Page 1

Máx: 26°C / Mín: 17°C

R$ 1,00

VARGINHA , 24 DE SETEMBRO DE 2013

EDIÇÃO - 8.833

Antônio Silva anuncia medidas para tentar reduzir gastos Prefeito publicou portaria estabelecendo cortes emergenciais para a Administração Municipal Diante das reais dificuldades financeiras enfrentadas pelo município no decorrer do ano, bem como as distorções ocorridas no Orçamento de 2013, onde as receitas foram superestimadas e as despesas subestimadas, situação agravada com o vultoso valor das dívidas deixadas pela Administração passada, superior a R$ 100 milhões, cuja rene-

gociação exigiu até 31 de agosto o pagamento de mais de R$ 10 milhões, sacrificando sobremaneira os investimentos e a prestação de serviços essenciais, o prefeito Antônio Silva publicou a portaria 10.957/ 2013, estabelecendo medidas de emergência para a Administração Municipal.

‘Na Contramão pela Educação no Trânsito’ agita Varginha

LOCAL/PÁGINA 03

Primavera começa com calor e deve ser marcada por pancadas de chuvas LOCAL/PÁGINA 05

www.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga

LOCAL/PÁGINA 04

Meninas de 9 a 13 anos poderão tomar vacina contra o HPV a partir de 2014

Concorra a ingressos

LOCAL/PÁGINA 06

gazetadevarginha@gmail.com twitter.com/gazetavarginha

PONTO DE VIST A VISTA

Polícia procura homem suspeito de cometer dois assaltos no mesmo dia 05/10 - 16h e 18h - Theatro Capitólio

Hebreus 04

Pontos de venda: Gallery Lanches e Tindolelê

Recorte este cupom e concorra ao sorteio de 6 ingressos para o espetáculo

A entrada no descanso de Deus pela fé Página 2

O cupom deverá ser entregue na sede do Jornal Gazeta de Varginha, que fica na Avenida dos Imigrantes, 445, Santa Maria

Nome:................................................. Telefone:.............................................. LOCAL/PÁGINA 04


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

PONTO DE VISTA

02

Palavras de Vida

A entrada no descanso de Deus pela fé HEBREUS 4 1 - TEMAMOS, pois, que, porventura, deixada a promessa de entrar no seu repouso, pareça que algum de vós fica para trás. 2 - Porque também a nós foram pregadas as boas novas, como a eles, mas a palavra da pregação nada lhes aproveitou, porquanto não estava misturada com a fé naqueles que a ouviram. 3 - Porque nós, os que temos crido, entramos no repouso,

tal como disse: Assim jurei na minha ira Que não entrarão no meu repouso; embora as suas obras estivessem acabadas desde a fundação do mundo. 4 - Porque em certo lugar disse assim do dia sétimo: E repousou Deus de todas as suas obras no sétimo dia. 5 - E outra vez neste lugar: Não entrarão no meu repouso. 6 - Visto, pois, que resta que alguns entrem nele, e que aqueles a

quem primeiro foram pregadas as boas novas não entraram por causa da desobediência, 7 - Determina outra vez um certo dia, Hoje, dizendo por Davi, muito tempo depois, como está dito: Hoje, se ouvirdes a sua voz, Não endureçais os vossos corações. 8 - Porque, se Josué lhes houvesse dado repouso, não falaria depois disso de outro dia. 9 - Portanto, resta ainda um repouso para

o povo de Deus. 10 - Porque aquele que entrou no seu repouso, ele próprio repousou de suas obras, como Deus das suas. 11 - Procuremos, pois, entrar naquele repouso, para que ninguém caia no mesmo exemplo de desobediência. 12 - Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da

alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. 13 - E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar. 14 - Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa con-

fissão. 15 - Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. 16 - Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.

Aécio Neves em Maceió: “Brasil virou hoje um grande canteiro de obras inacabadas” blicos. O Brasil precisa de governo eficiente para que não percamos definitivamente a nossa credibilidade. Hoje, a credibilidade do Brasil junto a agentes financeiros, junto a investidores, está fortemente abalada” concluiu o senador mineiro.

O pré-candidato a presidente da república voltou a soltar o seu rosário de críticas em cima do governo de Dilma, denunciando “não se justificar essas obras com sobrepreços e sem que sejam concluídas, precisando restabelecer a credibilidade do Brasil e conduzir a economia com segurança”. Prevendo uma futura aliança com o governador de Pernambuco, revelou “ser Eduardo conhecido

como homem de tirocínio, um homem público que enxerga lá adiante, e não tenho dúvida que esse desembarque, ele ocorreu, ele está ocorrendo em razão da percepção que nós já temos há muito tempo, e ele passa a ter de forma clara agora, de que esse ciclo de governo do PT está se encerrando”. E foi ácido em suas críticas:” Queremos medidas estruturantes, os grades eixos de desenvolvimen-

to dessa região, está aí a, FIOL – Ferrovia de Integração Oeste-Leste sem um palmo de trilho colocado, a Transnordestina, programada para já estar pronta há dois anos, dos 1.700 km não tem 300 km prontos. A Transposição do São Francisco, estive há duas semanas atrás com o governador Tasso Jereissati (CE) em Mauriti visitando trecho de obra, é de doer o coração. Obras há 3 anos aban-

donadas, com o dinheiro público, lá, jogado e largado. Isso não é normal. Obras orçadas por x já custando hoje 2 ou 3 vezes aquele orçamento inicial e não concluídas. Isso é desperdício, o maior desperdício de dinheiro público que se pode ter”. “Ninguém vai me convencer que é normal, por exemplo, uma obra como a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, ser orçada em R$ 4 bilhões, já ter gasto R$ 4 bilhões e não estar pronta. Isso não é normal. Isso é assalto aos cofres pú-

Telefones (35)3221-4668 (35)3221-4845

Av. dos Imigrantes, 445 - Santa Maria CEP 37022-560 VARGINHA/MG

CNPJ: 21.535.075/0001-47

E-mail: gazetadevarginha @gmail.com gazetacomercial2 @yahoo.com.br Endereço eletrônico: www.gazetavarginha.com.br

Diário de Circulação Regional - Diretora Administrativa: Ana Maria Silva Piva Jornalista Responsável: Lanamara Silva MTB -8304 JP - Editor: Rodrigo S. Fernandes Sindjori - MG 312/99 Administração/Revisão: Lanamara Silva - Paulo Ribeiro da Silva Fernandes (Jornalista e superintendente de redaçãoTB.16.851) - Horário de funcionamento das 08:00hs às 18:00hs ENDEREÇO: Redação e Departamento de Publicidade

ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior SINDJORI - Sind. Prop. de Jornais e Revistas do Interior ADJORI - Associação dos Jornais do Interior ADI - Associação dos Jornais do interior de Minas Gerais A redação não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados, mesmo sob pseudônimos, que são de inteira responsabilidade de seus autores.


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

03

LOCAL

Antônio Silva anuncia medidas para tentar diminuir gastos Prefeito publicou portaria estabelecendo medidas de emergência para a Administração Municipal Diante das reais dificuldades financeiras enfrentadas pelo município no decorrer do ano, bem como as distorções ocorridas no Orçamento de 2013, onde as receitas foram superestimadas e as despesas subestimadas, situação agravada com o vultoso valor das dívidas deixadas pela Administração passada, superior a R$ 100 milhões, cuja renegociação exigiu até 31 de agosto o pagamento de mais de R$ 10 milhões, sacrificando sobremaneira os investimentos e a prestação de serviços essenciais, o prefeito Antônio Silva publicou a portaria 10.957/2013, estabelecendo medidas de emergência para a Administração Municipal.

Assim, para os próximos três meses todas as secretarias deverão planejar suas tarefas de maneira a evitar a prestação de horas extras com antecedência mínima de dois dias, as justificativas e a previsão de horas extras, exceto quando de estrema necessidade. Secretarias, Autarquias e Fundações Municipais deverão rever o estoque de material permanente, de consumo ou de expediente. Deverão ainda fazer uma reavaliação do seu Quadro de Funcionários a fim de constatar se há excesso ou mão de obra ociosa e, em caso afirmativo colocar o excedente à disposição do Departamento de Recursos Humanos

BASS ELEVADORES

para posterior remanejamento. Pede ainda o prefeito, rigoroso controle do consumo de combustíveis, diárias e manutenção dos veículos sob a responsabilidade de Secretarias, Fundações e Autarquias, bem como rigoroso controle do ponto dos funcionários de suas respectivas áreas, sendo intoleráveis atrasos injustificados, os quais serão considerados infrações disciplinares e descontados em folha de pagamento, sem prejuízo das penalidades cabíveis. O pagamento do 13º salário por ocasião das férias regulamentares nos termos da nova redação do parágrafo único do artigo 59 do Estatuto dos Servidores

A Eficiência no Transporte Vertical

- Elevadores Hidráulicos Residenciais - Elevadores Elétricos com ou sem Casa de Máquinas - Elevadores Panorâmicos - Elevador para Heliponto - Plataformas para Portadores de Necessidades Especiais (PNE) - Monta-Cargas e Monta-Pratos - Elevadores para Automóveis - Elevadores de Cargas

(14) 99622-2734 / (11) 3936-3663

jrbosco@terra.com.br / www.basselevadores.com.br

Prefeito Antônio Silva e o vice-prefeito Vérdi Lúcio Melo durante entrevista

Públicos Municipais ficará suspenso em função da escassez de recursos financeiros, bem como a conversão de férias prêmio em dinheiro. Ficará ainda terminantemente proibido antecipar a remuneração de férias regulamentares. Com relação aos servidores que se encontram afastados por problemas de saúde deverá ser realizado levantamento, providenciando, se for o caso, a revisão das situações mediante perícia médica a ser realizada por Junta Médica constituída para tal finalidade. Já os servidores que estiverem à disposição de outros entes federados ou órgãos não vinculados à Administração serão remanejados para os setores da Prefeitura Municipal, na medida de suas necessidades.

