Page 1


Aventuras

na ilha de

cananĂŠia W

i

l

l

O

l

i

v

e

i

r

a


av e n t u r a s na ilha de canan ia 2010, Will Oliveira.

Copyleft É permitida a cópia para fins não comerciais.

Coordenador Executivo Rodolfo Guimarães Vidal Coordenadora Pedagógica & Editora Bianca Cruz Magdalena Roteiro Will Oliveira Ilustração & Arte Gráfica Will Oliveira assistente de arte Fernando Henrique Cavalcante Rodella Produção Juliano Silva do Nascimento Colaboradores Associação Rede Cananéia Elaine Marques Escola Estadual Professora Yolanda Araújo Silva Paiva Heloisa Helena Valio Instituto de Pesquisas Cananéia – IPeC Programa Escola da Família – PEF

Idealiza Gráfica e Editora www.idealizagraf.com.br

4


Will oliveira

Bianca lanu (Bianca Cruz Magdalena)

Cientista social, educadora e pesquisadora de Antropologia sobre comunidades tradicionais caiçaras, além de coordenar projetos culturais. Tem publicadas as obras Reza a Lenda: a cultura caiçara de Cananéia vivenciada no bairro rural de Santa Maria; Histórias e Lendas Caiçaras de Cananéia e O Uso de Plantas Medicinais por Comunidades Tradicionais Caiçaras de Cananéia em parceria com Juliano S. do Nascimento. Pesquisa sobre saúde materno-infantil e edita o Blog Parto no Brasil (http://partonobrasil.blogspot.com.). É mãe de Ícaro e Rudá. Para contato escreva para o email: lunabianka@yahoo.com.br.

Will Oliveira mora em São Paulo-SP, é estudante de Design Gráfico no Centro Universitário Belas Artes e desenha desde que se entende por gente! Começou a fazer quadrinhos aos 15 anos e desde então não parou mais. Produziu fanzines (revistas amadoras) de terror, comédia, fantasia e até de romance e, hoje em dia desenha tirinhas adultas em seu blog Soda Caústica (http://sodacaustica.tumblr.com). É entusiasta de artes em geral, tendo de conciliar a produção desse gibi com seu trabalho atual na 29ª Bienal de Artes de São Paulo. Além dos quadrinhos faz ilustrações, animações, fotografias, colagens e curtametragens para a internet e para publicações impressas. É vegetariano, tuiteiro ( @will_solier ), apaixonado por música e cinema. Fernandinho e Bianca são seus primeiro protagonistas infantis! Pode ser encontrado pelo e-mail: willsolier@hotmail.com.

Fernando hc.

(Fernando Henrique C. Rodella) Artista plástico, designer e ilustrador, Fernando Henrique reside na cidade de São Paulo-SP onde trabalha como designer em uma editora de revistas e jornais. Seus trabalhos experimentais como ilustrador estão disponíveis em sua página do Flickr (www.flickr.com.br/fernandorodella). Para entrar em contato basta mandar email para: fernando_rodella@yahoo.com.br.

5


primavera de 2010

6


É pra lá que a gente vai, Cananéia.

Sim, filha, surgiu em 1502!

Éo povoado mais antigo do Brasil né, pai?

Por mim tanto faz, vou ficar com meu jogo novo matando piratas mesmo.

Claro que pode Bi,

Pai, a gente podia procurar aquele tesouro de pirata enterrado que fala naquele livro?

Tesouro de pirata? Que livro é esse? Bobo, se você lesse aquele livro de histórias e lendas caiçaras que o papai tem ia saber que há muito tempo atrás as praias de Cananéia eram infestadas de piratas de verdade! 7


Sim, dizem que na Ilha do Bom Abrigo existe um grande tesouro em barras de ouro enterrado embaixo de três pedras com cruzes desenhadas, cada uma é o túmulo de um marinheiro morto por traição.

O que eles fizeram?

Eles denunciaram o tesouro do capitão *“Perna Arqueada” para os piratas de outros países que estavam de olho no ouro.

Aventuras na ilha de

cananéia roteiro e arte por Will Oliveira 8


O pirata inglês e seu navio “Havelock” tentaram em 1645 voltar pra recuperar o tesouro, mas foram descobertos e perseguidos por piratas de outros países. Só que uma tempestade alcançou eles primeiro e atirou o navio contra as pedras do costão da Ilha do Bom Abrigo.

