Issuu on Google+

www.gazetacrateus.com.br • e-mail: gazetaco@yahoo.com.br

Crateús-Ce. Terça-feira, 19 de maio de 2009 - Ano XII - No 278 - R$ 2,00

COLÉGIO VITÓRIA COMPLETA 10 ANOS E HOMENAGEIA PERSONALIDADES Pág.12

CÂMARA MUNICIPAL

Professores em greve invadem plenário e impedem sessão

Dr. Moacir Farias homenagiando a professora Rosa Ferreira de Morais

DENÚNCIA

TORTURA EM PRESOS: SOCIEDADE QUER RESPOSTA E NOMES

A sociedade de Crateús anseia por uma resposta às acusações de que presos de condições humildes são torturados pela polícia sob o olhar complacente da justiça e do Ministério Público, e que a prática é rotineira. Acusação foi feita pelo dentista Francisco Montezuma Sales no seu blog, e foi publicada pela Gazeta na edição de 28 de abril. A sociedade quer os nomes dos torturados, dos torturadores e dos mandantes, sob pena destas instituições caírem do descrédito. Pág.04

Professores da Rede Municipal, em greve há mais de 40 dias invadiram o plenário da Câmara e impediram a sessão do dia 14 passado, na qual tramitaria um projeto do Executivo estabelecendo o piso salarial para os professores. Pág.04

PAREM DE MATAR AS ÁRVORES! Francisco das Chagas Montezuma Sales

CID GOMES CHEGA A CRATEÚS TRAZENDO RECURSOS O governador do Ceará esteve em Crateús, na noite do último dia 08, acompanhado dos secretários e parlamentares. Cid Gomes foi recebido no aeroporto local pelo prefeito de Crateús Carlos Felipe. O município de Crateús foi contemplado com R$ 1,2 milhão de ajuda financeira. Pág.05

Governador Cid Gomes com a lista de municípios contemplados com verbas estaduais

Até quando vamos conviver com o macabro espetáculo da destruição de nossas árvores?

Pág.05


2

Terça-feira, 19 de maio de 2009

Geral Editorial

Dos rumos do governo municipal Prefeito Carlos Felipe concedeu ampla entrevista pela Rádio Príncipe Imperial, no último dia 06 de maio. Ampla, no sentido do que concretamente seu governo já realizou em melhorias para a cidade que se encontrava em estado de abandono e, especificamente, falou do conjunto de obras de infraestrutura que começam a ser construídas na cidade, e que irão mudar a face do município, contemplando, de modo opulento, os setores da Educação, da Saúde e dos Esportes prioritariamente. O trabalho do prefeito, no entanto, requer a sua ausência da cidade, o que é imprescindível, pois, sentado na cadeira de prefeito, entre as quatro paredes do gabinete, apenas faria a política do compadrio, tão do gosto dos que colocam a politicalha acima dos interesses da cidade. É preciso alçar vôo, ousar, viajar e ir bater às portas de ministérios, levando projetos e atestados de adimplência, tão imprescindíveis para a obtenção de recursos. Ele disse de sua vitória nas urnas numa eleição limpa em que prevaleceu a vontade

soberana do povo, tão bem expressa por 25 mil votos, constituindo-se no maior feito eleitoral no município em todos os tempos. Que isto o credenciou a fazer um governo diferente, voltado para as necessidades das comunidades carentes às quais tudo foi negado no passado. Na realidade, cuida o prefeito do seu povo, dentro dos princípios da sua vocação altruísta e da sua honestidade de propósitos. Por isso, o setor da Saúde Pública vem, gradativamente, apresentando sensíveis melhorias e a Educação caminha para revolucionárias mudanças, sem as quais o município não se desenvolverá. Ainda não é tempo para uma avaliação do seu governo nem para cobranças, a não ser uma avaliação dos rumos que sua administração vem tomando para consolidar um projeto que foi por ele sonhado – o da reconstrução do município. E isto demanda tempo, visto que uma nova estrutura administrativa está sendo implantada em bases bem diferentes de administrações passadas. Muitos falam que é preciso deixar

Artigo

Começa o jogo

para trás o passado e cuidar do presente. Isto é desonestidade de propósitos. Há que se cuidar do presente sem esquecer o passado. Como esquecer o furacão da corrupção que drenou recursos destinados ao município em sucessivas administrações? Como deixar de realizar auditoria nas contas municipais por insuspeitos técnicos, e usar os resultados como parâmetro para a atual administração? As dificuldades da administração do prefeito Carlos Felipe, com efeito, estão intrinsecamente ligadas às mazelas das gestões passadas, onde ficou patente a falta de compromisso para com a cidade e o seu povo. Ficamos órfãos e andamos para trás na política, perdemos posições e prestígio. Para recuperar duas décadas de atraso e de tão pouco empenho pelo município de Crateús, o prefeito Carlos Felipe só não pode é perder tempo e a oportunidade de transformar o município e colocá-lo na verdadeira condição de município-pólo.

Ortodontia, Ortopedia Facial e Implantodontia

Claro que o processo eleitoral já iniciou. Os candidatos aparecem mais. Aqueles que se isolam em Brasília retornam às bases, tentando costurar apoios. O carinho e a sedução devem começar cedo, senão, quando procurarem, terão perdido os colégios e adeus reeleição. No Ceará o processo não é diferente. Apesar de construir um aliança partidária muito forte, o governador Cid Gomes sabe que eleição é bicho traiçoeiro. Por isso, acelera um processo de aulas extras de gestão à prefeita Luizianne, em reuniões administrativas que se repetem. O apoio do PT é importante para o esquema Cid. Arrasta o leque das esquerdas. Assim ele vem procedendo desde quando se elegeu prefeito de Sobral. Só que o desempenho de Fortaleza antes de ser um

M. Duarte da Silva CNPJ: 06.327.640/0001-97 Rua Cel. Lúcio, 569 - CEP 63700-000, Crateús-Ce - Fone/Fax: (088) 3692.3810 Sebastião César Aguiar Vale Editor-Geral e jornalista responsável Mat. nº: 01227JP - CE FENAJ rasecvale@yahoo.com.br [ Opinião ]

Um cruzamento da lista dos deputados que foram ao Exterior com o dinheiro da Viúva e as declarações patrimoniais de cada um deles à Justiça Eleitoral em 2006 informa: a média do ervanário de 214 parlamentares que listaram bens fica em R$ 2,8 milhões. Os cinco deputados que mais viajaram (Dagoberto Nogueira, Léo Alcântara, Marcelo Teixeira, Arnaldo Faria de Sá e Jilmar Tatoo, com 167 passagens) são todos milionários. Há algo de voracidade nisso, sobretudo quando se vê que os dois deputados mais ricos da lista, Odílio Balbinotti (R$ 123,8 milhões) e Sandro Mabel (R$ 70 milhões), tungaram a Viúva em apenas dez bilhetes. Se elês não tivessem tirado essas passagens, a média patrimonial dos viajantes cairia para pouco mais de R$ 1 milhão.

Projeto Gráfico e Diagramação: Fabrício Pereira bricio.apereira@gmail.com Coordenação e Digitação: Tarcísia Souza Conselho Editorial: Eduardo Aragão Albuquerque Jr. José Bonfim de Almeida Júnior Sebastião Cesar Aguiar Vale

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

Antonio Mourão Médico, Antropólogo e Prof. Universitário

Ciro, irmão de Cid, que também freqüenta o tabuleiro maior. Onde ficará Ciro nesse processo?Hoje, nem ele sabe ... Será complicado para Cid costurar alianças locais sem respingos nacionais. Porém, não lhe falta habilidade para costurar alianças. Quem tem a máquina tem quase tudo. É seu caso. Por isso, ele intensifica contatos no Interior e promove viagens que se amiúdam. O jogo começou.

Air Viúva, a preferida dos milionários

Representante em Fortaleza: Fernando Aguiar Albuquerque Fone: (085) 9997-2085 gazetaco@yahoo.com.br Fundada em 30 de maio de 1997

ganho, virou um pesadelo. Os problemas se avolumam. E, com esse marasmo, quem puxará o barulho nas ruas? E, quanto tempo e preço Cid estará disposto a investir nessa aliança mui amiga? É nessa brecha que deve ser entendido o recadoflerte lançado essa semana pelo deputado Luiz Pontes. Algo assim: se Cid tirar o PT do meio, nós do PSDB, estamos prontos para valer! Como Luiz não fala nada em desacordo com Tasso, dá para matar a charada. Apoiar Cid seria o ideal para o PSDB. Assim, ficaria mais leve o retorno de Tasso ao Senado. Há algumas dificuldades nesse processo. É que teremos também palanque nacional. E, para Cid, é confuso ser Lula e ter aliança com PSDB de Serra. Qual o rumo? Não esquecendo o

Num caso, o cruzamento da exuberância turística contraria a modéstia patrimonial. O deputado Paulo Henrique Lustosa beneficiou-se com 24 bilhetes no circuito Paris-Madri-Nova York, mas seu patrimônio declarado resume-se a R$ 145 mil. A defesa da farra no plenário da Câmara indica apenas que os doutores não estão entendendo nada. Quem paga essas contas é uma patuléia que pouco viaja ao exterior e, quando o faz, economiza centavos para comprar um iPod pela metade do preço. O presidente da Câmara, deputado Michel Temer, bem como o senador José Sarney, são parlamentares experimentados, e sabem que a lista de deputados viajantes divulgada pela turma do Congresso em Foco é apenas um aperitivo. Vem aí uma chuva de meteoritos. (Como a chuva ainda não ocorreu, é impossível as-

segurar a composição química do meteorito, mas pode-se supô-la). Temer e Sarney podem explicar aos seus pares que não há outro caminho. Devem contar ao baixo clero que Adolf Eichmann, o homem mais procurado do século passado, escondeuse na periferia miserável de Buenos Aires e foi descoberto por um cego. Os alemães não queriam procurar seus bandidos, os americanos queriam cooptálos. Em suma, parecia melhor fingir que não se via. O cego viu. (O patrimônio dos doutores está no blog do jornalista Fernando Rodrigues)

Assessoria Jurídica: Dr. José de Almeida Bonfim Júnior, OAB 15545 CE

Tel.: (85) 3249.4641/9997.2085

Assessor para assuntos especiais: Francisco Oton Falcão Jucá Tel.: (85) 3254.5353 / (85)99812637 Fax: (85) 3254.8000

agência: 997-0, conta: 16165-9, Crateús Ceará,

Importante: As opiniões assinadas não refletem obrigatoriamente o pensamento do jornal.

Crateús:

Assinaturas ou renovações: Fortaleza só valerão se feitas através de nosso representante, Fernando Aguiar Albuquerque: [ Cultura ]

Elio Gaspari

[ Sociedade ]

Assinantes de outras localidades enviar comprovante de depósito feito através do Bradesco, para o seguinte endereço: rua Cel. Lúcio, 569 CEP: 63700-000 - Crateús-Ce

Assinatura anual R$ 50,00 Outras localiadades Assinatura anual R$ 90,00 Assinatura semestral R$ 50,00

[ www.gazetacrateus.com.br ]


3

Terça-feira, 19 de maio de 2009

Opinião [CrônicadaCidade] Carlos Leite de Araújo Júnior Bonfim

www.juniorbonfim.blogspot.com

Houve um tempo em nossa Pátria – e este tempo ainda está próximo da nossa memória, bem como jamais há de ser olvidado da consciência nacional – em que o povo foi muito perseguido, a liberdade derramou lágrimas e o direito foi enclausurado na masmorra do terror. Homens e mulheres tivemos que, malgrado as trevas, atravessaram essa cavernosa fase e saudaram com mãos límpidas e fronte altiva o raiar do sol. Seres que se mantiveram com a alma pura como os córregos de água cristalina ou os perfumados mufumbos sertanejos em pleno maio invernoso. Figuras que, mesmo cortadas até o tronco, como canafístulas poderosas ficaram só o toco e rebentaram para voltar a recompor a compleição verdejante. Pois bem, de uma “Várzea do Toco”, no município de Independência, aportou no ano de 1962 em Crateús um cidadão que se tornaria um desses ícones do movimento popular local: Carlos Leite de Araujo. Popularmente: “Carlos Nobre” ou “Carrim”. Criado no universo da roça, descobriu desde cedo a invisível legislação da Natureza: milagres existem! Ele próprio é um exemplo disso: aprendeu a ler sem escola, sob a orientação do pai, um professor sem diploma. Autodidata, fez curso de relojoeiro e abraçou a profissão que garantiu a própria afirmação e da família. Homem de sólida crença, logo se engajou no Movimento Eclesial de Base (MEB) que eclodia nos sertões de Crateús sob a animação do profético bispo Dom Fragoso, com quem se identificou desde a implantação da Diocese em 1964. À medida que o regime ditatorial se consolidava, rareavam os seus opositores. Só os íntimos do destemor, os que se alimenta-

