Issuu on Google+

Máx: 26°C / Mín: 17°C

R$ 1,00

EDIÇÃO - 8.838

VARGINHA, 01 DE OUTUBRO DE 2013

Ambulâncias do Samu paradas em Varginha são devolvidas Veículos ficaram quase três anos inutilizados no pátio do Centro Administrativo do Estado Depois de quase três anos paradas no pátio do Centro Administrativo do Governo de Minas Gerais em Varginha, cinco ambulâncias do Samu começaram a ser devolvidas neste sábado (28). Os veículos saíram em viagem para Belo Horizonte, mas antes, os veículos deram trabalho para os motoristas devido a problemas mecânicos. As ambulâncias chegaram a Varginha em de-

zembro de 2010 e nunca foram usadas. Segundo a prefeitura, a retirada das ambulâncias já estava programada há quatro meses. O Ministério da Saúde pediu a devolução e vai utilizar as unidades na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As 10 ambulâncias que ainda estão no pátio devem ser retiradas nos próximos meses.

Acidente envolve quatro veículos e deixa duas crianças feridas

LOCAL/PÁGINA 03

Unis amplia número de polos presenciais de Educação a Distância LOCAL/PÁGINA 04 www.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga

LOCAL/PÁGINA 05 Ambulâncias chegaram a Varginha em dezembro de 2010 e nunca foram usadas

Após derrota para o ABC, Boa volta a campo hoje contra o Figueirense

Concorra a ingressos

ESPORTE/PÁGINA 16

gazetadevarginha@gmail.com twitter.com/gazetavarginha

PONTO DE VIST A VISTA

Prefeitura solicita volta dos voos de Varginha para Belo Horizonte

Hebreus 09

05/10 - 16h e 18h - Theatro Capitólio Pontos de venda: Gallery Lanches e Tindolelê

Recorte este cupom e concorra ao sorteio de 6 ingressos para o espetáculo

Os ritos, ofertas e sacrifícios mosaicos eram imperfeitos e ineficazes Página 2

O cupom deverá ser entregue na sede do Jornal Gazeta de Varginha, que fica na Avenida dos Imigrantes, 445, Santa Maria

Nome:................................................. Telefone:.............................................. LOCAL/PÁGINA 03


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

PONTO DE VISTA

02

Palavras de Vida Os ritos, ofertas e sacrifícios mosaicos eram imperfeitos e ineficazes HEBREUS 9 1 - ORA, também a primeira tinha ordenanças de culto divino, e um santuário terrestre. 2 - Porque um tabernáculo estava preparado, o primeiro, em que havia o candelabro, e a mesa, e os pães da proposição; ao que se chama o santuário. 3 - Mas depois do segundo véu estava o tabernáculo que se chama o santo dos santos, 4 - Que tinha o incensário de ouro, e a arca da aliança, coberta de ouro toda em redor; em que estava um vaso de ouro, que continha o maná, e a vara de Arão, que tinha florescido, e as tábuas da aliança; 5 - E sobre a arca os querubins da glória, que faziam sombra no propiciatório; das quais coi-

sas não falaremos agora particularmente. 6 - Ora, estando estas coisas assim preparadas, a todo o tempo entravam os sacerdotes no primeiro tabernáculo, cumprindo os serviços; 7 - Mas, no segundo, só o sumo sacerdote, uma vez no ano, não sem sangue, que oferecia por si mesmo e pelas culpas do povo; 8 - Dando nisto a entender o Espírito Santo que ainda o caminho do santuário não estava descoberto enquanto se conservava em pé o primeiro tabernáculo, 9 - Que é uma alegoria para o tempo presente, em que se oferecem dons e sacrifícios que, quanto à consciência, não podem aperfeiçoar aquele que faz o serviço; 10 - Consistindo somente em comidas, e bebi-

das, e várias abluções e justificações da carne, impostas até ao tempo da correção. 11 - Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação, 12 - Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção. 13 - Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne, 14 - Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras

mortas, para servirdes ao Deus vivo? 15 - E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna. 16 - Porque onde há testamento, é necessário que intervenha a morte do testador. 17 - Porque um testamento tem força onde houve morte; ou terá ele algum valor enquanto o testador vive? 18 - Por isso também o primeiro não foi consagrado sem sangue; 19 - Porque, havendo Moisés anunciado a todo o povo todos os mandamentos segundo a lei, tomou o sangue dos bezer-

ros e dos bodes, com água, lã purpúrea e hissope, e aspergiu tanto o mesmo livro como todo o povo, 20 - Dizendo: Este é o sangue do testamento que Deus vos tem mandado. 21 - E semelhantemente aspergiu com sangue o tabernáculo e todos os vasos do ministério. 22 - E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão. 23 - De sorte que era bem necessário que as figuras das coisas que estão no céu assim se purificassem; mas as próprias coisas celestiais com sacrifícios melhores do que estes. 24 - Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu,

para agora comparecer por nós perante a face de Deus; 25 - Nem também para a si mesmo se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote cada ano entra no santuário com sangue alheio; 26 - De outra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo. Mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo. 27 - E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, 28 - Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.

Crescimento em espiral: a melhor opção para as franquias Crescer é o sonho de praticamente todos os empresários. Fazer isso pelo sistema de franquias pode ser uma excelente alternativa em muitos casos. Expandir uma marca com o capital de terceiros, além de mais rápido é muito mais barato. O único problema é quando esse crescimento não acontece de maneira ordenada. Principalmente no início da expansão, muitos franqueadores vivem o dilema de abrir mais franquias - se beneficiando dos ganhos de escala e visibilidade da marca - ou seguir rigorosamente o plano de expansão de forma a assegurar que possa prestar um bom suporte ao seu novo parceiro. Num país com dimensões continentais, sair abrindo unidades franqueadas por todo o território pode implicar em problemas para a gestão e operação da rede. Nesse sentido, o crescimento em espiral pode ser a melhor alternativa. É sabido por todos que prestar um apoio e suporte de qualidade para o franqueado é

José Carlos Fugice Jr é administrador de empresas especializado em franquias e varejo com MBA em administração de empresas pelo CEAG FGV/SP, com experiência em mais de 150 projetos de franquias.

fundamental para o sucesso de uma rede de franquias. Expandir as operações sem uma visão bem definida de como e quando os objetivos serão alcançados, certamente, pode ser um tiro no pé. Por isso, a proximidade regional pode fazer toda a diferença. Iniciar a expansão de sua marca em regiões próximas à matriz pode ser uma estratégia bem interessante. Uma questão funda-

mental é quanto ao abastecimento da rede. Será que há escala suficiente para viabilizar a logística em locais geograficamente distantes? Qual é o tempo que demora entre o fornecedor e a unidade franqueada? Quais são os custos? É necessário aumentar o capital de giro da operação em virtude deste tempo adicional de transporte? A estratégia de preços atual contempla margens

para suportar estes custos adicionais? A mesma dúvida ocorre em relação ao suporte e apoio ao franqueado. Quanto custa o deslocamento de um consultor de campo até a unidade do franqueado? Quanto tempo leva este deslocamento? Será que faz sentido a prestação deste suporte somente com o recebimento dos royalties desta franquia? Na prática, deslocar algo ou alguém de São Paulo a Sorocaba, por exemplo, com certeza é bem diferente do que deslocar de São Paulo a Manaus. Os custos e o tempo gasto são premissas fundamentais que podem viabilizar ou não a expansão de sua rede de franquias. Além disso, ainda tem as questões de marketing. Será que há escala suficiente que viabilize financeiramente a execução de ações de divulgação e marketing? A sua marca terá visibilidade local e regional somente com uma única operação? Crescer regionalmente pode

ajudar a sua marca a realizar as ações de marketing e divulgação. O custo de uma inserção na televisão com âmbito local pode representar somente uma pequena fração do custo de uma inserção em rede nacional. Outro ponto é que quanto maior o número de operações, maior visibilidade a sua marca terá, e consequentemente, quanto maior a

visibilidade, maior tende ser a força da marca localmente. Em linhas gerais, defina um crescimento em espiral de sua rede de franquias, pois isso facilitará e simplificará a sua gestão e operação de sua rede. Dê um passo de cada vez. Dar um passo maior do que as suas pernas, definitivamente, pode fazer você cair mais rápido do que imagina!

Telefones (35)3221-4668 (35)3221-4845

Av. dos Imigrantes, 445 - Santa Maria CEP 37022-560 VARGINHA/MG

CNPJ: 21.535.075/0001-47

E-mail: gazetadevarginha @gmail.com gazetacomercial2 @yahoo.com.br Endereço eletrônico: www.gazetavarginha.com.br

Diário de Circulação Regional - Diretora Administrativa: Ana Maria Silva Piva Jornalista Responsável: Lanamara Silva MTB -8304 JP - Editor: Rodrigo S. Fernandes Sindjori - MG 312/99 Administração/Revisão: Lanamara Silva - Paulo Ribeiro da Silva Fernandes (Jornalista e superintendente de redaçãoTB.16.851) - Horário de funcionamento das 08:00hs às 18:00hs ENDEREÇO: Redação e Departamento de Publicidade

ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior SINDJORI - Sind. Prop. de Jornais e Revistas do Interior ADJORI - Associação dos Jornais do Interior ADI - Associação dos Jornais do interior de Minas Gerais A redação não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados, mesmo sob pseudônimos, que são de inteira responsabilidade de seus autores.


