio doloso, compra e venda de órgãos humanos, violação de cadáver e realização de transplante irregular. A condenação se refere à retirada de órgãos de José Domingos de Carvalho, morto aos 38 anos em abril de 2001, na Santa Casa de Poços de Caldas.


GAZETA DE VARGINHA, 29/06/ A 01/07/2013

08

LOCAL

Fundação Cultural reabre o Projeto “Quinta da Boa Música” na Estação Ferroviária Dentro do programa de apoio e incentivo aos movimentos artísticos de Varginha, será relançado na próxima semana, dia 04/7, de 20h às 22h, o Projeto “Quinta da Boa Música”, que apresentará toda quinta, um compositor ou grupo musical da cidade, além do intercâmbio com grupos e bandas da região. Para reabertura do Projeto foi convidada a Banda Plágio, pelo crescente trabalho que eles vêm realizando em toda região. O Projeto acontecerá toda quinta, às 20h, na Estação Ferroviária (Estação das Artes), com entrada franca. A apresentação será na plataforma de embarque da Estação, onde já virou palco para diversas apresentações, com aprovação geral do publico tanto pelo visual, acústica e astral que local ofere-

ce. O público ficará nas cadeiras que serão colocadas entre os antigos trilhos do trem. Para o Professor Francisco Graça de Moura, Diretor Superintendente da Fundação Cultural, esta será mais uma ação de incentivo aos movimentos culturais da cidade, como prometido e agora cumprido pelo Prefeito Dr. Antônio Silva. “Nosso esforço será no sentido de oferecer a melhor estrutura técnica para os músicos, que são os protagonistas do Projeto, que espontaneamente participarão desta nova etapa, e acima de tudo levar ao fiel público da Boa Música varginhense, o que há de melhor na Produção Musical da cidade”, conclui com entusiasmo o Professor Francisco. A Banda Plágio: Formada em 2009 com intuito de tocar um repertório pra

O Projeto acontecerá toda quinta, às 20h, na Estação Ferroviária (Estação das Artes),

agradar todas as idades a banda vem desde então mostrando seu som e sua identidade no cenário cultural de Varginha e região! Já no seu primeiro ano de formação a banda conquistou o terceiro lugar no festival Palco Alternativo do Conservatório Estadual de Música de Varginha, competindo com

mais 10 bandas. Atualmente a banda vem se destacando no cenário cultural com apresentações registradas em importantes projetos como Quinta da Boa Música, Toca Legião, Toca Raul, Varginha Moto Fest, Canto de Praça e eventos particulares nas principais cidades da Região. Para Millena Castro, já conhecida na re-

O SENAI/MG em Varginha realizará processo seletivo para AUXILIAR ADMINISTRATIVO -Ensino Médio Completo; -Desejável experiência na área administrativa e/ou escrituração escolar; -Conhecimento em informática. Para mais informações e cadastramento de currículos, os interessados deverão acessar o site www.fiemg.com.br no link “Trabalhe Conosco”, até 10/ 07/2013. Terão prioridade na contratação as pessoas com deficiência e habilitadas no processo seletivo, conforme previsto no artigo 93 da lei 8213/91.

gião pelo brilho especial na interpretação vocal, o objetivo do grupo, tendo em vista que o público alvo são os apreciadores do bom e velho Rock n’ Roll e que esses são fiéis à música de qualidade, é apresentar covers de clássicos do rock inserindo nossa própria identidade, sempre levando em consideração a técnica musical. Como meta principal buscamos trabalhar na divulgação da nova formação da banda e aumentar o número de eventos, shows e cidades visitadas, gravar e lançar nosso primeiro single: “Lembranças Repetidas”, afirma a vocalista Millena. A banda tem uma pegada mais Hard Rock e faz covers de clássicos que marca-

ram o rock internacional e nacional como Scorpions, Guns n' Roses, Queen, Bon Jovi, The Beatles, Foo Fighters, Adele, Legião Urbana, Paralamas do Sucesso, Raimundos, Pitty e muito mais. A banda é formada por Millena no vocal; Felipe na guitarra base; Bruno na guitarra Solo; Gustavo no baixo e PC na Bateria. Vale a pena conferir o retorno da QUINTA DA BOA MÚSICA, a mais nova programação musical da cidade, na próxima quinta, 4 de julho, às 20h, na Estação Ferroviária de Varginha (Estação das Artes), com entrada franca. As bandas interessadas em participar do projeto deverão, inicialmente, solicitar o cadastramento no SISTEMA MUNICIPAL DE CULTURA, pessoalmente ou por e-mail, de segunda a sexta, no horário comercial na sede administrativa da Fundação Cultural na antiga Estação Ferroviária de Varginha, na Praça Matheus Tavares, 121, centro, telefone (35) 3690 2700. Maiores informações na Coordenadoria de Eventos como o Produtor Rosildo Beltrão pelo telefone (35) 3690 2708, ou pelo email: producaoeventos @varginha.mg.gov.br


