Page 1

Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

1

www.gazetadalagoinha.com.br

O Jornal do Complexo da Lagoinha!

A comunidade da Lagoinha e adjacências quer saber:

ANO V ­ EDIÇÃO 65 ­ JORNAL DE APOIO ÀS INICIATIVAS COMUNITÁRIAS ­ BELO HORIZONTE, 31 DE JULHO A 5 DE AGOSTO DE 2012 ­ Distribuição Gratuita

Quais planos estes candidatos têm para a região? ição! d e a m i x ró Leia na p

Governador promete enfrentar problema do crack no estado e na Lagoinha Confira na pág.17

Bota­fora pra todo lado! Ninguém aguenta mais Confira na pág.8

Milton Kabutê solta o verbo! Cuidado com a ratoeira do pastor Confira na pág.13

Cosméticos, Bijouterias, Presentes e Brinquedos.

É da Lagoinha o maior pé de couve de BH! Confira na pág.10

Eca! BH tem a 3ª pior água do País! Confira na pág.9


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

EDITORIAL

E agora? Quem poderá nos ajudar?

PROCURA­SE

Meu cachorro de estimação desapareceu na Rua Machado de Assis no bairro Lagoinha no final de abril. Estou sofrendo muito e procuro por ele todos os di­ as. Muitas pessoas me disseram ter visto, mas não sabem pra onde ele foi. Ele é de porte médio, atende pelo nome de VALÉRIO, cor predominantemente branca, com algumas pintas pretas nas costas, próximo às patinhas traseiras. É peludo, com ra­ bo todo branco tipo espanador. Suas orelhas são pequenas de cor preta e branca. Se trata de um animal totalmente indefeso e tem deficiência auditiva. Sua ausência me traz muita tristeza e até diversos problemas de saúde. Venho através do jornal fazer este apelo. Por favor, quem souber o paradeiro do VALÉRIO, me comunique imediatamente, estou pronta para gratificá­lo. AJUDE­ME A ENCONTRAR O MEU CÃO Maria de Lourdes ­ (31) 3423­1013 e (31) 9506­8737 valeriodevolta@bol.com.br

2

TELEFONES ÚTEIS AA Alcóolicos Anônimos ­ (31) 3224­ 7744

Aeroporto Carlos Prates ­ (31) 3462­ 6455

Aeroporto Confins ­ (31) 3689­2344

Aeroporto Pampulha ­ (31) 3490­2000 AGIT­Agência de Empregos ­ 0800­ 319­020

Auxílio à Lista ­ 102 Bombeiros ­ 193

CEASA 0800­315­859

CliDEC (31)3236­2100

CEMIG ­ 0800 310 196

COPASA ­ 195 Correios ­ 159

Corpo de Bombeiros ­ 193

CW­ Centro dc Valorização da Vida ­ (31)3334­4111

3444­1818 ou 141 Defesa Civil 199

DETRAN/ MG ­ (031)3236­3501/3525

Disque Direitos Humanos ­ 0800­311­

119

Disque Ecologia

­ 1523

Disque PROCON ­ (31) 3277­

4548/9503/4547 ou 1512

Disque Turismo ­ 1677

GAPA/MG ­ (31)3271­2126

MG Transplantes (Doação de órgãos) ­ (31) 32747181

Movimento das Donas de Casa e Consumidores ­ (31)3274­1033 Ibama ­ 0800­618­080

Polícia Civil ­ 197

Polícia Federal ­ (31)3330­5200 Polícia Militar ­ 190

Polícia Rodoviária Estadual ­ (31)2123­1901

Polícia Rodoviária Federal ­ (31 ) 3333­2999

Prefeitura Municipal ­ 156 Pronto Socorro ­ 192

Pronto Socorro (HPS João XXIII) ­ (31)3239­9200

Música e informação? Se liga na Itatiaia e Extra FM!

Receita Federal ­ 0300­780­300 SENAC ­ 0800­724­4440

SINE­MG ­ (31)2123­2415

SOS Criança (Centro de Referência ­ Denúncia) ­0800 283 1244

Sudecap Disque Tapa­ buraco ­ (31)3277­8000

Matrículas Abertas para o 2º semestre!


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

3


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

4


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

Alô Lagoinha!

5

Creso Campos

Falando do nosso bair­ ro Colégio Batista

Memória Futebolística

TIRO O CHAPÉU PARA...


