Issuu on Google+

Máx: 22°C / Mín: 12°C

R$ 1,00

EDIÇÃO - 8.820

VARGINHA , 05 DE SETEMBRO DE 2013

MST invade fazenda de empresário de Varginha acusado de sequestro Fazendeiro também é suspeito de trabalho escravo; ele está preso desde 23 de agosto Cerca de 100 integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) invadiram, na manhã de ontem (4/9), a Fazenda Paraíso, em Campanha (MG), segundo informações da Polícia Militar. A fazenda é de propriedade do empresário Paulo Lima, preso no mês passado por suspeita de manter trabalhadores rurais em regime de trabalho escravo. Segundo representantes do MST, as famílias que estão no local vieram do Sul de Minas e de outras regiões de Minas Gerais. A liderança do movimento ainda aguarda a chegada de outras mil pessoas. Eles reivindicam a presença do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e do Ministério do Trabalho no local.

Ainda segundo a direção do movimento, a fazenda seria improdutiva. Em nota no site do MST, representantes do movimento dizem que a ocupação tem o objetivo de chamar a atenção para os casos de trabalhadores em situação irregular em Minas Gerais. “Cansamos de pedir providências em Minas Gerais, em que temos cerca de 800 mil trabalhadores rurais em situação irregular, já reunimos diversas vezes com o MTE, mas infelizmente tem de haver este tipo de fato para as pessoas prestarem atenção”, diz Jorge Ferreira dos Santos Filho, da Direção Estadual da CUT/MG.

LOCAL/PÁGINA 05

www.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga gazetadevarginha@gmail.com twitter.com/gazetavarginha

PONTO DE VIST A VISTA

Elói Mendes está entre municípios beneficiados com recursos de R$ 27 mi do Estado Sessenta e um municípios mineiros já poderão dar início a obras de infraestrutura urbana

REGIONAL/PÁG. 07

Cooperativa Minasul de Varginha lança projeto social para o Dia C LOCAL/PÁGINA 06

Boa empata com o Avaí e não consegue entrar no G4

Prefeitura fiscaliza serviço de panfletagem na área central

Timóteo 05 Os deveres dos pastores para com várias classes de pessoas Página 2

LOCAL/PÁGINA 03

Um resultado que não agradou o Boa e nem o Avaí. As equipes empataram por 0 a 0 em um jogo truncado na noite desta terça-feira (3/9), no Estádio Melão, em Varginha, pela 19ª rodada da Série B. Com isso, os dois times estaci-

onaram na tabela e não conseguiram entrar no G-4. O Boa Esporte continua em sexto, com 31 pontos, enquanto o Avaí aparece em seguida, na sétima posição, com 30 pontos.

ESPORTE/PÁGINA 16


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

PONTO DE VISTA

02

Palavras de Vida Os deveres dos pastores para com várias classes de pessoas TIMÓTEO 5 1 - NÃO repreendas asperamente os anciãos, mas admoesta-os como a pais; aos moços como a irmãos; 2 - As mulheres idosas, como a mães, às moças, como a irmãs, em toda a pureza. 3 - Honra as viúvas que verdadeiramente são viúvas. 4 - Mas, se alguma viúva tiver filhos, ou netos, aprendam primeiro a exercer piedade para com a sua própria família, e a recompensar seus pais; porque isto é bom e agradável diante de Deus. 5 - Ora, a que é

verdadeiramente viúva e desamparada espera em Deus, e persevera de noite e de dia em rogos e orações; 6 - Mas a que vive em deleites, vivendo está morta. 7 - Manda, pois, estas coisas, para que elas sejam irrepreensíveis. 8 - Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel. 9 - Nunca seja inscrita viúva com menos de sessenta anos, e só a que tenha sido mulher de um só marido;

10 - Tendo testemunho de boas obras: Se criou os filhos, se exercitou hospitalidade, se lavou os pés aos santos, se socorreu os aflitos, se praticou toda a boa obra. 11 - Mas não admitas as viúvas mais novas, porque, quando se tornam levianas contra Cristo, querem casarse; 12 - Tendo já a sua condenação por haverem aniquilado a primeira fé. 13 - E, além disto, aprendem também a andar ociosas de casa em casa; e não só ociosas, mas também paro-

leiras e curiosas, falando o que não convém. 14 - Quero, pois, que as que são moças se casem, gerem filhos, governem a casa, e não dêem ocasião ao adversário de maldizer; 15 - Porque já algumas se desviaram, indo após Satanás. 16 - Se algum crente ou alguma crente tem viúvas, socorraas, e não se sobrecarregue a igreja, para que se possam sustentar as que deveras são viúvas. 17 - Os presbíteros que governam bem sejam estimados por dignos de duplicada honra, principalmente

os que trabalham na palavra e na doutrina; 18 - Porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário. 19 - Não aceites acusação contra o presbítero, senão com duas ou três testemunhas. 20 - Aos que pecarem, repreende-os na presença de todos, para que também os outros tenham temor. 21 - Conjuro-te diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, e dos anjos eleitos, que sem prevenção guardes estas coisas, nada fazendo por parcialidade.

22 - A ninguém imponhas precipitadamente as mãos, nem participes dos pecados alheios; conserva-te a ti mesmo puro. 23 - Não bebas mais água só, mas usa de um pouco de vinho, por causa do teu estômago e das tuas freqüentes enfermidades. 24 - Os pecados de alguns homens são manifestos, precedendo o juízo; e em alguns manifestam-se depois. 25 - Assim mesmo também as boas obras são manifestas, e as que são de outra maneira não podem ocultar-se.

Crescimento dos smartphones impulsiona novas tecnologias Segundo informações da consultoria IDC, a preferência dos brasileiros por smartphones, pela primeira vez na história do setor, superou os celulares tradicionais no segundo trimestre de 2013. Ainda conforme a consultoria, as vendas desses aparelhos cresceram nada menos que 110% em relação ao mesmo período do ano passado. Enquanto isso, os celulares tradicionais registraram queda de 35% em comparação ao segundo trimestre de 2012. Tal performance dos smartphones é fruto de diversas conjunturas. Podemos citar como principal exemplo o aumento de novas linhas registradas no mês de julho desse ano. Segundo a Anatel, o Brasil já possui aproximadamente 267 milhões de linhas de telefonia móvel ativas, com adição de 1,26 milhões no mês. A expansão da base sobre junho foi de 0,47%, enquanto o crescimento em doze meses ficou em 4,1%. Afora isso, houve a desoneração de smartphones fabricados no

Dane Avanzi é advogado, empresário do Setor de Engenharia Civil, Elétrica e de Telecomunicações. É Diretor Superintendente do Instituto Avanzi, ONG de defesa dos direitos do Consumidor de Telecomunicações

Brasil, fato que possibilitou o barateamento dos equipamentos. Do total de linhas móveis no país em julho, mais de 211 milhões são linhas pré-pagas, representando 79,23%, enquanto pouco mais de 55 milhões são pós-pagas, o que equivale a 20,77%. O total de linhas pré-pagas subiu 1,2% em doze meses, enquanto o de linhas pós-pagas avançou 16,9%. Tais fatos demonstram que o consumidor começou a fazer contas e a entender que as tarifas dos planos pré-pagos são muito

maiores que as do póspago. Indicam também que vários serviços disponibilizados na internet podem ajudar o consumidor a economizar, graças a aplicativos gratuitos como o What’s Up e Skype, que permitem a comunicação de voz e envio de mensagens ilimitadas com custo zero. Tais dispositivos tem causado a diminuição da receita das operadoras de telefonia móvel, no que tange aos serviços de mensagens de texto. Além das tecnologias da informação e comunicação acima ci-

tadas, muitos serviços disponíveis na “Cloud” foram incorporados aos hábitos dos usuários brasileiros. Me refiro as redes sociais, serviços de armazenamento de arquivos como o iCloud da Apple, o Skydrive da Microsoft ou o Google Drive da Google. Tais serviços permitem que o usuário acesse seus conteúdos em qualquer lugar a qualquer tempo. Em outras palavras permitem a “mobilidade”. Segundo a Gartner, consultoria em tecnologia da informação mundialmente conhecida, a convergência de ferramentas, aplicativos, recursos de storage (armazenamento), ocorre hoje mediante a interligação e entrelaçamento de 4 “forças” ou “grandezas”, são elas: cloud, redes sociais, informação e mobilidade. Eis aqui o futuro das tecnologias de informação e comunicação ao alcance das mãos e do bolso do consumidor de telefonia móvel brasileiro. Tal convergência de sistemas com tecnologias de transmissões

e armazenamento de informações inauguram uma nova era da comunicação, bem como um novo estágio da capacidade humana de armazenar informações, processá-las, analisá-las e interelacioná-las em quantidade e proporções colossais. São desses contextos que emerge a “Big Data”, termo consagrado a aplicativos capazes de traçar

perfis de comportamento do consumidor através de resultados obtidos em redes sociais, sites de busca, entre outros serviços da web. Logo teremos tanta informação armazenada e dissecada que será possível predizer uma série de eventos e fenômenos da vida. Em outras palavras, estamos na antessala da inteligência artificial.