Marguê Freire

Ingredientes:

vam da seiva do idealismo verdadeiro, se mantinham firmes no combate. Eram tempos sombrios, sob o albergue da clandestinidade, em que o medo povoava mentes e o sonho das liberdades públicas parecia inatingível. Trincheira de resistência, à Diocese de Crateús acorriam os mais expressivos nomes da inteligência libertária nacional. No entanto, aos olhos do poder o bispo era persona non grata: soldados faziam plantão na Praça da Igreja para vigiar quem entrava e saía na sede do bispado. Freqüentador assíduo das reuniões eclesiais e líder de destaque no movimento de bairros, Carrim sentiu em certa ocasião o impacto da tortura psicológica: a Polícia Federal foi buscá-lo na sua Relojoaria e o submeteu a um longo interrogatório, de nítido caráter intimidatório. Perguntas como ‘Você faz parte da equipe paroquial?’, ‘Em que se baseia o trabalho da Igreja?’, ‘De onde o bispo recebe dinheiro?’ – fizeram parte da longa sessão que culminou com “conselhos” de tonalidade imperativa: ‘Afaste-se dos padres! É perigoso continuar perto deles!’ Essas adversidades apenas sedimentavam em Carlos Nobre a clara certeza de que palmilhava a vereda certa. E isso o aproximava cada vez mais de D. Fragoso, aquele pastor audacioso que abria as portas dos templos e as comportas da barragem religiosa para os despossuídos e espoliados, valentes de esperança e mansos de coração. Mergulhou fundo naquele caudaloso leito que misturava fé e política como componentes da mesma fórmula pascal. Irmanado com pessoas como Manoel Balbino, Cícero Roma, Daniel, Ana Maria e Pedro Calixto, dentre muitos outros, passa a pingar fermento na massa e fomentar a ativação de uma entidade que estava parada: a Frente Social Cristã – que até hoje se

constitui no principal espaço de congregação das organizações de bairro de Crateús. Através de mutirões, sedes foram construídas para a realização de eventos. Essa federação de bairros foi o carro-chefe de muitas lutas por moradia e trabalho, pão e paz. Além, é claro, da ativa participação em todas as manifestações que sacudiram o País e marcaram o sepultamento do arbítrio, como a Anistia e as Diretas Já. Nesses momentos indeléveis, sempre exercitou a veia poética e produziu memoráveis cordéis. Indicado pelos companheiros de luta, por duas vezes (em 1982 e 1988) Carlos Leite tentou representar os bairros na Câmara Municipal. Apesar de enfrentar interesses poderosos, o que lhe obstaculou o êxito, obteve expressivas votações. Na Frente Social Cristã, entretanto, foi Presidente eleito e reeleito por vários mandatos – o que lhe rendeu certa vez o irônico apelido de “Presidente eterno”. Do entrelaçamento matrimonial com Verônica Melo Araujo nasceram Luis Carlos, Paulo, Verbenia e Silvio – que já lhe deram 09 netos. Apesar das mais de sete décadas de vida, continua no mesmo labor diário: acompanhando atentamente os ponteiros cívicos da vida da cidade e dando plantão no indefectível posto de trabalho: a pontual Relojoaria GrãoDuque! – nome que nos remete aos títulos de nobreza que eram usados, sobretudo na Europa Central e Oriental, para designar certos soberanos de estados independentes. Que assim continues, Carrim, Independenciano que virou Crateuense, rebento do milagre da vida, bairrista da popular soberania, cultor da incondicional independência, vigilante da hora da verdade, nobre defensor do anseio comunitário!

SaboresCaseiros

Pamonha Doce

12 espigas de milho verde amarelas (reserve as palhas depois de lavá-las muito bem) 1 litro de leite 2 xícaras de chá de açúcar 2 colheres de sopa de manteiga derretida 1 pires de queijo de coalho ralado 1 pitada de sal.

Modo de fazer:

Corte o milho das espigas com uma faca, até aparecer o sabugo. Bata no liquidificador, junto com o leite. Passe numa peneira e acrescente o açúcar, a manteiga derretida, o queijo e a pitada de sal. Colocar a massa nas palhas de milho reservadas. Amarrar bem. O segredo é saber amarrar as espigas para que a massa fique lá dentro, sem escorrer. Elas também podem ser costuradas,

[Observatório] Outro dia acompanhei em audiência, aqui em Fortaleza, o centrado ex-prefeito de Quiterianópolis, Antonio Luiz Carvalho. A certa altura, lamentei a interdição do seu projeto reeleitoral em 2004. Ele ponderou: “Já refleti muito sobre isso. Ao invés de culpar os outros, penso mais nas minhas falhas. Debito grande parte desse insucesso a mim mesmo. Cometi erros de avaliação, subestimei pessoas e lideranças indevidamente. Equivoquei-me. Hoje, faria diferente...”

OLHAR PARA SI MESMO I

Fiquei impressionado com o exercício de auto-avaliação do ex-gestor. Antonio Luiz me relembrou a importância de olharmos para nós mesmos. Caldeira fervilhante, vulcão em erupção, verdadeira panela de pressão, o mundo da política é paradoxal: ao mesmo tempo em que nos possibilita o altruísmo da realização de grandes obras em favor da coletividade inteira, também desperta em nós o egoísmo individualista de nos considerarmos donos da situação, superiores aos demais. E aí descambamos para o autoritarismo. Via de regra, na política, enxergarmos nitidamente o cisco no olho do outro, mas esquecemos a trava que cobre o nosso.

OLHAR PARA SI MESMO II

compartilhando interrogações. Basicamente sobre: o rumo escolhido, o rigor contra a corrupção, o rito da publicidade e o respeito relacional.

O RUMO ESCOLHIDO

A primeira interrogação é: para onde estamos indo? Qual o rumo dessa administração? Onde se pretende chegar no que tange aos desafios institucionais, aos obstáculos econômicos, às mazelas sociais? Seguirá essa gestão apenas a reboque de ações previstas por gestões anteriores e pelos Governos Estadual e Federal ou buscará atingir metas locais de desenvolvimento, elaboradas e viabilizadas por seus próprios méritos?

O RIGOR

Um dos mais contundentes compromissos assumidos em campanha foi o do combate rigoroso à corrupção e às práticas antiéticas de governo. Que inovações estão sendo implementadas nesse campo? Podemos afirmar, em alto e bom som, que o nepotismo – em suas formas direta ou cruzada – foi verdadeiramente extirpado? Ou que o conjunto dos contratos firmados, todos os negócios pactuados são límpidos ao ponto de resistirem a qualquer auditoria séria e independente?

Faço essas ponderações quando lembro o caso de Crateús. Apesar do pouco tempo, agiganta-se um clima de inquietude em relação à nova gestão. Cresce a decepção popular. Cômodo seria explorarmos os focos de fragilidade, nos unirmos ao coro da insatisfação majoritária e buscarmos faturar em cima do desgaste alheio. Esse é o percurso usual. Porém, já sabemos onde deságua: na vala repetitiva, no lugar comum, na mesmice. E esse itinerário jamais libertará nosso município das suas mazelas históricas.

O RITO DA PUBLICIDADE

OLHAR PARA SI MESMO III

O imbróglio com os professores é emblemático. Uma greve, por tanto tempo, indica que algo precisa ser revisto. Os professores, sabemos, compõem a mais nobre das profissões. Engenheiros, escritores, médicos, advogados, magistrados – todos um dia passaram pela mão de um professor. Por que contribuir para o enfraquecimento dessa categoria? É recomendável a um governo que se reclama de ‘esquerda’ propagar que o movimento dos educadores é aparelhado por partido A, B ou C ou falar de ‘infiltração’? Essa linha de argumentação reacionária sempre foi o escudo dos setores

Já descobrimos que o homem mediano é exigente com os outros; o homem superior é exigente consigo mesmo. Quem já ocupou qualquer função pública sabe bem a diferença de clima entre o gramado do campo e o espaço da arquibancada. Por isso, ao invés de apontar o dedo acusatório, quero provocar a mente à reflexão. A hora, repisese, é de autocrítica, voltar-se para dentro de nós mesmos, meditar sobre a nossa própria prática. É nessa esteira que o gestor há que ser instado. Senhor Prefeito: quero lhe convidar à reflexão,

Como está se materializando o cumprimento do princípio constitucional da publicidade? A divulgação transparente dos atos representa a higienização de um governo. Semana passada, o excandidato a prefeito do PSOL, Alexandre Maia, lamentou que, no site da Prefeitura, embora tenha um ícone destinado a Licitações, inexiste a mínima informação sobre qualquer certame. Será correto isso?

O RESPEITO RELACIONAL I

em forma de saquinhos (muito mais prático). Em uma panela grande ferver bem a água, colocar as pamonhas uma a uma após a fervura completa da água. Importante: a água deve estar realmente fervendo para receber as pamonhas, caso contrário elas vão se desfazer. Cozinhar por mais ou menos 40 minutos, retirando as pamonhas com o auxílio de uma escumadeira. Deixar esfriar em local bem fresco. Servir com café e queijo coalho.

Fale com a redação: Tel.: (88) 3691.2006 - Fax: (88) 3692.3810 - E-mail: gazetaco@yahoo.com.br

Júnior Bonfim

da direita mais empedernida... Sei que são muitos, e todos lhe estão próximo, os que o aconselham a endurecer, radicalizar e humilhar. Será esse o melhor caminho? Aonde chegaram os que assim procederam?

O RESPEITO RELACIONAL II

Prefeito: poucos homens receberam o lume do Executivo Municipal sob o conforto de condições objetivas tão auspiciosas como Vossa Excelência. Poucos tiveram tanto apoio para tornar realidade a sonhada pacificação política e social da nossa terra e insuflar o florescimento de uma safra de sustentável progresso. A corrosão institucional do seu governo pode significar um duro golpe na pedra preciosa da cidadania. E isso será ruim para todos. Por isso, um conselho final: ao invés de defenestrar os que já passaram pela Prefeitura ou procurar desqualificar os que criticam, seria mais prudente recolher as lições do passado e considerar o cerne das ponderações independente de onde se originem. Dalai Lama assevera: “Quem te ensina a tolerância? Teus filhos podem te ensinar a seres paciente, mas só teu inimigo te ensina a tolerância. Ele é como teu professor. Se experimentares respeito pelo teu inimigo em vez de cólera, tua compaixão se desenvolve”. Inove: ausculte, com sereno respeito e redobrada atenção, as críticas do suposto inimigo, não faça uma gestão de súditos e convide para sentar, na mesa de discussão, quem pensa radicalmente contra suas maiores crenças. Ao fazer isso de maneira transparente, sem deslizar para o vício da barganha, sem procurar cooptar os dissidentes, Sua Excelência poderá descortinar outro horizonte. Ainda há tempo!

PARA REFLETIR

“Meu coração não mudou. O coração de meu pensamento não mudou. Evoluiu, decerto, com o que me ensinaram meus mestres e meus livros. Evoluiu com o que me ensinaram meus alunos. Evoluiu com o que a trama da vida me ensinou. Mas evoluiu como quem sobe os degraus de uma escada, levando consigo os degraus já galgados. Evoluiu, não como quem acrescenta conhecimentos a conhecimentos, mas como quem realiza a comunhão desses conhecimentos, fundindo-os num só conhecimento de nível mais elevado, conjugando-os para que formem um só todo, uma só organização, uma só melodia.” (Goffredo Telles Jr.)


4

Terça-feira, 19 de maio de 2009

Cidade

PCdoB promove jantar de adesão

Prefeito Carlos Felipe compareceu ao jantar de adesão promovido pelo PCdoB, com a finalidade de arrecadar fundos para a construção da sede própria do partido. O ponto alto do evento foi a presença do Ministro dos Esportes, Orlando Silva. Lideranças partidárias como o senador Inácio Arruda, deputado federal Chico Lopes e deputado estadual Lula Morais se fizeram presente.

