Issuu on Google+

14 ANOS

Jornalismo, Ética, Liberdade, Compromisso e Democracia.

www.gazetacrateus.com.br • e-mail: gazetaco@yahoo.com.br Crateús-Ce. Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 - Ano XV - No 334 - R$ 2,50

CRATEÚS REALIZA CARNAVAL Papa nomeia Dom Jacinto arcebispo DA PAZ E DA ALEGRIA VATICANO

de Teresina O papa Bento XVI nomeou como Arcebispo Metropolitano de Teresina (PI) Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho, que até então era bispo da diocese de Crateús (CE), segundo informação em nota do Vaticano, de 22 de fevereiro. Pág. 04

Foto: Júnior Sá

LEI SECA

Soberanos do carnaval Naiane Martins e Wesley Rodrigues

FICHA LIMPA

Decisões do TCM terão peso maior nas decisões do Eleitoral A aplicação da Lei Ficha Limpa nas eleições deste ano, conforme decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), na semana anterior ao Carnaval, afastará da disputa vários candidatos, inclusive detentores de mandatos dispostos a pleitear a reeleição. Pág. 05

Em sua 16ª edição, o Carnafolia de Crateús, conhecido como o Carnaval da Paz, da alegria e de cultura diversificada, esteve recheado de vasta programação e opções diversas. Bloco Tykerê foi campeão mais uma vez do Carnafolia. Veja matéria e fotos de Júnior Sá e Ygor Facundo nas páginas 8 e 9.

O ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE), Teodorico Menezes(foto), foi abordado e multado na última quarta-feira pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Ele dirigia pela CE 040 e teve que parar em um posto da PRE próximo ao município de Aquiraz. Pág. 04

TCM

MP analisa pedido de processo contra Hélio Parente Dez dias. Este é o prazo dentro do qual o Ministério Público analisará o requerimento que solicita abertura de processo de investigação sobre a posse do advogado e conselheiro Hélio Parente em uma das cadeiras do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (TCM-CE). Pág. 04

JUDICIÁRIO

Artigos José Maria Bonfim de Moraes A tia da Graça

Antônio Mourão Elio Gaspari Cavalcante Deportaram? Polícia em crise Deportaremos

Deoclides Rangel Campanha da Machado Cavalcante Fraternidade O futuro político Culpa de quem? 2012 dos ficha suja Leia editorial

Página 02

Página 05

Página 12

Página 12

PRE barra expresidente do TCE na estrada

Página 13

Página 02

AGU pede volta da investigação contra tribunais

A AGU (Advocacia-Geral da União) se manifestou na semana passada favorável à retomada da investigação sobre movimentações financeiras suspeitas de magistrados e servidores do Judiciário. Pág. 05


Página

2

Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Editorial

Campanha da Fraternidade A Campanha da Fraternidade de 2012 chega com o tema “Fraternidade e Saúde Pública” e o lema “Que a Saúde se Difunda sobre a Terra”. Chega emmuito boa hora, quando o Brasil tem cerca de 150 milhões de pessoas dependendo exclusivamente do Sistema Único de Saúde (SUS), num momento de crise, e colocará em discussão a temática da saúde pública. A sociedade poderá conhecer os grandes avanços do SUS na promoção da saúde, no controle das doenças imunopreveníveis e na redução da mortalidade infantil. Por outro lado, colocará na pauta discussões sobre a melhoria na assistência integral, das ações de gestão e aplicação de recursos públicos. Essa Campanha tem o poder de despertar o espírito fraterno e comunitário das pessoas. Como exemplo de sucesso desse espírito fraterno e de solidariedade, está aí a Pastoral da Criança, que

teve um papel fundamental na redução dos índices de desnutrição e mortalidade infantil. O SUS é um bom plano, mas na prática fica muito a desejar. Falta vontade política dos nossos governantes para garantir financiamento, pois aplicamos muito pouco, quando comparado a países mais pobres. O crescimento do uso de drogas, incluindo o álcool, e dos acidentes de trânsito, principalmente de motocicletas, tem superlotado as emergências hospitalares e ocupado números consideráveis de leitos em UTIs e enfermarias. A pouca importância que é dada à formação de recursos humanos na área de saúde tem dificultado a qualidade do atendimento. A privatização progressiva do SUS através das OSs, Oscips, PPP e, mais recentemente, dos 45 hospitais universitários está dificultando cada vez mais o acesso à saúde. Torçamos para que esta campanha da

Artigo

CNBB possa sensibilizar a todos que direito à saúde é um direito à vida. A Campanha da Fraternidade evoca consciência e ações racionais que visem à saúde coletiva. O Brasil, em termos políticos, avançou nos últimos dez anos no que diz respeito ao controle de doenças crônicas como diabetes, hipertensão arterial, DPOC, tuberculose e asma. Todas as “mazelas” do coletivo humano já podem ser controladas entre nós. O que está faltando para a consolidação desse ideal é a ação racional dos nossos administradores que ainda permitem, por omissão, o sofrimento e a morte dos brasileiros por doenças controláveis. A Campanha da Fraternidade serve para ativar suas consciências e ações a serem cumpridas, e assim, aliviar e controlar as dores e as enfermidades do nosso povo.

José Maria Bonfim Médico Cardiologista

A tia da Graça E assim se vão fechando, momento a momento, estas pérgulas por onde os raios de luz de minha infância, iluminuras de minha vida, emergiam. Última acha que ardia no lume do meu passado. Hoje uma sombra de saudade. Ancora sobre os meus dias. Os brilhos vão se escurecendo neste sítio bendito da memória, onde as flechas tomam conta de nós. Onde estão aqueles sorrisos de graças que pousavam doçura sobre todos. Hoje se vai a última tia. A tia Gracinha. Morre Maria das Graças Bonfim. Aquela alegria pueril. Aquela fala mansa, qual um poema. Aquela apascentadora amiga, afogada em afagos,

que explodia quando a aurora de nossas vidas ainda borbulhava. Um coração de Adamastor, carregando as pertenças do amor. Um mar generoso, leve, de um marulho silencioso, ia a querida Tia a nos trazer as graças da felicidade. O sol ainda ruminava no ventre da noite, a nossa mãe sazonal, nos enchia de mesuras. Hoje ela se vai, no dorso inquieto do tempo. Leva de cada um de nós mais de um quartil de vivafelicidade. Ficamos nesta penumbra de anoitecer, com cheiro de cipreste nas canaletas da morte. Nestas cinzas que tingem tanta magia, naqueles dias distantes. De tardes fagueiras. De tantas noites

telúricas sob o lume do luar. Sucumbimos ao passado. Pesarosos,voltamos a Crateús para enfrentar estas esfinges famintas que nos devoram a todos. Apaga a última estrela de opala, como diz Bilac. Faz os nossos olhos vazios, lacuna na mente, pedra na alma e a dor infinita no peito. Tao somente o peso da saudade. Graça, que vestia o nosso luar de sedas e purpurinas. Que nos protegia dos açoites das noites. Hoje sobra este olhar marmorizado sobre o tempo. Perdemos a Graça, ficamos sem graça, a morte me parece ser esta veste estendida sobre a dor. Espargindo um bardo triste de lamento e saudade.

Patriota diz ser contra ataques iranianos

Antonio Patriota, ministro brasileiro das Relações Exteriores, afirmou em entrevista ao site Yahoo News que a comunidade internacional deve proceder “com o máximo de cautela” em relação ao Irã. Ele disse ter feito alerta a Ban Ki-moon, secretário geral da ONU, pedindo-lhe que considere os aspectos legais envolvidos na possível intervenção militar no país.

TSE: Anulada prova do assassinato de ex-ministro

Um laudo de vinte páginas, produzido pelo Instituto de Criminalística da Polícia Civil, jogou por terra a única prova material que ligaria a arquiteta Adriana Villela ao assassinato do pai, o ex-ministro do TSE José Guilherme Villela. Assinado por quatro peritos, o laudo, encomendado pelo Tribunal do Júri de Brasília, diz que é nula, por total inconsistência técnica, a perícia oficial do Instituto de Identificação (II), que colocava a arquiteta junto com os assassinos na cena do crime. Villela foi morto em casa junto com a mulher, Maria, e a empregada, Francisca Nascimento, em agosto de 2009.

Obama desculpa-se pela queima de cópias do Corão

O presidente Barack Obama enviou correspondência a Hamid Karzai, sua contraparte afegã, pedindo desculpas pela queima de cópias do Corão na base Bagram. Ele alegou que o ato não foi intencional. As autoridades afegãs pedem que a Otan (aliança militar ocidental) responsabilize os culpados, levando-os a um julgamento público.

Dr. André Landim

Drª. Maria de Jesus Soares

Doenças da Pele e Alegria

Ginecologia e Obstetrícia

Dr. Gustavo Henrique Bezerra

Dr. Waetan

Otorrinolaringologia - Videolaringoscopia

Ultrassonografia

Dr. Kevin Carneiro

Dr. Gerardo Jr

Bioquímico

Ortopedia e Traumatologia

Dr. Nenzé Bezerra

Drª. Déborath Lúcia de O. Diniz

Urologia e Cirurgia Laparoscópica

Neurologista - CRM 5041 - E-mail: deborath@gmail.com

Drª. Christianne Taumaturgo D. Soares Endocrinologia

Dr. Paulo Nazareno

Endoscopia e Cirurgia Laparoscópica

Rua Cel. Lúcio, 221 - Centro - TeleFax: (88) 3691.1476 - Crateús-Ce

Projeto Gráfico e Diagramação: Fabrício Pereira fabriciopereiramkt@gmail.com Coordenação e Digitação: Miliane Silva

Assessor para assuntos especiais: Francisco Oton Falcão Jucá Tel.: (85) 3254.5353 / (85)99812637 Fax: (85) 3254.8000

M. Duarte da Silva CNPJ: 06.327.640/0001-97 Rua Cel. Lúcio, 503 - CEP 63700-000, Crateús-Ce - Fone/Fax: (088) 3692.3810

Conselho Editorial: Eduardo Aragão Albuquerque Jr. José Bonfim de Almeida Júnior Sebastião Cesar Aguiar Vale

Importante: As opiniões assinadas não refletem obrigatoriamente o pensamento do jornal.

Sebastião César Aguiar Vale Editor-Geral e jornalista responsável Mat. nº: 01227JP - CE FENAJ rasecvale@yahoo.com.br

Assessoria Jurídica: Dr. José de Almeida Bonfim Júnior, OAB 15545 CE

Assinaturas ou renovações: Através do E-mail: gazetaco@ yahoo.com.br ou pelo telefone (88)

Fundada em 30 de maio de 1997

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

3692.3810. Assinante de qualquer localidade enviar comprovante de depósito bancário por fax ou e-mail: Bradesco M. Duarte da Silva - ME Agência: 997-0 - Conta: 16165-9

Tiragem por edição: 2.000 exemplares. Crateús: Assinatura anual R$ 60,00 Outras localiadades Assinatura anual R$ 100,00 Assinatura semestral R$ 60,00

Banco do Brasil M. Duarte da Silva - ME Agência: 0237-2 - Conta: 28.765-2 Impressão: Gráfica e Editora Premius

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 Página

3

Cidade

[CrônicadaCidade]

www.juniorbonfim.blogspot.com

Dom Jacinto A Catedral do Senhor do Bonfim, em Crateús, está leve como uma garça que se prepara para alçar vôo, acolhedora como uma matriarca generosa e sensível, dotada de delicadas saliências arquitetônicas e revestida da imponência silenciosa de um monólito do sertão central. A Cúria Diocesana e a Casa Paroquial também passaram por cirurgias plásticas que as fizeram rejuvenescer. O Cemitério São João Batista, pela beleza da fachada, está digno de ser chamado de mansão dos mortos. O Centro de Treinamento Diocesano experimenta uma inflação floral. Uma nova residência foi erigida na Rua Poty. Como os antigos fortes protetores das urbes, novos templos irrompem estrategicamente dispostos em bairros diferentes como Planalto, COHAB Ipase e Cidade Nova. Toda a infra-estrutura predial da Igreja Católica acusa o palpitar da renovação. Esse impulso motivador há contagiado também os fiéis, que se revelam estimulados e atendem prontamente a todas as convocações do Pastor, inclusive para o exercício de longas peregrinações. Estas consideráveis alterações se produziram graças ao Sopro do Espírito através de um dos seus discípulos, o bispo Jacinto Furtado de Bri-

Marguê Freire

to Sobrinho. No ímpeto empreendedor, lembra D. José Tupinambá da Frota, o sobralense que elevou às estrelas a auto-estima da Princesa do Norte. Na concordância de Juarez Leitão, D. José fundou uma escola “segundo a qual o padre deveria assumir o papel principal de sua comunidade. Prefeitos, juízes e delegados de polícia teriam que se conformar com a função coadjuvante. O vigário tinha de ser o líder maior e o puxador do progresso, onde quer que se encontrasse. Ele próprio, o bispo-conde, fora o maior construtor de Sobral. E, certamente, o homem mais virtuoso”. Do Maranhão veio o atual prelado de Crateús. O anterior, D. Antonio Batista Fragoso, também, assim como o primeiro bispo a pisar o solo crateuense, Dom Antonio de Alvarenga. Há entre os crateuenses e os maranhenses um fio de união religiosa que atravessa as eras, pois de lá advieram missionários com prédicas peculiares na condução do estandarte da fé. Hoje, costumamos identificar pessoas que tentam rivalizar ou fazer uma comparação excludente entre D. Fragoso e D. Jacinto. Acho impróprio. Aquele marcou época, inscreveu seu nome na

lápide da história com a tinta do sangue profético; este se firma pelo pendor à edificação, pela inclinação à mobilização pastoreia, pela disposição gerencial. Quando a Pátria agonizava sob o cativeiro da ditadura e as Instituições estavam amordaçadas, Dom Fragoso percorreu a íngreme vereda do combate, revelando ao povo com o aço cortante da sua verve que era possível atravessar o mar vermelho do regime de exceção. Dom Jacinto é um carpinteiro da fé, que talha a madeira bruta do sonho realizador coletivo e estimula o rebanho religioso a desenvolver os talentos, que são dádivas celestiais. São caminhos distintos, mas não antagônicos. Ambas as trilhas conduzem ao mesmo Jovem Galileu, que ora expulsou com ira santa os vendilhões do templo e ora coordenou a operação milagrosa da multiplicação dos pães. O importante é que cada um de nós deve saber usar corretamente o dote que Deus lhe deu. Como bem leciona a música, “se um dom especial é dado para alguém, é pra ajudar o bem na luta contra o mal”.

