Page 1

PAUTA Gabriela Schmidt 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

Jornal: Anhembi Notícias Retranca: Sexo – Terceira Idade Data: 21/03/11 2. PROPOSTA Realizar uma matéria que esclareça o tema sobre a sexualidade dos idosos. A finalidade é explicar as relações da sexualidade em relação às mudanças culturais e a maior expectativa de vida. O trabalho registrará os principais problemas enfrentados, além dos tratamentos utilizados para melhorar a qualidade sexual.

3. DADOS E INFORMAÇÕES: O tabu do sexo na terceira idade vem sendo quebrado com o passar do tempo. O assunto ainda encontra barreiras e raramente é discutido pela sociedade. No entanto, o aumento na qualidade de vida e os avanços das técnicas medicinais trouxeram uma nova perspectiva para o Brasil. De acordo com dados do IBGE de 2008, os idosos representam 11% da população brasileira. São 21 milhões de pessoas com idade superior aos 60 anos que, segundo pesquisa realizada por membros da Universidade de São Paulo em conjunto com o laboratório Lilly, tem cada vez mais vontade de conservar a vida sexual. O estudo foi feito pela ProSex (Projeto Sexualidade da Universidade de São Paulo) e revelou que que 57,3% dos homens entre 51 e 60 anos tem vontade de fazer sexo algumas vezes na semana. E na faixa entre 61 ou mais anos, 60,7% dos homens tem a mesma vontade. A disfunção erétil para os homens e a disfunção hormonal na menopausa são as principais queixas. Mas pesquisas no campo médico revelam progressos na área da sexualidade dos idosos. A reposição hormonal entre as mulheres garantiu a permanência da libido, estimulando seus parceiros a também cuidarem da saúde. Novos tratamentos para a disfunção erétil foram introduzidos, melhorando consideravelmente a vida sexual dos pacientes que as utilizam. Outro fator que contribui para a melhor da sexualidade na terceira idade é a vontade de manter a vida sexual ativa. As mudanças culturais trouxeram mais conforto ajudando os idosos a fugir do acanhamento.

4. ENCAMINHAMENTO


CABEÇA: O sexo na terceira idade evolui a cada dia. Você sabia que os idosos estão se relacionando cada vez mais e se sentem mais a vontade para falar sobre o assunto? Acompanhe a reportagem. OFF: A falta de informação é algo comum quando o tema é o sexo na terceira idade. O

preconceito é outro fator de complicação e justamente por isso a maioria das pessoas preferem não falar sobre o assunto. Sugestão de imagens:  PM: Idosos andando juntos e dando as mãos.  PP: Idosos sorrindo.  Close de um rosto idoso olhando para o nada, com um fundo movimentado ou o fundo de um parque. SONORA: Reações dos jovens a partir das seguintes perguntas: Perguntas:  O que você acha do sexo na terceira idade?  Você acha que seus avós têm vida sexual ativa? PASSAGEM: Para grande parte da sociedade, o sexo na terceira idade é inexistente. Mas o aprofundamento no assunto mostra que a situação é diferente e que cada vez mais a terceira idade mantém a prática do sexo. Sugestões de passagem: Repórter andando e falando com o casal na Av Rouxinol.

OFF: Joaquim Gonçalves e Maria Elizanaz Gonçalves são casados há mais de 30 anos. Um relacionamento que deu certo e que está indo muito bem sexualmente. O casal afirma que acompanha as mudanças culturais e que a melhor expectativa de vida aumentou a qualidade e as possibilidades de uma vida sexual melhor. Sugestão de imagens: o casal praticando esportes juntos. SONORA: Entrevista com o casal. Perguntas:  Como é a vida sexual do casal?  Perceberam alguma mudança sexual com o passar do tempo?  O que fazer para não perder a vontade de fazer sexo?

PASSAGEM: Os avanços na medicina trouxeram um cenário novo para o sexo na terceira idade. De acordo com o estudo realizado pela ProSex, 58,5% dos idosos têm vontade de fazer sexo algumas vezes na semana. GC: ProSex – Projeto Sexualidade da Universidade de São Paulo


OFF: . As queixas de disfunção erétil para os homens e, entre as mulheres, a disfunção hormonal na menopausa são frequentes. Mas pesquisas contínuas no campo médico conseguiram grandes progressos na área da sexualidade dos idosos. O ginecologista João Luíz Skaf fala sobre as principais reclamações e os tratamentos disponíveis no mercado. Imagens:  Pernas em movimento  Idosos fazendo exercícios

SONORA: Depoimento de especialista. GCs: Nome do especialista: Dr João Luíz Skaf (ginecologista).  Quais os principais problemas enfrentados pelos idosos com o passar dos anos?  Quais as principais reclamações?  Até qual idade o idoso tem vida sexual ativa?  Quais tratamentos apropriados para melhorar a vida sexual na terceira idade? Sugestão de imagem: caixas de remédios. PASSAGEM: O prazer e a felicidade, não acabam após os 60 anos. O direito à qualidade

de vida sexual não tem nada a ver com a idade e sim com o bem estar de cada um.

TERMINA COM SONORA E ESTAS PERGUNTAS:  Como enxergam a vida?  Qual a lição que fica aos mais jovens? Sugestão de imagem:  PP: Mostrar imagens de faixas etárias, finalizando em um rosto idoso sorridente.

5. ROTEIRO:


As gravações serão realizadas nas imediações da Universidade Anhembi Morumbi no Bairro Indianópolis. Data: 28/03/2011 Horário: 8:30 às 13:00 Entrevistas : Dr João Luíz Skaf (ginecologista) Endereço: Rua Fernandes Moreira, Nº 47, Santo Amaro. Data: 28/03/2011 Horário: 8:30 às 9:30 Telefone: 82448446 Joaquim Gonçalves e Maria Elizanaz Gonçalves. Endereço: Av. Rouxinol, nº77, Bairro Indianópolis. Data: 28/03/2011 Horário: 11:00 às 13:00 Telefone: 78174303


Pauta sexo na terceira idade  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you