Page 1

TEMPO TEMPO

Máx: 31° / Mín: 18°

SEXTA-FEIRA

VARGINHA, 10 DE MARÇO DE 2017

EDIÇÃO 9.678

Estado isenta agricultores familiares da taxa de auditoria no Programa Certifica Minas Café Essa medida pode beneficiar 750 produtores de Varginha que são responsáveis por 80% da produção do município Produtores de café da agricultura familiar em Minas Gerais já podem participar gratuitamente do Programa Certifica Minas Café. O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), publicou em 25 de fevereiro, no Diário Oficial de Minas Gerais, a Portaria nº 1.699, que isenta do pagamento de taxa de auditoria os agricultores familiares que já particiFoto: Divulgação

Plano quadrienal de assistência social será apresentado em fórum de responsabilidade social

pam ou que desejarem ingressar no programa de certificação. A auditoria consiste em verificar se o produtor cumpriu as normas exigidas para a certificação. De acordo com o engenheiro agrônomo da Emater, escritório de Varginha, Luiz Geraldo Marciano Rezende Reis, a agricultura familiar representa 80% da produção do município. São 750 produtores, somando 8.150 hectares de lavoura em produção. local/ página 03

CDCA de Varginha realiza segundo módulo de capacitação com instrutores local/ página 04

Leituras Comunitárias sobre o Plano Diretor de Varginha começam na próxima semana

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A elaboração do Plano Quadrienal de Assistência Social é o mecanismo de concepção, construção e implementação da política pública de proteção social, como decorrência do que fixou a Constituição de 1988, quando a Assistência Social passou a integrar o Sistema de Seguridade Social, como política pública não contributiva, pautada pela universalização da cobertura e do atendimento. local/ página 04

PONTO DE VISTA

Festival Gourmet 2017 está com inscrições abertas até o dia 17 de março local/ página 03 local/ página 05

DEUS É FIEL página 09

Provérbios 30

gazetadevarginha.com.br

As palavras de Agur

gazetacomercial2@gmail.com

página 02

facebook.com/gazetavga


02 | GAZETA DE VARGINHA

10 DE MARÇO DE 2017

PONTO DE VISTA

Palavras de Vida As palavras de Agur

Provérbios 30 1 Palavras de Agur, filho de Jaque, o masaíta, que proferiu este homem a Itiel, a Itiel e a Ucal: 2 Na verdade eu sou o mais bruto dos homens, nem mesmo tenho o conhecimento de homem. 3 Nem aprendi a sabedoria, nem tenho o conhecimento do santo. 4 Quem subiu ao céu e desceu? Quem encerrou os ventos nos seus punhos? Quem amarrou as águas numa roupa? Quem estabeleceu todas as extremidades da terra? Qual é o seu nome? E qual é o nome de seu filho, se é que o sabes? 5 Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que

confiam nele. 6 Nada acrescentes às suas palavras, para que não te repreenda e sejas achado mentiroso. 7 Duas coisas te pedi; não mas negues, antes que morra: 8 Afasta de mim a vaidade e a palavra mentirosa; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; mantém-me do pão da minha porção de costume; 9 Para que, porventura, estando farto não te negue, e venha a dizer: Quem é o Senhor? ou que, empobrecendo, não venha a furtar, e tome o nome de Deus em vão. 10 Não acuses o servo diante de seu senhor, para que não

te amaldiçoe e tu fiques o culpado. 11 Há uma geração que amaldiçoa a seu pai, e que não bendiz a sua mãe. 12 Há uma geração que é pura aos seus próprios olhos, mas que nunca foi lavada da sua imundícia. 13 Há uma geração cujos olhos são altivos, e as suas pálpebras são sempre levantadas. 14 Há uma geração cujos dentes são espadas, e cujas queixadas são facas, para consumirem da terra os aflitos, e os necessitados dentre os homens. 15 A sanguessuga tem duas filhas: Dá e Dá. Estas três coisas nunca se fartam; e

com a quarta, nunca dizem: Basta! 16 A sepultura; a madre estéril; a terra que não se farta de água; e o fogo; nunca dizem: Basta! 17 Os olhos que zombam do pai, ou desprezam a obediência à mãe, corvos do ribeiro os arrancarão e os filhotes da águia os comerão. 18 Estas três coisas me maravilham; e quatro há que não conheço: 19 O caminho da águia no ar; o caminho da cobra na penha; o caminho do navio no meio do mar; e o caminho do homem com uma virgem. 20 O caminho da mulher adúltera é assim: ela come, depois

limpa a sua boca e diz: Não fiz nada de mal! 21 Por três coisas se alvoroça a terra; e por quatro que não pode suportar: 22 Pelo servo, quando reina; e pelo tolo, quando vive na fartura; 23 Pela mulher odiosa, quando é casada; e pela serva, quando fica herdeira da sua senhora. 24 Estas quatro coisas são das menores da terra, porém bem providas de sabedoria: 25 As formigas não são um povo forte; todavia no verão preparam a sua comida; 26 Os coelhos são um povo débil; e contudo, põem a sua casa na rocha; 27 Os gafanhotos não têm rei; e contudo

todos saem, e em bandos se repartem; 28 A aranha se pendura com as mãos, e está nos palácios dos reis. 29 Estes três têm um bom andar, e quatro passeiam airosamente; 30 O leão, o mais forte entre os animais, que não foge de nada; 31 O galgo; o bode também; e o rei a quem não se pode resistir. 32 Se procedeste loucamente, exaltando-te, e se planejaste o mal, leva a mão à boca; 33 Porque o mexer do leite produz manteiga, o espremer do nariz produz sangue; assim o forçar da ira produz contenda.

Produtos em oferta são os grandes aliados dos brasileiros vaidosos Um dos mercados que costuma se manter em ascensão, independente de crise, é o de cosmético. Mas, mesmo sendo um dos segmentos mais fortes da economia, o mercado de beleza vem sofrendo sem, porém, “estar na pior”. Houve apenas uma adaptação ao novo cenário econômico do país. Vaidosos, os brasileiros colocam produtos de beleza no mesmo patamar dos de higiene pessoal, optando muitas vezes por marcas mais em conta sem, porém, cortar o consumo. Basta uma pequena “olhadela” nas redes sociais para verificar o quanto homens e mulheres estão cada vez mais preocupados com a aparência. Com a onda das “selfs” que inundam o mundo virtual, é fácil averiguar que os internautas se esmeram

para ter cabelo, pele, corpo e, no caso das mulheres, um make up impecável. Afinal, ninguém quer perder no quesito produção! Mas, para sair bem na foto, é necessário gastar com produtos que embelezam. Além disso, para a maioria das mulheres e para alguns homens, é praticamente impensável não usar aqueles creminhos anti-idade noturno e diurno. E, depois, não dá mais para ficar sem o protetor solar e o repelente, já que é uma questão de saúde, mesmo que para comprá-los não seja necessário um receituário médico. Outra curiosidade nessa área é que as brasileiras são as que mais gastam tempo e dinheiro com o cabelo no mundo, investindo uma média de R$ 40,00 por mês, segundo dados de uma

grande empresa de cosméticos*. Muitas mulheres frequentam o cabeleireiro a cada duas semanas e gastam, em média, R$ 125 por mês. Para as mulheres, outro item importantíssimo na área da beleza são as maquiagens. Como sair sem aquela base, batom, lápis, blush e rímel básicos para o dia a dia? Não é só para ficar bem na self, mas também para se apresentar bem no trabalho, em uma entrevista de emprego e em eventos sociais ou não. Mas, dá para notar que essa produção está presente cada vez mais entre as jovens no dia a dia, como em salas de aula, shoppings e locais de lazer em geral, sempre incrementado com unhas coloridas, perfumes, entre outros quesitos fashionistas.

Para driblar este cenário financeiro difícil deste momento, as brasileiras estão economizando como podem e usando de artifícios como pesquisar e buscar as melhores ofertas. Para isso, a internet - aliada dos vaidosos que gostam de ser vistos nas redes sociais – também tem sido usada de forma inteligente na busca por opções que sejam úteis e mais em conta. Alguns sites, de olho nesse mercado, deixaram de ser apenas um buscador e viraram uma vitrine de ofertas, e a palavra “beleza” com certeza - é uma das mais pesquisadas. Talvez por isso o Brasil continue seguindo como o terceiro maior mercado consumidor mundial de produtos de beleza, atrás apenas da China e dos Estados Unidos. A expectativa, dizem os

especialistas, é de que o setor volte a apresentar aumento no faturamento ainda neste

ano, crescendo e tendo taxas cada vez maiores até pelo menos 2020.

Leonídio de Oliveira Filho, empresário e criador do site Dica de Preço

Gazeta de Varginha Ltda CNPJ: 21.535.075/0001-47

Maria - CEP: 37022-560 – Varginha

Telefones (35) 3221-4668 (35) 3221-4845 (fax)

E-mail: gazetadevarginha@gmail.com (redação) gazetacomercial2@gmail.com (comercial)

Diário de circulação regional Horário de funcionamento: 8h às 18h Diretora administrativa: Ana Maria Silva Piva Jornalista responsável: Lanamara Silva (MTB: 8304 JP) Editor: Rodrigo S. Fernandes (Sindjori-MG: 312/99) Administração / revisão: Lanamara Silva Jornalista e superintendente de redação: Paulo Ribeiro da Silva Fernandes (MTB: 16.851) Endereço: Av. dos Imigrantes, 445 - Santa

Site oficial: www.gazetadevarginha.com.br gazetavga.blogspot.com.br ABRAJORI – Associação Brasileira de Jornais do Interior SINDJORI – Sind. Prop. De Jornais e Revistas do Interior ADJORI – Associação dos Jornais do Interior de Minas Gerais ADI – Associação dos Jornais do Interior de Minas Gerais A redação não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados, mesmo sob pseudônimos, que são de inteira responsabilidade de seus autores.


10 DE MARÇO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA |03

LOCAL

Estado isenta agricultores familiares da taxa de auditoria no Programa Certifica Minas Café Essa medida pode beneficiar 750 produtores de Varginha que são responsáveis por 80% da produção do município Produtores de café da agricultura familiar em Minas Gerais já podem participar gratuitamente do Programa Certifica Minas Café. O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), publicou em 25 de fevereiro, no Diário Oficial de Minas Gerais, a Portaria nº 1.699, que isenta do pagamento de taxa de auditoria os agricultores familiares que já participam ou que desejarem ingressar no programa de certificação. A auditoria consiste em verificar se o produtor cumpriu as normas exigidas para a certificação. De acordo com o engenheiro agrônomo da Emater, escritório de Varginha, Luiz Geraldo Marciano Rezende Reis, a agricultura fami-

Foto: Divulgação

liar representa 80% da produção do município. São 750 produtores, somando 8.150 hectares de lavoura em produção. O rendimento médio é de 25 sacas de 60 quilos por hectare, uma produção total, portanto, de 204 mil sacas. Essas informações foram passadas pela assessora de gabinete da Secretaria de Agricultura e Pecuária de Varginha, Daniela Valias. O Programa Certifica Minas Café é uma iniciativa do Governo de Minas Gerias, por

meio da Seapa, e realizado pelo IMA e pelas empresas de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater- MG) e de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig). O objetivo é auxiliar os produtores na implantação de boas práticas de produção nas propriedades cafeeiras do estado, fomentando a melhoria da qualidade do produto e sua competitividade nos mercados nacional e internacional. O Certifica Minas

Café conta, em todo o estado, com 1.230 propriedades certificadas, das quais cerca de 380 pertencem à agricultura familiar. A expectativa é que até o final de 2018 mais de 200 novos agricultores familiares ingressem no programa de certificação. Inclusão A engenheira agrônoma Teresa Assis, coordenadora do Programa Certifica Minas Café no IMA, argumenta que a isenção possui caráter inclusivo e será

importante “na medida em que irá estimular o ingresso dos agricultores no programa de certificação”. Ela explica que a cobrança de taxa pela auditoria se dá de forma estratificada, proporcional ao tamanho da área cultivada. Esse valor varia de R$ 58 para produtores com até 5 ha até R$ 656 para aqueles com mais de 500 ha de área plantada. Para ter direito à isenção da taxa o agricultor familiar deverá ser inscrito no Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) e ter o documento de Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) ativo. Teresa Assis explica que o primeiro passo para o produtor ingressar no Certifica Minas Café, independentemente de ser ou não da agricultura familiar, consiste em procurar

uma unidade da Emater-MG onde o extensionista poderá ajudá-lo a preparar a propriedade quanto ao cumprimento das normas de certificação. “Após a assistência técnica da Emater-MG, o IMA realiza a avaliação de conformidade (auditoria), quando são verificadas medidas como a adoção de boas práticas agrícolas, a exemplo da manutenção da fertilidade do solo, uso correto de agrotóxicos, rastreabilidade do processo produtivo e respeito às questões socioambientais. Os produtores aprovados nas auditorias passam a ter direito ao uso do selo e do certificado do Programa Certifica Minas Café. O certificado tem validade de um ano, requerendo nova auditoria ao final desse prazo”, esclarece a coordenadora.