Tortura em presos: sociedade quer resposta e nomes núncia, quando ocorreram as torturas, onde, como, por que, e por quem os qualificados “sem eira nem beira” foram torturados. Sendo a tortura crime de natureza hedionda, inafiançável e imprescritível, cabe-lhe, pois, sustentar a verdade com provas substanciais. Cabe ao Ministério Público, como fiscal da Lei, investigar se há fundamento na denúncia ou má fé na sua divulgação, bem como acionar a Justiça após concluir sobre a veracidade ou a leviandade do fato, isto sob pena de vermos as instituições que nos servem mergulharem no descrédito perante a opinião pública de Crateús, que delas espera uma resposta à altura. Francisco das Chagas Montezuma

Este jornal denunciou, na edição de 28 de abril de 2009, o dentista Montezuma Sales, que apontou em seu blog o Ministério Público e a Justiça de Crateús como omissos com a prática da tortura aplicada em presos. O fato, que é da maior gravidade, responsabilizou diretamente o Comando do 7º Batalhão da Polícia Militar e a Delegacia Regional de Polícia Civil na cidade de Crateús, pela prática de crime contra os direitos humanos, ao tempo em que induziu a população a uma descrença geral nas instituições supostamente omissas, e que tanto nos honram e servem. O denunciante afirma com convicção que a prática da tortura em Crateús é contumaz e repetitiva contra presos de condições humildes, “sem eira nem beira”. Com a denúncia o dentista fez recair a severa acusação, de forma direta, sobre o comandante do 7º BPM e sobre o delegado regional de Polícia Civil, que estão a dever uma resposta à sociedade, por serem, ambos, responsáveis pelas prisões que efetuam no dia-a-dia, por prisões em cumprimento de mandatos judiciais, e pelo destino e integridade física

dos detidos, principalmente. Tal denúncia, partindo de qualquer organismo da imprensa, do Rádio ou da Televisão, mais que imediatamente o responsável pela divulgação seria chamado às falas ou enquadrado na Lei, para produzir provas, retratarse publicamente ou responder a processo. Por que então um blog, mormente quando tem direcionamento para determinada cidade, no caso o blog do Montezuma Sales é direcionado para a cidade de Crateús, fazendo dela o seu público alvo, não se enquadra na mesma lei? Esta é a pergunta que não cala na boca do povo de Crateús, desejoso de saber o nome dos torturados e dos torturadores, dos mandantes e dos carrascos que executaram e executam torturas, e ainda os nomes das vítimas desse crime contra os direitos humanos. É preciso que o denunciante Francisco das Chagas Montezuma Sales, sempre repetitivo na afirmação de que o que diz e escreve, mesmo contra o Ministério Público e a Justiça, é a expressão da verdade, que revele para a sociedade e as instituições envolvidas na gravíssima de-

FORA DO AR POR SENTENÇA

Por leviandades, descumprimento da Lei Eleitoral, por injúria, calúnia e difamação, o blog do dentista Montezuma Sales foi, por duas vezes, retirado do ar - uma delas pela Justiça Eleitoral; a outra, pela UOL, hospedeira do blog, após constatar denúncia do uso do mesmo como instrumento destinado a denegrir a imagem e a honra de pessoas e de famílias de Crateús. Fora do ar o blog, por cerca de três meses, o responsável pelo mesmo descumpriu acintosamente a ordem judicial a que foi apenado e burlou a sentença do Juiz de Direito Magno Gomes de Oliveira, através da criação do Blog “A Voz da Rua”, transferindo para este todo o acervo de calúnias, injúrias e difamações contra tudo e contra todos. Ao término da vigência da sentença, Francisco das Chagas, dono do blog, voltou a cometer delitos de natureza gravíssima, ao reincidir no crime continuado contra pessoas que movem processos na Justiça contra o mesmo. É o caso de se indagar à Justiça, se é legal ou permitido a alguém que está sendo processado por um crime, continuar a cometê-lo

por vezes incontáveis contra as mesmas pessoas, sem sofrer qualquer advertência ou sanção. E se é justo a quem já sofreu na pele a calúnia, a injúria e a difamação, continuar a sofrê-las enquanto processos correm na Justiça. Estas respostas da Justiça também são esperadas com ansiedade pela sociedade de Crateús.

Prefeito Carlos Felipe ladeado pelo dep. federal Chico Lopes e senador Inácio Arruda

Grevistas invadem plenário da câmara e impedem sessão

TEXTO DA DENÚNCIA

“AO TORTURADO, O PRIMEIRO TRPFÉU PROF. LUIZ BEZERRA” “Este blog criou um premio para reconhecer qualidades, para reparar injustiças, para denunciar e divulgar fatos do cotidiano em que vivemos. E o Troféu Prof. Luiz Bezerra. Em sua primeira edição, hoje pela primeira vez vamos homenagear o impessoal. Torturas continuam sendo uma pratica contumaz em quase todas as prisões. Pratica hedionda repetitiva usada como instrumento para confissão de crimes, que na maioria das vezes foram cometidos. Mas, a tortura não é justificativa para nada. Criminosos e verdade que merecem mesmo a prisão, as penas, mas ninguém merece a tortura. Mesmo assim são torturados. Na maioria das vezes para satisfazer uma desejo animalesco do carrasco. Carrasco não apenas quem executa, mas que manda, quem sabe e poderia evitar e não faz. E principalmente a tortura que a Justiça tem conhecimento. A tortura que o Ministério Publico também tem conhecimento, e nada fazem. Omitem-se, posto invariavelmente o torturado e um sem eira nem beira. Mas, e gente, pessoa humana, e verdade sem um nome lustroso de uma família tradicional, também e verdade. Para este que sofre a tortura, a mais abominável acao do poder, quase sempre o poder policial, o primeiro troféu Professor Luiz Bezerra. (texto copiado ipsis litteris do blog)

Presidente da Câmara Márcio Cavalcante concede entrevista ao Rádio

Professores da Rede Municipal, em greve há mais de 40 dias, e ora acampados no Centro Administrativo Municipal, deixaram o acampamento, dirigiram-se para a Câmara Municipal onde invadiram o plenário da Casa, impedindo a sessão na qual tramitaria um projeto do Executivo modificando a redação do Anexo V da Lei nº 487, de 31 de janeiro de 2002, estabelecendo o piso salarial para os professores. Outros projetos também estavam na pauta da mesma sessão de quinta-feira, dia 14 de maio, que não chegou a se realizar. Os grevistas foram até a Câmara para pressionar os edis e impedir que eles votassem o projeto do Poder Executivo. Com a invasão do plenário, os professores ocuparam as cadeiras dos vereadores e da Mesa Diretora, sentaramse no chão, estenderam faixas e gritaram slogans e palavras de ordem. O clima foi de autêntica baderna e o presidente da Casa, vereador Márcio Cavalcante, acionou a Polícia Militar, que compareceu ao local, interrompeu o trânsito de veículos em frente à Câmara e entrou no plenário para garantir a ordem e o respeito. Mesmo sob as vistas da Polícia, um dos manifestantes subiu na bancada dos vereadores e sobre a mesma tripudiou

acintosamente. A ordem do presidente da Casa foi no sentido de ser evitada a violência e resolver o problema através do diálogo. Com a prática deste ato, os professores tentaram desmoralizar a Câmara. O episódio foi dos mais deprimentes e nunca antes foi presenciado em Crateús. Com isso, a classe dos professores radicalizou e cometeu uma insensatez ao invadir a Câmara Municipal, passando para a população o gesto de violência incabível para a classe educadora, de onde deveria partir o bom exemplo. Os professores, lamentavelmente, não só tripudiaram sobre a bancada dos vereadores na Câmara, mas, sobremodo, pisotearam a democracia que por eles não poderia ser ignorada. A ocupação do plenário da Câmara Municipal de Crateús foi um gesto tresloucado semelhante ao da invasão de terras pelo MST. Enquanto dura a greve, os alunos ficam no sofrimento, privados do ensino e da merenda escolar e passam aos pais de família grande preocupação, pois, lugar de criança é na escola. A classe dos professores precisa não apenas batalhar por melhores salários, mas também encontrar modos de evitar o desgaste perante a opinião pública.

BREVES CASTELO

O deputado federal Edmar Moreira (sem partido-MG), dono de um castelo avaliado em R$ 25 milhões, é agora réu em uma ação penal aberta pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Por unanimidade de votos, os ministros do STF aceitaram a denúncia feita pelo Ministério Público Federal contra o parlamentar por suspeita de apropriação indébita de contribuições previdenciárias e crime contra a ordem tributária. Na Câmara, integrantes do Conselho de Ética querem substituir o deputado Sérgio Moraes (PTB-RS) do cargo de relator do processo. Moraes já deixou claro que pretende inocentar Edmar. [ Opinião ]

ASSALTO NO QG

Dois homens, com idade entre 20 e 30 anos, usando ternos escuros e gravatas, entraram no posto bancário do Bradesco no subsolo do bloco H do Quartel-General do Exército, em Brasília. Eles portavam pequenos revólveres e dominaram o único funcionário do posto, além de um general-de-brigada, cliente do banco. As vítimas foram amarradas e os ladrões levaram R$ 8 mil. O roubo aconteceu ás 11h45min e durou cerca de 10 minutos. Ao conseguir se soltar, o general acionou a segurança pelo celular, que bloqueou todas as saídas. Como os bandidos fugiram, os militares acionaram a Polícia Civil.

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

Rua Ubaldino Souto Maior, 1230 - São Vicente, Crateús-CE - Fones: (88) 3691.1080 / 3691.5777

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Terça-feira, 19 de maio de 2009

5

Cidade Cid Gomes chega a Crateús trazendo recursos

O governador do Ceará, Cid Ferreira Gomes (PSB), esteve em Crateús, na noite do último dia 08, acompanhado do secretário de Saúde João Ananias (PCdoB), do senador Inácio Arruda (PCdoB), dos deputados federais Eunício Oliveira (PMDB) e José Guimarães (PT) e do deputado estadual Nenen Coelho (PSDB) e do comandante do Corpo de Bombeiros Militar, cel. João Vasconcelos. Cid Gomes escolheu a cidade de Crateús para uma distribuição de verbas do seu governo destinadas às vítimas das enchentes que assolam diversos municípios do Ceará que passa por rigorosa temporada de chuvas. O governador e sua comitiva foram recebidos no aeroporto local pelo prefeito Carlos Felipe e membros do secretariado, quando se dirigiram ao Clube Caça e Pesca para assinarem os protocolos de ajuda financeira. O município de Crateús foi contemplado com uma verba de R$ 1,2 milhão. Para Crateús convergiram cerca de 20 prefeitos, entre os quais os de Novo Oriente e de Quiterianópolis, Rodrigo Sampaio e Francisco Vieira; de Monsenhor Tabosa, José Souto; de Nova Russas, Marcos Alberto Torres; de Ipaporanga, Nilson Moreira; de Tamboril, Jeová Mota, de Hidrolândia, Afrânio Martins; os prefeitos de Tianguá e Ubajara, Natália e Ari, respectivamente, além de outros. Cada prefeito recebeu das mãos do governador do Estado uma verba para ajuda às populações vitimadas pelas enchentes, para construção de casas populares, passagens molhadas, bueiros, recuperação de estradas etc.

CARLOS FELIPE

O prefeito Carlos Felipe abriu o evento com uma saudação ao governador a quem fez seus agradecimentos pela ajuda recebida, solicitando ainda uma verba especial para duplicação do campus universitário da UECE em Crateús. Durante sua fala, um inexpressivo grupo de professores grevistas, exibindo faixas, dirigiu-lhe apupos, em virtude do prefeito não haver concordado com a proposta de aumento salarial exigida pela classe.

CID GOMES

O governador Cid Gomes fez um balanço do quadro de angústia e sofrimento que ora toma conta de muitas populações de cidades atingidas por

Prefeito Carlos Felipe assina protocolo sob o olhar de Cid Gomes

fortes e destruidores aguaceiros. Disse da satisfação de vir a Crateús, pela segunda vez, na gestão do prefeito Carlos Felipe. Confessou que tem uma dívida a resgatar para com a cidade de Crateús, e referiu-se à construção de uma policlínica e de um centro de especialidades odontológicas para o município. Ressaltou para os presentes que, politicamente, estava desobrigado de atender os pleitos do prefeito Carlos Felipe, por este não haver votado nele em 2006 quando se elegeu governador do Ceará. Mas que, atendia-os com redobrada satisfação pela confiança que Carlos Felipe lhe inspirava como gestor responsável. Durante seu discurso, o mesmo inexpressivo grupo de grevistas tentou interrompê-lo com gritos e apupos, fazendo com que o governador pedisse para ser escutado, depois do que, eles aplaudissem ou vaiassem-no. O governador fez um belo discurso recheado de equilíbrio e ponderação. Pediu à classe dos professores que compreendesse o momento e a situação de quem estava a apenas quatro meses no governo municipal, enfrentando dificuldades, sofrendo uma redução de 15% nos repasses do governo federal, e tendo de governar o município em 2009 com um montante de dinheiro inferior ao ano de 2008. Ele negou que houvesse assinado a PEC contra o piso salarial dos professores e disse que tudo o que for feito em benefício do professor, ainda será pouco diante do valor e importância que ele tem. Durante seu

discurso Cid foi aclamado entusiasticamente por várias vezes. Por fim, pediu aos grevistas que encontrassem outro caminho, um caminho que não levasse a laboriosa classe ao descrédito, que não prejudicasse os alunos e as famílias, um caminho de menos opressão a quem está a tão pouco tempo dirigindo o município. Ao fim da sua fala encerrando o evento, o grupo de manifestantes aproximou-se da comitiva e dirigiu insultos ao deputado José Guimarães.