Toda e qualquer aquisição de material ou serviços deverá ser feita exclusivamente pelo Departamento de Suprimentos da Prefeitura e todas as requisições de compras, após certificada a existência de dotação orçamentária e aprovadas pelo Secretário ou Diretor da respectiva área, serão obrigatoriamente submetidas à prévia aprovação do Gabinete. Da mesma forma as viagens de interesse da Administração deverão ser autorizadas pelo Gabinete, excluindo-se da exigência as viagens do TFD - Transporte Fora do Domicílio. Deverão ser revistos os contratos de prestação de serviços visando a sua economicidade, tais como aluguéis e informática, e toda obra ou reforma só poderá

ser iniciada após ter a aprovação prévia do projeto pela Secretaria de Planejamento Urbano e o respectivo cronograma financeiro de desembolso aprovado pela Secretaria de Fazenda. Antônio Silva lembra que no segundo semestre de cada ano a arrecadação tende a diminuir, enquanto as despesas são oneradas com maiores compromissos, dentre eles o 13º salário dos servidores públicos municipais. “Os serviços essenciais não podem sofrer qualquer prejuízo e as folhas de pagamento terão que ser necessariamente priorizadas, razão pela qual tomamos esta decisão de baixar as medidas que julgamos necessárias para atravessarmos esses três meses que faltam para o término do ano”, justificou o prefeito.


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

04

LOCAL

Polícia procura motociclista suspeito de cometer dois assaltos no mesmo dia Um restaurante e um posto de combustíveis foram assaltados neste domingo em Varginha Dois assaltos entre a tarde e a noite deste domingo (22) chamaram a atenção em Varginha. Segundo a polícia, os dois crimes foram cometidos supostamente pela mesma pessoa, um motociclista, que usava um capacete rosa. O primeiro assalto aconteceu por volta de 14h15 em um restau-

rante que fica na Avenida Princesa do Sul, no bairro Jardim Andere. Conforme a polícia, o suspeito entrou no local e com um revólver anunciou o assalto. Ele levou a quantia de R$ 150 do caixa. Já por volta de 20h40, um posto de combustíveis que fica na Avenida Presidente Castelo Branco, no

bairro Jardim Petrópolis, também foi assaltado. Segundo a polícia, um suspeito com as mesmas características do primeiro assalto chegou e rendeu o frentista do posto. De lá, ele levou a quantia de R$ 300 do caixa e depois fugiu. Segundo a PM, buscas estão sendo feitas, mas por enquanto, ninguém foi preso.

‘Na Contramão pela Educação no Trânsito’ agita Varginha Contramão que era a mão naquele dia, doutores-palhaços que eram educadores, Zona Azul que se tornou uma minipraça. Guindaste de obras com mensagens educativas, ou ainda, sangue em feridos em simulação que era na verdade maquiagem. Parece a descrição de um sonho inusitado, porém foi realidade no último sábado(21) em Varginha. A cidade conhecida como “do ET” foi palco da primeira edição do “Na Contramão pela Educação no Trânsito”. Um projeto criado e desenvolvido pela Muda de Ideia, realizado pela Rede Varginha e que contou com a parceria de diversas entidades, empresas, organizações sociais e coletivos independentes. A iniciativa

mexeu literalmente com todos os varginhenses que transitaram pela região central da cidade. Os organizadores estimam que ao menos 15 mil pessoas foram diretamente impactadas. A intenção é que a ação-piloto se torne uma política pública não-governamental mensal, em parceria institucional com a Prefeitura e a Câmara. O objetivo é trazer à tona reflexões sobre boas condutas no trânsito, para todos os públicos, por meio de abordagens criativas e divertidas. O 2º “Na Contramão pela Educação no Trânsito” está previsto para acontecer no dia 30 de novembro, último sábado do mês Colaboraram financeiramente para a viabi-

Guindaste de obras com mensagens educativas

lização: Plascar, Autotrans e Associação dos Guardas Civis Municipais (AGCM). A iniciativa contou com o apoio institucional e mão-na-massa de: Ecoetrix Parquescola Urbano, Doutores do Sorrisso, Associação Protetora dos Animais de Varginha(APAV), Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Polícia Civil,

Comercial Pitia, iniciativa Não Foi Acidente, Campanha Pare-PenseMude, Costa Equipamentos, Pilão Adesivos, Câmara Municipal de Varginha, Prefeitura Municipal de Varginha por meio do Departamento de Trânsito, LEAD Comunicação. A Polícia Militar de Minas Gerais ofereceu suporte logístico à iniciativa.


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

LOCAL

05

Primavera começa com calor e deve ser marcada por pancadas de chuvas Estação das flores, que marca a transição entre os períodos seco e chuvoso, começou neste domingo PAULO RENNÓ

A primavera - estação que marca a transição entre os períodos seco e chuvoso, começou oficialmente neste domingo (22/9), às 17h44. A estação das flores é marcada por belas paisagens e uma grande diversidade de plantas que vão colorir as cidades de todo o País. Com a estação também se iniciam as pancadas de chuva que ocorrem com frequência no final da tarde e à noite, em função do aumento do calor e da umidade. A primavera traz, ainda, as tempestades causadas por frentes frias que podem vir acompanhadas de granizo e rajadas de vento. Neste ano, a primavera termina no dia 21 de dezembro, às 15h11. Chuvas e temperaturas De acordo com o meteorologista da Cemig, Arthur Chaves de Paiva Neto, os três meses que compõem a primavera apresentarão

características distintas com relação às chuvas. Em outubro, vão predominar as pancadas intensas e rápidas em Minas Gerais. No Sul do Estado, são esperadas chuvas acima da média. Já no Triângulo Mineiro, o volume deve ficar abaixo do normal, enquanto que nas demais regiões as chuvas ficam dentro da normalidade. Em novembro, a previsão é de chuvas dentro da normalidade em todas as regiões do Estado. No fim da estação, em dezembro, as chuvas acontecem de maneira mais contínua, com a ocorrência de episódios da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). As chuvas ficarão ligeiramente abaixo do normal no Triângulo, Sul, Leste e Oeste e acima da média no Norte e Centro. Nas demais regiões de Minas as chuvas ficam dentro da normalidade. No decorrer da es-

A Praça Dom Pedro II (Jardim do Sapo) fica toda florida durante a primavera

tação, a atmosfera torna-se mais quente e úmida, com tendência de termos temperaturas acima da média no Triângulo e no Sul, enquanto que no Norte a tendência é de temperaturas abaixo da média. Dicas de segurança O gerente de segurança do trabalho, saúde e bem-estar da Cemig, João José Magalhães Soares, destaca alguns procedimentos

básicos que devem ser adotados durante as tempestades. Segundo o especialista, todos os equipamentos elétricos devem ser retirados das tomadas, evitando risco de queima ou a segurança das pessoas. Minas Gerais é um dos Estados que mais registram a ocorrência de raios por ano. Atualmente, Minas tem média anual de 1,1 milhão de descargas atmosféricas. “Durante as chuvas, o raio pode cair na

rede elétrica e pode chegar às residências por meio da fiação, podendo atingir os moradores”, salienta. Outro ponto importante é que, durante períodos de rajadas de ventos e descargas atmosféricas, as antenas de TV podem se desregular. Se isto acontecer, nunca suba nos telhados para ajustá-las, pelo risco de queda, de choque elétrico e de ser atingido por um raio. Se for preciso falar com alguém por telefo-

ne, durante as tempestades, o gerente da Cemig ressalta que a melhor opção é o celular, desde que não esteja plugado na tomada, ou o telefone sem fio, porém, eles não devem ser utilizados em cima de lajes ou em locais descampados. João José Magalhães alerta para os danos que as descargas elétricas podem provocar no corpo humano. “O raio provoca queimaduras gravíssimas e pode provocar parada cardiorrespiratória, que pode levar a pessoa à morte”, destaca. Em caso de fio partido, o gerente ressalta que as pessoas devem se afastar do local e informar imediatamente a ocorrência à Cemig por meio do telefone 116, que funciona 24 horas por dia. João José Magalhães explica que um fio partido caído ao chão pode estar energizado e somente a Empresa ou seu pessoal autorizado poderá removê-lo com segurança.


