Page 1

TEMPO TEMPO

Máx: 33° / Mín: 19°

SEXTA-FEIRA

VARGINHA, 17 DE FEVEREIRO DE 2017

EDIÇÃO 9.666

Médico Varginhense eleito para diretoria do Conselho Regional de Medicina de Minas Luiz Henrique de Souza Pinto toma posse como Segundo Vice-Tesoureiro do Conselho Regional de Medicina de MG O médico varginhense, Luiz Henrique de Souza Pinto toma posse nesta sexta-feira (17) como Segundo Vice-Tesoureiro do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais. A solenidade acontece na sede da entidade, em Belo Horizonte, às 20 horas. Médico gastroenterologista, do Trabalho e de Tráfego, Luiz Henrique, está no CRM-MG há oito

anos. É a primeira vez, no entanto, que assume cargo na diretoria, trocada a cada 20 meses. O mandato no Conselho é de cinco anos. O CRM-MG é composto de 42 Conselheiros, sendo 21 médicos da capital e 21 médicos do interior. No Sul de Minas são seis conselheiros das regionais de Poços de Caldas, Alfenas, Passos, Itajubá, Pouso Alegre e Varginha. local/ página 04

Foto: Divulgação

Prefeitura de Varginha comunica readequação da linha 19 Transporte Coletivo Foto: Divulgação

local/ página 04

Varginha deve participar do Minas Esportiva Geração Esporte que vai promover o esporte

Médicos de Varginha são empossados na Sociedade Mineira de Reumatologia Foto: Divulgação

Semana da inserção acadêmica na Fadiva Foto: Divulgação

As Secretarias de Estado de Esporte (SEESP) e de Educação (SEE) assinaram semana passada, um acordo de cooperação para execução do Minas Esportiva Geração Esporte em escolas da rede estadual em 200 municípios. Com a assinatura do documento, o próximo passo é a abertura de um edital para seleção das cidades que contarão com os núcleos do programa. local/ página 05

PONTO DE VISTA

local/ página 03

Foto: Divulgação

local/ página 03

DEUS É FIEL página 09

Provérbios 18

gazetadevarginha.com.br

O justo em contraste com o perverso

gazetacomercial2@gmail.com

página 02

facebook.com/gazetavga


02 | GAZETA DE VARGINHA

PONTO DE VISTA

17 DE FEVEREIRO DE 2017

Palavras de Vida Provérbios 18 1 Busca satisfazer seu próprio desejo aquele que se isola; ele se insurge contra toda sabedoria. 2 O tolo não tem prazer na sabedoria, mas só em que se manifeste aquilo que agrada o seu coração. 3 Vindo o ímpio, vem também o desprezo, e com a ignomínia a vergonha. 4 Águas profundas são as palavras da boca do homem, e ribeiro transbordante é a fon-

O justo em contraste com o perverso te da sabedoria. 5 Não é bom favorecer o ímpio, e com isso, fazer o justo perder a questão. 6 Os lábios do tolo entram na contenda, e a sua boca brada por açoites. 7 A boca do tolo é a sua própria destruição, e os seus lábios um laço para a sua alma. 8 As palavras do mexeriqueiro são como doces bocados; elas descem ao íntimo do ventre.

9 O que é negligente na sua obra é também irmão do desperdiçador. 10 Torre forte é o nome do Senhor; a ela correrá o justo, e estará em alto refúgio. 11 Os bens do rico são a sua cidade forte, e como uma muralha na sua imaginação. 12 O coração do homem se exalta antes de ser abatido e diante da honra vai a humildade. 13 O que responde antes de ouvir comete

estultícia que é para vergonha sua. 14 O espírito do homem susterá a sua enfermidade, mas ao espírito abatido, quem o suportará? 15 O coração do entendido adquire o conhecimento, e o ouvido dos sábios busca a sabedoria. 16 Com presentes o homem alarga o seu caminho e o eleva diante dos grandes. 17 O que pleiteia por algo, a princípio

parece justo, porém vem o seu próximo e o examina. 18 A sorte faz cessar os pleitos, e faz separação entre os poderosos. 19 O irmão ofendido é mais difícil de conquistar do que uma cidade forte; e as contendas são como os ferrolhos de um palácio. 20 Do fruto da boca de cada um se fartará o seu ventre; dos renovos dos seus lábios ficará satisfeito. 21 A morte e a vida

estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto. 22 Aquele que encontra uma esposa, acha o bem, e alcança a benevolência do Senhor. 23 O pobre fala com rogos, mas o rico responde com dureza. 24 O homem de muitos amigos deve mostrar-se amigável, mas há um amigo mais chegado do que um irmão.

Empresariar: transformar esperanças em resultados Acredito que tudo na vida é muito simples, desde que, não deixemos para depois o que precisamos fazer hoje. O que deixa tudo mais difícil é o procrastinar, o deixar para amanhã, o adiar, o delongar. Esta ação além de não resolver nada, ainda deixa as soluções mais complexas, diminuindo significativamente qualquer produtividade. Gosto de ter em vista três princípios relacionados com o ato de cuidar, que quando somados levam ao aumento da produtividade: Administrar, ato de cuidar da operações transformadoras; Gerenciar, ato de cuidar de resultados transformadores; e Liderar, ato de cuidar de pessoas, seres humanos que tem esperança que a todo momento podem ser transformados. Esta ideia que a todo momento o empresário cuida de transformações e esperanças, faz com que as empresas ganhem valores intangíveis que às deixem mais humanas e muito mais produtivas. Trabalho com pro-

dutividade e aprendi ao longo destes vinte e poucos anos que não existe nada mais humano do que a produtividade, quando transformamos produção em produtividade, concretizamos, tangibilizamos nossas esperanças, somos desenvolvidos. Produzir nada mais é do que transformar algo. Ser produtivo ou ter produtividade é a produção direcionada para um resultado, para a esperança concretizada. E como brilhantemente explica o educador Paulo Freire e o filósofo Mário Sergio Cortella, esperança, vêm do verbo esperançar que significa: sonhar, definir o que se quer e como irá alcançar, é a força que nos torna resilientes, logo o verbo esperançar é antônimo do verbo esperar e sinônimo de gestão. Se reescrevermos o significado para a linguagem gerencial, esperançar seria: ter objetivos, traçar metas, planejar ações e implantar. Às vezes vejo times/empresas onde o artilheiro/vendedor é recordista em gols/ vendas, porém o time

não consegue vencer os campeonatos ou ter rentabilidade, isso porque produzir gol ou faturamento é só uma das inúmeras operações realizada por um ser humano, que leva primeiro para um resultado individual e depois quando somadas aos demais resultados das outras operações desenvolvidas por outros seres humanos, levam a produtividade. Na sua empresa não é diferente, conhecer cada operação, saber o que se faz, como faz e quais resultados precisam ser atingidos é indispensável para o aumento da produtividade. Cada colaborador precisa saber exatamente o que e quanto precisa produzir e entender a importância desta produção e as consequências desta conquista. Por exemplo, se em uma loja de varejo o vendedor só tiver na mente o quanto em valor financeiro precisa gerar, sem entender que este valor financeiro deve ser suficiente para pagar as despesas, pode ser que venda muito, porém mal,

dando descontos que não cobrem os compromissos da organização, muitas vezes, por exemplo, nem rentabilizando para pagar os custos do produto. As metas individuais precisam estar atreladas aos resultados reais da sua empresa, pois, caso contrário, a empresa para de se desenvolver e morre ou o time não chegará nem nas semifinais dos campeonatos. Diariamente, a cada partida, a cada dia, questionar, entender e ajustar as táticas e ações para o alcance do resultado final, é a tarefa do Empresário e quando esta meta vêm ao encontro com as esperanças pessoais dos indivíduos que produzem os resultados, fazemos com que a empresa pertença também aos seus sonhos e esperanças e neste lindo pertencimento todos ganham. Quando o empresário entende que a necessidade de Empresariar é a esperança de todos os envolvidos, uma vez que todos buscam rentabilidade, resultados positivos e produtivos

nas suas vidas, os negócios se transformam e passamos trabalhar em equipe para a conquista de um mesmo resultado, resultado este relevante para cada um de nós, não interessando quem somos: proprietários, investidores, acionistas, executivos, gestores, colaboradores ou parceiros... Não existe outra forma de atingir resultados, que não seja com o trabalho de to-

dos voltado para a conquista do um bem comum. Sejamos Esperançosos, tenhamos sonhos para que possamos definir como iremos trabalhar para conquista-los e assim nos encheremos de força que nos torna a cada dia mais resilientes. Luciana Rezende Abram - Especialista em Administração e Marketing pela FAAP; Graduada em Engenharia

Gazeta de Varginha Ltda CNPJ: 21.535.075/0001-47

Maria - CEP: 37022-560 – Varginha

Telefones (35) 3221-4668 (35) 3221-4845 (fax)

E-mail: gazetadevarginha@gmail.com (redação) gazetacomercial2@gmail.com (comercial)

Diário de circulação regional Horário de funcionamento: 8h às 18h Diretora administrativa: Ana Maria Silva Piva Jornalista responsável: Lanamara Silva (MTB: 8304 JP) Editor: Rodrigo S. Fernandes (Sindjori-MG: 312/99) Administração / revisão: Lanamara Silva Jornalista e superintendente de redação: Paulo Ribeiro da Silva Fernandes (MTB: 16.851) Endereço: Av. dos Imigrantes, 445 - Santa

Site oficial: www.gazetadevarginha.com.br gazetavga.blogspot.com.br ABRAJORI – Associação Brasileira de Jornais do Interior SINDJORI – Sind. Prop. De Jornais e Revistas do Interior ADJORI – Associação dos Jornais do Interior de Minas Gerais ADI – Associação dos Jornais do Interior de Minas Gerais A redação não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados, mesmo sob pseudônimos, que são de inteira responsabilidade de seus autores.


17 DE FEVEREIRO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA |03

LOCAL

Médicos de Varginha são empossados na Sociedade Mineira de Reumatologia Foi realizada no dia 14 de dezembro de 2016, a cerimônia de posse da nova diretoria da Sociedade Mineira de Reumatologia Foi realizada no dia 14 de dezembro de 2016, a cerimônia de posse da nova diretoria da Sociedade Mineira de Reumatologia (SMR) – biênio 20172018. A nova diretoria é composta por três médicos de Varginha: Dr. Ênio Ribeiro Reis (presidente), Dra. Maria Lucia Alvares de Azevedo Bahr (tesoureira) e Dr. Adrian Nogueira Bueno (secretário). Para Dr. Ênio, que esteve na vice-presidência da SMR no biênio 2015 a 2016, “a reumatologia de Varginha

Foto: Divulgação

se sente honrada em ter na sua diretoria três membros de nossa cidade. Isto se deve ao reconhecimento da força e união de nossos colegas locais em seu trabalho em clinicas privadas e através do

Centro Medico Varginha. Temos hoje no município, especialistas titulados e respeitados a nível estadual e nacional, várias vezes convidados a palestrar em congressos regionais e nacionais, presidindo

mesas e moderando debates da especialidade”. “Somos hoje o terceiro maior centro infusional de terapias biológicas a nível Brasil. Temos colegas reconhecidos e respeitados em todo território. Isto culminou com a indicação de colegas de Belo Horizonte para a formação de nossa chapa na Sociedade Mineira de Reumatologia na qual fomos eleitos. Estamos bastante comprometidos com a parte cientifica com a criação de um Centro de pesquisa em drogas

imunobiológicas, que já está em pleno funcionamento, beneficiando pacientes carentes com drogas gratuitas, exames e consultas médicas especializadas, sem custo aos pacientes selecionados nos estudos. Em breve teremos em Tiradentes, nossa Jornada Mineira em agosto de 2017, organizada e gerenciada por esta nova equipe”, concluiu o médico. O evento, que aconteceu na sede da Associação Médica de Minas Gerais em Belo Horizonte, contou com a presença da antiga di-

retoria da SRM, dos reumatologistas locais e familiares. Foram empossados: Dr. Ênio Ribeiro Reis (Varginha) - Presidente Dra. Viviane Angelina de Souza (Juiz de Fora) - Vice -Presidente Dra. Maria Lucia Alvares de Azevedo Bahr (Varginha)- Tesoureira Dr. Adrian Nogueira Bueno (Varginha ) Secretário Dra. Mariana Peixoto Ubirajara (Belo Horizonte) - Diretora Cientifica

CCI realiza exposição artesanal no Foyer do Teatro Capitólio em Varginha O Centro de Convivência do idoso, integrante da SEHAD, inaugurou no Foyer do Teatro Capitólio uma exposição do artesanato produzido pelas pessoas da Terceira Idade que frequentam e participam ativamente das ativi-

dades daquela unidade social. A exposição é composta por peças e objetos produzidos pelo CCI do Corcetti e do Barcelona, representados pelas artesãs Glória Batista Damasceno e Maria de Fátima Lima Silva. O CCI, coordena-

do pela fisioterapeuta Priscila Petrim, ingressa desta forma no âmbito da inclusão produtiva, resgatando a autoestima, talento e criatividade dos idosos, que o secretário da SEHAD, professor Francisco Graça de Moura prefere chamar

Ralph Mennucci Giesbrecht

Semana da inserção acadêmica na Fadiva Todo início de semestre, a Faculdade de Direito de Varginha promove a Semana da Inserção Acadêmica, com o objetivo de apresentar a instituição e todas as atividades relevantes por ela realizadas. Os alunos ingressantes reúnem-se no Sa-

lão de Eventos e lá, com a participação de professores e alunos voluntários dos projetos e outras atividades institucionais, bem como egressos e profissionais de destaque, participam da sensibilização e interatividade. "Assim como os pais que preparam todo o am-

biente para receberem seus filhos recém-nascidos, a FADIVA prepara a instituição e recepciona seus novos discentes com muito orgulho e alegria", comentou a Coordenadora de Extensão, professora Vania Maria Salgado Tibúrcio Mitidieri, anfitriã da segunda noite do

evento. A FADIVA agradece a participação de seus alunos veteranos no apoio à Inserção Acadêmica e deseja as boas-vindas aos ingressantes, bem como agradece a eles a confiança de seus estudos à esta instituição. Só faz Direito quem faz FADIVA!