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

03

LOCAL

Ambulâncias do Samu paradas em Varginha começam a ser devolvidas Veículos ficaram quase três anos inutilizados no pátio do Centro Administrativo do Governo de MG Depois de quase três anos paradas no pátio do Centro Administrativo do Governo de Minas Gerais em Varginha, cinco ambulâncias do Samu começaram a ser devolvidas neste sábado (28). Os veículos saíram em viagem para Belo Horizonte, mas antes, os veículos deram trabalho para os motoristas devido a problemas mecânicos. As ambulâncias chegaram a Varginha em dezembro de 2010 e nunca foram usadas. Segundo a prefeitura, a retirada das ambulâncias já estava programada há

quatro meses. O Ministério da Saúde pediu a devolução e vai utilizar as unidades na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As 10 ambulâncias que ainda estão no pátio devem ser retiradas nos próximos meses. Ainda conforme a prefeitura, novas ambulâncias devem chegar a Varginha no final do ano como parte de um novo projeto para a implantação do Samu no Sul de Minas. Implantação A coordenadora do Ministério da Saúde em Minas Gerais, Alzira Jor-

ge, anunciou na última sexta-feira (27), durante

um encontro em Pouso Alegre, que o Samu re-

gional deve começar a funcionar até o final do

ano no Sul de Minas. Segundo Alzira, a central administrativa da região deve funcionar em Varginha. Atualmente, somente Poços de Caldas conta com o serviço na região. A implantação nas superintendências regionais de saúde de Alfenas, Pouso Alegre, Passos e Varginha já foi anunciada, mas nunca saiu do papel. Passos e Varginha chegaram a receber ambulâncias em 2010, mas o Ministério da Saúde pediu a devolução dos veículos que estavam parados nos pátios.

Prefeitura solicita volta dos voos de Varginha para Belo Horizonte

BASS ELEVADORES

A Eficiência no Transporte Vertical

- Elevadores Hidráulicos Residenciais - Elevadores Elétricos com ou sem Casa de Máquinas - Elevadores Panorâmicos - Elevador para Heliponto - Plataformas para Portadores de Necessidades Especiais (PNE) - Monta-Cargas e Monta-Pratos - Elevadores para Automóveis - Elevadores de Cargas

(14) 99622-2734 / (11) 3936-3663

jrbosco@terra.com.br / www.basselevadores.com.br

O Secretário Municipal de Turismo, Aristides Ribas, encaminhou esta semana ofício ao Presidente Executivo da empresa Azul Linhas Aéreas, José Mário Caprioli, solicitando estudos da possibilidade do retorno da linha Varginha/Belo Horizonte em voo direto, bem como estabelecer a ligação de Varginha com as demais cidades brasileiras atendidas pela Companhia. Ao fazer o pedido o Secretário considerou o fato do Aeroporto de Varginha contar hoje com perfeita infraestrutura para suportar os voos solicitados, constituindo-se em um Terminal Aeroviário altamente elogi-

ado pela Agência Nacional da Aviação Civil - (ANAC) e demais Órgãos da Aviação Civil, bem como a demanda elevada de transporte aeroviário na cidade, o que pode ser constatado ao se verificar o grau de lotação das aeronaves que partem inicialmente para Campi-

nas-SP. “Há de se considerar ainda as condições topográficas, climáticas e meteorológicas do Aeroporto. Por isso entendemos que se faz digno um estudo mais detalhado por parte da Azul Linhas Aéreas”, esclareceu o secretário.


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

04

LOCAL

Grupo Unis amplia número de polos presenciais de Educação a Distância O Centro Universitário do Sul de Minas ampliou o número de polos presenciais da Unidade de Gestão da Educação a Distância. As novas unidades operacionais irão facilitar o acesso dos estudantes de todo o Brasil aos encontros presenciais e ao apoio pedagógico. São 14 novos polos, em oito estados brasileiros, além do Distrito Federal. Além de Varginha, Formiga e Betim, o Grupo Unis estará presente em Brasília, Cataguases, Florianópolis, Goiânia, Lavras, Maceió, Manaus, Montes Claros, Pouso Alegre, Rio

de Janeiro, Salvador, São Lourenço, Teresina e Três Pontas. A expectativa é que as novas unidades operacionais comecem a funcionar em 2014. As estruturas também poderão atender os cursos de Pósgraduação da Instituição na modalidade a distância. O Centro Universitário do Sul de Minas foi a primeira instituição de Minas Gerais a ser credenciada a oferecer cursos de Graduação a distância e está entre as três melhores do Brasil. A assinatura do convênio de abertura dos novos polos foi realizada

neste mês de setembro, na Cidade Universitária, com a presença dos representantes das instituições parcerias. O Vestibular Unis 2014 está com vagas

abertas. Na modalidade a distância são 10 opções de cursos em diversas áreas do conhecimento. No Vestibular Unis 2014 também são oferecidas vagas em

cursos presenciais. As inscrições acontecem até o dia 5 de novembro, pelo site vestibular. unis.edu.br, e as provas presenciais, no dia 10 de novembro. Quem

escolher fazer a prova eletrônica, pode resolver as questões sem sair de casa, pela internet, podendo interromper a avaliação e retomar a qualquer momento.


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

05

LOCAL

Fomenta Minas terá seminário sobre oportunidades com as Olimpíadas Evento faz parte do Fomenta Minas, que será realizado amanhã (2) e quinta (3), em Varginha As compras governamentais para as obras das Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016 poderão ser uma grande oportunidade para as micro e pequenas empresas fazerem negócios. Para orientar os empresários sobre essas oportunidades, o Sebrae Minas e o Governo de Minas Gerais promovem seminário gratuito sobre o assunto durante a 4ª edição do Fomenta Minas, que será realizada amanhã (2) e quinta-feira (3), em Varginha.

Tendas foram montadas para o Fomenta Minas, no Centro Administrativo Sul

Os participantes do seminário poderão saber mais sobre as demandas de compras governamentais para a organização das Olimpíadas do Rio, condições de compra e como participar das aquisições feitas por licitação e pregões eletrônicos dos governos federal, estadual e municipal. O seminário acontece no dia 3, a partir das 14h. No mesmo dia, às 16h, os empresários poderão participar da Sessão de Negócios, encontros entre empresas

compradoras e fornecedoras, com foco nos eventos esportivos para os próximos anos. A iniciativa tem o objetivo de aproximar as empresas e estimular negócios entre elas. A programação do 4º Fomenta Minas inclui ainda Rodada de Negócios, seminário sobre boas práticas em políticas públicas municipais, encontro do Fórum Permanente Mineiro das Micro e Pequenas Empresas (Fopemimpe) e palestra com o jornalista Paulo Henrique Amorim

Acidente envolve quatro veículos e deixa duas crianças feridas Um acidente envolvendo quatro veículos deixou duas crianças feridas na tarde do último sábado (28) na Rua Professora Helena Reis, Centro de Varginha. Segundo testemunhas, uma caminhonete bateu na traseira de um Pálio e o arrastou por alguns metros pela rua. Em determinado momento a pi-

ckup capotou e foi parar em um terreno baldio ao lado. Outros dois veículos que estavam estacionados foram atingidos pelo veículo. As vítimas, duas crianças, foram socorridas por pessoas que passavam para hospitais da cidade. Segundo informações da Polícia Militar, a motorista da pickup dis-

se que um pote de ração do cachorro que ela transportava teria caído embaixo do pedal de aceleração, o que a fez perder o controle. As crianças foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) onde ficaram em observação. Elas passam bem e estão fora de risco.

Acidente aconteceu na Rua Professora Helena Reis, no centro de Varginha


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

LOCAL

06

Projeto “Cidade Criativa” ocupa a Praça Santa Cruz A Fundação Cultural de Varginha, em continuidade ao Projeto ”Cidade Criativa”, ocupou com cultura a Praça Santa Cruz no último sábado , dia 28 de setembro, apresentando o Evento “Feliz Idade”, que consiste em levar para as praças da cidade o Coral dos Aposentados de Varginha, numa programação especial de muita arte e musicalidade, com

um selecionado repertório de tradicionais obras do cancioneiro brasileiro e internacional. Para o Diretor Superintendente da Fundação Cultural, Professor Francisco Graça de Moura, “um dos objetivos do nosso Plano de Trabalho frente á Cultura da Cidade é a descentralização das ações culturais para os bairros, promovendo a inte-

A realização é do Projeto Cidade Criativa é da Fundação Cultural de Varginha.