Receitas Caseiras: Cocada de Maracujá

[Observatório] Indiscutivelmente o fato mais marcante da última quinzena no universo da atividade política foi a votação, pelo Supremo Tribunal Federal, da constitucionalidade da Lei Complementar 135/10, popularmente conhecida como Lei da Ficha Limpa. Em que pese ser inquestionável sua validade para as eleições deste ano, é óbvio que isso não anula as opiniões divergentes que já esposamos sobre o tema. A maioria dos ministros da Suprema Corte esqueceu voluntariamente de considerar lições básicas de eleitoralistas de nomeada, ilustres constitucionalistas e teóricos luminares do Direito Pátrio, assim como a jurisprudência consolidada do próprio STF.

PONDERAÇÕES

Em primeiro lugar, o termo. A expressão “ficha limpa” em contraposição a “ficha suja” resume bem o tom de intolerância que dominou o debate em torno desse tema. Venceu o velho maniqueísmo de dividir o mundo entre bons e maus, entre limpos e sujos (ah! Se o mundo fosse tão simples assim...). Sempre olhei com cautela para essas posições extremadas. Da forma em que foi colocada, a Lei se ressente de várias impropriedades jurídicas. Por exemplo: nivela as pessoas por baixo. Um cidadão que, por um motivo qualquer – às vezes uma mera atecnia - teve uma conta de gestão votada por um Tribunal de Contas como irregular, é colocado no mesmo patamar de uma figura que cometeu um crime hediondo. Todos receberão igual rótulo de “ficha suja”. E sofrerão um verdadeiro linchamento moral. Acho isso injusto. Fere os princípios da razoabilidade e da proporcionalidade. Embora saiba que atende um desejo de justiçamento presente em setores bem intencionados da sociedade.

A NOVIDADE

Ingredientes: 1 kg de coco ralado fresco, 2 copos de polpa de maracujá (4 maracujás), 4 copos de água e 1,4 kg de açúcar Preparação: No liquidificador bata a polpa de maracujá com a água, passe pela [ Opinião ]

peneira. Numa panela leve ao fogo o coco ralado, o maracujá batido com a água e o açúcar. Deixe apurar por 1 hora aproximadamente, mexendo sempre para não grudar, até soltar do fundo da panela. Despeje sobre uma pedra de mármore e deixe esfriar. Corte as cocadas.

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

Ultrapassada essa questão, o fato é que nas eleições deste ano os eleitores terão a oportunidade de acessar o plano de governo de todos os candidatos. Agora, por força de uma inovação introduzida no artigo 11, inciso IX, da Lei Eleitoral, ao solicitar o registro da candidatura, todo candidato a prefeito deve apresentar seu programa de governo. Nas eleições [ Sociedade ]

municipais passadas não existia essa obrigatoriedade. Para que se tenha uma idéia, salvo melhor juízo, nenhum dos candidatos a prefeito de Crateús na eleição passada registrou sua plataforma eleitoral. Passamos a campanha inteira ouvindo idéias, assistindo debates etc. Mas ninguém exibiu, manuseou, disponibilizou e registrou um Programa de Governo. Este ano, os candidatos têm até as dezenove horas do dia cinco de julho – três meses antes da eleição – para fazer o protocolo junto à Justiça Eleitoral, sob pena de sofrerem um processo de impugnação.

A NOVIDADE II

Essa inovação é um passo essencial à consolidação de uma consciência de cidadania no eleitorado em geral. É óbvio que, com o documento do candidato na mão, o eleitor fica com mais força para cobrar do postulante o compromisso assumido em campanha. Hoje, há pessoas elaborando uma lista com as promessas feitas na eleição passada e que não foram colocadas em prática. Mas ninguém possui um programa de governo escrito e assinado pelo candidato.

O RUMO

Há uma lição que devemos recolher disso. Devemos inverter a ordem de prioridades. Antes de tudo, deve se debater o município. As forças e fraquezas, os desafios e oportunidades, as angústias do presente e os sonhos de futuro. Desenhar um modelo, como quem projeta um edifício. Após definir o rumo que queremos para nossa comuna é que devemos escolher um nome para coordenar esse trabalho. Temos, até agora, feito o inverso: primeiro, e sempre, se discute pessoas. Nunca, ou quase nunca, um projeto. Setores da oposição estão empenhados em fazer esse trabalho de alavancar um debate em torno das questões estratégicas do município. É óbvio que se houver uma alteração no eixo da condução de campanha, elevando-a para um patamar qualificado, todos sairão ganhando.

DOM JACINTO

A imprensa piauiense noticiou: Foi anunciado por volta das 07horas da quarta feira de cinzas (22), no Palácio

[ www.gazetacrateus.com.br ]

Arquiepiscopal, o nome do novo arcebispo de Teresina. Em carta do Núncio Apostólico no Brasil endereçada ao administrador arquidiocesano, Pe. Antonio Soares Batista, foi comunicado que o Papa Bento XVI escolhera o bispo Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho, atual bispo de Crateús-CE, como o novo arcebispo de Teresina. Dom Jacinto Brito vai tomar posse no dia 06 de maio deste ano em missa solene com a presença do clero piauiense, maranhense e cearense. Ele substitui a Dom Sérgio da Rocha, transferido para Brasília no ano passado.

DOM JACINTO II

A promoção de Dom Jacinto para o arcebispado de Teresina, Piauí, provocou, nos católicos dos sertões de Crateús, reações de alegria e tristeza. Esta pelo fato da perda do pastor que liderava a Diocese local; aquela em razão do reconhecimento ao seu talento. “Dom Jacinto é preparado, simples e tem uma forte identidade com a realidade do povo piauiense, porque é nordestino como nós. Foi uma excelente escolha”, afirmou Padre Tony Batista, administrador diocesano de Teresina, ao fazer o anúncio. Ao lado, a crônica que a ele dedicamos há algum tempo atrás.

PARA REFLETIR

Não nos deixemos iludir! Sem respeito às legítimas convicções religiosas do outro não há PAZ! Respeitar não quer dizer: “tudo é igual, deixa assim mesmo”, mas reconhecer que no sacrário da consciência de cada um está o direito de responder livremente a Deus. O cristão-católico, como afirmava o Papa Bento XVI aos bispos, na Catedral de São Paulo (2008) não age por proselitismo ou imposição e sim por atração. Vede como eles se amam! Essa força não esmaga, transforma e encanta! Quem acolhe e ama, escuta de seus lábios: “Bem aventurados os que constroem a paz, porque serão chamados filhos de Deus” (Mt 5,9). Paz! Um ano em favor da Paz! (Dom Jacinto)


Página

4

Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Geral LEI SECA

VATICANO

PRE barra ex-presidente Papa nomeia Dom do TCE na estrada Jacinto arcebispo de Teresina O ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE), Teodorico Menezes(foto), foi abordado e multado na última quarta-feira pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Ele dirigia pela CE 040 e teve que parar em um posto da PRE próximo ao município de Aquiraz. Segundo informações do portal G1, Teodorico teria se recusado a fazer o teste do bafômetro. Agentes da PRE informaram que o ex-dirigente apresentava sinais visíveis de embriaguez. Teodorico confirmou a abordagem, mas disse que não estava embriagado. Teodorico é um dos personagens principais do chamado escândalo dos banheiros – no qual foi constatado desvio de recursos públicos destinados à construção de kits sanitários em comunidades carentes.

Diversos presidentes de associações comunitárias que receberam dinheiro do Governo do Estado para construir banheiros – mas não o fizeram – eram funcionários nomeados do TCE, na gestão de Teodorico. A ligação de Teodorico com o escândalo envolve também membros da família dele. Thiago Menezes e Antonísia Barreto Menezes – respectivamente filho e esposa do ex-presidente do TCE – também presidiram entidades comunitárias que conveniaram com o governo e caíram na irregularidade.

O filho de Teodorico, o deputado estadual Teo Menezes (PSDB), também teve o nome envolvido com o esquema. Na abordagem da última terça, a PRE apreendeu temporariamente o carro de Teodorico e aplicou multa, segundo ele, de aproximadamente R$ 900. O ex-presidente do TCE só teve o carro liberado após chamar uma filha dele para conduzir o veículo. Sobre o episódio, ele declarou que “isso é normal” e “acontece na vida de qualquer pessoa”.

TCM

MP analisa pedido de processo contra Hélio Parente Dez dias. Este é o prazo dentro do qual o Ministério Público analisará o requerimento que solicita abertura de processo de investigação sobre a posse do advogado e conselheiro Hélio Parente (foto) em uma das cadeiras do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (TCM-CE). O prazo foi informado pelo procurador geral de Justiça Ricardo Machado, que garantiu: “É dever do Ministério Público investigar e esclarecer este assunto e nós vamos, sim, abrir um processo de investigação”. O pedido de investigação foi apresentado ao procurador

geral pelos promotores de Justiça José Wilson Sales Júnior e Eulério Soares Cavalcante Júnior, na quinta-feira da semana passada. José Wilson informou que o objetivo de sua iniciativa é esclarecer os fatos que levaram à reprovação das contas de Hélio Parente no TCM-CE e, também, averiguar se há alguma ilegalidade em sua posse como conselheiro da Corte. A Constituição do Estado

do Ceará determina que para este cargo é preciso ter “conduta ilibada”. Conforme mostrou no último dia 14, Hélio Parente teve suas contas de gestão relativas ao período em que foi procurador geral de Aquiraz julgadas irregulares pelo TCM. O motivo foi a não prestação de contas dentro do prazo legal. Hélio alegou dificuldade de acesso às documentações necessárias para a prestação de contas.

[ Política ]

[ Cidade ]

CARTA DE ACOLHIDA NOTA DE BOAS VINDAS

Observando a nossa caminhada percebemos o quanto Deus tem sido bondoso para com a Igreja de Teresina. Sempre Ele tem nos mandado pastores solícitos, bons, generosos, competentes e, sobretudo, homens de Deus, dedicados ao nosso povo. Ainda sentimos a presença marcante de Dom Sérgio da Rocha, nosso último Arcebispo que foi transferido para a Sede de Brasília. Temos muitas saudades dele! Hoje, contudo, o Senhor voltou o seu olhar para nós e nos mandou o novo Arcebispo. Estamos contentes, radiantes, esperançosos e, sobretudo, gratos a Deus por nos mandar aquele que vem nos confirmar na fé e animar a nossa caminhada rumo ao Reino Definitivo. Seja bem vindo, senhor Arcebispo, Dom Jacinto. Nós o acolhemos com a mesma ternura que acolhemos nossos pastores anteriores. Estamos felizes pela escolha do Santo Padre, o Papa Bento XVI. Agradecemos a Deus por nos ter mandado o senhor como nosso pastor e guia. Estamos de braços e corações abertos para acolher o senhor como nosso Arcebispo. Conte conosco, com os padres, religiosos e leigos valentes e trabalhadores, missionários e dedicados, simples, porém apaixonados por Cristo e a sua Igreja. Não mediremos esforços para ajudá-lo na missão evangelizadora nesta Igreja

CRATEÚS: Rua Cel. Lúcio, 511 - Centro Fone/Fax: (88) 3691.1717 NOVA RUSSAS: Rua Pe. Francisco Rosa, 1311 - Centro Fone: (88) 3672.0308 SANTA QUITÉRIA: Rua Cel. Manoel Alves, 157 - Centro Fone: (88) 3628.0374 ARARENDÁ: Rua Francisco Mourão Lima, s/n- Centro Fone: (88) 3633.1203

Você encontra todas as matérias da Gazeta no site. Acesse e poste seu comentário. [ Opinião ]

O papa Bento XVI nomeou como Arcebispo Metropolitano de Teresina (PI) Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho, que até então era bispo da diocese de Crateús (CE), segundo informação em nota do Vaticano, de 22 de fevereiro. A notícia pegou de surpresa a cidade de Crateús, desde já saudosa do querido bispo. Dom Jacinto de Brito, que foi ordenado sacerdote em 15 de janeiro de 1972, passará a ocupar o novo posto após 14 anos à frente da Diocese de Crateús, onde deixou a marca de grandes realizações, tais como a reforma e ampliação da Catedral do Senhor do Bonfim, a construção da Igreja da Imaculada Conceição, no bairro da Ilha, tido como o maior templo católico do Ceará, da Igreja de Santa Terezinha, da Casa Paroquial e de várias outras importantes construções. Sua atuação religiosa foi das mais profícuas e se estendeu por toda a jurisdição da Diocese de Crateús. Nascido a 16 de junho de 1947, em Bacabal (MA), começou seus estudos em filosofia aos 19 anos, em Fortaleza (CE), e recebeu uma formação teológica contínua desde que foi ordenado sacerdote. Durante os últimos 14 anos o agora arcebispo exerceu a função de bispo na diocese de Crateús. Tendo como lema “Senhor, por tua palavra lançarei as redes” Lc 5,5, Dom Jacinto assumirá em maio a Arquidiocese de Teresina, em substituição a Dom Sérgio da Rocha, que foi transferido para Brasília.