Foto: Divulgação

de “Juventude Acumulada”. Colaboram na organização da exposição às servidoras Jeanne Medina, Poliana Ferreira e Priscila Petrim. A exposição estará aberta de segunda a sexta das 9h às 17h e no sábado das 9h às 12h.


04|GAZETA DE VARGINHA

LOCAL

17 DE FEVEREIRO DE 2017

Médico Varginhense eleito para diretoria do Conselho Regional de Medicina de Minas Luiz Henrique de Souza Pinto toma posse como Segundo Vice-Tesoureiro do Conselho Regional de Medicina de MG O médico varginhense, Luiz Henrique de Souza Pinto toma posse nesta sexta-feira (17) como Segundo Vice-Tesoureiro do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais. A solenidade acontece na sede da entidade, em Belo Horizonte, às 20 horas. Médico gastroenterologista, do Trabalho e de Tráfego, Luiz Henrique, está no CRM-MG há oito

anos. É a primeira vez, no entanto, que assume cargo na diretoria, trocada a cada 20 meses. O mandato no Conselho é de cinco anos. O CRM-MG é composto de 42 Conselheiros, sendo 21 médicos da capital e 21 médicos do interior. No Sul de Minas são seis conselheiros das regionais de Poços de Caldas, Alfenas, Passos, Itajubá, Pouso Alegre e Varginha.

A diretoria eleita tem os seguintes nomes: - Presidente: Fábio Augusto de Castro Guerra; - 1º Vice-Presidente: José Luiz Fonseca Brandão; - 2º Vice-Presidente: Cícero de Lima Rena; - 3º Vice-Presidente: Itagiba de Castro Filho; - Secretária Geral: Cláudia Navarro Carvalho; - 2º Secretário: José

Foto: Divulgação

Carvalho Gaspar; - 3ª Secretária: Giovana Ferreira Zanin; -Tesoureiro: Roberto Paolinelli de Castro; - 1º Tesoureiro: José Afonso Soares; - 2º Tesoureiro: Luiz Henrique de Souza Pinto. Corregedor: Alexandre de Menezes Rodrigues; Vice-Corregedor: Ricardo Hernane Oliveira; Vice-Corregedor: Geraldo Borges Junior;

Fundação Cultural lança Projeto Estação do Samba nesta sexta (17) A Fundação Cultural de Varginha, em parceria com o Grêmio Recreativo Escola de Samba Império da Serrinha – GRESIS, lança nesta sexta, 17/2, às 20h, na plataforma de embarque da antiga Estação Ferroviária, o Projeto “Estação do Samba”. A 1ª edição do Projeto contará com a participação dos músicos do grupo “Roda de Samba”, formado por amigos e associados do GRESIS. Na formação

Foto: Divulgação

os experientes músicos Dlley Venâncio no vocal e violão, Diogo no vocal e cavaquinho, Juninho, Robinho, Will Vieira e Deivinho na percussão. Segundo Everton Ribeiro, o “Tuquinha”,

Presidente da Escola de Samba Império da Serrinha, “nosso show será no formato de Roda de Samba, onde os músicos irão interpretar clássicos do samba de raiz de artistas consagrados

Prefeitura de Varginha comunica readequação da linha 19 do Transporte Coletivo Urbano

Foto: Divulgação

A prefeitura de Varginha e a Autotrans, comunicam a adequação do quadro de horário da linha 19 - Cidade Nova/ Imaculada, do Transporte Coletivo Urbano, que ocorrerá em caráter experimental já a partir

desta sexta-feira, 17, com a disponibilização de mais carros para atender aos usuários do Transporte., o que consequentemente resultará em um período menor de espera. Tal adequação se faz

necessária visando o melhor atendimento dos moradores dos bairros Sagrado Coração, Cidade Nova e região, com a maior frequência e regularidade nos bairros. Para completar o quadro já existente, foram disponibilizados os seguintes horários: Cidade Nova sentido Sagrado coração: 5h30/5h50 e 6h15 Rodoviária/Shopping/Centro sentido Sagrado Coração: 11h25/17h15/17h35 e 22h15.

como Bete Carvalho, Zeca Pagodinho, Roberto Ribeiro, Candeia, Noel Rosa, Cartola, Paulinho da Viola, Dona Ivone Lara, Demônios Da Garoa, Adoniram Barbosa, Fundo de Quintal, Benito de Paula, Agepê, Bezerra de Silva e muito mais, afirma Tuquinha. Já o Diretor da Fundação Cultural Leandro Acayaba comenta que foi uma honra concretizar esta importante parceria com a res-

peitada família da Império da Serrinha. “Queremos criar um evento que venha de encontro à vontade não só dos músicos, mas principalmente dos familiares e do público de todas as idades, no sentido de divulgar e fomentar nossa cultura de raiz e criar acima de tudo a oportunidade de lazer e de entretenimento cultural, e gradativamente ocupar nossos espaços públicos oferecendo ainda o acesso gratuito

aos Eventos culturais”, afirma Leandro Acayaba. Os músicos e grupos de samba interessadas em participar do projeto deverão, inicialmente, solicitar o cadastramento pessoalmente ou por e-mail, de segunda a sexta, no horário comercial na sede administrativa da Fundação Cultural na antiga Estação Ferroviária de Varginha, na Praça Matheus Tavares, 121, centro, telefone (35) 3690 2700.

PM recupera motocicleta em Varginha que havia sido roubada em Elói Mendes Em Varginha, na noite dessa segundafeira, 13, a Polícia Militar recuperou motocicleta que havia sido roubada na cidade de Elói Mendes. Após o recebimento de informações, repassadas por denúncia, uma equipe policial obteve êxito em localizar uma motocicleta Honda NXR Bros Laranja, em um matagal no bairro Ozanan, em Varginha. Durante consulta ao sistema informatizado foi apontado que o veículo seria produto

Foto: Divulgação

de um roubo ocorrido há algumas horas, na cidade de Elói Mendes. A moto foi removida ao

pátio credenciado do Detran para posterior restituição ao proprietário.


17 DE FEVEREIRO DE 2017

LOCAL

GAZETA DE VARGINHA | 05

Varginha deve participar do Minas Esportiva Geração Esporte que vai promover o esporte Secretarias de Estado de Esportes e Educação vão escolher 200 cidades para a implantação do projeto nas escolas estaduais As Secretarias de Estado de Esporte (SEESP) e de Educação (SEE) assinaram semana passada, um acordo de cooperação para execução do Minas Esportiva Geração Esporte em escolas da rede estadual em 200 municípios. Com a assinatura do documento, o próximo passo é a abertura de um edital para seleção das cidades que contarão com os núcleos do programa. Em cada município, será selecionada uma escola que atenderá 100 crianças de 07 a 15 anos com atividades esportivas e recreativas no contraturno escolar. Em Varginha, a Escola Estadual Wladimir de Rezende Pinto (Polivalente) tem quadras esportivas. Além disso, na cidade está sendo construído o Centro de Iniciação ao Esporte – CIE para cerca de 20 modalida-

gral”, completa.

Foto: Divulgação

des esportivas. Por tudo isso, cidade deve se candidatar. Para o secretário de Estado de Esportes em exercício, o varginhense Ricardo Sapi, a assinatura do acordo de cooperação reafirma a parceria da SEESP e da SEE, que já realizam juntas os Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG). “A execução do Geração Esporte neste novo formato, de forma cooperada, é importante

para ampliarmos a capilaridade das ações de fomento ao esporte de formação e mostrar para nossas crianças e adolescentes que a prática esportiva e os estudos se complementam. Nossa preocupação é, antes de tudo, contribuir para a formação de cidadãos comprometidos com o bem-estar e com a sociedade em que vivem”, finalizou. Já a secretária de

Estado de Educação, Macaé Evaristo, comemorou a parceria, que para ela é fundamental para fortalecer e expandir o atendimento à educação integral. “Temos que articular e pensar em outras parcerias para fortalecer o programa, com o objetivo de complementar as atividades no contraturno escolar naquelas escolas que ainda não contam com ensino em tempo inte-

Parceria tri partícipe Além das Secretarias de Estado de Esportes e Educação, os municípios que forem selecionados, por meio do edital, para execução do Geração Esporte, também integrarão a parceria, sendo responsáveis pela cessão do espaço para as atividades do programa. A SEESP fornecerá o material esportivo, os uniformes, além de viabilizar a qualificação técnica dos profissionais e fazer a coordenação geral da iniciativa, enquanto a SEE cederá seus professores de Educação Física para ministrar as aulas e fará o acompanhamento presencial das atividades. Quando foi criado, o Geração Esporte era promovido pela Secretaria de Estado de Esportes em parceria com municípios e ins-

tituições de ensino superior que contavam com curso de graduação de Educação Física. Entre 2011 e 2016 cerca de 63 mil crianças e adolescentes foram atendidos pela iniciativa. O acordo de cooperação assinado com a Secretaria de Estado de Educação marca o início de um novo formato do programa. O Geração Esporte O Programa Minas Esportiva Geração Esporte tem como objetivo promover o esporte nas suas diferentes dimensões, através das várias modalidades, para que a criança ou adolescente desenvolva sua trajetória esportiva, incorporando em sua formação integral os valores do esporte, favorecendo para que se tornem jovens protagonistas nas suas comunidades.

Seduc promove formação para educadores da rede municipal de Varginha A Secretaria Municipal de Educação promoveu, na última segunda-feira, 13, na sede do Propac II, a formação “Transição Harmônica da Educação Infantil para o Ensino Fundamental”, voltada aos educadores da Rede Municipal de Ensino. A palestra foi minis-

trada por Eveline Massa Ribeiro, psicóloga e pedagoga formada pela Universidade Federal de Minas Gerais e Suelly Rodrigues Vítor da Silva, professora de Educação Infantil da E.M. Profª Helena Reis – CAIC II / Colégio Marista. Estiveram presentes, também, as co-

ordenadoras pedagógicas da SEDUC e cerca de 80 profissionais da rede municipal de ensino, professores do 1º ano do Ensino Fundamental, orientadoras educacionais e supervisoras pedagógicas. Entre os temas abordados no encontro estavam o perfil de saída

do aluno de cinco anos, as experiências que são vivenciadas pelas crianças, o acolhimento no ingresso no ensino fundamental 1 e as questões emocionais dos alunos. Para a coordenadora de Orientação Educacional da SEDUC, Gisele Mendes Alves, “esta é uma temática de gran-

de relevância e merece ser refletida pelos profissionais que trabalham com os alunos nesta eta-

pa tão importante, pois marca uma passagem muito significativa na vida das crianças”.

Foto: Divulgação


06 | GAZETA DE VARGINHA

REGIONAL

17 DE FEVEREIRO DE 2017

Estudo aponta aumento de até 13% na renda de produtores rurais em MG A safra de grãos em 2016 foi considerada rentável para muitos produtores rurais da região. Um estudo feito pela Universidade Federal de Lavras (Ufla) apontou que as boas cotações fizeram a renda do produtor subir em média quase 13%. De acordo com a pesquisa, o café, o milho e o feijão alcançaram preços recordes durante o último ano. O levantamento da Ufla mostrou que o feijão foi o produto com o preço mais valorizado. O grão teve um aumento médio de 79% com pico de 400%. Resultado que fez com que a saca chegasse a alcançar R$ 500. Já o café teve aumento de 5% em média com pico

de 25%. Em 2016, a saca do grão da bebida chegou a um valor recorde de quase R$ 600. Já o milho ficou em média 50% mais caro, com pico de 100%, sendo a saca negociada por R$ 55. “Vem de preços ruins no passado, o que desestimulou o processo produtivo, ou seja, diminuiu a oferta. Consequentemente a isso, teve também um problema climático, que foi a seca que afetou a produção. Então menos oferta desses produtos no mercado fez com que os preços se elevassem”, explicou Renato Fontes, professor de Economia Rural da Ufla. Ainda segundo a pesquisa, esse é o melhor re-

sultado apresentado nos últimos cinco anos. É o que comprova um produtor de feijão em Lavras (MG). Segundo ele, a lavoura de 400 hectares rendeu bons frutos. Em média, pela venda da saca do grão, ele conseguiu R$ 300. “Esse preço dá para pagar as continhas e contribui para que a gente

possa fazer uma reserva para uma emergência no futuro”, disse Luiz Otávio Viana de Sousa. Fato confirmado também por produtores rurais de Nazareno (MG). A saca de milho na última safra foi vendida, em média, por R$ 40. Valor que, segundo o produtor, contribuiu para que neste ano

a área de milho plantada dobrasse. “O produtor acaba retornando esse dinheiro extra para o campo. O produtor não deixa de investir em máquinas, não deixa de investir em fertilidade de solo. Então, acaba que o produtor retorna ele [o dinheiro] para o campo, isso gera

mais renda, gera mais emprego e o produtor acaba fazendo uma reserva para deixar para os anos difíceis. Porque a gente sabe que têm ano de seca, ano de chuva de pedra, então o produtor acaba equilibrando”, contou o produtor rural Evandro Ferreira. Com mais dinheiro circulando no campo, o setor da economia fica aquecido. “Para ele poder fazer os seus investimentos, pagar suas contas, superar as suas dificuldades e, consequentemente, consumir. E ele consumindo faz toda a economia crescer de uma maneira geral”, concluiu o professor da Ufa. Fonte:G1