GAZETA DE VARGINHA, 29/06/ A 01/07/2013

MINAS

09

Governo de Minas investe R$ 40 milhões em projetos estratégicos para o café Investimentos serão realizados por meio do Fundo Estadual do Café, iniciativa pioneira que visa aumentar a competitividade do café produzido no estado O Fundo Estadual do Café (Fecafé), criado em 2012 pelo Governo de Minas, recebe até o dia 2 de julho propostas de projetos de produtores e entidades ligadas ao setor para melhoramento do produto, estudos estratégicos e mapeamento detalhado da produção no estado. O fundo tem um orçamento de R$ 40 milhões para este ano e mais R$ 60 milhões para 2014. O Fecafé, formado por aportes governamentais, é uma iniciativa pioneira do governo mineiro e tem o objetivo de aumentar a competitividade do café produzido no estado. O edital para inscrição dos projetos está disponível no endereço http://www. agricultura. g.gov.br/institucional/licitaçoes. Os recursos do Fecafé não serão usados como capital de giro, mas para a modernização das lavouras. Os beneficiados poderão adquirir equipamentos ou fazer aportes tecnológicos, mas não poderão usar os recursos para aumentar a área plantada, por exemplo. “O Fecafé foi criado para estimular o cafeicul-

tor a fazer melhorias no processo produtivo, agregando valor, produtividade e qualidade ao produto”, define o assessor especial de Café da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Niwton Castro Moraes. Os cafeicultores beneficiados pelo Fecafé terão até 84 meses para quitar a dívida, com juros de 4% ao ano e carência de até 36 meses. No caso dos agricultores familiares, os juros serão de 3,2% ao ano. Dos R$ 20 milhões liberados no primeiro edital, R$ 15 milhões se destinam aos projetos dos produtores. Os demais R$ 5 milhões são reservados para projetos de estudos estratégicos, mapeamento cafeeiro do estado, capacitação de técnicos e produtores e outros projetos de interesse difuso do setor cafeeiro. Esse valor refere-se a fundo perdido. De acordo com Niwton Moraes, hoje não existe um mapeamento do parque cafeeiro no Brasil. Todos os dados são obtidos por estimativa. Minas é o primeiro estado

Os cafeicultores beneficiados pelo Fecafé terão até 84 meses para quitar a dívida, com juros de 4% ao ano e carência de até 36 meses

a iniciar esse trabalho, que poderá servir de modelo nacional. A partir desse mapeamento, será possível levantar o total de área plantada, a quantidade, a distribuição espacial e os tipos de café cultivados. “O café hoje é como o vinho, tem uma gama de blends que precisamos definir”, declara Niwton. Os inscritos passarão pela análise técnica e jurídica de uma comissão formada por 15 representantes do governo e da sociedade,

que escolherá aqueles que melhor se adequarem à proposta de melhoria da competitividade e da atividade cafeeira. Entre os critérios analisados está o da sustentabilidade ambiental. Após o encerramento das inscrições, a comissão terádez dias para divulgar os projetos selecionados, que começarão a receber os créditos após apresentarem a documentação comprobatória da sua qualificação. Minas é hoje o maior estado produtor de

café do Brasil, tendo colhido quase 27 milhões de sacas no ano passado, o que representa cerca de 52% da produção nacional. São mais de 100 mil cafeicultores, distribuídos em cerca de 500 municípios. O Fecafé é uma aposta na agregação de valor ao produto. “Não queremos ser conhecidos apenas como o maior produtor brasileiro de café, mas também como o melhor produtor”, afirma Moraes. A ideia de criação do Fecafé nasceu há três

anos, quando o setor vivia uma crise. O Governo de Minas fez estudos para definir um suporte maior para o produtor. O fundo foi aprovado no ano passado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais e o primeiro edital publicado no início de junho. A estimativa é de que os resultados da iniciativa possam ser verificados dentro de alguns meses. Em setembro de 2013, Belo Horizonte sediará a Semana Internacional do Café, que incluirá a reunião de 50 anos da Organização Internacional do Café e a 8ª edição do Espaço Café Brasil. A Semana é promovida pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), em parceria com a Organização Internacional do Café, Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (Faemg), principal entidade do agronegócio mineiro, Sebrae, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Café Editora, promotora do 8º Espaço Café Brasil.

Polícia Civil divulga balanço de prisões e apreensões ocorridas durante manifestações A Polícia Civil de Minas Gerais informa que foram conduzidos 79 adultos e 30 adolescentes a delegacias de Belo Horizonte, no período compreendido entre quarta-feira (26) e a manhã desta quinta-feira (27), em decorrência de envolvimento em atos de vandalismo praticados durante as manifestações populares ocorridas na capital. Do total

de adultos, 26 tiveram prisão em flagrante decretada e permaneceram presos. Os 53 restantes foram ouvidos e liberados, conforme determina a lei, por terem cometido crimes de menor potencial ofensivo. Já entre os adolescentes, 18 ficaram apreendidos, sendo encaminhados ao Juizado da Infância e da Juventude. Os 12 restantes, por estarem envolvidos

