Page 1


TINO FREITAS

RENATO MORICONI

UNIFORME


CLÓVIS NASCEU LIVRE E PELADO, COMO TODO CAMALEÃO.


E, COMO TODO CAMALEÃO, APRENDEU A SE CAMUFLAR PARA SOBREVIVER.


POR VEZES, TEVE QUE SEGUIR O CAMINHO DA DIREITA.


POR VEZES, TEVE QUE SEGUIR O CAMINHO DA ESQUERDA.


UNIFORME © do texto: Tino Freitas, 2019 © das ilustrações: Renato Moriconi, 2019 © desta edição: Gato Leitor, 2019 Coordenação editorial: Nana Toledo e Pablo Lugones Revisão: Luzia Antonelli Pivetta Capa e projeto gráfico: Renato Moriconi

DADOS INTERNACIONAIS DE CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO (CIP)

F866u  Freitas, Tino.  Uniforme / [texto de] Tino Freitas ; [ilustrações de] Renato Moriconi. – 2. ed. – Blumenau : Gato Leitor, 2019.  [38] p. : il. color.  ISBN 978-85-69086-13-0  1. Literatura infantil. 2. Literatura infantojuvenil. I. Moriconi, Renato. II. Título. CDD 22 – 028.5 Ficha Catalográfica elaborada pela Bibliotecária Sandra Cristina da Silva, Msc. – CRB 14/945

Editado conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa vigente no Brasil desde 2009. Impresso no Brasil Nenhuma parte deste livro pode ser reproduzida ou copiada, por qualquer forma ou por qualquer meio, sem a expressa autorização, por escrito, da editora. 2ª edição, setembro de 2019 Todos os direitos reservados à Gato Leitor Rua Duarte Schuttel, 61 - Água Verde 89037-190 - Blumenau - SC contato@gatoleitor.com.br | www.gatoleitor.com.br


Tino Freitas às vezes veste uniformes de jornalista e músico. Mas gosta mesmo é de vestir um gorrinho e uma camisa bem colorida: seu uniforme de contador de histórias. É assim também que ele se veste de escritor. Dizem por aí que o gorro é a sua poderosa fantasia de boto. Mas, dizem também, que foi sem o gorro que ele conquistou sua rainha. Na verdade, ninguém sabe ao certo, pois Tino é como seus livros: não tem lá muito padrão. E quando escreve, dança com o coração. Seus livros dançam com ele, ganham prêmios como o Jabuti, selos de qualidade como o Altamente Recomendável para Crianças. E, principalmente, dançam livres ao lado de muitos, muitos leitores.

Renato Moriconi foi deixado por uma cegonha na cidade de Taboão da Serra, em São Paulo, por isso alguns o chamam de paulista. Quando adolescente, trabalhou como desenhista em uma pequena revista, por isso alguns o chamam de ilustrador. Quando cresceu, estudou artes plásticas, por isso alguns o chamam de artista plástico. Gosta de comer pão de queijo, por isso alguns o chamam de Bolinha. Deixou a barba ficar bem grande, por isso alguns o chamaram de profeta. Sua mãe o chama de filho. Sua esposa, marido. Seu filho, papai. Algumas vezes quis ser o que não era. Faz um tempo está buscando saber quem realmente é. Ainda não descobriu. Só sabe de uma coisa: a melhor definição que existe é a liberdade de não ser definido por nada nem ninguém.


Clóvis nasceu livre e pelado, como todo camaleão. E, como todo camaleão, aprendeu a se camuflar para sobreviver. Só então fez sua grande descoberta.

Gato Leitor ISBN 978-85-69086-13-0

Profile for Gato Leitor

Uniforme [trecho]  

Para estar em harmonia com o ambiente em que vive, Clóvis, como um camaleão, tem que se adaptar às mais diversas situações a que é exposto a...

Uniforme [trecho]  

Para estar em harmonia com o ambiente em que vive, Clóvis, como um camaleão, tem que se adaptar às mais diversas situações a que é exposto a...