Issuu on Google+

www.gazetacrateus.com.br • e-mail: gazetaco@yahoo.com.br

Crateús-Ce. Terça-feira, 14 de abril de 2009 - Ano XII - No 276 - R$ 2,00

APROVADA LEI DE CIDADANIA PARA DOM JACINTO DE BRITO Deputado Nenen Coelho, autor do projeto de lei

CULTURA

Poeta e acadêmico Júnior Bonfim, idealizador da academia

Governador Cid Gomes sancionou a Lei nº 14.312, que concede Título de Cidadão Cearense ao bispo da Diocese de Crateús dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho. Projeto foi elaborado pelo deputado Nenen Coelho. Pág 04

Crateús terá academia de letras

Está em desenvolvimento a fase embrionária de uma academia de letras em Crateús. A sadia idéia de um sodalício de tal vulto para a cidade e também para a região nasceu do brilhantismo do poeta Júnior Bonfim, advogado, escritor e membro da AMLECE – Academia Municipalista de Letras do Estado do Ceará. Pág 04

EDUCAÇÃO

Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho - homenageado

O futuro do ensino superior em Crateús

A Gazeta do Centro-Oeste entrevista o Professor Deoclides Beserra Machado (foto), engenheiro mecânico licenciado em Física, e atual sub-secretário de Governo do prefeito Carlos Felipe, sob o tema Ensino Superior em Crateús. Páginas 03 e 04


2

Terça-feira, 14 de abril de 2009

Geral Editorial

Tinha uma árvore no meio do caminho... O que se comentou pela cidade, por muitos dias, foi o abate de duas árvores da espécie mongubeira, por parte do Poder Público, na Rua Desembargador Olavo Frota, por estarem situadas ao longo da calçada e invadindo o leito da rua. Eram duas belas e portentosas árvores que há mais de meio século floresciam no local e, apesar de estarem fora do alinhamento não se tem registro de acidentes com veículos indo de encontro às mesmas . A nós não cabe julgar o ato de extermínio, mas, sim, comentá-lo. Exterminar árvores de grande porte, amadas por muitas pessoas, não é sinal de progresso nem de zelo pelo paisagismo. Antes de tudo é ato de crueldade e crime ambiental. Se existia perigo de um veículo chocar-se contra uma delas durante a noite, bastaria que em seus troncos fossem colocadas cintas luminosas fosforescentes chamando a atenção. Optou-se, porém, pelo radicalismo como forma de desobstruir a rua e dar passagem livre aos carros. E aí vai outro erro. Jamais o mais valoroso semovente motorizado do mundo valeria aquelas as duas mongubei-

ras, produtoras de sombra e flores, de verde e refrigério para o nosso bem-estar. Sobre serem empecilhos aos carros que trafegam pela Rua Olavo Frota, qual o empecilho maior, as mongubeiras ou a excrescência chamada “Coluna da Hora”, no Centro da cidade? As mongubeiras ou as mesas de bebida e cadeiras que tomam ruas e calçadas em comércios na Praça da Matriz? Elas, ou as placas de estabelecimentos comerciais fincadas abaixo das calçadas e invadindo igualmente as ruas? As árvores ou os incontáveis empecilhos espalhados pelas calçadas das Ruas Pedro II e Moreira da Rocha? A duas frondosas mongubeiras ou os parques de diversão instalados anualmente em nossas principais praças? As velhas árvores ou as montanhas de areia e tijolos encostados ao pé das construções, no meio das ruas? As velhas árvores, senhor presidente do CONDEMA, que assinou, sem poderes, a sentença de morte, ou as árvores que morrem todos os dias na cidade, vítima da poda radical e da sua incúria e cegueira? Qual o passo positivo que o senhor já imprimiu em prol do

meio ambiente em Crateús e quem o revestiu de poderes para decidir se esta ou aquela árvore deve sobreviver? Que Conselho é este que nunca se reúne, não mostra a cara e, às escondidas, trama a sentença de morte de duas árvores quase seculares? Venha o senhor se justificar no espaço deste jornal perante a população de Crateús e os moradores da Rua Olavo Frota; venha mostrar a origem dos poderes de que o senhor se acha revestido para sentenciar a Natureza; venha, enfim, dizer para o nosso povo que as duas árvores que o senhor sentenciou de morte não valiam nada, não serviam, senão, para atrapalhar o tráfego de veículos. Venha mostrar o conceito que o senhor faz de Meio ambiente e o seu conhecimento em Ecologia e Botânica. O povo quer e faz questão de conhecê-lo. Triste é saber de tal acontecimento no exato primeiro dia do início da Semana da Árvore, e mais triste ainda é ver que o Poder Público estampou em convites à população a mensagem: “DEIXE A CONSCIÊNCIA ECOLÓGICA TOMAR CONTA DE VOCÊ”. No meio do caminho tinha uma árvore...

Ortodontia, Ortopedia Facial e Implantodontia

Você encontra todas as matérias da Gazeta no site. Acesse e poste seu comentário.

Pelo sentido da vida... Em cada ser humano, a compreensão do mundo se faz à medida que lhe damos sentido e agimos sobre ele. Precisamos de noções para interpretar o que se passa ao nosso redor. Essas noções, não se formam exclusivamente pela razão, mas, também, pelos sentidos, memória, hábitos, imaginação, desejos e sentimentos. O dia de hoje convoca a todos para uma reflexão por sua representatividade de lutas pela causa da Síndrome de Down. A data foi escolhida pela Associação Internacional Down Syndrome, em alusão aos três cromossomos no par de número 21 (21/3) que as pessoas com Síndrome de Down possuem. A data é importante para mim, pela experiência familiar concreta da convivência com um ser especial, cuja noção do amor maior faz

M. Duarte da Silva CNPJ: 06.327.640/0001-97 Rua Cel. Lúcio, 569 - CEP 63700-000, Crateús-Ce - Fone/Fax: (088) 3692.3810 Sebastião César Aguiar Vale Editor-Geral e jornalista responsável Mat. nº: 01227JP - CE FENAJ rasecvale@yahoo.com.br [ Opinião ]

Do Rio Poti eu guardo recordações e saudades… Ele, na cheia, quase lambia as estruturas metálicas da ponte da estrada do trem. Os meninos mais afoitos, filhos do mundo simples, misturados com gente bem, compunham uma festa única. Montavam naquelas sólidas estruturas de aço e pulavam da parte mais alta. Alguns, até fazendo piruetas. As meninas, de longe, prendiam a respiração e o medo, aplaudindo os mais corajosos. Aquilo tudo parecia conquista. Estes garotos, por momentos, viravam os heróis das cheias. A força das águas levava muita terra. Ficavam aquelas pedras enormes, descobertas. Gigantes e negras. Parecendo monstros pré-históricos encalhados no leito do rio. O sempre cuidado em não

Projeto Gráfico e Diagramação: Fabrício Pereira bricio.apereira@gmail.com Coordenação e Digitação: Tarcísia Souza Conselho Editorial: Eduardo Aragão Albuquerque Jr. José Bonfim de Almeida Júnior Sebastião Cesar Aguiar Vale

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

Maria Célia Habib Moura Gomes Primeira Dama do Estado do Ceará

dissociam da razão para evidenciar os sentimentos. Parabenizo a todos os que abraçam a causa que por amor e espírito de doação, se entregam com felicidade, esperança e vontade sempre renovadas ao desafio permanente de descortinar novos conhecimentos, técnicas, metodologias e habilidades para o trabalho junto a pessoas com a Síndrome de Down. Às mães, em especial, meu manifesto de solidariedade, compromisso com a causa, pelo amor em tom maior que nos dá convicções e confiança para agir.

O rio da minha cidade

Representante em Fortaleza: Fernando Aguiar Albuquerque Fone: (085) 9997-2085 gazetaco@yahoo.com.br Fundada em 30 de maio de 1997

fluir razão, motivação para ser, agir e estar no mundo. Por isso mesmo, afirmo meu compromisso pessoal e político com todas as questões afeitas a este segmento. Dentre as zonas do saber científico ainda mantidas sob o véu das incertezas, a Síndrome de Down é uma incógnita. Não se constituindo defeito, nem doença. Registra-se como ocorrência genética natural, por motivos ainda desconhecidos. Sabe-se que durante a gestação as células do embrião são formadas com 47 cromossomos no lugar dos 46 que se formam normalmente. No mundo de desiguais, cada ser traz em si noções diferenciadas do espaço, do tempo, da vida, e entre aquelas pessoas ditas “especiais” por terem vindo ao mundo com a “Síndrome de Down”, as noções quase sempre se

se ferir. Algumas delas eram muito ponteagudas ou escorregadias. Outro perigo eram os moinhos, fazendo funis e engolindo os mais afoitos… Quem caísse nessa armadilha mortal, seria vomitado quilômetros abaixo, deixado entre balseiros. Dias depois, era descoberto entre choros e velas acesas dentro de cabaça. Encomendação e destino. Na várzea, o Poti se expandia, deixando o húmus benfazejo nas croas. Isso, com certeza, ajudava a nossa produção de milho e feijão. Riqueza que depois vinha enfeitar as feiras dos sábados, em torno do Mercado. Cada ano, no pleno inverno, o Rio Poti se tornava o espetáculo maior da cidade. O rio era o soberano absoluto das águas e portador da fartura.

Não tínhamos necessidade de saber que ele ainda ia continuar viagem abaixo, passando por Teresina, indo render-se ao mar. O rio da minha cidade parecia ser apenas nosso. E, nem carecia ter outras histórias para torná-lo mais importante.

Assessoria Jurídica: Dr. José de Almeida Bonfim Júnior, OAB 15545 CE

Tel.: (85) 3249.4641/9997.2085

Assessor para assuntos especiais: Francisco Oton Falcão Jucá Tel.: (85) 3254.5353 / (85)99812637 Fax: (85) 3254.8000

agência: 997-0, conta: 16165-9, Crateús Ceará,

Importante: As opiniões assinadas não refletem obrigatoriamente o pensamento do jornal.

