Page 29

O mito das raças

MANUELA HARTLING / REUTERS

G

EMPATIA E EMOÇÕES

Como primatas, os seres humanos possuem a capacidade de se colocarem na pele dos outros, mas não são os únicos animais a fazê-lo. Os cães também são excelentes a identificar-se com a mente alheia. É frequente aproximarem-se, de forma natural, de congéneres que foram vítimas de uma agressão para os consolar, e não fazem caso dos vencedores da briga. Em dois terços das observações feitas pelos especialistas, a parte não envolvida no confronto aproximava-se, efetivamente, de quem se saíra pior. Será que também sentem empatia pelas pessoas? A fim de averiguá-lo, as psicólogas Deborah Custance e Jennifer Mayer, da Faculdade Goldsmiths, da Universidade de Londres, analisaram o comportamento de dezoito exemplares de raças e idades diferentes. O teste consistia em examinar a sua reação perante pes-

soas que simulavam chorar, situadas junto de outras que simplesmente falavam ou cantarolavam algo. Custance e Mayer observaram que os cães mostravam mais preocupação e se aproximavam com maior frequência dos voluntários que fingiam estar tristes. Outro indicador de empatia é o contágio do bocejo. Para se produzir, é necessário possuir uma certa estrutura cerebral e os neurónios-espelho, responsáveis por rirmos, chorarmos ou abrirmos a boca quando vemos os outros fazê-lo. Os cães também obtêm resultados positivos: em experiências realizadas recentemente, 67 por cento dos exemplares estudados bocejavam ao mesmo tempo que os seres humanos. Além disso, não se trata de algo aprendido. O etólogo Brian Hare, da Universidade Duke (Estados Unidos), demonstrou que os cachorros de nove meses fazem-no tão bem como os

ostamos das listas e dos mitos urbanos sobre que raças caninas são mais inteligentes, mas não devemos dar-lhes grande importância: os testes desenvolvidos em laboratório chegam à conclusão de que não há grande diferença entre elas, digam o que disserem. Após realizar diversas experiências, Julie Hecht, psicóloga da Universidade de Nova Iorque, conclui que existem, na realidade, mais divergências cognitivas entre exemplares da mesma raça. Além disso, a seleção reprodutiva foi geralmente levada a cabo em função de características físicas ou de temperamento, sem tomar em consideração o quociente intelectual dos cães. Em 2003, quando se sequenciou o genoma do Canis lupus familiaris, confirmou-se que a espécie descende do lobo. Além disso, foram estabelecidos dois grupos principais com base nas cerca de duzentas raças conhecidas no mundo. Como indica o etólogo Brian Hare, a diferença reside no seu grau de cooperação com os seres humanos, o qual depende da carga genética proveniente dos lobos. Os que possuem maiores laços de parentesco com esses animais selvagens (e que colaboram menos connosco) são o husky siberiano, o galgo afegão, o akita asiático, o malamute do Alasca, o chow chow chinês, o dingo australiano, o cão-cantor da Nova Guiné e o basenji africano, o mais lupino de todos. No segundo grupo, estariam as restantes raças modernas, mas isso não significa que sejam mais espertas; simplesmente, ligam-nos mais.

exemplares adultos, o que significa que já nascem com esse dom. Porém, embora entendam os sinais tanto de conhecidos como de estranhos, isso não significa que lhes seja indiferente a sua proveniência. O apego canino pelos donos é de tal ordem que, noutra série de experiências, se demonstrou que os cães brincavam mais com pessoas desconhecidas na presença dos donos do que no caso de estes se ausentarem. Trata-se de uma confirmação da segurança que os laços entre as duas espécies conferem, tanto a eles como a nós. A empatia canina foi sempre um tema controverso, mas chegou a altura de aceitar que acumulámos cada vez mais provas científicas da sua existência: os nossos animais de estimação são criaturas muito sensíveis e sociáveis. É arrogância pensar que somos os únicos seres vivos do planeta que se emocionam ou se colocam no lugar dos outros. Interessante

27

Super Interessante Portugal N.215, marco 2016  
Super Interessante Portugal N.215, marco 2016  
Advertisement