Page 1

TEMPO TEMPO

Máx: 26° / Mín: 19°

SEXTA-FEIRA

VARGINHA, 13 DE JANEIRO DE 2017

EDIÇÃO 9.641

Philips inaugura fábrica de equipamentos médicos de alta tecnologia em Varginha A empresa Philips inaugura no dia 25 de Janeiro de 2017 a sua terceira fábrica no seu complexo industrial em Varginha A Philips inaugura no dia 25 a sua terceira fábrica no seu complexo industrial em Varginha. A empresa Philips Medical Systems Ltda se junta às duas coirmãs que estão em Varginha, a Philips Walita e a Philips Lighting. O protocolo de intenções foi assinado em dezembro de 2015. Nesta empresa serão produzidos aparelhos de alta complexidade da área médica, para diagnóstico por imagem, como Raios

X, Mamografia, Ultrassom, Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética, que serão comercializados para o Brasil e América Latina. A construção dos barracões e outras obras demandaram investimento da ordem de R$ 20 milhões. A previsão é da geração inicial de 140 empregos diretos para operacionalizar sua planta de alta tecnologia na área de equipamentos médicos. local/ página 03

Foto: Whatsapp

Homem morre em acidente no trevo de Varginha Foto: Divulgação

local/ página 05

Secretaria de Turismo investe na revitalização do zoológico de Varginha

Prorrogadas as inscrições para o concurso público da Polícia Militar Foto: Ilustrativa/ Divulgação

RENAVE vai dar mais segurança ao comércio de veículos novos e usados disponíveis Foto: PM

Foto: Divulgação

local/ página 04

Foto: Divulgação

Fotos: Divulgação

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) prorrogou para 21/1 o prazo de inscrição no concurso público para formação de soldados. Ao todo são de 1.350 vagas. As provas serão realizadas no dia 19/2, conforme cronograma. Para o tenente Cristiano Araújo a data foi prorrogada para que mais pessoas tenham a chance de participar. local/ página 04

PONTO DE VISTA

local/ página 03

DEUS É FIEL página 09

Salmos 141

gazetadevarginha.com.br

Oração vespertina por santificação e proteção

gazetacomercial2@gmail.com

página 02

facebook.com/gazetavga


02 | GAZETA DE VARGINHA

13 DE JANEIRO DE 2017

PONTO DE VISTA

Palavras de Vida Contra inimigos e perfídias

LIVRO V SALMOS 140

1 Livra-me, ó SENHOR, do homem mau; guarda-me do homem violento, 2 Que pensa o mal no coração; continuamente se ajuntam para a guerra. 3 Aguçaram as línguas como a serpente; o veneno das víboLIVRO V SALMOS 141

1 Com a minha voz clamei ao SENHOR; com a minha voz supliquei ao SENHOR. 2 Derramei a minha queixa pe-

ras está debaixo dos seus lábios. (Selá.) 4 Guarda-me, ó Senhor, das mãos do ímpio; guarda-me do homem violento; os quais se propuseram transtornar os meus passos. 5 Os soberbos armaram-me laços e cordas; estenderam a rede

ao lado do caminho; armaram-me laços corrediços. (Selá.) 6 Eu disse ao Senhor: Tu és o meu Deus; ouve a voz das minhas súplicas, ó Senhor. 7 Ó Deus o Senhor, fortaleza da minha salvação, tu cobriste a mi-

nha cabeça no dia da batalha. 8 Não concedas, ó Senhor, ao ímpio os seus desejos; não promovas o seu mau propósito, para que não se exalte. (Selá.) 9 Quanto à cabeça dos que me cercam, cubra-os a maldade dos

seus lábios. 10 Caiam sobre eles brasas vivas; sejam lançados no fogo, em covas profundas, para que se não tornem a levantar. 11 Não terá firmeza na terra o homem de má língua; o mal perseguirá o homem vio-

lento até que seja desterrado. 12 Sei que o Senhor sustentará a causa do oprimido, e o direito do necessitado. 13 Assim os justos louvarão o teu nome; os retos habitarão na tua presença.

Oração vespertina por santificação e proteção rante a sua face; expus-lhe a minha angústia. 3 Quando o meu espírito estava angustiado em mim, então conheceste a

minha vereda. No caminho em que eu andava, esconderam-me um laço. 4 Olhei para a minha direita, e vi; mas não havia quem

me conhecesse. Refúgio me faltou; ninguém cuidou da minha alma. 5 A ti, ó Senhor, clamei; eu disse: Tu és o meu refúgio, e a

minha porção na terra dos viventes. 6 Atende ao meu clamor; porque estou muito abatido. Livrame dos meus perseguidores; porque são

mais fortes do que eu. 7 Tira a minha alma da prisão, para que louve o teu nome; os justos me rodearão, pois me fizeste bem.

Apenas 4 em cada 100 brasileiros poupam para a aposentadoria – como mudar? É uma questão cultural. No Brasil, só 4 em cada 100 pessoas poupam para a aposentadoria. Em um levantamento feito pelo Banco Mundial em 143 países, o nosso está na 12º pior condição. O hábito de pensar apenas de forma imediatista precisa ser superado, dando espaço ao planejamento para curto, médio e longo prazo. Confira abaixo 6 orientações para mudar este comportamento. Com a reforma na Previdência, os trabalhadores precisam planejar melhor a sua aposentadoria. Muitos contribuem apenas para o INSS, mas essa futura renda, apesar de muito importante, não garante por si só tranquilidade aos brasileiros. Dentre os aposentados que continuam trabalhando, 46,9% o faz por necessidade e alega que a aposentadoria não é suficiente para pagar as contas e despesas pessoais, segundo pesquisa do SPC Brasil e da CNDL.

Reinaldo Domingos é doutor em educação financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin)

Por isso, são bastante recomendáveis o planejamento e a organização das finanças para conseguir poupar dinheiro desde já. Para tanto, é preciso tomar algumas atitudes: 1 - Pense no padrão de vida que deseja ter quando se aposentar e no que você tem feito para conquistá-lo. Garantir a sua tranquilidade e sustentabilidade financeira no futuro deve ser uma de suas prioridades hoje, em seu período produtivo de trabalho; 2 - Defina com quantos anos você deseja se aposentar e o

quanto quer receber mensalmente. Neste valor, considere as prováveis despesas, as atividades que deseja fazer e os sonhos que deseja conquistar no período; 3 - Entenda que para isso você precisa acumular um capital que renda o dobro do que deseja ter mensalmente. Por exemplo: caso deseje obter dessa aposentadoria privada R$ 2 mil por mês, seus investimentos precisarão render R$ 4 mil por mês. Assim, você saca metade e deixa a outra metade rendendo, para que o dinheiro se recapitalize e se preserve. Elaborei uma pla-

nilha que faz esse cálculo automaticamente, basta incluir suas informações. Acesse no link: http://www. dsop. com. br/arquivos-downloads/file/ calculo-de-aplicacaopara-independenciafinanceira ?id=1 4 - Comece a poupar todos os meses para atingir essa meta conforme o planejamento. Quanto mais cedo começar, melhor, pois poderá escolher uma estratégia entre ou poupar um valor menor mensalmente ou poupar um valor maior, ser mais agressivo e adiantar a conquista da independência financeira; 5 - Faça um diagnóstico financeiro por 30 dias, anotando todas as suas despesas, separando por categorias como alimentação, transporte, vestuário, educação, guloseimas, etc. Assim reconhecerá o seu comportamento financeiro e saberá quais hábitos pode mudar para diminuir ou eliminar despesas e conseguir poupar para a aposen-

tadoria. O sonho da independência financeira é algo que irá te mover e te motivar, mas além dele você pode estabelecer outros, de curto e médio prazo, e fazer poupanças diferentes. 6 - Invista o valor poupado para a independência financeira em fundos adequados para sonhos de longo

prazo, como Previdência Privada e Títulos do Tesouro Direto. Como essa é uma reserva muito importante, fruto de anos de trabalho, caso queira diversificar em investir em ações, é aconselhável destinar apenas cerca de 10% para essa modalidade, considerando o alto risco da aplicação.

Gazeta de Varginha Ltda CNPJ: 21.535.075/0001-47

Maria - CEP: 37022-560 – Varginha

Telefones (35) 3221-4668 (35) 3221-4845 (fax)

E-mail: gazetadevarginha@gmail.com (redação) gazetacomercial2@gmail.com (comercial)

Diário de circulação regional Horário de funcionamento: 8h às 18h Diretora administrativa: Ana Maria Silva Piva Jornalista responsável: Lanamara Silva (MTB: 8304 JP) Editor: Rodrigo S. Fernandes (Sindjori-MG: 312/99) Administração / revisão: Lanamara Silva Jornalista e superintendente de redação: Paulo Ribeiro da Silva Fernandes (MTB: 16.851) Endereço: Av. dos Imigrantes, 445 - Santa

Site oficial: www.gazetadevarginha.com.br gazetavga.blogspot.com.br ABRAJORI – Associação Brasileira de Jornais do Interior SINDJORI – Sind. Prop. De Jornais e Revistas do Interior ADJORI – Associação dos Jornais do Interior de Minas Gerais ADI – Associação dos Jornais do Interior de Minas Gerais A redação não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados, mesmo sob pseudônimos, que são de inteira responsabilidade de seus autores.


13 DE JANEIRO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA |03

LOCAL

Philips inaugura fábrica de equipamentos médicos de alta tecnologia em Varginha A empresa Philips inaugura no dia 25 de Janeiro de 2017 a sua terceira fábrica no seu complexo industrial em Varginha A Philips inaugura no dia 25 a sua terceira fábrica no seu complexo industrial em Varginha. A empresa Philips Medical Systems Ltda se junta às duas coirmãs que estão em Varginha, a Philips Walita e a Philips Lighting. O protocolo de intenções foi assinado em dezembro de 2015. Nesta empresa serão produzidos aparelhos de alta complexidade da área médica, para diagnóstico por imagem, como Raios X, Mamografia, Ultrassom, Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética, que serão comercializados para o Brasil e América Latina. A construção dos barracões e outras obras

demandaram investimento da ordem de R$ 20 milhões. A previsão é da geração inicial de 140 empregos diretos para operacionalizar sua planta de alta tecnologia na área de equipamentos médicos. Inicialmente, um terço dos funcionários veio de Lagoa SantaMG, de onde a fábrica foi transferida. Alta Tecnologia na área de equipamentos médicos Para atender a produção de equipamento de alta tecnologia, a unidade conta com um Centro de Treinamento para Engenheiros e Técnicos de Campo, Suporte Técnico aos Engenheiros, Centro de Pesquisa de Desen-

Foto: Divulgação

Diretor da Philips do Brasil, Fernando Morelli Rocha e o prefeito Antônio Silva

volvimento para produtos de Raio X e Mamografia, Centro de Distribuição de Produtos Médicos Importados, Centro de Reparação de Produtos Médicos. Na solenidade de assinatura de protocolo o prefeito Antônio Silva lembrou que as

três empresas vieram durante sua gestão. Lembrou que em 14 de março de 1998, o município de Varginha e a Philips do Brasil assinaram um Protocolo de Intenções para a instalação de uma unidade industrial na cidade, em uma área de 300 mil m2, doados para a

implantação da unidade indústria. “Àquela época, como prefeito, nos empenhamos ao máximo para que tudo acontecesse dentro dos compromissos assumidos, conscientes de que representaria o maior empreendimento industrial da historia de Varginha. E estávamos certos, porque decorridos mais de 17 anos, a Philips vem contribuindo sobremaneira para o desenvolvimento econômico e social do nosso município, não apenas na melhoria da arrecadação, na geração de empregos e em ações sociais, mas também como importante referência e indutora de vinda de novos in-

vestimentos, razão pela qual justifica-se o nosso empenho em fortalecer cada vez mais esta parceria entre a Philips e o município de Varginha”, justificou o prefeito à época. No ano passado, em entrevista à imprensa, quando anunciaram a transferência da unidade de Lagoa Santa para Varginha, diretores da empresa o complexo local. “Varginha é hoje o centro de excelência da companhia no Brasil e a consolidação de suas linhas de produção e desenvolvimento de produtos e equipamentos de saúde na cidade será peçachave para aumentar a competitividade da empresa no mercado local”.

Secretaria de Turismo investe na revitalização do zoológico de Varginha Com vistas a tornar o Parque Zoobotânico de Varginha auto-suficiente, a Prefeitura de Varginha, por meio da Secretaria Municipal de Turismo desenvolveu um projeto priorizando do pontos estratégicos a serem trabalhados. “Nosso objetivo com isto é atrair turistas da região através da criação de um roteiro de visitação envolvendo o zoológico, parque

Novo Horizonte e Via Café Garden Shopping”, justificou o secretário Barry Charles. O projeto prevê a criação de parcerias para divulgação e aparelhamento do Parque, inclusive uma já foi firmada com o Via Café Gardem Shopping, oferecer, através de cessão remunerada, quiosques destinados à comercialização de produtos alimentícios, brinquedos e souveni-

res à clientela do Parque, a estruturação de um Museu de História Natural no salão do Paiquerê, com lanchonete anexa a ser licitada para cessão remunerada e a instalação de câmeras de monitoramento, para maior segurança dos visitantes. O secretário Barry Charles explica que está prevista a reforma do telhado do Paiquerê e do teto das salas técnicas, a promoção

Foto: Divulgação

de atividades recreativas nos limites do Parque, com a intenção de

conscientizar as crianças sobre temas de preservação e respeito ao

meio ambiente e a construção de nova portaria com entrada para a avenida, facilitando o acesso e a visualização do Parque. “Estamos planejando ainda a realização de eventos no anfiteatro do Parque Zoobotânico mensalmente e parceria com agências de turismo e escolas da região, a fim de atrair maior público para nosso Zoológico”, destacou Barry.


