Issuu on Google+

MANUAL DO EQUIPAMENTO

CENTRAL CONVENCIONAL GALBA V260 Central de alarme de incêndio

Definições Rede 110/220 v Bateria 24 v Saída dos laços 24 v Saída para sirene 24 v Contato seco auxiliar NA & NF – 5A

INSTALAÇÃO A instalação do sistema de prevenção contra incêndio V-260 é muito simples, primeiramente verifique em que voltagem deseja ligar o equipamento esta voltagem pode ser 110 v ou 220 v para não correr o risco de fazer a ligação errada verifique a etiqueta que define as entradas 0-110-220 v.

*este equipamento não é endereçável se não for instalar periféricos da marca Galba consulte o manual ou fabricante do equipamento. Página 1


Depois de ligada a rede elétrica a central fica com um led verde aceso no painel indicando que o sistema esta operante, depois de verificar se o sistema esta operante aperte o botão de teste por 5seg. Todos os led’s indicadores de setor devem acender e a central ficará emitindo um alerta sonoro, este teste deve ser feito antes da instalação dos periféricos para verificar se não houve uma avaria no transporte.

Agora que o sistema foi devidamente testado vamos conhecer seus comandos:

*BATERIA é um led situado no painel da central que pisca quando a central esta carregando a bateria e fica apagado para a flutuação de carga.

*TESTE é um botão situado no painel da central tem a função de simular o disparo de todos os setores ao mesmo tempo, fazendo com que todos os setores acendam e toque as sirenes.

*ALARME é uma chave seletora situada no painel da central tem a função de controlar o alarme sonoro, com a chave alarme na posição desligada a central não emite nenhum som. Ex. quando houver um disparo ou quando o botão de teste for acionado a centra só fica com o led indicando o setor que disparou. Se a chave alarme ficar na posição alarme a central emite alarme sonoro e toca sirene quando houver disparo ou botão teste for acionado.

*RESET é um botão situado no painel da central tem a função de cortar o alarme sonoro da central caso haja um disparo por um longo tempo. Ex se a central disparar e a brigada de incêndio precisar verificar o que houve é só apertar o botão RESET e a central fica disparada porem para de emitir o som e se outro setor disparar o alarme sonoro volta a tocar e para silenciar precisa repetir o procedimento.

*ALERTA é um buzzer que faz o som de disparo da central.

*este equipamento não é endereçável se não for instalar periféricos da marca Galba consulte o manual ou fabricante do equipamento. Página 2


LIGAÇÕES - Para fazer a ligação da central precisa-se de 2 baterias de 12 v ligadas em serie para formar os 24 v ligar as baterias no borne da central escrito BAT. Verificando a polaridade “positivo/negativo” para não causar danos na central.

*Não ligar sirene nem periféricos nos bornes da bateria isso pode danificar o

equipamento suspendendo a sua garantia.

- Ligar às sirenes no borne da central escrito SIRENE as sirenes devem ser ligadas em paralelo no caso de ligar mais de uma sirene na central.

- Para ligar os periféricos detectores, botoeiras, etc. precisa acompanhar a polaridade positivo e negativo e o numero do laço na placa de borne. Os números da placa de borne não têm uma seqüência crescente ex. 12345. Os números são espalhados porem isso não influência no funcionamento da central. Recomenda-se ligar 5 periféricos por laço, mas a central tem capacidade de suportar até 10 periféricos, todos os periféricos devem ser ligados em paralelo no caso de instalar mais de uma peça no mesmo laço.

*Não é necessário ligar todos os negativos da placa de bornes pode se puxar um único fio negativo para todos os periféricos.

*obs. LAÇO define-se como laço cada setor da central, ou seja, cada borne de ligação de periférico corresponde a um laço e cada par de bornes corresponde a um led no painel de acordo com seu numero. Ex. borne 1 corresponde o led 1 no painel e assim sucessivamente.

*este equipamento não é endereçável se não for instalar periféricos da marca Galba consulte o manual ou fabricante do equipamento. Página 3


Configurando a central * Para fazer a instalação de detectores de fumaça e botoeiras é necessário fazer uma configuração na placa da central, na placa de led tem dois jumpers e duas posições para serem conectados. Sendo assim quando for instalar detector de fumaça na central coloque os jumpers no pino do meio e no pino de cima. Para instalar botoeiras coloque o jumper no pino do meio e no pino de baixo. Para cada placa de led existem dois jumpers o da esquerda controla os laços, 4, 5, 6, 10, 11,12 e o jumper da direita controla os laços 1, 2, 3, 7, 8,9, A diferença em configurar a central para detector ou botoeira esta no tempo de disparo para detector a central só toca sirene depois de 2min. Que o detector ficou disparado. Para botoeira a central toca a sirene imediatamente assim que o vidro seja quebrado. *verifique o esquema desenhado na placa para fazer a configuração, *para cada 12 laços existem dois jumpers de configuração.

CONTATO AUXILIAR * A central possui um contato seco auxiliar NA & NF para fazer qualquer tipo de acionamento por comando elétrico até “5A” esse relé aciona junto com a sirene quando a central dispara.

*este equipamento não é endereçável se não for instalar periféricos da marca Galba consulte o manual ou fabricante do equipamento. Página 4


Manual Central de alarme de incêndio convencional V-260