Crateús:

Assinaturas ou renovações: Fortaleza só valerão se feitas através de nosso representante, Fernando Aguiar Albuquerque: [ Cultura ]

Antonio Mourão Cavalcante

[ Sociedade ]

Assinantes de outras localidades enviar comprovante de depósito feito através do Bradesco, para o seguinte endereço: rua Cel. Lúcio, 569 CEP: 63700-000 - Crateús-Ce

Assinatura anual R$ 50,00 Outras localiadades Assinatura anual R$ 90,00 Assinatura semestral R$ 50,00

[ www.gazetacrateus.com.br ]


Terça-feira, 14 de abril de 2009

3

Opinião Crateús e o futuro do ensino superior A Gazeta do Centro-Oeste entrevista o Professor Deoclides Beserra Machado, engenheiro mecânico licenciado em Física, e atual sub-secretário de Governo do prefeito Carlos Felipe, sob o tema Ensino Superior em Crateús. Nascido em Crateús, o professor Deoclides Beserra Machado começou sua carreira acadêmica na UMC - Universidade de Mogi Das Cruzes-SP, onde chegou a ocupar o cargo de pró-reitor acadêmico e, mais recentemente, de diretor acadêmico das Faculdades Integradas Aparício Carvalho, em Porto Velho-RO. Formado em Engenharia Mecânica, e licenciado em Física, possui outras especializações realizadas no Brasil e nos Estados Unidos. Atualmente, coordena a Faculdade Princesa do Oeste, que está com seu projeto em avaliação, já em fase de conclusão pelo MEC, e atua no Governo Municipal de Crateús na Secretaria de Governo, além de lecionar em colégios do Estado. Ao analisar a situação de Crateús e sua região de influência, definida como região Oeste do Ceará, formada pelos municípios de Ararendá, Independência, Ipaporanga, Ipueiras, Monsenhor Tabosa, Nova Russas, Novo Oriente, Poranga, Quiterianópolis e Tamboril, no que se refere ao ensino superior, constatamos que a iniciativa privada e a pública, de forma geral, deveria, há muito, estar atuando nesta região com expressivos investimentos na área Educacional Superior. A Gazeta do CentroOeste (GCO) pergunta: O Ensino Superior pode ser visto como forma de aceleração do desenvolvimento regional?

Prof. Deoclides: Não tenha dúvidas. Se assim tivessem agido tempos atrás, a realidade de desenvolvimento e crescimento em todos os setores seria bem diferente dos acanhados e estagnados índices que hoje estes municípios apresentam. Vivenciamos as mudanças ocorridas com a implantação de faculdades nas cidades de Mogi das Cruzes-SP, Porto Velho-RO e em Quixadá-Ce, e podemos afirmar que o investimento no ensino superior transformou, em curto prazo, a fisionomia destas cidades. Em nossa região, cresce, ano a ano, o número de alunos que concluem o ensino médio. No ano de 2008, conforme dados obtidos junto à CREDE-13, tivemos matriculados no 3º

ano do ensino médio um contingente de 3.665 alunos, o que faz aumentar a pressão da demanda pelos cursos superiores oferecidos, em cursos universitários de outras regiões. GCO - Qual a vocação educacional de nossa região?

Prof. Deoclides: É oportuno citar que no Estado do Ceará existem em funcionamento 14 cursos de Enfermagem e, na região Oeste do Estado de imediata influência de Crateús, que congregava em termos populacionais, em 2007, o expressivo contingente de 290 mil habitantes, não há oferta de nenhum curso superior de Enfermagem. O mesmo se aplica a diversos outros cursos superiores necessários ao nosso desenvolvimento regional. Ainda citando o exemplo do curso de Enfermagem, podemos dizer que ele se torna representativo para profissionalizar a mão-de-obra de hospitais e casas de saúde em todos os municípios vizinhos, além de atrair os jovens egressos do ensino médio. Representaria algo mais do que uma nova opção em curso superior.

GCO – Qual a importância de um curso de Enfermagem para Crateús?

Prof. Deoclides: Seria o início da resolução de inúmeros problemas sociais relacionados à saúde não apenas na cidade de Crateús, mas em toda a área regional de sua influência. Além do mais há demanda não atendida por profissionais altamente qualificados e existe em Crateús e nas cidades do entorno variadas instituições de saúde que poderão absorver os profissionais a serem formados que estarão aptas a oferecer estágios quer em nível hospitalar ou ambulatorial.

GCO – Como encontrar docentes e especialistas em nossa região?

Prof. Deoclides: Quase inexistem obstáculos ao recrutamento de docentes, pois, na região há profissionais especialistas com mestrado e doutorado, aptos a lecionar em instituições de educação superior dentro da grade curricular de graduação do curso. Esta região Oeste conforma-se

como recebedora de amplos fluxos de pacientes, inclusive interestaduais que, se não encontram atendimentos na região, se direcionam para a rede de Saúde da Capital, contribuindo para o congestionamento do já sobrecarregado atendimento. GCO – Crateús teria estrutura de suporte para estes atendimentos?

Prof. Deoclides: Crateús é um pólo regional e sede de Microrregional de Saúde do Estado, pelas suas características de polarização e conjugação de múltiplas variáveis, tais como fluxos de saúde, acesso aos serviços, concentração de tecnologia de conhecimento e de produto, economia de escala e de escopo e perfil epidemiológico. Frente a essas considerações e dados apresentados, confirma-se a importância da implantação de cursos de graduação direcionados à área de Ciências da Saúde e afins. Usando a mesma analogia, encontraremos dados que justificam, de maneira clara e indubitável, o atendimento também desta região com cursos nas áreas de Ciências Humanas e Exatas.

GCO - Como funciona o MEC como órgão regulador do ensino superior?

Prof. Deoclides: O Ministério da Educação e Cultura (MEC) é o órgão do Governo Federal que autoriza e regula o ensino superior no Brasil. Para a autorização inicial de funcionamento de uma instituição de ensino superior, vários quesitos são analisados, principalmente aqueles que se referem à necessidade social da região em ter determinado curso, bem como se há demanda e condições técnicas para dar suporte a este tipo de empreendimento. Segundo dados do censo educacional superior, de 1997 a 2006, o número de matrículas de alunos na graduação presencial no Brasil cresceu 140%. Desse aumento, as instituições de ensino superior particulares foram responsáveis por um crescimento de 192% de ampliação do atendimento. O numero de instituições que cresceu 152% no período, no setor privado aumentou em 193%. Não é

demais dizer que, em dez anos, o ensino superior particular foi o responsável pela democratização do acesso à graduação no Brasil. GCO – Diante desses números e da carência regional, qual a reação dos governos estadual e federal?

Prof. Deoclides: O Governo Federal já percebeu este fato, e diante de tal situação, criou o programa Universidade para Todos (PROUNI), no qual os alunos da rede pública de ensino médio do País se inscrevem no site do MEC, realizam um “vestibular” e concorrem mediante o resultado obtido a uma vaga em um curso previamente selecionado, em determinada instituição de ensino superior privada participante da rede.

GCO - Diante do quadro pobreza da região, como se manteriam os alunos?

Prof. Deoclides: Os alunos selecionados, além de estudarem com bolsa de estudo integral bancada pelo Governo Federal, recebem ainda ajuda de custo para sua manutenção pessoal. Hoje, mais de 310 mil alunos cursam a graduação em instituições privadas por meio do PROUNI. Este número apesar de alto, representa apenas 6,6% das matrículas presenciais. O número de alunos matriculados no ensino superior privado com financiamento educacional reembolsável, como o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), representava 8% do total em 2006. Desses, 21% utilizam crédito da própria instituição de ensino.

GCO - O que é melhor para nossa região: O ensino público ou o privado.

em nível educacional foram realizados para viabilizar as extensões de alguns cursos superiores presenciais oferecidos pela UVA e pela UECE, e de extensões de alguns cursos superiores não presenciais a distância de instituições com sede em diversas regiões do Brasil. Nada foi feito de investimento em grande escala nesta área até o ano de 2008. Os grandes investimentos educacionais em nossa região, mais precisamente em Crateús, começaram em 2008 com o inicio da construção da sede do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (CEFET), instituição federal de ensino técnico superior que irá ofertar cursos técnicos profissionalizantes de curta duração em nível superior. GCO – Na área privada, como se daria o investimento?

Prof. Deoclides: Na área privada tivemos a criação da mantenedora Sales Burgos Consultoria e Serviços Educacionais Ltda., que irá manter a Faculdade Princesa do Oeste (FPO) que, por sua vez, já tem aprovado no MEC os projetos pedagógicos dos cursos de Serviço Social e Enfermagem. O inicio de funcionamento destes cursos está dependendo da formalização de uma comissão de verificação ‘in loco’ por parte do INEP, que virá até aqui verificar as condições de ensino, após o que autorizará o inicio de funcionamento da FPO.

GCO – Do ponto de vista físico, já existe instalações adequadas para funcionamento da Faculdade Princesa do Oeste?

Prof. Deoclides: Grande soma de recursos foi empregada na adaptação das instalações da escola Sônia Burgos, que atende os níveis de ensino básico e médio, para suprir as necessidades de uma instituição superior. Laboratórios foram construídos e totalmente equipados; equipamentos de última geração estarão à disposição de alunos e professores de forma a contribuir para um melhor aprendizado. Salas de aulas

Prof. Deoclides: No Nordeste, foram criadas 310 instituições de ensino entre 1997 e 2006; dessas, apenas 20 são públicas. O importante em tudo isto é perceber que nossa região precisa dos dois sistemas, principalmente para diversificar a oferta de tipos e fins de graduação.

GCO - Atualmente como está Crateús em termos de investimento na área de educação superior?

Prof. Deoclides: Em Crateús, investimentos mínimos

Fale com a redação: Tel.: (88) 3691.2006 - Fax: (88) 3692.3810 - E-mail: gazetaco@yahoo.com.br

foram climatizadas e remodeladas; a biblioteca, cujos livros também já foram adquiridos, conta somente com edições atualizadas, com um acervo que atenderá de imediato até o 4º período de cada curso, isto é, foram adquiridos, em adiantado, livros para os quatro primeiros semestres, tanto de Enfermagem quanto de Serviço Social. A Faculdade Princesa do Oeste será, sem dúvidas, um ícone de referência na educação superior na região Oeste do estado do Ceará. GCO - A Busca pela qualidade de ensino é a solução?

Prof. Deoclides: Sabemos das dificuldades a serem enfrentadas, desde as da falta de confiança de empresários do setor privado, às dificuldades políticas que até o momento haviam impossibilitado a vinda do ensino superior federal e privado à nossa região. De igual modo, o perfil do alunado vítima de um ensino pouco estruturado que chegará às nossas instituições, nas etapas anteriores, é que, por certo, terão dificuldades em acompanhar o ensino superior. Muitas instituições adotam um sistema de nivelamento para as turmas iniciais, isto é, uma revisão de conhecimentos básicos necessários para acompanhar o nível universitário, medida esta que também deverá ser obrigatoriamente utilizada pelos gestores destas instituições.

GCO – É viável este projeto?

Prof. Deoclides: Sim. O desafio é grande em nossa economia globalizada. A tendência de queda nos índices de crescimento indica que sobreviverá aquele que melhor estiver preparado, e uma das principais demandas que teremos a atender é a crescente busca por uma educação com mais qualidade. Até neste ponto a diversidade de oferta de ensino é salutar, pois todos terão que estar preparados para dar o melhor de si em busca do ensino superior quer seja particular ou público da melhor qualidade.