04|GAZETA DE VARGINHA

13 DE JANEIRO DE 2017

LOCAL

RENAVE vai dar mais segurança ao comércio de veículos novos e usados disponíveis O novo sistema prevê o registro das transações com veículos em tempo real, que serão validadas pelo Departamento Nacional de Trânsito O Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) aprovou, nesta terça-feira (10), a Resolução nº 655, que estrutura o Registro Nacional de Veículos em Estoque (RENAVE). A medida entrará em vigor em julho e foi publicada na quartafeira (11), do Diário Oficial da União (DOU). O RENAVE permitirá, por meio de sistema informatizado, o registro das entradas e saídas dos veículos novos e usados disponíveis nos estoques de concessionárias e revendedores. Tudo isso de forma simplificada e segura, proporcionando mais transparência às operações de

Foto: Ilustrativa/ Divulgação

compra e venda de automóveis no país. O novo sistema prevê o registro das transações com veículos em tempo real, que serão validadas pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), junto aos Departamentos de Trânsito (DETRAN),

Receita Federal e Secretarias de Fazenda (SEFAZ), disponibilizando informações que darão maior segurança às operações de compra e venda de automóveis. “O fundamental é que os cidadãos estarão mais seguros na hora de efetivar essas

transações. Todos serão beneficiados com esse instrumento de controle, a ser efetivamente implantado”, afirma o diretor do DENATRAN, Elmer Vicenzi. Outra questão relevante é que a ferramenta, em operação, contribuirá para fomentar a formaliza-

ção de uma relação que atualmente ainda funciona, em grande parte, de modo informal e sem o devido registro, mapeando informações em todas as suas etapas. A medida ajudará a eliminar inseguranças jurídicas e beneficiará os órgãos governamentais, que poderão ter acesso ao movimento real das revendas. “Com o RENAVE, a população terá mais segurança nessa modalidade de relação comercial, além da garantia na legitimidade do emplacamento de veículos novos. Haverá também uma desburocratização na compra e venda de usados, uma vez que as transações

eletrônicas simplificarão os procedimentos”, reitera Vicenzi. Legislação - Para os estabelecimentos que vendem veículos, o RENAVE está amparado no § 6º do Artigo 330 do Código Brasileiro de Trânsito (CBT), que permite a substituição dos livros de registro de movimento de entrada e saída de veículos novos e usados por sistema eletrônico, na forma regulamentada pelo CONTRAN. O Sistema é dedicado aos estabelecimentos que comercializam automóveis novos e usados e não será utilizado, no primeiro momento, entre pessoas físicas.

Prorrogadas as inscrições para o concurso público da Polícia Militar A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) prorrogou para 21/1 o prazo de inscrição no concurso público para formação de soldados. Ao todo são de 1.350 vagas. As provas serão realizadas no dia 19/2, conforme cronograma. Para o tenente Cristiano Araújo a data foi prorrogada para que mais pessoas tenham a chance de participar. “A expectativa é muito grande para receber os novos policiais, para reforçar o efetivo, bem como proporcionar mais segu-

rança para a população”, comenta. Ao todo, são 1.215 vagas para homens e 135 para mulheres, que vão atuar nos municípios de Belo Horizonte, Pouso Alegre, Passos, Poços de Caldas e Alfenas. As inscrições, no valor de R$ 122,95, devem ser feitas via internet. Para se inscrever, o candidato deverá acessar o endereço eletrônico www. policiamilitar. mg.gov.br/ crs, no link inscrições on-line. No mesmo endereço eletrônico o candi-

dato poderá consultar e imprimir o comprovante de inscrição, onde constará a data, o horário e o local de realização das provas. Para participar, o candidato precisa ter entre 18 e 30 anos de idade e ser formado em qualquer curso de ensino superior. O salário base é de R$ 3 mil. O candidato que tiver dificuldade de acesso à internet poderá comparecer, durante o período de inscrição, em uma das unidades da PMMG especificadas no edital.

com início previsto para 1º de setembro de 2017. São nove meses de preparação até que o praça esteja pronto para atuar nas ruas.

Foto: PM

Provas O processo seletivo será desenvolvido em quatro fases: prova de conhecimentos (objetiva e dissertativa), exame de saúde, teste físico e avaliação psicológica. A prova objetiva de múltipla escolha, com 40 questões, de

caráter eliminatório e classificatório, está prevista para 19 de fevereiro de 2017. As demais atividades devem ser acompanhadas no portal da Polícia Militar. Os aprovados farão o Curso de Formação de Soldados (CFSd)

Recomposição na tropa A recomposição da tropa faz parte do compromisso do Governo de Minas Gerais com a segurança dos mineiros. A meta é atingir 50 mil militares até 2018. Hoje o efetivo é de 40 mil e, já considerando os concursos de 2015 e 2016, alcançará cerca de 43 mil.

Confirmado show de Renato Teixeira no Theatro Municipal Capitólio de Varginha Depois do sucesso do show 40 anos de João Bosco no Theatro Municipal Capitólio, agora é a vez do cantor Renato Teixeira. O músico e compositor se apresenta dia 11 de fevereiro de 2017, também no Capitólio, den-

tro do Projeto Na Rota da Boa Música. Renato apresenta os grandes sucessos de sua carreira, como Romaria, Frete, Tocando em Frente, Amanheceu, entre outros, numa apresentação caipira e original. Um dos mestres da

música sertaneja agita o público com suas clássicas cantorias que já são conhecidas por todos, além dos hits da música folk e a caipira nacional que complementam o repertório. O projeto

O show é uma realização da empreendedora varginhense Claudia Guimarães, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, produção da Plural Cultura e Entretenimento de BH.


13 DE JANEIRO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA | 05

LOCAL

Das Privatizações e Privatarias O massacre dos presos nos estados da Amazônia e Roraima (por sinal a terra do senador Juca, presidente nacional do PMDB, que tanto tem falado sobre como deve ser Brasil e agora sumiu) expôs, além de toda a tragédia humana e apresença avassaladora das facções criminosas na política e na gestão nacional, algumas outras questões não menos importantes. Uma delas foi a opinião externada pelo "comissário" para a juventude (porque só países socialistas do Leste Europeu que tinham comissários para a juventude) Bruno Julio. O pre-

ocupante não é só o conteúdo das declarações (entre outras barbaridades disse que deveria haver mais massacres ) mas a conclusão que a nossa juventude possa pensar assim. Ou seja, matar os detidos pela justiça nas prisões deve ser rotina que resolverá o nosso problema prisional. Não temos pena de morte na legislação, mas aprovamos a pena de morte de fato nas prisões, executadas pelos próprio companheiros dos carcerários. O assustador é que para estar neste cargo, o dito cujo, filho de um rebelde ex-militar que se elege com um dis-

curso de incitação ao ódio, teve apoio do partido majoritário no governo, do estado e passou pelo crivo de seleção da Casa Civil da Presidência da Republica. Mudando do foco de declarações, há um outro elemento curioso nesses episódios do Norte do Brasil. Uma boa parte das prisões são administradas por uma empresa privada com nome latinizado e lindo:Humannizare. Humanizar. Um contrato que, sob todos os aspectos conhecidos dopúblico, nada de achar algo pelos portais da transparência, é um excelente contrato para

a empresa. Quinhentos milhões de reais por ano, sem aditivos, com custo em dobro por prisioneiro do que em São Paulo, o estado mais desenvolvido do país. Nessa tragédia ninguém consegue descobrir quem são os donos do negócio, nem as diretoras (senhoras afortunadas com esse contrato) nem onde a empresa está, funciona e por quais atividades é responsável. Total mistério. Já em 29de julho de 2016, ou seja meio ano atrás, o Portal de Zacarias de Manaustrouxe extensa reportagem sobre o que acontecia nos presídios daquela

capital. Foi feita uma revista no complexo Anísio Jobim, com a presença do secretário de segurança publica do Amazonas, General Comandante do Comando Militar da Amazônia, mas sem o Secretário de Administração Penitenciária do Amazonas. Está tudo lá: fotos, provas, armas, e, no final, a reportagem pergunta onde está a Humannizare. Privatizar é uma política certa no contexto do desenvolvimento. Mas privatizar sem responsabilidade, em um conluio entre o privado e o público que provoca mortes e prejuízo à população

(seja em presídios, transportes, iluminação pública, aguas, ou lixo) é crime como qualquer outro. Os governos têm que se equipar, principalmente com vontade e determinação política, para exercer controle sobre as privatizações. Senão, o prejudicado além da população, também é o conceito de melhoria de serviços públicos através da privatização. Privatização responsável, sim, privataria, não! STEFAN SALEJ empresário Ex Presidente do SEBRAE e da FIEMG Federação das Indústrias de Minas Gerais

Homem morre em acidente PM apreende arma de fogo Chuva provoca queda de árvore no trevo de Varginha MG em residência de aposentado no São Geraldo em Varginha MG

Foto: Divulgação

Foto: Whatsapp

Um homem morreu, no início da manhã desta quinta-feira (12/1), após colidir o carro em que estava dirigindo em um caminhão que atravessava o trevo que dá acesso ao aeroporto no km 238 da BR 491. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o carro Fiat Uno seguia de Varginha para Elói Mendes. O motorista Frederico Mendes Kalle, de 26 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A Polícia Militar Rodoviária isolou o local para realização da perícia da Polícia Civil. Bombeiros e SAMU estiveram na ocorrência. Fonte: Blog do Madeira

Na madrugada do dia 11, a Polícia Militar foi acionada a comparecer em uma residência no bairro Catanduvas, em Varginha, por vizinhos que teriam ouvido barulhos vindos do quintal da casa, onde mora um idoso, e receavam ser alguém com intenção de cometer algum crime. No endereço a PM entrou em contato com o morador, de 78 anos, que franqueou a entrada e afirmou também ter ouvido os “barulhos”. Os policiais militares realizaram buscas e ninguém foi encontrado, porém, nos fundos do quintal foi localizada uma espingarda calibre 20, com uma munição. Ao ser questionado o aposentado disse ter ganhado a arma de uma vizinha, e que a levaria para seu sítio, a fim de prevenir-se de possíveis crimes. Ele ainda entregou à PM mais 27 munições de diversos calibres. O material foi apreendido e o homem foi preso por posse ilegal de arma de fogo.

Foto: Igor de Castro Andrade

Com a forte chuva dessa quarta (11/1), uma árvore caiu no Bairro São Geraldo, em Varginha. Ela ficava na esquina da Antônio Justiniano de Paiva com a Rua Piauí. Um dos postes da esquina teve os fios arrebentados com a queda da árvore. Mas logo pela manhã desta quinta (12/1), a prefeitura já enviou uma equipe ao local e estão fazendo a retirada da árvore. Parte das duas ruas ficou interditada. Fonte: Blog do Madeira


06 | GAZETA DE VARGINHA

REGIONAL

13 DE JANEIRO DE 2017

Ciclista mineiro beneficiado pelo Bolsa Atleta lidera ranking nacional de BMX Aos 15 anos, o ciclista Pedro Pussieldi é também 1º no ranking de Ciclismo mineiro e 3º no ranking latino-americano Beneficiário do programa Bolsa Atleta da Secretaria de Estado de Esportes (Seesp), o ciclista Pedro Pussieldi é o líder do ranking Boys 15 da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). O jovem de 15 anos, que compete no ciclismo BMX, mora em Florestal, na Região Metropolitana, e conquistou, além do 1º lugar no ranking brasileiro, o 1º no ranking mineiro e o 3º no ranking latino-americano em 2016. Atendido pelo programa da Seesp pela terceira vez – atualmente na categoria Nacional – Pedro considera o benefício fundamental para seu desempenho. “Sem o apoio do Bolsa Atleta

Carlos Alberto/Imprensa MG

eu não teria conseguido participar de nenhuma competição internacional”, destaca. Em 2016, o ciclista pôde representar Minas Gerais na Argentina, no Chile e no Peru. Guilherme Pussieldi, pai e técnico do ciclista, também é contemplado pela Secretaria

com o Bolsa Técnico. Pedro começou a praticar o esporte aos três anos e logo passou a se destacar em provas. “Participo de competições de BMX desde os cinco anos. Iniciei no Campeonato Mineiro de 2006, em Poços de Caldas”, relata. Sua grande inspira-

ção é bicampeão olímpico na modalidade, o letão Maris Štrombergs, medalhista em Pequim 2008 e Londres 2012. Para as competições de 2017, o mineiro já reúne grandes expectativas. “Planejo participar dos Jogos Sul-Americanos, me

destacar no ranking brasileiro, ser finalista no Mundial, nos Estados Unidos, e participar do Campeonato Latino-Americano, na Bolívia, além da Seleção Olímpica da Juventude”, conta. Além disso, Pedro já vislumbra os próximos Jogos Olímpicos. “Meu treinador acredita no meu potencial de participar em 2020, mas a maioria dos campeões se consagram próximos aos 23 anos, e em 2024 estarei com essa idade, quando acredito que tenho mais chances de vencer”, conclui. Sobre o programa O programa BolsaAtleta e Bolsa-Técnico tem o objetivo de garantir a manutenção da

carreira dos atletas e técnicos de alto rendimento, buscando dar condições para que se dediquem ao treinamento esportivo e à participação em competições para o desenvolvimento pleno de sua carreira esportiva, de forma a manter e renovar periodicamente gerações de atletas com potencial para representar Minas Gerais nas principais competições nacionais e internacionais. Neste ano, foram disponibilizadas 109 bolsas e, como no edital anterior, serão destinados R$ 1,13 milhão para o pagamento do benefício no prazo de um ano, com repasses em parcelas bimensais, cujos valores variam de acordo com categoria.