Tamietti: satisfação pela arte de decorar ambientes Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

___________________ Emegilda Amélia

O prazer pela arte de deco­ rar ambientes ou como também é co­ nhecido o “Design de interiores”. A Tamietti Decorações trabalha com arti­ gos de decoração como papéis de pa­ rede, molduras e sancas, persianas, cortinas, placas decorativas para pare­ de e teto. Elementos que podem ofere­ cer alternativas para compor a decoração e harmonizar o visual de ambientes internos residenciais e em­ presariais. Estabelecendo relações es­ téticas e funcionais de acordo com a necessidade e o perfil de cada cliente. Prestar consultoria de quali­ dade, atendimento “humanizado”, acompanhar a instalação dos artigos decorativos são algumas das atribui­ ções desempenhadas pelos proprietári­ os e irmãos Carlos Tamietti, 57, e Fábio Lúcio Tamietti, 47, que dividem a gestão do negócio. Assim como, traba­ lhar com produtos de qualidade, con­ quistar a confiança dos clientes e o cuidado com o pós­venda. “A supervi­ são e o acompanhamento do profissio­ nal que vai realizar a mão de obra no local que o cliente desejar também é primordial”, observa Carlos Tamietti. “A satisfação do cliente é que nos sustenta”, garante os proprie­ tários. Eles explicam que prestar con­ sultorias adequadas aos clientes, realizar os serviços com excelência, deixando o cliente sempre feliz é uma forma de conseguir novas indicações para a loja. O que pode contribuir com o marketing da empresa, alavancar as vendas e aumentar a clientela. Fábio Lúcio enfatiza ainda, a importância de praticar o pós­venda.

Para ele, após finalizar a decoração no ambiente solicitado, o serviço ainda não acabou. É importante procurar sa­ ber qual foi à impressão do cliente em relação ao resultado final da decora­ ção. Uma forma de cativar os clientes e aprimorar a concessão dos serviços, proporcionando uma consultoria perso­ nalizada. Quem visita a loja pode co­ nhecer e manusear os artigos decorati­ vos e escolher o que mais vai se adequar ao ambiente desejado. Seleci­ onar materiais para revestir ambientes como quartos, através de pastas que reúnem um mix de 140 opções de pa­ péis de parede. E vários outros mos­ truários de molduras, placas decorativas, persianas e cortinas tradi­ cionais que ficam expostas por todo o estabelecimento. Há opções para atender vá­ rios perfis de públicos. O atendimento é voltado para pessoas físicas e jurídi­

cas, como residências, comércios, em­ presas, indústrias e outros segmentos que buscam mudar a decoração dos ambientes. A consultoria e o atendimen­ to domiciliar também é outro diferenci­ al apontado pelos irmãos Tamietti. Os clientes que não puderem ir à loja po­ dem entrar em contato, que eles reali­ zam o atendimento personalizado domiciliar. União entre experiência profissional e o gosto pela decoração Depois de muitos anos tra­ balhando em uma empresa tradicional em Belo Horizonte de decoração, Car­ los Tamietti e Fábio Lúcio Tamietti, que já estavam engajados nesse ramo re­ solveram se desligar da loja para insti­ tuírem a própria empresa. Juntos uniram o útil ao agradável. A experiên­ cia adquirida ao longo dos anos no co­ mércio de decoração, no qual desempenharam funções como vendedor e gerente, e o gosto pes­ soal pela ornamentação de ambi­ entes internos, o “desing de interiores”. Instalada na Lagoinha há

nove anos a empresa foi criada em 1996, pelos irmãos Tamietti, que reali­ zam a gestão do negócio. Segundo os proprietários, o propósito é deixar mais acessível ao cliente a possibilidade de decorar os ambientes como ele sem­ pre sonhou. “Somos uma sociedade fa­ miliar que com o mesmo objetivo nos unimos criando assim uma empresa só­ lida e em crescimento”, declarou. A escolha de mudar para a Lagoinha foi uma opção estratégica. Carlos Tamietti explica que a proximida­ de com o centro de Belo Horizonte e a concentração de lojas antigas no bair­ ro, tornava o local atrativo para muitos decoradores. Contudo, a loja foi funda­ da inicialmente na garagem de sua re­ sidência, no bairro Parque Riachuelo, onde ele e o irmão residem atualmen­ te. De uns três anos pra cá, Carlos conta que o cenário comercial da Lagoinha tem desaquecido. O princi­ pal motivo é a constante presença de

6

moradores de rua e usuários de droga, que circulam frequentemente, durante todos os dias pela Rua Itapecerica, onde está instalada a Tamietti Decora­ ções. Os proprietários da loja ressal­ tam que os órgãos responsáveis pela gestão pública têm que tomar as devi­ das providências, para que esse fato não prejudique o comércio nem os co­ merciantes. O que pode atenuar a vin­ da dos clientes para o local, que temem o risco de assaltos e outros episódios desse tipo. Carlos Tamietti recorda que já sofreu tentativa de as­ salto e extorsão por parte de um dos usuários que transitam constantemen­ te próximos ao seu estabelecimento. Por isso, os comerciantes e morado­ res da região devem ficar sempre atentos, para garantir a segurança de todos e prosseguirem com as reivindi­ cações necessárias as instituições competentes. Conheçam o site http://tamiettidecor.com.br e o email tamiettidecor@yahoo.com.br


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

7

Cursos profissionalizantes na área de beleza! Comece o seu negócio agora!