4

Terça-feira, 14 de abril de 2009

Cidade Ponto de Vista - Ensino superior

Nem no último pau-de-arara O ex-reitor Paulo Petrola costumava dizer que, onde o conhecimento chega, até a conversa em mesa de bar é diferente. Natural de Arneiroz, nos Inhamuns, ele não teve a oportunidade de comprovar a assertiva, lá mesmo, onde em uma cidade com pouco menos de 10 mil habitantes, já há universitários fazendo pós-graduação sobre a temática do teatro e a emancipação popular. Petrola não conheceu também o que está acontecendo em Tauá, vizinho a Arneiroz, em que a maioria dos gestores municipais hoje é formada pelas instituições de ensino superior que estão instaladas na cidade. Cito os dois casos como

Luiz Henrique Campos Repórter

exemplos que vi recentemente em viagens a trabalho que me deixaram impressionados. Poderia citar também histórias belíssimas de Quixeramobim, Quixadá, Aracati, Juazeiro, Sobral, sobre mudanças culturais proporcionadas pela chegada do ensino superior. Conversando com um amigo sobre o assunto, ele argumentou que o número de pessoas nessa condição é pouco representativo em relação à população total. Não há dúvidas de que é um número pequeno de estudantes. As mudanças que eles vão trazer às suas cidades no futuro, porém, não se mede pela quantidade. Mas pela qualidade. Qualidade

da gestão pública, das relações pessoais, das cobranças por direitos, da conversa de mesa de bar, que não tenho dúvidas, já começam a se disseminar. Posso estar enganado, mas o fenômeno está se dando de forma tão rápida em algumas cidades do Interior cearense, que não vai mais ter último pau-de-arara que nos seduza. E talvez resida aí a grande transformação. A exemplo de Tauá, conheci pessoas que dizem estudar para oferecer no futuro uma situação de vida melhor para seu povo, no seu município. Quem melhor do que eles para fazer isso?

Crateús terá academia de letras

Está em desenvolvimento a fase embrionária de uma academia de letras em Crateús. A sadia idéia de um sodalício de tal vulto para a cidade e também para a região nasceu do brilhantismo do poeta Júnior Bonfim, advogado, escritor e membro da AMLECE – Academia Municipalista de Letras do Estado do Ceará. A reunião inicial para discussões em torno da idéia teve lugar na Casa de Cultura João Batista, na tarde do dia 28 de março, tendo como participantes Júnior Bonfim, Lourival Veras, Edilson Macedo, Elias de França, Carlos

Bonfim, Cimar Melo, que representou a filha Sílvia, Lucas Evangelista, César Vale, Carla, Bento Raimundo e Edmilson Severiano. A pauta da primeira reunião constou da apresentação literária dos presentes, a idéia da academia, nome, objetivos, quadro societário, diretoria, diversos e encaminhamentos. Nessa primeira reunião foi aprovada a constituição da academia e a sua área de abrangência, que será municipal. Na ocasião foram debatidos os critérios para ingresso: ser amante e cultor das letras, em sentido lato

(literatura convencional ou popular, ter obra qualificada escrita (publicada ou não), e vínculo literário com Crateús. Também foram listados nomes para ser formulado convite de ingresso, bem como foram definidos assuntos a serem tratados na próxima reunião, ou sejam: nome da academia, aprovação do estatuto, questão financeira e definição de patronos das cadeiras. A próxima reunião está agendada para ocorrer no próximo dia 15 de abril, também, na Casa de Cultura, às 17h00min pontualmente.

Foto da primeira reunião para a fundação de uma academia de letras em Crateús

BREVES PRESIDENTE DO PARAGUAI SOFRE AÇÃO DE PATERNIDADE Advogados entraram com uma ação de reconhecimento de paternidade contra o presidente do Paraguai, o

ex-bispo católico Fernando Lugo,mas a mulher citada na denúncia negou as alegações. Segundo a denúncia inicial, a [ Opinião ]

[ Política ]

criança, que tem dois anos, teria sido concebida quando Lugo ainda era sacerdote.

[ Cidade ]

[ Geral ]

Aprovada lei de cidadania para Dom Jacinto Governador Cid Gomes sancionou a Lei nº 14.312, que concede Título de Cidadão Cearense ao bispo da Diocese de Crateús dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho. Há 45 anos, a Diocese de Crateús trabalha em defesa dos direitos da população e pelo desenvolvimento sustentável das regiões dos Sertões de Crateús e dos Inhamuns. O primeiro bispo da Diocese de Crateús foi o inesquecível dom Antônio Batista Fragoso, que trabalhou pela libertação e pelo bem-estar da população, no período de 1964 a 1998, com o lema: Opporter illas adducere - É necessário trazê-las também. O papa João Paulo II nomeou, em 18 de fevereiro de 1998, Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho segundo bispo da Diocese de Crateús, cuja ordenação episcopal ocorreu em 24 de maio de 1998. No mês de maio, dom Jacinto de Brito, com o lema In verbo tuo – Senhor, por tua palavra, lançarei as redes – completa 11 anos coordenando os trabalhos da Diocese de Crateús, sendo responsável por 13 paróquias nos municípios de Crateús, Independência, Novo Oriente, Tamboril, Monsenhor Tabosa, Nova Russas, Ipueiras, Poranga, Ararendá, Ipaporanga, Quiterianópolis, Tauá, Parambu e a área pastoral de Sucesso em Tamboril, levando o bem-estar espiritual a cerca de 370 mil habitantes

dessas regiões. Pela constante pregação da paz, do amor e das virtudes da Fé e da Esperança em todas as paróquias da diocese, e pelo seu incansável zelo e trabalho, dom Jacinto de Brito ficou conhecido por ser um bispo empreendedor. Em parceria com os padres das paróquias, mobilizou as comunidades católicas das regiões de Crateús e Inhamuns, promovendo importantes mudanças nas ações da Diocese. Reformou a Catedral do Senhor do Bonfim, construiu em Crateús um dos maiores templos do Ceará e do Brasil – a Igreja da Imaculada Conceição – construiu e reformou outros templos em Quiterianópolis e Tauá. Em Crateús, além da reforma da Catedral e a construção da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, reformou a Cúria Diocesana, a Casa Paroquial, o Centro de Treinamento Dom Fragoso, e construiu a Igreja de Santa Terezinha, templo de grande proporção no bairro do Planalto. A par desse imenso trabalho, dom Jacinto resgatou a Festa do Senhor do Bonfim, padroeiro de Crateús. Em nome da maioria da população desta região, como gesto de gratidão e reconhecimento ao trabalho já realizado pelo bispo dom Jacinto, o deputado estadual Nenen Coelho elaborou o projeto de lei 140/08, que lhe concede o Título de Cidadania Cearense. Dom Jacinto é natural de Bacabal,

Você encontra todas as matérias da Gazeta no site. Acesse e poste seu comentário. [ Cultura ]

[ Sociedade ]

[ www.gazetacrateus.com.br ]

Deputado Nenen Coelho, autor do projeto de lei

Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho - agraciado

no Maranhão. O projeto foi aprovado pelo plenário da Assembléia Legislativa e sancionado pelo governador Cid Gomes sob a Lei nº 14.312, no dia 20 de março de 2009, divulgado pelo Diário Oficial do Estado. A Assembléia Legislativa, através do cerimonial articulado pelo deputado Nenen Coelho, irá fazer a entrega do Título de Cidadão Cearense ao bispo dom Jacinto de Brito, no mês de junho ou julho, em importante evento no Teatro Rosa Morais. Na oportunidade, a população desta região irá abraçar e agradecer ao prelado pelos relevantes serviços prestados à nossa região.


Terça-feira, 14 de abril de 2009

5

Cidade E M AT E R C E

Febre Aftosa - inimigo do agronegócio A Febre Aftosa é uma enfermidade viral de evolução aguda que não tem cura. O animal contraindo o vírus perde peso, diminui a produção de leite e carne, compromete a função reprodutiva, levando-o à morte. O Ceará encontra-se classificado no alto nível de risco e encontrase prejudicado principalmente no desenvolvimento do setor primário. Para sair desse risco faz-se necessário certificar o

Estado como “Zona Livre de Febre Aftosa”. Para que isso possa acontecer, faz-se necessário o esforço de cada município e de cada criador, no sentido de vacinar 100% do seu rebanho bovino, nesta 1ª etapa da Campanha que se iniciou dia 1º e vai até 30 de abril. Na Região de Crateús, nos seus 10 municípios de atuação (Crateús, Novo Oriente, Ipaporanga, Independência, Ara-

rendá, Nova Russas, Ipueiras, Tamboril, Poranga e Monsenhor Tabosa) formou-se uma parceria forte para enfrentar a Campanha de Vacinação, que tem como meta vacinar 199.387 cabeças de bovinos. Esta Campanha é executada pela EMATERCE, sob a coordenação da SDA e ADAGRI e tem como parceiros fortes os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais, as Prefeituras Municipais através

Câmara Municipal faz sessão via internet

Desde o dia 26 de março que a Câmara Municipal de Crateús transmite suas sessões, às quintas-feiras, via internet, o que dá oportunidade a todos de conhecerem os feitos, o funcionamento e todos os temas que são debatidos naquela Casa do Povo. Após reconstruir o prédio do Legislativo Municipal, dotando-o do necessário conforto e substituição de mobiliário, equipamentos os mais diversos, etc. o presidente da Casa, vereador Márcio Cavalcante dá mais um passo no mesmo sentido da sua modernização, agora, mostrando, via internet, para a cidade de Crateús e para o mundo, os trabalhos da Casa Legislativa através do site: www.camaramunicipaldecrateus.com.br

Primeira sessão on line da Câmara: secretário João de Deus, presidente Márcio Cavalcante e vice presidente Conegundes Soares

O trabalho de retransmissão das sessões da Câmara consiste no funcionamento de uma câmera digital conectada ao servidor (um computador), mais um link de distribuição de internet conectado ao site da Câmara. A retransmissão das sessões está a cargo de

Henrique Eduardo e Alex Melo. O fato, sobre ser relevante, é pioneiro no interior do Estado, significando dizer que Crateús possui o Legislativo mais moderno e mais bem equipado do interior cearense.

Gorete Pereira quer incluir municípios na MP da Habitação Preocupada com a possível exclusão de municípios com menos de 100 mil habitantes do Programa Minha Casa, Minha Vida, a deputada Gorete Pereira apresentou emenda para beneficiar as cidades com população acima de 50 mil habitantes. A exclusão não está expressa no texto da Medida Provisória 459/2009, mas foi antecipada pelo governo e deverá ser inserida na regulamentação do programa habitacional. A deputada destacou a im-

portância social do programa e disse que a modificação se faz necessária para alcançar famílias de municípios menores, que não podem ser alijados das políticas públicas. Gorete acrescentou que, da forma proposta, o estado do Ceará terá apenas 8 municípios contemplados. Com a alteração, eleva-se para 30 municípios. “Nossa preocupação é expandir o atendimento do programa e evitar que haja migração para as cidades maiores, provocando inchaço

das Secretarias Municipais de Agricultura e de Saúde, as Associações Comunitárias de Trabalhadores Rurais.

Estratégia prevista para a Campanha

- Reuniões com presidentes de associações, delegados sindicais, agentes de saúde e secretários municipais de Saúde e Agricultura para uma etapa de conscientização dos criadores

- Participação nos programas de Rádio - Treinamento e práticas de vacinação nas comunidades - Lançamento da Campanha em nível de região no município de Nova Russas - Entrega de Carta-Aviso com as orientações técnicas devidas aos agricultores Portanto, nesse mutirão de ação, onde cada parceiro

está fazendo a sua parte, esperamos que os criadores se sensibilizem e se conscientizem da importância da vacinação do rebanho bovino para o alcance das metas programadas com a finalidade de termos um Ceará livre de Febre Aftosa, abrindo assim as porteiras do Estado para a comercialização dos seus produtos.

