Page 1

TEMPO TEMPO

Máx: 27° / Mín: 15°

QUARTA-FEIRA

VARGINHA, 12 DE SETEMBRO DE 2018

EDIÇÃO 10.046

IV Encontro Sul Mineiro de Oncologia acontece em Varginha dia 28 de setembro No evento, no Via Café Garden Shopping, será lançada a segunda edição da “Revista de Registro Hospitalar de Câncer” Sob o eixo temático “Avanços Oncológicos da Assistência Oncológica no Sul de Minas” acontece em Varginha, no dia 28 de setembro, o IV Encontro Sul Mineiro de Oncologia. No evento, no Via Café Garden Shopping, será lançada a segunda edição da “Revista de Registro Hospitalar de Câncer”. Tudo em comemoração aos 30 anos do Hospital Bom Pastor. local/ página 03

Luiz Fernando Alfredo Presidente do Hospital Bom Pastor

ACIV e Grupo UNIS realizam ação neste sábado no Calçadão A Associação Comercial de Varginha, em parceria com o Grupo Unis, realiza no sábado dia 15 de setembro, das 9h às 13h no calçadão da Wenceslau Braz, mais uma ação do projeto Centro Vivo. O evento trará aos consumidores estrutura de parklets com aproximadamente 30 metros e mais... local/ página 04

Rota do Sabor Gourmet 2018 começa nesta semana

local/ página 05

Humorista Eros Prado traz “Entre Rimas e Risos” a Varginha neste sábado O humorista Eros Prado traz a Varginha no sábado (15/09), às 21h, o stand-up comedy “Entre Rimas e Risos” com toda irreverência para mostrar ao vivo o humor vivido nos programas de televisão e no YouTube. Paródias, rimas, esquetes, trotes da ofensa e muita interação fazem do show um espetáculo exclusivo e muito divertido. local/ página 04

gazetacomercial2@gmail.com www.gazetadevarginha.com.br facebook.com/gazetavga

DEUS É FIEL página 09


02 | GAZETA DE VARGINHA

PONTO DE VISTA

12 DE SETEMBRO DE 2018

Kairós e Cronos Kairós significa o tempo de Deus (que não pode ser mensurado) e Cronos, o tempo dos homens (medido em horas, dias, anos, etc), o que evidencia a eternidade de Deus e os limites dos homens para avançarem no campo transcendental. Há milênios travase a competição entre teístas e ateístas, perpassando tal antagonismo por Igrejas, livros, sábios, filósofos, pessoas com poderes incomuns, surgindo proselitismos pouco suaves na busca de adeptos. As três maiores religiões do planeta – Cristianismo, Judaísmo e Islamismo – são monoteístas (admitem um Deus único), criacionistas e divergem apenas em seus livros sagrados: a Bíblia Cristã, que evidencia a centralidade de Jesus; a Torá judaica, escrita por Deus e entregue a Moisés e o Alcorão, escrito por Deus e entregue a Maomé pelo Anjo Gabriel.

Embora nas idades antiga e média, alguns gênios das ciências precursoras tenham sido execrados e perseguidos pelas religiões, chegamos à idade contemporânea com grandes descobertas em todos os campos da ciência, destacando-se aqui, cronologicamente, Sir Isaac Newton “Pai da Física” (por sinal, criacionista) e o mais festejado deles, Albert Einstein, que desenvolveu a teoria da relatividade geral, um dos pilares da física moderna ao lado da mecânica quântica. Inclusive, é atribuído a Einstein o conceito de que, separadas, ciências e religiões são cegas e manquitolas. No meio dessas ciências modernas, surgiram as propostas de um naturalista, chamado Charles Darwin, contaminando grande parte das ciências que não conseguem desvincular-se delas e hoje chegam a distorcer a Física (Entropia e Termodinâmica) para acomodar o Big Bang e

aumentar o número de ateus e agnósticos. Nós, como católicos, surpreendemonos quando impuseram o evolucionismo nas escolas do Brasil (país com a maior população católica mundial), alijando Deus e agora ficamos estupefatos com as manifestações de Sua Santidade, o Papa Francisco, contrariando os fundamentos do Cristianismo e aparentando querer quebrar tabus católicos, almejando ir ao encontro do ecumenismo. Talvez, estrategicamente, Sua Santidade esteja buscando ser politicamente correto, na intenção de impedir mais evasões católicas, porém, em um mundo caótico como de hoje, isso pode remeter à permissividade. O pontífice é um ser humano como qualquer outro e, portanto, sujeito a falhas ou realmente está descrente da humanidade que se corrompe cada vez mais.

Devemos permanecer firmes na fé, com ciência cética ou não, por isso o título deste texto; somos muito arrogantes, egoístas, pequenos, confusos, preguiçosos e acomodados, calamo-nos ao ver que até mesmo o tempo de Deus tenta-se subjugar ao tempo dos homens. A cosmovisão atual é turva, individualista, leiga, impensada e induz as pessoas a acreditar apenas no que nossos cinco sentidos processam. Não há nada nas Escrituras Sagradas demonstrando a forma da existência de Deus; Ele disse apenas: “– EU SOU!” Quem somos nós para sequer pensar que não?

Gazeta de Varginha Ltda CNPJ: 21.535.075/0001-47

Santa Maria - CEP: 37022560 – Varginha

Telefones (35) 3221-4668 (35) 3221-4845 (fax) Diário de circulação regional Horário de funcionamento: 8h às 18h Diretora administrativa: Ana Maria Silva Piva Jornalista responsável: Lanamara Silva (MTB: 8304 JP) Editor: Rodrigo S. Fernandes (Sindjori-MG: 312/99) Administração / revisão: Lanamara Silva Jornalista e superintendente de redação: Paulo Ribeiro da Silva Fernandes (MTB: 16.851) Endereço: Av. dos Imigrantes, 445 -

Montamos e desmontamos móveis

Luiz Fernando Alfredo

E-mail: gazetadevarginha@gmail.com (redação) gazetacomercial2@gmail.com (comercial) Site oficial: www.gazetadevarginha.com.br gazetavga.blogspot.com.br ABRAJORI – Associação Brasileira de Jornais do Interior SINDJORI – Sind. Prop. De Jornais e Revistas do Interior ADJORI – Associação dos Jornais do Interior de Minas Gerais ADI – Associação dos Jornais do Interior de Minas Gerais A redação não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados, mesmo sob pseudônimos, que são de inteira responsabilidade de seus autores.


12 DE SETEMBRO DE 2018

GAZETA DE VARGINHA | 03

LOCAL

IV Encontro Sul Mineiro de Oncologia acontece em Varginha dia 28 de setembro No evento, no Via Café Garden Shopping, será lançada a segunda edição da “Revista de Registro Hospitalar de Câncer” Sob o eixo temático “Avanços Oncológicos da Assistência Oncológica no Sul de Minas” acontece em Varginha, no dia 28 de setembro, o IV Encontro Sul Mineiro de Oncologia. No evento, no Via Café Garden Shopping, será lançada a segunda edição da “Revista de Registro Hospitalar de Câncer”. Tudo em comemoração aos 30 anos do Hospital Bom Pastor. “É uma oportunidade excelente para ouvir palestrantes e profissionais com vasta experiência em oncologia e interagir com outras pessoas da sua e de outras áreas médicas como farmácia, odontologia, fonoaudiologia, psicologia, enfermagem, nutrição, fisioterapia e serviço social, além de se aperfeiçoar como profissional e ser humano”, disse o presidente do Conselho Curador da Fundação Hospitalar do Município de Varginha (Fhomuv), Luiz Fernando Alfredo.

Programação Com as presenças do Secretário Municipal de Saúde, Mário Terra; do presidente do Conselho Curador do HBP, Luiz Fernando Alfredo; e da Revista do RHC, Dr. Bruno Aquino de Souza, acontece a abertura. Em seguida a palestra “Estatísticas do Programa de Avaliação e Vigilância do Câncer e seus Fatores de Risco”, proferida pela especialista da SRS de Varginha, Berenice Navarro Antoniezzi. Às 10h30, a primeira Mesa Redonda com o tema “Avanços nos procedimentos cirúrgicos oncológicos para as neoplasias mais frequentes do HBP (20102016)”, com moderação do Dr. Bruno Aquino de Souza. Participam os médicos da Rede Hospitalar de Varginha: - Dr. Robson Luiz de Melo (Princípios da cirurgia oncológica); - Dr. Cléber Henrique Santos Franco (O tratamento cirúrgico do Câncer em Cabeça e Pes-

coço no Hospital Bom Pastor); - Dr. Matheus Marciano Rosa (Câncer de próstata, cirurgia minimamente invasiva); - Dr. Rogério Campos Tavares (Epidemiologia e medidas preventivas do câncer colorretal); - Dra. Carolina Lemos Baroncelli (Câncer de Mama: Oncologia personalizada no Tratamento do Câncer de Mama). A segunda Mesa Redonda acontece após o almoço, às 13h30, em continuação, moderada pela Dra. Ana Márcia de

Melo. Participam os médicos da RHV: - Dr.José Roberto Monteiro Constantino (Cirugia minimamente invasiva do câncer); - Dr. Ítalo Denelli Venturelli (O que pode um psicanalista no hospital Oncológico?); - Dra. Ana Cláudia de Andrade (Panorama dos Cuidados Paliativos oncológicos em Varginha, desafios e oportunidades); - Dr. Hélio de Almeida Nascimento Júnior (Atualidades em Procedimentos por Imagem em Oncologia);

- Dr. João Herivelton Campos Silva (Avanços na Radioterapia da FHOMUV). O

encerramento

está previsto para às 14 horas com apresentação da Orquestra do Conservatório Estatual Maestro Marciliano Braga.

Moringa a “Ár vor e da V ida” “Árvor vore Vida”

Vem aí a Caminhada da Flora em Varginha

Será no sábado, dia 15, a famosa Caminhada da Flora, com 12 quilômetros de percurso em meio a natureza, mais uma iniciativa da Prefeitura de Varginha, por meio da Secretaria

Municipal de Esporte e Lazer - Semel pelo projeto Academias de Ruas. A saída ocorrerá de frente do Batalhão da Polícia Militar, às 7h da manhã. Não será necessário fazer a ins-

crição. Todos podem participar. Basta levar um quilo de alimentos não perecível,que será doado a famílias carentes. Segundo o professor da Semel, Flávio Henrique Pontes, será

disponibilizado ônibus para a volta. "Teremos ainda carro de apoio, presença da Guarda Civil Municipal Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, frutas e água", contou Flávio.