Curso de Cabelo: Corte ­ Modelagem ­ Química ­ Terapia Capilar

Modelagem: Escova ­ Bobs ­ Terapia Capilar ­ Corte masculino e feminino ­ Alongamento ­ Tranças ­ Penteados ­ Reciclagem ­ Coloração

Maquiagem: Micropigmentação dérmica ­ Coloração e Permanentes de cílios Estética: Facial ­ Corporal ­ Sobrancelha com Henna ­ Alongamento de Cílios

Manicure básico ­ Decoração ­ SPA Pés e mãos ­ Unhas de cristal e porcelana


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

8

“Lixo na rua é péssi­ mo. Tem muito lixo aqui na rua Araribá. O lixo tem que ser recolhido porque prejudica a região e os moradores”. Nely Utesch, 49.

A Gazeta da Lagoinha sugere que os moradores e as associa­ ções comunitárias locais se unam e providenciem lixeiras grandes em pontos estratégicos das aveni­ da José Bonifácio e rua Araribá. Assim o lixo será melhor acondici­ onado e não se espalhará nos dias de chuva.

Dicas de limpeza urbana da SLU

• Não jogue lixo ou entulho nas vias públicas, córregos, lotes va­ gos, bueiros e encostas. Além de poluir a cidade, o lixo nas ruas entope bo­ cas de lobo e pode provocar enchentes; • No trânsito, respeite os cones de sinalização. Eles estão ali para proteger os varredores, que estão trabalhando para deixar a cidade mais bonita para todos nós. • Respeite os dias e horários de exposição do lixo para coleta, evite deixar seu lixo na rua por mais tempo que o necessário; • Embale corretamente seu lixo, em sacolas resistentes, bem fe­ chadas e de tamanho adequado, para evitar que elas se abram e espalhem o lixo nas vias públicas. Lixo não embalado, além de exalar mau cheiro, atrai animais que podem ser portadores de doenças; • Proteja o vidro e outros materiais pérfuro­cortantes (estiletes, pregos, lâminas) com material resistente antes de colocá­lo na sacola e pressione as tampas das latas para dentro. Esses materiais desprotegidos podem ferir o gari, mesmo ele usando as luvas protetoras. • A velocidade do caminhão de coleta é em média 5 a 7 km/h. É preciso a cooperação dos outros motoristas no trânsito. Infelizmente, mui­ tos reagem com impaciência, não levando em consideração a importância do trabalho realizado pelos garis. • Para evitar doenças como a dengue e a febre amarela, deixe seu quintal limpo e livre de objetos que acumulem água parada. Mantenha seu lixo sempre tampado. • A cidade é a sua casa. Não jogue lixo pelas janelas de prédios, casas e dos carros. • Manter o lote vago limpo, cercado e com passeio é obrigação do proprietário. Com o lote bem capinado e limpo, a cidade fica longe dos ratos, escorpiões e do mosquito da dengue. • Mantenha sempre limpa a calçada em frente a sua casa. • Nunca queime o lixo. Assim você protege sua família de doen­ ças, não polui o meio ambiente e evita multa. • Ao construir ou reformar sua casa, não deixe entulho espalhado no passeio. Leve­o aos locais apropriados. Informe­se pelo telefone 156.


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

BH bebe a 3ª água potável mais con­ estudo e do Laboratório de Química Ambiental (LQA) do IQ, Wilson de Fi­ taminada entre as capitais do país gueiredo Jardim. “Essa é a prova clara ______________________ Hoje em Dia

A qualidade da água potável distribuída em Belo Horizonte é a tercei­ ra pior entre 16 capitais brasileiras ana­ lisadas em uma pesquisa inédita no Brasil, realizada pela Universidade Es­ tadual de Campinas (Unicamp). A repro­ vação é no aspecto de concentração de cafeína. A presença dela na água que vai para o consumidor significa que o tratamento não foi 100% eficaz e que outras substâncias ou esgoto podem não ter sido totalmente eliminados no processo de tratamento. A situação é pi­ or em São Paulo e Porto Alegre. O estudo, do Instituto Nacio­ nal de Ciências e Tecnologias Analíti­ cas Avançadas (INCTAA), do Instituto de Química (IQ) da Unicamp, revela que as substâncias encontradas, além da cafeína, são “potencialmente noci­ vas” à saúde humana. Isso significa que não é para se fazer alarde, mas as

companhias de saneamento precisam ter atenção e melhorar os processos de tratamento. Estudioso da qualidade das águas em Minas, o professor Robson Afonso, do Instituto de Ciências Exatas e Biológicas (Iceb) da Universidade Fe­ deral de Ouro Preto (Ufop), explica que, se há cafeína, quer dizer que chá ou café foram parar no reservatório de abastecimento. E isso, segundo ele, só pode ter acontecido via fezes ou urina, evidenciando que o tratamento do esgo­ to não foi eficiente. Além de cafeína, os cientis­ tas da Unicamp encontraram, em todas as amostras do Sudeste brasileiro, con­ centrações variadas de atrazina, subs­ tância presente em herbicidas, e de triclosan, usada na fabricação de produ­ tos de higiene pessoal. “A detecção desses compostos na água potável cau­ sa preocupação, pois eles começam a se apresentar em concentrações eleva­ das e o ser humano tem ficado mais ex­