Domingos Filho expõe projetos da Assembléia a vereadores cearenses O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Domingos Filho (PMDB), participou, no dia 31 de março, do XXV Congresso Estadual de Vereadores do Ceará, promovido pela União de Vereadores e Câmaras (UVC). O evento reuniu, cerca de mil parlamentares no Hotel Gran Marquise num ciclo de discussões sobre as prerrogativas dos Legislativos. Domingos Filho foi o principal palestrante no encerramento dos trabalhos e expôs as ações realizadas pela AL no sentido de dar mais transparência aos debates e votações em plenário, e de garantir a participação popular em todas as atividades promovidas pelos deputados. O primeiro destaque do peemedebista foi para a União Interativa do Legislativo Cearense (UNILECE), iniciativa coordenada pelo primeiro vicepresidente da Casa, deputado Gony Arruda (PSDB) e criada com o intuito de estreitar os laços entre a Assembléia e as câmaras do Interior. Ele explicou a composição da UNILECE em quatro eixos: a AP Interativa, que possibilita a

transmissão das audiências públicas para os municípios através de videoconferência; a Alecemídia, com foco na Educação a Distância (EAD); a Interlece, que oferece consultoria gratuita feita pela AL aos vereadores; e a Legioteca, que funciona como uma espécie de biblioteca de leis no portal da AL. “Só saberemos se estamos representando bem o nosso eleitorado se o povo tiver como falar. Por isso, criamos esse Programa: para ouvirmos o que eles têm a dizer e darmos um rumo ao nosso mandato”, explicou Domingos Filho. O parlamentar enalteceu a Universidade do Parlamento Cearense, criada em novembro de 2007, que tem como principal objetivo a capacitação dos servidores, e que qualificou, somente em 2008, 1.095 funcionários em seis cursos de graduação, seis de pós-graduação, quatro de educação de jovens e adultos, três de línguas estrangeiras e seis de extensão. Ele ressaltou ainda os trabalhos do Procon-Assembléia na busca de um consenso entre os consumidores que se sentirem lesados nos seus direitos e as

Presidente da Assembláia Legislativa, dep. Domingos Filho (PMDB)

empresas acusadas de irregularidades. Segundo o presidente, o órgão tem demonstrado mais eficiência até que o DECON com seu atendimento popular pelo 0800.27.52.700. Da mesma forma, Domingos Filho citou a Ouvidoria Parlamentar, que, de 2007 para 2008, teve suas demandas mais que duplicadas e, somente em 2009, já contabiliza 328 atendimentos. “Estou me dispondo a fortalecer a atuação das Câmaras. Então, tenham certeza de que tudo isso está à disposição de vocês. E o melhor: de graça, porque o mais caro da estrutura de todos esses projetos a Assembléia já bancou”, pontuou. BC/AN

BREVES Dep. Federal Gorete Pereira

populacional e, conseqüentemente, aumento de problemas sociais que lutamos para combater como desemprego e violência”, justificou.

TCU SUSPENDE OBRAS DA REFINARIA ABREU E LIMA O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou, por medida cautelar, que a Petrobras deixe de pagar por serviços contratados para as

obras da Refinaria Abreu e Lima, em Recife (PE), com indício de sobre preço. A restrição recai sobre drenos fibro-químicos que, além de

Fale com a redação: Tel.: (88) 3691.2006 - Fax: (88) 3692.3810 - E-mail: gazetaco@yahoo.com.br

orçados com preço 48% superior ao de mercado, foram executados em quantidade 1.278% maior do que a contratada.


6

Terça-feira, 14 de abril de 2009

Cidade Deputado Professor Teodoro doa ambulância

Ministério Público faz reunião de planejamento

O Deputado Estadual Professor Teodoro (PSDB)(foto) esteve em Crateús na tarde e noite de sexta-feira, 03 de abril, participando de encontro entre professores e alunos de cursos da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA, conveniados com o Instituto Vale do Acaraú – IVA, ocorrido no Clube Caça e Pesca, bem como para fazer doação de uma ambulância ao município, no valor de R$ 50 mil, parte da verba que o deputado recebe do Governo Estadual para repassar a municípios de sua escolha. No Clube Caça e Pesca o deputado proferiu palestra abordando a crise global que se alastrou sobre o planeta e os seus efeitos sentidos no Brasil. Com brilhantismo, revelou as diversas fases de sua vida estudantil, desde o Seminário de Sobral ao Colégio Pio Brasileiro, em Roma, na Itália, onde cursou Filosofia e Teologia, passando por

O Ministério Público Estadual, tendo à frente a procuradora-geral de Justiça do Ceará, Dra. Maria do Perpétuo Socorro França Pinto, (Socorro França) promoveu, no dia 1º de abril, Reunião de Planejamento Estratégico, no Fórum da Comarca de Crateús, destinada aos promotores de Justiça da cidade e das comarcas da região. Preliminarmente, Socorro França disse de sua missão, que era espinhosa, mas que lhe foi dada por Deus para ajudar a sociedade. De gestos simples, a procuradora demonstrou carinho especial por cada um de seus comandados – os promotores de Justiça - com quem divide sua missão. A Reunião, que fez parte de uma série de reuniões regionais promovidas pela Procuradoria Geral de Justiça, teve abrangência estadual e por objetivos o Planejamento Estratégico Institucional, a prestação de contas, bem como o de ouvir os promotores.

Paris, na França, onde obteve doutorado em Ciências Sociais, na Sorbona, até a sua passagem pelo Ministério da Educação, pela Universidade Regional do Cariri – URCA, a qual fundou, e por três anos foi reitor. Também discorreu sobre o longo reitorado de 16 anos na UVA, sobre a importância da Educação na vida de cada pessoa, da importância do conhecimento, das ciências e da tecnologia como formas para atingir o desenvolvimento do País. Professor Teodoro enfatizou a importância do ano de 1968, que revolucionou o mundo, a partir do movimento estudantil na França, e as transformações pelas quais o mundo passou daquele ano até hoje. Salientou a evolução do seu trabalho plantando a semente do ensino superior em 142 municípios do Ceará e em nove estados da Federação, para onde levou os cursos da UVA e fazendo-os chegar ao

continente africano. Por fim, o deputado citou o seu trabalho na Assembléia Legislativa, todo ele dedicado à causa da Educação, sendo aplaudido calorosamente. O encontro também foi marcado por outra palestra proferida pelo jovem professor universitário, Vinícius Guimarães, abordando o tema: Visão Sistêmica nas Ciências Sociais, para alunos da UVA, de Crateús e municípios vizinhos.

Entrega da ambulância A doação ao município, de uma ambulância, pelo deputado Professor Teodoro, ocorreu no Biga’s Buffet, por ocasião de um jantar de confraternização entre os professores do IVA na mesma noite, com a presença do parlamentar e do prefeito de Crateús Carlos Felipe Saraiva Bezerra. A entrega deu-se através de um protocolo de doação assinado pelo parlamentar, que também distribuiu entre os presentes um exemplar do livro “Dom Hélder Câmara o Profeta da Paz”, que organizou e fez publicar. O prefeito Carlos Felipe agradeceu ao deputado a oferta e disse da necessidade

A Reunião de Planejamento Estratégico teve como palestrante a douta promotora de Justiça Sheila Pitombeira, responsável, entre outras, pelas questões do Meio Ambiente. Ela discorreu sobre os objetivos estratégicos, que são os de uniformizar os procedimentos dos órgãos de execução e administrativos; instituir e fortalecer as unidades regionais com mecanismos para orientar a atuação dos órgãos administrativos e de execução e, em terceiro lugar, falou de Ações, que consistem em implantar unidades regionais administrativas, instituir banco de dados e orientações indicativas e ainda instituir planos de atuação institucional. Embora restrita aos membros do Ministério Público, a Reunião de Crateús foi prestigiada pelo juiz Lúcio Alves Cavalcante, da 1ª Vara da Comarca de Crateús, e ainda, visitada pelo chefe do Executivo Municipal, Carlos Felipe Saraiva Bezerra, e

Prender pra que?

Prefeito Carlos Felipe recebe protocolo de doação de uma ambulância doada pelo dep. Professor Teodoro ao município

daquela doação ao município. O cerimonial do evento no Biga’s Buffet foi conduzi-

do pelo radialista Helvécio Martins, da Rádio Príncipe Imperial.

BREVES 2ª ETAPA DO RALLY 2009 COMEÇA DIA 25 DE ABRIL A etapa de abertura do Campeonato Cearense de Rally, no começo de março, mostrou que neste ano a turma off-road não está para brincadeira. Com mais de 70 participantes, a prova teve briga forte em todas as categorias e os resultados

Palestrante

mostraram que a competitividade vai estar em alta durante o ano inteiro. Depois do sucesso da etapa de abertura é hora de pensar na nova disputa. A segunda prova do ano já está montada. O novo confronto entre as duplas de pilotos e

[ Opinião ]

[ Política ]

navegadores acontece no dia 25 deste mês nas trilhas das cidades de Horizonte e Pacajus e promete ainda mais adrenalina e emoção.

Nunca na história deste país a Polícia Federal foi tão eficiente no combate à corrupção e à roubalheira dos dinheiros públicos como atualmente. Passa de mil o número de figurões presos e os processos instaurados contra eles consomem toneladas de papel. Mas por que nenhum deles está na cadeia? Com exceção do Juiz Nicolau dos Santos, o “Lalau”, que cumpre pena em sua luxuosa mansão de São Paulo, nenhum outro ladrão rico, mesmo os condenados, passou mais do que algumas horas preso neste país. Fica difícil explicar ao cidadão comum esse jogo de cão e gato entre a Polícia e a Justiça. Ora, por que a Polícia gasta tanto dinheiro com processos, operações de busca, prisões e tudo o mais, se já sabe que todo

[ Geral ]

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

Promotora de Justiça Sheila Pitombeira proferiu palestra

pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Márcio Cavalcante.