Telefones (35)3221-4668 (35)3221-4845

Av. dos Imigrantes, 445 - Santa Maria CEP 37022-560 VARGINHA/MG

CNPJ: 21.535.075/0001-47

E-mail: gazetadevarginha @gmail.com gazetacomercial2 @yahoo.com.br Endereço eletrônico: www.gazetavarginha.com.br

Diário de Circulação Regional - Diretora Administrativa: Ana Maria Silva Piva Jornalista Responsável: Lanamara Silva MTB -8304 JP - Editor: Rodrigo S. Fernandes Sindjori - MG 312/99 Administração/Revisão: Lanamara Silva - Paulo Ribeiro da Silva Fernandes (Jornalista e superintendente de redaçãoTB.16.851) - Horário de funcionamento das 08:00hs às 18:00hs ENDEREÇO: Redação e Departamento de Publicidade

ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior SINDJORI - Sind. Prop. de Jornais e Revistas do Interior ADJORI - Associação dos Jornais do Interior ADI - Associação dos Jornais do interior de Minas Gerais A redação não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados, mesmo sob pseudônimos, que são de inteira responsabilidade de seus autores.


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

LOCAL

03

Prefeitura realiza fiscalização do serviço de panfletagem no Centro No último final de semana, os fiscais do Executivo estiveram no calçadão da Rua Wenceslau Braz A Prefeitura de Varginha, através do setor de Posturas da Secretaria da Fazenda, está realizando a fiscalização de panfletagem na cidade, a fim de coibir o descarte ilegal de material de publicidade e propaganda, contribuindo para a poluição de ruas e espaços públicos da cidade. No final de semana, os fiscais estiveram no calçadão da Wenceslau Braz, orientando as pessoas que ali estavam realizando panfletagem, do Decreto 5.718/2011, que disciplina a realização de publicidade e propaganda em vias e logradouros públicos através de panfletos, folhetos, placas, faixas, banners e similares no município. De acordo com o fiscal Erick Marques, normalmente é aos sábados que as empresas aproveitam para fazer panfletagem no centro da cidade, e a grande maioria sem autorização da Prefeitura. Ele conta que quando consegue abordar a pessoa orienta sobre as providências a serem tomadas antes de realizarem a panfletagem. Quando não consegue a abordagem encaminha uma notificação via correio e, em caso de reincidên-

cia aplica o auto de inflação. “Temos um Decreto que estabelece as regras para a publicidade e propaganda no qual se encaixa a panfletagem, dentre elas a necessidade de licença da Prefeitura e a responsabilidade da limpeza do local pelas empresas”, explicou. De acordo com o Decreto 5.718/2011, toda distribuição de panfletos, folhetos e/ou a colocação ou exposição de qualquer outro meio de publicidade e propaganda em via pública, deverão seguir o disposto em seu regulamento. A exploração de qualquer meio de publicidade e propaganda nas vias e logradouros públicos, nos lugares de acesso comum, em terrenos próprios ou de domínio privado, de lugares públicos, depen-

de serviços de publicidade e propaganda, respeitando todos os ditames do Código de Postura Municipal.

de de licença da Prefeitura do Município, sujeitando-se o requerente, ao pagamento da taxa respectiva, sendo de competência da Secretaria Municipal da Fazenda, através de seu Setor competente, a concessão do Alvará. As liberações dos

Alvarás para a realização dos trabalhos em via pública só são realizadas para empresas

devidamente constituídas e inscritas no Município, com o ramo de atividade de prestação

BASS ELEVADORES

Instalação de lixeiras Com relação a instalação de lixeiras na cidade, incluindo ai no calçadão da Wenceslau Braz, o responsável pelo Departamento de Limpeza Urbana informou que as lixeiras antes existentes foram danificadas, tanto por uso quanto por vandalismo, mas que já está em andamento processo licitatório para aquisição de novas lixeiras que deverão ser colocadas em aproximadamente 20 dias.

A Eficiência no Transporte Vertical

- Elevadores Hidráulicos Residenciais - Elevadores Elétricos com ou sem Casa de Máquinas - Elevadores Panorâmicos - Elevador para Heliponto - Plataformas para Portadores de Necessidades Especiais (PNE) - Monta-Cargas e Monta-Pratos - Elevadores para Automóveis - Elevadores de Cargas

(14) 99622-2734 / (11) 3936-3663

jrbosco@terra.com.br / www.basselevadores.com.br


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

LOCAL

04

Semana da Administração do Unis-MG Unis-MG abre vagas para monitores tem início na próxima semana

A Semana da Administração acontece anualmente por meio de palestras e debates

Com o intuito de informar, atualizar e gerar conhecimentos relativos à Administração, o Centro Universitário do Sul de Minas, por meio da Unidade de Gestão da Educação e Negócios (GEN), realiza a Semana da Administra-

ção: A Gestão Empreendedora. O evento acontece entre os dias 09 e 12 de setembro, no auditório do Campus I, das 19h às 22h30. A Semana da Administração acontece anualmente por meio de palestras e debates.

As atividades são abertas aos profissionais das áreas de Administração, Comércio Exterior, Ciências Contábeis, Gestão da Qualidade, Logística, Pedagogia, Processos Gerenciais, Recursos Humanos e Publicidade e Propaganda, além de

alunos, professores e pesquisadores do Grupo Unis. O cronograma da Semana da Administração atende as demandas de todos os cursos envolvidos. O conteúdo programático, com foco em empreendedorismo e mercado de trabalho, pretende agregar conhecimento, estabelecendo uma visão mercadológica e organizada para a gestão de negócios. No fim do evento, os alunos e participantes receberão certificados com carga horária de participação. As inscrições para a Semana da Administração são gratuitas e podem ser feitas pelo site inscricao. unis. edu.br.

Alunos do Centro Universitário do Sul de Minas já podem se cadastrar no programa de monitoria da Instituição. As inscrições terminam neste dia 5 de setembro. O programa de Monitoria do Unis MG tem como objetivos aprimorar a formação acadêmica e profissional dos alunos, promover a cooperação entre estudantes e profes-

sores, e contribuir para a melhoria da qualidade do ensino. Ao todo, são 15 vagas disponíveis, que atenderão todas as Unidades de Gestão de cursos de Graduação da Instituição (GESS, GENe GEAT). A monitoria será de três horas semanais, com início em setembro e término em dezembro deste ano.


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

LOCAL

05

MST invade fazenda de empresário de Varginha acusado de sequestro Fazendeiro também é suspeito de trabalho escravo; ele está preso desde 23 de agosto Cerca de 100 integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) invadiram, na manhã de ontem (4/9), a Fazenda Paraíso, em Campanha (MG), segundo informações da Polícia Militar. A fazenda é de propriedade do empresário Paulo Lima, preso no mês passado por suspeita de manter trabalhadores rurais em regime de trabalho escravo. Segundo representantes do MST, as famílias que estão no local vieram do Sul de Minas e de outras regi��es de Minas Gerais. A liderança do movimento ainda aguarda a chegada de outras mil pessoas. Eles reivindicam a presença do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e do Ministério do Trabalho no local. Ainda segundo a direção do movimento, a fazenda seria improdutiva. Em nota no site do MST, representantes do movimento dizem que a ocupação tem o objetivo de chamar a atenção para os casos de trabalhadores em situação irregular em Minas Gerais.

Fazendeiro preso em Varginha já respondeu por aliciar trabalhadores e estelionato

“Cansamos de pedir providências em Minas Gerais, em que temos cerca de 800 mil trabalhadores rurais em situação irregular, já reunimos diversas vezes com o MTE, mas infelizmente tem de haver este tipo de fato para as pessoas prestarem atenção”, diz Jorge Ferreira dos Santos Filho, da Direção Estadual da CUT/MG, e da Articulação dos Empregados Rurais (ADEREMG). Segundo o gerente regional do Ministério do Trabalho, Mário Ângelo Vitório, a situação no lo-

cal é tranquila. "Eles querem uma demanda que trabalhadores da região já têm há muito tempo e nós estamos tentando atender. Eles querem mais fiscalizações em propriedades rurais, nós já temos recebido mais reforços e vamos intensificar as fiscalizações. Eles também querem uma nova rodada de negociações para esta quinta-feira", disse o gerente regional. A Polícia Militar acompanha a movimentação dos manifestantes no local.

Suspeitas O fazendeiro Paulo Alves Lima, de 59 anos, suspeito de manter funcionários em regime de trabalho escravo e de ter sequestrado um lavrador, já respondeu por aliciamento de trabalhadores e estelionato. Segundo o Ministério do Trabalho, Lima recebeu várias notificações por desobediência às leis trabalhistas. O fazendeiro permanece preso no Presídio de Varginha. Em um dos processos, Lima é acusado de trazer 37 trabalhadores e 17 crianças e adoles-

centes da cidade de Moreira Sales (PR) para trabalhar na fazenda em Campanha. Ele foi condenado a uma multa de R$ 25 mil. O fazendeiro é suspeito de ter sequestrado o lavrador Élio Costa Araújo, de 41 anos, que fez a denúncia de trabalho escravo. A polícia teve acesso às imagens em que o lavrador aparece entrando sozinho no ônibus para Lavras e investiga o rumo que ele teria tomado. Élio continua desaparecido. Outro trabalhador, que foi resgatado da fazenda em Campanha, está sob a proteção da Polícia Federal e é mantido em uma instituição cujo nome não foi divulgado. Ele passa por tratamentos psicológicos e é considerado uma importante testemunha nas investigações dos crimes que teriam sido cometidos pelo fazendeiro. O caso O fazendeiro foi preso no dia 23 de agosto em Campanha suspeito de manter funcionários em regime de trabalho escravo em uma propri-

edade rural do município e de ter ordenado o sequestro de um deles após uma denúncia feita à Policia Militar. Segundo a PM, Lima foi detido após cumprimento de um mandado de busca e apreensão e o resgate de dois trabalhadores. De acordo com a PM, o funcionário Élio Costa de Araújo, de 41 anos, disse ter trabalhado durante cinco meses em regime de escravidão e relatou que o fazendeiro retinha documentos pessoais dele e de outros trabalhadores. Testemunha O lavrador foi levado do hotel por um homem identificado como o ex-patrão. Segundo uma das funcionárias do estabelecimento, que não quis ser identificada, o homem pagou a conta do hotel e levou o trabalhador. “O homem que esteve com ele no hotel foi o Paulo Lima. O trabalhador mesmo me disse, baixinho, antes de sair e pediu para que eu ligasse para a polícia, mas eu não chamei, tive medo”, contou a mulher.


