Page 1

Lote 01 - Iberê Camargo guache s/ papel 52 x 67 cm, ass. dt. 75

XVIº leilão de parede 28/07 a 04/08 2018 55 51 3330-9673 55 51 99957-5030

contato@gestual.com.br www.gestual.com.br Lote 02 - João Fahrion óleo s/ madeira 120 x 55 cm, ass. s/ dt.

Lote 03 - Ado Malagoli Os Últimos Civis - III Dueto óleo s/ tela, 100 x 81 cm ass. s/ dt.


veja o álbum Lote 05 - Pedro Weingartner álbum com 16 desenhos comentados no livro Pedro Weingartner de autoria de Angelo Guido, páginas 25 e 27, ed. SEC, 1956; segundo expertise de Jader Osório de Siqueira. Consta texto de próprio punho. Lote 07 - Xico Stockinger bronze, 39,5 x 9 x 7 cm, ass. s/ dt.

Lote 04 - José Lutzenberger aquarela, 21 x 11,5 cm, ass. s/ dt.

Lote 08 - Vasco Prado terracota, ed. 10, 33,5 x 87,5 x 22 cm, ass. s/ dt.

Lote 06 - Bez Batti marmore, 66,5 x 19 x 14,5 cm, ass. s/ dt.

Lote 09 - Siron Franco Romeu e Julieta, óleo s/ tela, 60 x 50 cm, ass. dt. 1981 Goiânia-GO


Lote 10 - Arcangelo Ianelli pastel s/ papel, 22 x 30 cm, ass. dt. 80

Lote 11 - Franz Weissmann Quadrado em Plano Desarticulado, aço pintado, 45,5 x 43 x 34,5 cm, ass. dt. 1985 reproduzido no livro Franz Wissmann, espaços da arte brasileira, Cosac & Naify pg.72 Lote 12 - Iole de Freitas relevo em aço inox, 34 x 32,5 x 23,5 cm, com certificado da Galeria Raquel Arnaud

Lote 13 - Abelardo Zaluar Centro, acrílica e crayon s/ madeira 34 x 34 cm, ass. dt. 1978

Lote 14 - Arthur Luiz Piza aquarela e colagem s/ papel emoldura pelo artista, 16 x 12 cm, ass. dt. 98 reproduzido no livro Arthur Luiz Piza, Cosac & Naify pg.275

Lote 15 - Ivan Serpa guache s/ papel, 25 x 27,5 cm, ass. dt. 71


Lote 16 - Nelson Jungbluth Querência LXXI, acrílica s/ duratex, 191 x 100 cm, ass. dt. 1993

Lote 18 - Iberê Camargo serigrafia, ed. 100, 70 x 50 cm, ass. dt. 86

Lote 19 - Alfredo Volpi serigrafia, ed. 200, 74 x 47 cm, ass. s/ dt.

Lote 17 - Maria Tomaselli bronze, 36 x 13 x 22 cm, ass. dt. 2005

Lote 20 - Iberê Camargo serigrafia, ed. 100, 69,5 x 50 cm, ass. dt. 86


Lote 21 - Vasco Prado bronze, ed. 30, 23,5 x 27 cm, ass. s/ dt.

Lote 22 - Xico Stockinger bronze, 43 x 11 cm, ass. s / dt.

Lote 23 - Bez Batti basalto, 17,5 x 10 x 13,5 cm, ass. s/ dt.

Lote 25 - Gustavo Nakle bronze e acrílica sobre ferro, 77,5 x 51,5 x 26 cm, s/ ass. s/ dt.

Lote 24 - Carlos Tenius Máscara LI, ferro e aço soldado, 69,5 x 28 cm, ass. dt. 91

Lote 26 - Gustavo Nakle bronze e vidro soprado, 52 x 65 x 15,5 cm, s/ ass. s/ dt.