Sesc Serviços Lavras oferece curso gratuito de cuidados com idosos Em 2050, Minas Gerais terá mais de oito milhões de idosos cerca de cinco milhões a mais que em 2016, segundo previsões do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa nova realidade de um Brasil mais idoso traz infinitas possibilidades e exigências. As famílias precisam se preparar para cuidar de seus

pais, tios, avós, e quem quer trabalhar como cuidador precisa se capacitar. O Sesc oferece um curso gratuito na área, com conteúdos teóricos e aulas práticas. São orientações sobre a saúde do idoso, alimentação, atividade física, saúde bucal, além dos aspectos sociais e psicológicos do envelhecimento.

Em Lavras, as inscrições para a primeira turma de 2017 começam na segunda-feira (16/1). O cadastro pode ser feito na unidade, de segunda a sexta-feira, de 7h às 20h, e aos sábados, de 8h às 12h. Para concorrer à vaga é preciso ter entre 18 e 60 anos e ser alfabetizado. São 30 vagas disponíveis até o dia 23/1 ou até serem preenchidas. As

aulas serão realizadas de 23/1 a 6/2, das 18h às 22h, no Sesc Lavras, e a vivência prática no Lar Augusto Silva.

Foto: Divulgação

Saiba mais Desde 2014, a capacitação para cuidador de idosos é amparada pela Lei Estadual nº 21.155/2014, com objetivo de fortalecer e ampliar a atividade em Minas Gerais.

Presídio de Alfenas está superlotado com o dobro da capacidade Em Alfenas, nesta quarta-feira (12/01), o advogado e ex-secretário de defesa social Vander Cherry Marcolino que também é membro do APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados), fez um alerta nas redes sociais de que o presídio que foi construído

Foto: Divulgação

para abrigar 194 detentos está com mais do

que o dobro de sua capacidade, com mais de

500 detentos.Segundo informações levantadas pela reportagem do Minas Acontece, têm presos sendo transferidos para Alfenas que vieram de cadeias destruídas na região do Vale do Aço (Ipatinga). Além dos detentos oriundos da cidade, o presídio vem receben-

do detentos de várias partes do estado. Política de segurança pública adotada pelo Governador Fernando Pimentel que prejudica Alfenas, infelizmente a cidade mais violenta do Sul de Minas. O lugar é um verdadeiro barril de pólvora, podendo a qualquer

momento estourar uma rebelião. Vale a pena ressaltar também que as duas facções que estão em guerra nos presídios do Brasil tem ramificações na unidade de prisão, sendo o Comando Vermelho (CV) e o Primeiro Comando da Capital (PCC). Fonte: Minas Acontece


13 DE JANEIRO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA | 07

REGIONAL

Após denúncia de problemas estruturais, Complexo Aquático é interditado em Poços Complexo Aquático é parcialmente interditado. Problemas foram apontados após morte de um garoto de 5 anos no local Após a denúncia de falta de estrutura do Complexo Aquático Maria Cristina Bianchi Junqueira, no Conjunto Habitacional, a administração municipal optou por interditar parcialmente o local. Problemas foram apontados após morte de um garoto de 5 anos no local no último fim de semana. Problemas como rachaduras nas paredes, no filtro de água, infiltrações, vidros quebrados, entre outros foram apontados pelo vereador Pedro Magalhães, o Pedrinho da Zona Sul. O vereador visitou o lo-

Foto: Divulgação

cal após o incidente que resultou na morte de um garoto de 5 anos no Complexo, constatou as irregularidades.

“As instalações aqui estão muito comprometidas, com rachaduras, teto cedendo, filtro da água não funciona. Uma série de

questões. Então eu fiz um ofício para o Executivo, para que o executivo disponibilizasse uma equipe técnica para fazer uma avalia-

ção” disse Pedrinho. A decisão pela interdição parcial foi tomada após uma reunião o prefeito Sérgio Azevedo e os secretários de Esportes, Wellington Guimarães, e de Obras, Luís Fernando Cortezano. Após o encontro, ficou definido que o os vestiário serão fechados ao público. Já a piscina voltará a abrir no próximo sábado. Além de anunciar a interdição, algumas medidas serão tomadas para melhorar a situação do Complexo, como a colocação de dois salva-vidas, segurança em horários em

que o local está fechado (para evitar vandalismo) e a instalação de um filtro de água. O Complexo, além de ser uma área de lazer para a população, tem ainda atividades como Natação, Hidroginástica, Judô e Ginástica. As obras no local ainda não tem data para serem realizadas. “A gente tem a intenção de ver da melhor forma, de uma forma técnica, pra gente dar uma solução que no momento venha favorecer a todos”, disse o secretário de Esportes em entrevista. Fonte: Portal da cidade

Terra Forte estima queda de quase 12% na safra de café do Brasil A safra de café 2017/18 do Brasil deverá atingir 48,055 milhões de sacas de 60 kg, queda de 11,7 por cento na comparação com a temporada anterior, com uma menor produção de grãos do tipo arábica devido à bienalidade negativa da cultura e também uma menor produção de robusta, estimou nesta terça-feira a exportadora Terra Forte. A primeira estimativa da exportadora foi realizada após uma longa expedição técnica pelas regiões pro-

dutoras, que apontou uma queda de 13 por cento na safra de café arábica, para 38,175 milhões de sacas, e uma redução de aproximadamente 5 por cento na de robusta (conilon), para 9,88 milhões, de sacas. Por região produtora, segundo a Terra Forte, o Sul de Minas apresentará recuo para 13,1 milhões de sacas, cerca de 3 milhões de sacas abaixo da safra passada –a área é a mais importante região produtora de arábica do Brasil, maior

exportador global de café. A Zona da Mata da Minas Gerais, por outro lado, terá um ligeiro aumento na produção, para 7 milhões de sacas, área que registra inversão do ciclo bianual. “A região vai ter boa safra, mas não excepcional, como temos ouvido de outras fontes”, afirmou a Terra Forte em nota. Na principal área produtora de café robusta do Brasil, o Espírito Santo, o tempo finalmente melhorou após longo período de

Foto: Divulgação

Por região produtora, segundo a Terra Forte, o Sul de Minas apresentará recuo para 13,1 milhões de sacas, cerca de 3 milhões de sacas abaixo da safra passada

seca durante o período de floração. “Infelizmente, foi muito tarde para uma recuperação no ciclo 2017/18”, disse a Terra Forte, ressaltando que alguns produtores com lavouras afetadas pela seca nos últimos anos trocaram o cultivo de café para o de pimenta, devido às perdas registradas. A produção de conilon do Espírito Santo deverá cair novamente, para 6,3 milhões de sacas, ante 7 milhões em 2016/17. Fonte: Reuters


08 | GAZETA DE VARGINHA

REGIONAL

13 DE JANEIRO DE 2017

Comerciante que agrediu segurança em Três Corações MG tem liminar negada O comerciante Luiz Felipe Neder Silva, preso em dezembro de 2016 sob a acusação de agredir a segurança de um clube da cidade O comerciante Luiz Felipe Neder Silva, preso em dezembro de 2016 sob a acusação de agredir a segurança de um clube e outras duas pessoas, entre elas a esposa, em Três Corações (MG), teve o pedido de liminar para responder ao processo em liberdade negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A informação foi publicada pelo órgão nesta terça-feira (10). No dia 17 de dezembro, Silva, de 34 anos, foi detido em flagrante após agredir com soco e chute Edvânia Nayara Ferreira Rezende, de 23 anos, que trabalhava como segurança de um clube de Três Corações. As agressões começaram depois que Edvânia interveio na briga do comerciante com a esposa, a delegada Ana Paula Kich Gontijo, de 44 anos, que também sofreu agressões físicas por parte dele. Silva ainda teria quebrado dois dentes de um frequentador do clube e ameaçado outras pessoas com um canivete. O homem teve a prisão preventiva de-

or de liminar teria sido negado pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) “sem a devida fundamentação”. Para a ministra Laurita Vaz, que assinou a decisão do STJ, disse que o órgão não poderia se sobrepor a uma decisão de 1ª instância, de liminar a um pedido de habeas corpus, uma vez que o mérito do pedido de habeas corpus em si ainda não foi analisado. A ministra ainda observou que a negativa de liminar

Foto: Divulgação

cretada em 18 de dezembro e foi indiciado por lesão corporal gravíssima, ameaça e lesão corporal leve no dia 29 de dezembro, quando a Polícia Civil concluiu o inquérito sobre o caso. O comerciante Luiz Felipe Neder Silva, preso em dezembro de 2016 sob a acusação de agredir a segurança de um clube e outras duas pessoas, entre elas a esposa, em Três Corações (MG), teve o pedido de liminar para responder ao processo em liberdade negado pelo Superior Tribunal de Jus-

tiça (STJ). A informação foi publicada pelo órgão nesta terça-feira (10). Segundo o STJ, na tentativa de que o comerciante responda ao processo em liberdade, a defesa alegou o ato praticado possui “menor potencial ofensivo”, havendo “interpretação equivocada do tema” pelo juiz que determinou a prisão. A defesa ainda firmou que Silva é réu primário, possui “excelentes” antecedentes, que não há fatos concretos e atuais que justifiquem a custódia cautelar e que um pedido anteri-

Padrasto espanca criança e quase é linchado por populares em Alfenas Em Alfenas, na última noite de sexta-feira (06/01), no Bairro Vila Promessa, a Polícia Militar teve que conter um tumulto no bairro Vila Promessa. De acordo com informações e fotos de populares, um homem ( padrasto ) bateu/espancou uma criança do sexo masculino, populares se revoltaram e estavam querendo linchar o ho-

mem identificado como Willian. A PM teve que colocar a viatura bem próxima ao portão da garagem na residência para retirada do casal de den-

tro do imóvel. No momento em que entrava na viatura, populares ameaçavam que se ele voltar no bairro sofrerá as consequências. Fonte: Minas Acontece

Foto: Divulgação

por parte do TJMG foi fundamentada. Na decisão, Laurita Vaz diz a liminar foi negada em 1ª instância com base no “somatório dos delitos cometidos, que constituíram ‘atentados à ordem pública’, na forma como foram praticados e nos procedimentos criminais instaurados anteriormente contra o paciente (por tentativa de homicídio, posse irregular de arma de fogo, tráfico de drogas e lesões corporais).” Fonte: Lavras 24 Horas

Agenda 21 & Cidadania

Água- Cuidar para não faltar! Estamos vivenciando um verão de altas temperaturas, afetando diretamente no consumo deste precioso e essencial elemento para a sobrevivência dos seres vivos de nosso Planeta que é a ÁGUA. Nesse sentido, quando falta água, a vida está ameaçada, uma vez que a água é a fonte de vida. A Organização das Nações Unidas (ONU) relata que 110 litros de água por dia é suficiente para atender às necessidades de uma pessoa. Mas não é tanto assim, pois a cada dois minutos no banho, consumimos em média 12 litros de água, além das outras atividades como escovar os dentes, dar descarga, lavar as mãos, cozinhar, lavar roupa, além de matar a sede. Por isso a importância da responsabilidade de cada um em economizar ao máximo esse recurso na rotina diária. Há ainda a chamada “água virtual”, isto é, a quantidade de água utilizada na produção de bens de consumo, considerando não apenas a água contida no produto, mas a que foi usada em todas as etapas do seu processo de fabricação. Por exemplo, na produção de uma xícara de café são consumidos cerca de 140 litros de água. Outro exemplo, para a produção de um quilo de carne de gado, é consumido em torno de 15 mil litros de água e na maioria das vezes, nem fica para o consumo do brasileiro, pois o país é um grande exportador de carne bovina. O desmatamento crescente, com maior gravidade na região norte e nordeste do país, influencia diretamente na proteção das florestas nativas nas regiões de mananciais e nas margens dos rios e reservatórios e sem a cobertura florestal a água não consegue penetrar corretamente nos lençóis freáticos, causando diminuição na quantidade de água. A ausência de infraestrutura e investimentos, o grande desperdício na distribuição e no consumo de água, onde se estima hoje que aproximadamente um quarto da água tratada é perdido no trajeto entre as represas e as torneiras; o uso da água na agricultura, responsável por 70% do consumo de água no Brasil e recordista em desperdício são fatores que ameaçam a qualidade e a disponibilidade deste recurso natural. Apesar desta assustadora realidade e por mais que seja exaltada a importância da água, ainda assim são insuficientes as medidas governamentais para sua preservação e a sociedade, por sua vez, opta pelo imediatismo e consumismo, sem adotar uma postura efetivamente consciente quanto ao desperdício deste recurso. Se assim continuar, não estará longe o dia em que a água será devidamente reconhecida como o bem mais precioso da humanidade pelo simples fato de ter se tornado rara e finita. Enfim não importa quem somos o que fazemos, onde vivemos, nós necessitamos da água para viver e a sua preservação depende unicamente de nossa postura cidadã que se reflete na nossa atitude individual, desde os hábitos diários até a escolha de representantes políticos comprometidos com o meio ambiente. Engº Alencar de Souza Filgueiras Presidente do Fórum Agenda 21 Local Contato: agenda21. varginha@gmail.com