A Moringa é uma planta originária da India e Norte da África. É dotada de 90 nutrientes, todos os aminoácidos, betacaroteno e as vitaminas C, B2, B3, B6, B7, D, E e K. Moringa também é fonte de minerais como ferro, potássio, cálcio, cobre, magnésio, manganês e zinco. Contém 17 vezes mais cálcio que o leite, 25 vezes mais ferro que o espinafre, 15 vezes mais potássio que a banana e sete vezes mais vitamina C que a laranja. Também chamada de “Milagre da Natureza”, a Moringa traz vários benefícios para a saúde como melhoria da pressão arterial, redução do colesterol e da glicose. E ainda, fortalece músculos e ossos, ajuda na perda de peso, pele mais saudável, combate a asma e fornece energia ao corpo. Para ter todos esses benefícios basta tomar meia colher de chá com água ou suco pela manhã ou à noite. Informações e vendas pelo telefone: 35 3221-4845


04|GAZETA DE VARGINHA

LOCAL

12 DE SETEMBRO DE 2018

ACIV e Grupo UNIS realizam ação neste sábado no Calçadão A Associação Comercial de Varginha, em parceria com o Grupo Unis, realiza no sábado dia 15 de setembro, das 9h às 13h A Associação Comercial de Varginha, em parceria com o Grupo Unis, realiza no sábado dia 15 de setembro, das 9h às 13h no calçadão da Wenceslau Braz, mais uma ação do projeto Centro Vivo. O evento trará aos consumidores estrutura de parklets com aproximadamente 30 metros – mini praças feitas em pallets

para acomodar os clientes que movimentarão o centro da cidade. A banda de rock Dogs de Bengala levará música e diversão para o local. Alunos do 4º período do curso de Arquitetura e Urbanismo do grupo Unis, desenvolveram o projeto através do Escritório Modelo de Arquitetura da Cidade Universitária, sob coordenação de Daniella Coli Chagas, que consiste na produção de módulos móveis feitos de pallets. Os Parklets, como são chamados, serão utilizados como área de descanso para que os clientes possam se acomodar enquanto realizam suas compras.

Os músicos da banda Dogs de Bengala cantarão sucessos do rock nacional e internacional, promovendo música de qualidade durante todo o evento. A ação tem o intuito de movimentar o comércio central de Varginha, levando atra-

ções aos clientes, promovendo e incentivando as empresas para apresentarem seus produtos aos consumidores, de forma a alavancar a economia local e proporcionar um ambiente de compras mais receptivo e acolhedor.

Humorista Eros Prado traz “Entre Rimas e Risos” a Varginha neste sábado O humorista Eros Prado traz a Varginha no sábado (15/09), às 21h, o stand-up comedy “Entre Rimas e Risos” com toda irreverência para mostrar ao vivo o humor vivido nos programas de televisão e no YouTube. Paródias, rimas, esquetes, trotes da ofensa e muita interação fazem do show um espetáculo exclusivo e muito divertido. Os ingressos estão sendo vendidos na Pré Festa Ingressos ou pelo site www. megabilheteria. com. Sua experiência com teatro e animação torna suas apresenta-

ções diferenciadas. Seus shows são marcantes pelo seu carisma, sua simpatia e sua interação com a plateia, que sempre se entusiasmam com suas brincadeiras. Atualmente, Eros Prado está no elenco do humorístico “A Praça é Nossa”, no SBT, e já passou pelos seguintes

programas e emissoras: Pânico na Band; República do Stand Up (Comedy Central); Ceará Fora da Casinha e Treme Treme (Multishow). O humorista também é conhecido pelo seu canal “Pagode da Ofensa”, na plataforma You Tube, que conta, atualmente, com 2 milhões de inscritos.


12 DE SETEMBRO DE 2018

LOCAL

GAZETA DE VARGINHA | 05

Rota do Sabor Gourmet 2018 começa nesta semana Entre os dias 11 a 30 de setembro, os apreciadores da gastronomia mineira vão ter deliciosos pratos à disposição para serem experimentados A Rota do Sabor Gourmet 2018 está saindo do forno! Entre os dias 11 a 30 de setembro, os apreciadores da gastronomia mineira vão ter deliciosos pratos à disposição para serem experimentados e saboreados em bares e restaurantes de Varginha. Com início desta terça-feira, os estabelecimentos participantes vão disponibilizar um desconto a partir de 15% em suas especialidades da casa com preços especiais, com o intuito de atrair não só seus consumidores habituais, mas também novos clientes.

O objetivo da Rota do Sabor Gourmet é oferecer visibilidade aos negócios locais. O evento gastronômico dá chance ao público de apreciar combinações de sabores em preços totalmente acessíveis e promover a cultura gastronômica na população. Conheça os destinos e seus respectivos pratos/combos logo abaixo: Armazém 148 – Torre de Batatas + 3 Budweiser 600ml cada Art Burguer – Bacontente Burger Braseado: Steak Burguer

Chiquinho Sorvetes: Combo Deu Match (Shake Mix + Novo Mix) Degraus: Prato Executivo Filé Mignon ao Molho Madeira Dom Caixote: Cachorro Quente Artesanal + 1 Chopp Pilsen Artesanal 1L Ma Chérie: Crepe de Carne Especial + Crepe de Paçoca Miolos Botequim: Arancini + 1 Garrafa Pilsen Läut 600ml Mistura Brasileira: Mistura Brasileira + 3 Cervejas Original 600ml Seo Haki: Seo Rei Sertanejo: Carne de

Lata com Fritas + 2 Caipirinhas 150ml Água Doce: Filé Mignon com Requeijão Você pode conferir todas as fotos e detalhes das promoções clicando no link: Álbum

Rota do Sabor Gourmet 2018. A Rota do Sabor Gourmet é uma realização do SEHAV (Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Varginha) e WEspanha Comuni-

cação Inteligente. Conta com os parceiros de mídia Blog do Madeira, Equipe Positiva, Folha de Varginha, Gazeta e Varginha Online. Ainda possui o apoio da Itatiaia, Perfil WE, CNC e FBHA.

Varginhense ganha prêmio de “Melhor Atriz Revelação” no 1º Curta São Thomé A atriz varginhense Marina Azze levou o prêmio especial do júri de “Melhor Atriz Revelação” no 1º Curta São Thomé pela atuação no filme independente brasileiro “Agora se vira, meu bem”, dirigido por Elisa Aleva. A premiação foi anunciada no último sábado (08/09) nas montanhas de São Thomé das Letras. O filme concorreu ao lado de outros 49 títulos nacionais. Estrelado por Marina Azze, o curta narra a história de uma mulher que aos 35 anos mergulha em seu íntimo em busca de res-

postas para seguir em frente. “Agora se vira meu bem” é uma adaptação de textos escritos por Lígia Gomes. “Que lindo este festival! Como é bom darem voz ao cinema no interior. Esse intercâmbio do cinema nacional com filmes do interior de MG é enriquecedor! Fizemos 'Agora se vira, meu bem' numa dobradinha SP, MG... E é delicioso ver o cinema do interior crescendo tanto graça aos festivais. Ganhei esse prêmio ao lado de Tonico Pereira que brilha em 'Vestido de Myriam' e de Eva Vilma por sua

atuação em 'Minha mãe, minha filha'. Dois atores com uma experiência gigantesca. O que me deixa ainda mais feliz! O troféu é artisticamente perfeito. Que final de semana primoroso nessas montanhas de pedra, regado a rock e cinema”, disse atriz Marina Azze ao receber o troféu.


06| GAZETA DE VARGINHA

REGIONAL

12 DE SETEMBRO DE 2018

COLUNA MINAS GERAIS Rede de Notícias do Sindijori Vacinação de bovinos é de quase 100% O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou o índice de vacinação contra a febre aftosa. No país, 98,3% dos animais foram imunizados, sendo 197,87 milhões de bois e búfalos de um universo de 201,2 milhões. Já na Regional de Uberaba, o índice foi de 99,30% de vacinação. A campanha de vacinação contra a febre aftosa aconteceu em maio, mas os dados foram divulgados somente agora. A primeira etapa envolveu animais de todas as idades. De acordo com o coordenador regional do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Bráulio Queiroga de Moreira Filho, a quantidade de animais vacinados na Regional foi boa. (Jornal da Manhã – Uberaba) Números de médicos em JF supera média A distribuição demográfica dos médicos pelo país é marcada pela desigualdade. A avaliação do Conselho Federal de Medicina (CFM) foi realizada

com base no levantamento da demografia médica feita pelo próprio órgão. Embora a média nacional seja de 2,18 médicos para cada mil habitantes, tal indicador difere consideravelmente entre regiões, estados, capitais e municípios do interior. Em Juiz de Fora, contudo, os números contrariam a tendência nacional e revelam a média de 5,3 médicos para cada mil habitantes. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora) Insumo para o vestuário aumenta 126% O monitoramento do desempenho do setor da confecção do Núcleo de Pesquisas do Vestuário (Nupev) do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais revelou variações de 126% dos insumos. Pesquisouse algumas lojas de varejo de aviamentos, equipamentos e máquinas de costura encontrando-se os valores mínimos e máximos, além dos preços médios e a variação percentual dos valores. De acordo com a pesquisa, os tecidos registraram as

maiores variações em agosto. Malha 100% algodão chegou a ter uma diferença de 126% entre um e outro estabelecimento. O quilo do tecido é cotado de R$ 11,90 a R$ 26,90, apontou a pesquisa. (Jornal Agora – Divinópolis) Encontro de Cavaleiros no Haras Virtude A cavalgada organizada pelo Grupo dos XV, denominação da turma de quinze amigos que se propuseram organizar o Encontro de Cavaleiros, chegou na sua décima segunda edição. Tradicionalmente, o evento era realizado no CAC das Palmeiras, zona rural do município de Leopoldina, no entanto, a legislação impede a venda de bebidas alcoólicas nas escolas. Com isso, a festa teve que ser transferida para outro local e será realizada no Haras Virtude, no distrito de Vista Alegre, no dia 15 de setembro. O evento se consagrou como uma das maiores cavalgadas da região, atraindo turistas de todo o Sudeste brasileiro. (Jornal Leopoldinen-

se – Leopoldina) 2º Campeonato Valadarense outubro Os grandes pilotos de parapente do Brasil voltarão aos céus de Valadares em outubro, para participar da segunda etapa do Campeonato Valadarense de Parapente. Os pilotos interessados devem se apressar, porque as inscrições são limitadas. As provas acontecerão entre os dias 12 e 14 de outubro. As inscrições estão sendo realizadas no site https://www.sympla. com.br/campeonato-valadarense-de-parapente2018-segunda-etapa__326623. O valor é de R$ 175 mais a taxa de R$ 17,50 do sistema. Durante a competição, serão disputadas quatro categorias: Open, Sport, Lite e Duplo. (Diário do Rio Doce – Gov. Valadares) Museu Regional recebe artista plástico Como forma de expressão e de luto à alta produção de lixo no planeta, Wanderley Guilherme, conhecido por Wangui, expõe a sua arte no