O Navio Havelock afundou na Ponta do Leste, mas dizem que o capitão sobreviveu porque “vaso ruim não quebra”...

* “Bow Legged”

9


Elas são históricas, filha! A maioria foi feita de *cal de berbigão, óleo de baleia e areia de praia!

Que lindas! São todas coloridas!

Que casinhas legais!

Pai, a gente vai ver aqueles fósseis que você comentou que tem por aqui?

É o sambaqui, Fernandinho. E a gente vai ver sim,

mas só depois de ir à casa de Dona Maria. Eu quero entrevistá-la sobre algumas lendas daqui! 10

Oi Tiago, oi crianças, eu tava esperando vocês!

*tipo de molusco


Neste estuário reza a lenda que uma sereia de longas madeixas douradas habitava suas águas. Em uma noite enluarada a sereia surgiu de dentro do mar e deparando-se com um pescador que navegava naquelas águas pediulhe um espelho e uma fita.

Para fazer o desejo da sereia o pescador partiu em sua canoa rumo à Cananéia, mas antes de buscar o que lhe foi pedido passou na casa de um amigo para contar que havia visto uma sereia de corpo de ouro, sendo assim foi conselhado a levar uma espingarda e enriquecer com tamanha sorte encontrada.

Partiram rumo ao costão do Morro São João e quando encontraram a sereia um dos pescadores mirou e puxou o gatilho na formosa mulher com corpo de peixe, essa por sua vez apenas disse antes de desaparece no mar: “Acabou-se Cananéia!”.

11


Dizem que é por isso que a cidade não se desenvolveu muito, por causa da maldição da sereia! Querem mais café?

Tá bom, só cuidado pra não se perderem hein!

Obrigado, Dona Maria!

Pai, a gente pode brincar lá fora? A gente volta rapidinho!

Ai, eu queria ver a sereia de roupas de ouro! Deixa comigo que eu tenho um plano! Blé, eu não gosto de sereia! Quero mesmo ver os piratas!

Mas, a lenda diz que ele tá enterrado na Ilha do Bom Abrigo! 12


Fernandinho! Acho que o papai não vai gostar se a gente for pra lá sozinhos!

Ai Fer... eu também tô com saudade da mamãe, mas a gente não pode...

Para de ser chata Bi!!

o papai tá muito ocupado pra ir com a gente!

Se a mamãe estivesse aqui ela ia brincar lá na ilha, com certeza!

Ei!

Que música é essa?

Fer! Aonde você vai?

13


Fer!!!

Fer, volta aqui!!! Eu vou contar pro papai!

O que? O Fer parece hipnotizado... ela só pode ser a sereia!

Então você está interessado no tesouro dos piratas que roubaram meu espelho e minha fita não é, mocinho?

14


Que colar lindo... Você é tão ganancioso quanto os pescadores que tentaram me atacar! Merece ser levado pro mar... Você não vai se importar se eu pegar ele pra mim vai?

Tem valor sentimental? Melhor ainda!

Não! Esse colar é da nossa mãe que já morreu! Você não pode levá-lo!

É o mínimo que eu mereço por passar tantos anos sem as minhas coisas...

15


Peraí! Se a gente achar aS SuaS coiSaS você devolve o colar da mamãe?

Bom, Se vocêS conSeguirem, PoSSo PenSar no caSo.

oh! eSSe Barulho!

PreciSo ir, adeuS.

16

fer, você eStá Bem? a gente PreciSa ir emBora, a Sereia fugiu Por cauSa de um rugido, acho que tem alguma coiSa vindo!


quem é você? eu vim Pra ajudar, vocêS tem que tomar cuidado com a Sereia, ela não é flor que Se cheire.

que Barulho foi aquele que a deixou aSSuStada?

eu eStava imitando a onça. ela morre de medo.

não Se PreocuPem criançaS... era eu aSSuStando a Sereia.

a onça do “Pau-daonça”?

iSSo meSmo!

que onça é eSSa? como você SaBe eSSaS coiSaS, Bianca?

Por que enquanto você jogava videogame até BaBar, eu li o livro SoBre lendaS caiçaraS do PaPai e aPrendi alguma coiSa!

quem diSSe que eu BaBei???