13 DE JANEIRO DE 2017

O Segredo do Graça Conforme a coluna antecipou, o professor Francisco Graça Moura caiu da presidência da Fundação Cultural de Varginha, após intenso desgaste com vários produtores culturais da cidade, o que teria precipitado sua saída da Fundação. Todavia, por sua habilidade política e também trabalho desenvolvido, Graça Moura não ficou a ver navios! Assumiu a Secretaria de Habitação e Promoção Social e continua no primeiro escalão da Prefeitura de Varginha. Uns dizem que por seu trabalho reconhecido na Fundação Cultural, Graça Moura foi alçado ao cargo de secretário. Outros dizem que Graça Moura “sabe demais e conhece mistérios secretos de gente poderosa” e naturalmente, não seria deixado na mão! De qualquer forma, o tempo na Fundação Cultural serviu para que Graça Moura não saia por ai “pisando na cabeça de ninguém, pois a união dos ofendidos pode derrubar o ofensor”. A lição vale ouro, para nós cidadãos, pois no novo cargo, Graça Moura vai lidar com os mais pobres e desprotegidos da cidade, bem diferente dos produtores culturais que sabem protestar e fazer barulho político na cidade!

O retorno A nomeação do empresário rural, Marcos Paiva Foresti, como secretário de Agricultura é o recomeço de uma era para o setor rural/agrícola da cidade. Este importante setor vinha perdendo representantes na política local. O “último bastião” desta área que chegou a mandar na cidade, foi o empresário Renato Rezende Paiva, que parece ter abandonado de vez a política, se limitando a articulações políticas de bastidores apenas. Marcos Foresti é um representante do mesmo setor. Em Varginha são muitos os agricultores, pequenos cafeicultores e pessoas ligadas ao cooperativismo e sindicalismo rural que já não tem mais o mesmo poder político de antes. Perderam espaço para áreas como o comércio e serviços que reúnem também várias pessoas na cidade e estão expandindo a cada dia. A nomeação de Foresti é um aceno político do governo aos cafeicultores, cooperados e as famílias tradicionais da cidade que sempre lideraram este setor. Por certo que o setor rural não voltará a ter o poder político que tinha há 50 anos porem com sua chegada à Secretaria, o setor volta a ter legítimo representante no governo.

Indústria e Emprego O último governo de Antônio Silva foi marcado pela intensa crise nacional e até mesmo pela derrubada da expresidente Dilma, que deixou a indústria e a economia em frangalhos. Ainda assim, o secretário de Indústria Pedro Gazola conseguiu trazer algumas poucas empresas para Varginha, alem de solucionar o problema com o fechamento da Café Solúvel. Porém é fato que a pasta deixou muito a desejar em razão das carências da cidade na criação de empregos e geração de renda. É público que o Executivo de Varginha não tem qualquer proximidade com entidades como a Federação das Indústrias de Minas – Fiemg, ou mesmo a Confederação Nacional da Indústria - CNI ou ainda participa de fóruns empresariais a fim de captar empresas para se instalarem na cidade. Na maior parte das vezes o Executivo municipal depende de “esmolas” do Governo do Estado, com suas estruturas como Indi e BDMG para fornecer informações sobre quais empresas têm interesse de investir na região! Percebam que não se tem informação do secretário municipal de Indústria sair para prospectar novos investimentos, nem mesmo participar de qualquer fórum empresarial ou reunião da Fiemg ou CNI! Espera-se que neste governo, tenhamos mais esforço e boas novas!

Técnica e articulação A nomeação do empresário Charles Barry foi mais uma das nomeações técnicas do prefeito Antônio Silva, e

FATOS E VERSÕES também acertada, visto que o empresário entende da área e possui bom relacionamento com os interlocutores do setor. Todavia o empresário Barry ainda agrega outras virtudes que podem contribuir com o governo: tem bom relacionamento com diversos outros setores políticos. Barry já foi candidato a vereador pelo PMDB, onde possui amigos, apoiou o deputado federal Dimas Fabiano na última eleição, mantendo bom relacionamento no PP, além de ser visto como figura neutra simpática pelos opositores petistas deste governo. É certo que o governo de Antônio Silva vai precisar de pessoas neutras para fazer a ponte política com outros entes como o governo estadual e federal, sem precisar comprometer politicamente a administração local. Secretários neutros como Barry possuem gancho político para pedir recursos em âmbito federal, estadual e buscar apoio de deputados estaduais e federais sem trazer desgaste ou vinculação política para o governo municipal. Além disso, o empresário que chegou agora ao Executivo tem outra virtude: não mais deseja ser candidato a vereador, o que elimina qualquer tipo de ciúmes dos atuais vereadores quanto ao trabalho de alguns secretários. Afinal, nomes como o de Honorinho, Marcos Foresti, Leandro Acayaba etc podem sempre ser vistos como concorrentes pelos vereadores, coisa muito comum nas administrações municipais. Barry já começou a atuação em sua pasta trazendo de volta o Banho da Doroteia, tradicional grito de Carnaval em Varginha, porém seu maior desafio será trazer de volta o Carnaval, a Feira da Paz e estruturar o aeroporto, rodoviária e o zoológico da cidade, estruturas que estão vinculadas a Secretaria de Turismo, hoje ocupada por Barry Charles Sobrinho.

Técnica e articulação – parte 2

GAZETA DE VARGINHA | 09 Perguntar não ofende Com o mesmo comando, a Guarda Municipal vai continuar enfrentando os mesmos levantes e insubordinações? O serviço será para todos ou será como a distribuição de cargos de confiança, que atinge apenas alguns? Passadas as eleições, as reformas no trânsito e recapeamentos nas vias da cidade vão continuar? A falada modernização do trânsito da região comercial da rua Presidente Antônio Carlos não vai ter continuidade? Foram só promessas políticas? A virada de ano na Praça da Mina, não apresentou problemas, o Banho da Doroteia será realizado antes do Carnaval em Varginha. Será que a Prefeitura de Varginha esta retomando a arte de realizar eventos públicos? O Aeroporto e a Rodoviária de Varginha não possuem sinal de internet! Parece que o governo ainda tem muito a caminhar para chegar à era digital ou não está mesmo conectado ás necessidades da população? Quais seriam as razões para que Marcio Erbst, amigo pessoal e de confiança do prefeito, ter saído do núcleo do poder e ser encaminhado para o comando do distante e inexpressivo Centro de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente – CDCA?

Novos comandos A Ambasp, Cissul e Inprev são importantes instituições que também mudaram de comando neste início de ano. Estas instituições são importantes porque podem ser fonte de captação de recursos para a Prefeitura de Varginha.

Também a nomeação do ex-vereador Leandro Acayaba foi outra nomeação técnica do prefeito Antônio Silva, que procurava alguém para a espinhosa presidência da Fundação Cultural. Estrutura importante dentro do governo, a Fundação Cultural gerencia a Rádio Melodia e a TV Princesa, entre outras. Porém o comando da Fundação vinha se estranhado com vários produtores culturais.

No caso da Ambasp, a microrregional é utilizada pelo Governo do Estado para a distribuição de recursos e equipamentos. Mesmo estando passando por severa crise financeira, a Ambasp ainda pode contribuir com a Prefeitura de Varginha, fazendo a cobrando junto ao Governo de Minas dos muitos convênios que costumam atrasar pagamento e obras na cidade.

Leandro Acayaba é um nome chave na fundação pois tem bom relacionamento com todos os produtores e com funcionários, fornecedores e agentes culturais. Leandro Acayaba é membro da Academia Varginhense de Letras e entende da Cultural sem rivalizar com os produtores e também tem a sabedoria política para não causar ciúmes ou comprar brigas desnecessárias. Além disso, Acayaba também consolida o apoio do PP e de parte da imprensa ao governo municipal. Leandro Acayaba é advogado, professor na Fadiva – Faculdade de Direito de Varginha, tem Mestrado, é Membro da Avlac – Academia Varginhense de Letras, Artes e Ciências. Foi vereador, presidente da Câmara Municipal, secretário municipal de Governo e diretor comercial da Rádio Vanguarda FM. Como vereador foi o autor da Lei Municipal de Incentivo a Cultura e criador do COMIC – Conselho Municipal de Incentivo a Cultura.

Já o Cissul faz a gerencia de parte dos recursos federais da saúde destinada aos municípios da região. O Consórcio também controla a estrutura do Samu na região, que não é pouca coisa. Aliás, ainda existem muitos “petistas disfarçados” na estrutura do Samu regional, e isso já foi informado ás autoridades federais. Existe muita “gana” nos cargos federais da região que ainda estão ocupados por petistas. O Cissul recebe verbas da saúde e faz as compensações aos municípios polo que recebem e tratam doentes de outras cidades, como é o caso de Varginha.

Safra de café é recorde A safra mineira de café em 2016 registrou volume recorde de 30,7 milhões de sacas. O aumento é de 37,8% em relação à safra anterior e corresponde a quase 60% da produção nacional que ficou em 51,3 milhões de sacas. Os números fazem parte do quarto e último levantamento anual de safra da Conab, divulgado em dezembro (após o período de pós-colheita), confirmando as expectativas de safra recorde mineira que vinham sendo sinalizadas nos levantamentos anteriores. Em Minas Gerais a área total de café em produção ultrapassou um milhão de hectares, com aumento de 4,2% em relação à safra anterior e a produtividade média ficou em 30,4 sacas por hectare, índice 32,2% acima do resultado obtido na safra 2015. A safra estadual quanto a nacional, mesmo sendo recorde, o volume não chega a interferir na cotação do produto, uma vez que os estoques mundiais se mantinham num nível muito baixo e ainda precisam de recomposição.

No caso do Inprev, o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Varginha, a instituição é a maior credora da Prefeitura e também possui um gordo caixa, abastecido mensalmente com as contribuições previdenciárias de servidores públicos e do Executivo municipal. O Inprev vive o dilema de onde investir seu dinheiro, pois se ficar com o recurso em conta não garante o melhor investimento, se optar por emprestar recursos à Prefeitura de Varginha, como fez antigamente, inclusive para a gestão de Antônio Silva, corre o risco de “levar calote” que é bem o caso que ocorre agora, visto que o dinheiro emprestado ao Executivo ainda não foi devolvido. Seria o caso do Inprev, Cissul e Ambasp, três instituições consolidadas fazerem seus planejamentos, livraremse das (más)influencias políticas e focarem no seu principal bem, no caso da Ambasp: os municípios consorciados, do Cissul: os cidadãos que buscam tratamento de saúde, e do Inprev: os aposentados e pensionistas da Prefeitura de Varginha.

RODRIGO SILVA FERNANDES é advogado e articulista político da Gazeta de Varginha as quartas e sextas. Email: rodrigogazeta@bol.com.br


10 | GAZETA DE VARGINHA

REGIONAL

13 DE JANEIRO DE 2017

Rede de Notícias do Sindijori MG Teófilo Otoni decreta situação de emergência

A Prefeitura de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, decretou situação de emergência devido à propagação da febre amarela silvestre na região. O documento descreve a situação como "epidemia". O decreto leva em consideração 48 casos da doença registrados na região formada pelos municípios de Almenara, Diamantina, Ataléia, Setubinha, Frei Gaspar, Novo Cruzeiro, Malacacheta, Itambacuri, Poté e Teófilo Otoni, com a confirmação de 17 óbitos. Só na cidade de Teófilo Otoni, foram notificados sete casos da doença e quatro mortes, segundo o documento. Temor de que doença se espalhe na zona rural Segundo a assessoria do prefeito de Teófilo Otoni, Daniel Sucupira, o decreto foi editado na tentativa de conter os riscos "iminentes" de a doença se espalhar da zona rural para a urbana pelo trânsito dessas pessoas

doentes e pela contaminação do mosquito". O documento informa ainda que é de responsabilidade solidária dos entes federados (União, Estado e municípios) o desenvolvimento de ações urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública". O decreto de situação de emergência é válido pelo período de 180 dias. Motorola não pode vender Moto X em MG O Procon-MG - órgão integrante do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) - proibiu a venda do aparelho celular Moto X (2ª Geração) no território mineiro, em estabelecimentos físicos e virtuais, e intimou a Motorola Mobility Comércio de Produtos Eletrônicos Ltda a pagar multa de R$ 809.702,00. A suspensão da venda do celular e a multa foram motivadas por duas tentativas frustradas de acordo para que a fabricante oferecesse o reparo, em garantia, ou restituísse o valor pago pelo conserto, aos consumidores lesados,

entre outros compromissos não assumidos. Juiz de Fora tem menor déficit em 7 anos Mantendo o perfil histórico, Juiz de Fora fechou o ano com a balança comercial deficitária em US$ 184,8 milhões, resultado da prevalência das importações (US$ 335,9 milhões) sobre as exportações (US$ 151,1 milhões). Apesar disso, as exportações fecharam em alta de 56,11%, enquanto as importações caíram 38,53% no período de janeiro a dezembro. O déficit verificado em 2016 foi o menor dos últimos sete anos. Na análise apenas de dezembro, o déficit foi de US$ 27,5 milhões, com alta tanto das exportações (88,34%) como das importações (40,43%). No mesmo período do ano passado, o cenário era inverso. As exportações apresentaram incremento de 108,05% enquanto as importações caíram 60,35%.