PM realiza apreensão de cocaína no Bairro Jardim Orlândia Uma denúncia anônima auxiliou a Polícia Militar no combate ao tráfico de drogas em Varginha. Foram apreendidos 250 gramas de cocaína, na tarde de domingo (29), durante patrulhamento preventivo nas proximidades do Parque de Exposições. A PM avistou uma motocicleta Honda Falcon preta conduzida por um indivíduo conhecido por “CHI”, o qual possui diversas passagens pela polícia, entre elas por tráfico de drogas e homicídio. O suspeito fugiu ao perceber a presença policial, sendo realizado intenso rastreamento, mas o autor não foi localizado. Mais tarde, a PM recebeu uma denúncia anônima relatando que o suspeito havia

deixado um pacote em uma residência no Bairro Jardim Orlândia. Equipes policiais foram até o local e constataram que na casa reside o sobrinho de “CHI”, um menor de 15 anos, e que o autor havia deixado uma bolsa com ele. A mãe do adolescente autorizou a entrada dos policiais no local, tendo o menor entregado a bolsa espon-

taneamente. Na bolsa continha um pacote de 250 gramas de cocaína, uma capa de chuva e luvas utilizadas por motociclista, além do documento do veículo e a quantia de R$ 130,00. O menor foi apreendido e encaminhado à Delegacia, juntamente com os materiais arrecadados, onde após ser ouvido foi liberado.

o Professor Francisco. A realização é do Projeto Cidade Criativa é da Fundação Cultural de Varginha. Já o Projeto Feliz Idade tem a realização da Maestrina Joana D´Arc com apoio do Governo da Cidade de Varginha, Fundação Cultural e Comic, através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e o patrocínio da Empresa Autotrans.

gração e interação entre as dimensões cultural e ambiental no processo de desenvolvimento urbano sustentável de Varginha. E, sem dúvida, este evento tem provado isso, e vai além, pois colocamos em evidência a arte realizada com sabedoria pela Terceira Idade”, conclui entusiasmado

Seu consultório dispõe de equipamentos modernos de diagnósticos, cabine para audiometria e realização de exames por vídeo, para melhor atender os pacientes em suas consultas e exames especializados, com horário previamente agendado. - Audiometria - Impedânciometria - Videonasofibroscopia - Tratamento com vacina Intra Nasal

- Cirurgia ORL - Videotoscopia - Videolaringoscopia Adm. para professores

Estacionamento exclusivo para clientes na Rua Santa Cruz, 757 Subsolo, Centro - Varginha. Peça a secretaria!

Avenida São José, 317 - Sala 05 - (35) 3221-5366

Dr. Nelson Rodrigues do Prado Junior, médico otorrinolaringologista em Varginha esteve no 42º Congresso Brasileiro de Otorrinolaringologia e cirurgia cérvico-facial em Recife-PE nos dias 13 a 17 de novembro, atualizando e trazendo novos meios de diagnósticos e tratamentos.


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

REGIONAL

07

Projeto da Emater concorre a prêmio Assis Chateaubriand de Responsabilidade Social Um dos projetos selecionados para concorrer ao Prêmio é o Programa Plantando Saúde criado pela Emater para monitorar a saúde dos trabalhadores rurais que estão expostos aos efeitos nocivos dos agrotóxicos O Programa Plantando Saúde, criado pela Emater-MG para monitorar a saúde dos trabalhadores rurais que estão expostos aos efeitos nocivos dos agrotóxicos, é um dos projetos selecionados para concorrer ao Prêmio Assis Chateaubriand de Responsabilidade Social de 2013. O objetivo da premiação é destacar iniciativas solidárias do Sul e Sudoeste de Minas Gerais. A premiação acontece hoje terça-feira (1º) no município de Alfenas. O principal foco do programa é a qualidade de vida do trabalhador rural, a partir do controle do uso de agrotóxicos. Uma das responsáveis pelo programa, a técnica da Emater Minas Gerais Alice Soares, explica as ações. “Como desdobramento da ação do monitoramento da saúde, a proposta prevê incentivar os agricultores a adotar processos alternativos de produção”. Segundo Alice, essa mudança no processo produtivo, além de melhorar a saúde dos trabalhadores, pode garantir a oferta de produtos mais saudáveis. A ideia que originou o programa partiu de

do sangue até os tratamentos dos infectados. O diretor de extensão da Unifenas, Rogério Prado, destacou a importância do programa para a instituição. “Com o Plantando Saúde a Unifenas tem a oportunidade de colocar seus laboratórios, profissionais e alunos para atuar ativamente em um projeto de grande responsabilidade social. O programa é um aprendizado para todos da universidade.”

Trabalhador rural é examinado por profissional de saúde da Unifenas

uma parceria firmada entre a Emater Minas Gerais e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em 2008, no Programa Saúde do Trabalhador, que realizava a coleta de sangue e encaminhava os agricultores para o devido tratamento médico. “A atuação da Emater Minas Gerais, nesta época, se restringia a mobilizar a comunidade e ministrar palestras no dia da coleta, mas, percebendo a oportunidade, decidimos ir além. Foi assim que a Emater-MG estabele-

ceu a parceria com a Unifenas, Unicamp e Prefeituras Municipais, para criar o Programa Plantando Saúde”, conta Leonel Sátiro de Lima, que também é técnico da Emater-MG e um dos responsáveis pela iniciativa. As primeiras ações do programa contaram com a participação de 147 agricultores, dentre produtores de tomate de Alfenas e cafeicultores de Areado e Carmo do Rio Claro. Após a mobilização das comunidades foi realizada a coletada das amostras de sangue por profissi-

onais e alunos da Unifenas e após o processamento das análises, os trabalhadores intoxicados foram encaminhados para tratamento médico. De acordo com os responsáveis, foram detectadas alterações nos exames em mais de 20% dos trabalhadores das comunidades rurais dos municípios analisados. Os alunos e profissionais da Universidade de Alfenas têm participação efetiva em todas as etapas do controle da saúde dos trabalhadores, desde a realização das coletas

Unidades de referência Como uma das ações para incentivar a mudança da forma de manejo das lavouras, foram selecionados proprietários rurais interessados em implantar Unidades de Referência em Produção Agroecológica em suas respectivas propriedades. Nos municípios de Carmo do Rio Claro e Areado já foram selecionadas duas propriedades para a implantação dessas unidades de referência e os resultados desta ação poderão ser discutidos e observados por outros agricultores da região. Desde então, a Emater-MG vem promovendo inúmeros

eventos como dias de campo, reuniões, excursões técnicas e palestras com o objetivo de mobilizar cada vez mais produtores. “Pode-se observar que os agricultores estão abertos a mudanças e demonstram preocupação com o uso abusivo de agrotóxicos e, ao verificar os problemas decorrentes do uso destes produtos, se sensibilizam ainda mais para um sistema de produção que garanta a produtividade de sua lavoura, mas que considere também o equilíbrio ambiental e a saúde de sua família”, afirma a coordenadora da Emater Minas Geras, Alice Soares. A expectativa é que o Plantando Saúde possa ser ampliado brevemente, já que agora conta com o envolvimento e apoio não somente das Secretarias Municipais de Saúde, mas também dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST). Uma nova oficina envolvendo estes profissionais está agendada para os dias 14 e 15 de outubro e terá o apoio dos CERESTs de Passos e Poços de Caldas.


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

REGIONAL

08

Detentos fazem curso de pedreiro de alvenaria Dezesseis detentos do Presídio de Almenara, no Vale do Jequitinhonha, estão fazendo um curso de pedreiro de alvenaria, ofertado por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O curso tem carga horária de 200 horas/aula e está sendo ministrado dentro da própria unidade prisional, por instrutores fornecidos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais – campos Muzambinho. O detento Vinicius Alves Santana, de 26 anos, está fazendo o curso e promete agarrar todas as oportunidades que aparecerem enquanto cumpre pena. “Já trabalhei de ajudante de pedreiro, mas nunca tive a oportunidade de aprender as re-

As aulas estam sendo ministrado dentro unidade prisional, por instrutores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do ampos Muzambinho

gras. Está sendo importante fazer o curso para sair daqui e tomar a atitude de mudar de vida, é um passo a mais no mercado de trabalho”, falou. Para o diretor geral do presídio, Vinicios Koch Torres, a qualificação profissional dos presos é um direito e

uma condição primordial para o fortalecimento do processo de ressocialização. Os presos que estão participando do curso foram selecionados pela Comissão Técnica de Classificação (CTC) da unidade prisional. “Aqui, quando a gente tem bom comporta-

mento, tem boa oportunidade. A gente aprende que se não está apto a conviver com os colegas na cela, como estar apto a conviver em sociedade”, explica o detento Vinicius Santana, mostrando que aprendeu a lição. Conteúdo

Arborização urbana é tema de palestras e debates em Alfenas O Sul de Minas é cenário para ciclo de palestras e debates sobre arborização urbana. Será realizado pela Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig hoje 1º de outubro, a partir das 8 horas, na universidade de Alfenas - Unifenas, o III Circuito Cemig de Arborização Urbana. Ao longo do ano, a Companhia promove o evento em diversas cidades do interior do Estado com a proposta de discutir as boas práticas de arboricultura, além de aprimorar os trabalhos dos profissionais envolvidos no planejamento urbano, distribuição de energia elétrica e arborização. A programação do Circuito em Alfenas contempla várias palestras que estão relacionadas

a diversos aspectos da arborização urbana como técnicas de podas e plantio de árvores, acidentes com a população envolvendo podas, produção de mudas de qualidade para arborização urbana, ocorrência de desligamentos causados por árvores no Sul de Minas, dentre outros. Além disso, haverá demonstração prática de podas de árvores e serão oferecidos dois mini-cursos para os participantes, sendo um sobre critérios técnicos para projetos municipais de arborização urbana e o outro voltado para doenças que podem atingir as árvores nas cidades. Ao final da tarde será realizado um workshop sobre diretrizes para melhorias na arborização urbana de Alfenas.