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

06

LOCAL L

Cooperativa Minasul de Varginha lança projeto social para o Dia C São 8 escolas na zona rural de Varginha com um total de 566 alunos A Minasul lançou oficialmente o Minasul Educa, projeto social que tem como principal objetivo levar o conceito de cooperativismo a estudantes das escolas rurais. A proposta é de trabalhar noções de cooperativismo abordando diretamente valores e interdisciplinaridade na educação de estudantes da zona ru-

ral de Varginha. O uso da interdisciplinaridade

será uma forma de desenvolver esse traba-

lho integrando o conceito cooperativismo com várias áreas de conhecimento e o resultado pode ser apresentado na matemática, português, artes, etc na forma de desenho, redação, teatro e outras manifestações. O Minasul Educa faz parte do Dia C 2013, que entra na sua 5ª edição. O projeto está

sendo implantado na Escola Municipal Claudio Figueiredo Nogueira (Remanso) que tem 120 alunos de 1º ao 9º ano. São 8 escolas na zona rural de Varginha com um total de 566 alunos sendo que o Minasul Educa é extensivo a todos os alunos. Para conclusão dos trabalhos, uma comissão voluntária for-

mada por colaboradores vai acompanhar de perto o projeto e a apresentação dos trabalhos, sempre pautados nos sete princípios do cooperativismo, as linhas orientadoras por meio das quais as cooperativas levam os seus valores à prática, permitindo abordar os temas sociais sob uma ótica propositiva e original.

Diretora pedagógica do Colégio Batista participa de encontro de Mantenedores em Cancún A última noite do evento foi marcada por um jantar temático, que teve a ornamentação dos povos Mayas Nos dias 18 a 22 de agosto, a direção do Colégio Batista participou de um Encontro de Mantenedores, na cidade de Cancún – México, evento promovido pelo Sistema COC de Ensino. O tema do encontro foi : “A Evolução da Educação”. Diversas palestras foram proferidas sobre as novas tecnologias oferecidas pelo sistema de ensino adotado pelo Batista nestes últimos três anos. Aliada a qualidade de ensino do Colégio Batista, a parceria com o Sistema COC

de Ensino, tem oportunizado aos alunos atingirem os melhores resultados nos vestibulares e na avaliação do ENEM. Temas como Avaliação por Habilidades e Competências, Objetos de aprendizagem Lúdicas, Marketing/COC; Mangahigh – Matemática Divertida e Curiosa; Consultoria Pedagógica; A Pearson e o Mundo; COC/50 anos e Estratégias para o ano de 2014, foram abordadas com grande entusiasmo pela equipe promotora do evento. A Diretora Pedagógica Diná e a As-

sessora Financeira Karina Kellen, voltaram

encantadas com tanta novidade e fascinadas

pelo maravilhoso lugar escolhido pelo Siste-

ma, que recebeu aproximadamente 350 mantenedores de todas as escolas conveniadas pelo Brasil. Experiência marcante e inesquecível. A última noite do evento foi marcada por um jantar temático, que teve a ornamentação dos povos Mayas e aconteceu uma apresentação cultural de dança muito interessante, mostrando um pouco da cultura dos índios.” Este é o Colégio Batista: semeando conhecimento, formando caráter e colhendo conquistas!


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

07

REGIONAL

Elói Mendes está entre os municípios que 07 vão receber 27 milhões em investimentos Sessenta e um municípios mineiros já poderão dar início a obras de infraestrutura urbana. Por meio de convênio assinado nesta terça-feira (3), no Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte, o vice-governador Alberto Pinto Coelho autorizou a liberação de mais de R$ 27 milhões para prefeituras de várias regiões do Estado. Os recursos fazem parte do ProMunicípio, programa lançado este ano pelo governador Antonio Anastasia, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento municipal por meio de investimentos em infraestrutura viária, máquinas e equipamentos rodoviários, veículos e ações de saúde e educação, no qual estão sendo investidos, somente

Os recursos fazem parte do ProMunicípio, programa lançado este ano pelo governador Antonio Anastasia, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento municipal

este ano, mais de R$ 2,1 bilhões. Os recursos liberados nesta terça-feira vão viabilizar obras de pavimentação asfáltica, cascalhamento de estradas vicinais, construção de redes de drenagem e infraestrutura urbana. Até agora, foram atendidos 130

municípios, com um total de investimentos de R$ 54,5 milhões. O vice-governador ressaltou que as intervenções foram escolhidas pelos próprios municípios, que serão responsáveis pelas obras. “Este é o diferencial do ProMunicípio, o gestor público de

cada município, certamente ouvindo os cidadãos, define as suas prioridades. Neste momento de grandes desafios para estados e municípios, um programa desta envergadura e com esta visão integrada é fundamental para acelerar o desenvolvimen-

to das nossas cidades e da nossa gente”, destacou Alberto Pinto Coelho. De todo o montante para o ProMunicípio, cerca de R$ 420 milhões estão sendo destinados para a área de infraestrutura – obras (cerca de R$ 260 milhões) e equipamentos (R$ 160 milhões). Para participar do programa nas ações relacionadas a essa área, destinado àqueles municípios com população de até 100 mil habitantes (824 municípios), é necessária adesão por parte da prefeitura. Os repasses variam de R$ 350 mil a R$ 1,5 milhão, de acordo com o número de habitantes. Dentro da faixa, o município pode optar por receber equipamento ou veículo (doado pelo Estado), ou celebrar

convênio para realização de obra. Também é possível optar pelos dois. Parcerias:São várias as ações do Governo de Minas realizadas em parceira constante com os municípios. A intenção é garantir investimentos em todas as regiões do Estado para a melhoria da infraestrutura e da qualidade de vida dos mineiros. “O ProMunicípio é um programa que se soma às demais políticas públicas que são voltadas para o atendimento aos municípios, como não podia ser diferente. Somente este ano e no ano que vem, o Estado vai aplicar , aproximadamente, R$ 9 bilhões em investimentos”, concluiu o vice-governador Alberto Pinto Coelho.

Por falta de material, obra de linha férrea está parada há 10 meses Ver o trem passar novamente por São Sebastião do Rio Verde é a vontade dos moradores da cidade. O trajeto faz parte de um passeio turístico de trem entre São Lourenço e Soledade de Minas , mas o percurso até São Sebastião do Rio Verde ainda não foi recuperado. A obra está parada há 10 meses por falta de material para a estrutura. A linha férrea que passa no local faz parte da rota que ligava o Sul de Minas ao Vale do Paraíba, no Estado de São Paulo. Durante esse caminho o trem parava em São Sebastião do Rio Verde, viagem que não acontece há 37 anos. O passeio turístico

de trem entre São Lourenço e Soledade de Minas existe há mais de 10 anos. Os trilhos foram recuperados com a ajuda da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF). O desafio agora é reativar o percurso até São Sebastião do Rio Verde. Em 2011, o Ministério do Turismo liberou uma verba de R$ 800 mil, mas só 11 dos 20 quilômetros do percurso foram recuperados. Apenas nove quilômetros impedem a ligação entre a cidade de São Lourenço pela linha férrea. Segundo o coordenador da ABPF, Edelmo Dias Freitas, o trecho deixou de ser restaurado porque os dormentes doados pela

Companhia Vale do Doce não foram suficientes. O material, peças de fibra de madeira usadas para assentar os trilhos, acabou e com isso, a obra parou por já quase um ano. “Toda a parte de aterro, desaterro, ligação da linha, trechos que estavam até dentro do rio, está tudo em ordem, só faltando os 13 mil dormentes. A gente sonha, como sonhou São Lourenço e agora queremos realizar aqui”, completa. A estação de trem de São Sebastião do Rio Verde mantém a estrutura original do início do século XIX. Para concluir o trajeto, é preciso mais 13 mil dormentes. Além disso, a Prefeitura de São Sebastião do Rio

A linha férrea que passa no local faz parte da rota que ligava o Sul de Minas ao Vale do Paraíba

Verde deveria terminar a obra em dezembro deste ano ou teria que devolver a verba. O assessor jurídico da prefeitura, Paulo de Tarso, explica que o prazo foi ampliado. “Foi prorrogado o convênio para o final de 2014. E demos sugestões para que se-

jam doados os dormentes e se conclua a obra.” Foto divulgação Enquanto a linha férrea não fica pronta, a Estação Ferroviária de São Sebastião do Rio Verde é ponto de encontro de moradores, principalmente daqueles que não perdem a esperança de

ver o trem passar por aqui de novo. “Para relembrar os velhos tempos”, explica um dos moradores da cidade. “Inclusive relembrar o meu pai. Ele dizia que enquanto houvesse esses trilhos, São Sebastião do Rio Verde não deixaria de existir.”


