Issuu on Google+

Modelo 3_BIUTAD Título: Maximização dos serviços do ecossistema vinha (Bolsa de Investigação para Mestres, uma (1) vaga)

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação para Mestres, no âmbito do projeto “Maximização dos Serviços do Ecossistema Vinha” - PA 24043, parceria 393, financiado pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER) e pelo Estado Português através da Medida 4.1. Cooperação para a Inovação do programa PRODER – Programa de Desenvolvimento Rural, nas seguintes condições: Área Científica: Environmental Science Requisitos de admissão: _Mestrado na área de Ecologia Aplicada, com conhecimentos aprofundados nos domínios da Botânica de Plantas Vasculares e Educação e Gestão Ambiental numa ótica sustentável, designadamente no que se refere à catalogação, divulgação e sistemas de informação do recurso natural e agro-florestal. _Experiência na identificação taxonómica das plantas vasculares e na informação do recurso vegetal. _Bons conhecimentos na divulgação da diversidade florística. _Experiência na catalogação de colecções e bases de dados, especialmente na Região Vinhateira do Douro. _Os candidatos deverão também ter capacidade de autonomia e disponibilidade para a realização de trabalho de campo. Plano de trabalhos: Atividades no âmbito do projeto referido, envolvendo: 1) compilação da flora vascular na Região Demarcada do Douro (R.D.D.); 2) elaboração da base de dados florística da R.D.D. para posterior divulgação em web; 3) orientação dos processos de transplantação, regeneração, sementeira e plantação de espécies silvestres in situ, com vista à implementação de infra-estruturas ecológicas; e 4) a elaboração do material divulgativo sobre flora e vegetação duriense presente na zona vinhateira da R.D.D. Legislação e regulamentação aplicável: Lei Nº. 40/2004, de 18 de agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica); Regulamento de Bolsas de

Investigação

da

Fundação

para

a

Ciência

e

a

Tecnologia,

I.P.

2013

(http://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento.phtml) e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro – Despacho RT.36/2011, de 6 de julho, do Sr. Reitor, publicado em Diário da República pelo Despacho Nº 9157/2011 (II Série), de 19 de julho.


Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, enquadrado no CITAB – Centro de Investigação e de Tecnologias Agroambientais e Biológicas da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, sob a orientação científica do Professor Doutor António Luis Crespí. Duração da (s) bolsa (s): A bolsa terá a duração de 9 meses, com início previsto em dezembro de 2013. Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a 980€ conforme tabela de valores das bolsas anexa ao Regulamento de Bolsas de Investigação da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro – Despacho RT.36/2011 de 06 de julho, do Sr. Reitor, publicado em Diário da República pelo Despacho n.º 9157/2011 (II série), de 19 de julho. A periodicidade de pagamento da bolsa é mensal e através de depósito bancário, cheque ou outra modalidade equivalente. O Bolseiro usufruirá de um seguro de acidentes pessoais e, caso não se encontre abrangidos por qualquer regime de protecção social, pode assegurar o exercício do direito à segurança social mediante adesão ao regime do seguro social voluntário, nos termos previstos no Decreto-Lei n.º 40/89, de 1 de fevereiro. Métodos de seleção: São considerados critérios obrigatórios, a posse de Mestrado na área de Ecologia Aplicada, com conhecimentos aprofundados nos domínios da Flora e Vegetação, com especial referência à catalogação e divulgação destes conhecimentos. Os métodos de seleção são os seguintes: _Experiência profissional do candidato na área da flora e vegetação, catalogação e divulgação (até 14 valores) - baseada na participação em projectos de investigação (ponderada até 30%, num total de 4 valores), na obtenção de formação complementar (ponderada até 30%, num total de 5 valores) e nos conhecimentos sobre a biologia e taxonomia dos grupos florísticos portugueses (ponderada até 30%, num total de 5 valores); _Mérito do candidato (até 6 valores) - baseado na produção de comunicações científicas na área científica do projeto e de acordo com os seguintes critérios: publicações de livros, capítulos de livros e artigos em revistas internacionais com arbitragem (ponderada até 30%, num total de 3 valores), publicações em revistas nacionais (ponderada até 8%, num total de 2 valores), comunicações (ponderada até 5%, num total de 1 valor); Se necessário, será ainda efetuada uma entrevista aos candidatos pré-selecionados. O primeiro classificado será selecionado para a bolsa a concurso. Composição do Júri de Seleção: Professora Doutora Laura Monteiro Torres (Presidente) Professor Doutor António Luis Crespí (Vogal efetivo) Professor Doutora Aurora Monzón Capapé (Vogal efetivo)


Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada por nota final obtida afixada em local visível e público designadamente no gabinete do GAPI-OTIC (Pavilhão 2 – UTAD) sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de e-mail e ofício. Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 1 a 14 de novembro de 2013. As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de formulário de candidatura acompanhado dos seguintes documentos: a) Curriculum Vitae pormenorizado; b) cópia dos certificados de habilitações; c) cópia de comprovativos de formação complementar; d) carta de motivação e e) outros elementos considerados relevantes para a adequada apreciação da candidatura. O formulário de candidatura deve ser o Mod4_BIUTAD-Formulário de Candidatura a Bolsa de Investigação, disponível através do e-mail da Vice-Reitoria para a Ciência, Tecnologia e Inovação (vr_cti@utad.pt). As candidaturas podem ser remetidas preferencialmente por correio eletrónico, solicitando o envio de comprovativo, para acrespi@utad.pt; em alternativa poderão ser remetidas por correio normal, A/C Prof. António Crespí, Departamento de Biologia e Ambiente, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Campus da Quinta de Prados, 5001-801 Vila Real.


Refª gaiva 1269 2013 editalgaiva