O curso de pedreiro de alvenaria começou no dia 9 de setembro e tem duração de três meses. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, quatro horas por dia, e combinam modalidades práticas e teóricas. Por enquanto, os detentos estão no primeiro módulo, teórico, e já estudaram conteúdos relacionados à segurança no trabalho. “Estamos aprendendo sobre equipamentos de proteção individual – EPI - e também sobre tudo que temos que estar sempre observando pra evitar acidentes”, exemplifica Vinicius. Trabalhando a cidadania Essa não é a única iniciativa de profissionalização desenvolvida pelo Presídio de Almenara. No último mês

houve na unidade, por exemplo, um curso de olericultura em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Assim que finalizar o de pedreiro de alvenaria começará o de corte e costura e, em seguida, o de culinária básica. No presídio há, ainda, 21 detentos trabalhando dentro da unidade e cinco exercendo atividades externas, de manutenção e reparo de prédios públicos. Pelo trabalho eles recebem três quartos do salário mínimo e remissão de pena – a cada três dias trabalhados um a menos na sentença. As iniciativas fazem parte do programa Trabalhando a Cidadania, desenvolvido pela Superintendência de Atendimento ao Preso (Sape) da Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi).

Carro derrapa e capota na BR354 em Perdões

Veículo capotou e a motorista, teve ferimentos leves O III Circuito Cemig de Arborização Urbana

Com a presença de profissionais da Cemig, prefeituras municiais, estudantes universitários e organizações não governamentais e órgãos públicos ligados à gestão ambiental, o evento funciona ainda como uma troca de experiências, em que a Cemig apresenta e discute seus programas de manejo de vegetação e

as administrações municipais apresentam e discutem programas na área de manejo de arborização urbana. Para o engenheiro de meio ambiente Pedro Mendes, da Cemig, as árvores precisam ser cultivadas de uma maneira que envolva atenção no planejamento, na implantação e na manutenção.

No final da tarde de domingo (29), a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) foi acionada para atender uma ocorrência de capotamento na BR354. Um veículo Fiat 147, placas GOY-2571, de Lavras, dirigido por uma jovem de 20 anos, saiu da pista de rolamento e capotou. Segundo a motorista, que teve apenas ferimentos leves nos joelhos, ela trafegava no

sentido Perdões Campo Belo quando, em dado momento, perdeu o controle direcional do automóvel, ele derrapou e caiu numa valeta à margem da BR. A jovem foi encaminhada até a Santa Casa de Perdões, onde foi atendida e liberada em seguida. Além da Polícia Rodoviária Estadual, estiveram no local do acidente policiais militares de Perdões.


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

MINAS

09

Programa do Governo de Minas abre inscrições para empreendedores e startups Visando ao desenvolvimento de iniciativas inovadoras no Estado, SEED recebe cadastros de interessados de todo o mundo até o dia 17 de outubro O SEED - Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development -, programa para o desenvolvimento do ecossistema de startups e empreendedorismo no Estado, recebe inscrições de startups do Brasil e do mundo até o dia 17 de outubro. A primeira turma de empreendedores a ser acelerada pela iniciativa do Governo de Minas tem início previsto para dezembro deste ano. Estão aptos a se inscrever projetos com dois ou três participantes que tenham idade mínima de 18 anos, brasileiros ou estrangeiros,

em condições de permanecer no Brasil pelo período de participação no programa. Estes empreendedores devem

apresentar potencial para contribuir no desenvolvimento do ecossistema local de startups e estar dispostos a resi-

dir em Belo Horizonte durante esses seis meses. Como o próprio nome indica, as startups devem estar em estágio inicial, isto é, planejando ou desenvolvendo um protótipo que impressione ou uma versão lançável de seu produto ou serviço. Além disso, os participantes compartilharão seu conhecimento com a comunidade por meio de workshops, cursos e oficinas. Com estas ações, o empreendedor apoiado receberá pontos que o permitirão avançar nas fases do programa. Além de capital

semente não reembolsável de R$ 68.000,00 (para projetos com dois participantes) ou R$ 80.000,00 (para projetos com três participantes), o programa oferece mentoria sob medida com expoentes da cena de startups, formação empreendedora, espaço inspirador de coworking e conexão com uma comunidade global de empreendedores, através de parcerias firmadas pelo Governo de Minas. “Temos um ecossistema totalmente favorável para o surgimento de startups e, agora, a partir do SEED, teremos o apoio governamental

e financeiro que faltava para alavancar de vez a cultura empreendedora e tecnológica em nosso estado”, afirma André Barrence, diretor-presidente do Escritório de Prioridades Estratégicas do Governo de Minas, responsável pelo programa. O SEED será composto de duas turmas, com duração de seis meses e a participação de 40 startups por etapa. Mais informações sobre o programa podem ser obtidas no site do SEED, pelo endereço www.seed.mg.gov.br, onde também poderão ser realizadas as inscrições dos interessados.

Humanização das unidades prisionais beneficia gestantes em Minas Gerais Um parto de emergência a caminho da maternidade ou um bebê engasgado com um pedaço de fruta são situações que já podem ser atendidas pelos agentes penitenciários do Centro de Referência à Gestante Privada de Liberdade – unidade prisional que abriga as detentas grávidas e mães de recém-nascidos, em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Isto se deve a capacitação promovida pela direção geral da unidade aos 81 homens e mulheres responsáveis pela segurança do local. A iniciativa compõe o conjunto de ações desenvolvidas pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Defesa Social, com foco na humanização do sistema carce-

rário mineiro. A capacitação é ministrada pela professora universitária e enfermeira Renata Vital Pimenta, de forma voluntária, com três alunas de um curso de graduação de enfermagem. O conteúdo do curso é todo direcionado para que os agentes possam ajudar as custodiadas em situações emergenciais com bebês ou com sua gestação. Na última sexta-feira (27), um dos cursos foi finalizado e, a partir desta semana, outra turma começa capacitação. O objetivo principal do curso é salvar vidas e humanizar cada vez mais o atendimento para as detentas gestantes e os bebês, que permanecem com as mães até completarem um ano de idade na uni-

dade prisional diferenciada. Durante as aulas, a professora explica que é muito importante saber reconhecer os “sinais de perigo” em uma criança como alterações respiratórias, problemas na deglutição de alimentos, vômitos, desidratação e convulsões para evitar problemas mais complexos. Nos casos das grávidas, entender os sinais do parto iminente e estar preparado para ajudar a mãe e os bebês também é matéria do curso. “Posso ficar tranquila de que os agentes penitenciários que passaram pelo curso têm condições de atender as principais situações do Centro de Referência”, destaca a professora e enfermeira. A unidade já dis-

Pátio do Centro de Referência à Gestante Privada de Liberdade, em Vespasiano, na Região Metropolitana

põe de agentes com conhecimentos de enfermagem, formados como técnicos e auxiliares, e não faltam boas e emocionantes histórias para contar sobre estes profissionais que vão além das funções de vigilância. A diretora de segurança da unidade Maurília da Silva Gandra, reforça então a necessidade de todos estarem preparados: “On-

tem uma grávida rompeu a bolsa e os agentes responsáveis pela escolta até o hospital ficaram tensos. Falei para eles ficarem calmos e que seria uma oportunidade de colocarem em prática os conhecimentos do curso, mas deu tempo de chegar à maternidade”, conta Maurília. Agente faz parto e recebe homenagem especial

Há sete meses o agente penitenciário e técnico em enfermagem, Kleider Amaral, auxiliou uma detenta no parto dentro do Centro de Referência, pois não houve tempo de levar a gestante para o Hospital Sofia Feldman, instituição na qual normalmente são realizados os partos. A ex-detenta ficou tão sensibilizada e grata com o atendimento do agente que deu o nome para o seu filho de Kleider. A agente penitenciária, Wélia Cristina Batista, também já salvou um bebê de oito meses engasgado com um pedaço de maçã. “A mãe ficou desesperada e também todas as pessoas próximas. Eu simplesmente peguei o bebê, coloquei de bruços no meu colo e fiz uma massagem.