Quatro startups do Inatel são selecionadas para programa de aceleração da FIEMG Toda empresa nascente precisa de apoio para se consolidar no mercado a atingir a tão sonhada escalabilidade, ou seja, o crescimento sustentável. É com esse objetivo que a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, criou o FIEMG Lab, programa que irá abraçar novos negócios de impacto e viabilizar a aceleração de todos eles. O Inatel, como um celeiro de novos negócios surgidos por meio dos seus programas de incentivo ao empreendedorismo e incubação, não podia ficar fora dessa inciativa. Quatro startups que integram o ecossistema de inovação da instituição foram selecionados para participar do programa. A Dágora, plataforma educacional de Social Learning, é uma delas. A empresa, que integra a Incubadora do Inatel, foi uma das participantes do

Seed, programa de aceleração que contou com empresas do mundo todo, e também do Bloombtech, programa de desenvolvimento estratégico voltado para empresas incubadas mineiras, no qual foi eleita uma das empresas mais mobilizadoras do Estado. Isso porque, além de manter a plataforma, a empresa também participa da organização de diversos eventos de caráter social, que tem mudado a realidade da cidade de Santa Rita do Sapucaí, onde está sediada. Duas startups que integram o Crowdworking Vale da Eletrônica, programa de apoio ao empreendedorismo e inovação desenvolvido dentro do Inatel pela Telefónica / Vivo, em parceria com a Ericsson, também foram selecionadas. A EasyFix, que desenvolve soluções para a gestão inteligente dos processos de manutenção de equi-

pamentos hospitalares, e a Skyll, criadora de um sistema para monitoramento dos sinais vitais e desempenho de atletas, terão a oportunidade de dar continuidade à jornada vivida no Crowdworking, ingressando na fase de aceleração proporcionada pelo Fiemg Lab. “Nesse início de ano nós finalizamos nosso MVP (Mínimo Produto Viável) e temos a intenção de colocá-lo em funcionamento em duas empresas do sul de Minas. A ideia é que as empresas testem e validem essa solução durante um mês. Agora com a aprovação para o programa de aceleração da FIEMG, temos um novo desafio. Nossa expectativa é que esse programa nos ajude a nos firmar como empresa e abra novas oportunidades de negócio”, afirma Larissa Rosa, uma das sócias da EasyFix. O projeto MoT –

Monitoring of Things, que acaba de ingressar no programa de Pré-Incubação do Inatel, integra os quatro representantes da instituição no Fiemg Lab. A ideia premiada na Fetin 2016 e apresentada na Campus Party deste ano, consiste em um sistema de monitoramento

de temperatura à distância, voltado para câmaras frias de conservação, utilizadas para armazenar vacinas, laticínios, alimentos e bebidas em geral. A partir de agora, as startups passarão por atividades de orientação para o amadurecimento

do time e do modelo de negócio. O programa será composto por quatro etapas e, ao final, os cinco negócios de maior potencial serão escolhidos para vivenciarem uma experiência de expansão acelerada com projeção internacional. Fonte:Inatel


17 DE FEVEREIRO DE 2017

REGIONAL

GAZETA DE VARGINHA | 07

Feira aponta investimentos do cafeicultor para ganhar eficiência e reduzir custos A Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas realizada pela Cooxupé confirmou a tendência do produtor de café do Sul de MG A 16ª edição da FEMAGRI – Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas realizada pela Cooxupé confirmou a tendência do produtor de café do sul de Minas Gerais, cerrado mineiro e da média mogiana do estado de São Paulo em investir em suas propriedades para ganhar eficiência e, assim, aumentar a rentabilidade e qualidade de vida – tema do evento deste ano. As expectativas da Cooxupé, cooperativa realizadora da feira, foram alcançadas: recorde de público com 38.249 mil visitantes compradores passaram pelo evento gerando entre os dias 08 e 10 de fevereiro um volume de negócios 36% mai-

Foto: Divulgação

or em relação à edição de 2016. As estimativas eram de até 35 mil pessoas e um crescimento nas negociações em 16%. “O resultado da feira deste ano comprova que mesmo com a situação pela qual o país vem passando,

nossos cooperados mantiveram o bom ânimo e não estão deixando de investir em soluções para que suas propriedades estejam cada vez mais modernas, ganhando em rentabilidade, sustentabilidade e qualidade de vida”, afirma o presi-

dente da cooperativa, Carlos Alberto Paulino da Costa. Vitrine de tecnologias e lançamentos das principais empresas do agronegócio brasileiro, a FEMAGRI apresentou para as famílias cafeicultoras novidades e soluções que aten-

dem a todos os tamanhos de propriedades, como uma ferramenta multifuncional, que possibilita ao cafeicultor utilizar uma mesma base e transformála em roçadeira, motopoda, podador de altura, aparador de cantos, motocultivador ou um derriçador; uma área de vivência, com refeitório e banheiros, adaptada em uma carretinha para atender as equipes de trabalho no campo; uma lavadora de alta pressão que utiliza etanol como combustível para o sistema de aquecimento da água; um despolpador de café, que reduz a zero o consumo de água, entre outras opções. O produtor encon-

trou na FEMAGRI as opções de financiar sua compra por meio de linhas de crédito bancário ou por meio da operação barter, em que o café é utilizado como moeda de troca para pagamento dividido em três anos. “O valor da saca tem como base o estabelecido pelo mercado de café. Consideramos uma opção bastante segura aos cooperados, pois ele aproveita o preço de hoje sem se preocupar com possíveis oscilações do preço dos próximos anos”, explica o superintendente de Desenvolvimento de Cooperado da Cooxupé, José Eduardo Santos Júnior. Fonte: Dino – Divulgador de Notícias

Ladrões são presos após perseguição policial e tiros na rodovia MG-050 Dois homens foram presos pela Polícia Militar na noite da última terça-feira (14), após serem perseguidos pelos militares na rodovia MG-050. Eles estavam numa caminhonete Ford Ranger, cor verde, e transportavam 22 baterias furtadas em torres de telefonia móvel da região. Houve vários disparos durante a perseguição e por sorte ninguém foi atingido. Os suspeitos

M.A.N., 37 anos, e D.D.C., 30, foram recolhidos ao Presídio de Passos. Segunda a PM, ao serem detidos eles confirmaram que haviam furtado as baterias na zona rural de Guapé e que a intenção era levá-las para a cidade de Franca (SP), onde seriam vendidas. Em poder deles ainda foram apreendidos cerca de R$ 1,8 mil em dinheiro e a caminhonete. Depois de serem

reconhecidos pelo funcionário de uma empresa que presta serviços para uma operadora de telefonia móvel, eles foram perseguidos desde o trevo da rodovia MG-050 com a avenida Juca Stockler até as imediações da divisa com o município de Itaú de Minas. Além de desacatar a ordem de parada dos policiais e fugir em alta velocidade, os criminosos ainda percor-

Foto: Reprodução Whatsapp

Segunda a PM, ao serem detidos eles confirmaram que haviam furtado as baterias na zona rural de Guapé

reram pela contramão de direção e por várias vezes jogaram a caminhonete sobre as viaturas. Após deixar a rodovia e entrar numa estrada vicinal, a caminhonete ainda derrubou uma porteira que estava fechada. M.A.N. e D.D.C. abandonaram o veículo e tentaram fugir a pé para o meio do mato, mas acabaram sendo alcançados e presos. Fonte: Passos News


08 | GAZETA DE VARGINHA

17 DE FEVEREIRO DE 2017

REGIONAL

Comerciantes terão que informar destinação correta do óleo para renovar alvará em Guaxupé A medida tem sido aprovada pela população, uma vez que minimiza consideravelmente os impactos ao meio ambiente A Prefeitura de Guaxupé, através da Vigilância Sanitária e Divisão de Meio Ambiente, passou a orientar os proprietários de estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços que utilizam óleos e gorduras de origem animal ou vegetal quanto ao descarte adequado do resíduo. Somente aqueles que fizerem o descarte de forma correta, através de Certificado de Coleta, conseguirão renovar o alvará do estabelecimento. A medida tem sido aprovada pela população, uma vez que minimiza consideravelmente os impactos ao meio ambiente. A Lei Municipal nº 2.342 está em vigor desde julho de 2015. Até então, a Vigilância Sanitária estava fazendo um trabalho de orientação aos estabeleci-

mentos comerciais: “Desde que a Lei entrou em vigor, passamos a orientar os proprietários dos estabelecimentos. Primeiramente quanto aos danos que o descarte incorreto do óleo e gordura trazem ao meio ambiente e depois apresentamos a forma mais simples, prática e fácil que é através de um coletor credenciado no Município”, explicou Marcelo Pedroza da Vigilância Sanitária. Para a diretora de Meio Ambiente, Rafaela Soares, o importante não é impedir a liberação de alvarás, mas sim, conscientizar o proprietário e responsável pelo estabelecimento, que a destinação correta do óleo e gordura traz inúmeros benefícios a ele e a população como um todo: “Quan-

do alguém descarta o óleo de forma incorreta, o dano ao meio ambiente é grande. Por isso, acredito que mais do que se preocupar com a não liberação do alvará, caso a pessoa não cumpra a lei, é imaginar as consequências que esse descarte incorreto trazem a ela, a família dela e a uma população inteira”, ressaltou. Certificado de Coleta é obrigatório Em Guaxupé, a única coletora autorizada e reconhecida pela Prefeitura é a Associação Anjos dos Rios – Preservação Ambiental localizada no Polo Industrial. O Certificado de Coleta, obrigatório para a renovação do alvará, só é emitido por esta Associação que há alguns anos vem trabalhando na preservação

Escolas de Poços de Caldas recebem novos equipamentos do Governo

Foto: Divulgação

Poços de Caldas recebeu do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE), novos computadores, projetores e impressoras para suas escolas estaduais. De acordo com o governo do estado, o município de Poços de Caldas está sendo contemplado com 78 com-

putadores, 10 projetores e 10 impressoras, beneficiando todas as escolas estaduais da cidade. A aquisição dos equipamentos é um investimento que tem o objetivo de qualificar o ensino no estado. “Nossos alunos e professores utilizarão os laboratórios de informática para realizarem ativida-

des que contribuem no desenvolvimento do aprendizado e do conhecimento”, disse o secretário de Estado de Governo, Odair Cunha. Ao todo, o Governo do Estado investiu mais de R$ 145 milhões e adquiriu 38.910 computadores, quatro mil projetores multimídia e 3.800 impressoras, que serão destinados às 47 regionais de Minas. A expectativa é que, até o final do ano, 95% das escolas estaduais tenham suas salas de informática montadas e em funcionamento. Além disso, 100% das escolas terão computadores para o setor administrativo. Fonte: Portal da Cidade de Poços

Foto: Divulgação

do meio ambiente. “Fazemos o cadastro do estabelecimento comercial ou industrial e periodicamente passamos para coletar o óleo ou gordura. Temos o compromisso como contrapartida de reali-

zar o plantio de árvores, ou seja, além de coletarmos o óleo, evitando que ele seja despejado em locais impróprios, ainda fazemos o plantio de árvores em várias regiões do município”, explica o presiden-

te da Associação, Domingos Augusto Beltrão. Segundo ele, o plantio já foi realizado no Polo da Moda, área do futuro Terminal Urbano, Parque Municipal da Mogiana, captação de água próxima ao trevo do Japy, entre outros locais. “Para dar a destinação correta do óleo ou gordura é simples”, disse Domingos. A Associação disponibiliza também o recipiente para que o comerciante possa armazenar o produto até que possa ser devidamente recolhido. Fonte: Jogo Sério

Agenda 21 & Cidadania BRIGADA DE INCÊNDIO & DEFESA CIVIL O crescimento contínuo da cidade, com destaque para construções prediais, requer uma atenção especial quanto à segurança da população e neste aspecto ressalto a importância da atuação da Defesa Civil e da Brigada de Incêndio. Temos como definição para a Defesa Civil ou proteção civil: “Conjunto de ações preventivas, de socorro, assistenciais e reconstrutivas destinadas a evitar ou minimizar os desastres naturais e os incidentes tecnológicos, preservar o moral da população e restabelecer a normalidade social.”. Composta por profissionais representantes da sociedade e presididas pelo Secretário Municipal de Obra, na maioria das vezes a atuação voluntária da equipe de Defesa Civil é registrada nos momentos de desastres naturais e calamidades dentre outros. Mas ela pode agir preventivamente de várias maneiras, como por exemplo, mapeamento de risco, palestras, conscientização, plano de contingência, treinamento da população etc. Brigada de Incêndio consiste em uma ou mais pessoas, podendo ser somente o síndico, que instruídas pelo Corpo de Bombeiro, assumem a responsabilidade pelas ações iniciais no caso de princípio de incêndio no edifício em que residem ou trabalham. Por lei os condomínios de prédios residenciais e comerciais devem dispor de pessoal habilitado para combater incêndio. No caso de ocorrência de incêndio, enquanto o Corpo de Bombeiros não chega ao local, o trabalho da Brigada de Incêndio é relevante para evitar que o fogo se alastre, preservando a segurança dos ocupantes e minimizando os possíveis danos. Consta na Lei nº 4.531 de 17.10.2006, referente à revisão da Lei do Plano Diretor Participativo de Varginha e dão outras providências, no seu Artigo nº 61 somente estas referência quanto à segurança: “A Segurança Contra Incêndio visa proteger residências, estabelecimentos, comerciais públicos e de serviços, áreas de estocagem e, principalmente, os incêndios florestais.” Entendo que diante da estrutura urbana de nossa cidade essa determinação pode ser complementada. Importante que sejam discutidas na revisão do Plano Diretor Participativo diretrizes para a implantação de Brigada de Incêndio e para atuação mais abrangente da Defesa Civil em nossa cidade de modo a ampliarmos os meios de segurança para a população. Engº Alencar de Souza Filgueiras Presidente do Fórum Agenda 21 Local Contato: agenda21. varginha@gmail.com


17 DE FEVEREIRO DE 2017

FATOS E VERSÕES raro encontrar reclamações quanto a falta de médicos de algumas especialidades no sistema público de saúde.