Rangel Cavalcante

mundo que prende vai para casa poucas horas depois, graças a uma ordem de habeas corpus emitida por algum juiz ou tribunal. O exemplo mais recente foi o das prisões da milionária dona da loja Daslu e dos dirigentes da empreiteira Camargo Correia. Para trás, quase esquecidos, tivemos escândalos como os do mensalão, sanguessugas, vampiros, Guatama, ambulâncias, que resultaram numa pilhagem de bilhões de reais dos cofres públicos. Nenhum deu em nada. E logo os envolvidos estarão a salvo, graças ao generoso instituto da prescrição e à lerdeza da Justiça. Alguém lembra pelo menos do nome dos que roubaram e desviaram para o exterior mais de 30 bilhões de dólares no escândalo do Banestado? O caso foi abafado porque envolve políticos

Você encontra todas as matérias da Gazeta no site. Acesse e poste seu comentário. [ Cidade ]

Procuradora Geral de Justiça Socorro França

[ www.gazetacrateus.com.br ]

influentes, autoridades, grandes empresários, gente fina, e sua apuração poria em perigo as instituições, segundo figuras do governo. Nenhum está preso. Parece que só há uma forma de explicar: dizer que para cada lei que manda prender um ladrão existe uma outra lei que manda soltar o dito cujo bandido. O delegado aplica a primeira, o juiz aplica a segunda. Um anula a outra. Assim, tanto a Polícia como a Justiça estão rigorosamente dentro da lei. Tudo muito legal. E não precisa de julgamento. O tempo se encarrega de absolver todo mundo. E como só deputados e senadores podem mudar isso – e se o fizerem muitos irão para a cadeia – não há como esperar o fim desse samba do crioulo doido.


Terça-feira, 14 de abril de 2009

7

Regional Informe Publicitário Nova Russas

Ações do SEBRAE O SEBRAE, Escritório Regional de Crateús, anuncia sua agenda de “ações” realizadas no mês de março de 2009. Segundo o Articulador Antonio Luiz Gonçalves, o SEBRAE duplicou o número de projetos a serem desenvolvidos a partir de janeiro de 2009 em relação aos anos anteriores. Segundo Gonçalves, são pelo menos nove projetos de vários Setores da Economia que contribuirão para o crescimento e desenvolvimento das regiões de Crateús e Inhamuns: Comércio, Indústria, Serviço, Agronegócios, Artesanato, Ovinocaprinocultura e Bovinocultura Leiteira. Os

recursos para atender a essa demanda de projetos será da ordem de R$ 2,4 milhões distribuídos na realização de ações concretas e práticas, que contribuirão de forma direta e indireta, na geração de emprego e renda e na ocupação de mão-de-obra nos dez municípios atendidos pelo Regional de Crateús. A carteira de projetos está sendo apresentada e discutida pelo SEBRAE através de sua equipe e com cada Gestor Municipal, para que possa ser apreciada e aprovada pelo Prefeito e, logo após, serem realizados contratos de parceria para o desenvolvimento

Prefeito prioriza urbanização da cidade

Antonio Luiz Gonçalves - articulador

das ações e dos projetos em cada município. Luiz Gonçalves menciona que os projetos já foram apresentados ao prefeito de Crateús, Carlos Felipe, e à sua equipe, ao prefeito de Santa Quitéria, Chagas Mesquita, e ao prefeito de Novo Oriente, Rodrigo Coelho Sampaio, todos fechando a parceria com o SEBRAE, para o desenvolvimento dos projetos nos seus respectivos municípios.

AGENDA DAS AÇÕES DO MÊS DE MARÇO 2009 SEBRAE REGIONAL DE CRATEÚS

Após as obras de reconstrução da sede do Poder Público Municipal, que transformou um caótico ambiente em verdadeiro centro administrativo, com cada departamento funcionando em seu devido lugar, o prefeito Marcos Alberto volta-se para a solução do secular problema viário da cidade de Nova Russas, que tem no rio Curtume o maior empecilho. O rio Curtume corta a cidade ao meio e, durante o período invernoso, isola Prefeitura Municipal: conservada a fachada e totalmente reconstruida e ampliada ainda mais bairros que, por natureza, já viviam isolados por falta de uma ponte ou de uma passarela. Hoje, o que se vê pela cidade são máquinas pesadas trabalhando na construção de paredões em pedra e cimento para canalizar as águas do rio, bem como na construção de pontes e bueiros para eliminar o isolamento dos bairros e melhorar o trânsito de veículos. Ao lado desse relevante trabalho, o prefeito implantou uma nova estrutura fun- Máquinas pesadas trabalham na obra de contenção do Rio Curtume cional e organizacional na Prefeitura, trabalho de vulto para receber e implantar proje- administração, a cidade respira para retirar o município da tos que beneficiem a população ares de otimismo, de crença e inadimplência, transforman- do município. esperança na administração do do o caos em organização, Em conseqüência da nova prefeito Marcos Alberto.

Novos servidores municipais são empossados

Em solenidade realizada no auditório do Colégio 11 de Novembro, dia 31 de março findo, o prefeito Marcos Alberto, em cumprimento ao prometido na campanha eleitoral, nomeou e empossou 124 novos servidores classificados em concurso realizado em 2007. O ato do prefeito atendeu ao Edital de convocação 003/2009, e os beneficiários são professores, vigilantes, agentes de transito, serviços gerais e outros. O prefeito Marcos Alberto anulou editais de concursos lançados irregularmente pelo seu antecessor, por conterem irregularidades, entre elas a ausência de classificação de cargos. Outros editais foram lançados para corrigir os erros e obedecer a legalidade, para

que os aprovados tenham seus direitos respeitados. Durante a solenidade de nomeação dos novos servidores municipais Marcos Alberto declarou: “É com imensa satisfação que nomeio e emposso os novos servidores. Só quem já pas-

sou por tal situação sabe da emoção que invade a mente e o coração de cada um em momentos como este”. No último dia 02 de abril fui lançado o Edital 005/2009 do concurso para agentes de saúde e de endemias.

Prefeito Marcos Alberto nomeou e empossou 124 novos servidores concursados

Fale com a redação: Tel.: (88) 3691.2006 - Fax: (88) 3692.3810 - E-mail: gazetaco@yahoo.com.br


8

Terça-feira, 14 de abril de 2009

Regional Indiciada mãe Marrecas da menina que mantém tradição engravidou da festa religiosa Informe Publicitário Tauá

A Vila de Marrecas está localizada a 22 km da cidade de Tauá, às margens do rio Puiu. O que faz de Marrecas um lugar de destaque é a festa católica de Jesus, Maria e José, celebrada no mês de abril. O período da festa proporciona momentos de lazer, folguedos e forró. Durante o novenário, a comunidade se reúne para resgatar sua cultura com momentos de confraternização, quermesses, leilões, como também saborear os diversos tipos de comidas típicas vendidas nas barracas. A Igreja de Jesus, Maria e José, marco do patrimônio histórico do município de Tauá, foi recentemente tombada pelo Conselho Estadual

A mãe, de 42 anos, da menina de nove anos que ficou grávida após ser abusada pelo padrasto e passou por um aborto em Pernambuco foi indiciada sob acusação de negligência. Segundo o delegado Antonio Luiz Dutra, responsável pelas investigações, houve omissão por parte da mulher. “Ela faltou na responsabilidade de proteger as filhas”, disse. O então companheiro dela, de 23 anos, confessou à Polícia ter abusado sexualmente, por cerca de três anos, da menina e da irmã

de Preservação do Patrimônio Cultural (Coepa), garantindo a ela a notoriedade enquanto templo da religiosidade tauaense e importante prédio histórico.

Direitos da pessoa idosa

É relevante e necessário valorizar e fazer valer os direitos da pessoa idosa. Nos dias 18, 19, e 20 de Março, em Brasília, realizou-se a II Conferencia Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, dela participando como convidada, a senhora Adaltiva Cavalcante Cidrão, diretora

da Casa da Melhor Idade de Tauá. Em data anterior, a senhora Adaltiva participou do Fórum Cearense de Políticas para o Idoso – FOCEPI, que aconteceu no SESC de Fortaleza, no qual foram discutidas ações com objetivo de promover a melhoria de vida de idosos.

COMUNICADO SEMACE

Alberi G. de Araújo – ME torna público que requereu à Superintendência Estadual do Meio Ambiente - Semace a licença de instalação para a construção do posto de combustíveis Posto Crateús – situado à Rua José Sabóia Livreiro, n° 1410, bairro Fátima I, na cidade de Crateús-Ce. Foi determinado o cumprimento das exigências do manual de licenciamento da Semace. Crateús, 14 de abril de 2009

dela, de 14 anos, que possui problemas mentais. “Como que ela disse que dava banho todo dia nas meninas e não percebia nada de estranho nelas?”, questionou Dutra. Ele afirmou, no entanto, que o indiciamento não quer dizer que ela foi co-autora dos abusos. O inquérito foi entregue à Justiça de Alagoinha, a 230 km de Recife, onde o padrasto responde pelo estupro das duas meninas. Ele está preso desde o dia 27 de fevereiro em Pesqueira, cidade vizinha. (das agências)

Cartas e E-mails

“O cara”

“Esse é o cara”, “adoro esse cara”. Essas frases poderiam muito bem ser atribuídas a ativistas histéricas ovacionando seus candidatos instantes antes de eles subirem ao palanque e proferirem seus discursos eleitoreiros. Mas, não, foram ditas no encontro do G20 em Londres, no momento em que se discutiam as políticas financeiras do planeta, por, nada mais, nada menos, que o presidente da maior potência econômica do mundo, o norte-americano Barack Obama a respeito do presidente Lula. Que o presidente Lula é bonito, há controvérsias. Mas no resto, Obama acertou em cheio: ele é “o cara”! A democracia nos dá belas lições. Seria difícil imaginar um republicano tradicionalista proferir tais palavras, mesmo que elas só ecoassem na Casa Branca. Precisava ser um negro, democrata, de carreira brilhante, para ousar reconhecer o fenômeno Luiz Inácio Lula da Silva, em meio aos homens mais poderosas do mundo. Jayro Nikson C. Carvalho Pedra Branca - Ce

COMISSÃO DENUNCIA BRASIL POR DITADURA A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) informou ontem que prestou uma queixa contra o Brasil pelo caso do desaparecimento de 70 pessoas durante a campanha militar contra a guerrilha de Araguaia na década de 70. A demanda, apresentada no dia 26 de março, se refere ao desaparecimento de membros do Partido Comunista do Brasil (PC do B) e de camponeses, entre 1972 e 1975, durante a ditadura militar (1964-1985).