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

06

LOCAL

Meninas de 9 a 13 anos poderão tomar vacina contra o HPV a partir de 2014 A partir de 2014, meninas dos 11 aos 13 anos vão poder receber a vacina contra o vírus do HPV (papiloma humano), usada na prevenção de câncer de colo de útero. A modificação foi anunciada nesta quartafeira (18), pelo secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, durante cerimônia de 40 anos do Programa Nacional de Imunizações (PNI), em Brasília. De acordo com o Ministério da Saúde, essa faixa etária irá receber duas doses necessárias à imunização, com um espaço de seis meses entre as aplicações. A terceira vacina deverá ser dada cinco anos após

a primeira. A terceira dose funciona como um reforço, prolongando o efeito protetor contra a doença. O Ministério da Saúde está investindo R$ 360,7 milhões na aqui-

sição de 12 milhões de doses. Faixa etária A vacina, que estará disponível a partir de março de 2014 (1ª dose), é a quadrivalente, usada na

prevenção de quatro tipos de HPV (6,11,16 e 18). Dois deles (16 e 18) respondem por 70% dos casos de câncer. O imunobiológico para prevenção da doença é seguro e tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual e, por isso, não tiveram nenhum contato com o vírus. Com a adoção desse esquema, será possível ampliar a oferta, a partir de 2015, para préadolescentes entre 9 e 11 anos, sem custo adicional. Assim, quatro faixas etárias serão beneficiadas, possibilitando imunizar o público-alvo (9 a 13 anos).

Inclusão da vacina É a primeira vez que a população terá acesso gratuito a uma vacina que protege contra câncer. A meta é vacinar 80% do público-alvo, que atualmente soma 5,2 milhões de pessoas. O vírus HPV é responsável por 95% dos casos de câncer de colo do útero, que apresenta a segunda maior taxa de mortalidade entre os cânceres que atingem as mulheres, atrás apenas do de mama. Meninas de 10 e 11 anos A inclusão do imunobiológico ao calendário do SUS (Sistema Único de Saúde) foi anunciada

em julho deste ano. Na época, a previsão era de administrar a vacina em pré-adolescentes de 10 e 11 anos, com dose inicial, a segunda um mês depois e terceira seis meses após a inicial. Entretanto, o Ministério da Saúde decidiu adotar o esquema estendido baseado em estudos recentes que comprovam a eficácia desta medida. Além disso, a estratégia segue recomendação da Opas (Organização Pan Americana de Saúde) e foi discutida com especialistas brasileiros que integram o Comitê Técnico Assessor do PNI (Programa Nacional de Imunizações).


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

REGIONAL

07

Arborização urbana é tema de debate proposto pela Cemig O Sul de Minas é cenário para ciclo de palestras e debates sobre arborização urbana. Será realizado pela Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig no dia 1º de outubro, a partir das 8 horas, na universidade de Alfenas - Unifenas, o III Circuito Cemig de Arborização Urbana. Ao longo do ano, a Companhia promove o evento em diversas cidades do interior do Estado com a proposta de discutir as boas práticas de arboricultura, além de aprimorar os trabalhos dos profissionais envolvidos no planejamento urbano, distribuição de energia elétrica e arborização. A programação

do Circuito em Alfenas contempla várias palestras que estão relacionadas a diversos aspectos da arborização urbana como técnicas de podas e plantio de árvores, acidentes com a população envolvendo podas, produção de mudas de qualidade para arborização urbana, ocorrência de desligamentos causados por árvores no Sul de Minas, dentre outros. Além disso, haverá demonstração prática de podas de árvores e serão oferecidos dois mini-cursos para os participantes, sendo um sobre critérios técnicos para projetos municipais de arborização urbana e o outro voltado para do-

enças que podem atingir as árvores nas cidades. Ao final da tarde será realizado um workshop sobre diretrizes para melhorias na arborização urbana de Alfenas. Com a presença de profissionais da Cemig, prefeituras municiais, estudantes universitários e organizações não governamentais e órgãos públicos ligados à gestão ambiental, o evento funciona ainda como uma troca de experiências, em que a Cemig apresenta e discute seus programas de manejo de vegetação e as administrações municipais apresentam e discutem programas na área de manejo de arborização urbana.

Mourões e Madeiras Tratadas Rodovia Três Pontas a Santana da Vargem Fazenda Macaúbas

Tel: (35) 9952-5000 ou 8807-2658

Comprimento 1,6m a 7,5m Diâmetro 4cm a 25cm Valores R$ 2,30 a R$ 280,60

atendimento@tpmouroes.com /tpmouroes@gmail.com

www.tpmouroes.com.br

o III Circuito Cemig de Arborização Urbana, em AlfenasSerá realizado em outubro

Para o engenheiro de meio ambiente Pedro Mendes, da Cemig, as árvores precisam ser cultivadas de uma maneira que envolva atenção no planejamento, na implan-

tação e na manutenção. “A implantação de uma árvore deve ser precedida de um planejamento que contemple o levantamento de espaços arborizáveis, a escolha das es-

pécies que melhor se adequem a esses espaços, a qualidade das mudas e outros procedimentos de plantio que garantam o estabelecimento e longevidade da muda plantada.

Acidente na MG-354, rodovia que liga Lavras a Luminárias, mata uma jovem e fere seis pessoas Um acidente grave aconteceu na madrugada do domingo, dia 22, em Luminárias. O motorista Alex Tadeu Rezende Andrade, de 20 anos, natural de Lavras, dirigia o veículo Volkswagen Jetta, placas NYD-5470, de Luminárias, na MG-354, quando no km 34 deparou com alguns animais na pista e freou bruscamente, o carro rodou e capotou. No veículo estava, além do motorista, mais seis passageiros: Ana Luísa Nascimento Souza, 21 anos, natural de Bom Sucesso, mas moradora em Luminárias; Aline Silva Souza, 22 anos, natural de Bom Sucesso e moradora em Luminárias; Ariana de Paula de Almeida Silva, 20 anos, natural de Lavras e residente em Luminárias; Paulo Augusto de Souza Terra, 23 anos, natural de Lavras e residente em Luminárias; Josimara Marcela

Inácia, 24 anos, natural de Luminárias, e Laís Furtado Oliveira, 20 anos, natural de Lavras e residente em Luminárias. No acidente, Ana Luísa Nascimento Souza, 21 anos, aluna do curso de Química Industrial do Unilavras, faleceu. Os demais tiveram ferimentos sem gravidade. Eles foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros de Lavras e trazidos para a Unidade Regional de Pronto Atendimento (Urpa), em Lavras.Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motorista Alex

apresentava sinais de ter ingerido bebida alcoólica, tais como hálito com odor etílico, olhos vermelhos e voz arrastadas. Ele negou que estava embriagado mas contou aos policiais que havia bebido três latas de cervejas à tarde. Ele se recusou a fazer o teste do etilômetro, mesmo assim, teve sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida e as demais medidas necessárias aplicadas. O veículo estava com toda a documentação em dia, por isso, foi liberado para os familiares.


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

08

REGIONAL

L

Fiemg promove workshop sobre compras governamentais em Pouso Alegre O Sistema Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais - Fiemg - por intermédio da Regional Sul e presidentes dos Sindicatos Patronais do Sul de Minas realiza no dia 01 de outubro, um workshop sobre compras governamentais com o tema: Oportunidades de negócio nas vendas para o Governo de Minas. A iniciativa da Fiemg é aberta para representantes de indústrias e empresas do Sul de Minas Gerais de todos os portes e setores interessados em conhecer as oportunidades em se tornar um fornecedor

A iniciativa da Fiemg é aberta para representantes de indústrias e empresas do Sul de Minas Gerais de todos os portes e setores

de bens, materiais ou prestação de serviços para a administração

pública estadual. Na ocasião haverá também uma palestra

com Welson Kleiton Antônio de Souza, especialista em Políticas

Públicas Gestão Governamental – SEPLAG. O workshop é realizado em parceria com o Governo do Estado de Minas Gerais e o Sebrae-MG. O encontro também tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas em torno de procedimentos para negócios nas esferas municipal e federal. Nele os participantes obterão informações detalhadas em torno de estatísticas de compras do Governo de Minas Gerais, de cadastramento de fornecedores, vantagens de ser credenciado no CAGEF, benefícios para MPE nas com-

pras estaduais, estatísticas da região, materiais mais adquiridos, serviços mais contratados, entre outros itens. Os participantes receberão ainda materiais de apoio que trazem uma abordagem clara e dinâmica de todo o processo, desde a licitação até o preenchimento correto de formulários via internet. O encontro vai acontecer no auditório da Fiemg Regional Sul em Pouso Alegre e tem vagas limitadas. Mais informações pelo telefone (35) 34237363 ou pelo email – r e g i o n a l sul@fiemg.com.br .