posto”, observa o coordenador do

de que os mananciais estão comprome­ tidos e que as estações de tratamento não dão conta de remover esses polu­ entes”, acrescenta. Em BH, as piores amostras saíram dos mananciais dos rios Parao­ peba, Morro Redondo e das Velhas. Es­ se último foi citado no Mapa da Qualidade das Águas 2011, do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), como um dos mais poluídos do Estado e registrou, no estudo da Unicamp, o ín­ dice mais alto de contaminação por ca­ feína: dez vezes maior que o dos outros dois rios. As amostras foram re­ colhidas dos canos de entrada de água de residências e locais públicos, garan­

tindo que saíram diretamente da Com­ panhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). Todas as amostras continham cafeína. Segundo Wilson Jardim, São Paulo, Porto Alegre e BH tiveram as amostras com mais concentração de cafeína porque estão no interior do país e o descarte do esgoto se dá nos mananciais. Já nas capitais costeiras, isso é feito nos oceanos. Nas amos­ tras, foram encontrados ainda hormôni­ os sintéticos e naturais, como o estrógeno, que pode provocar mudan­ ças no sistema endócrino de homens e mulheres. “Uma hipótese, que carece de mais estudos, considera que esse ti­ po de contaminação poderia estar con­ tribuindo para que a primeira menstruação ocorra cada vez mais ce­ do nas meninas”, diz Wilson Jardim. A

9

pesquisa completa ainda será publica­ da como tese de doutorado dele, por isso não revela os índices das subs­ tâncias encontradas. As outras 13 ca­ pitais estudadas são Goiânia, Palmas, Natal, Porto Velho, Cuiabá, Brasília, Curitiba, Florianópolis, Rio de Janeiro, Vitória, Recife e João Pessoa.


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

10

A touca, o boné, a pinga, o gambá e os peixes Betão, Pescador da Lagoinha ­ betao.lagoa@gmail.com

Companheiros: Betão, Marcão, Serjão, Carlão (in memorian) , Nestor (in memorian) e Pipico. Rio Paracatu (Paredão), Outubro de 1986. Foto: Acervo pessoal.

Rede de Vizinhos Lagoinha Viva

Associação Lagoinha Viva!

Gostaria de agra­ de­ cer aos moradores das ruas Botelhos, Borda da Mata e Jo­ sé Ildeu Gramiscelli, Serro e Itatiaia pe­ la participação na 1ª Festa Comunitária, com a união dos morado­ res, Associação e a Rede de Vizinhos da Lagoinha Viva. À frente ao Movimento da Rede de Vizinhos Protegidos encontra­ se a diretora financeira da Associação Lagoinha Viva, a senhora Cida Dantas com a colaboração e atuação do Sgt. Soares da 21ª CIA, cuja próxima etapa é expandir a rede de vizinhos nas ruas Serro e Além Paraíba. A participação dos moradores é fundamental para que a rede se desenvolva de maneira coleti­ va. Antigamente tínhamos os vi­ zinhos como parentes mais próximos, é com esta visão que as redes de vizi­ nhos se solidificam através de parcei­ ras e união; sendo resguardados pelos olhares atentos no combate de eventu­ ais atuações de pessoas desconheci­ das próximos às nossas residências, tais sinais se manifestam através de có­ digo, sons e gestos; que imediatamen­ te é acionada a Polícia Militar. O policiamento do bairro, nos últimos dias tornou­se mais ativo, com a presença contínua de várias via­ turas do programa “Polícia do Bairro”, sobre atuação do Sgt. Soares.

Embora a sensação de inse­ gurança ainda predomine em nosso bairro, a Polícia Militar intensifica ou­ tros programas de atuação, a exemplo do GEPAR que realiza diversas inter­ venções na região das ruas Itapeceri­ ca, Adalberto Ferraz, Turvo, Botelho, Jaguarão e Borda da Mata com intuito de diminuir crimes contra os moradores do bairro e o consumo de entorpecen­ tes. Todos os aplausos devem ser dados ao comando do 34° batalhão e da 21ª CIA que atende a região da La­ goinha, Bonfim, Santo André, São Cris­ tovão e Bom Jesus, nas pessoas do Ten. Cel. Fagundes e do Capitão Lis­ boa respectivamente, e de modo espe­ cial, aos policiais Soares, Ronaldo e Pereira. DUELO DE TITÃS! QUEM VAI LEVAR A PBH?

Como na edição anterior, gostaria mais uma vez, deixar aqui algu­ mas palavras sobre o período que todo o Brasil está vivendo. Não desfazendo dos demais candidatos à Prefeitura de Belo Horizonte, hoje o foco está direcio­ nado a duas candidaturas fundamen­ tais para eleição de 2014. Minas Gerais desponta como alicerce da campanha dos presidenciáveis Aécio Neves e da atual presidenta Dilma, com dois gran­ des políticos que concorrem à vaga de Prefeito da Ca­ pital do segundo maior colégio elei­ toral do País. O PT de Dilma apresenta o ex­ prefeito Patrus Ananias que, à frente da prefeitu­ ra de Belo Hori­ zonte, fez um belíssimo traba­ O Jardim Cinderela recebeu também este mês a placa da Rede de lho nas vilas e fa­ Vizinhos Protegidos. Na ocasião, a PM deu explicações à comunidade escolar de como funcionar a rede e quais providências velas da capital e todos podem tomar. Foto: Dona Rosinha. no complexo da