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

SAIBA SEUS DIREITOS

10

A caracterização do crime de descaminho na importação Primeiramente, impende esclarecer que o crime de descaminho, instado no art. 334, do Código Penal, consiste na entrada, saída ou consumo de mercadorias permitidas onde o agente ilude o fisco quanto ao pagamento dos tributos, total ou parcialmente, evitando, assim, o recolhimento dos impostos devidos. Ademais, não se pode confundir aquele tipo penal com o contrabando, quando este consiste na entrada de produto proibido no país (venda proibida por lei ou por

atos normativos em geral; que atente contra a saúde ou a moralidade). Por tal razão, o crime de descaminho se refere à entrada ao país de produtos permitidos, contudo, àqueles que ingressam sem a devida nacionalização, quando devem passar por procedimento burocrático-tributário quando de sua entrada na zona primaria. Entende-se por zona primária, a parte interna dos portos, aeroportos, recintos da alfandega e locais habili-

Dr. Gustavo Chalfun OAB/MG 81424 Av Princesa do Sul, 556 - Varginha - MG Tel: 3222-4801

gustavo@chalfun.com.br

Dr. Daniel Piva OAB/MG 81667 Delfim Moreira, 258, sala 201- CentroVarginha -MG Tel: 3222 2851

dapiva@ig.com.br

tados na fronteira terrestre para a realização de carga e descarga de mercadorias, bem como, embarque e desembarque de pessoas. Em resumidas palavras, é o ponto de passagem obrigatório por onde todas as mercadorias, pessoas e veículos devem passar quando ingressam no país, passando pelo controle aduaneiro permanente e ostensivo, momento oportuno para regularizar o pagamento dos tributos. Assim sendo, após ser ultrapassada a zona

primária sem o devido recolhimento tributário, poderá caracterizar o crime de descaminho, se a hipótese evidenciar, no caso de pessoa física, a ocorrência do tipo penal e o transporte de mercadorias acima da cota permitida. Quanto à cota, a Receita Federal alterou a lista dos produtos isentos de impostos na chegada ao Brasil e estabeleceu novos limites de quantidades de produtos importados. Vale lembrar, que todo o viajante tem uma cota limite de gastos para não

Drª. Patrícia Bregalda Lima OAB/MG 65099 Av Salum Assad. David, 70 - Santa Luiza Tel: ( 35) 3214-5051

patriciabregalda@varginha.com.br

precisar pagar impostos, equivalente a US$ 500 (por via aérea) ou US$ 300 (por via terrestre, marítima ou fluvial). Já, no caso de pessoa jurídica, incide na tipificação penal, quando vender, expor à venda ou manter em depósito, mercadoria estrangeira que introduziu clandestinamente no país ou que importou fraudulentamente ou de forma clandestina – sem o recolhimento dos tributos; ou quando adquire, recebe, oculta ou transporta, em proveito próprio ou alheiro, mercadoria de procedência estrangeira desacompanhada de documentação legal ou que sabe serem falsos. E, volvendo-se ao verbo “iludir”, núcleo central do tipo penal do descaminho, a questão remonta justamente quanto ao meio fraudulento, ardil, malicioso, empregado pelo agente a fim de obstar o recolhimento do tributo devido pela entrada ou saída das mercadorias. Entrementes, há doutrina, por exemplo, Bitencourt, que dispõe que a simples entrada de mercadoria estrangeira no país, sem o recolhimento dos tributos já enseja o crime de descaminho, não necessitando realizar a conduta do verbo “iludir”. Neste ponto, discordamos com a devida vênia do autor, posto que, para a aplicação da lei penal, só é admitido se à conduta estiver inserida, expressamente, dentro do tipo penal. Portanto, o agente deve praticar a literalidade do verbo “iludir”, sob pena

Dr. Gustavo Pinto Biscaro

Extraído do site: DireitoNet Artigos

Dr. Vicente Lima Lorêdo OAB/ MG 84.176 20ª Sb-Seção Rua Maria Benedita, 63 -sala 106- Vila Pinto 3223-5362/Cel :9988-3485

OAB/MG 106.276 R Argentina, 169 - Vila Pinto Tel: (35) 3222-1049

gustavopbiscaro@gmail.com

de ferir a disposição constitucional (cláusula pétrea) que determina que “ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei”. É salutar, por exemplo, se houver omissão na declaração sobre a quantidade de produto, sem meios fraudulentos a iludir o recolhimento do tributo, não está a incorrer o crime de descaminho – com a pena de perdimento de bens, por ausência nuclear do verbo “iludir”, mas, a ocorrência de uma infração tributária, devendo, por essa razão, analisar a existência de dolo na conduta praticada. No Código Penal Brasileiro tal crime está elencado dentre aqueles praticados por particulares contra a administração pública, por caracterizar crime de sonegação fiscal, causando prejuízos ao erário público e atingindo, sobretudo, a economia, segurança, soberania do país; e, na seara civil, também causa prejuízos ao direito da livre concorrência – haja vista que, nesse campo, aquele que realiza tal crime, possui o condão de flexibilizar o preço final de seu produto, prejudicando o seu concorrente, posto que, o preço de custo torna-se abaixo daquele - que recolhe todos os tributos para nacionalizar o seu produto, tais como, imposto de importação, imposto sobre produtos industrializados, PIS/PASEP, Cofins e ICMS.

vicentelloredo@yahoo.com.br

Mande sua pergunta para: gazetadireitos@yahoo.com.br


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

SAÚDE

11

Número de doadores de órgãos dobrou nos 07 últimos dez anos, diz Ministério da Saúde Dia (27) é celebrado o Dia Nacional da Doação de Órgãos e os dados do Ministério da Saúde mostram que aumentou a disposição dos brasileiros em doar. A negativa para doação caiu de 80%, em 2003, para 45%, em 2012. Nos últimos dez anos, o número de doadores dobrou, passando de 6,5 por milhão de pessoas para 13,5 por milhão de pessoas em 2013. A meta é chegar a 15 doadores por milhão até 2014. Os dados revelam também queda de 40% na quantidade de pessoas na fila de espera por transplantes nos últimos anos. Em 2008 havia 64.774 pessoas na fila, em 2013, são 38.759. O ministério avalia

que campanhas de incentivo à população e os incentivos financeiros do governo em ampliar a rede habilitada para realizar transplantes contribuíram para o avanço. O número de doadores ainda é baixo entre os mais jovens e os idosos, de acordo com a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO). Os doadores com menos de 18 anos de idade são 8% e os que tem acima de 65 anos são 7%. O servidor público Haroldo Rodrigues da Costa, do Distrito Federal, enfrentou o desafio de passar por um transplante de rim em 1997. Ele conta que o novo órgão o devolveu à vida.

“Levava uma vida saudável, praticava esportes, e fui surpreendido com uma insuficiência renal. Meus sonhos foram substituídos por horas semanais de hemodiálise. Em 1997, recebi da minha irmã o maior presente que alguém poderia receber, mais que um rim, recebi minha vida”, relatou. Após o transplante, Haroldo Rodrigues retomou a rotina de trabalho, teve três filhos e resolveu usar o esporte para divulgar a importância de doar órgãos. Ele já conquistou medalhas na Olimpíada Internacional dos Transplantados disputando no tênis e leva mensagem de incentivo à doação na camiseta. “Mostro para as pesso-

Nos últimos dez anos, o número de doadores dobrou, passando de 6,5 por milhão de pessoas para 13,5 por milhão de pessoas em 2013

as que estão a espera de um novo órgão que é possível vencer”, diz. Atualmente, quatro estados (São Paulo,

Pernambuco, Paraná e Rio Grande do Sul) e o Distrito Federal acabaram com a fila de espera para o transplante de

córnea. Esse procedimento responde por 60% dos transplantes realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Câncer de próstata pode ter 90% de chance de cura Homens costumam se preocupar muito menos com a saúde do que as mulheres. Muitos deles deixam de ir ao médico por vários motivos, inclusive medo, e em 70% dos casos são arrastados por insistência delas. No entanto, essa demora para procurar ajuda pode trazer riscos para a saúde, especialmente de problemas como câncer de próstata. De acordo com os médicos, esse é o tipo de câncer mais comum entre os homens e pode ser diagnosticado através de um exame de sangue, chamado PSA, combinado ao exame de toque retal. Segundo o urologista Miguel Srougi, se diagnosticado no início, as chances de cura são de 80% a 90%; se detectado em estágio avançado, essas chances diminuem para 10% a 20%. A maioria dos casos

Se detectado no inicio cancer de próstata pode ter 90% de chance de cura

são de câncer dentro da próstata, o que facilita muito as chances de recuperação; porém, em 30%, onde a doença já se instalou nos nervos ou ossos, por exemplo, essas chances reduzem drasticamente. Por isso, é muito importante que os homens façam o rastreamento da doença a partir dos 40 anos de idade, se houver casos na família, ou a partir

dos 45 anos, se não houver, como alertou o urologista Luciano Nesrallah. Se o paciente descobre o câncer, ele pode tratar com radioterapia ou retirar totalmente a próstata com uma cirurgia. Porém, muitos têm medo da impotência sexual ou incontinência urinária depois da operação – de fato, as duas coisas podem aconte-

cer, mas dependem de muitos fatores. Se a cirurgia for feita do jeito certo, as chances de incontinência são de 3% a 5%; já a impotência vai depender da idade do paciente e da experiência do cirurgião. Hipertensos, fumantes ou diabéticos podem também ter mais chances de disfunção erétil após a retirada da próstata.