VILA DO POVO

Após deixar o Clube Caça e Pesca, o governador fez questão de, mesmo no horário das 22hs, de visitar a comunidade de Vila do Povo, ribeirinha ao rio Poti, quando, juntamente com o prefeito Carlos Felipe adentrou em algumas casas para ver “in loco” a situação de penúria em que seus habitantes se encontravam.

FORTALECIMENTO

A visita do governador a Crateús, pela segunda vez este ano, fortalece politicamente o prefeito Carlos Felipe. Estreante na política, ele contempla o descortinar de novos horizontes e perspectivas de construir grandes obras no município, com o respaldo do governador, do senador Inácio Arruda, dos deputados federais Chico Lopes, Eunício Oliveira, José Guimarães, José Pimentel, Gorete Pereira e ainda dos deputados estaduais Nenen Coelho, Hermínio Resende e professor Teodoro, que trabalham de modo incansável pelo município de Crateús.

PAREM DE MATAR AS ÁRVORES! Até quando vamos conviver com o macabro espetáculo da destruição de nossas árvores? Esta foto é de uma árvore brutalmente agredida por mãos criminosas que lhe deceparam a frondosa copa. Fotos iguais a esta poderíamos obter às centenas se percorrêssemos a cidade. Diz do pouco caso dispensado às regras para se podar uma árvore, da falta de consciência ecológica e ambiental e do total despre-

zo pela vida de um vegetal que só nos protege. Diz, também, da miopia administrativa de uma Secretaria e de um Conselho de Meio Ambiente. Também diz da nossa ignorância quando pagamos carrascos e brutamontes para executar um ofício do qual nada entendam e saem por aí pelando as árvores ao ponto de deixarem-nas apenas com os braços aflitos clamando aos céus. Fala-se que 30 mil mudas de árvores

Você encontra todas as matérias da Gazeta no site. Acesse e poste seu comentário.

Fale com a redação: Tel.: (88) 3691.2006 - Fax: (88) 3692.3810 - E-mail: gazetaco@yahoo.com.br

frutíferas e da nossa caatinga serão plantadas em Crateús. Mas esse plantio não deve ser feito sem que antes o poder público desencadeie uma campanha educativa no sentido de cuidar e proteger as nossas árvores, começando pelos que se dizem podadores. Do contrário, os macabros espetáculos irão se repetir. A árvore tem um quê de gente: precisa ser adotada, amada e cuidada. Parem de matá-las.


6

Terça-feira, 19 de maio de 2009

Cidade

E-mail

Parabéns pela reportagem ! Agora vamos esperar que tanto as faculdades públicas como privadas possam chegar ao município de Crateús. A construção desse CEFET de Crateús é uma vitória grande para cidade, uma vez que vários alunos virão de outros municípios, movimentando assim o comércio da cidade tanto na área da construção civil, alimentícia, hoteleira etc. Sem dizer na qualificação da mão-de-obra dos estudantes e profissionais da cidade. Outro grande sonho não só meu, mas de muitos de Crateús, é vermos uma extensão da UFC em nossa cidade. Esperamos que as autoridades políticas continuem na luta para que essa vontade vire realidade! Quesnay Mota

Teodoro lamenta resultados do ENEM

O recente resultado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) que mostra que entre os mil piores estabelecimentos de ensino estão mais de 960 das redes públicas, tanto federal como estaduais e municipais, preocupou o deputado Professor Teodoro (PSDB). O Parlamentar lamentou na terça-feira 6, o resultado dessas instituições, que ficaram abaixo da média nacional. Ele classificou a situação como grave, pois, enquanto a média nacional foi de 49 pontos dentre 100, os alunos das unidades governamentais alcançaram 47. “A situação realmente é grave e está a exigir ações rápidas. A despeito de todo o esforço do MEC, o desempenho escolar brasileiro está ainda abaixo da média Esses números reprovam de

forma inequívoca o ensino público e nos deixam pessimistas”, ressaltou, se referindo os percentuais das escolas privadas, onde os estudantes marcaram 60,3 pontos. Segundo os números foram divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), das 26 mil escolas que foram avaliadas pelo Enem, 74% obtiveram nota abaixo da média no país. Na rede pública, o índice de estabelecimentos com resultado inferior à média chega a 89%. Além disso, das 1000 melhores instituições, 83 são particulares e 75 estão localizadas no Sudeste, o que, segundo ele, demonstra que o Nordeste tem sido discriminado em investimentos educacionais. Teodoro acredita que os

Teodoro defende Campanha de Valorização de Professores

Na terça-feira 12, o deputado Professor Teodoro (PSDB) destacou em seu pronunciamento o recente lançado programa do governador de São Paulo, José Serra, que cria uma escola para qualificação de professores na Secretaria de Educação, que tem à frente o ex-ministro Paulo Renato. Trata-se de treinamento durante quatro meses em que os futuros professores são colocados frente a frente com as atividades práticas do magistério. Segundo Teodoro essa é uma iniciativa simples, que não vai revolucionar de imediato a qualidade de ensino, “mas é um começo que nos deixa otimistas”, pois o exemplo serve para outros estados. “A iniciativa paulista já é uma reação à baixa qualidade de ensino, pois numa prova recente grande número de professores não conseguiu acertar sequer uma questão da área em que ensina. Serve também como uma crítica às escolas de pedagogia, cujos currículos estão por demais teóricos, bem distantes da prática de sala de aula”, destaca o parlamentar. O parlamentar revela que vai apresentar projeto de indi-

cação propondo a realização de campanha publicitária para a valorização da carreira de professor. Para ele, a única possibilidade de desenvolvimento do país é por meio da melhoria da qualidade de ensino e o professor tem o papel de protagonista nesse caminho. Ele destacou ainda que os países que mais de destacam no cenário mundial, como a Finlândia e Coréia do Sul alavancaram seu progresso com avanços significativos na área educacional. De acordo com ele, Finlândia e Coréia do Sul recrutam os seus professores entre os melhores, e somente um em dez candidatos se torna professor. A Finlândia investe 12% do PIB em educação, enquanto o Brasil investe apenas 4,5% do seu produto interno bruto. Teodoro informou que na Inglaterra a carreira do magistério era a 93ª preferência de carreira profissional e passou a ser a uma das três mais desejadas após cinco anos de campanha de valorização. Ele lembra que no Ceará, há mais de 10 anos, foi implantado pela UVA os cursos de formação de professores em regime especial, cuja exigência

[ Opinião ]

[ Política ]

Domingos Filho vai discutir situação de emergência do Nordeste em SP

Deputado Professor Teodoro

investimentos em educação ainda estão muito aquém do que necessita o Brasil. Ele defende que o País precisa de duas coisas fundamentais: mais recursos, mas também um bom gerenciamento. “Se não investirmos em educação e em qualidade de ensino, o Brasil será um País sem futuro. Ou fazemos isso, ou o Brasil vai ficar atrás no processo de desenvolvimento. O setor deveria receber o dobro do que tem hoje no orçamento”, propõe.

principal era que o aluno estivesse em sala de aula, ou seja teoria e pratica se integram armoniosamente. Ressaltando ainda o projeto de formação de diretores em elaboração pelo Prof. Edgar Linhares, presidente do Conselho de Educação do Ceará (CEC), que visa preparar professores para o exercício da gestão escolar. “Este projeto ajudaria na formação do docente e na melhoria da qualidade de ensino”, revela. Finalizando seu discurso, o deputado acredita que a ideia da escola de Formação de Professor é muito feliz, pois evita que o novo professor chegue diante dos alunos com muita teoria na cabeça e pouca noção sobre como passar seus conhecimentos para os alunos. “A busca pela qualidade na educação é uma caminhada constante. Nada mais eficaz para entender os mecanismos de um bom sistema de educação do que observar como os melhores paises funcionam. Escola de Formação de Professores, é um passo para qualificação do professor, que,como sabemos, é a ferramenta mais importante da educação”, defende.

[ Cidade ]

[ Geral ]

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Domingos Filho (PMDB), anunciou em sessão plenária, que o Colegiado dos Presidentes das Assembléias Legislativas do Brasil vai estar reunido em São Paulo. Na pauta, a situação de calamidade em que se encontra o Nordeste, por conta das enchentes.

“Nós vamos buscar junto à União, formas de agilizar a liberação de recursos para os desabrigados. O Governo Federal está disposto a ajudar, no entanto, é preciso que a burocracia não emperre a liberação dos recursos, já que o repasse de verbas destinado em 2008 para os municípios que sofreram enchentes, só agora que está sendo liberado”, informou ele. Também serão discutidas a renegociação das dívidas dos estados, as prerrogativas legislativas e a parceria da TV Câmara com

a TV Assembléia (canal 30). Ele informou que irá propor que a próxima reunião do Parlamento Nordestino, por ele presidido, seja realizada no Maranhão, por ser o estado mais atingido pelas chuvas. “Nós vamos apresentar ao ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, uma avaliação dos danos causados pelas chuvas”, adiantou. Domingos Filho ressaltou a atuação da Comissão Especial criada pela Assembléia Legislativa para acompanhar os efeitos das chuvas no Ceará. Segundo ele, o colegiado já visitou as cidades de Itarema, Acaraú, Cruz, Marco, Itapipoca e Bela Cruz, onde existem 1.460 pessoas desabrigadas e 2.040 desalojadas.

O parlamentar também ressaltou que o governador Cid Gomes está acompanhando de perto a situação de emergência em que se encontram vários

Deputado Domingos Filho-presidente da Assembléia Legislativa do Ceará

municípios do Estado. Domingos Filho defendeu a criação de uma rede solidária, na qual os meios de comunicação, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, sociedade e empresários atuem de forma conjunta para arrecadar donativos, alimentos, remédios e água potável para as famílias desabrigadas. LF/AF

Dia Nacional de Combate ao Câncer de Mama Desde o dia 29 de abril, o Brasil deu um grande passo na luta contra o câncer de mama. Entrou em vigor a Lei 11.664/08, que garante às brasileiras com 40 anos a mamografia realizada pelo Sistema Único de Saúde - SUS. Em Brasília, a deputada Gorete Pereira participou da Caminhada de combate ao câncer de mama para que estados, municípios e governo federal cumpram a lei.

100 Anos do DNOCS Em homenagem ao centenário do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (DNOCS), a deputada Gorete Pereira propôs a realização, no mês de maio, de Sessão Solene na Câmara dos Deputados.

Criado em 21 de outubro de 1909, o Dnocs foi o primeiro órgão do Governo Federal a estudar a problemática hídrica do semi-árido. A deputada Gorete Pereira disse que “uma sessão solene para comemorar

Deputada federal Gorete Pereira

o centenário dessa importante instituição é resgatar a história de compromisso e dedicação dos servidores para que o DNOCS cumpra seu papel em prol do desenvolvimento sustentável do semi-árido”.

Time de másteres da RESENHA, há 10 anos realizando jogos por toda a nossa região. Em pé: Régis, Miguel, Aurélio, Maim e Ivan. Agachados: Praxedes, Basílio, Cláudio, Lacuxia, Renato e Iranildo.

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Terça-feira, 19 de maio de 2009

E-mail

Crateús necessitava de um investimento desse porte no âmbito do ensino superior. Vejamos por exemplo o caso de Quixadá, com a Faculdade Católica, como tem crescido nessa área, atendendo inclusive alunos de outros estados. A Faculdade Princesa do Oeste será sem dúvida um marco para Crateús, como também para toda região Centro Oeste do Estado. Parabéns aos idealizadores pela iniciativa. Iran Melo (sobre a reportagem Ensino Superior)

Cidade

Crateus destaca-se no Programa DIRP-RURAL Produtores rurais de Crateús e região tiveram a oportunidade de participar do importante Programa Empreendedor Rural, uma das ações do DIPR-Rural (Desenvolvimento Integrado das Propriedades Rurais), projeto do SEBRAE em parceria com prefeituras municipais. O programa Empreendedor Rural tem como objetivo desenvolver, estimular, ampliar e proporcionar projetos de agronegócios. O eixo principal é a aprendizagem, a elaboração e a implantação de projetos em que cada participante é o elemento motivador ou ‘problematizador’ no processo de desenvolvimento das competências empreendedoras, das técnicas que melhorem e impulsionem o agronegócio e sua competitividade. Daí, o produtor e sua família terem que assumir todas as responsabilidades gerenciais e promover a maior parte da força de trabalho requerida pela empresa rural. O DIRP-Rural foi promovido

pelo SEBRAE, SENAR, FAEC, Sindicato dos Produtores Rurais e teve a duração de quatro meses: (de setembro a dezembro/2008), sendo que, 25 produtores rurais reuniam-se uma vez por semana. Podemos hoje dizer que são 25 novos empreendedores rurais. Como ponto culminante, cada produtor rural elaborou o seu próprio projeto com a ajuda técnica e comportamental de

em nível nacional. Ela foi uma das três vencedoras do concurso nacional “Melhores Projetos do Programa Empreendedor Rural 2009”, com o projeto “Produção Sustentada de Bovinos e Ovinos”. Os outros dois ganhadores são do Paraná e Rio Janeiro. O SEBRAE comunica que haverá abertura de inscrições para novas turmas para o programa, neste ano, para a região.