Lote 28 - Ivan Pinheiro Machado 2 Perrier e Guardanapo, acrílica e óleo s/ tela, 30 x 50 cm, ass. dt. 2015 Lote 27 - Paulo Porcella acrílica s/ tela, 100 x 100 ass. dt. 1989 Poa

Lote 30 - Fernando Baril acrílica s/ tela, 25 x 21,5 cm, ass. dt. 90 NYC

Lote 29 - Britto Velho acrílica s/ duratex, 24 x 16 cm, ass. dt. 96

Lote 31 - Maria Tomaselli acrílica s/ tela, 26,5 x 46,5 cm, ass. dt. Olinda 81

Lote 32 - Eduardo Vieira Cunha acrílica s/ tela, 40 x 90 cm, ass. dt. Paris 2010


Lote 33 - Albano Vizotto óleo s/ eucatex, 23,5 x 32,7 cm, ass. s.dt

Lote 34 - Pietrina Checcacci Aliança, vinil s/ tela, 40 x 40 cm, ass. dt. Rio de Janeiro 1980

Lote 35 - Carlos Eduardo Zimmermann Cortina Azul, pastel encerado s/ papel, 68 x 98 cm, ass. dt. 1985 Lote 36 - Inimá de Paula aquarela, 35,5 x 50,5 cm, ass. dt. 88

Lote 37 - Antônio Poteiro acrílica s/ tela ,100 x 85,5 cm, ass. dt. 83

Lote 38 - José Barbosa acrílica s/ tela, 67 x 91 cm, ass. dt. 17.2.93 SC


Lote 39 - Libindo Ferraz aquarela, 36 x 26,5 cm, ass. s/ dt.

Lote 40- Leopoldo Gotuzzo óleo s/ eucatex, 32 x 22,5 cm, ass. dt. 1945

Lote 41 - Glênio Bianchetti óleo s/ eucatex, 57 x 39,5 cm, ass. dt. 1966

Lote 42 - Edgar Koetz nanquim s/ papel, 40 x 31 cm, ass. s/ dt. e pastel oleoso s/ papel, 39,5 x 29,5 cm, ass. s/ dt.

Lote 43 - Angelo Guido lápis s/ papel, 31 x 22, ass. dt 1950


Lote 44 - Leopoldo Gotuzzo Por do Sol no R. Gr do Sul (Pelotas) รณleo s/ eucatex, 24 x 32 cm, ass. dt. 1931

Lote 45 - Gastรฃo Hofstetter รณleo s/ tela, 50 x 61 cm, ass. dt. 1958

Lote 46 - Luiz de Freitas Roma, aquarela, 18 x 24,5 cm, ass. s/ dt.

Lote 47 - Amelia Pastro Maristany รณleo s/ duratex, 30 x 22,5 cm, ass. s/ dt.

Lote 48 - Oscar Crusius Cheia Nas Ilhas, รณleo s/ eucatex, 46 x 65 cm, ass. dt. 1967


Lote 49 - Mário Röhneld, acrílica e grafite s/ papel 30 x 30 cm, ass. dt setembro 1984

Lote 50 - Mário Röhneld, acrílica e grafite s/ papel 30 x 30 cm, ass. dt setembro 1984

Lote 51 - Mário Röhneld grafite e acrílica s/ papel, 64,5 x 50 cm, ass. dt. 1980

Lote 52 - Mário Röhneld acrílica e grafite s/ papel 30 x 30 cm, ass. dt. dezembro 1982 Lote 53 - Alfredo Nicolaiewsky lápis de cor aquarelado s/ papel, 50 x 79,5 cm, ass. dt. 1981

Lote 54 - Alfredo Nicolaiewsky lápis de cor aquarelado s/ papel, 70 x 49,5 cm, ass. dt. 83


Lote 56 - Britto Velho dois desenhos lápis s/ papel, 15,5 x 11,5 cm e 15,7 x 11,5 cm, ass. dt. 81

Lote 55 - Fernando Baril desenho, bordado e colagem s/ papel, 70 x 50 cm, ass. dt. 83

Lote 57 - Fernando Baril grafite e acrílica s/ papel, 48 x 68,5 cm, ass. dt. 84

Lote 60 - Paula Mastroberti acrílica s/ tela, 85 x 71 cm, ass. dt. 1994 - NOV

Lote 58 - Maria Lúcia Cattani gravura em metal, ed. 10, 39 x 39 cm, ass. dt. 87

Lote 59 - Carlos Asp Tubarão Baleia (Bichos), grafite e pastel s/ embalagem de remédios, ass. dt. 2011-13

Lote 61 - Carlos Pasquetti pastel s/ papel, 64 x 101 cm, ass. dt. 81


Lote 63 - Bez Batti basalto, 15 x 10,5 x 10 cm, ass. s/ dt.

Lote 64 - Autor não identificado cerâmica, 24 x 19 x 20,5 cm, s/ ass s/ dt.