Depois da cirurgia, pode acontecer também do nervo responsável pela ereção ficar por um tempo adormecido, mas na maioria dos casos, ele logo volta a se recuperar. Porém, se os nervos forem totalmente afetados, o homem pode ficar impotente e precisar de medicamentos. Esse é um dos usos indicados para o uso de remédios para disfunção erétil, mas muitos ainda costumam utilizá-los sem necessidade. A repórter Renata Ribeiro mostrou depoimentos de jovens que confessaram ter se medicado apenas para experimentar a sensação. Segundo o presidente do Conselho Regional de Farmácia de São Paulo, Pedro Eduardo Menegasso, o uso desses remédios pode causar dependência psicológica ao ponto do paciente não conseguir mais ter relação sexual sem ele.

De acordo com o especialista, o medicamento é um vasodilatador e, assim como todos os outros, tem efeitos adversos, como vermelhidão no rosto, dor de cabeça e congestão nasal, por exemplo.Na teoria, ele só é vendido com prescrição e receita médica, mas na prática, não é bem assim e o acesso pode até ser simples. Porém, o uso indiscriminado traz riscos e não é recomendado, como alertaram os urologistas. Além disso, não é recomendado combinar remédios para disfunção erétil com outros remédios vasodilatadores, que podem causar queda de pressão, levando a desmaios e até parada cardíaca. Medicamentos fitoterápicos para disfunção erétil também não têm comprovação científica de que funcionam e, para muitos, podem ter o efeito contrário.


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

12

EVANGÉLICA

Oração evita tragédia durante tentativa de assalto a lanchonete Na última semana um suposto assaltante entrou em uma loja do McDonalds em Fort Worth, nos Estados Unidos, e tentou disparar uma arma contra os clientes e funcionários do local. Câmeras de segurança mostraram que ele puxa o gatilho por pelo menos cinco vezes, mas a arma não disparou. Ao sair da lanchonete ele tentou disparar novamente, e a arma funcionou normalmente, mas ninguém ficou ferido. Voltando para dentro da loja ele tentou disparar novamente, e a arma travou de novo, voltando a funcionar quando ele caminhou para fora do restaurante novamente. O suspeito, identificado como Jestin Anthony Joseph, foi preso instante depois por um grupo de policiais, que ficaram perple-

xos com o acontecido. A mãe de Jestin afirma que a arma travou porque ela estava orando pelo filho, que ela acredita sofrer de um transtorno mental. - Na noite passada, eu disse a Deus para cuidar do Jestin, e é isso que eu acredito

que aconteceu – contou a mãe do rapaz, que não quis se identificar. - A única coisa que posso dizer é que aquele não era meu filho. Ele não estava em seu juízo perfeito – completou. De acordo com a polícia, havia cerca de 15 pes-

soas no local no momento do incidente. O suspeito fugiu e foi preso pouco tempo depois. O sargento Joe Loughman disse que não consegue explicar o porquê de a arma não ter disparado dentro do restaurante. - Eu nun-

ca vi nada como isso antes. Parece que ele está puxando o gatilho, mas a arma não dispara – afirmou o sargento, sobre o vídeo gravado pelas câmeras de segurança do estabelecimento. De acordo com o WND Faith, testemunhas rela-

tam que o rapaz estava murmurando algo na hora que tentou efetuar os disparos. À polícia, Jestin afirmou que estava ouvindo vozes dentro de sua cabeça no momento do incidente. Mesmo sem uma explicação para o aparente milagre, o desfecho do caso causou um sentimento de gratidão nos envolvidos, que agradeceram pelo fato de o incidente não ter terminado em tragédia. Somos extremamente gratos que ninguém ficou ferido durante a situação que ocorreu em nossa propriedade terça-feira. A segurança de nossos clientes e funcionários é extremamente importante, e estamos cooperando plenamente com o Departamento de Polícia de Fort Worth em sua investigação em curso. – declarou o McDonalds dos EUA, em um comunicado.

Carioca que teve crânio perfurado por vergalhão conta como sobreviveu sem seqüelas O operário Eduardo Leite, 24 anos, que teve o crânio perfurado por um vergalhão em uma obra no Rio de Janeiro conta como sobreviveu sem seqüelas ao incidente, e revela como está sendo sua vida após sobreviver a algo tão grave. Após sua esposa afirmar que ele recebeu uma nova chance de Deus para sua vida, foi a vez de Eduardo atribuir a Deus por sair ileso após ter a cabeça perfurada por um vergalhão dois metros de

comprimento que caiu do quinto andar do prédio onde trabalhava no Rio de Janeiro. - Nada acontece por acaso. É sempre um querer que Deus tem para cada um – resumiu Eduardo, que contou também como foi o momento do acidente, e como está sendo sua vida um ano após deixar o hospital. Eu estava de capacete e só senti aquela pancada na cabeça. Abri o olho e vi a ponta do vergalhão, sangrando. Foi aquela correria. Eu não senti

doer não, mas foi forte. Eu percebi a reação das pessoas quando cheguei no hospital. Muito alvoroço – conta o rapaz, que che-

gou consciente e conversando ao hospital. Até mesmo os médicos do hospital de referência de atendimentos de pacien-

Porque, onde estiver o vosso tesouro, ali estará também o vosso coração. Lucas 12:34

tes com trauma e vítimas de acidentes graves no Rio de Janeiro ficaram impressionados com o caso de Eduardo. - Foi um desespero total, uma gritaria. ‘Doutor Ivan, chega aqui na emergência que chegou um homem com um ferro na cabeça’. Sempre assusta, né? – revelou o médico Ivan Santana, sobre o momento em que Eduardo deu entrada no Pronto Socorro. Ele correu o risco de ter uma paralisia em algum grau no lado esquerdo do

corpo, perder o olho direito e até morrer. Acho que foi Deus, porque o objeto passou perto de todas as estruturas que poderiam levar a essas conseqüências e não pegou nada – completou o médico. O rapaz conta que o único problema médico que teve em decorrência do acidente foi uma convulsão. Porém, ele explica que já está tomando remédio para evitar novas crises, e que sua vida segue praticamente normal.


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

BRASIL

13

Exposição reúne museus de ciência para comemorar 30 anos da divulgação científica Uma exposição reuniu diferentes museus de ciência do Rio de Janeiro no encerramento do 2º Encontro Internacional de Divulgadores da Ciência, que comemorou os 30 anos da divulgação científica no Brasil. A mostra recebeu hoje (28) cerca de 400 visitantes no Museu Espaço Ciência Viva, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, para onde a Casa da Ciência, o Museu Nacional, o Museu da Vida, o Museu Itinerante de Neurociências e o Museu da Astronomia levaram atrações educativas. O presidente e voluntário do museu anfitrião, Robson Coutinho, que também é pro-

fessor do Instituto de Biofísica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), destacou o objetivo da união das diferentes áreas da ciência: "A vida não é separada, segmentada, então a gente tenta construir um ambiente onde se discute o sistema nervoso, no contexto fisiológico, como a física está por trás da percepção da luz, o modo como o movimento circular tem a ver com o equilíbrio que você tem e aí vão se integrando as áreas do saber." A divulgação lúdica, para ele, é a melhor forma de inserir interesse científico no público, especialmente nas crianças.

"Experimentos participativos e interativos permitem que o sujeito construa a sua pergunta e encontre sua resposta. Não só permite a interação, mas empodera esse indivíduo de interesse e segurança para descobertas. Os experimentos presentes têm esse gancho de desafiar o visitante a pensar sobre o assunto. O papel do mediador é instigar essa descoberta.” A professora primária Vanessa Vieira levou a filha Iara, de 5 anos, para conhecer o museu e ficou impressionada com o interesse da menina, que corria de uma atração para a outra enquanto ela ob-

servava a curiosidade da pequena. "Ela está gostando muito. Na parte da astronomia, ela perguntou ao monitor por que plutão deixou de ser planeta e ele ficou bobo. Acho muito importante essa convivência para a formação dela. O pior é quando ela pergunta uma coisa

que eu não sei responder", brinca. Bolsista do projeto, em que antes já havia trabalhado como voluntária, Lucymar Toninho, de 44 anos, era guia das crianças na simulação de uma artéria, em que era ensinada a função de cada uma das partículas do

sangue. A estudante de biologia conta que é recompensador ver o interesse. "Eu adoro. É um sábado de diversão que tenho todo mês neste museu com os visitantes". Diretor da Associação Brasileira de Centros e Museus de Ciência, Ribamar Ferreira explica que a função da divulgação científica é a de despertar interesse pela ciência, complementando o ensino formal nas escolas. “Esse projeto conjunto permite que novos projetos comuns surjam. Momentos como esse e como a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia unem os cientistas e, a partir daí, criam-se ideias".