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

de Teresina. Agradecemos ao senhor, Dom Jacinto, pela disponibilidade em aceitar mais este chamado do Senhor. Se o senhor diz que vem logo, desde agora somos felizes! O senhor vai encontrar uma “Igreja que por graça de Deus e na força do Espírito, é rica de dons e de carismas, em operosidade evangélica e em amor pelos pobres e esquecidos”. Uma Igreja que está a serviço da vida e da esperança, que promove o bem e a verdade, que dialoga com o nosso povo e que assume o rosto missionário de Jesus, o Salvador. Certamente que o senhor encontrará também dificuldades. Somos tão humanos como em qualquer outra Igreja, mas dispostos a viver a unidade e a colaborar com o senhor, no seu pastoreio. Conte conosco, senhor Arcebispo, e seja bem vindo à nossa amada Igreja de Teresina. Teresina, 22 de fevereiro de 2012 Pe. Tony Batista Administrador Diocesano

MOSENHOR TABOSA: Av. Honório Melo, 25 - Centro Fone: (88) 3696.2164 NOVO ORIENTE: Rua Elpídio Rodrigues, 266 - Centro Fone: (88) 3629.1794 QUITERIANÓPOLIS: Rua Acard Deusdete Pedrosa, 247 Fone: (88) 3557.1346 / 9992.1379 FORTALEZA: Rua Pe. Luiz Filgueiras, 550 - Aldeota Fone: (85) 3221.4355

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 Página

5

Geral

“Uma coisa é reivindicar, outra coisa é estabelecer um clima de terror numa sociedade para fazer a democracia ficar de quatro perante armas” Jaques Wagner – Governador da Bahia

FICHA LIMPA

JUDICIÁRIO

Decisões do TCM terão AGU pede volta da peso maior nas decisões investigação contra do Eleitoral tribunais A aplicação da Lei Ficha Limpa nas eleições deste ano, conforme decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), na semana anterior ao Carnaval, afastará da disputa vários candidatos, inclusive detentores de mandatos dispostos a pleitear a reeleição. Isso ocorrerá não somente no Ceará, mas em todo o Brasil porque quem tem contas julgadas irregulares pelos tribunais de contas pode ter o registro da sua candidatura indeferido. Para as eleições de 2010 o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) do Ceará encaminhou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) uma relação com mais de 3.500 nomes de gestores com contas desaprovadas por aquela Corte. Com base nessa relação alguns pedidos de registro de candidaturas foram impugnados, mas não prosperaram porque a Lei Ficha Limpa não prevaleceu para aquelas eleições, embora as decisões do TRE fossem no sentido de impugnar todos aqueles candidatos, obrigando-os a recorrer ao TSE. A partir de agora esta Lei pode ser aplicada. É claro que alguns dos nomes daquela relação foram tirados porque recorreram e obtiveram êxito nos recursos interpostos, com a reforma da decisão no próprio TCM

ou foram beneficiados com decisões judiciais, inclusive do próprio Supremo Tribunal Federal. Mas, outros nomes deverão ser incluídos na próxima relação porque somente em 2011 o TCM julgou irregulares 1.129 processos de prestação de contas de gestão e 207 processos referentes a tomada de contas de gestão dos 184 municípios cearenses.

Processos

As decisões do TCM envolvem gestores em geral, ou seja, secretários, dirigentes de órgãos públicos, presidentes de câmaras municipais e, prefeitos e ex-prefeitos quando se tratar de processos de contas de gestão. O município de Fortaleza, por contar com um número maior de gestores, também deverá contar com uma listagem maior de nomes com suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas. Além da desaprovação das contas com aplicação de multa e imputação de débitos aos ordenadores de despesas, em muitos casos o Tribunal de Contas aponta nota de improbidade administrativa, por entender que houve desvio de recursos públicos. Mas a questão da nota de improbidade só pode ser aplicada por decisão judicial, vez que a Corte de Contas

não tem competência para tal. A sua indicação deve ser motivo para os representantes do Ministério Público estadual promoverem as ações competentes e a Justiça reconhecer a improbidade, condenando o acusado, inclusive a inelegibilidade.

Nomes

A relação atualizada com os nomes de todos os gestores públicos que tiveram contas rejeitadas pelo Tribunal somente será fornecida na época apropriada, em julho, mas com base em informações divulgadas na imprensa sobre os julgamentos nas câmaras e também pelo pleno do TCM, sabe-se que alguns vereadores e supostos candidatos na capital e interior do Estado tiveram contas julgadas irregulares porque já atuaram como gestores na administração municipal. É claro que cada processo de registro de candidatura será avaliado de maneira isolada e o fato de, no momento, um suposto candidato ter contas julgadas irregulares pelo TCM não significa que esteja impedido de ser candidato até porque essa decisão será da Justiça Eleitoral. Além disso, não está afastada a possibilidade de uma decisão ser modificada pelo próprio TCM.

Acusados de crimes em briga de torcidas são condenados a 20 anos de prisão

O Conselho de Sentença do 1° Tribunal do Júri da Comarca de Fortaleza condenou os réus João Henrique Pires da Silva, Leandro José de Oliveira a 20 anos de prisão. Eles foram julgados pelo assassinato de Raimundo Victor Nepomuceno Pereira e pela tentativa de homicídio contra Raul Victor Noronha Duarte, durante briga de torcidas, em 13 de janeiro de 2008, no bairro José Walter, em Fortaleza.

A AGU (Advocacia-Geral da União) se manifestou na semana passada favorável à retomada da investigação sobre movimentações financeiras suspeitas de magistrados e servidores do Judiciário. A posição foi encaminhada ao STF (Supremo Tribunal Federal). Em decisão do ministro Ricardo Lewandowski, o Supremo havia congelado no ano passado a investigação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), a pedido de associações de magistrados que alegaram ter havido quebra de sigilo. A investigação do CNJ foi baseada em informações fornecidas pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras). O órgão de inteligência levantou 3.426

magistrados e servidores do Judiciário que fizeram movimentações consideradas “atípicas”, no valor de R$ 855 milhões entre 2000 e 2010. O ápice ocorreu em 2002, quando um servidor do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, no Rio, movimentou R$ 282,9 milhões. Ele é alvo também de investigação da Polícia Federal. Em sua manifestação, a AGU lembra que o Supremo já garantiu os poderes de investigação da corregedoria do conselho. Além disso, a AGU disse que não houve a quebra de sigilo. “O acesso a esses dados, de maneira reservada e sem qualquer exposição, não representa quebra de sigilo.”

Artigo

Apoio

A argumentação da Advocacia-Geral é coincidente com a da corregedora do CNJ, Eliana Calmon, à frente da investigação e pivô de uma crise com parte da cúpula do Judiciário. Ela foi o principal alvo de críticas das entidades representativas. Segundo a corregedora, os magistrados já são obrigados a apresentar a declaração do imposto de renda. “Não é para ficarem guardados num arquivo, mas para que os órgãos de controle examinem quando houver suspeita de transações ilícitas”, justificou, no auge da crise.

Antonio Mourão Cavalcante a_mourao@hotmail.com

Polícia em crise Antigamente a gente escutava: “Esse menino não quer estudar. Vamos mandá-la sentar praça na polícia.” No caso, a Polícia Militar. Era conhecida por sua truculência. Por matar cangaceiros e jagunços. Canudos e Caldeirão. Elas eram forças auxiliares dos governos estaduais. Um governador tinha força conforme o número de homens fardados que possuía. Algumas ficaram famosas e realmente combateram como exércitos. Esse tempo passou. A configuração das polícias e suas funções tiveram que mudar. A ditadura de 64 tentou enquadrá-las, subordinando-as às forças armadas. Depois, com a Constituição de 88, passaram a ter uma conotação social mais evidente. Apaziguar conflitos sociais. Ser

uma polícia cidadã e não militar. Esse processo está sendo muito lento. Foi não foi, elas acabam mostrando os dentes e agindo como militares. É bala mesmo! No momento, elas vivem uma crise profunda de identidade. Não tardaram as manifestações/ sintomas desse mal-estar. O policial tem agora um perfil bem diferente. Não é raro encontrar um simples soldado detentor de um diploma de curso superior. Sabe lidar com informática. Tem Orkut e Facebook. Totalmente antenado das coisas do mundo. A saída dos quartéis e o contato com as ruas os tornaram mais vulneráveis. Alguns, por fraqueza moral, emprestam a farda e as armas ao crime. Tornam-se bandidos. Outros concluem que a missão é muito ar-

riscada, sentindo-se super explorados. Reivindicam direitos. Querem salário mais digno. A confusão está instalada. A cabeça de alguns governadores ainda não foi reciclada. Nem de muitos comandantes (comandantes?) que ainda se acham generais de um exército que não pode – nem deve – ser exército. Nem Polícia Militar. Apenas, polícia. Os acontecimentos do Ceará, da Bahia e de outros que se anunciam indicam que é necessária uma definição mais clara do que a sociedade brasileira pensa e precisa desse segmento que é pago por nossos impostos. Uma ressignificação desse pessoal, que ainda está fardado, portando armas, com uma cabeça centrada nos tempos de antigamente…

Prefeitura usa iniciais de nome em placas

A Justiça do Paraná determinou, em decisão liminar, que a prefeita de Maripá, Jacira Quirno Alves (PMDB), retire dos carros oficiais da prefeitura as placas com as iniciais de seu nome ou com o número 15, de seu partido. A decisão foi tomada pelo Juiz da Vara Cível de Palotina, em ação proposta pelo Ministério Público do Paraná. Cabe recursos. [ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Página

6

Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Regional

“A insistência do PT em comparar modelos de privatização é bem-vinda. Até porque é bem divertido ouvir o PT discutir quem privatiza melhor” Aécio Neves Sobre o PT que tanto acusou FHC e o PSDB por privatizações

Informe Publicitário Independência

Prefeitura constrói aterro para resíduos sólidos A Prefeitura de Independência, através da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH), e em parceria com a comunidade do distrito de Tranqueiras e da ECOELCE, constrói um aterro de compostagem para os resíduos sólidos e destino Correto do lixo do distrito de Tranqueiras. A parceria discute e efetiva o sistema de reciclagem e coleta sistemática dos resíduos sólidos no distrito de Tranqueiras. Durante reunião que aconteceu naquela comunidade, dia 16 último, definiu-se o objetivo de envolver todas as famílias através de

palestras orientadoras. A equipe da SEMARH, através da secretária Bety Coutinho, esteve em Tranqueiras, dia 16, participando de discussão junto com a comunidade, onde os próprios moradores farão a seleção dos resíduos sólidos daquele distrito e o transporte será feito pelo município, conforme calendário previamente elaborado e com apoio das famílias. Foi construído pelo município um aterro em terreno de 1ha, doado por Iran Macedo, para receber os resíduos sólidos para compostagem. O terreno foi cercado pelo município e o trabalho terá

AGRICULTURA SUSTENTÁVEL

A Prefeitura Municipal de Independência, em parceria com o Conselho de Política e Gestão do Meio Ambiente – COPOM e com Coordenadoria de Educação Ambiental Social, ministrou um Curso de Agricultura Sustentável, entre os dias 07 e 10 de fevereiro. O curso, que foi proferido por técnicos da SEMACE, aconteceu no auditório do Paço Municipal e teve a duração de 40 horas/ aulas, finalizando com uma visita à Escola Família Agrícola Dom Fragoso (EFA), localizada no sítio Santa Cruz. A EFA possui toda uma estrutura característica de produção e de preservação e controle sustentável da terra para convivência no campo,

conduzida por professores e alunos da EFA, que retiram sua sobrevivência naquela comunidade. Participaram do curso, técnicos da Secretaria de Agricultura e Pecuária, do Meio Ambiente, pecuaristas e convidados. Os temas e objetivos deste curso foram o de capacitar técnicos, agricultores, filhos de agricultores, para um trabalho de uso sustentável da terra. Orientações foram transmitidas sobre o semiárido, desmatamento, água, agroecologia e ainda a prática de conservação da terra na agricultura, sem fazer uso de grandes queimadas e de agrotóxicos, convivendo com o semi-árido com uma perspectiva

todo acompanhamento. A presença de animais soltos pelas ruas gerou importante discussão, gerando um acordo de solicitação da Vigilância Sanitária, para uma tomada de providências.