Lote 62 - Bez Batti basalto, 12,5 x 12,5 x 15,5 cm, ass. s/ dt.

Lote 65 - Vasco Prado ed. 20, terracota 28 x 38,5 x 2 cm, ass. s/ dt.

Lote 66 - Gustavo Nakle bronze, 21 x 9,5 x 4,5 cm, s/ ass s/ dt.

Lote 67 - Gustavo Nakle resina, madeira e cerâmica, 91 x 58 x 17,5 cm, s/ ass. s/ dt.

Lote 68 - Maurício Bentes resina sobre aço galvanizado e luz negra, 50,5 x 50,5 x 5,5 cm, s/ ass s/ dt.


Lote 69 - Yeddo Titze acrílica s/ tela, 33,5 x 41 cm, ass. dt. 81

Lote 70 - Fernando Baril óleo s/ tela, 50 x 50 cm, ass. dt. 80 Lote 71 - Alice Brueggemann óleo s/ tela, 60 x 33 cm, ass. s/ dt.

Lote 72 - Regina Silveira guache s/ papel, 46 x 63 cm, ass. dt. 63

Lote 74 - Enio Lippmann óleo s/ tela, 54 x 73 cm, ass. dt. 1980

Lote 73 - Maria Lídia Magliani As Portas Fechadas da Cidade, óleo e assemblage s/ madeira 62,5 x 46,5 cm, ass. dt. 69


Sobre leilões em geral e sobre um em especial Leilões, ventes aux encheres, subastas, não importa a língua, importa o evento. Leilões de arte são eventos excitantes e plenos de expectativas. Na verdade, são como festas, ansiosamente esperadas e cheias de surpresas. Oportunidades de ver obras fora de circulação, obras raras, obras surpreendentes. Situações nas quais peças que estavam longe dos olhos e, consequentemente, fora das narrativas da história da arte, se apresentam e nos obrigam a rever conceitos, reparar falhas e mudar de opinião. Gosto imenso de receber os catálogos e ver as novidades, de descobrir coisas insuspeitadas, de conferir e completar falhas nas trajetórias de artistas cujas obras estavam invisíveis. Pois obras em coleções privadas são obras invisíveis: ficam temporariamente fora de circulação até o momento em que vem à tona, em exposições ou em publicações e, então, tornam a cumprir suas funções de veicular as ideias de seus autores. À excitação da descoberta associa-se a tensão estimulante do jogo, pois leilões também são jogos: apostas, lances, disputas, concorrências, desafios, enfrentamentos, mesmo para aqueles que não querem (ou não podem...) participar dos lances. Não é necessário ser desportista para vibrar com um bom jogo e festejar uma vitória ou lamentar uma derrota. Gosto de leilões: aprendo muito com eles, sobre a circulação de obras, sobre a valoração dos artistas, sobre a reputação crescente, ou decrescente, de um nome desconhecido ou outrora célebre. Aprende-se muito nessa atividade. Como frequentador assíduo dos leilões locais, considero como fundamental para uma boa fruição ser generosa e atenciosamente atendido, mesmo que eu não compre nada. O circuito de arte local é rico em leilões, o que indica o vigor e a potência do mercado de arte e de seus consumidores. Por gosto é inevitável que eu fique horas atento aos catálogos e analisando as peças quando postas em exibição. Assim foi com o atual leilão da Gestual, que tem todas as virtudes dos bons leilões: ótimas peças, uma atenção especial às perguntas infinitas de curiosos como eu e, não menos importante, a atenção ao objeto – mercadoria – a venda: um bom catálogo, dados precisos, origem comprovada. Vou compartilhar com vocês algumas descobertas especiais. A primeira é uma pintura/objeto de Maria Lídia Magliani (1946-2012), de 1969. Uma peça digna de museu, do início da carreira dessa artista maior. Obra com pleno domínio da linguagem pop praticada no país, com repercussões de trabalhos de Avatar Moraes (1933-2011), rica em vínculos formais e conceituais com o que de melhor se produziu no Brasil na época. A segunda é uma paisagem, datada de 1931, de Leopoldo Gotuzzo (1877-1983). Gotuzzo? Mais um? Não, um Gotuzzo inesperado: um por do sol “gaúcho” de uma potência formal insuspeitada. Uma tela surpreendente, capaz de fazer mudar a opinião daqueles que só vêem no mestre de Pelotas o agradável pintor das naturezas-mortas e dos nus mais ou menos pudicos (mas atenção, é preciso olhar atentamente para os nus de Gotuzzo...). Uma telinha pequena que, se colocada numa cronologia da pintura local anterior aos anos 1950, ao lado de outras obras de Maristany de Trias (1885-1964) e Benito Manzon Castañeda (1885-1955), por exemplo, vai alterar muitos conceitos sobre o atraso da pintura local... A terceira obra é de Alfredo Nicolaiewsky (1952). Um desenho a lápis de cor sobre papel, de uma qualidade e de uma fatura irrepreensíveis. Um trabalho contemporâneo aos que o artista produziu na década de 1980 e que, quando exibidos na mostra “Erótica” (2006), foram censurados pelos bem pensantes guardiões da moral de plantão. Oriundo de uma geração de excepcionais desenhistas, dentre os quais se incluem Mário Röhnelt (1950) e Milton Kurt (1951-1996), ambos com obras magníficas no mesmo leilão, este desenho de Nicolaiewsky é uma peça importante para entender a arte do Brasil e do Rio Grande do Sul nos difíceis e surpreendentemente esclarecidos anos 1980. Para não alongar mais a lista cito agora uma obra de exceção: um desenho de Iberê Camargo (1914-1994). Um trabalho no qual a energia e o ímpeto criador do artista se exibem em toda sua potência: vemos os gestos iniciais, as correções posteriores e os ajustes para, finalmente, visualizarmos a idéia inteira, plasmada de modo soberbo. Parece econômico e simples. Mas não é, esta tudo lá: as certezas e as incertezas da criação, o rigor da construção e a presteza dos gestos. Plena adequação de meios para um fim plenamente alcançado. Paulo Gomes/julho 2018