Hospital Regional Segundo plano Nesta semana o governador Fernando Pimentel (PT) esteve no Sul de Minas para fazer entrega de veículos à Polícia Militar. As cidades de Lavras e Pouso Alegre receberam a visita de Pimentel que passou rapidamente pela região. A entrega das viaturas é importante, todavia, o valor retornado ao Sul de Minas em viaturas policiais é uma “migalha” visto o absurdo volume de impostos que o Estado arrecada na região e em comparação às enormes necessidades da Segurança Pública, Saúde, Educação que o Sul de Minas carece. Pimentel passou longe de Varginha, onde fez várias promessas durante a campanha eleitoral de 2014 e depois sumiu! Algumas das vergonhosas promessas feitas por este governo estadual petista foram as obras das rodovias BR 491, que o Estado prometeu fazer sua duplicação no trecho de Varginha até a Rodovia Fernão Dias e as melhorias na MG 167, que liga Varginha a Três Pontas. As obras foram prometidas, o processo burocrático foi cumprido com projetos etc, todavia, na prática, nada foi feito! Ainda assim, o governo estadual e seus apoiadores como a deputada estadual do PT, Geisa Teixeira, ficam tentando criar engodos para dizer que o governo estadual está realizado obras. Percebe-se claramente que Minas parou e que os investimentos acabaram, visto que o Governo do Estado, ainda não mostrou a que veio! Além disso, no que diz respeito a Varginha, tanto o governador Pimentel, que aqui fez promessas, quanto o deputado federal Odair Cunha (PT) e a deputada estadual Geisa Teixeira (PT), que aqui tiveram milhares de votos, estão muito faltosos e não mostraram retorno a população local! A conferir se essa história vai mudar.

Contraditório O vereador Leonardo Ciacci (PP) entrou em contato com a coluna para esclarecer quanto à nota divulgada aqui na última quarta. Ciacci disse que não disputou a presidência da Câmara com o também pepista, Zacarias Piva. Disse, inclusive, que apoiou e pediu votos para Zacarias chegar à presidência do Legislativo municipal. O vereador e presidente do PP disse que ele e Zacarias Piva estão unidos no PP, juntamente com o deputado federal Dimas Fabiano (PP), para trabalhar por Varginha. Leonardo Ciacci disse ainda que embora tenha desejo de ser candidato a prefeito de Varginha, nunca houve proposta viável para tal desafio, embora seu nome sempre seja aventado pelas lideranças políticas locais. Perguntado sobre eventual candidatura do PP em 2018, Leonardo disse que é certa a candidatura de Dimas Fabiano a deputado federal, contudo, não sabe se o partido terá candidato a deputado estadual na cidade ou se apoiará uma dobradinha com outra legenda.

Saúde O médico ginecologista, aposentado da Prefeitura de Varginha e vereador, Fernando Guedes, requereu ao Executivo a relação de todos os médicos que atuam nas unidades básicas de saúde do município, com suas especialidades e locais de atendimento. É sabido que os médicos costumam “trabalhar corporativamente na proteção da categoria”. Todavia, tendo em vista que já se aposentou e conhece bem os “meandros e malandragens” mais comuns de alguns servidores públicos, espera-se que o vereador vá pegar a tal relação requerida ao Executivo para cobrar efetiva presença dos médicos nos locais de trabalho. Bem como cobrar a eficiente distribuição de profissionais de saúde no sistema municipal, a fim de não sobrecarregar os postos de saúde da periferia, sempre com poucos profissionais, além de conferir e cobrar a contratação e destinação dos especialistas médicos para atendimento nos locais certos! Não é

O Hospital Regional do Sul de Minas (HRSM) passou, recentemente, por uma crise financeira que culminou em uma greve dos médicos que prestam serviço à entidade. Com 96 anos de história, o hospital é um dos mais importantes centros de saúde da região. A situação foi contornada em um acordo fechado entre a instituição e o Sindicato dos Médicos ainda no final de 2016. O Conselho de Administração anunciou como Diretor Técnico o Dr. Vismário Freitas, cirurgião cardíaco e angiologista de grande reconhecimento na região. Com 30 anos de profissão, o médico tem experiência na direção de hospitais, inclusive do próprio Regional. O Dr. Vismário atuou como diretor presidente do Hospital Humanitas Unimed, como diretor clínico e diretor geral dos hospitais, Bom Pastor e Regional, e até mesmo presidiu o Conselho Diretor do HRSM por dois anos. O médico que é filiado ao PMDB também criou o Minas Cardio, instituto de intervenção cardiovascular que trabalha em parceria com o Regional, que gerou grande expansão dos serviços nessa área para a entidade. O novo diretor técnico alerta que o momento difícil pelo qual o HRSM passou no final de 2016 está contornado, mas ainda exige atenção, uma vez que será preciso cumprir todos os compromissos assumidos nas negociações. Hoje, o Conselho Administrativo tem Paula Andreia Direne como presidente e Rogério Bueno como administrador geral do hospital.

Exportações do agronegócio crescem 29,2%, café se destaca A receita das exportações mineiras do agronegócio, em janeiro, somou US$ 588,4 milhões. Esse valor é 29,2% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. A participação do agronegócio na pauta das exportações mineiras representou 27,7% do total das exportações estaduais, que somaram US$ 2,1 bilhões. As informações foram analisadas pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) com base em dados do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Em relação às receitas obtidas, os produtos que registraram maior crescimento em janeiro foram açúcar, totalizando US$ 50,4 milhões (+61,9%); carnes, que alcançaram US$ 76,9 milhões (+34,1%); e o café, que totalizou US$ 334,7 milhões (+28,4%). Principal produto do agronegócio do estado, o café apresenta tendência de aquecimento nos preços neste ano. A safra 2017 terá volume inferior devido à bienalidade negativa (característica da cultura que alterna safras altas e baixas). Os principais países importadores do agronegócio do estado no período foram Alemanha, totalizando US$ 82,7 milhões e 14,1% do volume exportado; EUA, que registraram US$ 63,8 milhões (10,8%); China, com US$ 48,3 milhões (8,2%), e Itália, alcançando US$ 42,4 milhões (7,2%). Estes cinco países representam 40,3% do total exportado.

Sem noção!!! Nos Legislativos do Brasil afora vemos os mais variados e absurdos pedidos e indicações feitas por vereadores, deputados e até senadores da República. São em sua maioria pedidos sem qualquer conexão com a realidade das ruas, ou fora de sintonia com o que o povo pensa ou deseja. Muitas vezes, estes pedidos absurdos são barrados pela Justiça ou mesmo pelo próprio Legislativo, com medo da reação popular, que se encarrega de eliminar alguns destes casos. Na maioria das vezes os pedidos ou indicações legislativas originam de legisladores inexperientes e sempre beneficiam uma pequena parcela da sociedade, quando não beneficiam diretamente os autores dos pedidos ou seus parentes. Em Varginha o vereador Marquinho da Cooperativa, do PRB, solicitou à Prefeitura de Varginha para conceder auxílio-transporte aos familiares de presos que não têm condições de custear passagens para a realização de visitas.

GAZETA DE VARGINHA | 09 Em que pese a “tamanha generosidade do edil para distribuir o escasso dinheiro público aos parentes de presos, talvez fosse o caso de se priorizar, primeiro, o auxílio aos parentes das vítimas dos presos que passam pelo mesmo problema de falta de recursos para o transporte ao visitar o parente estuprado, baleado ou esfaqueado em hospitais, ou mesmo os muitos trabalhadores carentes que não têm recursos para o transporte, e ainda assim sustentam o país e pagam o salário dos vereadores. Quem sabe o edil poderia, primeiro, pensar nos muitos estudantes que, ao invés de roubar e matar, buscam se graduar nos estudos e também não possuem recursos para o transporte coletivo”. Não se sabe a razão do edil se preocupar primeiramente com os presos que traficaram, assaltaram, estupraram, etc, e seus parentes, antes de se preocupar com o restante da população trabalhadora e vítima da violência. Talvez, fosse o caso do edil conversar com seus pares, a fim de redefinir suas prioridades e repensar seus pedidos em plenário!

Segurança Pública A Guarda Municipal tem encaminhado relatórios à imprensa com ações realizadas pela tropa. A corporação mostrou importantes ações realizadas na área de meio ambiente, fiscalizações, combate a violência, vigilância aos prédios públicos e atuação no trânsito. Em que pese a intensa atividade da Guarda Municipal neste começo de ano, há integrantes da instituição que dizem que a Guarda estaria atuando com menos de 50% de sua capacidade e potencial. Há muito a ser revelado quanto à eficiência do sistema de vídeomonitoramento, que custou muito caro e não tem a qualidade esperada, além de não estar completamente pronto. Dizem, inclusive, que a obra do vídeomonitoramento, até hoje não teria o devido “habítse”, ainda assim foi inaugurada. Não se tem registro da qualidade das imagens do sistema no período noturno, que seriam péssimas, mesmo tendo se gastado expressivo valor na compra das câmeras. Veremos se o Executivo irá responder com “sinceridade” os questionamentos do Legislativo quanto ao projeto. A conferir!

Evolução e independência do Carnaval? No próximo domingo (19) será promovida uma Feijoada Beneficente em prol da Associação de Blocos de Rua de Varginha. O evento começa às 11h, na Associação Operária de Varginha e o valor do ingresso é R$ 15,00. A renda arrecadada será revertida para custear a regularização da Associação de Blocos de Rua. Será que as escolas e blocos de Carnaval estão acordando para realidade de que precisam se organizar e promover ações para arrecadar recursos para garantir a realização de um bom desfile de Carnaval? Será que a grande cadeia produtiva do Carnaval despertou para a realidade de que não é mais possível que o Poder Público banque sozinho as festas de Momo?

Gabinete de Gestão Integrada Municipal O vereador Delegado Celso solicitou a realização de uma Audiência Pública na Câmara de Varginha. O assunto a ser discutido é a reativação e o empoderamento do Gabinete de Gestão Integrada Municipal - GGIM. A segurança pública é, sem dúvida, um dos problemas que mais preocupam a população por causa do índice de ocorrências que ultimamente estão sendo registradas. “O GGIM tem como principal objetivo promover a segurança do nosso Município e possibilitar o intermédio com o Estado e a União para adesão de programas de Segurança Pública. Com certeza é um canal eficaz de conexão de todos os órgãos de segurança pública das três esferas de governo que atuam em um município. Mais que o retorno do Gabinete de Gestão Integrada da Segurança Pública, precisamos buscar sua atuação eficiente, pois ainda não temos a integração esperada entre Guarda Municipal e Polícias Militar e Civil. Além disso a Polícia Federal está completamente distante destas ações e se mantém apática às iniciativas municipais. A conferir!