O prefeito Bezaliel Pedrosa participou ativamente de todos os debates e visitou o aterro sanitário. Na sua fala fez várias referências em relação às propostas ali debatidas e sugeridas no

INDEPENDÊNCIA REATIVA O (PAR) PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS DA EDUCAÇÃO

Ecológica. Para a Socióloga da SEMACE, Evaneida, o município de Independência tem potencial para ser explorado na área da agricultura, que é o programa “Aduba Sertão”. Ela recomenda que este programa deva ser valorizado e desenvolvido, pois é bom para o município com esta agregação de idéias na agricultura e meio ambiente. Participantes do curso comprometeram-se em levar a extensão do curso ao homem do campo, através de palestras, disse Emiliano Nunes, secretário de Agricultura, que participou do curso juntamente com Bety Coutinho- secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

O Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) do Ministério da Educação (MEC) desde 2007 que colocou à disposição dos estados, municípios e do Distrito Federal, instrumentos de implantação de políticas e ações para a melhoria da qualidade da educação pública básica. “Todos pela Educação” era uma estratégia do PDE, que a partir da adesão, os municípios, começaram a elaborar os seus Planos de Ações Articuladas (PAR) e está inserido dentro do Sistema Integrado do Ministério da Educação (SIMEC). Esteve em Independência uma equipe do Ministério da Educação, em parceria com a Universidade Federal do

Ceará, realizando oficina de capacitação no auditório do Paço Municipal, nos dias 30 e 31 de janeiro. O tema foi a elaboração do Plano Municipal, que deverá iniciar por um diagnóstico minucioso da realidade educacional nas dimensões do Plano de Ações Articuladas (PAR), assim definida: Gestão Educacional, Formação de Professores e de Profissionais de Serviços e Apoio, Práticas Pedagógicas, Avaliação, Infraestrutura e Recursos Pedagógicos. Participaram da oficina, Gestores e Conselho Escolar, representantes Técnicos SME, representantes de Pais de Alunos, de Professores, representantes do Programa SME e a secretária

jornalista

Ficha limpa, um bom começo

[ Opinião ]

da República”. Quando, no governo Dilma, se assiste à queda sucessiva de ministros, percebe-se que algo mudou. Mas eram necessários mecanismos para dar sustentação à mudança. Daí, a Lei da Ficha Limpa, finalmente validada pelo Supremo. Foi promulgada por Lula em 2010, a partir de um projeto de iniciativa popular que coletou 1,3 milhão de assinaturas. Gerou-se, pois, no berço do povo, retratando, na origem, a repulsa dos brasileiros a um estado de coisas que não pode perpetuar-se. Ela não certifica a honestidade dos políticos que irão eleger-se a partir do pleito deste ano. Mas, de

[ Política ]

[ Cidade ]

imediato, vai alijar, da disputa eleitoral, elementos deletérios que sempre se refestelaram no interminável banquete dos corruptos. A faxina moral será, reconheçamos, uma operação demorada, pois que a ladroeira está incrustada nos costumes nacionais – haja vista a descoberta diária de novos escândalos, em todos os poderes, em todos os escalões. A Ficha Limpa, contudo, é um bom começo. O País aposta todas as suas fichas neste novo mecanismo.

[ Geral ]

[ Cultura ]

de Educação Salete Bezerra Pimentel. A oficina foi conduzida por especialistas na área. Para a secretária Salete Pimentel o momento foi oportuno para o Município e teve o apoio do Prefeito Bezaliel Pedrosa. Toda a equipe Gestora e Pedagógica esteve preparada, munida com material de apoio à educação do município, em parceria com o MEC, e vai avançar através do Plano de Ações Articuladas (PAR). Após a realização do diagnóstico, o próximo passo é buscar recursos para desenvolver as ações propostas. (Colaborou F. Sousa)

HABEAS CORPUS

Ítalo Gurgel

Os mecanismos de defesa da cidadania – ouvidorias, disque-denúncia – ganharam espaço, enquanto, no governo Lula, se fortaleceram instâncias como Polícia Federal e Controladoria Geral da União, que se tornaram mais vigilantes. Já no reinado do PSDB, o procurador-geral Geraldo Brindeiro engavetou 242 e arquivou outros 217 dos 626 inquéritos criminais que recebeu. Acusações diversas se voltavam contra 194 deputados, 33 senadores e 11 ministros. Quatro miravam o próprio presidente Fernando Henrique. Não por acaso, Brindeiro ficou conhecido como o “engavetador-geral

a importante parceria com a ECOELCE, no sentido da conscientização ecológica, de que é possível promover e prevenir as doenças, mantendo as ruas bem cuidadas.

Bety Coutinho (Sec SEMARH) e o prefeito Bezaliel Pedrosa, em visita ao aterro de compostagem dos resíduos sólidos em Tranqueiras

Artigo Em tempos idos, o Brasil era conhecido no Exterior como a pátria do Carnaval e do futebol. Hoje, é tido e havido como o país da violência e da corrupção. Levemos em conta que corrupção, aqui, não é novidade. Sabe-se que as malas pretas sempre circularam pelos gabinetes do poder; é do conhecimento de todos que fortunas se edificaram alicerçadas no assalto aos cofres públicos, no contrabando, na sonegação fiscal. Hoje, a corrupção tem mais visibilidade porque a imprensa está mais atenta a essa pauta. E tem liberdade para explorá-la.

momento. Solicitou junto aos professores, alunos, agentes de saúde e público presente que fossem os multiplicadores destas idéias, pois todas têm o apoio da atual administração. Bezaliel enalteceu

STF libera prefeito de Senador Pompeu O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes concedeu habeas corpus a favor do prefeito afastado de Senador Pompeu, Antônio Teixeira (PT), que estava preso há mais de sete meses por suspeitas de envolvimento em fraudes em licitações no Município. Embora liberado, Teixeira não poderá retomar o comando do Executivo. Isso porque ele também está

[ Sociedade ]

afastado do cargo devido a uma ação de improbidade administrativa que tramita na Justiça de Senador Pompeu. O advogado de Teixeira, Hélio Leitão, já havia feito três tentativas de tirá-lo da prisão, com recursos ao Tribunal de Justiça do Ceará e ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Apenas o STF, no entanto, decidiu pela liberação. (Hébely Rebouças)

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 Página

Regional

“Agora, a presidente pode baixar o decreto e dizer: no meu governo, para nomear eu quero a biografia, eu quero a ficha de quem é o cara e a competência para exercer o cargo” Pedro Simon – Senador

Informe Publicitário Nova Russas

7

Informe Publicitário Novo Oriente

Nova Russas realiza o melhor carnaval de todos os tempos

Carnariente anima cidade por quatro dias

Com a promoção da Prefeitura de Nova Russas, foram nove dias de folia, incluindo os quatro sábados do pré-carnaval. Na última noite da maior “Folia feita pra Você”, cerca de 12 mil foliões participaram com muita animação e energia do maior e melhor Carnaval do Interior do Estado. No fechamento do Carnaval 2012, a multidão, eufórica, seguiu o Trio Elétrico e a Banda Tropa de Choque por todo o percurso feito pelas principais avenidas da cidade. Organizadores do evento se impressionaram com o número de foliões que prestigiaram o último dia de Carnaval, que se encerrou na manhã de Quarta-feira de Cinzas. O Prefeito Paulo Evangelista, idealizador do pré-Carnaval, falou no trio elétrico, durante a folia, para os milhares de foliões, da sua alegria em proporcionar o maior e melhor Carnaval de

A Secretaria de Cultura de Novo Oriente realizou, nos dias 18 a 21últimos, o Carnariente 2012, a tradição carnavalesca da cidade. Foram quatro dias de muita alegria para os foliões novorientenses. A programação teve início no sábado, 18, com a apresentação do Carnamirim, Carnaval Infantil promovido pelas escolas públicas municipais, no Clube Badalo Show, em parceria com a Secretaria de Educação e ainda o encontro dos blocos alternativos na Praça da Matriz. No segundo dia houve o desfile do bloco oficial Estrela do Oriente, que desfilou pelas principais

todos os tempos. Paulo foi enfático ao dizer: “estando ou não à frente do Executivo, o próximo prefeito terá a obrigação de buscar mais investimentos junto ao Governo do Estado e à iniciativa privada, com contratações de Bandas e Trios

Elétricos de maior porte”, porque, segundo ele, neste ano, ficou constatado que um Trio Elétrico e um Paredão de som não foram suficientes para demandar a gigantesca dimensão do Carnaval de Nova Russas.

Prefeito Paulo Evangelista, Sheila, Elaine e Dra. Ângela (secretaria de saúde)

ruas da cidade e encerrou sua apresentação no Corredor Cultural. O bloco Estrela do Oriente levou para as ruas as cores, a alegria e a magia do circo, com uma bela apresentação. Após o desfile, os foliões se dirigiram ao clube Bilu Bola, área de lazer situada fora da cidade, onde teve lugar animada festa carnavalesca puxada por Joãozinho e banda, Black Swing e Arnaldo Merlotto. No terceiro dia, a folia teve prosseguimento com a apresentação do Carnaval da Saudade, no clube Badalo Show, animado por Joãozinho e Banda e pela banda

Escola vencedora

Forró do Sertão. O toque final do Carnaval de Novo Oriente ocorreu na terça-feira, dia 21, com a apresentação das bandas Forró Boca a Boca e Forró da Agitação, no clube Bilu Bola.

Secretária de Saúde Ângela Farias contagiando seus foliões da prevenção Blocos

ADMINISTRAÇÃO DE NOVA RUSSAS VALORIZA O MAGISTÉRIO Professores da rede municipal de Nova Russasbrincaram o Carnaval com o bolso recheado A Prefeitura rateou as sobras decorrentes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb, repassando pomposos dividendos aos professores que compõem o quadro de profissionais do município. Foi distribuída a quantia de R$ 560 mil, somada aos anteriores, de forma proporcional, sendo que, no mês de novembro, com o valor de R$ 500,00

para professores com 100h/ aula e R$ 1.000,00 para professores com 200h/aula. Dia 17, foram repassados R$ 732 para 100h/aula e R$ 1.464para 200h/aula. Vale salientar que o salário do magistério pago pela Prefeitura de Nova Russas, figura entre os melhores do Estado. De acordo com a legislação, 60% dos recursos do Fundeb são destinados à remuneração dos profissionais do magistério em efetivo exercício na Educação Básica.A administração municipal vem mantendo em dia o pagamento de seus

CERTIFICADOS DO GESTAR II Em solenidade ocorrida no auditório da UVA, no último dia 16, foi efetuada e entrega dos Certificados do Curso Gestar II, das áreas de Língua Portuguesa e Matemática,ansiosamente aguardada pelos professores cursistasdesde de 2010, quando concluíram a formação. Prestigiaram a solenidade o Prefeito Paulo Cesar Evangelista, a primeira dama Elaine Farias, as secretarias Rosilene Vieira Sampaioe

Raimunda Torres Chaves, a coordenadora do Gestar II, Robéria Franco e as formadoras: Josineire Gomes Camelo e Francisca Aparecida Abreu, além dos vereadores Adalberto Filho, Raimundo Juvêncio e Denilson Peres, equipe pedagógica da Secretaria de Educação, diretores e coordenadores de escolas municipais. Na ocasião, foram entregues aos cursistas, diretores e coordenadores e aos

[ Opinião ]

[ Política ]

PROJETO AGENTES DE LEITURA servidores, sempreprocurando equilibrar as finanças do município e efetuar o pagamento dos servidores dentro do mês trabalhado.

Novo Oriente, mais uma vez foi contemplado com o projeto Agentes de Leitura do Ceará. Foram selecionados 10 agentes no município, que vão levar a leitura até às famílias carentes, incen-

tivando a prática da leitura pela contação de histórias, realizando rodas de leitura, enfim, disseminando a cultura, levando-a até as pessoas que não têm acesso aos livros. O projeto está

implantado no município há cinco anos e tem contribuído para o desenvolvimento da prática literária das famílias mais carentes do lugar.

com pequenas corredeiras durante todo o ano, além de um olho d’agua, subidas e descidas e lindas paisagens naturais. O visitante tem a oportunidade de vivenciar um intercâmbio cultural através do Centro de Cultura da Arte Negra da localidade de Minador, aberto à visitação

pública, com visita previamente agendada. A Trilha Ecológica do Minador tem uma extensão de 3 km, com início na localidade de Cavaco, e ponto final na comunidade de Minador que fica a 16km da sede do Município de Novo Oriente, no alto da Serra.

TURISMO Para quem gosta de aventura, diversão e cultura, há uma excelente opção de lazer na Serra de Novo Oriente – a Trilha Ecológica do Minador, pouco explorada, mas oferecendo inúmeros atrativos aos amantes da Natureza, tais como: a Cachoeira, que mesmo fora do período chuvoso, permanece Prefeito Paulo Evangelista

III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA

demais presentes a Agenda do Professor, uma iniciativa da Secretaria de Educação destinada aos professores da Rede Pública Municipal. Também foram entregues medalhas de menção honrosa a três alunos da Rede Municipal, pela participação e destaque na Olimpíada de Matemática, sendo os mesmos agraciados com uma bolsa de emprego pela administração municipal.

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

A Secretaria de Cultura, Turismo e Desporto realizou, dia 25 de janeiro passado, na Câmara Municipal, a III Conferência Municipal de Cultura, com a presença de artistas e profissionais da cultura local e autoridades locais. Foram discutidas e votadas diretrizes e também escolhidos delegados para a III Conferência Estadual de Cultura do Ceará. Essas diretrizes serão utilizadas na elaboração do Plano Municipal de Cultura. Sob a coordenação do Secretário [ Sociedade ]

de Cultura Jaime Alexandre de Oliveira, os membros da Comissão Organizadora da Conferência foram: Professora Vanda Moreira, Odaly Fernandes, Welinton Lira, José Alves Rodrigues e a Professora Cleivani. Os

III Conferência de Cultura

[ www.gazetacrateus.com.br ]

delegados e suplentes eleitos foram: Cleivani Moreira Oliveira, Cícero Viana Braz e Odaly Fernandes Cavalcante; Gilvan Alves Evangelista, Dennis Marques da Silva e Francisco Welington Alves Lira.