Consultoria simulada levou R$ 52 milhões de cartel Empresas acusadas de fraude em licitações de trens no Estado de São Paulo pagaram R$ 52 milhões a firmas de consultoria investigadas pela Polícia Federal sob a suspeita de repassar propina a políticos e funcionários públicos desde o fim da década de 1990. Algumas dessas consultorias foram identificadas pela primeira vez em inquérito aberto pela PF em 2008 para investigar negócios da multinacional francesa Alstom com empresas do setor elétrico e de transporte, controladas pelo governo estadual. Neste ano, a PF ampliou o foco das investigações para empresas denunciadas pela alemã Siemens ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) como participantes de um cartel que combinou o resultado de várias concorrên-

cias do Metrô e da CPTM entre 1998 e 2008. De acordo com a PF, que examinou a movimentação financeira de quatro consultorias sob suspeita, elas receberam repasses da Alstom e de duas outras empresas acusadas de participar do cartel, a canadense Bombardier e a brasileira Tejofran. PROPINA A polícia trabalha com a hipótese de que essas consultorias simulavam a prestação de serviços e eram usadas para distribuir propina a políticos e funcionários ligados ao PSDB, que governa o Estado de São Paulo desde 1995. A Siemens também é alvo de investigações da polícia. Em 2008, um executivo da empresa apresentou anonimamente uma denúncia à direção da companhia na Alema-

A PF entregou relatório sobre os negócios da Alstom em São Paulo em agosto de 2012

nha e afirmou que ela também usou consultorias brasileiras para repassar propina a políticos e funcionários. Segundo a PF, a Alstom pagou R$ 45,7 milhões à consultoria MCA, do empresário Romeu Pinto Jr. na época dos repasses. O dinheiro foi depositado em contas controladas por ele no Brasil e na Suíça. Em depoimentos à PF e ao Ministério Público, em 2009 e 2012, o consultor disse que não prestou os serviços indica-

dos nos recibos entregues à Alstom e que foi usado para distribuir propina. Pinto Júnior afirmou que entregava o dinheiro a motoboys de doleiros e não sabe a quem ele foi repassado depois. De acordo com os relatórios da PF sobre a movimentação financeira dessas empresas, a Alstom também transferiu R$ 4,8 milhões à ENV, pertencente ao consultor Geraldo Villas Boas, e à Acqua-Lux, controlada por Sabino Indelicato, li-

gado a Robson Marinho, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Marinho foi chefe da Casa Civil no governo de Mário Covas, entre 1995 e 1997, e é investigado em outro inquérito por ter foro privilegiado. A atual diretoria da Alstom diz desconhecer as investigações da PF. Em depoimento à polícia, Villas Boas e Indelicato negaram que o dinheiro fosse destinado a políticos. A Bombardier e a Tejofran pagaram R$ 1,5 milhão entre 2005 e 2009 à consultoria BJG, controlada pelo ex-secretário estadual de Transportes Metropolitanos José Fagali Neto, que começou a ser investigado pela PF em 2008, quando foram descobertos depósitos da Alstom em seu nome na Suíça. A Justiça da Suíça bloqueou US$ 6,5 milhões depositados no exterior após

encontrar o nome de Fagali Neto em papéis da Alstom que faziam referência ao pagamento de propina no Brasil. A Bombardier diz que contratou a BJG para assessorá-la em concorrências, fazendo pagamentos “absolutamente lícitos”. A Tejofran diz que os valores pagos são compatíveis com as consultorias. Como a Folha revelou no último dia 23, Fagali Neto recebia informações sobre planos do governo estadual de um alto funcionário da Secretaria de Transportes Metropolitanos, Pedro Benvenuto, que pediu demissão após a revelação. O delegado Milton Fornazari, responsável pelas investigações da PF, indiciou Fagali Neto e os outros três consultores por suspeita de corrupção ativa. Fagali Neto diz que pode provar que suas consultorias existiram.


GAZETA DE VARGINHA,01/10/2013

14

INTERNACIONAL

Ataque contra faculdade na Nigéria mata dezenas de estudantes 07

Ao menos 40 estudantes foram mortos no ultimo domingo (29) por membros do grupo islamita Boko Haram em um ataque contra o dormitório de uma faculdade do noroeste da Nigéria. O ataque, o último de uma longa lista dos últimos quatro anos, aconteceu na Faculdade de Agricultura de Gubja (30 km de Damataru, capital do Estado de Yobe). "Recebemos 40 corpos que foram levados para o necrotério após o ataque", declarou um funcionário do hospital de Damaturu, que não quis se identi-

ficar. Segundo o portavoz militar do Estado de Yobe, Lazarus Eli, "terroristas do Boko Haram" entraram na faculdade e "dispararam contra os estudantes" que dormiam. Forças de segurança foram enviadas para o local. Yobe tem sido palco de violentos ataques nos últimos meses contra instituições de ensino que não seguem os preceitos do Islã, todos atribuídos ao Boko Haram. O pior ataque aconteceu em julho na cidade de Mamudo, onde islamitas lançaram explosivos e dispa-

raram contra os estudantes, matando 41 pessoas. O Boko Haram — cujo nome significa "a educação ocidental é um pecado" — reivindicou nos últimos quatro anos uma série de ataques contra escolas e universidades. Yobe é um dos três estados dos noroeste da Nigéria onde o Exército realiza uma ofensiva desde meados de maio contra o grupo de insurgentes. O Boko Haram reivindica a criação de um Estado islâmicos no norte da Nigéria, majoritariamente muçulmano, ao contrá-

Ao menos 40 estudantes foram mortos no ataque

rio do sul, majoritariamente cristão. Os araques do grupo extre-

mista e a repressão das forças de segurança deixaram ao menos

3.600 mortos desde 2009, segundo a ONG Human Rights Watch.

Atentado em mercado no Paquistão mata 33 pessoas

Ao menos 33 pessoas morreram no ultimo domingo (29) em um ataque a bomba em um mercado em Peshawar, de acordo com os últimos dados oficiais. Este foi o terceiro ataque em sete dias nesta cidade no noroeste do Paquistão.A explosão ocorreu no movimentado mercado de Kissa Khwani de Peshawar, porta de entrada para as regiões tribais onde atuam grupos talebans e da Al-Qaeda. "A explosão

matou pelo menos 33 pessoas e feriu mais de 80", indicou à reportagem um funcionário do governo, Sahebzada Muhammad Anis. Segundo Anis, o ataque foi realizado com um carro-bomba, mas os investigadores só poderão confirmar "a natureza exata quando os responsáveis por desativar bombas reunirem as provas necessárias". Um funcionário do hospital Lady Reading,

de Peshawar, Jameel Shah, confirmou o número de vítimas. No domingo passado (22), um ataque duplo contra uma igreja matou 82 pessoas e desencadeou uma onda de protestos por parte da comunidade cristã no país, que pede mais proteção para as minorias religiosas. Na última sexta-feira (27), uma bomba colocada em um ônibus que transportava funcionários do governo matou 18 pessoas.


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

BELEZA

15

Dez tratamentos deixam o cabelo mais bonito Para ter o cabelo dos sonhos, muitas mulheres investem em coloração e alisamento em busca do seu ideal de beleza. O fato de recorrer a esses processos, no entanto, acaba deixando o cabelo sem vida e ressecado. Mas é possível fazer uma transformação e, ainda assim, ter os fios bonitos e cheios de vida? Especialistas garantem que sim. Confira 10 dicas de tratamentos para devolver a saúde e deixar seus fios um arraso. Poder do ceramidas - Especialistas garantem que uma só substância é capaz de trazer inúmeros benefícios ao cabelo: a ceramida. Conforme o cabelereiro Thomas Taw, dono da boutique-salão BobSoho Salon, em Londres, na Inglaterra, a ceramida é conhecida por aumentar a resistência da fibra capilar, reforçar o brilho e melhorar a suavidade do fio. O poder azul ��� Muitos cuidados são necessários para manter a cor e o brilho do cabelo loiro. Segundo a hairstylist Viviane Siqueira,

do Pierre Louis Coiffeur, no Rio de Janeiro, os fios claros desbotam e amarelam com maior facilidade. Para evitar o problema, ela indica o uso que tem como base um matizador, que possui um pigmento de cor azul, para neutralizar a cor no cabelo. “Ele devolve a camada lipídica que o cabelo perde descolorindo”, explica Viviane. Detox - O detox capilar com agentes naturais possui ação bactericida e fungicida sobre o couro cabeludo, devido à combinação de argila e o uso dos óleos vegetais e essenciais, que vão esfoliar, limpar profundamente e remover os resíduos dos cosméticos. Para os cabelos, a argila é rica em oligoelementos e sais minerais (zinco, cálcio, potássio, ferro, magnésio, sílica e sódio), que promovem a eliminação das células mortas e impurezas. Excesso de água não faz bem Quando o couro capilar é lavado em excesso, ou seja, todos os dias, o ressecamento da cabe-