Lagoinha. A boa administração frente à prefeitura, quando foram desenvolvidos ótimos programas sociais e culturais, Patrus juntamente com Fundação Muni­ cipal de Cultura, criou na sua gestão o “Sopro da Lagoinha”, que tinha como objetivo preservar o patrimônio históri­ co e as tradições religiosas do bairro da Lagoinha, berço de diversidade cul­ tural e artística da Capital. O PSB do atual prefeito de Belo Horizonte apresenta Márcio Lacer­ da, que tenta sua reeleição, e conta com o apoio de inúmeros partidos entre eles o PSDB do Senador Aécio Neves. Márcio Lacerda no seu mandato de­ monstrou como um gestor consegue ad­ ministrar de maneira consciente uma das maiores capital do país. Até 2008 o atual prefeito foi Secretário do Desen­ volvimento Econômico do Estado de Mi­ nas e, com uma visão empreendedora, desenvolveu muitas obras importantes em Belo Horizonte e em nossa região como a conclusão da duplicação da Avenida Antonio Carlos e a ligação da Avenida Pedro II com a Avenida Tancre­ do Neves, no final da Pedro II, entre ou­ tras obras que continuam aceleradas. Uma briga saudável que há anos os belo­horizontinos não presenci­ avam entre dois bons candidatos; de um lado um ótimo gestor (administra­ dor) e empresário, que foi considerado o melhor prefeito das capitais brasilei­ ras da atualidade, e do outro lado um o pai dos pobres, criador do Orçamento Participativo e políticas públicas pionei­ ras no combate à fome em nossa capi­ tal. Façam suas apostas: quem levará a PBH? CANDIDATOS DA LAGOINHA A VE­ READOR A Associação Lagoinha Vi­ va, quer conhecer suas propostas, en­ tre em contatos através do email: associacaolagoinhavi­ va@yahoo.com.br

“O maior pé de couve de Belo Horizonte” está na Lagoinha

A couve é uma hortaliça muito rica em minerais (cálcio, fer­ ro e fósforo) e vitaminas (A, com­ plexo B e C). Ela é excelente para combater problemas digestivos, enfermidades do fígado, cálculos renais, menstruação dolorosa, ar­ trite, bronquite, além de curar úlce­ ras estomacais. A couve pode ainda ser utilizada para evitar res­ sacas, aliviar a prisão de ventre (devido ao seu alto teor de fibras), evitar a má disposição e aliviar do­ res causadas pelas úlceras gástri­ cas. É uma das verduras mais ricas em carotenos e agente anticancerígeno. É uma assombro­ sa fonte de clorofila. A couve roxa é um bom remédio contra as doen­ ças dos rins e excesso de ácido úrico. Cura úlceras. Misturada na salada de alface, espinafre e ce­ noura, fornece prato altamente energético para pacientes debilita­ dos.


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

Associação Comunitária do Conjunto Residencial IAPI

E a festança continua...

11

Vamos abraçar o nosso bairro Bonfim

Associação Recreativa Comunitária dos Amigos do Bonfim

Encontro da ARCA Bonfim com o Prefeito Marcio Lacerda e o Sr. Emanuel Cordeiro. Foto: ARCA­Bonfim.

Associação Comunitário do bairro Colégio Batista

Falando do nosso bairro

A Associação ARCA­Bonfim com pouco tempo de existência tem trabalhado muito em fa­ vor do bairro e da comunidade buscando parcerias com os órgãos governamentais. Luta que é de to­ dos que aqui vivem ou deixam seu patrimônio de­ pois de um dia trabalho. Muitos comerciantes, trabalhadores desconhecem o bairro. Chegam com seus carros, entram para trabalhar, vão embo­ ra, deixando para trás sujeira, lixo fora de hora e lu­ gar, fachadas abandonadas e sujas. Eles não podem esquecer que aqui é o seu ganha pão e precisam também entrar nesta luta em favor de melhorias, pois favorecendo o bairro o comércio próspera, seu imóvel valoriza e o lugar se torna melhor para se viver. Esta luta é de todos morado­ res e comerciantes. Comunidade do Bonfim, va­ mos nos unir em um grande abraço em favor de melhorias para o bairro.