Festival Gourmet 2017 está com inscrições abertas até dia 17 de março O Festival Gourmet & Cultural de Varginha está oficialmente lançado. A edição 2017 acontece nos dias 21, 22 e 23 de abril, no estacionamento do Via Café Garden Shopping. Na manhã desta segunda-feira (06), os associados ao Sehav (Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Vargi-

nha) conheceram os detalhes do projeto deste ano, no auditório do Sebrae. As inscrições estão abertas para os bares e restaurantes. Os pratos participantes do Culinária a Céu Aberto continuam tendo preço promocional de R$15,00. As vagas são limitadas: serão 15 participantes, oferecendo os mais diversos tipos de pratos,

porções e acompanhamentos. Mais uma vez o evento acontece no estacionamento do shopping, facilitando o acesso do público à estrutura do Festival. Os estabelecimentos filiados ao Sehav podem se inscrever entre os dias 06 e 17 de março. Informações e regulamento já estão disponíveis pelo e-mail priscila@wespanha.

Foto: Divulgação

com.br. As inscrições para o Concurso Gourmet também estão

abertas. A competição para decidir qual é “o sabor que tempera a

cidade” acontece logo em seguida ao Culinária a Céu Aberto, entre os dias 24 de abril a 14 de maio. O Concurso Gourmet também tem limite de 15 participantes. Somente após o dia 17 de março, havendo vagas ainda disponíveis, as mesmas serão disponibilizadas para estabelecimentos não filiados ao Sehav.


04|GAZETA DE VARGINHA

10 DE MARÇO DE 2017

LOCAL

Plano Municipal quadrienal de assistência social será apresentado em fórum de responsabilidade social Documento de elevada Qualidade Técnica foi Elaborado pela Equipe Técnica da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Social A elaboração do Plano Quadrienal de Assistência Social é o mecanismo de concepção, construção e implementação da política pública de proteção social, como decorrência do que fixou a Constituição de 1988, quando a Assistência Social passou a integrar o Sistema de Seguridade Social, como política pública não contributiva, pautada pela universalização da cobertura e do atendimento. Isto significa que a Assistência Social é hoje um dever do Estado e um direito de “quem dela necessita, independente de contribuição à Seguridade”. (art. 203, CF). Contudo, a partir de 1960, a cidade de Varginha ingressou na trajetória de uma urbanização excludente e predatória, fruto de uma interação perversa entre

Foto: Divulgação

processos socioeconômicos, opções equivocadas de planejamento e de políticas urbanas e práticas políticas, em que muitos perderam e pouquíssimos ganharam, com a reprodução de injustiças e desigualdades sociais, cujos reflexos danosos, nos dias atuais, refletem-se nos elevados índices de vulnerabilidade social e de exclusão social e econô-

mica em nosso Município, o que cria obstáculos e condicionamentos à construção da “cidade sustentável para todos” e limita a plena função social da cidade e da propriedade. A realidade exige um Plano Quadrienal de Assistência Social que parta do pressuposto básico de que é preciso desconstruir as raízes e as matrizes da ex-

clusão social e econômica, da violência e da marginalidade e de que não é suficiente gerar uma inclusão por doação dos incluídos. Fazse necessário encontrar os mecanismos mediante os quais os excluídos construam a sua própria inclusão. E o que propõe o Plano Quadrienal de Assistência Social de Varginha – 2017/ 2020.

Entretanto, como afirma o Secretário de Habitação e Desenvolvimento Social Francisco Graça de Moura, “para atingir os objetivos e as metas propostas no Plano é imprescindívela participação das empresas privadas praticantes da responsabilidade social e das organizações e instituições da sociedade civil, que são, sem dúvida, parceiros e protagonistas efetivos na implementação das políticas públicas”, concluiu o gestor da política pública social do Município de Varginha. Pelas razões acima expostas é que o Plano Quadrienal de Assistência Social será oficialmente apresentado no I FÓRUM MUNICIPAL DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL, que será realizado no dia 31 de março de

2017, das 13:30 as 17:30 horas, no auditório do SEBRAE/Varginha, com a presença de lideranças empresariais e da sociedade civil, integrantes do Poder Executivo e representantes do Poder Legislativo. Elaborado com embasamento na mais avançada metodologia do planejamento municipal, o PLANO QUADRIENAL DE ASSISTENCIA SOCIAL – 2017/2020 suprirá com informações consistentes, com subsídios essenciais, com dados sólidos e análises profundas o PPA – Plano Plurianual, a LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias e a LOA – Lei Orçamentária Anual, que são os instrumentos básicos do planejamento e da gestão pública municipal.

CDCA de Varginha realiza segundo módulo de capacitação com instrutores Na manhã desta quarta-feira, 08, foi realizado o segundo módulo da capacitação com os instrutores do CDCA, através do Instituto Francine Oliveira. No módulo, que terá sequência no dia 09 de março, com o tema “Geração BB, X, Y, Z, alfa e gestão de conflitos”, serão abordadas questões como comportamento, modelo mental de cada geração, maneira de apren-

Foto: Divulgação

dizagem de cada geração, forma de comunicação, estilos de liderança, gestão comportamental, níveis de conflitos, percepção, per-

cepção X natureza dos conflitos, gestão de conflitos, personalidade, mediação e tomada de decisão. O encontro, que

contou com a abertura da Coordenadora Geral do CDCA Maria Alice de Barros Bemfica, faz parte de uma capacitação com total de 4 módulos presenciais desenvolvidos através de estudo de casos reais, dinâmicas de grupos, jogos, análise de filmes e discussão em grupo. “Esse momento é de extrema importância para o crescimento profissional considerando as exigências da atuali-

dade. Esses encontros são para nós ferramenta de valorização e competência para o mercado, pincipalmente considerando o trabalho desenvolvido pelo CDCA com nossas crianças e adolescentes”, ressalta a coordenadora. Na oportunidade foi feita uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher, com uma apresentação musical dos instrutores e entrega de uma linda

tulipa confeccionada pelas jovens na oficina de artesanato do CDCA. A sequência da capacitação se dará conforme o seguinte cronograma: - Módulo 3 - Oratória - Alta Performance em Comunicação: 10 e 11 de Abril - Módulo 4 - Líder Coach: 02 e 03 de Maio. - Reencontro para retomada dos conceitos: 02 de Agosto

Minasul lança durante a 2ª Fecom a Estação Meteorológica Inteligente Durante a 2ª Fecom, e em parceria com a Minasul, foi lançada a Estação Meteorológica Inteligente, um produto voltado especialmente para a cultura do café. Segundo Rodrigo

Kopp, diretor executivo da Business Global, empresa que desenvolveu a Fox Minasul, como é denominada a estação, ela é uma grande aliada do produtor, já que faz o monitoramento climático

da lavoura de café e ajuda na tomada de decisões. Os dados coletados pela estação são transmitidos por GSM (sinal de celular), em tempo real, para a plataforma online, e poderão

ser acessados através do computador, tablet e smartphone. Além das informações, a estação disponibiliza dicas inteligentes para auxiliar o produtor nas decisões mais eficientes para a sua lavoura.

Como é uma estação independente, funciona com painel solar e bateria interna, o que possibilita posicioná-la em qualquer local da propriedade, já que não necessita de energia elétrica.

Foto: Divulgação


10 DE MARÇO DE 2017

LOCAL

GAZETA DE VARGINHA | 05

Leituras Comunitárias sobre o Plano Diretor de Varginha começam na próxima semana Lançado em dezembro do ano passado, o trabalho de revisão do Plano Diretor de Varginha ganha força na fase do diagnóstico Lançado em dezembro do ano passado, o trabalho de revisão do Plano Diretor de Varginha ganha força na fase do diagnóstico que, a partir da próxima semana passará a incorporar a visão de líderes comunitários, conselheiros rurais e cidadãos varginhenses dispostos a contribuirem para o documento central que servirá de referência para as politicas públicas da cidade. O Plano Diretor Participativo é uma lei municipal criada para definir o que pode e o que não pode se fazer, dentro de um território. Apenas depois de amplamente discutido e socializado com a população, o Plano se torna um projeto oficial a ser encaminhado para

a Câmara de Vereadores para a aprovação como lei. A empresa Myr Projetos Sustentáveis de Belo Horizonte tem sido responsável, em parceria com a Prefeitura de Varginha, por conduzir os trabalhos na cidade. Para Sérgio Myssior, sóciodiretor da Myr “a postura ética, de sustentabilidade e responsabilidade social são elementos essenciais e trans-

versais que deverão percorrer os trabalhos de revisão do documento”. Conforme o Estatuto da Cidade (Lei Federal nº 10.257/ 2001), a atualização do Plano Diretor deve ser realizada regularmente por todo município com mais de 20mil habitantes, num prazo máximo de dez anos. Em janeiro deste ano gestores públicos, técnicos, especialistas

da Prefeitura de Varginha, representantes de organizações e instituições privadas de destaque na cidade estiveram reunidos para debater o Plano, durante uma semana, em sessões temáticas que foram realizadas no espaço da Unis da Vila Pinto. “Agora, o objetivo é ampliar a discussão para a população como um todo, em especial, aos lideres comunitários, rurais, ativistas e pessoas que possuem interesse pelo tema”, é o que diz Marcos Batista, responsável pela interlocução com a comunidade da Prefeitura de Varginha. A partir da próxima segunda-feira dia 13, especialistas da Myr Projetos Sustentáveis estarão presentes na cidade para o desenvol-

vimento do processo de revisão, conforme a seguinte programação aberta ao público: Segunda 13/03 - 19h Local: Sede do Conselho Comunitário do Sion Rua Caxambu n° 27 Terça 14/03 - 19h (LEITURA COMUNITÁRIA RURAL) Local: Comunidade dos Martins/ Escola Pedro Reghin Quarta 15/03 - 19h Local: PROPAC II Rua Londres, 401. Vila Barcelona Quinta 16/02 - 19h Local: Barração Comunitário São Pedro. Imaculada Durante a manhã da terça-feira, dia 14, a partir das 8h, será rea-

lizada uma leitura técnica ampliada voltada para o público universitário e demais interessados, na sala de Educação Executiva no Campus da Unis. Para obter mais informações e mandar sugestões para o plano, basta enviar uma mensagem para planodiretor @varginha.mg. gov.br. Ou acessar o link disponivel no Portal da Admininstração Municipal: http:// www.varginha. mg.gov.br/. A Prefeitura informa que a partir das leituras comunitárias, haverá um espaço exclusivo para tirar dúvidas e registrar demandas sobre o Plano Diretor, no Protocolo da Administração, localizado no centro da cidade.

Bristol Easy Hotel conclui primeira etapa das obras em Varginha O empreendimento Bristol Easy Hotel Varginha concluiu a primeira etapa de construção perfeitamente dentro do prazo. Toda a parte de estaqueamento e fundação foi encerrada na última semana de fevereiro, conforme cronograma de construção. O Bristol Easy Hotel Varginha é o primeiro da Rede Bristol no Sul de Minas e a obra está sendo administrada pela Oryba Incorporadora. A

previsão é que a obra seja entregue no segundo semestre de 2019. Esta primeira etapa da construção foi iniciada em novembro de 2016, junto com o lançamento do empreendimento. Foi realizada toda a parte de estaqueamento – ao todo foram assentadas 146 estacas, com aproximadamente 17m de profundidade. Em paralelo a isso, acontece a confecção de todas as formas e armações

que devem ser concretados nos próximos dias. Logo após a fundação, a obra inicia a fase das contenções e toda a parte do Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas, também conhecido como SPDA. Esta parte deve ficar pronta em 60 dias. O maior reservatório de água – o inferior – também será instalado nessa fase, totalizando 90 dias para todas as etapas de fundação.

Foto: Divulgação

A estrutura metálica que vai sustentar a construção já está sendo produzida para que a instalação tenha início logo após o fim das

obras de fundação. Assim, o cronograma de construção deve ser seguido rigorosamente dentro do prazo estipulado.

O Bristol Easy Hotel Varginha Este será o primeiro hotel business do Sul de Minas. Uma opção de hospedagem com padrão de qualidade reconhecido internacionalmente pela excelência da Rede que conta com mais de 30 anos de atuação, administrando 67 hotéis, em sete estados brasileiros, totalizando 7.647 apartamentos em operação.


06 | GAZETA DE VARGINHA

REGIONAL

10 DE MARÇO DE 2017

Homem preso no RJ é suspeito de matar adolescentes no Sul de Minas Um homem preso no Rio de Janeiro é suspeito de ter assassinado duas adolescentes em Lambari (MG) em 2011. Sandro Luiz Alves Portilho, de 42 anos, também é suspeito de sequestrar e assassinar a menina Thifany Portilho de Almeida, de 11 anos, no Rio de Janeiro, em janeiro deste ano. A polícia mineira acredita estar diante de um maníaco. A prisão preventiva de Portilho foi decretada nesta quarta-feira (8) por ordem do juiz Márcio Augusto Oliveira Bueno, titular da Comarca de Lambari (MG). Segundo a Polícia Civil, as duas

adolescentes foram estupradas e tiveram os corpos carbonizados. Os casos aconteceram em janeiro e maio de 2011. Em janeiro, a polícia encontrou o corpo de Hanah Pereira da Silva, de 17 anos, em um chalé da cidade. Quatro meses depois, em maio, a polícia encontrou o corpo da estudante Daniela Maria Paiva Paula, de 12 anos, também carbonizado, em uma mata na zona rural de Lambari, próximo ao Parque Estadual Nova Baden. Daniela havia saído de casa alguns dias antes para se encontrar com a mãe no trabalho e não retornou mais. No manda-

do de prisão cumprido nesta quarta-feira (8), o juiz Márcio Augusto Oliveira Bueno, de Lambari (MG), alegou que ele teria utilizado o mesmo método para se aproximar da vítima no Rio de Janeiro, assim como fez com as vítimas de Lambari. Ele se apresentava como adestrador de cães e oferecia cachorros de estimação para atrair as adolescentes. Segundo a Polícia Civil, além de Lambari, Sandro Portilho pode ter cometido crimes também em Juiz de Fora (MG), na Zona da Mata. Não está descartada a hipótese dele ter cometido outros crimes na região.