Museu Regional de São João Del-Rei até dia 30 deste mês. O acervo de “Tema tema… O que se segue é um lema” é integrado por telas e obras realizadas com materiais recicláveis. Além disso, a exposição é uma espécie de retrospectiva do trabalho do artista, acrescentando obras recentes que ele produziu. Ou seja, ainda que a temática principal seja sobre a reciclagem, outras ideias também foram retratadas, como as pinturas de flores, paisagens e natureza morta. (Gazeta de São João Del Rei) “Memórias e Histórias” no Sesi Os amantes de exposições culturais vão poder conferir a partir dessa terça-feira, 11, na Galeria de Artes do Sesi, a exposição do Museu de Artes e Ofícios “Memórias e Histórias de quem produz”. A exposição itinerante do Museu de Artes e Ofícios, situado na Praça da Estação, em Belo Horizonte, traz ferramentas, utensílios e equipamentos que dão forma à técnica, à ha-

bilidade humana, ao desejo, à necessidade e denunciam diferentes saberes, condições de trabalho e lugares sociais. Na exposição são retratadas profissões de ontem que inspiraram e ainda inspiram o mundo de hoje. (Jornal Folha do Povo Itaúna) Evento do Senac apresenta modelo Disney O Senac realiza nessa terça, 11, nas unidades Varginha e Três Corações o Conexão RH, evento voltado para gestores, líderes, profissionais de RH e estudantes de administração onde serão apresentados os diferenciais do modelo de gestão de pessoas da Disney. A palestra e a atividade prática serão conduzidas por Marcela França, palestrante e pesquisadora do Modelo Disney de Gestão desde 2003. O evento é gratuito e com inscrições limitadas. O objetivo é promover networking, falar sobre o mercado, negócios, estratégias criativas e inovações. Desta vez, as palestras e workshops vão ocorrer nas unidades de Três Corações e Varginha.

Usuários reclamam do serviço de transporte intermunicipal entre Lavras e BH des, má conservação e falta de manutenção dos veículos (gerando inclusive quebra de veículos durante as viagens), preço da passagem, entre outros problemas. De acordo com o site Reclame Aqui, canal que funciona como intermediador entre

Nos últimos meses cresceram as reclamações sobre a qualidade do transporte entre

Lavras e Belo Horizonte oferecido pela empresa Gardênia. Usuários ouvidos

pela reportagem reclamaram do atraso do tempo da viagem no trajeto entre as cida-

consumidores e empresas, a maioria da reclamação dos usuários diz respeito à baixa qualidade do serviço prestado pela empresa Gardênia. Mesmo com o crescimento exponencial do serviço de carona oferecidas por aplicativos e páginas nas redes

sociais, o serviço de transporte intermunicipal continua a ser de esmorme importância para muitos usuários em Lavras. O site abre espaço para que a empresa Gardênia responda às reclamações feitas por usuários na cidade. fonte:Lavras24h

(35) 2106-8100


12 DE SETEMBRO DE 2018

GAZETA DE VARGINHA | 07

REGIONAL

Dnit libera desvio para carros de passeio na BR-459, interditada em Delfim Moreira Nova alternativa passa por estrada rural em Piquete (SP); trecho liga os estados de Minas Gerais e São Paulo O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) liberou nesta segunda-feira (10) um acesso para carros de passeio que precisam passar pelo trecho interditado da BR-459, em Delfim Moreira (MG), que liga os estados de Minas Gerais e São Paulo. O desvio passa por uma estrada vicinal de Piquete (SP). As obras da BR-459 começaram em julho. Para fazer pavimentação no trecho, a pista foi totalmente interditada. O Dnit indicou três rotas alternativas para os

usuários, que reclamaram muito dos transtornos. Algumas viagens aumentaram em 190 km. A previsão é que a obra termine em 6 de outubro.

Vereadores de Delfim Moreira estão acompanhando as obras e acreditam que o desvio não será suficiente. Um exemplo são os muitos agricultores, que conti-

nuarão com dificuldade para transportar a carga pela região. “A gente vê toda a dificuldade do nosso município, pessoal que trabalha, que precisa tam-

bém escoar suas mercadorias aqui no Vale do Paraíba, e está muito difícil. O negócio aqui está complicado”, afirmou o vereador Rivail de Souza. “Os feirantes,

Cartório Baependi Endereço: Avenidade Major José Izalino, 98, Centro, Baependi, MG - 37443-000

Cartório Baependi Endereço: Avenidade Major José Izalino, 98, Centro, Baependi, MG - 37443-000

EDITAL DE INTIMAÇÃO DE DEVEDOR FIDUCIANTE

EDITAL DE INTIMAÇÃO DE DEVEDOR FIDUCIANTE

alguns caminhões que precisam descer, eles precisavam abrir essa BR-459”, completou o vereador Jocemar Paulo dos Santos. Fonte: G1

COMARCA DE BAEPENDI - EDITAL DE INTIMAÇÃO

COMARCA DE BAEPENDI - EDITAL DE INTIMAÇÃO

O/A Oficial do Cartório Baependi, com base no parágrafo 4º, do art. 26, da Lei nº 9.514/1997, vem intimar o(a) devedor(a)

O/A Oficial do Cartório Baependi, com base no parágrafo 4º, do art. 26, da Lei nº 9.514/1997, vem intimar o(a) devedor(a)

fiduciante, GILBERTO PEREIRA DA ROCHA, CPF/CNPJ nº 06490690640, LUCIANA APARECIDA GONCALVES,

fiduciante, MILTON ALVES DE LIMA, CPF/CNPJ nº 37704206672, LINA DE CASTRO LIMA, CPF/CNPJ nº 93369107600,

CPF/CNPJ nº 06879980694, que está(ão) em lugar(es) ignorado(s), incerto(s) ou inacessível(eis), para se dirigir(em),

que está(ão) em lugar(es) ignorado(s), incerto(s) ou inacessível(eis), para se dirigir(em), preferencialmente, ao endereço

preferencialmente, ao endereço do(a) credor(a) fiduciário(a) CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF, ou ao endereço do

do(a) credor(a) fiduciário(a) CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF, ou ao endereço do Cartório Baependi, Avenidade

Cartório Baependi, Avenidade Major José Izalino, 98, Centro, Baependi, MG - 37443-000, no horário de atendimento, e

Major José Izalino, 98, Centro, Baependi, MG - 37443-000, no horário de atendimento, e satisfazer, no prazo de quinze

satisfazer, no prazo de quinze dias, contados a partir da última publicação deste edital, que será publicado em três dias

dias, contados a partir da última publicação deste edital, que será publicado em três dias consecutivos, o encargo no valor

consecutivos, o encargo no valor de R$ 1.190,72, em 09/09/2018, sujeito à atualização monetária, juros de mora e

de R$ 1.783,12, em 09/09/2018, sujeito à atualização monetária, juros de mora e despesas de cobrança até a data do

despesas de cobrança até a data do efetivo pagamento, somando-se também os encargos que vencerem no prazo desta

efetivo pagamento, somando-se também os encargos que vencerem no prazo desta intimação, relativo ao contrato nº

intimação, relativo ao contrato nº 855550633109-4 e garantido por alienação(ões) fiduciária(s) registrada(s) na(s)

855550438394-1 e garantido por alienação(ões) fiduciária(s) registrada(s) na(s) matrícula(s) nº(s) 15932, do Livro 2 –

matrícula(s) nº(s) 16246, do Livro 2 – Registro Geral, do Cartório Baependi . Na hipótese de o pagamento ser efetuado diretamente ao credor, o recibo deverá ser apresentado ao Cartório Baependi. Caso o pagamento não seja realizado diretamente a(o) credor(a), o pagamento perante a Serventia deverá ser por meio de cheque administrativo ou visado, com a cláusula “não à ordem”, nominal ao credor fiduciário ou a seu cessionário. O não cumprimento da referida obrigação, no prazo de 15 (quinze) dias, garante o direito de consolidação da propriedade do imóvel em favor do credor fiduciário CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF, nos termos do art. 26, §7º da Lei 9.514/1997. E, para que chegue ao conhecimento do(a) devedor(a), expediu-se este edital.

Baependi, 10 de Setembro de 2018

Registro Geral, do Cartório Baependi . Na hipótese de o pagamento ser efetuado diretamente ao credor, o recibo deverá ser apresentado ao Cartório Baependi. Caso o pagamento não seja realizado diretamente a(o) credor(a), o pagamento perante a Serventia deverá ser por meio de cheque administrativo ou visado, com a cláusula “não à ordem”, nominal ao credor fiduciário ou a seu cessionário. O não cumprimento da referida obrigação, no prazo de 15 (quinze) dias, garante o direito de consolidação da propriedade do imóvel em favor do credor fiduciário CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF, nos termos do art. 26, §7º da Lei 9.514/1997. E, para que chegue ao conhecimento do(a) devedor(a), expediu-se este edital.

Baependi, 10 de Setembro de 2018

Isaías Faria Pagliarini

Isaías Faria Pagliarini Oficial de Registro

Oficial de Registro


08|GAZETA DE VARGINHA

REGIONAL

12 DE SETEMBRO DE 2018

Polícia Militar terá veículos blindados para combater ataques a bancos em Minas Gerais Governador anunciou que serão adquiridos 20 carros blindados. Eles serão distribuídos para todas regiões de Segurança de Minas Uma nova estratégia para combater as quadrilhas que tiram o sono das cidades do interior de Minas é lançada pelo Governo. As Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) do estado vão receber veículos blindados para as ações da Polícia Militar (PM) contras as organizações criminosas. A medida foi anunciada na segunda-feira pelo Governador Fernando Pimentel. Segundo o governador, serão adquiridos 20 veículos blindados. “Um projeto importante também é a segurança regional blindada. Nós estamos autorizando e a PMMG vai adquirir 20 veículos de grande porte, blindados, para enfrentar a

questão das quadrilhas de explosão de caixas eletrônicos que utilizam armamento muito pesado. Um veículo em cada região de segurança do estado, vai ficar ainda mais eficiente o combate”, explicou Pimentel. Um veículo já está em uso pela PM em caráter experimental, na cidade de Poços de Caldas, na Região Sul de Minas. “É um teste para adaptação da tecnologia e equipamentos. É um veículo de plataforma de caminhonete com carroceria toda blindada. Estamos chamando o projeto de segurança blindada. Vamos lançar em todo o interior do estado em pontos,obviamente, estratégicos de estradas, cobrindo municípios.