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

08

REGIONALL

Pouso Alegre pode gerar mais de 500 vagas na indústria farmacêutica Cerca de R$ 150 milhões será investido na instalação de novas indústrias Pouso Alegre (MG) abriga hoje um dos maiores polos farmacêuticos do país, de acordo com a prefeitura municipal. Os empresários do setor já investiram cerca de R$ 150 milhões em ampliação e instalação de novas indústrias. Um grupo indiano da área farmacêutica se prepara para se instalar na cidade, o que vai gerar mais de 500 vagas de trabalho. Com isso, a cidade tem se destacado na geração de empregos em Minas Gerais. As oportunidades de emprego são anunciadas por toda parte, da pastelaria no centro da cidade até no mural de recados da igreja. No Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged), Pouso Alegre aparece como a terceira cidade

Os empresários do setor já investiram cerca de R$ 150 milhões em ampliação e instalação de novas indústrias

que mais gerou postos de emprego em todo o estado no mês de julho (último dado divulgado pelo Caged). O saldo entre demissões e admissões na cidade foi positivo, com 586 novos postos de trabalho. No Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Pouso Alegre, de janeiro a junho do ano

passado as vagas ofertadas por empresas foram de 956. No mesmo período deste ano, já são 1845. “Todos os setores na cidade estão crescendo de alguma forma. Isso atrai novos moradores pra Pouso Alegre, e claro, amplia a oferta de emprego”, afirma a supervisora do Sine, Luqué-

sia Rodrigues. “Hoje uma empresa precisa entregar seu produto com 24 horas”, diz o secretário de desenvolvimento econômico de Pouso Alegre, Rafael Prado. “A cidade está a 200 km de São Paulo, 350 km de Belo Horizonte, Rio de janeiro, e isso faz com que Pouso Alegre seja uma

das principais cidades para investimento. Outra coisa é a mão de obra qualificada. Hoje colocamos no mercado cerca de 80 profissionais na área farmacêutica e em toda a área da saúde. Um dos setores que mais contratou foi o da indústria farmacêutica. Atualmente, Pouso Alegre tem quatro grandes indústrias na área. Dois grandes grupos anunciaram ampliação das unidades já instaladas na cidade, além da indústria indiana de medicamentos prevista para chegar em Pouso Alegre. Só na indústria em que o empresário Charles Mafra é diretor, são cerca de 50 contratações por mês, segundo ele. A maior fábrica do grupo é a de Pouso Alegre, com 1,3 mil funcionários e uma produção de 21 milhões de unidades de medica-

mentos. De acordo com o diretor industrial, a expectativa de crescimento para o ano que vem é de 40% e as contratações devem continuar. “Hoje estamos contratando uma média de 50 pessoas ao mês. Além disso, investimos em equipamentos de automação com alta tecnologia”, comenta o diretor. Para garantir a mão de obra, a empresa oferece benefícios como creche para os filhos dos funcionários. Antônia Márcia Ferreira Sá, que tem uma filha de três anos, chegou na empresa como estagiária e hoje, conseguiu conquistar o cargo de gerente do setor de controle de qualidade. “Hoje eu tenho no meu departamento umas cinco mães que trabalham comigo e pretendem ficar aqui até aposentar”, afirma.

Assaltantes levam R$ 27,7 mil de empresa terceirizada da Unifei Suspeitos entraram no campus de Itajubá usando uniformes da empresa Uma empresa que presta serviços de construção civil para a Universidade Federal de Itajubá (Unifei-MG) foi assaltada no campus na noite desta terça-feira (3). Segundo a Polícia Militar, dois suspeitos entraram pelos fundos da universidade usando o uniforme de uma das empresas que prestam serviço para a instituição. No campus, eles

renderam um funcionário que faria o pagamento dos salários naquele dia e horário. Eles levaram o malote da empresa com R$ 27,7 mil em dinheiro. Durante o ação, os suspeitos chegaram a disparar um tiro na porta do prédio com um revólver calibre 38, mas ninguém ficou ferido. Segundo depoimento de testemunhas à polícia, os assaltantes

teriam fugido em uma moto. Durante buscas pelos suspeitos, uma motocicleta desobedeceu o sinal de pare da polícia e foi perseguida pelos policiais, mas os suspeitos conseguiram fugir. Uma motocicleta foi encontrada abandonada logo depois no Bairro Pinheirinho. O veículo estava sem placa e com a numeração do chassi raspada. Ninguém foi preso.

Durante o ação, os suspeitos chegaram a disparar um tiro na porta do prédio com um revólver calibre 38, mas ninguém ficou ferido


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

MINAS

09

Casos de sucesso promovidos por gerentes do Estado são apresentados em workshop Atividade faz parte do programa Gestão de Processos em Foco, coordenador pela Secretaria de Planejamento e Gestão Gerentes de Processos Estratégicos e outros representantes de áreas estratégicas do Governo de Minas se reuniram no workshop do Programa Gestão de Processos em Foco, que contou com a apresentação de dois casos de sucesso promovidos por gerentes do Estado. O encontro da última terça-feira (3) foi o quinto da série de oito workshops que compõem o programa, conduzido pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Subsecretaria de Gestão da Estratégia Governamental (Suges), em parceria com Diretoria Central de Políticas de Otimização de Processos (DCPOP). Os workshops têm como objetivo fomentar a melhoria da gestão dos Processos Estratégicos, por meio da mobilização e capacitação dos gerentes e de suas equipes. Durante os encontros, os participantes têm a oportunidade de compartilhar experiências, discutir problemas comuns e as soluções para eles. O diferencial do quinto workshop, como explicou a diretora Central de Políticas de Otimização de Processos, Vanice Ferreira, foi a apresentação de casos de sucesso, concluídos

Estiveram presentes no evento gerentes de Processos Estratégicos e outros representantes do Estado

ou em andamento, liderados por gerentes do Governo de Minas. “Conhecendo experiências de dentro do próprio Governo, de uma realidade próxima, os demais gerentes vão ver que é possível aprimorar o modelo de gestão e conquistar bons resultados a baixo custo”, destacou. Durante o workshop, Vanice Ferreira apresentou o painel de controle e os feedbacks das reuniões de acompanhamento realizadas com os gerentes, destacando a importância do estabelecimento de metas, estruturação dos processos, acompanhamento da execução, alinhamento de informações e aproveitamento das oportunidades de melhoria. Na ocasião, também foram apresenta-

dos os próximos passos do programa aos gerentes de processos estratégicos e a tarefa que eles deverão cumprir até o próximo mês. O primeiro caso apresentado foi o “Projeto de Otimização do Processo Estratégico de Gestão do Atendimento de Urgências e Emergências no Estado: Diagnóstico e Propostas de Melhoria”, desenvolvido pelo gerente do Processo Estratégico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Felipe Kwintner. O gerente explicou o funcionamento da rede de urgência e emergência de Minas e detalhou os subprocessos de monitoramento e acompanhamento por meio de comitês, visitas técnicas, entre outros. “O funcionamento do processo estratégico é aprimorado a partir do

maior conhecimento acerca de sua execução e do tratamento de gargalos e oportunidades de melhoria”, afirmou. Felipe Kwintner também destacou a importância de se ter processos mapeados, in-

vestimento de tempo e equipes motivadas e capacitadas. “Nosso objetivo é tornar o processo menos burocrático, mais seguro e confiável, de modo a fidelizar os beneficiários e tornar os municípios parceiros do Governo do Estado”, completou. Em seguida, a diretora de Recursos Humanos da Seplag, Raphaela Hytomi, apresentou o caso da “Reestruturação da DRH/Seplag: A Gestão de Processos contribuindo para melhores serviços”. Raphaela explicou a motivação para o desenvolvimento do projeto, suas etapas de elaboração e os resultados alcançados. Após diagnósticos realizados na diretoria, os principais problemas

foram elencados, os processos mapeados e redesenhados, a partir da elaboração de uma cadeia de valor e da capacitação da equipe para condução das ações e continuidade da gestão dos processos. Entre as ações implementadas pela DRH estão treinamentos, reuniões gerenciais e com os servidores, gestão de documentos e arquivos, integração do trabalho das coordenações, melhor aproveitamento do Sistema Integrado de Administração de Pessoal (Sisap) e dos canais de comunicação e eliminação de tarefas desnecessárias para aumento da produtividade e da eficiência dos processos, gerando melhores resultados.

Van escolar bate em barranco e crianças ficam feridas em MG Corporação informou que cinco foram levadas para hospitais Um acidente com uma van escolar deixou cerca de 20 crianças feridas ontem quarta-feira (4) em Taquaraçu de Minas, na Região Central de Minas Gerais. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o veículo bateu em um barranco. Ainda segundo os bombeiros, cinco crianças foram levadas

para unidades de saúde, sendo três para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. Um helicóptero foi utilizado para o

transporte de uma das vítimas. A corporação informou que todas as crianças estavam conscientes. A batida foi na Rua Antônia José Elias.