ENCONTRO COM O EXCELENTÍSSIMO PREFEI­ TO

Siga­nos no Twitter: @MovVivaLagoinha Facebook: MovVivaLagoinha

email: movimentovivalagoinha@gmail.com

31.91793551 ­ Filipe Thales [Coordenação]

"O Viva Lagoinha é um movimento democrático e apartidário que usa as ferramentas da comunicação para conectar pessoas que sonham com a Revitalização da Lagoinha" #SejaLivreComoALagoinha

A ARCA­Bonfim reuniu­se com o Prefei­ to Márcio Lacerda e o Sr. Emanuel Cordeiro, Pro­ prietário da Rádio Itatiaia que há 65 anos encontra­se dentro deste bairro. Neste momento numa conversa informal por meio de ofício foi soli­ citado ao Excelentíssimo Prefeito melhorias para o Bairro Bonfim. Como resposta Excelentíssimo Prefeito Márcio Lacerda disse que enviaria técnicos para estudo da rede fluvial e que está sendo feito um estudo sobre toda a região do Bonfim e Lagoinha. Sobre a área da Beprem, esta não é da prefeitura e que o galpão de coleta seletiva foi para a BR 040. No dia seguinte a SADAMURNO envi­ ou os responsáveis pela limpeza urbana para uma vistoria. Reivindicamos varrição mais eficiente e feita em três dias alternados em todo bairro, um ca­ minhão de coleta para descarte pesado, um traba­ lho de educação ambiental, ou seja, soluções positivas. Ficou acordado que estudariam os pedi­ dos feitos, e que os moradores, empresas e comer­ ciantes devem colaborar, pois sem os mesmos o trabalho terá pouco resultado. Os moradores preci­ sam colaborar não jogando o lixo fora do dia e ho­ ra nas calçadas e nas esquinas propiciando que os andarilhos rasguem os sacos tornando o bairro mais sujo. Dentro de alguns dias será feita a capi­ na em todo o bairro. ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2013/2014 A Associação participou de mais uma ro­ dada. Foi colocada uma obra de interesse da co­ munidade. Foram eleitos três delegados. gradecemos a todos que saíram do seu aconche­ go, deixando a novela em prol de melhorias a fa­ vor da coletividade. Contamos com todos para a próxima roda­

Of. ARCA­Bonfim Nº 06/2012. Excelentíssimo Prefeito Márcio Lacerda A Associação ARCA­ Bonfim – Regio­ nal Noroeste de Belo Horizonte, reivindica por meio desta a Vossa Excelência, Marcio Larceda, e à prefeitura de Belo Horizonte uma atenção es­ pecial a este bairro tão esquecido pelas adminis­ trações passadas, registrando que nunca houve investimento de qualquer ordem no Bonfim, prin­ cipalmente no social. Sendo um ano de eleição gostaríamos que um dos compromissos de cam­ panha fosse o comprometimento de melhoria desta área carente a setecentos metros do cen­ tro. Solicitamos que o Vosso Governo se­ ja marcado nesse bairro. Reivindicamos obras de infraestrutura como rede pluvial com boca de lobo, recapeamento do asfalto das ruas princi­ pais do Bairro Bonfim, com sinalização, placas indicativas, iluminação forte e branca, revitaliza­ ção dos passeios. Implantação de coleta de resí­ duos volumosos e entulho que são descarregados no bairro e saúde pública (ambu­ latório de rua), pois os dependentes químicos e moradores de rua estão fazendo ponto na Rua Borba da Mata e na Jaguarão onde fica a área da Beprem, sendo chamada de Nova Cracolân­ dia. Segurança: que o 21º Batalhão venha insta­ lar­se próximo a lugares vulneráveis, pois hoje encontra­se no 34º Batalhão. Que o bairro fosse revitalizado e estivesse na Rota Turística do Mu­ nicípio, pois neste se encontra o primeiro Cemi­ tério de BH, sendo mais velho que a cidade e de valor histórico. Estas obras entre outras também colocadas nas Reuniões do (PPR) Planejamento Participativo Regionalizado são de verdadeiro in­ teresse social para os moradores e defendida pela Associação. Gostaríamos de ter um canal aberto com vossa Excelência. Percebendo que vossa Excelência, Márcio Lacerda através da Gestão Compartilha­ da têm como proposta dialogar com a sociedade num processo democrático possibilitando a parti­ cipação popular. Agradecemos e aguardamos o mais rápido uma resposta positiva de Vossa Ex­ celência para mudarmos a história deste cente­ nário Bairro Bonfim.

A Vossa Consideração, ARCA­Bonfim da. Fica aqui um agradecimento especial ao Senhor Emanuel Cordeiro pela atenção espe­ cial dada à ARCA­Bonfim. Que juntos possamos lutar em beneficio da comunidade local. A Associação participou de várias ou­ tras atividades que oportunamente serão noticia­ das. Participe das reuniões da ARCA­Bonfim. ABRACE O BAIRRO BONFIM! Fale conosco atra­ vés do e­mail: arcabonfim@gmail.com


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

12

Drogarias


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

A BANDINHA DO BA­ RÃO DE MACAÚBAS FESTIVAL WOODS­ TOCK ­ 1969

Antônio de Pádua Galvão Economista e Psicanalista ­ www.galvaoconsultoria.com.br (31) 9956­9161

Com a palavra, Milton Kabutê!

13

A ratoeira do Pastor

miltonkabute@gmail.com


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

Associação dos Moradores da Vila Senhor dos Passos

Ação, porque de "Lero, Lero, Tô Legal"

14

Importância da atividade física na terceira idade


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

15

s a r u d r e v a r t n o c n e ê c o v o r i e n i M m o Aqui no B fresquinhas todos os dias! e frutas

m e , a h n i o g a L , 2 5 , a g i m r o F a u R a n i l s n e r h É logo a e B n o l i d O l a t i p s o H frente ao ) 3441‐3701 (31

O Bom Mineiro agora é SuperVarejista, a mais nova rede de lojas do varejo alimentar da Grande BH.