Derão veículos destinados a dar a Polícia Militar uma maior capacidade de enfrentamento aos crimes de maior agressividade que tem acontecido no interior”, explicou o coronel Helbert Figueiró, comandante-geral da PMMG. Ele ressaltou que a estratégia será lançada mesmo com queda no número de ocorrências desta natureza. O projeto foi apresentado em reunião do comitê da segurança na manhã desta segundafeira. De acordo com Figueiró, o governador já autorizou a compra dos veículos. “Inicialmente, nesta primeira fase, serão 20. Depois mais 20 serão lançadas assim que conseguirmos realizar essa compra, visando essa capa-

cidade, e força de resposta no interior do estado”, disse. Cada veículo, segundo o comandante, tem custo entre R$ 340 mil e R$ 350 mil. Os primeiros 20 carros vão custar cerca de R$ 7 milhões. Dados divulgados pela PM mostram que os ataques a bancos vêm caindo em Minas Gerais. De acordo com a corporação, de janeiro a agosto, foram 66 ocorrências. No mesmo período do ano passado foram 133 casos, e em 2016, 172 registros. Em 2018, foram presas 42 pessoas envolvidas no crime. O número é maior do que em 2017, quando foram 25 presos, e que 2016, quando 14 foram detidos. Mesmo com redução, os ataques a ban-

cos no interior de Minas Gerais vêm assustando os moradores e provocando prejuízos. Na madrugada deste domingo, um grupo fortemente armado atacou uma agência em Careaçu, na Região Sul de Minas Gerais. Ao menos 10 pessoas participaram da ação. Os criminosos chegaram na cidade e atiraram várias vezes antes de explodirem os caixas

eletrônicos. Na fuga, trocaram tiros com a polícia. Buscas são feitas na cidade para tentar encontrar a quadrilha. Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito foi localizado. Cápsulas de grosso calibre foram encontradas próximos da agência. A Polícia Civil já iniciou as investigações para chegar até os criminosos. Fonte: Estado de Minas

Moradora de Alfenas é baleada em rodovia durante um arrastão no RJ

Uma mulher foi baleada durante um

arrastão, na manhã de domingo (9), na BR-

101, altura de Itaboraí, na Região Metropoli-

tana do Rio. Segundo a polícia, agentes que faziam patrulhamento na região se depararam com dois criminosos durante um arrastão na via. Os bandidos efetuaram disparos contra os policiais e houve troca de tiros. Um terceiro criminoso que estava na loja de conveniência de um posto de combustível do local fugiu com a dupla em um

dos carros roubados. Houve perseguição e o carro ocupado pelos criminosos bateu, dando início a uma nova troca de tiros. Um dos criminosos, identificado como Carlos Enrique, foi baleado e se rendeu. Outros dois bandidos fugiram. Durante a troca de tiros, uma mulher foi atingida no braço e no abdômen e foi levada para um hospital da região. Foram recupe-

rados um Toyota, um Renault, um Ford e um Gol que os criminosos tinham roubado. A vítima é moradora da cidade de Alfenas no Sul de Minas Gerais, foi identificada como sendo Isabel, mais conhecida como Bel que vende salgados na esquina da Rua Leão de Faria com a Rua Nicolau Coutinho. Seu estado de saúde é grave! Fonte: Minas Acontece


12 DE SETEMBRO DE 2018

O Legado As eleições estão nas ruas, não como os candidatos gostariam ou como o eleitor precisa ver, mas estão ai! O foco é mostrar torcida, apoio em todas as áreas e classes sociais. Nas redes sociais as eleições também já começaram! Quem não recebeu ainda pelo watshapp um vídeo ou mensagem de política? E os candidatos estão voltando a “moda antiga usando muita saliva e sola de sapato”. Os deputados que buscam a reeleição levam vantagem neste pleito, pois embora enfrentem praticamente a mesma rejeição dos iniciantes, os veteranos são mais conhecidos e tem obras e eleitores para mostrar. No governo municipal um comportamento chamou a atenção dos “antigos” da política: a lealdade do governo municipal aos seus deputados. Dizem que o próprio prefeito e vice falaram aos servidores da “necessidade de apoiar a reeleição dos deputados Dimas Fabiano, federal, e Dilzon Melo, estadual”. O empenho de Antônio Silva e Vérdi Melo chamam a atenção. Ainda mais a lealdade de Antônio Silva, que no passado já deu mostras que “não e de fazer força por terceiros”. A mudança na postura política vai ficar como legado de Antônio Silva, que “curou feridas do passado, apoia políticos com quem brigou no passado e pretende eleger como sucessor, o vice, que o fez responder pela única CPI de sua vida”. Realmente o Antônio Silva de hoje não é o mesmo de ontem!

O Legado 2 Já o vice-prefeito Vérdi Melo (PSDB) tem lealdade política ainda mais espantosa que o prefeito. Afinal, Antônio Silva apoia um deputado de seu partido e outro que se destacou por ser o que mais ajudou Varginha com emendas parlamentares e apoio nas demandas de Brasília! Já o vice-prefeito nem mesmo cogita apoiar um candidato de seu partido! O PSDB local está restrito ao apoio “ao vice e não aos deputados”. Ou seja, o apoio dado agora pelos tucanos à Dilzon e Dimas, esperam ser revertido em apoio a Vérdi em 2020. O PSDB não lançou nem apoia nenhum de seus candidatos a deputado estadual ou federal, vão trabalhar apenas pela candidatura de Anastasia ao Governo de Minas. Pelo que se vê, a arte da paciência e pragmatismo tomou conta do governo municipal. Enquanto Vérdi Melo “paga antecipado o apoio que quer no futuro e aguarda com paciência sua vez, Antônio Silva caminha para a aposentadoria com o pragmatismo de ser grato a quem verdadeiramente esteve ao seu lado, mesmo que sejam desafetos do passado”. Não será agora que Vérdi Melo vai aprender tudo que precisa para agregar toda a base de apoio que precisa no futuro, mas com certeza, nas eleições de 2018, o vice consolida o apoio parlamentar que busca: o importante apoio de Dilzon Melo e Dimas Fabiano para 2020. Quanto à lealdade de Dimas Fabiano não resta dúvida, o parlamentar não chegaria onde chegou se não fosse grato aos aliados. Já quanto a Dilzon Melo, este não é reconhecido por sua “lealdade”! Ademais, hoje o PTB não tem ninguém para apoiar em 2020, o que deve ser um grande estímulo aos tucanos.

FATOS E VERSÕES dentro de seu próprio partido e grupo político o vereador Leonardo Ciacci, que também quer ser prefeito em 2020. Leonardo Ciacci é o número um no partido para esta disputa, e não parece que vai abrir mão com facilidade! Já Vismário Camargos tem caminho ainda mais tortuoso, vai enfrentar uma eleição como candidato pela primeira vez e sem muitos amigos para carregar o alto preço e grande desgaste de uma eleição. Vismario disputa uma vaga na Assembleia Legislativa pelo Democrata, onde tem poucos amigos e quase nenhum apoio. O médico vai contar com alguns poucos que sobraram do seu antigo partido, o MDB, principalmente o vereador Carlos Costa, que será vital para o sucesso de sua campanha em Varginha. Aliás, Carlos Costa é também um possível candidato a prefeito em 2020, seu apoio agora a Vismário será um “teste de transferência de apoio” que não deixa de ser uma vitrine, afinal, o médico é ficha limpa e tem serviços prestados. A dúvida é se, em 2020, Vismário terá com Carlos Costa a mesma lealdade e retribuição do apoio! A conferir!

Juventude monitorada A política dá voltas e as eleições de 2018 caminham apontando o futuro de outras disputas importantes em Varginha. Uma delas é pela presidência da Câmara de Vereadores em 2019. A eleição acontece no final deste ano, após as eleições de governo e parlamento estadual e federal. Mesmo parecendo disputas distintas, tem relação próxima. Não é por acaso que os vereadores estão todos engajados nas eleições de seus deputados e “construindo relacionamentos” para uso imediato após as eleições de outubro próximo. O atual presidente da Câmara de Varginha, Leonardo Ciacci, já foi melhor como líder do Legislativo. Nesta sua administração, que por sorte passa rápido, Ciacci, conseguiu adquirir “descontentes e muita chateação com sua administração cabisbaixa e subserviente ao Ministério Público. Mais um pouco, poderia transferir as decisões do Legislativo para a Vila Pinto”. Mas por sorte, uma nova mesa diretora está sendo arquitetada para 2019. Um jovem vereador de primeiro mandato deve ser o próximo presidente. O jovem vereador ainda não tem a mesma experiência de Ciacci, mas caminha com a mesma “tutela que levou Ciacci ao reconhecimento”. Ciacci começou sua vida política monitorado pelo sogro e ex-prefeito Aloysio Ribeiro de Almeida. O ex-prefeito ensinou a Ciacci o tratamento e carinho que de deve dar ao eleitor. Aloysio também ensinou que o chefe de um Poder constituído deve ser independente e saber enfrentar desgastes, mas esta aula Ciacci deve ter faltado. O próximo presidente da Câmara, espera-se, será um líder corajoso! Mesmo porque, embora seja um vereador em primeiro mandato, o edil tem o acompanhamento direto do pai, que já foi prefeito e deputado, sendo uma das raposas da política local. Será que o filho vai seguir os caminhos do pai?

Perguntar não ofende Geisa Teixeira vai conseguir a reeleição? Zacarias Piva ou Vismário Camargos terão em Varginha mais de 15 mil votos? Quantos votos terá o “apocalíptico” Juliano Rodrigues? As respostas destas perguntas vão afetar diretamente a eleição de 2020. A Copasa continua tendo a mesma “empresa preferida” para obras em Varginha e região? Porque a empresa de obras e saneamento, ligada a um deputado estadual da oposição continua sendo a preferida? Isso mostra bom serviço ou um lobby forte?

Balão de ensaio

PT do B ou união partidária?