[ Política ]

[ Cidade ]

[ Geral ]

A cada dia, chegam novos números do Senado. Eles mostram bem como uma parte dos nossos políticos se relaciona com as tetas públicas. Nos últimos 14 anos, atos assinados por três senadores ajudaram a inchar o Senado, que possui hoje aproximadamente 10 mil servidores para atender a apenas 81 congressistas. Ou seja, há um exército de 124 servidores para cada senador. Desses 10 mil, 4 mil vagas foram criadas a partir de 1995 e são preenchidas pelo critério do Q.I (quem indicou). São os cargos comissionados. A média salarial destes servidores sem concurso é de R$ 8.000. No fim das contas, cada gabinete pode ter até 53 servidores nomeados e nove efetivos. Se um senador preencher cada vaga, terá a seu dispor 62 servidores. É evidente que nem cabe nos gabinetes. (Fábio Campos – Jornalista)

ABSURDO ADMINISTRATIVO

Dar um basta na série de denúncias que atingem o Senado até pode ser uma ordem acatada, enquanto são apurados os fatos que saíram do encobrimento, nos últimos dias. São eles suficientes para demonstrar a que ponto chegamos quando estão em jogo o uso indiscriminado do dinheiro público, o apadrinhamento, o oportunismo e a falta de compostura de man-

datários eleitos e reeleitos para agirem em prol da República e da nação. Não importa se as diretorias do Senado são cem, cento e cinqüenta, cento e oitenta, mostrando-se seu desempenho e ineficácia. Trata-se de um absurdo administrativo, difícil, dificílimo de se justificar. Vale a pena observar-se o visível constrangimento de quem, da Mesa Diretora, tenta mostrar empenho em corrigir a coisa. (Ivonete Maia – Jornalista)

LIQUIDOU TRABALHO DE D. HÉLDER

BREVES

[ Opinião ]

O ITINERÁRIO DO ABSURDO

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

O jornal francês Le Monde voltou a criticar o arcebispo de Olinda e Recife depois que este disse que “estava com a consciência tranqüila” sobre o caso da excomunhão da equipe médica que fez aborto numa menina de nove anos, grávida de gêmeos, em decorrência de estupro feito pelo padrasto. “O aborto é muito mais grave do que o estupro. Em um caso, a vítima é um adulto, em outro, um inocente indefeso”, afirmou o religioso. Diz o LM: “O prelado parece se esquecer de que a vítima, de 9 anos, era “inocente” e “indefesa”. Na verdade, nunca se ouviu da parte de dom José Cardoso Sobrinho uma palavra em favor da garota. Lembra ainda o jornal francês: “Em 1985, João Paulo II o nomeou arcebispo de Olinda e Recife, onde ele se responsabilizou por 5 milhões de almas, tendo por missão liquidar a herança progressista, considerada subversiva em Roma, de seu antecessor, dom Hélder Câmara, “o arcebispo dos pobres”. (Paulo Verlaine – Jornalista)

ESCÂNDALOS NO SENADO

... O senador (Walter Pereira – MT) recordou o fechamento do Congresso pela “ditadura”, dando a entender que há setores interessados em que o fato se repita. Ora, nada foi desmentido sobre o que foi divulgado. Pelo contrário, confirma-se o verdadeiro deboche no Senado, em termos de diretorias: 181, que,

somadas às 104 da Câmara, dá um diretor para cada dois parlamentares, com salários entre dezoito e trinta mil reais. O que está nos jornais é produto da ação exclusiva de deputados e senadores. Não há nenhum setor interessado em fechar o Congresso, mas apenas que ele funcione com seriedade, dentro dos princípios da moral administrativa. (Themístocles de Castro e Silva – Jornalista)

O CÉU DO SENADO É TAMBÉM DOS DIRETORES

O Senado tem 181 diretorias. A Câmara dos Deputados tem outras 104. No total, são absurdos 285 cargos de direção nas duas casas. Um escândalo. Vejam essa: o Senado anunciou que a Fundação Getúlio Vargas fará uma auditoria para examinar todos os contratos e permitir uma reestruturação administrativa na Casa. Tudo certo, mas a decisão de afastar todos os diretores foi da boca pra fora. Eles vão continuar recebendo os salários e a gratificação pelo cargo de diretor. Sendo assim, vamos fazer as contas. O salário médio de um diretor no Senado é de R$ 18 mil. Mas como ninguém é de ferro, há uma série de benefícios no contracheque que podem fazer o salário alcançar a marca de R$ 30 mil. No Senado, são quase 10 mil funcionários que custam R$ 2,3 bilhões anuais. O detalhe é que 70% dessas diretorias foram criadas pelo próprio José Sarney, nas outras gestões do maranhense como presidente da Casa. (Fábio Campos – Jornalista)

ENTRA E SAI

Pode-se entender melhor a qualidade da base de apoio do governo quando se vê que em menos de um mês aconteceram duas coisas: 1- O deputado Eduardo Cunha, um parlamentar de real grandeza, defendeu a saída do senador Jarbas Vasconcelos do PMDB porque esse disse

[ www.gazetacrateus.com.br ]

que uma banda do partido gosta do alheio. 2 – Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, o Lord Keynes do mensalão, foi a Brasília para cabalar o seu retorno ao partido, do qual foi expulso. O melhor seria chamar Jarbas para o PT, mandando Delúbio para o PMDB. Pode até dar na mesma, mas anima o bailado. (Elio Gaspari – Jornalista)


Terça-feira, 14 de abril de 2009

9

Regional Informe Publicitário Independência

Independência é região de potencial turístico O prefeito Valdi Coutinho, também presidente do Pacto Ambiental dos Inhamuns, recebeu o Diagnóstico Ambiental, Cultural, Turístico e Inventário da Oferta Turística no Município de Independência, em reunião que aconteceu na Fundação Senhor Pires, no dia 26 de março. À reunião, estiveram presentes o técnico e professor Solam do CEFET-CE, os secretários municipais, o COMDEMA e a Associação Caatinga de Crateús, educadores, a comunidade de Independência e o representante do Pacto Ambiental do Inhamuns, Jorge Moura, que apresentou, de forma sucinta, as grandes vantagens existentes em nosso município sobre atrativos naturais como: o Bosque Bola, o Centro Pastoral-Flora, a Pedra Lisa, o Poço de Santo Antonio e o Porão de Santa Luzia. Afora os atrativos naturais, o entretenimento local, os meios de comunicação, os sistemas de segurança, saú-

SAÚDE

Os trabalhos de combate e controle do mosquito Aedes Aegypti prosseguem em parceria da Secretaria de Saúde com outras secretarias, e apresentam resultados positivos. A Campanha de Combate à dengue que foi levada às escolas, segue coordenada por professores e coordenadores, com cada escola trabalhando seus alunos conforme a idéia e potencialidade. A Escola Municipal Abigail Marques Criou o projeto “Adengue”- Cuidados Com A Saúde’, com envolvimento do corpo docente e alunos

INDEPENDENCIA É UM CANTEIRO DE OBRAS A administração “Construindo um Novo Amanhã” vem promovendo intensificadas ações desde o início do ano. Além das obras de Infra-estrutura, como reforma, ampliação e construção de escolas, Unidades ESF Centro de Saúde, Secretaria de Educação, já entregues à população na sua gestão passada, na nova gestão, a exemplo das Ruas Senhora Sant’ Ana, Ubirajara e Selvina Falcão, foi expedida Ordem de Serviço para o início do calçamento da rua Cícero Justino. O prefeito

Valdi Coutinho, em breve, estará entregando a 1ª etapa da reforma e ampliação do Centro Administrativo, iniciada em de janeiro, e que teve um custo de R$ 192.885,18 bancados com recursos próprios do município. Outras ações menos visíveis revelam o trabalho e o esforço que o prefeito realiza na Saúde, Educação, Ação Social, Agricultura e Infra-Estrutura, Cultura, ao Esporte e Juventude priorizados na atual administração. Independência vem consolidando a imagem de municí-

pio organizado administrativa e financeiramente, encontrando-se absolutamente em dia com todos os seus compromissos junto a fornecedores, prestadores de serviço, transporte escolar, funcionalismo e as contrapartidas de obras em parceria com os governos federal e estadual. O equilíbrio financeiro conseguido pelo secretário de Administração e Finanças Coutinho Neto é o caminho aberto para o grande salto de crescimento de Independência.

Obras de construção e reforma se espalham pela cidade Secretários do Meio Ambiente e da Cultura Beti Coutinho e Gilson recebem diagnóstico turístico do professor Solam

de e educacional, e os meios de hospedagem, serviços e equipamentos para gastronomia, transporte e eventos. A

secretária do Meio Ambiente Beti Coutinho e secretário de Cultura Gilson (foto), recebem o Diagnóstico.

da Escola, com o objetivo de levar a informação precisa adquirida no aprendizado das ações vivenciadas. Cerca de 1.050 alunos e familiares tomaram parte de “Um Dia Culminância”, com apresentações de paródias, material didático, peças teatrais, músicas e muitas informações técnicas sobre o ciclo de vida do mosquito e seu habitat, proliferação, modo de transmissão e, em síntese, os efeitos da doença. Todo o arsenal de informações foi obtido através de pesquisa e em visita domiciliar feita por alunos.

Apesar do período invernoso, o município vem se mantendo fora dos registros de casos de dengue, embora com índices considerados acima do exigido pelo MS. A par destas ações, está sendo intensificada a verificação e o tratamento de focos do mosquito e a colocação de telas em caixas d’água. O combate à dengue está previsto para atingir 80% dos prédios públicos e residenciais. Foram realizadas palestras para 3.800 alunos e professores da rede municipal e estadual sobre a dengue.

Construindo a Vida

RESULTADO DE CONCURSO PÚBLICO Aos 90 dias de administração, o prefeito Valdi Coutinho realizou e entregou concurso publico, tendo em vista o Regime Jurídico Único e a Lei Orgânica do Município, determinando a publicação do resultado dos candidatos aprovados para preenchimento de 300 vagas no quadro de pessoal da Prefeitura Municipal, no último dia 07.

Jovens conferem resultado do concurso público

PROJOVEM ADOLESCENTE O prefeito Valdi Coutinho e a secretária do Trabalho e Assistência Social Terezinha de Jesus, apresentaram 16 turmas do PROJOVEM ao município de independência. Os coletivos estão distribuídos em números iguais entre a sede e a Zona Rural. Na sede municipal eles funcionam nos

turnos da manhã, tarde e noite, e, na Zona Rural, nos finais de semana nas localidades de Jaburu, Remédio, Assentamento Juazeiro e distrito de Ematuba. Aos sábados em São Joaquim, Oriente, Cachoeira do Fogo e Várzea do Toco. Aos domingos, o PROJOVEM Independência

conta com oito orientadores sociais, dois de esporte e três de cultura, além da coordenação e da assistência Social. O serviço sócio-educativo está referenciado pelo Centro de Referencia de Assistência Social do bairro COHAB.

Kitah – taróloga e astróloga kitah@opovo.com.br

Desesperar... jamais!!! Empenho, dedicação e paciência são as palavras-chaves para vencer os desafios de determinados momentos da vida. Existem fases em que o esforço para seguir em frente terá que ser redobrado. É como se carregássemos uma pedra amarrada nos pés – desejo de ir adiante, mas “algo��� parece puxar para trás – pessoas ajudando a atrasar o processo, é a grana que some, são os amigos que parecem virar as costas, planos que vão por terra, é o corpo que não ajuda, é a cabeça que dói, a preguiça

que bate... Desânimo total... Chamo estes momentos de fases “testes de fé”, momentos de olhar para dentro... Pra lá onde estão todas as respostas... Nada é eterno, nem o prazer nem a dor, momentos assim também passam. Só precisamos ter paciência e acreditar nisso. Tudo muda o tempo todo e nós também precisamos mudar... Pra mudar é preciso experimentar o desconforto de expurgar o que já não nos serve mais. Algumas coisas realmente não serão úteis. Os momentos de restrição tam-

Rua Ubaldino Souto Maior, 1230 - São Vicente, Crateús-CE - Fones: (88) 3691.1080 / 3691.5777

bém virão para selecionarmos o que poderá ou não ainda valer à pena. Mas, com fé e confiança, tudo será melhor.