Os lotes estão disponíveis a partir de um lance que, confirmado e não coberto, arremata a obra. O lance mínimo sobre o confirmado é de R$ 200,00 O prazo para lançar encerra-se em 04 agosto, 10:30 horas. Os lotes que estiverem em disputa nesta data e hora continuarão assim até que uma das partes desista. Quem não cobrir o lance, está automaticamente fora da disputa. Lote 75 - Alice Brueggemann serigrafia, PA, 30 x 20 cm, ass. s/ dt.

Não incide taxa sobre o lance que arremata a obra.

Lote 76 - Roberto Cidade bronze, s/ ed., 51,5 x 14 cm, ass. s/ dt.

Não nos responsabilizamos pelo estado de conservação das peças, que poderão ser examinadas no período de exposição.

Lote 77 - Bez Batti bronze, ed. 50, 10,5 x 21 x 10,5 cm, ass. s/ dt.

Lote 79 - Bez Batti alumínio e laca, s/ ed., 8 x 19 x 8,5 cm, s/ ass. s/ dt.

Lote 81 - Bez Batti bronze, ed. 50, 9,5 x 17,5 x 9,5 cm, ass. s/ dt.

Lote 78 - Pietrina Checcacci bronze, ed. 100, 8 x 15 x 10 cm, ass. s/ dt.

Lote 80 - Bez Batti bronze, ed. 50, 6,5 x 27 x 6,5 cm, ass. s/ dt.

Lote 82 - Gutê resina, ed. 15, 13 x 52,5 x 5 cm, ass. s/ dt.


Lote 84 - Regina Silveira gravura em metal, ed. 80 39,5 x 24,5 cm, ass. dt. 2015 2º ed.

Lote 83 - Athos Bulcão serigrafia, ed. 100, 47 x 65 cm, ass. dt. 96

Lote 86 - Vasco Prado serigrafia, s/ ed., 15 x 21,5 cm, ass. dt. 98 Lote 85 - Rubens Gerchman litogravura, ed. 55, 70 x 48,5 cm, ass. dt. 86

veja o álbum Lote 87 Vasco Prado, albúm com 20 serigrafrias, Dom Quixote, ed. 350, 46 x 32 cm, ass. dt. 86

Lote 88 - Carlos Pasquetti litogravura, ed. 149, 55 x 37,5 cm, ass. dt.

Lote 89 - Antonio Carlos Maciel Corpo..., gravura em metal, ed. 10 45,5 x 32 cm, ass. dt. 71

Galeria Gestual - XVI Leilão  
Galeria Gestual - XVI Leilão  
Advertisement