Assaltantes levam R$ 25 mil de casa de empresário Quatro pessoas foram rendidas na noite desta quarta-feira (8) durante um assalto em Guaxupé (MG). Segundo a Polícia Militar, dois homens armados abordaram a mulher do empresário no momento em que ela estacionava o carro na ga-

ragem. O filho do casal estava no banco de trás e foi levado pela dupla junto com a mulher até o escritório da casa, onde o empresário estava reunido com um comerciante. Pelo menos R$ 25 mil foram levados. A PM informou que

o assalto aconteceu no bairro Jardim Ouro Verde. As vítimas relataram terem sido ameaçadas pelos criminosos e foram agredidas com coronhadas. A dupla fugiu e, até esta publicação, ninguém havia sido detido. Fonte:G1

Conforme o delegado responsável pelo caso, o suspeito está preso no Rio

de Janeiro. Ele também informou que deverá ir até o final de março ao

presídio onde ele está para colher depoimentos. Fonte:G1

Homem tem 90% do corpo queimado após explosão de botijão de gás Um homem teve cerca de 90% do corpo queimado depois da explosão de um botijão de gás na noite desta quarta-feira (8) em São Sebastião do Paraíso (MG). Segundo o Corpo de Bombeiros, a ex-

plosão foi tão forte que derrubou a parede de uma casa. Ainda conforme a polícia, Amado Borges Felício, de 44 anos, foi levado em estado grave para a Santa Casa da cidade, onde passou por uma cirurgia. Ele

também sofreu ferimentos nos olhos. Segundo a Santa Casa de São Sebastião do Paraíso, a vítima está internada no CTI do hospital. A instituição não informou o estado de saúde da vítima.

Posto de gasolina é condenado a indenizar jovem acusado injustamente Um posto de gasolina deverá indenizar um jovem em R$ 15 mil por danos morais por tê-lo acusado injustamente de assalto à mão armada. Por causa da acusação ele passou uma semana na prisão. A decisão da 13ª Câmara Cível do TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) reformou a sentença da Comarca de Poços de Caldas. Segundo o autor da ação, que tinha 18 anos à época do roubo, um funcionário do posto de gasolina Infante e Patrício afirmou à polícia, em julho de 2014, que “sem sombra de dúvida” ele

seria a pessoa que havia assaltado o posto dois dias antes, levando a quantia de R$300. A foto do jovem foi publicada na capa do jornal “Mantiqueira” de Poços de Caldas com seu nome na legenda como suspeito de assaltar o posto. No decorrer da investigação, o funcionário do posto mudou sua afirmação e disse que o jovem preso não era o assaltante. Conforme os argumentos do posto de gasolina, o funcionário fez afirmações em seu próprio nome, porque não estaria autorizado a falar

pela empresa. Nas alegações afirma que o funcionário agiu a serviço do Estado, que investigava o crime. Como o caso foi julgado improcedente em primeira instância, o jovem recorreu. O relator do recurso, desembargador Newton Teixeira Carvalho, entendeu que houve danos morais, porque o jovem ficou preso injustamente por uma semana. O desembargador afirmou que o frentista, além de acionar a polícia, acusou o jovem de prática de crime de assalto à mão armada, levando-o a

ser algemado em sua própria casa e conduzido à delegacia. Segundo o relator, o posto de gasolina é responsável pelo ato do

funcionário. Os desembargadores Alberto Henrique, Luiz Carlos Gomes da Mata e José de Carvalho Barbo-

sa votaram de acordo com o relator, ficando vencido o desembargador Rogério Medeiros. fonte:tjmg


10 DE MARÇO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA | 07

REGIONAL

Cooxupé realiza 2ª feira agrícola neste mês para cafeicultores do Cerrado de Minas Gerais O objetivo é investir em tecnologias e sustentabilidade para a próxima safra. Tema “Eficiência aumentando a rentabilidade e qualidade de vida” Os produtores de café do cerrado de Minas Gerais já estão se preparando para a 2ª Feira de Máquinas e Implementos Agrícolas, que será realizada pela Cooxupé nos dias 15 e 16 de março, em Coromandel. O objetivo é investir em tecnologias e sustentabilidade para a próxima safra. Com o tema “Eficiência aumentando a rentabilidade e qualidade de vida”, a feira contará com mais de 50 expositores divididos em 70 estandes. O evento tem como proposta levar ao cafeicultor novas informações e boas

Foto: Divulgação

oportunidades de negócios. Para fomentar e facilitar as negociações, a Cooxupé já confirmou que na feira os cooperados terão a possibilidade de

negociar suas compras, utilizando o seu próprio café como moeda de troca. O valor da saca de café (tipo arábica) é estabelecido de acordo

com a cotação do respectivo dia e os negócios podem ser parcelados em três safras. “Organizamos esta feira para oferecermos aos nossos associados

oportunidades para modernizarem suas lavouras e, assim, terem mais qualidade de vida em suas propriedades. Nosso objetivo é sempre colaborar com eles para que a atividade seja cada vez mais sustentável”, explica o presidente da Cooxupé, Carlos Alberto Paulino da Costa. Os cafeicultores encontrarão produtos de R$ 30,00 a R$ 700 mil reais. “Possibilitar o acesso dos nossos cooperados, principalmente os pequenos produtores, a novas tecnologias é a missão deste evento. Acreditamos que a mecaniza-

ção é uma das formas para o cafeicultor trabalhar com sustentabilidade. Estamos otimistas”, diz Carlos Alberto. Em sua primeira edição, a Feira do Cerrado reuniu 3 mil visitantes com geração de negócios de R$ 30,1 milhões. As expectativas de 2017, de acordo com a cooperativa, é que a movimentação de público seja 50% maior, refletindo também no crescimento do volume de negócios. A feira acontece no próprio Núcleo da Cooxupé, em Coromandel. Fonte: Cooxupé

Banco de perucas ajuda mulheres em tratamento contra o câncer em Poços

Foto: Reprodução EPTV – Marcelo Rodrigues

Um projeto em Poços de Caldas tem levado mais autoestima para mulheres em tratamento contra o câncer. A iniciativa foi criada por uma ex-paciente, Patrícia Gil, que, após sofrer a perda dos fios durante a luta contra a doença, tornou-se embaixadora da Fundação Laço Rosa

e implantou o Banco de Perucas na cidade. Diagnosticada com câncer de mama em 2015, Patrícia passou por todos os momentos que envolvem o tratamento, inclusive a queda dos cabelos, por causa da quimioterapia e da radioterapia. Curada, ela resolveu abraçar a causa

e ajudar tantas outras mulheres que passam pelo mesmo problema. “Essas perucas, na verdade, elas representam o empoderamento da mulher, porque quando elas passam pelo processo da quimioterapia, infelizmente, a queda de cabelo é um processo que é inevitável. Então, as perucas vem justamente para suprir essa necessidade e para ver se a gente consegue levantar um pouco a autoestima delas [das pacientes]”, disse Patrícia Gil. Desde que foi implantado na cidade, o projeto já conseguiu doar 20 perucas, além de receber muitas me-

chas que são enviadas para o Rio de Janeiro, onde os fios são transformados em perucas. “Estamos recebendo a doação de qualquer cabelo. Pode ter química, qualquer textura de cabelo, basta que tenha 20 centímetros de cabelo, que precisa estar amarrado em um elástico, seco e dentro de um saquinho plástico. Se a pessoa quiser trazer aqui no Unacon, pode. Mas, se ela quiser entrar no site da plataforma da campanha ela pode fazer o cadastro, que vai gerar um código e enviar para a caixa postal da nossa fundação. Fonte: OM Sul de Minas

Assaltantes fazem arrastão em três prédios no Centro de Poços de Caldas MG A Polícia Militar foi acionada na tarde desta quarta-feira (8) para atender uma ocorrência de arrastão em três prédios no Centro de Poços de Caldas. Segundo os policiais, quatro apartamentos em três prédios diferentes foram alvos de criminosos. Em um deles, os assaltantes chegaram a amarrar um morador. Imagens das câmeras de segurança de um dos prédios registrou a entrada de dois homens, que, segundo a PM, podem ser os assaltantes. A polícia não soube informar a quantia ou quais objetos teriam sido levados pelos suspeitos. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso. Fonte: OM Sul de Minas


08 | GAZETA DE VARGINHA

10 DE MARÇO DE 2017

REGIONAL

Baixa de 2 anos no Lago de Furnas Sul de Minas faz preço da tilápia ficar mais caro Principal peixe consumido na Quaresma na região está 30% mais caro. Explicação está em baixa do nível da represa em 2014 e 2015 A tilápia, principal peixe produzido e consumido no Sul de Minas, está 30% mais cara neste ano. O motivo é que faltam peixes nos criatórios. A explicação para a baixa produção está justamente no Lago de Furnas. Em 2014, o lago enfrentou uma seca, que se repetiu no ano seguinte. Em 2015, o nível do reservatório atingiu apenas 10% do volume total da represa. No ano passado, mais problemas: a água voltou, mas com pouco oxigênio, o que causou a morte de peixes. Quem está procurando o peixe não está

Foto: Reprodução EPTV

encontrando. "Não tem peixe realmente, nós estamos tendo que dispensar os compradores e eles estão desesperados, porque não

tem mais aonde arrumar o peixe para oferecer para o consumidor final", disse a psicultora Michelle Cristina de Oliveira.

DMAE realiza plantio de mais de duas mil árvores na ETE 1 em Poços

“Cortina arbórea” reduzirá odor gerado pelo processo de tratamento do esgoto

Uma das grandes preocupações de quem reside próximo às obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE1), no bairro Córrego D´Antas, é com relação ao odor a ser gerado no processo de tratamento de esgoto após o equipamento entrar em funcionamento. Visando minimizar os impactos ambientais e recuperar a biodiversidade do local, o DMAE está criando

uma “cortina arbórea” com o plantio de mais de duas mil árvores no entorno da Estação, o que, junto com os queimadores de gases já existentes, minimizará ainda mais o odor nas proximidades, seguindo normas legais determinadas pela Superintendência Regional do Meio Ambiente (Spram). “O DMAE tem como atividade o saneamento ambiental e, por isto, todas as nos-

sas ações buscam o compromisso de tratar a água e o esgoto sem esquecer de ações que contribuam para reduzir os impactos ao meio ambiente e preservando a qualidade de vida da população. A ETE 1 é uma das nossas maiores obras e que segue este nosso compromisso” afirma o diretor Antônio Roberto Menezes. Novecentas mudas de vinte espécies nativas foram adquiridas em parceria com o Horto Municipal e mil e trezentas unidades de dezoito espécies nativas estão sendo cedidas pelo Horto Florestal da Mineração Curimbaba. As atividades de reflorestamento tiveram início em outubro de 2016, seguindo com a roçada, a limpeza, a capina, a abertura de covas e o plantio das mudas, criando área de preservação permanente. Fonte: Portal da Cidade

Segundo produtores, os peixes ainda estão miudos e ainda não

estão prontos para o consumo. Além do tamanho, a produção também está menor. Alguns produtores, que já chegaram a produzir até 80 toneladas do peixe, hoje estão vendo a produção cair para apenas seis toneladas. Segundo a Associação de Piscicultores de Alfenas (MG), o prejuízo foi grande, já que a produção caiu em 60%. Para tentar diminuir os prejuízos, alguns produtores estão mudando a forma de se criar peixes.

"Procuramos colocar menos peixes nos tanques, pra com isso ganhar tempo no desenvolvimento do peixe, para ter o peixe agora na quaresma", disse o psicultor Cloves Antônio de Souza. Para tentar driblar o preço da tilápia, tem consumidor trocando o peixe por outro. "Eu optei por outro peixe que é o curimba, que está mais em conta e daí dá pra levar uns dois grandes", disse a dona de casa Lizete Casano Paulino. Fonte: G1 Sul de Minas

Agenda 21 & Cidadania CERCA ELÉTRICA E CONCERTINAS – CUIDADOS DE SEGURANÇA! Com a violência cada vez mais presente em noticiários, atingindo também as cidades do interior, a segurança pública se destaca como um grande desafio a ser superado pelos governos pelos aspectos sociais e político que envolve. Consequentemente o cidadão, vivenciando a incerteza da segurança pública, procura meios, conforme suas possibilidades financeiras, para garantir o bem estar próprio e de sua família. Um reflexo desta atitude é o aumento das instalações das cercas elétricas e das concertinas nos imóveis de bairros residenciais. Diante desta realidade, é de extrema importância conhecer todos os aspectos legais que envolvem a instalação de uma cerca elétrica para não ter problemas judiciais futuros. O fato é que existem muitas dúvidas sobre a legislação da cerca elétrica, dentre as quais destaco: ü De quem é a competência para legislar sobre cerca elétrica? ü A cerca elétrica se enquadra ou não como um “ofendículo” (isto é, aparelhos predispostos para a defesa da propriedade – arame farpado, cacos de vidros em muro etc.)? ü “A cerca elétrica deve ser tratada como “exercício regular do direito” ou legítima defesa”? ü Qual o tipo de responsabilidade civil que recai sobre o proprietário do imóvel (contratante da instalação) e qual a responsabilidade civil da empresa contratada (que instalou a cerca elétrica)? Portanto, considerando que não existe atualmente uma legislação municipal específica sobre cerca elétrica, é aconselhável observar o Projeto de Lei Complementar nº 3.080/2008 que dispõe sobre a instalação e manutenção de cercas eletrificadas. Ressalto que no Artigo 2º deste PL consta que os serviços de projeto, implantação e manutenção da cerca eletrificada deverão ser realizados por empresa ou profissional legalmente habilitado, nos termos da Lei nº 5.194 de 24.12.1996, que regula o exercício da profissão de Engenheiro, Arquiteto e Engenheiro Agrônomo. A instalação das concertinas tem sido utilizada com crescente frequência como opção de proteção da segurança de imóvel residencial. Contudo as concertinas só podem ser instaladas em muros com altura mínima de 2,20 m, para evitar acidentes com crianças ou pedestres. Este assunto, devido à sua importância, merece ser amplamente discutido pela população e representantes públicos, com a participação dos profissionais técnicos, buscando uma solução exequível e segura para todos os envolvidos através de uma legislação municipal específica sobre os procedimentos de segurança visando a proteção patrimonial. Engº Alencar de Souza Filgueiras Presidente do Fórum Agenda 21 Local Contato: agenda21. varginha@gmail.com


10 DE MARÇO DE 2017

FATOS E VERSÕES Culinária a Céu Aberto continuam tendo preço promocional de R$15,00. As vagas são limitadas: serão 15 participantes, oferecendo os mais diversos tipos de pratos, porções e acompanhamentos. Mais uma vez o evento acontece no estacionamento do shopping, facilitando o acesso do público à estrutura do Festival.