17


Sim, há muito temPo atráS aconteceu o que oS PeScadoreS da cidade chamam de dilúvio do mandira. aS infindáveiS chuvaS arraStaram váriaS árvoreS Para a Baía de traPandé, que fica entre cananéia e a ilha do cardoSo,

18

incluSive uma giganteSca árvore com uma onça agarrada como um náufrago, que acaBou levada Pela correnteza. dizem que eSSa árvore ainda Pode Ser viSta Por lá.


Por que você tá Perguntando iSSo, Bi?

você SaBe tantaS coiSaS SoBre aS lendaS daqui! você SaBe como encontrar o teSouro doS PirataS?

a lenda não conta como a Sereia Perdeu o eSPelho e a fita dela, maS ela comentou que oS PirataS rouBaram, PreciSamoS achar...

maS, Se a gente não devolver aS coiSaS dela ela não devolve o colar da noSSa mãe.

é a única lemBrança que temoS dela! é muito imPortante, tio!

é a única lemBrança que temoS dela! é muito imPortante, tio!

não, criançaS... é PerigoSo Se meter com a Sereia e com o teSouro doS PirataS, não PoSSo deixar vocêS fazerem iSSo.

ok, maS Só ajudo Se vocêS nunca maiS me chamarem de tio!

urrul!

19


Na verdade é só o mapa do tesouro que está aqui.

Que lugar é esse?

É a árvore do coração de pedra! Eu li sobre ela no livro do papai! Dizem que tem um tesouro enterrado por aqui!

E como você sabe disso?

Eu sou o único que sabe por que sou o único que consegue pegar.

Na época em que o povo estava se mudando aqui pra esse morro, vindo lá da Ilha do Cardoso, ali havia um chafariz. Daí um dia uma semente nasceu nas ruínas desse velho chafariz e cresceu essa árvore que vocês estão vendo. 20


é eSte o maPa.

como você fez iSSo?

Por que eu não entendo nada do que eStá eScrito!

Se você Podia Pegar o maPa, Porque nunca Pegou o teSouro?

hmm eStá em inglêS, fernandinho, traduz Pra gente.

21


Sim, eu faço aula de inglêS, aqui diz que eSte maPa Pertence ao Pirata Perna arqueada... é o Pirata da lenda que o PaPai falou!

eSSe menino conSegue decifrar?

Bom, então é melhor a gente ir logo, não?

que linda! tem até um farol ali! lá eStá a ilha do Bom aBrigo!

22


é ali em cima, naquele morrinho em frente à cananéia e...

tio, Por que você nunca tira eSSe chaPéu?

Para de me chamar de tio, moleque. e agora, fernandinho, Pra que lado nóS vamoS?

ei! que vento é eSSe? é um redemoinho! e tá levando o maPa!

ráPido fer! atráS dele!

eSSe redemoinho é muito ráPido! a gente não vai conSeguir!

ei, cadê o tiozinho do chaPéu???

23


olha!

eStou aqui! quaSe Perdi meu chaPéu neSSe vendaval haha!

como você conSeguiu fazer iSSo tão ráPido? iSSo não imPorta! o que intereSSa é que eu recuPerei o maPa e, ainda, Prendi o Saci que fez eSSa Bagunça aqui dentro.

maS, eSSa garrafa eStá vazia.

24

o Saci fica inviSível na garrafa, maS o gorro dele não!

o Senhor andou BeBendo é?


É verdade, eu li que pra capturar um saci precisa pegar o gorro dele!

Certo, pra onde vamos agora?

É logo ali em cima naquelas pedras. Tá dizendo que os três marinheiros que deduraram o “Perna Arqueada” foram enterrados com os pés juntos, formando um círculo.

25


e agora?

ela é muito PeSada!

eu tenho iSSo.

não Se PreocuPem,

que foi véio?

olha o reSPeito moleque! eu tenho iSSo aqui.

quero que você remova eSSa Pedra ou nunca devolverei Seu gorro. 26


então é iSSo que a Sereia Procura?

olha quanto ouro, Bi! eStamoS ricoS!

é lindo meSmo!

27


Aqui está, mas eu ainda preciso de mais um favor. Favor? Claro, mas o que eu ganho em troca?