As candidaturas de Zacarias Piva e Vismário Camargos a deputado estadual chegam a emocionar quem desejava ver uma eleição com nomes novos! Aqueles que não gostam de votar em reeleição e gostam de alternância de poderes! Contudo, nos bastidores da política, as duas candidaturas são vistas com olhos diferentes. Poucos acreditam no “sucesso político imediato” dos candidatos, mesmo porque, existem muitos que acreditam que o vereador do PP e o médico do Democratas não estão “mirando nas eleições 2018, e sim na disputa de 2020”. Não é mistério que Zacarias Piva do PP sonha em ser candidato a prefeito, da mesma forma que o médico cardiologista, Vismário Camargos, contudo, uma eleição de deputado, mesmo sem sucesso nas urnas, pode dar a mídia e destaque que se procura para impulsionar uma candidatura a prefeito! Ainda tem muito para acontecer, mesmo porque, para Zacarias Piva o caminho é longo, o edil precisa enfrentar

As eleições de 2018 trouxeram grandes desafios para o PT de Varginha. A deputada estadual Geisa Teixeira, que até fez bom trabalho na região, mesmo com o governo estadual petista sem muitos recursos, está viajando a região em busca de votos e apoio. Geisa Teixeira não tem dinheiro para a campanha e poucas chances de conseguir dinheiro para tal. Sua esperança financeira está na parceria com outros parlamentares e na união de sua base na cidade. Ocorre que um de seus principais lideres na cidade, o ex-vereador e atual diretor do Hospital Regional, Rogério Bueno, é comprometido com o candidato a reeleição Odair Cunha, que resolveu na última hora manter sua candidatura a deputado federal. E Odair Cunha, que também é do PT, tem compromisso assumido publicamente com outro deputado estadual e não com Geisa Teixeira. A princípio, boa parte dos petistas de Varginha estavam ressentidos com o agora candidato a reeleição Odair Cunha

GAZETA DE VARGINHA | 09

porque o mesmo havia declarado apoio a outro candidato a estadual na região do Sul de Minas. Contudo, como o mundo dá voltas, Odair Cunha que sonhava ter pavimentada uma candidatura a Senador com o apoio do governo estadual, acabou por perder a chance de disputar o Senado e perdeu o comando da campanha majoritária de Pimentel. Brigado com boa parte dos medalhões petistas estaduais, Odair voltou-se para o Sul de Minas e, agora, os votos de Geisa Teixeira em Varginha são tão importantes para o ex-secretário de governo, como é o apoio financeiro para Geisa! Trocando em miúdos, será que a necessidade vai fazer que o PT se unifique nas campanhas de Geisa estadual e Odair Federal em Varginha?

Mais impostos: Dobra royalty do minério Após o aumento da alíquota da CFEM do minério de ferro de 2% para 3,5%, a arrecadação dos municípios mineradores com a contribuição dobrou. A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais (AMIG) produziu, em setembro, um novo levantamento sobre o panorama da atividade mineral no Estado e no país. Minas Gerais depende muito dos recursos da mineração, sendo uma das principais atividades do Estado. O imposto da CFEM é redistribuído para todos os municípios de Minas, inclusive Varginha, que mesmo sem tem grandes jazidas de minério de ferro ou outros minérios de destaque, recebe uma boa grana com o imposto. O estudo apontou que a arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM), no mês de agosto, em todo o Brasil, cresceu 97% em relação ao mesmo mês do ano passado, alcançando mais de R$ 271 milhões. A arrecadação de toda a CFEM entre janeiro e agosto deste ano corresponde a cerca de R$ 1,842 bilhão, já ultrapassando todo o montante arrecadado em 2017, que foi de R$ 1,837 bilhão. Em Minas Gerais, a arrecadação da CFEM em agosto alcançou quase R$ 114 milhões, valor mais do que o dobro do recebido em agosto de 2017, que foi de R$ 54,3 milhões. Esse é o melhor resultado quando comparado aos demais meses de 2018. No acumulado de janeiro a agosto deste ano, Minas teve crescimento de quase 54% comparando com o mesmo período de 2017. O montante acumulado nos oito meses de 2018 totalizam cerca de R$ 805 milhões e já ultrapassam o total arrecadado em todo o ano de 2017, que foi de R$ 777 milhões. Mas não se engane, o aumento de impostos, de alguma forma, vai redundar em aumento ao consumidor final, no caso, eu, você e todos os demais mortais que não são donos de mineradora.

Efeito eleições 2018 A aposta do mercado é a de que o dólar chegará a 2019 em R$ 3,90. Porém, a depender do perfil do novo presidente, a história muda. “Mantivemos a nossa projeção de taxa de câmbio em 3,90 reais por dólar no fim de 2018 e 2019. Existem riscos para essa projeção diante das incertezas doméstica e internacional”, diz trecho do relatório do Itaú Unibanco. Alias, com suas previsões e grande colchão de lucros bilionários ano após ano, os grandes bancos são os únicos que estão ganhando dinheiro no Brasil! Os demais precisam de uma infinidade de fatores para gerar renda e emprego, ou simplesmente pagar as contas.

Cerca de 2 milhões de mesários Pelo menos 1,9 milhão de mesários devem trabalhar em todo o Brasil durante o primeiro turno das eleições deste ano. A estimativa é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com base em uma norma que determina, no mínimo, quatro mesários por seção eleitoral. Segundo o TSE, cerca de 50% do total de mesários são voluntários. No exterior, aproximadamente 7.000 pessoas também participam como mesários. Esse eleitor poderá votar apenas para presidente. O número exato de mesários só deve ser oficializado após o primeiro turno das eleições, de acordo com o TSE. Nas eleições de 2014, o órgão estimou em 2,4 milhões o número de pessoas atuando como mesários. Em 2010, o número divulgado foi de 2,1 milhões de mesários. O Estado de São Paulo reúne o maior número. Serão, pelo menos, 388.672.

RODRIGO SILVA FERNANDES é advogado e articulista político da Gazeta de Varginha as quartas e sextas. Email: rodrigogazeta@bol.com.br


10| GAZETA DE VARGINHA

REGIONAL

12 DE SETEMBRO DE 2018

UFLA fortalece atuação no agronegócio com a criação de novo departamento Foi realizada, no Salão dos Conselhos da Reitoria da Universidade Federal de Lavras (UFLA), a primeira assembleia do Departamento de Gestão Agroindustrial (DGA), criado pela resolução do Conselho Universitário (CUNI) nº 042, de 3 de julho de 2018. Na ocasião, além dos professores e do técnico administrativo que integram o departamento, estiveram presentes o reitor da UFLA, professor José Roberto Soares Scolforo; a vice-reitora, professora Édila Vilela de Resende Von Pinho; o chefe do Departamento

de Agricultura (DAG), professor Rubens José Guimarães; e a coordenadora do curso de Agronomia e subchefe do DAG, professora Flávia Botelho. Scolforo abriu a sessão falando da expectativa para com o desempenho do DGA e a sua contribuição para a UFLA, destacando a atuação conjunta com outros departamentos da universidade para o desenvolvimento de projetos cooperativos de pesquisa e extensão no agronegócio. Além disso, ele citou a necessidade de ampliar o elenco das discipli-

nas de graduação ofertadas aos cursos de Ciências Agrárias ligadas às áreas de gestão, economia, inovação e empre-

endedorismo e, em um futuro próximo, a oferta de novos cursos de pósgraduação (mestrado e doutorado). Após a fala

do reitor, foi iniciado o processo de eleição para a escolha do chefe e subchefe do DGA. De forma unânime, foi sugerida e apoiada por todos os membros da Assembleia a escolha dos professores Renato Elias Fontes (chefia) e Antônio Carlos dos Santos (subchefia) para o período de 2018 a 2020. A criação do departamento se dá com base no entendimento técnico e científico de que o agronegócio é a união de várias empresas, organizações, atores e agentes econômicos, que vão desde os fornecedores de insumos e serviços, passando pela produção agropecuária em si e pelas indústrias de transformação e agregação de valor, chegando até o consumidor final. Não importa se o empreendimento é de natureza pública ou privada, familiar ou empresarial, de baixo

ou grande volume, destinado à subsistência ou ao lucro econômico, pois todos devem ser entendidos e gerenciados como agronegócio. Segundo Renato Fontes, é notória a importância do agronegócio como gerador de renda, impostos, empregos e sustentabilidade social, garantindo o fornecimento contínuo de alimentos e tornando o país competitivo no mercado internacional. “Por isso, entendemos como premente a criação do DGA para atender a uma expressiva demanda da comunidade acadêmica da UFLA”. “Temos também o propósito, no decorrer do tempo, de criar o Laboratório de Gestão de Negócios Rurais (LALGER), visando ampliar a estrutura de apoio às atividades acadêmicas, assim como o Instituto de Pesquisa e Extensão em Agronegócio (IPEAgro), disponibilizando espaço para ações conjuntas de entidades públicas e privadas em prol do fortalecimento do setor”, completou Fontes. Em caráter temporário, o DGA está localizado nas dependências do DAG e há previsão de que, já no próximo ano, migre para sede própria. Mais informações sobre o DGA podem ser obtidas pelo telefone (35) 38291301 ou pelo e-mail


GAZETA DE VARGINHA | 11

12 DE SETEMBRO DE 2018

MINAS

Anastasia diz não se sentir incomodado em ter seu nome vinculado ao de Aécio Candidato do PSDB ao governo do Estado, o senador Antonio Anastasia afirmou na manhã desta segunda-feira (10) que não se incomoda em ter seu nome vinculado ao de seu padrinho político, o também senador Aécio Neves (PSDB), que disputa uma vaga como deputado federal. O concorrente ao Palácio da Liberdade atribuiu à equipe jurídica da coligação a responsabilidade por protocolar, na última semana, um pedido no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) para retirar do ar propaganda de seu adversário na disputa, governador Fernando Pimentel (PT), que asso-

cia os dois tucanos. “A mim, não incomoda nada (a propaganda eleitoral). Temos questões que são de ordem jurídica, feitas pelo nosso setor dedicado, que toma essas decisões. E, na interpretação da área jurídica, não havia apresentação do candidato (na peça publicitária), e nós entendemos que deve-se ter essas presenças ”, explicou Anastasia. Indagado sobre o motivo de não citar em seu programa eleitoral o nome de Aécio Neves, de quem era aliado, o tucano disparou: “Nós temos 400 candidatos a deputado federal na coligação”. Atrás nas pesquisas

de intenções de voto realizadas até agora, o petista adotou postura mais ofensiva contra o tucano para tentar desgastar a imagem dele. Uma das estratégias é justamente associá-lo a Aécio, que é réu em processos corrupção. No vídeo da coligação de Pimentel, pessoas respondem, a partir de uma palavra dada pela produção, a primeira associação que vem à cabeça. “Goiabada? Queijo, doce de leite. Arroz? Feijão, panela”. Por fim, a pergunta: “Anastasia? Aécio Neves”, dizem os entrevistados. O TRE ainda não julgou o pedido e o material continua sendo veiculado. Nesta segunda-feira

Minas disputa recursos da Vale em prorrogação de concessão Por contrato, a Vale ainda pode explorar a Estrada de Ferro Vitória a Minas por mais dez anos, com direito de prorrogar por mais 30 anos. Mas o governo federal está disposto a deixar que a mineradora renove essa concessão imediatamente, desde que, em troca, invista na construção da Ferrovia de Integração do CentroOeste (Fico) para escoar grãos de Água Boa (MT) até Campinorte (GO). Só que deputados e representantes da indústria mineira estão dispostos a brigar para que os recursos não saiam dos trilhos mineiros. O embate foi tema de uma audiência pública realizada nesta segunda-feira (10) pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). “Aceitamos a antecipação da renovação do contrato. Mas não aceitamos que esse di-

nheiro vá para outros Estados. A ANTT diz que haverá recursos para Minas, mas serão apenas para mediação de conflitos urbanos e construção de passarelas, só que isso já é obrigação da concessão. O dinheiro novo da outorga tem que ser investido em novos trechos de ferrovias dentro de Minas”, afirma o presidente da Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias Mineiras, deputado João Leite (PSDB). A proposta da ANTT é que, em vez de pagar a outorga direto para o Tesouro Nacional, a Vale assuma o compromisso de investir R$ 2,6 bilhões em um trecho da Fico. O gerente de ferrovias da ANTT, Jean Mafra, explica que tal manobra é prevista na Lei 13.448, que permite o chamado investimento cruzado em uma concessão, direcionando o valor da outorga diretamente para um empreendimento definido pelo go-

verno federal. Ele ressalta ainda que Minas não ficaria sem recursos. “Os investimentos que já estavam previstos serão mantidos. São R$ 373 milhões para conflitos urbanos, mais R$ 54 milhões para a duplicação de um trecho perto de Belo Horizonte, e outros R$ 2,9 milhões para a demolição de um viaduto”, explica. O diretor executivo da Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF), Fernando Paes, defende a antecipação da renovação da concessão da Vitória a Minas e também das ferrovias VLI/FCA e MRS. Ele explica que, assim como os investimentos, os benefícios serão antecipados e garante que o Estado receberá os investimentos previstos no contrato. “Assim que o contrato for assinado, o que seria feito só daqui a dez anos, já será feito de forma imediata.