Mudança radical A decisão do “pop e vanguardista” prefeito de São Paulo, João Dória de extinguir a versão impressa do “Diário Oficial”, publicando os atos oficiais apenas na internet, acabará copiada pelos demais municípios Brasil afora. A Imprensa Oficial começou a morrer, superada pela tecnologia. Vejam que em Minas o Governo do Estado também começou a reduzir o tamanho da Imprensa Oficial. Ela ainda vai sobreviver um tempo, mas só o suficiente para dar uma saída às muitas pessoas que emprega e que não podem ser simplesmente descartadas, como se fossem objetos. Em Varginha a Prefeitura já gastou muitos recursos com as publicações oficiais, e hoje mantém um diário oficial que demanda funcionários públicos para redigi-lo, elaborar matérias, diagramar etc, além da gráfica contratada em Três Pontas que imprime o Diário Oficial. Será que a gestão Antônio Silva vai seguir a modernidade do prefeito de São Paulo?

Câmera escondida! Chegou informações à coluna de que seria mesmo verdade a identificação de uma câmera que teria sido instalada no vestiário da Guarda Municipal. O caso teria sido abafado, mesmo porque, sabe-se que hoje existe um grande trabalho na Guarda Municipal para represar o vazamento de informações da instituição. Ainda mais de problema e irregularidades internas. A Guarda Municipal continua procurando um norte a fim de mostrar serviço, todavia, as disputas e descontentamento de grande parte da tropa tem sido um obstáculo quase indisponível para a administração.

Divisão de poder A mudança no comando do Legislativo municipal, de reduzir o mandato de dois anos para um ano, aos presidentes da casa, visou dar espaço a todos os grupos políticos da Câmara. Contudo, diluiu o “peso da caneta” do presidente do Legislativo. O vereador Zacarias Piva (PP) que hoje comanda a Câmara tem tentado dar destaque ao cargo e representatividade ao Legislativo, porém o fato de “já se saber que ano que vem teremos um novo presidente, e já se saber quem será este”, faz com que as “bajulações paparicos e articulações políticas sejam acomodadas entre dois nomes, o que comanda a casa e o que vai comandá-la em alguns meses. Vale registrar que neste ano o prefeito entra com a força da recente vitória nas urnas e fica difícil fazer qualquer tipo de contraponto aos projetos traçados pelo Executivo. Além disso, o fato de este ano não ter eleições minimiza ainda mais as articulações políticas em torno da presidência. Já estamos no mês de março e como se sabe o “Brasil começa a funcionar apenas depois do Carnaval”. Zacarias Piva tem uma grande oportunidade de realizar, tendo em vista que comanda a casa em um ano mormo e sem turbulências, mas isso também reduz a importância deste tempo. No ano que vem, quando teremos eleições estaduais e federais e também um novo presidente da Câmara, o “peso e preço do presidente da Câmara sobe mais, e sua caneta fica mais forte”. Ainda mais com a forte disputa estadual que se desenha. Existe ainda a possibilidade de que algum vereador ou ex-vereador seja candidato a deputado. A conferir!

Festival Gourmet 2017 O Festival Gourmet & Cultural de Varginha está oficialmente lançado. A edição 2017 acontece nos dias 21, 22 e 23 de abril, no estacionamento do Via Café Garden Shopping. Na manhã da segunda-feira (06), os associados ao Sehav (Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Varginha) conheceram os detalhes do projeto deste ano, no auditório do Sebrae. As inscrições estão abertas para os bares e restaurantes. Os pratos participantes do

Não se sabe se, neste ano, o Festival Gourmet terá apoio ou financiamento público, mas é certo que as tratativas entre governo municipal e empreendedores do festival vai muito bem! Os organizadores do Festival Gourmet foram o estopim do levante que culminou com a queda de Graça Moura da Fundação Cultural e hoje possuem amplo acesso ao atual presidente da Fundação, Leandro Acayaba. Certamente que o Festival Goumert é uma grande atração e merece apoio público, ate mesmo para se consolidar no calendário de eventos regionais. Contudo, deve-se tomar cuidado para que o evento torne-se forte, democrático e independente, para que não aconteça como ocorreu com as escolas de samba que ficaram inteiramente dependentes dos recursos do poder público. Ou que o evento “tenha dono” como aconteceu, por exemplo, com o Enaf, que após anos sendo realizado em Varginha e com recursos públicos, por conta de brigas particulares, foi para Poços de Caldas. Temos outros exemplos como a Intercofee e muitos outros que já nem existem mais. Vale registrar que a coluna não está criticando o evento ou a forma de sua elaboração. Pelo contrário, a certeza da lisura e competência dos organizadores do Festival Goumert de Varginha é um dos pontos fortes que fazem com que o evento tenha apoio e respeito das instituições. Certamente o evento tem tudo para ser sucesso, novamente.

Saúde Os últimos casos envolvendo a Unidade Pronto Atendimento – UPA, que foi notícia por conta da dispensa de um médico local e até mesmo os bate bocas entre servidores do local e as reclamações de alguns usuários fez com que o Hospital Regional saísse do foco e a UPA ocupasse as manchetes nos últimos dias. Certamente que tanto a UPA quanto o Hospital Regional e também o Hospital Bom Pastor precisam de constante vigilância e fiscalização, dos poderes e da população, porém, não é bom que se crie um clima de dramatização em torno dos problemas da saúde, que certamente existem, sempre existiram e vão continuar existindo. Além disso, vale dizer, mesmo o muito recurso aplicado na saúde não é capaz de garantir o tratamento de excelência porque a demanda cresce a cada dia. No Brasil apenas remediamos ao invés de prevenir. Vejam que problemas como o saneamento básico, combate às drogas e à violência, bem como o desenvolvimento de hábitos saudáveis seria o modo de reduzir o número de doentes que lotam os hospitais. Todavia, enquanto não se trabalha a prevenção dos grandes vilões da saúde, estamos enxugando gelo, e pagando cada dia mais caro por isso!

Perguntar não ofende Depois da briga política e perca de tempo para criar os Agentes Municipais de Trânsito, o governo municipal viu a estupidez que fez e vai voltar atrás revertendo estes agentes de trânsito em agentes da Guarda Municipal? Quando e como isso vai acontecer? A enorme fila de famílias esperando por uma vaga nas creches municipais vai só aumentar e será esquecida pelo governo municipal? E quanto à promessa política feita por Antônio Silva e Verdi Melo de resolver este problema, caiu no esquecimento? Será que o ex-vereador Armando Fortunato (PSB) será candidato a deputado estadual em 2018? Qual dos atuais vereadores será candidato? Quem serão as dobradinhas locais dos deputados Dilzon Melo e Dimas Fabiano? Rogério Bueno, do PT, e Vismário Freitas, do PMDB, serão candidatos em 2018? E quanto a Geisa Teixeira, foi abandonada pelo PT ou terá o mesmo apoio financeiro e político do poderoso Odair Cunha? Geisa mudará de partido

GAZETA DE VARGINHA | 09 para garantir seu mandato? Quando a Copasa vai cumprir sua promessa de iniciar a operação do Aterro Sanitário de Varginha? Quando a Prefeitura de Varginha vai cobrar a estatal da mesma forma que cobra o contribuinte o aumento do IPTU?

Rambo O vereador Cláudio Abreu gosta mesmo da “espetacularização do trabalho de vereador”! Depois de chamar a polícia militar para impedir a participação de animais em show de circo na cidade, o distinto vereador agora quer que o Executivo forneça o seguinte aparelhamento à Guarda Civil Municipal: pistolas.40; escopetas calibre 12; pistola tranquilizante; focinheira; etc. Claro que a coluna é a favor do aparelhamento da Guarda Municipal. Mas certamente que “colocar escopetas na mão de guardas sem a preparação e capacitação adequadas será a criação de mais problemas àquela instituição de segurança”. Além disso, não é raro termos conhecimento sobre “estranhamentos” entre guardas municipais e policiais militares, além de abuso de autoridades de ambas as instituições. Num quadro assim, já pensou se tivermos um guarda civil “nervosinho e com escopeta na mão?. Talvez este caso mostre que termos vereadores sem experiência ou preparação é tão perigoso quanto termos policiais também sem preparação com armas na mão!” O dano à sociedade pode ser irreparável!

Social Um problema que andou sumido por anos da pauta patronal está voltando às preocupações de empresários: o “buraco social” brasileiro, que se aprofunda com a escalada do desemprego e da pobreza e já ameaça os avanços recentes nessa área, como alertou, ontem, o presidente da Câmara de Alimentos da Fiemg, Cássio Braga. Na visão dele, a crise está reabrindo e ampliando o fosso das disparidades. E isso traz intranquilidade para o ambiente econômico, além de violência para a sociedade. Braga falou no lançamento do Anuário da Indústria Mineira horas após o anúncio pelo IBGE de que a população já empobreceu 9,1% desde o início da crise em 2014. Mas ele não se baseou em dados estatísticos e, sim, nas imagens a que vem assistindo nas vizinhanças da sua Tropeira Alimentos, na Cidade Industrial (Contagem). Como notou o industrial, o maior parque fabril da região metropolitana tem hoje as praças e os viadutos tomados por mendigos e sem-teto. O “buraco social”, diz, dispensa aferições: está visível nas ruas.

Muito a percorrer Que as brasileiras trabalham mais e ganham menos que os brasileiros, além de fazer o serviço doméstico, todos já sabem. Mas o estudo divulgado pelo Ipea na semana do Dia da Mulher surpreende e perturba ao mostrar a falta de avanços: em 20 anos, as discrepâncias não mudaram nada no Brasil. Se a brasileira for negra, a disparidade aumenta. A pesquisa mostra que o preconceito de raça é ainda mais acentuado que o de gênero. Na escala de remuneração, as mulheres brancas ficam à frente dos homens negros. Os quais só ganham mais que as mulheres negras, duplamente estigmatizadas.

Ligação a cobrar Cada deputado federal tem direito a uma cota parlamentar para arcar com os gastos do mandato. Os de Minas, por exemplo, recebem uma verba mensal de R$ 36 mil. Entre as rubricas que podem ser quitadas por essa quantia estão bilhetes aéreos, alimentação e serviços de telefonia. No entanto, um deputado mineiro, que está em seu primeiro mandato na Câmara, parece não querer investir muito nesse último item. Uma prova disso é que o político retorna demandas de jornalistas com ligações a cobrar. E o parlamentar não demonstra o mínimo de constrangimento durante a entrevista, alongando a conversa para contar seus “feitos” no Congresso Nacional.