em episódios de menor gravidade, foram ouvidos e liberados, conforme determina o Estatuto da Criança e do Adolescente. Todos os liberados serão monitorados pela polícia, sendo que os adultos responderão a inquérito policial e os adolescentes serão alvo de procedimento operacional de ato infracional e já tiveram, inclusive, agendada sua apresentação

ao juízo da Vara Infracional. As prisões em flagrante ocorreram, em sua maioria, pela prática de crimes de furto qualificado, roubo e dano ao patrimônio público. O saldo de materiais apreendidos incluiu artefatos explosivos, bolas de gude, máscaras antigases, luvas, facas, aparelhos celulares com mensagens de incentivo à violência, fracos de leite de

magnésia e vinagre, escudos artesanais de metal, óculos de prote-

ção, alicates, tesouras, marreta, estilingues e pedras.


GAZETA DE VARGINHA, 29/06 A 01/07/2013

SAIBA SEUS DIREITOS

10

PEC do Trabalho Escravo aguardará definição de regras específicas por comissão especial A PEC do Trabalho Escravo ( PEC 57A/1999 ), que permite a expropriação de terras em que se constate a existência de trabalhadores em regime de escravidão, ainda não seguirá para exame do Plenário. Durante a sessão da última quinta-feira (27), o senador Paulo Paim (PT-RS) chegou a solicitar à Mesa que a proposta, aprovada mais cedo na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), entrasse na lista de prio-

ridades das votações da Casa. No entanto, prevaleceu acordo fechado na CCJ de que a PEC aguardaria a definição de duas leis - que servirão para definir o trabalho escravo e para estabelecer um processo judicial próprio para a expropriação - a cargo de comissão mista especial. Paim entendia que a PEC poderia ser aprovada e ficar no aguardo da regulamentação. O senador Waldemir Moka (PMDB-

MS) foi um dos que lembraram o entendimento firmado na comissão. - Votou-se a PEC do Trabalho Escravo e a garantia de que só virá ao Plenário depois de constituída uma comissão especial que vai definir os critérios do que seria, em termos jurídicos, a definição de trabalho escravo. É esse o entendimento que foi feito. O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), relator da matéria na CCJ, reite-

rou que o entendimento foi necessário para facilitar a aprovação do projeto. N a semana passada, ele criticou um acordo que teria sido feito na Câmara para que a proposta fosse modificada no Senado e, assim, tivesse de retornar àquela Casa. Aloysio Nunes explicou que a proposta, por não ser “autoaplicável”, demanda a elaboração de duas leis. - E foi combinado também que as coisas caminhariam em para-

lelo, com o objetivo de aprovar a emenda constitucional, evitar que houvesse qualquer tipo de receio, de arbitrariedades que pudes-

sem ser cometidas ao abrigo dessa lei acrescentou. Extraído do site: JusBrasil notícias

CNJ condena três desembargadores por envolvimento em irregularidades O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) condenou na última quintafeira, 27, três desembargadores à pena de aposentadoria compulsória por envolvimento em irregularidades no exercício da atividade. Dois deles são expresidentes do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, acusados participação em um esquema que resultou no desvio de mais de R$ 14 milhões destinados ao pagamento de precatórios. O terceiro é do Tocantins e foi acusado de

receber propina para dar decisões favoráveis em cinco processos que julgou. Os desembargadores do TJ-RN Osvaldo Soares Cruz e Rafael Godeiro Sobrinho também respondem a processo criminal que tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Eles foram acusados de pagamentos irregulares a familiares de uma funcionária do TJ-RN durante as respectivas gestões como presidentes do Tribunal (2007-2008 e 2009-2010). Os recursos eram sacados ou transferidos por meio de

Dr. Gustavo Chalfun OAB/MG 81424 Av Princesa do Sul, 556 - Varginha - MG Tel: 3222-4801

gustavo@chalfun.com.br

Dr. Daniel Piva OAB/MG 81667 Delfim Moreira, 258, sala 201- CentroVarginha -MG Tel: 3222 2851

dapiva@ig.com.br

cheques nominais, transferências diretas e das chamadas guias de depósito judicial ouro, segundo o relator do processo, conselheiro Jorge Hélio. Os beneficiários, segundo ele, eram sempre pessoas estranhas a processos de precatórios do Tribunal e sempre relacionadas à ex-chefe do setor, Carla de Paiva Ubarana Araújo Leal, e a seu marido, George Luís de Araújo Leal. Os dois já foram condenados a 10 e seis anos de prisão, respectivamente, e estão cumprindo pena em re-

gime fechado. Além disso, devolveram aproximadamente R$ 6,5 milhões aos cofres do TJRN. Estamos falando de cerca de R$ 8 milhões a serem devolvidos, disse o conselheiro. Ele disse que propôs ao plenário do CNJ a manutenção do julgamento do desembargador Rafael Godeiro, mesmo tendo ele se aposentado em fevereiro deste ano ao completar a idade limite de 70 anos, para evitar que ele exerça algum cargo de comissão ou volte a advogar. Tocantins. O desembargador Carlos