Anastasia visitou a Central de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa) em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. No local, o candidato ao governo do Estado se reuniu com diretores da Associação Comercial da Ceasa e com representantes da Associação dos Produtores de Hortifrutigranjeiros. Durante a visita, ele ouviu as demandas das categorias, como a construção e duplicação de viadutos que dão acesso ao local e a revitalização do espaço, que é gerenciado pelo governo federal. De acordo com Anastasia, o compromisso é realizar um trabalho integrado em prol da

Ceasa, com esforço de negociação junto à União. “Pude ouvir alguns problemas enfrentados relativos à gestão, infraestrutura, estacionamento, algumas questões de viadutos e mesmo

questões institucionais. Falamos também sobre a necessidade de se adensar, tornar maior e mais profunda a parceria entre poder público, nos três níveis, e a associação”, disse.

Construir para desenvolver!!! A Fábrica de Blocos Luciano tem atendido grandes obras em Varginha e região! Com qualidade e presteza tem feito com que seus clientes se mantenham sempre satisfeitos.

FÁBRICA DE BLOCOS

LUCIANO

Blocos - Canaletas Areias - Britas Avenida dos Imigrantes, 4.425 Vargem - Varginha - MG Fone: 3223-8833 / 9971-0206


12| GAZETA DE VARGINHA

12 DE SETEMBRO DE 2018

SAIBA SEUS DIREITOS

Confederação ajuíza ADI contra norma do RJ sobre atividades de educação a distância A Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino (Confenen) questiona a validade da Lei 8.030/ 2018, do Estado do Rio de Janeiro, que veda a utilização do termo “tutor” para o exercício das atividades de acompanhamento das disciplinas oferecidas na educação a distância (EAD). A matéria é objeto da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5597, ajuizada, com pedido de liminar, no Supremo Tribunal Federal (STF). A lei fluminense estabelece que as atividades de acompanhamento das disciplinas oferecidas na modalidade semipresencial deverão ser ministradas por professores qualificados em nível compatível ao previsto no projeto pedagógico do curso. Também prevê carga horária específica para os momentos presenciais e para os momentos a distância, sendo vedada a utilização do termo “tutor” para o exercício da referida atividade. A lei estabelece ainda que os pro-

STJ irá uniformizar entendimento sobre cálculo da renda inicial de aposentadoria

fessores de EAD terão o mesmo valor do piso regional do Estado do Rio de Janeiro praticado para os professores presenciais. Segundo a Confenen, as instituições de ensino superior do estado deverão, por força da lei questionada, abster-se de utilizar as atividades de tutoria na modalidade de educação a distância. Tal situação, sustenta a entidade, viola a legislação federal sobre o tema e afronta o princípio da isonomia que deve ser aplicado entre as instituições de ensino de todo o país. A Confenen consi-

dera que houve usurpação de competência privativa da União, prevista no artigo 22, inciso I, da Constituição Federal, uma vez que a lei estadual regula questões sobre direito civil e do trabalho. Também de acordo com a entidade, a imposição feita às instituições de ensino superior gera restrição ao princípio da livre iniciativa, protegido pelo artigo 170, caput, da Constituição Federal. Além disso, lembra que é assegurada às instituições de ensino superior, públicas ou privadas, a autonomia didático-científica, admi-

nistrativa e de gestão financeira e patrimonial. Para a confederação, a norma questionada também não atende ao princípio da proporcionalidade e não atende ao fim social que dela se espera. “A vedação implica a imediata demissão de milhares profissionais que atuam em auxílio aos professores do EAD e alunos, em exercício não docente, mas participando ativamente da prática pedagógica, sendo devidamente capacitados para sua área de atuação”. O ministro Edson Fachin é o relator da ADI 5597.

Dr. Gustavo Chalfun

Drª. Patrícia Bregalda Lima

OAB/MG 81424 Rua Argentina, 535 Vila Pinto Tel: 3222-4801

OAB/MG 65099 Av Salum Assad. David, 70 - Santa Luiza Tel: ( 35) 3214-5051

gustavo@chalfun.com.br

Dr. Daniel Piva OAB/MG 81667 Delfim Moreira, 258, sala 201- Centro Varginha -MG Tel: 3222 2851

dapiva@ig.com.br

patriciabregalda@varginha.com.br

O ministro Herman Benjamin, do STJ, admitiu um pedido de uniformização de interpretação de lei a respeito da sistemática utilizada para apurar a renda média inicial de benefício concedido pelo INSS. O pedido do INSS foi formulado após decisão da Turma Nacional de Uniformização dos Juizados Especiais Federais (TNU), que negou a pretensão da autarquia. A TNU afirmou que a decisão atacada estava de acordo com o entendimento das turmas recursais, segundo a qual, a atualização dos salários de contribuição é feita até o mês anterior à data do benefício, e não apenas até a data em que foram preenchidos os requisitos para a sua concessão. De acordo com a TNU, é inadequada a metodologia de cálculo da renda mensal inicial prevista no parágrafo

Dr. José Simplicio da Silva Filho OAB/MG 73.079 Praça São Pedro, 36, Vila Floresta Tel: ( 35) 3067-1070

ssimplicio@hotmail.com

Dr. Vítor Comunian

Dr. Gustavo Pinto Biscaro

OAB/MG 31.931 Rua Delfim Moreira, 258, sala 3 Centro Tel: 35 3221-3787

OAB/MG 106.276 Rua: Presidente Evaristo Soares. 255 - Vila Pinto Tel: (35) 3222-1049

gustavopbiscaro@gmail.com

único do artigo 187 do Regulamento da Previdência Social, previsto no decreto 3.048/99. No pedido de uniformização dirigido ao STJ, o INSS citou jurisprudência do tribunal no sentido da aplicabilidade do artigo 187 para fins de cálculo da renda média inicial. O INSS afirmou que a renda média inicial do benefício deve ser calculada em conformidade com a legislação vigente ao tempo em que foram preenchidos os requisitos para concessão do benefício previdenciário – no caso, a regra do artigo 187 do decreto 3.048/99. O ministro Herman Benjamin destacou que, conforme apontado pelo INSS, há divergência do entendimento da TNU com julgado da 2ª turma do STJ. Segundo o ministro, a divergência justifica o processamento do pedido de uniformização.STJ.

vitor.comunian@bol.com.br

Mande sua pergunta para gazetadevarginha@gmail.com


12 DE SETEMBRO DE 2018

BRASIL

GAZETA DE VARGINHA |13

UFRJ começa contratações para museu mesmo sem ter recebido recursos A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) iniciou as contratações emergenciais para reconstrução do Museu Nacional, apesar de ainda não ter recebido os R$ 10 milhões do Ministério da Educação (MEC). A instituição contratou a instalação de tapumes que irão proteger o entorno do edifício, impedindo o acesso de pessoas não autorizadas. “[Os recursos] não estão na conta, mas já estamos fazendo as contratações independentemente disso porque já há a garantia que esses recursos serão repassados”, disse o diretor administrativo do Museu Nacional do Rio de Janeiro, Wagner Wi-

lliam Martins. Os recursos do MEC serão destinados a ações emergenciais que incluem a cobertura e o reforço da estrutura do prédio para possibilitar o resgate do acervo. “Nesse momento, a área ainda se encontra sob investigação da perícia da Polícia Federal, mas ainda têm questões de segurança para acessibilidade das áreas. Isso que está sendo focado. Estabilidade para o início dos trabalhos de resgate”, explica Martins. Entre as ações emergenciais estão incluídos, de acordo com ele, o escoramento das lajes que não desabaram e a cobertura para proteger o local de chuvas.

O MEC confirma que ainda não repassou os recursos e diz que aguarda o termo de referência que será enviado pela UFRJ. A data final para que isso ocorra é hoje. A UFRJ diz que cumprirá o prazo. O termo servirá de referência para a contratação de empresas para realizar as ações emergenciais. Segundo Martins, como a contratação de tapumes precisa de um “termo de referência mais simples”, a empresa já foi contratada. A reconstrução do Museu Nacional no Rio de Janeiro será feita em quatro etapas, incluindo a possibilidade de cessão de um terreno próximo

ao local para que as atividades acadêmicas sejam mantidas. A primeira etapa será dedicada à realização de intervenções emergênci-

as, como instalação de um toldo, escoramento de paredes, levantamento da estrutura, inventário do acervo e separação do que é possível encon-

trar nos escombros. A segunda etapa depende da conclusão da perícia da Polícia Federal no local. Depois de realizada, será contratado um projeto básico e, com base nele, será implementado o projeto executivo da reconstrução do museu. A terceira etapa é a da reconstrução. A ideia é usar a lei federal de incentivo à cultura, a Lei Rouanet. A quarta fase poderá ocorrer em paralelo com a obra de construção. É a de recomposição do acervo. O governo pretende fazer uma campanha internacional para a doação e aquisição de acervos para o Museu Nacional.

Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

Nos últimos anos, o Brasil aumentou os investimentos em educação infantil até os 5 anos de idade, e ficou à frente de países latino-americanos, de acordo com o relatório Education at a Glance 2018 (Um olhar sobre a educação, em tradução livre), publicado hoje (11) pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O montante gasto por criança, no entanto, ainda é pouco e está entre os mais baixos dos

países analisados. Segundo o relatório, o Brasil passou de um investimento equivalente a 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB), soma das riquezas produzidas pelo país, em 2010, para o equivalente a 0,7% em 2015 em creches e préescolas. O nível de investimento está abaixo da média dos 35 países que compõem a OCDE, que é 0,8% do PIB, mas está acima de países da América Latina, como Argentina, Colômbia, Cos-

ta Rica e México. Apesar disso, o Brasil investe apenas US$ 3,8 mil por criança por ano nas creches públicas, um dos mais baixos investimentos, tanto entre os países membros da OCDE, maioria formada por países ricos, quanto entre as economias parceiras. “Há uma consciência crescente do papel fundamental que a educação e os cuidados na primeira infância desempenham no desenvolvimento, aprendizagem e bem-estar das

crianças”, diz o relatório. E acrescenta: “Pesquisas mostram que o desenvolvimento de áreas de grande importância, como controle emocional, habilidades sociais, linguagem e contagem, atinge o auge nos primeiros 3 anos de vida de uma criança”. Em termos de inclusão, o Brasil também está à frente de países latinos. Segundo o estudo, 22% das crianças de até 3 anos estão na escola. Dados mais atualizados, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que essa porcentagem chegou a 30,4% em 2015. O índice brasileiro é maior que outros países como Argentina (5%); Chile (20%); Costa Rica (2%) e México (2%). A única exceção é a Colômbia, que incluiu 49% das crianças nas creches. Na pré-escola, de acordo com o relatório, o acesso no Brasil é maior, chega aos 90% aos 4 anos de idade, 97% aos 5 anos e 100% aos 6 anos.

Por lei, pelo Plano Nacional de Educação (PNE), o Brasil tem que ampliar o atendimento para 50% das crianças de até 3 anos de idade até 2024. A estimativa é que 2,4 milhões de crianças precisarão ser incluídas. O país deveria ter universalizado o acesso à pré-escola, aos 4 e 5 anos de idade, até o ano passado. Se na infância o Brasil supera países latino- americanos em inclusão, o mesmo não ocorre na medida em que a idade avança. O país registrou uma das maiores porcentagens de adultos sem ensino médio entre todos os países analisados. Após os 14 anos, as taxas de educação vão caindo. Entre 15 e 19 anos, 69% seguem estudando e, entre 20 e 24 anos, apenas 29%. Em média, essas porcentagens chegam, entre os países da OCDE, a 85% e 42%, respectivamente. “Um fator de risco potencial que pode ser associado à queda con-

siderável nas matrículas, particularmente nas idades em que os estudantes deveriam cursar o ensino médio, é a alta incidência de frequência acima da idade no Brasil”, diz o texto. Para a OCDE, os alunos são considerados acima da idade quando são pelo menos 2 anos mais velhos do que a idade pretendida para a série, principalmente porque repetem de ano. No Brasil, cerca de 14% dos alunos do último ano do ensino fundamental estão acima da idade pretendida de 14 anos. Entre os países da OCDE, em média apenas 2% dos estudantes estão nessa situação. O plano estabelece ainda a meta intermediária de investimento de 7% do PIB em 2019. De acordo com Inep, para a meta de 2019 ser atingida, será necessário o incremento de aproximadamente R$ 120 bilhões nos recursos para educação pública.


14| GAZETA DE VARGINHA

12 DE SETEMBRO DE 2018

EVANGÉLICA

BÍBLIA - SEMPRE QUIS TER UMA!!! Meus prezados leitores em Cristo Jesus, no dia de hoje nós vamos refletir e discorrer acerca da declaração de amor de Deus por todos nós. Como Davi devemos declarar o nosso amor pela Divina Lei, e que nela meditemos sempre, pois assim seremos bem aventurados em tudo quanto fizermos. De se notar que andar na Lei do Senhor é um grande privilégio. Felizes são os que guardam os seus testemunhos, os que buscam O Pai Celestial de todo o coração, que não praticam iniquidade, mas andam nos SEUS caminhos. Portanto, para isso, por favor, meus queridos, vamos abrir o texto sagrado precisamente no Salmo 119 (cento e dezenove), versos que destacamos, tudo conforme a seguir apresentamos, na íntegra: “12 Bendito és tu, SENHOR; ensina-me os teus preceitos. 16 Terei prazer nos teus decretos; não me esquecerei da tua palavra. 30 Escolhi o caminho da fidelidade e decidi-me pelos teus juízos. 42 E saberei responder aos que me insultam, pois confio na tua palavra. 54 Os teus decretos são motivo dos meus cânticos, na casa da minha peregrinação 68 Tu és bom e fazes o bem; ensina-me os teus decretos. 97 Quanto amo a tua lei! É a minha meditação, todo o dia! 100 Sou mais prudente que os idosos, porque guardo os teus preceitos. 105 Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para os meus caminhos. 114 Tu és o meu refúgio e o meu escudo; na

tua palavra, eu espero. 137 Justo és, SENHOR, e retos, os teus juízos. 166 Espero, SENHOR, na tua salvação e cumpro os teus mandamentos. 167 A minha alma tem observado os teus testemunhos; eu os amo ardentemente. 174 Suspiro, SENHOR, por tua salvação; a tua lei é todo o meu prazer. 175 Viva a minha alma para louvar-te; ajudemme os teus juízos.” Meus irmãos, para ilustrar a importância da Palavra de Deus contamos a seguinte história, vejam: Há muitos anos, em uma véspera de ano novo,um homem muito rico que não tinha mulher, filhos, nem qualquer outro familiar, decidiu presentear todos os empregados de sua mansão. Na hora do jantar, ele chamou os funcionários e pediu para que eles se assentassem à mesa. À frente de cada um havia uma Bíblia e uma pequena quantidade em dinheiro. Depois que todos se acomodaram, o homem perguntou: O que vocês preferem receber de presente: Esta Bíblia ou este valor em dinheiro? Não fiquem tímidos, vocês podem escolher o que quiserem. E assim se manifestaram: O primeiro a se manifestar foi o Zelador: - Senhor, eu gostaria muito de receber a Bíblia. Mas como não aprendi a ler, o dinheiro será mais útil para mim. O JARDINEIRO foi o segundo a falar: Senhor, minha esposa está muito doente e

por esta razão eu tenho mais necessidade do dinheiro. Caso contrário, escolheria a Bíblia, com certeza! A terceira foi a COZINHEIRA: -Senhor, eu sei ler. Pra falar a verdade, é uma das coisas que mais gosto de fazer. Porém, eu trabalho tanto que nunca consigo arranjar tempo nem para folhear uma revista, quanto mais ler a Bíblia. Por isso, vou aceitar o dinheiro. Por fim, chegou a vez do MENINO que cuidava dos animais da mansão. E Como o senhor sabia que a família do garoto era muito pobre, ele se adiantou e disse: É claro que você vai pegar o dinheiro, não é mesmo, rapaz!? Você pode comprar alimentos para fazer uma boa ceia em sua casa, além de comprar uns sapatos novos. O MENINO, então, surpreendeu a todos com a sua resposta: Não seria nada mal comprar um peru e outras comidas saborosas para dividir com meus pais e meus irmãos. Eu também preciso de um par de sapatos novos, já que os meus estão muito velhos. "Mas, mesmo assim, vou escolher a Bíblia". Sempre quis ter uma.” Minha mãe me ensinou que a Palavra de Deus vale mais do que o ouro e é mais saborosa que um favo de mel. Ao receber a Bíblia,

o menino imediatamente a folheou e encontrou dentro dela dois envelopes. No primeiro, havia um cheque com valor 10 vezes maior do que o dinheiro deixado pelo senhor em cima da mesa. No segundo, havia um documento que fazia daquele que escolheu a Bíblia, o herdeiro de toda a fortuna do homem rico! Diante da emoção do garoto e do espanto dos outros empregados, o senhor abriu uma das Bíblias e leu em voz alta para que todos ouvissem: “A lei do Senhor é perfeita e revigora a alma. Os testemunhos do Senhor são dignos de confiança, e tornam sábios os inexperientes. Os preceitos do Senhor são justos, e dão alegria ao coração. Os mandamentos do Senhor são límpidos, e trazem luz aos olhos. O temor do Senhor é puro, e dura para sempre. As ordenanças do Senhor são verdadeiras, são todas elas justas. São mais desejáveis do que o ouro, do que muito ouro puro; são mais doces do que o mel, do que as gotas do favo" (Salmos 19: 7-10). Que O Pai Celestial Deus nos dê Sabedoria e nos Ajude a fazer Escolhas Certas. E Glórias a Deus por tudo isso! Na Paz do Senhor Jesus! Ministério Arca da Aliança! Dr. Simplício.

Cultos da Igreja Arca da Aliança em Varginha. Todas as Quintas, Sábados e Domingos às 19 horas e 30 minutos. Rua Orminda Vasconcelos, 465, Vila Floresta, CEP. 37004-350. Estamos esperando a sua visita!

COMO AS GRANDES MONTANHAS Davi foi usado pelo Altíssimo para nos dar uma mensagem na qual precisamos meditar. Essa afirmação pode mudar a nossa relação com Deus e a nossa posição diante do inimigo, fazendo-nos verdadeiros vencedores. O salmista falou da justiça do Senhor como as grandes montanhas, que não se abalam e permanecerão enquanto a Terra existir. Não há como remover essa justiça inabalável. A justiça divina foi completada na morte de Jesus, quando Ele venceu o diabo e tirou dele a autoridade roubada do homem e, com ela, oprimia a humanidade. Após vencer as forças das trevas e tê-las despido do poder investido contra nós, o Mestre ordenou que fôssemos pelo mundo para pregar as BoasNovas a toda criatura, garantindo que, em Seu Nome, quem crê pode expulsar demônios, curar os enfermos e dar testemunho do Evangelho (Mc 16.15). Se isso já é bom, leia a declaração do apóstolo Paulo aos coríntios: Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus (2 Co 5.21). Fomos feitos em Jesus a justiça do Pai; logo, somos irremovíveis e irresistíveis como as montanhas. Portanto, não deixe de ser o que o Senhor diz que você é diante dos males, mas, com autoridade e em o Nome de Cristo, exija a saída deles. Os juízos do Senhor e Seus atos em nosso favor – decretos, obras, declarações e o maior deles: o de nos amar, a ponto de dar Seu Filho unigênito para nos salvar e nos fazer membros do

"Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor, o teu Deus, te dá. (Êxodo 20:12)

Seu Corpo – são como um grande abismo. Quando você crê no sacrifício de Jesus e ordena a saída do mal, o poder do diabo envolvido na obra maligna cai nesse abismo e continuará caindo sem jamais chegar ao fundo dele. Como essa justiça, devemos estar cientes de que seremos usados para dar fim ao domínio do diabo sobre a humanidade. Ao sabermos disso, além de nos alegrar muito, também sentimos a responsabilidade das nossas atitudes. Jamais aceitaremos que as nossas determinações sobre os ensinamentos da Palavra fiquem sem a devida resposta, a qual foi prometida nas Escrituras. A Deus seja a glória por tudo o que faremos agora e sempre! Ao encontrar alguém em dificuldade, mostre-lhe que, em Cristo, ele pode ter as necessidades supridas e ficar livre de toda operação do reino das trevas. Após mandarmos o problema ir embora, não podemos aceitar o sentimento de indignidade ou algum pensamento negativo de que não seremos atendidos. Como a justiça divina é irremovível, a exemplo das montanhas, a nossa decisão ao lado do Senhor também deve ser inabalável. Por fim, não se corrompa! Verdadeiramente, Deus conserva os homens, bem como os animais. Isso não significa que não envelheceremos, mas nosso espírito estará tão cheio de fé no final dos nossos dias quanto esteve ao começarmos a andar pela fé. Lembre-se: a Palavra jamais passará (Mt 24.35), ainda que tudo passe.