Querem desestabilizar o prefeito Há um intenso movimento político em Crateús, montado pelas viúvas do gestor passado, com vista a desestabilizar o prefeito Carlos Felipe e sua administração. O movimento, que é bem orientado, nasce do descontentamento dos que foram obrigados a renunciar a regalias e mordomias, principalmente, aquelas incrustadas na Secretaria de Educação, por conta da “bondade” da ex-secretária Daniela Sales. Nasce do inconformismo dos que se cevaram no poder e perderam a continuidade das mamatas. Eclode de quem reclama a presença constante do prefeito no seu gabinete, dos que esquecem que o gestor anterior vivia mais em Fortaleza do que em Crateús, a não ser que as diárias a ele conferidas e ao seu então motorista façam parte das regalias do cargo e da contabilidade podre da sua gestão. Jorra dos apadrinhados e dos padrinhos que sustentaram a divisão do feudo municipal e, não se pode negar, até de setores contaminados dentro da sua administração. (Gazeta) Das dores da Justiça Observadores da cena política brasileira não escondem o receio de que o entrevero entre ministros do STF possa fugir do controle dos que tentam por “panos quentes” na questão. A indignação do ministro Joaquim Barbosa para que o presidente do tribunal Gilmar Mendes “saia à rua” foi endossada por movimentos populares, a começar pelos estudantes, que fizeram

Participantes do Programa Empreendedor Rural da região de Crateús e Inhamus

Mulher indenizada por fotos de sexo no Orkut Após quase cinco anos de espera, uma mulher conseguiu da Justiça paulista uma indenização do ex-namorado de R$ 50 mil por danos morais. Ela o acusa de divulgar, no site de relacionamento Orkut, 50 fotos dela nua e fazendo sexo oral acompanhadas de seu nome e telefone. O registro foi feito à época em que os dois namoravam e estudavam na Universidade de São Paulo (USP). Após a vitória na Justiça, em abril, ela contou sua história ao site G1 em reportagem publicada. O advogado da vítima confirmou as informações publicadas mas disse à reportagem que nem a defesa nem ela falariam com outros veículos de imprensa por vontade da cliente, hoje com 30 anos. Ainda de acordo com a reportagem do site, a defesa do ex-namorado já entrou com recurso da decisão alegando que ele não foi o responsável pela divulgação

dois consultores do SEBRAE: Lourdenelle Macedo, mestre em Zootecnia e Ítalo Robson, engenheiro agrônomo. Diante do sucesso, parabenizamos a empreendedora Ademárcia Timóteo Rosa, do Município de CrateúsCE, pelo esforço e empenho no seu projeto, que concorreu, inicialmente, com outros projetos de 30 municípios do Ceará e, posteriormente, concorrendo

das fotos. Depois da publicação das imagens, em 2005, ela contou ao site que não conseguiu se firmar em empregos como professora e hoje é atendente de telemarkentig bilíngüe. Ela disse que chegou a dar aulas por dois anos em uma escola particular, mas saiu do emprego após um aluno de 13 anos descobrir as fotos. Segundo o delegado José Mariano de Araújo Filho, da delegacia de Crimes Eletrônicos, casos como o da ex-estudante “acontecem aos montes” e são “cada vez mais comuns”. Ele recomenda que a vítima sempre registre boletim de ocorrência. O autor pode responder na esfera civil por danos morais e, na esfera criminal, por crimes contra a honra e falsa identidade, passíveis de multa e detenção de até dois anos, o que raramente ocorre. (das agências)

7

Cartas Minha infância em Crateús Em 1961, aos 12 anos de idade, submeti-me às provas do Exame de Admissão ao Ginásio, espécie de vestibular, e exigência para o ingresso de alunos no novo ciclo escolar, que compreendia os quatro anos do então Curso Ginasial. Aprovado, ingressei na Escola Técnica de Comércio Padre Juvêncio, instituição pública que, à época, funcionava num velho casarão de sobrado, na rua Dom Pedro II, no turno da noite. Diferentemente do curso primário que eu acabara de concluir, no ginásio tínhamos um professor para cada disciplina e muitos deles exerciam o sublime ofício para atender a carência de educadores da cidade, pois já detinham as suas profissões em outras áreas, a maioria funcionários do Banco do Brasil e oficiais do Exército Brasileiro. A grade curricular que íamos enfrentar incluía matérias novas como Inglês, Contabilidade e Técnicas Comerciais, afora Português, Matemática, História, Geografia, Ciências. Dessas matérias, lembro-me do primeiro dia de aula de Inglês, que tinha como professor o eminente educador Manoel Melo Cavalcante. Alguns alunos, ainda crianças, estranhavam a pronuncia de determinadas palavras inglesas e não continham as risadas, e eram admoestados pelo professor, que exigia atenção redobrada à aula. Recordo-me, também, do bancário Juracy Mourão Lopes, nosso professor de Geografia, que arremessou para o muro do prédio uma palmatória encontrada sobre a mesa e, provavelmente, utilizada pelas docentes da Escola Érico Mota, que funcionava ali durante o dia. Nessa época, a Escola de Comércio, como era conhecida, era dirigida pelo bancário João Crisóstomo de Azevedo, que também acumulava o cargo de professor e, posteriormente, por Luiz Bezerra, um dos ícones da educação em Crateús, e ambos de saudosa memória. Em um trecho do seu discurso de posse como Diretor, cargo que já havia ocupado em outras oportunidades, Luiz Bezerra soltou mais uma de suas tiradas engraçadas: “Estou de volta, meus caros alunos, pois quem nasce para trabalhar com fole morre agarrado no pau do fole”. Guardo, assim, grandes recordações dessa Escola, que ainda hoje forma competentes contabilistas e engrandece a vida cultural da nossa querida Crateús. Lá estudei até 1967, quando tive de deixar minha terra para ingressar, aos 18 anos, no Banco do Brasil, onde tive a honra de trabalhar por 30 anos. Humberto Fontenele Lopes

manifestações de protesto em frente ao prédio do STF, em Brasília. Já o MST sentiu-se contemplado com a referência feita por Joaquim Barbosa “aos capangas” de Mendes. Há muito que suas lideranças sindicais acusam o presidente do STF de agir como latifundiário (o ministro possui fazendas no Mato Grosso) quando tem de julgar conflitos de terra. ( Valdemar Meneses – Jornalista)

Quem desmoraliza O ministro Joaquim Barbosa disse a todo o País, com todas as letras, que o presidente do Supremo Tribunal, seu colega, desmoraliza o Poder Judiciário no Brasil. Caro leitor, você está com Gilmar Mendes ou com Barbosa, com Gilmar Mendes que aviou, de madrugada, dois habeas corpus para soltar megaguabiru Daniel Dantas, ou com o juiz que o condenou? (Lustosa da Costa – Jornalista) Quase O novo vice-governador do Maranhão, João Alberto, companheiro de Roseana Sarney, é o que se pode chamar de um político quase honesto. Ele

governou o Estado por um ano e, ao sair, declarou solenemente: “Fiz um governo 90% honesto. (Rangel Cavalcante – Jornalista)

Lei de Imprensa A revogação da Lei de Imprensa acaba com um dos entulhos deixados pela ditadura militar. Sem dúvida alguma a iniciativa representa um avanço democrático, tendo em vista os aspectos inconstitucionais da legislação então vigente, como bem reconheceu o Supremo Tribunal Federal (STF). Dificilmente, o Congresso Nacional ficará inerte diante dessa questão. É provável a movimentação de algumas correntes internas no sentido de providenciar uma nova legislação, não se conformando apenas com as determinações constitucionais e dos códigos Civil e Penal. O direito de resposta, principalmente, exige legislação complementar. A maioria dos países tem lei de imprensa, só que oriunda de uma instituição representativa da sociedade, e não de uma ditadura. No caso brasileiro, talvez baste apenas regulamentar alguns aspectos cujo tratamento não é contemplado com detalhes pela Constituição. (Valdemar Meneses – Jornalista) “Ou locupletamo-nos todos ou restaure-se a moralidade” Se alguém já teve dúvida, as últimas semanas forneceram argumentos suficientes para acabar com elas: a classe política brasileira perdeu completamente a vergonha. Do mais ético ao mais picareta dos representantes do povo no Congresso Nacional, todos, em diferentes graus, de algum modo demonstraram a falta de compromisso com a coisa pública. A recente farra das passagens não parece ter relação necessária com roubalheira. Em boa medida, não passou de pura e simples falta de compreensão dos parlamentares do que significa respeito pela coisa pública. Muitos dos que posam de vestais, soube-se, levavam as respectivas esposas, familiares

Fale com a redação: Tel.: (88) 3691.2006 - Fax: (88) 3692.3810 - E-mail: gazetaco@yahoo.com.br

e amigos para dar uma volta pelo Exterior. O argumento é de que, como não havia nada proibido, valia tudo. Enquanto o pobre eleitorcontribuinte, que, ignorante da farra que se passava às suas custas, tanto pagava a conta quanto votava nos picaretas. A farra das passagens é o escândalo mais democrático e disseminado da história do Congresso Nacional. São tantos os personagens que não há um e nem mesmo um punhado de rostos para essa crise. Por isso, talvez, seja o mais lamentável escândalo de tantos pelos quais o Legislativo já passou. Porque escancarou que a falta de vergonha e compromisso público está generalizada. A propósito, a frase-título é de Sérgio Porto, o eterno Stanislaw Ponte Preta. Atual como sempre. (Érico Firmo – Jornalista)


8

Terça-feira, 19 de maio de 2009

Regional Informe Publicitário Novo Oriente

Novo Oriente faz homenagem às mães

O prefeito Rodrigo Coelho Sampaio juntamente com a Secretaria Municipal de Educação e as demais secretarias, comemorou o Dia das Mães com muita festa e alegria. A Festa das Mães, que já se tornou tradicional no município, foi realizada no dia 09 de maio, na Praça da Matriz, e contou com uma especial programação coordenada

pela Secretaria de Ação Social, levando, durante todo o dia, às mães, benefícios como corte de cabelos, escovas, maquiagens, atendimento de saúde nas áreas de Psicologia, Nutrição, planejamento familiar, serviços ambulatoriais, ginástica, música ao vivo e estúdio fotográfico. À noite, houve missa homenageando as mães, apre-

Informe Publicitário Nova Russas

sentações culturais, sorteio de diversos brindes e uma animada seresta com música ao vivo, que contou com um público calculado em cinco mil pessoas na praça pública. Para fechar a noite, a Banda de Música Municipal promoveu uma serenata pelas ruas da cidade, em homenagem a todas as mães novorientenses.

Nova Russas tem maior inverno dos últimos anos A população de Nova Russas aguarda ansiosa a sangria do Açude Farias de Sousa construído para abastecer de água a cidade. Até o último dia 14, faltavam menos de 10 cm de lâmina d’água para a concretização do fato histó-

rico, pois, há 24 anos o açude não sangra. O rio Curtume, que corta a cidade, aumentou consideravelmente o volume d’água, atingindo o ponto mais alto desde o início do inverno. Alguns chegaram a pensar

que a cheia do rio seria em função da sangria daquele açude, no entanto, o aumento das águas do rio Curtume ocorreu em conseqüência do arrombamento de um açude na localidade de Miguel Antonio.

A educação infantil é prioridade A secretária de Educação Maria Coelho Sampaio, visando o aprimoramento da Educação Infantil, realizou a compra de livros didáticos, acervo de literatura Infantil, jogos, brinquedos e material de apoio pedagógico que, certamente, irão contribuir para ampliação e melhoria do desenvolvimento desta tão importante modalidade de ensino.

Rio Curtume em plena cheia, cortando a cidade de Nova Russas

EDUCAÇÃO

Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo

Prefeito Rodrigo Coelho corta a fita simbólica da SETE em companhia do vice-prefeito Godofredo sob o aplauso do dep. Nenen Coelho

Sede da Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo recentemente inaugurada

A Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo (SETE), cuja sede foi inaugurada solenemente no dia 1º de maio, em parceria com o SEBRAE, desenvolve os seguintes projetos: Desenvolvimento Integrado das Propriedades Rurais – DIRP; Desenvolvimento Integrado do Território da Cidadania Crateús Inhamuns, e Atendimento Integrado da Região de Crateús.