Luís de Sousa, do Tribunal de Justiça do Tocantins, foi acusado de vender sentenças. De acordo com o relatório do conselheiro José Guilherme Vasi Werner, aprovado por unanimidade pelo plenário, o magistrado recebeu R$ 50 mil por uma decisão favorável em 2007. Estou convencido de que há provas suficientes demonstrando que o requerido percebeu vantagem indevida ou pelo menos a solicitou, afirmou Werner, em nota divulgada pelo CNJ. Os outros quatro casos em

OAB.MG 31.931

OAB/MG 65099

RUA DELFIM MOREIRA, 258 CENTRO - VARGINHA MG.

Av Salum Assad. David, 70 - Santa Luiza Tel: ( 35) 3214-5051

TEL: 3221-3787 CEL:9806-1122

patriciabregalda@varginha.com.br

Dr. Vicente Lima Lorêdo

Dr. Gustavo Pinto Biscaro

OAB/ MG 84.176 20ª Sb-Seção Rua Maria Benedita, 63 -sala 106- Vila Pinto 3223-5362/Cel :9988-3485

OAB/MG 106.276 R Argentina, 169 - Vila Pinto Tel: (35) 3222-1049

gustavopbiscaro@gmail.com

Extraído do site: JusBrasil notícias

Drª. Patrícia Bregalda Lima

Dr. VITOR COMUNIAN

vitor.comunian@bol.com.br

que o conselheiro Werner encontrou conduta irregular do magistrado se referem ao pagamento de precatórios. Baseando-se em provas obtidas pela Polícia Federal, Werner concluiu que o desembargador Carlos Luiz de Souza proferiu sentenças que alteraram a ordem do pagamento das dívidas estatais em favor de pessoas que o remuneraram pelas decisoes.

vicentelloredo@yahoo.com.br

Mande sua pergunta para: gazetadireitos@yahoo.com.br


GAZETA DE VARGINHA, 29/06 A 01/07/2013

11

SAÚDE

Rede Estadual de Saúde Mental é destaque no 15º Congresso Mineiro de Psiquiatria O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, participou da solenidade de abertura do IX Jornada Sudeste e da 15º edição do Congresso Mineiro de Psiquiatria, nesta última quinta-feira (27), na Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), em Belo Horizonte. O evento, que acontece até hoje sábado (29), visa discutir, entre as várias especialidades da área, as especificidades e as contribuições da psiquiatria para o atendimento integral aos pacientes. Durante a sua apresentação sobre saúde mental no contexto das políticas públi-

cas de saúde em Minas Gerais, Antônio Jorge, abordou sobre a saúde mental no Estado. “A rede estadual de Saúde Mental é a 5ª rede prioritária dentro do nosso campo sanitário. Ela é composta por um núcleo integrador de atenção primária, por um território e por pontos secundários e terciários de atenção a saúde. É considerada como modelo ideal do ponto de vista da organização sanitária e da organização do cuidado em redes integrais de atenção”, explicou. Entre os desafios predominantes na área, o secretário destacou a ocorrência da depressão e da dependência

Secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, em sua palestra

química. “Atualmente, no sistema público de saúde, estes dois grupos têm uma enorme parcela no quadro epidemiológico. Para podermos tratar os pacientes nessas condições precisamos, cada vez mais, pensar e produzir

novos conhecimentos e técnicas, dentro das vicissitudes da área da psiquiatria, para resolvermos estes problemas”, destacou. Com o tema “Psiquiatria: Especialidade Médica Integradora”, o evento reuniu cerca de

Município de João Pinheiro recebe a Força Tarefa de combate à dengue João Pinheiro, município do Noroeste mineiro, recebe na próxima segunda-feira (01) a Força Tarefa de Combate à Dengue da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Até o dia 12 de julho, a equipe estadual de agentes de endemias, em conjunto com a equipe municipal, irá trabalhar nas áreas do município onde houve o maior número de notificações da doença este ano. Já as ações de mobilização social serão desenvolvidas de 11 a 14 de junho.

O superintendente regional de saúde de Patos de Minas, Lindomar Marques Babilônia, ressalta a importância da Força Tarefa de Combate à Dengue no município, uma vez que a epidemia de 2013 iniciou-se tardiamente e ainda há muitos casos notificados da doença, apesar de estarmos no início do inverno. “João Pinheiro é o maior município mineiro em área territorial, e faz-se necessário este tipo de ação conjunta para fortalecer o trabalho de combate ao mosquito

aedes aegypti”, explica. Segundo dados epidemiológicos da Secretaria de Estado de Saúde, de janeiro até metade de junho de 2013, foram notificados 514 casos de dengue na cidade. A secretária de saúde de João Pinheiro, Graciele Gomes, está articulando todas as estratégias para receber a Força Tarefa promovida pelo Estado. “Definimos junto com a equipe da SRS Patos de Minas quais as ações prioritárias na área de endemias. Junto com os mobilizadores

da SES estamos identificando as lideranças do poder público e sociedade civil e organizando os detalhes para promover as reuniões de articulação e intersetoriais, além da capacitação dos mobilizadores e visitas institucionais. Na principal praça da cidade receberemos o Dengômetro (espaço sobre informações da dengue e distribuição de materiais), o Dengue Móvel (troca materiais recicláveis por materiais escolares) e o evento interativo Minha Cidade Sem Dengue”, conta.