Malotes bancários foram encontrados abandonados num cafezal em Perdões Dois trabalhadores rurais de uma fazenda próxima a Usina Hidrelétrica do Funil encontraram, no ultimo sábado (21) num cafezal, diversos malotes bancários jogados numa rua entre as linhas do cafezal. Eles acionaram a Polícia Militar da cidade de Perdões e os policiais constataram que se tratava de malotes dos bancos Bradesco, Itaú, HSBC, Caixa Econômica Federal (CEF) e Banco do Brasil. No local foram encontradas quase 500 folhas de cheques, al-

gumas descontadas e outras devolvidas, além desse malote, a PM encontrou outros quatro lacrados e 63 malotes vazios. Também foi localizado um lote de 11 malotes com documentos de clientes das agências bancárias citadas. Os malotes eram de agências bancárias das cidades de Pouso Alegre, Natércia, Varginha, Careaçu e São Gonçalo do Sapucaí, todas as cidades são do Sul de Minas. Os policiais vasculharam a região e encontraram outros documentos,

além de uma garrafa de água mineral procedente da cidade de Aguaí (SP) e um cartucho de tonner Sansung. Os policiais militares foram informados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) que a ação criminosa que resultou no roubo dos malotes aconteceu na cidade de Três Corações. A Polícia Civil da cidade de Três Corações foi avisada sobre o material encontrado, porém, segundo os investigadores daquela delegacia, não existia nenhuma ocorrência de

Diversos malotes bancários jogados numa rua entre

roubo naquela cidade referente aos malotes bancários. Todo o material re-

colhido foi enviado para a delegacia de polícia da cidade de Perdões, que ficou encarregada

de fazer contato com as agências bancárias de onde o material foi retirado.


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

MINAS

09

Delegacias de menores infratores deverão ser fechadas em Minas Únicas delegacias de Minas especializadas em recolher e agilizar o encaminhamento de menores infratores para centros socioeducativos, conforme determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), as Delegacias de Orientação e Proteção a Crianças e Adolescentes (Dopcads) de Santa Luzia e de Contagem, na Grande BH, irão fechar as portas. O Ministério Público foi comunicado pelo governo do Estado sobre a intenção de encerrar o atendimento nas unidades. Superlotação e repetidos atritos entre agentes e internos estão entre os principais motivos. Um motim na delegacia de Santa Luzia, em 5 de setembro passado, teria sido o estopim para o fim da Dopcad. Com a capacidade excedida em mais da

Superlotada, a Dopcad de Contagem, na Grande BH, deverá ser fechada

metade – há 18 vagas e existem 28 internos –, a Dopcad foi criada há quatro anos e funciona a um quarteirão do centro histórico do município. Uma fonte ligada ao MP informou que, devido à superlotação, alguns menores estariam

algemados nas grades das celas, do lado de fora, no corredor. “Isso é muito grave e fere os direitos destes adolescentes, além de estar na contramão do processo de reinserção deste jovem na sociedade”, disse um promotor, que, por não estar dire-

tamente envolvido com o caso, preferiu não se identificar. O Ministério Público instaurou um Procedimento Investigatório Criminal (PIC) para apurar denúncias de tortura. A superlotação também é comum no Dopcad de Contagem. Um policial

civil informou que o local não está recebendo jovens infratores. Vários pedidos de transferência já foram feitos para que a delegacia encerre as atividades. Porém, o processo é demorado. A última vaga disponível teria surgido há mais de um mês em Unaí, Noroeste de Minas. Comunicado Um ofício enviado pela Vara da Infância e Juventude de Contagem à Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) atribui a superlotação do Dopcad da cidade “à lamentável inércia do Estado de Minas Gerais em remanejar os adolescentes condenados ao cumprimento de medidas socioeducativas em meio fechado para centros socioeducativos adequados para a sua execução”. A Seds confirmou que pretende deixar de receber os adolescentes

nas delegacias e transferir os que estiverem acautelados para outros centros socioeducativos. A pasta está à procura de um novo imóvel, na região metropolitana, para acautelar os menores em conflito com a lei. Em nota, a Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas, ligada à Seds, informou que “teve conhecimento de supostos problemas relacionados a maus-tratos de adolescentes”. Segundo a pasta, todas as providências cabíveis foram tomadas “imediatamente”, como o afastamento de alguns agentes. O processo está sendo acompanhado de perto pela Corregedoria da Seds. Ainda conforme a subsecretaria, “formas de aprimorar a abordagem socioeducativa destes adolescentes estão sendo buscadas”.

Minas vai apresentar propostas de desenvolvimento rural sustentável para o país Minas Gerais terá 68 delegados na Conferência Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, que será realizada em Brasília no período de 14 a 18 de outubro. Os representantes foram eleitos na Segunda Conferência Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, promovida pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (Cedraf-MG), pela Subsecretaria de Agricultura Familiar da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e pela Delegacia Federal do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) em Jabotica-

tubas, entre os dias 17 e 19 de setembro. De acordo com o superintendente de Agricultura Familiar, José Antônio Ribeiro, a delegação mineira será a maior do país e vai apresentar 40 propostas selecionadas para orientar a construção do Plano Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável de Minas. O levantamento das propostas foi realizado por meio de 18 conferências intermunicipais e territoriais realizadas pela Subsecretaria e Delegacia do MDA em julho e agosto de 2013, com o foco na análise das políticas públicas para agricultura familiar e reforma agrária. “Os

trabalhos realizados nesses encontros representaram a base da conferência de Jaboticatubas, município da Região Metropolitana de Belo Horizonte”, ressalta Ribeiro. “Nessas reuniões foram examinadas questões relacionadas ao desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Brasil rural e o fortalecimento da agricultura familiar, agroecologia, pesca e aquicultura. Outros temas discutidos foram reforma agrária e democratização do acesso à terra e aos recursos naturais. Os participantes das conferências municipais e regionais também analisaram os territórios rurais como es-

tratégia de desenvolvimento rural e promoção da qualidade de vida. Ainda debateram a gestão e participação social, a autonomia das mulheres rurais, a autonomia e a emancipação da juventude rural e a promoção do etnodesenvolvimento. Ribeiro acrescen-

ta que, na Segunda Conferência Estadual, cerca de 250 participantes – representando entidades civis e órgãos governamentais –, ainda tiveram a oportunidade de melhorar as propostas e apresentar novas sugestões para compor o documento final orientador da cons-

trução do Plano Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável de Minas Gerais. “Agora, 68 delegados apresentarão as propostas da Agricultura Familiar do Estado como contribuição ao Plano Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário”, finaliza.


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

SAIBA SEUS DIREITOS

10

Controle fiscal precisa ir além do aumento da arrecadação e do corte de gastos, aponta pesquisa Pesquisa inédita sobre a gestão fiscal revela que a capacidade de investimento das 3.418 prefeituras pesquisadas diminuiu, mesmo com o registro de aumento na arrecadação e de diminuição de gastos com pessoal, segundo dados de 2011, quando foram coletados os dados mais recentes. A informação é da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), levou à criação do Índice de Gestão Fiscal (IFGF). Do total, 2.328 ou 45,1% foram avaliados com conceito C e 1.090 ou 21,1% com conceito D. O conceito máximo A, de gestão de excelência,

foi obtido por apenas 84 cidades, o que representa 1,6%. Entre as capitais, os melhores desempenhos foram encontrados em Vitória, Curitiba, Campo Grande e Rio de Janeiro. O conceito B (IFGF entre 0,6 e 0,8 pontos) foi obtido por 1.662 ou 3,2%. Quanto mais próximo de 1, melhor a gestão fiscal do município no ano, conforme a metodologia da elaboração do índice. As capitais que agravaram sua situação fiscal de 2009 a 2011, quando foram elaboradas as primeira e segunda edição do IFGF, foram Boa Vista, Natal e Macapá.

O estudo aponta a dinâmica das contas públicas municipais a partir de indicadores como receita própria, gastos com pessoal, investimento, liquidez e custo da dívida disponibilizados pelas prefeituras à Secretaria de Tesouro Nacional. Liquidez “Os dados não nos permitem inferir o motivo da queda generalizada dos investimento. Podemos afirmar apenas que foi por decisão dos municípios. Contudo, percebemos que esse movimento de queda dos investimentos foi acompanhado da melhora dos indicadores de liquidez, influenciando, sobretu-

do, pelo crescimento do caixa dos municípios”, afirma o especialista em Desenvolvimento Econômico da Firjan, Jonathas Goulart. De acordo com a pesquisa, em 2011, o IFGF Investimentos foi o indicador que mais recuou em relação à primeira edição do trabalho (de 2009), com queda de 8,3%. O resultado geral aponta que 66,2% das cidades brasileiras registrou pontuação abaixo de 0,6 pontos. “Nos casos de Vitória e Curitiba, a excelente gestão fiscal foi conquistada graças à combinação de elevada geração de receita própria, baixo comprometi-

OAB Varginha realizará curso telepresencial sobre Direito do Trabalho e a Interdisciplinariedade Dados do Curso NOME DO CURSO: DIREITO DO TRABALHO E A INTERDISCIPLINARIDADE CERTIFICADO: DIGITAL INÍCIO: 30/09/ 2013 19:00 FIM: 03/10/ 2013 21:00 CARGA HORÁRIA: 8 hs STATUS: ATIVO MÉTODO: TELEPRESENCIAL COORDENAÇÃO: Dr. Carlos Augusto Marcondes de Oliveira Monteiro

Dr. Eduardo Gatti PROGRAMA: 30/9 - segunda-feira Boa-fé objetiva e a função social do contrato. Dr. Fábio Vieira Figueiredo 1/10 - terça-feira Reflexos da falência e a repercussão judicial nos contratos individuais de trabalho. Dr. Marcelo Tadeu Cometti 2/10 - quarta-feira Eficácia dos direitos fundamentais e os contra-