Diretor de rádio de Frutal é condenado O Ministério Público Federal (MPF) obteve a

condenação de Romero Alcides Silva Brito, diretor da Rádio 97 FM de Frutal, no Triângulo Mineiro, pelo crime previsto no artigo 10 da Lei 7.347/ 85, que consiste em recusar, retardar ou omitir dados técnicos indispensáveis à propositura da ação civil, quando requisitados pelo Ministério Público. Os fatos que resultaram na ação penal ocorreram em dezembro de 2012, ano em que ocorreram eleições para cargos municipais. O Ministério Público Eleitoral de Frutal requisitou ao réu cópia de toda a programação veiculada pela Rádio para apuração de notícia sobre suposto ilícito eleitoral. Romero Alcides Brito se recusou a cumprir a requisição. Prefeitura e Cohab estudam construção de casas O prefeito de Divinópolis, Galileu Machado (PMDB) se reuniu com a diretoria da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab). Na pauta do encontro, foram apresentadas propostas de parceria para cons-

trução de novas moradias populares. A diretoria da Cohab apresentou um projeto de conjunto habitacional para atender aos servidores públicos. Inicialmente, a proposta seria uma continuação do Conjunto Lagoa dos Mandarins. De acordo com o prefeito de Divinópolis, existe a necessidade de continuar com as obras de casas populares, que tiveram início em suas gestões anteriores. Defensoria Pública pede interdição parcial de presídio em Araxá A Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais protocolou uma Ação Civil Pública exigindo a interdição parcial do Presídio Regional de Araxá, no Alto Paranaíba. A superlotação da unidade e a carência de agentes penitenciários são apontadas como justificativas para o pedido de liminar, que aguarda parecer do Ministério Público de Minas Gerais para ser apreciado pela Justiça. O Presídio tem 128 vagas, mas até quartafeira, 10, 365 homens estavam segregados lá. "Isso

é quase três vezes a mais que do que permite a capacidade", disse o coordenador local e defensor público Antônio Carlos de Oliveira. Prefeituras cancelam carnaval no Sul de Minas A crise financeira que atinge várias prefeituras do Sul de Minas deve comprometer a programação para o carnaval 2017. Em pelo menos duas das maiores cidades da região, as festividades estão canceladas. Tanto em Passos quanto em Pouso Alegre, a decisão se baseou em um único argumento: falta de dinheiro em caixa. "A situação financeira é calamitosa. Não há recursos nem prazo para a licitação de serviços", explicou a administração municipal de Passos por meio de nota. "A boa notícia é que vamos trabalhar para que tenhamos o carnaval de 2018", informou. Há um ano, a administração anterior também anunciava o cancelamento da edição 2016 do carnaval devido à falta de verba.

Forte temporal danifica ruas e estabelecimentos em Guaxupé A cidade de Guaxupé, no Sul de Minas, contabiliza nesta quarta-feira (11) os prejuízos causados por uma forte chuva que atingiu a cidade na última segunda-feira (9). De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura da cidade, choveram cerca de 44 milímetros em cerca de 20 minutos e a rede pluvial não suportou a intensidade da água causando vários danos ao município. Não houve mortes ou feridos. “A Secretaria Municipal de Obras contabilizou 05 pontos de alagamento, a grande maioria na área central e comercial da cidade. Foram registrados também o deslocamento de bloquetes, paralelepípedos, tampas de poços de visitas e tampas de bueiros, assim como a queda

de 03 muros, sendo 02 deles particulares e 01 de um prédio público”, informou a assessoria da prefeitura por meio de nota. Ainda segundo a prefeitura, desde esta terça-feira (10), equipes técnicas saíram pelas ruas da cidade para contabilizar os danos e iniciar os reparos. “Como prioridade ficou definido a recuperação do calçamento das principais vias, como Rua Pereira do Nascimento, Rua Tiradentes e Rua da Aparecida, onde o fluxo de veículos é grande”, afirmou a prefeitura. Na manhã desta quartafeira a Secretaria de Obras apresentou um plano de recuperação dos danos causados pela chuva. “Alguns reparos, os mais urgentes, foram feitos em 24 horas.

Outros como retirada de materiais das vias, limpeza de barro, entre outros, considerados secundários, estão sendo cumpridos em 48 horas. Em seguida há trabalhos a serem executados em 72 horas e posteriormente aqueles que chegarão a 05 dias, onde serão concluídos até sexta-feira, dia 13”, explicou a prefeitura por nota. A prefeitura irá realizar trabalhos para recuperar a cidade até a próxima sexta-feira (13). A assessoria informou ainda que a rede pluvial da cidade é eficiente e que o problema foi o volume de chuva em um período muito curto, tendo em vista que a água subiu durante a tempestade e escoou em oito minutos. Ainda segundo a prefeitura, o rio Guaxupé e o córrego dos

Machados foram limpos há seis meses. “Nas próximas horas a Secretaria irá definir um cro-

nograma que visa um trabalho voltado a limpeza da calha do rio. Essa ação deverá envolver e ter a autorização

dos órgãos ambientais competentes”, concluiu a prefeitura por nota. fonte:Otempo


13 DE JANEIRO DE 2017

MINAS

GAZETA DE VARGINHA | 11

Governo moderniza e torna mais transparente e justo processo de designação da Educação Igualdade de oportunidades, efetividade, modernização, transparência e humanização do processo. Esses são alguns dos resultados esperados do novo processo de designação de profissionais para atuarem na rede estadual de ensino, que será realizado neste mês de janeiro pela Secretaria de Estado de Educação. De forma inédita, o processo será realizado via web em sistema informatizado para cerca de 50% das vagas disponíveis, algo em torno de 60 mil. Na última segundafeira (9/1), as novidades do processo foram apresentadas a diretores estaduais e representantes das sub-sedes do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SindUTE/ MG), que tiveram a oportunidade de fazer sugestões e esclarecer dúvidas. Em sua fala, a secre-

tária de Estado de Educação, Macaé Evaristo, destacou a importância da contribuição e da participação dos profissionais da educação na construção do processo de designação. “Nós fizemos uma reunião de apresentação para uma equipe da diretoria do SindUTE/MG e eles sugeriram que fizéssemos esse momento. A gente acolheu a sugestão, achando muito positiva, porque quanto mais conseguirmos fazer essa comunicação e ter pessoas que compreendam melhor esse processo, mais fácil será fortalecê-lo. Esse é um momento fundamental para nós, porque é uma oportunidade de aprimorarmos o processo”, afirma Macaé. A secretária também pontuou o esforço o Governo de Minas Gerais tem feito para tornar o

processo de designação mais transparente e humanizado. “Sabemos que na gestão de pessoal temos muito ainda o que avançar. Primeiro, do ponto de vista de condições de trabalho, de garantir profissionais que tenham um vínculo efetivo com a rede estadual e nós temos trabalhado

fortemente nisso, com a realização de concurso e de nomeações”, diz Macaé. “Mas, mesmo assim, ainda temos um número significativo de pessoas que sua relação de trabalho com a rede estadual se dá por meio da designação. Por isso, temos que pensar em um pro-

cesso de humanização, na garantia da transparência e que as pessoas possam cada vez mais ter uma compreensão de como se faz a composição do quadro das nossas escolas e quais são os mecanismos para acessar essas vagas”, completa a secretária. A coordenadora-geral do Sind-UTE/MG,

Beatriz Cerqueira, ressalta que a participação do sindicato na discussão prévia do processo de designação é inédita. “Comparar governos não quer dizer tornar o debate partidário, comparar significa que nós merecemos respeito. Era inacreditável processos em que uma regra que envolvia milhares de pessoas era feita sem que as pessoas fossem ouvidas nas suas demandas”, avalia. Segundo Beatriz, as últimas resoluções do quadro de escolas do governo anterior foram desastrosas. “Para nós, interessa que o processo de designação seja transparente e que não seja uma relação de poder. Estamos aqui com uma tarefa de nos empoderarmos e de entender o processo. É um momento de escuta muito importante para nós”, conclui. Fonte:AgenciaMinas

Tribunal de Justiça de Minas vai gastar R$ 693 mil com lanches na sede O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) vai destinar R$ 693,4 mil para o pagamento de lanches para juízes e desembargadores da capital mineira ao longo deste ano. Entre os 117 tipos de alimentos licitados estão frutas, legumes, verduras, biscoitos, iogurtes, queijos, bacon e alcatra. Também foram adquiridas bebidas, como refrigerantes zero açúcar e diet. O curioso é que os magistrados já têm direito a um auxílio-alimentação mensal de R$ 884. A licitação, concluída em dezembro, é dividida em seis lotes. O mais caro é o de hortifrutigranjeiros. Por R$ 299,9 mil, a previsão anual é a de que o órgão compre 18

mil quilos de laranjaspera “extra”, 6.960 abacaxis “pérola graúdos”, 2.400 dúzias de ovos, 12 quilos de jiló e chuchu, entre outros 34 tipos de frutas, legumes e verduras. Já o lote dos laticínios vai custar R$ 137,2 mil. Estão entre os itens 720 bandejas, com seis unidades, de iogurte grego light e 600 quilos de queijo Minas fresco. Já o lote de carnes e embutidos alcança a cifra de R$ 110,3 mil. O lote de produtos industrializados, que inclui mil pacotes de biscoito waffer e 3.000 caixas de chás, com dez sachês, vai custar R$ 127,3 mil. Já o lote de bebidas terá custo de R$ 9.800, e o lote de óleos e gorduras foi arrematado por R$

8.600. Segundo o Tribunal de Justiça de Minas, os valores de cada lote foram negociados com o fornecedor após a conclusão da sessão de lances. Por isso, o valor de R$ 693,4 mil é menor do que se esperava gastar inicialmente. De acordo com a jus-

tificativa da licitação que consta no edital, os produtos são necessários para a produção de lanches para desembargadores, juízes, tribunais do júri e eventos institucionais. Ainda segundo o texto, esses lanches viabilizam “a permanência destes servidores em atividades que se prolongam, mui-

tas vezes, para além de sua jornada normal de trabalho, nas dependências da secretaria e dos fóruns” de Belo Horizonte. O órgão ainda ressalta que, com o lanche sendo feito no ambiente de trabalho, “evita-se que os magistrados tenham que se deslocar para fazer suas refeições em outros lo-

cais”, o que consequentemente gera uma “economia de tempo”, que colabora para uma melhor produtividade na prestação jurisdicional. A justificativa é finalizada com a alegação de que o pagamento é realizado mediante apenas a quantidade demandada. Fonte:Otempo


12| GAZETA DE VARGINHA

13 DE JANEIRO DE 2017

SAIBA SEUS DIREITOS

Mantida decisão que determinou transferência de presos de delegacias para presídios no RS A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, manteve decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) que determinou ao governo do estado que promova a transferência dos presos das delegacias de polícia para as penitenciárias estaduais. Ao deferir em parte pedido de Suspensão de Liminar (SL) 1087, ajuizada pelo estado, no entanto, a ministra afastou a multa diária imposta por eventual descumprimento da determinação, levando em conta o grave quadro econômico-financeiro em que se encontra o ente federado. O caso teve origem com uma ação civil pública na qual o Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) solicitou a remoção dos custodiados. Indeferido o pedido de liminar em primeira instância, a decisão foi reformada pelo TJ-RS, que determinou a transferência imediata dos presos “condenados, recapturados, provisórios ou em flagrante, com respectivos atos de polícia judiciária findos e que apenas

Pedidos de falência encerram o ano com alta de 12,2%

aguardam vagas” das delegacias de polícia para estabelecimentos penais, impondo multa diária, em caso de descumprimento, no valor de R$ 2 mil para cada delegacia que permanecer na situação apontada. No STF, o governo gaúcho sustentou que a manutenção do acórdão do Tribunal local acarretaria risco de grave lesão à ordem, à segurança e às finanças públicas, diante da impossibilidade fática de atender a ordem judicial, que tem gerado uma série de outras condutas, inclusive judiciais, causando tumulto administrativo. Alega que o estado atra-

vessa gravíssima crise financeira que tem resultado inclusive no atraso do pagamento de vencimentos, verba alimentar dos servidores públicos, havendo o risco de, com a multa determinada, agravar-se ainda mais a situação de calamidade enfrentada. A ministra Cármen Lúcia explicou inicialmente que, na Suspensão de Liminar, não se analisa com profundidade o mérito da ação na qual foi proferida a decisão questionada, “restringindo-se a análise à existência dos aspectos relacionados à potencialidade lesiva do ato decisório em face dos

interesses públicos relevantes assegurados em lei”. Em relação à transferência dos presos, a presidente do Supremo afirmou que a decisão do TJRS condicionou seu cumprimento aos critérios de conveniência e oportunidade administrativas do estado. Nesse ponto específico, afastou a possibilidade de grave lesão ao interesse público. Segundo ela, a jurisprudência do STF é firme no sentido de não ser suficiente a mera alegação de lesão, sendo necessária a comprovação inequívoca de sua ocorrência.