Não crianças, eu o pedi um favor e ele estava apenas recebendo o que é devido.

Ei, o saci tá levando o tesouro embora!

Nosso ouro!

Atrás dele!

Que favor?

28


Um que espero que a gente não precise, vamos pro barco, rápido!

Tiozinho, e o que é aquilo ali?

Era o que eu temia, Ah não!

o dono do tesouro veio defender o que é dele!

Mas ele, tipo... não afundou em 1645?

Como pode surgir desse jeito? É um navio fantasma?

29


a gente PreciSa voltar ráPido Pra cananéia!

como aSSim?

o que...?

Bianca, você viu iSSo?

não, Sua BeSta, ele é o Boto! o Boto daS lendaS! ele virou um golfinho!

30

Por iSSo ele nunca tirava o chaPéu! com certeza era Pra eSconder o Buraco de Boto da caBeça!


como ele é ráPido! não é a toa que conSeguiu caPturar o Saci!

aSSim nenhum Pirata vai alcançar a gente, hehe!

“caPtain, THEY‛RE trYing an evaSive maneuver !!” *

“DON‛T LET them eScaPe!

fire!” **

eleS eStão atirando na gente !!!

*(cApitÃo, eLes estÃo tentAndo umA mAnoBrA evAsivA!) **(nÃo os deiXe escApAr! Fogo!)

Boto! Se a ajuda que você Pediu Pro Saci era Pra eSSe tiPo de Situação, eSPero que ela chegue logo! 31


Não se preocupe, a ajuda está logo ali! Que? Mais piratas?

Não, esse é um navio a vapor do Império!

Império?

Que império?

32


De Portugal, é CLARO!

Eu conheço essa história!

Se faltar carvão para queimar nas caldeiras usaremos as pernas da estátua de São João Batista.”

“Reza a lenda que em um vapor que ia do Rio de Janeiro a Florianópolis, em uma escala em Cananéia, uma brincadeira insensata dos tripulantes ocasionou uma tragédia.”

“São João Batista é, no entanto, o Padroeiro da cidade, e não parece ter gostado da brincadeira. Não se sabe ao certo como ocorreu, mas o navio foi vítima de um incêndio misterioso que o afundou no antigo porto de Cananéia, em 1858.”

33


Olha, eles estĂŁo defendendo a gente!

Por quĂŞ?

Como conseguiu fazer o Vapor Imperial defender a gente dos piratas?

34

VocĂŞs perguntam demais!


na verdade foi assim.

Padre, o Boto mandou avisar que se você não rezar pedindo perdão pela tripulação do Vapor Imperial ele vai fazer todas as moças da Paróquia se apaixonar por ele!

35


eSSe é o lugar! cadê a Sereia?

eStou aqui, e aS minhaS coiSaS? onde eStão?

Sereia... Por que SuaS coiSaS eStavam com o Pirata?

ele era louco, e em Sua loucura acreditou que era aPaixonado Por mim, maS aPrendi com a hiStória de caniné que não Se deve amar um homem do mar. tome aqui o colar de Sua mãe...

36

como é a hiStória de caniné?

até que enfim uma hiStória que eSSa nerd da Bianca não conhece... humPf.


ela começa quando meStre coSme fernandeS, o Bacharel, foi exPulSo de Portugal em 1501 e veio Parar juStamente aqui, onde fundou o Primeiro Povoado do BraSil, que na éPoca chamava marataYama.

a linda caniné, filha do cacique ariró aPaixonouSe Pelo homem de caBeloS de fogo cheio de conhecimentoS, maS ele dePoiS de doiS anoS Partiu rumo ao local onde hoje é São vicente, Para conquiStar terraS. caniné SuBia todoS oS diaS numa árvore eSPerando Por Seu amado.

iSSo até deScoBrir que o Bacharel caSouSe com a filha do cacique PiqueroBY, na futura São vicente, o que a fez mergulhar em triSteza. do alto da árvore receBeu de tuPã PenaS amarelaS e azuiS e virou uma linda arara.

20 anoS dePoiS ao retornar à terra de caniné, o Bacharel e SeuS caçadoreS deSaviSadoS mataram a arara fazendo cair SoBre eleS uma maldição de ariró. Bacharel então Perde a guerra contra oS índioS tuPiS de São vicente e nunca maiS foi viSto...