Dr. Gustavo Chalfun OAB/MG 81424 Av Princesa do Sul, 556 - Varginha - MG Tel: 3222-4801

gustavo@chalfun.com.br

Dr. Daniel Piva OAB/MG 81667 Delfim Moreira, 258, sala 201- CentroVarginha -MG Tel: 3222 2851

dapiva@ig.com.br

tos individuais de trabalho. Dr. Carlos Augusto Marcondes de Oliveira Monteiro 3/10 - quinta-feira Questões penais relacionadas com o Direito do Trabalho. Dr. Rogério Cury MATERIAL DE APOIO: DATA DO ACEITE: 11/09/2013 17:09:32 QDE. DE VAGAS: 100 OBSERVAÇÃO: PREÇOS: ESTUDANTE GRA-

DUAÇÃO 10,00 ADVOGADO INSCRITO NA OAB 15,00 OUTROS PROFISSIONAIS 20,00. FICHA DE INSCRIÇÃO: h t t p : / / cursos.aasp.org.br/ fichacurso.aspx?id _curso=20796&id_unid=226 PÁGINA DO PROGRAMA: h t t p : / / cursos.aasp.org.br/ detalhecurso.aspx?id_cu rso=20796&id_Aceite=42220

Drª. Patrícia Bregalda Lima OAB/MG 65099 Av Salum Assad. David, 70 - Santa Luiza Tel: ( 35) 3214-5051

patriciabregalda@varginha.com.br

mento com pessoal e encargos da dívida, e eficiente administração dos restos a pagar”, disse Goulart. Em 2009, ano de elaboração da primeira edição do índice, ao contrário do obtido em 2011, quando houve menor comprometimento dos orçamentos municipais com gastos de pessoal, a “queda brusca” das receitas por conta da crise mundial de 2008 aumento o peso da folha de pagamento nas prefeituras. Jeceaba é a melhor e, Divinésia, a pior em MG Esta edição do IFGF analisou a situação fiscal dos 792 dos 853 municípios de Minas Gerais. Ficaram de fora da pesquisa 61 cidades que apresentaram inconsistência de dados, segundo a Firjan. Em sua maioria, os dados de 2011 não representaram grande salto em relação a 2009, confirmando dificuldades na situação fiscal dos municípios, especialmente na dificuldade de gestão dos restos a pagar – despesas empenhadas mas não pagas pela gestão anterior ou empenhadas mas não processadas. Prefeituras de 558 cidades Prefeituras de 558 cidades (70,4%) foram avaliada como gestão fiscal “difícil ou crítica” (conceitos C ou D, respectivamente), percentual semelhante ao observado na primeira edição do índice da Firjan (69,3%). O recorte

Dr. Gustavo Pinto Biscaro

Extraído do site: JusBrasil notícias

Dr. Vicente Lima Lorêdo OAB/ MG 84.176 20ª Sb-Seção Rua Maria Benedita, 63 -sala 106- Vila Pinto 3223-5362/Cel :9988-3485

OAB/MG 106.276 R Argentina, 169 - Vila Pinto Tel: (35) 3222-1049

gustavopbiscaro@gmail.com

contempla 97% da população mineira, ou seja, cerca de 19 milhões de pessoas. O IFGF Liquidez média de Minas ficou em 0,5175 pontos, abaixo da média nacional, que foi de 0,5929, além de ter sido o Estado com maior número de notas zero nesse indicador. De acordo com a Firjan, isso significa que uma em cada cinco cidades de Minas terminaram o ano de 2011 com mais restos a pagar do que recursos em caixa. O melhor resultado de gestão fiscal foi registrada em Jeceaba, a 120km de BH, na Região Central do Estado. Na outra ponta da tabela, o menor resultado foi obtido em Divinésia, na Zona da Mata. Longe do ideal Belo Horizonte teve evolução no IFGF de 14,5% frente a 2010, o que a levou da 15ª posição entre as capitais com melhor situação fiscal para o 9ª lugar, no entanto, para o especialista em Desenvolvimento Econômico da Firjan, Jonathas Goulart, a capital mineira está longe do ideal. “O IFGF Liquidez mostra que, apesar da melhora na administração dos restos a pagar, com crescimento de 28% em relação a 2010, BH ainda possui programação financeira em dificuldade, como revela o indicador 0,5322 pontos”, diz o especialista.

vicentelloredo@yahoo.com.br

Mande sua pergunta para: gazetadireitos@yahoo.com.br


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

SAÚDE

11

Pesquisa mostra que 30 em cada 100 pessoas conhecem o pré-diabetes 07

Pesquisa aponta que apenas 30% das pessoas sabem o que é pré-diabetes, condição favorável ao desenvolvimento de diabetes tipo 2 altamente relacionada à obesidade e quando ainda há a possibilidade de reverter o quadro com a mudança de estilo de vida. Levantamento feito em parceria entre a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) com o laboratório farmacêutico Abbott, médicos entrevistados destacaram a mudança de hábito alimentar como o principal fator de sucesso para o controle do pré-diabetes e diabetes. No entanto, para 60% dos pacientes pesquisados, esse é o passo mais difícil a ser incorporado na rotina, ficando à frente da perda de peso e da atividade física. Ao todo, 95% dos pacientes dos médicos entrevistados têm dificuldades

30% das pessoas sabem o que é pré-diabetes

como o controle de peso, dieta saudável e exercícios regulares. A pesquisa foi feita nas capitais São Paulo e Rio de Janeiro. A aposentada Maria Isabel de Oliveira, de 58 anos, descobriu há pouco mais de uma semana, em um exame de rotina, que tem pré-diabetes. A mineira, que está acima do peso e sempre teve

massas e doces entre os pratos preferidos, está determinada a não se tornar diabética. “Já investi na mudança da alimentação, está sendo difícil mas estou seguindo a dieta. O próximo passo é entrar na academia”, disse Isabel. De acordo com o endocrinologista da SBD, João Salles, a taxa normal de glicose no sangue

é até 99 miligramas por decilitro (mg/dl). Quando esta taxa está entre 100 mg/dl e 125 mg/dl, o caso é considerado pré-diabetes e acima disso diabetes. “Diabetes é uma condição em que a glicose não consegue ser absorvida pelo organismo. No tipo 1, o paciente não tem insulina. No tipo 2, a insulina não age”. O especialista esclareceu que o que causa o diabetes tipo 2 não é comer doce e, sim, ganhar peso, principalmente na barriga. “A pessoa pode não ser obesa no todo, mas se tiver obesidade abdominal deve ficar alerta para o diabetes”, reforçou. Na fase de pré-diabetes, em que ainda há insulina sendo produzida, uma alimentação saudável e a prática de exercícios são os caminhos mais adequados para a reversão do quadro. Quando o diabetes está

instalado, muito dificilmente há retorno, “são poucos os casos, acontece mais em pessoas extremamente obesas e que conseguem uma redução drástica de peso”, disse Salles. Dados do Ministério da Saúde mostram que 5,6% dos brasileiros são diabéticos. O diagnóstico da doença também aumenta conforme a idade da população, já que o diabetes chega a atingir 21,6% dos idosos - maiores de 65 anos - e apenas 0,6% das pessoas na faixa etária de 18 a 24 anos. Segundo a SBD, 90% dos casos de diabetes são do tipo 2. De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, se o diabetes não for tratado de forma adequada, pode surgir complicações, como retinopatia (alteração na retina), nefropatia (alteração no rim), neuropatia, pé dia-

bético, infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral. Por ser pouco sintomático o diabetes, na maioria das vezes, permanece por muitos anos sem diagnóstico e sem tratamento o que favorece a ocorrência de complicações no coração e no cérebro. Também pode aparecer sintomas como urinar muito, ter muita sede e cansaço. Um exame de dosagem de glicemia em jejum, geralmente incluído nos exames de rotina, pode detectar o distúrbio. Salles frisou que o Brasil é o quarto país do mundo em número de diabéticos. Segundo o endocrinologista, falta informação sobre o que causa e como evitar o diabetes tipo 2. “Mudanças nos hábitos de vida podem evitar esse quadro, não é difícil, falta informação para a população”, ressaltou.