Ofertas e promoções imbatíveis pela concorrência!


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

Fonte: http://termeletricas.blogspot.com.b

Pela Lagoinha

16


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

17

MatrĂ­culas Abertas.


Estou otimista Tostão

Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

A seleção olímpica brasilei­ ra, pela postura tática e por ser quase a principal, é a maior favorita.

Bom fim de ano

18

Galo: é hora de amadurecer e ser campeão! Flávio Domênico Twitter (@flaviodomenico)

Olá amigo e amiga do jornal Gazeta da Lagoinha! Em 2011, na quinta rodada do brasileiro, escrevi para esta coluna sobre a falta de maturidade do elenco do Galo para lutar por um título brasi­ leiro. Na ocasião, sob o comando do então técnico Dorival Júnior, cobrava do Atlético uma postura aguerrida. Fal­ tavam características básicas e essen­ ciais como técnica, comando técnico, vontade, esquema e postura de quem quer ser campeão, de quem queria lu­ tar por uma taça! O Galo estava na 5ª posi­ ção da tabela. O ano terminaria com uma história escrita de forma doloro­ sa que pesaria principalmente nos om­ bros de uma torcida fiel e apaixonada. O último capítulo, a última página, ain­ da permeia a lembrança do torcedor. Com a chegada do técnico Cuca, começou a se fomentar um es­ pírito de luta. Foram efetuadas algu­ mas mudanças no time e na comissão técnica. O terreno parecia ser preparado para estabelecer outro Atlético. Uma nova fase. Uma nova época. 2012 até junho: campeão mineiro invicto e uma eliminação por saldo de gols da Copa do Brasil. 2012, mês de julho: vamos para 13ª rodada do Brasileirão. Galo líder e, na minha modesta opinião, líder com lou­ vor. Por quê? Vamos à resposta: Enalteço o bom trabalho do presidente Alexandre Kallil e sua di­ retoria. Boas investidas como o proje­ to sócio torcedor e a parceria com BWA. Foram feitas contratações pon­ tuais e assertivas. Além de Pierre, Ra­ fael Marques, Leandro Donizete e o lateral Júnior, o Atlético contratou o go­ leiro Victor e um dos maiores nomes do futebol mundial: Ronaldinho Gaú­ cho. Mesmo com todo o descaso feito inicialmente pela imprensa nacional e até em alguns casos a mineira, Ronal­ dinho Gaúcho chegou convicto, sim­ ples e discreto. Já assimilava ali o bom jeito mineiro de ser. Uma estrela sabe que para brilhar é preciso luz. Aqui o jogador

vem reencontrando ao poucos seu brilho. Com determinação e humilda­ de. Desde que chegou, apostei alto na figura de Ronaldinho no Galo. Após o jogo contra o Náutico, em mi­ nha entrevista com seu irmão e em­ presário, Roberto de Assis Moreira (disponível em meu blog:flaviodome­ nico.blogspot.com), ficou claro o im­ portante papel do jogador no atual elenco. Ele assumiu o papel de agre­ gar valor e qualidade técnica aos bons jogadores do Atlético. Atrelado a toda experiên­ cia de Ronaldinho está um grupo de jogadores que querem vencer. A tor­ cida já acredita nisso. Eu também. A tão querida maturidade de campeão começa a aparecer de forma intrínse­ ca no atual elenco do Atlético. O Galo hoje tem 17 gols de saldo, obteve 7 vitórias seguidas e tem 82% de apro­ veitamento no campeonato. São ob­ servações que nos mostram que o time mudou. Na 14ª rodada, para o jogo contra o Flamengo cogita­se a saída de 30 ônibus de Belo Horizon­ te. Daqui a pouco ficará muito fácil falar do Atlético, de Ronaldinho, Bernard, Marcos Rocha e demais jo­ gadores. Enxergar e comentar o ób­ vio é algo trivial. É preciso enaltecer o belo trabalho de Cuca que, por ve­ zes, é contestado por suas manias e improvisações. Mas os números atestam sua boa campanha. O técni­ co também trabalha forte nos basti­ dores a fim de passar este espírito de confiança e dedicação aos seus co­ mandados. Se até o momento alguns times estavam preocupados com ou­ tros campeonatos e não tiveram a competência para disputá­los junto com o Brasileiro não é problema do Atlético. É cedo para comemorar a li­ derança, mas já é tarde para vibrar com a boa fase que vive o time! As esporas do Galo estão afiadas e se a caminhada é longa, o Atlético tem pernas e fôlego para caminhar! Até a próxima!


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

Confira aqui onde comer e beber bem nos restaurantes e bares da Lagoinha e regiĂŁo!

Creso Campos

Desta que do mĂŞ s!

19


Belo Horizonte, 31 de julho a 5 de agosto de 2012

20

Arte pela Paz: acredite, você pode fazer a diferença!