Fale com a redação: Tel.: (88) 3691.2006 - Fax: (88) 3692.3810 - E-mail: gazetaco@yahoo.com.br


10

Dr Eliézio Torres Martins

Terça-feira, 14 de abril de 2009

ORTODONTIA - CRO-CE: 2491

Dr Bruno Cavalcanti Martins

Cultura

PRÓTESE E CLÍNICA GERAL - CRO-CE: 4875

Dr Breno Cavalcanti Martins

CIRURGIÃO DENTISTA - CRO-CE: 6028

Drª Lia Barroso Brandão Aragão PERIODONTIA - CRO-CE: 4874

CRATEÚS: Rua Cel. Lúcio, 495 - Centro - Fone: (88) 3691.8050 NOVO ORIENTE: Rua Cazuza Rocha, 56 - Centro - Fone: (88) 3629.1477 E-mail: clinicanimo@hotmail.com

Crateús de Ontem

Flávio Machado

As festas no Caça e Pesca Cedo, em minha vida, vi nascer o clube Caça e Pesca de Crateús. Menino de subúrbio, jamais imaginei freqüentá-lo e fazer parte da sua diretoria. Numa das eleições, ajudei nos trabalhos daquela entidade juntamente com os eleitos Melinho, Antônio Cavalcante Bezerra, José Mendes, Jose Ivan Melo, Antônio Pinto, Deoclides Melo, Luiz Gonzaga Torres. Lembro-me de diretores como Cândido Nunes, Edi Pinto, José Coelho, Maurício e José Almir, Vicente Sampaio, José Graça, Chico Mourão, Camurça, Moacir Ximenes (Bidoca) e outros incansáveis e dedicados, trabalhando para apresentar bons momentos à nossa sociedade. São inesquecíveis os tempos de festas tradicionais daquele clube social. Além de muito freqüentadas, eram antecipadamente comentadas em toda a cidade. Aos cavalheiros era indispensável o traje ‘passeio completo’ e todos se

Hermenegildo, urgente! Umorista Irônico e mordaz fazendo umô pra vocês. Eis a manchete do Estafeta da Maldição na internet: “Em Crateús corrupto terá as sobrancelhas raspadas”. E vão raspar o que do currupto que deu a manchete? Eu digo?... Num sei se diga... Digo não... O povo já tão sabendo. “Não vou ficar caçando bruxas e esquecendo que tem um Santo Ofício fungando no cangote”. E por falar em fungado e cangote, qual será a origem daquela luzidia careca santantoniana? Tem gente que acha que aquilo é marca de queixo de homem e tem tudo a ver com os fungados dos fundamentais do Pio XII. Sacomé, né? Tem os fundamentais que sempre estiveram por cima, e tem o fundamentalista do Pio XII que sempre suportou uma “filheira” atrás dele. Mas, mudando o assunto, o Estafeta da Maldição ousou fazer esta pergunta pela internet: “Qual o meu crime?” Bem, como o umorista não sabe qual o crime do cibernético meliante, seria de bom alvitre que o caso fosse levado ao FODIJUR – Fórum de Direitos Jurídicos, para o devido esclarecimento da kafkafiana indagação. E vocês aí, cambada de anô-

apresentavam elegantemente vestidos, complementando a expectativa e a elegância com que o Clube se organizava. A freqüência era restrita ao quadro de sócios proprietários e sócios contribuintes. Estes, para ingressar no clube, enviavam proposta à diretoria, que era apreciada em reuniões que discutiam sobre conceito, comportamento e outras condições do proponente. Outra forma de freqüência era através de convites especiais, emitidos pelo clube a pessoas importantes, recém chegadas à cidade ou visitantes que pretendiam participar da festa. A animação das festas, costumeiramente, ficava por conta do famoso conjunto “Os Dragões”, formado por Expedito Paiva, Garrincha, Zequinha, Paulo, Marcelo e Deoclécio, grupo musical que elevou o nome de Crateús em outras cidades. Grupos de Fortaleza, a exempo de Ivonildo e seu

nimos não identificados e sem qualquer nome: que acham vocês do “MOVIMENTO PARADISTA” DOS PROFESSORES? DEU UMA PARADA? Alô, Alô, atenção Ortenço de Souza, Aufredo Sancho e Ontõe anônimo, obrigado pelo interagimento no blogue. Seis são anônimos, mas não escondem os nomes, né não? HERMENEGILDO. COM – ATENDENDO AO ANÔNIMO Seu Manegildo: sou aquele anôni da Lagoua das Preda. Tou milhorano meu vocabuláro, mode interajir cum o sinhô. Miconte as útimas do cabessão de xibata, e o qui axa dele. Meu caro anônimo da Lagoa das Pedras: Você não é mais anônimo porque já descobri sua identidade, mas não vou falar aqui o seu nome. Olha o cabeção de chibata, olha que ele disse que era o Profeta do Purgatório, (cruz, credo!), disse que vai te colocar no lugar que tu merece e vai te enquadrar na Lei de Segurança Nacional, joviu? O homem tá tirando carta de seguro e só fala com litigância de má fé. Tenha cuidado. Outro dia, quando estava falcoando e urubuzando, adoeceu e foi [ Opinião ]

[ Política ]

Conjunto, Paulo de Tarso e Brasas 6, também animaram bailes no Caça e Pesca. O Réveillon era uma das mais esperadas e concorridas festas. O clima de Ano Novo atraia a sociedade ao Clube e, à meia-noite, era executado o Hino Nacional Brasileiro, saudando a chegada do novo ano, momento em que todos brindavam e se confraternizavam naquela passagem de ano. Outras festas, como o Chitão, o aniversário da Rádio Educadora e a festa dos comerciários, eram tradicionais, porém, eram os bailes carnavalescos que recheavam as finanças do clube. O Carnaval atraía crateuenses residentes em outras cidades, além de sócios em débito com a tesouraria, pois, em tal condição não poderiam ter acesso ao clube. A cidade, àquele tempo, não comportava duas festas de carnaval na mesma noite, o que impunha o revezamento

de bailes entre os clubes Caça e Pesca, AABB e o Clube Sargento Hermínio. O Crateús Clube, experimentando a fase de decadência, arrendava o espaço para realização de bailes para a camada social de menor poder aquisitivo. Por muito tempo, o ex-atleta do Poty, Zé Senhor, foi seu arrendatário. Saudosas e tradicionais festas de outrora ainda são relembradas por antigos frequentadores do Caça e Pesca que comentam sobre as quadrilhas juninas e os eventos que aconteciam nos intervalos dos bailes naqueles bons e inesquecíveis tempos. Nos próximos dias, o Caça e Pesca estará completando 55 anos de existência. Esta coluna tem o patrocínio da família de João Crisóstomo de Azevedo (in memoriam) e de Antônio Frederico Aguiar (Dodó Aguiar).

a um curandeiro desses que entendem de curuba, aí o cara recumendou que usasse supositório de babosa com pimenta malagueta na parte afetada várias vezes ao dia. Outro dia, ele foi a uma exposição de pintura e, admirado, adquiriu a imitação de um Picasso que viu por lá. Ele declarou que já passou por cinco faculdades, mas só concluiu a de Hodontologia de dentista. As outras serviram apenas para aprimorar a literatice, pra dizer que o prefeito doutor é isso, que o advogado doutor é aquilo, que sente orgasmos quando vê qualquer um cair em desgraça, e que morre de paixão pelo exsecretário das sobrancelhas, do bigode e das madeixas grisalhas. Ai que lindão! Volta Eduzinho, volta, pois minha saúde está abalada de abalos. Outro dia perguntaram-me porque o cugelado estafeta claudicava tanto na escrita, ora escrevendo difícil, ora caindo no Febeapá, cheio de altos e baixos. Aí, eu tive que explicar que ele é o mesmo fundamentalista da adolescência, condição que o inferioriza

[ Cidade ]

[ Geral ]

e faz com que desenvolva por super compensação, uma reação patológica obsessiva para superar a inferioridade. Daí, a busca incessante da notoriedade que nunca vem. Aí o cara fica tão aporrinhado com a desordem mental, que se torna um lombrosiano meliante cibernético, ao ponto de não respeitar a própria mãe dele próprio nem a mãe dos outros. Tais situações fazem dele um cupulsivo escrevedor e cupiador de páginas quilométricas e repetitivas, pois, ele mistura o que escreve, trazendo do cutrucê o que cupia e enfiando no cutruvê que ele cola lá atrás na matéria. Sobre o que eu acho dele, vou lhe responder: Pra mim, ele é igual a uma salsicha dentro de um penico de cerveja. Bem dizia meu professor de latim clássico: VULPES PILUM MUTAT, NON MORES. A raposa muda de pelo, mas não de costume. Com licença... Ademã que vou em frente. Os cães ladram, mas a caravana passa.

[ Cultura ]

[ Sociedade ]

CantinhodaPoesia

A árvore da serra Augusto dos Anjos

- As árvores, meu filho, não têm alma! E esta árvore me serve de empecilho... É preciso cortá-la, pois, meu filho, Para que eu tenha uma velhice calma! - Meu pai, por que sua ira não se acalma?! Não vê que em tudo existe o mesmo brilho?! Deus pôs alma nos cedros... no junquilho... Esta árvore, meu pai, possui minh’alma!... - Disse – e ajoelhou-se, numa rogativa: “Não mate a árvore, pai, para que eu viva!” E quando a árvore, olhando a pátria serra, Caiu aos golpes do machado bronco, O moço triste se abraçou com o tronco E nunca mais se levantou da terra!

FlashdoPassado César Vale

O curral do açougue Sempre que escuto as pessoas falarem que Crateús não possui um matadouro, e que a carne que consumimos é carne de gado abatido nas moitas, lembro-me do velho Curral do Açougue situado na zona dos cabarés de nossa terra, no “Alto das Cutruvias”, como chamavam as senhoras esposas de maridos fujões. Era lá que se abatiam as reses para o consumo da cidade. Lembro-me do curral feito de cerca de mourão e sua porteira. Havia sempre de cinco a seis reses presas, todos os dias, destinadas ao abate. Algumas pessoas costumavam ir ao curral para identificar a rês mais gorda e o açougueiro dono dela, que podia ser o Chico Piauí, o João Lauriano, o Agileu ou o João Eva, para, no dia seguinte, ir ao Mercado Público comprar um peso de carne da melhor rês. Recordo-me do laçador jogando o laço e arrastando o boi pelos chifres para dentro do pequeno matadouro. Havia umas grossas argolas de ferro no piso, por onde se enfiava a corda que trazia o boi para o sacrifício. Quando o boi ou a novilha se encontrava com as ventas cheirando o chão, vinha o Zequinha e, com um cutelo, dava uma pequena furada no cachaço da rês, caindo esta ajoelhada e começando a morrer. Enquanto isso, o outro vinha de faca em punho para sangrar o animal abatido. Depois, o rio de sangue... Depois, o esquartejamento... Depois o transporte em lombo de burro até o açougue. Para trás, ficavam as mulheres cuidando do arrasto.