Refluxo prejudica saúde bucal e aumenta chances de câncer Estima-se que mais de 20 milhões de pessoas sofram de refluxo gastroesofágico. A sensação é a de que a comida ‘não caiu bem’ – queimação no tórax, volta de parte do alimento que foi ingerido, boca ácida e por aí vai. Isso não quer dizer que esses sintomas são sinônimo da doença em 100% dos casos. Vez ou outra, depois de uma refeição mais pesada, como feijoada, por exemplo, a maioria das pessoas sente dificuldades de digestão. É preciso investigar quando os episódios são corriqueiros e acontecem mais de uma vez na semana. O gastroenterologista, Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, cirurgião do Hospital Israelita Albert Einstein,

explica que a doença do refluxo gastroesofágico (DRG) é um desequilíbrio entre os fatores protetores, como as barreiras antirrefluxo, e os fatores agressores, como a acidez e o volume gástricos. Simplificando, o esfíncter é uma válvula que tem o papel de fechar a abertura do esôfago para o estômago, que deveria abrir apenas quando a pessoa engole, para permitir a entrada dos alimentos no estômago. Durante o resto do tempo, o esfíncter mantém-se contraído. É o que não acontece nos casos de DRG, em que o músculo do esfíncter fica relaxado e deixa os sucos gástricos e restos de alimentos voltarem para o esôfago. Depois de algum tempo sendo agre-

dido pelos sucos digestivos ácidos, a parede do esôfago fica em constante inflamação, o que pode até aumentar as chances de câncer. “Em nosso meio pode-se dizer que os maus hábitos alimentares e a obesidade são as principais causas de refluxo”, diz Macedo. Segundo ele, muitas vezes ocorrem somente sintomas atípicos que são a tosse crônica, rouquidão e asma, entre outros. “Neste caso, se o medico não suspeitar do refluxo, o diagnóstico não é realizado”, afirma. Alguns pacientes podem apresentar erosões dentárias e feridas na mucosa oral causadas pela regurgitação ou simplesmente pelo vapor ácido que atinge a cavidade oral quando

o refluxo acontece. Os dentes passam por um processo de descalcificação e ficam fragilizados. “Alguns estudos mostram que alguns pacientes com diagnóstico de refluxo associado a distúrbios de salivação diminuída estão mais propensos a lesões orais”, diz Macedo. Segundo o especialista, o trabalho em conjunto entre o médico gastroenterologista e o dentista pode contribuir para o diagnóstico precoce deste tipo de lesão oral. “Geralmente, o médico não faz associação entre refluxo e erosão dentária e como se trata de um processo lento e pouco habitual, o diagnóstico pode acabar sendo feito quando já há comprometimento

Estima-se que mais de 20 milhões de pessoas sofram de refluxo gastroesofágico

importante da saúde bucal”, afirma. Tratamento Mudanças de hábito alimentar e medicamentos para diminuição da acidez gástrica são os tratamentos mais indicados para a maioria

das pessoas. “Esse tratamento apresenta excelentes resultados na maior parte dos pacientes, mas em casos que apresentam esofagite persistente ou hérnia de hiato volumosa o tratamento cirúrgico está indicado”, diz Macedo.


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

EVANGÉLICA PONTO DE VISTA

12 02

“Bom Samaritano”: Sem-teto cristão devolve mochila com 42 mil dólares, vira exemplo e motiva campanha de solidariedade No início da última semana um sem-teto de Boston, nos Estados Unidos, virou manchete local depois de devolver uma mochila que encontrou na rua contendo quase 42 mil dólares. O Bom Samaritano de Boston, como ficou conhecido Glen James depois de sua boa ação, chamou atenção e motivou uma campanha de doação em seu favor, que já reuniu mais de 130 mil dólares. Ethan Whittington, 27, da cidade Midlothian, foi o responsável pelo início da boa ação em favor de James.

- Ele me trouxe muita esperança… Isto não é apenas sobre recompensar um grande cara. Eu acho que é uma declaração para todos na América. Se nos unirmos e trabalharmos em prol de algo, e trabalharmos juntos, então nós podemos fazer isso acontecer – explicou Whittington, falando sobre sua vontade de ajudar a mudar a vida de Glen James. Segundo Whittington, ao iniciar a campanha no site gofun dme.com ele acreditava que conseguiria reunir apenas “algumas cente-

nas de dólares”, mas que havia colocado como meta o valor simbólico de 50 mil dólares, valor que foi alcançado em apenas um dia de campanha. Diante disso, ele decidiu aumentar a meta para 250 mil, na esperança de que o valor arrecadado seja o bastante para comprar uma nova casa para James. O bom samaritano contou sua história de vida ao Mail Online, revelando que trabalhava como arquivista no sistema judicial Boston municipal há 13 anos, mas perdeu o emprego

e ficou desabrigado após problemas com seu chefe. Ele conta também que é difícil manter um emprego porque sofre de uma doença que causa vertigens constantes, e que decidiu morar na rua para não ser um fardo para sua família. Agora, pessoas de todos os cantos dos Estados Unidos estão se unindo na tentativa de dar a ele uma nova perspectiva de vida. Além dos valores já arrecadados, muitas pessoas se dispuseram a ajudá-lo, até mesmo com um plano de saúde.

A mochila encontrada por James, continha 2.400 dólares em dinheiro e 39.000 dólares em cheques de viagem Autoridades disseram que o dono da mochila não queria que sua identidade divulgada, mas

que ele era um estudante chinês que estava visitando outro estudante em Boston. A honestidade de James foi também reconhecida pela polícia de Boston, que prestou uma homenagem a ele por sua atitude. - Eu só quero agradecer ao Sr. James pelo que ele fez – disse o comissário de polícia de Boston, Edward Davis, em uma cerimônia em homenagem ao bom samaritano. Em entrevista ao USA Today, Glen James resumiu: “Deus sempre cuidou muito bem de mim”.

Livros e Bíblias iluminam famílias sírias O trabalho da Portas Abertas está ativo na Síria mesmo em meio à guerra. Neste ano, o foco principal do trabalho tem sido entregar ajuda humanitária. Entretanto, outros projetos tradicionais, como distribuição de livros e treinamento bíblico, também estão sendo realizados. Com a ajuda de um colaborador que vive na província de Homs, foram distribuídos centenas de Bíblias e livros a famílias cristãs — um trabalho nada simples para quem se encontra numa guerra civil. “Não é fácil entregar esses livros”, comenta ele. “Quando vamos para outras cidades, temos de passar por postos de controle, um atrás do outro. Os guardas nos fazem um monte de perguntas. Sempre to-

Livros sobre assuntos familiares são distribuídos juntos com cesta básica

mamos cuidado com sequestradores. Não tem sido fácil para os irmãos”. O colaborador descreve como é difícil chegar a locais onde há refugiados: “Tenho medo de pegar a estrada, levando livros e dinheiro. Por favor, ore por nós”. Reuniões de família “As famílias sírias que ajudamos são cristãs. Elas recebem de

nós uma cesta básica por mês, já há algum tempo. Conseguimos construir relacionamentos fortes com essas famílias, e desfrutamos de respeito e confiança mútua. É maravilhoso nos reunir com eles”, conta o colaborador. As famílias recebem visitas regulares. Nessas ocasiões, as equipes compartilham

trechos da Bíblias e oram com os presentes, tentando levar-lhes um pouco de conforto e ânimo. “Agradeço ao Senhor pela oportunidade que nos deu de entregar livros cristãos a essas famílias, sabendo que há pouco material aqui no país sobre vida familiar cristã. Foi ótimo distribuir esses exemplares, e as famílias ficam muito felizes e agradecidas por receber livros tão importantes, que contém as respostas para muitas de suas dúvidas”. Os distribuidores são bem-recebidos pelas famílias. “Uma menina de 12 anos, por exemplo, está lendo bastante a Bíblia. Ouvimos um garoto de 7 anos dizer que está decorando diversos salmos”, ele compartilha, com a voz entusiasmada. “Um homem de 37

anos fugiu de al-Qusayr para cá, na província de Homs. Ele veio com a esposa e os dois filhos. O homem se tornou cristão em uma visita que lhe fizemos. Depois, levou toda a família ao Senhor. Ele começou a ler a Palavra de Deus e a estudá-la. Ele ficou muito feliz com os livros que lhe demos, que fala de assuntos familiares a partir da perspectiva cristã. Ele me disse: ‘Esses livros me ajudaram a lidar melhor com meus filhos. Como gostei bastante desse material, estou emprestando para as pessoas que conheço’. Estamos vendo como é importante dar livros para as pessoas, além da cesta básica”. Esse colaborador tenta envolver no trabalho as famílias que ajuda. “Meninos e meninas,

homens e mulheres — todos oferecem sua ajuda quando precisamos de uma mão em nossas atividades. Eles ficam felizes por fazerem parte de nossa equipe de distribuição também”. Pedidos de oração - Interceda por todas as famílias que receberam livros. Que elas sejam abençoadas através da leitura. - Ore por essas crianças que têm lido e memorizado avidamente a Palavra de Deus. - Peça a Deus para transformar esse momento de crise para o bem dos refugiados. Que Ele crie grandes oportunidades para que sua graça e seu amor sejam compartilhados. - Ore para que esse projeto de distribuição de livros continue alcançando vidas.