O bairro Lagoinha tem um importante projeto social

A Associação Arte pela Paz, uma organização sem fins lucrativos, de­ senvolve diversos trabalhos junto à co­ munidade do bairro Lagoinha há pelo menos dois anos. O objetivo da entidade é pro­ mover a paz através da inclusão cultural por meio da arte, facilitando o acesso dos cidadãos de Belo Horizonte e região metropolitana aos bens culturais e artísti­ cos. Uma das missões da Associa­ ção é promover a integração das clas­ ses sociais por manifestações artísticas e conceitos culturais, possibilitando uma maior troca de conhecimento e vivênci­ as, objetivando um convívio pacífico. No bairro Lagoinha, a Associa­ ção Arte pela Paz realiza o “Casa de Cul­ tura”, um Centro de Planejamento e de Formação Cultural e Artística. Este proje­ to capacita a preços populares artis­ tas/educadores para o mercado de trabalho no terceiro setor, realizando a in­ clusão social de crianças e adolescentes em situação de risco através da arte. Para conhecer o trabalho da Associação Arte pela Paz, basta acessar o site www.artepelapaz.org, ou fazer uma visita na sede do bairro Lagoinha, que fica na Rua Adalberto Ferraz, 31ª. O telefone para contato é o 31 3292 3802.

Padre Reginaldo Manzotti estará no BH na Paz

Associação Arte pela Paz organiza mais uma edição do “BH na Paz”. Este ano, o evento terá como atração principal o Pa­ dre Reginaldo Manzotti. Idealizado pela Associação Arte pela Paz, o “BH na Paz” acontece na data de comemoração do projeto BH Capital da Paz, instituído pela Lei 9840/10 e inte­ grante do Calendário Oficial de Festas e Eventos do Município de Belo Horizonte. Tem como objetivo promover o senso de responsabilidade social incentivando a população a participar de iniciativas que promovam a solidariedade, preservação do planeta, não violência, fraternidade e respeito ao próximo.

Além das ações sociais, nos últimos anos o “BH na Paz” se caracteri­ zou por reunir importantes nomes da música brasileira de diversos estilos, que vão da MPB ao religioso, como a Vander Lee, 14 Bis, Banda Dominus, Eros Biondini e o Padre Fábio de Melo. Este ano, a grande atração do “BH na Paz”, será o Padre Reginaldo Manzotti. Ele é carinhosamente conhe­ cido como “o padre que arrasta multi­ dões” por reunir até mais de um milhão de pessoas em suas missas seguidas de shows. Sua passagem por Fortaleza, no Ceará, em outubro de 2011, durante o IV Evangelizar, reuniu 1,4 milhão de pessoas no aterro da Praia de Iracema. Em breve mais notícias sobre as atra­ ções do evento! Para mais informações sobre o “BH na Paz” acesse o site www.artepelapaz.org ou ligue para 31 3292 3802.

Ofertas boas pra cachorro! ...e gato. Ração Pedigree R

Raçã Pedigree Ração Equi Equilíbrio Natural

C Carne/vegetais/nuggets, júnior, raças pequenas jú o carne/frango/cereais ou 20Kg 2

Carne/ Carne/vegetais/nuggets, carne/ frango frango/cereais, ovelhas/cereais, raças pequenas, júnior, equilíbrio natural Exceto equilíbrio natural: raças pequenas ou júnior 1Kg

Tudo em até 6x sem juros no cartão Visa e Master Parcela mínima de R$ 20,00

Frontline Pl Plus 1­10 Kg....R$ 38,90 cada 10­20 Kg...R$ 46,90 cada 20­40 Kg...R$ 49,90 cada Acima de 40 Kg...R$ 59,90 cada Ração para Gatos Whiskas Ra Carn nuggets, frango/ Carne leite, peixe nuggets ou salmão/atum/sardinha salm 1Kg

R$ 15,90 cada

R$ 129,90 R ccada

R$ 13,90 cada

Coleira Scalibor

Cães grandes 25g / 65cm Cães pequenos/médios 19g / 48cm

R$ 49,90 cada

Frontline Spray 100ml.....R$ 73,90 cada Ração ã Champ Ch Adulto Ad 250ml.....R$ 116,90 cada R Carne/Vegetais 22kg

R$ 84,90 cada

Ração Dog Chow

Adulto light, adulto raças médias a grandes ou papita 15Kg ­ cada

R$ 89,90

R$ 114,90 20Kg ­ cada

Ração Cão Herói Adulto

R$ 47,90 cada Carne 15kg

R$ 75,00 cada 25kg

Ração Dog Chow

Filhotes, raças pequenas, light, papita, raças pequenas, filhotes raças médias a grandes, ou adulto raças médias a grandes 1Kg ­ cada

R$ 10,90

Ração Kanina

Carne/cereais ou Carne/vegetais 15kg

R$ 59,90 cada

Ração Alpo Filhotes

Carnes/leite/cereais ou frango/vegetais 1Kg ­ cada

R$ 8,90

Gazeta da Lagoinha - Julho 2012  

Jornal de apoio às iniciativas comunitárias da região do Complexo da Lagoinha

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you