Recontrução com queratina: uma solução para manter os fios saudáveis e bonitos é recorrer a esse tratamento

leira é inevitável. Por isso, a diretora da Sociedade Brasileira para Estudos do Cabelo do Rio de Janeiro, a médica Joana d’Arc Diniz, aconselha lavar o cabelo em dias alternados. Velaterapia - Utilizada para remover as pontas secas e duplas, a velaterapia é um processo de cauterização surgido há mais de 50 anos. Em geral, a técnica é indicada para todos os tipos de cabelos e a manutenção pode ser feita a cada três meses, nos casos em que os fios pareçam mais agredidos. Tratamento no-

turno - Com eficácia garantida para quem tem cabelo ressecado, tintura, relaxamento, alisamento e escova definitiva, o dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, Marcelo Bellini, esclarece que produtos para tratamento noturno devolvem vitalidade ao couro. Além disso, seu resultado está diretamente associado ao brilho e à hidratação, bem como à recuperação das pontas duplas. Escova vegan É indicada para mulheres que sofrem com o fri-

zz e o volume. A escova vegan promete deixar o cabelo alinhado no período de até dois a três meses. O tratamento contém ativos vegetais capazes de eliminar as causas da irritação no couro cabeludo. O procedimento não deixa a raiz oleosa na comparação com outros métodos de alisamento. Hidratação de orquídea - Indicado para cabelos quimicamente tratados ou naturais, a hidratação de orquídea tem durabilidade equivalente a 20 lavagens do couro cabeludo. O expert Marco Antonio de Biaggi, do salão MG Hair Design, em São Paulo, explica que o principal diferencial do tratamento na comparação com outros procedimentos é que não deixa a raiz oleosa. “Seu efeito é maciez e brilho”, garante o expert. Recontrução com queratina - Uma solução para manter os fios saudáveis e bonitos é recorrer a reconstrução capilar à base de queratina. A terapeuta capilar Ana Paula Nesi,

do Zerran Coiffeur, no Rio de Janeiro, recomenda esse tratamento que repõe a proteína. “Além da queratina, há ativos vegetais, aminoácidos, ginkgo biloba, camomila, citrus, lavanda e ainda as vitaminas E e A”, detalha. Ana Paula destaca outros benefícios. Segundo ela, a aplicação fortalece e hidrata as fibras capilares danificadas, repara a estrutura do fio de dentro para fora e devolve o brilho intenso. Progressiva sem formol - Uma nova fórmula para o liso perfeito virou o queridinho das mulheres: a escova progressiva orgânica. Ela, além de alisar, hidrata o fio e dá brilho ao cabelo. De acordo com o hairstylist Ramon Polleto, da Evolution Hair, no Rio Grande do Sul, o segredo dessa progressiva, que não contém formol, está na sua composição. “Ela é feita com hidróxido de cálcio com proteínas animais, vegetais e ormadry, ativo biológico à base de algas de efeito calmante e cicatrizante”, detalha.

Salma Hayek lista produtos que salvam sua pele em viagens Figurinha carimbada nas telonas há 20 anos, Salma Hayek sempre precisou viajar muito para gravar e promover os filmes em que participa, além de encarar os aeroportos durante os passeios de férias. Ao arrumar as malas, a mexicana sempre faz questão de deixar um espaço para carregar alguns cosméticos considerados essenciais para conservar a pele renovada. Chamada para filmar o longa-metragem “Everly” na Sérvia, no início do mês, a atriz de 47 anos revelou ao site norte-americano Bella Sugar quais produtos de beleza não podem faltar em seu nécessaire para recompor o visual.

“Quando você viaja, precisa hidratar mais a pele”, afirma. Por isso, conheça, abaixo, a listinha básica de Salma Hayek. Kusmi Tea Detox Mistura de mate, chá verde e capim-limão, o chá promete desintoxicar e hidratar a pele de dentro para fora. A combinação das propriedades das ervas também renova as energias do corpo para aguentar uma rotina pesada e passar longe do cansaço. Óleos de aromaterapia Esses óleos são aliados da beleza há muito tempo. Ao entrarem em contato com a pele, estimulam a regeneração celular e devol-

vem o viço natural. Eles também têm ação antienvelhecimento, graças à capacidade de minimizar a flacidez muscular e equilibrar a tonalidade da pele. “Todo mundo precisa de um pouco de mimo, especialmente na estrada”, diz Salma. Chá de camomila Para acabar de vez com o cansaço e o inchaço da área dos olhos, Salma usa compressas de chá de camomila. Segredinho dos tempos da vovó, ele tem efeito calmante sobre a pele e quando está gelado causa contração nos vasos sanguíneos, diminuindo o aparecimento das olheiras e o aspecto de fadiga. Nuance My Se-

Ao arrumar as malas para viajar, Salma Hayek faz questão de deixar um espaço para levar cinco cosméticos

cret Super Brightening Hand Cream As mais vaidosas dizem que a mão é capaz de entregar a verdadeira idade de uma mulher. Sem fugir à regra, a atriz faz questão de ter por perto este creme específico, feito com manteiga de karité,

mel e prímula. A fórmula livre do conservante parabeno promete hidratar a pele seca, iluminar e reduzir o aparecimento de manchas senis. “Este é um dos meus produtos favoritos, porque ele realmente funciona. Mantém minhas mãos brilhantes, lisas e

firmes”, conta a famosa que assina a linha de cosméticos Nuance. Nuance AntiAging Smooth & Firm Night Elixir A fórmula do sérum conta com ativo marinho, extrato de ginseng e vitaminas A, C e E. Reunidas, essas substâncias provocam uma super-hidratação na pele, que a deixa suave e com aparência renovada. Além disso, ele forma uma camada de proteção antioxidante que dá brilhante e auxilia na redução de linhas finas e até mesmo na textura do rosto. “Viajar muito resseca a pele, mas este produto é incrível para hidratála e condicioná-la”, afirma.


GAZETA DE VARGINHA, 01/10/2013

16

ESPORTE

Ainda lanterna, ABC vence o Boa de virada Na base da pressão e da raça, o ABC venceu o Boa, por 3 a 1, de virada, no sábado à noite, no Estádio Frasqueirão, em Natal, no fechamento da 25.ª rodada da Série B. Apesar da nova vitória, o time potiguar ainda é o lanterna com 23 pontos. Os mineiros continuam em posição intermediária, em 11.º lugar, com 35 pontos. Na rodada passada, em casa, o ABC tinha derrubado a Chapecoense. E agora promete brigar para fugir da zona de rebaixamento. Em oito jogos em Natal, o ABC venceu cinco, empatou dois e perdeu um. Mas a diretoria do ABC tem usado artifícios extra-campo contra

ABC venceu o Boa, por 3 a 1, de virada no Estádio rasqueirão em Natal

seus adversários. O Boa não pode ocupar o vestiário principal, tendo que se trocar num espaço reduzido. Depois também foi proibido de fazer o aquecimento no gramado.

“Isso é coisa do passado. Não existe”, protestou o técnico Nedo Xavier, do time de Varginha (MG), que não quis revelar a escalação em retaliação. Por isso mesmo, o

jogo começou eletrizante e o Boa abriu o placar logo no primeiro minuto. Luiz Paulo roubou a bola e lançou para Betinho que saiu em disparada e bateu rasteiro.

A torcida aplaudiu, dando ânimo ao ABC que buscou o empate. Ele saiu aos 34 minutos, após levantamento na área que a defesa não aliviou. Rodrigo Silva chutou e a bola desviou no corpo do zagueiro Lino antes de entrar. O gol foi anotado para Lino. O ABC voltou com duas mudanças do intervalo. Entraram Pingo e Bileu, respectivamente, nos lugares de Edson e Alvinho. O técnico Roberto Fernandes acertou na mosca. O ABC imprimiu uma forte pressão, criou muitas chances e marcou os gols da virada. O primeiro aos 10 minutos. Após levantamento na área, a defesa não aliviou e a bola sobrou

para a virada de perna esquerda de Lino. Em lance parecido saiu o terceiro gol aos 20 minutos. Júnior Timbó cobrou escanteio com efeito, a defesa não aliviou e a bola tocou na coxa de Rodrigo Silva e entrou. O time da casa ainda perdeu a chance de ampliar aos 34 minutos, quando Rodrigo Silva cobrou pênalti, cantando o lado, e permitindo a defesa do goleiro Jonatas, que teve uma grande atuação. Na terça-feira acontece a 26.ª rodada, quando o ABC vai até Goiânia para enfrentar o Atlético-GO, às 19h30, no Estádio Serra Dourada. O Boa, a partir das 21h50, vai receber o Figueirense, em Varginha.

18º Umuarama Open de tênis no próximo final de semana em Três Corações definirá participantes do Masters 2013 Dando prosseguimento ao campeonato Sul Mineiro de tênis de 2013, a Sandy Eventos promoverá no próximo final de semana (05 e 06 de outubro) nas quadras do clube Umuarama em Três Corações, o 18º Umuarama open de tênis. O Umuarama open de tênis em Três Corações é um dos mais tradicionais torneio de tênis da região, e sempre conta com um grande número de tenistas participantes. As inscrições para o 18º Umuarama

principiante feminino (idade livre). Com a realização do 18º Umuarama open, serão definidos os doze tenistas classificados de cada categoria, que participarão do Masters/2013

Quadras do Umuarama em Três Corações

open de tênis podem ser feitas até 5ª feira, pelo telefone 9988-1970 ou pelo contato do email sandyeventos@bol.com.br.

A competição corresponderá à 12ª e última etapa do campeonato Sul Mineiro, e será disputada separada-

mente nas categorias, pré-mirim, mirim, infantil, adulto a e b, veterano a e b, principiante infantil principiante adulto e

(etapa final) nos dias 19 e 20 de outubro em Varginha. Será considerado campeão Sul Mineiro em cada categoria, os tenistas que somarem o maior numero de pontos.


Gazeta de Varginha - 01/10/2013