RODRIGO SILVA FERNANDES é advogado e articulista político da Gazeta de Varginha as quartas e sextas. Email: rodrigogazeta@bol.com.br


10| GAZETA DE VARGINHA

REGIONAL

17 DE FEVEREIRO DE 2017

Rede de Notícias do Sindijori MG e AMJ Otimismo marca primeiro dia da Fenova A maior feira de calçados de Minas Gerais, a Fenova - Feira de Calçados de Nova Serrana chega à sua décima nona edição reunindo mais de 200 marcas e deve movimentar mais de R$ 30 milhões. É esperado um público de 3 mil visitantes durante os três dias de evento. A solenidade de abertura reuniu lojistas, empresários e autoridades, no dia 13/02, no Centro de Convenções de Nova Serrana. O presidente do Sindinova, Pedro Gomes da Silva, reforçou a importância da feira para o polo. Para o presidente do Sistema Fiemg, Olavo Machado Junior, esse é o momento de superar a crise econômica, política e ética pela qual passa o Brasil. (Ascom Fiemg) Juiz aboliu uso de terno e gravata em audiências O juiz titular da 8ª Vara Cível de Juiz de Fora, Sérgio Murilo Pacelli, aboliu o uso de terno e gravata em audi-

ências presididas por ele até o fim de março. A principal justificativa para a medida foram as altas temperaturas. O objetivo é preservar a saúde de todos, não havendo qualquer desmerecimento do uso de terno e gravata nas audiências. A OAB Subseção Juiz de Fora irá requerer ao juiz diretor do Foro, Paulo Tristão Machado Júnior, que a medida também se estenda às demais varas da Comarca. (Tribuna de Minas). Produtores denunciam que importação de leite Produtores de leite de Uberaba denunciaram importação ilegal de leite em pó no ano passado. Lideranças do setor posicionaram ao ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que a situação derrubou o preço do produto nacional e resultou em prejuízos para os fazendeiros. De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Uberaba, Romeu Borges, os produtores aguardavam a recuperação do preço do leite para compensar

o aumento dos custos de produção causa da alta do milho e da soja. No entanto, a entrada do leite em pó importado causou transtornos à cadeia produtiva. "Os custos não diminuíram e o leite baixou muito preço, quando a gente começaria a sair do sufoco", reforça. (Jornal da Manhã). Zona da Mata recebe incentivo para piscicultura Depois de ser instituída cidade "Pólo em Excelência em Piscicultura Ornamental da Zona da Mata", Muriaé vai representar toda a região frente cenário estadual e nacional. A diretora da Secretaria de Estado de Agricultura, Ana Carolina Castro Euler, manteve encontro com a administração municipal para alavancar a parceria da Prefeitura com o Governo do Estado e ambos incentivarem a nova economia em ascensão. (Jornal de Muriaé) Manhuaçu sedia Campeonato de Tiro Esportvo Vários clubes no

Brasil, que são homologados pela confederação brasileira, realizaram no último final de semana a 1º Etapa do Campeonato Brasileiro e Campeonato Mineiro de Tiro Esportivo. Manhuaçu é o polo regional de atletas tiro esportivo do Leste de Minas, sendo a única cidade que possui o stand de tiros homologado apto a realizar essa etapa. Vários atiradores de Manhuaçu conquistaram pódio nos campeonatos mineiro e Brasileiro deste final de semana com destaque para a Brenda, de apenas 12 anos - ficou em 2º lugar do Brasileiro na categoria Juvenil. (Diário de Manhuaçu) Fumacê circula pelas ruas de Valadares O combate ao Aedes aegypti está sendo intensificado pelas ruas de Valadares. É que, além das instalações das armadilhas para monitoramento dos locais onde são encontrados os mosquitos infectados, que estão sendo feitas desde sábado (11), está circulando nesta semana o carro

UBV (Ultra Baixo Volume), mais conhecido como fumacê. Trata-se de mais um reforço na batalha travada contra o mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika, só que, neste caso, enviado pelo Ministério da Saúde. Por ter maior poder de alcance, o fumacê é utilizado para eliminar o máximo de mosquitos adultos já infectados com o vírus da dengue. (Secom Prefeitura) Falta de moedas prejudica comércio em Poços A falta de moedas no comércio de Poços de Caldas foi tema de reunião entre a Associação Comercial, Industrial e Agropecuária (ACIA) e representante do Banco Central. Segundo o presidente da ACIA, Márcio Roberto de Oliveira, é praticamente um consenso na cidade a reclamação sobre a falta de moedas. O representante do Banco Central, diz que a quantidade de cédulas e moedas no país é suficiente. (Jornal da

Cidade) Revitalização do DI de Araguari elege prioridades Representantes das instituições que compõem a governança local do Programa de Revitalização dos Distritos Industriais de Minas Gerais reuniramse na sede da Associação Comercial e Industrial de Araguari (ACIA). O encontro foi coordenado pela engenheira de produção Natália Moreira de Paoli, gerente de Distritos Industriais da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, e teve como objetivo debater e definir prioridades para o plano de ações do programa para o Distrito Industrial (DI) do município. Entre as proposições apresentadas e aprovadas na reunião destaca-se a inclusão nas ações iniciais do programa de revitalização, fazer gestão junto à Cemig para priorizar a definição de um plano de atendimento que venha suprir as reais necessidades das empresas do DI. (Gazeta do Triângulo).

Adolescente morre afogado em lagoa em bairro de Pouso Alegre, MG Um adolescente de 16 anos morreu afogado na tarde desta quarta-feira (15) em Pouso Alegre (MG). Segundo o Corpo de Bombeiros, Marcelo Henrique de Souza estava nadando com amigos em uma lagoa na Fazenda do Rosinha, próximo ao bairro Cidade Jardim, quando o incidente aconteceu. De acordo com os bombeiros, o garoto desapareceu na água por volta das 18h. Quando a equipe chegou, ele já havia sido resgatado pelo pai, mas já estava sem vida. O corpo foi encaminhado para uma funerária da cidade.

Rapaz é pego com cocaína e haxixe em blitz em São Gonçalo do Sapucaí Suspeito disse que receberia R$ 3 mil para levar droga até Salvador Um rapaz de 25 anos foi preso por tráfico de drogas na noite desta quarta-feira (15) na BR-381, em São Gonçalo do Sapucaí (MG). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, foram apreendidos cerca de 1 Kg de cocaína e 1 Kg de haxixe. As drogas foram encontradas durante fis-

calização de rotina em um veículo com placas de São Paulo que foi abordado na praça do pedágio localizada na altura do Km 871. Ainda de acordo com a PRF, o suspeito informou que estava levando as drogas de São Paulo (SP) e para Salvador (BA) e que receberia R$ 3 mil pelo serviço. As embalagens com

cocaina e as barras de haxixe foram encontradas escondidas sob o banco traseiro do carro. A vistoria foi feita depois que o motorista demonstrou nervosismo ao ser abordado pelos policiais. O suspeito foi detido e encaminhado para a Delegacia de Pouso Alegre (MG). Fonte:G1


17 DE FEVEREIRO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA | 11

MINAS

Gilson Reis entrega o cargo, e Kalil vai assumir interlocução com os vereadores A pressão feita por vereadores de Belo Horizonte surtiu efeito. Nessa quarta-feira (15), Gilson Reis (PCdoB) entregou o cargo de líder de governo na Câmara. Além disso, o prefeito Alexandre Kalil (PHS) resolveu assumir a interlocução com os parlamentares. Antes, esse diálogo estava sob a responsabilidade do viceprefeito, Paulo Lamac (Rede), que acumula a função de secretário de Governo. Os vereadores estavam insatisfeitos com a maneira como Lamac conduzia as negociações. Como o Aparte adiantou, os vereadores “pediram as cabeças” de Lamac e Reis. Além da queixa dos parlamentares sobre a falta de diálogo de ambos, a principal crítica feita ao vice era a de que ele estaria realizando nomeações políticas no Executivo. Interlocutores confi-

denciaram à coluna que, em um almoço com 13 parlamentares nessa quarta-feira (15), Kalil teria admitido que houve um erro nas negociações com a Câmara e afirmou que é ele quem cuidará desse diálogo. “Perguntaram ao prefeito se ele ia dar conta, por ser mais uma função, e ele disse que no Atlético ele visitava 400 conselheiros e aqui vai conseguir conversar com 41 vereadores”, afirmou um vereador em anonimato. Ainda segundo ele, Kalil não revelou se Paulo Lamac vai deixar a pasta de Governo, mas deixou claro que já deu um “puxão de orelha” nele. “Mostramos a nossa insatisfação com o Lamac por causa da falta de diálogo. A gente não conseguia marcar reuniões com os secretários porque era o Lamac quem decidia. Agora, o prefeito disse que até as demandas co-

munitárias é ele quem vai resolver”, completou. Outro parlamentar, que também pediu para não ser identificado, disse que, sobre as nomeações na prefeitura, o prefeito afirmou que nomeados puramente políticos serão exonerados. Professor Wendel (PSB), que também participou do almoço, considerou importante o gesto de Kalil de conversar com os vereadores. “Queremos diálogo, nun-

ca pedimos cargos, e o prefeito garantiu que vai dialogar”, explicou. Sobre a saída de Reis da liderança do Governo menos de um mês após assumir o posto, a assessoria da prefeitura afirmou que ele entregou o cargo Nessa quarta-feira (15) e que Kalil ainda não escolheu um substituto. Alguns vereadores já sugeriram Juliano Lopes (PTC) para o posto. De acordo com Reis, em um vídeo pu-

Comando da PM mineira nega greve da categoria A Polícia Militar de Minas Gerais informou nessa quarta-feira (15) que não há a possibilidade de paralisação da classe. “Não acreditamos nesse espaço (para paralisação) em Minas”, destacou o major Flávio Santiago, chefe da assessoria de imprensa da corporação. A declaração foi feita em referência à mobilização feita por cinco entidades de classe e três deputados, que nessa terça-feira (14) se reuniram e lançaram uma agenda de ações para cobrar reajuste de 20% dos salários e a volta do pagamento integral no quinto dia útil do mês. Segundo o major Flávio Santiago, a Polícia Militar mantém canal aberto com a tropa e vem fazendo com que ele seja

estendido ao governo do Estado. Ele ressaltou que o governo busca manter os direitos da corporação, inclusive, com vasta declaração sobre a importância de resguardar a classe militar. “Logo, entende a corporação que não temos espaço para qualquer tipo de paralisação em Minas Gerais ou a aceitabilidade disso pela tropa da policial militar”, destacou.

Apesar disso, por enquanto, está mantida a agenda de mobilizações divulgada pela Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais (Aspra). A primeira é a convocação de mulheres dos militares para uma reunião nesta sexta-feira (17) na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). No Espírito Santo, foram elas quem fecharam batalhões

– já que, pela Constituição, eles não podem fazer greve, com pena, inclusive, de prisão. A programação inclui ainda o lançamento da campanha “A segurança pública de Minas vai parar porque o governo está descumprindo a lei”. O objetivo é obter o apoio da população em caso de paralisação. A outra ação é uma assembleia da categoria em 7 de março. Se não houver acordo com o governo até lá, haverá greve, segundo o deputado estadual Sargento Rodrigues (PDT) e o presidente da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais (Aspra), sargento Marco Antônio Bahia. Fonte:Otempo

blicado no Facebook, alguns parlamentares acreditam que a relação “construída entre os Poderes tem que ser através fornecimento de cargos” e que Kalil “tem tentado inaugurar e buscar novas

formas nas relações entre os Poderes”, gesto que ele defende, mas que “diante da ofensiva de novos e velhos vereadores resolvi entregar o meu cargo”, afirmou ele. Fonte:Otempo

E D ITAL CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL PESSOA FÍSICA EXERCÍCIO DE 2017 A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA, em conjunto com as Federações Estaduais de Agricultura e os Sindicatos Rurais e/ou de Produtores Rurais com base no Decreto-lei nº 1.166, de 15 de abril de 1.971, que dispõe sobre a arrecadação da Contribuição Sindical Rural – CSR, em atendimento ao princípio da publicidade e ao espírito do que contém o art. 605 da CLT, vêm NOTIFICAR e CONVOCAR os produtores rurais, pessoas físicas, que possuem imóvel rural, com ou sem empregados e/ou empreendem, a qualquer título, atividade econômica rural, enquadrados como “Empresários” ou “Empregadores Rurais”, nos termos do artigo 1º, inciso II, alíneas “a”, “b” e “c” do citado Decreto-lei, para realizarem o pagamento das Guias de Recolhimento da Contribuição Sindical Rural, referente ao exercício de 2017, devida por força do Decreto-lei 1.166/71 e dos artigos 578 e seguintes da CLT. O recolhimento da CSR deverá ocorrer, impreterivelmente, até o dia 22 de maio de 2017, em qualquer estabelecimento integrante do sistema nacional de compensação bancária. A falta de recolhimento da Contribuição Sindical Rural – CSR, até a data do vencimento (22 de maio de 2017), constituirá o produtor rural em mora e o sujeitará ao pagamento de juros, multa e atualização monetária previstos no artigo 600 da CLT. As guias foram emitidas com base nas informações prestadas pelos contribuintes nas Declarações do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural – ITR, repassadas à CNA pela Secretaria da Receita Federal do Brasil - SRFB, remetidas, por via postal, para os endereços indicados nas respectivas Declarações, com amparo no que estabelece o artigo 17 da Lei nº 9.393, de 19 de dezembro de 1.996, e o 8º Termo Aditivo do Convênio celebrado entre a CNA e a SRFB. Em caso de perda, de extravio ou de não recebimento da Guia de Recolhimento pela via postal, o contribuinte deverá solicitar a emissão da 2ª via, diretamente, à Federação da Agricultura do Estado onde tem domicílio, até 5 (cinco) dias úteis antes da data do vencimento, podendo optar, ainda, pela sua retirada, diretamente, pela internet, no site da CNA: www.cnabrasil.org.br. Eventual impugnação administrativa contra o lançamento e a cobrança da Contribuição Sindical Rural - CSR deverá ser encaminhada, por escrito, no prazo de 30 (trinta) dias, contado do recebimento da guia, para a sede da CNA, situada no SGAN Quadra 601, Módulo K, Edifício CNA, Brasília - Distrito Federal, Cep: 70.830021 ou da Federação da Agricultura do seu Estado, podendo ainda, ser enviada via internet no site da CNA: cna@cna.org.br. O sistema sindical rural é composto pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil–CNA, pelas Federações Estaduais de Agricultura e/ou Pecuária e pelos Sindicatos Rurais e/ou de Produtores Rurais. Brasília, 17 de fevereiro de 2017. João Martins da Silva Júnior Presidente da Confederação