Construindo a Vida

Frustração

A coisa que mais nos leva ao sofrimento é o sentimento de frustração. Vira e mexe estamos frustrados com alguma coisa – com o que fazemos, com alguém, com o que somos, com a vida... Sempre que sentimos dificuldade em alcançar algo que estabelecemos como essencial à nossa felicidade é o sentimento de frustração que vem à tona. Como frustração só é frustração se vier acompanhada de outras mazelas, aí surgem: tristeza,

Kitah – taróloga e astróloga kitah@opovo.com.br

amargura, raiva, ansiedade, inveja, depressão... Tudo pode piorar ainda mais, principalmente para os menos controlados, se escolhem partir para os escapismos, através das compulsões: na comida, bebida, drogas, sexo... tentando preencher um vazio interior. Tem ainda aqueles que se utilizam dos mecanismos de projeção para lidar com a dor, comprometendo bastante as próprias relações. Mas, sabem por que frustrações acontecem?

Normalmente pelo nosso condicionamento de ficar a buscar realização nas coisas externas, deixando de prestar mais atenção na tarefa de encontrarmos o sentido no que fazemos, queremos ou somos, principalmente dentro de nós mesmos.

Bancos burlam Estatuto do Idoso O Estatuto do Idoso não vem sendo cumprido em Crateús pela rede bancária. O desrespeito vem sendo praticado sem que os órgãos públicos encarregados pelo seu monitoramento tomem qualquer providência. Os Bancos apenas fazem de conta que

estão cumprindo a lei, quando estabelecem um caixa para atendimento preferencial. Neste caixa, os idosos são submetidos a longas filas e ao desconforto de sofrer uma longa espera em pé. A lei diz que o atendimento é preferencial. Não se trata [ Opinião ]

[ Política ]

de caixa preferencial, mas de atendimento preferencial: onde houver um idoso, este deve ser atendido na chamada da vez, independente do caixa em questão. Tais procedimentos por parte de Bancos desmoralizam a democracia brasileira. [ Cidade ]

[ Geral ]

Por conta das fortes chuvas caídas no município de Nova Russas, que tornaram as estradas intransitáveis e todos os distritos ilhados, a exceção do Canindezinho, as aulas nas escolas da rede municipal e estadual foram suspensas até que a situação se modifique. O prefeito Marcos Alberto e o diretor da 13ª CREDE, Marcio Brito, se reuniram para discutir o problema e encontrar soluções. As aulas foram suspensas no dia 4 de maio, com retorno previsto para o dia 18, caso as chuvas diminuam sua intensidade. Conforme entende o prefeito Marcos Alberto, Município e Estado devem encontrar a

melhor forma de reposição das aulas para que os alunos não sejam prejudicados.

CÂMARA DESAPROVA CONTAS DO EXPREFEITO

Continua repercutindo em Nova Russas a desaprovação das Contas do ex-prefeito Luis Acácio de Sousa pela Câmara Municipal, em sessão que ocorreu na tarde do dia 08 de maio. O processo 2006 NRU PCG 10651/07 - Contas de Governo- teve como relator o conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) Luis Sérgio Gadelha Vieira. O TCM emitiu parecer favorável. A Comissão de Finanças e

Orçamento da Câmara Municipal emitiu parecer pela desaprovação das Contas da Prefeitura de Nova Russas, Exercício 2006. O projeto foi votado e as contas do ex-prefeito Luis Acácio de Sousa foram desaprovadas por 6X2. Votaram pela desaprovação das contas os vereadores Adalberto Filho (DEM), Raimundo Juvêncio (DEM), Sérgio Brito (PT), Chiquinho Diogo (PMDB), Teixeira (PSC) e Karla Loyola (PC do B). Dois vereadores votaram pela aprovação: Denilson e Socorrinha Arrais (PSB). O vereador Chico Martins não compareceu à sessão por problemas de saúde.

Deputado estadual Vanderley Pedrosa consegue benefícios para Nova Russas e região O líder do Partido Trabalhista do Brasil (PTB) na Assembléia Legislativa do Estado do Ceará é o novarussense Vanderley Pedrosa que assumiu definitivamente a titularidade do mandato de deputado estadual com a vaga deixada pelo deputado Washington Góis que se elegeu prefeito de Caucaia. Desde que assumiu a vaga, Vanderley Pedrosa tem se mostrado batalhador incansável na luta pelos interesses de Nova Russas e região. A pouca experiência como deputado não foi empecilho para lutar para levar benefícios à sua terra natal. Vanderlei Pedrosa está viabilizando mais de R$ 1 milhão em obras para Nova Russas. A parceria com o prefeito Marcos Alberto tem proporcionado avanços significativos para o município. Em breve, será construído um calçadão com pórtico na entrada da cidade, uma praça na entrada da COHAB, outra na Maçonaria e uma terceira na Caixa D’água, obras que terão grande impacto

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

Dep. Vanderley Pedrosa com o dep. Domingos Filho presidente da Assembléia

no visual da cidade. O parlamentar está viabilizando a instalação de um aeroporto e a construção de uma Estátua de Nossa Senhora de Fátima para o município de São Benedito, obras que contribuirão para o incentivo ao turismo religioso e para facilitar o intercâmbio entre Capital e Interior. Com relação ao município de Varjota o deputado solicitou ao Departamento de Edificações e Rodovias (Der) a construção de uma grade de proteção no Açude Araras para dar maior segurança à comunidade que visita o local [ www.gazetacrateus.com.br ]

com freqüência. Em Ipueiras, Vanderley Pedrosa tem atendido as reivindicações da comunidade na área da Saúde, na aquisição de tratores, na construção de poços profundos e na defesa permanente dos interesses do município. O espírito empreendedor do deputado Vanderley Pedrosa, o trânsito livre com seus pares, e bom relacionamento com o presidente da Assembléia, deputado Domingos Filho, tem incentivado a sua atuação e contribuído para o progresso da nossa região.


Terça-feira, 19 de maio de 2009

9

Regional Informe Publicitário Independência

Informe Publicitário Tauá

Comemorado Dia do Trabalhador SEAGRI encaminha projetos ao Governo Federal Para comemorar o Dia Internacional do Trabalhador (1º de Maio), em Independência, várias atividades esportivas foram realizadas na celebração do evento. O futsal masculino garantiu a participação de equipes e torcedores no Rutilo Esporte Clube, mas quem esteve a fim de curtir algo diferente, teve a oportunidade de acompanhar a corrida de rua, o torneio de damas, e os jogos de baralho e dominó. A corrida de rua teve como vencedor o atleta Zé Preto, que fez jus ao prêmio de R$ 150,00, ficando em 2º lugar o atleta Nem, que recebeu R$ 100,00 e, em terceiro, Francisco Rafael, a quem foi destinado R$ 50,00.

Máster

A Seleção de Máster de Independência já se encontra classificada para a segunda fase do Intermáster Cearense/2009, com o excelente trabalho do professor Zé Carlos e seus comandados. No último dia 03 de maio, em Tauá, oito jovens receberam o cartão bolsa-esporte: Antonio Igor Soares Loureiro, Daniel Lucas França Ribeiro, Luzilene Carneiro Machado, Maria Andréa Medeiros Vieira, Nevam Bruno Silva Correa, Paula Gezebel Araújo Lucas, Pedro Teixeira Machado Neto e Ramon Emanuel Rodrigues do

No carteado, na modalidade três sete, a dupla Bosco e Aurélio foi premiada com R$150, 00; Santana e Ribamar receberam R$100,00 e, Louro e Zico ficaram com R$50,00. Na modalidade dominó, Francisco Moesses ganhou o prêmio de R$ 150,00 e, Ronaldo e Turbiana ficaram com

Zé Preto vencedor da corrida de rua

Ganhadores do torneio individual

Nascimento. Toda a programação foi idealizada pela Secretaria de Esporte e Juventude, com o apoio total do

prefeito Valdi Coutinho, que vê no esporte um meio de socialização entre os diversos segmentos da população.

Oito jovens receberam o Cartão Bolsa-Esporte em Tauá

Evolução dos copos através dos tempos, com finalidade maior de mudar atitudes e evitar a degradação do meio ambiente, com uso indiscriminado do copo descartável. A presidente da fundação, professora Cacilda Sales, comprou 100 copos permanentes, numerados de 1 a 100, para serem usados em eventos

na Fundação, como ação prática da Semana. Os copos serão utilizados mediante o slogan: “ADOTE O SEU COPO”. Cada participante será orientado a utilizar o mesmo copo com o número escolhido durante todo o evento. INDEPENDENCIA É SELO VERDE.

Obras são prioridade de Valdi Coutinho EDUCAÇÃO

Muito em breve a administração municipal fará entrega de um pacote de obras no setor da Educação, que se concretiza na reforma e ampliação das escolas de Jucá, do Assentamento São Joaquim e de Ematuba, na Zona Rural. Na sede municipal, a conclusão da reforma e ampliação da sede da Secretaria de Educação, bem como do prédio que vai abrigar o Tele-Centro do município. Cerca de 35 bicicletas

serão entregues a crianças carentes do município, para facilitar o acesso à escola dos que residem mais distantes.

SAÚDE

A Secretaria de Saúde realizou campanha de vacinação de idosos contra a Gripe, tendo como meta do MS vacinar em torno de 3.470 idosos até o dia 08 de maio. Contudo, o percentual ainda não foi atingido, em conseqüência da dificuldade de

Combate à dengue A Secretaria da Saúde continua empenhada no combate e controle do mosquito Aedes Aegypti, desenvolvendo importantes ações, quais sejam, a divulgação em emissoras de rádio local e regional sobre a importância da participação da população no combate e controle do mosquito, além da

visita dos agentes de endemias a residências. Foi iniciado o terceiro ciclo, com a verificação, orientação e tratamento dos depósitos d’água desprotegidos. Esses cuidados somam 5.107 prédios visitados na sede e Zona Rural do município. Também, cerca de 200 caixas d’água e tanques receberam telas de pro-

Festa no Dias das Mães O Prefeito Valdi Coutinho e sua esposa Terezinha de Jesus, secretária de Ação Social, prepararam grande festa para comemorar o Dia das Mães em Independência. A festa foi realizada na AABB, no bairro COHAB, no último dia 07 de

O Governo Municipal de Tauá, por meio da Secretaria de Agricultura, elaborou e encaminhou ao Programa Territórios da Cidadania do Governo Federal, projetos para aprimoramento da cadeia produtiva da ovinocaprinocultura.

Os projetos tratam de uma Unidade de Abate de Caprinos e Ovinos, Laboratório Móvel de Sanidade e Reprodução Animal e da aquisição de Transporte Frigorífico, que qualificarão o trato do rebanho e a produção de carnes e outros produtos.

Segundo o zootécnico Emilson Costa, Tauá tem buscado a aprovação destes projetos junto ao Governo Federal por meio do Colegiado Territorial que representa as regiões Inhamuns e Crateús.

Secretaria da Juventude apresenta Plano

Semana Nacional de Museus

Como preparativos para Semana Nacional de Museus, de 17 a 23 de maio, a Fundação Senhor Pires disponibilizará seu espaço cultural para realização do evento que ocorre em todo o Brasil. A Ação educativa do museu Maria Adélia Sabóia, fará pesquisas e exposições sobre a

R$ 100,00. No futsal, encerrando o dia das comemorações, a equipe do Comerciário Móveis foi contemplada com R$ 150, 00; a dos Padeiros recebeu R$ 100,00, e a dos Serventes ficou com R$ 50,00. Criatividade e animação, com certeza, não faltaram.

maio, com a participação acima de 400 pessoas. O evento contou com a apresentação de grupos culturais e de artistas locais, e com a distribuição de vários brindes às mães, destacando as mães mais idosas. Por ocasião do evento, a se-

acesso ao interior do município, em razão das fortes chuvas que danificaram estradas, cortaram acesso e isolaram comunidades. Mesmo assim, a equipe persistirá no objetivo de cumprir os 100% da meta preconizada pelo MS. A prefeitura fez aquisição de um prédio para melhor atender a demanda da ESF Sede III, situado à rua A, no centro do bairro Cohab.

A Secretaria da Juventude e Esporte foi a primeira secretaria a expor seu Plano de Trabalho no Fórum dos Secretários Municipais de Tauá, realizado no dia 7 de maio, na Cidade Digital. O Fórum de apresentação do Plano de Trabalho dos se-

cretários ocorreu com todas as secretarias, como finalidade a integração e a intersetorialidade das ações governamentais para a busca de mais eficiência. A próxima foi a Secretaria de Saúde agendada para o dia 14 de maio. O secretário Laurindo Loiola

afirma que está satisfeito com o planejamento concretizado pela sua pasta e que fará uma exposição das ações e projetos previstos para a Juventude e Esporte, aos colegas da administração municipal.