é daí que vem o nome de cananéia!

37


Fer, já está anoitecendo... o papai deve estar preocupado!

Verdade! Tchau sereia, tchau tiozinho boto!

já falei pra não me chamar de tiozinho!

Quero nem ver a cara do papai quando ver a gente com a roupa suja depois de ficar o dia inteiro fora!

Ele vai te deixar sem videogame um mês!

38

Por mim tudo bem, aquele jogo de pirata perdeu toda a graça hoje...

FIM


M

39


PrOJetO

U

ma iniciativa apoiada pela Secretaria de Estado da Cultura, do Governo de São Paulo, através do Programa de Ação Cultural (ProAC), pelo Concurso de Apoio a Projetos de Promoção da Continuidade das Culturas Tradicionais no Estado de São Paulo – 08/2009. Tendo como objetivo publicar uma História em Quadrinhos voltada para o público infantojuvenil sobre histórias e lendas caiçaras de Cananéia, narradas nos “causos” dos moradores, passados através das gerações, também tivemos como propósito registrar e difundir a rica cultura local deste município localizado no Vale do Ribeira, litoral sul paulista, que contém as últimas florestas de mata atlântica do País. Em 1502 habitavam europeus expulsos de Portugal, chamados de degredados, o que proporcionou a

escolas dos bairros Santa Maria e Maruja, no Parque Estadual da Ilha do Cardoso, e, ainda, no I PEF na Rua, do Programa Escola da Família, em outubro de 2009. Em março deste ano, também no PEF/YASP aconteceram oficinas de História em Quadrinhos com Will Oliveira, para alun@s da rede estadual e bolsistas do Programa Escola Viva – Agente Cultura Viva, do Ministério da Cultura, em parceria com o Ponto de Cultura “Caiçaras”. Fruto de pesquisas sobre lendas caiçaras e vivências comunitárias com informantes nativos este trabalho coletivo impresso em forma de História em Quadrinhos pretende despertar nas crianças e jovens da região o interesse pela sua História e, também, pela leitura, servindo de suporte pedagógico para as redes municipal e estadual de ensino. Com roteiro e ilustrações do quadrinista

créditos_bianca cruz magdalena

miscigenação entre etnias indígenas, europeias e africanas. Aventuras, piratas, tesouros, sereias e sacis estão presentes na oralidade deste povo! Em 2006 e 2007, na E. E. Profa. Yolanda Araújo Silva Paiva (YASP) foram dadas aulas sobre Folclore, com mitos e lendas caiçaras, e, em 2008 e 2009, oficinas lúdicas foram realizadas nas 40

Will Oliveira, que criou no papel o cenário deste santuário à beira-mar, “Aventuras na Ilha de Cananéia” deixará impresso a sabedoria caiçara e o rico patrimônio cultural dos mares de Caniné! Bianca Cruz Magdalena – Editora Cananéia, primavera de 2010


crĂŠditos_acervo pessoal dos colaboradores

mural 41


À Secretaria de Estado da Cultura Programa de Ação Cultural pelo apoio. Ao povo caiçara e seus incontáveis relatos narrados neste 1º povoado do Brasil, berço de riquezas, saberes e sabores! Às crianças, pequenas e já crescidas e ao universo maravilhoso da leitura, que nos transporta para aqui e acolá.

42


O

s irmãos Bianca e Fernandinho chegam na Ilha de Cananéia sem levar suas lendas muito a sério. Mas, ao primeiro passeio pelos sambaquis eles encontram a temida sereia de Cananéia, que os envolve em uma grande aventura à procura dos tesouros perdidos do primeiro povoado do Brasil. Eles terão que traduzir mapas antigos, enfrentar piratas, resgatar objetos e encontrar as figuras fantásticas que habitam os sonhos caiçaras. Os videogames e as brincadeiras de apartamento da cidade grande nunca mais terão a mesma graça...

apoio: “Projeto realizado com o apoio do Governo de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura - Programa de Ação Cultural - 2009”

parceiros:

Aventuras na ilha de Cananéia  

Os irmãos Bianca e Fernando chegam na ilha de Cananéia sem levar suas lendas muito a sério. Mas, ao primeiro passeio pelos sambaquis eles en...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you