RODRIGO SILVA FERNANDES é advogado e articulista político da Gazeta de Varginha as quartas e sextas. Email: rodrigogazeta@bol.com.br


10| GAZETA DE VARGINHA

REGIONAL

10 DE MARÇO DE 2017

Rede de Notícias do Sindijori MG e AMJ Disputa dos prefeitos pela Associação A disputa pelo comando da Associação Mineira de Municípios (AMM) vai colocar, frente a frente, mais uma vez, PT e PSDB. E o PMDB, assim como foi nos governos federal e estadual, pode ser o fiel da balança nessa disputa que tem como prêmio a representação da maioria dos prefeitos do Estado. O problema é que, desta vez, os peemedebistas estão divididos entre dois candidatos. (Folha da Manhã) PMDB leva racha para a disputa na AMM O partido levou para as eleições da AMM a sua maior divisão interna dos últimos anos. O racha entre o vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade, e o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Adalclever Lopes. Ambos querem o controle do PMDB e, por que não, o comando da AMM também. A entidade conta, atualmente, com 580 prefeitos filiados. As eleições

estão marcadas para o dia 30 de março. (Folha da Manhã) Posto de Identificação garante cidadania Com o objetivo de disponibilizar ao cidadão acesso a documentos oficiais, foi criado o Posto de Identificação Civil Roque Schettino, através do convênio 59/2015 PCMG, celebrado entre o Poder Legislativo de Leopoldina e a Polícia Civil do Estado de Minas Gerais. O Posto de Identificação Civil funciona nas dependências da Câmara de Vereadores e presta serviços à população, dentre eles a emissão de carteiras de identidade. Em fevereiro, foram realizados 382 atendimentos, com média de 21 atendimentos diários. (Leopoldinense) Copasa poderá ser multada em Divinópolis Os vereadores de Divinópolis aprovaram na última reunião o projeto de Leique multa a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), em caso de suspensão de forneci-

mento de água. O projeto de autoria da vereadora Janete Aparecida estabelece que a companhia pague 40 UPFMD - Unidade Padrão Fiscal do Município de Divinópolis, no valor de R$ 69,65, o que renderia uma multa de R$ 2.786 para a empresa. Atualmente a companhia paga apenas 15 UPFMD, como determina a Lei Nº 7.662/ 2013. O projeto foi encaminhado para ser sancionado pelo prefeito de Divinópolis, Galileu Teixeira Machado (PMDB). (Gazeta do Oeste) Lar dos Idosos lança campanha para doações Com o objetivo de arrecadar lençóis e cadeiras de roda, a diretoria do Lar dos Idosos Monsenhor Rocha, em Caratinga, está lançando uma campanha. A última campanha promovida em favor do Lar dos Idosos e coordenada pelas Conferências Vicentinas atingiu seu objetivo, que era arrecadar toalhas de banho. Atualmente, o Lar conta com 79 assistidos, sendo que muitos

deles são cadeirantes e necessitam de um meio de locomoção. (A Semana Agora) Equipe cria grupo da melhor idade O Grupo da Melhor Idade no Sertãozinho, na cidade de Borda da Mata, é uma iniciativa da Estratégia Saúde da Família, com a coordenação da enfermeira Nara Caetano. As atividades recreativas acontecem uma vez por semana, mais precisamente nas quintasfeiras na Unidade Básica de Saúde do distrito. As participantes confeccionam artesanato com materiais simples como bexiga, papel e jornal, além de bordados e outros trabalhos manuais. (Tribuna Popular) Projeto de formação de atores é lançado Lançado oficialmente no início desta semana, em Barroso, o projeto de formação de atores da Companhia Fofocas de Teatro tem como objetivo capacitar - por meio de uma Oficina de Teatro para Iniciantes - moradores da comunidade em artes

cênicas. O lançamento oficial do projeto aconteceu durante a primeira reunião do ano do Comitê com a Comunidade, na sede da fábrica da LafargeHolcim, com a presença de diversas lideranças locais. Com inscrições gratuitas abertas até o dia 20 de março, a oficina apresenta noções básicas em teatro, como interpretação, produção, improvisação, iluminação, dramaturgia, cuidado com a voz e musicalização. (A Primeira Página) Araxá vai receber a Páscoa Iluminada Está lançada oficialmente a "Páscoa Iluminada Araxá 2017", o maior evento temático, de Páscoa, do Brasil. De 16 de março a 23 de abril de 2017, araxaenses e turistas de todas as idades irão curtir espetáculos de padrão mundial, que transmitem mensagens de paz, alegria e renovação, através de uma das maiores projeções mapeadas do País. O projeto é original da Rede Tauá de Resorts, realizado pelo Ministério do Turismo, e foi ideali-

zado para alavancar o turismo na cidade e região. Os principais espetáculos que compõem o evento são realizados no lago, no teatro e na impactante fachada do empreendimento. (Diário de Araxá) Professores de Uberaba irão paralisar Por decisão unânime, mais de 50 educadores da rede municipal de ensino de Uberaba decidiram por aderir à paralisação nacional da categoria no dia 15 de março em assembleia realizada nesta terçafeira, 7. Os professores também aprovaram o indicativo de greve por tempo indeterminado e entre as demandas locais estão a cobrança pelo cumprimento integral do pagamento do piso do magistério na rede municipal e também a demora do Executivo para dar início às negociações para a campanha salarial deste ano. A lista de reivindicações dos educadores foi protocolada em dezembro do ano passado. (Jornal da Manhã)

Serviço de transporte oferecido por aplicativo pode funcionar em Poços A startup indiana “WillGo” pode começar a funcionar ainda este ano em Poços de Caldas (MG). A plataforma de transporte alternativo tem funcionamento semelhante ao Uber, que ainda não está disponível na cidade. Entretanto, tanto prefeitura, como associações ligadas ao setor, alegam que não foram procuradas para a regulamentação do serviço, que ainda não tem data para começar a funcionar no município. Licenciado para funcionar no Brasil desde março de 2016, o sistema

tem como franqueado na região o empresário Renato Tauiul, que garante que a chegada do aplicativo significa uma oportunidade para quem deseja uma renda extra e para aquelas pessoas que estão desempregadas. “Os motoristas ou as pessoas que estão desempregadas terão a chance de uma renda com a WillGo. Os interessados devem preencher alguns requisitos básicos na hora da inscrição. Uma delas é que o veículo a ser cadastrado deve ter fabricação superior ao ano de

2010 e deve ter ar condicionado”, contou Tauiul. Segundo ele, a ideia surgiu da necessidade de circular em outras cidades. “Como eu viajo muito, sempre usei o Uber, e sempre gostei do sistema do aplicativo. Nisso, em uma conversa com um empreendedor de Campinas, acabei conhecendo o WillGo. Como existe essa possibilidade de franquia, não pensei duas vezes e entrei. Quero que as pessoas tenham economia na hora de se locomoverem”, disse o empresário. O app possui tarifas

fixas, que mudam apenas de acordo com a categoria do veículo escolhida: black, smart, SUV, blindado ou moto. “Não temos tarifas dinâmicas, como existe no Uber. Nossos preços não variam ao longo do dia. O que varia são as taxas de acordo com a escolha do veículo, já que temos alguns opções. Além disso, o WillGo já começa suas operações dando desconto aos usuários. Acredito que, assim que passar a valer, quem usar o app não vai mais querer saber de outro transporte”.

Segundo Tauiul, entre as vantagens para os usuários está a possibilidade de fazer o agendamento de corridas com antecedência e de “favoritar” os motoristas. “Ou seja, se você tem um motorista amigo, basta marcá-lo como favorito no app. A partir daí, o aplicativo dará preferência para aquele motorista escolhido se ele estiver por perto”, explicou o franqueado. A nova plataforma permite ainda que motocicletas e caminhões até 6 mil quilos transportem

documentos e objetos. “A grande vantagem é a rapidez, a comodidade e o preço. O turista ou o próprio morador que usar o aplicativo já tem a estimativa de preço pela corrida. O que não acontece com os táxis. Além disso, a comodidade também é outro atrativo, porque quem usa transporte coletivo, normalmente, precisa caminhar até o ponto de embarque, já com o nosso serviço o carro vai até onde ele estiver”, explicou Tauiul. Fonte:G1


10 DE MARÇO DE 2017

MINAS

GAZETA DE VARGINHA | 11

Coco macaúba garante renda a mais de 400 famílias no Norte do estado No Norte de Minas Gerais, um pequeno fruto, mas com enorme potencial econômico, ganha cada vez mais espaço como alternativa de renda para pequenos agricultores familiares. Encontrada em todo o país e abundante no estado, a macaúba é uma palmeira nativa que tem “mil e uma utilidades”: o óleo do seu fruto - um pequeno coco - serve de matéria-prima para a produção de biodiesel e bioquerosene, mas todo o coco pode ser reaproveitado na fabricação de diversos produtos. A descoberta de uma extensa mata nativa, com milhões de pés da palmeira, foi crucial para o desenvolvimento da comunidade

Riacho D’Antas, na zona rural de Montes Claros, que abrange também os municípios de Brasília de Minas, Coração de Jesus e Mirabela. Hoje, o fruto sustenta 400 famílias na região que vivem da extração e produção de sabão em barra, óleo de amêndoa, óleo de polpa, cosméticos, ração para alimentação animal, óleo para produção de biodiesel, entre outros. No local, são extraídas e beneficiadas cerca de 450 toneladas anuais. Em 2015, a cooperativa faturou R$ 260 mil somente com a venda dos produtos do coco da macaúba. Instalada com recursos viabilizados pelo Governo de Minas Gerais, a Unidade de

Beneficiamento do coco macaúba em Montes Claros aproveita tudo do fruto, da casca à castanha em seu interior. Dali, os produtos são comercializados na região e até em outros estados. Recentemente, a unidade conquistou a certificação ambiental da Roundtable on Sustainable Biomaterials (RSB). O processo atesta que os biomateriais são éticos, sustentáveis e de origem credível. “A Cooperativa Central do Cerrado compra o nosso sabão em barra e em pó e vende no Mercado de Pinheiros, em São Paulo”, conta Fonseca. “Também vendemos parte da nossa produção de óleo para a Pe-

trobras e temos outros compradores importantes em São Paulo, Distrito Federal e Brasília”, completa. Segundo o diretor de Captação, Qualificação e Inclusão Regional do Sistema Sedinor/Idene, David-

son Dantas, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e do Norte de Minas (Sedinor) apoiou a instalação do Consórcio Macaúba Sustentável, uma rede de municípios e pro-

dutores engajados no fortalecimento de empreendimentos como o da Cooper Riachão. A secretaria faz parte do conselho do consórcio, que busca fortalecer a atividade. fonte:AgenciaMinas

Por dia, quatro menores de 14 anos são estuprados em Minas Foi a partir de uma conversa de WhastApp que uma mãe descobriu que o filho de 13 anos estava sendo molestado sexualmente pelo treinador em uma escolinha de futebol no bairro Glória, na região Noroeste de Belo Horizonte. A denúncia dela fez a polícia chegar a outros dois casos e levou, nessa quarta-feira (8), à prisão do autor. Mas o combate ao crime esbarra na dificuldade das vítimas em falar e dos pais em perceber os sinais da agressão. No ano passado, foram registrados 1.420 estupros de vulneráveis (crianças e adolescentes menores de 14 anos e outras pessoas sem possibilidade de defesa) em Minas, uma média de quatro por dia. A Polícia Civil, porém, estima que a violência vá muito além dos dados por conta da subnotificação. Dos casos que chegaram às delegacias, 203 ocorreram na capital. A Polícia Civil não deu números deste ano ou de 2015, mas observa um aumento na quantidade de ocorrências nos últimos anos. Só nessa

quarta-feira (8), dois suspeitos foram presos: o treinador de futebol do bairro Glória e um vereador no município de Carmo do Cajuru, na região CentroOeste do Estado, que teria estuprado seis crianças, entre 7 e 11 anos. De acordo com o Código Penal, qualquer ato libidinoso ou sexual contra menores de 14 anos, com ou sem consentimento da vítima, é considerado estupro de vulnerável. A violência geralmente é precedida da oferta de presentes ou benefícios. No caso da escola de futebol, o treinador Diego Tadeu Gomes Silva, 27, teria se aproveitado da função para, em troca de supostamente ajudar os garotos, abusar sexualmente deles. “Ele não ameaçava e não insistia, mas usava a paixão dos meninos pelo futebol para praticar os atos. Falava que teria condições de fazer com que eles crescessem no esporte”, explicou a delegada do Departamento de Investigação, Orientação e Proteção à Família, Isabella Franca.

Quando a mãe viu a mensagem do treinador no celular do filho, em janeiro, dizendo que estava com saudades, ela questionou o garoto. Na delegacia, o adolescente e mais dois alunos da escolinha, ambos de 14 anos, disseram que Silva propunha masturbação a cada um deles, individualmente. “Além de ser treinador, ele trabalhava como auxiliar administrativo no local há cerca de dez anos e não levantava suspeitas”, contou a delegada. Segundo ela, os agressores geralmente são pessoas próximas das famílias. “Começa com uma passada de mãos até chegar a conjunção carnal. É uma violência que se estende por vários anos, com uma pressão psicológica absurda na vítima, que fica com um sentimento de culpa muito grande”, concluiu Isabella. O treinador Diego Tadeu Gomes Silva negou os crimes e confirmou apenas ter beijado um dos garotos de 14 anos, com o consentimento dele. Ele responderá pelos crimes de estu-

pro (dos rapazes de 14 anos) e estupro de vulnerável (do de 13 anos). A Polícia Civil informou que a apuração desse tipo de crime envolve levantamento de provas, como exame de corpo de delito. Mas, quando a denúncia ocorre dias após o abuso, a palavra da vítima é suficiente para abertura da investigação e pedido de prisão preventiva. O crime prescreve 20 anos. Mas, mesmo anos após o abuso, a denúncia é importante para impedir que o autor continue fazendo novas vítimas. Projeto. A Câmara dos Deputados analisa projeto do deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG) que propõe reduzir de 1/6 a 2/3 a pena para estupro de vulnerável quando o ato não envolver penetração ou sexo oral. O vereador Carlos Henrique da Rádio (PTD), 45, o mais votado de Carmo do Cajuru, na região Centro-Oeste de Minas, foi preso nessa quarta-feira (8). Segundo as investigações, que começaram após boatos na cidade,

o político se aproximava de famílias carentes, ganhava a confiança delas e convidava as crianças para passar o dia em sua casa, onde ele oferecia doces, brinquedos, filmes, contato com animais e um poço para nadar. “Ele assistia a vídeos pornográficos na frente das crianças e se masturbava. Todas as vítimas são extremamente carentes do ponto de vista social, econômico e até familiar”, contou o delegado Weslley Amaral de Castro. Uma delas teve o estupro comprovado por

exame de corpo de delito, com ferimentos na vagina e no ânus. Ao todo, seis casos, de crianças entre 7 e 11 anos, foram identificados, mas o delegado acredita que existam mais. Segundo Castro, os crimes ocorriam há pelo menos dois anos, e todas as crianças relataram o abuso com detalhes e de maneira similar. Na casa do vereador foram encontradas fotos de vítimas em um cofre, materiais escolares e câmeras. O político negou os crimes.