12| GAZETA DE VARGINHA

17 DE FEVEREIRO DE 2017

SAIBA SEUS DIREITOS

Plenário rejeita reclamação contra prisão preventiva de Eduardo Cunha O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) desproveu recurso (agravo regimental) e manteve, nesta quarta-feira (15), decisão do ministro Teori Zavascki (falecido) que negou seguimento à Reclamação (RCL) 25509, apresentada pela defesa do ex-deputado federal Eduardo Cunha contra a decretação de sua prisão preventiva pelo juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba (PR). Por unanimidade, os ministros seguiram o voto do relator do recurso, ministro Edson Fachin, no sentido do não cabimento da Reclamação, instituto jurídico que, de acordo com a Constituição da República, só é cabível para a preservação da competência do Tribunal e para a garantia da autoridade de suas decisões. Por maioria, o Plenário também negou pedido de concessão de habeas corpus de ofício. Na Reclamação, a defesa sustentava que a prisão preventiva violaria a autoridade das decisões do STF nas Ações Cautelares 4070 e 4175. O argumento foi o de que o Supremo não teria decretado a prisão requerida pelo procurador-geral da República com base nos mesmos fatos que fundamentaram o decreto do juí-

STJ e OAB acertam regras para sustentação oral de advogados após reclamações

zo de primeiro grau. Em novembro de 2016, o ministro Teori Zavascki julgou inviável a RCL 25509, observando que o pedido de prisão formulado na AC 4175 foi julgado prejudicado, uma vez que, com a cassação do mandato de Cunha, cessou a competência do STF para analisar o processo. Segundo Teori, não houve manifestação do Supremo sobre os requisitos da custódia cautelar, o que impede a utilização da reclamação para questionar suposta violação de decisão da Corte. Na sessão desta quarta-feira, o Plenário analisou agravo interposto pela defesa contra essa decisão. O ministro Edson Fa-

chin, que sucedeu o ministro Teori na relatoria do caso, reiterou os fundamentos da decisão que negou seguimento à Reclamação, destacando que, ao analisar as cautelares, o STF não se manifestou sobre os requisitos da prisão preventiva. Ele destacou trechos nos quais o relator anterior aponta como equivocada a conclusão da defesa de que o STF, ao não decretar a prisão, teria decidido pela ausência de motivos para a medida. “A defesa confunde ausência de análise de um pedido com ausência de motivos justificadores desse mesmo pedido”, citou. Fachin lembrou que, na condição de deputado fede-

ral, Cunha só poderia ter sua prisão decretada pelo STF em caso de flagrante de crime inafiançável, mas o juízo de primeiro grau não sofre dessa limitação. “É sempre diversa, sob o prisma das possibilidades jurídicas, a análise de cabimento de prisão preventiva de quem exerce mandato parlamentar em comparação com a análise, ainda que supostamente sobre o mesmo pressuposto fático, do cabimento da prisão preventiva contra quem perdeu o mandato eletivo”, explicou. A ausência de similitude entre as duas situações, segundo o relator, conduz à improcedência da reclamação.

Dr. Gustavo Chalfun

Drª. Patrícia Bregalda Lima

OAB/MG 81424 Rua Argentina, 535 Vila Pinto Tel: 3222-4801

OAB/MG 65099 Av Salum Assad. David, 70 - Santa Luiza Tel: ( 35) 3214-5051

gustavo@chalfun.com.br

Dr. Daniel Piva OAB/MG 81667 Delfim Moreira, 258, sala 201- Centro Varginha -MG Tel: 3222 2851

dapiva@ig.com.br

patriciabregalda@varginha.com.br

Após encontro com o presidente da OAB Claudio Lamachia, os ministros do STJ acertaram novas regras sobre a sustentação oral na Corte. O imbróglio começou com uma emenda regimental (25/16) aprovada na última sessão do ano do Pleno, fixando que os pedidos para defesa oral fossem feitos até dois dias úteis após a publicação da pauta. A OAB enviou ofício à presidente Laurita Vaz afirmando que tal medida afrontava o Estatuto da Ordem, o CPC/15 e feria a paridade de armas com o MP. Pelo que ficou acertado, os advogados terão preferência para as manifestações a partir da ordem de inscrições, que deverão ser requeridas de forma escrita. Basicamente, os ministros reforçaram que não haverá prejuízo ao direito dos causídicos para sustentação, e os pedidos para tanto serão aceitos até o início das sessões. Contudo, a preferência recairá sobre os que fizerem o pedido com antecedência.

No encontro ocorrido nesta terça-feira, 14, estavam presentes os ministros Herman Benjamin, Og, Salomão, Benedito Gonçalves, Raul Araújo, Sanseverino, Marco Bellizze, Assusete Magalhães, Sérgio Kukina, Regina Helena Costa e Gurgel de Faria, além da presidente e do vice Humberto Martins. A alteração regimental teve um motivo: os ministros pretendem ordenar o crescente número de requerimentos para sustentação oral, o que tem alongado ainda mais as sessões da Corte, prejudicando inclusive outros causídicos com processos em pauta. Na 1ª seção, que julga matéria de Direito Público, o ministro Herman relatou que muitos advogados de outros Estados acabam retornando sem verem os processos julgados: "Acabam desesperados, porque seus clientes não podem arcar com sucessivas passagens aéreas decorrentes dos adiamentos." Fonte:Migalhas.com

Dr. José Simplicio da Silva Filho OAB/MG 73.079 Praça São Pedro, 36, Vila Floresta Tel: ( 35) 3067-1070

ssimplicio@hotmail.com

Dr. Gustavo Pinto Biscaro

Dr. Vicente Lima Lorêdo

OAB/MG 106.276 Rua: Presidente Evaristo Soares. 255 - Vila Pinto Tel: (35) 3222-1049

OAB/ MG 84.176 20ª Sub-Seção Rua Maria Benedita, 63 -sala 106 - Vila Pinto 3223-5362/9988-3485

gustavopbiscaro@gmail.com

vicentelloredo@yahoo.com.br

Mande sua pergunta para gazetadevarginha@gmail.com


0 bi

17 DE FEVEREIRO DE 2017

BRASIL

GAZETA DE VARGINHA | 13

Maioria dos países descumpriu meta de reduzir analfabetismo, diz Unesco 139 países participantes de um levantamento de dados da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), só 39 (ou 28% do total) comprovaram ter cumprido a meta 4 do programa Educação para Todos, que previa a redução de 50% nos índices de analfabetismo até 2015. O Brasil está no grupo de 100 países que descumpriram a meta. Na terceira edição do Relatório Global sobre Aprendizagem de Adultos e Educação (Grale III, na sigla em inglês), divulgada nesta quarta-feira (15), a Unesco afirmou que, segundo as informações enviadas pelos países, o mundo tinha, em 2015, 758 milhões de

adultos sem capacidade de ler e escrever uma simples frase. Desses, 115 milhões são jovens, ou seja, tinham entre 15 e 24 anos de idade. Isso quer dizer que cerca de 85% dos analfabetos no mundo pertencem a gerações distantes de idades consideradas propícias para a vida escolar e, portanto, que oferecem mais obstáculos para a aprendizagem. O documento se baseia em pesquisas de monitoramento respondidas por 139 estadosmembros da Unesco, “com a finalidade de elaborar um retrato diferenciado da situação global da aprendizagem e da educação de adultos (AEA)”. Segundo o relatório, foram avaliados os

progressos dos países que assinaram, em 2009, o Marco de Ação de Belém, que inclui propostas de políticas em três áreas: saúde e bem-estar; emprego e mercado de trabalho; e vida social, cívica e comunitária. Apesar do fracasso no cumprimento da meta, 85% dos países que participaram do levantamento dizem que “ a alfabetização e as habilidades básicas eram uma prioridade principal de seus programas de aprendizagem e educação de adultos”, e 46% deles disseram que “o investimento inadequado ou mal direcionado é um fator importante que impede a aprendizagem e a educação de adultos de causarem impacto maior na

saúde e no bem-estar”. Mulheres sofrem mais A falta de educação de qualidade para jovens e adultos afeta mais as mulheres do que os homens. Segundo o relatório da Unesco, “a maioria (63%) dos adultos com baixas habilidades de alfabetização é formada por mulheres”. Além disso,

os dados mostram que a taxa de meninas fora da escola é mais alta que a de meninos: uma em cada dez meninas (9,7%) não está na educação formal nos 139 países participantes da pesquisa, enquanto a taxa de meninos fora da escola é de 8,3%. O órgão afirma que “a educação é essencial

para a dignidade e os direitos humanos, e é uma força para o empoderamento” e que “a educação de mulheres também tem grandes impactos nas famílias e na educação das crianças, influenciando o desenvolvimento econômico, a saúde e o engajamento cívico de toda a sociedade”. fonte;G1

Crimes com mortes cresceram 43% no RN durante o mês de janeiro As mortes resultantes de crimes violentos intencionais aumentaram 43% no Rio Grande do Norte no último mês de janeiro, quando o estado enfrentava sua mais grave crise no sistema penitenciário, com chacinas de presos e fugas de detentos. As 210 mortes registradas em janeiro deste ano representam o pior resultado dos últimos quatro anos. Segundo dados da Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (Coine), da Secretaria Estadual de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), em janeiro de 2016 foram registradas 147 mortes decorrentes de homicídios, lesão corporal ou da ação repressiva policial. No mesmo mês de 2015, foram 154 ocorrências e, em 2014, 137. Os dados divulgados no site da secretaria in-

cluem os presos mortos por outros detentos no interior de unidades prisionais, como a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal. Nesse local, no dia 14 de janeiro, integrantes de facções criminosas rivais depredaram os pavilhões 4 e 5, assumiram o controle do pátio por vários dias e protagonizaram cenas de brutalidade e crueldade, levando o governo estadual a pedir a ajuda da Força Nacional de Segurança Pública e das Forças Armadas. Pelo menos 26 detentos foram mortos em Alcaçuz no dia 14 de janeiro. Nesse mesmo dia, o estado registrou a maior taxa de crimes violentos letais intencionais de todo o mês: 29 mortos, quase três vezes mais que as dez ocorrências diárias registradas em 19, 21 e 29 de janeiro, dias que dividem a marca de segun-

do pior resultado do mês. Como as autoridades estaduais ainda não deram por encerradas as buscas por presos mortos ou que escaparam da Penitenciária de Alcaçuz, o total de mortes relatadas pela secretaria pode ser maiores. Segundo a Secretaria estadual de Segurança Pública, o confronto entre organizações criminosas no interior dos presídios também repercutiu nas ruas. Mais da metade (51%) dos 210 crimes violentos letais intencionais registrados no período ocorreram em vias públicas. Além do mais, até o dia 14 de janeiro, data do início da rebelião em Alcaçuz, a média diária era de cinco mortes diárias. Após essa data, a média passou para 6,8. Quase a totalidade (96%) das vítimas era do sexo masculino. A maioria (36,5%) tinha entre 18

e 24 anos, era solteira (74%) e morreu em função de ferimentos causados por armas de fogo (79%). Os números da secretaria são semelhantes aos divulgados no início do mês pelo Observatório da Violência Letal Intencional do Rio Grande do Norte, ligado à Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa). Segundo o grupo de pesquisa, houve

pelo menos 206 mortes violentas no mês passado, o que torna o último janeiro o mais violento da história do estado. Para o coordenador do grupo de pesquisa, o sociólogo e professor da Ufersa, Thadeu Brandão, a guerra entre facções criminosas explica apenas parcialmente os números. Segundo Brandão, a taxa de homicídios vem crescendo em todo o es-

tado desde 2010, principalmente na Grande Natal e em Mossoró. De acordo com Brandão, esse fato tem várias causas. “Há o fator estrutural, que tem a ver com a manutenção da desigualdade que afeta principalmente a juventude. O sistema prisional não recebeu o investimento necessário e acaba apenas retroalimentando a criminalidade.


14 | GAZETA DE VARGINHA

17 DE FEVEREIRO DE 2017

EVANGÉLICA

Jesus - O mestre que cura Meus prezados e abençoados leitores em Cristo Jesus, no dia de hoje nós vamos falar sobre o médico dos médicos, especialista em restaurações, Aquele que é capaz de tudo, de levar-nos revestir do novo homem, segundo a imagem e à semelhança Daquele que nos criou. Para isso, meus amados amigos, por gentileza, vamos abrir a Palavra de Deus na Carta aos Colossenses, Capítulo 03 Três), tudo conforme abaixo transcrevemos, na íntegra: “1 Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. 2 Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra; 3 porque morrestes, e a vossa vida está oculta juntamente com Cristo, em Deus. 4 Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então, vós também sereis manifestados com ele, em glória. 5 Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a avareza, que é idolatria; 6 por estas coisas é que vem a ira de Deus [sobre os filhos da desobediência]. 7 Ora, nessas mesmas coisas andastes vós também, noutro tempo, quando vivíeis nelas. 8 Agora, porém, despojai-vos, igualmente, de tudo isto: ira, indignação, maldade, maledicência, linguagem obscena do vosso falar. 9 Não mintais uns aos outros, uma vez que vos despistes do velho homem com os seus feitos 10 e vos revestistes do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou; 11 no qual não pode haver grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bár-

baro, cita, escravo, livre; porém Cristo é tudo em todos. 12 Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade. 13 Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós; 14 acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição. 15 Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos. 16 Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruívos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração. 17 E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. 18 Esposas, sede submissas ao próprio marido, como convém no Senhor. 19 Maridos, amai vossa esposa e não a trateis com amargura. 20 Filhos, em tudo obedecei a vossos pais; pois fazê-lo é grato diante do Senhor. 21 Pais, não irriteis os vossos filhos, para que não fiquem desanimados. 22 Servos, obedecei em tudo ao vosso senhor segundo a carne, não servindo apenas sob vigilância, visando tão-somente agradar homens, mas em singeleza de coração, temendo ao Senhor. 23 Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para

homens, 24 cientes de que recebereis do Senhor a recompensa da herança. A Cristo, o Senhor, é que estais servindo; 25 pois aquele que faz injustiça receberá em troco a injustiça feita; e nisto não há acepção de pessoas.” Irmãos, através do passar dos anos, houveram muitos projetos de restauração de obras primas danificadas e ou deterioradas pelo tempo. De se notar que muitos dos projetos obtiveram sucessos, contudo outros nem tanto, tendo alguns, inclusive, mais danificado do que restaurado tais obras. Pois bem, espiritualmente falando, na Carta supra, de Paulo aos Colossenses, ele descreve um processo de restauração humana que é deveras, impossível no mundo das artes. É a restauração do Povo Santo de Deus. Assim Paulo escreveu: “não mintais uns aos outros, uma vez que vos despistes do velho homem com os seus feitos e vos revestistes do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou”. (v. 9/10). Prezados, percebam que não se trata de um projeto e ou tentativa de renovar e ou restaurar a obra de um artista já falecido. Na verdade, trata-se de um renovo sobrenatural partindo do Pai Celestial, do Deus Vivo, que nos criou e nos deu a vida em seu filho amado Jesus Cristo de Nazaré. Como sabemos, o seu perdão ativa as nossas vidas, enquanto a sua Graça Santificante amolda o traçado