12 DE SETEMBRO DE 2018

POLITICA

GAZETA DE VARGINHA | 15

Preso Beto Richa, ex-governador do PR e candidato ao Senado O ex-governador do Paraná Beto Richa, candidato ao Senado pelo PSDB, foi preso na manhã desta terça-feira pelo Gaeco em Curitiba, no Paraná. Beto Richa é alvo de duas operações: uma realizada pelo Ministério Público do Paraná (MPPR), pela qual foi preso, e outra da Polícia Federal (PF), em uma nova fase da Lava Jato. Na 53ª etapa da Lava Jato, a casa de Beto Richa é alvo de mandado de busca e apreensão. Com exceção de Antoun, preso em Londrina, no norte do Paraná, os demais foram presos em Curitiba. O empresário Joel Malucelli, dono da J. Malucelli, é alvo de prisão. Contudo, até a última atualização desta reportagem, ele não tinha sido localizado. Ao todo, são 15 mandados de prisão.

Todas as prisões são temporárias, com validade de cinco dias. A investigação do Gaeco é sobre o programa Patrulha do Campo, e a operação foi batizada de "Rádio Patrulha". As empresas Cotrans, Ouro Verde e J. Malucelli são investigadas por fraude no programa, que faz a manutenção de estradas rurais. Deonilson Rodo é réu na Lava Jato e também foi alvo de prisão da PF. Na última pesquisa Ibope, divulgada em 4 de setembro, Beto Richa aparecia em segundo lugar – com 28% da intenção de votos. A assessoria de imprensa de Beto Richa disse que os advogados devem se manifestar em breve. O G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação do PSDB para questionar como

fica a candidatura de Beto Richa, porém, até a última atualização desta reportagem, o partido ainda não tinha se manifestado. Batizada de "Piloto", a 53ª etapa da Lava Jato cumpre 36 mandados judiciais em Salvador (BA), São Paulo (SP), Lupionópolis (PR) Colombo (PR) e Curitiba (PR). O codinome "Piloto", de acordo com a força-tarefa da Lava Jato, se refere a Beto Richa na planilha da

Odebrecht. A investigação apura um suposto pagamento milionário de vantagem indevida em 2014 pelo setor de propinas da Odebrecht em favor de agentes públicos e privados no Paraná, em contrapartida ao possível direcionamento do processo licitatório para investimento na duplicação, manutenção e operação da PR-323. Ainda segundo a PF, os crimes investigados na atual fase são corrupção ativa e passiva, frau-

de à licitação e lavagem de dinheiro. Do total de mandados, três são de prisão (duas preventivas e uma temporária) e 33 são de busca e apreensão. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), empresários da Odebrecht realizaram um acerto de subornos com Deonilson Roldo, para que ele limitasse a concorrência da licitação para duplicação da PR-323, entre os municípios de Francisco Alves e Maringá. Em con-

trapartida, a Odebrecht pagaria R$ 4 milhões a Roldo e ao seu grupo. Ao examinar a competência do processo em que Deonilson Rodo é réu, o juiz federal SérgioMoro – que é responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância – considerou o vai e vem do inquérito que investiga Beto Richa em relação a suposto pagamento de vantagem indevida destinado à campanha eleitoral de 2014, relacionado ao contrato para duplicação da PR-323. Inicialmente, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandou o procedimento para Moro, mas depois determinou que fosse encaminhado para a Justiça Eleitoral, que devolveu o inquérito para o magistrado para que fossem investigados os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

‘Se ele não tem orgulho de suas amizades, cabe ao povo julgar, diz Pimentel

O governador do Estado e candidato à reeleição, Fernando Pimentel (PT), negou que sua campanha tenha um tom bélico contra o senador Antonio Anastasia (PSDB), postulante ao

Palácio da Liberdade que aparece na frente das pesquisas de intenções de voto. A declaração foi dada quando questionado sobre a propaganda eleitoral da coligação Do Lado do Povo, que asso-

cia a imagem de Anastasia à do senador e candidato à Câmara dos Deputados Aécio Neves (PSDB). Pimentel ainda afirmou que nem sequer tinha assistido à peça pu-

blicitária antes da veiculação e disse que achou a propaganda “inteligente e bem-humorada”. “Para te confessar, eu nem tinha visto esse comercial. Mas achei muito inteligente. Eu diria, em um tom de brincadeira, humorístico”, afirmou o petista. O governador de Minas ainda alfinetou seu adversário no pleito de outubro deixando a entender que Anastasia sente vergonha de “seus amigos políticos”. “Me surpreende que nosso adversário tenha tanto pavor da vinculação dele com seu grande amigo, grande padrinho político, que é o ex-governador Aécio Neves. Eu, por exemplo, não tenho nenhum constrangimento em dizer que e sou mui-

to vinculado ao ex-presidente Lula e à ex-presidente Dilma Rousseff. Tenho muito orgulho dessas amizades que tenho. Agora, se ele (Anastasia) não tem orgulho das suas amizades, cabe ao povo julgar”, disparou. Na propaganda questionada pelos tucanos, no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), o locutor cita algumas palavras e pede que os entrevistados façam uma associação rápida. “Goiabada? Queijo. Arroz? Feijão”. Por fim, a pergunta: “Anastasia? Aécio Neves”, respondem os entrevistados. De acordo com Pimentel, seu modo de fazer campanha é apresentando propostas de go-

verno, sem agressividade. “Da minha parte, faço uma campanha sempre sem nenhuma agressividade. Acho que o território da política não é para isso. Política é para apresentar propostas, e, se tiver que fazer críticas, tem que fazer em tom muito mais civilizado”, declarou. Sobre não estar crescendo nas pesquisas, Pimentel disse que isso não o preocupa, uma vez que a campanha “ainda está no início”. “A campanha mal começou, como dizia o Hélio Garcia, saudoso político mineiro. As eleições começam mesmo só depois da Parada de 7 de Setembro. A Parada foi nesse fim de semana, está começando. Muita coisa vai acontecer ainda”, concluiu.


16 | GAZETA DE VARGINHA

ESPORTE

12 DE SETEMBRO DE 2018

Fisicamente pronto, mas não para os 90 minutos, Leandrinho aguarda estreia A vitória do AtléticoMG sobre o São Paulo encerrou uma série de três jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro. De quebra, devolveu a confiança para a equipe e para torcedores, justamente antes de uma série importante de jogos que o time terá pela frente, ambos em Belo Horizonte. Na próxima semana, o Galo recebe o Atlético-PR, na segunda-feira, e tem o clássico contra o Cruzeiro, no domingo. No primeiro turno, na sequência envolvendo os jogos contra Corinthians, São Paulo, Atlético-PR e Cruzeiro, o Atlético-MG saiu da 11ª posição e parou na liderança, logo após o triun-

fo por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, no clássico disputado no Independência. Naquela sequência, no primeiro turno, o Galo venceu o Corinthians por 1 a 0, no Horto; empatou com o São Paulo por 2 a 2, no Morumbi; venceu o Atlético-PR, em Curitiba, por 2 a 1; e fechou a sequência triunfando sobre o principal rival. No returno, o Atlético-MG empatou com o Timão e venceu o Tricolor. Somou os mesmos quatro mesmos nos primeiros dois jogos da série. Se repetir o desempenho do primeiro turno e somar seis pontos nas próximas duas partidas, o Atlético-MG chegaria aos 44 pontos, diminuindo a diferença

para alguns dos concorrentes diretos ao título e abrindo distância das equipes que estão atrás, buscando também garantir uma vaga na próxima edição da Taça Li-

bertadores. O lateral Patric, que era titular na melhor sequência de resultados do Galo no primeiro turno, entra na vaga de Emerson, atual titular, mas suspenso

para o jogo contra o Atlético-PR. - A confiança retornou. Já fizemos uma excelente partida contra o São Paulo, e espero que os números retornem nesses jogos, as

vitórias, que são importantíssimas. Sabemos que precisamos de uma sequência positiva para colar no G-4, junto com os líderes - disse Patric sobre a sequência.

Interclube de Tênis neste fim de semana em São Gonçalo do Sapucaí Dando sequência ao calendário previsto para 2018, a Sandy Eventos promove neste fim de semana (15 e 16) o Interclubes de Tênis. Os jogos serão disputados nas quadras do Umuarama Clube, em São Gonçalo do Sapucaí. Previsto no regulamento da competição, cada clube será representado por oito tenistas, sendo dois, obrigatoriamente, com ida-

des acima de 36 anos. Os confrontos serão definidos por sorteio, realizado minutos antes dos jogos. Se após o confronto entre os clubes, o placar estiver em quatro a quatro, o desempate será definido em um jogo de duplas, formadas por tenistas que tenham participado dos jogos de Simples. Na segunda rodada as equipes vencedoras poderão alterar os nomes dos tenistas

inscritos. Participam do Interclubes de Tênis, geralmente, o Clube de Campo Umuarama, de Três Corações; Academia Trespontana de Tênis, de Três Pontas; Clube Campestre de Varginha, de Varginha; Academia Machadense de Tênis, de Machado; Umuarama Clube, de São Gonçalo do Sapucaí; e o Lavras Tênis Clube, de Lavras. No ano passado sa-

grou-se campeão o Clube de Campo Umuarama, de Três Corações, que venceu na final a Academia Machadense de Tênis. Após um empate em quatro a quatro, a decisão aconteceu num jogo extra de duplas. Os clubes interessados em participar podem se inscrever até esta quarta-feira (12) pelo whatsapp 999881970 ou pelo email sandyeventos @bol.com.br.

Gazeta de Varginha 12/09/2018  

Edição 10.046

Gazeta de Varginha 12/09/2018  

Edição 10.046

Advertisement