850 profissionais de vários estados brasileiros. Para o diretor regional Sudeste da Associação Brasileira de Psiquiatria, Marcos Gebara, o tema aborda a interface entre a especialidade com as outras áreas no exercício da profissão. “O evento ressalta a importância da Psiquiatria como especialidade médica, respondendo a necessidade do permanente intercâmbio de conhecimento entre as diversas e, ao mesmo tempo, intricadas facetas da medicina”, disse. Durante os três dias de evento, os congressistas irão participar de várias atividades científicas que inclui sete cursos pré-congresso, con-

ferências, painéis e dezenas de mesas redondas que irão abordar temas com aplicabilidade na prática clínica e na pesquisa. Para o Presidente do XV Congresso Mineiro de Psiquiatria, o médico Humberto Corrêa, o momento é uma oportunidade de troca de conhecimentos e experiências. “O evento é a reafirmação do papel da psiquiatria enquanto especialidade humanística, que valoriza a imprescindível relação médico-paciente e que mantém seu foco no indivíduo e em suas subjetividades, sem, entretanto, negligenciar a ciência e suas evidências”.

Ministério da Saúde cria incentivos para equipar unidades de Pronto-Atendimento O Ministério da Saúde publicou no último dia (27) no Diário Oficial da União a criação de incentivos financeiros para a aquisição de equipamentos médico-hospitalares e mobiliários para unidades de Pronto-Atendimento (UPA 24 horas).Os recursos vão depender do porte da UPA, ficando entre R$ 400 mil e R$ 1 milhão. Podem receber o incentivo as unidades novas e ampliadas, ha-

bilitadas conforme as Portarias 2008, nº 1.020/GM/MS, de 2009, e nº 1.171/GM/MS, de 2012, em construção ou construídas, mas com prazo não esgotado para início de funcionamento. Os estados e municípios interessados deverão fazer a proposta de financiamento na internet. Cada proposta será avaliada pela Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde.


GAZETA DE VARGINHA, 29/06/ A 01/07/2013

EVANGÉLICA

12

Protestos no Brasil: Cristão pode participar? Escritor explica texto de Paulo sobre submissão às autoridades Muitos cristãos, incluindo líderes e pastores, opõem-se às recentes manifestações sociais que questionam a postura de autoridades e decisões tomadas por elas em temas diversos. O argumento usado por essas lideranças evangélicas para reprovar os protestos está baseado no texto do apóstolo Paulo em Romanos 13, quando ele aconselha que “todos devem sujeitar-se às autoridades do governo, pois não há autoridade que não venha de Deus, e as que existem foram ordenadas por ele”. O escritor Mário Paganelli, teólogo e mestrando em Ciências da Religião, publicou um artigo sobre a questão no blog Neoprotestante com uma reflexão sobre a extensão do conselho de Paulo.

“E quando o Governo pratica desmandos, quando é comprovado ilicitudes em sua gestão? E quando há injustiça por parte das mesmas autoridades? O mesmo Paulo, quando foi julgado por crime que não cometeu, não se submeteu, antes, apelou a Cesar (Atos 25.11). Ele desrespeitou seu próprio mandamento? Claro que não. Houve grande mobilização em função de sua apelação; um destacamento militar foi colocado à disposição do apóstolo, uma longa viagem teve de ser feita, ele ficou dois anos sob custódia do Império, tudo isso porque não aceitou as disposições legais contrárias a verdade a seu respeito”, pondera Paganelli. O artigo do escritor traz ainda a constatação que outros casos semelhantes são relatados na Bíblia, e cita o protesto do povo judeu contra o rei do Império

O artigo do escritor traz ainda a constatação que outros casos semelhantes são relatados na Bíblia

Medo-persa, no Velho Testamento: “Recentemente reli o livro de Ester, o qual mostra uma trama de morte contra o povo de Deus no Império Medo-persa. O que fizeram os judeus? Organizaram-se, jejuaram, mas manifestaram-se perante o rei. Ester enfrentou uma disposição real corren-

do risco de morte, uma vez que era proibido aproximar-se do rei sem a sua expressa autorização. No final, ela alcançou justiça e livramento para o seu povo”. Segundo Paganelli, é importante ressaltar que a lei deve ser seguida, e atos de vandalismo devem ser re-

pudiados: “No Brasil democrático temos uma situação distinta, pois que a democracia supõe o governo pelo povo e para o povo (em grego, democracia significa poder do povo). Obviamente o povo não governará, mas elegerá especialista para tal finalidade. Dentro do governo democrático,