Dr. Gustavo Chalfun

Drª. Patrícia Bregalda Lima

OAB/MG 81424 Rua Argentina, 535 Vila Pinto Tel: 3222-4801

OAB/MG 65099 Av Salum Assad. David, 70 - Santa Luiza Tel: ( 35) 3214-5051

gustavo@chalfun.com.br

Dr. Daniel Piva OAB/MG 81667 Delfim Moreira, 258, sala 201- Centro Varginha -MG Tel: 3222 2851

dapiva@ig.com.br

patriciabregalda@varginha.com.br

Os pedidos de falência encerraram o ano com alta de 12,2% no acumulado de 2016 em relação ao mesmo período de 2015, segundo dados da Boa Vista Serviços S/A. Em dezembro, o número de pedidos de falências recuou 7% comparado a novembro e aumentou 19,2% em relação ao mesmo mês de 2015. No acumulado do ano, as falências decretadas subiram 14,7% em relação ao ano anterior. Já na comparação interanual aumentaram 66,7% e comparadas a novembro de 2016, diminuíram 11,2%. Os pedidos de recuperação judicial e as recuperações judiciais deferidas terminaram o ano com crescimento de 49,4% e 59,4%, respectivamente. Seguindo a tendência esperada pela Boa Vista Serviços S/A, mesmo com a leve de-

saceleração apresentada nos últimos meses, os indicadores de solvência encerraram maiores em 2016 do que os registrados em 2015. A redução da atividade econômica somada aos elevados custos, à restrição e ao encarecimento do crédito, dificultaram a geração de caixa e agravaram a situação das empresas que já não vinham bem desde 2015. Neste ano, devem apresentar sinais de melhoria com um possível avanço dos indicadores macroeconômicos. As pequenas empresas, por exemplo, representam cerca de 86% dos pedidos de falências e 94% das falências decretadas. Tanto nos pedidos de recuperação judicial como nas recuperações judiciais deferidas, elas também correspondem ao maior percentual, com 93% dos casos. Fonte:Migalhas.com

Dr. José Simplicio da Silva Filho OAB/MG 73.079 Praça São Pedro, 36, Vila Floresta Tel: ( 35) 3067-1070

ssimplicio@hotmail.com

Dr. Gustavo Pinto Biscaro

Dr. Vicente Lima Lorêdo

OAB/MG 106.276 Rua: Presidente Evaristo Soares. 255 - Vila Pinto Tel: (35) 3222-1049

OAB/ MG 84.176 20ª Sub-Seção Rua Maria Benedita, 63 -sala 106 - Vila Pinto 3223-5362/9988-3485

gustavopbiscaro@gmail.com

vicentelloredo@yahoo.com.br

Mande sua pergunta para gazetadevarginha@gmail.com


13 DE JANEIRO DE 2017

BRASIL

GAZETA DE VARGINHA | 13

Em 10 anos, foram criadas 16.534 vagas em prisões com verba da União De 2007 a 2016, apenas 16.534 vagas foram criadas com recursos do governo federal em presídios do País, segundo levantamento do Estado com base em relatórios do Ministério da Justiça. Se mantiver a taxa anual de criação de 1.650 vagas (4,5 por dia) dos dez anos, o Brasil precisará de 151 anos para acabar com o atual déficit de 250 mil lugares no sistema penitenciário. O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) tem 114 obras atualmente contratadas com recursos federais, que representam um investimento de R$ 1,22 bilhão para a criação de 45.883 vagas. A maioria dos presídios brasileiros é construída com apoio do governo federal. A discussão voltou a ganhar força após a morte de 97 presos em cadeias de Roraima e Amazonas. Nesta quarta-feira, 11, o Conselho Nacional de Procuradores Gerais determinou a realização de

auditorias operacionais no sistema penitenciário da Região Norte para coletar dados sobre estrutura e custos de cadeias. Conforme informou reportagem de terça-feira, para acabar com o atual déficit seria necessário um investimento de pelo menos R$ 10 bilhões, de acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em documento enviado à presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, o conselho estimou que seriam necessárias 500 novas unidades penais com 500 vagas cada Em 2007, primeiro ano com informações apresentadas no relatório do Ministério da Justiça, não foi criada nenhuma vaga com recursos do governo federal, apesar de terem sido realizadas seis obras, entre reforma de unidades e construção de blocos de administração para funcionários das penitenciárias. Os maiores números em expansão de

lugares para presos ocorreram em 2011 e 2012, no primeiro governo de Dilma Rousseff, quando foram criadas 3.797 e 3.296 vagas, respectivamente. No entanto, o número despencou para 310 em 2013 e chegou a apenas 242 em 2015, no segundo mandato da petista. No ano passado, considerando o último ano de Dilma e o início da gestão de Michel Temer, foram criadas 2.858 vagas com recursos federais. "Esses dados mostram que não existe uma consistência de política pública. É um número insuficiente de novas vagas", avalia o professor da Fundação Getúlio Vargas Rafael Alcadipani, especialista em segurança pública. Na avaliação dele, o problema está no foco em uma "política de encarceramento", que leva para os presídios o pequeno traficante e ladrão. "O fundamental é mudar essa política de encarceramento em massa. No Brasil, a gente continua

prendendo e prendendo mal " O Ministério da Justiça estima que em 2017 serão entregues 11 obras financiadas parcialmente pela União, entre construção de cadeia pública, de penitenciária e de centro de detenção provisória. A estimativa é de que sejam criadas 3.503 vagas neste ano. Essas obras estão com pelo menos 70% de execução e se localizam nos Estados de São Paulo, Goiás, Amapá, Pará, Acre, Amazonas, Rio Grande do Sul e Ceará. O governo federal investiu R$ 103 milhões nessas construções, enquanto os Estados deram contrapartida de R$ 54,2 milhões. De acordo com o ministério, "não há culpados diretos" na demora para conclusão de obras contratadas pelo governo federal. Segundo a pasta, a gestão está desburocratizando o processo de construção, ampliação e reforma de novos estabelecimentos penais por

Consumidor sente uma inflação mais forte do que o índice oficial A inflação oficial do país, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em 2016 teve variação de 6,29%, percentual inferior ao verificado em 2015 (10,67%), abaixo do teto da meta do governo (6,5%) e menor que previsões do governo (6,4%). Entretanto, nas ruas, a sensação do brasileiro é que a taxa é superior à que foi calculada pelo IBGE. E um dos motivos para isso foram as dificuldades trazidas pela crise que eliminou mais postos de trabalho no ano passado, reduzindo a renda das famílias e criando uma sensação de

empobrecimento diante das altas dos preços. Para a orientadora social Kelly Vieira Tostes, cada pessoa sente a inflação de uma forma, dependendo do quanto ganha e do tipo de produto que consome. “Por causa da crise, com o desemprego alto, a sensação é que a inflação de 2016 foi mais intensa. No meu caso, percebi uma alta grande do leite e derivados”, diz. O universo do IPCA é o das famílias com rendimento de 1 a 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia,

Campo Grande e de Brasília. E no caso da região metropolitana de Belo Horizonte, o acumulado de 2016, que chegou a 6,60%, ficou acima da média nacional. A auxiliar de serviços gerais Maria Lúcia Oliveira Santos diz que, entre os artigos de alimentação, sentiu mais a alta do leite em pó. No acumulado de 2016, o produto teve alta de 26,13%. “Para continuar comprando, troquei a marca, já que a opção era mais barata. Lembro que o litro do leite longa vida chegou a custar quase R$ 4. O salário não acompanha o aumento

dos preços”, diz. Em julho do ano passado, o principal vilão da inflação de fato foi o leite, com contribuição individual de 0,19 ponto percentual no IPCA daquele mês. Os preços do leite aumentaram 17,58% de um mês para o outro. Num ano em que a produção agrícola ficou 12% abaixo da produzida em 2015, o consumidor passou a pagar, em média, 8,62% mais caro do que em 2015 para adquirir alimentos. Isto colocou o grupo alimentação e bebidas (que tem peso de 25% nas despesas das famílias) na liderança dos impactos em 2016.

meio do Plano Nacional de Segurança Pública, anunciado pelo Palácio do Planalto na semana passada. Procurada pela reportagem para falar dos

números de sua gestão, a assessoria de Dilma Rousseff não havia se manifestado até as 21 horas. Fonte:Otempo

EDITAL DE CONTRIBUIÇÃO SINDICAL 2017 SESCON/MG Pelo presente edital, todas as empresas, entidades e empregadores enquadrados nas categorias econômicas “empresas de serviços contábeis” e “empresas de assessoramento, perícias, informações e pesquisas”, representadas pelo SESCON/MG – SINDICATO DAS EMPRESAS DE CONSULTORIA, ASSESSORAMENTO, PERÍCIAS, INFORMAÇÕES, PESQUISAS E EMPRESAS DE SERVIÇOS CONTÁBEIS NO ESTADO DE MINAS GERAIS, código sindical nº 002.365.04937-5, estabelecido à Av. Afonso Pena, nº 748 – 24º andar, centro, em Belo Horizonte (MG), com CEP nº 30130-003, filiado à FENACON, de acordo com o ordenamento do Sistema Confederativo de Representação Sindical da Confederação Nacional do Comércio – CNC – grupo terceiro, são NOTIFICADOS para procederem até o dia 31 de janeiro de 2017, o recolhimento da CONTRIBUIÇÃO SINDICAL patronal do exercício de 2017 a este Sindicato, conforme dados exemplificativos e valores constantes das tabelas abaixo: I – EMPRESAS DE SERVIÇOS CONTÁBEIS (ORGANIZADOS OU NÃO SOB FORMA DE PESSOA JURÍDICA); II – EMPRESAS DE ASSESSORAMENTO, PERÍCIAS, INFORMAÇÕES E PESQUISAS: Tabela para cálculo da contribuição sindical vigente a partir de 1º de janeiro de 2017. Para os empregadores e agentes do comércio organizados em firmas ou empresas e para as entidades ou instituições com capital arbitrado (item III alterado pela Lei nº 7.047, de 01 de dezembro de 1982 e §§ 3º, 4º e 5º do art. 580 da CLT). Valor base: R$358,39.

1. As firmas ou empresas e as entidades ou instituições cujo capital social seja igual ou inferior a R$ 26.879,25, estão obrigadas ao recolhimento da Contribuição Sindical mínima de R$ 215,03, de acordo com o disposto no § 3º do art. 580 da CLT (alterado pela Lei nº 7.047 de 01 de dezembro de 1982); 2. As firmas ou empresas com capital social superior a R$ 286.712.000,01, recolherão a Contribuição Sindical máxima de R$ 101.209,34, na forma do disposto no § 3º do art. 580 da CLT (alterado pela Lei nº 7.047 de 01 de dezembro de 1982); 3. Base de cálculo conforme art. 21 da Lei nº 8.178, de 01 de março de 1991 e atualizada de acordo com o art. 2º da Lei nº 8.383, de 30 de dezembro de 1991, observada a Resolução CNC/ SICOMÉRCIO Nº 031/2016; 4. Data de recolhimento: - Empregadores: 31.JAN.2017; - Autônomos: 28.FEV.2017; - Para os que venham a estabelecer-se após os meses acima, a Contribuição Sindical será recolhida na ocasião em que requeiram às repartições o registro ou a licença para o exercício da respectiva atividade; 5. O recolhimento efetuado fora do prazo será acrescido das cominações previstas no art. 600 da CLT. Belo Horizonte, 11 de janeiro de 2017. Sauro Henrique de Almeida – Presidente.