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

SAIBA SEUS DIREITOS

10

O sucesso começa antes: Com a derrota! Muitos pensam que o sucesso nasce para certas pessoas e para outras não. Que o sucesso advém de pouco trabalho e muito luxo. Que o sucesso é fruto de quem é rico e quem é pobre será sempre pobre. Lembre-se: O único lugar onde sucesso vem antes de trabalho é no dicionário. Bem além de apenas trabalho, o sucesso é partícipe da derrota. Perder é um dos caminhos para ganhar. E nada melhor para convencer você disto do que com exemplos: Não é sempre que o sucesso vem fácil. Na maior parte das vezes, ele só dá as caras depois de muito esforço e muitas tentativas fracassadas. A regra é bem ilustrada por uma frase de Wiston Churchill: “o sucesso é ir de fracasso em fracasso sem perder entusiasmo”. Veja, a seguir, as histórias de pessoas que se deram bem na vida – mas não sem antes passar por bons bocados. 1. Oprah Winfrey A maior apresentadora da televisão americana chegou a ser demitida de uma emissora no início de sua carreira. No começo da déca-

da de 1980, Oprah trabalhava como âncora de um jornal do canal WJZ-TV, a TV local da cidade de Baltimore, do estado de Maryland. Segundo seu chefe, ela se deixava envolver demais nas histórias que contava em seu programa e, por isso, foi mandada embora. Poucos anos depois, em 1986, seu talk show, o Oprah Winfrey Show, começava a ser exibido em cadeia nacional. O programa foi renovado até à 25ª temporada e rendeu à apresentadora muitos prêmios de reconhecimento, inclusive sua primeira aparição na lista da revista Time de pessoas mais influentes do mundo. Além desta, Oprah passou a figurar também em outro importante ranking: o dos mais ricos do mundo. Segundo a revista Forbes, o patrimônio da americana é de US$ 1,4 bilhão. 2. Harrisson Ford A primeira vez que Harrisson Ford apareceu no cinema foi para fazer um pequeno papel em “O Ladrão Conquistador”, de 1966. Da estreia, no entanto, não vieram grandes oportunidades para o ator. Com uma esposa e dois filhos para manter, ele largou tudo, em 1970, para se tornar carpintei-

Dr. Gustavo Chalfun OAB/MG 81424 Av Princesa do Sul, 556 - Varginha - MG Tel: 3222-4801

gustavo@chalfun.com.br

Dr. Daniel Piva OAB/MG 81667 Delfim Moreira, 258, sala 201- CentroVarginha -MG Tel: 3222 2851

dapiva@ig.com.br

ro – uma profissão que ele julgava mais estável financeiramente. Coincidência ou não, Ford começou a construir gabinetes para o cenário de “Loucuras de Verão”, filme dirigido por George Lucas, em 1973. O contato com o diretor lhe rendeu uma participação no longa e, mais para a frente, o papel de Han Solo em “Star Wars IV: Uma Nova Esperança”. Conhecido também por sua atuação em Indiana Jones e Blade Runner, o artista possui, hoje, dois recordes hollywoodianos no Guinnes Book: o de ator que gerou o maior lucro de bilheteria e o de ator com mais filmes que ultrapassaram a marca de US$ 100 milhões nas bilheterias dos Estados Unidos. 3. Tim Allen Pouca gente sabe, mas Tim Allen passou dois anos preso por posse e tráfico de cocaína. A prisão ocorreu pouco depois de Allen iniciar sua carreira como comediante – ele fazia apresentações de stand up comedy em casas noturnas de Detroit. Em sua condenação, Allen recebeu uma sentença reduzida após concordar em testemunhar contra seu parceiro no tráfico. Ele cumpriu pena na Prisão Fe-

deral de Sandstone, onde se tornou conhecido por conquistar tanto os guardas quanto os prisioneiros mais difífeis com seu senso de humor. 4. Andrea Bocelli Antes de se tornar tenor, Andrea Bocelli se apresentava em bares da cidade de Pisa, na Itália. O dinheiro que ganhava à noite garantia não só o pagamento das aulas de canto, mas também da faculdade de direito que ele cursava. Depois de se formar, em 1987, e trabalhar durante um ano como advogado, Bocelli optou pela música como carreira definitivamente. Ele começou a ter aulas de canto com o maestro Luciano Bettarini e passou a se dedicar ao canto em tempo integral. Tanto trabalho teve retorno. Quatro anos depois de iniciar suas lições com Bettarini, quando já tinha 33 anos, a voz do cantor chegou aos ouvidos de Luciano Pavarotti. O experiente cantor se tornou “padrinho” da carreira de Bocelli. 5. Walt Disney Acredite se quiser: muito antes de o Mickey ser criado, Walt Disney foi demitido de seu trabalho em um jornal por sua “falta de imaginação e boas ideias”. Ele tra-

Drª. Patrícia Bregalda Lima OAB/MG 65099 Av Salum Assad. David, 70 - Santa Luiza Tel: ( 35) 3214-5051

patriciabregalda@varginha.com.br

balhava como ilustrador de anúncios publicados nas páginas do veículo. Quando saiu do emprego, em 1921, ele se juntou ao seu irmao Roy e o amigo Ub Iwerks para fundar a produtora Laugh-O-Gram, que criava animações de contos de fadas – a predecessora do Walt Disney Studios. Os desenhos feitos pelo trio começaram a ser exibidos nos cinemas da cidade do Kansas antes das sessões de filmes. Durante um período, o estúdio fechou um acordo com uma distribuidora de Nova York que apenas pagava pelas animações seis meses depois de recebêlas. Foram tempos difíceis para Disney, que precisou reduzir as despesas e a equipe ao máximo para fazer a empresa sobreviver. O ilustrador não poupou esforços: no final do ano de 1922, ele estava morando no escritório da Laugh-O-Gram, comendo comida de cachorro e tomando banho uma vez por semana em uma estação de trem. Depois de fazer uma animação sobre higiene dental para um dentista da região, Disney obteve dinheiro o suficiente para levar a Laugh-O-Gram para Hollywood, em 1923. Lá, o estúdio fechou um contrato com Universal Studios, que passou a comprar e a exibir as animações da equipe. Foi nesse período que Disney criou um de seus importantes personagens, o Coelho Osvaldo, que se tornou bas-

Dr. Gustavo Pinto Biscaro

Extraído do site: JusBrasil notícias

Dr. Vicente Lima Lorêdo OAB/ MG 84.176 20ª Sb-Seção Rua Maria Benedita, 63 -sala 106- Vila Pinto 3223-5362/Cel :9988-3485

OAB/MG 106.276 R Argentina, 169 - Vila Pinto Tel: (35) 3222-1049

gustavopbiscaro@gmail.com

tante popular quando foi lançado. O ilustrador, no entanto, não colocou sua assinatura no desenho do pequeno coelho – uma brecha que permitiu à Universal roubar a figura, levando consigo a equipe de desenhistas do Laugh-OGram. Quando isso ocorreu, Disney enviou um telegrama ao seu irmão dizendo para ele não se preocupar, pois ele já tinha um novo personagem em sua mente: Mickey Mouse. O sucesso obtido pelo camundongo tirou o ilustrador e seus sócios da miséria. 6. Steve Jobs A história de como a Pixar foi criada começa com um fato intrigante: a demissão de Steve Jobs da companhia que ele próprio fundou, a Apple. É conhecido o fato de que Jobs não era um chefe fácil. Pelo contrário, ele era extremamente exigente e tinha uma maneira cruel de cobrar seus funcionários. Esse jeito tornou sua imagem desgastada no conselho da empresa, que, chefiado por John Sculley, optou por uma reestruturação. Nela, Jobs não teria o controle de nenhuma divisão, mas poderia ficar na empresa com o título de presidente do conselho. O empresário não aceitou e saiu da Apple. Um ano depois, em 1986, Jobs comprou um estúdio de computação gráfica chamado Lucasfilm.

vicentelloredo@yahoo.com.br

Mande sua pergunta para: gazetadireitos@yahoo.com.br


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

11

SAÚDE

TRF suspende punição contra 142 de 246 planos saúde O Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF-3), em São Paulo, suspendeu a punição que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aplicou a 26 operadoras pelo não cumprimento de prazos de atendimento e negativas de coberturas referentes a 246 planos de saúde. A decisão foi tomada na sexta-feira (30), mas a ANS foi notificada na ultima terçafeira (3), no fim do dia. A agência resolveu retirar do site a lista com os nomes de todas as operadoras suspensas e não apenas aquelas beneficiadas com a decisão. Segundo a agência, isso foi feito para manter o

07

ANS avalia qual a melhor forma de manter o monitoramento da qualidade das operadoras de saúde

equilíbrio do processo - o que vale para uma, vale para todas. Agora, a ANS avalia qual a melhor forma de manter o monitoramento da qualidade das operadoras de saúde. A agência faz a análise por

meio de reclamações dos usuários desde dezembro de 2011 e começou as suspensões em maio de 2012. A decisão liminar foi concedida à Associação Brasileira de Me-

dicina de Grupo (Abramge), que representa 142 dos 246 planos suspensos. Pela decisão, a punição aplicada pela ANS no dia 20 de agosto às operadoras Amico, Amil, Centro Trasmontano, Pro-

médica, SMS e Viva (que ficaram proibidas de vender alguns tipos de planos de saúde) fica suspensa até julgamento final do caso. Segundo o advogado Dagoberto José Steinmeyer Lima, a ação teve como objetivo tornar sem efeito a metodologia de cálculo de reclamações da ANS. "A agência considerou reclamações em que a operadora foi intimada, mas ainda não havia apresentado recursos. E a operadora tem o direito ao contraditório. Também considerou queixas feitas sem protocolo", explica o advogado. No dia do anúncio da suspensão das vendas, a Federação Naci-

onal de Saúde Suplementar (Fenasaúde) também conseguiu barrar a punição das suas associadas na Justiça, que à época determinou que a ANS retirasse do cálculo do número de reclamações as que não chegaram a ser analisadas, as que não tiveram pareceres conclusivos e as que envolviam coberturas não obrigatórias. Na ocasião, a Agência Nacional de Saúde teve de retirar os nomes das operadoras punidas do seu site. A agência, entretanto, conseguiu reverter a decisão judicial e a suspensão passaria a valer novamente na sexta-feira passada.