Página

8

Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Cidade

“Inelegibilidade não é pena. E aqui o foco é a proteção da legitimidade das eleições e da soberania popular”

Rosa Weber – Ministra do Supremo Tribunal Federal

CARNAFOLIA

Crateús realiza carnaval da paz e da alegria perceber a valorização de artistas locais e da família crateuense e, com essa visão, a Prefeitura de Crateús, através da Secretaria de Cultura e com apoio do Governo do Estado do Ceará realizou o Carnaval de Crateús no

Corredor Cultural,local onde teve inicio o Carnafolia Crateuense.Milhares de foliões prestigiaram a 16ª edição do Carnafolia e se divertiram ao som de 11 bandas musicais que animaram o Carnaval mais tranquilo dos últimos

tempos, sem qualquer incidente digno de registro. Atendendo solicitação dos amantes dos Paredões, foi realizado em parceria com a DB Champions, com sede em Recife, um concurso de paredões no Balneário Mu-

nicipal, com a participação devários DJ’S. A arte e a graça desfilaram no Corredor da Folia através dos sete blocos alternativos e dos blocos oficiais, Mandacaru,Tykerê e da Escola de Samba Malagueta,

onde os grandes campeões foram o bloco Jegue elétrico, pelos alternativos, e o bloco Tykerê, pelos oficiais.

Fotos de Júnior Sá e Ygor Facundo

Em sua 16ª edição, o Carnafolia de Crateús, conhecido como o Carnaval da paz, da alegria e de cultura diversificada, esteve recheado de vasta programação e opções diversas. A gestão Vida Novafez

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 Página

Cidade

“Só há duas maneiras de viver a vida: a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vive-la como se tudo fosse milagre”

Fotos de Júnior Sá e Ygor Facundo

Albert Einstein

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

9

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Página

10

Área 1212 - 8802 5066 OU 190 Área 1211 - 8802 3535 OU 190 Área 1213 - 8802 5067 OU 190

Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Geral

Espiritualidade) A oração eficaz Eudes Pontes Jesus, ao atender um pedido dos discípulos para que ensinasse a eles como orar, apresentou os elementos fundamentais que compõe uma oração a Deus. Em Mateus 6, versículos de nove a 12, ele inicia dizendo: “Portanto, vós orareis assim: Pai nosso que estás nos céus...”. Este é o primeiro fundamento da oração: o reconhecimento que Deus é Pai, e, como Pai, Ele cuida dos filhos e quer o melhor para eles. Observamos também que a oração não pode ser dirigida a nem um outro a não ser ao Pai. Jesus elimina qualquer possibilidade de que a oração seja direcionada a algum intermediário, seja Pedro, João, Maria, Tiago ou André.

Outra lição que extraímos dessa escritura é que o Deus ao qual é dirigida a oração habita os céus. Ele não está nas coisas que foram por ele criadas. Ele é um ser espiritual cuja morada está nos céus e cujo nome deve ser santificado por aqueles que o buscam em oração, em cumprimento à orientação de Jesus: “...santificado seja o teu nome”, ou seja, aquele que ora a Deus deve reconhecer que Deus é santo e que o seu nome deve ser reverenciado. Uma vez crendo que Deus é nosso Pai, e santificando o seu nome, devemos pedir que o seu reino seja estabelecido na nossa vida: “venha o teu reino”. Pedir para que o reino de Deus venha é as-

sumir uma posição de súdito deste reino, onde o rei é o próprio Deus. É estar disposto a obedecê-lo, a servi-lo com a vida. É reconhecer que não somos nada e Ele é tudo em nós. Que não temos outro rei a não ser Ele. Após admitirmos que o Rei da nossa vida é Deus, Jesus ensina que devemos reconhecer a nossa dependência dele: “ ...faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu”. Portanto, ao orarmos, devemos ter em mente que a vontade que deve prevalecer com relação ao objeto da oração, é a vontade do Pai, e não a nossa. Neste modelo de oração, que nos inspira a nos sujeitarmos à vontade do Pai, Jesus nos autoriza a recorrer-

mos a Deus para suprimento das nossas necessidades materiais diárias, através da expressão: “o pão nosso de cada dia dá-nos hoje”. A orientação é no sentido de que busquemos a Deus em oração para suprimento daquilo que precisamos no nosso dia a dia sem, no entanto, trazermos no coração nenhuma inquietação, nenhuma ansiedade com o dia de amanhã. O Senhor Jesus, em Mateus 6 versículo 34, diz: “Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal”. As relações interpessoais também fazem parte do modelo de oração apresentado

por Jesus, ao dizer: “perdoa-nos as nossas dívidas assim como nós temos perdoado aos nossos devedores”. Ele ensina que a condição para que se obtenha o perdão de Deus através da oração é que haja a prática do perdão para com aqueles que nos ofendem. Portanto, a medida do perdão de Deus para nós é a mesma que usamos para com aqueles que nos ofendem. Quanto mais praticarmos o perdão, mais perdão de Deus vamos obter para as nossas falhas. Na qualidade de homens falhos e pecadores, a tentação é uma possibilidade presente na vida de todos nós. Conhecedor profundo da natureza humana, Jesus nos ensina a pedir ao Pai que

“não nos deixe cair em tentação; mas livra-nos do mal, pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém”. A oração eficaz, portanto, traz consigo o reconhecimento de que Deus é nosso Pai e que Ele, e somente Ele, tem poder de atender às nossas petições. Que o seu nome deve ser santificado, ou seja, reverenciado por nós. Que haja o reconhecimento da nossa dependência irrestrita dele, bem como a aceitação do seu reino sobre nós. Que busquemos Nele a provisão para as nossas necessidades materiais diárias, e o seu perdão para os nossos deslizes espirituais. Que busquemos Nele forças para que não sejamos vencidos pelos ardis da tentação.

GAZETA NO CAMPO Eduardo Aragão Eng.º Agrônomo e Economista com mestrado em Economia Rural

Agronegócio X Agricultura familiar A denominação do agronegócio é determinada não apenas para a produção do setor agropecuário, mas, também, de todas as relações com outros setores da economia, aqueles que produzem insumos e indústria, comércio e distribuição que dependem da produção agropecuária. A importância do AGRONEGÓCIO é evidenciada por sua participação em 10% do total do Produto Interno Bruto (PIB) nacional. A variação regional oscila entre 5% e 27% nos Estados. Basicamente, estas diferenças advêm de características regionais intrínsecas, como o desempenho da pequena e larga escala de produção, dependendo do tipo de atividade ou produto, e da distribuição territorial. O setor agropecuário familiar tem sua importância na absorção do emprego e na produção de alimentos, especialmente voltada para o autoconsumo, focalizando-se mais as funções de caráter social do que as econômicas, tendo em vista sua menor produtividade e incorpora-

ção tecnológica. Entretanto, é necessário destacar que a produção familiar, além de fator redutor do êxodo rural e fonte de recursos para as famílias com menor renda, também contribui expressivamente para a geração de riqueza, considerando a economia não só do setor agropecuário, mas do próprio país. Tal afirmativa se justifica na importância do agronegócio familiar no Brasil, respaldada na quantificação do PIB, não apenas de sua produção agropecuária, mas de todo o complexo de indústrias, comércio e serviços existentes à montante e à jusante das pequenas propriedades e posses familiares – o que se denominou agronegócio familiar. Este termo foi utilizado porque a importância de uma atividade não se concentra apenas nela, mas também no que depende dela. Deste modo, a expressividade da atividade familiar quantificada pelo PIB do agronegócio familiar se torna mais ampla e define melhor como a produção dos [ Opinião ]

pequenos produtores realmente interfere na economia. Neste contexto, vale ressaltar a importância da agropecuária familiar em relação ao PIB nacional, tendo em vista não só a contribuição dada pelo setor produtivo da agropecuária familiar, mas também de todo o complexo econômico vinculado a esse setor. Isto inclui tanto o cômputo da produção do setor familiar como a demanda por insumos, a indústria de transformação da produção em seus manufaturados e o quanto é gerado nas etapas de comercialização e distribuição dos produtos e insumos, sempre em relação aos estabelecimentos familiares. Todo esse conjunto de atividade é denominado AGRONEGÓCIO FAMILIAR. Estudos evidenciam que o segmento familiar da agricultura brasileira, ainda que muito heterogêneo, responde por expressiva parcela da produção agropecuária e do produto gerado pelo agronegócio brasileiro, devido ao seu inter-relacionamento com importantes segmentos

[ Política ]

[ Cidade ]

da economia. As análises evidenciam que o segmento familiar do agronegócio brasileiro responde por cerca de 10% do PIB brasileiro, parcela bastante expressiva, considerando que a participação do agronegócio situa-se ao redor de 30% do PIB da economia brasileira. Os estados do Nordeste apresentam grandes níveis de desigualdades no que tange à participação da agricultura familiar em seus agronegócios totais. Cabe destacar o Estado do Maranhão, que possui uma eficiente produção agrícola, sobressaindo-se, em especial, na cultura do arroz. No Ceará, destaca-

[ Geral ]

-se o fato de que prevalece a pecuária como a parte mais importante do agronegócio familiar, chegando a ser três vezes maior do que o PIB das lavouras. Por fim, mesmo sob as adversidades, como insuficiência de terras e capital, dificuldades no financiamento, baixa disponibilidade tecnológica e fragilidade da assistência técnica, o peso da Agricultura Familiar é bastante representativo para a riqueza do País. Porém, o processo de modernização da produção rural, muitas vezes, beneficia mais a produção patronal que a família; além disso, a divergência, em

termos de tamanho, capital e tecnologia, tornam as prioridades de cada produto familiar diferente. Os objetivos difusos da classe dificultam sua organização para busca de seus próprios interesses. Cabe não apenas ao governo, mas a toda sociedade, melhorar o direcionamento de políticas, com ênfase familiar, destacando que, além de seu fundamental papel social na mitigação do êxodo rural e da desigualdade social do campo e das cidades, este setor deve ser encarado como um forte elemento de geração de riqueza, não apenas para o setor agropecuário, mas para a própria economia do País.

Rua Ubaldino Souto Maior, 1230 - São Vicente, Crateús-CE - Fones: (88) 3691.1080 / 3691.5777 [ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 Página

11

Geral

“Serra quer a garantia de que não será abandonado pelo PSDB. E ele não vai ser abandonado. É o nosso candidato” Sérgio Guerra - Presidente do PSDB

70% da base na Antártida foi destruída, informa Marinha O incêndio na casa de máquinas da Estação Antártica Comandante Ferraz levou à destruição de 70% da base, informou neste domingo (26) a Marinha. Além disso, foi divulgado que os corpos dos militares mortos no acidente foram encontrados. O acidente, que ocorreu na madrugada de sábado. “A avaliação preliminar da equipe do Grupo-Base que esteve na estação brasileira indica que aproximadamente 70% das instalações foram destruídas pelo fogo. O prédio principal da base, onde ficavam a parte habitável e alguns laboratórios de pesquisas, foi completamente

atingido pelo incêndio, tendo permanecidos intactos os refúgios (módulos isolados para casos de emergência), os laboratórios (de meteorologia, de química e de estudo da alta atmosfera), os tanques de combustíveis e o heliponto da estação, que são estruturas isoladas do prédio principal”, diz a Marinha, em nota oficial. Incêndio destruiu base brasileira na Antártida Os corpos do suboficial Carlos Alberto Vieira Figueiredo e do primeiro-sargento Roberto Lopes dos Santos, que morreram ao tentar impedir o incêndio na estação, foram transferidos para a

Base Chilena Eduardo Frei. Permanecerão lá até as condições meteorológicas na região tornarem possível o transporte para a cidade de Punta Arenas, no Chile. Posteriormente, serão trazidos para o Brasil. O militar ferido, primeiro-sargento Luciano Gomes Medeiros, foi recebido em Punta Arenas por um médico da Marinha e transferido para o Hospital das Forças Armadas do Chile, onde está internado para observação e curativos. Medeiros não corre risco de morte e não há restrições quanto ao regresso ao Brasil. Os 30 pesquisadores, o

COMUNICADO SEMACE FRANCISCA DIACISA DE SOUSA - ME CNPJ: 10.554.945/0001-09

alpinista, o representante do Ministério do Meio Ambiente e os 12 funcionários do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, devem decolar às 15h deste domingo, com chegada prevista à Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro às 23h50. O Hércules fará escala em Pelotas (RS) para o desembarque de quatro pesquisadores.

Foi determinado o cumprimento das exigências contidas nas Normas e Instruções de Licenciamento da SEMACE.

M. A. LOIOLA PANIFICAÇÃO - ME CNPJ: 02.299.143/0001-71

CASA BLANCA HOTEL CHURRASCARIA LTDA - ME CNPJ: 14.962.710/0001-07

Foi determinado o cumprimento das exigências contidas nas Normas e Instruções de Licenciamento da SEMACE.

Foi determinado o cumprimento das exigências contidas nas Normas e Instruções de Licenciamento da SEMACE.

[ Cidade ]

Torna público que requereu à Superintendência Estadual do Meio Ambiente - SEMACE, a Regularização da Licença de Operação para a atividade de Fabricação de produtos de padaria e confeitaria com predominância de produção própria, situada, a Av. Odilon Aguiar, 665 – Tauá/ CE– CEP: 63.660000.

COMUNICADO SEMACE

Torna público que requereu à Superintendência Estadual do Meio Ambiente - SEMACE, a Regularização da Licença de Operação para a atividade de Padaria e confeitaria com predominância de revenda, situada no Distrito de Santa Tereza, a Rua José Gomes da Silva, 44 – Tauá/ CE– CEP: 63.660-000.