12| GAZETA DE VARGINHA

10 DE MARÇO DE 2017

SAIBA SEUS DIREITOS

Ex-funcionário da Petrobras obtém liminar por excesso de prazo na prisão O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), deferiu liminar no Habeas Corpus (HC) 139480 para determinar a soltura de Paulo Roberto Buarque Carneiro, ex-funcionário da Petrobras preso preventivamente em decorrência da operação Sangue Negro, deflagrada pela Polícia Federal, que investiga esquema de pagamento de propinas envolvendo a empresa holandesa SBM e a estatal brasileira. Para o ministro, o decreto de prisão apresenta fundamentação genérica e há excesso de prazo da custódia, que ocorreu há mais de 14 meses. Conforme os autos, Paulo Carneiro foi preso preventivamente em dezembro de 2015 por decisão do juízo da 3ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Rio de Janeiro (RJ), pela suposta prática dos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e por manter no exterior depósitos não declarados às repartições federais. O juízo fundamentou a necessidade da custódia para garantia da ordem pública e econômica, além da aplicação da

Construtora não deve cobrar parcelas futuras de consumidor que desistiu de imóvel

lei penal, ao se reportar à gravidade dos delitos e à periculosidade do agente, considerado o prejuízo causado à Petrobras no valor de US$ 8,5 milhões. Destacou ainda o risco de reiteração criminosa tendo em vista as negociações realizadas a fim de dificultar o rastreamento da quantia desviada. Após ter habeas corpus negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), a defesa impetrou HC no Supremo alegando que a fundamentação do decreto de prisão é genérica e abstrata, e que inexistente o risco de fuga, tendo em vista o fato de

seu cliente ter aguardado o cumprimento do mandado de prisão, após cientificado, em casa. Apontou ainda não ser possível a reiteração da conduta ao narrar que Carneiro se aposentou em 2014, e que os fatos considerados no decreto remontam aos anos de 1999 e 2012. A defesa pediu assim a concessão de liminar para revogar a prisão preventiva e, no mérito, a confirmação da medida. O relator do HC, ministro Marco Aurélio, considerou que a fundamentação utilizada no decreto prisional é genérica.

Sem a demonstração de elementos concretos, trata-se, no seu entendimento, “de suposição do excepcional, do extravagante, o que é insuficiente a respaldar a preventiva”. Para o ministro, o possível envolvimento do investigado em delito “não leva à inversão da sequência do processo-crime, que direciona a apurar-se para, selada a culpa, prender-se, em verdadeira execução da pena”. Segundo explicou, o ordenamento jurídico não contempla hipótese de prisão automática em razão de possível imputação de crime.

Dr. Gustavo Chalfun

Drª. Patrícia Bregalda Lima

OAB/MG 81424 Rua Argentina, 535 Vila Pinto Tel: 3222-4801

OAB/MG 65099 Av Salum Assad. David, 70 - Santa Luiza Tel: ( 35) 3214-5051

gustavo@chalfun.com.br

Dr. Daniel Piva OAB/MG 81667 Delfim Moreira, 258, sala 201- Centro Varginha -MG Tel: 3222 2851

dapiva@ig.com.br

patriciabregalda@varginha.com.br

A 9ª câmara de Direito Privado do TJ/ SP negou provimento a recurso da construtora Odebrecht e manteve decisão que determinou a suspensão da cobrança de parcelas em aberto em razão da desistência de imóvel comprado na planta. Foi concedida antecipação de tutela "para suspender as parcelas vincendas do contrato, porque os autores demonstraram que resiliram o pacto unilateralmente". A Odebrecht interpôs agravo de instrumento alegando, entre outros, que a cobrança seria legítima, inclusive, o cadastro nos órgãos de proteção ao crédito no caso de inadimplência. Sustentou ainda que a rescisão contratual somente é permitida nos casos de inadimplemento da

construtora. Em análise do recurso, o relator, desembargador Alexandre Lazzarini, entendeu estar "presente a probabilidade do direito alegado, pois o promitente comprador de imóvel, mesmo inadimplente, pode pedir a rescisão do contrato de compra e venda". "Além disso, há o risco de dano, que decorre dos efeitos negativos da mora em relação às parcelas vincendas, que, com a pretendida rescisão, passam a não ter mais causa jurídica." O magistrado ressaltou ainda que a Odebrecht pode, posteriormente, buscar a reparação de danos eventualmente sofridos, caso o pleito dos autores seja julgado improcedente. Fonte:Migalhas.com

Dr. José Simplicio da Silva Filho OAB/MG 73.079 Praça São Pedro, 36, Vila Floresta Tel: ( 35) 3067-1070

ssimplicio@hotmail.com

Dr. Gustavo Pinto Biscaro

Dr. Vicente Lima Lorêdo

OAB/MG 106.276 Rua: Presidente Evaristo Soares. 255 - Vila Pinto Tel: (35) 3222-1049

OAB/ MG 84.176 20ª Sub-Seção Rua Maria Benedita, 63 -sala 106 - Vila Pinto 3223-5362/9988-3485

gustavopbiscaro@gmail.com

vicentelloredo@yahoo.com.br

Mande sua pergunta para gazetadevarginha@gmail.com


10 DE MARÇO DE 2017

BRASIL

GAZETA DE VARGINHA | 13

Exército apreende mais de 2 mil armas em presídios pelo Brasil Mais de duas mil armas brancas, entre facas, facões e barras de ferro, 271 celulares e até sete estações de radiotransmissão foram encontrados pelas Forças Armadas nos dez presídios onde foram realizadas buscas nos Estados do Amazonas, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Norte e Mato Grosso do Sul, durante o primeiro mês da Operação Varredura. Os radiotransmissores foram descobertos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) durante a revista feita pelos militares do Exército, na última segunda-feira, 6. Os equipamentos estavam funcionando apesar de o presídio ter bloqueador para celular instalado. O Compaj ganhou as manchetes do mundo após o massacre de 57 presos no primeiro

dia do ano. Na última segunda, o complexo de Manaus voltou a ser palco de enfrentamento de policiais militares e presos, quando 37 detentos ficaram feridos, durante a realização da revista. Além do Complexo de Manaus, também foram vistoriados a penitenciária de Alcaçuz, em Natal, e a de Monte Cristo, em Roraima, que assim como o Compaj foram palco de barbáries neste início de ano. Os cerca de quatro mil homens do Exército e da Marinha vasculharam as instalações ainda dos presídios de Rondônia e Mato Grosso do Sul (MS). Novas operações de surpresa serão realizadas pois há uma autorização para que as tropas federais façam este tipo de serviço, com base na Garan-

tia da Lei e da Ordem (GLO) até o final deste ano. As ações acabaram por inibir a ações das quadrilhas nos presídios. Para o ministro da Defesa, Raul Jungmann, a ação das Forças Armadas têm por objetivo "complementar a atuação dos órgãos de segurança pública neste momento de tensão". Para ele, "mesmo com a duração de um ano da Operação Varredura, é importante que as autoridades locais deem seguimento a ações desta natureza, tornando as vistorias algo permanente, incluindo a implementação de medidas preventivas contra o ingresso de material ilícito nos estabelecimentos prisionais". Além dos radiotransmissores, balanço preliminar feito pelo Ministério da Defesa mostra

que foram encontrados 3038 itens de posse proibida, como dinheiro ou eletrodomésticos e elevada quantidade de armas brancas (mais de duas mil) e celulares. Também foram resgatados 160 acessórios de celulares (como carregadores e fones de ouvido), 29 baterias, 18 tabletes de entorpecentes , 45 trouxinhas de entorpecentes, seis recipientes com bebidas alcoólicas,

185 substâncias suspeitas. Cerca de quatro mil homens da Marinha e do Exército participaram das dez primeiras operações, realizadas desde seis de fevereiro, em parceria com a Secretaria de Segurança dos Estados, sem contato das tropas federais com os presos, que foram isolados durante as varreduras nas celas e instalações administrativas. Durante as varreduras, os

militares utilizaram detectores por raio X e de metais, os mesmos que foram empregados em grandes eventos realizados no País, como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio. Equipes com cães farejadores, que podem detectar drogas ou explosivos, também fizeram parte da ação. Fonte:Otempo

Previdência no Brasil é ponto fora da curva mundial, diz Meirelles O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que a Previdência no Brasil é ponto fora da curva mundial. “O Brasil já tem gastos entre os maiores do mundo. O problema é a relação de dependência. Quanto maior a população acima de 65 anos sobre a população abaixo dos 65, há maior tendência de gasto com a previdência social. Essa razão de dependência no Brasil ainda é baixa, mas já temos gastos de países que já estão nesta situação Isso mostra que temos um ponto fora da curva claramente: um país ainda jovem, mas com despesas previdenciárias altas”, disse, durante a abertura do Fóruns Estadão que trata da reforma da Previdência nesta quinta-feira (9), na capital paulista.

Meirelles também destacou que a taxa de reposição no Brasil, valor médio entre a aposentadoria e o salário antes de se aposentar, é de 76%, enquanto na Europa a média é de cerca de 50%. “Essa é uma medida de generosidade da Previdência.” O ministro da Fazenda afirmou que, em relação a idade média prevista na proposta de reforma da Previdência, é adequada observando outros países. Hoje, segundo ele, a idade média de aposentadoria é menor que em outros países. Enquanto no México é de 72 anos e na OECD é de 64 anos a média, no Brasil é de 59,4 anos, menor somente que a média de Luxemburgo. “A aposentadoria no Brasil ocorre cedo. O modelo atual

incentiva aposentadoria precoce”, considerou. O ministro da Fazenda comentou também durante o Fóruns Estadão que a trajetória dos gastos com a seguridade social tem trajetória ainda mais preocupante que a da Previdência. Segundo ele, o déficit da seguridade social cresceu em R$ 92,2 bilhões no ano de 2016 e chegou a

R$ 258 bilhões. Segundo Meirelles, os gastos previdenciários em porcentagem do PIB é um dos maiores do mundo. Em 1991, era 3,3%, hoje são 8,1% e, em 2060, se nada for feito, chegará a 17% do PIB. “Se nada for feito, a previdência vai ocupar cada vez mais os gastos públicos, considerando que agora temos o teto de gas-

tos.” Meirelles afirmou que hoje as outras despesas do governo, excluindo a previdência, representam 45% e, mesmo que fossem reduzidos a 33%, não seria possível acomodar os gastos previdenciários. “Todas as outras despesas teriam que ser diminuídas para 20%. Então, com essa reforma manter-se-á espa-

ço para os demais gastos dentro da Lei do Teto”, disse. O ministro da Fazenda salientou que a reforma da Previdência só funcionará se for incluída a previdência rural, já que esse tipo de aposentadoria tem resultado estruturalmente negativo e tem déficit de R$ 150 bilhões. “Existe uma evolução crescente do déficit, principalmente da previdência rural. O resultado da previdência rural é claramente negativo e isso pesa. A previdência urbana também entrou, agora, em trajetória cadente, inclusive com déficit no último ano”, comentou Meirelles. “O fato é que temos que incluir a previdência rural, porque não funcionará se tentarmos incluir só a previdência urbana.”


14| GAZETA DE VARGINHA

10 DE MARÇO DE 2017

EVANGÉLICA

Existe o inferno Meus prezados amigos, no dia de hoje nós vamos discorrer sobre temas deveras preocupantes para todas as almas viventes, cujos assuntos estão estampados nas Escrituras Sagradas, principalmente no Livro de Apocalipse. Portanto, queiram abrir as Letras Sagradas precisamente no Capítulo 21 (vinte e um) do Livro de Apocalipse, versos que destacamos, tudo conforme abaixo transcrevemos, vejamos: "1 Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. 2 Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo. 3 Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. 4 E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram. 5 E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras. 6 Disse-me ainda: Tudo está feito. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. Eu, a quem tem sede, darei de graça da fonte da água da vida. 7 O vencedor herdará estas coisas, e eu lhe serei Deus, e ele me será

filho. 8 Quanto, porém, aos covardes, aos incrédulos, aos abomináveis, aos assassinos, aos impuros, aos feiticeiros, aos idólatras e a todos os mentirosos, a parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber, a segunda morte.” Amados, trata-se de uma profecia e nosso Deus é Fiel para cumprila. Abençoados, de se notar que no novo Céu e na nova Terra, haverá uma Cidade Santa, a Nova Jerusalém Celestial, tratando-se de uma noiva, (uma Igreja), ataviada, adornada para o seu noivo, Jesus de Nazaré. É simples notarmos que se trata do Povo Santo de Deus, portadores de vestes lavadas no sangue do Cordeiro, e assim, Deus estará com o seu Povo. Queridos, a Palavra de Deus deixa claro para nós que Ele nos enxugará toda lágrima, não haverá morte, tampouco dores e sofrimentos, porque tais coisas foram vencidas e ficaram para trás, eis que Jesus fará novas todas as coisas, tratando-se palavras fieis e verdadeiras. Prezados, e Jesus ainda deixa cristalino que Ele é o "A" e o "Z", o começo e o fim, sendo capaz de dar de graça água viva da fonte que jorra inesgotavelmente. Irmãos, neste momento da história humana o Cordeiro de Deus dará aos Vencedores, (obedientes ao seu senhorio), a Coroa da Vida, estando com seus nomes escritos no Livro da Vida, sendo participantes da

Vida Eterna, na condição de Filhos de Deus. Todavia, (o joio), (a palha), (os perdedores), ficarão de fora do Reino de Deus. E quem são eles? O Pai Celestial os classifica como sendo os abomináveis, os assassinos, os covardes, os feiticeiros, os impuros, os incrédulos, os idólatras e os mentirosos. E para onde eles irão? A parte que lhes caberá é o Inferno, o lago que arde com Fogo e Enxofre, a saber a Segunda Morte, reservada para Satanás, (o inimigo de Deus), e seus anjos, além de seus demais comandados, incluindo os humanos sob sua autoridade, vejamos em Mateus 25:41: "Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos." Então inferno existe sim. Moral da História tomando como base as Santas Palavras contidas no Evangelho de João 3:18-

Chamados

20, temos: "18 Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do Unigênito Filho de Deus. 19 O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más. 20 Pois todo aquele que pratica o mal aborrece a luz e não se chega para a luz, a fim de não serem argüidas as suas obras. Portanto, reparem que muitos ficarão de fora do Reino de Deus. Faça uma autoavaliação e em sendo necessário retorne à casa do Pai, enquanto há tempo, este iniciando-se com a 1ª vinda de Jesus Cristo, como advogado, e terminando com a sua volta, notadamente na condição de justo juiz, eis que completamente em obediência ao Pai. E Glória a Deus por isso! Na Paz do Senhor Jesus! Ministério Arca da Aliança! Dr. Simplício.