AfrouxandooRiso

O precavido Alfredo Rufino, das bandas do Crato, levou a filha a uma festa. Exagerado cuidado com a honra da mocinha, não tirava os olhos de cima dela. Em dado momento, quando dançava do outro lado da sala onde os pais estavam, as luzes se apagaram em virtude de um curto-circuito no local. Aflito, gritou o pai para a filha: - Aldefrânia! Encostese na parede e venha depressa para onde nós estamos! A mãe da garota, mais liberal, censu-

[ www.gazetacrateus.com.br ]

rou a atitude do marido para com a filha e disse: - Alfredo, meu velho, ninguém vai tirar pedaço da nossa filha! - Hermelina, - disse o marido para a mulher – eu não tenho medo que tirem pedaço dela. Meu medo é que ponham. Esta coluna recebe o patrocínio de Lázaro Fontinele Lopes, exgerente do Banco do Brasil.


Terça-feira, 14 de abril de 2009

Sociedade Aline e Moacir Farias Filho, que juntos aniversariaram, ofereceram big festa na quadra do Colégio Vitória, dia 28 passado. Ao baile havaiano compareceram a fina sociedade e muitos familiares. Aline e Moacir Filho na hora dos parabéns

Aniversariantes com familiares

Grupo de advogados, liderados pelo decano José Almir, prestigiaram os aniversariantes.

O Restaurante Brooklin, em São Paulo, foi palco da comemoração do nat de Gláucia Benevides, diretora do Senado e filha do ex-senador e atual deputado federal Mauro Benevides, dia 21 de março, data em que também aniversariou Estenio Campelo. O Brooklin é local de apresentação de um corpo de artistas que interpreta as músicas dos festivais de teatro da Broadwey.

Aldir Neto Frota Vale, também meu neto, soprou a sexta vela de aniversário ao lado dos pais e avós maternos, na fazenda destes em Massapê, onde adora estar.

Paulo Bezerra de Lima estará recebendo muitos amigos em sua casa, nesta quarta-feira, 15, quando rejuvenesce mais um ano.

Maria do Carmo Lima, da velha guarda das professoras de Crateús, mãe de três médicos, um padre e de uma filha na cúpula do Banco do Brasil, é motivo de orgulho para a cidade de Crateús. Ela marcou idade nova no primeiro dia de abril.

Médico Janildo Leal, que se divide entre as diretorias da Unimed, Climec e do Cedic, marcou o calendário no dia 9, recebendo incontáveis manifestações de carinho.

Izeuda Cavalcante Vale ganhou parabéns dos filhos e irmãos, dia 21/03, porque aniversariou.

11

Comunicando Comando da greve

Difícil é acreditar na exsecretária de Educação Daniela Sales tomando parte na linha de frente do movimento paredista dos professores como uma de suas principais cabeças. Logo ela, que fez a gestão mais fraudulenta da história daquela secretaria, onde se registraram delitos que vão da prevaricação aos crimes contra a ordem tributária, falsificação de documentos, favorecimentos, concessão graciosa de diárias, empenho de notas frias, processos falsos de pagamento, recebimento de falsas condecorações, e péssimos resultados no rendimento escolar. Portanto, não tem moral alguma a ex-secretária, para comandar uma greve que se assemelha mais de teor político do que propriamente de caráter reivindicatório. Isto tem cheiro de malandragem e de inconseqüência. Sua substituta na Pasta, Leônidas Bezerra, bem sabe da precária situação em que recebeu de suas mãos a Pasta da Educação, e como a entregou ao atual secretário Avelar Neri. Ela mesma revelou a uma fonte que seria impossível para o prefeito ir além do prometido aos professores. Não há fazer milagres se as verbas encurtaram no País inteiro. É hora, pois, de a secretária (Daniela) voltar à sala de aula e trabalhar. Até pela necessidade, pois, ela mesma, com dois empregos de professora e acumulando vencimentos e mordomias do cargo de secretária, declarou-se pobre na forma da Lei, perante a Justiça, em processo que moveu contra este jornal. Imagine, agora, sem os recheios salariais, diárias a perder de vista e sem mordomias! Mas, de boca em boca circula a verdade que poucos conhecem e que está numa pergunta e numa resposta: por que a gestão passada não enfrentou greves iguais a esta? É Porque os esquemas na Secretaria chegaram ao fim. A cacimba secou. O leite acabou, e os bezerros apartados estão berrando.

Limpeza pública

As ações positivas da nova administração municipal no setor da limpeza pública começaram a aparecer e de forma muito positiva. O fato é inegável. A cidade está limpa. Por último vimos a ação da Prefeitura reparando calçamento em paralelepípedo na Rua Firmino Rosa, para posterior cobertura asfáltica, aliviando um pouco os efeitos da buraqueira causada pelo saneamento básico. Há notar-se, também, a implantação de modernas lixeiras

que, espalhadas pela cidade, vão indicar o local certo para a colocação do lixo doméstico e facilitar a sua coleta. Tais lixeiras ostentam publicidades comerciais que são pagas, uma forma de tornar seu preço mais ameno para a Prefeitura e o serviço eficiente para a cidade.

alimentos são comercializados no chão, sem se falar na venda de peixe. São problemas pequenos e numerosos que precisam ser resolvidos, não pelo prefeito que vive à cata de recursos para o município, mas pelos seus delegados – os secretários e chefes de departamentos.

Limpeza pública II

A greve e o PT

Limpeza pública, no entanto, não cuida apenas da remoção do lixo domiciliar. Há outras espécies de lixo que precisam ser removidas: árvores mortas vítimas da poda radical, que são inúmeras na cidade, além das palmeiras imperiais que jazem na Praça da Matriz e na Praça da Estação. A par desse lixo que não incomoda tanto, mas precisa ser removido, precisamos remover as sucatas de automóveis e semelhantes, do meio das ruas, ou cobrar IPTU aos seus donos. Vejamos um reboque com gerador de energia que há oito anos ocupa espaço na Rua Cel. Lúcio. Na mesma rua há um lava-jato de motos que enlameia a calçada e a rua e tolhe bruscamente a passagem do pedestre. Isso é lixo que incomoda. Há lixo semelhante ao longo das calçadas das Ruas Moreira da Rocha e Pedro II, que precisa ser removido. Há ainda o lixo da carne seca. Não podemos conceber que o centro da cidade se transforme em secador de carne, e o que vemos, são mantas de carneiro e de gado expostas em varais, ao sol, ao vento e à poeira. Carne contaminada e consumida pela cidade.

Vigilância sanitária

A cidade está cheia de problemas que são crônicos e de difícil solução. Os problemas da alçada da Vigilância Sanitária são incontáveis. À frente deste organismo está um cidadão inteligente e preparado, mas somente estas duas qualidades não lhes são suficientes para resolver problemas como o da venda de água da Poranga na cidade, nem os problemas de higiene verificados nos diversos dogões. Nos dogões da Praça da Estação a água utilizada era paga pela Prefeitura na administração passada. De tão abundante, foram construídas caixas d’água em cima do passeio. Na nova administração, a mamata foi detectada e a água foi cortada. Agora, ela chega na base do balde, e é no mesmo balde que copos são lavados apenas com a imersão na água. Outro problema se concentra na feira de frutas e de verduras, onde

Fale com a redação: Tel.: (88) 3691.2006 - Fax: (88) 3692.3810 - E-mail: gazetaco@yahoo.com.br

Prefeito Carlos Felipe e o secretário de Educação Avelar Neri agüentaram sozinhos os trancos da greve dos professores. A cada dia, nesse episódio, maior o desgaste para o chefe da municipalidade, preso aos números da contabilidade e sem folga para uma negociação com o comando da greve. Não é fácil para quem, pela vez primeira, assume o cargo de prefeito e, logo no terceiro mês, enfrentar a barra pesada e o “cricri” da classe dos professores. E o Partido dos Trabalhadores? Onde está ou onde esteve o PT em momento tão difícil para Carlos Felipe? O mínimo a ser feito era a busca do diálogo com o comando da greve e expor-lhe a realidade financeira do município que, em conseqüência de uma crise global, viu-se, de repente, com os repasses federais diminuídos em alto percentual. Poderia justificar a situação de descalabro da administração passada, na qual o próprio partido tomou parte. Mas, nem isso o partido da coligação do prefeito foi capaz de fazer. Por que ficar tão distante do movimento grevista, o PT, se o problema é com os trabalhadores? O PT precisa sair da posição de comodidade em que se encontra e ajudar o prefeito.

Dupla eficiência

O prefeito Carlos Felipe tem na pessoa do secretário Luiz Alberto, não apenas um auxiliar de alto gabarito à frente da Secretaria de InfraEstrutura, conhecedor dos problemas e das soluções, e portador de vontade, iniciativa e coragem para resolvêlos. Mas tem, também, um ardoroso e fiel defensor de seu governo, sem com isso ignorarmos os demais. É que o titular da Infra-Estrutura vai ao rádio para explicar e convencer a população de que o prefeito está certo no rumo que traçou para enfrentar as deficiências e os problemas da cidade. Sem assumir postura de servilismo, declara-se um liderado do prefeito e assume incondicionalmente sua defesa, como o fez na greve dos professores. “O prefeito não é um mágico”. Só isto bastou.


Bodas de Ouro do casal Juscileide Tavares e Luiz Aguiar Vale, realizadas em 18 de março, no Salão Mar do La Maison Dunas Buffet, em Fortaleza.

Luiz Aguiar e Juscileide Tavares com os seus irmãos Durval, Domingos, Francimeire, Uramar, Meirinha e Orsival Tavares

Juscileide Tavares e Luiz Aguiar com os netos e netas

Francisca Orsival, Francimeire, Domingos, Francisca, Juscileide, Meirinha, Uramar e Julieta, Durval e Maria Lúcia Tavares

Souza Possidônio, Edilmar Norões, José Rego Filho, Luiz e Juscileide, Afro Lourenço e Luzenor de Oliveira

Dadau Tavares e Sra, Juscileide, Lívio Amaro e neta

Jackeline, Luiz Aguiar, Jucileide Tavares, Evânio e Laurinha

João Martins, Luiz Aguiar, Eloar, Ana Maria e Wagner Martins

Nathalia, Bruno e Albaniza Cunha, Luiz Aguiar, Juscileide Tavares, Junior, Silvana e Liliana Cunha

Juscileide, Lourdinha Bezerra, Luiz e Rui Simões

Assis, Conceição Tavares com Juscileide

Lourival Marques, Luiz Aguiar e Ferdinando

Artemizia, Juscileide, Clarinda e Irmã Maria do Carmo

Luiz e Juscileide com Luiz Acácio e filha

Ana Sávia, Francisca e Juscileide Tavares

Daísa, Luiz Aguiar e Juscileide

Juarez Leitão, Luiz Aguiar e Juscileide Tavares

Luiz e Juscileide com Mourão e senhora

Luiz e Juscileide com Gonçalo Diogo e senhora

Juscileide, padre Maurício e Luiz Aguiar

Juscileide Tavares com Gerardo Martins e senhora


gazeta276