[ Política ]

F. E. ROCHA - ME CNPJ: 10.783.206/0001-99

COMUNICADO SEMACE

Torna público que requereu à Superintendência Estadual do Meio Ambiente - SEMACE, a Regularização da Licença de Operação para a atividade de fabricação de produtos de padaria e confeitaria com predominância de produção própria, situada na cidade de Tauá/ CE, a Av. Cel. Vicente Alexandrino de Sousa, 614 – Tauazinho – CEP: 63.660-000.

[ Opinião ]

COMUNICADO SEMACE

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

Torna público que requereu à Superintendência Estadual do Meio Ambiente - SEMACE, a Regularização da Licença de Operação para a atividade de hotéis, restaurantes e similares, situada na cidade de Crateús/ CE, a Av. Edilberto Frota, 2136 – Planalto – CEP: 63.700-000. Foi determinado o cumprimento das exigências contidas nas Normas e Instruções de Licenciamento da SEMACE.

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Página

12

Área 1212 - 8802 5066 OU 190 Área 1211 - 8802 3535 OU 190 Área 1213 - 8802 5067 OU 190

Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Artigos Artigo

Artigo

Elio Gaspari

Deportaram? Deportaremos Fora do mundo do palavrório, a diplomacia da doutora Dilma praticou o primeiro gesto prático na defesa dos cidadãos brasileiros: comunicou ao governo espanhol que a partir de abril seus viajantes que chegarem aos aeroportos de Pindorama deverão cumprir as mesmas exigências que são feitas aos brasileiros que descem em Madri. A saber: comprovar que têm pelo menos US$ 100 para cada dia de permanência, ou crédito disponível no cartão, reserva de hotel quitada, mais passagem de volta. Quem não o fizer será deportado. A truculência da polícia espanhola e o descaso (ou desprestígio) de seu serviço diplomático obrigaram o governo a dar aos espanhóis o mesmo tratamento recebido pelos brasileiros. A providência veio com três anos de atraso. Até agosto de 2011, 1.005 brasileiros foram impedidos de entrar na Espanha. Nenhum dos dois países exige vistos de entrada e a polícia espanhola argumenta que cumpre a legislação comum da União Europeia. É verdade, mas desde 2008 o governo e o Congresso brasileiros reclamam de episódios exorbitantes. Houve casos de professores brasileiros deportados

quando desceram em Madri a caminho de Lisboa. Em 2003 uma pesquisadora da USP ficou três dias numa pequena sala, com outras trinta pessoas, dormindo no chão. Anos depois a sala tinha 30 metros quadrados, com 300 detidos. Numa ocasião, seus beliches eram compartilhados por homens, mulheres e crianças. Banho? Nem pensar. Jamais houve um pedido de desculpas. Nem mesmo ao padre a quem um policial perguntou se o que tinha na mala era uma fantasia de carnaval. Eram paramentos litúrgicos. Não seria justo julgar a civilidade do governo espanhol a partir dos modos dos policiais do aeroporto de Barajas. Eles estão lá para impedir a entrada de pessoas que pretendem viver na Espanha sem a devida documentação. Há quadrilhas que exploram mulheres levando-as para a Europa (o tio da duquesa de Cambridge orgulha-se de ter um plantel de brasileiras disponíveis em Ibiza). Há também europeus grisalhos que vêm sozinhos para as praias no Nordeste. Em 2008, num sinal de que o governo brasileiro poderia reagir, sete turistas espanhóis foram barrados em Salvador. Não se conhecem as gestões dos embaixadores espanhóis junto a seu governo. Para o

O futuro político dos ficha suja

público brasileiro, insistiram em dizer que a Espanha segue a legislação europeia e as reclamações das vítimas eram “superdimensionadas” pela imprensa, até mesmo com “manifestações (...) inteiramente fora de propósito”, como escreveu o embaixador Carlos Alonso Zaldívar. Faltou-lhe sorte. No mesmo dia chegara ao Brasil um plantel de deportados que passara dois dias detido, sem acesso a bagagem de mão, remédios, sabonete ou escova de dentes. (Numa das refeições, serviram-lhes sardinhas.) Durante três anos o Itamaraty mostrou seu desconforto. Ou o serviço diplomático espanhol não conseguiu fazer com que seu governo entendesse o que estava acontecendo ou, tendo entendido, ele achou que a última palavra devia continuar com a meganha de Barajas. Com a reciprocidade de exigências, os dois governos podem entrar numa competição saudável: passam a tratar direito os viajantes que apresentam documentação julgada insuficiente e não servem sardinhas a quem não pode escovar os dentes. A paciência esgotou-se e Pindorama aplicará aos espanhóis o tratamento recebido pelos brasileiros

O tempo urge e os candidatos ficha suja que conseguiram se salvar nas eleições passadas, através da esperteza de seus advogados, e os que irão concorrer a cargos eletivos nestas eleições de outubro de 2012, já sabem que seus destinos não mais passarão diretamente pelas das urnas, mas sim, indiretamente. Com seus nomes, no linguajar popular, “mais sujos que pau de galinheiro”, os ficha suja não mais poderão se candidatar. Quem é ficha suja e está no mandato, segue com ele até o fim. Mas não vai poder concorrer à reeleição. Ficará por oito anos inelegível após o fim do mandato. Nos casos de condenação pela Justiça, ele cumprirá a pena determinada pelo juiz e, depois disso, vai ter que contar mais oito anos sem poder se candidatar. Os ficha suja tentarão resolver este problema delegando a fiéis companheiros políticos e a familiares a tarefa de candidatarem-se nos próximos pleitos. Teremos uma verdadeira renovação no que diz respeito a novos nomes, todos virgens na política e limpos perante os tribunais. Mas, por trás de cada um destes novos personagens será facilmente possível identificar as velhas rapo-

Falhas e omissões atrasam processos contra políticos, aponta levantamento Inquéritos que tiveram políticos brasileiros como alvo nos últimos anos demoraram mais tempo do que o normal para chegar a uma conclusão, e processos abertos pelo Supremo Tribunal Federal contra eles se arrastam há mais de dez anos sem definição, de acordo com um levantamento inédito feito pela Folha.

O levantamento em 258 processos mostra que, além da grande quantidade de recursos prevista na legislação, os atrasos são provocados por falhas de juízes, procuradores e policiais. Em média, a Polícia Federal leva pouco mais de um ano para concluir uma investigação. Já os inquéritos analisa-

[ Opinião ]

dos pela Folha que já foram encerrados consumiram o dobro de tempo. Documentos com a íntegra destes 258 processos estão disponíveis na página da “Folha Transparência”, conjunto de iniciativas do jornal para divulgar informações de interesse público mantidas sob controle do Estado. Os pri-

[ Política ]

[ Cidade ]

Deoclides Bezerra Machado

meiros 21 processos já estão no ar. Durante quatro meses, a Folha analisou processos que envolvem políticos e estão em andamento no STF ou foram arquivados pela corte recentemente, incluindo inquéritos ainda sem desfecho e ações penais à espera de julgamento. Os processos envolvem 166 políticos que só podem ser

[ Geral ]

[ Cultura ]

sas que, em obtendo êxito nas eleições, passarão a comandar o mandato de seus escolhidos, assumindo ou nomeando para cargos importantes, pessoas de sua estrita confiança para continuarem ditando as ordens e os costumes. O Estado do Ceará ainda vai demorar a se livrar dos ficha suja. A definição do agente político ficha suja tem que, obrigatoriamente, passar por um criterioso processo de observação de suas ações. Há situações decorrentes da burocracia governamental que induz o individuo a esta anomalia, na qual, muitas vezes, eles vêm a saber tardiamente, quando quase mais nada pode fazer para reverter esta situação. Nas eleições de 2010, foram barrados pela Justiça Eleitoral 28 candidatos no Estado do Ceará, alguns com reduto eleitoral em Crateús e região. Alguns conseguiram manterem-se candidatos graças à decisão do Supremo Tribunal Federal de que a Lei da Ficha Limpa somente valeria para as eleições a partir de 2012. Não há mais como se safar. A partir de agora, não pode mais se candidatar quem foi condenado pela Justiça ou por entidades profissionais e também quem teve a prestação de

investigados e processados no Supremo, um privilégio garantido pela Constituição ao presidente da República e seu vice, a deputados federais, senadores e outras autoridades. O senso comum sugere que esse tipo de coisa acontece porque os políticos têm condições de pagar bons advogados para defendê-los na Justiça,

[ Sociedade ]

contas rejeitada. O Tribunal de Contas dos Municípios, o Tribunal Regional Eleitoral e a ONG Movimento Ficha Limpa mantêm uma lista com o nome de políticos e agentes políticos, por cidade, onde constam o nome de diversas pessoas que, em se confirmando, no tempo oportuno, retirará do cenário político de nossa cidade a candidatura de muitas pessoas. No devido tempo, esta lista será colocada à vista da população, que conhecerá os ficha suja de nossa cidade. A população que tanto ansiava pela promulgação da Lei da Ficha Limpa não irá permitir a presença de ficha suja nos palanques e os partidos políticos ou coligações que insistirem nesta prática sentirão o desprezo do eleitorado e o esvaziamento de suas candidaturas. A informação hoje se propaga a uma velocidade espantosa através da internet e das redes sociais; nenhum lugar é inacessível e todo lugar é prioritário. “Tolerância zero à corrupção política” foi o recado enviado sem fazer uso de intermediários a todos os políticos em Brasília, por ocasião do desfile da Proclamação da República, por 25 mil jovens que representavam todo o povo deste nosso imenso Brasil.

mas a análise dos processos mostra que em muitos casos as investigações simplesmente não andam, ou são arquivadas sem aprofundamento. Só dois casos do conjunto analisado pelo jornal estão prontos para ir a julgamento.

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 Página

Cidade

“Ele quer destruir uma aliança, quer entrar na disputa de prefeito já no anseio de se candidatar a governador”

Deputado Carlomano Marques (PMDB) Sobre o senador José Pimentel (PT), para não deixar apagarem na trégua do Carnaval as brasas sobre as quais pisa a aliança dos partidos do governador Cid Gomes (PSB) e da prefeita Luizianne Lins (PT)

Segunda Etapa de Planejamento da Cooperativa Agropecuária dos Apicultores do Território dos Inhamuns-Crateús – AGROAPIS No salão de eventos do restaurante o Wanderley, foi realizada, dia 24 último, a Segunda Etapa do Processo de Planejamento Estratégico da Cooperativa Agropecuária dos Apicultores do Território dos Inhamuns – AGROAPIS, em parceria com o SEBRAE Regional de Crateús e conduzida pelo facilitador e consultor e do SEBRAE Francílio Dourado. O processo de Planejamento, que teve início na segunda quinzena do mês de janeiro

de 2012, consistiuna participação de representantes de 13 Associações de Apicultores dos 16 municípios que integram o Território dos Inhamuns - Crateús, onde levantou-se um diagnóstico organizacional que culminou na construção de um mapa estratégico e do plano de ação, com a definição de objetivos e metas para a Cooperativa, com vistas a atender às reais necessidades do setor produtivo da apicultura para os próximos três

13

anos e visando, sobretudo, a sustentabilidade do negócio. O processo de Planejamento inclui a participação de entidades parceiras do Setor Apícola, as quais foram convidadas a cooperar com a implementação do Plano, após a socialização do mesmo. Foram convidados representantes das seguintes instituições: EMATERCE, OCB-SESCOOP, Projeto Dom Helder Câmara, Instituto Agropolos, Banco do Nordeste do Brasil, Banco do

Brasil, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Secretarias Municipais de Agricultura, Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério da Agricultura, Pesca e Abastecimento, entre outras.

Calote

A Câmara dos Deputados está na caça ao ex-deputado Ernandes Amorim, companheiro do PTB de Rondônia. Ele passou um calote de R$ 1.131,00 na Casa, indo embora sem pagar contas de telefones, energia elétrica e gás do apartamento funcional em que morava em Brasília. É aquele que propôs a compra de um jatinho pelo Congresso para os passeios de deputados e senadores, e é autor de projeto concedendo anistia ao José Dirceu. Passou uma temporada na cadeia, envolvido em fraudes cometidas quando era prefeito de Ariquemes. (Rangel Cavalcante – Jornalista)

Ruptura cultural

As novas gerações não sabem mais o que é Carnaval. Pensam que é a ocasião para curtir as preferências musicais rotineiras. Não é. O Carnaval tem estilo musical próprio: antes de tudo, asmarchinhas, o frevo e o samba (nessa ordem), pelo menos no Nordeste. Os outros estilos musicais são para outro momento e ocasião. A salada de estilos musicais que se vê por aí só tem um resultado: matar o carnaval. É preciso reverter isso. (Valdemar Menezes – Jornalista)

Burla

Artigo

Rangel Cavalcante

Culpa de quem? O senador José Sarney brindou o país com belo discurso, ao reabrir os trabalhos do Congresso Nacional, que ele preside. Fez duras críticas a dois dos grandes males que atingem a sociedade brasileira nos dias de hoje: a judicialização da política nacional e as medidas provisórias, que permitem ao Judiciário e ao Executivo açambarcarem as funções do Legislativo. Na verdade, o presidente da República é hoje o grande legislador, usando e abusando das medidas provisórias, num furor legiferante que deixa de cócoras o poder que tem a missão constitucional de formular as leis no país.