Cultos da Igreja Arca da Aliança em Varginha. Todas as Quintas, Sábados e Domingos às 19 horas e 30 minutos. Rua Orminda Vasconcelos, 465, Vila Floresta, CEP. 37004-350. Estamos esperando a sua visita!

Edom é o país dos descendentes de Esaú, irmão de Jacó. Ainda no ventre materno, eles lutavam entre si. Rebeca, então, consultou o Senhor sobre o motivo disso e, como resposta, ouviu dEle que ela daria à luz dois meninos e o maior serviria ao menor. Esaú saiu primeiro e Jacó veio com a mão agarrada ao calcanhar do irmão, como se dissesse que iria suplantá-lo, pois o irmão tomara o lugar que era seu. Mais tarde, com um prato de lentilhas, Jacó comprou o direito de primogenitura que Esaú ganhara na marra. Para que este não ficasse com as bênçãos que, originalmente, pertenciam ao outro, a mãe instruiu Jacó e o ajudou a fazer com que o pai o abençoasse. Porém, Esaú insistiu em pedir que lhe fosse concedida alguma bênção; então, Isaque profetizou que ele viveria da sua espada e, quando se libertasse, sacudiria o jugo. Uma das bênçãos que Cristo, o verdadeiro Suplantador, conseguiu para nós em Sua morte foi a de que também vivêssemos pela nossa espada, nossa palavra. Agora, tendo o diabo sido despojado, ele não pode mais nos oprimir e, em Nome de Jesus, pela nossa palavra, governamos tudo o que diz respeito à nossa vida e, desse modo, servimos ao Senhor como é do agrado dEle. Em Cristo, possuímos o restante de Edom. No Filho de Deus, há bênçãos para os edomitas, apesar de não sabermos por onde andam. Na verdade, como Jesus desfez o cativeiro do inimigo, eles

Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade" (João 4:24)

podem sacudir o jugo de seus pescoços e servir ao Altíssimo com paz e liberdade. Na verdade, chegará o dia em que as pessoas entenderão que elas não precisam viver debaixo da opressão escravizadora das religiões. Essa é a boa notícia entregue por Deus à humanidade. Todas as nações são chamadas pelo Nome de Deus, porque Ele as planejou e construiu. É chegada a hora de as pessoas conhecerem o Senhor como Ele é, do modo retratado na Palavra. Não entre na briga religiosa, mas se entregue de corpo e alma à obra feita por Jesus em Sua morte, a qual libertou o homem das lutas e dos problemas. O cativeiro já foi removido de nós. Agora, somos livres para sempre. O momento é de ler a Bíblia e, ao entender a mensagem do Senhor, fazer o que Ele diz. Não há um só erro nas Escrituras; na verdade, elas dissipam toda mentira. Fuja das religiões e abrace a Palavra do Criador, porque, por Ela, você se tornará a pessoa que Deus disse que é, fará o que Ele garante que fará e terá e desfrutará de tudo o que Ele em prometido. A nossa fé em Cristo é a vitória! Do nada o TodoPoderoso fez todas as coisas. O pecado de Adão nos vendeu ao diabo, mas a obra realizada pelo Salvador nos libertou do poder do inimigo de nos sujeitar aos caprichos dele e nos ferir. Agora, a nossa palavra é a espada que nos leva ao sucesso. O Altíssimo faz tudo isso em nosso favor. Anime-se e viva! fonte:Ongrace


GAZETA DE VARGINHA | 15

10 DE MARÇO DE 2017

POLÍTICA

Executivo confirma que Cabral era 'Proximus' em lista da propina O executivo Luiz Eduardo Soares, um dos delatores da Odebrecht, confirmou nessa quarta-feira (8), em depoimento à Justiça Eleitoral, os codinomes usados para identificar repasses ao exgovernador do Rio Sérgio Cabral e ao deputado cassado Eduardo Cunha. Ele confirmou que Cabral era identificado como “Proximus” e Cunha recebia o apelido de “Caranguejo”. O executivo era um dos responsáveis pelo Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, conhecido como “departamento da propina”. A alcunha do deputado cassado e ex-presidente da Câmara já tinha apa-

Foto: Divulgação

recido no anexo de delação do executivo Cláudio Melo Filho, que veio a público em dezembro do ano passado. O apelido de Cabral aparece em materiais da Polícia Federal. Em relatório de busca e apreensão, a PF aponta em planilhas

que a alcunha “Proximus” é vinculada a dois pagamentos no Rio, de R$ 500 mil cada. Anotações fazem menção à Linha 4-Oeste do Metrô. Em outro relatório, a PF registra e-mails no qual o codinome está atrelado a repasse de valores, a partir de material apreendido

com o ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedicto Júnior, o BJ. Em mensagem trocada entre Hilberto Silva, Benedicto Júnior, Lúcia Tavares, João Borba Filho e Luiz Eduardo Soares, de 17 de fevereiro de 2007, o assunto é a liquidação

“Proximus”. Na conversa, a secretária Lúcia Tavares pede para que Benedicto e Borba façam a liquidação com “Proximus”, no valor de R$ 1 milhão, indica que a transação deve ocorrer sob a senha “Tomate” e dá endereço no Rio onde os valores devem ser entregues. No local, a secretária do “setor de propinas” afirma que o interlocutor a ser procurado responde por “Orelha”. Em outro e-mail, de 11 de janeiro de 2008, trocado entre Marcelo Odebrecht, BJ e Ubiraci Santos, os executivos falam sobre o assunto “Programa Social RJ”. Na conversa, BJ pede autorização a Odebrecht para liberar

porcentagens de pagamentos relacionados ao programa. Do valor do contrato, que seria de R$ 495 milhões, BJ indica que Proximus ficaria com 5%. Soares foi chamado para depor na ação que investiga abuso de poder político e econômico na campanha presidencial de 2014. No depoimento ao ministro Herman Benjamin, relator do caso no TSE, ele diz que não participou de operações em 2014 porque saiu do “setor de propinas” no mesmo ano. A defesa de Cunha disse que não teve acesso ao teor do depoimento e, por isso, não comentaria. A de Sérgio Cabral não respondeu. Fonte:Otempo

TSE intima outros delatores e amplia foco na Odebrecht O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin intimou o ex-funcionário da Odebrecht José de Carvalho Filho, a ex-secretária Maria Lúcia Tavares e o ex-executivo Fernando Miggliaccio a prestarem depoimento nesta sexta-feira (10) na ação que pede a cassação da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer por abuso do poder econômico e político. Além disso, o ministro, que é relator da ação, decidiu incluir o ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedicto Júnior, o BJ, em acareação que será realizada também na sexta. Carvalho foi citado no depoimento do exdiretor de Relações Institucionais da empreiteira Cláudio Melo Filho como o responsável por viabilizar o repasse de R$ 4 milhões ao ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. A remessa teria sido acertada durante jantar no Palácio do Jaburu, em

2014, do qual também participou o então vicepresidente Michel Temer. Citado 34 vezes na delação de Melo Filho à Lava Jato, Carvalho também seria o responsável pelo envio de valores ao ex-assessor da Presidência José Yunes, por meio do operador financeiro Lúcio Funaro. Yunes disse ter servido de “mula involuntária” de Padilha ao receber um pacote de Funaro que deveria ser entregue ao ministro. Segundo pessoas que tiveram acesso ao depoimento de Melo Filho ao TSE, o ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht disse que Carvalho recebeu um telefonema em tom ríspido do então presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) - atualmente preso na Lava Jato -, cobrando R$ 1 milhão dos R$ 4 milhões destinados a Padilha. Melo Filho afirmou ainda, no depoimento ao TSE, ter avisado Padilha

sobre o telefonema e, segundo o ex-diretor da empreiteira, o ministro disse que resolveria a questão pessoalmente com Cunha. Procurado pela reportagem, Padilha não se manifestou. Maria Lúcia atuou no Setor de Operações Estruturadas, o chamado “departamento de propina” da Odebrecht, onde foi responsável pelos pagamentos e pela contabilidade. Alvo da Operação Acarajé, 23.ª fase da Lava Jato, em fevereiro de 2016, Maria Lúcia fez acordo com o Ministério Público Federal Em troca da liberdade e de um possível perdão judicial, relatou aos investigadores como funcionava o “departamento de propina”. Ela é considerada a testemunha-chave que levou o alto escalão da Odebrecht a buscar delação. Miggliaccio é considerado um dos responsáveis pelo “departamento da propina” da empreiteira baiana. Era ele

que administrava a conta no exterior por meio da qual eram feitos pagamentos de propina. Também na sexta o TSE fará uma acareação entre três delatores: Melo Filho, o ex-presidente da empreiteira Marcelo Odebrecht e Hilberto Mascarenhas, ex-funcionário da Odebrecht e ligado ao “departamento de propina”. Um dos objetivos é esclarecer versões conflitantes sobre o jantar no Jaburu. Marcelo Odebrecht disse ao TSE que Temer deixou o jantar

antes que fosse acertado o repasse de R$ 10 milhões ao PMDB, por meio de Padilha. Já Melo Filho reafirmou à Justiça Eleitoral o teor de sua delação, na qual afirmou que Temer “solicitou direta e pessoalmente” a Marcelo Odebrecht apoio financeiro às campanhas do PMDB. Mascarenhas e Benedicto Júnior devem esclarecer outro ponto do depoimento de Marcelo Odebrecht. O ex-presidente da empreiteira disse ter reservado R$ 150 milhões para o PT em

2014, dos quais 4/5 foram repassados via caixa 2. Já os outros dois depoentes relataram ter participado de reunião com o herdeiro do grupo em março de 2014 na qual o então presidente da empreiteira teria dito que o valor global das doações naquele ano seria de R$ 200 milhões, a todos os partidos - R$ 120 milhões seriam doados oficialmente, R$ 40 milhões por meio da cervejaria Itaipava e outros R$ 40 milhões via caixa 2. fonte:Migalhas.com


16 | GAZETA DE VARGINHA

ESPORTE

10 DE MARÇO DE 2017

Boa empata com o Mamoré nos acréscimos e permanece na terceira posição no Módulo II Desta vez foi por pouco. O Boa Esporte volta de Patos de Minas com um ponto precioso em partida adiada da terceira rodada Desta vez foi por pouco. O Boa Esporte volta de Patos de Minas com um ponto precioso em partida adiada da terceira rodada. O empate aconteceu nos acréscimos do segundo tempo. O resultado de 1 a 1 manteve o time de Varginha na terceira posição com cinco pontos ganhos. E o Boa continua no Triângulo Mineiro. Neste sábado (11), às 16 horas, o time volta a campo. Desta vez contra o Araxá, no Estádio Fáusto Alvim. Como nos últimos jogos, jogando em casa o Mamoré tentou propor o jogo. E conseguiu abrir o placar aos 36 minutos do primeiro tempo em cobrança de

Foto: Divulgação

pênalti feita por Radar. Todos os jogadores do BEC que deram entrevistas no intervalo criticando a atuação do árbitro da partida, Flávio Henrique Coutinho Teixeira.

O técnico Julinho Camargo foi expulso no intervalo. Segundo relatado na súmula o treinador entrou no campo de jogo reclamando: “Futebol está muito difícil mesmo.

Semana passada o juiz deu um pênalti fora da área e agora você não quis marcar o pênalti a meu favor”. No segundo tempo, como tem acontecido, o Boa voltou disposto a

incomodar a zaga do time da casa. Teve algumas chances desperdiçadas. Aos 41 minutos, o auxiliar técnico, Cesinha, fez uma troca. Tirou o atacante Sillas e colocou em seu lugar Kaio Fernando. E deu certo. Seis minutos depois ele empatou a partida, para desespero do time da casa e da torcida. Ficha técnica Mamoré 1X1 Boa Esporte Motivo: 3ª rodada do Módulo II do Campeonato Mineiro. Árbitro: Flávio Henrique Coutinho Teixeira; Auxiliares: Leonardo Henrique Pereira e Frederico Soares Vilarinho. Cartões amarelos:

Mamoré – Luiz Ricardo e Bruno Henrique. Boa – Douglas e Leo Baiano. Mamoré: Cristiano, Bruninho (CA), Michel, Ryan e Michael; Nailson, Luiz Ricardo (CA), Radar (André) e Luizinho; Romarinho (Douglas) e Wellington (Paulo Vítor). Treinador: Wallace Lemos. Boa: Luan Polli, Ígor, Josué, Douglas (CA) e Ferrugem (Anderson Santos); Leo Baiano (CA), Jean Henrique, Silas (Kaio Fernando) e Leleu; Romário (Daniel Menezes) e Kaio Cristian. Treinador: Julinho Camargo.