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

BRASIL

13

Programa Viver sem Limites terá investimento de R$ 7,6 bilhões 07

Com o objetivo de ampliar o acesso das pessoas com deficiência a serviços e equipamentos que garantam mais qualidade de vida, o governo federal vai investir, até o ano que vem, R$ 7,6 bilhões em ações que integram o Programa Viver sem Limites. Uma delas é a entrega de casas adaptáveis, construídas por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida, que, este caso, atende a pessoas com renda mensal até R$ 1,6 mil. Ao participar, do dia (23), do programa de rádio semanal Café com a Presidenta, Dilma Rousseff fez um balanço do Viver sem Limites e informou que, desde janeiro de 2012, o governo contratou a construção de 630 mil casas desse tipo. As unidades contam com portas mais largas, banheiros mais espaçosos, corredores mais amplos e barras que facilitem a locomoção. No total, foram entregues 9 mil casas adaptadas. A expectativa do governo é con-

O Programa Viver sem Limites tem como objetivo de ampliar o acesso das pessoas com deficiência a serviços e equipamentos que garantam mais qualidade de vida

tratar 1,2 milhão de casas adaptáveis até 2014. "A casa própria é uma das coisas mais importantes para garantir autonomia, segurança e uma vida feliz, pois todos nós queremos um cantinho para morar. Essa é uma das minhas prioridades no Viver sem Limite", disse ela. No sábado (21), foi comemorado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Na área da educa-

ção, a presidenta destacou que, por meio do Viver sem Limite, foram entregues 830 ônibus adaptados a prefeituras de 600 cidades, para levar crianças com deficiência às escolas, sejam elas públicas ou ligadas às associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes). Dilma disse que até dezembro serão entregues mais 900 desses veículos e até o ano que vem um

total de 2,6 mil. Ela acrescentou que o governo repassou R$ 235 milhões para 26 mil escolas de todo o país se tornarem acessíveis às pessoas com deficiência. Ainda com foco na acessibilidade, Dilma Rousseff ressaltou que foram criados 30 núcleos de pesquisa em universidades e institutos federais de educação tecnológica, como o

Centro Nacional de Referência em Tecnologia Assistiva, em Campinas (SP). O objetivo é favorecer o desenvolvimento de produtos e equipamentos que facilitam a rotina das pessoas com deficiência. "São equipamentos como o vocalizador, que ajuda que tem dificuldade na fala, reproduzindo sons ou vozes; as cadeiras ajustáveis, que oferecem mais conforto na sala de aula; softwares que ajudam a alfabetizar as crianças com deficiência; além de órteses e próteses com novos materiais, que reduzem o custo também desses produtos", explicou, ao lembrar que o governo criou uma linha de crédito especial para a compra desses produtos, operada pelo Banco do Brasil. De acordo com Dilma, foram financiados R$ 66 milhões e o governo pretende liberar o crédito também para que pessoas com deficiência façam obras de adaptação nas suas casas,

como a construção de rampas ou a mudança das portas. Em relação à saúde, a presidenta ressaltou a importância do teste do pezinho em recém-nascidos para detectar alguma deficiência ou doença genética e informou que o governo espera começar, ainda este ano, a oferecer o teste do olhinho para prevenir doenças como a catarata congênita, que é a segunda causa de cegueira infantil, além de ampliar o número de maternidades que oferecem o teste da orelhinha. Ela ressaltou ainda que estão sendo construídos, também por meio do Viver sem Limites, três centros de treinamento de cães-guia para auxiliar pessoas com deficiência visual, além da unidade que já foi inaugurada em Camboriú (SC). De acordo com IBGE, o Brasil tem cerca de 45,6 milhões de pessoas com pelo menos um tipo de deficiência, o que representa 23,92% da população.

Mortalidade por Aids no Brasil cai 38,9% em 11 anos, segundo ONU O número de mortes causadas pela aids no Brasil caiu 38,9% entre 2001 e 2012, aponta relatório da Unaids - agência da ONU de combate à doença - divulgado hoje. Ainda assim, no mesmo período, a população brasileira infectada pelo HIV saltou de um mínimo de 430 mil pessoas para 530 mil, alta de 23,3%. Para infectologistas ouvidos pelo Estado, os dados indicam que o Brasil pode comemorar que os portadores do HIV têm vivido mais tempo graças ao maior acesso aos medica-

mentos - em 2012, foram no mínimo 11 mil mortes, ante 18 mil em 2001 -, mas o País ainda falha muito nas ações de prevenção. "Os portadores do HIV hoje vivem mais e melhor, é fato. Graças ao acesso aos medicamentos e ao diagnóstico precoce, que reduzem o porcentual de mortalidade. Mas isso não significa que esteja perfeito. Precisamos fazer muito mais", disse Juvêncio Furtado, diretor do Departamento de Infectologia do Hospital Heliópolis e membro da Sociedade Brasileira de Infectolo-

gia (SBI). Os dados da Unaids mostram que a queda estimada da mortalidade causada pela aids no Brasil está acima da média global. Segundo o estudo, as mortes registradas no mundo caíram 15,7%, de 1,9 milhão de pessoas em 2001 para 1,6 milhão no ano passado. Na Nigéria e na África do Sul, morrem 240 mil pessoas por ano. Por outro lado, o aumento do número de infectados mundialmente é inferior ao do Brasil: 17,6%. Ao todo, estimase que 35,3 milhões de pessoas vivam no mun-

do com o vírus, ante 30 milhões em 2001. Na África do Sul são 6,1 milhões de pessoas. Ponderação. Para o professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) Mario Scheffer, os dados da ONU relativos ao Brasil devem ser ponderados. "A gente tem trabalhado com uma estabilização da mortalidade, mas num patamar muito elevado, na casa dos 12 mil", disse, citando dados do governo federal. "Desperdiçamos a oportunidade de evitar mais mortes. O problema é que estamos li-

O número de mortes causadas pela aids no Brasil caiu 38,9% entre 2001 e 2012

dando com a epidemia em grupos e não são alcançados pelas políticas públicas tradicio-

nais de prevenção e tratamento, como profissionais do sexo e usuários de droga".


GAZETA DE VARGINHA,24/09/2013

14

INTERNACIONAL

Shopping sitiado no Quênia sofre com novas explosões e disparos 07

Várias explosões e tiroteios foram ouvidos na segunda-feira (23) dentro do shopping atacado por membros da milícia islâmica Al-Shabab radical em Nairobi no último sábado (21), segundo testemunhas. A ação seria um possível ataque por parte das forças de segurança quenianas para retirar os militantes que estão no local há mais de 40 horas, informou uma fonte à agência de notícias Reuters. De acordo com as fontes de segurança, pelo menos 10 pessoas ainda permanecem reféns no local. O grupo islâmico Al-

Shabaab, da Somália, disse que reféns por militantes escondidos no shopping seriam mortos se a força for usada, de acordo com um comunicado de áudio feito por um site ligado ao grupo. “Os israelenses e as forças quenianas tentaram entrar Westgate pela força, mas eles não podiam. Os mujahideen (combatentes) vão matar os reféns se os inimigos usarem a força”, Sheikh Ali Mohamud Raiva, porta-voz do AlShabaab disse em em um vídeo postado na internet, segundo informou a Reuters. Conselheiros israelenses estão

ajudando Quênia com a estratégia para acabar com o cerco que começou no sábado, disse uma força de segurança de Israel. A Cruz Vermelha do Quênia divulgou na madrugada desta segunda-feira a informação de que outros dez corpos foram encontrados no atentado que já havia deixado 59 mortos em um shopping de Nairóbi, capital do Quênia, totalizando 69 vítimas. Segundo a comitê internacional, 63 pessoas estão desaparecidas. O Exercito informou na noite de domingo que a maior parte dos reféns foi resgatada pelas for-

Homem ferido deixa local do ataque no shopping Westgate Mall en Nairóbi

ças quenianas e acrescentou que controlava a quase totalidade do centro comercial. O presidente do Quênia, Uhuru Kenyatta, declarou que seu sobrinho e a noiva dele estão entre os mortos. O ataque ocorreu no sábado (21), e a polícia ainda luta contra os atiradores que mantêm reféns dentro do prédio. O ataque foi assumido pela milícia radical islâmica somali Al-Shabab, que afirma ter matado “mais de cem” pessoas em represália pela presença de militares do Quênia na missão da

ONU na Somália. O presidente, no entanto, disse que a confirmação sobre a responsabilidade pelo ataque ainda está em aberto. O Al-Shabaab disse que realizou o ataque por causa da intervenção do Quênia na Somália, onde o país trabalha ao lado de outras tropas de paz africanas para conter os militantes islâmicos. Fontes da milícia islâmica somali Al Shabab, grupo que assumiu a autoria do ataque contra um shopping em Nairóbi, disseram à emissora ‘CNN’ que três mem-

bros da organização que estão participando da ação viveram nos Estados Unidos. O canal não esclareceu se os três integrantes do grupo têm nacionalidade americana, apenas que dois moraram nos estado de Minnesota e outro no Missouri, zonas do Meio Oeste onde há uma grande população imigrante do Chifre da África. Aparentemente, os três terroristas têm cerca de 20 anos e agora o governo americano tenta verificar a identidade dos suspeitos.

Tufão Usagi atinge Sul da China e deixa pelo menos 25 mortes O tufão Usagi, a tempestade tropical mais intensa do ano em todo o mundo, deixou pelo menos 25 mortos no Sul da China e paralisou o aeroporto de Hong Kong, onde dezenas de milhares de turistas permaneciam bloqueados na segundafeira (23). Acompanhado de chuvas torrenciais e ventos de 165 km/h, o Usagi (coelho em japonês) atingiu no domingo as costas chinesas às 19H40 (6H40 de Brasília) na altura da cidade de Shanwei e provocou 25 mortes, informou o canal estatal CCTV.

A agência de notícias estatal Xinhua anunciou um balanço de 25 mortos em Guangdond, onde o tufão derrubou árvores e destruiu estradas. Dezenas de pessoas ficaram feridas em acidentes. Depois de passar no sábado por Taiwan e Filipinas, a tempestade prosseguiu com uma trajetória mais

ao norte do que o previsto. Mais de 47.000 pesqueiros permaneceram amarrados no porto e escolas ficaram fechadas em 14 cidades. Segundo o Centro Nacional de Meteorologia, o Usagi perderá força na passagem pela China. Atualmente segue em direção noroeste.