os mecanismos legais (lícitos) são os mecanismos políticos e as manifestações são direitos do povo (não confundindo com atos de vandalismo e violência)”, opina. O autor ainda ressalta que os protestos no Brasil por questões sociais são temas que fazem parte da agenda cristã: “Todo cristão é chamado a buscar a justiça, a igualdade, a paz, os recursos básicos para a sobrevivência do próximo (estou pensando em moradia, alimentação, saúde, segurança, educação etc.). E não somente para cristãos, mas para todo o povo. O próprio Jesus disse que Deus dá sol e chuva para justos e injustos (Mt 5.45), lembrando que ‘sol e chuva’ afetavam diretamente a economia daquele povo, cuja base cultural eram a agricultura e a pecuária”. Fonte:http: noticias.gospelmais.com.br

Em seu aniversário de 33 anos, Igreja Internacional da Graça recebe homenagem na Assembléia Legislativa de SP A Igreja Internacional da Graça de Deus foi fundada no ano de 1980 na cidade do Rio de Janeiro, e completa nesse ano 33 anos de atuação no país. Possuindo hoje mais de 2.000 templos espalhados em diversos estados brasileiros, a igreja foi homenageada

por seu aniversário na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP). A sessão solene em homenagem à denominação aconteceu noite da última sexta-feira (21), e foi uma iniciativa do deputado estadual André Soares, filho do

fundador da igreja, o missionário R.R. Soares. O evento aconteceu no Plenário Juscelino Kubitschek e teve o apoio de outros parlamentares, muitos deles apoiados pela denominação durante as eleições: o Deputado Federal Jorge Tadeu Mudalen, os

vereadores Sandra Tadeu e David Soares e o pastor Jayme de Amorim, líder estadual da igreja. Além dos parlamentares, a homenagem contou também com a participação dos cantores da igreja Fabiano Motta e Dayane Damasceno.


GAZETA DE VARGINHA, 29/06/ A 01/07/2013

13

BRASIL

IPI para linha branca e móveis sobe a partir de segunda-feira A partir de segunda-feira (1º), os móveis e três produtos da linha branca – fogão, tanquinho e geladeira pagarão mais Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou que as alíquotas reduzidas, que vencerão no fim de junho, serão parcialmente aumentadas. Também será revogado, em parte, o imposto reduzido para laminados, luminárias, painéis de madeira e papéis de parede. De acordo com o ministro, a remoção gradual das desonerações ajudará a manter o equilíbrio fis-

cal. O governo estima que vá arrecadar R$ 118 milhões a mais entre julho e setembro por causa da medida. “A recomposição de tributos estava anunciada desde o início do ano”, declarou Mantega. Ele também ressaltou que não existe mais espaço fiscal para novas desonerações, como as pedidas por produtores de aço na última terça-feira (25). “Temos de colher frutos das desonerações aplicadas e em curso, mas também temos de melhorar a arrecadação e o desempenho fiscal. Em função disso, novas desonera-

De acordo com o ministro, a remoção gradual das desonerações ajudará a manter o equilíbrio fiscal

ções não estão previstas”, acrescentou. As novas alíquotas valerão até o fim de setembro. O IPI sobe

PF confirma prisão de Natan Donadon

O deputado Natan Donadon (PMDB-RO) já foi preso pela Polícia Federal, em Brasília. O parlamentar se apresentou ao superintendente do órgão, Marcelo Mosele, em uma parada de ônibus, na área sul da capital federal. Ele estava acompanhado do advogado Nabor Bulhões e queria evitar o registro da prisão pela imprensa. Neste momento, segundo a assessoria da PF, são feitos os procedimentos legais para efe-

tivar a prisão do parlamentar. O deputado foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por peculato e formação de quadrilha. Ontem (27), o PMDB de Rondônia comunicou a expulsão do deputado Natan Donadon condenado a 13 anos, quatro meses e dez dias de prisão por desvio de R$ 8,4 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia, quando era diretor financeiro da instituição. O

deputado estadual Marcos Donadon, irmão de Natan, também foi expulso do partido por ter sido condenado pela Justiça. Além disso, servidores da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara tentaram hoje, mais uma vez, notificar o deputado sobre o processo de cassação de seu mandato aberto na comissão. Marcada para as 10h, essa foi a quarta tentativa, sem sucesso, de localizar Donadon.

de 2% para 3% no caso dos fogões, de 7,5% para 8,5% para geladeiras, de 3,5% para 4,5% para tanquinhos. Para

móveis, painéis de madeira e laminados, a alíquota passa de 2,5% para 3%. Para as luminárias, o imposto au-

menta de 7,5% para 10%. O IPI para papéis de parede subirá de 10% para 15%. Para máquinas de lavar, o imposto está definitivamente mantido em 10% desde o ano passado. Mantega disse ainda que pediu aos empresários que não repassassem o imposto maior para os preços. “Conversei com o setor, e os empresários me informaram que procurarão absorver o aumento de tarifas de modo que o preço não se eleve. O setor fará um esforço para não venha prejudicar vendas, nem aumentar a inflação”, declarou.