Desistências no Mais Médicos revelam o drama que os municípios vivem para preencher vagas, diz ministro O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, disse nesta terça-feira (3) que as desistências registradas na terça-feira, o primeiro dia de trabalho dos médicos brasileiros aprovados no programa Mais Médicos, reforçam a avaliação do governo de que não há médicos em número suficiente no Brasil para o atendimento básico à população. As desistências revelam um drama que municípios e Estados vivem quando precisam preencher uma vaga após um concurso público, de um mercado extremamente aquecido, e reforça o diagnóstico feito pelo ministério que há número insuficiente de médicos, principalmente no atendimento básico à saúde. O ministro explicou que, se as desistências forem confirmadas

até esta quarta-feira (4), as vagas já podem ser ofertadas novamente na segunda etapa de inscrições, que estão atualmente abertas. O ministério ainda vai checar com as secretarias, se houve mesmo desistência, já que os médicos têm até o dia 12 de setembro para começar a trabalhar. Mas até amanhã as secretarias podem confirmar as primeiras desistências e reofertar as vagas. Dos 400 médicos cubanos que atuarão no Brasil, 84% têm mais de 16 anos de experiência Padilha garantiu que o ministério vai insistir no preenchimento das vagas, mesmo após desistências. Caso a vaga não seja ocupada por um profissional brasileiro neste mês, o governo vai fazer tudo para ocupar essas vagas. Até

porque serão 4 milhões de brasileiros que terão atendimento médico. Na ultima segundafeira (2), dia em que os 1.096 médicos formados no Brasil começariam a trabalhar em 454 municípios, o programa registrou desistências. No Distrito Federal, dos 15 inscritos, 6 não se apresentaram. No Estado de São Paulo, faltas foram registradas em 12 das 22 cidades inscritas e que aguardavam profissionais. O Ministério da Saúde informou que os profissionais têm até o dia 12 para garantir o emprego, que paga salário mensal de R$ 10 mil, além de auxílios moradia e alimentação. Já os 682 médicos estrangeiros ou formados no exterior aprovados na primeira fase do programa estão em fase de treinamento e avaliação e devem começar a trabalhar no

Dos 400 médicos cubanos que atuarão no Brasil, 84% têm mais de 16 anos de experiência

dia 18 de setembro. Ao todo, 3.511 cidades haviam solicitado 15.450 profissionais. Os profissionais começam no ultimo dia (2) a atuar em 454 municípios de todo o país. O secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, do Ministério da Saúde, Mozart Sales, esteve no Rio de Janeiro para participar da

recepção aos médicos em uma unidade básica de saúde na zona oeste da capital. Ele estimou que os 60 profissionais destinados a 13 municípios do estado ampliarão em 200 mil pessoas a cobertura da atenção básica.O balanço do primeiro dia de atuação no estado do Rio de Janeiro dos profissionais formados no Brasil e ins-

critos no Programa Mais Médicos mostra a ocorrência de muitas faltas. Segundo o Ministério da Saúde, os municípios têm até o dia 12 deste mês para informar o número de médicos que não compareceram aos postos de trabalho. Além disso, os profissionais também terão que justificar a ausência e a desistencia .


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

12

EVANGÉLICA

Pastor afirma que ficará na Síria mesmo com iminência de guerra A recente decisão dos Estados Unidos de promover uma intervenção armada na Síria agravou a tensão já existente no país, que vive em clima de guerra há dois anos e meio, desde que integrantes da oposição e do governo disputam o poder. Desde o início do conflito, mais de 100 mil pessoas morreram no país em uma crise que, segundo o ministério Portas Abertas, se agravou com a denúncia de uso de armas químicas contra civis, inclusive mulheres e crianças. Essa situação tem levado milhões de pessoas aos campos de refugiados nos países vizinhos, como Turquia, Iraque, Líbano e Jordânia. Mesmo diante

dessa situação, um pastor batista que atua na Síria como missionário, afirma que não deixará o país por estar lá para realizar sua missão como cristão. Outros cristãos se organizam em países vizinhos para ajudar os refugiados, e discutir a situação da Síria. Segundo o Baptist Press, o pastor escreveu uma carta à sua agência missionária explicando seus motivos para permanecer no país. Eu vou ficar. Eles me dizem para ir, para migrar, mas insisto e lhes digo que vou ficar – afirma o pastor, que teve sua identidade protegida por motivos de segurança. Eu estou na Igreja

para levar a mensagem de Jesus como uma luz para os perdidos e sem esperança. Eu fico porque a colheita é abundante. Estou aqui para servir os mais necessitados – ressalta o líder cristão, que em sua carta ressalta que, apesar de estarem vivendo tempos difíceis, não devem “deixar de ser fiel ao Senhor”. Em um campo de

refugiados no Líbano, cristãos também revelaram o ambiente de terror e guerra que estão vivendo, e ressaltam a importância da ajuda oferecida aos refugiados. Nós estamos falando de crianças que viram assassinatos horríveis ouviram histórias de estupro e tortura. Estão tragicamente perdidas, mas ainda lhes restam um pingo de es-

perança. A maioria dessas crianças só quer ficar vivas, mas algumas delas nem ficar vivas querem – afirmou um voluntário cristão, em relato publicado pelo Baptist Press. Don Alan, chefe de uma agência de missão no Oriente Médio, também comentou a situação dos refugiados, afirmando que, naquele lugar, “toda família tem uma história trágica para contar”. Podemos aprender a chorar com os que choram e ouvir com atenção e obediência ao chamado de Deus para fazermos missão – completou Alan. Na Jordânia, o conflito sírio motivou o rei Abdullah II a convocar uma série de reuni-

ões para discutir a situação entre líderes de 70 comunidades cristãs na capital do país. Iniciadas nessa terça-feira (03), as reuniões serão coordenadas pelo príncipe Ghazi Bin Mohammad, conselheiro do rei para Assuntos Culturais, segundo a Rádio Vaticano. Autoridades da Jordânia informaram que patriarcas, delegados patriarcais, bispos e sacerdotes de todas as igrejas cristãs da região participarão das discussões, que terão como temas as situações no Egito, Síria, Líbano e Iraque, que enfrentam momentos de tensão em decorrência de ataques contínuos, e as negociações de paz entre palestinos e israelenses.

Pastores sofrem mais com depressão e ansiedade do que qualquer outro profissional, revela estudo Pesquisas sobre o estado de saúde emocional de pastores após anos de ministério são feitas com regularidade para medir o tamanho do estresse vivido pelos líderes evangélicos. O estudo mais recente, feito com 1.726 pastores, descobriu que o cargo expõe os ministros a um risco de depressão e ansiedade muito maior do que outras atividades profissionais. Segundo o relatório da Clergy Health Initiative (CHI), a pesquisa constatou que os pastores com depressão chegaram a 8,7% do total de entrevistados, e os casos de ansiedade a 11,1%. A média das demais profissões para ambos os casos nos

O estudo mais recente, feito com 1.726 pastores, descobriu que o cargo expõe os ministros a um risco de depressão e ansiedade

Estados Unidos é de 5,5%.“Pastores podem ter criado uma vida para si que é tão fortemente entrelaçada com o seu ministério, que sua saúde emocional depende do estado do seu ministério”, declarou Jean

Proeschold-Bell, diretor de pesquisa da CHI. “Então, é possível que quando os pastores sentem que seu ministério está indo bem, eles experimentam emoções positivas potentes o suficiente para

protegê-los de sofrimento mental. Naturalmente, o inverso também é verdadeiro”, complementou. O estudo indica que a depressão e ansiedade em pastores são causadas princi-

palmente devido a atividades estressantes que eles são obrigados a realizar, como aconselhamentos, atendimento das demandas comuns das igrejas e o preparo das mensagens semanais, segundo informações do Christian Post. “É comum que os profissionais de saúde pública peçam aos pastores que ofereçam programas de saúde para os seus fiéis. Estes resultados dizem-nos que temos de reverter o curso e estudar uma forma de atender a saúde mental dos próprios pastores”, afirmou Jean. O diretor da pesquisa também aconselha que os pastores usem um tempo fora do ministério, formando novas amizades de fora da igreja ou até buscan-

do aconselhamento profissional se necessário. “É preocupante que uma elevada percentagem de líderes religiosos sofra com a depressão, enquanto eles estão tentando inspirar congregações, comunidades e empreendimentos de mudança social, ou mesmo tentando fazer o aconselhamento de seus próprios companheiros. Estas são responsabilidades que você realmente quer uma pessoa mentalmente saudável esteja à frente, mas pode ser exatamente esses desafios e responsabilidades que podem estar causando essas altas taxas de depressão”, complementou. Fonte:http: noticias.gospelmais.com.br