Tricordiano indica estádio, e jogo contra o Galo será em Divinópolis A Federação Mineira de Futebol (FMF) confirmou, na tarde nesta quarta-feira, o local da partida entre Atlético-MG e Tricordiano, jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. Como foi definido previamente, nenhum estádio de Três Corações, cidade do Galo do Sul de Minas, tem condições de receber jogos da competição. O confronto acontecerá no Estádio Waldemar Teixeira de Faria, em Di-

vinópolis, no sábado, dia 18 de março, às 16h (de Brasília). Foi o próprio Tricordiano, mandante da partida, quem indicou o estádio. Desde que a tabela do Campeonato Mineiro foi divulgado pela Federação Mineira de Futebol, a partida tinha o local de realização como indefinido. O Atlético-MG é o líder do Campeonato Mineiro, com 100% de aproveitamento e 18 pontos. O Tricordiano

é o time que mais empatou no Estadual. A equipe de Três Corações luta contra o rebaixamento, na décima colocação, com apenas quatro pontos. Galo não aproveita posse, abusa de bolas longas e dá apenas um chute certo na estreia da libertadores

Os números da estreia do Atlético na Copa Libertadores mostram que o time não soube tirar proveito da posse de bola con-

tra o Godoy Cruz, em Mendoza, na Argentina. O bloqueio defensivo dos argentinos só foi superado em uma única oportunidade. A cobrança de pênalti de Fred, que valeu o empate por 1 a 1, foi a solitária finalização certa do Galo no jogo. O goleiro Rey, do Godoy Cruz, não fez nenhuma defesa em mais de 90 minutos. Os outros 10 arremates do Atlético tiveram a linha de fundo como endereço. Fonte: Globo Esporte

Foto: Marina Alves

ACEITAMOS: Cartão de crédito e débito - Tickets Restaurante- Visa Alelo

Av. Fco. Navarra, 365 - Centro - Varginha Tel: 3222-4244 / 9- 8404-6307


10 DE MARÇO DE 2017

gazetadevarginha.com.br

GAZETA DE VARGINHA

LIGUE E ASSINE 3221-4668

(35) 2106-8100

1


GAZETA DE VARGINHA

gazetadevarginha.com.br

10 DE MARÇO DE 2017

4


GAZETA DE VARGINHA

MEIO AMBIENTE

10 DE MARÇO DE 2017

O plano da Nasa para transformar Marte em um planeta habitável Seus próprios criadores reconhecem que se trata de uma estratégia que pode parecer obra de ficção científica, mas asseguram que é viável. Cientistas da Nasa, a agência espacial dos Estados Unidos, dizem que Marte poderia ser habitável caso fosse criado artificialmente algo que a Terra já tem: um campo magnético protetor. Esse escudo é essencial para evitar o impacto da radiação e ventos solares potentes. De acordo com pesquisadores da Divisão de Ciência Planetária da Nasa (PSD, sua sigla em inglês), é possível gerar um campo semelhante ao redor do Planeta Vermelho. A proposta foi apresentada recentemente em uma oficina do workshop Visões para a Ciência Planetária 2050, realizado pela agência. Hoje, Marte é um planeta dominado pelos extre-

mos. A falta de atmosfera faz, por exemplo, com que a temperatura atinja 20°C durante o dia e -80°C durante a noite. Mas o Planeta Vermelho era muito diferente no passado: dados das missões Maven, da Nasa, e Mars Express, da ESA ( a agência espacial europeia) sugerem que ele tinha um campo magnético natural. Essa proteção sumiu há cerca de 4,2 bilhões de anos e, como resultado, a atmosfera marciana desapareceu gradualmente ao longo dos 500 anos seguintes. O que os pesquisadores propõem, então, é recuperá-la usando tecnologia de ponta para restaurar o planeta Marte do passado, com sua atmosfera, temperaturas mais altas e parte de seus antigos oceanos. Campo magnético “No futuro, é bem possível que ela (a tecnologia) possa gerar um

campo magnético de 1 a 2 Teslas contra o vento solar”, disse Jim Green, da divisão de ciência planetária da Nasa. Green e seus colegas propõem a instalação de um dipolo magnético, na forma de um satélite, para que ele acompanhe o planeta em sua órbita, protegendo-o. Um dipolo é um elemento específico que produz um campo magnético dipolar (dois polos magnéticos opostos). O cientista assegura que já foram criadas magnetosferas artificiais em miniatura para proteger tripulantes de naves espaciais. De acordo com simulações feitas por pesquisadores da Nasa, um campo magnético implantado no chamado ponto de Lagrange L1 seria suficiente para ampliar a espessura da atmosfera e o aumento da temperatura em 4°C. Pontos de Lagrange ou pontos L são as posições em

um sistema orbital em que um objeto pode estar em relação a objetos maiores. A magnetosfera artificial poderia desviar o vento solar, a exemplo do que acontece com um campo magnético natural. O aumento da temperatura, por sua vez, poderia derreter o dióxido de carbono no polo norte do planeta. E isso criaria um efeito estufa que aumentaria ainda mais a temperatura

até alcançar condições compatíveis com a presença de água no estado líquido. “Uma atmosfera marciana com maior temperatura e pressão permitiria que houvesse água em estado líquido suficiente na superfície para melhorar a exploração humana na década de 2040”, diz Green. A blindagem magnética também facilitaria a chegada de missões ao Planeta

Vermelho. A Nasa revelou em 2015 o seu plano de viagem a Marte, que prevê a existência de uma colônia humana em 2030. Para Green, se fosse criado um campo magnético artificial, “as novas condições em Marte permitiriam que os pesquisadores e exploradores estudassem o planeta com muito mais detalhes”. fonte:G1

Água de lago australiano fica rosa por conta de fenômeno natural A água de um lago australiano se tingiu de rosa, um fenômeno natural causado pelo alto nível de sal e pelas altas temperaturas, anunciaram nesta quinta-feira seus responsáveis. "O rosa brilhante

2

aparece em quase todos os verões e é provocado por uma planta unicelular conhecida como Dunalliela que reage aos níveis extremos de sal no lago", disse Mark Norman, diretor científico da Parks Victoria, a

entidade que administra os parques do estado de Victoria. "É um fenômeno totalmente natural, embora muitas vezes nos digam que parece um acidente industrial com tinta rosa", acrescentou.

O lago, situado no parque Westgate, nos arredores de Melbourne, atrai mais de 140 espécies de pássaros e nos últimos dias muitos turistas, que são proibidos de tocar a água rosa para evitar a coceira causada pelo sal.


10 DE MARÇO DE 2017

GAZETA DE VARGINHA

SAÚDE

Homens de Neandertal usavam 'aspirina' para dor de dente, descobre estudos se 50.000 anos antes da invenção da penicilina, um jovem homem de Neandertal atormentado por uma infecção dentária ingeriu vegetação que continha um antibiótico natural e um analgésico, revelou nesta quarta-feira (8) uma análise de seus dentes. O macho, que morava em El Sidron, que corresponde atualmente à região espanhola de Asturias, comeu um fungo antibiótico chamado Penicillium e mastigou pedaços de álamo que continham ácido salicílico o ingrediente ativo da aspirina moderna, disseram pesquisadores. A mandíbula fossilizada do jovem revela os danos provocados por um abscesso, e sua placa dental continha restos de um parasita intestinal que causa diarreia aguda, o que demonstra que “estava bastante doente”, afirma o estudo, publicado na revista científica Nature. “Aparentemente, os homens de Neandertal possuíam um bom conhecimen-

to de plantas medicinais e suas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas, e parecem ter se automedicado”, disse o coautor Alan Cooper, da Universidade de Adelaide, na Austrália. “Certamente, nossas descobertas contrastam marcadamente com a visão simplista de nossos antepassados na imaginação popular”, acrescentou. O estudo é o mais recente a reformular de maneira mais positiva a ideia de que nossos primos distantes, há muito extintos, eram pouco inteligentes. Outras descobertas recentes começaram a criar uma imagem dos homens de Neandertal como seres sofisticados que faziam pinturas rupestres, cuidavam dos idosos, enterraram seus mortos e podem ter sido os primeiros joalheiros - embora provavelmente fossem também canibais. Em 2012, um estudo publicado na revista Naturwissenschaften disse que os homens de Neandertal parecem

ter usado ervas medicinais, como milefólio e camomila. Os homens de Neandertal viveram em partes da Europa, Ásia Central e Oriente Médio por 300.000 anos, mas desapareceram há cerca de 40.000 anos. Os homens de Neandertal e os homo sapiens cruzaram, deixando uma pequena contribuição de menos de 2% ao DNA de todos os seres humanos, com exceção das populações da África, onde os homens de Neandertal nunca viveram. Para o último estudo, uma equipe internacional fez uma análise genética do DNA preso na placa dental de quatro homens de Neandertal - dois da caverna de Spy, na Bélgica, e dois de El Sidron. A placa calcificada preserva o DNA de micro-organismos que viviam na boca, traqueia e estômago, assim como restos de comida presos entre os dentes - o que pode revelar o que uma criatura comeu e qual era o seu estado de saúde.

A partir da placa mais antiga já analisada geneticamente, a equipe concluiu que os homens de Neandertal belgas comiam rinoceronte lanudo, ovelhas selvagens e cogumelos, e viviam como caçadores e coletores. “Aqueles da caverna El Sidron, por outro lado, não mostraram nenhuma evidência de consumo de carne, mas parecem ter tido uma dieta em grande parte vegetariana, que compreendia pinhões, musgo, cogumelos e cascas de MÓDULO I * Legislação em Saúde: direitos e deveres do profissional de saúde para com a profissão e o paciente.

R emodele seu atendimento odontológico com fundamentos da f isiologia hor monal hormonal otimizando seus trabalhos em cirurgias, implantes, ortodontia e estética

Hormônios na odontologia Autólogos para preenchimento (plasma rico em plaquetas e fibrina) Fios de tração, preenchimento e sustentação

Seis módulos mensais de três dias! Dra. Kennia Fernandes Botelho

É Jornalista, Cirurgiã Dentista, Pós graduada em Estética Restauradora, Modulação hormonal e Harmonia Facial Estética, Toxina Botulínica e Preenchimento Orofacial, Plasma Rico em Plaquetas, Fibrina Líquida Autóloga, Ozônio terapia, Fios de Sustentação Facial e Corporal, Bichectomia, Odontologia Biológica, empresária do ramo de educação em biossegurança e formação profissional de Auxiliares de Saude Bucal.

Evolua e Domine o ar senal utilizado na es tética Or ofacial de maneir a estética Oro maneira a incrementar sua prática clínica o que h á de melhor na odontologia Contato: drakennia@hotmail.com Vagas limitadas em Minas e São Paulo Telefone: (35) 98815-2913 Dra. Kennia Telefone: (11) 98635-8484 Dr. Ricardo Telefone: (35) 3222-5677 Sarah

Todo último final de semana de cada mês iniciando em Janeiro de 2017

* Terreno Biológico: conceitos e identificação do quadro vigente do paciente através de exames. * Interpretação de Exames: séricos e salivares. Como solicitá-los, quando e o que solicitar, e como analisa-lo passo a passo. * Dieta Inflamatória e Dieta Limpa. * Suplementação e Fitote-

árvore”, disse Cooper em um comunicado. El Sidron na época estava em um ambiente densamente florestado, acrescentou Laura Weyrich, autora principal do estudo, também da Universidade de Adelaide. “Em contraste, os homens de Neandertal de Spy viviam em um ambiente semelhante à estepe, por isso é fácil imaginar que tinham como principal fonte de alimento animais grandes e bestiais que vagavam”, disse à

AFP. O homem de Neandertal espanhol doente era o único com traços de álamo e de Penicillium em sua placa dental. se 50.000 anos antes da invenção da penicilina, um jovem homem de Neandertal atormentado por uma infecção dentária ingeriu vegetação que continha um antibiótico natural e um analgésico, revelou nesta quarta-feira (8) uma análise de seus dentes. Fonte:G1

rapia no aporte da Modulação Hormonal.

do a superdosagem e as suas consequências.

MÓDULO II

MÓDULO IV

* Recobrando a Saúde do Corpo sob a ótica odontológica.

* Legislação em Estética Orofacial e a documentação necessária.

* Pâncreas, Tireoide, Adrenais, Estômago e Intestinos.

MÓDULO V

* Hormônios: tipos, vias, doses.

* Harmonização Facial com Fios de Sustentação e Tração, preenchimento com A.H. e Hibrido de Autólogos, Toxina Butolínica estética e facial na Odontologia.

* Quando, como e em quem usar? Desmistifican-

MÓDULO VI * Bichectomia.

MÓDULO III

Os Módulos são teóricos e práticos, proporcionando ao aluno a possibilidade de observar os resultados em tempo real, para análise de sequência de recuperação da saúde de seus pacientes, otimizando assim os seus resultados na clínica odontológica. Contato: drakennia@hotmail.com Telefone: (35) 98815-2913 Dra. Kennia Telefone: (11) 98635-8484 Dr. Ricardo Telefone: (35) 3222-5677 Sarah

Vagas limitadas em Minas e São Paulo

Todo último f inal de semana de cada mês iniciando em Janeiro de 2017

Gazeta de Varginha 10/03/2017  

Edição 9.678

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you