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

BELEZA

15

Novos cuidados garantem pele impecável na primavera Com a chegada da primavera, pequenas mudanças na rotina de beleza devem ser colocadas em prática, devido às alterações no clima, que tanto influenciam a qualidade da pele. Comuns à época, os aumentos graduais da temperatura e da umidade do ar podem provocar ressecamento, alergia e até mesmo o aparecimento de manchas nas áreas mais expostas, como rosto, pernas, braços e mãos, se novos cuidados não forem seguidos. Um dos principais problemas da nova estação é o aumento de radiação solar, que somado à falta de cuidados com o sol, pode resultar em manchas e rugas precoces. “No inverno, as pessoas não

Alterações no clima da estação estimulam ressecamento, alergias e manchas no rosto, pernas, braços e mãos

estão acostumadas a usar filtro solar, e quando a primavera se inicia demoram a entender que precisam intensificar o uso deste produ-

to”, diz Carla Bortoloto, dermatologista e professora da pós-graduação em Dermatologia pela Faculdade de Medicina Souza Marques.

Aprenda usar lenços para dar um up no visual Foi só Anitta surgir no clipe de Meiga e Abusada com um lenço todo estiloso para o acessório virar febre entre as meninas. De lá pra cá, esses panos cheios de atitude vem fazendo a cabeça das famosas. Ísis Valverde e Sophia Abrahão também adotaram o estilo pin up e mostram que os lenços acompanham qualquer look. Conforme a hairstylist Kátia Reis, do Werner Coiffeur, no Rio de Janeiro, os lenços coloridos, petit poá ou floridos, são a cara das estações quentes e completam qualquer visual. “As famosas lançaram essa moda que veio para ficar”, afirma, lembrando que o acessório combina com o penteado de aspecto bagunçado. “Um coque bem para cima, meio despenteado, fica maravilhoso acompanhado de um lenço”, diz.

A constante oscilação no termômetro também representa um perigo, pois desequilibra a retenção da quantidade de água ne-

cessária para que o corpo mantenha-se naturalmente hidratado. Por isso, toda atenção é pouca para ficar longe do ressecamento. Cremes com ureia, silicone, óleos naturais ou manteigas especiais garantem hidratação profunda e ativa em todos os tipos de pele durante o dia inteiro. Além disso, vale a pena abusar dos cosméticos que contêm fator de proteção na fórmula. Em compensação, o aspecto engordurado, típico dos dias mais quentes, não dá as caras na primavera. Ainda assim, produtos oil free não devem ser abandonados por pessoas que apresentam tendência à oleosidade. “A temperatura elevada

pode aumentar a sensação de brilho, mas não estimula a produção de sebo na face”, explica a dermatologista. Rotina Durante a primavera, os cuidados com a limpeza, hidratação e proteção são imprescindíveis. “Lave o rosto duas vezes ao dia, hidrate o corpo preferencialmente após o banho, e proteja a pele com filtro de fator 30 de manhã, antes de sair para o almoço e no meio da tarde”, recomenda a especialista. Quem permanecer por um longo período exposto ao sol deve contar com outras formas de proteção, como o chapéu e os óculos escuros.

Mariana Ximenes aposta na tendência do batom alaranjado Na coletiva de apresentação de Joia Rara, nova novela das 18h da Rede Globo, a atriz Mariana Ximenes surgiu com uma maquiagem leve, mas com toque de tendência: olhos suaves e batom laranja. A cor é uma das apostas para a próxima temporada. O batom que ela escolheu usar tem cobertura seca e combinou com a pele da atriz. “Nos olhos, Mariana usou uma sombra nude no côncavo, fez um traço fino de delineador e finalizou

com máscara para cílios, bem simples”, fiz Fê Ronconi, expert em beleza do site Ela me disse. A pele também é bem leve com cobertura natural de base e um pouco de

blush neutro no alto das maçãs do rosto. Maquiagem perfeita para usar no dia a dia, para trabalhar ou almoçar com as amigas.

Adriane Galisteu investe em mechas coloridas para festa Cantora usa o acessório para compor um visual noite

Conforme a profissional, o lenço pode dar ainda um ar sexy ou romântico. Tudo vai depender da roupa. Ísis e Sophia, por exemplo, costumam usar com

peças clássicas e durante o dia. Anitta já prefere o acessório com shortinhos curtos, trazendo um ar moderno e ao mesmo tempo ousado.

A loiríssima Adriane Galisteu cansou do tom dos seus fios e resolveu inovar neste final de semana. Para não mudar a tonalidade ela investiu em apliques coloridos, para dar um up no seu visual. Os novos fios deram um ar mais descontraído ao seu look. A

apresentadora usou os apliques para o aniversário de um amigo e aprovou o resultado. “Foi uma ideia do Tiago Fortes (cabeleirerio de Adriane). Coloquei para um trabalho e acabei ficando para outro trabalho. Achei muito legal”, disse Galisteu em entrevista ao Ego.


GAZETA DE VARGINHA, 24/09/2013

16

ESPORTE

Boa Esporte perde para o Ceará no Melão e despenca na tabela Alvinegro chegou aos 35 pontos, mesma pontuação do Boa, porém com melhor saldo de gols PAKITO VARGINHA

Motivados por bons resultados no meio de semana, Boa esporte e Ceará ficaram frente a frente neste sábado pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Vovô não se intimidou com a pressão dos mineiros e venceu por 2 a 1 para confirmar a terceira vitória consecutiva na segunda divisão e a primeira como visitante. O primeiro gol do confronto saiu aos 24 minutos dos pés do veterano centroavante Mota. Ainda no primeiro tempo, Luiz Paulo deixou tudo igual para os bovetas, mas Léo Gamalho recolocou os cearenses em vantagem aos cinco da segunda etapa. Com o resultado, o Ceará (8º) chega aos 35 pontos, mesma pontuação do Boa Esporte (10º), mas fica na frente pelo me-

lhor saldo de gols. Na próxima rodada, a 25ª da competição nacional, o Ceará terá mais um compromisso longe de Fortaleza. Na terçafeira (24), às 19h30 (de Brasília), o time nordestino visita o Figueirense no estádio Orlando Scarpelli. Já o Boa Esporte só volta aos gramados às 21 horas de sábado (28) para encarar o ABC no Frasqueirão. O jogo Empolgado pelas duas últimas vitórias na Série B, o Vozão se sentiu em casa no Melão e precisou de um minuto para assustar. Ricardinho ganhou na raça, tabelou com Mota, invadiu a área e soltou foguete de esquerda para triscar no travessão. No lance seguinte, os mineiros responderam, mas Fernando Henrique espal-

mou o chute de Luiz Paulo. Aos 14 minutos, o goleiro alvinegro voltou a trabalhar duro em chute de fora da área do experiente Marcelinho Paraíba e, três minutos depois, em mais um arremate de Luiz Paulo. Se o goleiro resolvia na de-

fesa, o centroavante chamou a responsabilidade no ataque e, aos 24 minutos, Mota completou cruzamento de Marcos para abrir o placar. Os bovetas voltaram a pressionar, mas o time treinado por Sergio Soares bloqueava os espa-

ços com autoridade. Restando dois minutos para o final do primeiro tempo, entretanto, a retranca cearense foi furada e o alívio tomou conta da torcida do Boa. Marcelinho Paraíba cruzou na medida e Luiz Paulo, enfim, balançou as redes.

De volta dos vestiários, a equipe da casa manteve a empolgação em busca da virada e por pouco não anotou o segundo gol logo aos quatro minutos quando Juba carimbou o travessão. Na sequência, porém, quem marcou foi o Ceará. A zaga mineira afastou mal após cruzamento e o grandalhão Léo Gamalho colocou para dentro. Novamente em vantagem, o Vozão não se envergonhou em mandar o time para trás e aguentou a pressão sem riscos até os 35 minutos. Marcelinho Paraíba arriscou, Fernando Henrique espalmou para o meio da área e Luiz Paulo jogou para fora a última chance de empate para o time de Varginha, que por pouco não levou o terceiro em chute de Mota.

Para reagir na Série B, técnico Silas sinaliza mudanças no América-MG O América-MG não vence há três rodadas na Série B, e o técnico Silas já prepara mudanças para enfrentar o Avaí, no próximo sábado, no Independência. Recuperado de lesão na coxa esquerda, o atacante Nikão é o mais esperado pelo treinador para o time voltar a conse-

guir uma vitória. - O Nikão nos dará uma opção diferente. Estamos sofrendo muito com a falta de um jogador como ele, que segura bem a bola e tem muita explosão física – disse o técnico Silas, em entrevista no site oficial do América-MG. Nikão era titular com

o técnico Paulo Comelli, antecessor de Silas, mas se machucou. Agora terá de recuperar a posição. O jogador é uma alternativa de velocidade para o setor. Estreia Além de Nikão, o volante Magrão também pode atuar contra o Avaí,

fazendo a estréia pela equipe alviverde. Silas também aguarda pelo retorno do volante Claudinei e também dos atacantes Tiago Alves e Alessandro, que estão em fase de tratamento. O América-MG vem de dois empates e uma derrota. A equipe é a nona colocada com 35 pontos.

Gazeta de Varginha - 24/09/2013  

Edição 8.833

Advertisement