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

13

BRASIL

Movimento no comércio fica praticamente estável em agosto O movimento dos consumidores nas lojas em todo o país aumentou 0,2% em agosto na comparação com julho, segundo a empresa de consultoria Serasa Experian. Os segmentos que mais registraram alta foram o de material de construção (1,7%) e o de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas, que cresceu 1,6%. No sentido contrário aparecem as lojas de veículos, motos e peças, com queda de 0,6%, e o setor de teci-

dos, vestuário, calçados e acessórios, que recuou 3,4%. No acumulado do ano, a atividade do comércio registrou alta de 5,7%. As variações positivas foram influenciadas pelo item combustíveis e lubrificantes (6,6%) e de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (5,8%). O segmento de móveis, eletroeletrônicos e informática acumulou alta de 4,5% no período e o de tecidos, vestuário, calçados e acessórios, de 3,2%. O conjun-

to veículos, motos e peças e o de material de construção cresceram 2,4% e 2,1%. Segundo os economistas da Serasa Experian, o principal fator que contribuiu para melhorar o movimento nos supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas foi a redução dos preços dos alimentos. “Por outro lado, a escalada do dólar e o aumento dos juros, combinados com menor grau de confiança dos consumidores, impactaram negativamen-

Reclamações à Anatel sobre telefonia móvel caem 8% O volume de reclamações feitas à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) sobre os serviços de telefonia móvel caiu 8% em junho deste ano, na comparação com maio. A informação é do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil). Segundo o sindicato, considerando os dados de reclamações da Anatel e o número de usuários, o volume total de reclamações caiu de 447 queixas em cada grupo de 1 milhão de clientes, em maio, para 414, em junho. De acordo com o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal, a maior queda de reclamações – 15% – foi em cancelamento de serviços e habilitação. As queixas referentes a cancelamento caíram de 24 para 20 em cada grupo de 1 milhão de

O volume de reclamações feitas à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) sobre os serviços de telefonia móvel caiu 8%

clientes, entre maio e junho. No caso das reclamações sobre habilitação, a queda foi de 22 para 19 em cada grupo de 1 milhão de clientes, no mesmo período. Também diminuiu o número de queixas relativas a cartão pré-pago (13%), planos de serviços (-12%), reparo (9%), bloqueio (-9%), cobrança (-7%), atendimento (-5%) e a serviços adicionais (5%). O SindiTelebrasil defende que “uma

análise precisa dos dados sobre reclamações deve sempre adotar o critério da proporcionalidade sobre o universo total de clientes”. “Qualquer ranking que não considere esse critério de proporção gera uma distorção nas análises dos consumidores e não informa corretamente o público, já que não permite a mensuração do peso que o número de reclamações tem em relação a cada setor avaliado”, diz o sindicato.

07

O movimento dos consumidores nas lojas em todo o país aumentou 0,2% em agosto na comparação com julho

te no movimento de segmentos movidos a crédito em agosto, como o de veículos,

motos e peças e o de móveis, eletroeletrônicos e informáticas, os quais recuaram 5,7% e

4,9%, respectivamente, em relação a agosto de 2012”, analisam os economistas da entidade.

Aumenta demanda por cartões de crédito, aponta Serasa Experian Um estudo feito pela Serasa Experian mostrou que adultos com idade média de 30 anos e renda mensal média de R$ 1.428 correspondem a 16% das pessoas que impulsionaram o aumento da demanda por cartões de crédito no país em 2013. No ano passado, esse percentual correspondia a 12%. O estudo apresentado no dia ultimo dia (4) no Congresso de Cartões e Crédito ao Consumidor, na capital paulista, avaliou os perfis dos solicitantes de cartões de crédito. De acordo com os dados, o grupo que ocupa a primeira posição (26%) são adultos entre 20 e 30 anos com baixa renda e empregos que exijam pouca qualificação ou mesmo informais. Os números também revelam um crescimento de adesões e participações da classe E, que passaram de 6,2%, em 2009, para 16,8% em 2013. A pesquisa analisou informações de 1 milhão de

Os números obtidos mostram que a inadimplência nos primeiros quatro meses após a aquisição do cartão de crédito caiu 14%

cadastros de Pessoa Física (CPFs) e comparou os primeiros trimestres dos anos 2009 até 2013. Os números obtidos mostram que a inadimplência nos primeiros quatro meses após a aquisição do cartãoFoto de crédito caiu 14% divulgação este ano e o número de inadimplentes ficou em 3,8%. Segundo o estudo, em 2011, 3,2% dos novos consumidores ficaram inadimplentes e em 2012, 4,4%. O estudo revelou ainda que entre os soli-

citantes de cartões de crédito, 78% procuram mais de uma instituição, o que pode levar o consumidor sem planejamento financeiro ao superendividamento e inadimplência futuros. “Estes cidadãos começam a lidar com crédito justamente numa modalidade em que os juros são altos. Assim, o risco de terem uma primeira experiência frustrante de crédito não é desprezível”, analisou o presidente da Serasa, Ricardo Loureiro.


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

INTERNACIONAL

14

Onda de violência deixa pelo menos 67 mortos no Iraque Uma série de explosões coordenadas em Bagdá e outros episódios de violência deixaram pelo menos 67 mortos no Iraque nesta terça-feira (3) informaram autoridades. A maioria dos mortos foi vítima de uma série de explosões de carros-bomba na capital iraquiana no início da noite, quando os moradores estavam fazendo compras ou indo jantar. Essas explosões atingiram onze bairros diferentes e mataram pelo menos 50 pessoas. Os ataques acontecem em meio a uma onda de violência que assola país nos últimos meses. Os insurgentes tentam tirar vantagem das crescen-

tes tensões sectárias e étnicas. A escala de violência atingiu níveis que não eram vistos desde 2008, período no qual o país esteve à beira de uma guerra civil. A explosão mais grave atingiu uma série de restaurantes localizados no bairro de Talibiyah, matando nove e ferindo 32 pessoas. Outro carro-bomba atingiu o bairro xiita de Sadr City, deixando três mortos e oito feridos, segundo a polícia. Praticamente no mesmo horário, autoridades informaram que carros-bomba explodiram de forma consecutiva nas proximidades de uma delegacia no bairro de Sadiyah, majoritaria-

mente sunita, matando seis e ferindo 15. Outra explosão atingiu a praça central do distrito comercial de Karradah, matando seis e ferindo 14 pessoas. Carros-bomba também atingiram ruas comerciais no bairro de Shurta, habitado tanto por sunitas quanto por xiitas. No bairro xiita de Zafaraniyah, quatro pessoas morreram e 11 ficaram feridas e em Abu Dashir, duas pessoas morreram e nove ficaram feridas por causa das explosões, informou a polícia. Outro carro bomba explodiu em um mercado aberto na vila xiita de Maamil, no suburbio ao leste da capital, matan-

Autoridades informaram que carros-bomba explodiram de forma consecutiva

do três pessoas e ferido outras 41. Nenhum grupo havia assumido a autoria dos ataques, mas explosões coordenadas de carros-bomba e ataques contra civis e forças de segurança iraquianas são a tática favorita do braço iraquiano da Al-Qaeda, que não costuma reivindicar a responsabilidade por ataques durante vários dias. Líderes xiitas e sunitas pediram calma, na expectativa de evitar o retorno do período de

intensa violência sectária no país. Mas o derramamento de sangue continua e mais de 4 mil pessoas foram moras apenas nos últimos cinco meses. A milícia, conhecida como Sahwa, ajudou as tropas norte-americanas a combater a Al-Qaeda no ápice da guerra, mas desde então tem sido alvo de insurgentes, que os consideram traidores. O líder do Sahwa, Wisam al-Hardan, conseguiu escapar sem ferimentos de uma tentativa de assassinato na se-

gunda-feira, mas seis de seus guarda-costas e uma pessoa que passava pelo local morreram após o ataque de dois suicidas. Também na terçafeira, um carro-bomba explodiu nas proximidades de um restaurante na cidade de Jbala, matando duas pessoas e ferindo outras sete. Na cidade de Basra, sul do país, homens armados mataram o clérigo sunita Abdul-Karim Mustafa quando ele andava nas proximidades da mesquita al-Taqwa.

Venezuela tenta restabelecer energia após apagão O governo da Venezuela informou que está trabalhando para restabelecer o serviço elétrico no país, após um apagão ocorrido na terça-feira (3) por volta do meio-dia no horário local. A imprensa do país classifica a queda de energia, que atingiu Caracas e 12 estados, como o maior desde um incidente ocorrido em 2008. De acordo com o governo, parte das regiões que ficaram sem energia elétrica teve o serviço restabelecido, mas muitas áreas do país ainda não. O presidente Nicolás Maduro acusa a oposição de ter “sabotado” o sistema de

Homem ficou preso dentro de um estabelecimento em função da falta de luz

energia elétrica venezuelano. “Tudo indica que a extrema direita retomou seu plano de um golpe elétrico contra o país”, postou Maduro em sua conta no Twitter. O acidente afetou o Centro-Leste do país. Nas redes sociais, usuários reportaram a situação enfrentada pela falta de energia. Em Caracas, a pane no sistema

durou pouco mais de uma hora e foi restabelecida aos poucos. Apesar disso, ainda há algumas regiões da capital sem energia elétrica. O apagão foi comparado a uma falha ocorrida em abril de 2008, resultado de um incêndio na linha de transmissão da Hidrelétrica de Guri, no Sudoeste do país.