Agradecimento

de seu propósito para nós. Ele nos amou primeiro e de verdade, e é fiel para cumprir integralmente o seu Plano de Salvação para nós. Concluindo, a tela de nossas vidas estão nas hábeis mãos de Nosso Deus, Senhor e Salvador, aquele que sabe perfeitamente quem, o que, como e quanto custa aquilo que amorosamente nos foi por Ele carinhosamente preparado e planejado, diga-se de passagem, plano este, rigorosamente em perfeita execução a tempos e modos devidos, cumprindo-se exatamente o Seu propósito para nós, sem prejuízo da nossa liberdade. (livre arbítrio). Queridos, para Deus, não importa o quanto estamos sujos e ou danificados pela nossa ação pecaminosa, pois sempre, para o Deus Eterno, será mais uma grande oportunidade de nos restaurar e renovar, e para nós, que ainda estamos vivos na carne, será tempo de esperança, de aceitarmos, sem pestanejarmos, o seu divino plano de salvação. Finalizando meus amigos, o Artista-Mestre, o Pai Celestial, o Deus Todo Poderoso, o Deus Eterno, o Único e Verdadeiro Deus, como sempre, está vivo e reina, e como sabem, trabalhando por e em nós amorosamente, renovandonos e refazendo-nos para nos apresentarmos segundo a imagem daquele que nos criou. E Glória a Deus por tudo isso! Na Paz do Senhor Jesus! Ministério Arca da Aliança! Dr. Simplício.

Cultos da Igreja Arca da Aliança em Varginha. Todas as Quintas, Sábados e Domingos às 19 horas e 30 minutos. Rua Orminda Vasconcelos, 465, Vila Floresta, CEP. 37004-350. Estamos esperando a sua visita!

O Senhor não é ausente, mas presente e amoroso. Ele não criou a Terra para ser o paraíso de pessoas entregues ao erro, as quais roubam, mentem, enganam e fazem mal ao próximo, ficando impunes. Sabendo que a perdição eterna será dolorosa, Ele é paciente e benigno com todos, a fim de caírem em si e deixarem o mau caminho. Se não ocorrer esse arrependimento, Ele terá de lançá-los no lago de fogo, preparado para o diabo e seus anjos (Mt 25.41). O Altíssimo observava Abraão, bem como seus compatriotas e os viventes de todas as partes. Deus o viu se destacar dos demais, fazendo o bem e não se envolvendo com a idolatria e feitiçaria. O patriarca dos hebreus procurava o Criador constantemente. Então, o Senhor o chamou para deixar a sua terra, sua parentela e a casa de seu pai e dirigir-se a um lugar que lhe seria mostrado. Ele obedeceu e partiu sem saber para onde iria. Quando Abraão estava em Canaã, o Altíssimo lhe apareceu e garantiu que daria aquela terra à sua semente. Se ele não tivesse ouvido o Senhor e ficado em Ur dos caldeus, por certo, Deus não o teria matado, no entanto, por essa falha, nada mais lhe teria sido revelado. Ele teria vivido normalmente; porém, ao morrer, teria visto que não desfrutara das maravilhas preparadas para os obedientes. Agora, não somente ele teria a bênção, mas também a semente dele. Do mesmo modo, com a vinda de Jesus, as promessas de Deus passaram a ser nossas e daqueles que des-

"Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu darei descanso a vocês. (Mateus 11:28)

cenderem de nós espiritualmente. Os nossos filhos naturais precisam aprender a ser nossos filhos espirituais. Se não nascerem de novo, tudo aquilo que aprendemos e recebemos do Pai não pertencerá a eles. Misericórdia, Senhor! Tão logo o Altíssimo apareceu a Abraão e disse que a terra seria de seus descendentes, ele construiu um altar a Deus. Toda vez que o Senhor lhe der o prazer de conduzir um filho à salvação, edifique um altar a Deus. Quando esse filho estiver com problemas, derrame-se perante o TodoPoderoso. É assim que devemos servir a Ele, orando pelas pessoas que tivemos o privilégio de levar até Ele. Jamais edifique um altar ao “deus” da tristeza por causa de um filho que se embrenhou no caminho tortuoso. Antes mesmo de ele entender o mundo ao seu redor, leve-o a Cristo e edifique um altar de agradecimento a Deus. Quando, algum dia, ele mostrar sinais de estar desviando-se das veredas da vida, vá a esse altar em favor dele e derrame o coração ao Onipotente, falando-Lhe tudo e seguindo as instruções da Palavra. Deus dará a terra onde Jesus pisou, o poder que Ele usou e a graça que estava sobre Ele para você e sua descendência. Nós somos a descendência do Mestre, bem os nossos descendentes, desde que sirvamos ao Altíssimo. Vigie e ore para nenhum dos seus se perder, pois, se isso acontecer, você poderá ser o responsável por tal perda. fonte:Ongrace


17 DE FEVEREIRO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA | 15

POLÍTICA

Operação da PF faz buscas e apreensões em investigação sobre Belo Monte lícia Federal deflagrou no início da manhã desta quinta-feira (15) uma operação, batizada de Leviatã, para cumprir mandados de busca e apreensão nas casas e escritórios de pessoas investigadas por propina na construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. A Leviatã se baseia em provas coletadas na Operação Lava Jato. Entre os alvos da operação, segundo a Polícia Federal, estão o exsenador pelo Pará Luiz Otávio e o filho do senador Edison Lobão

(PMDB-MA), Márcio Lobão. Os mandados da Leviatã, foram expedidos pelo ministro Edson Fachin do STF. As buscas estão relacionadas a um inquérito que corre no Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar pagamento, por parte das empresas do consórcio de Belo Monte, de 1% dos valores das obras da usina ao PT e ao PMDB. O ex-ministro do STF e antigo relator da Lava Jato, Teori Zavascki, morto em janeiro, havia separado investigações sobre corrupção setor

Foto: Divulgação

elétrico, o chamado eletrolão, da operação original. O inquérito sobre Belo Monte já estava sob relatoria de Fachin antes

mesmo de ele suceder Zavascki como relator da Lava Jato. Em abril de 2016, o ex-presidente da Andra-

de Gurtierrez Energia, Flávio David Barra, disse em depoimento na 7ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro que ne-

gociou pagamento de propina na obra de Belo Monte com o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, preso pela Lava Jato. Flávio disse também que recebeu indicação de fazer pagamentos também a Márcio Lobão, filho do senador que, na época, era ministro de Minas e Energia. "Tive conversas com Vaccari sobre Belo Monte, envolvendo o pagamento de comissão. Já o ministro Lobão indicou advogado do Maranhão, a quem fizemos alguns pagamentos em espécie

Cometi essa 'sandice', diz Delcídio sobre suposta ordem de Lula O senador cassado Delcídio Amaral (ex-PTMS, sem partido) reiterou nesta quarta-feira, 15, à Justiça acusações de sua delação premiada contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em depoimento de cerca de três horas, prestado à 10ª Vara Federal, em Brasília, ele disse ter sido uma ‘sandice’ procurar a família do pecuarista José Carlos Bumlai, supostamente a pedido de Lula, e pedir pagamentos com o objetivo de comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró, que considerava colaborar com a Lava Jato. O interrogatório de Delcídio foi no âmbito de ação penal que avalia se Lula e outros seis réus, entre eles o próprio exsenador, atuaram para obstruir as investigações da Lava Jato. O ex-congressista reiterou que numa reunião no Instituto Lula, em maio de 2015, na qual teria tratado com o ex-presidente a possibilidade de Cerveró comprometer Bumlai,

seu amigo, numa eventual delação. Lula teria pedido, então, para ele ‘ver essa questão do Bumlai’. Segundo Delcídio, a partir dessa ordem, foi montado um esquema por meio do qual a família de Bumlai pagou R$ 50 mil mensais de ajuda financeira a Cerveró. “Cometi a sandice de tomar essa atitude”, declarou. Delcídio foi preso em novembro de 2015, depois que o filho do exdiretor da Petrobrás, Bernardo Cerveró, o gravou numa conversa na qual revelava parte do plano para evitar a colaboração do pai e até financiar uma fuga dele para a Espanha. Depois disso, o ex-senador decidiu fazer sua própria delação e, então, implicou Lula. Delcídio admitiu que, na suposta conversa ocorrida no Instituto Lula, só estavam presentes ele e o ex-presidente, não havendo testemunhas. “Tive muitas conversas solitárias com o

presidente Lula”, explicou, acrescentando que muitas delas versavam sobre questões políticas, em geral. Delcídio contou que as tratativas com a família de Cerveró começaram no início de 2015 e que seu objetivo era evitar que seu nome fosse citado pelo ex-diretor, já que recebera dinheiro proveniente do esquema da Petrobrás para quitar, por exemplo, dívidas de campanha. Contudo, alegou o ex-senador, entre março e abril daquele ano, a imprensa divulgou informações sobre a delação de Fernando Soares, o Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB na estatal, que já dava conta de sua participação nas ilegalidades. A partir daí, explicou, a estratégia de se blindar de acusações de Cerveró perdeu um pouco de sentido. “O Fernando Baiano abduziu a delação de Cerveró”, disse. Mesmo assim, acrescentou Delcídio, foi levado adiante o plano para evitar a

colaboração de Cerveró, a mando de Lula. Conforme a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF), Bumlai obteve no Banco Schahin um empréstimo fraudulento de R$ 12 milhões, cujo real objetivo era custear despesas do PT. Como o empréstimo não foi pago, a Petrobrás foi usada para compensar o grupo credor, firmando com a Schahin Engenharia contrato de R$ 1,6 bilhão para operar o navio-sonda Vitória 10 000 . Questionado sobre o assunto, Delcídio declarou que a fraude era co-

nhecida por parte do meio político e entre pessoas que ajudaram a viabilizá-la: “Essa história das sondas do José Carlos Bumlai até a torcida do Flamengo sabia”. Delcídio também disse que, em meio à crise gerada pela Lava Jato, se reuniu com o ex-presidente no Instituto Lula em maio de 2015, juntamente com os senadores Edison Lobão (PMDBMA) e Renan Calheiros (PMDB-AL). O objetivo, segundo ele, seria formar um grupo de senadores para reagir às denúncias frequentes que surgiam na operação. Esse en-

contro é objeto de um inquérito em curso pelo MPF, que suspeita de que o episódio foi mais uma tentativa de atrapalhar investigações. Delcídio, que era líder do governo à época, explicou que havia um grupo no PT mais preocupado com os impactos da Lava Jato para o partido e o governo, no qual se incluía Lula. Outro grupo, alinhado com a então presidente Dilma Rousseff, acreditava que a operação chegaria ao fim e parte dos quadros da legenda sairia dela fortalecida. “Lamentavelmente, deu no que deu.”