14 | GAZETA DE VARGINHA

13 DE JANEIRO DE 2017

EVANGÉLICA

Muito paciência nessa hora Meus abençoados irmãos em Jesus Cristo, no dia de hoje nós vamos falar e refletir acerca da necessidade de termos fé e paciência nas provações da vida na Terra até que Jesus volte e nos leve para morar com Ele no Céu, pois como disse, lá tem muitas moradas a serem reservadas para os seus seguidores. Para isso, meus amados leitores, por favor, vamos abrir as Escrituras Sagradas precisamente no Capítulo 05 (cinco) da Carta de Tiago, conforme trancrevemos, na íntegra: “1 Atendei, agora, ricos, chorai lamentando, por causa das vossas desventuras, que vos sobrevirão. 2 As vossas riquezas estão corruptas, e as vossas roupagens, comidas de traça; 3 o vosso ouro e a vossa prata foram gastos de ferrugens, e a sua ferrugem há de ser por testemunho contra vós mesmos e há de devorar, como fogo, as vossas carnes. Tesouros acumulastes nos últimos dias. 4 Eis que o salário dos trabalhadores que ceifaram os vossos campos e que por vós foi retido com fraude está clamando; e os clamores dos ceifeiros penetraram até aos ouvidos do Senhor dos Exércitos. 5 Tendes vivido regaladamente sobre a terra; tendes vivido nos prazeres; tendes engordado o vosso coração, em dia de matança; 6 tendes condenado e matado o justo, sem que ele vos faça resistência. 7 Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas. 8 Sede vós também pacientes e fortalecei o vosso coração, pois a vinda do Senhor está próxima. 9 Irmãos, não vos queixeis uns dos outros, para não serdes julgados. Eis que

o juiz está às portas. 10 Irmãos, tomai por modelo no sofrimento e na paciência os profetas, os quais falaram em nome do Senhor. 11 Eis que temos por felizes os que perseveraram firmes. Tendes ouvido da paciência de Jó e vistes que fim o Senhor lhe deu; porque o Senhor é cheio de terna misericórdia e compassivo. 12 Acima de tudo, porém, meus irmãos, não jureis nem pelo céu, nem pela terra, nem por qualquer outro voto; antes, seja o vosso sim sim, e o vosso não não, para não cairdes em juízo. 13 Está alguém entre vós sofrendo? Faça oração. Está alguém alegre? Cante louvores. 14 Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e estes façam oração sobre ele, ungindo-o com óleo, em nome do Senhor. 15 E a oração da fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, serlhe-ão perdoados. 16 Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo. 17 Elias era homem semelhante a nós, sujeito aos mesmos sentimentos, e orou, com instância, para que não chovesse sobre a terra, e, por três anos e seis meses, não choveu. 18 E orou, de novo, e o céu deu chuva, e a terra fez germinar seus frutos. 19 Meus irmãos, se algum entre vós se desviar da verdade, e alguém o converter, 20 sabei que aquele que converte o pecador do seu caminho errado salvará da morte a alma dele e cobrirá multidão de pecados.” Irmãos, de plano, há que se ter fé e paciência nas

provações, eis que Jesus Cristo venceu o Mundo e nos alertou que teríamos provações, mas que tivéssemos bom ânimo pois Ele venceu o Mundo. “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.” (João 16:33). E mais: "Sede, pois irmãos pacientes, até a vinda do Senhor". (v. 7). Amados, geralmente a humanidade perde a paciência quando é posta a esperar por algo. Normalmente, bastam apenas 17 (dezessete) minutos para uma pessoa se impacientar numa fila de espera por atendimento no caixa de um banco. Ao telefone, bastam poucos 9 (nove) minutos, para reinar na humanidade o império da impaciência. Amigos, quando os homens são explorados por outros homens aí é guerra na certa. Prezados, resta claro que a impaciência é uma característica comum dos humanos, e Jesus sabia disso. Assim, precisava preparar seus discípulos e também os seus seguidores para enfrentar e vencer o mal da impaciência até a sua vinda gloriosa. (Lucas 21:27) e (Atos 1:11). Queridos leitores, era preciso lançar o desafio de encorajar e despertar os Cristãos para manter o bom humor, a paciência, enfim a fé, no modo longo prazo, pois, para DEUS, 1 (um) dia é como 1000 (mil) anos e 1000 (mil) anos é como 1 (um) dia, pois Ele é o ETERNO DEUS, ou seja,

Verdade

jamais podemos medi-lo pela nossa existência de alguns poucos anos. É bom enaltecer que Jesus Cristo conserta tudo, mas no tempo de DEUS, vejam: "Fortalecei o vosso coração, pois a vinda Senhor está próxima.” (v.8). Prezados, o Apóstolo Tiago compara a espera da 2ª (segunda) vinda de Jesus Cristo como a de um fazendeiro que espera pacientemente pela chuva e pela colheita, e como o patriarca Jó, que demonstrou perseverança em meio às dificuldades, eis que não contava nem mesmo com o apoio de sua mulher, que absurdamente o havia orientado a negar e rejeitar a DEUS, e em seguida provocar a sua morte. Contudo meus amados, a linha de chegada para receber a coroa da vida, a vitória em CRISTO, está logo ali, e Tiago encorajou os Cristãos a não desistir da caminhada. Portanto, o nosso DEUS é um DEUS zeloso, misericordioso e compassivo, que jamais nos abandona nas lutas, nas angústias e nas provações da vida, que servem apenas de trampolim para a nossa vitória em Cristo Jesus. Finalizando meus irmãos, mantenham o bom humor, o amor, a alegria, a paz, a paciência, a mansidão, o domínio próprio, a fidelidade, a amabilidade, a bondade, que são os frutos do Espírito. (Gálatas 5:2223). Na Paz do Senhor Jesus! Ministério Arca da Aliança. Dr. Simplício

Cultos da Igreja Arca da Aliança em Varginha. Todas as Quintas, Sábados e Domingos às 19 horas e 30 minutos. Rua Orminda Vasconcelos, 465, Vila Floresta, CEP. 37004-350. Estamos esperando a sua visita!

O que foi verdade para Jó também será para quem teme o Senhor e confia na Sua Palavra. Não importa o que tal pessoa possui para começar a obra que Deus colocou em suas mãos, e sim o que Ele está preparado para fazer por ela. Quando o Senhor nos chama, temos a garantia de que Ele nos usará como prometeu. Na verdade, Ele mesmo fará a obra em nosso favor; basta crermos. Não importa quão longa seja a caminhada ou quão difícil seja a empreitada. Quem anda sob a direção divina verá que o Pai é perfeito. Ao chamá-lo para ser Seu colaborador, Ele só precisa de alguém que queira ser usado por Ele. Portanto, não importa o tamanho do trabalho no início, porque, depois que você aprender a ser instrumento de Deus, Ele lhe dará novas missões, e você será assistido em todas elas. O que é pequeno aos olhos do homem pode ser imenso para quem irá prepará-lo. Após ter passado pela “escola do Espírito Santo”, você poderá realizar algo cujos resultados surpreenderão os grandes deste mundo. É preciso se lembrar sempre de que Ele é o Senhor e, por isso, jamais será envergonhado. Você só precisa crer para ser usado na obra divina. Por certo, Davi não imaginava que, ao cuidar do pequeno rebanho de seu pai, estava sendo treinado para ser o pastor de Israel. Ao enfrentar o leão e matá-lo, fazendo o mesmo com o urso que que-

Que diremos, pois, diante dessas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? (Romanos 8:31)

ria devorar uma das ovelhas sob sua guarda, ele provou que poderia conduzir o seu povo. Assim, não houve uma só vez em que ele ou o seu país tenham saído perdendo durante tal reinado. Deus sabe preparar os seus guerreiros! Não houve, nos dias do filho de Jessé, uma nação que tenha conseguido tomar um só palmo da terra dos israelitas, pois, com o pastor que tinham sobre si, eles lutavam e venciam todas as batalhas. Não rejeite uma tarefa dada pelo Senhor, porque ela será uma escola preciosa onde você aprenderá a usar os recursos do Alto. E, depois, quando menos esperar, virá a recompensa. Deixe o Santo Espírito prepará-lo para as pelejas. Quando estiver apto, você sentirá que a sua hora chegou. Jamais tema o ataque maligno, mas, com fé e em o Nome de Jesus, resista ao inimigo. O diabo é cheio de bravatas, porém não aguentará o poder que Deus deu a você, a fim de derrotar os poderes das trevas. Seja firme e, embora pareça que o diabo sairá vitorioso, isso nunca ocorrerá. Veja mais adiante, olhando para o que o Redentor lhe tem falado na Palavra. Então, mesmo que tudo indique que você não vencerá, nem por um segundo deixe a dúvida penetrar no seu coração. O cristão enviado pelo Onipotente já sai em campo vencendo, pois o Vencedor vai à frente dele. Ele é Varão de guerra!


13 DE JANEIRO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA | 15

POLÍTICA

Após decisão do Supremo Tribunal Federal, governo insiste em não recompor fundo A decisão da ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), de negar pedido de liminar do governo de Minas, não encerra a polêmica envolvendo o Estado e o Banco do Brasil com relação à recomposição do fundo formado por depósitos judiciais. Para a Ordem dos Advogados do Brasil em Minas (OAB– MG), a partir de agora o governo deverá pagar todo saque que for determinado judicialmente, ainda que, para isso, tenha os valores sequestrados pela Justiça. O Estado, no entanto, entende que o bloqueio não será feito, e acusa o Banco do Brasil de esconder a real situação das contas que contêm os depósitos. O embate, que se arrasta há dias, é permeado por mistérios. Nem o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e nem o Banco do Brasil se manifestaram nesta quarta-feira (11). Questiona-

Foto: Divulgação

do se solicitará o bloqueio, o BB afirmou que não comentaria o caso. O TJ, por sua vez, informou no início da noite ter recebido um novo documento da instituição financeira, que ainda será analisado pela presidência do tribunal. Divulgada nessa terça-feira (10) pelo STF, a decisão de Cármen Lúcia, responsável pelas de-

cisões da Corte no recesso do Judiciário, lembra que o contrato entre BB e Estado prevê que o TJMG poderá bloquear a quantia necessária à restituição do deposito judicial diretamente nas contas do Executivo. A ministra indeferiu reclamação impetrada pelo governo de Minas que tentava evitar o risco de bloqueio de R$1,5 bi-

lhão nas contas do Estado. O valor é cobrado pelo Banco do Brasil para pagamento de resgate dos depósitos judiciais – em 2015, o banco repassou ao Estado cerca de R$ 5 bilhões e alega, desde o dia 23 de dezembro, insuficiência de saldo no fundo de reserva. “De agora em diante, vão continuar valen-

do os termos do contrato para o pagamento dos depósitos judiciais. Ou seja, o Estado tem de recompor os valores diante da insuficiência de saldo e, se não houver essa recomposição, o juiz está autorizado a determinar o sequestro de valores em conta bancária do Estado de Minas Gerais”, analisa o procurador geral da OAB–MG, Allan Helber. No entendimento da OAB, a decisão do STF vale até que o relator do processo, ministro Roberto Barroso, volte e assuma o caso. “Antes havia a dúvida, porque não havia decisão do Supremo sobre o problema. Agora estamos em situação nova: existe uma imposição desse pagamento. Todo saque que for determinado judicialmente tem de ser honrado”, pondera Helber. No entanto, na avaliação do advogado geral do Estado, Onofre Alves Batista Júnior, o blo-

queio, caso aconteça, não será imediato. Batista ressalta que Cármen Lúcia não fez uma decisão obrigando o Estado a pagar nada e, ao fim do documento, ainda aponta a divergência de dados apresentados. “Minas não se recusa em hipótese alguma a cumprir o que determina a lei. Mas o banco tem que apresentar as contas, e o que nós temos avaliado é que não há deficiência. Como podemos fazer (a recomposição do fundo) sem que eles apresentem os números?”, questiona o advogado geral. Para a OAB, o conflito de interpretações não pode penalizar a parte mais fraca da história, os cidadãos que têm direito a receber os valores. Por isso, a instituição requereu nesta quarta-feira (11) sua admissão como amicus curiae nas ações em tramitação no STF, para resguardar os interesses dos cidadãos e dos advogados. Fonte:Otempo

Temer não encampa ideia de criação de novo ministério Apesar do ânimo e da pressão de parlamentares para que um Ministério da Segurança Pública seja criado, o presidente Michel Temer não encampou a ideia e nem se comprometeu com ela, e somente pediu mais "informações técnicas" sobre o tema. Temer, que havia se mostrado, em um primeiro momento, simpático à proposta, sempre deixou claro que era muito difícil política e economicamente aceitar a criação de nova pasta, ainda mais por conta das restrições impostas pelo ajuste fiscal. Na reunião desta quarta-feira, 11, em que o tema foi tratado, Temer mais ouviu do que falou.