Primeira chamada de estudantes selecionados neste pelo ProUni sai no domingo A edição de inverno do Programa Universidade para Todos (ProUni) totalizou 436.941 candidatos. As inscrições foram encerradas ontem (28) e a primeira chamada será divulgada no domingo (30), pela internet. Nesse processo seletivo, o programa oferece 90.045 bolsas, das quais 55.693 integrais. Os estudantes devem ficar atentos ao calendário do ProUni, modificado após a prorrogação da data de inscrição. Os selecionados deverão comparecer de 1º a 8 de julho na instituição de ensino para comprovar as informações prestadas no momento da inscrição, providenciar a matrícula e, se for o caso, participar de seleção própria da faculdade ou universidade. O resultado da

segunda chamada está previsto para 16 de julho. O estudante terá de 16 a 22 do mesmo mês para comprovar as informações e providenciar a matrícula. Caso fique fora das duas chamadas e pretenda integrar a lista de espera, o candidato terá de fazer a adesão, também online, de 26 a 29 de julho. Poderão se inscrever as pessoas que fizeram a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtido, no mínimo, 450 pontos

na média das notas. O candidato não pode ter zerado a redação e deve ter cursado todo o ensino médio na rede pública ou ter tido bolsa integral em escola particular. As bolsas integrais são para os estudantes com renda b r u ta f a m i l i a r, p o r pessoa, de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais, no valor de 50% da mensalidade, são destinadas aos candidatos com renda bruta familiar de até três salários mínimos por pessoa.


GAZETA DE VARGINHA, 29/06 A 01/07/2013

14

COLUNA DO ADAURY

Brasil acordou e precisa de você! Aos leitores, bom dia! Acontece hoje o mais esperado evento do ano, trata-se da famosa Feijoada do Teminho em sua décima terceira edição. Eis alguns colaboradores, Daniela Imoveis, Autotrans, Sul de Minas Cap., Dr.Vitor Comunian, Minas Bahia, Dr. Juliano Comunian, Boa Esporte e outros. Esta festa de confraternização acontece no salão de eventos espaço livre, situado no Parque Mariela. Entre as inúmeras atrações haverá desfile e Tadeu Aguiar com seu órgão. Este evento será em forma de adesão. Eis algumas pessoas que já confirmaram presença. Sr. Pedro Paulo Pagani ex prefeito de Monsenhor Paulo, os vereadores, Carlos Costa, Pé de Chumbo, Zacarias Piva, Natal Cadorini ex-prefeito de Elói Mendes, Willian atual prefeito da mesma cidade, o gentleman Aloísio Gomes, Sr. Aloísio Ribeiro de Almeida e Renato Paiva. Além da cerveja super gelada e a deliciosa caipirinha onze iguarias diferenciadas. Bom apetite. Parte I - “São João” São João Batista ou João Batista nasceu em 24 de junho e através de suas atitudes na vida trouxe a mensagem de que devemos mudar os nossos rumos para encontrar a luz, a interiorização e reflexão, pois São João nos ensina que todas estão e serão encontradas dentro de nós. Parte II – “ A Comemoração” Na época da festa de São João existia o costume de acender fogueira, imagem que a luz simboliza a sabedoria capas de iluminar o pensamento aquecendo o cora-

ção. Naquela época era costume de acender lanternas feitas pelas próprias crianças e adultos. Elas representam a luz de cada um. Sabedoria para iluminar o mundo. Neste momento o inverno vai deixando nosso hemisfério e a primavera vai apresentando toda a natureza como um ato de coragem. Viva São João. Parte III – “Lembranças de minha infância” Lembro-me com muita clareza que por volta de 1950 eu morava com meu saudoso pai Elidio e meus avós com quem eu fui criado juntamente com meu falecido irmão Amaury em uma grande casa na esquina da Presidente Antonio Carlos com a Av. Rui Barbosa em frente o Hospital Regional, ocupava a metade do quarteirão até a praça da fonte. Na noite de São João meu avô pedia a dois ou três camaradas na época que varressem o imenso curral para que a noite fosse acesa a fogueira. Com muita gente e fogos de artifícios começava a quadrilha com a caipirinha, quadrilha de caipiras, não aquelas de Brasília. Devo dizer que a charmosa atendente do Banco Mercantil por enquanto ainda é senhorita Ronely. Se você quer ajustar seu terno ou blazer ou alugar uma roupa o endereço certo é Paulo Alfaiate na rua Delfim Moreira,463, sala 6,centro. Este simpático senhor é bom de agulha pois trabalhou muitos anos em minha alfaiataria. Ilustrando a coluna de hoje uma foto que dispensa comentários.

Por hoje é só, voei!


GAZETA DE VARGINHA, 29/06 A 01/07/2013

15

COLUNA SOCIAL

Dr. Gustavo Chalfun continua seu trabalho, agora como Conselheiro Estadual e Diretor de apoio as subseções. Mantendo sua competência e comprometimento de sempre.