No outro lado da praça dos Três Poderes, o Supremo Tribunal Federal também “legisla”, decidindo sobre questões que – segundo Sarney – deveriam ser tomadas “interna corporis” pelos congressistas. Até parecia um discurso de oposição. O respeitado senador timbira esqueceu apenas de dar a mão à palmatória e reconhecer que esses dois males existem exatamente por omissão e culpa do próprio Congresso Nacional que ele preside. Para por termo ao abuso das medidas provisórias basta o Congresso acabar com elas ou reduzir o seu efeito devastador. E quanto à ação legislativa da Justiça, ela não existiria

Marido e esposa grávida morrem eletrocutados

Um casal morreu eletrocutado, na tarde da última quarta-feira, em Mauriti, no interior do Estado. O agricultor Valdemar Viana da Silva Neto, 36, e a dona de casa Joceliana Oliveira Sousa, 30, trabalhavam na construção do teto de sua casa quando o acidente aconteceu. O casal deixou três filhos órfãos. Ela estava grávida.

se os deputados e senadores trabalhassem de verdade e votassem os projetos mais importantes para o país que mofam nas gavetas de suas casas. Com mais de 20 anos, a Constituição Cidadã ainda espera pela regulamentação de muitos dos seus artigos, que não ocorre pela omissão do legislativo. O Supremo preenche o vácuo, pega na alça do caixão, decide pela omissão dos congressistas. Sarney, ao elogiar a “dinâmica da democracia” anunciando que existem mais de 1.500 projetos de emenda constitucional em tramitação no Congresso, mas que não são votados, reconhece que falta mesmo é trabalho dos seus

comandados. Como não fazem o dever de casa, os congressistas deixam ao presidente da República e ao Judiciário o trabalho que lhes cabe realizar. E o mais grave: aprova tudo o que é Medida Provisória, com a cumplicidade da oposição, quase todas inconstitucionais por não preencheram os requisitos exigidos de urgência e relevância, sem titubear. Bom seria que o ex-presidente encerrasse a sua carreira fazendo o Congresso trabalhar sem deixar espaço para os que lançam mão de suas atribuições, pondo fim àquilo que ele mesmo chama de “armadilhas à democracia”.

PT-Campinas quer expulsão de líder

O PT em Campinas (93 km de SP) quer que o líder no governo na Câmara dos Deputados, Candido Vaccarezza (PT-SP), seja expulso do partido por ter indicado nome para a atual administração do município, que está interinamente a cargo do PDT. O diretório municipal acusa o deputado de contrair determinação de integrar a atual gestão, que assumiu após a cassação do ex-prefeito Hélio de Oliveira Santos, o Dr. Hélio (PDT), e de seu vice, Demétrio Vilagra (PT). Dr, Hélio e Vilagra são acusados de participação em suposto esquema de fraudes em licitações.

Voltamos a insistir sobre a existência de burla do Estatuto do Idoso por parte de supermercados, bancos e outros estabelecimentos. Reservar caixas específicos para idoso é enrolação. Estes devem ter prioridade em todas as filas existentes – é isso que determina a lei. Vale aplausos para o Mercadinho São Luiz, na Avenida Alberto Sá, Papicu, que adota essa orientação e cumpre à risca a legislação. E os outros? O Ministério Público do Cidadão está devendo essa aos cearenses. (Valdemar Menezes – Jornalista)

Corajosa

“Quando chamei alguns membros do Judiciário de bandidos de toga, sabia que isso causaria um grande alvoroço. Agora, sei que não estou sozinha na luta para fortalecer o Judiciário”. A afirmação é da corregedora nacional da Justiça, Eliana Calmon. Qualquer brasileiro que almeje justiça no País apoia sua tão corajosa ação de moralizar o Judiciário. Que mais pessoas de juntem à causa. (Regina Marshall – Jornalista)

Prova de fogo

O Carnaval já passou, mas a crise política entre o senador José Pimentel (PT) e o governador Cid Gomes (PSB) continua com seu bloco nas ruas. É que o petista, sempre muito cuidadoso nas palavras, conseguiu balançar o Palácio da Abolição, após afirmar que o Governo do Estado está sendo obrigado a devolver para os cofres da União uma grana preta. Tudo porque não estaria conseguindo elaborar projetos para a execução de algumas obras. Cid respondeu duramente às críticas. Como há muito tempo não se via, aliás. Além de afirmar que todas as declarações do petista eram “mentirosas”, Cid chegou a considerar que a postura do aliado (!?) coloca em risco a aliança do PSB-PT. A reação cáustica tem um motivo muito claro. Pimentel conseguiu colocar em xeque aquilo que Cid mais preza em sua gestão: a competência administrativa, o bom planejamento. O fato é que se a aliança Cid-Luizianne já estava por um fio, Pimentel conseguiu dar um empurrão dos grandes para fazer cair no abismo. De quebra, ainda conseguiu revoltar os demais partidos da base aliada. Resta saber quem vai tentar juntar os cacos dessa união que, há tempos, dá sinais de fraqueza. Interessados em vê-la destruída é o que não falta. (Sônia Pinheiro – Jornalista)

Teodorico, a blitz e os banheiros

(...) Por falar em lei seca, fim de carreira melancólico o do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) Teodorico Menezes. Aliás, vale lembrar que um dos personagens do escândalo dos banheiros – que tem no centro o ex-presidente do TCE – é Francisco Cleber Medeiros, motorista de Teodorico e presidente da associação que recebeu dinheiro e não construiu os banheiros prometidos em Cascavel. Estivesse Cleber preocupado em cumprir sua tarefa original, nem ele estaria enrolado com as denúncias, nem seu chefe seria flagrado pela blitz naquela situação – bêbado. (Érico Firmo – Jornalista)

Implante Dentário Rua Firmino Rosa, 1088 - Tel.: 3691.0700 / 3691.3057 Crateús - Ce [ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Página

14

Dr Eliézio Torres Martins

Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Cultura

ORTODONTIA - CRO-CE: 2491

Dr Bruno Cavalcanti Martins

PRÓTESE E CLÍNICA GERAL - CRO-CE: 4875

Dr Breno Cavalcanti Martins

CIRURGIÃO DENTISTA - CRO-CE: 6028

Drª Blenda Camerino F. C. Mourão

ODONTOPEDIATRIA/PERIODONTIA - CRO-CE: 5567

CRATEÚS: Rua Cel. Lúcio, 495 - Centro - Fone: (88) 3691.8050 NOVO ORIENTE: Rua Cazuza Rocha, 56 - Centro - Fone: (88) 3629.1477 E-mail: clinicanimo@hotmail.com

Crateús de Ontem

CantinhodaPoesia

Radioamadorismo em Crateús Sempre que aciono as asas da imaginação, deparo-me com fatos passados que ainda hoje são relembrados pelos que deles participaram. O radioamadorismo, em décadas passadas, era uma benéfica atividade empreendida em Crateús e em outras cidades, tendo em vista que, em tempos passados, como meio de comunicação, contávamos apenas com o aparelho Morse da RFFSA ou com o serviço telegráfico dos Correios. A história de Crateús registra que o primeiro radioamador a se instalar por aqui foi João de Deus Sales, com um equipamento em sua residência na Rua Firmino Rosa, em frente à Igreja Matriz. Em 1960, outros adeptos deste serviço de comunicação se organizaram e fundaram a Casa do Radioamador, com a diretoria constituída pelo comerciante João de Deus Sales, pelo sargento do Manoel Ferreira dos Anjos,pelos bancários Jansen Carneiro Rangel, Valdemir Rosa Chaves, Djacir Soares, pelo médico Olavo Cardoso e o tenente José Airton Feijão. A Casa do Radioamador foi fundada a 27 de novembro de 1960, e teve como presidente o sargento Manoel Ferreira dos Anjos. Foram incalculáveis e relevantes os serviços prestados por estes comunicadores, ao tempo em que as distâncias se faziam longas e quan-

do ainda engatinhava, nas grandes cidades, o serviço de telefonia. Além das amizades geradas entre os radioamadores, estes se realizavam pela prestação de serviços e por benefícios que levam às comunidades urbanas. Na década de 1970, surgiram os radioamadores Domingos Pinheiro Alonso Álvares, Sandoval Soares Mota e Carlos Chaves Rego. À época, presenciei os dois últimos fazendo uma completa intermediação entre Crateús e a cidade de Lavras da Mangabeira, quando um pavoroso acidente ocorrido em 1974, numa ponte daquela cidade, envolveu um ônibus que transportava quase 50 crateuenses, funcionários ou pessoas ligadas ao 4° BEC, proveniente de Barreiras (BA), para votarem em Crateús, onde detinham seus domicílios eleitorais. Neste acidente, morreram os crateuenses Joaquim Marques de Sousa, Maria Cleonice Menezes Alves, Maria de Lourdes Sampaio e muitas pessoas ficaram lesionadas. O ônibus, após quebrar a proteção da ponte,precipitou-se no abismo. Muitas vezes, os radioamadores precisaram fazer intermediações nas comunicações para que as notícias chegassem com segurança às pessoas interessadas. Familiares dos acidentados se deslocaram para aquela cidade em socorro às vitimas que estavam hospitaliza-

Fortaleza Paula Ney

Flávio Machado

das. Mesmo assim, um dos mortos (Joaquim Marques de Souza), cuja família havia ficado em Barreiras, foi sepultado sem que seus familiares tomassem conhecimento. Na década de 1980, em Crateús, houve uma seleção para escolha de novos radioamadores, ocasião em que ingressaram na Casa do Radioamador, Joseleno Freire Melo, Flávio Machado, Neto Gonçalves, Francisco Soares de Melo (Melinho), Egber Torres Martins e João Onofre de Souza. A sede da LABRE situava-se na Travessa Santo Antônio, nos fundos do 7° BPM. Este prédio, atualmente, pertence à entidade e está cedido, temporariamente, a uma instituição denominada Centro de Defesa dos Direitos Humanos. Havia grande ligação entre os radioamadores em quase todo o Nordeste do Brasil na década de 1980. As ondas sonoras eram favoráveis e facilitavam a comunicação com muitos conterrâneos residentes em outros Estados. Havia encontros diários, em horas previstas, ocasiões nas quais se formavam rodadas de conversas coordenadas pelo que primeiro chegasse e, pouco a pouco, outros se apresentavam e logo muitos estavam sintonizados.

Ao longe, em brancas praias embalada pelas ondas azuis dos verdes mares, a Fortaleza, a loura desposada do Sol, dormita à sombra dos palmares; Loura de sol e branca de luares, como uma hóstia de luz cristalizada entre verbenas e jasmins, pousada na brancura de místicos altares. Lá canta em cada ramo um passarinho, há pipilos de amor em cada ninho, na solidão dos verdes matagais... É minha terra! A terra de Iracema, o decantado e esplêndido poema de alegria e belezas universais.

FlashdoPassado -

César Vale

Carnaval antigo Voltando no tempo seis décadas, situamo-nos nos anos 50 quando Crateús era apenas uma cidadezinha das mais provincianas, sem qualquer diversão para a juventude, afora as retretas na Avenida Velha, às quintas-feiras e domingos, e aos bailes no Crateús Clube que aconteciam algumas vezes no ano. Carnaval naquele tempo resumia-se à inocência das fantasias nos bailes do Crateús Clube, aos confetes, às serpentinas cruzando os salões, e ao aroma do cloretil ou lança-perfume que era vendido abertamente e era confiável na qualidade. Alguns se aventuravam a embeber o lenço no cloretil e, apoiado à parede, inalá-lo para sentir o mundo rodar. O efeito era passageiro. Cheirar lança-perfume era um ato de afirmação entre os jovens. Afora o Crateús Clube, havia o Clube 7 de Setembro, destinado à segunda classe da sociedade, naquele tempo ainda dividida entre brancos negros, pobres e ricos. Para alguns, a melhor diversão do Carnaval era no “Alto” nas festas com as chamadas raparigas, onde não havia restrições de comportamento, porque, quase tudo era permitido fazer. Hoje, o Carnaval é uma exigência do povo feita à Prefeitura. A diversão passou do Cloretil para o “Cheiro da Loló”, para o baseado, o cheiro do pó branco e os efeitos das anfetaminas. Saiu de um modesto som de sambas, frevos e marchinhas, tocados por modestos conjuntos sonoros, para os insuportáveis paredões de som que nos levam quase a explodir.