Prefeito Rodrigo Coelho está vencendo a crise econômica O Ser Humano é iluminado. Sempre nasce com uma vocação: para ser ator, compositor, músico, advogado, médico, professor, administrador etc. O deputado estadual Nenen Coelho, com certeza, herdou do pai Rodrigo Coelho a paixão pela política. Não reclama por trabalhar, não esquece compromissos, nem foge à responsabilidade ao assumir um mandato político dado pelo povo. Tem a plena convicção de que o verdadeiro administrador jamais desiste, e sempre é possível resolver os problemas da população que estão sobre sua responsabilidade. O mundo está em crise. O Brasil, os estados e os municípios estão atravessando a crise econômica mundial, grande oportunidade para o político administrador mostrar competência, criatividade, poder de unir forças, capacidade para fazer parcerias, unir a população e superar as dificuldades, estar ao lado do povo e resolver seus problemas. A união faz a força, e o impossível deixa de existir.

O prefeito de Novo Oriente Rodrigo Coelho, com toda a humildade e experiência política e administrativa, não se desesperou com a diminuição dos recursos financeiros da Prefeitura. Com serenidade e equilíbrio reuniu-se com assessores e com o vice-prefeito Godofredo, pediu ajuda aos ex-prefeitos Nenen Coelho e Valdeci, determinou o levantamento das medidas possíveis de serem tomadas e partiu para o trabalho. Com planejamento e organização, faz por onde ter uma prefeitura cuidando do bem-estar das pessoas, melhorando as condições de vida do seu povo. Rodrigo Coelho enviou à Câmara Municipal de Novo Oriente projeto de lei regularizando os concursos públicos no município, assegurando aos servidores municipais os direitos previstos na Constituição Federal. Será aprovado, ainda neste mês, pela Câmara municipal, projeto de lei implantando o piso salarial do Professor, com efeito retroativo a 1º de Maio.

teção, como medida de abreviar os trabalhos em cada ciclo. No entanto, em Independência, o mais importante repelente contra o mosquito é a informação, e isto está sendo possível através de parcerias com escolas, alunos, professores, funcionários, etc.

cretária Terezinha de Jesus declarou: “Em Independência sempre fomos bem recebidos, seja pessoalmente ou através dos eventos da Secretaria de Ação Social, e agora, nada mais justo, retribuir o carinho nesta data tão importante para todos nós”.

Fale com a redação: Tel.: (88) 3691.2006 - Fax: (88) 3692.3810 - E-mail: gazetaco@yahoo.com.br

Deputado Nenen Coelho

O professor com Ensino Médio irá receber o determinado pela Lei Federal do Piso Salarial do Professor. O professor graduado efetivo receberá acima de R$ 1.100,00; o especialista, com pós-graduação, cerca de R$1.400,00. O Prefeito Rodrigo Coelho, valoriza os servidores municipais por ter compromisso com a qualidade e a humanização dos serviços públicos, que a Prefeitura, através do trabalho de todas as secretarias municipais prestam à população humilde, honesta e trabalhadora de Novo Oriente.


10

Dr Eliézio Torres Martins

Terça-feira, 19 de maio de 2009

Cultura

ORTODONTIA - CRO-CE: 2491

Dr Bruno Cavalcanti Martins

PRÓTESE E CLÍNICA GERAL - CRO-CE: 4875

Dr Breno Cavalcanti Martins

CIRURGIÃO DENTISTA - CRO-CE: 6028

Drª Lia Barroso Brandão Aragão PERIODONTIA - CRO-CE: 4874

CRATEÚS: Rua Cel. Lúcio, 495 - Centro - Fone: (88) 3691.8050 NOVO ORIENTE: Rua Cazuza Rocha, 56 - Centro - Fone: (88) 3629.1477 E-mail: clinicanimo@hotmail.com

Crateús de Ontem

Flávio Machado

A Escola Normal Quando menino, nos anos 50, apreciava o dia-a-dia da Escola Normal Rural de Crateús, fundada pelo casal de professores Ayran Veras e Luiz Bezerra, em 1942. Detinha-me à sombra acolhedora projetada na calçada daquela escola, bafejada pelo vento que soprava naquela margem do rio Poti, que era para mim gostoso passatempo. A Escola Normal Rural funcionava na Rua Francisco Sá, quase vizinha à casa de meu tio Estevão Machado, onde hoje funciona o Colégio Estadual Regina Pacis, e acolhia alunas internas e externas que se destacaram como eméritas educadoras. Na época, foi a mais importante escola da cidade, acolhendo alunas não apenas de Crateús, mas de cidades vizinhas. Nessa escola ministravamse disciplinas como teoria musical, trabalhos manuais, desenho, culinária, corte e

Hermenegildo, urgente! Dinâmico, mordaz, irônico e inteligente, fazendo graça e umô pra vocês. Li esta manchete, não sei aonde: “Tem político derrabando no legislativo e no executivo”. Se eles estão derrabando, igual ao fundamentalista do Pio XII, é melhor não têlos, não sêlos e não vêlos. Li também outra manchete: “Buffet tem que fazer o teste da primeira página para virar bola de neve”. Essa eu não entendi, mas vou pedir ajuda aos universitários anônimos. E a farra das passagens aéreas pelos deputados lembra as diárias da Secretaria de Educação, doadas ao pessoalzim da Dona Gabriela. Todo fim-de-semana as pombinhas voavam lépidas nas rodas da Transrápido pra fazer um cursolá, e este cursolá durou quase quatro anos de mamatas. E teve cursolá tão longe e especial, que a própria Gabriela voou de avião. Foi à Santa Catarina receber prêmio internacional pelo 88º lugar da meninada da escola municipal. Que tempos bons! Que Pastos Bons!

costura, horticultura, esporte, educação física, educação doméstica, além das matérias básicas como português, matemática, história e geografia, ciências, francês e inglês. A Escola participava dos eventos importantes em comemorações cívicas, sociais e religiosas, educando e orientando as alunas a assumirem verdadeiro compromisso com a cidadania. Anualmente, promovia a tradicional Festa do Milho, com as alunas vestidas no bonito uniforme, enfileiradas, exibindo talos de milho com folhas e pendão, e entoando um hino ao rico cereal. Na Festa do Chitão, a Escola acendia uma grande fogueira onde se assavam espigas de milho, jerimuns e batata doce nas cinzas quentes da madeira queimada, cujo aroma invadia a rua e as nossas narinas. Comidas típicas da região como a pamonha, a canjica e

HERMENEGILDO.COM – ATENDENDENDO A AUDIÊNCIA

Seu Hermenegildo: “O tenho na maior consideração”, por isso comecei esta com o objeto direto. Sou gramatical. Pela primeira vez faço minha postagem neste espaço. Não sou anônimo; sou o By Confúcio Disse, e quero saber por que me botaram esse nome de By Confúcio Disse, se eu nunca disse pra ninguém que era by nem confuso. Mas, já que tenho opinião formada sobre o que se escreve por aí a respeito da cidade e do povo de Crateús, gostaria de saber também a sua posição sobre ambos.

Meu caro By Confúcio Disse:

Vou responder-lhe pelo fim do seu texto. Minha posição sempre foi aquela do fiofó contra a parede, ao contrário da posição do contrário, que é contrária à minha. Quanto a você não ser By, nem Confúcio, não me traga cufusão. Se quiseres sentir a minha, digo, minha opinião, saiba que o grande cufuso é ele e não

o mungunzá eram oferecidas aos convidados. A Escola Normal contava com professores do quilate de Luiz Bezerra, do juiz Olavo Frota, dos médicos José Ribeiro e Áurea França, e Moura Fé, de Padre João Batista, de tenente Lucas, de Dona Adail Castelo, Ayran Veras, Leonor Rosa, Olívia Bezerra, Mirian Pedrosa, Fransquinha Albuquerque e Maria Anízia Frota, que constituíam o corpo docente da escola. Ao fundar a Escola Normal, Luiz Bezerra dedicou-se de corpo e alma à educação de nossa gente. Natural do Ipu prestou relevantes serviços à nossa cidade. Como Delegado Regional de Ensino, cargo que exerceu em Crateús, fundou a Escola Presidente Eurico Gaspar Dutra, no populoso bairro dos Venâncios, reduzindo a distância entre os alunos daquele bairro e uma escola

pública. Em 1999, a Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação, sob administração da Professora Simone Chaves Fernandes, deu ao Centro de Educação de Jovens e Adultos – CEJA - de Crateús, o nome do Professor Luiz Bezerra, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à causa da educação em nossa terra. Estas lembranças que visitam a nossa mente saudosa são componentes da história de Crateús dos tempos em que a cidade e a sua população eram tão pequenas, ao ponto de todos nós, pelo conhecimento mútuo, vivermos irmanados quase como uma grande família. Esta coluna tem o patrocínio da família de João Crisóstomo de Azevedo (in memoriam).

você. É ele quem roda cufuso em diferentes fusos, fica cufudido com muita gente, e quer deixá-lo também cufuso que nem ele ficou. Tornou-se um cufusilâmine. Ultimamente, cuopta militantes pra formação do PPPT – Partido Protetor dos Pobres Torturados, e nomeou o advogado Alexandre patrono da causa, prá fazer dele um Eliot Ness contra os sicilianos da Sicília, a Camorra de Nápoles, os marginais da Calábria (e daí provém o gosto dele por lingüiça calabresa), e contra os corsários da Córsega. É um mafioso igual a Al Capone. O By dono do blog tem hora que não fala coisa com coisa, depois, cita Choppe Hause, inventor do chope, e Espinosa, inventor do espinho, pra dizer que a alma morre com o corpo. Confessou-se ateu e diz que Deus é filosofal. Escreve léguas de páginas virtuais interpelando o Santo Ofício. O Cafuçu, agora, é zooteísta. Ultimamente, apegou-se à contabilidade e à corrupção de 2005, e vive cufudindo marmita com Maria Rita. Também faz campanha con-

tra os juros everestianos e himalaicos, por que acha que dinheiro não tem hímen nem provém do Himalaia. O dono do blog é um basbatana de tubarão acumetido da síndrome da fiscalização. Vem semanalmente a Crateús fiscalizar o inverno, o sol, a estiagem, as estradas, o calçamento e até um muro torto para um lado e empenado para o outro, que o prefeito tá construindo não se sabe aonde. Dia desses, escreveu sobre assunto cuprometedor, mas os anônimos nada cumentaram. Abundam nele em ocupações de tal monta, que não consegue acionar o suspiro do gás metano. Não é tudo quanto minha verve possa relatar, mas você me encontrou em dia de pouca inspiração. Até breve By Confúcio Disse. Bem dizia pelo professor de latim clássico: PATÉRE QUAM IPSE FECISTI LEGEM – Sofre a lei que tu próprio fizeste. Com licença... Vou aos pubitos da Igreja fazer heresia teológica. Ademã que vou em frente. Os cães latem, mas a caravana passa.

FlashdaSaudade César Vale

Dodó Aguiar Hoje, para homenagear o grande amigo e quase irmão Dodó Aguiar, que partiu deste mundo no último dia 7, modifico o título desta coluna, de Flash do Passado, para Flash de Saudade, para homenageá-lo pelo altruísmo de que era impregnada a sua vida, pelo poço inesgotável de bondade que era o seu coração e pela retidão do seu caráter Dodó era para nós que compúnhamos uma família de 13 irmãos, o 14º filho que nossa mãe não teve, tão elevado era o grau de amizade e estima entre ele e cada um de nós os 13 irmãos, para quem segredos eram revelados, situações expostas, dores sempre compartilhadas e alegrias que se expandiam em nossa fraternidade. E esta amizade surgiu com o nascimento simultâneo de filhos de Vicente Aguiar Souza e Dona Marieta, pais de Dodó, e de Sitônio do Vale e Dona Santinha, nossos pais, em Crateús, e conta já com nove décadas. Nos últimos oito anos, visitei-o quinzenalmente. Ia levar até ele, em sua casa na Rua Domingos Olímpio, a edição da Gazeta do Centro-oeste, em primeira mão, saída do prelo e ainda quentinha. Era ele o primeiro leitor deste jornal. Quando o tempo me permitia, sentávamo-nos para dois dedos de prosa e, na conversa indagava de toda a nossa irmandade ainda viva. Partiu Dodó Aguiar, deixando para trás um longo e invisível rastro de favores, de ajudas permanentes, e de serviços prestados sem qualquer remuneração a centenas de pessoas sem esperança de, nos tempos emperrados da burocracia,

conseguir a aposentadoria. Montou um escritório no Centro de Fortaleza, só para atender aos necessitados deste tipo de ajuda e aos amigos. Poderia ter feito desta atividade benemérita uma escada para subir na política, mas sua humildade não permitia, nem seu coração generoso aceitava. Recolhia contribuições atrasadas, pagando do próprio bolso, sabedor de quem não podia arcar com essas despesas. Surpreendia desamparados levando até eles a boa notícia de uma pensão ou aposentadoria que acabava de chegar, pelo IAPC, ou pelo hoje INSS. Pródigo, dava com a mão esquerda para que a direita não visse ou soubesse. Desfrutava de uma boa aposentadoria, certo, mas não desfrutava sozinho. Tinha ele um rol de “aposentados” a quem mensalmente acudia, sem que alguém disso tomasse conhecimento. Ao Dodó, o adeus de Anites, a esposa, as boas vindas do filho Lincoln ao qual ele foi se juntar, os adeuses de Vera e de Kátia, suas filhas. Também, os adeuses de Terezinha e Margarina suas irmãs, do cunhado Custódio, dos incontáveis sobrinhos, dos inúmeros conterrâneos, colegas, amigos de fé, todos eles, agora, privados do seu convívio e amizade, e a saudade imensa que é a minha saudade e a de meus irmãos.