Viu também o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, se posicionar contra a nova pasta, que esvaziaria o ministério que comanda. O ministro disse à reportagem que "o presidente reconheceu que o debate é importante e que o MJ já vinha intensificando a questão da segurança, que será ainda mais intensificada". Moraes defendeu ainda a discussão de uma pauta legislativa sobre segurança. No Congresso, existem inúmeras propostas sobre o tema. No Congresso O governo resolveu deixar a discussão sobre este assunto restrito apenas ao Congresso. Um

interlocutor direto do presidente lembrou que, antes de se pensar burocraticamente na criação de uma nova pasta, é preciso que haja um alinhamento sobre a política de segurança pública adequada para o País. O papel dos Estados, neste processo é fundamental, já que é a eles que cabe a condução da segurança pública. O governo federal reconhece que precisa participar do processo até porque entende que muitos dos crimes não são estaduais, mais federais e até internacionais. Há uma avaliação de que é preciso integração e coordenação e que a União precisa ajudar. Mesmo em 2002 ten-

do apresentado ao então candidato ao Planalto, José Serra, a proposta de criação do Ministério da Segurança Pública, Te-

mer entende que o momento vivido hoje no País é outro, muito diferente daquele. Por isso mesmo, não endossou a

sugestão de criação da nova pasta e deixou o assunto ser debatido no Congresso. fonte:Otempo


16 | GAZETA DE VARGINHA

ESPORTE

13 DE JANEIRO DE 2017

‘Arena do Rei’ deve homenagear Pelé em Três Corações Sul de Minas, sua cidade natal Obras do estádio já foram iniciadas e prefeitura prevê conclusão em janeiro de 2018; local deve ser a nova casa do Tricordiano Pelé deve ser homenageado no novo estádio que está sendo construído em Três Corações, sua cidade natal. Chamada de "Arena do Rei", ou "Arena Real", a obra é orçada pela Prefeitura Municipal em R$ 6 milhões e tem previsão de conclusão em janeiro de 2018, caso seja concluída a venda do Estádio Elias Arbex. O estádio deve ser o segundo a homenagear o jogador, que já tem o Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), batizado em seu nome. Com capacidade para receber até 12,5 mil pessoas, o local seria a nova casa do Tricordiano, time local que atualmente tem Edinho como técnico e Pelé como presidente de honra. - Nós estamos em um momento único.

Foto: Divulgação Prefeitura de Três Corações

Nós estamos com o filho do Pelé aqui como treinador, tem o Pelé, que nasceu aqui, e o Dondinho (pai do Pelé), que jogou aqui - afirmou o prefeito de Três Corações, Cláudio Pereira. E a família já tem acompanhado o projeto, que teve a terraplanagem do terreno iniciada há duas semanas. A dúvida em relação ao

Foto: Divulgação Tricordiano

nome do estádio, segundo o prefeito, vem justamente de uma sugestão de Edinho. - Conversando com o Edinho, ele sugeriu o nome de Arena Real, porque também fica às margens da rodovia que liga a São Tomé das Letras, que vincula à Estrada Real. Então passa por aqui milhares de turistas todos os dias. Nós vamos fazer

uma consulta [pública] para decidir o nome afirmou Pereira. Arena do Rei O projeto foi inspirado em um similar realizado em Patos de Minas (MG), onde o Estádio Waldomiro Pereira foi vendido em 2005 para a construção do Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz, inaugurado em

2009. A estrutura para a torcida deve ter forma de "ferradura", com 12,5 mil lugares e parte da arquibancada coberta. Segundo a prefeitura, o terreno em que a obra está sendo realizada foi doado pelo Governo do Estado de Minas Gerais há cerca de dois anos e tem uma área total de 2 milhões de metros

quadrados, sendo que 60 mil estão sendo destinados à Arena do Rei. Na área coberta, ficariam também as cabines de rádio e TV, além de demais salas de imprensa e camarotes do clube. Os vestiários seriam separados e o árbitro teria acesso ao campo por outra entrada (diferentemente do Elias Arbex). Por Régis Melo

Luan se dispõe a exercer função de volante, carência do Atlético em 2017 O Atlético tem em Luan um jogador com espírito lutador, que está sempre disposto a fazer de tudo para que o clube conquiste vitórias e títulos. Até mesmo atuar fora de sua posição. O meia-atacante treinou como volante na quarta-feira na Cidade do Galo e está pronto para jogar na função caso seja necessário.

Foto: Bruno Cantini

“Para mim é tranquilo. Muitos não sabem, mas minha ori-

gem é de volante. Joguei assim em Alagoas, no sub-18 da minha

cidade, o Miguelense. Ao tempo fui me adaptando, joguei de meia, de lateral-direito improvisado. Em qualquer posição que ele me colocar e tiver pulmão, eu vou jogar e ajudar. Sempre falei que vim para ajudar o Galo a vencer”, disse Luan. Na pré-temporada na Cidade do Galo, o técnico Roger Machado conta apenas com

Rafael Carioca na função. Lucas Cândido está com a delegação alvinegra na Florida Cup e Yago ainda se recupera de lesão no tornozelo direito. O restante dos jogadores da posição são da equipe sub-20. Luan diz que deixa a decisão para Roger Machado, mas vai trabalhar para ajudar o Galo a conquistar os seus objetivos. “Deixo

para o Roger escalar. Estou aqui para ajudar, o Carlinhos Neves me conhece, o Roger já viu vídeos e treinos, o que ele escolher tenho que respeitar. Quem ficar no banco, não existe reserva, é todo mundo junto. Temos que chegar longe em todas as competições. É trabalhar para buscar os objetivos”, concluiu. Fonte: Super Esporte


13 DE JANEIRO DE 2017

gazetadevarginha.com.br

GAZETA DE VARGINHA

LIGUE E ASSINE 3221-4668

(35) 2106-8100

1


GAZETA DE VARGINHA

gazetadevarginha.com.br

13 DE JANEIRO DE 2017

4


GAZETA DE VARGINHA

13 DE JANEIRO DE 2017

MEIO AMBIENTE

Gerente da Saneago de Anápolis é indiciada por poluição de córrego A gerente da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago) em Anápolis, no centro goiano, e a própria empresa foram indiciados pelo crime de poluição culposa, nesta terça-feira (10). O delegado responsável pelo caso, Manoel Vanderic Correa Filho, explica um encanamento de esgoto se rompeu há cerca de um mês e está caindo, ininterruptamente, sobre o córrego Reboleiras, que abastece a cidade. Um vídeo feito para Polícia Civil mostra a poluição “O vazamento destruiu o córrego. O córrego morreu. Essa área é usada por produtores ru-

rais, pessoas que vivem da terra. Agora é só esgoto, está entrando mais esgoto que água no lugar. O dano é gigantesco. É o maior e mais grave crime ambiental que eu já vi em Anápolis”, disse o delegado ao G1. Segundo Filho, o vazamento foi denunciado ao Grupo Especializado no Combate aos Crimes do Meio Ambiente de Anápolis, que verificou o problema nesta segundafeira (10). O delegado afirmou que a gerente da Saneago na cidade foi levada até a delegacia e assinou uma notificação de que tomava conhecimento da poluição, um Termo Circunstanciado de

Ocorrência (TCO) e deve responder em liberdade. “Ela foi presa, ouvida e liberada porque o crime na modalidade culposa prevê pena máxima de um ano. O mais relevante é que ela foi notificada formalmente na delegacia sobre esse crime ambiental, da magnitude dele e da obrigação da Saneago de fazer cessar a poluição. Se em uma semana não parar o vazamento ela pode ser autuada pelo crime de poluição dolosa e pode ficar presa por até cinco anos. Nesse caso não cabe nem fiança”, afirmou. Ainda conforme o delegado, ela disse em depoimento que tomará

as providências necessárias para cessar o vazamento. A Saneago informou, por meio de nota, que o rompimento aconteceu no dia 12 de dezembro de 2016 e que “de imediato, técnicos da empresa estiveram no local e

verificaram que seria necessária a elaboração de um projeto para a restauração da travessia e do interceptor”. O texto ressalta que “solicitou-se uma licitação em caráter de urgência, com conclusão da obra prevista para 19/02/17”.

A nota informa ainda que a Saneago “acompanhou sua gerente durante a condução para depoimento e que trata-se de uma profissional extremamente responsável no cumprimento de suas obrigações”. Fonte:G1

Gibão Skywalker ganha status de nova espécie Cientistas classificaram como uma nova espécie um primata que vive em florestas do sudoeste da China. O gibão vinha sendo estudado há alguns anos, mas novas pesquisas confirmaram que ele é diferente de todas as outras espécies conhecidas. Ele foi batizado de gibão hoolock Skywalker porque o nome chinês do animal significa “movimento celeste”, o que inspirou a homenagem ao

2

sobrenome dos protagonistas da série de filmes Guerra nas Estrelas. A descoberta foi publicada na revista especializada American Journal of Primatology. E os cientistas esperam que ajude a preservar os primatas e outras espécies das florestas da região. “Muitas espécies estão desaparecendo ou foram extintas por causa da perda de habitat, a caça indiscriminada e o crescimento populacional

humano”, disse à BBC Sam Turvey, da Zoological Society of London, e que fez parte do estudo. “É um privilégio, então, ver algo tão especial e raro como um gibão na copa das árvores de uma floresta tropical chinesa. Especialmente quando esses gibões são uma nova espécie que a ciência antes não reconhecia.” Os gibões hoolock existem em Bangladesh, Índia, China e Mi-

anmar. Passam a maior parte de suas vidas no alto das árvores e raramente descem ao chão. Mas a equipe de cientistas, liderada por Fan Peng-Fei, da Universidade Sun Yat-sen, na China, suspeitou que os animais estudados na província chinesa de Yunnan eram incomuns. Os hoolock têm sobrancelhas e barbas brancas, mas os gibões chineses tinham aparência difer. Fonte:Globo


13 DE JANEIRO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA

SAÚDE

Atividade cerebral explica ligação entre estresse e risco cardíaco, indica estudo O efeito de estresse sobre uma região do cérebro pode estar associado a um risco maior de ataque cardíaco, segundo uma pesquisa publicada na revista especializada The Lancet. No estudo com 300 pessoas foi observado que os que apresentavam uma atividade maior na amígdala (parte do cérebro responsável por orquestrar emoções) tinham uma probabilidade maior de desenvolver doenças cardiovasculares - e mais cedo que os outros. De acordo com os pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, estresse pode ser um fator de risco tão decisivo como fumo e pressão alta. Especialistas em doenças do coração afir-

mam que os pacientes em situações de risco devem receber ajuda para gerenciar o estresse. O estresse já tinha sido ligado a um aumento no risco de doenças cardiovasculares, que afetam o coração e os vasos sanguíneos. Mas a forma como isso acontecia nunca tinha sido explicada. Os pesquisadores de Harvard detectaram que uma atividade maior na amígdala, a região do cérebro que processa emoções como medo e raiva, ajuda a explicar a ligação. As amígdalas - são duas, uma de cada lado do cérebro - são grupos de células localizadas dentro dos lobos temporais mediais do cérebro. Em humanos e animais a amígdala está ligada a respostas ao medo e também ao prazer. Os cientistas sugerem que a amígdala sob estres-

se envia sinais para a medula óssea, para que esta produza mais células brancas para o sangue. Estas células vão causar inflamação nas artérias e isto pode causar ataques cardíacos, angina e derrames. Quando exposta a estresse, esta parte do cérebro parece funcionar como uma boa forma de prever a ocorrência de eventos cardiovasculares. No entanto os pesquisadores de Harvard afirmam que ainda são necessários mais estudos para confirmar esta sequência de reações. O estudo publicado na Lancet analisou duas pesquisas diferentes. A primeira analisou cérebro, medula óssea, baço e artérias de 292 pacientes durante quase quatro anos para verificar se eles desenvolveram doenças cardiovasculares. Durante o período

R emodele seu atendimento odontológico com fundamentos da f isiologia hor monal hormonal otimizando seus trabalhos em cirurgias, implantes, ortodontia e estética

Hormônios na odontologia Autólogos para preenchimento (plasma rico em plaquetas e fibrina) Fios de tração, preenchimento e sustentação

Seis módulos mensais de três dias! Dra. Kennia Fernandes Botelho

É Jornalista, Cirurgiã Dentista, Pós graduada em Estética Restauradora, Modulação hormonal e Harmonia Facial Estética, Toxina Botulínica e Preenchimento Orofacial, Plasma Rico em Plaquetas, Fibrina Líquida Autóloga, Ozônio terapia, Fios de Sustentação Facial e Corporal, Bichectomia, Odontologia Biológica, empresária do ramo de educação em biossegurança e formação profissional de Auxiliares de Saude Bucal.

Evolua e Domine o ar senal utilizado na es tética Or ofacial de maneir a arsenal estética Oro maneira a incrementar sua prática clínica o que h á de melhor na odontologia Contato: drakennia@hotmail.com Vagas limitadas em Minas e São Paulo Telefone: (35) 98815-2913 Dra. Kennia Telefone: (11) 98635-8484 Dr. Ricardo Telefone: (35) 3222-5677 Sarah

Todo último final de semana de cada mês iniciando em Janeiro de 2017

de acompanhamento, 22 pacientes desenvolveram o problema; estes eram os que tinham uma atividade maior nas amígdalas do cérebro. O segundo estudo, com apenas 13 pacientes, analisou a relação entre os níveis de estresse e a in-

flamação no corpo. Esta pesquisa descobriu que os que relataram os níveis mais altos de estresse apresentavam também os níveis mais altos de atividade nas amígdalas e mais sinais de inflamação no sangue e nas artérias.

“Nossos resultados dão uma percepção única de como o estresse pode levar à doença cardiovascular”, afirmou Ahmed Tawakol, um dos líderes da pesquisa e professor na Faculdade de Medicina de Harvard. Fonte:G1

Gazeta de Varginha 13/01/2017  

Edição 9.641

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you