AfrouxandooRiso Hermenegildo, urgente! Sarcástico e irreverente, irônico, mordaz e inteligente, fazendo um mô pra vocês, neste pós Carnaval, que deveria chamar-se Carnavalhada, com tantas mortes e navalhadas na carne, que a população recebe. Saldo positivo do Carnaval carioca: Polícia prendeu o Mica, chefe do tráfico do Complexo do Alemão, que pagou maior mico pela bobeira. Vai ser mandado para prisão em Mato Grosso, perto do Paraguai e da Bolívia, grandes fornecedores do tráfico. Vai ficar chupando o dedo. E no litoral paulista um jetski não pilotado matou uma criança de três anos na praia. Quer dizer: a geringonça funcionava através de controle remoto acionado por um boy de 14 anos. Em Palmares do Sul, um motorista de 18 anos atropelou 17 pessoas e não foi sequer atropelado

pela Polícia. Vai responder em liberdade. E tudo o que faltava na sucessão municipal de Fortaleza era apimentar a disputa para escolher o nome do futuro prefeito. Aí,chegou Pimentel, o senador do Lula, pimentão pra temperar a sopa do governador. Vais ou Novais, Sérgio? Masss, deixando de lado a política, voltemos à vaca fria, ao blog do Lobisomem, do Dr. Kutrizuma Cals, que tá igual a carro velho que não pega mais de arranco. Nem muge nem truje. Dr. Kutrizuma Cals, rei dos cornos e príncipe dos veados, respondendo a diversos processos no Fórum de Fortaleza, deu pra adoecer em dia marcado. Toda vez que é intimado a depor perante o juiz, chega um documento médico atestando nele transtornode urso bipolar. Somente em um processo, o fundamentalista do Pio XII [ Opinião ]

[ Política ]

apresentou três atestados médicos de doido, seguidos. Aliás, dizem algumas línguas familiares, que o cornão mija pelo Francisco, só de ouvir falar em processo, juiz, depoimento. Ultimamente, se encontra acumetido de caganeira crônica e entrou em regime de prisão domiciliar voluntária. Não sai a lugar nenhum e se amedronta com a zoada do vento. Entregou-se ao fundo de uma rede, tendo por companhia dois cachorrinhos lambe-lambe, joly e lulu. Enquanto isso, os chifres vão crescendo e ficando pontudos e visíveis na rampa lisa do seu bestunto. Bem me ensinava meu professor de latim clássico: Famamtuerifacile est, extinctam non facile est restituere. Fácil é conservar o bom nome; mas uma vez perdido, é difícil recuperá-lo. Ademã que vou em frente. Os cães ladram, mas a caravana passa. [ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

Mulher Astuciosa Dona Mimosa era mulher educada, de muita presença, bonita e bem dotada, dona de muita coragem, disposição e astúcia, e com nada se alterava. Tinha o sangue frio e, tal a cobra, a hora certa de jogar o bote. Sozinha, certa vez, em sua fazenda, quando o marido havia saído a campear o gado, de repente, aparece Otávio, seu compadre, famoso na região dos Inhamuns como o maior “unha de fome”, apesar de muito rico. Mimosa recebe o compadre com delicadeza, vai ao curral mostrar as vacas, as novilhas e as bezerras famosas e, no meio do gado, um touro velho sem o menor valor. Com tanta delicadeza da parte de Mimosa, Otávio decidiu-se a dar uma cantada na comadre, depois de exaltar sua beleza e mostrar que a ocasião era propícia. Mimosa, muito sabida, disse-lhe: “se seu compadre concordar...” - Não, não, falou Otávio. Já estou indo... Não precisa nem falar pra ele que estive aqui... - Não, compadre, disse ela. Você não vai embora sem almoçar. Mal acabou de falar, surge o marido Honório, alegre e dando as boas vindas ao compadre. Otávio, então, disse-lhe: eu só estava de passagem, já estou indo, compadre Honório. Não me faça esta desfeita, disse-lhe Honório. Compadre meu não sai de minha casa numa hora desta sem almoçar! Na hora do almoço, Dona Mimosa tomou a palavra e disse ao marido: Honório, não é que o compadre Otávio engraçou-se do touro e ofereceu R$ 5 mil pelo bichim! Dito isto, Otávio falou: “e o dinheiro tá aqui ouvindo a conversa!” - Negócio fechado, compadre; falou Honório, e ninguém desmancha palavra de homem.

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Crateús - Terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 Página

Geral

“Uma coisa é reivindicar, outra coisa é estabelecer um clima de terror numa sociedade para fazer a democracia ficar de quatro perante armas” Jaques Wagner – Governador da Bahia

ANÁLISE

Comunicando

Impunidade aumenta as chances de servidores serem corrompidos Estudos mostram que o Brasil tem níveis relativamente altos de percepção de corrupção --ficando atrás de vizinhos como Chile e Uruguai em rankings como o da Transparência Internacional. Para combater a corrupção, é preciso haver um sistema que permita uma boa possibilidade de que os corruptos sejam descobertos, investigados, processados e punidos. Criar leis para punir os atos corruptos não basta. Para fazer o sistema funcionar

A partícula de Deus Antonio Newton Soares Timbó Médico Cardiologista

A origem do Universo É um mistério de vida; Numa pesquisa atrevida A ciência tenta dizer Que o Bóson de Higgs é um ser Em partículas aceleradas. Se todas fossem ajuntadas A massa estaria pronta: Isto além de uma afronta São quimeras desdouradas Jamais ninguém saberá Como tudo começou. Pois foi Deus quem aglutinou As partículas universais: Deram origem aos minerais, À Flora, à fauna, aos humanos. Não devemos ser profanos, Procurando no abstrato, Ocampo de Higgs exato, Negando de Deus os planos. A ciência tem razão; Seu dever é pesquisar. Porém, jamais proclamar Que vai encontrar o começo, Mesmo custando alto preço, Da obra do Criador. Não passa de um impostor Em partícula de Deus falar; Pois quem tudo vai revelar É dos doutores o DOUTOR. Os homens deviam,sim! Num sentimento comum Descobrir em cada um Dos irmãos que passam fome, Que eles pouco consomem Os bens que a terra produz. Quem nos disse foi Jesus: Amem-se todos entre si, No presente ou no porvir Por isso Eu morri na cruz. Para que tanta ganância, Tanta discórdia e poder Se todos vamos morrer Para um dia ressuscitar. Jamais se pode mudar O que Deus fez só, por si; Mais sensato é proferir, Dizendo para os ateus: Que a partícula de Deus Nunca se vai descobrir. [ Opinião ]

Hemodiálise

é preciso ter freios e contrapesos. Nos Estados Unidos, os maiores departamentos regionais de polícia têm unidades de combate à corrupção pública para investigar os casos locais. A atuação dessa polícia é completamente apoiada por autoridades legais, o que permite algumas condenações com sucesso. A polícia estadual também está autorizada nesses casos. O desempenho dessas agências é controlado porque seus superiores são autoridades que não são indicadas ou controladas por políticos locais, juízes ou policiais. A polícia nacional adiciona outra camada de risco aos corruptos, especialmente o FBI, que tem a responsabilidade de investigar a corrupção de entes públicos pelo país, mesmo que esteja ocorrendo com autoridades locais, estaduais ou nacionais. Além de estruturas adequadas, o controle da corrupção requer investigações efetivas e táticas de prevenção. No Brasil, que depende largamente das polícias estaduais para a maioria das ações de prevenção e investigações, é importante garantir que a PF tenha número suficiente de investigadores. Caso contrário, as suspeitas não serão apuradas em tempo razoável, e o resultado será a impunidade, o que encoraja servidores públicos a se corromperem, já que o risco de ser pego é pequeno. Quando se cria a sensação de que as investigações não são efetivas, muitos acreditam que pessoas ricas controlam o jogo. Qual será o incentivo que elas próprias terão para seguir as regras?

Escolha de membros da Comissão da Verdade preocupa Dilma Uma preocupação ajuda a explicar a demora de Dilma Rousseff para nomear os membros da Comissão da Verdade. A presidente tem dito que o grupo não é “como um ministério”, em que você pode trocar os ocupantes caso apareçam restrições ou denúncias. A informação é do “Painel”, editado por Vera Magalhães e publicado na Folha deste domingo (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha). A presidente não quer ex-presos políticos nem militares no grupo, para que não se transforme num “palco para ajustes de contas”, diz um auxiliar. A comissão, ainda não instalada, foi criada no final de 2011 pela presidente Dilma Rousseff para apurar violações aos direitos humanos cometidas por agentes do Estado entre 1946 e 1988. [ Política ]

[ Cidade ]

15

[ Geral ]

[ Cultura ]

Das deficiências que mais afligem a população Crateuense, sem dúvida, é a de uma máquina de hemodiálise. Cidade do porte de Crateús não pode prescindir de tal equipamento na área da saúde pública, sob pena de nunca poder se libertar de tal deficiência e ter que levar pacientes que sofrem de insuficiência renal, para Sobral ou Canindé, enfrentando o desconforto de longas viagens de ida e volta, duas vezes por semana, afora o sofrimento e o abatimento físico que padecem após as sessões de hemodiálise. Todo o esforço possível, por parte da gestão pública, deve ser dirigido ao Ministério da Saúde e à Secretaria Estadual da Saúde, bem como junto aos parlamentares que assistem ao nosso município na esfera de Brasília. Se nos mandaram uma UPA, que até agora não foi inaugurada, que nos mandem também um equipamento para hemodiálise, que traga alívio aos portadores de insuficiência renal, que tanto aqui padecem.

Delegacia

O Governo do Estado, acertadamente, vem construindo, equipando e inaugurando Delegacias de Polícia Civil nas mais diversas cidades do Ceará. Crateús sedia uma Delegacia Regional, cuja área atende a diversos municípios, porém, carente de tudo. Suas instalações físicas, pelo estado em que se encontram, envergonham a todos que a ela recorrem. De positivo, apenas o delegado titular e seus comandados, cheios de boa vontade, mas que não podem obrar o milagre do bom atendimento. Faltam equipamentos, salas condignas, mobiliário, agentes, inspetores, carceragem e, sobretudo, falta segurança para quem trabalha e para quem se encontra detido. Existem ainda outras deficiências que a conveniência forra-nos a citá-las.

O novo conselheiro do TCM

O advogado Hélio Parente de Vasconcelos Filho, dos quadros da Assembleia Legislativa, acaba de assumir a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios – TCM, deixada pelo conselheiro Luiz [ Sociedade ]

Sérgio Gadelha Vieira, que se aposentou em novembro de 2011. Antes de pertencer aos quadros da Assembleia ele foi advogado defensor de vários prefeitos cearenses acusados de improbidades. Ele mesmo, como procurador-geral do município de Aquiraz, entre os meses de março a setembro de 2004, teve contas desaprovadas pelo mesmo TCM, do qual hoje é conselheiro, com o aval do governador Cid Gomes e da Assembleia Legislativa. Hélio Parente foi multado pelo TCM em R$ 5,3 mil. Esta situação, se por um lado produz desconforto para o novo ocupante daquela corte de contas, que ocultou de seu currículo esta passagem perante a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, por outro lado, causa um profundo mal estar ao cidadão contribuinte, que vai arcar com o pagamento de altíssimo e privilegiado salário, acompanhado das mordomias docargo vitalício. É mais um ‘especialista’ que entra pela porta dos fundos do TCM, para investigar, detectar e julgar “atecnias”, “improbidades” e outras malandragens de prefeitos e secretários corruptos, que nunca deram e nem darão em nada.

Contas sob suspeita

O Ministério Público Estadual (MPE) pediu ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) que investigue contas de entidades ligadas a prefeitos e vereadores do Estado, que apontam falta de prestação de contas de R$ 16 milhões. Estão envolvidos na trapaça a Associação dos Municípios e Prefeitos do Ceará (Aprece), a União dos Vereadores do Ceará (UVC) e a Associação das Primeiras Damas dos Municípios do Ceará (APDM). De acordo com a representação da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), as três entidades, apesar de receberem dinheiro público, “nunca prestaram conta de um só centavo”. A estimativa do MPE é que as três entidades tenham recebido R$ 16 milhões em cinco anos. O promotor Ricardo Rocha, da Procap, afirmou

[ www.gazetacrateus.com.br ]

que a investigação foi iniciada após a publicação de denúncias. Segundo ele, foram enviados diversos documentos pelas entidades, mas nenhum a respeito dos gastos. “Na realidade, a prestação de contas (das entidades) não existe. Queremos examinar que gastos foram esses e como esse dinheiro foi gasto”, disse o promotor.

Onde está o dinheiro?

Toda essa dinheirama da Aprece, ninguém tenha dúvida, deve ter servido, em parte, para gastar com advogados de prefeitos corruptos presos ou afastados temporariamente de seus cargos, servindo, assim, para proteger ladrões. Outra parte vai para o covil do Ali Babá para ser rateada. Na UVC, perguntem ao Deuzinho Filho, aquele vereador de Caucaia, que chefiou a gangue dos 14 vereadores que receberam dinheiro sujo de uma locadora de carros que só existia no papel fraudado. Na APDM, que também recolhecontribuições dos 184 municípios do Ceará, se não nos enganamos, o dinheiro deve ter sido aplicado na aquisição de flores.

Prefeito interino

Grupo ligado ao prefeito afastado de Senador Pompeu, Antônio Teixeira, preso por vários meses em Fortaleza, por fraude em licitações, aponta irregularidades na gestão do prefeito interino, José Ibervan, que assumiu o cargo no fim de junho do ano passado. Ibervan vem sendo alvo de denúnciasde malversação de dinheiro público. Há uma denúncia, segundo a qual o prefeito afastado gastou, em seis meses, R$ 27,8 mil em assessoria jurídica, e o prefeito interino, de julho a dezembro de 2011, gastou R$ 191 mil. Na limpeza pública a diferença fica de R$ 72,6 mil mensais, para R$ 99 mil. O mais grave fica por conta da compra de R$ 1,5 milhão em materiais de construção feita a uma empresa cujo proprietário é filho de aliados políticos. No entanto, as denúncias não param por aí e precisam ser apuradas, pois o prefeitinho novato foi com muita fome ao prato e com muita sede ao pote.


Rosinha Azevedo e Marcos Milhomem reuniram seletos amigos em sua residência, para comemorar o aniversário da filha dele, Vivian, no domingo de Carnaval. Na festa íntima rolou suculento churrasco e banho de piscina. Vivian recebeu o carinho das amigas Naime, Raielle, Ludmilla e Rayanne.

Claudinha e empresário Dedé Freire

Mirna e João Cid, Claudinha e Dedé Freire, Marcos e Rosinha Azevedo


Edição N° 334