CantinhodaPoesia

Soneto à minha mãe Júnior Bonfim

O amor deitou sobre ti um cristal de inocência, amiga das plantas, filha do luar e da suave alegria, por isso me agrada fazer versos com paciência à montanha iluminada de tua melancolia. Meu jeito de sol expansivo, pedra solitária ou mágico aliado dos secretos elementos vem de teu regato, madura Rosária, mulher polida na cal do sofrimento. A liberdade reconhece da luz o sonho dourado. És minha mãe assim como o mundo, a poesia, Rosamada senhora por quem fui lapidado. Mereces um lugar no trono alto da glória, pois fostes generosa para com a história: oferecestes ao povo um poeta alado!

[ Opinião ]

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Terça-feira, 19 de maio de 2009

Os irmãos Nilton e Izautônio Machado, este residindo em Manaus exercendo a profissão de dentista, e Nilton, ex-gerente do Banco do Brasil, em Fortaleza, visitaram a nossa redação para mais de perto conhecer a Gazeta do Centro-Oeste Nota de Falecimento A cidade de Crateús perdeu um de seus filhos ilustres - Antônio Frederico de Aguiar Souza, estimado e mais conhecido por Dodó Aguiar, que faleceu em Fortaleza, onde residia, na manhã do dia 06 de maio, no Hospital do Câncer, onde havia sido internado. Dodó era funcionário público federal aposentado do INSS. Por sua competência chegou ao posto de delegado do extinto IAPETEC, posto hoje equivalente ao de superintendente.

Antes mesmo de se aposentar, montou um escritório em Fortaleza, para atendimento gratuito a uma multidão de pessoas necessitadas de orientação para conseguirem a aposentadoria junto à Previdência Social, e as atendia pelo simples prazer em servir – era um altruísta nato. Dodó Aguiar era casado com a crateuense Anites Coutinho Aguiar, que deixa viúva, e com quem teve os filhos, Vera, Lincoln e Kátia Coutinho Aguiar. Amado

Educação à moda antiga

por toda a família e por uma legião de amigos, Dodó faleceu aos 87 anos, com toda a lucidez. Seu corpo foi velado na Funerária Ternura e sepultado no Cemitério Parque da Paz com grande acompanhamento.

mo Júnior, Hugo e Herbert, todos formados e encaminhados profissionalmente, o que sempre foi um desejo da pranteada mãe. Jurandy foi esposa e mãe dedicada, e extremamente dedicada ao trabalho e à família. De espírito alegre e comunicativo, granjeou a estima geral da família e dos amigos. Com grande acom-

panhamento, seu corpo foi sepultado no Cemitério São Miguel, em Crateús.

AfrouxandooRiso

O vexame do hoteleiro

Cientista americano veio ao Ceará para conhecer os fósseis do Cariri e a paisagem da caatinga nordestina em nosso Estado. De Fortaleza, viajou por terra ao seu destino, porém, ao anoitecer, resolveu pernoitar no Icó para, no dia seguinte, continuar a viagem fazendo suas observações. O hoteleiro deu-lhe a me-

Geral

Comunicando

Nota de Falecimento Vítima de para cardíaca, faleceu, no último dia 04, em Fortaleza, onde se encontrava hospitalizada, Maria Jurandy da Silva Carmo, 64 anos, de prendas do lar, e natural de Crateús. Jurandy era casada com Manoel de Souza Carmo, economista e funcionário público federal aposentado, com quem teve os filhos: Hélio, Hélder, Car-

11

lhor acomodação possível e perguntou-lhe o que gostaria de comer na primeira refeição matinal. O americano, que não dominava bem o nosso idioma, respondeulhe com uma voz entre os dentes: seios de Eva. O hoteleiro, ignorando a iguaria, saiu cedo a perguntar a um e a outro, foi até ao juiz da cidade, mas não encontrou

a decifração do enigma dos seios de Eva. Voltou ao hotel carregando uma bandeja com dois cocos verdes, cada um com um canudinho, e entrou no exato momento em que o americano se dirigia à mesa. Colocou sobre a mesa os dois cocos e disse para o americano: Vá chupando os do Adão, enquanto eu encontro os seios da Eva.

Na edição de hoje, temos uma crônica de Flávio Machado e uma carta do leitor e conterrâneo Humberto Fontenele Lopes, em que os dois abordam o ensino nos idos anos 50 e 60, na Escola Normal e de Comércio, sendo ambos dois exemplos de como se aprendia em escolas simples, e de como se podia subir na vida com esforço próprio e dedicação. Os dois fizeram carreira no Banco do Brasil, como centenas de outros crateuenses também fizeram, a partir do curso primário e ginasial feitos em Crateús. O que nos intriga é saber que a educação de hoje, com grandes gastos, com técnicas modernas, com professores pós-graduados e insumos a perder de vista, ela só anda para trás. Nossas crianças da escola pública, quem dera que estivessem no nível de 60 anos atrás, quando se aprendia a ler aos cinco anos de idade, começando do beabá da Carta do ABC, das cartilhas e da tabuada. Há milhares de exemplos em nossa terra, de homens e mulheres que estudaram pela antiga pedagogia. São médicos, advogados, engenheiros, etc. que daqui saíram para se formarem no Rio de Janeiro, em Salvador, Belo Horizonte, Recife e Fortaleza. Que o leitor tire sua própria conclusão e identifique o X do problema.

Espaços públicos

Não se pode negar que a Secretaria de Infra-Estrutura não esteja atenta em levar solução aos problemas que dizem respeito ao cumprimento do Código de Posturas Municipal. No entanto, se algumas pessoas já foram atingidas pelo emprego de medidas saneadoras, outras parecem desfrutar de privilégios, ficando a assobiar e cantarolar. Basta que se observe o movimento noturno da Praça da Matriz, com calçadas e até a rua ocupadas com cadeiras pelos comerciantes. A cidade está cheia de irregularidades e, para vê-las e senti-las, basta andar pelas ruas. As medidas precisam ser tomadas contra todos e não contra uma minoria. Bandeirinhas na calçada incomodam menos que cadeiras no asfalto e barracas de colchões no leito da rua; menos que gritos ao microfone em portas de lojas e varais com mantas de

carne secando ao sol. Não se pode agir com dois pesos e duas medidas.

Conselho do Meio Ambiente?

Até parece que o Conselho do Meio Ambiente, que é ligado à Secretaria de Agricultura, só há servido para mal aconselhar a cidade, para dar a entender às pessoas que árvores não precisam completar o ciclo de floração nem crescer para produzir sombra, portanto, devem ser podadas com todo o radicalismo, para que fiquem sem nenhuma folha. O espetáculo das árvores peladas em Crateús parece por demais agradável ao COMDEMA. Grande espetáculo foi produzido no centro da cidade, quando carrascos do meio ambiente, armados de afiados facões, deitaram abaixo a copa de portentosa árvore que vicejava em frente a agência do INSS, produzindo abrigo para diversos mototaxistas e suas motocicletas, sem qualquer motivo, necessidade ou justificativa.

Conselho do Meio Ambiente? (II)

Fala-se que cerca de 30 mil mudas de árvores da flora nordestina foram ou devem ser distribuídas para plantio na cidade, por parte da Secretaria de Agricultura, que abriga o COMDEMA. Para quê esse plantio se as árvores não vão ter o direito de crescer, pois, ao lado de cada uma há um carrasco de facão à mão para “fazer a poda”? Para que plantar árvores, se elas irão ficar sem proteção e sujeitas aos criminosos? Interessante seria a Secretaria encetar campanha de esclarecimento sobre o plantio, porém sem que o COMDEMA tome conhecimento. Há um imenso descompasso e desencontro de idéias entre a Secretaria de Agricultura e o inoperante Conselho, que só têm prejudicado o meio ambiente, o clima e a paisagem da cidade.

Que será do Mercado Velho?

O Mercado Velho, secular patrimônio do município de Crateús, permanece entre o insustentável direito de propriedade alegado pelos seus inúmeros ocupantes, a falta de iniciativa e de coragem de prefeitos em pedirem a sua desocupação, e ainda a inação do Ministério Público para anular uma suposta doação daquele precioso e importante imóvel do município. Empurra-se com a barriga, de gestão em gestão,

Fale com a redação: Tel.: (88) 3691.2006 - Fax: (88) 3692.3810 - E-mail: gazetaco@yahoo.com.br

o crônico problema. Ocupantes que se dizem donos da parte interna esperam que um dia a velha construção desabe por cima deles e suas mercadorias, pois nada fazem em seu benefício. Os que se acham do lado de fora, estabelecidos com um comércio diversificado, ainda cuidam dos imóveis que já perderam a antiga característica das bodegas. Vendem, arrendam, subdividem ou ampliam os pontos e estabelecem um comércio imobiliário dentro do que é público. E até o momento, o prefeito Carlos Felipe ainda não se preocupou com a magnitude desse problema encravado num espaço vital para a cidade.

Vida nova, cara nova!

O prefeito Carlos Felipe, em campanha eleitoral, anunciou vida nova para Crateús. A vida nova está nos novos impressos do Governo Municipal, como é chamada a atual gestão, em mudanças e ações diversas, mas precisa está presente e muito bem presente na paisagem das ruas. A Coluna da Hora é uma excrescência no Centro da cidade, um tapume a impedir a visão da Praça da Matriz e a obstar a passagem de veículos. É também outro imóvel público invadido como o Mercado Velho, as lanchonetes da Praça da Matriz e seu imenso calçadão. Ou seja, a Prefeitura está sendo uma mãe para muitas pessoas, em detrimento de outras que também querem o seu quinhão em meio a tantos privilégios. Ademais, o espaço entre a Coluna da Hora e a entrada da Praça é precioso demais para abrigar biroscas de vender cachaça. Vamos mudar nossa paisagem. Queremos vida nova com cara nova!

Hino de Crateús

A partir de agora, é obrigatória a execução do Hino de Crateús nas escolas da municipalidade. A medida tomada pelo prefeito Carlos Felipe é salutar e pertinente. Mas tem um detalhe: A letra do hino precisa de uma revisão gramatical e poética que não lhe altere a melodia. Começa com um mal colocado “dentre” e, “majestosa” seria tratamento para rainha e não princesa, que teria o tratamento de “alteza”. Esta revisão poderia ser solicitada ao acadêmico Juarez Leitão, escritor e poeta que tem grande afinidade com Crateús e não se furtaria da tarefa.


Felicidade não é apenas marcar 100 anos no calendário da vida. É vivê-los na plenitude e poder comemorá-los com visível lucidez ao lado de numerosa prole. Dona Mundinha Melo alcançou os 100 anos a 25 de abril passado e festejou a data no Raquel Buffet, em Fortaleza, onde se reuniram a família e os amigos para abraçá-la.

Ângela Machado, que chefia a Comissão Permanente de Licitação do município de Independência, onde executa primoroso trabalho, marcou o calendário no Dia Internacional do Trabalho, 1º de maio, quando foi alvo de inúmeras manifestações de apreço e carinho por parte de muitos amigos e familiares.

Maria Fernanda é menina das mais inteligentes desta cidade, e acaba de completar 9 anos. Na foto, ela sorri ao lado de sua mãe Andréa e de sua tia Katherine.

Matriarca Alaíde Bonfim de Morais comemorou em família o dia em que veio ao mundo, 13 de maio.

Laís, dileta filha do casal Cláudia e Dedé Freire, receberá o carinho e o calor familiar no próximo dia 22, quando aniversaria.

José Fernandes Neto (Fernandinho) espera o dia 22 para cair na pré-adolescência. Aquele abraço...

Lucineide Leitão Machado, incansável guerreira e fina flor da família, há de encontrar tempo neste domingo, 24, para festejar sua data maior.

Vereador Antônio Luiz Júnior, que estreou no legislativo estribado na segunda melhor votação, comemorou seu nat, dia 13, com a presença de muitos amigos e familiares.

Ernando Leitão que, ano passado, foi comemorar aniversário na Ilha de Itaparica, com Betinha, poderá, este ano, juntar-se na mesma festa com a mana Lucineide. Ele, do dia 25.

Gracinha e Walter de Castro Jr. no Baile Havaiano que marcou o duplo nat do casal Aline e Moacir Farias Jr. realizado no Colégio Vitória.


gazeta278