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

BELEZA

15

Ervilha,tomate,milho e brócolis evitam queda de cabelo

Má alimentação pode causar a queda dos fios

Se consumidos juntos, ervilha, tomate,

Aos 75 anos, Jane Fonda é destaque em campanha de beleza Jane Fonda, 75 anos, estrela a nova campanha da L’Oréal, junto com outras sete atrizes e modelos das mais variadas idades. A atriz americana se destaca em filmes e em fotos ao lado de Eva Longoria , 38 anos; da angelDoutzen Kroes, 28; de Julianne Moore, de 52 anos; da atriz chinesa Fan Bingbing, 31; da modelo etíope Liya Kebede, 35; da ex-modelo francesa Inès de la Fressange , 56; e

da atriz indiana Freida Pinto, 28. As informações são do jornal Daily Mail. Com quase cinco décadas a mais que algumas de suas parceiras, Jane brilha na peça publicitária da nova linha Color Riche Collection Privée, que traz batons e esmaltes em tons de nude diferentes feitos sob medida para cada tipo de pele. Os produtos foram criados em parceria com as modelos e os tons combinam com a tez e os cabelos de suas embaixa-

Jane Fonda, 75 anos, ao centro da foto da campanha da linha Color Riche Collection Privée, da LOréal

doras de beleza. No vídeo da campanha, a atriz Julianne Moore declara se

sentir honrada em ter um esmalte e um batom dedicados a ela.

milho e brócolis evitam a queda e podem, inclusive, ajudar a fortalecer os fios. Isso acontece porque esses alimentos possuem antioxidantes que mantêm as células sempre ativas, o que beneficia o cabelo, explica a nutricionista Carla Faedo, do Rio de Janeiro. A boa alimentação então é uma aliada importante para trazer mais saúde ao cabelo. Na hora de colocar comida no prato, ela orienta sempre fazer um mix de cores. “O milho, a ervilha, o tomate e o brócolis agem de uma forma diferente no organismo, mas combinados

no prato eles assumem a função de tratar os fios”, detalha. Constantemente, as células do corpo estão sujeitas a danos tóxicos pela ação dos radicais livres. Essas substâncias são provenientes da oxidação da membrana celular e responsáveis pela ocorrência de diversas enfermidades e processos degenerativos do organismo humano. “Por isso uma boa alimentação rica em alimentos antioxidantes que combatem os radicais livres - reflete diretamente na saúde do cabelo”, esclarece Carla. Quanto mais natural melhor Carla alerta, no entanto, que os alimentos mantêm os benefícios à saúde dependendo da forma como são consumidos. O milho e a ervilha enlataados, por exemplo, perdem suas funções antioxidades. “Quanto mais próximo do natural, melhor”, garante

Maquiagem fresh realça beleza natural com 4 regras básicas Se você é básica, mas quer ficar linda no dia a dia, pode aderir à maquiagem fresh, que realça a beleza natural. “É aquele look que dá a impressão de que não deu nenhum trabalho e que você é naturalmente bonita”, diz Fê Ronconi, expert em beleza do site Ela me disse. A especialista dá 4 dicas para você conseguir esse visual. Substitua o corretivo por base O corretivo costuma deixar a maquiagem meio pesada quando não é aplicado corretamente. O truque é trocá-lo por uma base líquida em um tom mais cla-

ro do que a base usada no rosto e aplicar sobre as olheiras. Depois, passe a base líquida que você está acostumada. ”Esse é o segredinho para iluminar sem marcar”, ensina Fê. Cuide dos seus cílios Muitas mulheres deixam o curvex de lado na maquiagem do dia a dia, mas o aparelho levanta o olhar e tira o ar de cansaço. “E não dá para sair de casa sem máscara para cílios, é obrigatória”, explica a especialista. Cor nas maçãs O blush faz uma diferença enorme: dá ar de saúde e um pouco de

Ervilha, tomate, milho... evitam queda de cabelo

O visual fresh é aquele em que você parece linda sem esforço

cor ao rosto. “Aplique o produto sobre as maçãs do rosto e escolha tons que combinem com a sua pele”, diz Fê. Aposte no gloss

O gloss é um ótimo aliado para trazer luz ao look. “Como tem brilho, o produto ilumina o rosto naturalmente”, ensina Fê.

Cabelos saudáveis dependem do consumo de diferentes vegetais


GAZETA DE VARGINHA, 05/09/2013

16

ESPORTE

Boa empata e não entra no G4 Um resultado que não agradou o Boa Esporte e nem o Avaí. As equipes empataram por 0 a 0 em um jogo truncado na noite desta terça-feira (3/9), no Estádio Melão, em Varginha, pela 19ª rodada da Série B do Brasileiro. Com isso, os dois times estacionaram na tabela e não conseguiram entrar no G-4. O Boa Esporte continua em sexto, com 31 pontos, enquanto o Avaí aparece em seguida, na sétima posição, com 30 pontos. Na próxima sexta-feira, o Boa Esporte vai a Chapecó enfrentar a Chapecoense às 21h50m na Arena Condá. Também na sextafeira, o Avaí recebe o Oeste de Itápolis às 19h30m na Ressacada, em Florianópolis.

O Boa Esporte já começou a partida com problemas. Antes de completar um minuto, o volante Rodrigo Souza caiu de mau jeito enquanto o Avaí subia ao ataque e saiu de campo na maca. O jogador até tentou voltar, mas sentiu o tornozelo e foi substituído aos cinco minutos por Marabá. Com a mudança, o Boa Es-

porte sentiu dificuldades em encaixar a marcação e o Avaí se aproveitou da situação. Aos 12 minutos, Luiz Paulo rolou para Marcelinho Paraíba, que recebeu na meia lua da grande área e arriscou colocado. A bola passou muito perto do ângulo esquerdo de Diego. Aos 14, o Avaí respondeu

com Luciano que, após passe de Marquinhos, passou por trás da zaga do Boa e finalizou, mas Douglas se adiantou e fez a defesa à queima roupa. Aos 19 minutos, mais um lance de perigo para o Leão da Ilha. Beto aproveitou a falha da defesa mineira e deu um toquinho para Luciano, que chutou cara a cara com Douglas. O goleiro conseguiu bela defesa eno rebote ficou novamente com a bola. Sem criatividade, o Boa Esporte assistia o Avaí a armar melhor as jogadas, mas conseguiu assustar em dois lances. Aos 36 minutos, Marcelinho cobrou fechado e Luiz Paulo tentou o cabeceio, mas a bola bateu no ombro do atacante e passou tirando tinta da

Colégio Batista e Escola Polivalente disputam torneio de futebol na Semel vas entre os mesmos. O torneio representa um momento de descontração, diversão e lazer, que também aproxima os alunos. Além disso, visa também minimizar os impactos da competição excessiva, tendo em vista que o futebol é acessível a todos, a socialização através do esporte torna um exercício da cidadania.

Aconteceu no último sábado (31/08), na Semel, um Torneio de Futebol entre os alunos do Colégio Batista e Escola Polivalente. O evento foi uma iniciativa do professor de educação física, Sandrinho, que organizou tudo com muita dedicação e carinho, como

sempre faz nestas atividades esportivas. O objetivo do evento, segundo o professor Sandro, organizador do Torneio, foi promover momentos de integração e confraternização entre os alunos, além de incentivar a prática de atividades físicas e esporti-

Os participantes elogiaram a organização do evento, afirmando que vale a pena participar de atividades como esta. É o Colégio Batista sempre presente na comunidade, promovendo a integração e aproximando pessoas. Semeando conhecimento, formando o caráter e colhendo conquistas!

trave esquerda de Diego. No último grande lance, aos 42, Marabá arriscou do meio da rua, mas Diego, bem posicionado, fez a defesa. Assim, o primeiro tempo terminou sem gols no Melão. O jogo ficou pegado no segundo tempo e as melhores chances ainda continuavam a ser do time catarinense. Aos oito minutos, Marquinhos recebeu falta de Betinho próximo à grande área. Cleber Santana cobrou baixo, no canto de Douglas, mas a bola passou ao lado do gol do goleiro boveta. Os melhores lances da

etapa aconteceram a partir dos 26 minutos. Márcio Diogo recebeu próximo ao bico da área do Boa, ajeitou e chutou colocado. A bola carimbou a trave esquerda do goleiro Douglas. O time de Varginha respondeu à altura no minuto seguinte. Após cruzamento, Fernando Karanga subiu sozinho e também acertou a trave do goleiro do Avaí. Após os melhores lances da partida, o jogo ficou um pouco mais aberto, mas mesmo assim nenhuma das equipes achou o caminho do gol. Assim, o jogo seguiu até os 48 minutos sem alterações no placar.

Atenção, Proprietários de barcos, lanchas e jet ski! A Marinha do Brasil estará realizando em Madre de Deus de Minas prova para obtenção da carteira de arrais e motonauta. Os interessados devem entrar em contato o quanto antes!!!

Vagas limitadas!!! Contato: (35) 9803-9783 gilbertoimpacto42@hotmail.com SEJA HABILITADO E NAVEGUE COM SEGURANÇA!!!! Este documento é de porte obrigatório para condutores de embarcações a motor


Gazeta de Varginha - 05/09/2013