16 | GAZETA DE VARGINHA

17 DE FEVEREIRO DE 2017

ESPORTE

Tribunal suspende o time Tricordiano do Campeonato Mineiro temporariamente Decisão foi tomada na noite de terça-feira (14) pelo Tribunal de Justiça Desportiva de MG por não pagar taxas de arbitragem O Tricordiano está temporariamente suspenso do Campeonato Mineiro. A decisão foi tomada na noite desta terça-feira (14) pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais (TJD-MG). O clube foi punido por não pagar taxas de arbitragem do estadual. Para se livrar da suspensão, o time terá que pagar multa de R$ 20 mil em até cinco dias. Segundo o presidente do clube, Gustavo Vinagre, informou por telefone, o Tricordiano já está tomando as medidas cabíveis e o clube vai re-

Foto: Lucas Soares

correr da punição estipulada. A próxima partida do Tricordiano pelo Campeonato Mineiro é contra o Tupi, em Muriaé (MG). O jogo

está marcado para as 18h neste sábado (18). No final da manhã desta quarta-feira (15), o Tricordiano divulgou um comunicado assinado pelo presi-

dente Gustavo Vinagre nas redes sociais. Confira: Bom dia, Como todo clube do interior, lutamos com dificuldade, porém

sempre procurando honrar os compromissos firmados. Na noite de ontem, tivemos ciência da decisão do Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais que suspendeu temporariamente o Tricordiano da disputa do Campeonato Mineiro de 2017 por não pagamento das taxas de arbitragem. Além da suspensão, fomos condenados a pagar uma multa no valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais). O Clube Atlético Tricordiano, ainda aguarda a publicação da decisão, mas por se

tratar de uma medida que contraria a legislação desportiva e sem nenhum amparo legal, tomaremos todas as medidas cabíveis para que ambas as decisões sejam revertidas Peço ao torcedor do GALO FURIOSO, que não desanime e continue nos apoiando como sempre fez! Sábado teremos mais uma batalha, desta vez contra o Tupi e contamos mais uma vez com o apoio da torcida mais fanática do interior. Um abraço, Gustavo Vinagre Fonte: Globo Esporte

Aniel Bonifacio pode ser o primeiro atleta Cristiano é vetado na Caldense e não de Varginha a disputar um mundial IBJJF viaja para enfrentar o América-TO Aniel Bonifacio pode se tornar o primeiro Varginhense a disputar um mundial nos Estados Unidos na faixa preta . O jovem Aniel Bonifacio, precisa de apenas 23 pontos para se classificar para a principal competição de jiu jitsu do mundo , que acontecerá na California -EUA, no final de maio deste ano. Aniel conquistou o primeiro lugar neste final de semana o BH Open que aconteceu no ginásio do Mineirinho pontos importantes para sua classificação

Foto: Lúcia Ribeiro

Atacante Cristiano; sai de maca contra América-MG

Cristiano está fora do jogo contra o Amé-

rica-TO. O atacante era dúvida na Caldense

após ter saído com dores ainda no primeiro tempo do jogo contra o América-MG e foi vetado pelo Departamento Médico para o confronto deste domingo (19), pela 4ª rodada do Campeonato Mineiro. O jogador participou de todas as partidas da Caldense até aqui, saindo no banco na primeira rodada e sendo titular nos outros dois jogos. Cristiano chegou a ser reavaliado nesta quartafeira, mas não foi liberado. Fonte: Globo Esporte


17 DE FEVEREIRO DE 2017

gazetadevarginha.com.br

GAZETA DE VARGINHA

LIGUE E ASSINE 3221-4668

(35) 2106-8100

1


GAZETA DE VARGINHA

gazetadevarginha.com.br

17 DE FEVEREIRO DE 2017

4


GAZETA DE VARGINHA

MEIO AMBIENTE

17 DE FEVEREIRO DE 2017

O piolho que está provocando um aumento vertiginoso no preço internacional do salmão arasita que mede pouco mais de um centímetro está causando estragos na indústria do salmão, fazendo com que o preço internacional do peixe suba vertiginosamente. Uma epidemia severa de piolhos do mar, ou piolhos de salmão, nas águas de Noruega e da Escócia, somada à proliferação de algas tóxicas no Chile - segundo produtor mundial depois do país nórdico provocaram uma redução de 9% na produção mundial em 2016. De acordo com analistas da indústria pesqueira, a produção deve continuar diminuindo na primeira metade deste ano por causa do parasita, que tem o nome científico de Lepeophtheirus salmonis. Segundo o jornal britânico The Guardian, a alta do preço de atacado chegou a 50% no ano passado. A infecção atinge várias espécies de salmão e peixes como o robalo, a tainha e o mero, e pode causar um prejuízo anual de mais de US$ 300 milhões (R$ 935 milhões). Mas de onde surgiu o parasita e por que ele parece estar afetando mais peixes? É importante lembrar que esses parasitas sempre existiram nos ecossistemas marinhos, onde não são necessariamente um pro-

2

blema. Ao grudarem no corpo do salmão, se alimentam do seu sangue, muco e barbatanas - um peixe adulto pode sobreviver com um ou dois piolhos presos a ele. Quando o salmão sobe o rio para desovar, os piolhos acabam morrendo, pois dependem da água salgada para sobreviver. "O problema aparece quando temos populações de salmão confinadas em sistemas de criação intensivos, onde há milhares de peixes", explica à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, o epidemiologista Fernando Mardones, professor assistente da Universidade André Bello, no Chile. Nessa situação, "o parasita se reproduz, cresce e acaba provocando um grande estrago nos peixes, porque se alimenta basicamente do seu sistema de

defesa, que é o muco." Com a defesa baixa, o salmão fica vulnerável a outros tipos de infecções. E, ainda que sobreviva, não será aprovado para o consumo humano caso tenha um determinado número de piolhos. Dawn Purchase, da Sociedade de Conservação Marinha do Reino Unido, compara a situação ao contágio por uma gripe. "Se você pega uma gripe e está só, ela vai afetar você apenas. Mas se você entra no metrô e viaja por toda a cidade, no fim da viagem haverá muita gente gripada." Desde os anos 1970, as indústrias de peixe buscam uma solução para o problema, mas até o momento nenhuma estratégia foi 100% eficaz. Um dos métodos para controlar o piolho é o uso de remédios na comida dos peixes, o que resulta num

problema adicional: a resistência do parasita a essas substâncias. "Apesar das tentativas de usar, na maioria dos casos, drogas antiparasitárias de forma responsável e de alternar os tratamentos, o piolho do salmão está ficando resistente", explica Daniel Merrifield, professor de saúde e nutrição de peixes da Universidade de Plymoutn, no Reino Unido, referindo-se ao caso do Chile. "E embora os órgãos reguladores adotem programas importantes de monitoramento, o desenvolvimento dessa resistência é o que torna o piolho do salmão ainda um problema", acrescenta o cientista. "Além disso, algumas das substâncias usadas são tóxicas para os peixes e, devido à sua ação, podem também ser venenosas para os crustáceos", continua. Mardones cita outra

forma de controle, que são os banhos com produtos semelhantes aos xampus usados em crianças com piolhos. Mas esse método pode ser estressante e levar o peixe a contrair outras doenças. O principal problema, diz o epidemiologista, é que o uso de produtos químicos afeta o meio ambiente e "pode causar um dano importante no fundo do mar, na fauna circundante e na qualidade das águas". Um método novo, que se apresenta como alternativa aos produtos químicos, é "o uso de peixes limpadores, que comem os piolhos", explica Merrifield. "Isso está acontecendo na Escócia e na Noruega, mas o êxito parece menor no Chile, onde é necessária uma espécie nativa de peixe limpador para cumprir essa função", explicou. De qualquer forma, "essa também não é uma solução perfeita porque aprisionar peixes limpadores silvestres para usar no salmão em cativeiro pode transformar o peixe limpador em transmissor da doença". Segundo Mardones, o problema não está controlado, mas melhorou bastante. No entanto, destaca, "o aumento da temperatura

dos mares está favorecendo a proliferação" do parasita. Carlos Sandoval, veterinário e histopatologista do laboratório Vehice, do Chile, concorda. "As temperaturas da superfície das águas oceânicas estão maiores por causa do aquecimento global e isso encurta o ciclo de vida do piolho. Segundo estudos que ainda não foram publicados, isso aumenta a população de parasitas na água", diz. Por outro lado, prossegue Sandoval, "o aumento da produção de salmão pode estar relacionada ao aumento dos parasitas, porque as águas precisam de um repouso sanitário". "Na Noruega, a produção de salmão aumentou de forma exponencial, chegando a quase um milhão de toneladas. No Chile, em 2016, as microalgas (Dinoflagelado pseudochattonella) do verão no Hemisfério Sul provocaram uma grande mortandade de salmonídeos. Isso levou a um controle natural da produção, que ficou em torno de 600 mil toneladas." Entretanto, os preços continuam em alta. Sendo assim, os amantes de salmão têm duas saídas: pagar mais pelo prato favorito ou procurar uma alternativa menos saborosa, mas mais barata.


17 DE FEVEREIRO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA

SAÚDE

Senado Federal aprova projeto que estabelece regras para pesquisas clínicas nado aprovou nesta quarta-feira (15), um projeto que prevê regras para a realização de pesquisas clínicas no país. O objetivo da proposta é acelerar a liberação de estudos para a elaboração de novos medicamentos. O texto, de autoria dos senadores Ana Amélia (PP-RS), Waldemir Moka (PMDB-MS) e do senador afastado Walter Pinheiro (sem partidoBA), segue para a análise da Câmara dos Deputados. O projeto cria uma legislação nacional para a realização de estudos, uma vez que, atualmente, o marco legal de pesquisas clínicas é constituído exclusivamente por normas infralegais do Conselho Nacional de Saúde. Os autores da proposta acreditam que, com a legislação, o tempo para a liberação des-

sas pesquisas poderá ser reduzido em razão da clareza das regras para a realização dos estudos. A senadora Ana Amélia, por exemplo, estima que o tempo de liberação da pesquisa, que hoje no Brasil é de 12 a 15 meses, poderá ser reduzido a até menos da metade, seis meses, com a proposta. De acordo com a proposta, a pesquisa clínica deve atender a exigências internacionais, éticas e científicas aplicáveis às pesquisas com seres humanos. Os estudos devem, segundo o texto, respeitar os direitos, a dignidade, a segurança e o bemestar do participante da pesquisa. Antes do início dos testes em humanos, o estudo do medicamento precisa estar embasado por avaliação “favorável” da relação risco/benefício para o participante da

pesquisa. O texto também prevê que a participação de humanos na pesquisa será voluntária, “mediante consentimento livre e esclarecido”. O laboratório deverá respeitar, segundo a proposta, a privacidade do participante, garantindo a preservação do sigilo sobre sua identidade. O projeto assegura ao participante da pesquisa a possibilidade de se retirar da pesquisa a qualquer momento. O texto prevê ainda que os procedimentos de pesquisa serão suspensos quando se evidenciar possibilidade de dano, invalidez ou morte do voluntário. A proposta também estabelece prazos para que os comitês de ética de pesquisa, responsáveis por acompanhar as pesquisas, elaborem parecer final sobre determinada pesquisa de medicamento para viabilizar

a liberação. O texto permite que a empresa ressarça gastos do voluntário, como transporte e alimentação, para participar das etapas da pesquisa. No entanto, o projeto veda a empresa de pagar para que a cobaia participe da pesquisa. A proposta ainda lista a série de documentos necessários para que uma pesquisa possa ser liberada. O projeto também MÓDULO I * Legislação em Saúde: direitos e deveres do profissional de saúde para com a profissão e o paciente.

R emodele seu atendimento odontológico com fundamentos da f isiologia hor monal hormonal otimizando seus trabalhos em cirurgias, implantes, ortodontia e estética

Hormônios na odontologia Autólogos para preenchimento (plasma rico em plaquetas e fibrina) Fios de tração, preenchimento e sustentação

Seis módulos mensais de três dias! Dra. Kennia Fernandes Botelho

É Jornalista, Cirurgiã Dentista, Pós graduada em Estética Restauradora, Modulação hormonal e Harmonia Facial Estética, Toxina Botulínica e Preenchimento Orofacial, Plasma Rico em Plaquetas, Fibrina Líquida Autóloga, Ozônio terapia, Fios de Sustentação Facial e Corporal, Bichectomia, Odontologia Biológica, empresária do ramo de educação em biossegurança e formação profissional de Auxiliares de Saude Bucal.

Evolua e Domine o ar senal utilizado na es tética Or ofacial de maneir a arsenal estética Oro maneira a incrementar sua prática clínica o que h á de melhor na odontologia Contato: drakennia@hotmail.com Vagas limitadas em Minas e São Paulo Telefone: (35) 98815-2913 Dra. Kennia Telefone: (11) 98635-8484 Dr. Ricardo Telefone: (35) 3222-5677 Sarah

Todo último final de semana de cada mês iniciando em Janeiro de 2017

* Terreno Biológico: conceitos e identificação do quadro vigente do paciente através de exames. * Interpretação de Exames: séricos e salivares. Como solicitá-los, quando e o que solicitar, e como analisa-lo passo a passo. * Dieta Inflamatória e Dieta Limpa. * Suplementação e Fitote-

desvincula os comitês de ética de pesquisa do Conselho Nacional de Saúde e os vincula ao Ministério da Saúde. Após uma longa discussão, os senadores aprovaram uma emenda (modificação ao texto) para garantir que o participante da pesquisa receba do laboratório, gratuitamente, o medicamento derivado dos estudos até que ele seja fornecido pela rede pública de saú-

de. O texto original previa que o medicamento seria fornecido no prazo de até dois anos da conclusão da pesquisa, mas, como o tempo para que um remédio seja disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde pode exceder esse limite, os parlamentares concordaram em aceitar a sugestão da senadora Vanessa Grazziotin (PC do B-AM). Fonte:G1

rapia no aporte da Modulação Hormonal.

do a superdosagem e as suas consequências.

MÓDULO II

MÓDULO IV

* Recobrando a Saúde do Corpo sob a ótica odontológica.

* Legislação em Estética Orofacial e a documentação necessária.

* Pâncreas, Tireoide, Adrenais, Estômago e Intestinos.

MÓDULO V

* Hormônios: tipos, vias, doses.

* Harmonização Facial com Fios de Sustentação e Tração, preenchimento com A.H. e Hibrido de Autólogos, Toxina Butolínica estética e facial na Odontologia.

* Quando, como e em quem usar? Desmistifican-

MÓDULO VI * Bichectomia.

MÓDULO III

Os Módulos são teóricos e práticos, proporcionando ao aluno a possibilidade de observar os resultados em tempo real, para análise de sequência de recuperação da saúde de seus pacientes, otimizando assim os seus resultados na clínica odontológica. Contato: drakennia@hotmail.com Telefone: (35) 98815-2913 Dra. Kennia Telefone: (11) 98635-8484 Dr. Ricardo Telefone: (35) 3222-5677 Sarah

Vagas limitadas em Minas e São Paulo

Todo último f inal de semana de cada mês iniciando em Janeiro de 2017

Gazeta de Varginha 17/02/2017  

Edição 9.666