Dr.Vitor Comunian sempre em busca de especialização para melhor atendes seu clientes, já se prepara para o curso de Prática em PJ – Processo Judicial Eletrônico.

Respeitado e estimado Dr.Álvaro Vani Bemfica, mantém bons contatos na cidade e em toda região. O profissional matem postura impar, recebendo diversos elogios.

A beleza e simpatia são marcas de Mariana Xavier sempre sorridente ela encanta a todos com sua delicadeza tendo uma força e garra inestimável.

O Colégio Batista agora é novo pólo da Universidade Anhembi Morumbi, na foto a Diretora Diná que trabalha e busca o melhor para os seus alunos.

Chegando mais um fim de semestre no UNIS, e o coordenador do Curso de Comunicação Social, Juarez Rezende já prepara novos projetos para melhor capacitar seu alunos.

A vereadora Racibe Faria indicou na Câmara a reativação do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres, o conselho só tem a fortalecer a força feminina e acabar com qualquer discriminação.

Lúcio Caldeira é um profissional muito bem relacionado, o professor do UNIS recebe grandes elogios e admiração de seus alunos que agora lançou seu livro “ Batalhas do Futebol”.

Vera Rosenburg com suas lindas filhas Mariela e Leticia, e o genro Alfredo Carneiro, em Belo Horizonte a família esbanja felicidade.

O advogado Leandro Acayaba herdou do pai toda a paixão pelo direito e de lecionar. Leandro é profissional competente e qualificado.

Naty Cardoso e Agenor Braga desfrutam ao máximo cada minuto com o filho Davi !

Dra. Patrícia Bregalda esta radiante com o sucesso do seu Haras MB, mais uma parceria com os Hotéis HP. E que felicidade!!!


GAZETA DE VARGINHA, 29/06 A 01/07/2013

16

ESPORTE

Seleção brasileira tem 78% de aproveitamento no Maracanã Em 104 partidas oficiais disputadas, são 74 vitórias, 23 empates e apenas sete derrotas

Não é comum a seleção brasileira atuar no Maracanã. Nos últimos 23 anos, a equipe entrou em campo no estádio apenas oito vezes. Mas seu retrospecto no “Maior do Mundo” é mais do que favorável. Foram 104 jogos oficiais contra seleções de outros países e apenas sete derrotas. E, no domingo, às 19h (de Brasília), o desempenho pode ficar ainda melhor. O grupo comandado por Luiz Felipe Scolari vai encarar a Espanha, na final da Copa das Confederações.

Dos sete tropeços, dois foram em competições oficiais. Em ambas, a Seleção perdeu para rivais sul-americanos, pelo mesmo placar de 2 a 1. A primeira vez foi diante do Uruguai, no jogo final da Copa do Mundo de 1950, em derrota tão doída que ganhou nome: “Maracanazo”. Quase uma década depois, em 1957, caiu diante da Argentina, pela extinta Copa Roca, em jogo que marcou a estreia de Pelé com a amarelinha. Mas não são apenas as sete derrotas que im-

pressionam no cômputo geral. No Maracanã, o Brasil venceu 74 partidas e empatou 23 (aproveitamento de 78%). Dos últimos oito jogos no estádio, o Brasil obteve três vitórias, quatro empates e uma derrota apenas. A igualdade por 2 a 2 com a Inglaterra, no dia 2 de junho de 2013, foi o último compromisso oficial da Seleção no estádio. Na ocasião, na reabertura oficial da arena, Paulinho e Fred fizeram os gols do time de Felipão. Anteriormente, em 2008, o time empatou por 0 a 0 com a Colômbia, em partida válida pelas eliminatórias da Copa de 2010. Em 2007, outro jogo marcou a presença da seleção brasileira no estádio carioca. Também pela etapa de classificação para o Mundial da África do Sul, o Brasil venceu o Equador por 5 a 0,

empolgando os torcedores no Rio de Janeiro. Na partida, Robinho deu um drible desconcertante em dois defensores rivais e tocou para Elano marcar mais um para a equipe canarinho, na época comandada por Dunga. No histórico dos confrontos no Maracanã, a defesa e o ataque também chamam a atenção. A equipe sofreu apenas 72 gols e balançou e rede dos adversários em 251 oportunidades. - Serão mais 70 mil brasileiros gritando e nos incentivando a buscar a vitória e o título. Tenho certeza de que o torcedor do Rio de Janeiro fará a mesma manifestação de apoio que tivemos até agora em todas as cidades por onde a seleção brasileira passou – disse Felipão. No Rio de Janeiro, o número de jogos sobe. O

Brasil fez 159 jogos na cidade. Foram 113 vitórias, 34 empates e 12 derrotas. O aproveitamento é de 78%. Além dos con-

frontos no Maracanã, a Seleção também passou por São Januário, Laranjeiras, General Severiano, entre outros.

Gazeta de Varginha - 29/06 a 01/07/2013  

Edição 8.772

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you